NOTA: Este simulador aplica-se aos seguintes rendimentos: Categoria A - Trabalho Dependente/Categoria B - Regime

###

Simplificado/ Categoria E - Rendimentos de Capitais/Categoria F - Rendimentos Prediais/Categoria G - Mais Valias/Categoria H -
Pensões/Anexo J - Rendimentos Obtidos no Estrangeiro. (O Simulador só é compatível com o Microsoft Office Excel)

Estado Civil do(s) Sujeito(s)
Passivo(s)
Optam pela tributação conjunta ?
Francisco
● Casados. Sim Se optou Não, clique aqui para:
Mesquita
###

Solteiro(a), Divorciado(a) ou Separado(a) Judicialmente 2
###


fmkapelongo@gmail.com
fmkapelongo@gmail.com
Separado(a) de Facto Ano dos Rendimentos
Optam pela tributação conjunta ?
Unidos de Facto. 2015
Sim Se optou Não, clique aqui para: (IRS a entregar em 2016)
Viúvo(a) ###
###

Sociedade Conjugal: Ocorreu o óbito de um dos cônjuges em 2015 ? Não Residência Fiscal Valor do Cálculo
Viúvo(a): Opta pela entrega conjunta ? Sim Se optou Não, clique aqui para: Continente VALOR A PAGAR 297.69 €
Dependentes
MODELO 3 - DEPENDENTES, AFILHADOS CIVIS E ASCENDENTES mais(Artigos 13.º e 78.º - A do CIRS)
Dependentes, Afilhado até 3 Afilhados civis,
Quad.

Quad.

Quad.

Quad.
DEPENDENTES, AFILHADOS CIVIS E ASCENDENTES Ascendentes
6B

6B

6B

7A
mais de 3 anos anos mais de 3 anos
Dependentes
Dependentes, afilhados civis até 25 anos e ascendentes ► D1 D1 mais AF1 AS1
DEPENDENTES, AFILHADOS CIVIS E ASCENDENTES Dependentes, Afilhado até 3 Afilhados civis,
Quad.

Quad.

Quad.

Quad.
Ascendentes
6B

6B

6B

7A
Dependentes e afilhados civis em guarda conjunta mais de 3 anos anos mais de 3 anos
Dependentes, afilhados civis até 25 anos e ascendentes ► DG1 DG1 AF1 AS1

Err:502 (Artigo 2.º do CIRS)

RENDIMENTOS RETENÇÕES / CONTR. OBRIGATÓRIAS Cód. Sujeito Passivo A Cód. Sujeito Passivo B Cód. Dependente 1 Cód. Dependente 2
Trabalho dependente – Rendimento bruto. 401 ### 401 401 401
Gratificações não atribuídas pela entidade patronal. 402 402 402 402
Indemnizações pagas pelo trabalhador ao patrão. 421 421 421 421
Quotizações para ordens profissionais. 422 422 422 422
Despesas de valorização profissional de juízes. 423 423 423 423
Prémios de seguros profissões desgaste rápido. 424 424 424 424
Quotizações sindicais. (Valor Pago) ? ? ? ?
Retenções na fonte de IRS. (Insira a retenção da sobretaxa na linha
158) 2,412.00 €
Contribuições para a seg. social + ADSE + ADM + SAD. 2,256.00 €
Rendimentos de anos anteriores. (Incluídos no Código 401) Qua. Qua. Qua. Qua.
Indique o N.º de anos. 5 5 5 5

Err:502 (Artigos 11.º e 53,º do CIRS)

RENDIMENTOS RETENÇÕES / CONTR. OBRIGATÓRIAS Cód. Sujeito Passivo A Cód. Sujeito Passivo B Cód. Dependente 1 Cód. Dependente 2
Pensões.(Com exceção das Pensões de Sobrevivência e Alimentos)
###
403 403 403 403
Pensões de sobrevivência. 404 404 404 404
Pensões de alimentos.
405 405 405 405
Opta pelo englobamento da Pensão de Alimentos ? Sim
Rendas temporárias e vitalícias. 406 406 406 406
Quotizações sindicais. (Valor Pago) ? ? ? ?
Retenções na fonte de IRS. (Insira a retenção da sobretaxa na linha
158)
Contribuições para a seg. social + ADSE + ADM + SAD + CES.

Rendimentos de anos anteriores. (Incluídos no Código 403) Qua. Qua. Qua. Qua.
Indique o N.º de anos. 5 5 5 5

ANEXO B - CAT. B - REGIME SIMPLIFICADO/ATO ISOLADO/AGRÍCOLAS, S. PECUÁRIAS (Artigos 3.º e 4.º do CIRS)

RENDIMENTOS PROFISSIONAIS, COMERCIAIS E INDUSTRIAIS Camp Sujeito Passivo A CampSujeito Passivo B

O Sujeito Passivo A, iniciou atividade?◄►
NÃO O Sujeito Passivo B, iniciou atividade? NÃO
O serviço foi prestado a uma única entidade ?
Não ◄► Opta pelas regras da categoria A ?
Não
Ato Isolado. ATO ISOLADO DO SUJEITO PASSIVO ◄►
A: 2
ATO ISOLADO DO SUJEITO PASSIVO B: 2
401 401
Vendas de mercadorias, bem como atividades hoteleiras e similares, restauração e bebidas. 402 402

Prestações de serviços e outros rendimentos referentes: À TABELA DE ATIVIDADES DO ARTIGO 151.º 403
DO CIRS: 403 b)
Prestações de serviços não previstos na tabela de atividades do artigo 151.º do CIRS. (Inserir aqui o valor do código 1519) 404 404 c)
Propriedade intelectual. (Rendimentos abrangidos pelo art.º. 58º do EBF - parte não isenta) 406 406
Prestação de serviços financeiros (CAE iniciados por 64, 65 ou 66). 408 408
Resultado positivo de rendimentos prediais 410 410
Rendimentos de capitais imputáveis a atividade geradora de rendimentos da Categoria B. 411 411
Subsídios à exploração. 412 412 f)

Outros subsídios. 413 413
Rendimentos da categoria B não previstos nas alíneas anteriores 414 414
Ato Isolado. 2 B:
ATOA:ISOLADO AGRÍC. DO SUJEITO PASSIVO
ATO ISOLADO AGRÍC. DO SUJEITO PASSIVO 2
Vendas de produtos agrícolas, silvícolas e pecuárias. 451 451
Prestações de serviços agrícolas, silvícolas e pecuárias, previstas na tabela do artigo 151.º do CIRS. 452 452 b)
Subsídios à exploração agrícolas, silvícolas e pecuárias. 455 455 f)
Outros subsídios agrícolas, silvícolas e pecuárias. 456 456
Prestações de serviços agrícolas, silvícolas, e pecuárias não previstos na tabela do artigo 151.º do CIRS. 458 458 c)
701 701
Contribuições obrigatórias para a segurança social. 702 702
703 703
Quotizações para ordens profissionais. 704 708
707 707
Quotizações sindicais. (Valor Pago) 708 708

Pagamentos por conta.

Retenções na fonte de IRS.

ANEXO E - CAT. E - RENDIMENTOS DE CAPITAIS (Artigo 5.º do CIRS)

RENDIMENTOS SUJEITOS A TAXAS ESPECIAIS - Quadro 4A, art.º 72.º do CIRS Cód. Sujeito Passivo A Cód.Sujeito Passivo B

Opta pelo englobamento dos rendimentos da categoria E (Quadro 4A) ? Sim
Rendimentos do Código ? →
RENDIMENTOS SUJEITOS A TAXAS LIBERATÓRIAS - Quadro 4B, art.º 71.º do CIRS Cód. Sujeito Passivo A Cód.Sujeito Passivo B

Opta pelo englobamento dos rendimentos da categoria E (Quadro 4B) ? Sim
Rendimentos do Código ? →
Rendimentos do Código ? →
Rendimentos do Código ? →
Rendimentos do Código ? →
Rendimentos do Código ? →
Retenções na fonte de IRS.

ANEXO F - CAT. F - RENDIMENTOS PREDIAIS (Artigo 8.º do CIRS)

RENDIMENTOS OBTIDOS Camp Sujeito Passivo A CampSujeito Passivo B

Este imóvel está abrangido pelo art.º 71.º n.ºs 6 e 23 do EBF ? Não
? Sim
Quadro 4

Quadro 4
Opta pelo englobamento dos rendimentos da categoria F

Rendimento predial (rendas).

Despesas de manutenção + Conservação + Condomínio + Taxas Autárquicas + IMI + IS + Outras Despesas.

Retenções na fonte de IRS.

Rendimentos de anos anteriores. (Incluídos no quadro 4 e 6 do Anexo F) Qua. Qua.
Indique o N.º de anos. 9 9

ANEXO G - CAT. G - MAIS VALIAS E OUTROS INCREMENTOS PATRIMONIAIS (Artigos 9.º e 10.º do CIRS)

ALIENAÇÃO ONEROSA DE DIREITOS REAIS SOBRE BENS IMÓVEIS Camp Sujeito Passivo A CampSujeito Passivo B

Data da aquisição do Imóvel. (Compra/Herança) Clique ali no ano da aquisição ► ◄► Tipo: Habitação Própria U - Urbano
Valor da realização. (Venda)
Quadro 4

Quadro 4

Valor da aquisição. (É o valor patrimonial tributário do imóvel na matriz à data da compra/herança )

Despesas e encargos. (Os encargos com a valorização dos bens, comprovadamente realizados nos últimos cinco anos)
5005 5005
Valor em dívida do empréstimo à data da alienação do imóvel. 5034 5034

Valor que pretende Reinvestir sem recurso ao crédito. (Habitação própria e permanente) ### ###

O valor da venda do imóvel, foi para amortizar o empréstimo ao Banco ? Não ### ###

ALIENAÇÃO ONEROSA DE VALORES MOBILIÁRIOS Tipo: 01 - Ações Camp Sujeito Passivo A CampSujeito Passivo B

Opta pelo englobamento dos rendimentos da categoria G ? Sim
Quadro 9

Quadro 9

Valor da realização. (Venda)

Valor da aquisição. (Compra)

Despesas e encargos. (Comissões alínea b) do art.º 51.º do CIRS)

ANEXO J - RENDIMENTOS OBTIDOS NO ESTRANGEIRO, POR SUJEITOS PASSIVOS COM RESIDÊNCIA EM PORTUGAL

RENDIMENTOS DO TRABALHO DEPENDENTE (CAT. A) Cód. Sujeito Passivo A Cód.Sujeito Passivo B

Trabalho dependente – Rendimento bruto obtido no estrangeiro. A01 A01
Contribuições para a segurança social.

IRS pago no estrangeiro.

ANEXO J - RENDIMENTOS OBTIDOS NO ESTRANGEIRO, POR SUJEITOS PASSIVOS COM RESIDÊNCIA EM PORTUGAL

RENDIMENTOS DE PENSÕES (CAT. H) Cód. Sujeito Passivo A Cód.Sujeito Passivo B

Pensões da categoria H obtidas no estrangeiro. H01 H01
Contribuições para a segurança social.

IRS pago no estrangeiro.

DEDUÇÕES À COLETA / BENEFÍCIOS FISCAIS - Anexo H Cód.VALOR APLICADO▼

Pensões pagas por sentença ou acordo judicial, indique a quem se destinam : Suj. Pas. A
A FILHOS QUE NÃO VIVEM COM O PROGENITOR(A).

Quad.
6A
Indique os encargos com pensões de alimentos a que o sujeito passivo esteja obrigado por sentença judicial ou por acordo homologado nos termos da lei
civil. (art.º. 83.º-A do CIRS).
(PPR) Planos individuais de poupança-reforma (art.º. 21.º, n.º 2, do EBF). (art.º 16.º do EBF).
Sujeito Passivo A <35 Anos Fundos de pensões, para associações mutualistas e regimes complementares de seg. social.
601
e
(PPR) Planos individuais de poupança-reforma (art.º. 21.º, n.º 2, do EBF). (art.º 16.º do EBF).
Sujeito Passivo B >50 Anos 602
Fundos de pensões, para associações mutualistas e regimes complementares de seg. social. Dependentes
em guarda
DEDUÇÕES À COLETA / BENEFÍCIOS FISCAIS - Anexo H Cód. Sujeito Passivo A Cód. Sujeito Passivo B Cód. Dependentes e Cód.
conjunta
Afilhados civis
Regime Público de Capitalização – valores aplicados em contas
individuais. (art.º. 17.º, n.º 1, do EBF).
603 603 603 603
Contribuições para a reforma por velhice, dos sujeitos passivos
com deficiência ≥ a 60%. (art.º 87.º , n.º 3 do CIRS).
604 604 604 604
Prémios de seguros de vida, que figurem como primeiros
beneficiários deficientes ≥ a 60%. (art.º 87.º, n.º 2 do CIRS).
605 605 605 605
Despesas de educação e reabilitação de deficientes ≥ a 60%. (art.º
606 606 606 606
87.º, n.º 2 do CIRS).
Despesas suportados pelo proprietário relacionados com a
reabilitação de Imóveis. (art.º. 71.º, n.º 4, do EBF).
607 607 607 607
Donativos a igrejas e a instituições religiosas. ( art.º. 63.º , n.º 2 do
EBF). (Majoração 130%)
608 608 608 608
Donativos no âmbito do mecenato cultural, ambiental.(art.º. 62.º, n.º
6 do EBF). (Majoração 120%)
611 611 611 611
Donativos no âmbito do mecenato cultural, ambiental. (art.º. 62.º ,
n.ºs 6 e 7 do EBF). (Majoração 130%)
612 612 612 612
Donativos no âmbito do mecenato social. (art.º. 62.º , n.º 3 do EBF).
(Majoração 130%)
613 613 613 613
Donativos no âmbito do mecenato social, para apoio à infância.(art.
614 614 614 614
62.º, n.ºs 4 e 7 do do EBF). (Majoração 140%)
Donativos no âmbito do mecenato familiar. (art. 62.º, n.o 5 do EBF).
(Majoração 150%)
615 615 615 615
Donativos ao Estado, de natureza cultural, ambiental. (art.º. 62.º , n.ºs
1 e 2 do EBF). (Majoração 120%)
620 620 620 620
Donativos ao Estado, de natureza cultural, ambiental. ( art.º. 62.º ,
n.ºs 1 e 2 do EBF). (Majoração 130%)
621 100.00 € 621 621 621
Donativos ao Estado, de natureza social. (art.º. 62.º , n.ºs 1 e 2 e c) do
n.º 7 do EBF). (Majoração 140%)
622 622 622 622
Donativos ao Estado, de natureza familiar. (art.º. 62.º , n.º 5 do EBF) .
623 623 623 623
(Majoração 150%) Dependentes
DEDUÇÕES À COLETA / DESPESAS REGISTADAS PELA Dependentes e em guarda
Camp Sujeito Passivo A Camp Sujeito Passivo BCamp. Camp.
AT Afilhados civis conjunta
Despesas gerais familiares. (Art.º 78.º - B , n.º 1, do CIRS). ? 250.00 € ? ? ?
Despesas de saúde + Prémios de seguros de saúde. (art.º. 78.º-C ,
n.º 1, do CIRS).
651 20.00 € 651 651 651

Despesas de formação e educação. (Art.º 78.º - D , n.º 1, do CIRS). 653 653 653 653
Juros de dívidas, contraídos com a aquisição de habitação,
contratos celebrados até 31-12-2011. (art. 78.º - E do CIRS).
655 655 655 655
Rendas de habitação celebradas a coberto do RAU ou NRAU. (art.
78.º - E do CIRS).
654 654 654 654

Encargos com lares e apoio domiciliário. (art. 84.º do CIRS). 657 657 657 657

IVA suportado em fatura. (Art.º 78.º - F , n.º 1, do CIRS). ? 271.81 € ? ? ?

MODELO 3 - DEDUÇÕES RELATIVAS ÀS PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA (Artigo 87.º do CIRS)
Dependentes
DEFICIENTES DO AGREGADO FAMILIAR Dependentes e em guarda
Quad.

Quad.

Quad.

Quad.

Sujeito Passivo A Sujeito Passivo B
5A

6B

6B
3

Modelo 3 do IRS, Quadros 3, 5A e 6B Afilhados civis conjunta
Indique o Nº de deficientes, cujo grau de invalidez seja ≥ 60% e < 90
%.
01 03 DD1 DD1
Indique o Nº de deficientes, cujo grau de invalidez seja igual ou
superior a 90 %.
01 03 DD1 DD1
Indique o Nº de deficientes das Forças Armadas, cujo grau de
invalidez seja ≥ 60% e < 90%.
01 03 DD1 DD1
Indique o Nº de deficientes das Forças Armadas, cujo grau de
invalidez seja igual ou superior a 90 %.
01 03 DD1 DD1

ASCENDENTES COM DEFICIÊNCIA - Modelo 3 do IRS, Quadro 7A

Indique o Nº de ascendentes portadores de deficiência igual ou superior a 60%, que vivam em comunhão de habitação c/os sujeitos passivos. AS1

Os Municípios podem prescindir até 5% do IRS cobrado aos munícipes com domicilio fiscal no concelho, nos termos do artigo 20º da Lei das Finanças Locais Taxa dos Municípios▼
(Lei 2/2007 de 15/01). NOTA: As percentagens para os rendimentos de 2015, foram as comunicadas à AT, até 31 de dezembro de 2014. 5.00%
A taxa do IRS aplicada pelos Municípios bem como o cálculo será assumido automaticamente depois de
selecionar o concelho da morada fiscal do(s) Sujeito(s) Passivo(s). Clique ali no seu concelho Arganil

Err:502

€ 04 .00 € 03 .Crédito de imposto .00% Err:502 09 . € 18 .Imposto relativo a tributações autónomas Err:502 .Imposto apurado VALOR A PAGAR 297.644.Retenções na fonte 2.716.00 € 22 . F .º CIRS) ▲ 55.Ajustes à coleta Err:502 .50% .Quociente familiar ÷ 1.Abatimentos .Coleta total 2.Rendimento global 16. E ↓ Deduções dos filhos ↓ Rendimento Cat. € 0. € 16 .Deduções específicas 4.64 € 23 .27 € 132.72 € 07 . € 14 .77 21 . B 5.Importância apurada Err:502 .Benefício Municipal 5. € 10 .Valor apurado × 1. G ↓Sujeito Passivo A Sujeito Passivo B ↓ Insira Insira ali ali as as perdas perdas a a reportar reportar (art. € 13 .50% 197.104. € . ► Err Crédito fiscal da sobretaxa . € 163.72 € X 3.º 55.00 .69 € Ir para o Limpar topo Dados Err:502 Err:502 Err:502 .21 € 19 .Perdas a recuperar .Pagamentos por conta .64 € Rendimento Cat.72 € 02 .Rendimento coletável 12.00% .Sobretaxa Err:502 197.412.Parcela a abater .00% ### 2.820.Quociente dos rendimentos de anos anteriores .º CIRS) Insira ali as retenções de sobretaxa de IRS dos Suj. Err:502 Err:502 Sobretaxa 2015 Prejuízos Fiscais Exercício de 2014 ↓ Rendimento Coletável ↓ Rendimento Cat. € X 2. € Err:502 Demonstração detalhada do cálculo do IRS de 2015 para: O Continente Descrição Valores 01 .00 Err:502 12.72 € Err:502 Err:502 ► 0.5 20 .05 € 87. € 05 .27 € 15 .644.º (art. € Rendimento Cat. Pas.Coleta líquida 2.Deduções à coleta Err:502 .512.Imposto correspondente a rendimentos de anos anteriores . € 06 .716. € 17 . € Valor efetivo de sobretaxa em 2015 .646. € 11 . € 12 .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

b) c) f) .

b) f) c) 1 .

Arganil .

00 € Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 40.50 € Err:502 163. Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 87.27 € Err:502 87.50 € Err:502 3.77 € Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 Err:502 32.50 € Err:502 76.77 € Err:502 ### Err:502 Err:502 .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Quociente dos rendimentos de anos anteriores .104.€ 11 .00 € 22 .Rendimento coletável 12.€ 13 .Sobretaxa 197.Retenções na fonte 2.Deduções à coleta .05 € 20 .64 € 23 .644.€ 14 .72 € 02 .Perdas a recuperar .€ 12 .€ 18 .Pagamentos por conta .Parcela a abater .Benefício Municipal 132.69 € .Quociente familiar ÷ 12.Crédito de imposto .820.€ 06 .716.512.Coleta líquida 2.21 € 19 .72 € Err:502 0.Imposto relativo a tributações autónomas .Deduções específicas 4.Importância apurada .Abatimentos .00% 09 .Imposto apurado VALOR A PAGAR 297.Ajustes à coleta .27 € 15 .€ 10 .00 € 03 .€ 05 .€ 16 .Rendimento global 16.72 € 07 .€ 21 .Valor apurado × .716.412.€ 04 .Coleta total 2.Imposto correspondente a rendimentos de anos anteriores .€ 17 . Demonstração detalhada do cálculo do IRS de 2015 para imprimir Descrição Valores 01 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful