Você está na página 1de 17
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Projeto: O projeto de Instalação Predial
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Projeto: O projeto de Instalação Predial

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Projeto:

O projeto de Instalação Predial de Água Fria é composto por:

- elementos gráficos,

- memoriais,

- desenhos e especificações técnicas que definem a instalação do sistema de recebimento, alimentação, reservação e distribuição de água fria nas edificações. As instalações prediais de água fria deverão ser projetadas de forma que sejam compatíveis com o projeto arquitetônico e demais projetos complementares, visando a máxima economia de energia, o menor desperdício e o máximo reaproveitamento da água. Os projetos complementares deverão estar harmonizados, observando a não interferência entre elementos dos diversos sistemas e considerando as facilidades de acesso para inspeção e manutenção das instalações de um modo geral.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Projeto: Deve garantir o fornecimento de
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Projeto: Deve garantir o fornecimento de

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Projeto:

Deve garantir o fornecimento de água de forma contínua, em quantidade suficiente, com pressões e velocidades adequadas ao perfeito funcionamento das peças de utilização e dos sistemas de tubulações, além de preservar rigorosamente a qualidade da água no sistema de abastecimento.

O projeto deve ser apresentado de forma clara e legível, obedecendo às normas construtivas da ABNT, Prefeitura Municipal, Saneago, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e demais órgãos competentes, quando for necessário, principalmente quando se tratar de projetos especiais como clínicas veterinárias, hospitais, laboratórios, etc.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: Os projetos de água
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: Os projetos de água

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

Os projetos de água fria deverão ser apresentados impressos em pranchas numeradas, tituladas, datadas, com identificação do autor do projeto, proprietário e endereço da obra (Carimbo).

Podem ser utilizadas quantas pranchas de desenho forem necessárias para garantir uma boa apresentação, de forma que venha a facilitar a leitura, análise e execução do projeto.

Deve incluir detalhamentos específicos de reservatórios, caixas de inspeção, caixas de passagem e ligações em instalações prediais já existentes, quando se tratar de uma obra de ampliação ou reforma.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 1- Planta de situação
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 1- Planta de situação

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

1- Planta de situação ao nível da rua, contendo as seguintes indicações: localização de todas as tubulações externas, redes existentes das concessionárias, localização do cavalete para hidrômetro e outros pontos que sejam importantes para implantação do projeto. Deve indicar a direção do Norte verdadeiro. Constar na prancha uma legenda indicativa, de forma que seja possível identificar a função de cada tubulação, isto é, se é uma tubulação de alimentação do reservatório, linha de recalque, etc.

2- Projeto de implantação da obra no terreno em escala adequada, indicando áreas a serem ampliadas ou detalhadas.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 3- Planta baixa de
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 3- Planta baixa de

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

3- Planta baixa de cada pavimento (pavimento tipo, térreo, garagem, subsolo, cobertura, etc) em escala 1:50, contendo:

- a indicação das tubulações quanto a comprimentos,

- materiais e diâmetros, com localização precisa dos aparelhos sanitários e ponto de consumo,

- indicação de conexões (tê, joelho, curva, etc),

- localização dos reservatórios, dos conjuntos moto-bomba, estações redutoras de pressão ou outros equipamentos necessários ao funcionamento do sistema de abastecimento de água fria. Também deve ser integrada a esta prancha legenda adequada indicando a função de cada tubulação.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 4- Detalhamento em
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 4- Detalhamento em

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

4- Detalhamento em perspectiva isométrica dos banheiros, cozinhas, lavanderias e demais dependências que necessitam de abastecimento de água fria, indicando diâmetros, cotas verticais (altura de abastecimento), nível do piso acabado, conexões, válvulas, registros e outros elementos. Desenham-se com traços finos os contornos das paredes e marca-se a posição das portas e janelas. As cotas são dispensáveis. Os aparelhos sanitários são representados por suas convenções em traços de maior espessura, bem como as tubulações, os registros e outros detalhes. Escala de apresentação 1:20 ou 1:25. Ângulo: 30°, 45° ou 60°.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M S
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M S

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria P r o f . M S

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 5- Deve ser indicado
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 5- Deve ser indicado

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

5- Deve ser indicado o sistema de abastecimento dos vasos sanitários, podendo ser:

- válvula de descarga (VD),

- caixa de descarga (CD) ou caixa acoplada (CA).

6- Deve ser apresentado detalhamento da alimentação e saída dos reservatórios.

7- Esquema vertical sempre que a obra tiver mais do que um pavimento.

8- Quando houver sobreposição de tubulação, deve ser indicada a espessura da parede, shaft´s, etc.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 9- Deve ser colocado
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Apresentação gráfica: 9- Deve ser colocado

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Apresentação gráfica:

9- Deve ser colocado junto à prancha de desenho um resumo de quantidade de peças a serem utilizadas na execução, de forma que venha a facilitar a manipulação e leitura do projeto.

10- Memorial descritivo: relação e especificação dos materiais e equipamentos (inclusive conjunto moto-bomba e reservatórios), contendo a descrição completa, quantidade, unidade de medição e modelo adotado.

completa, quantidade, unidade de medição e modelo adotado. P r o f . M S c

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Memorial de calculo: - Demonstrar o
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Memorial de calculo: - Demonstrar o

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Memorial de calculo:

- Demonstrar o cálculo para determinação do consumo diário da

edificação levando em consideração o tipo e número de usuários,

e demanda dos aparelhos.

- Descrever o roteiro de cálculo, ou apresentar planilha específica, para dimensionamento do alimentador predial, barrilete, colunas de água e ramais, especificando vazão, perda de carga, diâmetro da tubulação e cálculo da pressão nos pontos mais desfavoráveis.

- Deve apresentar o cálculo completo de dimensionamento dos

conjuntos moto-bomba e de outros equipamentos necessários. - Demonstrar o cálculo do volume dos reservatórios inferior e superior, especificando as dimensões destes reservatórios e incluindo reserva técnica de incêndio.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO :

- Verificar a existência de rede de água proveniente de abastecimento público, sendo seu uso obrigatório, e respeitando as exigências da concessionária local;

- Verificar a disponibilidade de vazão e pressão na rede da concessionária;

- Comparar o volume fornecido ao consumo médio diário;

- Em caso de inexistência de abastecimento público, ou no caso desse abastecimento ser insuficiente em volume ou pressão, deve-se prever outros sistemas de abastecimento ou complementação com sistema de armazenamento e moto- bombas, ou captação superficial ou em poços profundos;

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

CONDIÇÕES GERAIS PARA ELABORAÇÃO DO PROJETO :

- A ligação à rede pública deverá ser projetada de modo a proporcionar o menor trajeto possível do alimentador, respeitando-se as exigências da concessionária local.

- Deve-se tomar todas as providências para garantir a qualidade da água fornecida pela concessionária local.

- Toda a instalação de água fria deverá ser projetada de modo que as pressões estáticas e dinâmicas se situem dentro dos limites estabelecidos pelas normas, regulamentações, características e necessidades dos equipamentos e materiais das tubulações especificadas em projeto.

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Exercício: 1- Utilizando a planta abaixo
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Exercício: 1- Utilizando a planta abaixo

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Exercício:

1- Utilizando a planta abaixo lance o traçado da tubulação identificando as saídas dos aparelhos, faça o isométrico e vista.

identificando as saídas dos aparelhos, faça o isométrico e vista. P r o f . M

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Exercício: Vista 1 P r o
Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria Exercício: Vista 1 P r o

Instalações Hidrosanitárias Aula 6 – Instalações de agua fria

Exercício:

Aula 6 – Instalações de agua fria Exercício: Vista 1 P r o f . M

Vista 1

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

P r o f . M S c . C r i s t i

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s

P r o f . M S c . C r i s t i

P r o f .

M S c .

C r i s t i n a

M a t t o s