Você está na página 1de 617

"Ai de mim, se eu não anunciar o evangelho"

(1 Coríntios. 09:16)

Copyright © 2014, by Alpha-Omega Ministries, Inc. All rights reserved. Database © 2013 WORDsearch.
ISBN:0-945863-95-0
RECURSOS BIBLICOS
Bíblia de Esboços e Sermões: Sua busca por sermões acabaram! Projetado para pastores e
pregadores ocupados a Bíblia de Esboços e Sermõescombina um esboço TOPICOverso por verso
com comentários condensados de muitas obras clássicas - poupando-lhe horas de pesquisa
demorada e cansativa. Estes materiais sãousados por mais de 55.000 pessoas em 186 países.

DEDICADO:
Á todos os homens e mulheres do mundo que pregão e ensinam o Evangelho de nosso Senhor Jesus
Cristo.

Que Deus lhe conceda muita graça e misericórdia.


________________________
Demonstrado a nós por meio de Cristo

“ Nele temos a redenção por meio de seu


sangue, o perdão dos pecados, de acordo com
as riquezas da graça de Deus. "(Efes. 1:7)

Esperamos que todos possam conhecer toda misericórdia e graça de Deus que fluiatravés da sua
Palavra. Que cada pessoa possa saber que Deus émisericordioso,
Que lhe concede perdão e o usagrandiosamente para cumprir Seu glorioso plano
de salvação.

"Porque Deus tanto amou o mundo que deu


o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer
não pereça, mas tenha a vida eterna.
Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para
condenar o mundo, mas para que este fosse salvo
por meio dele." (João 3:16–17)

" Isso é bom e agradável perante Deus,


nosso Salvador, que deseja que todos
os homens sejam salvos e cheguem
ao conhecimento da verdade” (1 Tim. 2:3–4)
________________________

Bíblia de Esboços & Sermões


Foi escrito e preparado para o povo de Deus, para que seja usadono
Ensinoe estudo pessoal das Sagradas Escrituras.

NOSSA MISSÃO E OBJETIVO EM 5 PONTOS:


1. Compartilhar a Palavra de Deus com o mundo.
2. Ajudar o povo de Deus, tanto o ministro como o leigo, em seu entendimento,
pregação e ensino da Palavra de Deus.
3. Fazer tudo o que Por possível para levar homens, mulheres, meninos e meninas
a darem seus corações e vidas a Jesus Cristo para que eles possam garantir a
vida eterna que Ele oferece.
4. Fazer tudo o que podemos para ministrar aos necessitados ao redor mundo.
5. Colocar Jesus Cristo em seu merecido lugar, lugar que a Palavra de Deus lhe
concede. Portanto, que nenhum trabalho ministerial ao redor do mundo
poderá substitui-lo
.
Este material, como obras semelhantes, veio de uma fonte humana, portanto, imperfeito e
suscetível a erro humano. No entanto, estamos gratos a Deus por ter nos chamando e capacitando
por meio de Seu Espírito Santo para realizar esta tarefa, através de sua bondade e graça, A Bíblia de
Esboços e Sermões do Antigo e Novo Testamento é composta por 44 volumes.
Nós dedicamos esse material em primeiro lugar para todo aquele que pregaram e ensinaram a
palavra de Deus em todo sos tempos, no qual esse trabalho se baseou, que a eles sejam dada toda a
gloria por essa obra.
Nossa oração é para que cada volume possa levar milhares, milhões, ou até bilhões de pessoas a
terem uma melhor compreensão das Sagradas Escrituras e um conhecimento mais completo de
Jesus Cristo, o Verbo encarnado, de quem as Escrituras testemunham tão fielmente.

A BÍBLIA DE ESBOÇOS E SERMÕES é única. Diferente de todas as outras Bíblias de estudos


e matérias de preparação de sermões, sabe o porquê? porque cada passagem e tema e esboçado
imediatamente próximo ao texto bíblico. Quando você escolhe um tema e segue uma referência não
encontrará somente o texto bíblico, como também um esboço TOPICO por paragrafo e versículo
por versículo.
Para um rápido exemplo, ao escolha um dos tema que se seguem e visualizar o texto bíblico,
você encontrará uma maravilhosa ajuda, que é o parágrafo do texto bíblico completamente
esboçado, no qual irá lhe ajudar a usar o material de uma maneira muito mais rápida, fácil e correta.
Além disso, você encontrará cada ponto do texto e seus respectivos tema totalmente desenvolvido
por um comentário com referências bíblicas no canto da página. Esse tipo de organização tem o
intuito de acelerar ainda mais a preparação e elaborações de sermões
A Epístola de Paulo aos

ROMANOS

INTRODUÇÃO

Conteúdo:

Autor

Data

Destinatários

Propósito

Características especiais

AUTOR : Paulo, o Apóstolo. Paulo claramente afirma que ele é o autor ( Romanos 1: 1 ), e as referências
pessoais e Fatos apresentados em Romanos 15 nos diz para além de qualquer dúvida de que Paulo é o autor.

DATA : AD 55-58.

Paulo diz: "Agora, vou a Jerusalém para ministrar aos santos" ( Romanos 15:25 ). Esta viagem a Jerusalém
foi a viagem, tornadas necessárias pela extrema pobreza dos crentes na igreja de Jerusalém. Paulo tinha
tomado um conjunto das igrejas dos gentios e se sentiu compelido a entregar a si mesmo oferecendo. Isso
ocorreu em sua terceira viagem missionária.
Destinatários : "Para todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados a ser santos".

Vários manuscritos foram encontrados com os toques pessoais e locais de Romanos 15-16 omitido ea
doxologia incluído. Isso iria apontar para a existência de várias igrejas. O lugar da escrita parece ser Corinto,
para Paulo recomendou Phoebe aos Romanos. Phoebe era uma diaconisa de Cencréia, o porto oriental de
Corinto.

PROPOSITO : Paulo tinha várias razões para escrever.

1. Paulo queria evangelizar a Espanha ( Romanos 15:24 ). Para isso ele precisava de uma igreja local para
lançar o seu ministério de uma igreja que seria muito mais perto de Espanha do que Antioquia. Antioquia
tinha sido sua base até agora. Ao escrever Romanos, ele estava preparando a igreja romana para o dia em
que ele iria revelar a sua visão para eles. Ele foi familiarizá-los com o seu nome, a sua missão, e seu amor.

2. Paulo tinha uma compulsão pessoal para visitar e testemunho em Roma. Sua estratégia ao longo da
vida foi para evangelizar as grandes cidades metropolitanas ao longo do percurso que ia de Jerusalém a
Roma. Ele sabia que um percurso, de modo muito viajado e cidades tão ativamente engajados no comércio
garantiria a difusão do Evangelho. Roma era a capital, o centro do mundo; que forneceu a maior
oportunidade estratégica para a evangelização do mundo. A Roma conquistou para Cristo pode significar um
mundo conquistado por Cristo.

3. Paulo não tinha certeza de que jamais chegaria a Roma pessoalmente. Ele estava indo para Jerusalém
e sabia do perigo. Havia uma chance de que ele poderia ser morto em Jerusalém. Ele pediu a igreja romana
para orar por ele: "Rogo-vos, irmãos ... luteis juntamente comigo nas orações a Deus por mim, para que eu
possa ser entregue a partir deles que não acreditam na Judéia" ( Romanos 15:30 -31 ). No entanto, apesar
do perigo, Paulo era um mestre estrategista: ele sabia a importância estratégica da Roma para a difusão do
Evangelho em todo o mundo. A igreja teve que ser arraigados e alicerçados na fé; portanto, ele sentou-se e
escreveu este grande carta. A mensagem da carta é que Paulo teria martelo nos corações dos crentes se ele
nunca chegou a enfrentá-los.

CARACTERISTICAS ESPECIAIS :

1 A igreja em Roma. A igreja era forte. Cinco fatores mostrar a sua força.

Primeiro, Roma era uma igreja leiga . Um escritor do século IV, disse que alguns cidadãos romanos
"tinham abraçado a fé em Cristo ... sem nenhum sinal de obras poderosas ou qualquer dos apóstolos"
(Ambrosiaster, um Pai Latina, em sua Epístola aos Romanos . Citado por FF Bruce. A Epístola de Paulo aos
Romanos "Os Tyndale Comentários Novo Testamento", ed por RVG Tasker Grand Rapids, MI:... Eerdmans,
1963, p.13). O conteúdo da carta mostra um povo de grande profundidade e maturidade espiritual. Mas
como é que o evangelho chegar a Roma? Quem fundou a igreja? A única coisa que sabe ao certo é que houve
uma grande e próspera igreja na capital. Mas só quando a igreja foi fundada é desconhecida. Existem várias
possibilidades.
a. No dia de Pentecostes, havia "estrangeiros de Roma, tanto judeus como prosélitos" ( Atos
02:10 ). Algum convertidos durante o Pentecostes? Não há menção específica de convertidos entre
os romanos, mas Romanos são o único grupo identificado entre os peregrinos europeus.

b. Muitos dos membros da igreja romana eram conhecidos por Paulo pessoalmente. Ele os tinha
encontrado em outro lugar, em algum momento há muito tempo. A igreja poderia ter sido fundada
por estes. Ele cumprimenta Áquila e Priscila ( Romanos 16: 3 ; cp. Atos 18: 2-3 ). Ele também recebe
alguns crentes conhecidos a quem ele diz que estavam "em Cristo" antes mesmo de si mesmo: a
Andrônico ea Júnias (Romanos 16: 7 ). Rufus, talvez o filho de Simão de Cirene, que carregou a cruz
de Cristo, também é saudado (ver nota- • Romanos 16:13 ;. cp Marcos 15:21 ). Paulo pode ter
conhecido Rufus e sua mãe em Antioquia.

c. Os seguidores leigos de Cristo foram, provavelmente, um dos primeiros a levar o evangelho a


Roma. Este foi grande estratégia de Paulo, como comandante-chefe de Deus para a evangelização
do mundo. Paulo tinha penetrado as grandes cidades do mundo com o evangelho glorioso, e ele
fez tudo o que podia para estabelecer uma igreja forte em cada uma das grandes cidades. Cada
uma dessas cidades jaziam grandes estradas do mundo que levaram para a direita no coração da
capital do mundo, a própria Roma. Em toda a azáfama de negócio e viajar para lá e para cá, alguns
homens, correndo por todo o mundo e exercerem as suas coisas, eram obrigados a ser alcançado
por Cristo e de se tornarem missionários leigos. Era inevitável que Roma ser penetrada. A igreja
foi obrigado a ser fundada, mesmo no coração de Roma.

Em segundo lugar, Roma tinha uma reputação mundial . Sua fé era forte ( Romanos 1: 8 ). Foi
espiritualmente maduro, capaz de digerir a carne da Palavra. Praticamente todas as páginas abrange uma
grande doutrina ou discussão teológica.

Em terceiro lugar, Roma era uma igreja gentia . Os gentios, que compunham a grande maioria dos
membros, foram alertados para o fato de que o cristianismo tinha vindo de raízes judaicas. Por isso, os judeus
deveriam ser profundamente respeitada, mesmo se eles estavam em menor número ( Romanos 11:18 ).

Em quarto lugar, Roma era uma igreja perseguida . A igreja foi severamente perseguidos, sete anos após
Paulo escreveu esta grande carta aos crentes. Nero tinha queimado a parte mais antiga da cidade grande em
um acesso de loucura, e ele culpou o incêndio de Roma sobre os cristãos. Os crentes também foram acusados
de crimes como o canibalismo, práticas imorais, e com ser inimigos do Estado. Eles foram efetivamente
cobrada com qualquer outro crime que poderia ser conivente. No entanto, o sangue da igreja provou ser sua
semente (Tertuliano, Apologia 50 Citado por FF Bruce. A Epístola de Paulo aos Romanos . "O Tyndale Novo
Testamento Comentários", p.17). Crentes, fugindo da perseguição, espalhados por todo o mundo; e onde
quer que fossem eles compartilharam a notícia gloriosa da vida eterna em Cristo Jesus. Além disso, os
cidadãos de Roma se cansou de tanta selvageria e, eventualmente, exigiu que a selvageria contra os cristãos
parar. A igreja foi deixado sozinho e as gloriosas novas de salvação foi autorizado a ser proclamado
livremente.

Em quinto lugar, Roma era uma igreja triunfante . A igreja estava sem vergonha de sua vida e
testemunho. Ele estava disposto a levantar-se e ser contado ao lado daqueles que sofreram. Quando Paulo
estava sendo escoltado para a cidade como um prisioneiro romano, enquanto ainda alguns trinta a quarenta
quilômetros de distância, a igreja cristã marcharam para conhecer e dar a ele uma procissão triunfante ao
longo desses trinta a quarenta milhas. A visão desses queridos crentes cheios Paulo com um sentimento de
glória raramente experimentado pelos homens. (Veja nota- • Atos 28: 13-15 ).

2. Romanos é o grande Epístola de Teologia . É uma indicação de que Paulo acreditava, uma declaração
de sua teologia. Paulo não estava escrevendo para atender um problema especial ou perigo ou erro. Ele
estava escrevendo principalmente para a raiz e aterrar os crentes romanos na fé tão profundamente quanto
podia, pois viveu na grande centro estratégico com potencial explosivo para a evangelização mundial. Ele
estava completamente livre para expor o que ele viu ser a teologia essencial para uma fé viva.

3. Romanos é a carta escrita para cada homem . É o Evangelho de Deus ( Romanos 1: 1 ). É um livro para
o mundo ( Romanos 1: 4-2: 16 , etc); um livro para a igreja (ver Romanos 1: 1-7 , etc); um livro para os teólogos
(ver Romanos 3: 1-5: 21 , etc); um livro para os filósofos (ver Romanos 1: 1-2: 16 , etc); um livro para os
legalistas (veja Romanos 7: 1F , etc); um livro para os crentes imaturos (veja Romanos 6: 1-8: 30 ); um livro
para crentes maduros (veja Romanos 8: 12-14 , etc); um livro para quem sofre (ver Romanos 7: 1-8: 39 ,
etc); um livro para os incrédulos (ver Romanos 1: 1-2: 16 , etc); um livro para os religiosos (ver Romanos 2:
17-5: 21 , etc). Romanos é a verdade precisava desesperadamente por todos os homens, quem ou onde quer
que esteja.

4. Romanos é Último Testamento da Igreja . Embora uma das forças motrizes do coração de Paulo era
visitar a igreja romana, ele não tinha certeza de que ele nunca iria conseguir vê-los face a face (Veja Propósito,
ponto 3 ). No entanto, a importância estratégica da igreja exigiu que ele fizesse o possível para garantir que
eles usam seu potencial explosivo para Cristo. Assim, ele foi forçado a escrever-só no caso. E escrever ele
fez.No livro de Romanos que a Igreja tem o que Paulo queria dizer para a igreja-para o caso de ele nunca
chegou lá. Em certo sentido, é Último Testamento da Igreja -apenas o que a igreja precisa ouvir. Romanos
mais se aproxima de ser a única posse escrevi as necessidades da igreja, a declaração mais completa da
verdade cristã.

5. Romanos é verdade principal do Evangelho . Isto é evidente a partir de características especiais, pontos
1e2.

6. Romanos é Plano World-Wide de Deus para Israel e os gentios . Mais claramente do que qualquer outro
livro, Romanos mostra glorioso plano de Deus para as idades em Israel e as nações dos gentios. Uma visão
panorâmica da história é dada a partir de uma perspectiva cristã. Este é rapidamente captado por um estudo
do Contorno, Romanos 9-11 .
ESBOÇO GERAL DE ROMANOS

I. Saudação e TEMA: O EVANGELHO EA JUSTIÇA DE DEUS, 1: 1-17


A. Credenciais de Paulo: Escravidão a Cristo, 1: 1-7
B. Juros do Paulo na Igreja: Escravidão ao Evangelho, 1: 8-15
C. A ousadia do Paulo por Cristo: Não tinha vergonha do Evangelho, 1: 16-17
II. Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20
A. Caso de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Por que Deus mostra Ira, 1: 18-23
B. Caso do Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Como Deus mostra Ira, 1: 24-32
C. Caso da Deus contra o moralista: Acórdão, 2: 1-16
D. Caso de Deus contra o religioso (judeu), 2: 17-29
E. Os argumentos do religioso (judeu) Contra a Religião do Coração, 3: 1-8

(. Cp Romanos 2: 23-29 )
F. O caso de Deus contra todos os homens, 3: 9-20

III. FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21
A. Justiça: O Caminho para estar bem com Deus, 3: 21-26
B. Fé: A maneira que põe fim à Gozando Humana e do orgulho, a auto-justiça e Obras, 3: 27-31
C. Logica: O que a fé por si só justifica a Homem, 4: 1-8
D. rituais, normas e Portarias: A maneira errada para o homem procurar Justificação, 4: 9-12
E. Lei: A maneira errada para um homem ser justificado, 4: 13-16
F. Abraão: o exemplo de um homem justificado pela fé, 4: 17-25
G. O Amor de Deus Incrivel (Parte I): Os resultados da justificação, 5: 1-5
H. O Amor de Deus Inacreditável (Parte II): A grande profundidade de Justificação, 5: 6-11
I. Adão e Cristo: Os Dois Pontos Focais de História, 5: 12-21
IV. Santidade ea santificação: o caminho para o crente livre do pecado, 6: 1-23
A. O crente não é para continuar no pecado (Parte I): É a conhecer a sua posição em Cristo, 6: 1-10
B. O crente não é para continuar no pecado (Parte II): Ele é para viver a sua posição em Cristo, 6: 11-
13
C. O crente não é para continuar no pecado (Parte III): ele não tem licença para pecar, 6: 14-23
V. luta e CONFISSÃO: O Crente é ser livre da lei, 7: 1-25
A. As duas posições da Lei para o homem, 7: 1-6
B. O propósito da lei, 7: 7-13
C. As Confissões de lutar alma de um homem, 7: 14-25
VI. Libertação e REDENÇÃO: O Crente deve ser libertada de lutando e sofrendo pelo Espírito Santo, 8: 1-39
A. O homem em Cristo Jesus está livre da condenação: O Poder do Espírito, 8: 1-17
B. Toda a Criação deve ser libertada de lutando e sofrendo, 8: 18-27
C. Deus assegura Libertação (Liberdade) de lutando e sofrendo, 8: 28-39
VII. ISRAEL E o evangelho da justiça, 9: 1-11: 36
A. Os privilégios de Israel e seu fracasso trágico, 9: 1-5
B. O Verdadeiro Israel ou filhos de Deus, 9: 6-13
C. A rejeição de Israel: Direito de Deus para mostrar misericórdia e justiça como Ele quer, 9: 14-33
D. O erro trágico de Israel: Falta justiça de Deus, 10: 1-11
E. O Evangelho (justificação pela fé) não é para Israel Alone-É Universal, 10: 12-21
F. O Insensibilidade no coração de Israel não é total-há um remanescente, 11: 1-10
G. O Insensibilidade no coração de Israel não é Final-Não é para ser uma Restauração, 11: 11-16
H. O Insensibilidade no coração de Israel é um aviso para as outras nações, 11: 17-24
I. A Restauração de Israel e seu Fiador, 11: 25-36
VIII. O crente eo seu comportamento DIÁRIO, 12: 1-15: 13
A. o crente e Deus, 12: 1-2
B. O Crente ea si mesmo, 12: 3-8
C. O Crente e outros crentes, 12: 9-13
D. O Crente e incrédulos, 12: 14-21
E. O Crente eo Estado, 13: 1-7
F. O Crente e seus concidadãos, 13: 8-10
G. O Crente eo Ameaça do Tempo, 13: 11-14
H. O Crente forte eo crente ruim: Funções questionável e Comportamento-Liberdade Cristã, 14: 1-23
I. as marcas de um Comunhão forte dentro da Igreja, 15: 1-13
IX. O mensageiro de Deus e seus planos, 15: 14-16: 27
A. O Mensageiro ou ministro de Deus, 15: 14-21
B. O Mensageiro e seu ministério, 15: 22-33
C. Recompensa do Mensageiro: Um dos Halls da Fama de Deus, 16: 1-16
D. Advertência final do Mensageiro: Fazer divisão de pessoas, 16: 17-20
E. Companheiros do Mensageiro, 16: 21-24
F. Bençãos do Mensageiro: Deus é poderoso para vos confirmar, 16: 25-27
Romanos 1:1-17

I. saudação e TEMA: O EVANGELHO EA JUSTIÇA DE DEUS, 1: 1-17


A. Credenciais de Paulo: escravidão a Cristo, 1: 1-7 Veja: DS1
1 Era um escravo de Cristo (v.1a)
2 Ele foi um apóstolo de Deus (v.1b)
3 Ele foi separado para o evangelho de Deus (v.1c-4)
a. O evangelho prometido há muito tempo (v.2)
b. O evangelho que diz respeito o Filho de Deus, Jesus Cristo, tornando-se um homem (v.3)
c. O evangelho que declara que Jesus Cristo é o Filho de Deus (v.4)
1) Pelo Espírito de santidade (v.4a)
2) Pela ressurreição (v.4b)
4 Ele havia recebido a graça de Deus ea missão de Deus (v.5) Ver: DS2
5 Ele reconheceu a escravidão de outros (v.6-7)
a. Eles também foram chamados (v.6)
b. Eles também eram amados (v.7a)
c. Eles também eram santos (v.7b)
d. Eles também eram os destinatários da graça e da paz (v.7c)
(Esboço Continua....)
ROMANOS: I Divisão
Saudação e TEMA: O EVANGELHO E A JUSTIÇA DE DEUS, 1: 1-17

A. As Credenciais de Paulo: Escravidão a Cristo, 1: 1-7


( 1: 1-7 ) Introdução : nenhuma pessoa é um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo, a menos que ele
seja escravizado por Cristo . Na verdade, é impossível para uma pessoa pertencer a Cristo a menos que ele
seja um escravo de Cristo . Esta é a mensagem chocante que Paulo quer passar para os crentes em Roma.

1. Ele era um escravo de Cristo (v.1).

2 Ele foi um apóstolo de Deus (v.1).

3 Ele foi separado para o evangelho de Deus (v.1-4).

4 Ele havia recebido a graça de Deus e a missão de Deus (v.5).

5. Ele reconheceu a escravidão de outros (v.6-7).

ESTUDO TOPICO# 1 (1: 1-7) Cristianismo Evangelho:

1. ( 1: 1 ) -servo escravo ( doulos ): Paulo era um "escravo" de Jesus Cristo. A palavra "escravo" ( doulos )
significa muito mais do que apenas um servo. Isso significa um escravo totalmente possuída pelo mestre. É
um servo obrigado por lei a um mestre.

Um olhar sobre o mercado de escravos da época de Paulo mostra mais claramente o que Paulo queria
dizer quando ele disse que era um "escravo de Jesus Cristo."

1 O escravo era propriedade de seu mestre; Ele estava totalmente possuído por seu mestre. Isto é o que
Paulo queria dizer. Paulo foi adquirido e possuído por Cristo. Cristo tinha olhado para ele e tinha visto sua
condição degradada e necessária. E quando Cristo viu, a coisa mais maravilhosa que aconteceu: Cristo amou
e comprou-lhe; por isso, ele agora era a posse de Cristo.

2. existia o escravo para o seu mestre e ele não tinha outra razão para a existência. Ele não tinha direitos
pessoais que seja. O mesmo aconteceu com Paulo: ele só existia para Cristo. Seus direitos eram os direitos
de somente Cristo.

3 O escravo serviu a seu mestre e ele existia apenas para fins de serviço. Ele estava à disposição do mestre
qualquer hora do dia ou da noite. Assim foi com Paulo: ele viveu apenas para servir a Cristo-hora a hora, dia
a dia, e noite após noite.

4 A vontade do escravo pertencia a seu mestre. Ele foi autorizado há vontade e nenhum outro do que a
vontade e ambição do mestre ambição. Ele estava completamente subserviente ao Mestre e devia
obediência total à vontade do mestre. Paulo pertencia a Cristo. Na verdade, ele disse que lutou e se esforçou
para trazer todo pensamento cativo à obediência de Cristo "( 2 Cor 10. 5 ).

5 Há uma coisa quinto e mais precioso que Paulo quis dizer com "um escravo de Jesus Cristo." Ele quis
dizer que ele tinha a profissão mais alta e mais honrado e real em todo o mundo. Homens de Deus, os maiores
homens da história, sempre foram chamados de "os servos de Deus." Foi o mais alto título de
honra. Escravidão do crente com Jesus Cristo não é servil, covarde, ou sujeição vergonhoso. É a posição de
honra a honra que dá em cima de um homem os privilégios e responsabilidades de servir o Rei dos reis e
Senhor dos senhores.

⇒ Moisés foi o servo de Deus ( Dt 34: 5. ; Salmo 105: 26 ; Malaquias 4: 4 ).

⇒ Josué foi o servo de Deus ( Josué 24:29 ).

⇒ David foi o servo de Deus ( 2 Samuel 03:18 ; Salmo 78:70 ).

⇒ Paulo era o escravo de Jesus Cristo ( Romanos 1: 1 ; . Filipenses 1: 1 ; Tito 1: 1 ).

⇒ Tiago foi o servo de Deus ( Tiago 1: 1 ).

⇒ Pedro era o escravo de Jesus Cristo ( 2 Pedro 1: 1 ).

⇒ Judas foi o servo de Deus ( Judas 1 ).

⇒ Os profetas eram os escravos de Deus ( Amós 3: 7 ; Jeremias 07:25 ).

⇒ cristãos dizem ser os escravos de Jesus Cristo ( Atos 02:18 ; 1 Coríntios 7:22. ; Efesios. 6: 6 ; Col.
4:12 ; . 2 Tm 2:24 ).

(Este ponto é construído sobre o que William Barclay diz. A Carta aos Romanos "The Daily Estudo Bíblico".
Filadélfia, PA.: The Westminster Press, 1955, p.2).

"Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo; se alguém me
servir, meu Pai o honrará" ( João 12:26 ; cp. Romanos 12: 1 ; 1 Cor. 15:58 ).

"[Trabalhando] não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de
Cristo, fazendo a vontade de Deus de coração; com boa vontade fazendo o serviço, como ao Senhor,
e não aos homens" ( Ef 6: 6. 7 ).

"E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens, sabendo que
do Senhor recebereis como recompensa a herança; servi o Senhor Jesus Cristo" ( Cl 3, 23-24 ) .

"Por isso, recebendo nós um reino que não pode ser abalado, retenhamos a graça, pela qual
podem servir a Deus agradavelmente, com reverência e temor "( Hebreus 12:28 ).

"E servireis ao Senhor vosso Deus" ( Êxodo 23:25 ).


"O que é que o Senhor teu Deus requer de ti, senão que temas o Senhor teu Deus, que andes
em todos os seus caminhos, eo ames, e sirvas ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e com toda
a tua alma" ( Dt . 10:12 ).

"Servi ao Senhor com temor, e regozijai-vos com tremor" ( Salmo 02:11 ).

"Servi ao Senhor com alegria: diante dele com cântico" ( Salmo 112: 2 ).

2. ( 1: 1 ) apostolado Paulo, Call of : Paulo era um apóstolo de Deus. A palavra "apóstolo" ( apostolos )
significa tanto uma pessoa que é enviado para fora ou uma pessoa que é enviado. Um apóstolo é um
representante, um embaixador, uma pessoa que é enviado para um país para representar outro país. Três
coisas são verdadeiras do apóstolo: (1) a que pertence aquele que o enviou para fora; (2) ele é contratado
para ser enviado; e (3) que possui toda a autoridade e poder daquele que lhe envia.

Observe três lições contundentes.

1. Paulo disse que ele foi "chamado" para ser apóstolo. Ele não estava no ministério, porque ele ...

• escolheu ser.

• teve a capacidade.

• foram encorajados por outras pessoas para escolher a profissão ministerial .

• gostei de trabalhar com pessoas.

Ele era um apóstolo, um ministro do evangelho por uma única razão: Deus o havia chamado.

"Mas subir, e põe-te em pé, porque eu [o Senhor] já te apareceu para este fim, para te pôr por
ministro e testemunha tanto das coisas que tens visto, e essas coisas no que eu vou aparecer a ti
"( Atos 26:16 ).

"E eu agradeço a Jesus Cristo, nosso Senhor, que me tem habilitado, para que ele contou-me
fiel, pondo-me no ministério" ( 1 Tm. 1:12 ).

"Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, da tua parentela, e da casa de teu pai, para a
terra que eu te mostrarei" ( Gênesis 12: 1 ).

"Vem agora, pois, e eu te enviarei [Moisés] a Faraó para que tires o meu povo, os filhos de Israel
do Egito" ( Êxodo 03:10 ).

"E o Senhor olhou para ele [Gideão] e disse: Vai nesta tua força, e tu lhe salvar Israel da mão
dos midianitas; já não te enviei eu?" ( Juízes 6:14 ).

"? Também eu [Isaías] ouviu a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por
nós Então eu disse: Eis-me aqui, envia-me" ( Is 6, 8 ).
2. Paulo ouviu e respondeu ao chamado de Deus. Deus não substituir a vontade, ele é Paulo queria que
Paulo no ministério, então ele chamou Paulo. Mas note-se: foi-se a Paulo para ouvir e responder.

3. Paulo foi chamado para ser apóstolo, isto é, para ser um ministro. Ele não foi chamado para ocupar
uma posição de autoridade ou de serem honrados pelos outros.

Pensamento 1 . Cada servo de Deus é chamado para dois propósitos principais:

1) Para servir e ministrar.

"E quem quiser ser o primeiro entre vós, seja vosso servo: Assim como o Filho do
homem não veio para ser ministrado a, mas para servir e dar a sua vida em resgate por
muitos" (Mateus 20: 27-28 ) .

"?. Qual destes três te parece ter sido o próximo daquele que caiu nas mãos dos
salteadores E ele disse: O que usou de misericórdia para com ele Então disse-lhe Jesus: Vai,
e faze tu o mesmo" ( Lucas 10: 36- 37 ).

"Ora, se eu, vosso Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés
uns aos outros" ( João 13:14 ).

"Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo" ( Gálatas 6: 2 ).

"Então, enquanto temos oportunidade, façamos o bem a todos, especialmente, àqueles


que são da família da fé" ( Gálatas 6:10 ).

2) Para ir adiante e dar frutos.

"Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento" ( Mateus 3: 8 ).

"Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que
vades e deis fruto, eo vosso fruto permaneça" ( João 15:16 ).

"Portanto, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para
que sejais de outro, mesmo para aquele que ressuscitou dentre os mortos, que devemos
dar frutos para Deus" ( Romanos 7 : 4 ).

"Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus"
( Filipenses 1:11 ).

"Para que possais andar dignamente diante do Senhor, para o seu inteiro agrado,
frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus" ( Col. 1:10 ).
"E ele será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na
estação própria, e cuja folha não cairão, e tudo quanto fizer prosperará" ( Salmos 1: 3 ).

"Os que estão plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus"
( Salmo 92:13 ).

3. ( 1: 1-4 ) Evangelho, que significa : Paulo foi separado para o evangelho de Deus. Esta é a razão pela qual
Deus chamou Paulo: que Paulo pode ser separado ( aphōrismenos PWS: 3452 ) ou marcada e separado para
o evangelho de Deus. A palavra "evangelho" significa simplesmente a boa notícia de Deus .

⇒ Paulo não disse que ele foi chamado e separado para uma religião feita pelo homem, denominação
ou seita; nem ele foi chamado em primeiro lugar a um evangelho de justiça e de bem-estar social,
tão importante quanto essas chamadas são.

⇒ Paulo disse que ele foi separado para o evangelho, as boas novas de Deus (cp. 1 Ts 2:. 2-13 ).

Observe que é o evangelho.

1 O evangelho do Novo Testamento é o mesmo boas notícias de Deus que foi prometido nas Escrituras
do Antigo Testamento. Jesus Cristo é o motivo eo autor do evangelho, mas o evangelho começou muito
antesdo nascimento de Jesus. O evangelho começou há muito, muito tempo na mente e plano de Deus, e
Deus predisse a vinda do evangelho (seu filho) por meio dos profetas antigos. Marcos diz que Paulo foi para
mais tarde dizer: "O início do evangelho de Jesus Cristo, o Filho de Deus, como está escrito nos profetas: Eis
que eu envio o meu anjo ante a tua face, o qual preparará o teu caminho diante de ti. A voz do que clama no
deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas "( Mc 1, 1-3 . Consulte estudo mais
profundo # 1, Gospel-Romanos 1: 1-7 Veja. estudo mais profundo # 3 , Escritura Cumprido - João 01:45 para
discussão. Veja também, Prophecy-Master Index Assunto .)

"Examinai as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim
testificam" ( João 5:39 ).

"Mas, alcançando socorro de Deus, ainda até ao dia, dando testemunho tanto a pequenos como
a grandes, não dizendo nada mais do que aqueles que os profetas e Moisés disseram que devia
acontecer" ( Atos 26:22 ).

"Deus, que em diversas ocasiões e de muitas maneiras falou em outro tempo aos pais, pelos
profetas" ( Hebreus 1: 1 ).

"Da qual salvação os profetas inquiriram e trataram diligentemente, que profetizaram da graça
que vos foi dada, indagando que tempo ou que ocasião de tempo o Espírito de Cristo, que estava
neles, indicava, ao predizer os sofrimentos que a Cristo , ea glória que se lhes seguem "( 1 Pedro 1:
10-11 ).
"Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum. Mas os homens santos de
Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo" ( 2 Pedro 1 : 20-21 ).

2 O evangelho é a encarnação do "Filho de Deus, Jesus Cristo, nosso Senhor" (ver estudo mais profundo
# 1, Gospel-Romanos 1: 1-7 ). Note como Paulo leva os nomes e títulos de Jesus Cristo e empilha-los uns
sobre os outros.

⇒ o Filho de Deus. (Veja nota- • João 1:34 .)

⇒ Jesus. (Veja um estudo mais profundo # 4-Mateus 1:21 .)

⇒ Cristo. (Veja um estudo mais profundo # 2-Mateus 1:18 .)

⇒ Nosso Senhor. (Veja um estudo mais profundo # 2-Atos 2:36 .)

As preocupações do evangelho: "Filho de Deus, Jesus Cristo nosso Senhor." Ele é o Sujeito eo autor do
evangelho. Por Ele e por Ele o evangelho é criada e proclamada. Ele traz a boa notícia de Deus para o
homem. Ele é a própria encarnação da boa notícia do próprio Deus.

O evangelho diz respeito a duas gloriosas verdades.

a. O primeiro gloriosa verdade é que o Filho de Deus tornou-se homem. Ele nasceu da descendência
de Davi; ou seja, ele nasceu como um homem, como um descendente de David. David foi o maior
governante de Israel; ele foi um dos maiores antepassados de Jesus. (Ver nota, Jesus Cristo, o
herdeiro de Davi - • Lucas 3: 24-31 ).

O ponto é este: Deus enviou o Seu Filho ao mundo em carne humana. As palavras "foi feito"
( genomenou PWS: 4264 ) significa tornar-se. O Filho de Deus tornou-se um homem-carne e sangue,
exatamente como todos os outros homens. Ele tinha uma natureza humana, e porque ele tinha
uma natureza humana ...

• Ele sofreu todas as provações da vida que nós sofremos.

• Ele é capaz de socorrer -nos através de todas as provações da vida.

"A Palavra [Filho de Deus] se fez carne, e habitou entre nós (e vimos a sua glória,
como a glória do unigênito do Pai), cheio de graça e de verdade" ( João 1:14 ).

"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou
das mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte,
isto é, o diabo, e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam toda a vida
sujeitos à escravidão Porque, na verdade, ele não tomou sobre si a natureza dos
anjos,. mas ele levou sobre si a semente de Abraão Por isso em todas as coisas que
convinha que fosse feito semelhante a seus irmãos, para que pudesse ser. um sumo
sacerdote misericordioso e fiel nas coisas concernentes a Deus, para expiar os
pecados do povo Porque naquilo que ele mesmo sofreu, tendo sido tentado, é
poderoso para socorrer os que são tentados "(. Hebreus 2: 14-18 ) .

b. A segunda verdade gloriosa é tanto profunda e crítica, pois proclama a natureza divina de Jesus
Cristo. Jesus Cristo era o Filho de Deus antes que Ele veio ao mundo . (Veja nota- • João 1: 1-2 ;
nota- • João 1: 3 ; nota- • Fl 2. 6 ; nota- • Fil 2, 7. para discussão.) No entanto, desde que chegou, Ele
é declarado ser o Filho de Deus por duas coisas.

• O Espírito de santidade que habitava nele declara que Jesus é o Filho de Deus. Ele era a
própria encarnação da santidade, da pureza e da moral e da justiça. Sua vida na terra
comprova o fato. Ele viveu como um homem por trinta alguns anos e nunca pecou .

"Para ele o fez pecado por nós, que não conheceu pecado , para que nele
fôssemos feitos justiça de Deus nele "( 2 Cor 5:21. ).

"Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das
nossas fraquezas, antes foi em todos os pontos tentado como nós somos, mas sem
pecado "( Hebreus 4:15 ).

"Para um sumo sacerdote tal tornou-se-nos, que


é santo , inocente , imaculado , separado dos pecadores , e feito mais sublime do
que os céus "( Hebreus 7:26 ).

"Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro sem defeito e sem
mácula "( 1 Pedro 1:19 ).

"Quem não cometeu pecado , nem dolo algum se achou em sua boca "( 1 Pedro
2:22 ; cp. Isaías 53: 9 ; João 8:46 ).

• A ressurreição dos mortos declara que Jesus é o Filho de Deus. Todos os outros homens são
mortos e enterrados. A prova é demonstrada por uma simples pergunta: "Onde estão
Onde estão nossas mães, nossos pais, nossos irmãos, nossos antepassados?" Depois de
terem deixado este mundo, eles se foram ea terra nunca vê-los novamente. Mas não
Cristo. Ele morreu, mas Ele ressuscitou e caminhou sobre a terra novamente. E hoje Jesus
Cristo vive para sempre na presença de Deus. A morte não pôde segurá-Lo porque Ele era
o Filho de Deus e possuía o espírito de santidade perfeita.(Veja um estudo mais profundo
# 4 , Jesus Cristo, Ressurreição-Atos 2:24 para mais discussão.)

"A quem Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte, pois não era
possível que fosse retido por ela" ( Atos 02:24 ).
"Portanto, que toda a casa de Israel saiba com certeza, que Deus fez esse
mesmo Jesus, a quem vós crucificastes, Senhor e Cristo" ( Atos 02:36 ).

"O Deus de nossos pais ressuscitou a Jesus, a quem vós matastes, pendurando
em uma árvore. Ele Deus exaltou com a mão direita para a Príncipe e Salvador, para
dar a Israel o arrependimento ea remissão dos pecados" ( Atos 5 : 30-31 ).

"E declarou ser o Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santidade, pela
ressurreição dentre os mortos" ( Romanos 1: 4 ).

"Porque foi para isto mesmo que Cristo morreu e ressuscitou, e reviveu, para
que pudesse ser Senhor tanto de mortos como de vivos" ( Rm 14, 9 ).

"[poder de Deus], que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos,


e pondo-o à sua direita nos lugares celestiais" ( Ef 1:20. ).

"E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até


à morte e morte de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe
deu um nome que está acima de todo nome" ( Fl 2. : 8-9 ).

4. ( 1: 5 ) Grace- Mission : Paulo tinha recebido a graça de Deus e da missão de Deus. Note a palavra
"nós". Paulo agora fala de todos os crentes, não apenas de si mesmo.

1. Recebemos gloriosa graça de Deus: a Sua graça, Sua misericórdia, Seu amor, Sua salvação. (Veja um
estudo mais profundo # 1 , Grace-Tito 2: 11-15 .) Grace inclui tudo o que Deus fez por nós e todas as
maravilhosas bênçãos que Ele derrama sobre nós. Muito simplesmente, a graça de Deus inclui ...

a. Seu amor por nós desde toda a eternidade passada.

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas
as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo: de acordo como também nos elegeu
nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele
em amor "( Ef 1: 3-4. ).

"Que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas
segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos
eternos" ( 2 Tm 1. 9 ).

"Na esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos
tempos eternos" ( Tito 1: 2 ).

b. Sua salvar-nos livremente, sem qualquer custo algum.


"Mas acreditamos que com a graça do Senhor Jesus Cristo, seremos salvos, assim como
eles" ( Atos 15:11 ).

"Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo
Jesus" ( Romanos 3:24 ).

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus:
não de obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. ).

"Pela graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens" ( Tito 2:11 ).

c. Seu cuidado e cuidar de nós a cada dia.

"O meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na glória
em Cristo Jesus" ( Fp. 4:19 ).

"E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé eo amor que há em Cristo Jesus" ( 1
Tm. 1:14 ).

d. Sua gloriosa promessa de redenção eterna do nosso ser transformado e, tendo sido aperfeiçoado,
e sendo dado o glorioso privilégio de viver com Ele para sempre em adoração e serviço.

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a
riqueza da sua graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Isso nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para
conosco em Cristo Jesus" ( Efésios 2:. 7 ).

"Que, sendo justificados pela sua graça , sejamos feitos herdeiros segundo a esperança
da vida eterna "( Tito 3: 7 ).

2. Recebemos apostolado, ou seja, a missão de Deus. A idéia é que recebemos uma missão especial,
própria tarefa especial de Deus no mundo. O que é essa missão? Paulo disse que é " a obediência da
fé "(verestudo mais profundo # 2, Obediência-Romanos 1: 5 para a discussão ).

ESTUDO TOPICO# 2 (1: 5) Obediência

5. ( 1: 6-7 ) Crentes : Paulo reconheceu a escravidão de outros. Ele disse quatro coisas sobre os crentes.
1. Os crentes são o "chamado" de Jesus Cristo, chamado assim como Paulo foi.

⇒ Os crentes são chamados a ser salvo, de ser "de Jesus Cristo."

"Que quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da
verdade Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo
homem. Que se deu em resgate por todos, para servir de testemunho no devido tempo "( 1
Tm 2, 4-6. ).

• Os crentes são chamados para a missão ea tarefa de Jesus Cristo.

"Então Jesus disse-lhes outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, assim
também eu vos envio" ( Jo 20,21 ).

"Bem como o Filho do homem não veio para ser ministrado a, mas para servir e dar a
sua vida em resgate por muitos" ( Mateus 20:28 ).

2. crentes são "amados de Deus", realizado muito próximo de seu coração, contados precioso e querido
por Ele e profundamente amado.

"O Senhor apareceu de idade a mim, dizendo: Sim, eu te amei com um amor eterno, por isso
com benignidade te atraí" ( Jeremias 31: 3 ).

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não
pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Porque o próprio Pai vos ama, porque vós me amastes, e crestes que saí de Deus" ( João
16:27 ).

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo
morreu por nós" ( Rm 5, 8 ).

"Mas Deus, que é rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando
nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo" ( Efésios 2: 4-5. ).

"Eis aqui, que tipo de amor o Pai derramou sobre nós, que fôssemos chamados filhos de Deus:
por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu" ( 1 João 3: 1 ).

3. Os crentes são chamados a ser "santos" (ver estudo mais profundo # 1 , Saint-1 Pedro 1: 15-16 para
discussão).
4. crentes são destinatários da graça e da paz de Deus. (Veja um estudo mais profundo # 2, Grace-
Romanos 1: 5 ; estudo mais profundo # 1 , Graça -Titus 2: 11-15 ; nota, Peace- • João 14:27 . para discussão)

"Mas quando apareceu a bondade eo amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, não
pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela
lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que ele derramou abundantemente
sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador, que, sendo justificados pela sua graça , sejamos feitos
herdeiros segundo a esperança da vida eterna "( Tito 3: 4-7 ).

("Mas agora em Cristo Jesus, vós, que estáveis longe, chegastes perto pelo sangue de Cristo Ele
é a nossa paz." Efésios 2: 13-14. ).

"Paz que eu deixo com você, a minha paz vos dou: não como o mundo dá, dou você Não deixe
seu coração ser incomodado, nem se atemorize." ( João 14:27 ).

"Estas coisas vos tenho dito para você, para que em mim tenhais paz no mundo tereis aflições.:
Mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" ( João 16:33 ).

"O Senhor dará força ao seu povo, o Senhor abençoará o seu povo com a paz" ( Salmo 29:11 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 1: 1-7 ) Evangelho: Cristianismo : nesses versículos Paulo dá o contorno bruto do evangelho que ele pregava
( Romanos 1: 1-4 ). É um olhar penetrante cristianismo primitivo. Nota próximo acordo do evangelho com o
Credo Apostólico.

1 vista de Paulo do Velho Testamento.

a. Ele vem de Deus.

b. É dado "através de seus profetas."

c. É Escritura "santo".

2. vista de Paulo sobre o Senhor Jesus Cristo.

a. Ele é o Filho de Deus: ". Acerca de seu Filho"

b. Ele é o Salvador prometeu: "Cristo", o Messias.

c. Ele é o Senhor: "nosso Senhor."

d. Ele é o homem: "nasceu da descendência de David segundo a carne."

e. Ele é declarado ser o próprio Filho de Deus: "declarado Filho de Deus com poder."

f. Ele é divino ou santo: "segundo o Espírito de santidade."


g. Ele ressuscitou dos mortos: "pela ressurreição dentre os mortos."

3. visão de Paulo do evangelho.

a. É de Deus: "o Evangelho de Deus" (cp. Romanos 1: 1 , 17 ; Romanos 3:21 ).

b. Foi profetizado: "ele tinha prometido ...."

c. Ele concorda com o Antigo Testamento: "dantes prometeu ... nas escrituras sagradas."

d. Diz respeito próprio Filho de Deus: "acerca de seu Filho."

e. Trata-se do divino Salvador: "Jesus Cristo, nosso Senhor ... declarado ser o Filho de Deus em poder,
segundo o Espírito de santidade [impecabilidade]."

f. Trata-se do Salvador humana: "da descendência de David ...."

g. Trata-se do Salvador ressuscitado: ". A ressurreição dentre os mortos"

ESTUDO TOPICO# 2
( 1: 5 ) Obediência : a Escritura diz claramente que Deus nos salva por dois fins específicos ...

• obedecê-Lo.

• levar outras pessoas a obedecê-lo-pessoas de todas as nações.

O que Deus está atrás é para a humanidade a se tornar sua família: para os homens a escolher livremente
a conviver com Ele e com todos os outros crentes em um mundo perfeito. Deus quer que a humanidade viva
em amor perfeito, alegria, paz, adoração, louvor e serviço como a família de Deus. Ele quer que homens
vivendo sóbria, justa e piedosamente diante dEle. Ele quer que os homens obedecendo a Ele como Seus filhos
amados.

Portanto, quando Deus nos salva, Ele nos salva principalmente a obedecê-lo e levar a mensagem gloriosa
da obediência a um mundo rebelde e corrupto. Deus chama-nos a obedecer a fé e proclamar a obediência a
todas as nações.

Nota vários fatos sobre a obediência.

1 Há uma enorme diferença entre obediência forçada e obediência livre .

a. A obediência forçada não tem escolha e revela ...

• medo de rebelião • egoísmo e


egocentrismo
• falta de controle

• fraqueza de
propósito
• baixa auto-estima • nenhum
sentimento de
piedade

b. Obediência Livre tem uma escolha e pode escolher obedecer ou não obedecer. Portanto, a
obediência livre revela ...

• amor e confiança • um sentido de


fraternidade
• interesse e cuidado
• conhecimento de
• um sentimento de si mesmo e
piedade confiança em si
• força de propósito e
vontade

2. Escritura diz o seguinte a respeito da obediência.

a. A obediência demonstra várias coisas.

⇒ A obediência demonstra que uma pessoa é sábio.

"Portanto, todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica, será
comparado a um homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha" ( Mateus
7:24 ).

⇒ A obediência demonstra amor.

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e


aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele"
( João 14:21).

⇒ A obediência demonstra que Deus é digno.

"Então Pedro e os outros apóstolos responderam e disseram: Mais importa


obedecer a Deus do que aos homens" ( Atos 5:29 ).

⇒ A obediência demonstra que Cristo é de Deus.


"Se alguém quiser fazer a vontade dele, conhecerá a respeito da doutrina, se
ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo" ( João 7:17 ).

b. A obediência garante várias coisas.

⇒ A obediência garante uma vida próspera e de sucesso.

"Este livro da lei não se aparte da tua boca, mas, medita nele dia e noite, para
que tenhas cuidado de fazer conforme a tudo quanto nele está escrito; então farás
prosperar o teu caminho, e serás bem-sucedido "( Josué 1: 8 ).

⇒ A obediência garante a entrada no reino dos céus.

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus,
mas aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus" ( Mateus 7:21 ;.
cp Lucas 08:21 ).

⇒ A obediência garante a misericórdia de Deus.

"E faço misericórdia a milhares dos que me amam e guardam os meus


mandamentos" ( Êxodo 20: 6 ).

⇒ A obediência garante que uma pessoa é um membro da família de Deus.

"Pois aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu
irmão, irmã e mãe" ( Mateus 12:50 ;. cp Marcos 3:35 ).

⇒ Obediência assegura sendo abençoado.

"Mas ele disse: Antes bem-aventurados os que ouvem a palavra de Deus ea


guardam" ( Lucas 11:28 ;. cp Dt 11:27. ).
⇒ A obediência garante que sabemos a verdade.

"Se alguém quiser fazer a vontade dele, conhecerá a respeito da doutrina, se


ela é de Deus, ou se eu falo de mim mesmo" ( João 7:17 ).

⇒ A obediência garante a presença constante do Pai e de Cristo.

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e


meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada" ( João 14:23 ).

⇒ A obediência garante a libertação dos inimigos.

"Mas, se na verdade, ouvires a sua voz, e fizeres tudo o que eu disser, então
serei inimigo dos teus inimigos, e adversário dos teus adversários" ( Êxodo 23:22 ).

⇒ A obediência garante que Deus será o nosso Deus e que todas as coisas contribuem para
o nosso bem.

"Mas essas coisas eu ordenei-lhes, dizendo: Ouvi a minha voz, e eu serei o vosso
Deus, e vós sereis o meu povo, e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para
que vos vá bem" ( Jeremias 07:23 ).

⇒ Obediência assegura ser amado por Deus e por Cristo.

"Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim


como eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor"
( João 15:10 ).

⇒ A obediência garante uma boa e uma vida mais longa.


"Tu manter, portanto, os seus estatutos e os seus mandamentos, que eu hoje
te ordeno, para que te vá bem a ti, ea teus filhos depois de ti, e que tu possas
prolongar os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá, para sempre "( Deut.
04:40 ).

⇒ A obediência garante ser amigo de Cristo.

"Vós sois meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando agora em diante eu
chamo você não servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz;. Mas
tenho-vos chamado amigos" ( João 15: 14-15 ).

⇒ A obediência garante comer o melhor desta terra.

"Se quiserdes, e me ouvirdes, comereis o bem desta terra" ( Isaías 01:19 ).

c. A obediência é melhor do que sacrificar, até mesmo o sacrifício de todos os tem.

"Tem porventura o Senhor tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se


obedeça à voz do Senhor? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar, eo atender, do
que a gordura de carneiros" ( 1 Samuel 15:22 ).

"Pelo que, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, mas um corpo me
preparado.: Em holocaustos e sacrifícios pelo pecado tu não tinha prazer Então eu disse:
Eis-me aqui (no o volume do livro está escrito de mim), para fazer a tua vontade, ó Deus
"( Hebreus 10: 5-7 ).
Romanos 1: 8-15

B. Juros do Paulo na Igreja: Escravidão ao Evangelho, 1: 8-15


1 A grande igreja (v.8)
a. A causa para a ação de graças (v.8a)
b. O motivo: Um testemunho mundial (v.8b)
2 O Evangelho submetido seu espírito para Filho (v.9a) de Deus Veja: DS1
3 O Evangelho moveu a orar sem cessar (v.9b)
4 O Evangelho agitou-o a procurar as pessoas pessoalmente (v.10-13)
a. Para comunicar algum dom espiritual, para estabelecê-los (v.11)
b. Para ser incentivada junto com eles (v.12)
c. Para dar frutos entre eles (v.13)
5 O Evangelho moveu com um profundo sentimento de endividamento e de prontidão para chegar a
todos os homens (v.14-15)
a. Sua dívida para chegar a todos (v.14)
b. Sua prontidão para chegar a todos (v.15)
(Esboço Continua...)

ROMANOS: I Divisão
Saudação e TEMA: O EVANGELHO EA JUSTIÇA DE DEUS, 1: 1-17

Juros do B. Paulo na Igreja: Escravidão ao Evangelho, 1: 8-15


( 1: 8-15 ) Introdução : Paulo nunca tinha visitado a igreja romana, e ele nunca tinha visto os crentes em
Roma; No entanto, aqui ele está escrevendo para eles. Como ele poderia alcançá-los melhor e expressar o
seu propósito para escrevê-las? Como ele poderia despertar seu interesse para tal pico que iriam ler o que
ele estava escrevendo e acatá-la? Este é o objecto da presente passagem. Paulo queria que os crentes
romanos a conhecer o seu grande interesse por eles; portanto, com o melhor de sua capacidade que ele
dividia por que ele estava escrevendo para eles. Simplificando, ele disse que estava escrevendo, porque ele
poderia fazer mais nada; ele foi obrigado a compartilhar o evangelho com o mundo inteiro, incluindo a capital
do mundo, a própria Roma. Na verdade, ele foi escravizado pelo evangelho.

1 A grande igreja (v.8).

2 O evangelho submetido seu espírito ao Filho de Deus (v.9).

3 O evangelho moveu a orar sem cessar (v.9).


4 O evangelho agitou-o a procurar as pessoas pessoalmente (v.10-13).

5 O evangelho moveu com um profundo sentimento de endividamento e de prontidão para chegar a


todos os homens (v.14-15).

1. ( 1, 8 ) Igreja- Roma- Depoimento : a igreja de Roma era um grande-igreja tão grande que Paulo agradeceu
a Deus para a Igreja "sempre" ( Romanos 1: 2 ). A palavra "sempre" mostra que a igreja realizou um lugar
muito especial no coração de Paulo. Isso é significativo, pois Paulo nunca tinha sido para a igreja. Ele não
sabia que a igreja pessoalmente; ele só sabia o que ele tinha ouvido falar sobre isso. Mas atenção: o
testemunho da igreja para Cristo era tão forte que estava sendo falado em todo o mundo . Ele tinha um
testemunho fenomenal, e onde quer que Paulo viajou ouviu sobre a força da igreja. O que fez a igreja de
Roma é tão forte? Duas coisas importantes pode ser adquirida a partir da Escritura.

1 Os crentes estavam vivendo uma vida pura, em meio a uma imoral, base, e sociedade injusta. Os
cidadãos de Roma eram conhecidos por sua ...

• imoralidade • extravagância

• licença • carnalidade

• entesouramento • indulgência

• embriaguez • materialismo

• idolatria • festas

• ganância • orgulho

• gula • egoísmo

• o pecado ea maldade

No entanto, os crentes foram firmes para Cristo e viver uma vida pura, proclamando o evangelho de Jesus
Cristo e da necessidade de moralidade e justiça entre os homens.

2 Os crentes estavam servindo a Cristo com fidelidade e trabalhando sempre tão diligentemente para o
Senhor. Onde quer que estivessem, em casa ou fora de viajar, eles estavam compartilhando Cristo e ministrar
às pessoas-tanto que alguns deles eram conhecidos pelo nome em todo o mundo. O próprio Paulo tinha
aparentemente se deparar muito poucos deles como eles estavam viajando e ministrando sobre. (Veja
outline- •Romanos 16: 1-16 para obter uma lista dos crentes e uma discussão sobre este ponto.)

Pensamento 1 . A igreja de Roma é um testemunho para todas as igrejas.

1) Não importa o quão imoral e base, poluído e corrompido a sociedade é, devemos permanecer
firmes em Cristo.
"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa
mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus"
(Romanos 12: 2 ).

"Por isso saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis nada imundo, e
eu vos receberei, e será para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-
poderoso "( 2 Cor 6, 17-18. ).

"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai
não está nele. Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência
dos dos olhos ea soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo "( 1 João 2: 15-16 ).

2) Não importa onde estamos, em casa ou viajando a negócios ou a lazer, devemos estar
testemunhando e ministrando para Cristo.

"Mas recebereis poder, ao que o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas
testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" ( Atos
1: 8 ).

"Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem de mim, seu


prisioneiro: mas sê participante das aflições do evangelho segundo o poder de Deus" ( 2 Tm
1. 8 ).

"Fala estas coisas, exorta e repreende com toda autoridade. Ninguém te despreze"
( Tito 2:15 ).

"Antes, santificai ao SENHOR Deus em vossos corações e estai sempre preparados para
responder a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós com mansidão
e temor" ( 1 Pedro 3:15 ).

Pensamento 2 . Cada igreja e cada crente deve ter um forte testemunho, um testemunho tão forte
que é falado em todos os lugares.

"[Timothy] que foi bom testemunho de irmãos que estavam em Listra e Icônio" ( Atos
16: 2 ).

"Por sua obediência é conhecida de todos os homens me, portanto, em seu nome:. Mas
ainda assim, eu gostaria que você sábios para o que é bom, e simples para o mal" ( Romanos
16:19 ).

"Porque por ela [a fé] os antigos alcançaram bom testemunho" ( Hebreus 11: 2 ).
2. ( 1: 9 ) Decisão Evangelho: salvação- : o evangelho submetido espírito de Paulo ao Filho de Deus. (Veja um
estudo mais profundo # 1, Sirva-Romanos 1: 9 . há mais discussão) Todo homem deve submeter o seu espírito
ao Filho de Deus. Por quê? Por causa do evangelho, a gloriosa salvação que está em Cristo Jesus: a libertação
do pecado, a morte eo inferno. Quando uma pessoa considerar que ele está escravizado pelo pecado e que
ele está realmente indo para morrer e tem que prestar contas a Deus, ele é mais tola ...

• não aceitar a salvação que está no Filho de Deus.

• para não sujeitar o seu espírito ao Filho de Deus.

• para não servir no evangelho do Filho de Deus.

ESTUDO TOPICO# 1 (1, 9) Servir ( latreuo )

3. ( 1: 9 ) Oração : o evangelho agitado Paulo orar sem cessar. Paulo era um homem de oração intercessora,
um homem que sempre orava pelos outros . Nota dois pontos.

1. Paulo clamou a Deus para testemunhar que ele orou. Ele não fez isso ...

• apenas falar sobre a oração.

• apenas dizer às pessoas que ele estava orando por eles como uma cortesia.

• fingir para orar.

• apenas passar alguns minutos em um exercício religioso de oração.

Paulo realmente orou; ele teve tempo para pedir a Deus para fortalecer e ajudar os outros. (Veja
outline- • Ef 3: 14-21. , e notes- • Ef 3: 14-21. . para as especificidades do que Paulo orou Veja também
nota- • Mateus 6: 9-13 , e um estudo mais profundo # 1 Mateus 6: 9-13 para o que Cristo nos diz para orar
diariamente Estas duas passagens tomadas em conjunto nos dizer o que devemos orar todos os dias, tanto
para nós como para os outros)..

"Minha voz hás de te ouvir de manhã, Senhor, pela manhã te apresento a minha oração a ti, e
vai olhar para cima" ( Salmo 5: 3 ).

"De tarde e de manhã e ao meio-dia, eu vou orar, e clamarei, e ele ouvirá a minha voz" ( Salmo
55:17 ).

"Eu impedido [precedida] a alva da manhã e clamo; espero na tua palavra" ( Salmo 119: 147 .;
cp Lucas 2:36 ; Atos 10: 2 ; 1 Ts 3:10. ; 1 Tm 5. : 5 ).
2. Paulo até orou para que os crentes e as igrejas que ele não conhecia. Lembre-se apenas que ele sabia
alguns dos crentes na igreja romana; ele nunca tinha conhecido a maioria deles. Eles eram totalmente
desconhecido e desconhecido para ele, mas ele orou para a igreja.

Pensamento 1 . Escritura é forte em sua carga para nós. Devemos orar constantemente e estamos a
rezar para todos os crentes em todo o mundo. Nossas orações não devem ser limitadas a alguns
minutos a cada dia, nem para os nossos entes queridos e amigos íntimos.

"E falou-lhes uma parábola para o efeito, que os homens dever de orar sempre, e nunca
desfalecer" ( Lucas 18: 1 ).

"Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que a vossa alegria
seja completa" ( João 16:24 ).

"Orar sempre com toda oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a
perseverança e súplica por todos os santos" ( Efésios. 6:18 ).

"Não estejais inquietos por coisa alguma; antes em tudo pela oração e súplica com
ações de graças sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus E a paz de Deus, que
excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo
Jesus." ( Filipenses 4. : 6-7 ).

"Perseverai na oração, velando nela com ações de graças; orando ao mesmo tempo
também por nós, para que Deus abrisse para nós a porta da palavra, para falar do mistério
de Cristo" ( Colossenses 4: 2-3 ).

"Orai sem cessar" ( 1 Ts. 5:17 ).

"Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira
nem contenda" ( 1 Tm 2. 8 ).

"Buscai ao Senhor ea sua força, buscai a sua face continuamente" ( 1 Cron. 16:11 ).

4. ( 1: 10-13 ) Evangelho: Witnessing- Evangelism- Ministério : o evangelho agitado Paulo para buscar as
pessoas pessoalmente. Ele não deixou o ministério ea partilha do evangelho até os outros. Ele se envolveu
pessoalmente, tanto que ele implorou a Deus para lhe dar oportunidade atrás de oportunidade, até mesmo
ao ponto de deixá-lo viajar para a capital do próprio mundo para compartilhar Cristo com os seus
cidadãos.Observe o quanto ele foi agitada: ele fez um pedido, se, por qualquer meio, agora, finalmente, que
ele pode ser autorizado a pregar o evangelho em Roma.

O ponto é contundente: Paulo foi agitada para buscar as pessoas, pois ele desejava alcançar pessoas para
Cristo.
1. Paulo queria transmitir algum dom espiritual para os crentes. Por quê? Para que eles possam ser mais
profundamente estabelecidos na fé. O dom espiritual prazo ( carisma PWS: 1671 ) significa um dom da graça.O
termo muitas vezes refere-se aos presentes específicas dadas pelo Espírito Santo ( Romanos 12: 6-8 ), mas
aqui significa as verdades da graça de Deus, de Suas bênçãos espirituais para o homem, revelado em Cristo
Jesus, nosso Senhor. Muito simplesmente, Paulo desejava compartilhar as verdades do evangelho com os
crentes em Roma. Bênçãos espirituais de Deus estavam transbordando em seu coração, e ele estava doendo
para compartilhar o dom das bênçãos de Deus.

Pensamento 1 . que uma acusação contra nós! Quantos de nós estão tão cheios do evangelho que
estão doendo para compartilhá-lo? Quantos de nós sequer sabemos o evangelho que bem, sabe dons
e bênçãos de Deus bem o suficiente para estar transbordando com eles?

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas
as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo" ( Ef 1: 3. ).

"E ao servo do Senhor não convém contender, mas sim ser manso para com todos, apto
para ensinar, paciente, instruindo com mansidão os que resistem, se porventura Deus lhes
dará arrependimento para conhecerem plenamente a verdade" ( 2 Tm. 2: 24-25 ).

"Apascentai o rebanho de Deus que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força,
mas voluntariamente; não por torpe ganância, mas de uma mente pronta, nem como tendo
domínio sobre a herança de Deus, mas servindo de exemplo ao rebanho" ( 1 Pedro 5: 2-3 ).

Note-se que dom espiritual de Deus estabelece o crente. A palavra "estabelecida" ( stērichthēnai PWS:
1316
) significa para corrigir, ajustar, fazer rápido, fortalecer. Observe a imagem descritiva por trás de cada
palavra.

2. Paulo queria ser incentivado junto com outros crentes. A palavra "consolados" ( sumparakaleō PWS:
635
) significa ser fortalecido e consolado juntos. Paulo esperava para ser ensinado e fortalecido pelos crentes,
bem como para ensinar e para fortalecê-los. Não era para ser uma partilha mútua entre todos. Paulo
esperava que todos os crentes a compartilhar ativamente o evangelho. Ele ainda esperava que eles
compartilham com ele para que ele possa crescer e ser mais firmemente enraizada na fé.

Pensamento 1 . Quantos crentes estão activamente à terra suficiente na fé para compartilhar com
Paulo? O que uma acusação! No entanto, a expectativa é de que estamos a ser profundamente
enraizado, já estudando a Palavra e aprender. Quanto precisamos despertar e surgem de nosso sono.

"Arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados,


abundando em ação de graças" ( Cl 2, 7 ).
"[Deus] conforte os vossos corações, e vos confirme em toda a boa palavra e obra" ( 2
Ts. 2:17 ).

3 Paulo quis dar frutos entre eles (ver estudo mais profundo # 1 , frutificando-João 15: 1-8 para a
discussão). Paulo queria dar o fruto de ...

• converte ( Romanos 1:13 ).

• justiça ( Romanos 6: 21-23 ).

• caráter cristão, o fruto do Espírito ( Gálatas 5: 22-23 ).

Nota visão mundial de Paulo. Ele queria dar frutos entre os cidadãos de Roma, bem como "entre os demais
gentios."

Pensamento 1 . Quão desesperadamente Deus precisa de homens, mulheres, meninos e meninas,


com uma visão de todo o mundo!

"Não dizeis vós que ainda há quatro meses até à ceifa eis que eu vos digo: Levantai os
vossos olhos e vede os campos,? Que já estão brancas para a ceifa" ( João 4:35 ).

"Então, disse aos seus discípulos: A colheita é grande, mas os trabalhadores são
poucos" ( Mateus 9:37 ).

"E disse-lhes: A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos: Rogai, pois, ao
Senhor da messe que envie trabalhadores para a sua messe" ( Lc 10, 2 ).

"E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos
desfalecido" ( Gálatas 6: 9 ).

5. ( 1: 14-15 ) Evangelho: Preaching- Witnessing- Ministers- Dedicação : o evangelho agitado Paulo com um
profundo sentimento de endividamento e de prontidão para chegar a todos os homens. Nota dois pontos.

1 A palavra "devedor" ( opheiletēs PWS: 899 ) significa dever, a ser obrigados, a ser vinculados por dever. O
grego é impossível de traduzir em Inglês, por duas idéias estão sendo expressa por Paulo. Ele era um
"devedor" ...

• porque Cristo tinha feito tanto por ele (o salvou).

• porque Cristo o havia chamado para pregar (dado a ele uma tarefa de fazer).
O endividamento foi profundamente sentida por Paulo. A idéia é que ele era intenso, inabalável,
unrelentless, poderoso. O sentimento de dívida só não deixaria Paulo ir. Ele foi obrigado a pregar o
evangelho; portanto, não poderia fazer mais nada. Ele foi obrigado e o dever de pregá-lo. Ele realmente
achava que ele devia o evangelho ao mundo; portanto, se ele ficou quieto, seria pior do que saber a cura
para a doença mais terrível da história e recusando-se a partilhá-la.

Note como Paulo declarou sua dívida para com o mundo todo. Ele fez um contraste entre os gregos e os
bárbaros. Ele quis dizer que ele devia o evangelho a todas as nacionalidades e culturas, a todos os povos da
terra se civilizados ou não civilizados, primitivos ou industrializados, ricos ou pobres. (Os gregos
consideravam a todos um bárbaro que não falava a língua grega e adotar a cultura grega.) Ele fez um
contraste entre o sábio eo insensato. Ele quis dizer que ele devia o evangelho aos cultos e os incultos, os
sábios e os ignorantes, a motivação ea desmotivado, a busca e os complacentes.

Pensamento 1 . Paulo sentiu uma dívida profunda para compartilhar a gloriosa notícia da salvação
com o mundo. A resposta para a vida eterna é agora conhecido e deve ser proclamada a todo o
mundo. Para manter a mensagem para si mesmo é o ato mais imperdoável e criminal em toda a
história humana. A gloriosa notícia de que a morte foi conquistada e que o homem pode agora viver
eternamente deve ser proclamado. Nós que conhecemos a maravilhosa notícia
estão endividados para obter as notícias para o mundo.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que
crê não pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que
me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a
vida" (João 5:24 ).

"Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios, como a ignorantes
Assim, tanto quanto está em mim, estou pronto para pregar o evangelho, a vós que estais
em Roma." ( Romanos 1: 14-15 ).

2 A palavra "pronto" ( prothumon PWS: 3168 ) significa uma vontade urgente . Paulo experimentou tanto
uma vontade e uma urgência para pregar o evangelho. Observe as palavras ", tanto quanto está em
mim." Paulo queria levar tudo o que estava nele e derramá-la em pessoas-toda a energia e esforço, toda a
verdade e conhecimento do evangelho. Não havia nada que pudesse impedi-lo de compartilhar o evangelho,
não se tivesse a chance de compartilhá-lo. Ele permitiu que nenhum obstáculo para entrar em sua vida, que
afetaria sua mensagem. Ele estava possuído e obcecado com uma prontidão para pregar a mensagem
gloriosa do Senhor vivo.

"Porque, se anuncio o evangelho, não tenho nada a glória de: por necessidade é colocada em
cima de mim, sim, ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!" ( 1 Coríntios. 09:16 ).
"E, indo, pregai, dizendo: O reino dos céus está próximo" ( Mt 10, 7 ).

"O que vos digo às escuras, dizei-o às claras; eo que escutais ao ouvido, que pregai em cima do
telhado" ( Mateus 10:27 ).

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura" ( Marcos 16:15 ).

"Jesus disse-lhe: Deixa que os mortos enterrem seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de
Deus" ( Lucas 9:60 ).

"Eu preciso trabalhar as obras daquele que me enviou, enquanto é dia: a noite vem, quando
ninguém pode trabalhar" ( João 9: 4 ).

"Porque não podemos deixar de falar das coisas que temos visto e ouvido" ( Atos 04:20 ).

"Vai, estar e falar no templo ao povo todas as palavras desta vida" ( Atos 05:20 ).

"Sua palavra foi no meu coração como fogo ardente, encerrado nos meus ossos, e estou
fatigado de contê-lo, e eu não poderia ficar" ( Jeremias 20: 9 ).

"Rugiu o leão, quem não temerá? Porque o Senhor Deus falou, quem não profetizará?" ( Amós
3: 8 ).

( 1: 14-16 ) Outro Esquema ". Eu sou o" Três de Paulo

1 Eu sou um devedor ( v.14 ).

2 Estou pronto ( v.15 ).

3 Eu não me envergonho ( v.16 ).

ESTUDO TOPICO# 1

( 1: 9 ) Servir ( Latreuo PWS: 3467 ): o trabalho de aluguer, serviço que é comprado. Paulo diz: "Eu sirvo em
meu espírito, no evangelho de seu Filho." Observe três pontos.

1.-obra e assistência do crente é comprado e pago pelo precioso sangue de Cristo.

? "O que não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, o qual
tendes da parte de Deus, e vós não sois de vós mesmos Porque fostes? comprados por bom preço;
glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e em seu espírito, o que é de Deus "( 1 Cor 6, 19-20. ).

"E não temais os que matam o corpo, mas não podem matar a alma: temei antes aquele que é
capaz de destruir a alma eo corpo no inferno" ( Mateus 10:28 ).
"De sorte que haja em vós, que houve também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus,
não julgou como usurpação o ser igual a Deus, mas a si mesmo se esvaziou, assumindo a forma de
servo , e foi feito à semelhança dos homens, e, achado na forma de homem, humilhou-se a si
mesmo, sendo obediente até à morte e morte de cruz "( Fl 2, 5-8. ).

2 O crente deve seu trabalho e serviço ao Senhor. Uma vez que ele se entregou ao evangelho, ele não
tem escolha. Ele é atender de forma diligente e trabalhar para Cristo.

"Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo" ( Gálatas 6: 2 ).

3 O crente é servir a Deus em seu espírito e em seu corpo. O espírito controla o corpo. O que o espírito
faz, o corpo faz. Portanto, se o crente está servindo a Deus em espírito, ele está servindo a Deus no corpo. Se
o espírito de um homem estiver certo, então seu corpo vai estar certo. Por exemplo, um homem pode se
sentir mal; ele pode estar para baixo, deprimido e oprimidos; mas se o seu espírito é forte, ele surge e
conquista seus sentimentos. Ele controla e supera as circunstâncias opressoras, e vive um dia vitorioso. Mas,
se o seu espírito é fraco-seja no trabalho ou no lazer, ele muitas vezes chafurda em torno de auto-piedade,
resmungando e reclamando, e vivendo um dia derrotado. E, muitas vezes o dia se estende em semanas e
meses até que a vida de uma pessoa está para baixo mais do que é: tudo porque o espírito é fraco demais
para conquistar.

Pensamento 1 O ponto é este:. crente é servir a Deus em seu espírito e em seu corpo. Ele é ...

• para manter seu espírito forte,

• para conquistar suas emoções,

• a superar suas fraquezas, os altos e baixos de seu corpo.

Quando um crente faz isso, então ele pode servir a Deus na medida do possível.

"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos
em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional E não vos
conformeis com este mundo. Mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para
que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus "( Romanos 12:
1-2 ).

"O que o Senhor teu Deus requer de ti, senão que temas o SENHOR, teu Deus, que andes
em todos os seus caminhos, eo ames, e sirvas ao Senhor teu Deus de todo o teu coração e
com toda a tua alma" ( Dt . 10:12 ).
Romanos 1: 16-17

A ousadia do C. Paulo por Cristo: Unashamedness do Evangelho, 1: 16-17


1 É a "boa notícia" do próprio Deus (v.16a)
2 É o poder de Deus para salvar (v.16b-c) Ver: DS1
a. Todos os que crêem (v.16b)
b. Todas as nacionalidades, tanto judeus como gregos (v.16c)
3 É a revelação da justiça de Deus (v.17) Ver: DS2
a. Injustiça do homem (v.17a): O problema
b. A resposta: Faith (v.17b)
(Esboço Continua...)

ROMANOS: I Divisão
Saudação e TEMA: O EVANGELHO EA JUSTIÇA DE DEUS, 1: 1-17

A ousadia do C. Paulo por Cristo: Unashamedness do Evangelho, 1: 16-17


( 1: 16-17 ) Introdução : estes dois versos contêm uma das maiores resumos do evangelho já escrito. É uma
declaração clara do poder de Deus para salvar todos os que crêem, não importa sua nacionalidade ou
condição. É uma explicação clara de por que Paulo nunca foi envergonho do evangelho.

1 É a boa notícia do próprio Deus (v.16).

2 É o poder de Deus para salvar (v.16).

3 É a revelação da justiça de Deus (v.17).

( 1: 16-18 ) Outro Esquema : O Poder ou Urgência do Evangelho.

1. Ele salva ( v.16 ).

2 Ele revela a justiça de Deus ( v.17 ).

3. Possibilita uma vida de fé ( v.17 ).

4. livra da ira de Deus ( v.18 ).


( 1: 16-18 ) Outro Esquema ". Para o" Paulo Quatro

1 Porque não me envergonho ( v.16 ).

2 Pois o evangelho é o poder de Deus ( v.16 ).

3 Para a justiça de Deus é revelada ( v.17 ).

4 Porque a ira de Deus se revela ( v.18 ).

. 1 ( 01:16 ) Evangelho: Vergonha : Paulo não estava me envergonho do evangelho, porque foi a boa
notícia do próprio Deus; isto é, o Evangelho é a notícia de que Deus tem dado ao mundo e quer que
proclamou ao mundo. O fato de que o evangelho tinha sido dado pelo próprio Deus fez Paulo vergonha do
evangelho. Nenhum homem jamais deveria ter vergonha de nada Soberano Majestade do universo-ing
preocupação. (Veja nota-• Romanos 1: 1-4 para a discussão.) No entanto, Paulo tinha todos os motivos para
se envergonhar.

1 dia de Paulo era um dia de degeneração moral, os dias horríveis de Nero. Roma era um esgoto moral,
uma fossa de impiedade detestável e inconcebível. Esse dia ficou diametralmente oposta à justiça moral do
evangelho.

2. Paulo foi por nacionalidade judeu, uma raça que foi pensado por muitos de que os dias para ser uma
raça sub-humana desprezível, digno apenas para ser amaldiçoado, maltratada, e escravizada. Naturalmente,
Paulo estaria apreensivo entre os não-judeus. Em carne e osso, ele seria tentado a fugir deles.

3. O evangelho que Paulo pregava era quase inacreditável. Um membro masculino da raça judaica
desprezível foi dito ser o Salvador do mundo, e não só Ele era dito ser judeu, foi dito ser um simples homem
como todos os outros homens. Mas não só isso, sua morte foi dito ser diferente a partir da morte de outros
homens. Foi dito ter morrido "para todos os outros homens", isto é, em seu lugar, como um substituto para
eles. E, em seguida, por cima de tudo, Ele dizia ter ressuscitado dos mortos. Sua ressurreição foi dito ser a
prova de que Ele era o Filho de Deus. Tais reivindicações inacreditáveis fez o evangelho uma coisa desprezível
nas mentes de muitos. Um homem natural iria encolher de fazer tais afirmações fenomenais.

4. Paulo foi muitas vezes rejeitado, não por apenas algumas pessoas, mas por comunidades inteiras. As
autoridades prenderam em Filipos ( Atos 16: 19-23 ). Os religiosos correu para fora de Tessalônica e ameaçou
sua vida em Berea ( Atos 17: 5-15 ). Os intelectuais riu-lo para fora de Atenas ( Atos 17:32 ; cp. Atos 17: 16-
32 ). Sua mensagem foi considerada loucura para os intelectuais (os gregos) e uma pedra de tropeço para o
seu povo (os judeus). Houve vários momentos na vida de Paulo, quando ele poderia ter desistido de vergonha
e fugiram para uma parte da terra para começar a vida de novo.

Pensamento 1 . Muitos têm vergonha do evangelho. Eles têm vergonha porque temem o ridículo,
rejeição e perda do reconhecimento, posição e meios de subsistência. Eles temem que duas coisas
em particular.
1) Não é o medo da vergonha intelectual. Este é o medo de que o evangelho não está à altura
intelectualmente. Considera-se não ser para o estudioso ou filósofo. Nota: este sentimento é
comum para aqueles que não entendem a filosofia do Evangelho. Não existe mais a filosofia; há
maior raciocínio já foi trabalhado. (Veja todos os contornos e notas-romanos Como exemplo, veja
outlines-. • Romanos 5: 1-21 , notes- •Romanos 5: 1-21 ; outline- • Romanos 8: 1-39 , e
nota- • Romanos 8 : 1-39 ) Um homem segura tanto para a filosofia e do pensamento do mundo,
ou para a filosofia eo pensamento do Filho de Deus, o evangelho de Jesus Cristo e Sua
redenção.. Não há dúvida de que a filosofia eo pensamento intelectual é maior.

"A loucura de Deus é mais sábia do que os homens, ea fraqueza de Deus é mais forte
do que os homens" ( 1 Cor 1:25. ; cp. Romanos 1: 18-31 ).

"É Deus que estais em Cristo Jesus, que é de Deus fez para nós sabedoria, e justiça, e
santificação, e redenção" ( 1 Coríntios. 01:30 ).

"Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão


insondáveis são os seus juízos, e os seus caminhos insondáveis! Porque, quem conheceu a
mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro?" ( Romanos 11: 33-34 ).

"Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo,
faça-se louco, que ele pode ser sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de
Deus. Pois está escrito: Ele apanha . os sábios na sua própria astúcia E outra vez: O Senhor
conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos "( 1 Cor 3, 18-20. ).

"Mas a sabedoria que do alto vem é, primeiramente pura, depois pacífica, moderada,
e tratável, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, e sem hipocrisia"
( Tiago 3:17 ).

"Não faleis mais tão altivas, que nenhum arrogância sair de sua boca, porque o Senhor
é o Deus da sabedoria, e por ele são pesadas as ações" ( 1 Samuel 2: 3 ).

"Porventura não sabeis? Sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos
confins da terra, não se cansa nem se fatiga? Não se pode esquadrinhar o seu
entendimento" (Isaías 40:28 ).

"Ele revela o profundo eo escondido; conhece o que é a escuridão ea luz habita com
ele" ( Daniel 2:22 ).

2) Há o medo da vergonha social. Muitos temem se aceitar e proclamar o evangelho, eles serão ...

• ridicularizado e • rejeitado e ignorado


escarnecido
• deixado sem família
e amigos
• deixou sem trabalho • abusada e morta
e meios de
subsistência

• preterido e cortado

"Porque Deus não nos deu o espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e
de moderação Portanto, não te envergonhes do testemunho de nosso Senhor, nem
de mim, seu prisioneiro: mas sê participante da. aflições do evangelho segundo o
poder de Deus; que nos salvou, e chamou com uma santa vocação, não segundo as
nossas obras, mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em
Cristo Jesus antes dos tempos eternos "( 2 Tim 1: 7-9. ).

"Se sois vituperados pelo nome de Cristo, bem-aventurados sois, porque o


espírito de glória e de Deus repousa sobre você: da sua parte, ele é blasfemado,
mas quanto a vós, é glorificado" ( 1 Pedro 4:14 ).

"O receio do homem uma armadilha: mas aquele que põe sua confiança no
Senhor está seguro" ( Provérbios 29:25 ).

"Eu, eu mesmo, sou aquele que vos consola: quem és tu, para teres medo dum
homem, que é mortal, ou o filho do homem que se tornará como feno" ( Isaías
51:12 ).

2. ( 01:16 ) Evangelho: Deus, Poder de- Salvation : Paulo não se envergonha do evangelho, porque é o poder
de Deus para salvar. Nota quatro fatos significativos.

1 A palavra "poder" ( Dunamis PWS: 2975 ) significa o poder, energia, força, ea força que está dentro
de Deus. O poder é "de Deus", de Sua própria natureza. Como Deus, Ele é a personificação do poder; Ele
possui todo o poder, isto é, o poder onipotente, dentro de seu ser. Ele pode fazer e agir como Ele escolhe.

O ponto é este: que Deus escolheu para usar seu poder de uma forma amorosa, enviando homens a "boa
notícia", o evangelho da salvação. Ser todo-poderoso, Deus poderia destruir os homens da face da terra, mas
em vez disso optou por dar aos homens a boa notícia da salvação. Isto diz-nos uma verdade fundamental: a
natureza de Deus é amor. Ele é cheio de misericórdia e graça. Ele é o Deus da salvação; por isso, Ele enviou
o "evangelho de Cristo" para o mundo que os homens pudessem ser salvos.

2 A palavra "salvação" deve ser entendido e compreendido por todas as pessoas na terra. A esperança do
mundo é a salvação de Deus (ver nota, estudo mais profundo # 1, Salvation-Romanos 1:16 para discussão).

3. Deus salva todos os que crêem. A crença é a única condição para a salvação, mas devemos sempre
lembrar que uma pessoa que realmente acredita que se compromete com o que ele acredita. Se um homem
não se comprometer, ele não acredita. A crença verdadeira é o compromisso. Portanto, Deus salva a pessoa
que acredita, ou seja, que realmente compromete a sua vida ao evangelho de Cristo (ver notes- • Acredite -
Romanos 10: 16-17 ; estudo mais profundo # 2-João 2:24 para discussão).
4. Deus salva todas as nacionalidades, tanto judeus como gregos. Note a palavra "primeiro". Isso não
significa favoritismo, mas primeiro no tempo . Deus não tem favoritos, favorecendo o judeu sobre o
gentio.Significa simplesmente que o evangelho devia ser levado para o primeiro judeu. Tinham sido o canal
através do qual Deus havia enviado a Sua Palavra e Seus profetas e, finalmente, o seu Filho ao
mundo. Portanto, eles estavam a ser alcançado em primeiro lugar; em seguida, o evangelho devia ser levado
para os gregos, ou seja, a todas as nacionalidades. O ponto é duplo.

a. O evangelho é o poder de Deus, e pode chegar a qualquer nacionalidade e de qualquer pessoa, não
importa quem eles são.

b. Portanto, ninguém deve estar isento do evangelho.

⇒ No Mensageiro é isentar alguém do evangelho.

⇒ Nenhuma pessoa é para eximir-se do evangelho. O evangelho é para todos, não importa
sua raça, cor, condição, circunstância ou depravação.

"No último dia, o grande dia da festa, Jesus levantou-se e clamou, dizendo:
Se alguém tem sede, venha a mim e beba "( João 7:37 ).

"Pois não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor de todos,
rico para com todos os que o invocam Porque todo aquele que invocar o nome do
Senhor será salvo." ( Romanos 10: 12-13 ) .

"Que quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno


conhecimento da verdade" ( 1 Tm 2. 4 ).

"E o Espírito ea noiva dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede
venha. E quem quiser, receba de graça a água da vida" ( Apocalipse 22:17 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (1:16) Salvação ( soteria )

3. ( 01:17 ) Justiça : Paulo não se envergonha do evangelho, porque é a revelação da justiça de Deus. Nota
dois pontos.

1 O homem tem um problema grave de pensar que ele é justo. O problema é facilmente visto por
imaginando o seguinte:

⇒ O homem pensa que ele é bom o suficiente e que ele faz bem o suficiente para ser aceitável a
Deus.

⇒ O homem pensa que é justo e que anda em justiça, o suficiente para ser aceitável a Deus.
No entanto, há um problema com o pensamento do homem: o homem não é perfeito. Mas Deus é
perfeito, e Ele é perfeitamente justo. Portanto, ele não pode permitir que um ser injusto e imperfeito para
viver na Sua presença, nem mesmo homem. Homem não pode viver com Deus, não em sua condição
imperfeita e injusta, pois ele iria poluir o mundo perfeito de Deus, o próprio solo e atmosfera e natureza do
céu, do mundo espiritual e dimensão.

O único homem maneira pode viver com Deus é para ser feito justo, perfeitamente justo. Como o homem
pode ser feito perfeitamente justo? O evangelho dá a resposta. O evangelho é a revelação da justiça de Deus
e revela como o homem pode se tornar justo e reconciliado com Deus. (Veja nota, Justiça - • Romanos 3: 21-
22 ; nota, Justiça - • Romanos 4: 1-3 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 ; nota
5-• Mateus 5 : 6 e estudo mais profundo # 5 Mateus 5: 6 . à discussão Estas notas devem ser lidas por um
entendimento claro do que a Escritura quer dizer com "justiça" e justificação).

"Pois eu vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum
entrareis no reino dos céus" ( Mateus 5:20 ).

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos feitos
justiça de Deus nele" ( 2 Cor 5:21. ).

2 A resposta para o problema do homem é a fé. Quando uma pessoa crê no evangelho, realmente acredita
que Jesus Cristo salva-Deus toma a fé da pessoa e conta-lo para a justiça. A pessoa não é justo; ele é ainda
imperfeito, ainda corruptível, e ainda carecem da glória de Deus como um ser humano pecador. Mas ele
acredita que Jesus Cristo salva. Tal crença honra o Filho de Deus, e por causa disso, Deus aceita e conta a fé
da pessoa como justiça. Portanto, torna-se aceitável a Deus. Esta é a justificação ; isto é o que se entende
por ser justificado diante de Deus.

Mas note um ponto mais crítico: a pessoa deve continuar a acreditar. A pessoa deve continuar a viver pela
fé, desde o primeiro momento de crença até o último momento de vida nesta terra, pois é a sua fé que Deus
tem e conta como justiça.

O que significa as duas declarações ...

• "de fé em fé"

• e, "o justo viverá pela fé"?

Muito simplesmente, toda a vida do crente é ser uma vida de fé, de fé começando a acabar com a fé, de
fé em fé. Portanto, a justiça de Deus se revela de forma contínua através de toda a vida, desde o início da fé
de uma pessoa para o fim da fé de uma pessoa. Como diz a Escritura:

"E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça" ( Gênesis 15: 6 ).
"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não pudestes ser
justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).

"O justo viverá pela fé "( Romanos 1:17 ).

"Um homem é justificado pela fé "( Romanos 3:28 ).

"Abraão creu em Deus, e foi contado com ele para a justiça "( Romanos 4: 3 ).

"Agora ela não foi escrita só por causa dele, que a justiça foi imputada a ele, mas também por
nós, a quem será tomado em conta, se nós acreditamos naquele que ressuscitou a Jesus nosso
Senhor dentre os mortos "( Romanos 4:23 -24 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados
em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" ( 1 Cor 6:11. ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos justificados pela
fé" ( Gálatas 3:24 ).

"Mas aquele que perseverar [acreditar] até o fim, esse será salvo "( Mateus 24:13 ).

ESTUDO TOPICO# 2 (1:17) fé- Justificado

ESTUDO TOPICO# 1

( 01:16 ) Salvação ( ele soteria ): significa libertação, curado, preservação. Do que o homem precisa ser
salvo e entregue e preservado? Escritura pinta cinco imagens descritivas de salvação, mostrando grande
necessidade do homem. (Veja um estudo mais profundo # 6 , Salvation-Mateus 1:21 para mais discussão.)

1. Salvação significa libertação de ser perdido. O homem é descrito como vagando na floresta da vida
tentando ir a algum lugar, mas não conseguiu encontrar o seu caminho. Ele está perdido, e se ele continua a
tropeçar sobre através da floresta de vida, os arbustos e espinhos da floresta vai minar sua força e pique-o a
tal ponto que ele se deita e morre. Sua única esperança é que alguém percebesse que ele está perdido e
começar a procurar por ele. Este é o lugar onde o evangelho da glória de salvação entra. Deus vê que o
homem está perdido e Ele envia o Seu Filho para buscar e salvar o homem.

Salvação significa que Cristo ...

• busca e salva o homem de sua condição perdida.

• coloca o homem no caminho certo, que o leva à vida eterna.


"Porque o Filho do homem veio salvar o que estava perdido. Que vos parece? Se um
homem tiver cem ovelhas, e uma delas se extraviar, não deixará as noventa e nove, e vai
para as montanhas, e buscar a que se extraviou? " ( Mateus 18: 11-12 .; cp Lucas 15: 4 ).

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido" ( Lucas 19:10 ).

"Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Olha, já estás feito todo : não peques mais,
para que alguma coisa pior virá a ti "( João 5:14 ).

"Eu sou a porta por mim, se alguém entrar, ele será salvo, e entrará, e sairá, e achará
pastagem" ( João 10: 9 ).

2. Salvação significa a libertação do pecado. Isso significa libertação com os erros, a partir de idéias e
pensamentos corruptos, de impureza moral e de uma geração corrompida e perversa. O pecado é como ...

• uma infecção, uma doença para a qual o homem não tem cura.

• um mestre que escraviza e não vai deixar de ir.

• um mundo corrompida e perversa que o homem não pode endireitar.

A única esperança do homem é para que alguém descubra uma cura, alguém com a inteligência e poder
de fazê-lo. Este é o lugar onde Deus intervém com a Sua gloriosa salvação. Deus sabe tudo sobre a infecção
do homem e da escravidão do pecado, tudo sobre seu mundo corrompida e perversa; por isso Ele enviou Seu
Filho para salvar o homem, para curá-lo e libertá-lo e endireitar seu mundo. Salvação significa que Cristo
salva o homem da terrível tirania do pecado, a partir de ...

• a infecção do pecado.

• a escravidão do pecado.

• o mundo corrompida e perversa do pecado.

Salvação também faz outra coisa. Ele liberta o homem da picada e carga de culpa e vergonha, e plantas
dentro da alma do homem um profundo senso de saúde e paz com Deus.

"Tu chamarás o seu nome JESUS, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles" ( Mateus
1:21 ).

"E ele disse à mulher: A tua fé te salvou; vai em paz" ( Lucas 07:50 ).

"Pois Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo
através dele pudesse ser salvo" ( João 3:17 ).

"Essas coisas que eu digo, para que sejais salvos .... E não quereis vir a mim para terdes vida"
( João 5:34 , 40 ).

"Eu não vim para julgar o mundo, mas para salvar o mundo" ( João 12:47 ).
"E com muitas outras palavras dava testemunho, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta
geração perversa" ( Atos 02:40 ).

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de yourseves: é o dom de Deus:
não de obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. ).

"Eles não receberam o amor da verdade, para que pudessem ser salvos" ( 2 Ts. 2:10 ).

"Deus salvou -nos e chamou com uma santa vocação, não segundo as nossas obras, mas
segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos eternos,
e que agora se manifestou pelo aparecimento de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte,
e trouxe vida e imortalidade à luz através do evangelho "( 2 Tm 1, 9-10. ).

"Não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, salvou -
nos, pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo "( Tito 3: 5 ).

3. Salvação significa libertação no futuro de todo o mal e corrupção: do envelhecimento e definhando,


deterioração e decadência, a morte eo inferno. É o resgate total de espírito e do corpo do homem, no final
do mundo. É a salvação da ira de Deus, a salvação que salva um homem de ser separado de Deus
eternamente. É a vida e exaltação que os crentes receberão no triunfo final de Jesus Cristo. É a salvação que
vai manter um homem seguro e preservá-lo tanto no tempo e na eternidade.

O homem e seu mundo são retratados como tendo uma semente de corrupção dentro de sua própria
natureza, uma semente de corrupção que corrói levando-os a ...

• idade e resíduos de distância.

• deterioração e decadência.

• sofrer destruição e morte.

Mais uma vez, o homem é impossível. Ele não consegue parar de si mesmo e seu mundo de morte e
destruição, mas Deus pode. Deus pode salvar o homem e seu mundo; Deus pode livrá-los do terrível destino
de morte e destruição. Esta é a mensagem da salvação. Deus ama o homem e seu mundo e quer salvá-los,
por isso, Ele enviou o Seu Filho ao mundo para salvá-los. A salvação é ...

• ele completar a redenção do corpo e da alma do homem no futuro: a redenção que salva o homem
do processo de envelhecimento e se perdendo, se deteriorando e decadente, morrendo e sendo
condenado ao inferno.

• a libertação perfeita da ira de Deus: a salvação que salva o homem de ser separado de Deus
eternamente.

• o dom da vida e exaltação: a salvação que será dado aos crentes no triunfo final de Jesus Cristo.

• a presença de segurança perfeita: a salvação de segurança e preservação, tanto no tempo e na


eternidade.
". Gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo
para o que somos salvos pela esperança" ( Rm 8, 23-24 ).

"Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso
Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos
juntamente com ele" ( 1 Ts 5: 9-10. ) .

"E o Senhor me livrará de toda má obra, e me levará salvo [me salvar, me entregar]
para o seu reino celestial. Ao qual seja glória para todo o sempre" ( 2 Tm 4:18. ).

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande
misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo
dentre os mortos, para uma herança incorruptível, e imaculada, e imarcescível , reservada
nos céus para vós, que sois guardados pelo poder de Deus através da fé para
a salvação preparada para revelar-se no último tempo "( 1 Pedro 1: 3-5 ).

"Alcançando o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas" ( 1 Pedro 1: 9 ).

4. Salvação significa libertação de inimigos e perigos. O homem é descrito como andar em um mundo à
espreita com inimigo após inimigo e perigo depois de perigo. O homem tem que enfrentar todos os tipos de
inimigos e perigos que atacam seu corpo e alma, a mente eo espírito. Ele enfrenta todos os tipos de
problemas e dificuldades, provações e tentações. Não importa o quanto ele pode muito tempo para a paz ea
segurança, ele é forçado a lutar contra ...

• um ambiente hostil • um desejo de mais e mais


(posses, fama, riqueza,
• um mundo selvagem
poder)
da natureza
• um orgulho mal e ego
• um universo
desconhecido • ganância e cobiça

• um futuro incerto • acidentes não evitáveis

• impulsos não • doenças terríveis


regulamentados

• envelhecimento
inevitável e morrer

O homem é visto como impotente para superar todos os inimigos e perigos que se escondem nas sombras
deste mundo. Mas Deus não é impotente, Deus pode salvar o homem; Ele pode gloriosamente libertar o
homem enquanto ele viaja ao longo da estrada da vida. Este é exatamente o que significa a salvação. Deus
liberta o homem dos inimigos e perigos que a guerra contra ele. Mas note o próximo parágrafo, um ponto
crucial.
A salvação não significa que Deus liberta o homem da enfrentando dificuldades e perigos, não neste
mundo. Deus não dá uma vida livre da natureza e as circunstâncias deste mundo. O que a salvação faz é
entregar umatravés das dificuldades e perigos da vida.

Salvação significa que ...

• Deus dá segurança e paz de espírito, não importa o que aconteça.

• Deus dá segurança independente de circunstâncias e ambiente.

• Deus dá força e coragem interior para suportar o ataque e ataques de perigo.

"E os seus discípulos aproximaram-se dele, o despertaram, dizendo: Senhor, salva-nos:.


Estamos perecendo E disse-lhes: Por que sois tão tímidos, ó homens de pouca fé Então ele
se levantou e repreendeu os ventos eo mar? , e houve grande bonança aqueles homens se
maravilharam, dizendo: Que homem é este, que até os ventos eo mar lhe obedecem
".! ( Mateus 8: 25-27 ).

"Quando ele viu o vento forte, teve medo;. E, começando a submergir, clamou, dizendo:
Senhor, salva-me E logo Jesus, estendendo a mão, segurou-o, e disse-lhe: Homem de pouca
fé, por que duvidaste? " ( Mateus 14: 30-31 ).

"[Deus] nos levantou uma salvação poderosa Na casa de Davi seu servo .... Para nos
livrar dos nossos inimigos e das mãos de todos os que nos odeiam" ( Lucas 1:69 , 71 ).

"Por isso peço-vos que comais alguma coisa, porque disso depende a sua saúde
[salvação], pois hão não um cabelo cairá da cabeça de qualquer de vós" ( Atos 27:34 ).

"Pela fé Noé, sendo por divina revelação avisados das coisas ainda não se viam, temeu
e, preparou uma arca para a salvação de sua casa; pela qual condenou o mundo, e tornou-
se herdeiro da justiça que é pela fé" ( Hebreus 11: 7 ).

"Mas o dia do Senhor virá como um ladrão de noite; no qual os céus passarão com
grande estrondo, e os elementos se desfarão abrasados, a terra, e as obras que nela há, se
queimarão para cima. Visto que todas estas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas
não deveis ser em santidade e piedade, esperando e apressando a vinda do dia de Deus,
em que os céus, em fogo se dissolverão, e os elementos se desfarão abrasados? Mas nós,
segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, onde habita a justiça.
Pelo que, amados, como estais aguardando estas coisas, procurai diligentemente para que
possais ser encontrados de . ele em paz, sem mácula e irrepreensíveis E conta que a
longanimidade de nosso Senhor é a salvação "( 2 Pedro 3: 10-15 ).

5. Salvação significa fazer bem, para curar, para restaurar a saúde, para fazer todo, tanto física quanto
mentalmente. O homem é descrito como uma criatura do sofrimento, uma criatura que ...
• fica doente • desgasta de
envelhecimento
• adoece
• sofre de enfermidades
• lutas contra
deformidades • tem acidentes

Salvação declara que Cristo está preocupado com o sofrimento do homem. Cristo salva e liberta o homem,
resgata e restaura o homem em corpo, bem como no espírito. Ele leva um homem que sofre e faz dele todo.

"E eis que uma mulher, que foi padecia de um fluxo de sangue 12 anos, chegou por detrás dele
e tocou na orla do seu manto; porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar a sua roupa, ficarei
sã. Mas Jesus, voltando-se, e quando ele a viu, ele disse: Filha, tem bom conforto, a tua fé te toda E
a mulher ficou curada desde aquela hora "(. Mateus 9: 20-22 ).

"E Jesus, respondendo, disse-lhe: Que queres que eu te faça O cego lhe disse: Mestre, que eu
tenha vista E disse-lhe Jesus: Vai-te;?. Tua fé te fez todo . Imediatamente ele recuperou a vista e
seguiu Jesus pelo caminho "( Marcos 10: 51-52 ).

"Se nós hoje somos inquiridos acerca do benefício feito a um enfermo, e do modo como foi
curado, seja conhecido de vós todos, e de todo o povo de Israel, que em nome de Jesus Cristo de
Nazaré, a quem vós crucificastes ea quem Deus ressuscitou dentre os mortos, sim, ele pede esta
está são diante de vós inteiras "( Atos 4: 9-10 ).

"E a oração da fé salva o doente, eo Senhor o levantará, e, se houver cometido pecados, estes
lhe serão perdoados "( Tiago 5:15 ).

ESTUDO TOPICO# 2
( 03:11 ) Justificação- Fé : este versículo é usada três vezes no Novo Testamento. Um ponto diferente é
enfatizado cada vez que é utilizado. Ela conta como um homem pode ser justo para com Deus (cp. Habacuque
2: 3-4 ).

1 " O justo viverá pela fé "( Romanos 1:17 ). Quem pode viver pela fé? Apenas o justo. As pessoas fazem
duas reivindicações de justificação. O homem que diz: "Eu sou justificado, fazendo o melhor que posso" está
simplesmente dizendo que ele espera Deus para desculpar o seu pecado. Mas Deus não é desculpa para o
pecado; Deus perdoa o pecado. Desculpando pecado não é nada mais do que o homem-licença que permite
continuar a viver como ele deseja e sempre chegando curto. Portanto, um homem não é justificado por fazer
o melhor que pode-vivendo após a lei. Ele é justificado pela fé, confiando em Deus para perdoá-lo. Uma vez
um homem que realmente confiou em Deus, ele é justo. E o justo , então, começa a viver pela fé. O ex-
marido, se um legalista ou um homem de indulgência carnal, não tem oportunidade de viver pela fé. Por
quê?Simplesmente porque ele nunca começou a vida de fé. É o justo, não o legalista ou o homem de
indulgência pecaminosa, que vive pela fé.
2 "O justo viverá pela fé "( Gálatas 3:11 ). Pela regra é que uma pessoa viva? Pelo princípio da fé, e não
pelo princípio de obras. A pessoa declarada apenas pela fé viverá sem as obras. O crente é salvo pela fé, eo
crente vive pela fé ( Gálatas 3:11 ).

3 "O justo viverá pela fé "( Hebreus 10:38 ). Com que poder é que uma pessoa viva? Pelo poder que nos
é dada por Deus por causa da fé. O cristão crê em Deus, acredita nas promessas que Deus fez. Portanto, o
crente faz o que Deus diz. O poder da fé energiza -o a viver uma vida justa. Obras não têm nada a ver com
fazer-lhe apenas , nem com mantê-lo apenas .

Romanos 1: 18-23

II. Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20


A.Caso de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Por que Deus mostra Ira, 1: 18-23
1 Os sujeitos da ira de Deus (v.18) Ver: DS1
a. Homens da impiedade e injustiça (v.18a)
b. Os homens que detêm a verdade (v.18b)
2 Homens rejeitam que "dentro" deles: Consciência e pensamentos (v.19)
3 homens rejeitam que "sem" eles: Os sinais da criação (v.20)
a. Poder e natureza eterna de Deus são claramente vistos na criação (v.20a)
b. Os homens são indesculpáveis (v.20b)
4 Os homens não honram a Deus, nem lhe dão graças (V.21)
a. Resultado 1: Sua imaginação se tornar vaidoso (vazio) (v.21a)
b. Resultado 2: Seus corações são escurecidos (v.21b)
5 homens tornam-se orgulhosos e se afastam de Deus (v.22-23)
a. Eles imaginar e criar suas próprias idéias de Deus (V.22)
b. Trocam Deus incorruptível em ídolos corruptíveis (v.23)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

A. Caso de Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Por que Deus mostra Ira, 1: 18-23

( 1: 18-3: 20 ) DIVISÃO DE VISÃO GERAL : o ensino de toda esta passagem pode ser resumido em três pontos.

1. Os homens que o pecado traz sobre si o juízo de Deus e que precisam da justiça de Deus ( Romanos 1:
18-2: 16 ).

2. Homens sem lei, as nações, são ministradas por natureza e consciência. No entanto, pecaram por ficar
aquém do padrão de justiça dado a eles ( Romanos 1: 18-32 ). Da mesma forma, o moralista e hipócrita que
têm a lei pecaram por ficar aquém do seu padrão de justiça, isto é, a lei ( Romanos 2: 1-3: 8 ).

3 Portanto, tudo o mundo torna-se culpado diante de Deus ( Romanos 3:19 ) e precisa de justiça de Deus
( Romanos 3: 9-20 ).

( 1: 18-23 ) Introdução : a mensagem desta passagem é claro: por que Deus se revela e executa ira sobre os
homens.

1. Os sujeitos da ira de Deus (v.18).

2. Os homens rejeitam o "dentro" deles, de consciência e de pensamento (v.19).

3. Homens rejeitam que "sem" eles, os sinais de criação (v.20).

4. Os homens não honram a Deus, nem dar graças (v.21).

5. Os homens tornam-se orgulhosos e se afastam de Deus (v.22-23).

1. ( 01:18 ) de Deus ira de Impio- Perverso : os sujeitos da ira de Deus. Observe três pontos.
1 A ira de Deus é uma realidade (ver estudo mais profundo # 1, Ira-Romanos 1:18 de Deus para a
discussão).

2. ira de Deus se revela do céu. Deus revela e mostra a ira de quatro maneiras. (Veja nota, Ira de
Deus - • Romanos 1: 24-32 para discussão.)

3. Os sujeitos da ira de Deus são duas. Deus mostra a sua ira e torna-se irritado com duas classes de
homens:

a. Homens que são ímpios e injustos.


⇒ Os ímpios ( asebeia PWS: 4151 ) deixar de amar e obedecer a Deus. Eles são aqueles que
não vivem vidas Deus. Eles não são como Deus, nem santo, justo e puro. Eles não
trabalham no desenvolvimento de uma natureza divina, não honrar a Deus por palavras
ou por obras, não adorar e obedecer a Deus como o único Deus vivo e verdadeiro, não
reverenciá-lo, fazendo o que Ele diz.Pelo contrário, os ímpios são aqueles que fazem o
que querem, quando querem, que pode dar lábio-serviço a Deus, mas que ignoramos no
seu dia-a-dia vidas.

⇒ Os injustos ( adikia PWS: 4170 ) deixam de amar os outros. Eles são aqueles que não vivem
com os homens como deveriam. Eles agem contra os homens: enganar, roubar, mentir,
abusar, escravizando, destruindo e tirar proveito delas.

A questão é clara: Deus está irado com tais homens-homens que são ímpios e injustos-Men que ...

• não amar e obedecer a Deus.

• não amar e tratar os outros como deveriam.

b. Os homens que detêm a verdade em injustiça. A palavra "hold" ( katechontōn PWS: 1965 ) significa
manter-se, suprimir, reprimir, abafar, impedir. Os homens sabem a verdade a partir de três fontes:

⇒ da natureza (cp. Romanos 1:20 ).

⇒ de razão e de consciência (cp. Romanos 1:18 ; Romanos 2:15 ).

⇒ a partir das Escrituras ( João 5:39 ; 2 Timóteo 3:16. ).

No entanto, apesar de ter acesso à verdade, ignoram, negligência e até mesmo empurrar a
verdade de lado, fazendo todo o possível para evitar e se livrar dele. Por quê? Porque eles querem
viver como elesdesejam e não como Deus diz. Eles querem viver vidas injustos, para provar e sentir
e ver e ter todas as coisas estimulantes que eles querem.

Mas note que a Escritura diz: que "detêm a verdade em injustiça"; ou seja, eles sabem a
verdade, enquanto eles vão sobre viver na injustiça. Eles são indesculpáveis.

"E com todo o engano da injustiça para os que perecem, porque não acolheram o amor
da verdade, para que pudessem ser salvos" ( . 2 Tessalonicenses 2:10 ).

Mais uma vez o ponto é claro: Deus está zangado com os homens ...

• quem são ímpios, e não amar e obedecer a Deus.

• quem são injustos, que não amam e tratar os outros como deveriam.
• que detêm a verdade enquanto vivem vidas ímpias e injustas.

"Pela graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens,


ensinando-nos que, renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos
sóbria, justa e piedosamente, no presente mundo, procurando a bendita esperança
ea manifestação da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo, que se
entregou por nós, para que nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um
povo todo seu, zeloso de boas palavras "( Tito 2: 11-14 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (1:18) Ira de Deus ( orge )

. 2 ( 01:19 ) Deus, prova de- mente-consciência : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro-shows ira, porque os
homens rejeitam que dentro deles ; ou seja, eles rejeitam as suas consciências e pensamentos e raciocínios
sobre Deus. (Cp. Romanos 2:15 ). Note três fatos claramente definidos.

⇒ Deus pode ser conhecido. Existem algumas coisas que "podem ser conhecidas a respeito de Deus."

⇒ Essas coisas são manifestas (evidente, claro e simples) " em "homens. Os homens sabem sobre
Deus; eles sabem algumas coisas sobre Deus dentro de seus corações, mentes e consciências.

⇒ Como? "Deus tem mostrado [feito evidentes, claras e simples]" estas coisas aos homens.

Agora observe.

1 Há muito sobre Deus que os homens não podem saber ( Jó 11: 7 ), mas não há muita coisa que os
homens podem saber. Os homens podem saber o suficiente para ser levado a Deus. Este é o ponto principal
desta passagem: os homens sabem sobre Deus, mas não adorá-Lo como Deus. Eles têm um senso de Deus,
mas eles suprimem o sentido, tentando se livrar dele.

2. sentido do homem interior, ou consciência inata e instintiva conhecimento de Deus são fortes. O
homem é uma criatura muito capaz. Ele tem um enorme poder e capacidade mental. O homem pode
raciocinar e entender que "Deus é [existe] e que recompensa aqueles que o buscam" ( Hebreus 11: 6 ). O
homem pode "conhecer a Deus" ( Romanos 1:19 ), mesmo as "coisas invisíveis" de Deus ( Romanos 1:20 ); ele
pode saber, a tal ponto que ele é "indesculpáveis" ( Romanos 1:20 ). (Veja nota- • Romanos 2: 11-15 para
mais discussão.)

No entanto, o homem opta por não conhecer a Deus. Ele mesmo escolhe para levar a verdade que
está dentro dele e suprimi-lo. Homem rejeita o conhecimento de Deus que está dentro dele. Esta é a primeira
razão pela qual Deus se revela e mostra a sua ira.
. 3 ( 01:20 ) Deus, prova de- Criação-Homem, Depravação : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro-shows ira,
porque os homens rejeitam que , sem eles, os sinais de criação. Criação revela Deus. O universo inteiro, a sua
presença e da sua natureza, declara Deus.

No entanto, note algo muitas vezes esquecido. Os homens podem olhar a natureza e ver mais do que o
simples fato de que Deus é o grande Criador. Os homens podem ver mais do que um Ser Supremo por trás
da criação do universo. Eles podem ver "as coisas invisíveis" de Deus. Isso significa pelo menos duas coisas.

1. homem pode ver o " eterno poder ", a inteligência suprema e Force (ou energia), de Deus. O homem
pode olhar para a criação da Terra e do espaço, das plantas e dos animais, do homem e da mulher; ele pode
olhar e ver claramente o seu ...

• corpo e estrutura.

• variedade e beleza.

• disposição e ordem.

• Proposito e as leis.

Quando o homem olha para essas coisas e razões com um espírito sincero , ele vê claramente que o mundo
foi feito por um Criador. Mas, tal como acima referido, ele vê muito mais. Ele vê que o Criador é um Deus de
suprema ...

• Vida e Ser • beleza e majestade

• Inteligência e do • glória e honra


Conhecimento
• valor e mérito
• Energia e Potência (moralidade)
(Força Suprema)
• mistério (coisas não
• propósito e significado entendia; segredos
por descobrir)
• projeto e ordem (law)

2 O homem pode ver o " Deus ", isto é, a divindade de Deus. Quando ele olha para a natureza e razões
com um espírito sincero , ele vê claramente que o Criador é um Deus que ...

• se preocupa e prevê o que Ele criou.

• dá a vida e tem interesse na vida.

• regenera, repõe, e carrega as coisas por diante.

• merece adoração e obediência (sendo o Criador da vida e propósito, e sendo a Pessoa Suprema da
ordem pública exige que todos os seus súditos servir e obedecer-lhe).

Observe que a Escritura diz: o homem é, sem desculpa. O ponto é chocante. O homem tem todos os
elementos de prova que se possa imaginar dentro da criação direcionando-o para Deus, mas o homem rejeita
o conhecimento de Deus dentro da criação. Esta é a segunda razão pela qual Deus se revela e mostra a sua
ira. O homem é, sem desculpa. O homem não tem defesa, nenhuma resposta, nenhuma razão que possa
justificar a sua rejeição a Deus.

"No entanto, ele não deixou a si mesmo sem testemunho, que ele fez bem, e deu-nos chuva do
céu e estações frutíferas, enchendo nossos corações com alimento e alegria" ( Atos 14:17 ).

"Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo são vistos claramente, sendo
percebidos por meio das coisas que são feitas, mesmo seu sempiterno poder e Divindade, de modo
que eles fiquem inescusáveis" ( Romanos 1:20 ).

"Os céus declaram a glória de Deus eo firmamento anuncia a Sua obra" ( Salmo 19: 1 ).

"Os céus anunciam a sua justiça, e todos os povos vêem a sua glória" ( Salmos 97: 6 ).

. 4 ( 01:21 ) Deus, Pecados Against- Unthankful- desonra, de Deus-Homem, Depravação : Deus, o único
Deus vivo e verdadeiro-shows ira, porque os homens não honram a Deus, nem dar-lhe graças. Note-se que
Paulo mudou para o verbo no passado neste verso. Ele estava falando do que os homens haviam feito no
passado; e, claro, os homens ainda fazer o mesmo hoje. Dois graves acusações são feitas contra os homens.Os
homens podem saber claramente Deus tanto ...

• dentro de si: em seus próprios pensamentos, raciocínios consciências.

• sem si: na criação e na natureza, na terra e no espaço sideral.

Eles podem saber que Deus lhes dá vida e se preocupa e prevê-los, e que Deus dirige tudo de uma forma
ordenada e legal, dando sentido à vida. Os homens podem ver que Deus é grande e bom; portanto, Deus
merece ser glorificado e dado graças. Mas os homens ...

• não glorificá-lo: não adorou, obedecer, ou servi-Lo como Deus.

• não dar graças a Ele: não elogiar, ampliar, ou manifestar o apreço a ele.

O que acontece quando os homens rejeitam a Deus é trágico. Duas coisas graves acontecem quando eles
empurram Deus fora de suas mentes.

1. imaginação dos homens tornar-se vaidoso.

⇒ A palavra "imaginação" ( dialogismois PWS: 2197


) significa pensamentos, raciocínios, deliberações,
conclusões, especulações.

⇒ A palavra "vão" ( emataiōthēsan PWS: 4203


) significa, vazio, fútil, sem sucesso, sem sentido, sem
valor.
Pensamento 1 . Quando os homens empurrar Deus fora de suas mentes, suas mentes são nulas e
vazias de Deus. Deus não está em seus pensamentos. (. Cp Salmo 10: 4 ). Suas mentes estão prontos
para serpreenchido com algum outro deus ou supremacia .

"E Deus viu que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que toda a
imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente "( Gênesis 6: 5 ).

"Os ímpios, por meio do orgulho de sua aparência, não vai buscar a Deus: Deus não está
em todos os seus pensamentos" ( Salmo 10: 4 ).

"O Senhor conhece os pensamentos do homem, que são vaidade" ( Salmo 94:11 ).

"Há seis coisas que o ódio Senhor, sim, há sete que ele abomina: olhos altivos, língua
mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que maquina projetos iníquos ,
pés que se apressam a correr para o mal, um testemunha falsa que profere mentiras eo que
semeia contendas entre irmãos "( Provérbios 6: 16-19 ).

"Os desígnios dos maus são abominação para o Senhor" ( Provérbios 15:26 ).

? "E disse-me: Filho do homem, viste o que os anciãos da casa de Israel fazem nas trevas,
cada um nas suas câmaras pintadas de imagens pois eles dizem: O Senhor não nos vê; o
Senhor abandonou a terra "( Ezequiel 08:12 ).

2. do homem "coração insensato se obscureceu."

⇒ A palavra "insensato" ( asunetos PWS: 1556


) significa sem sentido, sem compreensão, sem
inteligência.

⇒ A palavra "escurecida" ( eskotisthē PWS: 877


) significa cego, incapaz de ver.

"Eles não sabem, nem entendem; andam em trevas; todos os fundamentos da terra
estão fora de curso" ( Salmo 82: 5 ).

"Que deixam as veredas da retidão, para andarem pelos caminhos das trevas"
( Provérbios 02:13 ).

"O caminho dos ímpios é como a escuridão: não sabem eles em que tropeçam"
( Provérbios 04:19 ).

"Porque o coração deste povo está endurecido, e com os ouvidos surdos para ouvir, e
seus olhos têm que fecharam, para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos,
e entenda com o coração, e se convertam , e eu os cure "( Atos 28:27 ).
"Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos que não crêem, para que
a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus, deve brilhar para eles" ( 2
Cor 4. 4 ).

"Ter o entendimento obscurecido, alheios à vida de Deus pela ignorância que há neles,
pela dureza do seu coração" ( Ef. 4:18 ).

"Sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade"


( 2 Timóteo 3: 7. ).

Observe um ponto crítico. Os homens sofrem imaginações vazias e corações escurecidos porque ...

• não glorificar a Deus.

• não oferecem, graças a Deus.

Esta é a terceira razão pela qual Deus se revela e mostra a ira para com os homens.

"E todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica não, será comparado a um homem
insensato, que edificou a sua casa sobre a areia e desceu a chuva, vieram as enchentes, sopraram
os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu, e foi grande a sua queda "( Mateus 7:
26-27 ).

"Portanto, ao que sabe fazer o bem e não o faz, para ele, é pecado" ( Tiago 4:17 ).

5. ( 1, 22-23 ) Homem, Depravity- Pride- Deus, Rejeição de : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro-shows ira
porque os homens tornar-se arrogante e se afastam de Deus. Esta cena é uma das maiores tragédias de toda
a história humana, e isso se repete a cada vez que um homem se afasta de Deus. A cena é o homem rejeita
Deus e afirmando que ele é ...

• sábio demais para acreditar em Deus.

• inteligente demais para depender das fábulas da Bíblia.

• muito capaz de não olhar para si mesmo.

• muito engenhoso para não criar seu próprio mundo e do futuro.

• muito magistral para não confiar em seus próprios humanistas idéias.

• muito razoável e racional para não criar suas próprias normas e leis que controlam a vida.

Mas note que a Escritura diz: em negar Deus, os homens cometem dois erros grosseiros.

1. Homens professam-se sábios, mas ao fazê-lo tornam-se tolos. Por quê? Por uma razão simples.
⇒ Deus existe, e Ele se revelou claramente dentro os pensamentos dos homens e através da
criação. Portanto, quando os corações e as mentes dos homens são esvaziados de Deus, os
homens têm de preencher seus corações e pensamentos com outra coisa. Eles têm que ter algum
outro deus, alguma outra luz que guia ou princípio de dar propósito e significado e direção às suas
vidas. Eles têm de substituir Deus com outra coisa. Eles têm que ter alguma coisa, algum padrão,
alguma lei, alguma regra, alguma pessoa, algum deus por-que podem guiar suas vidas.

Portanto, quando os homens destronar Deus e apagar de suas vidas, eles imaginar e criar o
seu próprio deus dentro de suas mentes. Homens razão e especular sobre a última fonte de vida,
e tudo o que eles vêm para cima com é que a que dão suas vidas.

"Portanto, eis que continuarei a fazer uma obra maravilhosa no meio deste povo, uma
obra maravilhosa e um assombro, porque a sabedoria dos seus sábios perecerá, eo
entendimento dos seus prudentes se esconderá" ( Isaías 29: 14 ).

"Porque o meu povo é tolo, eles não me conhecem, eles são filhos obtusos, e não
entendidos; são sábios para fazer o mal, mas para fazer o bem que eles não têm
conhecimento" (Jeremias 04:22 ).

"Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos" ( Romanos 1:22 ).

"Porque a palavra da cruz é para os que perecem loucura, mas para nós, que somos
salvos, é o poder de Deus, porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, e
aniquilarei a compreensão da. prudente "( 1 Cor 1, 18-19. ).

"Todavia falamos sabedoria entre os perfeitos, não porém a sabedoria deste mundo,
nem dos príncipes deste mundo, que se aniquilam, mas falamos a sabedoria de Deus em
mistério, a sabedoria oculta, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória "( 1
Cor 2, 6-7. ).

"Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus. Pois está escrito: Ele
apanha os sábios na sua própria astúcia. E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos
dos sábios, que são vãos" ( 1 Coríntios. 03:19 -20 ).

"Cuidado para que ninguém mimá-lo por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a
tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo .... As quais
têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em
descuidar do corpo, mas não em qualquer combate contra a satisfação da carne
"( Colossenses 2: 8 , 23).

2. Homens trocam Deus incorruptível em algum ídolo corruptível. Nota quatro fatos.

a. Deus é dito ser "incorruptível" ( aphthartou PWS: 4124 ), o que significa não-decadente, imperecível,
imutável e não envelhece. Incorruptível significa que Deus não está sujeito a falecer; Ele é
eterno. Deussempre foi , e sempre será : Deus sempre vai existir .
b. Homens permuta e troca Deus pelo " homem corruptível ", isto é, para a imagem, a idéia, o
pensamento de que o homem é o seu próprio deus. Homens trocar Deus por humanismo . Fazem-
se ea humanidade ...

• o Deus da vida.

• o dono do mundo.

• os fabricantes de seu próprio destino.

• os legisladores de suas próprias leis.

• os determinantes de sua própria moralidade.

• o padrão pelo qual suas vidas estão a ser governados.

Note-se que o humanismo torna um ídolo do homem e adora o homem como o "deus" de seu
próprio destino. Este é geralmente o pecado do científicas e sociedades industrializadas -societies
onde um homem forte e saudável, tanto mental quanto fisicamente, é-sociedades essenciais,
sempre uma boa auto-imagem e corpos saudáveis são necessários para o avanço da sociedade.

c. Homens trocar Deus por criaturas corruptíveis . Este é geralmente o culto seguido por sociedades
de sociedades não-industrializadas e não-científicos, onde imagens grotescas de homens e animais
são, na verdade, construídas de madeira, pedra ou metal.

Agora note: os homens criam seus próprios deuses humanistas, se as imagens mentais e
pensamentos ou alguma imagem grotesca, por causa do orgulho e da vaidade. Os homens querem
controlar suas próprias vidas, para fazer o que quiser, para ser reconhecido e honrado, e para
receber o crédito e reconhecimento a si mesmos. Portanto, eles se afastam de Deus e fazer seus
próprios deuses ...

• a sua própria imagem.

• como eles concebem e desejar o seu deus para ser.

Esta é a quarta razão pela qual Deus, o único Deus vivo e verdadeiro, revela e mostra sua ira para
com os homens.

"Portanto, se nós somos filhos de Deus, não devemos pensar que a divindade é
semelhante ao ouro, ou prata, ou à pedra esculpida pela arte e imaginação do homem
[pensamento]" (Atos 17:29 ).

"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos" ( 1 João 5:21 ).

"Eis que ponho diante de vós a bênção ea maldição; uma bênção, se obedecerdes aos
mandamentos do Senhor vosso Deus, que eu hoje vos ordeno, e uma maldição, se não
obedecerdes aos mandamentos do Senhor vosso Deus, e vos desviardes do caminho que
eu hoje vos ordeno, para seguirdes outros deuses que não conhecestes "( Dt 11: 26-28. ).
"Eu sou o Senhor, que é o meu nome ea minha glória não a darei a outro, nem o meu
louvor às imagens de escultura" ( Isaías 42: 8 ).

ESTUDO TOPICO# 1

( 01:18 ) Ira de Deus ( orge ): raiva, não uma explosão de violência agitado. Não é a raiva que arde
rapidamente e tão rapidamente desaparece, não a raiva que surge unicamente da emoção. Pelo contrário, é
a raiva decisivo. É uma raiva que surgiu a partir de uma decisão ponderada, uma raiva que surge da mente
muito mais do que das emoções. Quando usado por Deus, é sempre uma raiva que é correto e justo e bom . É
uma raiva que está contra o pecado e do mal, da violência e abate, imoralidade e injustiça dos homens. É
uma raiva que abomina e odeia o pecado e do mal e que os pratos com uma vingança justa e igualitária da
justiça. No entanto, é uma raiva que é profundamente sentida ; na verdade, ele deve ser sentida, para o mal
ea corrupção devem ser combatidas e apagado da face da terra, se não houver de ser uma "novos céus e
uma nova terra".E Deus prometeu um novo céu e uma nova terra, onde habitará a justiça ea perfeição
sempre.

1 Existe a ira de Deus em julgamento.

"Mas, vendo ele muitos dos fariseus e dos saduceus que vinham ao seu batismo, disse-lhes:
Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir da ira vindoura?" ( Mateus 3: 7 ).

"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens de que detêm a
verdade em injustiça" ( Romanos 1:18 ).

"Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, acumulas contra ti mesmo ira no dia da ira
e da revelação do justo juízo de Deus" ( Romanos 2: 5 ).

"Mas para os que são contenciosos, e desobedientes à verdade e obedientes à iniqüidade,


indignação e ira, tribulação e angústia sobre a alma de todo homem que pratica o mal,
primeiramente do judeu, e também do grego" ( Romanos 2 : 8-9 ).

"Mas, se a nossa injustiça prova a justiça de Deus, que diremos Deus injusto, que tira a vingança
é (Falo como homem) Deus me livre:? Modo, como julgará Deus o mundo" ( Romanos 3: 5-6).

"Muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos salvos da ira por meio dele"
( Romanos 5: 9 ).

"Entre os quais todos nós também tivemos nossa conversa em tempos passados, segundo as
inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos, e éramos por natureza
filhos da ira, como os outros também" ( Efésios 2: 3. ) .

"Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os
filhos da desobediência" ( Efésios 5:. 6 .; cp Col. 3: 6 ).
"Porque eles mesmos anunciam de nós qual a entrada que tivemos entre vós, e como vos
convertestes dos ídolos para Deus para servir ao Deus vivo e verdadeiro, e esperar dos céus seu
Filho, a quem ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura "( 1 Ts 1. 9-10 ).

"Porque Deus não nos designou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor
Jesus Cristo" ( 1 Ts 5:. 9 ).

"Beije o Filho, para que não se ire, e pereçais no caminho, quando a sua ira se acendeu, mas um
pouco. Bem-aventurados todos os que põem a sua confiança nele" ( Salmo 02:12 ).

2 Existe a ira de Deus com aqueles que desobedecer ao Senhor Jesus.

"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas
a ira de Deus sobre ele permanece" ( João 3:36 ).

3 Havia raiva de Deus com Israel no deserto.

"Assim jurei na minha ira: Não entrarão no meu descanso" ( Hebreus 3:11 ).

4. foi a ira do Senhor Jesus na dureza do homem de coração.

"E quando ele olhou em redor para eles com indignação, condoendo-se da dureza dos seus
corações, disse ao homem: Estende a tua mão E ele a estendeu,. Ea mão lhe foi restituída sã como
a outra" ( Mark 3: 5 ).
Romanos 1: 24-32

B. Caso do Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Como Deus mostra Ira, 1: 24-32
1 Deus deu aos homens até fazer o que quisesse (v.24a)
2 Deus deu aos homens à imundícia (v.24b-25)
a. Motivo: As paixões em seus corações (v.24b)
b. Resultado: a idolatria Bruto (v.25)
3 Deus deu aos homens até vis afeições não naturais (v.26-27)
a. Motivo: Eles deram à paixão antinatural e homossexualidade (v.26a)
b. Resultado: A queima, Escravidão apaixonado (v.26b-27)
1) As mulheres com mulheres (v.26b)
2) Homens com homens (v.27)
4 Deus deu aos homens até perverso, mentes depravadas (v.28-31)
a. Motivo: Eles rejeitaram a Deus (v.28)
b. Resultado: depravados, comportamento inadequado (v.29-31) Ver: DS1-23
5 Deus assegura juízo final: Morte (v.32)
a. Porque os homens fazem tais coisas (v.32a)
b. Porque os homens aprovar essas coisas (v.32b)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

Caso do B. Deus contra toda a impiedade e injustiça dos homens: Como Deus mostra Ira, 1: 24-32
( 1: 24-32 ) ira de Julgamento de Introdução- Deus : a Escritura diz que "a ira de Deus se revela do céu"
( Romanos 1:18 ). Esta passagem em particular discute as quatro maneiras que Deus se revela e mostra sua
ira.Observe três coisas.

1. Todos os quatro juízos maneiras preocupação que vêm ao homem. Ou seja, a ira de Deus é exercida e
cai em cima de homem por causa de sua impiedade e injustiça.

2. Todos os quatro maneiras têm a ver com a história, com a experiência humana, com um universo
moral. Ou seja, a ira de Deus se revela do céu de dia para dia ...

• ao longo da história.

• na experiência do homem.
• dentro de um universo moral.

3 Três dos julgamentos são presente julgamento; elas acontecem hoje na vida dos homens ( Romanos 1:
24-31 ). A quarta julgamento é futuro e é para ser o juízo final sobre os homens ( Romanos 1:32 ).

Como Deus revela e executar sua ira contra o homem?

1. Deus deu aos homens até fazer o que quisesse (v.24).

2 Deus deu aos homens à imundícia (v.24-25).

3. Deus deu aos homens até vis afeições não naturais (v.26-27).

4. Deus deu aos homens até perverso, mentes depravadas (v.28-31).

5. Deus assegura juízo final: a morte (v.32).

1. ( 01:24 ) Jugamento- Homem, abandonado por Deus : Deus, o único vivo e verdadeiro homens deu Deus-
up para fazer o que quisesse. (Veja notes- • Mateus 13: 13-15 ; ESTUDO TOPICO# 1-João 12: 39-41 . há mais
discussão) Isto é dito três vezes nesta passagem, e cada vez foi devido a um grave pecado do homem
( Romanos 01:24 , 26 , 28 ). O pecado do homem forçado a Deus para dar ao homem para cima e para
abandoná-lo.A cena era terrível e assustador, por ser abandonado e deixado sem Deus neste mundo leva a
pior vida possível que se possa imaginar.

Há duas fortes razões por que Deus dá ao homem, e cada um emite um forte alerta para o homem.

1 O homem escolhe o pecado acima de Deus, e quando o faz, duas coisas acontecem.

a. Homem torna-se escravo do pecado. Pecado realmente desperta cada vez mais o pecado. Quanto
mais um homem peca, mais fácil é para ele voltar a pecar. No começo, ele pode refletir sobre a
sabedoria de cometer o pecado; mas mais tarde, depois de cometer o pecado mais e mais, ele
raramente ou nunca dá ao pecado um segundo pensamento. Pecado parece ser bom, bom gosto,
e se sente bem. É atraente e satisfaz a carne humana e insta do homem. Ela satisfaz tanto que o
homem é naturalmente atraído para ele. Ao pecar, ele constantemente se torna escravo do
pecado. Ele torna-se viciado. Pecado se torna o mestre terrível e submete o homem a seus hábitos
cruéis e tentações que são quase impossíveis de quebrar.

b. Pecado sempre se encontra. Isso precisa ser lembrado. Pecado seduz, alegando trazer prazer e
estimulação e felicidade, mas na realidade ela destrói uma pessoa de ...

• corpo • profissão

• valores • família
• mente • futuro

• amigos • vontade

• vida • alma

• esperança

Uma terrível tragédia que tantas vezes é esquecido é o seguinte: nós não somos ilhas para nós
mesmos. Nosso pecado envolve outros; portanto, o nosso pecado destrói outros, tanto as suas
vidas e suas almas. O pecado pode olhar, gosto, e se sentir bem para nós; mas sempre envolve e
influencia os outros. Dói e condena os nossos filhos, cônjuges, amigos e sociedade.

2 Homem abandona Deus, na verdade, se afasta de Deus e dá-se a Deus. Isto pode ser
chamado espiritual abandono : o homem abandona espiritualmente Deus. Deus deu ao homem o livre
arbítrio, e se o homem quer se afastar de Deus, ele pode. Deus não pode interferir com essa escolha. Para
fazê-lo seria tirar a liberdade do homem. Então apelos Deus para o homem espiritualmente, através da
misericórdia e do amor e da graça, mas Ele não viola a escolha do homem. Ele não pode. Para fazer isso seria
ter um universo coagido e mecânica. Homem seria nada mais que um robô, coagido a fazer isso e aquilo e
fazê-lo exatamente como Deus quer. O resultado seria trágico: o homem nunca iria experimentar o amor, a
bondade, cuidado, preocupação ou sentimentos. Amor não é amor se for coagido. Ele é mecânico e sem
sentido. A expressão de qualquer afeto ou a virtude tem sentido se não é dado livremente. Portanto, quando
o homem se afasta de Deus, ele mesmo faz a escolha de fazê-lo, e Deus não pode interferir. A escolha é do
homem, eo homem é abandonado esquerda sozinho para si mesmo para fazer exatamente o que ele
escolheu ( Oséias 4:17 ; . Ephes 04:19 ). Portanto, Deus não tem escolha. Ele deve ...

• dar ao homem para cima.

• deixar o homem seguir seu próprio caminho.

• abandonar espiritualmente o homem.

• Deixe o homem viver para aquilo que ele escolheu.

"Então, eu os entreguei aos desejos dos seus corações, e andaram nos seus próprios
conselhos" ( Salmo 81:12 ).

"Mas Deus se afastou, e os abandonou ao culto das hostes do céu" ( Atos 07:42 ).

2. ( 1: 24-25 ) pecado Copo- Julgamento : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro-shows ira dando homens à
imundícia. A palavra "impureza" ( akatharsian PWS: 4119 ) significa impureza, obscenidade, imoralidade,
corrupção, sujeira, poluição, contaminação, infecção. Quando os homens se afastam de Deus, abandonar a
Deus para viver impuros e imorais vidas por Deus deixa os homens. Ele abandona a sua escolha. Deus permite
que os homens em torno de chafurdar na sua imundícia. Os homens são julgados e condenados à impureza.
1 Os razão os homens estão condenados a "impureza" é por causa das paixões "em seus corações." Seus
corações estão cheios de "paixões" ( epithumiais PWS: 2467 ), ou seja, os desejos apaixonados, desejos e
impulsos. Eles anseiam por coisas que desagradam a Deus e que desonram seus corpos. Deus se preocupa
profundamente com o corpo humano, e julga a pessoa que abusa do corpo. (Veja outline- • Mateus
6:11 eestudo mais profundo # 6 Mateus 06:11 ; nota- • 1 Coríntios 3:16. ; nota- • 1 Coríntios 3:17. ; ESTUDO
TOPICO# 1-1 Cor 6.: 18 ; nota- • 1 Co 6:19. ; nota- • 1 Coríntios 6:20. ; cp. 1 Ts 4: 3-5. . há mais discussão)

No grego os desejos estão a ser dito " em [ en ] seus próprios corações. " Pecado tem lugar no
coração antes que esta ocorra, ato.

"E ele disse: O que sai do homem, isso contamina o homem. Porque de dentro, do coração dos
homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os furtos, a avareza, as
malícias, o dolo, a lascívia, a mau-olhado, blasfêmia, a soberba, a loucura: todos estes males vêm
de dentro e contaminam o homem "( Mc 7, 20-23 ).

2 O resultado de viver uma vida impura é idolatria. Homens "mudaram a verdade de Deus em mentira, e
honraram e serviram mais a criatura do que o Criador." Quando os homens vivem em impureza, eles
começam a servir e dar a sua vida a uma de duas coisas.

a. Eles servem a si mesmos, dando o seu tempo e energia para seus próprios desejos, buscas e desejos.

b. Eles servem outros "deuses", deuses que lhes permitem ir em frente e viver como
quiserem. Eles imaginar como é Deus e adorá-lo tanto em sua mente ou em alguma imagem de
escultura moldada por suas mãos.Eles conceber um deus que é ...

• um deus do • um deus dos


cristianismo homens

• um deus de alguma • um deus da


religião criação

• um deus de alguma • um deus da


parte da natureza bondade

O ponto é este. Homem abandona o único Deus vivo e verdadeiro e cobiça impureza. Ele anseia e anseia
tanto ...

• que ele cria um deus em sua própria mente que lhe permite satisfazer a sua lascívia.

• que racionaliza e pensa que seu deus compreende sua situação e precisa, e que seu deus não vai
julgá-lo por sua impureza e imoralidade.

• que ele concebe um deus que lhe permitirá fazer o que ele quer.

• que ele é exatamente igual ao deus para caber sua moral, deixando sua moral determinar o tipo de
deus que ele vai adorar.
• que ele torce deus para caber o que ele quer.

• que ele permite que sua moral (impureza) para controlar seus pensamentos sobre Deus.

Homem serve e dá o seu tempo e energia para o deus que ele imagina em sua mente e para os ídolos que
ele cria dentro de sua imaginação e pensamentos. Ele abandona a Deus para que ele possa viver a vida impura
que ele almeja. Portanto, Deus julga o homem e abandona o homem para viver em sua imundícia.

"[O carnal], deixando o caminho direito, desviaram-se, tendo seguido o caminho de Balaão,
filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça" ( 2 Pedro 2:15 ).

"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não
está nele. Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos dos olhos
ea soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo E o mundo passa, ea sua concupiscência;. mas
aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre "( 1 João 2:15 -17 ).

"E eu pronunciarei as minhas sentenças contra eles tocam em toda a sua maldade, que me
deixaram, e queimaram incenso a outros deuses, e adoraram as obras das suas mãos" ( Jeremias
01:16 ).

"Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e
cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm as águas" ( Jeremias 02:13 ).

"Tu me deixaste, diz o Senhor, tu és voltaste para trás; por isso estenderei a minha mão contra
ti, estou cansado de me arrepender" ( Jeremias 15: 6 ).

"Não sejais como vossos pais e vossos irmãos, que foram infiéis ao SENHOR Deus de seus pais,
que modo que os entregou à desolação como vedes" ( 2 Crônicas 30:. 7 ).

3. ( 1, 26-27 ) pecado Copo- Julgamento : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro-shows ira dando homens
até vil, antinatural afetos. O termo "paixões infames" ( Pathé atimias PWS: 4223 ) significa paixões, desonra,
vergonha, infâmia, vergonha e degradação. Significa paixões que não podem ser controladas ou reguladas,
que correm solto e selvagem, não importa o quanto uma pessoa tenta controlá-los.

1 A razão pela qual Deus dá aos homens até paixões infames ( atimias Pathé ) é por causa de sua paixão
natural. Homens cobiça e luxúria, o desejo do ilegítimo e ilegal. Eles queimam em sua sensualidade uns para
outros. E note que a Escritura está falando: não natural afeto, ou seja, a homossexualidade.

⇒ Mulheres queimar e luxúria e trocar o "uso natural no que é contrário à natureza . " E note,
é contra a natureza .

⇒ Men queimar em sua "sensualidade uns para com os outros, homens com homens fazendo o que
é vergonhoso."

Note novamente que o pecado tem lugar no coração. Homens queimam dentro , almejar o pecado, antes
de cometer o ato. É o seu ardor, sua cobiça, seu desejo de que os coloca em chamas para perseguir o ato
vergonhoso. Seu coração arde atrás de outros homens, não a Deus. Portanto, eles estão condenados, e Deus
é obrigado a julgá-los.

2 O resultado não natural afeto é uma natureza totalmente depravada. Quando os homens escolhem uma
vida de "paixões infames", Deus dá-los a ele. É a escolha do homem, e uma vez que é a escolha do homem,
Deus não pode fazer nada sobre isso. Deus tem para dar ao homem até que ele escolhe. Ele não substitui a
vontade do homem.

Observe um fato crucial: a Escritura diz que os homens recebem "em si mesmos a devida recompensa
[pagar, a punição] do seu erro." O julgamento para a homossexualidade é dentro , não sem homem. Se uma
pessoa queima após antinatural carinho, ele é entregue a sua queima; ele é entregue a queimar e anseiam
cada vez mais. Ele é julgado e condenado a viver em sua antinatural paixão e sentir a vergonha. Ele é
escravizada e mantida em cativeiro para ele, psicologicamente e fisicamente. E o julgamento é "atender",
isto é, a forma, apenas, exatamente o que deveria ser. Se os homens luxúria e queimar
após antinatural carinho, ele só é adequado que lhes fosse dado o que eles tão apaixonadamente
anseiam. Portanto, Deus julga os homens, dando-se os homens a viver em suas paixões infames.

"Que cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santificação e honra, não na luxúria da
concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus" ( 1 Ts 4, 4-5. ).

"O casamento é honroso em todos, eo leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus
os julgará" ( Hebreus 13: 4 ).

4. ( 1: 28-31 ) Deus, Ira de- Jugamento- Pecado : Deus, o único vivo e verdadeiro Deus-shows ira dando
homens até perverso, mentes depravadas. O termo "disposição mental reprovável" ( substantivo
adokimon PWS: 3253 ) significa uma mente que é rejeitado, reprovado, degradado, depravado; uma mente que
não pode resistir ao teste do juízo.

1 A razão pela qual Deus dá aos homens até reprovar mentes é porque os homens rejeitam a Deus. Eles
conhecem a Deus, mas eles não "gostam de reter o conhecimento de Deus." Eles ...

• Não gosto de aprovar a Deus.

• não gostam de reconhecer a Deus.

• não gostam de reconhecer a Deus.

Eles simplesmente não querem que Deus tem alguma coisa a ver com suas vidas; portanto, empurrá-lo
para fora de suas mentes. Eles ignoram e se recusam a aceitar a presença de Deus.

2 O resultado é indicado à força. Deus dá aos homens sobre a mentes reprováveis, mentes que são
totalmente depravado. Homens são autorizados a fazer exatamente o que eles escolhem ; eles são
escravizados mais e mais na sua depravação e comportamento inadequado. (Veja um estudo mais profundo
# 1-23-Romanos 1: 29-31 , para o significado das terríveis pecados listados.)
"Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; pois aquilo que o homem semear, isso também
ceifará Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia para o
Espírito do Espírito colherá a vida eterna. "( Gálatas 6: 7-8 ).

"Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, entesouras -se a ti mesmo ira para o dia da
ira e da revelação do justo juízo de Deus "( Romanos 2: 5 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (1:29) "injustiça" ( adikia )

ESTUDO TOPICO# 2 (1:29) Fornicação ( porneiai )

ESTUDO TOPICO# 3 (1:29) Maldade ( poneria )

ESTUDO TOPICO# 4 (1:29) Cobiça ( pleonexia )

ESTUDO TOPICO# 5 (1:29) Malícia ( Kakia )

ESTUDO TOPICO# 6 (1:29) Inveja ( phthonos )

ESTUDO TOPICO# 7 (1:29) Assassinar ( phonos )

ESTUDO TOPICO# 8 (1:29) Debate ( eridos )

ESTUDO TOPICO# 9 (1:29) Engano ( dolos )

ESTUDO TOPICO# 10 (1:29) Malignidade ( kakoetheia )

ESTUDO TOPICO# 11 (1:29) Murmuradores ( psithuristes )

ESTUDO TOPICO# 12 (01:30) Caluniador ( katalalos )

ESTUDO TOPICO# 13 (01:30) Os aborrecedores de Deus ( theostugeis )

ESTUDO TOPICO# 14 (1:30) Malicioso ( hubristes )

ESTUDO TOPICO# 15 (1:30) orgulhoso: ( huperephanos )

ESTUDO TOPICO# 16 (01:30) presunçosos ( alazon )

ESTUDO TOPICO# 17 (01:30) Os inventores de males ( epheuretes kakon )

ESTUDO TOPICO# 18 (1:30) desobedientes aos pais ( goneusin apeitheis )

ESTUDO TOPICO# 19 (01:31) Sem entendimento ( asunetos )


ESTUDO TOPICO# 20 (01:31) Infieis ( asunthetos )

ESTUDO TOPICO# 21 (01:31) Sem afeto natural ( astorgos )

ESTUDO TOPICO# 22 (01:31) Implacável ( aspondous )

ESTUDO TOPICO# 23 (01:31) Impiedoso ( aneleemon )

5. ( 1:32 ) Julgamento : Deus, o único Deus vivo e verdadeiro, assegura o julgamento final, que é a morte,
ou seja, a separação eterna de Deus. Há duas razões pelas quais os homens serão julgados e condenados à
morte.

1. Os homens serão julgados, porque o pecado e ter o prazer de outros que o pecado, fazendo as mesmas
coisas ( Romanos 1: 29-31 ). Os homens têm apetites, desejos e paixões, e eles passam a vida buscando
satisfazê-los. A grande tragédia é que eles não só têm prazer em seus próprios pecados, mas ter prazer nos
pecados dos outros. Eles aprovar e falar sobre seu egoísmo e exploits e de seus amigos. Eles focam suas vidas
em cima ...

• vida extravagante • posição

• vestido elegante • fama

• riqueza • bens materiais

• poder • casos sexuais

Como resultado de tal egoísmo, dos pecados listados na lágrima Escritura para o mundo e destruir a vida
humana ( Romanos 1: 29-31 ); portanto, o juízo de Deus está garantida. Aqueles que cometem tais coisas
e ter prazer nos pecados dos outros morrerão, ou seja, ser separado de Deus eternamente.

"Quem, conhecendo a justiça de Deus, que os que cometem tais coisas são dignos de morte,
não somente as fazem, mas têm prazer aos que as fazem "( Romanos 1:32 ).

"Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem, mal; que fazem da escuridade luz e da luz,
escuridade; põem o amargo por doce eo doce, por amargo!" ( Isaías 5:20 ).

"Porque com mentiras fizestes o coração do justo triste, não o havendo eu entristecido, e
fortalecestes as mãos do ímpio, para que não se desviasse do seu mau caminho, e vivesse"
( Ezequiel 13:22 ) .

"Tendes enfadado ao Senhor com vossas palavras mas vós dizeis: Em que havemos enfadado
ele Nisto que dizeis: Qualquer que faz o mal passa por bom aos olhos do Senhor, e ele se agrada;.?
Ou Onde está o deus da julgamento? " ( Malaquias 2:17 ).
2. Os homens serão julgados, porque eles não têm desculpa: eles sabem através de um sentimento
interior que o juízo de Deus está vindo sobre o mundo. Homens perceber que alguns maior poder (Deus) vai
arrumar a bagunça no mundo: que as injustiças e as desigualdades serão levados a julgamento, condenado
e punido. (Veja outline- • Romanos 2: 1-16 e notes- • Romanos 2: 1-16 para mais discussão.)

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo
Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Porque a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz" ( Romanos 8:
6 ).

"E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" ( Hebreus
9:27 ).

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez


consumado, gera a morte" ( Tiago 1:15 ).

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, aos assassinos, os impuros, os
feiticeiros, e idólatras ea todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre,
que é a segunda morte" ( Ap . 21: 8 ).

"Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal encontra a sua própria morte"
( Provérbios 11:19 ).

"A alma que pecar, essa morrerá" ( Ezequiel 18: 4 ).

ESTUDO TOPICO# 1

( 01:29 ) " Injustiça " ( adikia ): injustiça, injustiça, maldade, todo tipo de mal. É o oposto da justiça; por
conseguinte, é ...

• maltratando Deus eo homem, agindo injustamente para ambos.

• deixar de tratar a Deus e ao homem como uma pessoa deve tratá-los.

Note a palavra " todos injustiça ". Ele está sendo preenchido com o tratamento injusto. Ele está se
concentrando em si mesmo, a ponto de tornar-se o centro do universo ...

• apreensão depois de tudo, toda a atenção e posses se pode garantir.

• ignorar e abusar dos outros para obter tudo que se pode.


ESTUDO TOPICO# 2
( 01:29 ) Fornicação ( porneiai PWS: 1593 ): uma palavra ampla, incluindo todas as formas e tipos de atos
imorais e sexuais. É o sexo pré-marital, adultério e sexo-todos os anormais tipos de vício sexual.

ESTUDO TOPICO# 3
( 01:29 ) Maldade ( Poneria PWS: 4344 ): a depravada, a ser ativamente o mal, para fazerem o mal, para outros
problemas e causar danos, ser mal-intencionado, para ser perigoso e destrutivo. É maldade, ódio e má
vontade. É uma maldade ativa, um desejo no coração de fazer mal e pessoas corruptas. Ele é uma pessoa
que exerce efectivamente a outros para seduzir ou para prejudicá-las.

ESTUDO TOPICO# 4
( 01:29 ) Cobiça ( pleonexiai ): um desejo de mais e mais, o apetite para alguma coisa, um amor de posse,
um grito de "dar, dar" ( 2 Pedro 2:14 ). É uma apreensão, um desejo e depois de posses, prazeres, poder e
fama. A cobiça não tem restrição. Falta-lhe a capacidade de discriminar. Ele quer ter a fim de passar de prazer
e luxo. A cobiça é um desejo insaciável eo desejo da carne que não pode ser satisfeita. É uma luxúria e desejo
tão profundo que a pessoa encontra a sua felicidade em coisas e prazer, em vez de Deus. É idolatria ( Ef 5:
5. ). É um apetite intenso de ganho, uma paixão pelo prazer que as coisas podem trazer. É um, agressivo,
agarrando a cobiça ativa.

ESTUDO TOPICO# 5
( 01:29 ) Malícia ( Kakia PWS: 2525 ): malícia, maldade, má vontade, despeito, rancor. Isso significa que um
homem que transformou seu coração completamente ao mal.

⇒ Ele não tem mais nenhum bem dentro-nenhuma.

⇒ Ele é cheio de maldade e malícia.

⇒ Ele está buscando ativamente o mal com uma vingança.

ESTUDO TOPICO# 6
( 01:29 ) Inveja ( phthonos ): a palavra vai além de ciúme. É o espírito ...

• que quer não apenas as coisas que outra pessoa tem, mas begrudges o fato de que a pessoa tem.
• que quer não só as coisas que devem ser tomadas longe da pessoa, mas quer que ele a sofrer com
a perda deles.

A cada pensamento expressa pesar que outra pessoa tem algo, seja honra, reconhecimento ou posição.

ESTUDO TOPICO# 7
( 01:29 ) Assassinar ( phonos PWS: 2632
): matar, tirar a vida de outro. O assassinato é um pecado contra o
sexto mandamento.

ESTUDO TOPICO# 8
( 1:29 ) Debate ( eridos PWS: 893 ): contenda, discórdia, disputa, lutando, lutando, brigando, discórdia,
disputa. Isso significa que um homem luta contra outra pessoa, a fim de obter algo: posição, promoção,
propriedade, honra, reconhecimento. Ele luta de uma forma desonesta e do mal.

ESTUDO TOPICO# 9
( 01:29 ) Engano ( dolos ): a isca, bombo, enganar, iludir; ser esperto e enganador; para enganar ou para dar
uma falsa impressão por palavra, ato ou influência. Ele é um homem que é conivente e torce a verdade para
obter o seu próprio caminho. Ele traça e engana, fazendo o que tem que ser feito para conseguir o que é
depois.

ESTUDO TOPICO# 10
( 01:29 ) Malignidade ( kakoētheia PWS: 2526 ): má índole, mau por natureza. É um espírito cheio de maldade
e malícia e lesões, um personagem que é tão mau quanto ele pode ser. Ele é uma pessoa que sempre olha
para o pior em outras pessoas e sempre passa o pior deles. É a pessoa que tantas vezes ruínas outras pessoas,
tanto na reputação e no corpo e na mente e espírito. Ele é uma pessoa tão cheia de mal que ele está sempre
arruinando outros, quer por palavra ou violência.

ESTUDO TOPICO# 11

( 01:29 ) Murmuradores ( psithuristas ): fofoqueiros secretos, secretos caluniadores, maldizentes,


murmuradores. Ele é uma pessoa ...

• que sussurra nas costas de outra pessoa, mordendo e rasgando-o.


• que passa em contos sobre os outros, seja verdade ou não.

• quem destrói a reputação dos outros.

ESTUDO TOPICO# 12
( 01:30 ) Caluniador ( katalalos PWS: 257 ): caluniadores. A palavra é diferente do silêncio, caluniador
segredo. É, um caluniador aberto alto, uma pessoa que transmite o conto. Mais uma vez, se o conto é verdade
ou não, não importa. O caluniador maledicência queima dentro de contar a fofoca para todos.

ESTUDO TOPICO# 13

( 01:30 ) Os aborrecedores de Deus ( theostugeis PWS: 1882


): odiar e ser odioso para Deus. Ele é uma pessoa
...

• que não gosta de os mandamentos e restrições de Deus.

• que não quer nada a ver com Deus e seus restrições e leis.

• que quer a licença para fazer exatamente o que ele deseja.

• quem quer ser o deus da sua própria vida, fazendo as coisas dele como ele deseja, determinando
tanto o que ele deve e não deve fazer.

ESTUDO TOPICO# 14
( 01:30 ) Malicioso ( hubristēs PWS: 992 ): insolente, insulto, e desafiando. É um espírito de rancor, de ataque
e agressão, verbal ou fisicamente. É desprezar e atacar, causando lesão ou por palavras ou atos. É um homem
que ...

• vive a sua própria vida como quer, ignorando tanto Deus e os homens.

• vive como se os seus direitos e os assuntos são os únicos direitos e assuntos que interessam.

• fica frente a frente com Deus e os homens, agindo como se ele precisa de nenhum dos dois.

• atua de modo independente na vida que ele se atreve a Deus ou os homens a entrar em seu
caminho.

• faz o que quer, quando quer, mesmo que doa ou destrói outros.

O pecado de, apesar, de ser insolente e insultuosa, é o espírito que fere e prejudica os outros, a fim de
fazer o que se quer.
ESTUDO TOPICO# 15
( 01:30 ) orgulhoso : ( huperēphanous PWS: 3072 ): a auto-exaltação, presunção, arrogância; sendo
arrogante; colocar-se acima dos outros e, olhando para os outros; desdém, desprezo. Isso significa mostrar-
se, para levantar a cabeça acima do outro, para manter o desprezo pelos outros, para comparar-se com os
outros. O orgulho pode ser escondido no coração, bem como exibido publicamente. Deus resiste aos
soberbos ( Tiago 4: 6 ; 1 Pedro 5: 5 ; Provérbios 03:24 ).

ESTUDO TOPICO# 16
( 01:30 ) presunçosos ( Alazon PWS: 413
): fanfarrões, Pretenders, vaunters, swaggerts, presunçosos. É uma
pessoa que ...

• possui no que ele tem.

• possui no que ele pode fazer.

• finge ter o que ele não tem ou finge ter feito o que ele não fez.

Vanglória pode envolver um trabalho, um negócio, uma posse, uma conquista-qualquer coisa que possa
impressionar os outros. É uma pessoa que sente a necessidade de empurrar-se acima dos outros, mesmo se
envolver pretensão , engano , faz de conta , ou mentiras .

ESTUDO TOPICO# 17
( 01:30 ) Os inventores de males ( epheuretas kakōn PWS: 2187 ): inventores de novos pecados, de formas
mais sensacionais da excitação e do vício. É uma pessoa que está cansado das velhas formas de pecado e que
sente a necessidade de buscar novos caminhos e formas de vício.

ESTUDO TOPICO# 18

( 01:30 ) desobedientes aos pais ( goneusin apeitheis ) que se recusam a fazer o que os pais
dizem; rebelando-se contra os pais; mostrando desrespeito aos pais; rejeitando instrução
parental; desonrando o exemplo dos pais. Uma criança que desobedece a seus pais está aberta a todas as
formas do mal.

ESTUDO TOPICO# 19

( 01:31 ) Sem entendimento ( asunetos PWS: 4135


): sem sentido, tolo, sem consciência. É uma pessoa que ...

• ignora experiência.
• não vai aprender, não importa o que o professor é.

• recusa a acatar a verdade.

• fecha sua mente e olhos para a verdade.

• rejeita consciência.

ESTUDO TOPICO# 20
( 01:31 ) Infieis ( asunthetos PWS: 819 ): disjuntores de promessas ou acordos, não confiáveis, sem fé,
traiçoeiro, mentiroso. É um homem que tragicamente não mantém sua palavra ou promessa. Ele é
simplesmente desonesto e indigno de confiança.

ESTUDO TOPICO# 21
( 01:31 ) Sem afeto natural ( astorgos PWS: 4385 ): afeição anormal e amor, sem coração, sem emoção humana
ou o amor, a falta de sentimento para os outros, o abuso de carinho e amor normal. Outros tornam-se pouco
mais do que peões para uso próprio de um homem e benefício, prazer e propósitos, excitação e
estimulação. Anormal carinho, sexo e perversão prevalecer.

ESTUDO TOPICO# 22
( 01:31 ) Implacável ( aspondous PWS: 2096 ): incapaz de desistir, de ser apaziguados ou purificada. Uma
pessoa é apenas dispostos a fazer a paz ou chegar a um acordo.

ESTUDO TOPICO# 23
( 01:31 ) Impiedoso ( aneleēmōn PWS: 4165
): sem piedade; disposto a mostrar misericórdia. Ele é uma pessoa
...

• desejo de ter e possuir os outros, independentemente de seu bem-estar.

• desejo de usar os outros como quer, independentemente de dor e vergonha.

• desejo de satisfazer o próprio prazer, mesmo que isso signifique a dor ou a morte de outros.

É uma falta de consideração ou sentimentos para os outros. O que importa é o próprio prazer e direitos,
e não o prazer e direitos dos outros.
Romanos 2: 1-16

C. Caso de Deus contra o moralista: Acórdão, 2: 1-16


1 O moralista (v.1)
a. Ele julga os outros (v.1a)
b. Ele é imperdoável: ele condena a si mesmo, porque ele é culpado das mesmas coisas (v.1b)
2 O julgamento de Deus é segundo a verdade: a justiça perfeita (v.2-5)
a. O moralista pensa que vai escapar (v.3)
b. O moralista pensa que Deus é bom demais para punir (v.4a)
c. O moralista pensa o homem é basicamente bom (v.4b)
d. O moralista endurece o coração contra o julgamento de Deus (v.5)
1) Recusa-se a se arrepender (v.5a)
2) Resultado: Armazena até ira contra si mesmo (v.5b)
3 O julgamento de Deus é segundo a atos: recompensa eterna ou castigo (v.6-10)
a. Recompensa do bem-doer (v.7) Ver: DS1 , Veja: DS2 , Veja: DS3
b. O julgamento de malfeitor grave (v.8) Ver: DS4 , Veja: DS5 , Veja: DS6 , Veja: DS7
c. Todo malfeitor está para ser julgado (v.9) Ver: DS8 , Veja: DS9
d. Cada bem-doer deve ser recompensado (v.10)
4 O julgamento de Deus é, sem acepção de pessoas: imparcialidade absoluta (v.11-15)
a. O homem que peca sem lei eo homem que peca na lei, ambos serão julgados (v.12)
b. Os realizadores, e não os ouvintes, da lei será justificado (V.13)
c. Os pagãos têm uma testemunha tríplice (v.14-15)
1) A sua natureza: um conhecimento instintivo de certo e errado (v.14)
2) A sua consciência: testemunha o que é certo e errado (v.15a)
3) Seus pensamentos: acusar ou defender o seu comportamento (v.15b)
5 O julgamento de Deus é para ser executado por Jesus Cristo e Seu evangelho (v.16)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

Caso da C. Deus contra o moralista: Acórdão, 2: 1-16


( 2: 1-16 ) Introdução : esta é uma das passagens que abrange diversos assuntos e pode ser estudada do
ponto de vista de qualquer um deles. É um excelente estudo sobre a julgar, criticar os outros, o julgamento
de Deus, a justiça própria, o moralista, eo legalistas. Ele também lida com o julgamento das nações, e
responde a pergunta tantas vezes perguntou: "O que acontecerá com as nações, para a pessoa que nunca
ouve falar de Jesus Cristo" ( Romanos 2: 11-15 ). O presente estudo é intitulado: "Caso de Deus contra o
moralista."

1 O moralista (v.1).

2 O julgamento de Deus é segundo a verdade: a justiça perfeita (v.2-5).

3 O julgamento de Deus é segundo a atos: recompensa eterna ou castigo (v.6-10).

4 O julgamento de Deus é, sem acepção de pessoas: imparcialidade absoluta (v.11-15).

5. O julgamento de Deus é para ser executado por Jesus Cristo e Seu evangelho (v.16).

1. ( 2: 1 ) Moralist- julgar Crítica Outros- : o moralista. Aos olhos da Escritura um moralista é uma pessoa
que vive uma vida moral e limpo, mas ele julga os outros, porque eles não vivem como ele acha que
deveria.Ele é moral, correto, justo, bom, decente e honrado. O moralista tem fortes valores, normas e
princípios. Ele é bem disciplinado e capaz de controlar sua vida. Ele vive apenas como todo mundo pensa que
ele deveria. Ele sabe o certo do errado e ele vive. Ele sabe como se comportar e ele o faz. Aos olhos da
sociedade, ele é exatamente o que uma pessoa deveria ser. Ele é um bom vizinho, um excelente trabalhador
e de provedor, e um cidadão ideal. Mas note-se três coisas.

1. Os outros juízes moralistas. A palavra "juiz" (Krino) significa para criticar, para encontrar a falha, a
condenar. Esta é a terrível falha do moralista. Nota: qualquer pessoa torna-se um moralista quando ele se
coloca como um juiz dos outros. Toda vez que julgar outra pessoa, estamos declarando que nós ...

• estão vivendo por alguma regra de que outra pessoa não está vivendo por.

• são mais moral do que alguém.

• são melhores do que alguém.

• são superiores a alguém.

• são mais justos do que alguém.

• são mais aceitáveis a Deus do que alguém.


Julgar os outros diz: "Eu estou certo, e ele não é, eu fui bem sucedida, mas ele não consegue." Portanto
...

• "Olhe para mim, mas ignorá-lo."

• "Aproximem-se de mim, mas evitá-lo."

• "Estima-me, mas colocá-lo para baixo."

• "Aprovar mim, mas condená-lo."

• "Seja meu amigo, mas retirar-se dele."

Muito simplesmente, julgar os outros eleva a auto e reduz os outros, exalta auto e rebaixa os outros; e
aos olhos de Deus isso é errado. É pecado. Ele é cheio de justiça própria, orgulho e arrogância. Ele define
auto-se como um moralista, e isso faz uma pessoa de julgamento e crítica.

"Não julgueis, para que não sejais julgados" ( Mateus 7: 1 ).

"Quem és tu, que julgas o servo alheio a seu próprio senhor ele está em pé ou cai Sim, ele será
detido se:. Pois Deus é poderoso para o suster" ( Romanos 14: 4 ).

"Portanto não nos julguemos mais uns aos mais: mas julgar este sim, que não pôr tropeço ou
uma ocasião para cair no caminho do seu irmão" ( Romanos 14:13 ).

"Há um só legislador que pode salvar e destruir: quem és tu, que julgas a outrem" ( Tiago 4:12 ).

2 O moralista é imperdoável, e ele condena a si mesmo, porque ele faz as mesmas coisas. Ele não apenas
como o homem a quem ele julga falhar. Escritura diz ...

"Tu, que julgas, fazes as mesmas coisas" ( Romanos 2: 1 ).

"[Todos] tentação é comum ao homem "( 1 Cor. 10:13 ).

"Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás, e quem matar será réu de juízo, mas digo-vos
que todo aquele que é bravo com seu irmão sem uma causa deve estar em réu de juízo "(Mateus 5:
21-22 ).

"Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério, mas eu digo-vos que todo aquele
que olhar para uma mulher para a cobiçar, cometeu adultério com ela em seu coração "( Mateus 5:
27-28 ).

Aos olhos de Deus, o pecado é uma questão do coração e da mente, e não apenas um ato. O pensamento
eo desejo torna uma pessoa tão culpado quanto o ato em si. Deus sabe que muitos iria realizar seus
pensamentos se eles tiveram a coragem ou oportunidade . Deus conhece o coração, a mente e os
pensamentos. Pecado, se pensamentos na mente ou atos em público, vem destituídos da glória de
Deus. Todos se levantam culpados diante de Deus; portanto, o moralista, a pessoa que os juízes, é tão
culpado quanto o julgado. É por esta razão que não estamos a julgar, criticar e encontrar defeitos nos outros.

"E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, porém não reparas na trave
que está no teu próprio olho?" ( Mateus 7: 3 ).

"Tu, pois, que ensinas a outrem, ensinas tu não te? Tu que pregas que não se deve furtar, furtas?
Tu, que dizes que não se deve cometer adultério, tu cometer adultério? Tu, que abominas os ídolos,
tu cometes sacrilégio? " ( Romanos 2: 21-22 ).

"Mas, quando vi que não andavam retamente conforme a verdade do evangelho, disse a Cefas
perante todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios, e não como os judeus, por que obrigas tu
os gentios a viverem como judeus? " ( Gálatas 2:14 ).

"Afirmam que conhecem a Deus, mas pelas suas obras o negam, sendo abomináveis, e
desobedientes, e reprovados para toda boa obra" ( Tito 1:16 ).

Pensamento 1 . Este ponto não significa que os sistemas judiciais do Estado, estão errados, nem que
a disciplina não é para ser exercido no prazo de famílias, organizações, e da igreja. A Escritura ensina
que a justiça ea disciplina devem ser exercidos por homens. O que significa que a Escritura é esta: nós
não devemos sair por aí criticando e repreendendo com o outro e colocar os outros para baixo quando
um de nós falhar. Em vez disso, estão para chegar e tentar resgatar e ajudar uns aos outros. Imagine
o que um mundo diferente seria se todas as línguas foram parados! Se todas as críticas ea detecção
de falhas cessaram! Se todos, na verdade, estendeu a mão e tentou redimir e salvar aqueles que
falhou!

"Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi o
tal com espírito de mansidão; olhando por ti mesmo, para que não sejas também tentado
Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo." ( Gálatas 6: 1-2 ).

"Aquele que é fraco na fé, acolhei, mas não para disputas duvidosas [de criticar e
julgar]" ( Romanos 14: 1 ).

"Nós, que somos fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos, e não agradar a nós
mesmos" ( Romanos 15: 1 ).

"Para os fracos Fiz-me como fraco, para que pudesse ganhar o fraco: Eu sou feito todas
as coisas para todos os homens, que para por todos os meios chegar a salvar alguns" ( 1 Co
9:22. ).

"Agora nós vos exortamos, irmãos, a que admoesteis os insubordinados, consoleis os


desanimados, amparar os fracos, sejam pacientes para com todos os homens" ( 1 Ts. 5:14 ).
"Se um irmão ou uma irmã estiverem nus e tiverem falta de mantimento cotidiano, e
algum de vós lhes disser:, Ide em paz, sede aquecido e cheio; não obstante lhes derdes as
coisas que são necessárias para o corpo, que é o que ele lucro? " ( Tiago 2: 15-16 ).

"De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, estas coisas não
deveriam ser" ( Tiago 3:10 ).

2. ( 2, 2-5 ) Jugamento- Deus, Equívocos ciais Homem : O julgamento de Deus-do único Deus vivo e
verdadeiro, é segundo a verdade. O julgamento de Deus será executado em perfeita justiça. A palavra
"verdade" (aletheian PWS: 4085 ) significa verdade em oposição ao falso. Isso significa que realmente é; o que
realmente existe; o que leva exatamente o lugar. O julgamento de Deus é perfeitamente justo, exatamente
o que deveria ser, nada mais e nada menos. Seu julgamento é baseado em ...

• o que realmente acontece.

• quais são os fatos.

• o que realmente ocorre.

• o que uma pessoa realmente está dentro de seu coração eo que a pessoa realmente fez.

"O Senhor não vê como vê o homem, pois o homem olha para o exterior, porém o
SENHOR olha para o coração" ( 1 Samuel 16: 7 ).

Deus sabe a verdade, toda a verdade e nada mais que a verdade; portanto, julgará de acordo com a
verdade. Seu julgamento será perfeito, conformando exatamente às nossas ações. Ele irá corresponder as
nossas ações perfeitamente.

Nota quatro pontos.

1 O moralista acha que ele vai escapar. Seu crime é muito maior, pois ele é como todos os outros homens:
pecadores e destituídos da glória de Deus. No entanto, ele critica e julga aqueles cujas falhas são descobertos
e expostos, e ele acha que vai escapar. Ele se esquece de que Deus vê os recônditos do coração humano, e
que Deus julgará os homens não só por seus atos, mas por seus pensamentos ...

• para a concupiscência da carne.

• para a concupiscência dos olhos.

• para a soberba da vida ( 1 João 2: 15-16 ).

"Serpentes, raça de víboras, como escapareis da condenação do inferno?" ( Mateus


23:33 ).
"Porque nada há encoberto, que não venha a ser revelado, nem oculto que não haja de
ser conhecido" ( Lucas 12: 2 ).

"E [Jesus] não precisava de que alguém lhe desse testemunho do homem, pois bem
sabia o que havia no homem" ( João 2:25 ).

"Portanto, nada julgueis antes do tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará
à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações, e então cada um
tem o louvor de Deus" ( 1 Cor 4. : 5 ).

"Quando andarem dizendo: Paz e segurança, então sobrevirá repentina destruição


sobre eles, como as dores à mulher grávida, e de modo nenhum escaparão" ( 1 Ts 5:. 3 ).

"Como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação, a qual, começando a


ser anunciada pelo Senhor, foi confirmada a nós por que a ouviram" ( Hebreus 2: 3 ).

"Mas se não fizerdes assim, eis que pecastes contra o Senhor, e que o vosso pecado vos
há de achar" ( Números 32:23 ).

"Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo está encoberto, quer seja bom,
quer seja mau" ( Ec. 0:14 ).

2 O moralista pensa que Deus é bom demais para punir. Quando ele pensa em Deus, ele pensa das
riquezas ...

• da bondade de Deus ( chrēston PWS: 1762


): Sua bondade e graça e amor.

• da paciência de Deus ( Anoche PWS: 1568


): Sua abstendo-se, segurando, abstendo-se e controlar a
sua justiça.

• da longanimidade de Deus: o seu sofrimento muito tempo, ser paciente e lento em julgar o pecado.

Deus, é claro, é tudo isso e muito mais. O que o moralista não consegue ver é que a bondade de Deus ...

• não é um cheque em branco para o pecado.

• não dá licença para pecar.

• não tolera o pecado.

• não se entrega pecado.

• não esquece o pecado.

A bondade de Deus é levar os homens ao arrependimento, não pecar. O fato de que Deus vai perdoar o
pecado deve agitar os homens a buscar o perdão e para agradar a Deus. Se um homem sai e pecados,
achando que Deus só vai esquecer e perdoar o seu pecado, ele está desprezando a bondade de Deus. Ele
está tomando a bondade de Deus e tornando-se uma farsa, uma farsa, uma piada, uma coisa de
indulgência. O homem quedespreza a bondade de Deus, que peca pensando que Deus só vai esquecer e
perdoar seu pecado é errado. Ele está enganado. Deus não apenas esquecer e perdoar o seu pecado; Ele não
tolera, entrar, nem dar licença para o seu pecado. Deus irá julgá-lo eo julgamento será de acordo com a
verdade.

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus Não erreis: nem os devassos, nem os
idólatras, nem os adúlteros, nem efeminados, nem os abusadores de si mesmos com a humanidade,
nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem roubadores herdarão
o reino de Deus E tais fostes alguns de vós;. mas haveis sido lavados, mas fostes santificados, mas
fostes justificados em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus "( 1 Cor . 6: 9-11 ).

"Não vos enganeis: as más conversações [empresa] corrompem os bons costumes [moral]
Acordai para a justiça e não pequeis; porque alguns ainda não têm o conhecimento de Deus.: Digo-
o para vergonha vossa" ( 1 Cor 15, 33-34. ).

"Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; pois aquilo que o homem semear, isso também
ceifará" ( Gálatas 6: 7 ).

"Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os
filhos da desobediência" ( Efésios 5:. 6 ).

"Filhinhos, ninguém vos engane; quem pratica a justiça é justo, assim como ele é justo aquele
que comete pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio Para isto o Filho de Deus se
manifestou,.. que ele poderia destruir as obras do diabo "( 1 João 3: 7-8 ).

3 O moralista pensa o homem é basicamente bom. Ele acha que o homem pode ser bom o suficiente para
Deus aceitar. Ele acha que Deus olha para o bem do homem e que dentro de cada homem é bom o
suficientepara Deus aceitar. O moralista pensa que a bondade de Deus aceita o homem de ...

• boas obras • bons sentimentos

• bons pensamentos • boa natureza

• bom comportamento • boas tendências

Deus, é claro, está satisfeito com tudo de bom que há no homem. Mas o que o moralista não consegue
ver é que a bondade de Deus é perfeito . Não pode aceitar ...

• qualquer trabalho • quaisquer sentimentos


imperfeito feios

• todos os pensamentos • qualquer natureza


sujos corruptível

• qualquer • quaisquer desejos


comportamento mal pecaminosos
Deus só pode aceitar a perfeição. Ninguém é perfeito: não na natureza, pensamento ou
comportamento. Portanto, todos os homens são inaceitáveis para Deus. Nenhum homem é bom o suficiente
para ser aceitável a Deus, não importa o quão bom ele é. A bondade de Deus é levar os homens ao
arrependimento: para ligar os homens a Deus por justiça, de não declarar a justiça própria do homem . O fato
de que Deus permite que os homens se arrependem devem agitar os homens ...

• a confessar sua imperfeição e justiça própria.

• buscar a justiça de Deus que está em Cristo Jesus, o Senhor. (Veja nota- • Romanos 4: 1-3 ; ESTUDO
TOPICO# 1-Romanos 4:22 ; ESTUDO TOPICO# 2-Romanos 4:22 , e nota- • Romanos 5: 1 . há mais
discussão)

Pensamento 1 . maioria das pessoas pensa que Deus vai aceitá-los, que em última análise, eles são
bons o suficiente para Deus para aceitá-los. Eles nunca sonho que Deus vai rejeitá-los, não quando
tudo está dito e feito. O que eles não conseguem ver é que o julgamento de Deus é baseada na
verdade, a verdade do que pensamentos e motivos de uma pessoa é, do que é realmente dentro da
mente e do coração de uma pessoa. O julgamento de Deus é baseada na verdade de uma pessoa
da natureza e do comportamento imperfeito .

". Tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes
se tornaram nulos em seus próprios raciocínios eo seu coração insensato se obscureceu
Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos" ( Romanos 1: 21-22 ).

"Porque não ousamos classificar-nos número, ou comparar-nos com alguns que se


louvam, mas eles se medem a si mesmos, e se comparam consigo mesmos, estão sem
entendimento" ( 2 Co 10:12. ).

"Porque, se alguém cuida ser alguma coisa, não sendo nada, engana-se a si mesmo"
( Gálatas 6: 3 ).

"A maioria dos homens apregoa a sua própria bondade, porém o homem fidedigno
quem o achará?" ( Provérbios 20: 6 ).

"Vês um homem que é sábio a seus próprios olhos? Há mais esperança de um tolo do
que para ele" ( Provérbios 26:12 ).

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda sabiamente será
livre" ( Provérbios 28:26 ).

"Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, e contudo nunca foi lavada da sua
imundícia" ( Provérbios 30:12 ).

"Porque tu confiaste na tua maldade e disseste: Ninguém me vê tua sabedoria eo teu


conhecimento, isso te fez desviar, e tu dizias no teu coração: Eu sou, e ninguém mais além
de mim." ( Isaías 47:10 ).
"A soberba do teu coração te enganou, ó tu que habitas nas fendas das rochas, cuja alta
morada, que dizes no teu coração: Quem me derrubará no chão Embora subas ao alto como
águia, e embora? se ponha o teu ninho entre as estrelas, dali vai te derrubarei, diz o
SENHOR "( Obadias 3-4 ).

4 O moralista endurece o coração contra o julgamento de Deus. Ele se recusa a se arrepender. Ele
simplesmente não consegue aceitar o fato de ...

• que ele não é bom o suficiente para Deus aceitar.

• que a bondade eo amor de Deus jamais iria condená-lo.

Mas note-se o termo "julgamento justo" ( dikaiokrisias PWS: 3325 ), o que significa apenas, justo, imparcial,
correto, exato. O julgamento de Deus é um julgamento que deveria ser, que deve e vai acontecer. Na
verdade, Deus tem de julgar, porque Deus é amor. Como o amor, Ele deve endireitar todas as injustiças do
mundo. Ele deve corrigir os erros e corrigir todas as injustiças dos homens. Ele deve julgar os homens com
um perfeito e "julgamento justo".

Note-se também o termo "entesouras" ( thēsaurizō PWS: 4041 ), o que significa para armazenar até,
amontoe, para estabelecer-se. O homem que endurece o seu coração e se recusa a arrepender-se mais lojas
e mais ira contra si mesmo no dia do julgamento. O fato é visto claramente. Basta pensar como é terrível
para um homem a se rebelar contra a bondade de Deus. Ele tem o glorioso privilégio de conhecer a bondade
de Deus, de ouvir a Sua bondade proclamada no dia a dia, semana a semana, mês a mês, ano a ano. No
entanto, ele despreza a bondade de Deus, recusando-se a se arrepender e rejeitar tempo a bondade de Deus
e outra vez. Sua rejeição é obrigado a guardar para si a ira contra si mesmo. Seu julgamento é obrigado a ser
maior do que o juízo sobre uma pessoa que nunca teve o privilégio de ouvir sobre a bondade de Deus.

"Eu vim para lançar fogo sobre a terra, e que mais quero, se já está aceso?" ( Lucas 12:49 ).

"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas
a ira de Deus sobre ele permanece" ( João 3:36 ).

"A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e injustiça dos homens de que detêm a
verdade em injustiça" ( Romanos 1:18 ).

"Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como
convém a santos, nem baixeza, nem conversa tola, nem gracejos, que não são convenientes:. Mas
antes ações de graças Porque bem sabeis isto, que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual
é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus Ninguém vos engane com palavras vãs.: porque
por estas coisas vem a ira de Deus sobre o filhos da desobediência "( Efésios 5: 3-6. ).

"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para o
punido" ( 2 Pedro 2: 9 ).
"Mas os céus ea terra que agora existem pela mesma palavra, têm sido guardados, reservados
para o fogo contra o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios" ( 2 Pedro 3: 7 ).

"Aquele que, sendo muitas vezes repreendido, endurece a cerviz, de repente será destruído
sem que haja remédio" ( Provérbios 29: 1 ).

. 3 ( 2: 6-10 ) Julgamento : o julgamento de Deus, do único Deus vivo e verdadeiro, é de acordo com obras
( Provérbios 24:12 ; 2 Tm 4:14. ; cp. Mateus 16:27 ; Rev. 22:12 ), e vai ser universal. Cada um vai ser
eternamente recompensado ou punido eternamente. Ninguém pode ser excluído; ninguém escapará.

Agora note: decisão deve ser baseada em "obras" de um homem ( ergon PWS: 925 ) ou trabalha. Isso não
quer dizer que a fé não é necessária. Ao contrário, não existe tal coisa como ...

• a fé sem obras.

• obras justas e aceitáveis, sem fé.

Obras-as de Deus obras que são verdadeiramente de Deus e para Deus, que realmente agradam a Deus,
são o resultado da fé. Os homens acreditam em, servir e trabalhar para muitas coisas diferentes no
mundo.Alguns acreditam e trabalham ...

• para a religião • para os clubes


sociais
• para as organizações de
serviços • para a humanidade

O que Deus exige é que os homens primeiro acreditar e trabalhar para ele, estendendo a mão para um
mundo perdido e preso na necessidade desesperada. Quando um homem verdadeiramente crê em Deus, ele
trabalha para Deus. (Cp. Tiago 2: 17f .) Deus vai quer premiar ou castigar cada um segundo as suas obras, de
acordo com o que ele fez com e para Deus .

1. Haverá maravilhosa recompensa do bem-doer. Observe três coisas sobre o bem-doer.

a. Note o que ele procura: a glória, honra e imortalidade (ver estudo mais profundo # 1, Glory-
Romanos 2: 7 ; estudo mais profundo # 2, Honor-Romanos 2: 7 ; estudo mais profundo # 3,
Immortality-Romanos 2: 7 ) .

b. Observe como o bem-doer procura: "com perseverança" ( hupomonēn PWS: 2855 ). A palavra
significa ser firme e constante; de suportar, perseverar, manter e continuar. O bem-fazedor é fiel
em fazer boas obras.

⇒ Ele não apenas começar, ele termina.

⇒ Ele não vive uma inconsistente, para cima e para baixo a vida. Ele continua e continua a
fazer boas ações.

⇒ Ele não ceder às adversidades, dificuldades ou oposição. Ele resiste e persevera, sempre
fazendo o bem.
"E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não
houvermos desfalecido" ( Gálatas 6: 9 ).

"Mas tu continuar nas coisas que tens aprendido e foste inteirado, sabendo de
quem o tens aprendido" ( 2 Tm. 3:14 ).

"Portanto, vendo nós também estamos rodeados de uma tão grande nuvem de
testemunhas, deixemos todo o embaraço, eo pecado que tão de perto nos rodeia,
e corramos com paciência a carreira que nos está proposta" ( Hebreus 12 : 1 ).

"Portanto, cingindo os lombos do vosso entendimento, sede sóbrios, e espero


que até o fim para a graça que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo" ( 1
Pedro 1:13 ).

"Eis que venho sem demora, guarda o que tens, para que ninguém tome a tua
coroa" ( Ap 3:11 ).

c. Observe a maravilhosa recompensa do bem-doer: a vida eterna. A vida eterna é dito ser a herança
de um mundo de glória, honra e paz ( Romanos 2:10 ;. cp Romanos 4:13 ). (Veja um estudo mais
profundo # 2, Vida Eterna - João 1: 4 ; estudo mais profundo # 1 - João 10:10 ; estudo mais profundo
# 1 João 17: 2-3 ; estudo mais profundo # 1 . -2 Tim 4:18 ; também ver nota, Paz - • Romanos 5: 1 ,
e nota, Peace- •João 14:27 . para discussão)

2 Deve ser terrível e severo julgamento do malfeitor. O malfeitor deve ser julgado por três razões.

a. Ele é controversa contra Deus (ver estudo mais profundo # 4-Romanos 2: 8 O malfeitor não gosta
do que Deus diz, portanto.). O malfeitor não gosta do que Deus diz; portanto, ele se esforça contra
ela. Ele disputas e luta, luta e luta contra Deus. Ele se recusa a vergar sob e render-se a vontade
de Deus. Ao lidar com Deus, o malfeitor é controversa.

b. Ele não obedecer à verdade. Ele vê e ouve e sabe a verdade. Ele até sabe a verdade é para ser feito,
mas ele se recusa a fazê-lo. Ele se recusa a ser persuadidos e se recusa a acreditar. Ele rejeita tanto
a Cristo, a Verdade de estar, e da Palavra de Deus, a verdade escrita. Ele simplesmente vai sobre
a sua própria vida, correndo e controlá-lo como ele quer. Ele rejeita e recusa-se a acreditar e fazer
a verdade.

c. Ele injustiça (ver estudo mais profundo # 5-Romanos 2: 8 para discussão).

3. Todo malfeitor deve ser julgado, tanto judeus e gentios. No malfeitor escapará. "Toda a alma do homem
que faz o mal" sofrerá, eo julgamento será severo e terrível. Seu julgamento envolverá indignação e ira,
tribulação e angústia (ver estudo mais profundo # 6 Romanos 2: 8 ; ESTUDO TOPICO# 7-Romanos 2: 8 ; estudo
mais profundo # 8-Romanos 2: 9 , e mais profundo estudo # 9-romanos 2: 9 para discussão).

"E irão estes para o castigo eterno, mas os justos para a vida eterna" ( Mateus 25:46 ).
"Ele vai limpar bem a sua eira, e recolher o trigo no seu celeiro, mas a palha ele vai queimar em
fogo inextinguível" ( Lucas 03:17 ).

"E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua
vontade, será castigado com muitos açoites" ( Lucas 12:47 ).

"Mas para os que são contenciosos, e desobedientes à verdade e obedientes à iniqüidade,


indignação e ira" ( Romanos 2: 8 ).

"E para vocês que estão preocupados demais com a gente, quando o Senhor Jesus será revelado
do céu com seus anjos poderosos, como labareda de fogo, tomando vingança dos que não
conhecem a Deus e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, que será
punido com a destruição eterna da presença do Senhor, e da glória do seu poder "( 2 Ts 1, 7-9. ).

"É pena o quanto sorer, suponha que vós, será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de
Deus, e profanou o sangue da aliança com o qual foi santificado, uma coisa impura, e ultrajou o
Espírito da graça? " ( Hebreus 10:29 ).

"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para
serem castigados" ( 2 Pedro 2: 9 ).

"E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo" ( Apocalipse
20:15 ).

"Sobre os ímpios fará chover laços, fogo, enxofre e vento tempestuoso: esta será a porção do
seu copo" ( Salmo 11: 6 ).

"E eu vou punir o mundo de sua maldade, e sobre os ímpios a sua iniqüidade, e farei a
arrogância do orgulhoso cessar, e abaterei a soberba dos cruéis" ( Isaías 13:11 ).

"Porque eis que o Senhor está saindo do seu lugar para castigar os moradores da terra por causa
da sua iniqüidade, ea terra descobrirá o seu sangue, e não encobrirá mais os seus mortos" (Isaías
26:21 ).

"Segundo as obras deles, assim será a sua retribuição, furor aos seus adversários, e recompensa
aos seus inimigos; às ilhas dará ele a sua recompensa" ( Isaías 59:18 ).

"Mas eu vos castigarei segundo o fruto das vossas ações, diz o SENHOR: e eu vou acender um
fogo no seu bosque, que consumirá todas as coisas em redor dela" ( Jeremias 21:14 ).

"Pois eis que vem o dia e arde como fornalha; todos os soberbos, sim, e todos os que cometem
impiedade, serão como restolho, eo dia que vem os abrasará, diz o SENHOR dos Exércitos, que não
lhes deixará nem raiz nem ramo "( Malaquias 4: 1 ).

4. Cada bem-doer deve ser recompensado, tanto judeus e gentios. No bem-doer estarão isentos ou
esquecido. "Todo homem que pratica o bem" receberão ...

• imortalidade ( Romanos 2: 7 ).
• a vida eterna ( Romanos 2: 7 ).

• glória ( Romanos 2: 7 , 10 ).

• honra ( Romanos 2: 7 , 10 ).

• paz ( Romanos 2:10 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (2, 7) Glória ( doxa )

ESTUDO TOPICO# 2 (2, 7) Honor ( tempo )

ESTUDO TOPICO# 3 (2, 7) Imortalidade ( aphtharsia )

ESTUDO TOPICO# 4 (2, 8) Stubborn- Contencioso ( eris )

ESTUDO TOPICO# 5 (2, 8) Injustiça ( adikia )

ESTUDO TOPICO# 6 (2, 8) Indignação ( orge )

ESTUDO TOPICO# 7 (2, 8) Ira ( thumos )

ESTUDO TOPICO# 8 (2, 9) Tribulação ( thlipsis )

ESTUDO TOPICO# 9 (2, 9) Angústia ( stenochoria )

4. ( 2: 11-15 ) Jugamento- Obedience- Doers- Ouvintes : o julgamento de Deus, do único Deus vivo e
verdadeiro, é, sem acepção de pessoas. O julgamento de Deus será executado com absoluta imparcialidade,
não mostrando nenhum favoritismo absoluto. Deus não tem favoritos. Deus não mostra parcialidade; Ele
não favorece a ...

• moralista • rico

• excelente • religioso

• honrosa • benevolente

• educado • famoso

Deus favorece ninguém. Todos os homens estão em pé de igualdade perante o juízo de Deus. Deus ama
e cuida de tudo , mas Ele não tem favoritos e não mostra parcialidade. Portanto, no grande dia do juízo, todos
serão julgados pela mesma regra e pelo mesmo princípio.

1 O homem que peca sem a lei eo homem que peca na lei, ambos serão julgados. Mais uma vez, o pecado
é a base do juízo. Os homens serão julgados pelo pecado .
a. O homem que peca "sem lei" ( anomōs PWS: 4382 ) também perecerão sem lei. A palavra lei é uma
palavra geral. Refere-se à lei de Deus, tanto das Escrituras e da natureza. Portanto, o homem que
não tem o direito de Escritura tem a lei da natureza para guiá-lo. Se pecar contra a lei da natureza,
ele ainda será julgado e perecer. Ele teve a oportunidade de conhecer através da própria natureza
(ver outline- • Romanos 1:19 ; nota- • Romanos 1:19 ; outline- • Romanos 1:20 e nota- • Romanos
1:20 para mais discussão).

b. O homem que peca "na lei" serão julgados pela lei. Seu julgamento, é claro, será maior, pois ele
tinha todos os privilégios e oportunidades que se possa imaginar.

"Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz
acepção de pessoas, mas, em cada nação, aquele que O teme e pratica a justiça, é aceito
com ele" (Atos 10: 34-35 ).

"E não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela fé"
( Atos 15: 9 ).

"Pois não há acepção de pessoas com Deus" ( Romanos 2:11 ).

"Pois não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor de todos, rico para
com todos os que o invocam" ( Romanos 10:12 ).

2 Os praticantes e não os que ouvem a lei serão justificados. Não é o suficiente para ter o direito ou a
Palavra de Deus; não é suficiente ...

• ouvir e vê-lo • possuir e professam

• entender e sei que • proclamar e ensinar

A pessoa deve ser um observador da lei; ele deve obedecer e viver a lei. A lei não foi dada apenas para se
sentar em uma estante ou sobre uma mesa, não é dada apenas para ser ouvida e para garantir um acordo
verbal. A lei foi dada para ser obedecida e vivida, de governar e controlar a vida para que a vida pode ser
vivida ao máximo. Portanto, aqueles que só ouvem a lei não será justificado diante de Deus, mas os que
praticam a lei serão justificados.

Pensamento 1 . Possuindo, tendo, audição, e até mesmo proclamar a lei (a Palavra de Deus) não é
suficiente para salvar uma pessoa. A pessoa deve manter a lei; ele tem de viver e fazer a vontade de
Deus.

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele
que faz a vontade de meu Pai que está nos céus" ( Mateus 7:21 ).
"Pois aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã
e mãe" ( Mateus 12:50 ).

"Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras e as pratica, eu vos mostrarei
a quem é semelhante: é semelhante a um homem que edificou uma casa, e cavou fundo, e
pôs os alicerces sobre a rocha; e quando o enchente, o fluxo bateu com ímpeto contra
aquela casa, e não a pôde abalar,. porque estava fundada sobre a rocha Mas o que ouve e
não pratica é como um homem que, sem um fundamento edificou uma casa sobre a terra,
contra qual o fluxo bateu com ímpeto, e logo caiu; ea ruína daquela casa era grande "( Lc 6,
47-49 ).

"Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes" ( João 13:17 ).

"Porque os que ouvem a lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei
hão de ser justificados" ( Romanos 2:13 ).

"E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós


mesmos" ( Tiago 1:22 ).

"Não faleis mal uns dos outros, irmãos Quem fala mal de um irmão, e julga a seu irmão,
fala mal da lei, e julga a lei;. Ora, se julgas a lei, não és observador da lei, mas juiz "( Tiago
4:11 ).

"E o mundo passa, ea sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus
permanece para sempre" ( 1 João 2:17 ).

"Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham


direito à árvore da vida, e possam entrar pelas portas na cidade" ( Ap 22.14 ).

3 Os pagãos têm uma testemunha tríplice, uma testemunha que é forte o suficiente para levá-los a Deus.

a. Os homens têm a sua natureza, a natureza do homem que fala alto e claramente que aponta em
direção a Deus. Nota exatamente o que o verso diz.

⇒ Os homens não podem ter a lei (a Bíblia) ...

⇒ Mas eles podem fazer a lei da natureza.

⇒ Eles podem se tornar "uma lei para si mesmos."

Não é que dentro do homem, dentro da sua natureza ( phusei PWS: 2651 ), que pode incitá-lo a
fazer a lei. O homem tem dentro de si um conhecimento instintivo de certo e errado. Sua própria
natureza lhe dá a oportunidade de fazer o que é certo.

Outra coisa que se quer dizer aqui também. O homem pode olhar para a natureza (criação) e
ver que ele é parte dela. Ele pode ver instintivamente por natureza, o grande poder eterno e
divindade de Deus.(Veja nota- • Romanos 1:20 para obter uma lista das coisas que a natureza
revela a respeito de Deus.)
"Porquanto, o que pode ser conhecido de Deus se manifesta neles [dentro deles, em
suas consciências, no sentido moral interior], porque Deus mostrou para eles "( Romanos
1:19 ).

"Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo são vistos claramente,
sendo percebidos por meio das coisas que são feitas, mesmo seu sempiterno poder e
Divindade, de modo que eles fiquem inescusáveis" ( Romanos 1:20 ).

b. Os homens têm suas consciências que testemunham o que é certo e errado. Quando o fazem bem,
eles sentem aprovação; quando eles fazem errado, eles sentem vergonha. Consciência do homem
dá-lhe a oportunidade de viver dignamente e fazer o bem.

"Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo
imaculado a Deus, purificará a nossa consciência das obras mortas, para servirmos ao Deus
vivo?"( Hebreus 9:14 ).

"Aproximemo-nos, com sincero coração, em plena certeza de fé, tendo os corações


purificados da má consciência, eo corpo lavado com água pura" ( Hebreus 10:22 ).

"Portanto é necessário que lhe estejais sujeitos, não somente pelo castigo, mas
também por causa da consciência" ( Romanos 13: 5 ).

c. Os homens têm seus pensamentos, sua capacidade de raciocínio que pode aprovar ou desaprovar,
desculpar ou acusá-los e outros. Os pensamentos dos homens testemunho de como eles devem e
não devem viver, se o seu comportamento é dispensado (aceitável) ou acusado
(condenado). Agora, note dois pontos críticos.

Primeiro, os homens podem aprender muito sobre Deus e sobre o certo eo errado através de
sua natureza, de consciência e de pensamento. Os homens podem olhar para si mesmos e da
criação e saber que eles estão a viver ...

• por fim, da lei e regras.

• em obediência e respeito e paz.

• dar reconhecimento e honra e estima.

• ser limpo e puro e moral.

• demonstrando cuidado e preocupação e amor.

• sem roubar e mentir e trapacear.


(Veja nota- • Romanos 1:19 , e nota- • Romanos 1:20 para mais discussão).

Em segundo lugar, os homens não podem ser salvo sem Jesus Cristo. Não importa o quão
moralmente possam viver-se vivem por lei ou por natureza, eles não vivem uma vida sem pecado
e perfeita. Eles pecam e destituídos estão da glória de Deus. Portanto, não importa o quão
moralmente os homens vivem, eles têm de ser aperfeiçoado na "justiça de Deus", que está em
Cristo Jesus Ele mesmo (ver nota, •Justificação - Romanos 4: 1-3 ; estudo mais profundo # 2-
Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 . à discussão ver também a nota, pt.3- • Romanos 2: 2-5 .)

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, ea verdade, ea vida: ninguém vem ao Pai, senão
por mim" ( João 14: 6 ).

"E não há salvação em nenhum outro, pois não há nenhum outro nome debaixo do céu
dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos" ( Atos 4:12 ).

"Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus,


homem" ( 1 Tm 2. 5 ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar,
temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo." ( 1 João 2: 1 ).

"E nós temos visto, e testificamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo"
( 1 João 4:14 ).

5. ( 2:16 ) Julgamento : o julgamento de Deus, do único Deus vivo e verdadeiro, é para ser executado por
Jesus Cristo e Seu evangelho. Observe estes fatos.

1. um dia específico do julgamento está chegando. Ele é fixo.

"Quando o Filho do Homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se
assentará no trono da sua glória, e diante dele serão reunidas todas as nações, e ele separará uns
dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos "( Mateus 25: 31-32 ).

"E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" ( Hebreus
9:27 ).

"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo, para
serem castigados" ( 2 Pedro 2: 9 ).

"Mas os céus ea terra que agora existem pela mesma palavra, têm sido guardados, reservados
para o fogo contra o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios" ( 2 Pedro 3: 7 ).

"Nisto é perfeito o amor para que tenhamos confiança no dia do juízo, pois, segundo ele é,
também nós somos neste mundo" ( 1 João 4:17 ).
"Eis que veio o Senhor com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e
convencer a todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de
todas as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele "( Judas 14-15 ).

2 Naquele dia "os segredos dos homens" serão julgados. Todos os segredos serão expostos, os
pensamentos secretos e ações feitas ...

• no escuro • silenciosamente

• portas fechadas • sozinho

• para o lado • tranquilamente

"Porque nada há encoberto, que não venha a ser revelado, nem oculto que não haja de
ser conhecido" ( Lucas 12: 2 ).

"Portanto, nada julgueis antes do tempo, até que o Senhor venha, o qual também trará
à luz as coisas ocultas das trevas, e manifestará os desígnios dos corações, e então cada um
tem o louvor de Deus" ( 1 Cor 4. : 5 ).

"Eis que pecastes contra o Senhor, e não se esqueça o vosso pecado vos há de achar"
( Números 32:23 ).

"Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo está encoberto, quer seja bom,
quer seja mau" ( Ec. 0:14 ).

3. Jesus Cristo é o único que vai fazer o julgamento. Ele é o único que ...

• ganhou o direito de julgar por obedecer a Deus perfeitamente. Ele é o único que viveu uma vida
sem pecado e morreu pelos homens.

• tem experimentado a vida na Terra em carne e pode entender e simpatizar com os homens em suas
fraquezas ( Hebreus 2: 15-18 ; Hebreus 4: 15-16 ).

"E antes que ele [Cristo] serão reunidas todas as nações, e ele separará uns dos outros,
como o pastor separa as ovelhas dos cabritos" ( Mateus 25:32 ).

"Porque o Pai a ninguém julga, mas confiou todo o julgamento ao Filho" ( João 5:22 ).

"E mandou-nos pregar ao povo e testemunhar que ele é o que foi ordenado por Deus
para ser juiz dos vivos [viver] e mortos" ( Atos 10:42 ).
"Porquanto tem determinado um dia em que há de julgar o mundo com justiça, por
meio do varão que para isso ordenou; e disso tem dado certeza a todos, em que o
ressuscitou dentre os mortos" ( Atos 17:31 ).

"No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens, por Jesus Cristo, segundo o
meu evangelho" ( Romanos 2:16 ).

"Mas por que julgas teu irmão? Ou por que tu desprezas teu irmão? Para todos
havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo" ( Romanos 14:10 ).

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos [a
vida] e mortos, pela sua manifestação e pelo seu reino" ( 2 Tim 4: 1. ).

"E acham estranho não correr com eles no mesmo desenfreamento de dissolução
[festa], falando mal de você: quem deve dar conta ao [Cristo] que está preparado para
julgar os vivos e os mortos" ( 1 Pedro 4: 4-5 ).

4 A norma ou regra pela qual os homens serão julgados é o evangelho.

"Quem me rejeita e não recebe as minhas palavras tem quem o julgue: a palavra que tenho
pregado, essa o julgará no último dia" ( João 12:48 ).

"Quem não me ama não guarda as minhas palavras não: ea palavra que estais ouvindo não é
minha, mas do Pai que me enviou" ( João 14:24 ).

"Além disso, irmãos, venho lembrar-vos o evangelho que vos anunciei, o qual também
recebestes, e no qual ainda perseverais; por ele também sois salvos, se retiverdes a que vos
anunciei, a menos que tenhais crido em vão Para vos entreguei o primeiro de todos o que também
recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras;. e que foi sepultado, e que
ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras "( 1 Cor 15: 1-4. ).

"Se alguém ensina alguma outra doutrina e não concorda com sãs palavras, mesmo as palavras
de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe,
mas delira acerca de questões e contendas de palavras, dos quais inveja vem, porfias, blasfêmias,
ruins suspeitas, contendas perversos de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade
"( 1 Tm 6: 3-5. ).

"E este é o seu mandamento: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos amemos
uns aos outros, como ele nos deu mandamento" ( 1 João 3:23 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 2, 7 ) Glória ( doxa ): significa possuir e estar cheio de luz perfeita; habitar em perfeita luz, brilho, esplendor,
brilho, brilho, e magnificência de Deus.

"Então os justos resplandecerão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir,
ouça" ( Mateus 13:43 ).

"E, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com
ele padecemos, para que também participemos da sua glória" ( Romanos 8:17 ).

"Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo a
operação pela qual ele é capaz de até sujeitar si todas as coisas" ( Fp. 3:21 ).

"Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com
ele em glória" ( Col. 3: 4 ).

"Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as
nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando
vestes brancas e com palmas em suas mãos "( Apocalipse 7: 9 ).

"Tu me guias com o teu conselho, e depois me receberás na glória" ( Salmo 73:24 ).

"Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória
a ser revelada em nós" ( Romanos 8:18 ).

"Porque a nossa leve tribulação, que é só um momento, trabalha para nós um peso muito mais
superior e eterno de glória" ( 2 Coríntios. 04:17 ).

"Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que
está em Cristo Jesus com glória eterna" ( 2 Tm. 2:10 ).

"Os anciãos que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e
testemunha dos sofrimentos de Cristo, e ainda co-participante da glória que há de ser revelada" ( 1
Pedro 5: 1 ).

ESTUDO TOPICO# 2
( 2, 7 ) Honor ( tempo ): significa ser reconhecido, reconhecido, aprovado, aceito, estimado, e exaltado por
Deus. Significa ser privilegiado e exaltado a uma posição de responsabilidade e de serviço a Deus.

"E ele disse-lhe: Bem, servo bom, porque foste fiel no pouco, terás autoridade sobre dez
cidades" ( Lucas 19:17 ).

"Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo; se alguém me
servir, meu Pai o honrará" ( Jo 12:26 ).
"Mas a glória, honra e paz a todo aquele que pratica o bem, ao judeu primeiro e também ao
grego" ( Romanos 2:10 ).

"Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo?, Se o mundo deve ser julgado por vós,
sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas? Não sabeis vós que havemos de julgar
[governam, regra] anjos? Quanto mais as coisas que dizem respeito a esta vida? " ( 1 Cor 6, 2-3. ).

"Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono, assim como eu venci, e
me assentei com meu Pai no seu trono" ( Ap 3:21 ).

"Porque ele pôs seu amor em cima de mim, também eu o livrarei: Vou colocá-lo no alto, porque
conheceu o meu nome" ( Salmo 91:14 ).

"Aquele que segue a justiça ea bondade achará a vida, a justiça ea honra" ( Provérbios 21:21 ).

"O galardão da humildade eo temor do SENHOR são riquezas, e honra e vida" ( Provérbios 22:
4 ).

"Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento, e os que a muitos
ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente" ( Daniel 12: 3 ).

ESTUDO TOPICO# 3
( 2, 7 ) Imortalidade ( aphtharsia PWS: 2091 ): significa viver para sempre com Deus; para ser incorruptível,
aperfeiçoada e tornada permanente e eterna. Isso significa estar livre de dor e lágrimas, de estar cansado e
exausto, a partir de ensaios e do pecado, da corrupção, a fraqueza, a fragilidade, a doença, o sofrimento ea
morte. Isso significa estar livre de um mundo imperfeito e para ser colocado em um mundo perfeito com
Deus, um mundo que dura para sempre e sempre.

"Nem eles podem mais morrer, porque são iguais aos anjos, e são filhos de Deus, sendo filhos
da ressurreição" ( Lucas 20:36 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca verá a
morte" ( João 8:51 ).

"E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá. Crês tu isto?" ( João 11:26 ).

"Para os que, com perseverança em fazer bem, procuram glória, honra e imortalidade, a vida
eterna" ( Romanos 2: 7 ).

"Por isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revista da
imortalidade" ( 1 Coríntios. 15:53 ).

"Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus
um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus" ( 2 Cor 5:. 1 ).
"Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens,
para o encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor" ( 1 Ts 4:17.).

"Mas é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e
trouxe vida e imortalidade à luz através do evangelho" ( 2 Tm. 1:10 ).

"Este é o pão que desce do céu, para que o que dele comer não morra" ( João 6:50 ).

"Por isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revista da
imortalidade. Assim, quando este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e isto que é
mortal se revestir da imortalidade, então será levado para passar a palavra que está escrita, a morte
é tragada pela vitória "( 1 Cor 15. 53-54 ).

"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das mesmas
coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o diabo, e livrasse
todos os que, com medo da morte, estavam toda a vida sujeitos à servidão "( Hebreus 2: 14-15 ).

"E Deus enxugará toda lágrima de seus olhos, e não haverá mais morte, nem pranto, nem
clamor, nem haverá mais dor, porque já as primeiras coisas são passadas" ( Apocalipse 21: 4 ).

"Ele vai engolir a morte para sempre, eo Senhor Deus enxugará as lágrimas de todos os rostos,
e da repreensão do seu povo tirará de toda a terra, porque o Senhor o disse" ( Isaías 25: 8 ).

"Eu vou resgatá-los do poder da sepultura, eu os resgatarei da morte: Ó morte, eu serei tuas
pragas, ó morte, eu serei tua destruição: O arrependimento está escondido de meus olhos" (Oséias
13:14 ).

ESTUDO TOPICO# 4

( 2, 8 ) Stubborn- Contencioso ( eritheias PWS: 756 ): significa lutar, luta, luta, briga, discussão, discutir,
debate; ser divisionista, faccioso, contenciosa, briguenta, e beligerante.

"E [o Senhor] enviou os seus servos a chamar os convidados para as bodas, e estes não quiseram
vir" ( Mateus 22: 3 ).

"E não quereis vir a mim para terdes vida" ( João 5:40 ).

"Mas para Israel diz: Todo o dia estendi as minhas mãos a um povo rebelde e contradizente"
( Romanos 10:21 ).

"Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa ser
realizada com sela e rédea, para que não chegue perto de ti" ( Salmo 32: 9 ).

"E não fossem como seus pais, geração contumaz e rebelde, geração que não regeu o seu
coração, e cujo espírito não foi fiel para com Deus" ( Salmo 78: 8 ).

"Mas o meu povo não quis ouvir a minha voz, e Israel não me quis" ( Salmo 81:11 ).
"Mas, porque clamei, e vós recusastes; porque estendi a minha mão e não houve quem desse
atenção, mas tendes desprezado todo o meu conselho, e não quisestes a minha repreensão"
(Provérbios 1: 24-25 ).

"Ouvi-me, ó duros de coração, os que estais longe da justiça" ( Isaías 46:12 ).

"Eu sabia que és obstinado, que a tua cerviz é um nervo de ferro, ea tua testa de bronze" ( Isaías
48: 4 ).

"Meu Deus os rejeitará, porque não o ouviram, e errantes andarão entre as nações" ( Oséias
09:17 ).

"Se não ouvirdes, e se vós não o aplicam ao seu coração, dar honra ao meu nome, diz o Senhor
dos exércitos, enviarei a maldição contra vós, e amaldiçoarei as vossas bênçãos;, tenho amaldiçoou
já, porque não aplicais a isso o vosso coração "( Malaquias 2: 2 ).

ESTUDO TOPICO# 5

( 2, 8 ) Injustiça ( adikia ): a maldade, a injustiça, a injustiça, a injustiça, o pecado, o mal, a ilegalidade, uma
violação da lei.

ESTUDO TOPICO# 6
( 2, 8 ) Indignação ( Orge PWS: 2140 ): significa que a ira de Deus contra o pecado (ver estudo mais profundo #
1, Ira-Romanos 1:18 de Deus para a discussão).

ESTUDO TOPICO# 7
( 2, 8 ) Ira ( thumos PWS: 4459
): significa que a ira de Deus contra o pecado. Thumos é uma raiva que é sentida
mais profundamente do que a orge ira de Deus; portanto, surge mais rapidamente. Thumos raiva é a raiva
que surge da profunda dor; portanto, irrompe com o julgamento terrível. (Veja um estudo mais profundo #
1, Ira-Romanos 1:18 de Deus para os versos.)

ESTUDO TOPICO# 8
( 2: 9 ) Tribulação ( thlipsis ): significa angústia, opressão, sofrimento, aflição, pressão; isso signifique ser
pressionado, colocar em algum estreito.
ESTUDO TOPICO# 9
( 2: 9 ) Angústia ( stenochōria PWS: 148 ): significa ser colocado em um lugar estreito; para ser comprimido
em conjunto; a experiência extrema dor, tristeza, angústia, aflição e calamidade.

Romanos 2: 17-29

Caso de D. Deus contra o religioso (judeu), 2: 17-29 Veja: DS1


1 O religioso professa a religião (v.17-20)
a. Repousa na Palavra (v.17a)
b. Professa Deus (v.17b)
c. Conhece a vontade de Deus (v.18a)
d. Aprova coisas melhores (v.18b)
e. É ensinada a lei de Deus (v.18c)
f. É certo que ele é um guia dos cegos (v.19a)
g. É certo que ele é uma luz para aqueles na escuridão (v.19b)
h. É certo que ele é um instrutor de ignorantes (v.20a)
i. É certo que ele é um professor da imaturo (v.20b)
j. Tem o direito, a personificação da verdade (v.20c)
2 O religioso deixa de viver o que ele professa (v.21-24)
a. O fato: Sua vida não coincide com o que ele diz (v.21-23)
b. Resultado: Sua hipocrisia faz com que os outros a abusar nome de Deus (v.24)
3 O religioso acredita que um ritual (circuncisão) é o caminho para garantir a aprovação de Deus (v.25-
27)
a. Mas a circuncisão conta apenas se o homem guarda a lei (v.25)
b. O homem não circuncidado que guarda a lei é contado como circuncidado (ritualmente aceito)
(v.26)
c. O homem não circuncidado que guarda a lei hão de julgar o religioso que quebra a lei (v.27)
4 O religioso perde todo o sentido: Um verdadeiro religioso, é um homem que é justo interiormente
(v.28-29)
a. Não é uma coisa fora (v.28)
b. Uma coisa, de dentro do coração, no espírito (v.29a)
c. O elogio não é de homens (não físicas, da carne), mas de Deus (v.29b)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

Caso de D. Deus contra o religioso (judeu), 2: 17-29


( 2: 17-29 ) Introdução- Religionist- judeu : esta passagem é um excelente estudo do religioso ou igreja cristã
membro, bem como do judeu. (Ver notas, Religiosos - • Lucas 15: 25-32 ; nota- • Lucas 18: 9-12 para mais
discussão.) caso de Deus contra o religioso cristão inclui quatro pontos.

1 O religioso professa a religião (v.17-20).

2 O religioso deixa de viver o que ele professa (v.21-24).

3 O religioso acredita que um ritual (circuncisão) é o caminho para garantir a aprovação de Deus (v.25-
27).

4 O religioso perde todo o sentido: um verdadeiro religioso, é um homem que é justo interiormente (v.28-
29).

ESTUDO TOPICO# 1 (2: 17-29) Os religiosos

1. ( 2: 17-20 ) Os religiosos : o religioso (judeu) professa a religião. Ele aceita o nome de sua religião seja ela
qual for, seja judeu, muçulmano ou budista; e ele mostra bastante interesse em sua religião para lhe dar
segurança. Religiosos judeus e cristãos fazem dez erros.

1 O religioso "se apóia na lei", isto é, na Palavra de Deus ( Romanos 2:17 ). Ele possui as Escrituras
(Bíblia); ele ...

• tem em sua casa.

• às vezes lê-lo.

• carrega com ele à igreja.

• honra-a como a Palavra de Deus.

Devido a isso, ele sente que agrada a Deus. Ele repousa sobre o fato de que ele possui a Palavra de
Deus. Por ter a Palavra de Deus, ele sente que tem a aprovação e aceitação de Deus. Mas isso é o próprio
erro do religioso: Deus não aceita uma pessoa, porque ele passa a ter a Palavra de Deus em sua posse. Deus
aprova e aceita a pessoa que faz a Palavra de Deus, que vive e obedece à lei de Deus.
"Que vantagem, pois, tem o judeu [Christian] ou qual a utilidade da circuncisão [batismo]
Muita, em toda maneira:? Primeiramente, porque lhe foram confiados os oráculos de Deus"
(Romanos 3: 1-2 ).

2 O religioso professa Deus. "Professar" ( kauchasai PWS: 410 ) significa a vangloriar-se, para a glória, para
se sentir orgulhoso sobre a profissão de Deus e da religião. A idéia é que uma abertamente confessa que
acredita em Deus. Ele não se envergonha de sua crença e filiação religiosa. Ele acredita em Deus, e ele se
sente seguro e protegido em sua crença. Ele confessa a Deus e ele sente que Deus aceita-lo por causa de sua
profissão.

No entanto, este é o erro do religioso. Deus não está interessado em profissão de um homem, mas na
vida de um homem. Deus quer um homem que vive para Ele, e não apenas professar e falar sobre ele.

"Porque lhes dou testemunho de que eles têm zelo por Deus, porém não com entendimento.
Porquanto, desconhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se
sujeitaram à justiça de Deus. Pois Cristo é o fim da lei para justiça de todo aquele que crê "( Romanos
10: 2-4 ).

3 O religioso conhece a vontade de Deus ( Romanos 2:18 ). Ele está familiarizado com a lei e os
mandamentos de Deus. Ele sabe o que Deus quer fazer; ele sabe o certo do errado. Portanto, ele sente que
tem a aprovação de Deus.

No entanto, o religioso não consegue ver uma coisa: conhecer a vontade de Deus não é suficiente: um
homem deve fazer a vontade de Deus.

"E eles vêm a ti, como o povo costuma vir, e se assentam diante de ti como meu povo, e ouvem
as tuas palavras, mas não vai fazê-las, porque com a sua boca professam muito amor, mas o seu
coração segue a sua avareza. E eis que tu és para eles como uma canção de amores quem tem voz
suave, e que bem um instrumento, porque ouvem as tuas palavras, mas não fazê-las "(Ezequiel 33:
31-32 ).

4 O religioso aprova as excelentes ou melhores coisas da vida ( Romanos 2:18 ). Ele não só conhece a
vontade de Deus, o certo do errado; mas ele ...

• é capaz de discernir os mais excelentes, coisas que o melhor a fazer.

• aprova, expressa, e proclama prazer nas coisas certas.

Porque ele apoia e empurra e aprova as melhores coisas na vida, o religioso sente que agrada a Deus. Mas
este é o seu erro. Deus não está interessado em aprovação do homem das melhores coisas da vida. A maioria
dos homens não aprovar e falar sobre as melhores coisas da vida. Deus quer que o homem viver as coisas
melhores, vivendo no nível da mais excelente.

"Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade" ( 1 João
3:18 ).

5. O religioso é ensinado a lei de Deus e Palavra ( Romanos 02:18 ). Ele é instruído por família, professor,
pregador, amigo. O religioso aprende a Palavra de Deus de alguém, e porque ele sabe que a Palavra de Deus,
ele sente que tem um relacionamento correto com Deus. Mas, novamente, a preocupação de Deus não está
no que a pessoa sabe, mas o que uma pessoa faz. Deus espera que uma pessoa a tomar o que ele aprendeu
e colocá-lo em prática. Deus espera que uma pessoa a viver como ele foi ensinado.

"E viraram para mim as costas, e não o rosto; ainda que eu os ensinava, madrugando e
ensinando-os, contudo eles não deram ouvidos para receberem [prática] instrução" ( Jeremias
32:33 ).

"Mas vós não aprendestes assim a Cristo, se é que tendes ouvido, e foram ensinados por ele,
como está a verdade em Jesus, a despojar-vos quanto ao procedimento anterior [comportamento]
do velho homem, que se corrompe de acordo com as concupiscências do engano "( Ef 4: 20-22. ).

6 O religioso é certeza de que ele é um guia para os cegos ( Romanos 2:19 ). A palavra "confiante"
( pepoithas PWS: 713 ) significa persuadido e certeza. O religioso está convencido de que a religião é
verdadeira, de que a religião é a forma como os homens devem viver. Ele acredita que um homem que não
acredita em Deus e viver uma vida religiosa é cego e precisa ser guiado para a verdade. Ao viver uma vida
religiosa, ele se sente ...

• ele é um exemplo para os homens.

• ele é um guia para ajudar os homens a encontrar Deus.

• ele pode curar os homens de sua cegueira de Deus e da religião.

No entanto, estar "confiante" de que é um guia dos cegos, não significa que é um verdadeiro guia. A
pessoa deve ter certeza de que ele mesmo é seguir a verdade, Jesus Cristo ( João 14: 6 ). Existem muitos guias
em todo o mundo que estão levando as pessoas no caminho errado. Eles são guias cegos, um cego guiando
outro cego ( Mateus 15:14 ).

"E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e
desprezavam os outros" ( Lucas 18: 9 ).
"Vós tendes arado iniqüidade iniqüidade, vós colheram; comereis o fruto da mentira: porque
fizeste confiança no teu caminho" ( Oséias 10:13 ).

7 O religioso é certeza de que ele é uma luz para aqueles na escuridão ( Romanos 2:19 ). A palavra
"escuridão" ( skotei PWS: 876 ) significa que aqueles que tropeçam sobre como procurar a luz, mas são
incapazes de encontrá-lo. O religioso sente que encontrou a luz; portanto, ele é uma luz para aqueles que
estão procurando por ela. No entanto, o religioso comete um erro grave. A religião não é a luz do mundo,
Jesus Cristo é. (Vejaum estudo mais profundo # 1 João 8:12 .)

"Disse-lhes Jesus: Se fôsseis cegos , vós não teríeis pecado, mas agora dizeis: Nós vemos, por
isso o vosso pecado permanece "( João 9:41 ).

"Como dizes: Rico sou, e aumentou com a mercadoria, e não preciso de nada, e não sabes que
és um coitado, e miserável, e pobre, e cego , e nu "( Apocalipse 3:17 ).

8 O religioso é certeza de que ele é um instrutor de ignorantes ( Romanos 2:20 ). A palavra "insensato"
( aphronōn PWS: 1557 ) significa impensado, sem sentido, sem direção. Refere-se a pessoas que andam pela
vida sem pensar o propósito da vida, como a ...

• onde eles vieram.

• por que eles estão aqui.

• onde eles estão indo.

O religioso está convencido de que a religião responde a todas estas perguntas, as perguntas básicas da
vida. Portanto, ele pode ajudar o tolo descobrir significado e propósito e significado na vida. O ponto crítico
para o instrutor ou o religioso, é ter certeza de que sua instrução é verdadeira. O que ele instrui deve ser a
verdade ou é tudo em vão.

"Aquele, pois, que cuida estar em pé, olhe que não caia" ( 1 Coríntios. 10:12 ).

"O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda sabiamente será livre"
( Provérbios 28:26 ).

9 O religioso é certeza de que ele é um professor da imaturo ( Romanos 2:20 ). A palavra "pequeninos"
( nēpiōn PWS: 256 ) significa que a criança, o imaturo, o novato, o prosélito, o novo membro da igreja. O ponto
é o mesmo: um religioso não está maduro em Deus só porque ele ...

• foi batizado e tem sido um membro da igreja por um longo tempo.


• pensa que ele é maduro.

• serve como um professor.

O que faz uma pessoa madura e capaz de ensinar o imaturo do mundo é a experiência com Cristo, tendo
andado e servido com Cristo por um longo tempo.

"Ele respondeu, e disse-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito:
Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim" ( Marcos 7: 6 ).

"Por isso o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim com a sua boca, e com os seus
lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim, eo seu temor para comigo consiste em
mandamentos de homens" ( Isaías 29 : 13 ).

10 O religioso tem a lei de Deus, a personificação do conhecimento e da verdade ( Romanos 2:20 ). O


religioso tem as Escrituras, a Palavra de Deus, à sua disposição. Ele tem todas as oportunidades em que o
mundo saiba a verdade. Mas, novamente, ter e saber e pensar que se pode instruir e ensinar outra não é
suficiente. Deus aceita e usa apenas aqueles que vivem a Palavra, os que guardam as leis e os mandamentos
de Deus. Este é o erro do religioso, da pessoa que professa e não viver.

"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas para pagais o dízimo da hortelã, do endro e do
cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia ea fé; estas não deveis ter
feito, e não deixar a outra desfeita "( Mateus 23:23 ).

"Porque o coração deste povo está endurecido, e com os ouvidos surdos para ouvir, e seus olhos
têm que fecharam, para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e entenda com o
coração, e se convertam , e eu os cure "( Atos 28:27 ).

"Tendo aparência de piedade, mas negando a eficácia dela Destes afasta-te" ( . 2 Timóteo 3: 5 ).

2. ( 2: 21-24 ) Religionists- Hypocrisy- falsa profissão de fé : o religioso (judeu) não consegue viver o que ele
professa. Isto é visto em cinco perguntas incisivas.

1 "Você que ensinar aos outros, não te ensinas a ti mesmo?" A questão não é só para os professores, mas
para todos, porque todos nós ensinar os outros. Ao longo da vida todos nós a pretensão de saber algumas
verdades sobre moralidade e sobre como as pessoas devem viver e se comportar. Nós muitas vezes
compartilhar essas verdades com nossos filhos, amigos, colegas de trabalho, entre outros. Quando
compartilhar e ensinar, nós não ouvir a verdade? Não nos ensinar a nós mesmos? Que direito temos de dizer
aos outros como viver, se não viver dessa maneira? Este é o pecado da hipocrisia, um pecado cometido por
tantos religiosos.
"Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios
de hipocrisia e de iniqüidade" ( Mateus 23:28 ).

"E por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?" ( Lucas 6:46 ).

"Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade" ( 1 João
3:18 ).

2 "Você que dizer que uma pessoa não se deve furtar, furtas?" Você toma dos outros; Você ...

• roubar o dinheiro?

• roubar o seu trabalho?

• roubar seu vizinho?

• roubar de sua família?

• roubar durante as compras?

• roubar, tendo os testes na escola?

Se você roubar, que direito você tem a dizer que os outros não se deve furtar-que todo mundo não deve
ter o direito de tomar o que eles querem de quem eles querem? Se pessoas suficientes começou a tomar o
que eles queriam, quando queriam, então o mundo existiria no caos absoluto. Se você diz que os homens
não se deve furtar, por que você roubou? Este é o pecado de muitos religiosos.

Roubar é um pecado que leva a proferir caos. Devido ao seu efeito devastador, é um dos dez
mandamentos, e nota: é hora de um mandamento, tudo se repete tão importante e de novo.

"Não furtarás" ( Êxodo 20:15 ; Levítico 19:11 ; Dt 05:19. ; Mateus 19:18 ; Romanos 13: 9 ).

"Aquele que furtava, não furte mais; mas antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom,
que ele pode ter que dar a ele que needeth" ( Ef 4:28. ).

3 "Você que dizer que uma pessoa não se deve cometer adultério, você cometer adultério?" Você que
quer puros noivas e esposas, maridos e esposas, filhos e filhas , não é viver pura? O que você está olhando e
vendo, lendo e ouvindo? Você ...

• olhar uma segunda vez?

• ler livros, revistas pornográficas e romances?

• ter pensamentos lascivos?

• abrigar pensamentos sexuais?


• vestido de uma maneira de expor seu corpo?

• assistir e apoiar os filmes de televisão que têm ou sugerem cenas de imoralidade?

Independentemente da negação do homem, nós fazemos o que pensamos; e os nossos pensamentos vêm
do que vemos e assistir, ler e ouvir. Portanto, se olharmos e ver, ler e ouvir as sugestões sexuais, o nosso
centro de pensamentos sobre os desejos carnais. Esta é a razão para o colapso da moral na sociedade. Se
você diz que não se deve cometer adultério, você cometer adultério? Você cometê-lo em sua mente? Este é
um grande pecado entre alguns religiosos. Cristo sabia que isso; Portanto, disse ele ...

"Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério, mas eu digo-vos que todo aquele
que olhar para uma mulher para a cobiçar, cometeu adultério com ela em seu coração" ( Mateus 5:
27-28 ).

4 "Abominas ídolos, você cometer um sacrilégio?" A palavra "sacrilégio" ( hierosuleō PWS: 656 ) significa
violar uma de compromisso com Deus e roubar de Deus. Isso significa considerar algo mais importante do
que Deus, algo tão importante que requer ...

• o compromisso que você tem com Deus.

• os dízimos e ofertas que lhe devo a Deus.

Você diz que adorar a Deus e abomino ídolos; ainda assim você pegar o que pertence a Deus, o seu
compromisso, seu tempo, sua energia, seus dízimos e você dá-lo para outra coisa. Você faz alguma coisa mais
importante do que Deus; você faz um ídolo. Este é um dos principais pecados dos religiosos.

"Acautelai-vos, que o seu coração não se engane, e vos desvieis, e servir a outros deuses, e
adorá-los" ( Deut. 11:16 ).

"Eu sou o Senhor, que é o meu nome ea minha glória não a darei a outro, nem o meu louvor às
imagens de escultura" ( Isaías 42: 8 ).

"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos" ( 1 João 5:21 ).

5. "Você que se vangloriam e ter orgulho na lei [a Bíblia], pela transgressão da lei você não desonrar a
Deus?" A resposta é clara.

⇒ Nós desonrar a Deus quando falamos de Sua Palavra ainda quebrar os Seus mandamentos.

⇒ Fazemos desonrar a Deus diante dos homens, fazendo com que seu nome seja blasfemado.

Quando contamos com a Palavra de Deus ainda quebrar os Seus mandamentos, nós damos grande
ocasião para o mundo e as pessoas de tomar o nome de Deus e ...
• blasfemar • simulação

• maldição • negar

• censura • insulto

• ridículo • profano

Muitos uma pessoa é condenada por causa da hipocrisia dos religiosos. Este é um dos terríveis pecados
de religiosos.

"Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim" ( Marcos 7: 6 ).

"Afirmam que conhecem a Deus, mas pelas suas obras o negam, sendo abomináveis, e
desobedientes, e reprovados para toda boa obra" ( Tito 1:16 ).

"De uma mesma boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, estas coisas não deveriam ser"
( Tiago 3:10 ).

3. ( 2, 25-27 ) Os religiosos : o religioso acredita que um ritual é a forma de garantir o louvor de Deus ou de
aprovação (por exemplo, a circuncisão, batismo e membros da igreja). Basta levar a palavra circuncisão e
tudo o substituto ritual uma igreja diz é essencial para a salvação eo significado da passagem se torna
claro. Por exemplo, tomar o ritual de membros da igreja .

"Membros da Igreja aproveita ao homem se ele cumpre a lei, mas se ele quebra a lei, sua condição de
membro da igreja é feita ou contado como unIgreja adesão. "

Se um religioso não mantém ( Prasso PWS: 2225


, prática) a lei de Deus e Palavra, então seu ritual não
conta. O homem torna-se ...

• não batizado • incircunciso

• sem igreja • unwhatever

O ponto é a obediência, e não ritual. Uma pessoa é aceitável a Deus, porque ele vive para Deus e obedece
a Ele, não porque ele tenha sofrido algum ritual. Os próximos dois versos fazem deste incisivamente claro
(Romanos 2: 26-27 ).

⇒ "O homem não circuncidado, que mantém a justiça da lei é contado como circuncidado [isto é,
aceitável a Deus] "( Romanos 2:26 ). Um homem não é aceitável a Deus, porque ele foi batizado
ou se juntou a alguma igreja. Ele torna-se aceitável a Deus, porque ele obedece a Deus, e
mandamento básico de Deus é clara, sem dúvida, assim:

"E este é o seu mandamento: que creiamos no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos
amemos uns aos outros, como ele nos deu mandamento" ( 1 João 3:23 ).
⇒ O homem não circuncidado que guarda a lei, na verdade, julga o homem que foi circuncidado e
quebra a lei ( Romanos 2:27 ). A base do julgamento não é para ser um ritual, se o batismo ou
igreja pertença;que é ser obediência. No ritual nunca vai salvar um homem se ele transgride a lei,
e nenhum ritual jamais fará com que um homem para ser perdido se ele cumpre a lei. (Veja
outline- • Romanos 2: 11-15 , e notes- • Romanos 2: 11-15 para mais discussão.)

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele
que faz a vontade de meu Pai que está nos céus" ( Mateus 7:21 ).

"Pois aquele que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã
e mãe" ( Mateus 12:50 ).

"Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes" ( João 13:17 ).

"E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós


mesmos" ( Tiago 1:22 ).

"E o mundo passa, ea sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus
permanece para sempre" ( 1 João 2:17 ).

4. ( 2: 28-29 ) Os religiosos : o religioso perde todo ponto-a verdadeiro religioso, é um homem que é justo
interiormente. Este fato é tão importante que cada um tem de dar atenção e fazer algo sobre isso. O ponto
é que todo homem quebra ou transgredir a lei. Paulo acabou de dizer:

"Se tu és transgressor da lei, a tua circuncisão ou batismo é feito incircuncisão ou unbaptism."

Paulo vai dizer muito em breve:

"Não há justo, nem sequer um" ( Romanos 3:10 ).

"Todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" ( Romanos 3:23 ).

Sem lei e sem ritual, se a circuncisão ou batismo (ou qualquer outro ritual), é capaz de fazer o homem
agradável a Deus. Sendo aceitável a Deus não é uma coisa externa. É ...

• não a manutenção de qualquer ritual ou lei ( Romanos 2: 21-27 ).

• Não nacionalidade ou herança.


• não nascer de qualquer raça ou família particular, seja judeu ou cristão ( Romanos 3: 1-20 ; Romanos
9: 6-13 ).

Verdadeira aceitável para estar religião Deus é interior. É do coração, do espírito. É de Deus. É nascer de
novo do Espírito de Deus ( João 3: 3-8 ). Não é do homem; portanto, Deus seja louvado, não o homem
(Romanos 2: 28-29 ).

"Um novo coração também eu vos darei, e um espírito novo porei dentro de vós, e tirarei o
coração de pedra da vossa carne, e eu vos darei um coração de carne" ( Ezequiel 36:26 ).

"Que não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de
Deus" ( João 1:13 ).

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de
novo, não pode ver o reino de Deus" ( João 3: 3 ).

"Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram, eis que tudo
se fez novo" ( 2 Coríntios 5:17. ).

"Não por obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou
pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo" ( Tito 3: 5 ).

"Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de
Deus, viva, e que permanece para sempre" ( 1 Pedro 1:23 ).

"Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo é nascido de Deus, e todo aquele que ama ao que o
gerou, ama também que é nascido dele" ( 1 João 5: 1 ).

Verdadeiro povo de Deus são as pessoas que foram circuncidados espiritualmente no coração. Os
verdadeiros judeus, o verdadeiro povo de Deus, são aqueles que tiveram a pele da doença (pecado) cortar
fora de seu coração. Eles são as pessoas que foram convertidos espiritualmente.

"No qual também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no despojo do corpo
dos pecados da carne, a circuncisão [operação, o corte] de Cristo" ( Colossenses 2:11 ).

"Onde não há grego, nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo ou livre,
mas Cristo é tudo em todos" ( Cl 3.11 ).

"Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Cristo
Jesus, e não confiamos na carne" ( Filipenses 3:. 3 ).

"E o SENHOR, teu Deus, circuncidar teu coração, eo coração de tua descendência, de amar ao
Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, para que possas viver" ( Deut 30:. 6 ).

"Circuncidai-vos ao Senhor, e tirai os prepúcios do vosso coração" ( Jeremias 4: 4 ).


"Para quem falarei e testemunharei, para que ouçam eis que os seus ouvidos estão
incircuncisos, e eles não podem ouvir; eis que a palavra do SENHOR é para eles coisa vergonhosa,
pois eles não têm prazer nisso?" ( Jeremias 6:10 ).

"Desperta, desperta, veste-te da tua fortaleza, ó Sião; colocar em tuas roupas formosas, ó
Jerusalém, cidade santa, porque a partir de agora não será nunca mais entrará em ti nem
incircunciso nem imundo" ( Isaías 52: 1 ).

Moisés confessou que ele era um homem de "incircunciso de lábios" ( Êxodo 06:12 , 30 ). "Coração
incircunciso" do homem deve ser humilde, se ele deseja Deus para lembrar seu pacto e dar ao homem a terra
prometida do céu ( Levítico 26: 41-42 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 2: 17-29 ) Os religiosos : um religioso é uma pessoa que está interessado em religião e professa a religião. Foi
por causa de extremo interesse dos judeus na religião que eles eram vistos como o epitomy de religiosos.No
entanto, a maioria das pessoas são consideradas religiosas e professam alguma religião, independentemente
da nacionalidade. Portanto, a maioria das pessoas pode ser chamado de religiosos. Há duas classes de
religiosos.

1 Há aqueles que sentem que são bons o suficiente para Deus como eles são, que eles estão fazendo bom
o suficiente para Deus para aceitá-los. Eles não podem acreditar que Deus iria rejeitá-los quando eles estão
frente a frente com ele. É verdade que eles fazem de errado, mas não muito errado, não o suficiente para
Deus rejeitar e condená-los por toda a eternidade. Essas pessoas vão sobre a vida como deseja, adorar a
Deus apenas o suficiente para satisfazer as suas consciências. A grande maioria das pessoas, estão nesta
classe de auto-justificação. Poucos homens acreditam que serão rejeitados por Deus e se recusou a entrada
no céu. Eles sentem que têm bondade suficiente para torná-los aceitáveis a Deus.

"Não por obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou
pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo" ( Tito 3: 5 ).

"A maioria dos homens apregoa a sua própria bondade, porém o homem fidedigno quem o
achará?" ( Provérbios 20: 6 ).

"Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, e contudo nunca foi lavada da sua
imundícia" ( Provérbios 30:12 ).

2 Existem aqueles que têm uma consciência sensível e sente a necessidade de dar-se a boas obras , tanto
quanto é humanamente possível. Eles trabalham e fazer o bem, a fim de conseguir o favor de Deus. Eles
acreditam que as boas obras é o que é preciso para torná-los justos e edificá-los aos olhos de Deus. Portanto,
eles trabalhistas toda a sua vida tentando construir virtude e mérito diante de Deus. Eles tentam o seu melhor
para tornar-se aceitável a Deus.

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei vem o pleno
conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).

"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos
também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras
da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gálatas 2:16 ).

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus: não de
obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. ).

Note-se que um verdadeiro crente não está sendo classificado como um religioso. O motivo é apontado:
o verdadeiro crente não segue uma religião; ele segue Jesus Cristo. Jesus Cristo está vivo; Ele está vivendo
em outro-mundo mundo espiritual, a dimensão espiritual do ser. O crente está em contato com ele
diariamente, comunicando-se por meio do Espírito Santo e da oração. O que o crente faz é seguir a Cristo; ele
vive a vida de Jesus Cristo, e não as regras de uma religião. Portanto, o crente genuíno é um discípulo de
Cristo, não da religião.

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; ea
vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim
"( Gálatas 2:20 ).

"Em quem [Cristo] também vós juntamente sois edificados para uma habitação de Deus no
Espírito "( Ef 2:22. ;. cp . 1 Cor 3:16 ; 1 Co 6:19. ).

"Porque para mim o viver é Cristo" ( Fil. 1:21 ).

"Cristo em vós, a esperança da glória" ( Cl 1:27 ).

"E aquele que guarda os seus mandamentos, em Deus permanece e Deus nele. E nisto
conhecemos que ele permanece em nós, pelo Espírito que nos tem dado" ( 1 João 3:24 ).

"Eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua
casa, e com ele cearei, e ele comigo" ( Ap 3:20 ).

Romanos 3: 1-8

E. Os argumentos do religioso (judeu) Contra a Religião do Coração, 3: 1-8


(. Cp Romanos 2: 23-29 )
1 Que proveito há em ser um judeu, um religioso-in ser circuncidado ou batizado? (V.1-2)
a. Ele é privilegiada (v.2a)
b. Ele é confiada e responsáveis pela Palavra de Deus (v.2b)
2 Será nula a incredulidade de Deus promete-fazer de Deus um mentiroso? (V.3-4) Ver: DS1
a. Perish a idéia (v.4a)
b. A Palavra de Deus permanece, mesmo que todo homem é um mentiroso (v.4b)
c. Deus vai provar a Sua Palavra (v.4c)
d. Deus vencerão aqueles que julgam Ele ea Sua Palavra (v.4d) Ver: DS2
3 Deus é injusto se Ele se vinga? (V.5-8)
a. Deus me livre (v.6a)
b. Deus é moral: Ele deve julgar o mundo (v.6b)
c. A contradição de tal argumento (v.7)
d. A condenação de pessoas que defendem tal é apenas (v.8)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

E. Os argumentos do religioso (judeu) Contra a Religião do Coração, 3: 1-8


( 3: 1-8 ) Introdução : Paulo disse que não há diferença entre judeus e gentios, entre um religioso e outros
homens ( Romanos 1-3 ). Todos os homens diante de Deus culpados do pecado e condenado. Agora, neste
momento Paulo imagina o religioso ver exatamente o que ele está dizendo. O religioso também vê o enorme
peso do argumento de Paulo; Por isso, ele se esforça por combater Paulo com três argumentos, argumentos
muitas vezes feitos por religiosos cristãos e membros da igreja que professam a Cristo e frequentam a igreja
apenas o suficiente para tranqüilizar sua consciência. (Veja um estudo mais profundo # 1, Os religiosos-
Romanos 2: 17-29 , e nota- • Romanos 2: 17-20 para uma discussão sobre quem é o religioso.)

1 Que proveito há em ser um religioso-in ser circuncidado ou batizado (v.1-2)?

2 O vazio incredulidade de Deus promete-fazer de Deus um mentiroso (v.3-4)?

3 Deus é injusto se Ele se vinga (v.5-8)?

1. ( 3: 1-2 ) Religionists- Palavra de Deus-judeu : a pergunta é: "Que proveito há em ser um judeu ou um


religioso-in ser circuncidado ou batizado ou um membro da igreja O que você faz com o? judeu que é a
semente de Abraão a promessa de Deus a Abraão foi que a sua descendência (a nação judaica) seriam os
filhos de Deus (ver? estudo mais profundo # 1 João 4:22 ; cp. Gênesis 12: 1-4 ) Se. um homem nasce um judeu
(nascido em uma família judaica) e ele professa ser um judeu, um seguidor de Deus, é que ele não aceitável
a Deus ( Romanos 2: 17-29 ; cp. Romanos 2: 1-29 )? Se não, então qual a utilidade em ser um judeu
professando, um seguidor de Deus? Está dizendo que não há vantagem em ser um judeu ou um filho de
Abraão ".

A aplicação desta passagem diz respeito a cada homem. Se um homem é nascido judeu ou cristão (a
nacionalidade direita), se um homem é nascido em uma família judia ou cristã (o património direita), se um
homem diz ser um judeu ou um religioso cristão, e ele é ainda não é aceitável a Deus, qual a utilidade em ser
um religioso?

A resposta de Paulo é simples: as vantagens são grandes. O judeu eo cristão são extremamente
privilegiada, especialmente no que Deus confiou Sua Palavra para eles ( Romanos 3: 2 ; Romanos 9: 4-5 ). Eles
têm o privilégio ...

• de posse da Palavra de Deus.

• de ler, ouvir, ver, obedecendo, e viver a Palavra de Deus.

• de viver dentro de uma sociedade que tem sido afetada pela Palavra de Deus.

Estes são enormes privilégios. Um homem nascido dentro de uma nação e de uma família que tem a
Palavra de Deus tem toda a vantagem em chegar a Deus e de viver para Deus. Na verdade, tal homem não
poderia ter maior privilégio. Seus privilégios são tão grandes que ele fica sem desculpa se ele não viver para
Deus.

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra , e crê naquele que me
enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida "( João
5:24 ).

"O espírito é o que vivifica, a carne para nada aproveita: as palavras que eu vos disse são espírito
e são vida" ( João 6:63 ).

"Simão Pedro respondeu-lhe: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras de vida
eterna" ( João 6:68 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que, se alguém guardar a minha palavra, nunca provará a
morte" ( João 8:51 ).

"Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado a vós" ( João 15: 3 ).

"Mas estes foram escritos, para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que,
crendo, tenhais vida em seu nome" ( João 20:31 ).

"Por tudo o que escritas outrora foram escritas para nossa aprendizagem, para que pela
paciência e consolação das Escrituras, tenhamos esperança" ( Romanos 15: 4 ).
"Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra" ( Efésios. 5:26 ).

"Já que tendes purificado as vossas almas na obediência à verdade através do Espírito ao amor
não fingido dos irmãos, ver que vos ameis uns aos outros com um coração puro fervor" ( 1 Pedro
1:22 ).

"Estas coisas vos escrevi a vós, os que credes no nome do Filho de Deus, para que saibais que
tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus" ( 1 João 5:13 ) .

"De que maneira poderá o jovem guardar puro o seu caminho Observando-o segundo a tua
palavra?" ( Salmo 119: 9 ).

"Porque o mandamento é lâmpada, ea lei é luz, e as repreensões da disciplina são o caminho


da vida" ( Provérbios 6:23 ).

"A justiça exalta as nações, mas o pecado é o opróbrio dos povos" ( Provérbios 14:34 ).

. 2 ( 3: 3-4 ) Unbelief- Religionist- Salvação : a questão é: "Se você diz que alguns judeus não acreditam e
estão condenados, não que as promessas vazio de Deus e fazer de Deus um mentiroso" Ou, para dizer de
outra forma: "E se alguma descrença e rejeitar a Palavra de Deus, a sua causa incredulidade Deus para anular
a Sua Palavra e promessas? Deus prometeu aos judeus um lugar especial e privilégios especiais através de
Abraão e sua descendência (ver estudo mais profundo # 1 - João 04:22 ). Se alguns judeus não acreditam nas
promessas de Deus e Deus os condena, Ele não é quebrar sua promessa a Abraão e à sua descendência? Ele
não está anulando a Sua Palavra e Aliança e fazendo-se um mentiroso? Palavra de Deus não pode ser baseada
em religião do coração e no caráter moral sozinho. Houve ser algo mais, algo exterior, um rito (circuncisão,
batismo, membros da igreja) -que mostra somos religiosos (judeus). Se passar pelo rito ou ritual, então Deus
é obrigado a nos aceitar. Ele prometeu então aceitar-nos. Ele não vai quebrar sua palavra. "

A aplicação desta questão diz respeito a cada religioso. O religioso pensamento coloca a mesma objeção
e pergunta: "Se você disser que alguns religiosos não acreditam e estão condenados, não que o Word vazio
de Deus e fazer de Deus um mentiroso Palavra de Deus promete os privilégios especiais pessoa religiosa ea
esperança da vida eterna? . Sua Palavra nos diz para acreditar Cristo e possuir a Sua Palavra, ser batizado e
participar da comunhão da igreja. Se fizermos isso e Deus ainda nos condena, Ele não é anular a Sua Palavra
e tornando-se um mentiroso? "

⇒ Deus me livre ( m² genoito PWS: 1718


).

⇒ Deus será fiel. Sua Palavra e promessa de salvação vai ficar mesmo que cada homem encontra-se
sobre a crença e encontra-se em dar o seu coração para servir a Jesus.

⇒ Deus vai provar a Sua Palavra: Ele será justificado e comprovado fiel no que Ele disse. Ele ainda
vai salvar qualquer pessoa que dá o seu coração a Jesus e obedece a Jesus.

⇒ Na verdade, Deus vai vencer; Ele vai provar a Sua Palavra outra maneira. Ele julgará todos os que
fazem uma profissão falsa e que julgam a Ele e à Sua Palavra, que o acusam de ser infiel e anular
a Sua Palavra. O próprio Davi disse que Deus iria julgar o homem infiel ou desobedientes ( Salmo
51: 4 ). David tinha pecado muito, não guardando os mandamentos de Deus, assim Deus julgou
David eo acusaram de pecado. David fez a coisa certa: ele confessou o seu pecado e se arrependeu
e começou a viver em retidão. Mas David fez outra coisa: ele declarou que acusação e julgamento
de Deus contra ele eramapenas , que Deus era perfeitamente justificada. E era Deus, porque Deus
é sempre justo, e Ele está sempre justificado no que ele diz e faz.

O ponto é duplo.

1. Deus não é infiel. Deus nunca quebra ou anula Sua Palavra quando Ele rejeita o religioso. O religioso,
que possui a Palavra de Deus e pertence a uma igreja, mas não obedece a Palavra de Deus não é aceitável a
Deus. É a justiça de Deus é depois, não a religião. Deus não está atrás de uma religião exterior, mas
uma justiça interior . Deus quer um coração que não só possuem a Bíblia, mas se guardamos os seus
mandamentos.Deus é depois de um renascimento espiritual, uma nova criação, um homem que foi
verdadeiramente nascido de novo. Deus quer um coração e vida que estão focados em Cristo e que guardam
os mandamentos de Cristo.O único homem que é aceitável a Deus é o homem que deu seu coração e sua
vida a Cristo e que vive com retidão, confiando em Deus para aceitar sua fé em Cristo. (Cp. Romanos 2: 28-
29 .)

2 Deus não anula a Sua Palavra ou promessas; Ele nunca foi e nunca será um mentiroso. Deus prometeu
salvação e vida eterna aos homens. Mesmo que nunca deve haver uma única pessoa que acreditou na
promessa de Deus, a Sua promessa ainda permaneceria. Ele ainda iria salvar qualquer pessoa que fez o que
Ele disse.

O problema está em fazer o que Deus diz, em chegar a Deus como Ele dita. Deus exige que os homens
dão seus corações e vidas para o Seu Filho, Jesus Cristo. Deus exige que os homens viver para Cristo, adorar
e obedecer-Lhe. Mas isso é muito difícil para os homens. Eles querem uma mais fácil a salvação. Eles querem
ser capazes de fazer algo, acabar com isso, e, em seguida, ser livres para viver como quiserem, dar a Deus
um pouco de atenção aqui e ali. Portanto, os homens preferem ser salvo por ser religiosa: ser batizado,
juntando-se uma igreja, a compra de uma Bíblia, em seguida, ser livre para ir sobre suas próprias vidas. Mas
isso é o suficiente para Deus; é não fazer tudo o que Deus diz; não está dando o seu coração e vida para viver
para Jesus Cristo pela obediência, adorando e servindo. Portanto, Deus ...

• acusa o religioso com o pecado.

• juízes e condena o religioso.

Agora observe um outro fato. Deus cumpre a Sua Palavra por julgar os religiosos. Deus disse a homens
como viver eo que aconteceria se eles falharam. Portanto, Ele é "justificado em Suas palavras" seguindo
através e por julgar os religiosos.

⇒ Deus não vai anular e quebrar a Sua Palavra. Ele cumprirá tudo.

⇒ Deus é justificada no cumprimento de Sua Palavra, fazendo exatamente o que Ele disse, isto é, na
aceitação de homens só que ele disse e em julgar os homens, se eles não vêm a Ele como Ele
manda.

ESTUDO TOPICO# 1 (3, 3) Homem Unbelief-, Erros


ESTUDO TOPICO# 2 (3, 4) Julgamento Judging-

. 3 ( 3: 5-8 ) Love- Justiça : a pergunta é: "Deus é injusto se Ele se vinga Se a minha incredulidade e pecado
dar a Deus a chance de superar (? Romanos 3: 4 ) e para mostrar sua justiça, então meu pecado traz maior
glória dEle. Dá-lhe a oportunidade de cumprir a Sua Palavra. Como Ele pode me punir por isso? Ele não é
injusto em infligir punição? " A resposta é quatro vezes maior.

1. Deus me livre ( genoito m² ): acabar com tal pensamento! Não! Nunca!

2 Deus é moral; portanto, Ele deve julgar o mundo. Ele não seria moral e apenas se Ele não julgar o mundo.

3 Tal argumento é contraditório. Pense nisso. "Se o meu pecado e desobediência dar a Deus a
oportunidade de manifestar a sua justiça, por que então é que sou chamado de pecador para que? Meu
pecado é realmente uma coisa boa. Ele dá a Deus a oportunidade de mostrar o quão bom ele é. Posso pecar,
sim , mas só é bom se sair dela. Quando Deus me aceita como eu sou, um pecador, Deus tem uma chance de
mostrar quão gloriosamente Ele é misericordioso. Você não pode me condenar por dar a Deus a
oportunidade de mostrar a sua misericórdia ".

4 A condenação de pessoas que defendem esse ponto é apenas ; não é injusto. Tais argumentos são
comuns entre todas as gerações dos homens, mas os argumentos são enganos grosseiros. Um homem
exclama: "Um Deus de amor não pode se vingar Ele é muito bom e amoroso Ele estará negando Sua própria
natureza do amor, se Ele me julga..".

O que esse argumento não consegue ver é que o verdadeiro amor é apenas . Amor expresso injustamente
não é amor; é licença e indulgência. O amor de Deus é perfeito, absolutamente imparcial e imparcial. É
derramado sobre todos ( João 3:16 ; 1 João 2: 2 ). Não se licenciar e indulgência; nem pode ser, não em sua
perfeição. Também não se pode permitir licença e indulgência. O amor de Deus é completa e perfeitamente
justo. Ele exige justiça. Em nenhum respeito, pode ser injusto ao não julgar. Nem Deus pode ser acusado de
falta de amor quando Ele faz justiça ( Romanos 2: 2-16 ). O amor de Deus é justo; A justiça de Deus é a
demonstração de amor perfeito. A cruz era o lugar onde Deus exigiu a Sua justiça perfeita em Seu Filho, e é
o exemplo perfeito da verdade gloriosa. A cruz é a demonstração perfeita de ambos o amor ea justiça de
Deus.

Pensamento 1 . A cruz é a demonstração perfeita do amor e da justiça de Deus.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que
crê não pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores,
Cristo morreu por nós" ( Rm 5, 8 ).

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos
feitos justiça de Deus nele" ( 2 Cor 5:21. ).
"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está
escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro" ( Gálatas 3:13 ).

"Também Cristo nos amou e entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a
Deus, em cheiro suave "( Efésios 5: 2. ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que,
mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro
2:24 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para
levar-nos a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

Pensamento 2 . Homens devem ser julgados e condenados, se eles rejeitaram o amor ea salvação de
Deus proveu em Seu Filho, Jesus Cristo.

"Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai com seus anjos, e então retribuirá
a cada um segundo as suas obras" ( Mateus 16:27 ).

"Quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os anjos com ele, então se
assentará no trono da sua glória, e diante dele serão reunidas todas as nações, e ele
separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos "( Mateus 25: 31-
32 ).

"Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba
o que fez em seu corpo, segundo o que tiver feito, seja ele bom ou mau" ( 2 Co 5:10. ).

"E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de
cada um, passar o tempo da vossa peregrinação de medo" ( 1 Pedro 1:17 ).

"O Senhor sabe livrar os piedosos da tentação, e reservar os injustos para o dia do juízo,
para serem castigados" ( 2 Pedro 2: 9 ).

"Mas os céus ea terra que agora existem pela mesma palavra, têm sido guardados,
reservados para o fogo contra o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios" ( 2 Pedro
3: 7 ).

"E também Enoque, o sétimo depois de Adão, profetizou destes, dizendo: Eis que veio
o Senhor com os seus milhares de santos, para executar juízo sobre todos e convencer a
todos os ímpios de todas as obras de impiedade, que impiamente cometeram, e de todas
as duras palavras que ímpios pecadores disseram contra ele "( Judas 14-15 ).

"E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e os livros foram
abertos, e outro livro foi aberto, que é o livro da vida: e os mortos foram julgados pelas
coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras "( Apocalipse 20:12 ).
"E eis que cedo venho, eo meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua
obra" ( Apocalipse 22:12 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 3: 3 ) Homem Unbelief- Erros : este é um dos dois enganos comuns, mas brutas de homens que a
incredulidade faz uma coisa ineficaz e vazios de TI. Um homem argumenta: "Se eu negar alguma coisa, ignorá-
lo, recusar-se a aceitá-la, empurrá-lo para fora da minha mente, não será, nem vai acontecer." Alguns até
pensam da Palavra de Deus desta forma. Eles acham que podem negar e rejeitar alguma parte dele e não vai
ser assim. Eles aceitam as Escrituras que enfatizam o amor de Deus e permitir-lhes viver como quiserem, mas
eles rejeitam as Escrituras que enfatizam o poder sobrenatural e milagrosa de Deus e da necessidade
desesperada de o homem ser salvo do pecado, a morte, e um eterno inferno. Eles rejeitam as Escrituras que
exigem que o homem viver de forma responsável.

"Porque em verdade vos digo que, até que o céu ea terra passem, nem um jota ou um til se
omitirá em nenhum passará da Lei, até que tudo se cumpra" ( Mateus 5:18 ).

"O céu ea terra passarão, mas as minhas palavras não passarão" ( Lucas 21:33 ).

"Se somos infiéis, ele permanece fiel: não pode negar a si mesmo" ( 2 Tm 2:13. ).

"As obras das suas mãos são verdade e justiça; todos os seus mandamentos são fiéis" ( Salmo
111: 7 ).

ESTUDO TOPICO# 2
( 3: 4 ) Julgamento Judging- : homens julgar Deus. Julgam que Ele seja verdadeiro ou falso. Eles julgar se Ele
existe ou não existe. Eles julgam a Sua Palavra. Mas, na hora final, Deus vai acabar julgando homens. Ele vai
superar todos aqueles que julgaram ser menos do que Ele é, e menos do que o que Ele disse.

"Mas temos a certeza de que o juízo de Deus é segundo a verdade sobre os que tais coisas
praticam" ( Romanos 2: 2 ).

"Porque eu sou o SENHOR, falarei, ea palavra que eu falar se cumprirá; será mais adiada; pois
em nossos dias, ó casa rebelde, que vou dizer a palavra ea cumprirei, diz o Senhor Deus "(Ezequiel
12:25 ).
Romanos 3: 9-20

O caso de F. Deus contra todos os homens, 3: 9-20


1 A acusação: Todos os homens estão debaixo do pecado (v.9)
2 O caso de uma natureza pecaminosa (v.10-12)
a. Injustos (v.10)
b. Ignorantes (v.11a)
c. Indiferente-egoísta (v.11b)
d. Crooked (v.12a)
e. Useless (v.12b)
f. Evil (v.12c)
3 O caso de uma língua pecaminosa (v.13-14)
a. Foul e corrupto (v.13a)
b. Enganoso (v.13b)
c. Piercing e venenoso (v.13c)
d. Xingando e amarga (v.14)
4 O caso de atos pecaminosos (v.15-18)
a. Homicida (v.15)
b. Opressivo, causando miséria (v.16)
c. Restless, perturbado, guerreando (v.17)
d. Godless, irreverente, desrespeitoso (v.18)
5 O caso da lei (v.19-20)
a. Ele fala a todos os que estão debaixo da lei (v.19a)
b. Ele pára tudo jactância (v.19b)
c. Faz tudo o mundo culpado (v.19c)
d. Ela justifica nenhuma carne (v.20a)
e. Ele mostra ao homem que ele é pecador (v.20b)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO II
Pecado e condenação: do mundo precisam se acertar com Deus, 1: 18-3: 20

O caso de F. Deus contra todos os homens, 3: 9-20


( 3: 9-20 ) Homem, Depravity- Salvation : ao olhar para passagens como esta, a pessoa deve ter em mente
todo o ponto de passagem. A questão não é de cobrar homem com o pecado, nem a repreender o
homem; não é de olhar para o homem com desprezo cínico. A questão não é chamar o homem a
desesperança e desespero, deixando-o com uma cabeça enforcado e baixa auto-estima. O objetivo é dar ao
homem a esperança: a desafiar o homem a buscar um relacionamento correto com Deus, por nosso Senhor
Jesus Cristo. O homem deve nunca minimizar seu pecado, para que ele não ignorar ou negligenciar a maneira
correta de Deus. Mas nem ele deve minimizar o poder redentor de Jesus Cristo, para que não pendurar a
cabeça em desespero, ou chafurdar na auto-piedade, ou percorrer o mundo em desespero.

1 A acusação: todos os homens estão debaixo do pecado (v.9).

2 O caso de uma natureza pecaminosa (v.10-12).

3 O caso de uma língua pecaminosa (v.13-14).

4 O caso de atos pecaminosos (v.15-18).

5 O caso da lei (v.19-20).

1. ( 3, 9 ) Homem pecado, Natureza : todos os homens estão debaixo do pecado. As palavras "debaixo do
pecado" ( Huph hamartian ' PWS: 4129 ) significa estar sujeito ao poder ou sob a autoridade. Um homem fora
de Jesus Cristo está sob o poder do pecado e ele é incapaz de escapar dela (cp. Gálatas 3:10 , 25 ; Gálatas 4:
2 , 21 ; Gálatas 5:18 ; 1 Tm 6:. 1 ).

O religioso (judeu) é "debaixo do pecado", tanto quanto os demais homens "sob o pecado." A Escritura
acaba de declarar que ser religioso não faz os homens agradáveis a Deus (cp. Romanos 2: 17-28 ). Os religiosos
estão chocados: "Quais são, então nós não melhor-do que não tem qualquer vantagem sobre os demais
homens não melhor se ...?

• tem a Bíblia? "

• professam Deus? "

• conhecer a vontade de Deus? "

• Aprovar as melhores coisas? "

• estudar a Palavra de Deus? "

• orientar e ensinar aos outros? "

• saber a verdade? "

A resposta é uma forte exclamação: "!.. Sem Nada Não de qualquer forma você está melhor do que outras
pessoas, tanto judeus como gregos, tanto religiosos e não-religiosos-está tudo sob o pecado"

Agora observe. Este tem sido o ponto de tudo o que foi dito em Romanos ...
• Deus tem um caso contra toda a impiedade e injustiça dos homens ( Romanos 1: 18-32 ).

• Deus tem um caso contra o moralista ( Romanos 2: 1-16 ).

• Deus tem um processo contra o religioso (judeu) ( Romanos 2: 17-3: 8 ).

Escritura mostra que Deus tem um processo contra todos os homens. Todos os homens são "sob o
pecado." E o fato é claramente visto por qualquer pessoa que vai olhar honestamente para o homem e seu
mundo.

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" ( Romanos 3:23 ).

"Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte e assim a
morte passou a todos os homens, porque todos pecaram" ( Romanos 5:12 ).

"Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo
fosse dada aos que crêem" ( Gálatas 3:22 ).

"Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos, ea verdade não está em nós"
( 1 João 1: 8 ).

"E sabemos que somos de Deus, e para o mundo inteiro jaz no Maligno" ( 1 João 5:19 ).

"E Deus viu que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que toda a imaginação
dos pensamentos de seu coração era só má continuamente" ( Gênesis 6: 5 ).

"Não há homem que não peque" ( 1 Reis 08:46 ).

"Se tu, Senhor, observares as iniqüidades, Senhor, quem subsistirá?" ( Salmo 130: 3 ).

"Quem pode dizer, eu fiz o meu coração limpo, estou limpo do meu pecado?" ( Provérbios 20:
9 ).

"Pois não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque" ( Ec. 7:20 ).

"Todos nós, como ovelhas, nos desviamos, nós viramos cada um para o seu próprio caminho;
eo Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos" ( Isaías 53: 6 ).

"Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia, e
todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades, como o vento, nos arrebatam" (Isaías
64: 6 ).

2. ( 3: 10-12 ) Homem, Nature- Pecado : há o caso de uma natureza pecaminosa.


1 A natureza pecaminosa é injusto ( Romanos 3:10 ; cp. Salmo 14: 1 ): "Não há justo, nem sequer um." Nem
uma única pessoa é justo, ou seja, perfeito e sem pecado, não por natureza, nem pelo ato. Nenhum homem
jamais viveu uma vida perfeita, não é perfeito ...
• em cada pensamento

• em cada palavra

• em cada ato

"Não há um justo [perfeito, sem pecado] não há sequer um." Por natureza, o homem é pecador.

"O mundo não vos pode odiar, mas ele me odeia, porque dele testifico que as suas obras são
más" ( João 7: 7 ).

"Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia,
idolatria-ness, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas,
homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos digo, antes,
como eu também disse que no tempo passado, que os que cometem tais coisas não herdarão o
reino de Deus "( Gálatas 5: 19-21 ).

2 A natureza pecaminosa é ignorante ( Romanos 3:11 ; cp. Salmo 14: 2 ): "Não há ninguém que entenda
[ Sunion PWS: 4145 ]. " Nem uma única pessoa agarra, compreende ou percebe. A palavra significa
literalmentecolocar as coisas em conjunto . Isso significa olhar para as coisas e discernir de forma inteligente
e compreender a verdade. Ninguém olha para o mundo, pensa e coloca a verdade das coisas juntos, não
perfeitamente, não sobre ...

• Deus • a origem de tudo

• homem • efeitos de todos

• o mundo • o destino de todos

Ninguém olha para o mundo e de forma inteligente discerne a verdade das coisas, e não em alcançar a
verdade ...

• de onde eles vieram

• de por que eles estão aqui

• de onde eles estão indo

"Não há ninguém que entenda."

"Porque o coração deste povo está endurecido, e com os ouvidos surdos para ouvir, e seus olhos
têm que fecharam, para que não vejam com os olhos, e ouçam com os ouvidos, e entenda com o
coração, e se convertam , e eu os cure "( Atos 28:27 ).
"Sempre aprendendo, mas nunca podendo chegar ao pleno conhecimento da verdade" ( 2
Timóteo 3: 7. ).

"Eles não sabem, nem entendem; andam em trevas; todos os fundamentos da terra estão fora
de curso" ( Salmo 82: 5 ).

"Mas eles não sabem os pensamentos do Senhor, nem entendem o seu conselho" ( Miquéias
4:12 ).

3 A natureza pecaminosa é indiferente e egoísta ( Romanos 3:11 ; cp. Salmo 14: 2 ): "Não há ninguém que
busque a Deus." A palavra "buscar" ( ekzēteō PWS: 3415 ) significa a procurar e procurar. A idéia é a de um
cuidado diligente, determinada buscando e procurando. Ninguém procura e busque a Deus, e não após o
único Deus vivo e verdadeiro, não com tanto cuidado e determinou um espírito. Por quê? Porque os homens
são indiferentes e egoístas. Os homens querem deuses que lhes permitam fazer sua própria coisa.

⇒ Alguns querem deuses que lhes permitam glória em si, demonstrando sua extrema auto-disciplina
e sacrifício.

⇒ Outros querem deuses que exigem menos e que lhes permitem viver como quiserem, nos prazeres
e ganância e bens deste mundo.

Os homens não querem um Deus que é viva e verdadeira. Se Ele é verdadeira e viva, isso significa que Ele
é o Supremo, o único que deve ser glorificado e honrado e obedecido. Portanto, ao lidar com o único Deus
vivo e verdadeiro, os homens são indiferentes e egoístas. "Não há ninguém que busque a Deus." Por
natureza, os homens são pecadores, indiferente e egoísta.

"... Sem Cristo ... não tendo esperança, e sem Deus no mundo" ( Ef. 2:12 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os
ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de mães, para os
homicidas, para os devassos, para daqueles que se contaminam com a humanidade, para
menstealers, para os mentirosos, para os perjuros, e se há qualquer outra coisa que for contrário à
sã doutrina "( 1 Tm 1, 9-10. ).

"Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo, o que
nega o Pai eo Filho" ( 1 João 2:22 ).

"Os ímpios, por meio do orgulho de sua aparência, não vai buscar a Deus: Deus não está em
todos os seus pensamentos" ( Salmo 10: 4 ).

"Disse o néscio no seu coração: Não há Deus Eles são corruptos, eles abomináveis em suas
obras, não há ninguém que faça o bem." ( Salmo 14: 1 ).

"Vós dizeis: Inútil é servir a Deus, e que o lucro é que temos mantido os seus preceitos, e em
andar de luto diante do SENHOR dos Exércitos?" ( Malaquias 3:14 ).
4 A natureza pecaminosa é torto ( Romanos 3:12 .; cp Salmo 14: 3 ): "Eles são tudo para fora do caminho"
( Pantes exeklinan PWS: 108
). O grego significa que os homens se inclinar para fora, afastam-se, pervertem
...

• a partir de Deus.

• a partir do caminho que leva a Deus.

• de outra maneira.

Homens são tortos; eles não são diretamente com Deus. Eles não seguem a Deus, nem perseguir o
caminho certo para Deus. Eles tomam outro caminho, outra estrada, uma outra maneira.

"Ora, o fim do mandamento é o amor que procede de um coração puro, e de uma boa
consciência, e de uma fé não fingida: a partir do qual alguns se desviaram se desviaram até vãs "( 1
Tm 1, 5-6. ).

"Porque éreis como ovelhas desgarradas, mas agora tendes voltado ao Pastor e Bispo das
vossas almas" ( 1 Pedro 2:25 ).

"Os quais, deixando o caminho direito, desviaram-se, tendo seguido o caminho de Balaão, filho
de Beor, que amou o prêmio da injustiça" ( 2 Pedro 2:15 ).

"[Os ímpios são] ondas bravias do mar, espumando as suas próprias torpezas, estrelas errantes,
para os quais está reservado o negrume das trevas para sempre" ( Judas 13 ).

"O homem que anda desviado do caminho do entendimento repousará na congregação dos
mortos" ( Provérbios 21:16 ).

"Como a ave que vagueia longe do seu ninho, tal é o homem que vagueia longe do seu lugar"
( Provérbios 27: 8 ).

"Todos nós, como ovelhas, nos desviamos, nós viramos cada um para o seu próprio caminho;
eo Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos" ( Isaías 53: 6 ).

5 A natureza pecaminosa é inútil ( Romanos 3:12 ; cp. Salmo 14: 3 ): "Eles estão juntos tornam-se inúteis"
( achreioō PWS: 305 ). A palavra significa tornar-se sem valor, inútil, azedo, ruim. (Cp. Leite azedo.) Todos os
homens sem Cristo são sem valor, inútil, azedo, ruim.

"Vós sois o sal da terra: mas se o sal for insípido, com que se há de salgar é daí em diante, para
nada, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens?" ( Mateus 5: 13 ).
"E lançai o servo inútil nas trevas exteriores: ali haverá choro e ranger de dentes" ( Mateus
25:30 ).

"Pois que aproveita ao homem se ganhar o mundo inteiro e perder a si mesmo, ou ser lançado
para fora?" ( Lucas 9:25 ).

"O sal é bom, mas se o sal for insípido, com que ele deve ser temperado Nem presta para a
terra, nem para o monturo; lançam-no fora Aquele que tem ouvidos para ouvir, que ouça?. "(Lucas
14: 34-35 ).

6 A natureza pecaminosa é o mal ( Romanos 3:12 ; cp. Salmo 14: 3 ): "Não há ninguém que faça o bem,
não há nem um sequer." A palavra "bom" ( chrestotes PWS: 1740 ) significa moral bondade, bondade,
benignidade, bondade, justiça. Todos os homens falham em ser bom em relação a Deus e ao próximo, em
ser ...

• tipo • suave

• gracioso • apenas

Os homens vêm curto, muitas vezes, muito. "Não há ninguém que faça o bem [nem sempre, não
perfeitamente], não há sequer um."

"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! Porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que
por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e detoda
imundícia "( Mateus 23:27 ).

"Porque de dentro, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, os


adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as malícias, o dolo, a lascívia, mau
olhado, blasfêmia, a soberba, a loucura: todos estes males vêm de dentro, e contaminam o homem
"( Mc 7, 21-23 ).

3. ( 3: 13-14 ) língua- Homem, Nature : há o caso de uma língua pecaminosa.


1 A língua da carne é suja e corrupta ( Romanos 3:13 ; cp. Salmo 5: 9 ): "A sua garganta é um sepulcro
aberto [sepultura]." Um túmulo aberto é falta, e é um símbolo da corrupção. Então, é um homem com uma
boca pecaminosa. Sua boca é ...

• falta • poluído • profano

• sujo • imundo • desonroso

• obsceno • detestável • ofensiva

A boca obsceno pode variar de humor fora de cor de piadas sujas, a partir de sugestões imoral proposições
definitivas. Mas não importa, um homem com uma boca suja fede como uma sepultura aberta; sua imundícia
causa corrupção, a decadência da personagem. A sujeira de sua boca come e corrói seu caráter e no caráter
de seus ouvintes, tanto que ele se torna tão ofensivo como o de um cadáver em decomposição. A boca suja,
imunda mata caráter, sua atratividade, confiança, fidelidade, moralidade, honra e piedade.

"Raça de víboras, como podeis vós, sendo maus, dizer coisas boas? Porque da abundância do
coração fala a boca" ( Mateus 12:34 ).

"A língua também é um fogo, um mundo de iniqüidade: a língua está situada entre os nossos
membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno"
(Tiago 3: 6 ).

"Porque o seu coração medita a destruição, e os lábios falam maliciosamente" ( Provérbios 24:
2 ).

2 A língua pecador é enganoso ( Romanos 3:13 ; cp. Salmo 5: 9 ): "engano Eles usaram." O hebraico diz:
"Eles fazem suavizar sua língua. " Uma pessoa mentirosa tem ...

• uma língua falsa • uma língua enganadora

• a língua mentirosa • uma língua traiçoeira

• uma língua batota • uma língua sedutora

• uma língua iludindo • a língua que fala suave

• uma língua lisonjeira

A palavra "engano" ( edoliousan PWS: 4193 ) é uma ação contínua: "Eles continuaram enganando." O
homem não é apenas culpado de enganar, mas é constantemente enganando. Ele
está constantementeescondendo e camuflando seus verdadeiros pensamentos e sentimentos e
comportamentos, buscando se proteger ou para obter tudo o que ele é depois.

"Sua boca está cheia de imprecações, de enganos e fraudes debaixo da sua língua há malícia e
iniqüidade" ( Salmo 10: 7 ).

"As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de ser prudente e de fazer o bem" ( Salmo
36: 3 ).

"As palavras da sua boca eram mais macias do que a manteiga, mas havia guerra no seu
coração: as suas palavras eram mais brandas do que o azeite, todavia eram espadas
desembainhadas" ( Salmo 55:21 ).

"Eu dizia na minha pressa: Todos os homens são mentirosos" ( Salmos 116: 11 ).
"E engana cada um a seu próximo, e nunca fala a verdade; ensinaram a sua língua a falar a
mentira, andam-se cansando em praticar a iniqüidade" ( Jeremias 9: 5 ).

"Enganoso é o coração acima de todas as coisas, e perverso: quem o conhecerá?" ( Jeremias 17:
9 ).

"Para os ricos da cidade estão cheios de violência, e os seus habitantes falam mentiras, ea sua
língua é enganosa na sua boca" ( Miquéias 6:12 ).

"Ai da cidade sanguinária Ela está toda cheia de mentiras e de rapina; da presa não há" ( Naum
3: 1 ).

3 A língua pecaminosa está perfurando e venenoso ( Romanos 3:13 ; cp. Salmo 140: 3 ): "O veneno de
víbora está nos seus lábios." O asp ( aspidon ) é a cobra, uma cobra venenosa. Deus cobra homens com ter
línguas que são tão penetrante e venenoso como a língua da cobra mortal. A idéia é que as línguas de algumas
pessoas têm uma natureza diabólica; eles estão cheios de tanta maldade que eles partiram para infligir
punição.A venenosa língua ...

• palestras e fofocas sobre • deseja causar


sofrimento
• greves contra
• está à espreita para
• inserções e espalha veneno
atacar
• procura ferir e destruir • caráter venenos e
reputação

"Mas agora despojai-vos também de tudo: da ira, da cólera, da malícia, da


maledicência, das palavras torpes da vossa boca" ( Colossenses 3: 8 ).

"Portanto, deixando de lado toda a malícia, e todo o engano, e fingimentos, e invejas,


e toda a maledicência" ( 1 Pedro 2: 1 ).

"Há alguns que falam como as pontas de espada" ( Provérbios 12:18 ).

"Eles afiaram as suas línguas como a serpente; veneno 'víboras está nos seus lábios"
( Salmo 140: 3 ).

4 Uma língua pecaminosa está cheia de maldição e amargura ( Romanos 3:14 ; cp. Salmo 10: 7 ): "a sua
boca está cheia de maldição e amargura." Xingando é pecado; uma língua maldição é uma língua
pecaminosa.(Veja outline- • Mateus 5: 33-37 , nota- • Mateus 5: 33-37 , e um estudo mais profundo # 1 Mateus
5: 33-37 , um estudo mais profundo # 2 Mateus 5: 33-37 , um estudo mais profundo # 3 Mateus 5: 33-
37 ; estudo mais profundo # 4 Mateus 5: 33-37 ; nota- • Mateus 23: 16-22 , e um estudo mais profundo # 5-
Mateus 23: 16-22 para mais discussão) Jesus Cristo. diz:
"Juro não a todos .... mas deixe a sua comunicação ser, Sim, sim; Não, não, pois tudo é mais do
que estes vem do maligno" ( Mateus 5:34 , 37 ).

a. Os homens usam palavrões; na verdade, sua boca está cheia de maldição e palavrões. Eles
amaldiçoar a Deus e os homens. Sua maldição pode variar entre o que a sociedade considera ser
uma palavra suave de gíria para usar o nome de Deus em vão. Não importa o quão leve ou como
aceitáveis para a sociedade, é pecado. O caso de Deus contra o homem é que sua boca está cheia
de maldição (cp. Tiago 3: 8-10 ).

"Mas eu vos digo: não jureis, nem pelo céu, porque é o trono de Deus" ( Mateus 05:34 ).

"Mas a língua, nenhum homem pode domar, é um mal incontrolável, cheio de veneno
mortífero Com ela bendizemos a Deus, o Pai,. E com ela amaldiçoamos os homens, feitos à
semelhança de Deus para fora do mesmo procede da boca. . bênção ea maldição Meus
irmãos, estas coisas não deveriam ser "( Tiago 3: 8-10 ).

"Mas, acima de todas as coisas, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra,
nem por qualquer outro juramento, mas deixe o seu sim seja sim e seu não, não, para que
não vos cair em condenação" ( Tiago 5: 12 ).

"Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão: porque o Senhor não terá por
inocente o que tomar o seu nome em vão" ( Êxodo 20: 7 ).

"E não vos jurar falso pelo meu nome, nem te profanando o nome do vosso Deus: Eu
sou o Senhor" ( Levítico 19:12 ).

"Pelo pecado da sua boca e pelas palavras dos seus lábios deixá-los até ser presos na
sua soberba, e pelas maldições e pelas mentiras que falam" ( Salmo 59:12 ).

"Por muitas vezes também teu coração sabe que tu mesmo tens amaldiçoado
igualmente outros "( Eccles. 07:22 ).

Nota maldição de um homem cairá sobre ele.

"Visto que amou a maldição, que ela lhe sobrevenha.: Como não desejou a bênção, que
ela se afaste dele como se vestiu de maldição como dum vestido, assim penetre ela nas
suas entranhas como água, e como o óleo em seus ossos "( Salmo 109: 17-18 .)

b. Boca do homem também está cheio de amargura. Sua língua é muitas vezes ...
• afiada • frio

• intenso • mau gosto

• ressentido • dura

• cínico • estressante

• implacável • desagradável

Qualquer expressão envolvendo qualquer deles é pecado a Deus. Deus deseja que os homens
sejam repletos de amor, alegria e paz e para expressar tal. Qualquer coisa menos do que a
expressão destes é pecado. Este é o caso de Deus contra os homens: a língua cheia de maldição e
amargura.

"Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmias, ser colocado longe de você,
com toda a malícia" ( Ef. 4:31 ).

"Olhando diligentemente para que ninguém falha da graça de Deus, de que nenhuma
raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem" ( Hebreus
0:15 ).

"Mas, se tendes amargo ciúme e sentimento faccioso em vosso coração, não a glória,
nem mintais contra a verdade" ( Tiago 3:14 ).

4. ( 3: 15-18 ) Homem, Nature : há o caso de atos pecaminosos.


1. atos pecaminosos são atos assassinos ( Romanos 3:15 ; cp. Isaías 59: 7 ): "Os seus pés são ligeiros para
derramar sangue." Note a palavra "rápida". Homens saltar para matar; eles estão prontos para derramar e
derramar o sangue ...

• fora de dor e vergonha.

• ter o seu próprio caminho.

• para obter o que querem.

Os homens são cruéis; eles têm naturezas que são orgulhosos e egoístas e gananciosos. Eles buscam e
procuram possuir, mesmo que isso signifique se voltar contra os outros e impor ...

• dor e sofrimento • matando e


matando
• dor e lesão
• mutilando e
• provocação e deturpação
atormentadora

O caso de Deus contra o homem é que ele é um assassino. Seus pés são "ligeiros para derramar sangue."
"Não matarás" ( Êxodo 20:13 ).

"Jesus disse: Tu não fazer nenhum assassinato" ( Mateus 19:18 ).

"Mas nada de deixar você padeça como homicida, ou ladrão, ou malfeitor, ou como intrometido
nos assuntos dos outros homens" ( 1 Pedro 4:15 ).

"Todo aquele que odeia a seu irmão é homicida e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida
eterna permanente em si" ( 1 João 3:15 ).

"Porque os seus pés correm para o mal, e se apressam a derramar sangue" ( Provérbios 01:16 ).

2. atos pecaminosos são atos opressivos que destroem e causam miséria ( Romanos 3:16 ; cp. Isaías 59:
7 ): "há destruição e miséria em seus caminhos." Homem é opressivo; ele destrói e causa miséria por onde
passa.Por causa do seu orgulho, o egoísmo ea ganância, o homem destrói ...

• a terra (poluição) • o país

• lojas • o governo

• as casas • as pessoas

• as cidades • a propriedade

• as nações

Ele destrói e causa miséria por onde passa, mesmo dentro de sua própria família, bairro e cidade. Seja por
simples argumento dentro de sua própria família ou pela guerra, ele é tão destrutivo e cheio de miséria que
ele traz destruição e miséria por onde passa.

3. atos pecaminosos estão inquietos, perturbador e atos beligerantes ( Romanos 3:17 ; cp. Isaías 59: 8 ):
"E o caminho da paz eles não conhecido." A idéia é que os homens não experimentam a paz. Eles não
possuem a paz dentro de si, nem entre outros. Eles não sabem maneiras pacíficas, não sei ...

• Como garantir a paz.

• como manter a paz.

Os homens não são pacíficos dentro; eles estão inquietos. Sua própria alma é uma guerra civil que
experimenta constante conflito. Portanto, os homens não conseguem assegurar a paz, não só dentro de si,
mas entre outros. Onde quer que os homens são, eles perturbam e trazer facção e de guerra para os
outros. Este é o caso de Deus contra os homens.

"Pela manhã dirás: Oxalá fosse mesmo!, E à tarde dirás: Será que Deus fosse manhã! Pelo temor
do teu coração com que hás de medo, e pela vista dos teus olhos que tu verás" ( Deut. 28:67).
"Pois, que alcança o homem de todo o seu trabalho, e da aflição do seu coração, que ele anda
trabalhando debaixo do sol Porque todos os seus dias são dores, eo seu trabalho é vexação;? Sim,
o seu coração se der por não descansar à noite Este. também é vaidade "( Ec 2: 22-23. ).

"Não há paz, diz o Senhor, para os ímpios" ( Isaías 48:22 ).

"Mas os ímpios são como o mar bravo, porque não se pode aquietar, cujas águas lançam de si
lama e lodo" ( Isaías 57:20 ).

"O caminho da paz eles não sabem, e não há nenhum julgamento nos seus passos: eles fizeram
para si veredas tortuosas; todo aquele que anda por elas não tem conhecimento da paz" (Isaías 59:
8 ).

"Os nossos pescoços estão sob perseguição: estamos cansados, e não temos descanso"
( Lament. 5: 5 ).

"Perdição, e eles buscarão a paz, e não haverá nenhum" ( Ezequiel 07:25 ).

4. atos pecaminosos são ateus, irreverente, atos desrespeitosos ( Romanos 3:18 ; cp. Salmo 36: 1 ): "Não
há temor de Deus diante de seus olhos." Seus olhos e sua atenção está focada em outras coisas. Eles ignoram
e não Deus, vivendo como se Deus não existe. Eles sentem pouca ou nenhuma responsabilidade para com
Deus. Eles não temem a Deus; eles não temem sua ira ou cólera ou julgamento contra eles. Eles sentem
pouco desejo ou necessidade de adorar a Deus ou para estudar Sua Palavra e vontade. Eles raramente ou
nunca louvor e honra-lo ou fazer o que Ele manda. O temor de Deus não está diante de seus olhos; portanto,
este é o caso de Deus contra os homens.

"E, como eles não gostam de reter o conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um
sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm" ( Romanos 1:28 ).

"Porque, quando os gentios, que não têm lei, fazem por natureza as coisas da lei, eles, embora
não tendo lei, são uma lei para si mesmos" ( Romanos 2:14 ).

"Para ele [o ímpio] tem dito, ele aproveita ao homem nada que comprazer-se em Deus" ( Jó 34:
9 ).

"Mas ninguém diz: Onde está Deus meu Criador, que inspira canções durante a noite" ( Jó
35:10 ).

"Os ímpios, por meio do orgulho de sua aparência, não vai buscar a Deus: Deus não está em
todos os seus pensamentos" ( Salmo 10: 4 ).

"A transgressão fala ao ímpio no meu coração, que não há temor de Deus diante de seus olhos"
( Salmo 36: 1 ).

"Eles quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão" ( Provérbios 01:30 ).
5. ( 3: 19-20 ) Lei : não é o caso da lei ou Escritura. Nota cinco pontos.
1 A lei ou a Escritura fala a todos. Observe as palavras "nós sabemos". Paulo quer dizer que esta é uma
verdade óbvia, uma verdade clara que não pode ser desperdiçada. Tudo o que foi dito foi citado nas Escrituras
(Romanos 3: 9-18 ), e as Escrituras falam e destina-se a todos. Portanto, todos são culpados diante de Deus,
tanto judeus como gentios. Escritura carrega todos com o pecado, declarando que "todos estão debaixo do
pecado" -all estão sujeitas ao seu poder e autoridade. Ninguém escapa a acusação da lei de Deus. O caso da
lei de Deus é contra todos, tanto religioso e pagão.

2 A lei ou Escritura pára tudo jactância, toda boca que atua auto-suficiente e declara a bondade dos
homens. À luz da natureza pecaminosa do homem e da língua e comportamento, que pode se
orgulhar? Quem pode declarar um homem bondade, e justiça e capacidades? Quem pode dizer nada contra
caso de Deus contra os homens? A Escritura declara que nenhum homem é bom, deixando apenas aquele
que poderia ser bom, e que é Deus. Só Deus é bom; Só Deus merece louvor, glória e honra. O homem pode
te glorias em Deus e em Deus. Homem é silenciada; ele não tem nenhuma razão e sem direito de se vangloriar
em si mesmo. A lei, caso de Deus contra o homem, pára sua boca.

"Mas agora a justiça de Deus, sem lei, se manifestou, tendo o testemunho da lei e os profetas"
( Romanos 3:21 ).

"Além disso, a lei para que a ofensa abundasse. Mas, onde o pecado abundou, a graça fez muito
mais abundante" ( Romanos 5:20 ).

"Que diremos, pois É a lei pecado Deus me livre Não, eu não teria conhecido o pecado, senão
pela lei:?. Porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás"
(Romanos 7: 7 ).

"Porquanto, desconhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria justiça,


não se sujeitaram à justiça de Deus" ( Romanos 10: 3 ).

"[A lei] foi acrescentada por causa das transgressões" ( Gálatas 3:19 ).

(Veja outline- • Romanos 7: 7-13 e notes- • Romanos 7: 7-13 para mais discussão.)

3 A lei ou a Escritura faz o mundo inteiro culpado diante de Deus. A lei de Deus declara:

"Não há justo, nem sequer um" ( Romanos 3:10 ).

"Não há ninguém que faça o bem [não perfeitamente], não há sequer um" ( Romanos 3:12 ).
"Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está escrito:
Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no livro da lei, para
fazê-las" ( Gálatas 3:10 ).

"O mundo inteiro jaz no Maligno" ( 1 João 5:19 ).

Ninguém escapa. Todo o mundo está face a face diante de Deus, permanece imperfeito, fica aquém de
sua glória, se culpado de pecado.

4 A lei justifica nenhuma carne. Observe com cuidado o que está sendo dito.

⇒ Nenhuma lei e nenhuma ação da lei nunca vai justificar um homem (torná-lo aceitável a Deus).

⇒ O homem não pode ser justificado por manter qualquer lei ou trabalho.

⇒ O homem não pode ser justificado por qualquer justiça ou boa ação de sua autoria.

⇒ Nenhuma carne, nenhum homem será justificado diante de Deus, não pela lei.

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei vem
o pleno conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).

"Mas que ninguém é justificado pela lei aos olhos de Deus, é evidente: O justo viverá
pela fé, a lei não é da fé:. Mas o homem, que pratica viverá por eles" ( Gálatas 3: 11-12 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para
os ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de
mães, para os homicidas, para os devassos, para daqueles que se contaminam com a
humanidade, para menstealers, para os mentirosos, para os perjuros, e se há qualquer
outra coisa que for contrário à sã doutrina "( 1 Tm 1, 9-10. ).

5 A lei mostra ao homem que ele é pecador. A Proposito da lei não é para justificar, mas para apontar o
pecado, para dizer a um homem que ele é um pecador. A lei foi dada para fazer um homem consciente do
seu pecado. Por quê? Assim que o homem sabe que ele é pecador e que precisa buscar a Deus para o perdão
e salvação.

"Mas agora a justiça de Deus, sem lei, se manifestou, tendo o testemunho da lei e dos profetas;
justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêem; porque não
há diferença: para todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus, sendo justificados
gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus "( Romanos 3: 21-24 ).
"Para que a lei não podia fazer, no que estava enferma pela carne, Deus enviando o seu próprio
Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, condenou o pecado na carne"
( Romanos 8: 3 .; cp Hebreus 7 : 19 ).

"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos
também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras
da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gálatas 2:16 ; cp. Gálatas 3: 24-27 ).

"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito:
Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro" ( Gálatas 3:13 ).

Romanos 3: 21-26

III. FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21
A. Justiça: O Caminho para estar bem com Deus, 3: 21-26
1 A justiça é agora revelado (v.21-22a)
a. A justiça sem lei (v.21a)
b. A anunciada justiça (v.21b)
c. A justiça de Cristo (v.22a)
2 A justiça é para todos (v.22b-23)
a. Todos os que crêem (v.22b)
b. Tudo que precisa: "Não há diferença" (v.22c-23)
1) Todos pecaram (v.23a)
2) Todos estão destituídos da glória de Deus (v.23b) Ver: DS1
3 A justiça só é possível mediante justificação (v.24)
a. É livre-pela graça (v.24a)
b. É por meio da redenção (v.24b) Ver: DS2
4 Justiça é por um ato de Deus por si só: por propiciação (v.25a)
5 A justiça tem um grande propósito: proclamar a justiça pessoal de Deus (v.25b-26)
a. Que Ele perdoa o pecado (v.25b)
b. Que Ele está suportando (v.25c)
c. Que ele é apenas (v.26a)
d. Que Ele é o justificador de crentes (v.26b)
(Esboço Continua....)
ROMANOS: DIVISÃO III
FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

A. Justiça: O Caminho para estar bem com Deus, 3: 21-26


( 3: 21-26 ) Introdução- Justiça : a "justiça de Deus" é usado de três maneiras nas Escrituras.

1. Justiça significa o caráter de Deus. Isso significa que a justiça, a justiça ea perfeição que o próprio Deus
possui e shows.

2. Justiça refere-se à falta de caráter divino do homem. Isso significa que a natureza eo comportamento
do homem pecador, depravado, injusto, injusto e imperfeito.

3. Justiça significa a justiça, isto é, a perfeição que Deus oferece ao homem em Cristo Jesus. Quando um
homem permite que o Senhor Jesus Cristo para tirar os pecados, ele é dada a justiça de Deus. Vestes de Cristo
o homem na justiça de Deus, pela fé ( 2 Coríntios 5:21. ; Filipenses 3: 9 ).

O contexto é geralmente claro quanto ao significado que se quer dizer. (Veja um estudo mais profundo #
5 , Retidão-Mateus 5: 6 para mais discussão.)

1. Justiça é agora revelado (v.21-22).

2 A justiça é para todos (v.22-23).

3. Justiça só é possível mediante justificação (v.24).

4. Justiça é por um ato de Deus sozinho: por propiciação (v.25).

5 A justiça tem um propósito: proclamar a justiça pessoal de Deus (v.25-26).

1. ( 3: 21-22 ) Lei Righteousness- : a justiça é agora revelado. Deus tem "agora", revelou como o homem
deve se acertar com ele. A palavra "agora" é um ponto de ruptura cataclísmica na mensagem de Romanos. Ele
aponta para um ponto crucial na história humana. Ele está dizendo duas coisas.

⇒ Antes, na época, centenas e centenas de anos atrás, Deus teve paciência em que Ele colocar-se
com as tentativas do homem em justiça própria, através da lei. Mas agora o período da justiça de
Deus vem-a justiça que é encontrada em Deus é muito próprio Filho.

⇒ Antes, naquela época, o homem pecou e pecou, aprendendo a impossibilidade de arrumar seu
próprio pecado. Período de tempo sob a lei do homem mostrou-lhe a impossibilidade de obter
justiça por conta própria. Mas agora o período da justiça de Deus vem-a justiça que é encontrado
no próprio Filho de Deus.

1. justiça de Deus para o homem é "sem lei". A justiça tem que ser sem lei, pois a lei falha em duas áreas
críticas.

a. A lei não permite que a desobediência; exige obediência. Quem desobedece à lei se torna um
transgressor da lei, um transgressor. Ele é culpado e deve ser condenado.

b. A lei não tem o poder de fazer uma pessoa obediente. Ele não tem o poder de impedir uma pessoa
de desobediência. Isso só mostra a desobediência de uma pessoa e força inadequada para ser
obediente. Ele só revela a incapacidade de uma pessoa para garantir qualquer justiça que seja por
auto-esforço. Portanto, se Deus era ter homens vivendo em Sua presença, Ele teve de prestar uma
justiça "sem lei". Tinha que haver uma justiça que não tinha nada a ver com a lei.

2. justiça de Deus para o homem foi anunciado pelo Antigo Testamento (profetas e direito). Isso é
claramente visto no próximo capítulo na vida de Abraão e Davi ( Romanos 4: 1F ). (. Cp João 5:39 , 46 ; 1 Pedro
1: 10-11 ).

3. a justiça de Deus se revela em Jesus Cristo. Quando Jesus Cristo veio à terra, Ele veio para revelar a
perfeita justiça de Deus. Jesus Cristo veio para viver ...

• a vida sem pecado • a vida Representante

• a vida perfeita • a vida Pattern

• a vida Ideal

Jesus Cristo é a encarnação perfeita da justiça de Deus. Na verdade, Jesus Cristo é a justiça de Deus; ou
para dizer de outra forma, a justiça de Deus é Jesus Cristo. A justiça de Deus é agora revelado em e por Jesus
Cristo. (Veja nota- • Romanos 5: 1 para mais discussão.)

"Pois Cristo é o fim da lei para justiça de todo aquele que crê" ( Romanos 10: 4 ).

"Mas vós sois dele, em Cristo Jesus, que é de Deus fez para nós sabedoria, e justiça" ( 1 Coríntios.
01:30 ).

"[Que eu] seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé
em Cristo, a justiça que vem de Deus pela fé "( Fl 3. 9 ).

2. ( 3: 22-23 ) Righteousness- Pecado : a justiça é para todos. A Bíblia é clara em sua declaração.
1 A justiça é para todos os que crêem. Note-se que a justiça é tanto dado "para" o crente e colocou "em
cima "do crente.

a. A justiça é dada " para "o crente como uma posse .


"Pelas quais nos têm sido doadas grandíssimas promessas, para que por elas vos torneis
co-participantes da natureza divina [justiça], havendo escapado da corrupção que há no
mundo, causada pela cobiça "( 2 Pedro 1: 4 ).

"E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para
sempre, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o
conhece: mas vós o conheceis ele, porque ele habita convosco e estará em vós "( João 14:
16-17 ).

b. A justiça está posto " sobre "o crente como uma cobertura ou roupas.

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos
feitos justiça de Deus nele" ( 2 Cor 5:21. ).

"E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e
santidade" ( Ef 4:24. ).

"Porque vós morrestes, ea vossa vida está escondida com Cristo em Deus .... E vos
vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o
criou "( Cl 3: 3 , 10 ) .

2. justiça é necessário a todos. Não há diferença e nenhuma distinção entre os homens. Há duas razões.

a. Todos os homens são pecadores. A palavra "pecado" ( hamartano PWS: 3597 ) está no aoristo grego
tenso; ou seja, é um acontecimento de uma vez por todas. Ele olha para trás, para a entrada do
histórico do pecado no mundo. Isto significa que todos os homens ...

• herdou a natureza de seus pais e mães pecaminosas.

• pecaram e são pecadores.

• não pode ficar longe do pecado e vai pecar.

"Para todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus "( Romanos 3:23 ).

"Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela
fé em Jesus Cristo fosse dada aos que crêem" ( Gálatas 3:22 ).

"Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos, ea verdade
não está em nós" ( 1 João 1: 8 ).
"E sabemos que somos de Deus, e para o mundo inteiro jaz no Maligno" ( 1 João
5:19 ).

"E Deus viu que a maldade do homem se havia multiplicado na terra e que toda
a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente" ( Gênesis
6: 5 ).

"Não há homem que não peque" ( 1 Reis 08:46 ).

"Cada um deles está voltado: são completamente se fizeram imundos; não há


ninguém que faça o bem, não há nem um sequer" ( Salmo 53: 3 .; cp Salmo 14: 3 ).

"Quem pode dizer, eu fiz o meu coração limpo, estou limpo do meu
pecado?" ( Provérbios 20: 9 ).

"Pois não há homem justo sobre a terra, que faça o bem, e nunca peque" ( Ec.
7:20 ).

"Todos nós, como ovelhas, nos desviamos, nós viramos cada um para o seu
próprio caminho; mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos" ( Isaías
53: 6 ).

"Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo
da imundícia, e todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades, como
o vento, nos arrebatam" ( Isaías 64: 6 ).

"O homem bom pereceu da terra: e não há ninguém em pé entre os homens:


todos armam ciladas para sangue; caça cada um a seu irmão com uma rede"
( Miquéias 7: 2 ).

b. Todos os homens "vir destituídos da glória de Deus." O tempo está presente: todos os homens
são provenientes curto , ou seja, continuamente vindo curto da glória de Deus. Homens estão em
um estado ou condição de ser destituídos da glória de Deus (ver estudo mais profundo # 1, Glory-
Romanos 3:23 para discussão).

ESTUDO TOPICO# 1 (3:23) Glory- Deus, Glória de

. 3 ( 03:24 ) Righteousness- Justificação : a justiça só é possível através da justificação (ver


notas, Justificação - • Romanos 1:17 ; ESTUDO TOPICO# 1-Romanos 4:22 ; nota- •
Romanos 5: 1 para
discussão). Nota dois fatos significativos.
1 A justificação é um dom gratuito de Deus. Homem em nada ganha-lo. O homem é justificado pela graça
de Deus e pela graça de Deus. (Veja nota, Graça - • Romanos 4:16 ; nota, Graça - • Tito 2:15 . há mais discussão)

2 A justificação é somente por meio da redenção que há em Cristo Jesus ( en Christo Iesou PWS: 2111
)
(ver estudo mais profundo # 2, Redenção-Romanos 3:24 para discussão).

ESTUDO TOPICO# 2 (3:24) Redenção ( apolutroseos )

4. ( 03:25 ) Propitiation- Jesus Cristo, Sangue : a justiça é por um ato de Deus por si só, o ato de
propiciação. (Veja nota, propiciação - • 1 João 2: 1-2 ; estudo mais profundo # 1-1 João 2: 2 . há mais discussão)
Propiciação ( hilasterion PWS: 3065 ) significa ser um sacrifício, uma cobertura, uma satisfação, uma
pagamento, um apaziguamento para o pecado. Nota dois pontos muito importantes.

1 Deus é o único que "estabelecidos" ( proetheto PWS: 3480


) Cristo é a propiciação pelos pecados do
homem.

a. Deus propôs para "estabelecidos" Cristo: Deus determinou, resolvido, ordenado Cristo como
propiciação ou o sacrifício pelos pecados do homem.

b. Deus colocou Cristo "antes" ( pro ) o mundo como propiciação pelos pecados do mundo. O pró na
palavra grega proetheto PWS: 3480
(previsto) indica esse fato.

⇒ Deus estabeleceu Cristo perante si mesmo , propôs que ele fosse a propiciação ou o
sacrifício pelo pecado do homem.

⇒ Deus estabeleceu Cristo publicamente diante do mundo , mostrando que Ele é,


definitivamente, a propiciação pelos pecados do mundo.

2 É o próprio Cristo que é a propiciação pelos pecados do homem. Mas note-se: não é Seus ensinamentos,
poder, exemplo, ou a vida que fazem de Cristo a propiciação. É o Seu sangue Seu sacrifício, Sua morte, seus
sofrimentos, sua cruzada que faz com que Deus a aceitar Jesus como propiciação. É o sangue de Cristo, que
Deus aceita como ...

• o sacrifício pelos nossos pecados.

• a cobertura pelos nossos pecados.

• a satisfação dos nossos pecados.

• o pagamento da penalidade de nossos pecados.

• o apaziguamento da sua ira contra o pecado.

O que a Bíblia quer dizer com "o sangue de Cristo"? Isso significa que a vontade de Cristo para morrer
(derramou Seu sangue) para o homem. Isso significa que o sacrifício supremo Cristo pagou pelos pecados do
homem. Isso significa que os terríveis sofrimentos de Cristo submetidos pelos pecados do homem. (Veja
nota- • Mateus 20:19 ). Significa a colocação voluntária para baixo da Sua vida pelos pecados do homem
(João 10: 17-18 ).

"Portanto, em todas as coisas que convinha que fosse feito semelhante a seus irmãos, que ele
poderia ser um sumo sacerdote misericordioso e fiel nas coisas concernentes a Deus, para fazer
expiação [propiciação] pelos pecados do povo" ( Hebreus 2:17 ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar, temos
Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo., E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não
somente pelos nossos , mas também pelos pecados de todo o mundo "( 1 Jo 2, 1-2 ).

"Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas foi Ele que nos amou e
enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados" ( 1 João 4:10 ).

"Mas o publicano, estando em pé, nem ainda queria levantar muito os olhos ao céu, mas batia
no peito, dizendo: Ó Deus, sê propício [propícia] de mim, pecador" ( Lucas 18:13 ).

5. ( 3: 25-26 ) Righteousness- Justificação : a justiça tem um grande propósito para declarar o direito ea
justiça pessoal de Deus. Deus é justo e correto; portanto, Ele sempre faz o que é certo, e Ele sempre age com
justiça para com todas as pessoas. Esta é a razão que Ele providenciou uma justiça perfeita para o homem. Foi
a coisa a fazer: a coisa certa ea coisa só. Ele é justo por natureza; portanto, forneceu justiça para o homem. A
justiça de Deus é visto em quatro fatos gloriosos.

1 a justiça de Deus é visto em que Ele perdoa o pecado. Cristo morreu pelos nossos pecados, e Deus aceita
sua morte como a propiciação ou o sacrifício pelos nossos pecados. Agora note: Deus não traiu Cristo ou o
homem; Ele não rejeitou a morte de Cristo. Ele não agiu injustamente e injustamente. Pelo contrário, Deus
fez o que era certo. Ele agiu com retidão e justiça. Ele aceitou a morte de Cristo como sacrifício pelos nossos
pecados; portanto, o perdão dos pecados declara que Ele é justo.

"Porque isto é o meu sangue da nova aliança, que é derramado por muitos para remissão dos
pecados" ( Mateus 26:28 ).

"E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue, e sem derramamento de
sangue não há remissão" ( Hebreus 9:22 ).

"Assim também Cristo foi oferecido uma vez para tirar os pecados de muitos, para eles, olhar
para ele, ele deve aparecer a segunda vez, sem pecado para a salvação" ( Hebreus 9:28 ).

2. justiça de Deus é vista em Sua forebearance, que é, na sua perseverança e longanimidade com o pecado
do homem. Observe um fato mais glorioso: Deus não punir o homem por seu pecado, destruindo toda a
carne de sobre a terra; Deus esperou até que Cristo veio antes de condenar o pecado na carne . Lembre-se
de Deus é justiça perfeita; portanto, Ele tem de fornecer uma justiça perfeita para o homem "na carne".
⇒ Não havia homem que poderia encarnar a justiça perfeita.

⇒ Somente o Filho de Deus poderia e se encarnam a perfeita justiça.

O fato de que Deus esperou até que Cristo veio, que Deus estava forebearing em conter o castigo do
pecado, mostra que Deus é justo. A justiça de Deus ea sua justiça são declarados por Sua forebearance.

"Para que a lei não podia fazer, no que estava enferma pela carne, Deus enviando o seu próprio
Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, condenou o pecado na carne"
( Romanos 8: 3 ).

"Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a
lei, para remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a adoção de filhos. E, porque sois
filhos , Deus enviou o Espírito de seu Filho aos seus corações, que clama: Aba, Pai "( Gálatas 4, 4-
6 ).

3. justiça de Deus é vista na Sua justiça. Ele aceitou a morte de Cristo como o substituto de nossos
pecados; Ele exigiu a punição pelo pecado sobre Cristo. Ele fez a coisa certa e justa. Sua justiça é declarada
pela Sua justiça.

"Verdadeiramente ele tomou sobre si nossas dores e carregou com as nossas dores; e nós o
reputávamos por aflito, ferido de Deus ., e oprimido Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões,
e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre ele , e pelas suas
pisaduras fomos sarados Todos nós, como ovelhas, nos desviamos, nós viramos cada um para o seu
próprio caminho; eo Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos "(. Isaías 53: 4-6 ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que, mortos para
os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro 2:24 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos
a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

4. justiça de Deus é vista no seu ser justificador de todos os que crêem. Deus toma a nossa fé e os
considera como justiça. Ele toma a nossa fé e nos julga aceitável para ele. Agora, cada homem que pensa
sabe que não é justo, não é puro, não é santo, não sem pecado. O fato de que Deus aceita a morte de Cristo
como sacrifício pelos nossos pecados e nos justifica mostra uma verdade maravilhosa: ele mostra que Deus
é justo e correto. O fato de que Deus é o nosso justificador declara sua justiça.

"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não pudestes ser
justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).
"Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei" ( Romanos 3:28 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados
em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" ( 1 Cor 6:11. ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos justificados pela
fé" ( Gálatas 3:24 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 03:23 ) Glory- Deus, Glória de : a "glória de Deus" é o padrão de Deus para o homem. Significa Sua glória
moral . Significa Sua excelência, esplendor, brilho, brilho, esplendor, preeminência, dignidade, majestade e
graça. Isso significa que a perfeição absoluta de Deus, a perfeição da Sua pessoa. É esta "glória de Deus", que
exige que o homem correspondem perfeitamente com Deus, se o homem deseja estar em paz com Deus e
viver em Sua presença.

1. Glória é luz de luz, perfeito. É o mais alto grau de luz: a perfeição de esplendor, brilho, brilho,
esplendor. Isto é visto em muitas passagens.

⇒ João viu quão brilhante é a glória de Deus é quando ele teve a visão da nova Jerusalém. (A nova
Jerusalém será o centro ou o capital de um governo mundial nos novos céus e da terra.)

"A santa Jerusalém ... tendo a glória de Deus ; ea sua luz era semelhante a uma pedra,
preciosíssima, como a pedra de jaspe, como o cristal "( Apocalipse 21: 10-11 ).

"E a cidade não necessita de sol nem da lua, para que nela resplandeçam, porque a
glória de Deus a iluminou, eo Cordeiro é a sua lâmpada" ( Apocalipse 21:23 ).

⇒ Jesus experimentou a luz da glória de Deus.

"E [Jesus] foi transfigurado diante deles: o seu rosto resplandeceu como o sol, e as
vestes se tornaram brancas como a luz" ( Mateus 17: 2 ).

⇒ Paulo experimentou a luz da glória de Deus.


"Há uma grande luz brilhou ao redor de mim. E eu caí por terra .... E quando eu não
podia ver por causa do esplendor daquela luz, guiado pela mão dos que estavam comigo, e
cheguei a Damasco" ( Atos 22: 6 , 11 .; cp At 9, 3-9 ).

⇒ Moisés experimentou a luz da glória de Deus.

"Moisés wist [conhecia] não que a pele do seu rosto resplandecia, ele [Deus] falou com
ele ... a pele do seu rosto resplandecia, e eles [o povo] tinham medo de aproximar-se dele"
(Êxodo 34:29 -30 .; cp Êxodo 34: 29-35 ).

2. Glória é a pureza, pureza perfeita. É o mais alto grau de virtude e bondade, da qualidade e da
moralidade. É a mais alta excelência de caráter e da perfeição do ser.

"Deus é luz, e nele não há trevas" ( 1 João 1: 5 ).

"Não há bom senão um, que é Deus" ( Mateus 19:17 ).

"O vosso Pai que está nos céus é perfeito" ( Mateus 5:48 ).

"Só Tu és santo" ( Apocalipse 15: 4 ).

3 Glória é majestade, majestade perfeito. É o mais alto grau de superioridade e magnificência, da


dignidade e da honra, de que merece adoração e louvor.

"Eu vi o Senhor sentado sobre um trono alto e exaltado .... E clamavam uns aos outros, e disse:"
Santo, santo, santo é o Senhor dos Exércitos: toda a terra está cheia da sua glória "( Is 6: 1 ,3 ).

"Porque assim diz o Alto eo Excelso, que habita na eternidade e cujo nome é santo: habito no
alto e santo lugar" ( Isaías 57:15 ).

"O Senhor reina, Ele está vestido de majestade" ( Salmo 93: 1 .; cp Salmo 97: 1 ).

4. Glória está sendo, ser perfeito. É o mais alto grau de valor, qualidade e mérito, preciosidade e
valor. (Veja um estudo mais profundo # 1-João 17: 2-3 ).
"Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por
tua vontade são e foram criadas" ( Apocalipse 4:11 ).

"Eu sou Ele: antes de mim deus nenhum se formou, nem haverá depois de mim" ( Isaías 43:10 ).

"Não há bom senão um, que é Deus" ( Mateus 19:17 ).

ESTUDO TOPICO# 2
( 03:24 ) Redenção ( apolutrōseōs PWS: 3209 ): para redimir, para entregar, pagando um preço. (Ver
nota, Redenção - • Ef 1:. 7 para mais discussão.) A palavra é usada de três maneiras no Novo Testamento.

1 Significa resgatar ( agorazo ): para entregar; libertar do mercado de escravos do pecado, a morte eo
inferno.

"Porque fostes comprados [redimiu] com um preço: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no
vosso espírito, os quais pertencem a Deus" ( 1 Co 6:20. ).

"Fostes comprados [redimiu] com um preço; não vos façais servos dos homens" ( 1 Cor 7:23. ).

"Mas houve também falsos profetas entre o povo, assim como haverá entre vós falsos mestres,
que secretamente [enganosamente] quais introduzirão encobertamente heresias de perdição, e
negarão o Senhor que os comprou [redimiu] eles, trazendo sobre si mesmos repentina destruição"
( 2 Pedro 2: 1 ).

2 Significa resgatar de ( exagorazo ): entregar de escravidão ao pecado, a morte eo inferno. Significa ser
entregues de e nunca mais voltou.

"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito:
Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro" ( Gálatas 3:13 ).

"Para remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a adoção de filhos" ( Gl 4: 5 ).

3 Isso significa resgatar ( lutroo ): entregar, pagando um preço; para comprar.

"Quem deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo
todo seu, zeloso de boas obras" ( Tito 2:14 ).
"Porquanto vós sabeis que não foi com coisas corruptíveis, como prata e ouro, da vossa vã
maneira que por tradição recebestes dos vossos pais" ( 1 Pedro 1:18 ).

A redenção é "em Cristo Jesus" ( en Christou lesou ), feito por meio de Sua morte e sofrimentos. Quanto
a isto não pode haver dúvida; o fato é fundamental para o destino de uma pessoa. Redenção é não trouxe ...

• pela vida de Cristo.

• pelo poder de Cristo.

• através do exemplo de Cristo.

A Escritura é muito claro sobre isso. Sua cruz e do seu sacrifício na morte são o que trouxe a
redenção. Redenção é ...

• realizado • efectuado

• uma realidade • uma verdade

• forjado • cumprida

• produzido • um fato

... Por causa do sangue derramado de Jesus Cristo, próprio Filho de Deus.

"Porque a vida da carne está no sangue, e eu o dei a vocês sobre o altar para fazer expiação
pelas vossas almas: porquanto é o sangue que fará expiação pela alma" ( Levítico 17:11 ).

"Bem como o Filho do homem não veio para ser ministrado a, mas para servir e dar a sua vida
em resgate por muitos" ( Mateus 20:28 ).

"Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus"
( Romanos 3:24 ).

"Porque fostes comprados [redimiu] com um preço: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no
vosso espírito, os quais pertencem a Deus" ( 1 Co 6:20. ).

"Fostes comprados [redimiu] com um preço; não vos façais servos dos homens" ( 1 Cor 7:23. ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua
graça" ( Efésios 1: 7. ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados" ( Cl 1:14 ).

"Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem, que se
entregou em resgate por todos, para servir de testemunho a seu tempo" ( 1 Tm 2, 5-6. ).
"E por isso é mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das
transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da
herança eterna" ( Hebreus 9:15 ).

"Porquanto vós sabeis que não foi com coisas corruptíveis, como prata e ouro, da vossa vã
maneira que por tradição recebestes dos vossos pais, mas pelo precioso sangue de Cristo, como de
um cordeiro sem defeito e sem mácula" ( 1 Pedro 1: 18-19 ).

"Mas houve também falsos profetas entre o povo, assim como haverá entre vós falsos mestres,
que secretamente quais introduzirão encobertamente heresias de perdição, negando até o Senhor
que comprou [redimiu] eles, trazendo sobre si mesmos repentina destruição" ( 2 Pedro 2: 1 ).

"E cantavam um cântico novo, dizendo: Tu és digno de receber o livro e de abrir-lhe os selos,
porque foste morto, e redimiu-nos a Deus com o teu sangue de toda a tribo, e língua, e povo, e
nação "( Apocalipse 5: 9 ).

"E cantavam um como cântico novo diante do trono, e diante dos quatro animais e dos anciãos:.
E ninguém podia aprender aquele cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que foram
comprados da terra Estes são os que não se contaminaram com mulheres, pois são virgens Estes
são os que seguem o Cordeiro withersoever ele vai Estes foram comprados dentre os homens para
serem as primícias para Deus e para o Cordeiro "(.. Apocalipse 14: 3-4 ).

Romanos 3: 27-31

B. Fé: A maneira que põe fim à Gozando Humana e do orgulho, a auto-justiça e Obras, 3: 27-31 Veja: DS1
1 exclui Fé ostentando (v.27)
a. Funciona causa ostentando em si mesmo (v.27a)
b. A fé faz com que ostenta em Deus (v.27b)
2 A fé justifica um homem sem as obras da lei (v.28)
3 A fé revela apenas um Deus que trata todos igualmente (v.29-30)
a. Ele criou tudo: Ele é o Deus de todos (v.29)
b. Ele é o único Deus: Todos são justificados no mesmo caminho, pela fé (v.30)
4 A fé sustenta e estabelece a lei (v.31)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21
B. Fé: A maneira que põe fim à Gozando Humana e do orgulho, a auto-justiça e Obras, 3: 27-31
( 3: 27-31 ) Introdução : uma das forças mais poderosas em todo o mundo é a fé. Esta passagem discute o
poder da fé, revelando quatro coisas que a fé faz.

1. exclui Fé ostentando (v.27).

2. fé justifica um homem sem as obras da lei (v.28).

3. fé revela apenas um Deus, que lida com todos igualmente (v.29-30).

4. fé sustenta e estabelece a lei (v.31).

ESTUDO TOPICO# 1 (3: 27-31) Fé

1. ( 03:27 ) fé- Boasting- Auto-justiça : exclui fé ostentando entre os homens. Gozando fica excluído e
eliminado, baniu e fez impossível. Nenhum homem pode se orgulhar de si mesmo diante de Deus. Nenhum
homem pode se orgulhar de sua própria justiça, a bondade, o mérito, ou virtude.

O que é que impede o homem de vanglória e gloriar-se em si mesmo? Isso é intrigante. Pense nisso, todos
os avanços do homem ...

• os avanços científicos e tecnológicos.

• os avanços médicos e de saúde.

• os avanços comerciais e agrícolas.

• o conforto e avanços recreativas.

Quando o homem é considerado, o poder da sua mente e tudo o que ele é capaz de produzir, é muito
difícil para alguns entender por que o homem não pode gabar-se em si mesmo. O que é, então, que proíbe
ao homem se gloriar em si mesmo? Que tipo de lei proibiria homem de gloriar-se em sua capacidade e
realizações?

1 Não é a lei das obras . A lei das obras não exclui jactância; promove jactância. Quando um homem olha
para o que ele fez, as obras de suas mãos, ele é levado a se vangloriar e glória em si mesmo. A lei das obras
não desanima jactância, incentiva-lo. A lei das obras incentiva o homem a ser egoísta, egocêntrico, arrogante
e hipócrita. Isso faz com que um homem para estar diante de Deus, e outros homens e declarar que ele ...

• é mais aceitável do que outros.

• é mais merecedor do que outros.

• tem conseguido mais do que outros.


• é mais suficiente do que outros.

• é mais adequada do que outros.

• não tem necessidade além de si mesmo e este mundo.

A lei das obras faz com que os homens se focado em si mesmo. Isso faz com que os homens a centralizar
o mundo em torno de si: a olhar para si como o poder que cria e sustenta o mundo, como o poder que dá
propósito, significado e importância para a vida. A lei das obras incentiva jactância; não exclui-lo.

"A mente não high coisas, mas condescendente com os homens de baixa condição. Não sejais
sábios aos vossos próprios olhos" ( Romanos 0:16 ).

"Mas agora vos alegrais em vossas presunções: toda a glória tal como é o mal" ( Tiago 4:16 ).

"Como dizes: Rico sou, e aumentou com a mercadoria, e não preciso de nada, e nem sabes que
tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu" ( Apocalipse 3:17 ).

"Porque o ímpio gloria-se do desejo do seu coração, e abençoa a cobiça, a quem o Senhor
abomina" ( Salmo 10: 3 ).

"Aqueles que confiam nos seus bens e se gloriam na multidão das suas riquezas, nenhum deles
de modo algum pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dele" ( Salmo 49: 6-7 ).

"Não sejas sábio aos teus próprios olhos: teme ao Senhor e aparta-te do mal" ( Provérbios 3:
7 ).

"Homem que se gaba-se de um presente falso é como nuvens e ventos que não trazem chuva"
( Provérbios 25:14 ).

"Vês um homem que é sábio a seus próprios olhos? Há mais esperança de um tolo do que para
ele" ( Provérbios 26:12 ).

"Não te glories do amanhã, porque não sabes o que um dia poderá trazer" ( Provérbios 27: 1 ).

"Ai dos que são sábios aos seus próprios olhos, e prudentes em seu próprio vista!" ( Isaías
05:21 ).

2 É a lei da fé . A lei da fé exclui o orgulho. O homem tem que te glorias em Deus quando o homem acredita
que a Bíblia acaba de declarar ( Romanos 1: 18-3: 26 ) ...

• que Deus é (existe),

• que Deus é o criador do universo e pode ser conhecido pelo homem,

• que o homem é destituídos da glória de Deus ea justiça,

• que Deus proveu a justiça para o homem por meio da fé .


É Deus quem criou e deu ao homem a sua capacidade e que tem proporcionado a justiça para o
homem. Deus providenciou o caminho para o homem ser salvo do pecado, a morte eo inferno. Portanto, o
homem tem que te glorias em Deus e não em si mesmos, pois Deus é o único que deu ao homem tudo o que
ele tem, tanto a sua habilidade natural e sua salvação eterna. É a lei da fé, e não a lei das obras que elimina
jactância.

"Para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie no Senhor" ( 1 Cor 1:31. ;. cp . 2
Coríntios 10:17 ).

"Porque fostes comprados por bom preço: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso
espírito, os quais pertencem a Deus" ( 1 Co 6:20. ).

"Para que o nome de nosso Senhor Jesus Cristo seja em vós glorificado, e vós nele, segundo a
graça de nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo" ( 2 Ts. 1:12 ).

"Vós, que temeis o Senhor, louvai-o" ( Salmo 22:23 ).

"Em Deus nos gloriamos todo o dia, e louvamos o teu nome para sempre" ( Salmo 44: 8 ).

"No Senhor toda a descendência de Israel ser justificada e se glória" ( Isaías 45:25 ).

"Mas o que se gloriar, glorie-que ele entender e me conhecer, que eu sou o Senhor, que faço
misericórdia, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR" (Jeremias 9:
24 ).

2. ( 03:28 ) fé- Justificação : a fé justifica um homem sem as obras da lei. Isto é de extrema importância. Um
homem é justificado pela fé e não pelas obras da lei. Gozando mostra isso. Quem é digno de ser louvado e
configurar como sujeito de glória? É o homem em quem se gloriar? O homem é o único que deve ser
glorificado? Se criou o próprio homem e salvou-se do pecado e da morte por suas próprias obras e ações,
então ele é o único a ser glorificado. Mas o que o homem pode fazer estas coisas? O homem não se fazer
nem o homem pode salvar a si mesmo. Quando consideramos que o homem é corruptível, e que o homem
não pode fazer nada além desta vida, então jactância é excluída. Portanto, o homem não é justificado diante
de Deus pelas obras da lei; ele é justificado pela fé, crendo em Deus e Sua justiça. (Veja
nota, Justificação - • Romanos 4: 1-3 ;estudo mais profundo # 2-Romanos 4:22 ; nota, Justificação- • Romanos
5: 1 para mais discussão.)

Pensamento 1 . Apesar da grande capacidade e todas as maravilhosas realizações do homem, o


homem ainda é incapaz de controlar as coisas moralmente, incapaz de viver em amor, alegria e paz
com os outros.Ele é incapaz de controlar a vergonha ea devastação do egoísmo e da ganância, doença
e acidente, o pecado ea morte. A única esperança do homem é chegar diante de Deus ...

• não ostentando e gloriar-se em si mesmo, mas curvando-se com toda a humildade.

• acreditar na lei da fé: que Deus salva e justifica o homem por crer na justiça de Jesus Cristo.
"E ele [Abraão] acreditava no Senhor, e ele contou -lhe isto por justiça
"( Gênesis 15: 6 ).

"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não
pudestes ser justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).

"Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé sem as obras da lei"


( Romanos 3:28 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus
Cristo" ( Romanos 5: 1 ).

"Tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas
fostes justificados em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" ( 1
Cor 6:11. ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos
justificados pela fé" ( Gálatas 3:24 ).

3. ( 3: 29-30 ) Deus, Nature- Universal Pai- Imparcial : a fé revela apenas um Deus que trata a todos
igualmente. (Veja nota, Deus, a Natureza - • Marcos 12: 29-31 para mais discussão.)

1 Deus criou todos; por isso, Ele é o Deus de todos. Não existe um Deus do judeu (religioso) e outro Deus
do gentio. Não há deuses diferentes das raças e nações do mundo, não um deus diferente da África e um
deus diferente da Índia, e um deus diferente para os árabes, e um deus diferente para os americanos e assim
por diante. Imagine a loucura de tal idéia! No entanto, como comum a idéia é! Há somente um Deus que
criou o universo e somente um Deus que é o Deus de toda a humanidade.

a. Há somente um Deus que criou todas as coisas: "Um só Deus, o Pai, de quem são todas as coisas, e
nós nele" ( 1 Cor 8. 6 ).

b. Há somente um Deus que fez todos os homens iguais: "Quem fez de um sangue todas as nações
dos homens" ( Atos 17:26 ).

c. Há somente um Deus "em quem vivemos, nos movemos e temos nosso ser" ( Atos 17:28 ).

"E a ninguém chameis vosso pai [Deus] sobre a terra, porque um só é o vosso Pai, que
está nos céus" ( Mateus 23: 9 ).

"Um só Deus e Pai de todos, que está acima de todos, e por todos e em todos" ( Ef 4:
6. ).
"Além disto, tivemos nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os
respeitávamos: não devemos estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então a
vida" ( Hebreus 12: 9 ).

"Não temos nós todos um mesmo Pai? Não o mesmo Deus que nos criou?, Por que
agimos aleivosamente cada um contra seu irmão, profanando a aliança de nossos
pais?" (Malaquias 2:10 ).

2 Deus é o único Deus; portanto, todos são justificados no mesmo caminho, pela fé. Deus não tem
favoritos e mostra parcialidade. Deus não torná-lo mais diffucult para alguns para serem salvos. Deus é
Deus; isto é, Ele é perfeitamente justo e equitativo em todo o Seu trato.

a. Lá "não é [apenas] um só Deus, que justificará pela fé a circuncisão ea incircuncisão, mediante a fé"
( Romanos 3:30 ).

b. "Não é [apenas] um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" ( 1
Tm 2. 5 ).

"Então Pedro, tomando a palavra, disse: Na verdade reconheço que Deus não faz
acepção de pessoas" ( Atos 10:34 ).

"E [Deus] não fez diferença alguma entre eles e nós, purificando os seus corações pela
fé" ( Atos 15: 9 ).

"Pois não há acepção de pessoas com Deus" ( Romanos 2:11 ).

"Pois não há distinção entre judeu e grego; porque o mesmo Senhor de todos, rico para
com todos os que o invocam" ( Romanos 10: 12-13 ).

O ponto é este. Quando um homem confia em Deus para salvá-lo e contar-lhe justo em Cristo, a fé daquele
homem prova ...

• que Deus é, que existe apenas um Deus vivo e verdadeiro.

• que Deus trata todos os homens igualmente; que ele, o pecador, é salva apenas como todos os
outros crentes.

4. ( 03:31 ) Lei fé- : confirma a fé e estabelece a lei. Isso significa pelo menos três coisas.
1. Jesus Cristo estabeleceu a lei. Jesus era tudo o que Deus disse que um homem deve ser. Ele era o ideal
de tudo o que Deus quer que o homem seja. Portanto, Jesus cumpriu a lei perfeitamente.
Mas há algo mais. Jesus não só cumpriu os estatutos da lei; Ele cumpriu a pena da lei. Ele pegou a pena
ea punição do homem sobre si mesmo e morreu pelo homem. O homem é, assim, absolvido da pena e castigo
exigido pela lei. Portanto, Jesus estabeleceu a lei, cumprindo ambos os estatutos e penalidade exigida pela
lei. (Veja um estudo mais profundo # 2 Mateus 05:17 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 8: 3 .)

"Não penseis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir" ( Mateus
5:17 ).

"Para que a lei não podia fazer, no que estava enferma pela carne, Deus enviando o seu próprio
Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, condenou o pecado na carne"
( Romanos 8: 3 ).

"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito:
Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro" ( Gálatas 3:13 ).

2 O crente estabelece a lei, quando ele admite que é um disjuntor lei ou um pecador. Ao fazer isso, ele
admite que a lei é boa. A lei é boa, porque ele aponta seu pecado ( Romanos 3: 19-20 ; Romanos
5:20 ; Romanos 7: 7 ; Gálatas 3:19 ). Faz-o culpado e leva-lo a confessar a sua necessidade de ajuda externa
de si mesmo. Mas a lei também é bom porque aponta o homem a Cristo. Ele faz o homem lançou-se à
Cristo para a justiça .Obriga-o a acreditar em Deus e honrar a Deus. Portanto, a fé do crente estabelece a lei.

"Portanto, em seguida, serve a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse
a posteridade a quem a promessa tinha sido feita" ( Gálatas 3:19 ).

"Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo
fosse dada aos que crêem .... E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que
fôssemos justificados pela fé" ( Gálatas 3:22 , 24 ).

"Pois Cristo é o fim da lei para justiça de todo aquele que crê .... Que se tu confessares com a
tua boca o Senhor Jesus e creres no teu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás
salvo Porque com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação
"(. Romanos 10: 4 , 9-10 ).

3 O crente estabelece a lei (muito mais do que um legalista), porque em ver o que Cristo fez por ele, ele
é levado para agradar a Deus. O crente vê Cristo levando a culpa e punição por seus crimes (pecados), e
depois se curva no amor e adoração, e surge para trabalhar em agradecimento por esse amor incrível. O
crente tenta ser bom, não para ganhar ou para ganhar a justiça, mas para servir a Deus. Ele não tenta colocar
Deus em dívida para a salvação, mas ele agradece a Deus por justiça, uma vez que ele deve a Deus qualquer
serviço que ele pode fazer. O crente verdadeiro tem vindo a conhecer sobre todos os outros que o amor é
uma força muito mais forte do que o medo.
"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos,
logo todos morreram, e que ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si
mesmos, mas para aquele que morreu por eles, e ressuscitou "( 2 Cor 5, 14-15. ).

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; ea
vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim
"( Gálatas 2:20 ).

"Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a nossa vida
pelos irmãos" ( 1 João 3:16 ).

ESTUDO TOPICO# 2

( 02:24 ) Acredite Commit : a palavra "comprometer" ( episteuen PWS: 653


) é a mesma palavra "acreditar"
( episteusan ) (cp. João 2:23 ). Isto dá uma excelente imagem da fé salvadora , de que a fé genuína é-o tipo
de fé que realmente salva uma pessoa.

1. fé salvadora não é cabeça de conhecimento, e não apenas uma convicção mental e intelectual
favorável. Não é apenas o fato de acreditar que Jesus Cristo é o Salvador do mundo. Não é apenas acreditar
história, que Jesus Cristo viveu na terra como o Salvador, assim como George Washington viveu na terra
como o Presidente dos Estados Unidos. Não é apenas acreditar nas palavras e afirmações de Jesus, da mesma
forma que uma pessoa acreditaria nas palavras de George Washington.

2 A fé salvadora é crer em Jesus, quem e que Ele é, que Ele é o Salvador e Senhor da vida. É um homem
que dá e transformando sua vida a Jesus. É um homem lançando-se sobre Jesus como Salvador e Senhor.

3. Saving fé é compromisso, o compromisso de ser total do homem e da vida de Jesus Cristo. É o


compromisso de um homem de tudo o que ele é e tem a Jesus. Dá Jesus tudo; portanto, envolve todos os
assuntos de um homem. O homem confia em Jesus para cuidar de seu passado (pecados), seu presente (bem-
estar), e seu futuro (destino). Ele confia a sua vida inteira, estar e bens nas mãos de Jesus. Ele deita-se sobre
a manutenção de Jesus, confiando n'Ele sobre suas necessidades diárias e reconhecê-Lo em todas as formas
de vida. Ele segue Jesus em todas as áreas e em todos os detalhes da vida, em busca de suas instruções e
deixando seu bem-estar depende Dele. É simplesmente o compromisso de todo o ser de um homem, tudo o
que ele é e tem, para Jesus. (Veja nota- • João 4:50 ; nota, pt.4- • Hebreus 5: 5-10 .)

Existem três etapas envolvidas na fé, passos que são vistos claramente nesta passagem. (Veja
nota- • Romanos 10: 16-17 para mais discussão.)

1 Não é o passo de ver ( João 2:23 ), ou ouvir ( Romanos 10:16 ). Um homem deve estar disposto a ouvir
a mensagem de Cristo, a revelação da verdade.

2 Não é a etapa de aceitação mental . Um homem deve concordar que a mensagem é verdadeira, de que
os fatos do caso são assim e assim. Mas isso não é suficiente. Mere acordo não leva à ação. Muitos uma
pessoa sabe que algo é verdade, mas ele não muda seu comportamento para combinar o seu
conhecimento. Por exemplo, um homem sabe que comer muito prejudica o seu corpo, mas ele pode
continuar a comer demais.Ele concorda com a verdade e sabe a verdade, mas ele não faz nada sobre
isso. Uma pessoa pode acreditar e saber que Jesus Cristo é o Salvador do mundo e ainda assim não fazer
nada sobre isso, nunca tomar a decisão de seguir a Cristo. Este homem ainda não tem fé, não é o tipo de fé
que a Bíblia fala sobre.

3 Não é a etapa de compromisso . Quando o Novo Testamento fala de fé, fala de compromisso ,
um compromisso pessoal com a verdade . Um homem ouve a verdade e concorda que ela é verdadeira e faz
alguma coisa sobre isso. Ele comete e produz a sua vida à verdade. A verdade torna-se uma parte de seu
próprio ser, uma parte de seu comportamento e de vida.

ESTUDO TOPICO# 2
( 10:38 ) A fé : o crente cristão é andar pela fé, não por sentimentos e emoções. A tendência das pessoas, até
mesmo dos cristãos, é viver pelos seus sentimentos e emoções. Eles agem de acordo com seus
sentimentos.Eles experimentam alguma emoção, para que eles se comportam de acordo com a emoção. Se
eles se sentem mal, eles agem de forma irresponsável: resmungando, reclamando, e reagir. Se eles se sentem
bem, eles agem feliz. Seu comportamento é determinado pela forma como eles se sentem e reagem às
experiências emocionais.

Viver por seus sentimentos é contrário à vontade de Deus. "O justo viverá pela fé" -este é a vontade de
Deus. O cristão é deixar o controle fé dele. Ele é deixá-fé controlar sua vida e os problemas particulares que
ele todos os confrontam com tanta frequência.

Como é que um crente viver pela fé? O que significa viver pela fé ? Isso significa que fazer quatro coisas:
de forma consistente.

1 O crente é comprometer sua vida e seus problemas a Deus, durante todo o dia, em todas as suas horas
de vigília. Ele é levar as experiências e os problemas de sua época e os entrego a Deus de uma vez por
todas .Ele é acreditar que Deus ouve o seu compromisso e dá a força para caminhar triunfante ao longo do
dia. Ele é saber que Deus não gosta de um choramingar, criança choramingando pedindo e implorando para
a força quando tudo o que ele está fazendo é chafurdar em torno de auto-piedade.

2 O crente é negar a si mesmo. A sentimentos, emoções, eo egoísmo da sua carne, devem ser rejeitadas,
mesmo ignorado, se necessário.

3 O crente é agir como se tivesse feito um compromisso com Deus. Ele fez um compromisso, então ele
está a agir como ele. Seus sentimentos são irrelevantes. Ele é agir com responsabilidade. Ele é ir em frente e
fazer o que ele deve fazer. Ele é comportar-se como devia.

4 Então, enquanto o crente está fazendo o que deveria fazer, ele deve ser pedir a Deus por Sua graça e
força. Ele deve ser reconhecer Deus em todos os seus caminhos ao longo do dia todo. Ele é caminhar em
oração durante todo o dia, pedindo perdão quando ele vem de curto e escorrega e cai, e louvando e
agradecendo a Deus por Sua misericórdia e graça eterna.

Deus não direcionar o caminho do crente e, em seguida, o crente se sente bem e vai fazendo o certo. É
quando o crente está indo sobre seus negócios de forma responsável para que Deus lhe dirige os
caminhos. Esta é a vida do novo e viver a fé operada pelo Senhor Jesus Cristo para aqueles que acreditam e
seguem.

Romanos 4: 1-8

C. Logica: O que a fé por si só justifica a Homem, 4: 1-8 Veja: DS1


1 A lógica da justificação de Abraão (v.1-3)
a. Ele não foi justificado pelas obras (obras não podem qualificar-se uma para a glória diante de Deus)
(v.2)
b. Ele foi justificado por crer em Deus (v.3)
2 A lógica do trabalhador ou trabalhador (v.4-5)
a. Obras da dívida pública (v.4)
b. Acreditar em Deus significa justiça (v.5)
3 A lógica de Davi abençoou o homem (v.6-8)
a. O homem bem-aventurado o homem que é considerado justo sem as obras (v.6)
b. O homem bem-aventurado é o homem cujos pecados são perdoados e cobertos (v.7)
c. O homem bem-aventurado é o homem cujos pecados não são contados (v.8)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

C. Logica: O que a fé por si só justifica a Homem, 4: 1-8

ESTUDO TOPICO# 1 (4: 1-25) judeus Abraham-, o descendentes- Justificação- Righteousness- Nova Criação

( 4: 1-8 ) Introdução : a maioria das pessoas pensam que se tornar aceitável a Deus, fazendo o melhor que
podem. A maioria, na verdade, acredito que eles garantir a aprovação de Deus por ser razoavelmente bom:
por ser um cidadão respeitável e reto e por ocasionalmente ajudar os outros que são menos
afortunados. Mas note-se um fato surpreendente: o homem não é justificado pelas obras, mas pela fé. Logica
comprova o fato.

1 A lógica da justificação de Abraão (v.1-3).


2 A lógica do trabalhador ou trabalhador (v.4-5).

3 A lógica de Davi "homem abençoado" (v.6-8).

1. ( 4: 1-3 ) Abraham- Righteousness- Justificação- Obras contra a fé : a lógica da justificação de


Abraão. Uma pessoa pode olhar para a vida de Abraão e ver logicamente que um homem não é justificado
pelas obras, mas pela fé.

1. Abraão não foi justificado pelas obras, para obras não pode qualificar uma pessoa para a glória diante
de Deus. Agora, note o seguinte: se Abraão foi justificado pelas obras ...

• ele estaria qualificado para a glória diante dos homens.

• mas ele não estaria qualificado para a glória diante de Deus.

Pense nisso, a lógica, a clareza da questão. Nenhum homem é sempre qualificado para a glória diante de
Deus. Nenhum ato ou do trabalho ou da combinação de atos e obras jamais poderia elevar o homem a uma
altura tal que ele poderia glória ou se qualificar diante de Deus.

2 Abraão foi justificado por crer em Deus. O que aconteceu foi isso. Abraão creu em Deus, e Deus teve fé
de Abraão e contou sua crença como justiça. Não foi obra de Abraão, mas a sua fé de que Deus levou e
contou como justiça. Foi tudo um ato de Deus; portanto, toda a glória pertence a Deus, não a Abraão. O
homem é salvo pela fé; isto é, Deus toma a fé de um homem e conta que a fé do homem como justiça. Esta
tem que ser o caso.

⇒ Deus é perfeito; Ele é perfeitamente justo. Ninguém pode alcançar a perfeição; portanto, ninguém
pode viver na presença de Deus.

⇒ No entanto, Deus é amor. Então, o que Deus faz é tirar a fé de uma pessoa (a fé de qualquer
pessoa que é verdadeiramente sincero) e conta que a fé como justiça, como a perfeição. Portanto,
um homem é capaz de viver na presença de Deus, pela fé ou justificação.

"Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome, e
em teu nome não expulsamos demônios, e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
E então direi-lhes: Eu nunca vos conheci: afastar de mim, vós que praticais a iniqüidade
"( Mateus 7: 22-23 ).

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei vem
o pleno conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).

"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo,
temos também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e
não pelas obras da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gálatas 2:16 ).
"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus:
não de obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. ).

"Mas quando apareceu a bondade eo amor de Deus, nosso Salvador, para com os
homens, não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua
misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo"
( Tito 3: 4-5 ).

Pensamento 1 . Porque é que Deus justifica o homem por meio da fé? Há pelo menos duas razões.

Em primeiro lugar, Deus ama a todos com um amor perfeito. Deus quer que todos vivam com ele
em um perfeito estado de ser por toda a eternidade. Deus é perfeito; portanto, somente Ele pode
fornecer a única forma perfeita para o homem viver em Sua presença. Porque Deus é amor, Ele
estendeu a mão para o homem, fornecendo desta forma perfeita através de Jesus Cristo, Seu Filho.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que
crê não pereça, mas tenha a vida eterna Porque Deus não enviou o seu Filho ao mundo para
condenar o mundo,. Mas que o mundo através dele pode ser salvo "( João 3: 16-17 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que
me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a
vida" (João 5:24 ).

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores,
Cristo morreu por nós" ( Rm 5, 8 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para
levar-nos a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

Segundo, Deus ama Seu Filho com um amor perfeito. Qualquer pessoa que honra o Filho de Deus
crendo Nele é aceito por Deus. Isto é, Deus toma a crença da pessoa e conta como justiça. A pessoa
recebe o direito de viver na presença de Deus em um estado perfeito de ser . "Nós obtivemos uma
herança ... que deveríamos ser "(um estado de ser que é para ser eternamente vivido para o louvor
da glory- de DeusEfésios 1: 11-12. ).

"Enquanto ele ainda falava, eis que uma nuvem luminosa os cobriu, e dela saiu uma voz
da nuvem, que dizia: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo; ele ouvi" ( Mateus
17: 5 ).

"Por isto o Pai me ama, porque dou a minha vida, que eu poderia levá-la de novo" ( João
10:17 ).
"Como o Pai me amou, assim também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor"
( Jo 15, 9 ).

"Porque o próprio Pai vos ama, porque vós me amastes, e crestes que saí de Deus"
( João 16:27 ).

"Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo
conheça que tu me enviaste e os amaste, como me amaste a mim" ( João 17:23 ).

"E eu tenho declarou-lhes o teu nome, e declará-lo: que o amor com que me tens amado
esteja neles, e eu neles esteja" ( João 17:26 ).

"Para louvor da glória de sua graça, que ele nos concedeu gratuitamente no Amado"
( Efésios 1:. 6 ).

"Ele nos libertou do império das trevas e nos transportou para o reino do seu Filho
amado" ( Cl 1:13 ).

2. ( 4, 4-5 ) funciona-Justiça : a lógica do trabalhador ou operário. Uma pessoa pode olhar para o dia a dia
trabalhador e logicamente ver que o homem não é justificado pelas obras, mas pela fé.

1. Works significa dívida . Quando um homem trabalha, alguém lhe deve algo. Se um homem pudesse
trabalhar para a justiça, isto é, o trabalho para que Deus lhe deve a justiça, então Deus seria dever do
homem.Mas Deus, sendo Deus, é completamente auto-suficiente; Portanto, ele não pode ser colocado em
dívida para com qualquer homem. Ele não pode ser feita ou forçado a fazer qualquer coisa.

2 Acreditar em Deus significa justiça. É o "ímpio" que acreditam que são considerados justos (cp. Romanos
5: 6 ). Isso ocorre porque o homem que admite que é ímpio é o homem que rejeita a si mesmo, sentindo sua
necessidade de ajuda divina em assuntos espirituais. Ele está pronto para se entregar e honrar e glorificar a
Deus. Por isso, ele centraliza e envolve toda a sua vida em torno de Deus, dependendo apenas Deus por
justiça.

Pensamento 1 . Deus nunca pode afastar uma pessoa que sente e confessa a sua impiedade e que
deseja reconhecer e glorificar a Deus. Deus é amor, eo amor de Deus é obrigado a ser movido por tão
humilde e um ato de fé.

"? Por que diz a Escritura Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça"
( Romanos 4: 3 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Gálatas 3: 6 ).
"E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé
em Cristo, a justiça que vem de Deus pela fé" ( Fl 3. 9 ).

O ensino inverso da Escritura precisa ser lembrado: o homem que não admitir que ele é ímpio, que
não rejeita auto e sentir a necessidade de ajuda divina é o homem declarou ser auto-suficiente e auto-
justos.Por isso, ele é pronunciado sem justa causa, não tanto porque Deus o rejeita como o fato de
que ele já rejeitou Deus.

"Aquele que crê nele não é condenado, mas quem não crê já está condenado,
porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus" ( João 3:18 ).

"Eu disse, portanto, vos que morrereis nos vossos pecados; porque, se vós que eu sou
ele acredita, morrereis nos vossos pecados" ( João 8:24 ).

"Acautelai-vos, porém, irmãos, que nunca haja em qualquer de vós um coração mau e
infiel, para se apartar do Deus vivo" ( Hebreus 3:12 ).

"A maioria dos homens apregoa a sua própria bondade, porém o homem fidedigno
quem o achará?" ( Provérbios 20: 6 .; cp Mateus 7:21 ).

"Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, e contudo nunca foi lavada da sua
imundícia" ( Provérbios 30:12 ).

3. ( 4: 6-8 ) imputar Forgiveness- : a lógica de Davi homem abençoado . Uma pessoa pode olhar para a
profecia, o homem descrito por David e ver claramente que a justificação não é pelas obras, mas pela fé
(cp.Salmo 32: 1-2 ). Observe que o homem bem-aventurado.

1 O homem bem-aventurado o homem que é contado justo sem as obras. Note a palavra "imputar"
( logizomai PWS: 2109 ). Significa que contar, para contar, para colocar a sua conta, ao crédito, para
depositar.Basta pensar por um momento. Se créditos Deus e conta um homem justo "sem obras", então nós
sabemos uma coisa: o homem não é justificado pelas obras, mas pela fé . (Veja um estudo mais profundo #
1 considerai-Romanos 6:11 para mais discussão.)

Pura lógica nos diz isso. Portanto, o homem bem-aventurado o homem que tem a
justiça imputada , creditados , contado a ele ...

• não por causa de suas obras,

• mas porque ele crê em Deus, e Deus o ama tanto que Ele leva a crença do homem e conta como
justiça.
2 O homem bem-aventurado é o homem cujos pecados são perdoados e cobertos. Pense por um
momento. Ilegalidade (pecado) existe, apesar de todos os trabalhos e esforços de homens para eliminá-
lo. Não importa como homens duros tentar, ilegalidade ainda existe. Se a ilegalidade deve ser tratado, ele
tem que ser tratado por Deus e somente Deus. Ele simplesmente tem que perdoar a iniquidade do homem
(pecado).

Agora note: a lógica nos diz que, se Deus ama muito, ama o suficiente para simplesmente perdoardes aos
homens pelo pecado, então a justificação não é pela lei, mas pela fé.

3 O homem bem-aventurado é o homem cujos pecados não são imputados ou contados contra ele. (Veja
essa nota, imputar -pt.1.) Nota: não são os atos dos homens, mas o ato de Deus que justifica os homens e
não conta o pecado contra eles. Um homem não pode justificar-se diante de Deus. Nenhum homem pode
libertar-se do pecado e forçar Deus a aceitá-lo, não por sua própria mão. -Justificação completa libertação
do pecado e da condenação-vem de Deus e só de Deus, não de algum ato do homem. Portanto, a lógica nos
diz que não é obras que justifica um homem, mas a fé.

"Tu lançarás todos os meus pecados para trás de ti" ( Isaías 38:17 ).

"Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e não me lembrarei
dos teus pecados" ( Isaías 43:25 ).

"Eu já apagados, como uma nuvem espessa, tuas transgressões, e, como uma nuvem, os teus
pecados: o regresso a mim, porque eu te remi" ( Isaías 44:22 ).

"Deixe o ímpio o seu caminho, eo homem maligno os seus pensamentos e deixá-lo voltar para
o Senhor, e ele terá misericórdia dele, e para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar" (Isaías
55: 7 ).

"Mas ele, estando cheio de compaixão, perdoou a sua iniqüidade, e não os destruiu sim, muitas
vezes desviou deles a sua cólera, e não acendeu todo o seu furor" ( Salmo 78:38 ).

"Tu tens perdoado a iniqüidade do teu povo, cobriste todos os seus pecados" ( Salmo 85: 2 ).

"Ele é quem perdoa todas as tuas iniqüidades, quem sara todas as tuas enfermidades" ( Salmo
103: 3 ).

"Quanto o oriente está longe do ocidente, tanto tem ele afastado de nós as nossas
transgressões" ( Salmo 103: 12 ).

"Mas contigo está o perdão, para que sejas temido" ( Salmo 130: 4 ).

"Quem é Deus semelhante a ti, que perdoas a iniqüidade, e que passa por cima da transgressão
do resto da tua herança? Ele não retém a sua ira para sempre, porque tem prazer na misericórdia"
( Miquéias 7:18 ).

"Porque eu entregue a ti em primeiro lugar o que também recebi: que Cristo morreu por nossos
pecados, segundo as Escrituras" ( 1 Cor 15:. 3 ).
"Quem deu a si mesmo por nossos pecados, para que ele possa nos livrar do presente século
mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai" ( Gálatas 1: 4 ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua
graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que, mortos para
os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro 2:24 ).

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos
purificar de toda injustiça" ( 1 João 1: 9 ).

"Àquele que nos amou, e nos lavou de nossos pecados em seu próprio sangue" ( Ap 1: 5 ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 4: 1-25 ) judeus Abraham-, o descendentes- Justificação- Righteousness- Nova Criação : Abraham tinha
uma posição única na nação judaica, pois ele foi o fundador da nação. Ele era o homem a quem Deus havia
desafiado a ser um testemunho às outras nações do mundo-uma testemunha do único Deus vivo e
verdadeiro. Deus apareceu a Abraão e desafiou-o a deixar sua casa, seus amigos, seu emprego e seu
país. Deus fez duas grandes promessas, se Abraão iria seguir a Deus, sem dúvida: Abraão viria a ser o pai de
uma nova nação, e todas as nações da Terra seriam abençoadas por sua descendência ( Gênesis 12: 1-
5 ; Gênesis 13: 14-17; Genesis 15: 1-7 ; Gênesis 17: 1-8 , 15-19 ; Gênesis 22: 15-18 ; Gênesis 26: 2-
5 , 24 ; Gênesis 28: 13-15 ; Gênesis 35: 9-12 ). (Veja um estudo mais profundo # 1 João 4:22 .)

As escrituras dizem que Abraão fez como Deus pediu. Ele saiu sem saber para onde ia ( Hebreus 11: 8 ). Ele
completamente e, sem dúvida, confiou em Deus e tomou a Deus em Sua palavra.

Agora, note: não era a manutenção da lei que agradou a Deus de Abraão. Na verdade, a lei ainda não
tinha sido dado ( Gálatas 3:17 ). O que agradou a Deus eo que levou Deus para justificar Abraão foi Abraham
fazendo como Deus havia dito. Abraão simplesmente acreditou na promessa de Deus de que Deus lhe daria
uma nova vida em uma nova nação com um povo novo. (Veja um estudo mais profundo # 1-Gálatas 3: 8, 16 ,
nota- • Hebreus 11: 8-10 ; nota- • Hebreus 11: 13-16 ; nota- • Hebreus 11: 17-19 ).

Nota várias coisas.

1. Abraão e sua "semente" foram os únicos a quem Deus deu as promessas. Este é enfaticamente
afirmado ( Romanos 4: 13-25 ; Gálatas 3: 6-16 , 26 , 29 ).

2 Apenas a promessa foi dada a Abraão ( Romanos 4: 13-21 ; Gálatas 3:14 , 18-21 , 29 ). Nenhuma outra
informação foi dada qualquer. Deus não identificou o país, nem dizer Abraham onde ele estava para ir. Nem
que Deus disse a Abraão, quando sua esposa (Sarah) arcaria com a semente (o menino) a quem a nação
prometida nasceria. Deus fez uma promessa simples, e tudo Abraham tinha que ir era que simples promessa,
ou seja, a pura Palavra de Deus.
3 Apenas uma condição foi anexado a promessa. Abraão teve que crer em Deus. Nenhuma obra alguma
estavam envolvidos.

4. Abraão creu em Deus ( Gênesis 12: 4-5 ; Romanos 4: 3 , 11-22 ; Gálatas 3: 6 ; Hebreus 11: 8-F ).

5. Abraão foi considerado justo , porque ele creu em Deus ( Romanos 4: 3-5 , 9-13 , 19-22 ; Gálatas 3: 6 .;
cp Gênesis 15: 6 ). Deus não contá-lo justo por causa de quem ele era ou o que tinha feito. Ele simplesmente
creu em Deus. Portanto, Deus tomou a sua fé e contou a sua fé como justiça (ver nota- • Romanos 4: 1-
3 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 ).

6 A prova de que Abraão realmente acreditava que Deus era que ele fez o que Deus havia dito. Sua
fé precedeu sua obediência. Ele creu em Deus e, em seguida, ele obedeceu a Deus. Se ele não tivesse
acreditado Deus, ele não teria deixado sua casa ou do seu emprego. Ele não teria deixado seus ambientes
familiares e relacionamentos significativos e anexos pessoais. O fato de que ele fez o que Deus pediu a
evidência de que ele acreditou na promessa de Deus.

7 O homem que crê em Deus é o homem que recebe as promessas de Deus ( Romanos 4: 5-12 , 16-17 , 23-
25 ; Gálatas 3: 7-9 , 14 , 22 , 26 , 29 ). Paulo argumenta que nem herança, nem a nacionalidade, nem mérito
nem obras, nem a lei nem as regras da lei tem nada a ver com as promessas de Deus ( Gálatas 3: 6-7 ). Os
verdadeiros filhos de Abraão são aqueles que acreditam que Deus-qualquer pessoa de qualquer nação.Na
verdade, a promessa de Deus de que uma nação nasceria a Abraão e à "sua semente" era a promessa de uma
nação eterna. Esta nação eterna é para ser de outro mundo, de outra dimensão do ser: a dimensão espiritual,
uma dimensão tão real como a dimensão física. Mas é para ter uma distinção: todo cidadão é ser um crente-
aquele que creu em Deus e Sua Palavra. Este é exatamente o que esta passagem está dizendo:.. "Aqueles
que acreditam que são os filhos de Abraão, os filhos da promessa de Deus Eles serão abençoados junto com
o fiel Abraão Eles devem ser os cidadãos do Reino de Deus, de 'novos céus e da nova terra "(Cp..Hebreus 11:
8-18 ; 2 Pedro 3: 10-14 ).

Romanos 4: 9-12

D. rituais, normas e Portarias: A maneira errada para o homem procurar Justificação, 4: 9-12
1 Quem recebe a bênção do perdão? (V.9a-b)
a. A única religiosa? (V.9a)
b. O não-religiosa também? (V.9b)
2 Abraão foi considerado justo quando ele acreditava (v.9c)
3 Abraão foi considerado justo antes do ritual, ou seja, antes da circuncisão (v.10)
4 Abraão recebeu a circuncisão como um sinal ou símbolo único (v.11a)
5 Abraão foi escolhido por Deus para uma dupla Proposito (v.11b-12)
a. Para ser o "pai" de todos os crentes: Independentemente do ritual e ordenança (v.11b)
b. Para ser o "pai" do circuncidado, o religioso: Aqueles que seguem "os passos de sua fé" (v.12)
(Esboço Continua....)
ROMANOS: DIVISÃO III
FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

D. rituais, normas e Portarias: A maneira errada para o homem procurar justificação, 4: 9-12
( 4: 9-12 ) Introdução- Os religiosos : a maioria das pessoas são religiosas no sentido de que eles mantêm
algumas ordenanças religiosas, rituais e regras. Isso é bom e ruim: bom no sentido de que os rituais levar
uma pessoa a pensar em algum ser superior, e ruim no sentido de que os rituais são geralmente pensado
para ser a maneira como uma pessoa se torna aceitável a Deus. A presente passagem é tão claro como pode
ser: ritual é o caminho errado para um homem a procurar aceitação e justificação com Deus.

1. Quem recebe a bênção do perdão (v.9)?

2 Abraão foi considerado justo quando ele acreditava (v.9).

3 Abraão foi considerado justo antes da circuncisão, ou seja, antes do ritual (v.10).

4. Abraão recebeu a circuncisão como um sinal ou símbolo só (v.11).

5. Abraão foi escolhido por Deus para uma dupla Proposito (v.11-12).

. 1 ( 4: 9 ) Evangelism- Evangelho: Forgiveness- Religião : quem recebe a bênção do perdão? A palavra


"bem-aventurança" ou "bênção" remete para o homem abençoado que acabamos de discutir ( Romanos 4:
6-8 ). O homem bem-aventurado o homem que é justificado pela fé ...

• que é considerado justo sem as obras.

• cujos pecados são perdoados e cobertos.

• cujos pecados não são contados contra ele.

Esse homem é muito abençoado, abençoado além da imaginação. Mas note-se uma questão crítica. É a
bênção do perdão destina ...

• somente para os circuncisos, ou para a incircuncisão também?

• para os judeus apenas, ou para o não-judeu (gentio) também?

• para o religioso apenas, ou para o não-religiosos também?

• apenas para o batizado, ou para os não batizados também?

• apenas os salvos, ou para os perdidos também?


• para o membro da igreja apenas, ou para os sem-igreja também?

• para o interessado apenas, ou para o desinteressado também?

É a bênção do perdão-de ser justificado pela fé, para apenas algumas pessoas ou para todas as pessoas
em todos os lugares? Experiência de Abraão ilustra a verdade para nós.

2. ( 4, 9 ) Reckoned- Abraão : Abraão foi considerado justo quando ele acreditava . Sua fé foi "contado" por
justiça. A palavra "contado" ( elogisthē PWS: 3195 ) significa ao crédito, para contar, para depositar, para
colocar a sua conta, para imputar. A fé de Abraão foi contado como justiça ou creditada como justiça (ver
nota, Justificação - • Romanos 4: 1-3 ; nota- • Romanos 4: 6-8 ; ESTUDO TOPICO# 1-Romanos 4:22 ; estudo
mais profundo # 2-romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 para mais discussão).

Note-se que Abraão foi justificado ou considerado justo pela fé ; ele não se justificava ...

• por ser religioso.

• através da realização de boas ações.

• fazendo um bom trabalho.

• por ser bom e virtuoso.

• submetendo-se a um ritual.

• juntando algum corpo de crentes.

"Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Gálatas 3: 6 ).

"? Por que diz a Escritura Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça"
( Romanos 4: 3 ).

"Mas quando apareceu a bondade eo amor de Deus, nosso Salvador, para com os
homens, não pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua
misericórdia, nos salvou pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo"
( Tito 3: 4-5 ).

"Deus também dão testemunho, por sinais e prodígios, e por múltiplos milagres e dons
do Espírito Santo, de acordo com sua própria vontade?" ( Hebreus 2: 4 ).

3. ( 4:10 ) Ritual- Justificação : Abraão foi considerado justo antes do ritual, ou seja, antes da
circuncisão. Este é um ponto crucial e é claramente visto. Abraão tomou a decisão de seguir a Deus, pelo
menos, 14 anos antes de ser circuncidado. A história de Abraão acreditar nas promessas de Deus é um quadro
dramático (cp. Gênesis 15: 1-6 , esp. Gênesis 15: 5-6 ). A Escritura diz claramente: "Ele creu no Senhor, eo
Senhor contou-lhe isto por justiça" ( Gênesis 15: 6 ). Mas a história de sua circuncisão é de dois capítulos e
14 anos mais tarde ( Gênesis 17: 9F ). Ele foi considerado justo, muito antes que ele sofreu qualquer ritual. Seu
ser aceito por sua justiça Deus não depende de um ritual; ele dependia de sua fé e sua fé. Deus não contava
Abraão justo por causa da circuncisão, não por causa de ...

• um ritual

• uma cerimônia

• uma ordenança

• um bom trabalho

• uma boa ação

• uma vida religiosa

• uma vida moral

Deus aceitou Abraão e contou-lhe justo, porque ele acreditava que Deus e Suas promessas.

4. ( 04:11 ) Circumcision- Baptism- Ritual- Fé vs. Works : Abraão recebeu a circuncisão como um sinal ou
símbolo só. A circuncisão não era o caminho à presença de Deus; não foi o que fez Abraão aceitável a
Deus. Circuncisão não conferiu justiça nele; ele só confirmou que era justo. Circuncisão não transmitir a
justiça sobre ele; ele só prestou testemunho de que era justo.

Note-se que a circuncisão era tanto um sinal e um selo. (Veja nota, Circuncisão - • Filipenses 3: 3 . há mais
discussão) A circuncisão era ...

• um sinal de comemoração: foi um retrato da alegria que o crente experiente no que está sendo
considerado justo por Deus.

• sinal de testemunho: o crente estava testemunhando que agora ele acreditou e confiou em Deus.

• um sinal de uma vida transformada e uma vida separada: o crente estava proclamando que ele ia
viver para Deus, para viver uma vida justa e pura, que foi totalmente separado para Deus.

• pessoas.

• um sinal que aponta para o batismo de Cristo.

A circuncisão era um selo em que carimbado justificação de Deus sobre a mente de Abraão. Abraão creu
em Deus, e Deus tinha contado a sua fé como justiça. A circuncisão foi dada como um selo ou um carimbo
em cima de seu corpo para lembrá-lo de que Deus o havia considerado justo por meio da fé. A circuncisão
era uma vedação em que ...

• confirmado • validado

• reforçada • autenticado
• assegurou • verificado

• fundamentada

... O que Deus tinha feito a Abraão. Agora observe. A Bíblia nunca diz que os ritos, rituais, ou ordenanças
conceder nada a ninguém. Eles são apenas sinais de algo que já aconteceu. Eles são apenas sombras , e não
asubstância ( Colossenses 2: 16-17 ).

Isso não quer tirar a importância dos ritos e rituais. Eles são extremamente importantes, pois eles são
os sinais e selos de fé do crente cristão. Para negligência ou rejeitar um rito dado por Deus é ser desobediente,
e ser desobediente é um sinal claro que nunca foi sincero em primeiro lugar. Uma pessoa que acredita, que
realmente confia em Deus, está pronto para obedecer a Deus, para segui-Lo, mesmo nos ritos, rituais e
ordenanças da Igreja. Devemos sempre lembrar que Abraão não foi salvo pelo ritual de circuncisão, para a
circuncisão ainda não tinha sido dada por Deus como um sinal.

⇒ Mas Abraão foi circuncidado imediatamente após Deus estabeleceu a circuncisão como o sinal de
"justificação pela fé."

Muito simplesmente disse, se a circuncisão já existia quando Abraão creu em Deus em primeiro lugar, em
seguida, Abraão teria sido circuncidado imediatamente. Ele teria obedecido a Deus. Como sabemos
isso?Porque Abraão verdadeiramente creu em Deus, e quando um homem crê em Deus, ele imediatamente
começa a fazer o que Deus diz.

Pensamento 1 . Circuncisão e todos os outros rituais são uma questão do coração, não uma questão
de ser purificado espiritualmente por substâncias físicas e materiais.

"Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é


exteriormente na carne, mas ele é um judeu, que o é interiormente, e circuncisão é a do
coração, no espírito, e não na letra, e cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus
"( Romanos 2: 28-29 ).

"Em quem [Cristo] também estais circuncidados com a circuncisão não feita por mão no
despojo do corpo dos pecados da carne, a circuncisão [operação, cortando] de Cristo
"(Colossenses 2:11 ).

"Circuncidai, pois, o prepúcio do vosso coração, e não mais obstinada" ( Deut. 10:16 ).

"E o SENHOR, teu Deus, circuncidar teu coração, eo coração de tua descendência, de
amar ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, para que possas viver"
(Deut 30:. 6 ).

Pensamento 2 . Esta é uma mensagem forte sobre o batismo para os crentes do Novo
Testamento. Um verdadeiro crente deve ser batizado imediatamente após a acreditar. O batismo
deve ser o primeiro passo de obediência na nova vida do crente em Cristo. (Ver notas, Batismo - • Lucas
3:21 ; estudo mais profundo # 1-Atos 2:38 para mais discussão.)

"E Jesus, respondendo, disse-lhe: Deixa por ser assim agora:. Porque assim nos convém
cumprir toda a justiça Então ele o permitiu" ( Mateus 3:15 ).

"Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado" ( Mc 16:16 ).

"Então disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e sejam batizados cada um de vocês em nome


de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo"
(Atos 2:38 ).

"Sepultados com ele no batismo, no qual também fostes ressuscitados mediante a fé


no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos ressuscitou" ( Col. 2:12 ).

5. ( 4: 11-12 ) Abraham- Ritual- salvação- Fé vs. Works : Abraão foi escolhido por Deus para um propósito
duplo. Antes de olhar para os fins, note que Abraão é dito ter uma relação única com o mundo. Ele é visto
não como um mero particular, mas como um homem público, um homem representante da raça humana,
uma figura central na história humana. Ele é visto como o "pai" de todos os que acreditam que Deus, como
o chefe da família da fé. Deus escolheu Abraão para duas Propositos específicas.

1. Abraham foi escolhido para que ele seja o "pai" de todos os crentes, independentemente do ritual e
ordenança. Abraão foi escolhido por Deus para ser o pai da fé a todos-todos os ímpios e pagãos do mundo-
que se arrepender e crer que Jesus Cristo é seu Senhor e Salvador. Não importa como incircunciso, não
batizado, irreligiosos, imorais e impuros é uma pessoa, ele tem um pai na fé, um pai de seguir. Abraão é ...

• o padrão • o exemplo

• o pai • a norma

• a imagem

... De fé a todos os perdidos do mundo. Uma pessoa ...

• Não tem que começar a ir para a igreja diante de Deus vai salvá-lo.

• Não tem que ficar religioso diante de Deus vai aceitá-lo.

• Não tem que ser batizado ou ritualizada diante de Deus vai perdoar seus pecados.

O que ele tem que fazer é crer em Deus e acreditar nas promessas de Deus. Quando ele se curva em
humilde fé e acredita, duas coisas acontecem:

⇒ imediatamente Deus conta a sua fé como justiça.

⇒ imediatamente ele surge e é batizado e começa a guardar todos os mandamentos e rituais e


ordenanças de Deus.
"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Os sãos não precisam de médico, mas os que estão
doentes Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento." ( Lc 5, 31-
32 ).

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido" ( Lucas 19:10 ).

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados


gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus" ( Romanos 3: 23-24 ).

2 Abraão foi escolhido para que ele seja o "pai" do circuncidado, dos religiosos que "seguir os passos da
fé de Abraão." Nota: não está sendo ...

• circuncidado • ritualizada

• batizado • religiosa

• moral • bom e virtuoso

... Que justifica uma pessoa religiosa. Ele é "andar nos passos" da fé de Abraão, que faz com que Deus a
aceitar a pessoa religiosa.

O religioso não pode ganhar, o mérito, ou trabalhar o seu caminho para a presença de Deus ea justiça. Ele
só pode confiar em Deus para a justiça de Jesus Cristo (ver nota- • Romanos 3:24 , e um estudo mais profundo
# 2-Romanos 3:24 ; nota- • Romanos 3:25 ; ESTUDO TOPICO# 2-Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 para
mais discussão).

"Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome, e em teu
nome não expulsamos demônios, e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então direi-
lhes: Eu nunca vos conheci: afastar de mim, vós que praticais a iniqüidade "( Mateus 7: 22-23 ).

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei vem o pleno
conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).

"Porque lhes dou testemunho de que eles têm zelo por Deus, porém não com entendimento.
Porquanto, desconhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se
sujeitaram à justiça de Deus. Pois Cristo é o fim da lei para justiça de todo aquele que crê "( Romanos
10: 2-4 ).

"Porque com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa a respeito da salvação"
( Romanos 10:10 ).

"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos
também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras
da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gálatas 2:16 ).
"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus: não de
obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. ).

Romanos 4: 13-16

E. Lei: A maneira errada para um homem ser justificado, 4: 13-16


1 A declaração inequívoca: A promessa não é feita pela lei, mas pela fé (v.13)
2 O argumento contra a lei (v.14-15)
a. Lei anula fé e apaga a esperança da promessa (v.14b)
b. Lei opera a ira (v.15a)
c. Lei significa transgressão (v.15b)
3 O argumento para a fé (v.16)
a. A fé traz graça (v.16a)
b. A fé faz a promessa segura (v.16b)
c. A fé assegura a promessa para todos: Ele está disponível para todos (v.16c)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

E. Lei: A maneira errada para um homem ser justificado, 4: 13-16


( 4: 13-16 ) Introdução : o homem não é justificado pela lei e suas obras. A lei é o caminho errado para um
homem a procurar aceitação e justificação por Deus.

1 A declaração inequívoca: a promessa não é feita pela lei, mas pela fé (v.13).

2 O argumento contra a lei (v.14-15).

3 O argumento para a fé (v.16).

. 1 ( 04:13 ) Promise, The- Fé versus Direito-Righteousness- Recompensa : a inconfundível declaração-a


promessa da herança não é através da lei, mas pela fé. Nota várias coisas.
1 A promessa envolve herdando todo o mundo. Isso fica claro a partir de vários fatos.

a. Canaã era a terra prometida , um tipo de céu e um tipo dos novos céus e da terra Deus é recriar a
Abraão e à sua descendência (o crente). (Veja nota, Terra Prometida - • Atos 7: 2-8 para mais
discussão.)

"Porque a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo não foi feita a Abraão, ou
à sua descendência, através da lei, mas pela justiça da fé. Pois, se os que são da lei são
herdeiros, logo a fé é vazio, ea promessa de nenhum efeito "( Romanos 4: 13-14 ).

"Pela fé, Abraão, quando ele foi chamado para ir para um lugar que havia de receber
por herança, obedeceu e saiu, sem saber para onde ia Pela fé peregrinou na terra da
promessa, como em um. terra alheia, habitando em tendas com Isaque e Jacó, herdeiros
com ele da mesma promessa; porque esperava a cidade que tem fundamentos, cujo
arquiteto e construtor é Deus "( Hebreus 11: 8-10 ).

"Todos estes morreram na fé, sem terem recebido as promessas, mas, vendo-as de
longe, e crendo-as e abraçando-as, confessaram que eram estrangeiros e peregrinos na
terra. Porque os que tais coisas dizem, claramente que estão buscando uma pátria .... Mas
agora desejam uma pátria melhor, isto é, a celestial Pelo que também Deus não se
envergonha de ser chamado seu Deus, porque já lhes preparou uma cidade "( Hebreus 11:
13-14 , 16 ).

"Mas chegastes ao monte Sião, e à cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos
muitos milhares de anjos" ( Hebreus 12:22 ).

"Porque não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a futura" ( Hebreus 13:14 ).

"Mas o dia do Senhor virá como um ladrão de noite; no qual os céus passarão com
grande estrondo, e os elementos se desfarão abrasados, a terra, e as obras que nela há, se
queimarão para cima. Visto que todas estas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas
não deveis ser em santidade e piedade, esperando e apressando a vinda do dia de Deus,
em que os céus, em fogo se dissolverão, e os elementos se desfarão abrasados Mas nós,
segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, onde habita a justiça
"(? 2 Pedro 3: 10-13 ).

"E vi um novo céu e uma nova terra, pois foram passados o primeiro céu ea primeira
terra longe" ( Apocalipse 21: 1 ).

b. Foi prometido a Abraão que ele seria o "pai" de muitas nações. Ele é considerado o pai de todos os
crentes de todas as nações da terra ( Romanos 4: 11-12 ). Ele e sua descendência (crentes) é
prometido um novo mundo quando Cristo voltar.

c. Cristo é a herdar o mundo e ser exaltado como o Soberano Majestade do universo, governando e
reinando para todo o sempre.
⇒ Abraão e à sua descendência (crentes) são considerados herdeiros de Deus e co-herdeiros
com Cristo.

"O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus, e,
se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo: se é certo
que com ele padecemos, para que possamos ser também glorificados "( Romanos
8: 16-17 ).

Devem todos reinarão com Cristo por toda a eternidade. (Ver nota, Reward - • Mateus 19:28 ;
nota- • Lucas 16: 10-12 ; nota- • Rev. 14:13 ; nota- • Apocalipse 21: 24-27 ).

"Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai com seus anjos, e então retribuirá
a cada um segundo as suas obras" ( Mateus 16:27 ).

"Quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os anjos com ele, então se
assentará no trono da sua glória, e diante dele serão reunidas todas as nações, e ele
separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos "( Mateus 25: 31-
32 ).

"E reinará eternamente sobre a casa de Jacó, eo seu reino não terá fim" ( Lucas 01:33 ).

"Por que ele deve reinar, até que haja posto todos os inimigos debaixo de seus pés" ( 1
Coríntios. 15:25 ).

"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e
os mortos, na sua vinda e no seu reino" ( 2 Tim 4: 1. ).

"E vi um novo céu e uma nova terra, pois o primeiro céu ea primeira terra passaram,. E
não havia mais mar E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do
céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido. Então, ouvi uma grande voz
do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, e Ele habitará com eles,
e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles, e será o seu Deus E Deus enxugará
toda lágrima de seus olhos, e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem haverá
mais dor:. porque as primeiras coisas são passadas E ele. que estava assentado sobre o
trono disse: Eis que faço novas todas as coisas E ele disse-me: Escreve:.. porque estas
palavras são fiéis e verdadeiras E disse-me mais: Está cumprido: Eu sou o Alfa eo Ômega, o
princípio eo. . final darei a ele que tem sede da fonte da água da vida Aquele que vencer
herdará todas as coisas;. e eu serei seu Deus, e ele será meu filho "( Rev. 21: 1-7 ).

"Do aumento do seu governo e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu
reino, para encomendá-lo, e para estabelecê-lo com juízo e com justiça, desde agora e para
sempre. O zelo do Senhor dos exércitos fará isso "( Isaías 9: 7 ).

"Eis que reinará um rei com justiça, e os príncipes segundo o juízo" ( Isaías 32: 1 ).
"Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que levantarei a Davi um Renovo justo, e um rei
reinará e agirá sabiamente, e praticará o juízo ea justiça na terra" ( Jeremias 23: 5 ).

"E foi-lhe dado domínio, e glória, e um reino, para que todos os povos, nações e línguas
o servissem: o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, eo seu reino tal, que
não será destruído "( Daniel 7:14 ).

2 A "semente" de Abraão refere-se a todos os crentes . Isso fica claro a partir da promessa de que está a
ser dito "Certifique-se de toda a descendência "( Romanos 4:16 ). Todo verdadeiro crente é um herdeiro da
promessa. Se um homem crê, ele recebe a mais gloriosa promessa: ele vai herdar o mundo.

"Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra" ( Mateus 5: 5 ).

"E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão e herdeiros segundo a promessa"
( Gálatas 3:29 ).

Faz 3 Deus não dá a promessa feita pela lei, mas pela justiça da fé.

a. Um homem não vai receber uma herança no mundo novo , porque ele ...

• tentou manter a lei.

• fez algumas grandes obras.

• vivida por boas ações.

• foi batizado e se juntou a uma igreja.

• era moral e muito religioso.

b. Um homem vai receber uma herança no mundo novo , porque ele ...

• creu em Deus para a justiça, e Deus tirou a sua crença e contou para a justiça.

O ponto é claramente visto, e é inconfundível:

"? Por que diz a Escritura Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça"
( Romanos 4: 3 ).

"Para aquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, sua fé lhe é
imputada como justiça" ( Romanos 4: 5 ).

"A promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, não ... foi por meio da lei, mas
pela justiça da fé" ( Romanos 4:13 ).
2. ( 4: 14-15 ) Direito-fé contra a Lei : o argumento contra a lei. A promessa da herança não vem através da
lei. Três fatos sobre a lei mostram isso.

1. Lei anula a fé; ela elimina qualquer esperança de algum dia receber a promessa. A razão pode ser
simplesmente declarou: lei exige perfeição; lei exige que sejam obedecidas. Lei clama: "violar e me quebrar
e você tornar-se culpados e condenados e devem ser punidos."

Nenhum homem pode viver perfeitamente justos diante de Deus; ninguém pode impedir de vir curto e
violar a lei de Deus em algum ponto. Por isso, todo homem é um violador da lei, imperfeito e destituídos da
glória de Deus, e deve ser condenado e punido.

a. Se a promessa da herança de Deus é, por lei, então nenhum homem herdará a promessa, a
promessa é dada apenas para os justos; e nenhum homem é perfeitamente justo. Isto,
naturalmente, significa que algo.Se a promessa é, por lei, então ninguém tem esperança de voltar
a receber a promessa, para que ele não pode e não cumprir a lei. A lei apaga a promessa, torna
sem efeito ou valor algum.

b. Se a promessa da herança de Deus é, por lei, então a fé é anulada e não tem absolutamente nada
a ver com a segurança da promessa. Um homem teria que manter a mente e os olhos, e mais
trágico de tudo, o seu coração contra a lei, pois seria a lei que determinar se é ou não o homem
recebeu a promessa. A fé não estaria entrando em cena; seria anulado, irrelevante, não tendo
nada a receber com a promessa.

"Ora, nós sabemos que tudo o que a lei diz, ele diz aos que estão debaixo da lei: que
toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus" ( Romanos
3:19 ).

"Para que a lei não podia fazer, no que estava enferma pela carne, Deus enviando o seu
próprio Filho em semelhança da carne do pecado, e por causa do pecado, condenou o
pecado na carne" ( Romanos 8: 3 ).

"Porque eu, pela lei, estou morto para a lei, para que eu possa viver para Deus"
( Gálatas 2:19 ).

"Pois a lei nenhuma coisa aperfeiçoou, mas a sorte é introduzida uma melhor
esperança, pela qual nos aproximamos de Deus" ( Hebreus 7:19 ).

c. Este ponto é muitas vezes esquecido. Se a promessa da herança de Deus vem pela lei, em seguida,
receber a promessa não teria nada a ver com a fé, nada a ver com ...

• confiar no amor de Deus.


• aprender e conhecer o amor de Deus.

• focalizar a mente e os pensamentos sobre Deus.

• conhecer o Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo.

Se Deus nos aceita e nos deu a promessa da herança porque temos mantido a lei, então
teríamos que focar nossa vida sobre a lei. Acreditar e amar a Deus e saber o Filho de Deus não
teria nada a ver com a nossa salvação. A lei nos obrigaria a buscar a Deus por guardar a lei. A fé
não teria nada a ver com a promessa. A lei anula a fé e tornar inútil e ineficaz o amor de Deus eo
Filho de Deus.

"Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de


Deus , e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo "( 2 Cor 10. 5 ).

"Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo,
tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e
se há algum louvor, pensar sobre essas coisas essas coisas, que vós também aprendestes, e
recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso fazei. eo Deus da paz estará convosco "( Fl 4,
8-9. ).

2 A Lei opera a ira de três maneiras terríveis.

a. Lei grita para um homem, "Break me e você se torna culpado, condenado e devem ser
punidos." Essa é antagônico e mexe e agrava a raiva e indignação. Quando Deus é visto como uma
pessoa legalista que paira sobre nós, observando cada movimento que fazemos, há uma tendência
de ver Deus como rigoroso, exigente, condenatória, chateado, irritado, vingativo e cheio de ira
contra nós. Por quê? Porque falhamos e destituídos estão sempre tão frequentemente. Portanto,
se Deus é legalista, então Ele está pairando sobre nós, e não um único um de nós vai herdar a
promessa. Somos culpados e para ser julgado, e não vamos ser recompensados com uma
herança. Portanto, a lei opera a ira entre Deus eo homem; que mantém um homem de ser
agradável a Deus e de cada vez que recebe a promessa de Deus.

b. Lei ira trabalha na medida em que mantém um homem amarrado em nós, sob pressão e a tensão,
e numa estirpe. O homem que trabalha para fazer a lei se esforça para fazer a coisa certa e guardas
contra fazer a coisa errada. Ele luta para evitar todo o mal que ele pode, se perguntando e se
preocupar se ele está sempre fazendo o suficiente para ser aceitável a Deus.

Tal vida não é cheia de amor, alegria e paz. Não há senso de propósito, significado e signifi-
cado, não há sentido de completude e realização. Essa vida é cheia de mal-estar e confusão,
incerteza e insegurança. Tal vida do legalismo opera a ira: ele mantém a tensão entre Deus eo
homem e estabelece e constrói uma relação tensa e desconfortável.

c. Lei opera a ira na medida em que faz com que um homem se concentrar a sua vida sobre a lei e não
em Deus. Sua mente e atenção e pensamentos estão ...
• em manter as regras, e não sobre a confiança em Deus.

• em cima olhando para onde ele pisa, não sobre se aproximando de Deus.

• sobre evitando erros, não ao saber a verdade de Deus.

• ao observar certos rituais, não em comunhão com Deus.

• sobre a prática da religião, não sobre a adoração a Deus.

"E o mandamento que foi ordenado para a vida, eu encontrei para ser a morte
para o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me
matou." ( Romanos 7: 10-11 ).

"Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição ; porque
está escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão
escritas no livro da lei, para fazê-las "( Gálatas 3:10 ).

"E a lei não é da fé, mas: O homem que pratica viverá por eles" ( Gálatas 3:12 ).

"Cristo é tornar sem efeito a vós, quem de vós são justificados pela lei; tendes
caído da graça" ( Gálatas 5: 4 ).

Lei 3 significa transgressão. Há três razões para isso.

a. Se nenhuma lei existe, não há lei para quebrar; portanto, não há transgressão. Mas se existe uma
lei, em seguida, quebrar a lei começa a existir; transgressão se torna uma realidade, um fato
vivo. Onde não há lei, não há transgressão; onde não há lei, não há transgressão. O ponto é este:
o homem que procura a aceitação de Deus por guardar a lei vive em um mundo de transgressão,
de quebrar a lei e vindo destituídos da glória de Deus. A lei significa transgressão, que o homem
não consegue e vem curto da aceitação de Deus; Portanto, isso significa que o legalista é culpado
e condenado e não é para receber a promessa de Deus.

b. Quando existe uma lei, há uma necessidade dentro do homem para esticá-la para os seus limites e
para quebrá-lo. Este é um dos paradoxos da natureza humana. O homem tem que dentro de si,
uma vontade desregulada ...

• não deve ser regulamentada

• não deve ser ordenada em torno de

• não deve ser restringido

• não deve ser regida

• não deve ser descartada

• buscar seus próprios desejos


• para fazer o que quiser

• preencher suas paixões carnais

• cumprir seus impulsos

• ver, ter, manter e obter mais

Quando existe uma lei, ela diz um homem que ele pode ir tão longe e mais longe. Ele não deve
ir além deste limite, ou ele se torna um transgressor da lei, um transgressor (cp. Pecadoal de
velocidade). A lei, na verdade, puxa um homem para ir tão longe. É dentro de sua natureza de ir
ao limite, fazer o máximo que puder. O desejo dentro de sua natureza ainda mexe com ele para
esticar a lei e ir além de seus limites.

⇒ A grama do outro lado parece mais verde.

⇒ O melão do outro lado da cerca é mais suculento.

⇒ As frutas roubadas são mais doces.

⇒ O proibido é mais atraente.

⇒ O desconhecido é mais emocionante.

Quando a lei existe, não há transgressão. Todo homem torna-se culpado e deve ser condenado e
punido, não recompensado com a promessa.

"Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, suscitadas pela lei,
operavam em nossos membros para darem fruto para a morte" ( Romanos 7: 5 ).

". Mas o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento operou em mim toda a
concupiscência Pois, sem a lei pecado estava morto" ( Romanos 7: 8 ).

c. Quando existe uma lei, torna-se um acusador, um antagonista. Ele grita, "Break me e você se torna
uma lei-breaker e devem ser condenados e punidos." Agora, note: a lei não tem poder para manter
uma pessoa de transgredir; ela só pode gritar: "Transgressão!" A lei é ...

• não um poder para salvar, mas uma regra para controlar e condenar.

• não um salvador, mas juiz.

Este é o mesmo problema com a lei.

⇒ Só pode acusar; ele não pode entregar.

⇒ Ela só pode apontar o pecado; que não possa salvar do pecado.

⇒ Ela só pode mostrar um homem onde ele falhou; não pode mostrar-lhe como não falirem.
⇒ Ela só pode condenar; não tem poder para libertar.

O homem que tenta viver pela lei é deixada sem esperança e desamparados, para que transgrida
e se torna um transgressor da lei. Ele deve ser condenado, nunca receber a herança da promessa
de Deus.

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: para a lei é
o pleno conhecimento do pecado "( Romanos 3:20 ).

"Além disso, a lei para que a ofensa abundasse. Mas, onde o pecado abundou, a graça
fez muito mais abundante" ( Romanos 5:20 ).

"Eu não teria conhecido o pecado, senão pela lei; porque eu não conheceria a
concupiscência, se a lei não dissera: Não cobiçarás" ( Romanos 7: 7 ).

"Portanto, em seguida, serve a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até
que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita" ( Gálatas 3:19 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos
justificados pela fé" ( Gálatas 3:24 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para
os ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de
mães, para os homicidas" ( 1 Tm. 1: 9 ).

3. ( 04:16 ) fé- Promise- Graça : o argumento para a fé. A promessa da herança vem pela fé. Três fatos sobre
fé mostram isso.

1 A fé traz graça. (Veja um estudo mais profundo # 1 , Grace-Tito 2: 11-15 . há mais discussão) Graça
(charis) significa um dom, um dom gratuito, um presente dado sem esperar nada em troca. Isso significa
favor, aprovação, aceitação, boa vontade, assistência, ajuda, livre e dado sem esperar nada em troca todo-
bondade.

Imagine a cena de um homem quebrado sobre o seu pecado. Ele pode ser um pecador leve ou o pior
pecador na terra, no entanto, ele se aproxima de Deus. He ...

• cai de joelhos.

• confessa o seu pecado.

• confessa a sua inadequação para se salvar.

• chora por Deus para ter misericórdia e perdoar o seu pecado.

• graças a Deus que Ele perdoa o pecado.


• louva a Deus por responder à sua oração e perdoando o seu pecado.

Agora, quem é o Salvador , o Libertador , o Assunto que merece o louvor ea honra ea glória? A resposta é
óbvia: Deus. Deus é o centro da imagem. Esta é a razão pela salvação muito e todas as suas promessas são
pela graça através da fé. Graça coloca Deus no centro. E quando um homem faz de Deus o centro da sua vida,
lançando-se completamente a Deus e colocar toda a sua fé e confiança em Deus, Deus é obrigado a ouvir e
atender o homem. Por quê? Porque o homem é honrar a Deus completamente, eo homem que honra a Deus
é sempre aceitável e ouvido por Deus.

Agora note: quando um homem realmente acredita que Deus, a sua fé traz a graça de Deus para ele. Isso
faz com que ele se concentrar em Deus, para centrar a sua vida sobre o amor de Deus, ver a presença de
Deus, para garantir a amizade e companheirismo de Deus, conhecer o amor, alegria, paz, cuidado e
preocupação de Deus. Simplificando, isso faz com que um homem a procurar um relacionamento pessoal
com Deus, uma relação de confiança e dependência. Essa é a vida da graça, a graça que é dada ao homem
pela fé. É a fé que honras e louvores e glorifica a Deus, e porque ele faz, ele traz a graça de Deus ao homem.

"Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por tua misericórdia, e por amor de
tua verdade" ( Salmo 115: 1 ).

"Mas acreditamos que com a graça do Senhor Jesus Cristo, seremos salvos, assim como eles"
( Atos 15:11 ).

"Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus"
( Romanos 3:24 ).

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus: não de
obras, para que ninguém se glorie" ( Efésios 2: 8-9. .; cp Romanos 3:24 ; Romanos 05:15 ;Romanos
11: 6 ; . Ephes 2: 4-10 ).

"Pela graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens" ( Tito 2:11 ).

2 A fé faz a promessa certeza. Isto pode ser visto no ponto acima. Quando Deus é honrado e fez o centro
eo foco de sua vida e confiança, essa pessoa pode ter certeza Deus vai aceitá-lo e dar-lhe a promessa da
herança. Aquele homem herdarão a terra.

"Que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança da vida
eterna "( Tito 3: 7 ).

3. Fé garante que a promessa é para todos, que é acessível a todos. A promessa não é dado a um clube
exclusivo de pessoas, para uma nação exclusiva, raça ou classe de pessoas. A promessa é dada a todos, para
cada pessoa na Terra. Se a promessa era por lei, então seria apenas para aqueles que têm o direito e são
capazes de manter a lei. O que então iria acontecer com os pagãos que não têm o direito e aos deficientes
que são incapazes de fazer algumas das coisas que a lei ordena? Eles nunca poderiam ser salvas se a promessa
foi dada por lei. No entanto, quando a promessa é dada pela graça de Deus através da fé, ninguém está isento
da herança. Todo homem pode ser salvo e herdar a promessa da vida eterna nos novos céus e da terra, para
cada homem pode acreditar e confiar em Deus (a mesma coisa que mesmo um pai humano quer de seus
filhos).

"O céu ea terra passarão, mas as minhas palavras não passarão" ( Lucas 21:33 ).

"Porque a promessa de que havia de ser herdeiro do mundo, não foi a Abraão, ou à sua
descendência, através da lei, mas pela justiça da fé" ( Romanos 4:13 ).

"Mas Deus, que é rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando
nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e nos
ressuscitou juntamente, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus: que, nos séculos
vindouros, ele pode mostrar a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para conosco em
Cristo Jesus "( Efésios 2: 4-7. ).

"Pela graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que,
renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos sóbria, justa e piedosamente, no
presente mundo, procurando a bendita esperança ea manifestação da glória do nosso grande Deus
e Salvador Jesus Cristo "( Tito 2: 11-13 ).

"Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, podemos ter a
firme consolação, que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta" ( Hebreus 6:18 ).

"Saiba, pois, que o SENHOR teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança ea
misericórdia com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos, até mil gerações" ( Deut.
7: 9 ).

"As obras das suas mãos são verdade e justiça; todos os seus mandamentos são fiéis" ( Salmo
111: 7 ).

Romanos 4: 17-25

F. Abraão: o exemplo de um homem justificado pela fé, 4: 17-25


1 A fonte da fé de Abraão (v.17)
a. Foi o próprio Deus (v.17a)
b. Foi Deus quem acelerou os mortos (v.17b)
c. Foi Deus quem criou (v.17c)
2 A força da fé de Abraão (v.18-22)
a. Sua fé era em que Deus havia dito: A promessa de uma semente, um filho (v.18-21)
1) Ele não era fraco na fé, apesar de pensar sobre sua própria incapacidade física (v.19)
2) Ele era forte na fé, não cambaleando, mas dando glória a Deus (v.20)
3) Ele estava convencido da capacidade de Deus eo poder de Deus (v.21)
b. Sua fé foi creditada como justiça (v.22) Ver: DS1 , Veja: DS2
3 A gravação da fé de Abraão (v.23-25)
a. Que os homens pudessem ler (v.24a)
b. Que os homens possam ser considerados justos, crendo (v.24b-25)
1) Que Deus ressuscitou Jesus (v.24b)
2) Que Jesus morreu por nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação (v.25) Ver: DS3
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

F. Abraão: o exemplo de um homem justificado pela fé, 4: 17-25

( 4: 17-25 ) Introdução : Abraão é o principal exemplo ou padrão que o homem é justificado pela fé e pela fé.

1 A fonte da fé de Abraão (v.17).

2 A força da fé de Abraão (v.18-22).

3 A gravação da fé de Abraão (v.23-25).

1. ( 04:17 ) A fé, Fonte : a fonte da fé de Abraão era Deus e Deus somente. Observe três pontos.
1 Foi o próprio Deus quem Abraão creu: "Eu te dei um pai de muitas nações" ( Romanos 4:17 ; cp. Gênesis
17: 1-5 , esp. Gênesis 17: 4-5 ). Abraão nunca tinha tido um filho, não por Sarah. Ele agora tinha cerca de cem
anos de idade, e Sarah estava perto da mesma idade. Ambos estavam muito além dos anos de ter um
filho. Basta pensar nisso por um momento ea impossibilidade é claramente percebido. Se Abraão era já para
ter um filho, o filho teria que vir de Deus. Deus teria que ser a fonte, pois somente Deus poderia fazer tal
coisa impossível. E atenção: apesar da impossibilidade Abraão crê em Deus . A fonte da fé de Abraão era
Deus.

"Tende fé em Deus "( Marcos 11:22 ).


"Ora, sem fé é impossível agradar-lhe: pois aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe,
e que é galardoador dos que o buscam" ( Hebreus 11: 6 ).

2 Foi o Deus que vivifica os mortos quem Abraão creu. A fonte da fé de Abraão foi ...

• o Deus vivo e verdadeiro: o Deus que é onipotente, possuindo todo o poder, o poder de dar vida
a matéria morta .

A fonte da fé de Abraão era Deus: Deus, que tem o poder de acelerar, dar vida, reviver, animar,
rejuvenescer e animar o que está morto. Não importa o quão impossível a promessa parecia, Deus foi capaz
de cumpri-la, porque Ele é Deus , Aquele que possui todo o poder (onipotente). Deus é capaz de vivificar e
ressuscitar os mortos; Portanto, Ele é capaz de cumprir sua promessa.

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me
enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação,. Mas passou da morte para a vida
verdade, em verdade vos digo você, que vem a hora, e agora é , em que os mortos [espiritualmente
mortos] ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão "( João 5: 24-25 ).

"E esta é a vontade daquele que me enviou, para que todo aquele que vê o Filho, e crê nele,
tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia "( João 6:40 ).

"Haverá uma ressurreição dos mortos, tanto dos justos e injustos" ( Atos 24:15 ).

"Porque assim como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos serão vivificados"
( 1 Coríntios. 15:22 ).

"Sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, nos ressuscitará a nós com Jesus, e nos
apresentará convosco" ( 2 Coríntios. 04:14 ).

"Porque o Senhor mesmo descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e ressoada a
trombeta de Deus: e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro" ( 1 Ts 4:16. ).

3 Foi o Deus que cria, que foi a fonte da fé de Abraão. Porque Deus é Deus, ou seja, onipotente, Ele é
capaz de criar. Ele pode fazer algo a partir do nada . Ele não precisa de nada para criar. Ele pode falar as
coisas à existência, assim como Ele fez quando criou o mundo ( Gênesis 1: 1 , 3 ). Abraão acreditava que
isso; ele acreditava que, se fosse necessário, Deus pode criar a vida nos órgãos do corpo dele e Sarah. Abraão
confiou e acreditou na promessa de Deus. Deus era a fonte de sua fé.

Pensamento 1 . Observe um fato muitas vezes esquecido. Toda promessa feita por Deus é uma
promessa que só Ele pode cumprir. Ele não é necessária se o homem pode conhecer e fazer o que for
necessário.Portanto, se um homem coloca sua fé nos homens, em seguida, todas as esperanças e
promessas que se estendem para além desta vida não será cumprido. Nenhum homem pode cumprir
a esperança ea promessa de salvação do pecado, a morte eo inferno. Nenhum homem pode cumprir
a promessa de que seremos "os herdeiros do mundo", que havemos de receber a vida eterna nos
novos céus e da terra (cp. Romanos 4:13 ). Só Deus pode cumprir a promessa impossível de vida
eterna.

"E Jesus, olhando para eles, disse-lhes: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo
é possível" ( Mateus 19:26 ).

"Porque para Deus nada é impossível" ( Lucas 1:37 ).

"Eu sei que tu podes fazer todas as coisas, e que nenhum pensamento pode ser
impedido de ti" ( Jó 42: 2 ).

2. ( 4: 18-22 ) fé- Abraão : a força da fé de Abraão. Observe duas lições muito importantes.
1. fé de Abraão estava no que Deus disse , a promessa de uma semente ou de um filho. Ele não tinha mais
nada para fazer, mas a Palavra de Deus: ". Que o que foi dito"

A frase "contra a esperança acreditou na esperança" significa que Abraão existisse esperança passado,
além de toda a ajuda humana e qualquer possibilidade de ter um filho. Sua situação era além da esperança,
mas ele creu em Deus; ele colocou a sua esperança em Deus e naquilo que Deus havia dito.

a. Abraão não era fraco na fé, apesar de pensar sobre sua própria incapacidade física. Seu corpo estava
"morto agora"; ele e Sarah foram cerca de cem anos de idade. A palavra "morto" é um particípio
perfeito no grego que significa que seus órgãos reprodutivos tinha parado de funcionar e foram
mortos para sempre e nunca poderia voltar a funcionar. Abraão nunca poderia ter um filho; não
era humanamente possível. Ele e Sarah eram quase cem anos de idade, agora sexualmente
"morto".

Abraão pensou sobre o assunto. A palavra "considerado" ( katanoeō PWS: 733 ) significa que Ele
fixou seus pensamentos, sua mente, sua atenção sobre o assunto. Mas ele não ceder aos
pensamentos. Ele não era fraco na fé.

Pensamento 1 . Basta imaginar a relação pessoal Abraham deve ter tido com Deus! Para conhecer a
Deus tão bem amar e confiar em Deus tão fortemente que Deus poderia dar-lhe uma experiência tão
significativo que Abraão iria acreditar na promessa, mesmo sem escalonamento na fé.

"Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, eo meu servo, a quem escolhi: que o
saibais, e me creiais e entendais que eu sou ele: antes de mim deus nenhum se formou,
nem haverá depois de mim" ( Isaías 43:10 ).
"Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todas
as tuas forças" ( Dt 6: 5. ).

"E agora, Israel, que é que o Senhor teu Deus requer de ti, senão que temas [confiança]
o Senhor teu Deus, que andes em todos os seus caminhos, eo ames, e sirvas ao Senhor teu
Deus de todo o teu coração e com toda a tua alma, para guardares os mandamentos do
SENHOR, e os seus estatutos, que eu hoje te ordeno para o teu bem? " ( Deuteronômio 10:
12-13.).

b.Abraham foi forte na fé, não cambaleando na promessa de Deus. Em vez disso, ele caminhou
sobre glorificando e louvando a Deus por Sua gloriosa promessa. A palavra "escalonados"
( diakrinō PWS: 3729 ) significa que ele não desistiu, não vacilou, não questionou a capacidade de
Deus para cumprir sua promessa.

c. Abraão estava plenamente convencido da capacidade de Deus eo poder de Deus. Ele sabia que
Deus poderia superar a dificuldade de seu corpo ser "morto", e ele acreditava que Deus poderia e
quer ...

• acelerar o seu corpo, ou

• recriar seus órgãos reprodutivos ( Romanos 4:17 ).

Ele não sabia o método que Deus iria usar, mas sabia que Deus era capaz de fazer o que Ele
havia prometido. Abraão creu em Deus; Ele estava totalmente convencido de que a promessa seria
cumprida.

"Deus é capaz de destas pedras suscitar filhos a Abraão" ( Lucas 3: 8 ).

"Portanto, senhores, tende bom ânimo; pois creio em Deus que há de suceder assim
como me foi dito" ( Atos 27:25 ).

"Ele não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé,
dando glória a Deus, e estando certíssimo de que o que Deus tinha prometido, também era
poderoso para o fazer" ( Romanos 4: 20-21 ).

"Saiba, pois, que o SENHOR teu Deus, ele é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança ea
misericórdia com aqueles que o amam e guardam os seus mandamentos, até mil gerações"
(Deut. 7: 9 ).

"Agora, pois, escrevei-vos este cântico, e ensinai-o aos filhos de Israel: colocá-lo na
boca, que esta canção pode ser um testemunho para mim contra os filhos de Israel" ( Dt
31:19. ).

"Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e ele deve fazê-la" ( Salmo 37: 5 ).
"Confia no Senhor de todo o teu coração e não te estribes no teu próprio
entendimento" ( Provérbios 3: 5 ).

"Tu conservarás em paz aquele cuja mente está firme em ti; porque ele confia em ti"
( Isaías 26: 3 ).

"Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o Senhor" ( Jeremias 17:
7 ).

2. fé de Abraão foi creditado como justiça (ver estudo mais profundo # 1-Romanos 04:22 , um estudo mais
profundo # 2-Romanos 4:22 para discussão).

ESTUDO TOPICO# 1 (4:22) imputado ( elogisthe )

ESTUDO TOPICO# 2 (4:22) Justificação- fé- Justiça

3. ( 4: 23-25 ) fé- Abraão : a gravação da fé de Abraão é para duas Propositos.


1. que os homens pudessem ler a conta. Não foi registrada apenas para honrar Abraão como um grande
homem. Ele foi escrito para que possamos ler e entender como devemos tornar-se aceitável a Deus.

"Mas estes foram escritos, para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que,
crendo, tenhais vida em seu nome" ( João 20:31 ).

"O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que temos
contemplado, e as nossas mãos tocaram da Palavra da vida (porque a vida foi manifestada, e nós a
vimos ela, e testemunhar, e vos anunciamos a vida eterna, que estava com o Pai e nos foi
manifestada;) que declare o que vimos e ouvimos isso vos anunciamos, para que também vós
tenhais comunhão conosco; ea nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho Jesus Cristo "( 1 Jo 1,
1-3 ).

"Parecia bom para mim [Lucas] também, ter perfeito entendimento teve de todas as coisas
desde o início, escrever-te em ordem, excelentíssimo Teófilo, para que tu conheças a certeza das
coisas de que já estás informado" ( Lc 1, 3-4 ).

2. que os homens possam ser considerados justos por crer. É necessário crer duas coisas. (Veja um estudo
mais profundo # 3-Romanos 4:25 para discussão.)

a. Que Deus ressuscitou Jesus, nosso Senhor dos mortos (ver estudo mais profundo # 3, Jesus Cristo,
Ressurreição-Romanos 4:25 ; Nota- • Atos 1: 3 , estudo mais profundo # 1 Atos 1: 3 ; estudo mais
profundo # 4-Atos 2:24 ; nota- • Atos 2: 25-36 para mais discussão).
b. Que Jesus morreu por nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação (ver nota- • Romanos 7:
4 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 8: 3 ; nota- • Atos 1: 3 , estudo mais profundo # 1 Atos 1:
3 ; estudo mais profundo # 3 Atos 2:23 ; nota- • Atos 3: 13-15 . Ver Índice Assunto, Jesus Cristo, a
morte . há mais discussão)

ESTUDO TOPICO# 3 (4:25) Justificação- Jesus Cristo, a morte; Resurrection- propiciação

ESTUDO TOPICO# 1

( 04:22 ) imputado ( elogisthē PWS: 2108 ): significa a fazer contas, ao crédito, de contar, de calcular, para
atribuir, depositar, para colocar a sua conta. A fé de Abraão foi imputada como justiça. (Veja um estudo mais
profundo # 1 considerai-Romanos 06:11 para uma discussão mais completa.) Abraão depositou sua fé com
Deus, e Deus creditado a fé de Abraão como justiça.

ESTUDO TOPICO# 2
( 04:22 ) Justificação- fé- Justiça : em termos simples justificação significa que Deus toma a fé do crente e os
considera como justiça ( Romanos 4: 3 .; cp Gênesis 15: 6 ; ver notes- • Romanos 4: 1-3 ; estudo mais profundo
# 1-Romanos 4: 1-25 ; nota- • Romanos 5: 1 . Veja também estudo mais profundo # 4 , Cross-João 12:32 . há
mais discussão)

Quando uma pessoa realmente acredita que Jesus Cristo é o seu Salvador , Deus toma a fé da pessoa e
conta para a justiça ( Romanos 4: 3 , 5 , 9 , 11 , 22 , 24 ). A pessoa não é justo; ele não tem nenhuma justiça
própria. Ele ainda é imperfeito, ainda pecadores, ainda corruptível, ainda aquém da glória de Deus como um
ser humano pecador. Mas ele acredita que Jesus Cristo é o seu Salvador . Tal crença honra o Filho de Deus (a
quem Deus ama muito), e porque honra o Filho de Deus, Deus aceita a fé da pessoa para a justiça. Deus conta
a fé da pessoa como justiça. Portanto, essa pessoa torna-se aceitável a Deus. (Em uma discussão sobre a
justificação, a crença, o tipo certo de uma pessoa de crença é fundamental Veja. estudo mais profundo # 2-
João 2:24 ; nota- • Romanos 10: 16-17 ).

"E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça" ( Gênesis 15: 6 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Gálatas 3: 6 ).

"Tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados
em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" ( 1 Cor 6:11. ).
"E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo,
a justiça que vem de Deus pela fé" ( Fl 3. 9 ).

ESTUDO TOPICO# 3
( 04:25 ) Justificação- Jesus Cristo, a morte; Propiciação Resurrection- : Cristo foi entregue à morte por
nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação. Ele se ofereceu como propiciação pelos nossos
pecados. Propiciação significa sacrifício, cobrindo. (Veja nota- • Romanos 3:25 ; nota- • 1 João 2, 1-2 ). Cristo
ofereceu a si mesmo como nosso sacrifício, como nosso substituto, como a cobertura pelos nossos
pecados.Deus aceitou a oferta eo sacrifício de sua vida por nós. A ressurreição é a prova.

1 A ressurreição grita alto e bom som que Deus está satisfeito com a solução para o pecado que Cristo
fez.

2 A ressurreição declara o crente justificado, libertados do pecado, e justo aos olhos de Deus. (Veja um
estudo mais profundo # 1-Romanos 4:22 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5:
1 Cp..Romanos 4: 5 ; Romanos 4: 1-3 ; Romanos 4: 1-25 .)

"Ele, que foi entregue pelo determinado conselho e presciência de Deus, vós tomaram, e pelas
mãos de injustos ter crucificado e morto, ao qual Deus ressuscitou, rompendo os grilhões da morte,
pois não era possível que fosse retido dela "( Atos 2: 23-24 ).

. "Ele [David] Nesta previsão, disse da ressurreição de Cristo, que a sua alma não foi deixada no
inferno, nem a sua carne viu a corrupção este Jesus, Deus ressuscitou, do que todos nós somos
testemunhas" ( Atos 2: 31- 32 ).

"E nós somos testemunhas de tudo quanto fez, tanto na terra dos judeus e em Jerusalém; quem
matastes, suspendendo em uma árvore: este ressuscitou Deus ao terceiro dia, e mostrou-lhe
abertamente, não a todo o povo , mas às testemunhas escolhidas antes de Deus, mesmo para nós,
que comemos e bebemos com ele depois que ressurgiu dentre os mortos "( Atos 10: 39-41 ).

"Mas Deus o ressuscitou dentre os mortos" ( Atos 13:30 ).

"E declarou ser o Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santidade, pela ressurreição
dentre os mortos" ( Romanos 1: 4 ).

"[Poder de Deus], que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à


sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de
todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no que há de vir "( Efésios 1: 20-21. ).

Romanos 5:1-5
O Amor de Deus G. Incrivel (Parte I): Os resultados da justificação, 5: 1-5
1 A justificação é pela fé (v.1a)
2 Há paz com Deus (v.1b)
3 Não há acesso para a graça, o favor ea presença de Deus (v.2a)
4 Há esperança para a glória de Deus (v.2b)
5 Não há glória em provações e sofrimentos (v.3-5a)
a. Trials agitar paciência (v.3)
b. Paciência mexe personagem (v.4a)
c. Experiência desperta esperança (v.4b)
d. Espero nunca envergonha (v.5a)
6 Não é a experiência contínua do amor de Deus através do Espírito que habita (v.5b)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

O Amor de Deus G. Incrivel (Parte I): Os resultados da justificação, 5: 1-5

( 5, 1-5 ) Introdução : o homem é abençoado por Deus através da justificação, abençoado além de toda
imaginação. Justificação e seus resultados são gloriosamente coberto nesta passagem da Escritura.

1 A justificação é pela fé (v.1).

2 Há paz com Deus (v.1).

3 Não há acesso para a graça, o favor ea presença de Deus (v.2).

4 Há esperança para a glória de Deus (v.2).

5. Há glória em provações e sofrimentos (v.3-5).

6 Não é a experiência contínua do amor de Deus através do Espírito que habita (v.5).

1. ( 5: 1 ) Justificação (diakioun): contar alguém justo. Significa a fazer contas, ao crédito, para dar conta, de
julgar, de tratar, de se olhar como justo. Isso não significa fazer um homem justo. Todos os verbos gregos
que terminam em "oun" significa não fazer algo a alguém, mas apenas para contar, de julgar, de tratar alguém
como algo.

Há três pontos importantes a serem observados sobre a justificação.

1 Por que a justificação é necessário:

a. A justificação é necessária por causa do pecado e da alienação do homem. O homem se rebelou


contra Deus e tomado a sua vida em suas próprias mãos. O homem vive como quer ...

• cumprir a concupiscência dos olhos e da carne.

• agarrado à soberba da vida e das coisas do mundo.

O homem se tornou pecador e ímpio, um inimigo de Deus, levando Deus fora de sua vida e
querer pouco ou nada a ver com Deus. O homem se separou e alienou-se de Deus.

b. A justificação é necessário por causa da raiva e da ira de Deus. "Deus está irado com o ímpio todos
os dias" ( Salmo 07:11 ). Pecado despertou raiva e ira de Deus. Deus está com raiva sobre o homem
de ...

• rebelião • impiedade

• pecado • injustiça

• hostilidade • deserção

O homem virou as costas para Deus, levando Deus para longe e ter pouco a ver com ele. O
homem não fez de Deus o centro da sua vida; homem rompeu a sua relação com Deus. Portanto,
a maior necessidade na vida do homem é descobrir a resposta para a pergunta: Como é possível a
relação entre o homem e Deus ser restaurado?

2 Por que Deus justifica um homem: Deus justifica um homem por causa de Seu Filho Jesus Cristo. Quando
um homem crê em Jesus Cristo, Deus toma a fé daquele homem e conta como justiça. O homem não é justo,
mas Deus considera e credita a fé do homem como justiça. Por que Deus está disposto a fazer isso?

a. Deus está disposto a justificar o homem porque Ele ama o homem que muito. Deus ama tanto o
homem que enviou o Seu Filho ao mundo, e sacrificou-Lo, a fim de justificar o homem ( João
3:16 ; Romanos 5: 8).

b. Deus está disposto a justificar o homem por causa do que Seu Filho Jesus Cristo fez para o homem.

⇒ Jesus Cristo garantiu o Ideal justiça para o homem. Ele veio à Terra para viver uma vida
sem pecado e erfect. Como homem Ele nunca quebrou a lei de Deus; Ele nunca foi
contrário à vontade de Deus, nem sequer uma vez. Por isso, Ele estava diante de Deus e
diante do mundo como o homem ideal, o homem perfeito, o homem representativo, a
perfeita justiça que poderia estar para a justiça de todo homem.

⇒ Jesus Cristo veio ao mundo para morrer pelo homem. Como o Homem Ideal Ele poderia
levar todos os pecados do mundo sobre Si e morrer por todos os homens. Sua
morte poderia estar para cada homem. Ele trocou de lugar com o homem, tornando-se o
pecador ( 2 Cor. 5:19 ). Ele suportou a ira de Deus contra o pecado, tendo a condenação
de todos os homens. Mais uma vez, ele foi capaz de fazer isso porque ele era o homem
ideal, e como o Homem Ideal Sua morte poderia representar a morte de cada homem.

⇒ Jesus Cristo veio ao mundo para levantar dos mortos e, assim, vencer a morte para o
homem. Como o Homem Ideal , Sua ressurreição e exaltação na presença de Deus poderia
estar em necessidade desesperada de cada homem a vencer a morte e para ser agradável
a Deus. Sua vida ressuscitada poderia ficar para a vida ressuscitada do crente.

Agora, como dito acima, quando um homem crê em Jesus Cristo realmente acredita em Deus
leva crença e do homem ...

• conta como a justiça (perfeição) de Cristo. O homem é contado como justo em Cristo .

• conta como a morte de Cristo. O homem é considerado como tendo já morreram em Cristo ,
como já tendo cumprido a pena para o pecado na morte de Cristo .

• conta como a ressurreição de Cristo. O homem é considerado como tendo já


sido ressuscitados em Cristo .

Muito simplesmente, Deus ama Seu Filho Jesus Cristo tanto que Ele honra qualquer homem
que honra o Seu Filho por acreditar nele . Ele honra o homem, tendo a fé do homem e contando
(crédito) ele como justiça e dando-lhe o glorioso privilégio de viver com Cristo para sempre na
presença de Deus.

3. Como Deus justifica um homem: a palavra justificar ( dikaiōthentes PWS: 2222 ) é uma palavra legal
retirados dos tribunais. Retrata o homem a julgamento diante de Deus. O homem é visto como tendo
cometido o mais hediondo dos crimes; ele se rebelou contra Deus e quebrado o seu relacionamento com
Deus. Como ele pode restaurar esse relacionamento? Dentro tribunais humanos, se um homem for
absolvido, ele é declarado inocente, mas isso não é verdade no Tribunal Divino. Quando um homem aparece
diante de Deus, ele é tudo menos inocente; ele é totalmente culpado e condenado de acordo.

Mas quando um homem sinceramente confia em Cristo, então Deus toma a fé daquele homem e conta
como justiça. Por tal Deus conta os homens-juízes-lo, tratá-lo, como se ele fosse inocente. O homem não se
torna inocente; ele é culpado. Ele sabe disso e sabe Deus, mas Deus o trata como inocente. "Deus justifica o
ímpio" misericórdia incrível -an, a maravilhosa graça. (Veja notes- • Romanos 4: 1-3 ; ESTUDO TOPICO# 1-
Romanos 4: 1-25 ; ESTUDO TOPICO# 2-Romanos 4:22 .)

Como sabemos isso? Como podemos saber com certeza que Deus é assim? Porque Jesus disse isso. Ele
disse que Deus nos ama. Nós somos pecadores, sim; mas Cristo disse que estamos muito, muito querido por
Deus.

"E ele [Abraão] creu no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça" ( Gênesis 15: 6 ).

"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não pudestes ser
justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).
"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente
pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus" ( Romanos 3: 23-24 ).

"? Por que diz a Escritura Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Romanos
4: 3 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos salvos da ira por meio dele"
( Romanos 5: 9 ).

"Porque aquele que está morto [contados morto, justificado] está justificado do pecado"
( Romanos 6: 7 ).

"Quem intentará qualquer coisa a acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os
justifica" ( Romanos 8:33 ).

"Tais fostes alguns de vós; mas fostes lavados, mas fostes santificados, mas fostes justificados
em o nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus" ( 1 Cor 6:11. ).

"Sabendo que o homem não é justificado por obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos
também crido em Jesus Cristo, para que fôssemos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras
da lei : pois por obras da lei nenhuma carne será justificada "( Gálatas 2:16 ).

"Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Gálatas 3: 6 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos justificados pela
fé" ( Gálatas 3:24 ).

"E seja achado nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo,
a justiça que vem de Deus pela fé" ( Fl 3. 9 ).

2. ( 5: 1 ) Peace- Justificação : o primeiro resultado da justificação é a paz com Deus.


1 O significado da paz com Deus é impressionante. Paz com Deus não significa escapsim, uma atmosfera
tranquila, a ausência de problemas, o controle das situações pelo pensamento positivo, a negação dos
problemas, a capacidade de manter-se de enfrentar a realidade. Paz com Deus significa o bom senso e
conhecimento ...

• que se restaurou a sua relação com Deus.

• que um já não é alienado e separado de Deus.

• que se está agora reconciliado com Deus.

• que se está agora aceitos por Deus.

• que se está livre da ira eo julgamento de Deus.


• que se está justificado do temendo a ira eo julgamento de Deus.

• que se está agora agradando a Deus.

• que se está em paz com Deus.

2 A fonte da paz é Jesus Cristo. Os homens podem ter paz com Deus, só por causa de Jesus Cristo. É Ele
que reconcilia os homens com Deus. Ele fez a paz pelo sangue da sua cruz. (Ver notas, propiciação - •Romanos
3:25 .)

"Ele é a nossa paz, que nos fez tanto um, e derribou o muro de separação entre nós, tendo
abolido em sua carne a inimizade, a lei dos mandamentos contidos em ordenanças, para criar em
si mesmo de um TWAIN novo homem, fazendo a paz "( Ef 2: 14-15. ).

"E, tendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse si todas as coisas; por
ele, eu digo, sejam eles na terra, ou que estão nos céus" ( Colossenses 1:20 ).

"Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que
nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados" ( Isaías 53: 5 ).

3 A razão pela qual temos a paz é a gloriosa verdade da justificação (ver nota, Justificação - • Romanos 5:
1 . à discussão Ver estudo mais profundo # 1, Justificação-Romanos 4: 1-25 ; nota- • Romanos 4: 1- 3 ;estudo
mais profundo # 2-Romanos 4:22 para mais discussão).

3. ( 5: 2 ) Acesso-Graça : o segundo resultado da justificação é o acesso à graça de Deus.


1. Grace ( charis PWS: 1772 ) significa um presente ou um favor, um imerecido dom e imerecido ou favor
(ver notas, Graça - • Romanos 4:16 ; estudo mais profundo # 1-Tito 2: 11-15 para mais discussão. ) No presente
passagem graça é encarado como um lugar ou uma posição. Graça é um lugar ao qual somos levados, uma
posição em que são colocados. É o lugar da presença de Deus, a posição da salvação. A pessoa que se justifica
...

• está na presença de Deus.

• está diante de Deus salva.

• está no favor de Deus.

• está nos privilégios de Deus.

• está nas promessas de Deus.

2. Note é através de Cristo que temos acesso a esta graça. A palavra "acesso" ( prosagōgēn ) significa
trazer para, para se deslocar para, para introduzir, apresentar. A idéia é a de estar em uma corte real e que
está sendo apresentado e introduzido para o Rei dos reis. Jesus Cristo é Aquele que abre a porta à presença
de Deus. Ele é Aquele que nos apresenta a Deus, o Soberano Majestade do universo.

"Eu sou a porta por mim, se alguém entrar, ele será salvo, e entrará, e sairá, e achará pastagem"
( João 10: 9 ).

"Por quem obtivemos igualmente acesso, pela fé, a esta graça na qual estamos firmes, e nos
gloriamos na esperança da glória de Deus" ( Romanos 5: 2 ).

"Mas agora em Cristo Jesus, vós, que estáveis longe, chegastes perto [aproximados] pelo
sangue de Cristo" ( Ef 2:13. ).

"Porque por ele ... [todos] têm acesso por um só Espírito ao Pai" ( Ef 2:18. ).

"No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele" ( Efésios. 3:12 ).

"Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus" ( Hebreus 10:19 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para que
pudesse nos levar a Deus , sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito "( 1 Pedro 3:18 ).

Pensamento 1 . Observação "estamos" na graça de Deus, em Sua presença.

1) Não estão abatidos, intimidados, acometido de medo e humilhado. Cristo nos justificou, removeu
nossa culpa e vergonha, e nos deu muita confiança diante de Deus. Por isso, tomar uma posição
de honra e dignidade diante dele, de pé na justiça perfeita do Senhor Jesus.

2) Não estamos sentados ou deitados, mas estamos de pé. Esta imagens de nosso serviço e trabalho
para Deus. Somos levados à Sua presença para a Proposito do serviço; portanto, não há tempo
para se sentar e em torno de mentir. Estamos perante Ele justifica, sim, mas estamos para receber
nossas ordens dele. (Cp. 1Co 15:58. ; 2 Cor 5, 18-21. ).

. 4 ( 5: 2 ) Esperança : o terceiro resultado da justificação é a esperança, esperança para a glória de Deus


(ver notas, recompensas - • Romanos 2: 6-10 ; estudo mais profundo # 1, Glory-Romanos 2: 7 ; ESTUDO
TOPICO# 1-Romanos 3:23 para discussão e versos.) Note-se que a esperança do crente é para a glória de
Deus .

1 Quando a Escritura fala da esperança do crente, isso não significa que o mundo entende por
esperança. A esperança do mundo é um desejo , um desejo . O mundo espera-quer, deseja-que algo vai
acontecer. Mas esta não é a esperança do crente. A esperança do crente é uma garantia : é perfeito garantia,
confiança e conhecimento. Como pode esperar ser tão absoluta e garantida? Por ser uma posse para
dentro . A esperança do crente é baseada na presença do Espírito de Deus que habita no crente. Na verdade,
o crente possui a esperança da glória somente pelo Espírito de Deus que habita dentro dele. (Veja um estudo
mais profundo # 1, Hope-Romanos 8: 24-25 . para discussão mais detalhada)
"Em quem [Cristo] também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho
da vossa salvação, tendo nele também depois que crestes, fostes selados com o Espírito Santo da
promessa, o qual é o penhor da nossa herança , para redenção da possessão adquirida, para louvor
da sua glória "( Ef 1: 13-14. .; cp 2 Cor 1, 21-22. ; . Ephes 04:30 ; João 14: 16-18 ).

"Por causa da esperança que está guardada para você no céu, da qual antes ouvistes pela
palavra da verdade do evangelho" ( Cl 1: 5 ).

"Pela graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens, ensinando-nos que,
renunciando à impiedade e às paixões mundanas, vivamos sóbria, justa e piedosamente, no
presente mundo, procurando a bendita esperança ea manifestação da glória do nosso grande Deus
e Salvador Jesus Cristo "( Tito 2: 11-13 ).

"Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, podemos ter a
firme consolação, que nos refugiamos em lançar mão da esperança proposta: a qual temos como
âncora da alma, tanto segura e firme , e que penetra até o interior do véu, onde nosso Precursor
entrou por nós, até mesmo Jesus, feito sacerdote para sempre "( Hebreus 6: 18-20 ).

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande
misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os
mortos, para uma herança incorruptível, e imaculada, e imarcescível , reservada nos céus para vós
"( 1 Pedro 1: 3-4 ).

"Eis aqui, que tipo de amor o Pai derramou sobre nós, que fôssemos chamados filhos de Deus.:
Por isso o mundo não nos conhece, porque não conheceu a ele Amados, agora somos filhos de Deus,
e Acaso ainda não manifestou o que havemos de ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar,
seremos semelhantes a ele, porque haveremos de vê-lo como ele é, e todo aquele que nele tem
esta esperança purifica-se a ele mesmo, assim como ele é puro. "( 1 João 3: 1-3 ).

2 A glória desejada pelo crente deve exceder abundantemente a experiência mais maravilhosa que
podemos pedir ou pensar. Glória significa possuir e estar cheio de luz perfeita; morar no esplendor perfeito
e magnificência de Deus (ver estudo mais profundo # 1, Glory-Romanos 2: 7 ).

"Então os justos resplandecerão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir,
ouça" ( Mateus 13:43 ).

"E, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com
ele padecemos, para que também participemos da sua glória" ( Romanos 8:17 ).

"Que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo a
operação pela qual ele é capaz de até sujeitar si todas as coisas" ( Fp. 3:21 ).

"Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também vós vos manifestareis com
ele em glória" ( Col. 3: 4 ).
"Depois destas coisas olhei, e eis aqui uma multidão, a qual ninguém podia contar, de todas as
nações, e tribos, e povos, e línguas, que estavam diante do trono, e perante o Cordeiro, trajando
vestes brancas e com palmas em suas mãos "( Apocalipse 7: 9 ).

"Tu me guias com o teu conselho, e depois me receberás na glória" ( Salmo 73:24 ).

"Pois tenho para mim que as aflições deste tempo presente não são para comparar com a glória
a ser revelada em nós" ( Romanos 8:18 ).

"Porque a nossa leve tribulação, que é só um momento, trabalha para nós um peso muito mais
superior e eterno de glória" ( 2 Coríntios. 04:17 ).

"Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que
está em Cristo Jesus com glória eterna" ( 2 Tm. 2:10 ).

"Os anciãos que estão entre vós, admoesto eu, que sou também presbítero com eles, e
testemunha dos sofrimentos de Cristo, e ainda co-participante da glória que há de ser revelada" ( 1
Pedro 5: 1 ).

Pensamento 1 . Observe quão longe nós muitas vezes vêm. Em vez de alegrar-se na gloriosa
esperança que Deus deu ...

• nós gemer, gemido, e queixam-se, vivendo uma vida desanimados e derrotados.

• nós escorregar de volta para os caminhos do mundo: a concupiscência da carne e dos olhos
e perseguindo o orgulho da vida e as coisas do mundo. (Cp. 1 João 2: 15-16 .)

• ficamos desanimados e derrotados, não mais consciente da gloriosa esperança da glória de


Deus.

"Que ele fez abundar para conosco em toda a sabedoria e prudência; tendo-nos
conhecer o mistério da sua vontade, segundo o seu beneplácito, que ele intentou
em si mesmo" (Efésios 1: 8-9. ).

5. ( 5: 3-5 ) Sofrimento Trials- : o quarto resultado da justificação é a glória em provações e


sofrimentos. Quando um homem é verdadeiramente justificado, ele já não é derrotado por provações e
sofrimentos.Provações e sofrimentos não desencorajar e inundar-lo, já não derrubá-lo para o calabouço do
desespero e da desesperança. O oposto é verdadeiro. Provações e sofrimentos se tornam Proposito e
significado. Overdadeiro homem justificado sabe ...

• que a sua vida eo bem-estar estão completamente sob o cuidado de Deus e olhar atento.

• portanto, quaisquer que sejam os eventos entram em sua vida, seja bom ou ruim, eles são
permitidos por Deus por uma razão. O homem justificado sabe que Deus vai tomar as provações
e sofrimentos deste mundo e trabalhar com eles para o bem, mesmo que Deus tem que torcer e
mover todos os eventos em torno do crente.

Esta passagem explica os grandes benefícios de provações e sofrimentos; ele mostra exatamente como
as provações e sofrimentos da vida trabalhar bom para nós. A palavra "ensaios" ou "tribulações"
( thlipsis PWS: 4051 ) significa pressão, opressão, aflição e angústia. Significa ser pressionados juntos sempre
tão bem. Isso significa que todos os tipos de pressão que variam de pressões do dia a dia até a pressão de
enfrentar as aflições mais graves, mesmo que da própria morte.

"No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo" ( João 16:33 ).

"Nós, através de muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus" ( Atos 14:22 ).

"Porque, na verdade, quando estávamos com vocês, nós lhes dissemos antes que devemos
padecer tribulações, como sucedeu, e vós o sabeis" ( 1 Ts 3:. 4 ).

. "E eu disse-lhe: Senhor, tu sabes E ele disse-me: Estes são os que vieram da grande tribulação,
e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro" ( Ap 7: 14 ).

1. Trials agitar paciência ( hupomone ): resistência, coragem, firmeza, constância, perseverança. A


palavra não é passiva; ela é ativa. Não é o espírito que apenas se senta para trás e coloca-se com as provações
da vida, levando tudo o que pode vir. Pelo contrário, é o espírito que se levanta e enfrenta as provações da
vida, que vai ativamente sobre a conquista e superação. Quando ensaios enfrentar um homem que é
verdadeiramente justificado, ele é agitada a surgir e enfrentar as provações na cabeça. Ele imediatamente
se propõe a conquistar e superá-los. Ele sabe que Deus está permitindo que os ensaios, a fim de ensiná-lo
mais e mais paciência (endurance).

"Na vossa paciência possuí as vossas almas" ( Lucas 21:19 ).

"Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração contínua" ( Romanos


12:12 ).

"Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais
alcançar a promessa" ( Hebreus 10:36 ).

"Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações, sabendo
isto, que a prova da vossa fé opera a paciência ea perseverança tenha a sua obra perfeita, para que
sejais perfeitos e completos, sem faltar nada." ( Tiago 1: 2-4 ).

. "Seja paciente, pois, irmãos, até a vinda do Senhor: Eis que o lavrador espera o precioso fruto
da terra, e tem com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia" ( Tiago 5: 7 ).
2. Paciência mexe experiência ( dokimēn PWS: 1395 ): caráter, integridade, força. A idéia é que, com
experiência comprovada, de ganhar força através das provações da vida; Portanto, a palavra é mais traduzido
com precisão personagem. Quando um homem justificado perdura ensaios, ele sai dela mais forte do que
nunca. Ele é um homem de caráter e integridade muito mais forte. Ele sabe muito mais sobre a presença ea
força de Deus.

"Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias eo Deus de toda
a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os
que estiverem em qualquer angústia, com a consolação com que nós mesmos somos consolados
por Deus "( 2 Cor 1, 3-4. ).

"E ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza boa
vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que o poder de Cristo habite em mim Pelo
que sinto prazer nas fraquezas.. , nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias
por amor de Cristo: Porque, quando sou fraco, então é que sou forte "( 2 Cor 12, 9-10. ).

"Que ele iria conceder-lhe, de acordo com as riquezas da sua glória, para ser fortalecidos com
poder pelo seu Espírito no homem interior" ( Efésios. 3:16 ).

"Fortalecidos com todo o poder, segundo a sua glória, em toda a paciência, e longanimidade
com gozo" ( Colossenses 1:11 ).

"Quem pela fé venceram reinos, praticaram a justiça, alcançaram promessas, fecharam as bocas
dos leões, apagaram a força do fogo, escaparam do fio da espada, da fraqueza tiraram forças,
tornaram-se corajosos na luta, puseram em fuga os exércitos dos os estrangeiros "( Hebreus 11: 33-
34 ).

"Mas os que esperam no Senhor renovam as suas forças, subirão com asas como águias, correm
e não se cansarão; e andarão, e não se fatigam" ( Isaías 40:31 ).

"Não temas, ó, porque eu sou contigo; não te espantes, porque eu sou teu Deus: eu te fortaleço-
te, sim, eu te ajudo, sim, eu vou te sustento com a destra da minha justiça" ( Isaías 41 : 10 ).

3. Experience agita esperança ( Elpis PWS: 2008 ): a esperar com confiança; antecipar saber; para olhar e
muito para com garantia; a desejar com garantia; contar com com certeza; para confiar com a garantia; a
acreditar com o conhecimento. Note-se que a esperança é a expectativa, expectativa, olhando e desejando
para, querendo, confiar, e confiante. Mas também é a confiança, conhecimento, garantia, segurança, certeza
e garantia. Quando um homem justificado se torna mais forte no personagem, ele se aproxima de Deus e
quanto mais perto ele chama a Deus, mais ele espera para a glória de Deus. (Ver nota, Esperança - • Romanos
5: 2para mais discussão e versículos.)

4. esperança nunca envergonha ( kataischunō PWS: 208 , faz vergonha): nunca decepciona, ilude, engana,
confunde, confunde. O crente, a pessoa que é verdadeiramente justificada, nunca será decepcionado ou
envergonhado. Ele vai ver a sua esperança cumprida. Ele vai viver para sempre na presença de Deus herdam
as promessas que Deus nos deu em Sua Palavra.

"Todo aquele que nele crê não será confundido" ( Romanos 9:33 ).

"De acordo com minha expectaton sério e minha esperança, de que em nada serei confundido,
mas com toda a ousadia, como sempre, e agora Cristo será engrandecido no meu corpo, seja pela
vida, seja pela morte" ( Filipenses . 01:20 ).

"No entanto, se padece como cristão, que ele não se envergonhe, antes glorifique a Deus com
esse nome" ( 1 Pedro 4:16 ).

"E agora, filhinhos, permanecei nele, para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança,
e não sejamos confundidos por ele na sua vinda" ( 1 João 2:28 ).

"A ti clamaram, e foram salvos em ti confiaram, e não foram confundidos" ( Salmo 22: 5 ).

"Em ti, Senhor, eu ponho a minha confiança, me deixe nunca ser condenado à confusão" ( Salmo
71: 1 ).

"Então não ficaria confundido, atentando eu tenho para todos os teus mandamentos" ( Salmo
119: 6 ).

"A esperança dos justos é alegria, mas a expectação dos ímpios perecerá" ( Provérbios 10:28 ;
cp. Salmo 22: 5 ; Salmo 71: 1 ).

"Porque o Senhor Deus me ajuda, por isso não hei de ser confundido; por isso pus o meu rosto
como um seixo, e sei que não será confundido" ( Isaías 50: 7 ).

"E comereis abundantemente e ficareis satisfeitos, e louvar o nome do Senhor teu Deus, que se
procedeu para convosco maravilhosamente; eo meu povo nunca mais será envergonhado" (Joel
2:26 ).

6. ( 5: 5 ) Deus, Amor de- Espírito Santo, Trabalho de : há a experiência contínua do amor de Deus, através
da presença do Espírito Santo.

1 O amor de Deus é demonstrado em Sua justificando o homem que realmente acredita em Seu Filho
Jesus Cristo.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não
pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo
morreu por nós" ( Rm 5, 8 ).
2 O Espírito Santo derrama o amor de Deus no exterior em nossos corações. Ele cresce e amadurece-nos
no amor de Deus, aumentando nossa compreensão do que Deus fez e está fazendo por nós. Ele nos ajuda a
aprender mais e mais sobre a nossa justificação e mais e mais da gloriosa salvação que Ele promete.

O Espírito Santo ...

• nos faz consciente e ciente do amor de Deus, e nos dá um profundo e íntimo sentimento do amor
de Deus.

• nos faz consciente e ciente da presença de Deus e de Seu cuidado e preocupação com tudo o que
está envolvido na salvação.

É o sentimento ea intimidade do amor de Deus que está sendo forçado: a manifestação pessoal, uma
experiência pessoal da presença e do amor de Deus, de sua justificação e cuidar de nós como nós andamos
com vida momento a momento.

"Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me
ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele" ( João 14:21 ).

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e meu Pai o amará,
e viremos para ele, e faremos nele morada" ( João 14:23 ).

"Mas Deus, que é rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando
nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)" (Efésios
2: 4-5. ).

"Eis aqui, que tipo de amor o Pai derramou sobre nós, que fôssemos chamados filhos de Deus:
por isso o mundo não nos conhece, porque não o conheceu" ( 1 João 3: 1 ).

"Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao
mundo, para que pudéssemos viver por meio dele" ( 1 Jo 4, 9 ).

. "E nós conhecemos e cremos no amor que Deus nos tem Deus é amor, e quem permanece no
amor permanece em Deus e Deus nele" ( 1 João 4:16 ).

Nota: o Espírito Santo é "dado a nós." Ele entra em nossos corações e vidas com o propósito de selar ou
garantir-nos. Ele sela ou garante a nossa justificação, e Ele sela o fato de que Deus nos ama e cuida e cuida
de nós. É por causa de Sua presença interior que nós temos a experiência contínua e ininterrupta do amor
de Deus. Mas lembre-se: essa intimidade gloriosa com Deus é um resultado da justificação. Só a pessoa que
é verdadeiramente experiências justificados, o amor de Deus.

Nota outro fato: o amor de Deus é um dom, um dom depositado no crente pelo Espírito Santo. (Cp a
natureza divina que é. depositado dentro de nós quando realmente confiar em Jesus Cristo como nosso
Salvador, 2 Pedro 1: 4 .)
. "Porque não recebestes o espírito de escravidão novamente para temor, mas recebestes o
espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai O próprio Espírito testifica com o nosso espírito
que somos filhos de Deus, e se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo:
se é certo que com ele padecemos, para que também participemos da sua glória "( Romanos 8: 15-
17 ).

"Quem vos também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações" ( 2 Coríntios.
01:22 ).

"Em quem [Cristo] também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho
da vossa salvação, tendo nele também depois que crestes, fostes selados com o Espírito Santo da
promessa, o qual é o penhor da nossa herança , para redenção da possessão adquirida, para louvor
da sua glória "( Ef 1: 13-14. ).

Romanos 5: 6-11

O Amor de Deus H. Inacreditável (Parte II): A grande profundidade de Justificação, 5: 6-11


1 Estávamos ímpios e sem força, mas Cristo morreu por nós (v.6-7)
a. No tempo de Deus (v.6)
b. Foi um raro, amor inacreditável (v.7)
2 Nós éramos pecadores, mas Deus demonstrou Seu amor por nós (v.8-9)
a. Pela morte de Cristo (v.8)
b. Por justificação (v.9a)
c. Por nos salvar da ira (v.9b)
3 Nós éramos inimigos, mas Deus reconciliou e nos salvou (v.10-11)
a. Somos reconciliados pela morte de Cristo (v.10a) Ver: DS1
b. Somos salvos pela vida de Cristo (v.10b)
c. Estamos atendendo alegria por expiação de Cristo (reconciliação) (v.11)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

O Amor de Deus H. Inacreditável (Parte II): A grande profundidade de Justificação, 5: 6-11


( 5: 6-11 ) Introdução- amor ( ágape ): esta passagem discute o amor inacreditável de Deus. Isso mostra a
grande profundidade de justificação. A passagem também dá uma das definições mais claras
da Ágape amor.Na verdade, mostra o significado de ágape amor . Ágape amor vai muito mais longe do
que phileo amor . Phileo amor é o amor fraternal, um amor que se dá para um irmão. Mas Ágape amor é
um novo tipo de amor: é um amor divino, um amor sacrificial, um amor que se dá para aqueles sem força
( Romanos 5: 6 ), para os ímpios ( Romanos 5: 6 ), para os pecadores ( Romanos 5: 8 ), e para os inimigos
( Romanos 5:10 ). (Veja nota- • João 21: 15-17 ).

1. Estávamos ímpios e sem força, mas Cristo morreu por nós (v.6-7).

2. Nós éramos pecadores, mas Deus demonstrou Seu amor por nós (v.8-9).

3. Éramos inimigos, mas Deus reconciliou e nos salvou (v.10-11).

1. ( 5: 6-7 ) Jesus Cristo, Morte-- Homem, Estado de- -God, Love of : éramos ímpios e sem força, todavia,
Cristo morreu por nós. O grande amor de Deus é visto neste ato inacreditável.

1. Estávamos "sem força" ( asthenōn PWS: 4391 ): fraco, sem valor, inútil, impotente, desesperado,
desamparado, impotente. Nós estávamos espiritualmente inútil e inútil e incapaz de ajudar a nós mesmos.

"A minha alma está cansada da minha vida, vou deixar à minha queixa, falarei na amargura da
minha alma: ( Jó 10: 1 ).

"Porque a minha vida está gasta de tristeza, e os meus anos de suspiros minha força descai por
causa da minha iniqüidade, e os meus ossos se consomem" ( Salmo 31:10 ).

"Ó meu Deus, a minha alma está abatida dentro de mim" ( Salmo 42: 6 ).

"Eu afundar em profundo lamaçal, onde não dá pé; entrei na profundeza das águas, onde a
corrente me" ( Salmo 69: 2 ).

"Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; meus passos tinha-se quase escorregou"
( Salmo 73: 2 ).

"Quando pensava em entender isto, foi para mim muito doloroso" ( Salmo 73:16 ).

"Evita que o teu pé ande descalço, e tua garganta tenha sede: mas tu disseste: Não há
esperança: nenhum, porque tenho amado os estranhos, e após eles andarei" ( Jeremias 02:25 ).

"Mas eu não teria que sejais ignorantes, irmãos, acerca dos que já dormem [morto], que não
vos entristeçais, como os outros que não têm esperança" ( 1 Ts. 4:13 ).

"Que naquele tempo estáveis sem Cristo ... não tendo esperança, e sem Deus no mundo" ( Ef
2:12. ).
2. foram ímpios ( asebōn PWS: 4153 ): não gosto de Deus, diferente de Deus, profano, ter um estilo de vida
diferente do que Deus. Deus é piedoso, ou seja, perfeito; homem é ímpio, isto é, ele não é como Deus; ele é
imperfeita.

"E, como eles não gostam de reter o conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um
sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; estando cheios de toda a iniqüidade,
prostituição, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja , homicídio, contenda, engano,
malignidade; murmuradores, caluniadores, inimigos de Deus, Malicioso, soberbos, presunçosos,
inventores de males, desobedientes aos pais, sem entender, contratos, sem afeição natural,
irreconciliáveis, sem misericórdia; que, conhecendo a justiça de Deus, que os que cometem tais
coisas são dignos de morte, não somente as fazem, mas também consentem aos que as fazem
"( Romanos 1: 28-32 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os
ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de mães, para os
homicidas, para os devassos, para daqueles que se contaminam com a humanidade, para
menstealers, para os mentirosos, para os perjuros, e se há qualquer outra coisa que for contrário à
sã doutrina "( 1 Tm 1, 9-10. ).

"Mas vós, amados, lembrai-vos das palavras que foram preditas pelos apóstolos de nosso
Senhor Jesus Cristo, como que eles lhe disseram que haveria escarnecedores nos últimos tempos,
que andariam segundo as suas ímpias concupiscências Estes são os que se separam. si, sensual, que
não têm o Espírito "( Judas 17-19 ).

3 Foi em "tempo oportuno" ( kata kairon PWS: 1183 ) que Cristo morreu por nós. Era no tempo designado
por Deus: Seu tempo destinado, momento oportuno. Os homens tinham que estar preparado para Cristo
antes que Deus pudesse mandá-lo para o mundo. Os homens tiveram que aprender que eles estavam sem
força e ímpio, que precisavam de um Salvador. (Este foi o propósito do Velho Testamento e da lei, para
mostrar aos homens que eles eram pecadores Veja outline-. • Romanos 4: 14-15 e nota- • Romanos 4: 14-15 .)

"E dizendo: O tempo está cumprido, eo reino de Deus está próximo: arrependei-vos e crede no
evangelho" ( Marcos 1:15 ).

"Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a
lei, para remir os que estavam sob a lei, para que recebêssemos a adoção de filhos" ( Gl 4, 4 -5).

"Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem, que se
entregou em resgate por todos, para servir de testemunho a seu devido tempo "( 1 Tm 2, 5-6.).
"Na esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos
eternos, mas tem em devido tempo manifestou a sua palavra pela pregação que me é confiada
segundo o mandamento de Deus, nosso Salvador "( Tito 1: 2 -3 ).

"Pois então ele deve ter sofrido muitas vezes desde a fundação do mundo, mas agora uma vez
no fim do mundo, tem ele manifestou, para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo
"(Hebreus 9:26 ).

4. Cristo morreu por nós. A palavra "para" ( huper ) significa para o nosso benefício, por nossa causa, em
nosso favor, em nosso lugar, como nosso substituto. (Veja nota- • Marcos 10:45 e ESTUDO TOPICO# 4-Marcos
10:45 .)

a. Cristo morreu como nosso sacrifício.

"Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós" ( 1 Cor 5, 7. ).

"E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas
para aquele que por eles morreu e ressuscitou" ( 2 Coríntios. 05:15 ).

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos
feitos justiça de Deus nele: ( 2 Cor 5:21. ).

"Também Cristo nos amou e entregou a si mesmo por nós, como oferta e sacrifício a
Deus, em cheiro suave" ( Efésios 5: 2. ).

"Para um sumo sacerdote tal tornou-se-nos, que é santo, inocente, imaculado,


separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus; que não necessita, como os
sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios
pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, quando se ofereceu a si
mesmo "( Hebreus 7: 26-27 ).

"Porque, se o sangue de bodes e de touros ea cinza de uma novilha, aspergidos sobre


os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne, quanto mais o sangue de
Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará a nossa
consciência das obras mortas, para servirmos ao Deus vivo? " ( Hebreus 9: 13-14 ).

"Nem ainda que ele se oferecer muitas vezes, como o sumo sacerdote entra no
santuário todos os anos com o sangue de outros, pois, necessário lhe fora padecer muitas
vezes desde a fundação do mundo, mas agora uma vez no fim do mundo, tem ele apareceu
para aniquilar o pecado pelo sacrifício de si mesmo "( Hebreus 9: 25-26 ).

"Pelo que temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, uma vez por
todas" ( Hebreus 10:10 ).
"Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados para sempre, sentou-
se à direita de Deus .... Pois com uma só oferta tem aperfeiçoado para sempre os que são
santificados" ( Hebreus 10:12 , 14 ) .

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que,
mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro
2:24 ).

b. Cristo morreu como nosso resgate (ver nota- • Romanos 3:24 ; nota- • Gálatas 3: 13-14 ).

"Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo
Jesus" ( Romanos 3:24 ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados" ( Cl 1:14 ).

"Quem deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si
um povo todo seu, zeloso de boas obras" ( Tito 2:14 ).

"Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no
santuário, havendo obtido uma eterna redenção" ( Hebreus 9:12 ).

"Porquanto vós sabeis que não foi com coisas corruptíveis, como prata e ouro, da vossa
vã maneira que por tradição recebestes dos vossos pais, mas pelo precioso sangue de
Cristo, como de um cordeiro sem defeito e sem mácula" ( 1 Pedro 1: 18-19 ).

"E cantavam um cântico novo, dizendo: Tu és digno de receber o livro e de abrir-lhe os


selos, porque foste morto, e redimiu-nos a Deus com o teu sangue de toda a tribo, e língua,
e povo, e nação "( Apocalipse 5: 9 ).

c. Cristo morreu como nossa propiciação (ver nota- • Romanos 3:25 Cp.. 1 João 2, 1-2 ).

"A quem Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue, para demonstrar a sua
justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos, sob a paciência de Deus" ( Romanos
3:25 ).

"E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também
pelos pecados de todo o mundo" ( 1 João 2: 2 ).

"Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas foi Ele que nos
amou e enviou o seu Filho como propiciação pelos nossos pecados" ( 1 João 4:10 ).
5. amor de Deus é uma incomum e um amor inacreditável. Basta pensar sobre a figura dada. Algumas
pessoas tentam salvar as pessoas que estão presas em alguma tragédia desesperada, e outros oferecem suas
vidas para representar os líderes em seu grande propósito.

• Alguns vão morrer por um homem justo e correto (justo).

• Alguns até se atrevem a morrer por um homem "bom".

Mas isso não é o que Cristo fez. Cristo não morreu para o homem justo e piedoso, nem para o homem
bom e puro. Ele foi muito além do que os homens. Cristo ...

• morreu pelos ímpios, para aqueles que eram exatamente o oposto do justo e bom.

• morreu por aqueles "sem força": o inútil, desamparados, sem valor, e sem valor para a sociedade e
os homens.

Cristo morreu por aqueles por quem ninguém iria morrer, para aqueles que não eram de valor e de
bom. Ele morreu por aqueles que foram diametralmente opostos a Deus, exatamente o oposto de tudo o
que Ele é. Tal é o amor incrível de Deus; tal é a profundidade de justificação.

2. ( 5: 8-9 ) Jesus Cristo, Morte-- Homem, Estado de- Deus, Amor de : éramos pecadores, mas Deus provou
o Seu amor por nós. A palavra "louva" ( sunistēmi PWS: 650 ) significa mostrar, provar, exibir, demonstrar.É o
tempo presente: Deus está sempre mostrando e provando Seu amor por nós. A palavra "pecadores"
( hamartolon ) refere-se a um homem que é pecador, o homem que peca ...

• por desobedecer a Palavra de Deus e vontade (. Cp Romanos 1: 29-31 ).

• vivendo egoisticamente.

• ignorando os mandamentos de Deus.

• fazendo suas próprias coisas.

• pela concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos.

• prosseguindo o orgulho da vida e das coisas do mundo.

O ponto é este: é " enquanto ainda éramos pecadores "que Deus provou o Seu amor por nós. Este é o
amor incrível de Deus, que Ele abaixou-se para salvar os pecadores. Seria de esperar que Ele para salvar os
justos e bons, mas nos pega completamente de surpresa quando se afirma que Ele salva pecadores. Tal é o
amor incrível de Deus.

Agora observe como Deus provou o Seu amor.

1. Deus provou o Seu amor, dando-se o seu único Filho para morrer por nós. Alguns pais terrenos estariam
dispostos a abrir mão de seus filhos para um homem "bom" ou por uma grande causa. Mas quantos estariam
dispostos a abrir mão de seus filhos para um homem que cometeu traição ou por um homem que assassinou
um dos maiores homens que vivem? Pense no enorme preço que Deus pagou para provar seu amor: Ele deu
Seu Filho para morrer pela indigno e inútil, os ímpios e pecadores, os ímpios e depravados-os piores
pecadores e marginalizados que se possa imaginar. Basta pensar que o próprio Deus deve ter passado por:
os sentimentos, o sofrimento, a mágoa, a dor, a tensão emocional terrível. Só acho que o que está envolvido
em Deus dando Seu Filho:

⇒ Deus teve que enviar o Seu Filho de o mundo espiritual e eterna (dimensão) para o mundo físico
e corruptível (dimensão).

⇒ Deus teve de humilhar seu Filho retirando-lhe a Sua glória eterna e insistindo que ele tornar-se
vestido com carne corruptível e morrer como um homem.

⇒ Deus teve que assistir seu filho caminhar pela vida sendo rejeitado, negado, amaldiçoados,
abusados, presos, torturados e assassinados. Deus teve que sentar e assistir seu filho sofre de ser
assassinado pelas mãos de homens; Ele tinha que sentar-se quando ele sabia que poderia chegar
e entregá-Lo.

⇒ Deus teve que destinar Seu Filho para morrer na cruz pelos pecados dos homens.

⇒ Deus teve que colocar todos os pecados do mundo sobre Seu Filho e deixar que Ele suportar todos
eles.

⇒ Deus teve de julgar o Seu Filho como o pecador e condená-Lo à morte pelo pecado.

⇒ Deus teve que virar as costas a Cristo na morte.

⇒ Deus tinha para lançar sua ira contra o pecado em Cristo.

⇒ Deus tem de suportar a dor dos sofrimentos de seu filho eternamente, pois Ele é eterna ea morte
de Seu Filho está sempre diante de Sua face. (Imaginem! Ele está além de nossa compreensão,
mas a agonia eterna é um fato por causa da natureza eterna de Deus.)

Como foi dito, Deus provou o Seu amor. Ele deu Seu Filho para morrer por nós. Nós não merecemos isso,
nós nunca temos e nunca será, mas Deus nos ama com um amor inacreditável. Por isso, Ele deu Seu Filho
para morrer por nós, como nosso substituto, em nosso favor.

"Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que
nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados" ( Isaías 53: 5 ).

"Eu sou o bom pastor: o bom pastor dá a sua vida pelas ovelhas" ( João 10:11 ).

"Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos" ( João
15:13 ).

"Para vos entreguei o primeiro de todos o que também recebi: que Cristo morreu por nossos
pecados, segundo as Escrituras" ( 1 Cor 15:. 3 ).

"Mas nós vemos Jesus, que foi feito um pouco menor que os anjos por causa do sofrimento da
morte, coroado de glória e de honra, para que, pela graça de Deus, provasse a morte por todos"
( Hebreus 2: 9 ).
"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos
a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

2 Deus prova o seu amor por justificação pelo sangue de Cristo (ver nota- • Romanos 5: 1 ; nota- • Romanos
3:25 para discussão).

"Muito mais agora, sendo justificados pelo seu sangue, seremos salvos da ira por meio dele"
( Romanos 5: 9 ).

"E, tendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse si todas as coisas; por
ele, eu digo, sejam eles na terra, ou que estão nos céus" ( Colossenses 1:20 ).

"Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a
Deus, purificará a nossa consciência das obras mortas, para servirmos ao Deus vivo?" (Hebreus
9:14 ).

3. Deus prova o seu amor por nós salvar da ira (ver notes- Romanos 1:18 e estudo mais profundo # 1, Ira-
romanos de Deus 01:18 Veja também nota, pt.1-. • Romanos 5: 1 . para discussão)

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não
pereça, mas tenha a vida eterna Porque Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o
mundo,. Mas que o mundo através dele pode ser salvo "( João 3: 16-17 ).

"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a vida, mas
a ira de Deus sobre ele permanece" ( João 3:36 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo
Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Cristo nos resgatou da maldição da lei, fazendo-se maldição por nós, porque está escrito:
Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro" ( Gálatas 3:13 ).

3. ( 5: 10-11 ) Reconciliation- Jesus Cristo, Morte-- Homem, Estado de- Deus, Amor de : éramos inimigos,
mas Deus reconciliou consigo e nos salvou. Deus reconcilia e nos salva, fazendo três coisas.

1. Deus nos reconcilia com a morte de Cristo (ver estudo mais profundo # 1-Romanos 5:10 para discussão).

2 Deus nos salva pela vida de Cristo. "Sua vida", a vida do Senhor vivo . Cristo está diante de Deus como
nosso grande Intercessor e Mediador. De pé diante de Deus, Ele permanece como o Filho sem pecado e justo
de Deus, como o ideal e perfeito homem. Quando cremos em Cristo, Deus toma a nossa crença e conta como
justiça. O Ideal Justiça de Cristo nos cobre, e Deus aceita e salva-nos, porque nós confiar Cristo como o Senhor
vivo, como nosso intercessor e mediador diante de Deus.

"Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, que ressuscitou, que está mesmo
à mão direita de Deus, e também intercede por nós" ( Romanos 8:34 ).

"Portanto, pode também salvar-los ao extremo que chegou a Deus por ele, porquanto vive
sempre para interceder por eles" ( Hebreus 7:25 ).

"Porque há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem" ( 1


Tm 2. 5 ).

"Mas agora alcançou ele ministério tanto mais excelente, por quanto é ele também mediador
de um melhor pacto, o qual está firmado sobre melhores promessas" ( Hebreus 8: 6 ).

"E por isso é mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das
transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da
herança eterna" ( Hebreus 9:15 ).

"Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro, porém no
mesmo céu, para agora comparecer na presença de Deus por nós" ( Hebreus 9:24 ).

"E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança" ( Hebreus 12:24 ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar, temos
Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo., E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não
somente pelos nossos , mas também pelos pecados de todo o mundo "( 1 Jo 2, 1-2 ).

3 Deus nos dá alegria por meio da expiação ou reconciliação de Cristo. A pessoa que recebe tanto de Deus
é obrigado a ser preenchido com alegria e júbilo (ver nota, Joy - • Filipenses 1: 4. para discussão).

"Estas coisas vos tenho falado a vós, que a minha alegria esteja em vós, ea vossa alegria seja
completa" ( João 15:11 ).

"Até agora [antes de reconciliação] pedistes nada em meu nome; pedi, e recebereis, para que
a vossa alegria seja completa" ( João 16:24 ).

"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito
Santo" ( Romanos 14:17 ).

"A quem, não havendo visto, amais; no qual, sem agora vocês não vê-lo, mas crendo, exultais
com alegria indizível e cheia de glória, obtendo o fim da vossa fé, a salvação das vossas almas" (1
Pedro 1 : 8-9 ).
"Tu me mostrar o caminho da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua mão direita
há delícias perpetuamente" ( Salmo 16:11 ).

"Então a nossa boca se encheu de riso ea nossa língua de cânticos: Então se dizia entre as
nações: O Senhor fez grandes coisas por eles" ( Salmo 126: 2 ).

"Portanto com alegria tirareis águas das fontes da salvação" ( Isaías 12: 3 ).

"E os resgatados do Senhor voltarão, e virão a Sião com júbilo, e alegria eterna haverá sobre as
suas cabeças; gozo e alegria alcançarão, a tristeza eo gemido fugirão" ( Isaías 35:10 ).

"Eu me regozijo muito no Senhor, a minha alma se alegrará no meu Deus, porque me vestiu
com as vestes da salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como noivo que se adorna com
enfeites, e como um noiva que se enfeita com as suas jóias "( Isaías 61:10 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (5:10) Reconcile- Reconciliação ( katallassō )

ESTUDO TOPICO# 1

( 05:10 ) Reconcile- Reconciliação ( katallassō PWS: 3201 ): de mudar, de mudar completamente, para troca,
para mudar de inimizade para amizade, para reunir, para restaurar. A idéia é que duas pessoas que deveriam
ter sido juntos ao longo de todo se reúnem; duas pessoas que tinham algo entre eles são restaurados e
reunidos.

Três pontos devem ser observados sobre a reconciliação.

1 A única coisa que quebrou a relação entre Deus eo homem era pecado. Homens são considerados
inimigos de Deus ( Romanos 5:10 ), ea palavra "inimigos" remete para os pecadores e os ímpios ( Romanos
5: 6 , 8). Os "inimigos" de Deus são os pecadores e ímpios deste mundo. Isto significa simplesmente que todo
homem é um inimigo de Deus, pois todo homem é um pecador e ímpio. Isso pode parecer cruel e dura, mas
é exatamente o que a Bíblia está dizendo. O fato é visto claramente pensando sobre o assunto por um
momento.

O pecador não pode ser dito para ser um amigo de Deus. Ele é antagônico em relação a Deus, contrariando
o que Deus representa. O pecador é ...

• se rebelar contra Deus • Deus desobedecendo

• Deus rejeitando • lutando contra Deus

• Deus maldição • Deus negando

• Deus ignorando • recusa


Quando qualquer um de nós pecamos, nós trabalhamos contra Deus e promover o mal pela palavra e
pelo exemplo.

⇒ Quando o pecador vive para si mesmo, ele se torna um inimigo de Deus. Por quê? Porque Deus
não vive para si mesmo. Deus entregou a si mesmo da forma mais suprema possível: Ele deu o
Seu único Filho para morrer por nós.

⇒ Quando o pecador vive para o mundo e as coisas do mundo, ele se torna um inimigo de Deus. Por
quê? Porque ele escolhe o temporal que passa-over Deus. Ele escolhe quando Deus providenciou
a vida eterna para ele através da morte de Seu Filho.

Este é o ponto de um grande amor ou a reconciliação de Deus. Ele não conciliar e salvar-nos quando
éramos justo e bom. Ele reconciliou e nos salvou quando éramos inimigos, ignorando e rejeitá-Lo. Como dito
acima, é porque somos pecadores e inimigos que precisam ser conciliados.

2 A forma como os homens estão reconciliados com Deus é através da morte de Seu Filho, Jesus
Cristo. Muito simplesmente, quando um homem que crê que Jesus Cristo morreu por ele ...

• Deus aceita a morte de Jesus Cristo para a morte do homem.

• Deus aceita os pecados suportados por Cristo como os pecados cometidos pelo homem.

• Deus aceita a condenação suportadas por Cristo como a condenação devido ao homem.

Portanto, o homem é libertado de seus pecados eo castigo devido seus pecados. Cristo suportou tanto os
pecados ea punição para o homem. O homem que realmente acredita que Deus ama muito, o suficiente para
dar Seu Filho unigênito, torna-se aceitável a Deus, reconciliado para todo o sempre.

3 Deus é Aquele que reconcilia, não os homens. Os homens não se reconciliar com Deus. Eles não podem
fazer o trabalho o suficiente ou bom o suficiente para se tornar aceitável a Deus. A reconciliação é totalmente
o ato de Deus. Deus é Aquele que estende a mão aos homens e reconcilia-los para si
mesmo. Homens receber a reconciliação de Deus.

"E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu a
o ministério da reconciliação" ( 2 Cor 5:18. ; cp. 2 Cor 5, 19-21. ).

"... Sua graça, pela qual nos fez aceitos no Amado "( Efésios 1:. 6 ).

"E que ele poderia reconciliar ambos com Deus em um só corpo pela cruz, ter matado a
inimizade" ( Ef. 2:16 ).

"E, tendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse si todas as coisas; por
ele, eu digo, sejam eles na terra, ou que estão nos céus" ( Colossenses 1:20 ).

"Portanto, em todas as coisas que convinha que fosse feito semelhante a seus irmãos, que ele
poderia ser um sumo sacerdote misericordioso e fiel nas coisas concernentes a Deus, para expiar
os pecados do povo" ( Hebreus 2:17 ).

"Nós amamos a ele porque ele nos amou primeiro" ( 1 João 4:19 ).
Romanos 5: 12-21

I. Adão e Cristo: Os Dois Pontos Focais de História, 5: 12-21


1 A entrada do pecado e da morte através de Adão (v.12-14) Ver: DS1 , Veja: DS2
a. O pecado entrou por um homem-Adam (v.12a)
b. A natureza de Adão do pecado e da morte passou a todos (v.12b)
c. A prova: o pecado ea morte existia antes da lei; pecado e da morte veio através de Adão e (v.13)
d. Importância real de Adão: Um tipo de Cristo, cp. 1 Coríntios. 15:22, 45-49 (v.14)
2 O combate-a reversão-do pecado e da morte por Cristo (v.15-18)
a. O pecado de Adão trouxe a morte; Dom de Deus trouxe a justiça (v.15)
b. O pecado de Adão trouxe condenação; Dom de Deus trouxe justificação (v.16)
c. O pecado de Adão trouxe o reino da morte; Dom de Deus trouxe o reino da vida (v.17)
d. O pecado de Adão trouxe a condenação a todos os homens; Dom de Deus trouxe justificação e
vida a todos os homens (v.18)
3 Conclusão (v.19-21)
a. Desobediência de Adão fez muitos pecadores, mas a obediência de Cristo fez com que muitos
justos (v.19)
b. A lei foi dada para apontar e ampliar o pecado, mas a graça de Deus foi muito maior (v.20)
c. O pecado reinou para a morte, mas a graça de Deus reina a vida através da justiça de Cristo eterna
(v.21)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO III


FÉ E JUSTIFICATIVA: o caminho para que o mundo seja bem com Deus, 3: 21-5: 21

I. Adão e Cristo: Os Dois Pontos Focais de História, 5: 12-21


( 5: 12-21 ) Introdução : esta passagem lida com dois dos pontos focais da história humana. Trata-se de Adão
e Cristo, os dois representantes principais e figurantes da raça humana. Ele conta como o pecado ea morte
entraram no mundo e como Jesus Cristo combatido o pecado ea morte.

1 A entrada do pecado e da morte através de Adão (v.12-14).

2.-A ação contrária a reversão-do pecado e da morte por Cristo (v.15-18).


3 Conclusão (v.19-21).

1. ( 5: 12-14 ) Adão-pecado Morte-- História, pontos importantes : a entrada do pecado e da morte para o
mundo através de Adão.

1 O fato é que de forma bem simples: o pecado ea morte entraram no mundo por um homem, Adão. Deus
havia dito:

"Da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás; porque no dia em que dela
comeres [desobedecer a Deus] certamente morrerás" ( Gênesis 2:17 ).

"Eis que todas as almas são minhas, como a alma do pai, assim também a alma do filho é minha:
a alma que pecar, essa morrerá" ( Ezequiel 18: 4 ).

. "A alma que pecar, essa morrerá o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a
iniquidade do filho, A justiça do justo ficará sobre ele, ea impiedade do ímpio cairá sobre ele
"(Ezequiel 18:20 ).

Adão pecou e corrompeu-se; portanto, ele morreu.

2. natureza de Adão do pecado e da morte foi e ainda é repassado a todos os homens. Sua natureza
corruptível foi passada para seus filhos e para baixo ao longo da história de todos os homens. É um fato bem
conhecido que a criança herda a natureza de seus pais. Portanto, se a natureza do pai é dobrado em relação
ao pecado e é corruptível, assim será a natureza da criança ser. A natureza é como uma linha de sangue
infecciosa : qualquer que seja a natureza é, ele é passado para a próxima geração.

Agora, note um fato significativo: o homem não é condenado à morte por causa do pecado de Adão. A
Escritura diz claramente o seguinte: "A morte passou a todos os homens, porque todos pecaram "( Romanos
5:12). Um homem morre por causa de seus próprios pecados, não por causa dos pecados do pai. Todo
homem é pessoalmente responsável diante de Deus.

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" ( Romanos 3:23 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo
Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Mas a Escritura encerrou tudo debaixo do pecado, para que a promessa pela fé em Jesus Cristo
fosse dada aos que crêem" ( Gálatas 3:22 ).

"Se dissermos que não temos pecado, enganamos a nós mesmos, ea verdade não está em nós"
( 1 João 1: 8 ).

"E sabemos que somos de Deus, e para o mundo inteiro jaz no Maligno" ( 1 João 5:19 ).
"Não há homem que não peque" ( 1 Reis 08:46 ).

"Eles são tudo de lado, eles estão todos juntamente se fizeram imundos: não há quem faça o
bem, não há nem um sequer" ( Salmo 14: 3 ).

"Cada um deles está voltado: são completamente se fizeram imundos; não há ninguém que faça
o bem, não há nem um sequer" ( Salmo 53: 3 ).

"Quem pode dizer, eu fiz o meu coração limpo, estou limpo do meu pecado?" ( Provérbios 20:
9 ).

"Todos nós, como ovelhas, nos desviamos, nós viramos cada um para o seu próprio caminho;
mas o Senhor fez cair sobre ele a iniqüidade de nós todos" ( Isaías 53: 6 ).

"Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças como trapo da imundícia, e
todos nós murchamos como a folha, e as nossas iniqüidades, como o vento, nos arrebatam" (Isaías
64: 6 ).

3 A prova de que nós herdamos a natureza de Adão é que o pecado ea morte existia antes mesmo da lei
( Romanos 5:13 ). A lei de Deus faz homens de carga com o pecado; ele mostra homens que eles são
pecadores e condenados a morrer. Mas algo com que os homens do pecado e morrer antes de a lei nunca
foi dada a Moisés em forma escrita. O povo perante Moisés não foram acusados de pecado pela lei, para que
eles não têm o direito de uma forma permanente e escrita. Qual foi, então, que estava causando as pessoas
entre Adão e Moisés para o pecado e morrer? Era a natureza, a natureza pecaminosa, corruptível do homem,
a natureza que toda criança herdou de seu pai; eo processo começou com Adão. Adão foi o primeiro homem
criado por Deus, e ele foi o primeiro a pecar e tornar-se corruptível e suportar o castigo da morte.

"No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra; porque dela foste tomado;
porque tu és pó, e em pó te tornarás" ( Gênesis 3:19 ).

"Eles jazem no pó, e os vermes os cobrem" ( Jó 21:26 ).

"Aqueles que confiam nos seus bens e se gloriam na multidão das suas riquezas, nenhum deles
de modo algum pode remir a seu irmão, ou dar a Deus o resgate dele (pois a redenção da sua alma
é caríssima, e cessará para sempre :) que ele continuasse a viver para sempre, e não veja corrupção
"( Salmo 49: 6-9 ).

"Tu escondes o teu rosto, e ficam perturbados: se lhes tiras a respiração, morrem, e voltam ao
seu pó" ( Salmos 104: 29 ).

"Todos vão para um lugar; todos são pó, e todos voltarão ao pó" ( Eccles 3:20. ).

"E o pó volte à terra, como o era, eo espírito volte a Deus, que o deu" ( Ec 12:. 7 ).

"Jesus disse: Tirai a pedra Martha, a irmã dele que estava morto, disse-lhe: Senhor, por esta
altura já cheira mal:. Pois ele estava morto há quatro dias» ( João 11:39 ).
"Para David, depois de ter servido a sua própria geração pela vontade de Deus, dormiu e foi
depositado junto a seus pais e viu a corrupção" ( Atos 13:36 ).

4 A importância de Adam é crítica. Ele era "a figura [tipo, foto] daquele que havia de vir", isto é, de
Cristo. Adão e Cristo são retratados como os dois pontos cruciais da história humana, como as duas figuras
ou representantes da raça humana. (Cp. 1 Cor 15. 20-28 , 45-49 .) Adam está à frente da raça humana, como o
primeiro a trazer o pecado ea morte para o homem: "Teu primeiro pai pecou" ( Isaías 43:27 ). Cristo é o
cabeça da raça humana ...

• como o primeiro a viver uma vida sem pecado e perfeito, garantindo uma perfeita justiça.

• como o primeiro a vencer a morte, literalmente decorrente dos mortos.

Agora, note a diferença entre Adão e Cristo. Adão, foi feito "alma vivente"; Cristo um "espírito vivificante"
( 1 Coríntios. 15:45 ). O que o homem precisa e sempre precisou de um "despertamento espiritual", um
espírito que tem o poder de infundir vida em sua alma, a vida que é abundante e eterna.

"[Adam], que é a figura daquele que havia de vir" ( Romanos 5:14 ).

"Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação,
assim também pela justiça de um veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida
Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela
obediência. de um só, muitos se tornarão justos "( Romanos 5: 18-19 ).

"Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição
dos mortos Pois como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos serão vivificados."
( 1 Cor 15, 21-22. ).

"E assim está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente, o último Adão, em
espírito vivificante Mas não é primeiro o espiritual, senão o natural;. E depois o que é espiritual O
primeiro. homem, da terra, da terra: o segundo homem é o Senhor do céu Qual o terreno, tais são
também os terrestres.: e, qual o celestial, tais também os celestiais E, assim como trouxemos a.
imagem do terreno, traremos também a imagem do celestial "( 1 Cor 15. 45-49 ).

5 Note-se que o pecado é a causa da morte , e que Adão foi a causa do pecado. Ele foi o autor de
apostasia. O que quer que as teorias podem dizer, uma coisa é clara: Adam foi a causa do pecado no mesmo
caminho no qual Cristo é a causa da justiça .

a. Nota Romanos 5:13 . Desde Adão, o pecado tem sido universal. Mas o pecado não foi acusado (ou
seja, a culpa pessoal) contra uma pessoa, porque não havia nenhuma lei. Tem que haver uma lei
para que haja uma carga.

b. Nota Romanos 5:14 . No entanto, a morte era ainda o julgamento e experiência do homem. Por
quê? Por que o homem morreria se ele não foi acusado de pecado pessoal? Porque Adão foi a
figura de proa eo homem representante para todos os que nasceriam com a sua natureza. O que
isto significa? Ele pecou, tomou uma natureza corruptível; portanto, ele morreu ( Romanos 5: 12-
F ). Assim, a morte foi passada a todos os homens, porque todos herdaram a natureza corruptível
de Adão ( Romanos 5: 12-F ).

Alguns argumentam que isso é injusto, para ser condenado à morte porque o pai da raça humana, Adão,
pecou. Mas o argumento não está familiarizado com os fatos, pois a verdade é que o caminho para a vida
eterna é agora mais clara e muito mais positiva. Deus agora tem feito uma maior disposição para a vida e
salvação.

a. Isso é claramente visto em três fatos. Um homem tem agora uma escolha mais clara do que Adão
tinha. Um homem pode agora viver para sempre, simplesmente escolhendo para levar Cristo em
sua vida, ea escolha positiva de escolher Cristo é maior e tem mais atração do que a escolha de
Adam. Adam era permanecer incorruptível, se ele não comer o fruto da árvore. Observe sua
escolha foi um comando negativo e não tinha tração e nenhum poder para capacitá-lo a
obedecer. Escolha hoje do homem é positivo. Adão foi proibido de fazer alguma coisa . Somos
instruídos a fazer algo -a comando positivo. Estes dois fatos, a mais completa e mais clara
revelação em Cristo e na força mais intensa do positivo, mostrar que todo homem tem uma chance
igual a imortalidade; e, na realidade, o homem de hoje tem mais uma chance de Adão tinha, mais
do que uma oportunidade igual.

b. Não há vida humana para além de ter nascido para seres humanos corruptíveis. É uma questão de
ter nascido e privilegiado com a vida ou não ter nascido e nunca ter o privilégio da vida. A fim de
ter o privilégio de viver, uma pessoa tem que ser nascido de pais corruptíveis.

c. O caminho da salvação eo caminho para o homem viver para sempre é agora muito mais clara. O
homem nunca pode conhecer o amor de Deus para além de ter nascido em um mundo corruptível
e experimentar o amor de Deus demonstrado em Cristo Jesus. Portanto, o nascimento de uma
pessoa, a sua entrada no mundo, é a maior bênção que se possa imaginar. Nascendo neste mundo
depravado e corruptível é a única maneira que uma pessoa pode nunca conhecer o amor de Deus
e experimentar a vida eterna com Deus.

"Isso nos séculos vindouros, ele pode mostrar a suprema riqueza da sua graça, pela sua
bondade para conosco em Cristo Jesus" ( Efésios 2:. 7 ).

"Jesus respondeu, e disse-lhe: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não


nascer de novo, não pode ver o reino de Deus" ( João 3: 3 ).

"Pelas quais nos têm sido doadas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas
vos torneis co-participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção que há no
mundo, causada pela cobiça "( 2 Pedro 1: 4 ).

ESTUDO TOPICO# 1 (5:12) Morte pecado

ESTUDO TOPICO# 2 (5:12) Morte pecado


2. ( 5: 15-18 ) Jesus Cristo, Trabalhos de- pecado Morte : a neutralização-a reversão-do pecado e da morte
por Cristo. Jesus Cristo foi neutralizado e revertido que Adão fez. Ele tornou possível para o homem viver em
retidão e vencer a morte. Observe o contraste entre o descritivo que Adão fez eo que Deus fez através de
Cristo.

1 O pecado de Adão trouxe a morte; Dom de Deus trouxe justiça. O presente é a justiça (cp. Romanos
5:17 ). Dom da justiça de Deus é completamente diferente da do pecado de Adão. Adão pecou e trouxe o
pecado ea morte para "muitos" (para a raça humana). Mas Adão era apenas um homem, e Deus é muito
maior do que um simples homem, mesmo que o homem tem influenciado toda a raça humana. Deus era
capaz de fazer " muito mais "bom que Adão era capaz de fazer o mal. Na verdade, Deus tem feito "muito
mais". Ele tem combatido e inverteu tudo de ruim Adam fez.

a. Deus derramou a graça de Deus, a Sua gloriosa favor, cuidado e amor, sobre o homem. (Veja um
estudo mais profundo # 1 , Grace-Tito 2: 11-15 ).

"Mas Deus, que é rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou,
e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo (pela graça
sois salvos), e nos ressuscitou juntamente, e nos fez assentar nos lugares celestiais em
Cristo Jesus. que, nos séculos vindouros, ele pode mostrar a suprema riqueza da sua graça,
pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus Porque pela graça sois salvos, mediante a
fé, e isto não vem de vós; é dom de Deus: não de obras, para que ninguém se glorie
"( Efésios 2: 4-9. ).

"Que, sendo justificados pela sua graça, sejamos feitos herdeiros segundo a esperança
da vida eterna" ( Tito 3: 7 ).

b. Deus fez com que o dom de Deus (justiça) disponível para o homem. (Ver nota, Justiça - • Romanos
1:17 .)

"Mas também por nós, a quem ela [a justiça] deve ser imputado, a nós que cremos
naquele que ressuscitou a Jesus nosso Senhor dentre os mortos, o qual foi entregue por
causa das nossas transgressões, e ressuscitou para nossa justificação" ( Romanos 4: 24-25 ).

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos
feitos justiça de Deus nele" ( 2 Cor 5:21. ).

Graça e dom de Deus ter "abundou" e transbordou para muitos. Mas atenção: tudo isso vem através de
um homem, Jesus Cristo, próprio Filho de Deus.
"Mas quando apareceu a bondade eo amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens, não
pelas obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou pela
lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que ele derramou abundantemente
sobre nós por Jesus Cristo nosso Salvador "( Tito 3: 4-6 ).

2. pecado de Adão trouxe condenação; Dom de Deus trouxe justificação. O dom de Deus é completamente
diferente da que Adão fez. Adam condenado a raça humana, mas um dom de Deus justifica a raça humana.E
vejam como glorioso justificação de Deus é: quando Adão pecou, seu único pecado foi julgado e trouxe
condenação aos homens; mas o que Deus fez é tão glorioso, explode a mente humana.

⇒ dom de Deus não só lidava com crime e condenação de Adão, tratava-se de " muitos "delitos. Dom
da justiça de Deus nos justifica de todos os nossos crimes , não apenas de uma ofensa de
Adão. Dom de Deus nos justifica de toda a corrupção que herdamos de nossos pais e de toda a
corrupção da natureza humana, todos os pecados que cometemos com nossas próprias mãos.

O homem que realmente confia em Cristo é justificado de todas as coisas, de todo pecado e corrupção e
condenação ...

• herdamos de nossos pais (Adão).

• comprometido e causada por nosso próprio comportamento pecaminoso.

"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não pudestes
ser justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).

"Sendo, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo"
( Romanos 5: 1 ).

"Assim como Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para justiça" ( Gálatas 3: 6 ).

3. pecado de Adão trouxe o reino da morte; Dom de Deus trouxe o reino da vida. Adão pecou e trouxe o
reinado de morte a todos os homens. Mas Adão era apenas um homem, um simples homem. Não importa o
que ele fez, Deus foi capaz de neutralizá-lo e fazer mais, pois Ele é maior; e Ele é capaz de fazer qualquer
coisa.

Deus fez mais, muito mais. Eles que "receber" a graça de Deus eo dom da justiça de Deus "reinará na
vida." O termo "reinar em vida" significa habitar e governar em vida eterna. Mas note-se, a fonte da justiça
é Jesus Cristo (ver estudo mais profundo # 2, Justificação-Romanos 4:22 ; nota- • Romanos 5: 1 ).

Pensamento 1 . Observe duas verdades gloriosas.

1) Os crentes "reinado na vida", enquanto nesta terra. Eles recebem a abundância da graça de Deus.
a) Não é o dom da vida abundante.

"Eu vim para que tenham vida, ea tenham com abundância" ( João 10:10 ).

b) Não é toda a suficiência em todas as coisas.

"E Deus é capaz de fazer toda a graça abundar em vós, para que vós, tendo sempre,
em todas as coisas, abundeis em toda boa obra" ( 2 Cor 9. 8 ).

c) Há um grande poder.

"Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além
daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera" ( Ef. 3:20 ).

d) Não é o fornecimento de todas as necessidades.

"O meu Deus suprirá todas as vossas necessidades segundo as suas riquezas na
glória em Cristo Jesus" ( Fp. 4:19 ).

e) Há uma entrada abundante no céu.

"Porque assim uma entrada será ministrada a vós abundantemente no reino eterno
de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo" ( 2 Pedro 1:11 ).

f) Não há satisfação abundante.

"Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas
delícias" ( Salmo 36: 8 ).
2) Os crentes devem "reinar em vida" por toda a eternidade.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que
crê não pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que
me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a
vida" (João 5:24 ).

"E ele disse-lhe: Bem, servo bom, porque foste fiel no pouco, terás autoridade sobre
dez cidades" ( Lucas 19:17 ).

"Vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações E eu vos destino o
reino, como meu Pai designou para mim." ( Lucas 22: 28-29 ).

"Não sabeis vós que os santos hão de julgar [governar, regra, gerenciar] o mundo?, Se
o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar [governar, regra,
gerenciar] as coisas mínimas? Ou não sabeis que havemos de julgar os anjos? Quanto mais
as coisas pertencentes a esta vida? " ( 1 Cor 6, 2-3. ).

4. pecado de Adão trouxe a condenação a todos os homens; Dom de Deus trouxe justificação de vida a
todos os homens. Isto é simplesmente um resumo do que já foi dito.

⇒ "por uma só ofensa [Adam] veio o juízo sobre todos os homens para condenação".

⇒ "Pela justiça de One [Jesus Cristo] veio a graça sobre todos os homens para justificação de vida."

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em
Cristo Jesus nosso Senhor "( Romanos 6:23 ).

"Aquele que não poupou o seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como se
não com ele, nós também dará graciosamente todas as coisas?" ( Romanos 8:32 ).

"Graças a Deus pelo seu dom inefável "( 2 Coríntios. 09:15 ).

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é o dom de
Deus "( Efésios 2: 8. ).

3. ( 5, 19-21 ) Justificação- Righteousness- Lei : a conclusão é uma das passagens mais instrutivas e
marcantes em toda a Escritura. Ela inclui três pontos.
1. desobediência de Adão fez muitos (todos os homens, Romanos 5:12 , 18 ) pecadores, mas a obediência
de Cristo fez com que muitos justos. Jesus Cristo viveu uma vida sem pecado; Ele nunca pecou, nunca
desagradou a Deus, nem sequer uma vez. Ele era perfeitamente justo, garantir a Ideal Justiça .

Desde a sua justiça é o Ideal Justiça , ele pode ficar para a justiça de todos os homens, e isso é exatamente
o que acontece. Quando um homem crê em Jesus Cristo, Deus tem convicção de que o homem e os considera
como justiça. Deus permite que o Ideal Justiça de Jesus Cristo cobrir o homem, porque o homem acredita e
honra de Seu Filho, Jesus Cristo.

Qualquer homem que vai assim honrar o Filho de Deus, crendo e confiando n'Ele, Deus honrará contando
sua fé como a justiça de Cristo. É tão simples e tão profunda: "Pela obediência de Jesus Cristo, muitos serão
feitos justos." Mas note-se, a pessoa deve realmente acredito, ele deve ter o tipo de crença de que realmente
confia em Jesus Cristo, que realmente molda a sua vida em Cristo, que lança tudo o que ele é e tem em Cristo
e Sua guarda.

"Porque convinha que aquele, para quem são todas as coisas, e por quem são todas as coisas,
em trazendo muitos filhos à glória, o príncipe da salvação deles por meio de sofrimentos" (Hebreus
2:10 ).

"E, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os que lhe
obedecem" ( Hebreus 5: 9 ).

"Portanto, pode também salvar-los ao extremo que chegou a Deus por ele, porquanto vive
sempre para interceder por eles. Para um sumo sacerdote tal tornou-se-nos, que é santo, inocente,
imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus "( Hebreus 7: 25-26 ).

2 A lei foi dada para apontar e ampliar o pecado, mas a graça de Deus foi muito maior. Se a justiça é por
Jesus Cristo, então por que Deus nos deu a lei? Qual é o propósito da lei? Muito simples. "A lei entrou [no
mundo] para que a ofensa não faltam." A lei foi dada ...

• apontar e ampliar pecado.

• tornar os homens mais conscientes do pecado.

• dar aos homens um maior conhecimento do pecado.

• agitar mais convicção sobre o pecado.

• aumentar o fato e consciência do pecado mais e mais.

• tornar os homens mais responsáveis pelos seus pecados.

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei vem
o pleno conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).
"? Por isso, em seguida, serve a lei Foi acrescentada por causa das transgressões, até
que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita, e foi posta pelos anjos na mão
de um mediador" ( Gálatas 3:19 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos
justificados pela fé" ( Gálatas 3:24 ).

Mas note a gloriosa verdade sobre a graça de Deus: onde abunda o pecado, a graça de Deus abunda ainda
mais. A graça de Deus é muito mais eficaz e poderosa do que qualquer pecado ou pecados, não importa quão
ampliada. A graça de Deus pode perdoar qualquer homem, não importa quão grande pecador.

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua
graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Isso nos séculos vindouros, ele pode mostrar a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade
para conosco em Cristo Jesus" ( Efésios 2:. 7 ).

"E a graça de nosso Senhor superabundou com a fé eo amor que há em Cristo Jesus. Esta é uma
palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores"
( 1 Tm. 1:14 -15 ).

3. o pecado reinou para a morte, mas a graça de Deus reina a vida eterna.

a. Por Adão, o pecado reina , triunfos, detém autoridade e leva à morte.

"Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte e
assim a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram" ( Romanos 5:12 ).

"Aquele que segue o mal encontra a sua própria morte" ( Provérbios 11:19 ).

"Eis que todas as almas são minhas, como a alma do pai, assim também a alma do filho
é minha: a alma que pecar, essa morrerá" ( Ezequiel 18: 4 ).

. "A alma que pecar, essa morrerá o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai
levará a iniquidade do filho, A justiça do justo ficará sobre ele, ea impiedade do ímpio cairá
sobre ele "( Ezequiel 18:20 ).

b. Por Deus, a graça reina, triunfos, detém autoridade e conduz à vida eterna. (Veja um estudo mais
profundo # 2 , Vida - João 1: 4 ; estudo mais profundo # 1 - João 10:10 ; estudo mais profundo # 1-
João 17: 2-3).
"Nele estava a vida, ea vida era a luz dos homens" ( João 1: 4 ).

"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição ea vida: aquele que crê em mim, ainda que esteja
morto, viverá.: E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá Crês tu isto?" ( João
11: 25-26 ).

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, ea verdade, ea vida: ninguém vem ao Pai, senão
por mim" ( João 14: 6 ).

"Mas [propósito e graça de Deus] é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador
Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe vida e imortalidade à luz através do evangelho"
( 2 Tm. 1:10 ).

"Porque a vida foi manifestada, e nós a vimos, e dar testemunho e vos anunciamos a
vida eterna, que estava com o Pai e nos foi manifestada" ( 1 João 1: 2 ).

"Aquele que tem o Filho tem a vida, e aquele que não tem o Filho de Deus não tem a
vida" ( 1 João 5:12 ).

Mas note a fonte: a vida eterna vem somente através da justiça de "Jesus Cristo, nosso Senhor."

ESTUDO TOPICO# 2
( 05:12 ) A morte pecado : física, espiritual e morte eterna estaria envolvido aqui. O pecado é universal, assim
também a morte é universal, todos se abraçando. (Veja um estudo mais profundo # 1-Hebreus 9:27 .)

Esboço do pregador e Sermão Bíblia - Comentário - O Pregador Contorno & Sermão Bíblia - Romanos.

ESTUDO TOPICO# 2
( 05:12 ) pecado Morte : Adão pecou e corrompeu-se; portanto, ele morreu. Porque é que existe uma
penalidade tão terrível para o pecado? Não é a morte de um terrível preço a pagar pelo pecado? Tais
questões esquecer o horror ea gravidade do pecado. O pecado é a coisa mais abominável, vulgar, grosseiro,
abominável, ultrajante, chocante, e odiosa que pode existir. Duas coisas mostram a natureza maligna do
pecado.

1 O pecado é a última coisa que pode ser feito contra Deus . O pecado é desobedecer a Deus e se rebelar
contra Deus . Pecado age contra Deus, brigas e lutas contra Deus. Pecado vai contra tudo o que Deus é. O
pecado é a insurreição contra Deus; é o crime de alta traição contra Deus. Para afastar-se do Ser Supremo do
universo é cometer o crime supremo (desobediência), ea ofensa final merece o julgamento final: a
morte. (Lembre-se o amor da glória de Deus. A única maneira de ver realmente o amor de Deus é ver o
homem a cometer o delito final contra Deus [desobedecê-Lo] e ter que suportar o castigo final da morte.
Vendo este é o único caminho um homem pode ver como Deus pagou o preço final em dar Seu Filho para
morrer por nós . Seu amor é o amor supremo, o amor que sacrificou a maior coisa em todo o mundo, que
deu o Seu Filho para morrer pelos pecadores. Veja outline- • Romanos 5: 6-11 e notes- • Romanos 5: 6-11 ).

2. Pecado custou a Deus o preço final, o supremo sacrifício de Seu Filho. Deus, sendo Deus, é o amor
perfeito. Como o amor perfeito Ele é obrigado a provar seu amor, fornecendo um caminho para o homem
ser perdoado seus pecados e ser salvo. E o caminho escolhido para salvar o homem tinha que ser a salvação
perfeita, a perfeita expressão do Seu amor.

"Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos" ( João
15:13 ).

Mas note-se, Cristo não deu a Sua vida só para amigos. Ele foi muito além; Ele amava perfeitamente: Ele
deu a vida para aqueles que estavam sem força, para os ímpios, os pecadores, os inimigos de Deus ( Romanos
5: 6 , 8 , 10 ).

"Deus demonstrou [provou] Seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores,
Cristo morreu por nós" ( Rm 5, 8 ).

Pecado custou a Deus o preço final, o sacrifício supremo, até mesmo a morte de seu próprio Filho.

O pecado é a coisa mais séria e terrível uma pessoa pode fazer contra Deus. É a ofensa suprema contra
Deus e custa o preço final, até o sacrifício supremo do amado Filho de Deus. É por estas duas razões que o
pecado merece a pena de final da morte.

"Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniqüidades: o castigo que
nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados" ( Isaías 53: 5 ).

"Pelo que lhe darei o seu quinhão com os grandes, e repartirá ele o despojo com os fortes,
porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores, e ele levou sobre
si o pecado de muitos, e pelos intercedeu pelos transgressores "( Isaías 53:12 ).

"Porque, quando nós ainda éramos fracos, em devido tempo, Cristo morreu pelos ímpios"
( Romanos 5: 6 ).

"Para vos entreguei o primeiro de todos o que também recebi: que Cristo morreu por nossos
pecados, segundo as Escrituras" ( 1 Cor 15:. 3 ).

"E por isso também gememos, desejando ser revestidos da nossa habitação que é do céu" ( 2
Cor 5,. 2 ).
"E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para
aquele que por eles morreu e ressuscitou" ( 2 Coríntios. 05:15 ).

"Quem deu a si mesmo por nossos pecados, para que ele possa nos livrar do presente século
mau, segundo a vontade de nosso Deus e Pai" ( Gálatas 1: 4 ).

"Quem deu a si mesmo por nós, para nos remir de toda a iniqüidade, e purificar para si um povo
todo seu, zeloso de boas obras" ( Tito 2:14 ).

"Assim também Cristo foi oferecido uma vez para tirar os pecados de muitos, para eles, olhar
para ele, ele deve aparecer a segunda vez, sem pecado para a salvação" ( Hebreus 9:28 ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que, mortos para
os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro 2:24 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos
a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

"E bem sabeis que ele se manifestou para tirar os nossos pecados, e nele não há pecado" ( 1
João 3: 5 ).

"Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a sua vida por nós, e nós devemos dar a nossa vida
pelos irmãos" ( 1 João 3:16 ).

ESTUDO TOPICO# 1

( 09:27 ) A morte ( Thanatos ): o significado básico da morte é separação . A morte nunca significa a
extinção, a aniquilação, não existência, ou inatividade. "A morte é a separação de uma pessoa a partir da
Proposito ou uso a que ele se destina." (. HS Miller Citado por Lehman Strauss. Estudos Devocional em Gálatas
e Efésios Neptune, NJ.:. Loizeaux Bros Direitos de autor 1957 por Lehman Strauss, p.137)

A Bíblia fala de três mortes.

1. morte física: a separação do espírito de um homem ou a vida do corpo. Isto é o que os homens
comumente chamamos de morte. É quando uma pessoa deixa de existir nesta terra e é enterrado ( 1 Cor 15,
21-22. ;Hebreus 9:27 ).

"Porque, assim como por um homem veio a morte, também por um homem veio a ressurreição
dos mortos Pois como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos serão vivificados."
( 1 Cor 15, 21-22. ).

"E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo" ( Hebreus
9:27 ).
2 A morte espiritual: a separação do espírito do homem de Deus, enquanto ele ainda está vivo e
caminhando sobre a terra. Esta morte é o estado natural do homem sobre a terra sem Cristo. O homem é
visto como ainda em seus pecados e mortos para Deus ( Efésios 2: 1. ; Ephes 04:18. ; 1 João 5:12 ).

A morte espiritual fala de uma pessoa que está morta enquanto ele ainda vive ( 1 Tm 5:. 6 ). Ele é um
homem natural vivendo neste mundo, mas ele é dito ser morto para o Senhor Jesus Cristo e para Deus e para
as questões espirituais.

a. Uma pessoa que perde a sua vida numa vida desregrada está morto espiritualmente.

"Era preciso que nos fazer feliz, e ser feliz, porque este teu irmão estava morto, e
reviveu, estava perdido e foi achado" ( Lucas 15:32 ).

b. Uma pessoa que não tenha participado de Cristo está morto espiritualmente.

"Então Jesus disse-lhes: Em verdade, em verdade eu vos digo: se não comerdes a carne
do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós" ( João 6:53 ).

c. Uma pessoa que não tem o Espírito de Cristo é dito ser morto espiritualmente.

. "Mas vós não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus habita em
vós E, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é dele" ( Romanos 8: 9 ).

d. Uma pessoa que vive em pecado é dito ser morto espiritualmente.

"E vos vivificou, estando vós mortos em delitos e pecados" ( Efésios 2: 1. ).

"E você, mortos nos vossos pecados e pela incircuncisão da vossa carne, vos vivificou
juntamente com ele, perdoando-vos todas as ofensas" ( Colossenses 2:13 ).

e. Uma pessoa que está alienado de Deus é dito ser morto espiritualmente.
"Ter o entendimento obscurecido, alheios à vida de Deus pela ignorância que há neles,
pela dureza do seu coração: que sendo sentimento passado se entregaram à dissolução,
para trabalhar toda a impureza com ganância" ( Efésios. 4: 18-19 ).

f. A pessoa que dorme no pecado está morto espiritualmente.

"Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te
iluminará" ( Efésios 5:14. ).

g. Uma pessoa que vive em prazer pecaminoso é morto enquanto vive.

"Mas a que vive em prazer é morta enquanto vive" ( 1 Tm 5:. 6 ).

h. Uma pessoa que não tem o Filho de Deus está morto.

"Aquele que tem o Filho tem a vida, e aquele que não tem o Filho de Deus não tem a
vida" ( 1 João 5:12 ).

i. Uma pessoa que faz grandes obras religiosas, mas faz as obras erradas está morto.

"E ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete espíritos
de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás
morto" ( Rev. 3: 1 ).

3. morte eterna: a separação do homem da presença de Deus para sempre. Esta é a segunda morte, um
estado eterno de ser morto para Deus ( 1 Coríntios 6: 9-10. ; . 2 Ts 1, 9 ). É a morte espiritual, a separação de
Deus, que se prolonga para além da morte do corpo. É chamado de "segunda morte" ou morte eterna.

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em
Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Porque a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz"


( Romanos 8: 6 ).
("Quem deve ser punido com a destruição eterna da presença do Senhor, e da glória do
seu poder" . 2 Ts 1, 9 ).

Romanos 6:1-23

IV. Santidade ea santificação: o caminho para o crente livre do pecado, 6: 1-23


A. O crente não é para continuar no pecado (Parte I): É a conhecer a sua posição em Cristo, 6: 1-10
1 O crente ea questão da licença (v.1-2)
a. A graça dar a uma pessoa um reino livre para pecar? (V.1)
b. Deus me livre! (V.2a)
c. O crente está morto para o pecado (v.2b)
2 Conheça uma rua : por posição, o crente é imerso, colocado em Cristo (v.3-5) Ver: DS1
a. Imerso, identificado com Cristo na morte (v.3)
b. Imerso, identificado com Cristo na ressurreição (v.4)
1) Criado pela glória de Deus (v.4a)
2) Objetivo: Que devemos andar em novidade de vida (v.4b)
c. Imerso, identificado com a mais gloriosa esperança: O crente será levantado assim como Jesus
ressuscitou (v.5)
3 Conheça 2 ª : por posição, o homem do crente velho foi crucificado com Cristo (v.6-7)
a. Para destruir o corpo do pecado (v.6a)
b. Para capacitar o homem a abandonar o pecado (v.6b)
c. Ilustração: Um homem morto (v.7)
4 Sabia 3 ª : por posição, o crente vive com Cristo, agora e para sempre (v.8-10)
a. Cristo venceu a morte, uma vez por todas (v.9)
b. Cristo vive para sempre a Deus (v.10) Ver: DS2
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO IV
Santidade ea santificação: o caminho para o crente livre do pecado, 6: 1-23

A. O crente não é para continuar no pecado (Parte I): É a conhecer a sua posição em Cristo, 6: 1-10
( 6: 1-10 ) Introdução- Santidade : o crente que se justifica (cuja fé lhe é imputada como justiça, Romanos 3:
21-5: 21 ) é deixar a sua justiça trabalho santidade ( Romanos 6:19 ). O crente é viver uma vida santa e se
tornar um servo da justiça. Uma pessoa genuinamente salvo não pode abusar da misericórdia de Deus. Ele
não pode andar no pecado; ele não pode fazer um hábito de pecar. Para fazê-lo é para pisar a misericórdia
de Deus e fazer uma paródia da graça de Deus. É dizer que a graça de Deus dá à pessoa a licença para o
pecado, e tal é uma contradição de termos, como uma grande contradição ao dizer que um homem morto,
está vivo.(Veja nota- • Romanos 6: 14-15 ; nota- • Gálatas 5:13 .)

O caminho para um homem a quebrar o hábito do pecado é para ele saber a posição gloriosa ele pode ter
em Cristo. Uma coisa é certa: cada crente deve definitivamente conhecer a posição que ocupa em Cristo. Ele
vai revolucionar a sua vida.

Agora para o ponto de passagem. O crente é saber sua real posição em Cristo. O conhecimento de sua
posição vai ajudar a mantê-lo do pecado. Note a palavra " conhecer "é usado três vezes ( Romanos 6: 3 , 6 , 9).

1 O crente ea questão da licença (v.1-2).

2. 1 Conhecer: por posição, o crente é imerso, colocado em Cristo (v.3-5).

3 Conheça 2: por posição, homem do crente velho foi crucificado com Cristo (v.6-7).

4 Saber 3: por posição, o crente vive com Cristo, agora e para sempre (v.8-10).

1. ( 6: 1-2 ) License- Graça versus Direito-Pecado : o crente ea questão da licença. Observe três pontos.
1 A graça de Deus dar a uma pessoa um reino livre para pecar? Uma pessoa pode ir em frente e fazer o
que ele quer esperar que Deus lhe perdoe? Graça significa favor imerecido e imerecido de Deus. Isso significa
que Deus aceita livremente e perdoa os pecados de uma pessoa; Ele justifica que uma pessoa livremente
pela fé. (Veja um estudo mais profundo # 1-Romanos 4:22 ; estudo mais profundo # 2-Romanos 4:22 ;
nota- •Romanos 5: 1 . há mais discussão) Duas coisas incomodam muita gente sobre o ensino da salvação
pela graça e de graça sozinho.

a. Graça parece dar rédea solta ao pecado, para colocar nenhuma restrição sobre o pecado. Estes são
muitas vezes os pensamentos do homem comum, mesmo os crentes. Há a sensação de que se
somos perdoados pela graça e não pela lei e fazer o bem, então o pecado não importa muito. Nós
não temos que se preocupar muito com a lei de Deus e justiça, só assim vamos fazer uma
quantidade razoável de bom.Podemos muito bem fazer o que queremos, pois Deus vai nos
perdoar de qualquer maneira. Deus é clemente e amoroso e bom; portanto, Ele vai perdoar os
pecados, não importa o que fazemos. Cristo morreu pelos nossos pecados. Tudo o que temos a
fazer é pedir a Ele e Ele nos perdoa.

b. Graça parece encorajar o pecado. Paulo tinha acabado de dizer que a graça é mais forte do que o
pecado ( Romanos 5: 15-21 , esp. Romanos 5: 20-21 ). A graça de Deus é tão forte que pode perdoar
qualquer pecado, não importa o quão terrível. Na verdade, quanto maior o pecado, a graça mais
ampliada de Deus se torna. Quando um grande pecador é perdoado, a graça de Deus está muito
mais ampliado do que quando uma pessoa moralmente boa se arrepende e é perdoado. Como foi
dito, quanto maior o pecado ou pecador, graça a mais de Deus é ampliada e glorificado.

Agora Atenção: alguns teólogos e filósofos, em especial aqueles que enfatizam a lei, carregam
esse argumento ainda mais longe em sua posição contra a graça. Sem dúvida, Paulo foi convidado
este período de perguntas e novamente pelos legalistas que perseguiram e lutaram contra ele e
simplesmente não entendem a maravilhosa graça de Deus. Eles argumentaram que, se o perdão
é pela graça, é o pecado não é uma coisa boa? Será que não devemos continuar no pecado, para
que Deus terá mais oportunidade de provar a Sua graça e se tornar mais ampliada e glorificado?

2 A resposta de Paulo é a resposta de justa indignação: "Deus me livre!" Fora com tal pensamento! Longe
de que alguma vez pensar uma coisa dessas, especialmente como crentes.

3 A posição do crente em Cristo mostra a completa impossibilidade de um verdadeiro crente continuar


em pecado . A palavra "continuar" significa praticar ou para produzir habitualmente ao pecado. Um
verdadeiro crente não pratica o pecado, e não mais os rendimentos do pecado. Ele não pode viver sem
pecado , não totalmente, mas ele já não vive em pecado . Um verdadeiro crente está morto para o pecado,
e um homem morto não pode fazer nada: ele não pode pensar, falar ou se mover. Como pode um homem
morto viver mais em pecado? É absolutamente impossível! É totalmente contra a natureza! Posicionalmente ,
o verdadeiro crente morreu para si mesmo e foi colocado em Cristo para viver para Ele. Ele agora possui
a natureza divina , muito própria natureza de Deus ( 2 Pedro 1: 4 ). Ele é colocado e posicionado em Cristo, o
que significa que ele está morto para si e vivos para Deus. Como ele pode ousar pensar que ele pode ir em
frente e pecado, porque Deus vai perdoá-lo de qualquer maneira?

Nota outro fato: quando um homem se transforma a Deus, ele se vira longe do pecado. É uma contradição
dizer que quando um homem se volta para Deus, ele se transforma em mais e mais pecado. A graça de Deus
não traz o homem a Deus para que ele possa ser livre para pecar mais; A graça de Deus traz um homem a
Deus para que ele possa ser livre do pecado e da sua culpa e julgamento. A graça não dá licença para pecar
mais do que um homem morto é capaz de mover-se e pecado. (Ver nota, licença - • Romanos 6: 14-15 para
mais discussão.)

2. ( 6: 3-5 ) Jesus Cristo, Morte-- Believer, posição em Cristo : primeiro, o crente foi imerso ou colocados em
Jesus Cristo . Esta é a primeira coisa que o crente deve saber sobre sua posição em Cristo. Esta é uma das
mais gloriosas verdades de toda a Escritura, mas tanta controvérsia se desencadeou sobre o que se entende
pelo batismo que o significado glorioso tem sido muitas vezes ignorada. O significado do batismo é discutido
em outra nota. Na presente nota a gloriosa verdade desses versículos está sendo concentrada em cima. Os
cristãos em toda parte concordam que o batismo é um retrato da morte, sepultamento e ressurreição de
Jesus Cristo. Quando um crente verdadeiro está imerso, ele está proclamando ao mundo que ele está sendo
identificado com Cristo:

⇒ ao ser colocado sob a água, ele está proclamando que ele morreu e foi sepultado com Cristo.

⇒ por ser levantado a partir da água, ele está proclamando que ele foi ressuscitado dentre os mortos
com Cristo para viver uma nova vida.
Agora, note três pontos gloriosos.

1 O crente está imerso, colocado em, ou identificados com Cristo na morte. Esta é a posição do crente em
Cristo. Muito simplesmente, se o crente realmente morreu quando Cristo morreu, então ele morreu para o
pecado e se liberta do pecado e sua pena e castigo. Que gloriosa dádiva de Deus! O que uma posição gloriosa
de receber da maravilhosa graça de Deus!

O que acontece é o seguinte. Quando uma pessoa realmente acredita em Cristo, então Deus toma a fé da
pessoa e conta como a morte de Cristo. Ou seja, Deus conta a pessoa como tendo morrido em Cristo. Deus
toma a fé da pessoa (e batismo como afirmou nesta passagem) e conta a pessoa como participante na morte
de Cristo . Deus conta e considera a pessoa ...

• ter morrido na morte de Cristo.

• para ser colocado na morte de Cristo.

• ser identificado com a morte de Cristo.

• ser participante da morte de Cristo '.

• estar em união com a morte de Cristo.

• estar vinculado com Cristo na morte.

Quando uma pessoa realmente honra o Filho de Deus, confiando Nele, Deus honra essa pessoa,
colocando-o espiritualmente para a morte de Cristo. O que é que faz com que Deus faça tanto para o
crente? Muito simplesmente, o Seu amor por Seu Filho. Deus ama Seu Filho tanto que Ele fará qualquer coisa
para qualquer um que honra o Seu Filho por acreditar e confiar Nele.

Agora, note o ponto: se o crente é contado por Deus como tendo sido imerso na morte de Cristo, então
o crente ...

• morreu para o pecado • é liberto do pecado

• morreu para o castigo • está livre da


do pecado penalidade do
pecado
• morreu para o
julgamento do • é liberado a partir do
pecado julgamento do
pecado

Isso significa que o governo e reinado e os hábitos e desejos de pecado não tem mais controle sobre
nós. Pecado deixa de ter um lugar ou uma posição em nossas vidas. Somos livres do pecado, livre de ...

• hábitos do pecado • escravidão do pecado

• controle do pecado • O governo de pecado e


reinado
• escravidão do pecado
• culpa do pecado

Isso significa que nós não viver mais "in" do pecado, na posição e local de pecado . Nós não podemos viver
sem pecado, não perfeitamente, mas nós somos livres de viver "em" pecado. Não estamos mais prática e
desejo pecado. Nós desejamos e pratica a justiça, buscando agradar a Deus em tudo o que fazemos. E tão
glorioso como este é, isso significa que estamos livres da condenação do pecado, o terrível castigo que deve
ser medida no terrível dia do julgamento.

Esta é a posição do crente em Cristo. Ele está imerso, enterrado, colocado em, e identificados com Cristo
na morte. E tendo morrido, o crente nunca deve estar sob o governo e reinado do pecado e seu julgamento
novamente. Ele é um participante da morte de Cristo, amarrado e unidos a Cristo na morte; portanto, ele
está morto para o pecado e todos os seus efeitos.

No entanto, tenha em atenção a um ponto crítico. Um verdadeiro crente é uma pessoa que realmente
acredita . Isto significa simplesmente que ele se arrepende, confessa, obedece, e é batizado. É essa pessoa
quem créditos Deus como tendo morrido em Cristo. Esta é a posição gloriosa do verdadeiro crente.

"Ou não sabeis que tantos de nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua
morte?" ( Romanos 6: 3 ).

"Sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado
seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado" ( Romanos 6: 6 ).

"Pois em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos,
quer escravos quer livres, e todos nós foi dado beber de um só Espírito" ( 1 Cor 0:13. ).

"Para nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que
também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal" ( 2 Coríntios. 04:11 ).

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; ea
vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim
"( Gálatas 2:20 ).

"Porque, assim como muitos de vocês como foram batizados em Cristo, vos revestistes de
Cristo" ( Gálatas 3:27 ).

2 O crente está imerso, colocado em, ou identificados com Cristo na Sua ressurreição. A mesma imagem
de batismo é usado novamente golpear casa esta gloriosa verdade. Deus conta o verdadeiro crente batizado
como tendo sido criado em Cristo. Deus toma a fé do crente (e batismo como afirmou nesta passagem) e
conta a pessoa como a participação na ressurreição de Cristo. Ele conta e considera a pessoa ...

• a ser levantada na ressurreição de Cristo.

• ser colocado em ressurreição de Cristo.

• ser identificado com a ressurreição de Cristo.


• ser participante da ressurreição de Cristo.

• estar em união com a ressurreição de Cristo.

• estar vinculado com Cristo em Sua ressurreição.

Nota dois pontos significativos.

a. Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai. Isso conta como a nossa posição em
Cristo glorioso aconteceu. Foi o que aconteceu com a glória eo poder de Deus. A "glória"
( doxa PWS: 1705 ) de Deus significa toda a excelência de Deus; tudo o que Ele é em Sua força e
poder, amor e graça, compaixão e misericórdia. Isso significa que todos os Seus atributos: sua
onipotência (todo o poder), onisciência (tudo saber), onipresença (estar em todos os lugares) e
soberania. Nesta passagem particular, refere-se principalmente a força da Sua glória. Era a glória
da Sua força e poder que ressuscitou Jesus de entre os mortos, e é pela glória de sua força e poder
que ele coloca e posiciona -nos em Cristo.

"Ora, Deus não somente ressuscitou ao Senhor, mas também nos ressuscitará a nós
pelo seu próprio poder "( 1 Coríntios. 06:14 ).

"Porque, ainda que foi crucificado por fraqueza, vive contudo pelo poder de Deus "( 2
Cor 13. 4 ).

b. O propósito de Deus para levantar-nos com Cristo é dinâmica e significativa. Trata-se de caminhar
em uma vida totalmente nova. A palavra "caminhada" ( peripatéo PWS: 4246 ) significa andar sobre,
caminhar passo a passo, para controlar e ordenar o nosso comportamento, para constantemente
e habitualmente andar em "novidade de vida."

Pense nisso por um momento. Quando Cristo morreu, ele deixou de lado sua antiga vida e
deixou atrás de si. Por isso, quando Ele ressuscitou, Ele assumiu uma vida totalmente nova, uma
vida transformada, uma vida ressuscitada. É sua nova vida, Sua vida mudou e ressuscitado que nos
é dado. Na Bíblia, a palavra "novo", muitas vezes carrega a idéia de pureza, justiça, santidade,
piedade. O crente ...

• recebe um "novo nascimento" ( 1 Pedro 1:23 ; 1 Pedro 2: 2 ).

• recebe um "coração novo" ( Ezequiel 11:19 ; Ezequiel 18:31 ).

• torna-se uma "nova criatura" ( 2 Co 5:17. ; Gálatas 6:15 ).

• torna-se um "homem novo" ( Ef 4:24. ; Col. 3:10 ).

Propósito de Deus para colocar -nos na vida ressuscitada de Jesus Cristo é que nós possamos
caminhar em Cristo, caminhar sóbria, justa e piedosamente neste mundo. O verdadeiro crente
coloca despistes do velho homem do pecado e coloca o novo homem da justiça e santidade. Ele
vive uma vida pura, limpa e santa.
"Sepultados com ele no batismo, no qual também fostes ressuscitados mediante a fé
no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos ressuscitou" ( Col. 2:12 ).

"[Isso você pode saber] o que é a suprema grandeza do seu poder sobre nós, os que
cremos, segundo a operação da força do seu poder, que manifestou em Cristo,
ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua mão própria direita nos lugares
celestiais "( Efésios 1: 19-20. ).

"Digo, porém: Andai em Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne" ( Gálatas
5:16 ).

"Por isso, o prisioneiro no Senhor, vos rogo que andais digno da vocação a que fostes
chamados" ( Efésios 4: 1. ).

"Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele" ( Colossenses
2: 6 ).

3 O crente está imerso, colocado em, ou identificados com a mais gloriosa esperança: a de que ele deve
ser plantada (imerso) na própria semelhança da ressurreição de Jesus. Isto significa simplesmente que ...

• como Jesus foi elevado a uma nova vida , assim também o crente ser.

"Mesmo quando estávamos mortos em nossos delitos, [Deus] nos deu vida juntamente
com Cristo (pela graça sois salvos), e nos tem-se levantado em conjunto, e nos fez assentar
nos lugares celestiais em Cristo Jesus" ( Ef 2. : 5-6 ).

"Portanto, se fostes ressuscitados juntamente com Cristo, buscai as coisas que são de
cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus" ( Cl 3: 1 ).

• como Jesus ressuscitou para viver com Deus , assim o crente ser.

"Na casa de meu Pai há muitas moradas.: Se não fosse assim, eu teria dito que vou
preparar um lugar para você E se eu for e vos preparar lugar para você, eu virei outra vez,
e vos levarei. eu mesmo, para que onde eu estou, estejais vós também "( João 14: 2-3 ).

"Porque o Senhor mesmo descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e ressoada
a trombeta de Deus: e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois nós, os que
ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, ao encontro do
Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor "( 1 Ts 4, 16-17. ).
"É uma palavra fiel: Porque, se já morremos com ele [identificado com a Sua morte],
também viveremos com ele" ( 2 Timóteo 2:11. ).

(Veja um estudo mais profundo # 1, Crente, posição em Cristo, Romanos 8: 1 para mais discussão.)

ESTUDO TOPICO# 1 (6, 3-5) Batismo

3. ( 6: 6-7 ) Old Homem- Corpo de pecado Believer, crucificado com Cristo : segundo, o homem do crente
velho foi crucificado com Cristo. Esta é a segunda coisa que o crente deve saber sobre sua posição em Cristo.O
grego definitivamente usa o verbo no passado: "O nosso velho homem foi crucificado com Cristo. " Era
uma vez por toda a agir que o próprio Cristo efetuado. Ele tomou o nosso "velho homem" para a cruz com
ele quando morreu. O "velho homem" significa ...

• o nosso homem • nossa natureza corrupta


velho
• nossa natureza depravada
• nossa vida velha
• nossa natureza não-
• nosso pecaminoso regenerada

• nossa vida • nossa natureza pecaminosa


pecaminosa

Nosso "velho homem" significa que a nossa velha vida sem Deus, a vida pecaminosa que está imerso ou
identificados com Cristo na morte. Agora, note três pontos.

1 O velho homem foi crucificado para que "o corpo do pecado" pode ser destruído. O "corpo do pecado"
não é plural (pecados), mas singular (pecado). O pecado é visto como um corpo , um pacote inteiro . O corpo
humano é visto como a sede do pecado e como o instrumento do pecado. Ele é visto como contendo e
incorporando e embalar todo o pecado dentro de si. A idéia é que todo o pecado dentro de um crente é
destruído, conquistou, perdoado, e crucificado com Cristo. O crente é liberto do pecado. Ele começa de novo,
e ele permanece limpo e livre do pecado, caminhando em constante confissão e comunhão diante de Deus. (1
João 1: 9 ).

"E ele disse a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz , e
siga-me "( Lucas 9:23 ).

"Sabendo isto, que o nosso homem velho é [foi] crucificado com ele, para que o corpo do
pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado" ( Romanos 6: 6 ).

"Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados
como ovelhas para o matadouro" ( Romanos 8:36 ).
"Para nós, que vivemos, estamos sempre entregues à morte por amor de Jesus, para que
também a vida de Jesus se manifeste em nossa carne mortal" ( 2 Coríntios. 04:11 ).

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; ea
vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim
"( Gálatas 2:20 ).

"É uma palavra fiel: Porque, se já morremos com ele [identificado com a Sua morte], também
viveremos com ele" ( 2 Timóteo 2:11. ).

2 O velho homem foi crucificado para habilitar e capacitar o crente a renunciar ao pecado. O crente não
é para servir ao pecado; ele é renunciar a ela, sabendo que ele foi crucificado e condenado à morte em
Cristo.Pelo poder da cruz, o pecado é não para ser servido; é ...

• ser renunciado • deve ser rejeitado

• ser recusada • deve ser negado

• ser repudiado • a ser conquistado

"Sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do
pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado" ( Romanos 6: 6 ).

"Do mesmo modo também vós contar-vos como mortos para o pecado, mas vivos para
Deus em Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:11 ).

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências"
( Gálatas 5:24 ).

"Porque morrestes, ea vossa vida está escondida com Cristo em Deus .... Mortifique,
portanto, seus membros que estão sobre a terra; fornicação, impureza, a paixão, a vil
concupiscência, ea avareza, que é idolatria" ( Cl 3 : 3 , 5 ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que,
mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça ; por suas chagas fostes sarados
"( 1 Pedro 2:24 ).

"Visto, pois, já que Cristo padeceu por nós na carne, armai-vos também vós deste
mesmo pensamento; porque aquele que padeceu na carne já cessou do pecado; que ele
não deve viver o resto de seu tempo na carne para o concupiscências dos homens, mas
segundo a vontade de Deus "( 1 Pedro 4: 1-2 ).

3 A mais clara de todas as ilustrações é dado para mostrar a posição do crente em Cristo. Ele não está a
servir o pecado, porque ele está morto; ele foi crucificado com Cristo. E um homem morto está justificado
do pecado. Quando cremos que Jesus morreu por nossos pecados, a nossa convicção é contada como
justiça; nossa crença nos faz aceitável a Deus uma vez por todas. E ele faz outra coisa tão maravilhosa: ela
nos dá acesso constante à presença de Deus como nós caminhamos sobre o dia a dia. Isto significa que à
medida que pegar as corrupções deste mundo e não aqui e ali, podemos chegar constantemente diante de
Deus e pedir perdão; e quando pedimos, Ele perdoa. Esta é a maneira que nós estamos livres do pecado: por
andar constantemente em confissão aberta diante de Deus, orando durante todo o dia para o Seu perdão. E
assim como Ele promete, Ele sempre nos perdoa ( 1 João 1: 9 ). Por que ele faz uma coisa tão glorioso como
libertar-nos do pecado eternamente?

⇒ Porque nós honramos o Seu Filho por confiar a morte de Cristo para nos libertar do pecado.

⇒ Porque Ele ama Seu Filho e vai homenagear um homem que tanto confia em Seu Filho. Ele vai
honrar o homem, fazendo exatamente o que o homem acredita. Se o homem honra a Cristo
por acreditar que ele está liberto do pecado pela morte de Cristo, então Deus conta o homem
como ser livre do pecado.

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a
riqueza da sua graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e
nos purificar de toda injustiça" ( 1 João 1: 9 ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar,
temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo., E ele é a propiciação pelos nossos
pecados, e não somente pelos nossos , mas também pelos pecados de todo o mundo "( 1
Jo 2, 1-2 ).

"Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo [pela fé], assim também andai nele"
( Colossenses 2: 6 ).

"O justo viverá pela fé" ( Romanos 1:17 ).

Esta é a posição gloriosa do crente em Cristo: seu velho homem "foi crucificado" com Cristo, a fim de livrá-
lo do pecado. Observe a verdade mais gloriosa e marcante: é tudo através da morte de Cristo . A nossa
salvação é através da morte do amado Filho de Deus .

4. ( 6: 8-10 ) Believer, posição em Cristo-Hope-Jesus Cristo, Ressurreição : em terceiro lugar, o crente deve
viver com Cristo agora e para sempre . Esta é a terceira coisa que o crente deve saber sobre sua posição em
Cristo. Sabemos e possuem garantia absoluta e confiança de que "vamos ... viver com Cristo." A idéia é que
viveremos com Ele eternamente. O que nos dá essa crença e garantia absoluta?

1. Cristo venceu a morte, de uma vez por todas. Pense nisso. Cristo já morreu. Agora estamos a saber ...

• "que Cristo, ressuscitado dentre não mais o contrário, morre morto."


• "que a morte não tem mais domínio sobre ele."

• que Ele está livre da morte.

"Mas [propósito e graça de Deus] é manifesta agora pela aparição de nosso Salvador
Jesus Cristo, o qual aboliu a morte, e trouxe vida e imortalidade à luz através do evangelho"
( 2 Tm. 1:10 ).

"E, visto como os filhos participam da carne e do sangue, também ele participou das
mesmas coisas, para que pela morte aniquilasse o que tinha o império da morte, isto é, o
diabo, e livrasse todos os que, com medo da morte, estavam toda a vida sujeitos à servidão
"( Hebreus 2: 14-15 ).

"Pois também Cristo morreu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-
nos a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito "( 1 Pedro 3:18 ).

2. Cristo agora vive para sempre a Deus. Estamos saber ...

• de que Cristo morreu para o pecado uma vez.

• Cristo que agora vive na presença de Deus para sempre.

• que Cristo vive para Deus; isto é, Ele vive em uma devoção ininterrupta e serviço a Deus.

O crente é viver com Deus por toda a eternidade, começando agora, desde o momento de sua
conversão. A morte não tem mais domínio sobre ele. Ele está imerso ou colocado na vida de Cristo
ressuscitado. Ele é uma pessoa eterna agora ; portanto, ele é viver para Deus começando agora, assim como
ele vai viver para Deus por toda a eternidade.

"Saí do Pai e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai" ( João 16:28 ).

"E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai Santo, guarda
em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, como nós somos" ( João 17:11 ).

"Assim, pois, depois de o Senhor lhes ter falado, foi recebido no céu, e assentou-se à direita de
Deus" ( Marcos 16:19 ).

"Desde agora o Filho do homem se assentará à direita do poder de Deus" ( Lucas 22:69 ).

"Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e pondo-o à sua direita nos
lugares celestiais" ( Ef. 1:20 ).

"E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte e morte
de cruz. Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que está acima de
todo nome" ( Fl 2. : 8-9 ).
"Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados para sempre, sentou-se à
direita de Deus" ( Hebreus 10:12 ).

Pensamento 1 . Isto, naturalmente, significa que nós também deve estar vivendo mais e mais em uma
devoção ininterrupta e serviço a Deus, para sempre.

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que
crê não pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que
me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a
vida" (João 5:24 ).

"Pai, eu quero que eles também, que tu me deste, para estar comigo onde eu estiver,
para que vejam a minha glória que me deste, porque tu me amaste antes da fundação do
mundo" (João 17: 24 ).

"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por
todos, logo todos morreram, e que ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam
mais para si mesmos, mas para aquele que morreu por eles, e ressuscitou "( 2 Cor 5, 14-
15. ).

ESTUDO TOPICO# 1
( 6: 3-5 ) Batismo : esta nota está sendo colocado como um estudo mais profundo # 2 por causa de seu
comprimento, e porque é uma nota especializada lidar com o significado de "batismo", usado nesta
passagem.Sugere-se que a nota de ser estudado último por causa de sua extensão, sentindo que o leitor
possa ser ajudado mais, indo à frente e estudando as notas sobre os principais pontos do esboço para não
perder a continuidade de pensamento.

ESTUDO TOPICO# 2
( 6: 3-5 ) Batismo : Os homens têm dissecado e discutido sobre como uma pessoa é "salvo" tanto que a
preciosidade, e em muitos casos, a verdade da experiência foi perdida. O resultado é um público
confuso. Muitas pessoas pensam que se eles foram batizados e fazer metade do caminho certo, então eles
são salvos e Deus nunca irá rejeitá-las. Outros, que são altamente disciplinados e reformaram suas vidas,
acho que eles são tão agradável a Deus como qualquer outra pessoa, porque eles fazem vidas morais e
decentes ao vivo. Um público confuso, incluindo tanto aqueles dentro e fora da igreja, está baseando sua
sorte eterna sobre um ou mais dos seguintes. Eles pensam que são salvas ...
• através do batismo.

• fazendo boas obras.

• por ser tão bom quanto eles podem.

• pelos membros da igreja.

• pela fé.

• pelo arrependimento.

Grande parte da confusão foi causada por homens a tensão excessiva ou mal-entendido uma das verdades
da Escritura. Muitas vezes muitos de nós têm sido culpados de abusar Escritura; e uma vez que tenhamos
tomado uma posição forte, que não estão dispostos a recuar ou dar equilíbrio a toda a verdade, mesmo
quando percebemos que tínhamos ido longe demais. É hora de nos comprometer totalmente a nossa vida
ao Senhor, para deixar de lado nossos bandwagons e exaustivamente o trabalho de proclamar a verdade,
tanto para a Igreja e para o mundo. Mais uma vez, é hora para que a verdade seja proclamada, todo o
equilíbrio da Escritura de tempo para nos ajudar a endireitar a confusão do público, para muitos dentro da
Igreja são enganados e estão sem Cristo; eo mundo não pode vir a Cristo com uma experiência genuína até
que eles vêm como ditames da Escritura .

Na passagem diante de nós um argumento grassa sobre a palavra batismo ( Romanos 6: 3-4 ). O "batismo"
significa a experiência do batismo real de uma pessoa, ou está sendo usado em um sentido simbólico ou
espiritual? Aqueles que defendem o batismo de ser essencial para a salvação dizem que significa a
experiência real do batismo; enquanto que aqueles que defendem a salvação pela fé tendem a dizer que está
falando simbolicamente e espiritualmente. E a batalha continua. A grande tragédia é ...

• muitos dentro e fora da igreja tornaram-se confusos.

• Muitos nunca tiveram uma verdadeira experiência de salvação, porque eles nunca ouviram falar a
verdade das Escrituras.

• muitos nunca ouviram falar nem entender a verdade das Escrituras.

• muitos zombaram da divisão e irrelevância das posições da igreja.

E todos aqueles com quem não conseguimos compartilhar a verdade estão condenados, e nós somos
responsáveis. Agora, observe vários pontos.

1. Escritura fala fortemente em termos inequívocos sobre o tema da salvação, sobre o quão somos salvos
e para uma mente honesta e pensativo ele fala claramente.

a. Somos salvos pela fé .

"Porque pela graça sois salvos, mediante a fé , e isto não vem de vós, é dom de Deus:
não de obras, para que ninguém se glorie "( Efésios 2: 8-9. .; cp João 1:12 ; João
03:16 ;Romanos 10: 9-10 ).
b. Somos salvos pela obediência .

"E, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os
que obedecem a ele "( Hebreus 5: 9 .; cp Mateus 7:21 ; João 15:10 ; Apocalipse 22:14 ).

c. Somos salvos por arrependimento .

"Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento "( Lucas 5:32 ;.
cp Atos 11:18 ).

d. Somos salvos pela confissão .

"Portanto, quem se confessar . mim diante dos homens, também eu o confessarei


diante de meu Pai que está nos céus Mas aquele que me negar diante dos homens, também
eu o negarei diante de meu Pai que está nos céus "( Mateus 10: 32-33 .; cp Romanos 10: 9-
10 ; 1 João 4:15 ).

e. Somos salvos pela batismo .

"Então disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e ser batizados cada um de vocês em nome


de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo
"( Atos 2:38 ).

Agora, com toda a honestidade, o que isso mostra? Não é que a verdadeira experiência de salvação é
um conjunto de experiência, uma abrangente experiência, uma experiência que envolve a vida inteira de um
crente? A salvação não um passado e um presente e uma experiência de futuro? (Veja um estudo mais
profundo # 1 , Salvation-1 Cor. 1:18 para discussão.)

O que a Bíblia declara é que a salvação é encarado como a toda a experiência de um verdadeiro novo
nascido pessoa. Quando a Escritura fala ...

• de crer em Cristo, isso significa que uma pessoa que se arrepende, confessa, obedece, e é batizado.

• de obediência a Cristo, isso significa que uma pessoa que crê, se arrepende, confessa, e é batizado.
• de arrependimento para com Cristo, isso significa que uma pessoa que crê, confessa, obedece, e é
batizado.

• do batismo em Cristo, isso significa que uma pessoa que crê, se arrepende, confessa e obedece.

• da confissão a Cristo, significa uma pessoa que crê, se arrepende, obedece, e é batizado.

Agora, note o ponto mais crítico: só porque uma pessoa professa e que algumas dessas coisas não significa
que a pessoa é salva. Só porque uma pessoa ...

• professa a fé,

• vive uma vida moral e bom,

• for batizado,

• afirma a viver como Jesus ensinou,

... Não significa que ele é salvo. O poder da salvação não é por essas coisas, não na profissão e bondade
moral e batismo e os ensinamentos de Jesus. O poder de salvar é em Jesus Cristo , em acreditar que Ele é o
Salvador crucificado, o próprio Filho de Deus que tem o poder de salvar.

O ponto é este: a Escritura fala do verdadeiro crente de maneiras diferentes em momentos diferentes,
qualquer um, o que significa que ele é salvo. A Escritura diz que um verdadeiro crente é uma pessoa ...

• aquele que crê.

• quem obedece.

• que se arrepende.

• que confessa.

• quem é batizado.

Cada um desses termos é inclusivo , isto é, às vezes, a Escritura usa cada termo para incluir os outros. A
presente passagem diz que os crentes que "fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua
morte."Paulo está usando o significado simbólico da nossa experiência do batismo para retratar nossa
"morte" e "ressurreição" com Cristo. Ele não está dizendo que o batismo é a "substância" que tem o poder
de "lugar" nós em Cristo. Somente Deus tem esse poder. Paulo está dizendo que a pessoa batizada (como
uma pessoa que acredita que, se arrepende, obedece, e confessa) é a pessoa que é colocada sobre a morte
de Cristo. Nossa experiência batismo está sendo usado como um termo abrangente, não como um termo
exclusivo ou, num sentido exclusivo.

2 Entre os crentes no Novo Testamento, a fé eo batismo não eram tanto duas experiências como duas
partes de uma experiência (FF Bruce. Epístola de Paulo aos Romanos . "O Tyndale Novo Testamento
Comentários", p.136). Uma pessoa que realmente acreditou foi batizado , e uma pessoa que foi batizado era
para ser um verdadeiro crente . Para ser "batizados em Jesus Cristo" não significa "ser batizado sem fé "e"
acreditar em Jesus Cristo "não significa crer sem ser batizado . Escritura definitivamente indica
isso. Portanto, quando a Escritura fala do batismo , isso significa que o batismo é para um verdadeiro crente:
um verdadeiro crente é batizado, e uma pessoa batizado é ser um verdadeiro crente. Não apenas havia tal
coisa como um verdadeiro crente , que não foi batizado a menos que ele foi providencialmente proibida, e
não havia tal coisa como um genuinamente batizado pessoa que não era para ser um verdadeiro crente.

3. Escritura definitivamente ensina que o poder de fazer uma pessoa agradável a Deus, para colocar uma
pessoa em Cristo não está na água do batismo, mas em Cristo . Por exemplo, este é o ponto de Romanos até
este ponto, todo o ensinamento de justificação. Se o poder de salvar está na água, então o que vamos fazer
com as milhares de pessoas que foram batizadas e viver como o próprio diabo, as milhares de pessoas que
não mostram nenhuma mudança de vida, afinal?

O poder está definitivamente em Cristo; Cristo é o único que salva. E Ele salva a pessoa que acredita, não
a pessoa que é batizada. Isto é claramente evidente a partir das vidas profanas vividas por tantos que foram
batizados .

No entanto, como mencionado no ponto um, a pessoa que realmente acredita que se arrepender e ele
não se converter da sua antiga vida para seguir a Cristo. Ele faz o que Cristo diz, eo primeiro mandamento é
para segui-Lo no batismo. O batismo é o primeiro ato, a primeira prova de que uma pessoa crê e se
arrepende.

Há uma outra maneira de ver a conexão entre fé e batismo ou entre a nossa união com Cristo eo
batismo. O poder de salvar-para fazer uma pessoa aceitável para não-Deus está nas águas do batismo, mas
em Cristo;portanto ...

• nem todo mundo que for batizado será salvo. Suas vidas não crentes e ímpios provar o fato.

• Todo aquele que é salvo será batizado imediatamente como um ato de fé e obediência em Cristo. A
pessoa vai ser batizado a menos que ele é fisicamente incapaz.

4 O símbolo físico nunca é a própria verdade; é uma imagem da verdade. Nenhuma substância física tem
o poder de trazer qualquer coisa espiritual. Todo o mundo físico e tudo o que nele passa longe, incluindo a
água.Substâncias físicas podem simbolizar a verdade espiritual, mas eles não podem ser a causa ou o poder
de trazer a realidade espiritual. Se uma substância física, como o batismo nas águas tinha tal poder, isso
significaria que a realidade espiritual teve sua base no material físico e que passa longe. E se a base passa
longe (batismo nas águas), então a substância (salvação espiritual) em si também passarão.

Outra maneira de dizer a mesma coisa é a seguinte: o físico nunca pode penetrar, nem criar o espiritual; é
o espiritual que deve penetrar e criar o físico. Filosoficamente, devemos sempre lembrar disso ou então
condenar-nos e fazer com que os homens que pensam no mundo a zombar de nós. Por quê? Porque os
homens filosóficos e pensar o mundo sabe que, se somos salvos pela água (o material físico e), então estamos
condenados; sem substância física pode dar algo que não tem uma qualidade eterna (vida eterna, a salvação,
o perdão dos pecados). Somente o espiritual-somente Deus eo Seu poder pode transmitir a qualidade
espiritual da vida eterna e da salvação e perdão dos pecados. Deus pode dar a salvação espiritual e, em
seguida, dizer: "A imersão em água é um retrato do que eu faço para você. E se você realmente acreditar em
mim, então a primeira evidência de sua fé é para você, para ser batizado."

5 A experiência prática nos diz que a fé eo batismo são actos distintos envolvidos na salvação, mas eles
são ambos envolvidos. Ambos estão envolvidos no sentido de que o batismo é um ato imediato de obediência
e arrependimento. Um verdadeiro crente deve ser batizado, e nenhum verdadeiro crente deixará de ser
batizado a menos que ele é providencialmente parado.
⇒ Um exemplo: um crente voando país leva a pessoa a verdadeiramente confiar em Cristo para
salvá-lo. Os acidentes de avião e o novo crente é morto antes que ele possa ser batizado. Ele não
está condenado ao inferno. A Escritura ensina tal coisa. Dizer que ele está condenado é dizer que
o poder da salvação está nas águas do batismo e não no Filho de Deus. Na verdade, para dizer
como é desonrar o Filho de Deus, para levar o amor, o poder ea graça que pertence a Ele e atribuí-
la a uma substância física. Se o novo crente acredita verdadeiramente dentro de seu coração,
realmente honra o Filho de Deus, confiando Jesus para salvá-lo, Deus aceita o homem. Deus aceita
o homem porque ele honra o Filho de Deus, e Deus fará qualquer coisa para qualquer homem
que honra o Seu Filho. O homem é, portanto, aceito por Deus, aceito porque ele honra o Filho de
Deus, crendo e comprometendo a sua vida a ele.

No entanto, o homem que atinge o solo e não é batizado assim que ele pode fazer arranjos
não é genuína. A sua fé é suspeito, pois ele não está colocando Deus em primeiro lugar em sua
vida. Ele ainda não se converteram a Cristo pronto a obedecer e viver para Ele. O homem que
realmente acredita é o homem que não é apenas pronto para obedecer a Cristo, ele não obedecer
e viver para Cristo.

Observe outro exemplo. Existem massas de pessoas que vivem em países Arrid e deserto, onde
milhares de pessoas estão morrendo de fome e morrendo de sede. E sobre eles e batismo? E se
um missionário leva alguns a Cristo. Estão a ser imersa quando há tão pouca água e multidões
estão morrendo de sede? A questão é clara, não só no ensino das Escrituras, mas no amor de
Deus e, em termos práticos. Um homem é justificado pela fé , mas ele deve ser batizado
imediatamente, assim que ele puder. Por quê? Porque ele é genuíno, ele acredita no Senhor Jesus,
amando-o e desejando a obedecê-Lo em todas as coisas e cumprindo assim toda a justiça. No
entanto, sua salvação não depende de batismo; ele depende querido Filho de Deus, nosso Senhor
e Salvador, Jesus Cristo.

Romanos 6: 11-13

B. O crente não é para continuar no pecado (Parte II): Ele é para viver a sua posição em Cristo, 6: 11-13
1 Ele se considera mortos para o pecado, mas vivos para Deus (v.11) Ver: DS1
a. Mortos para o pecado (v.11a)
b. Vivos para Deus (v.11b)
c. Fonte: através de Cristo (v.11c)
2 Ele resiste pecado (v.12)
a. Não deixá-lo reinar (v.12a)
b. Não obedecer às suas concupiscências (v.12b)
3 Ele não produz os membros do seu corpo ao pecado (v.13) Ver: DS2
a. Ele se entrega a Deus (v.13a)
b. Ele produz os membros do seu corpo para ser instrumentos de justiça (v.13b)
(Esboço Continua....)
ROMANOS: DIVISÃO IV
Santidade ea santificação: o caminho para o crente livre do pecado, 6: 1-23

B. O crente não é para continuar no pecado (Parte II): Ele é para viver a sua posição em Cristo, 6: 11-13
( 6: 11-13 ) Introdução : o verdadeiro crente não continuar no pecado; ele não vive em pecado. Ele conquista
e triunfa sobre o pecado. Em termos muito claros nesta passagem diz exatamente o que o crente deve fazer
para viver em vitória sobre o pecado.

1. Ele se considera mortos para o pecado, mas vivos para Deus (v.11).

2 Ele resiste pecado (v.12).

3 Ele não produz os membros do seu corpo ao pecado (v.13).

1. ( 06:11 ) pecado Vida, Victorious : o crente deve considerar-se mortos para o pecado, mas vivos para
Deus (ver estudo mais profundo # 1 considerai-Romanos 6:11 para discussão). Como é que o crente manter-
se de pé em pecado?

1 O crente deve considerar-se mortos para o pecado . Se uma pessoa é um verdadeiro crente, então,
ele morreu com Cristo. Deus tomou a sua crença e contou-lhe como tendo morrido em Cristo, e um homem
morto não pode fazer nada; ele não pode pecar. Ele está livre do pecado.

O que acontece é o seguinte: quando um crente verdadeiramente crê em Cristo, Deus toma a sua fé e
conta-lhe que morreram em Cristo . Deus liberta do pecado e seu poder, bem como de suas conseqüências e
penalidades. Portanto, o crente é ...

• contam-se • considerar-se

• tratar-se • considerar-se

• contar-se • creditar-se

... Como mortos em Cristo , como sendo livre do pecado e seu poder. Ele deve receber esta verdade em
seu coração e vida, tornam-se totalmente condenado e convenceu disso.

(Nota de um ponto crucial: o verdadeiro crente não é deixado só com o poder de sua própria mente ou
pensamentos se convencer desta verdade gloriosa Não é só uma questão de. pensamento e raciocínio
humanoou de controle mental, Deus deu a. Espírito Santo para agitar e construir confiança da gloriosa
verdade dentro do crente. O Espírito Santo é o nosso "selo", a nossa garantia, da salvação. Mas este é o
assunto de outra discussão, de Romanos 8 . Este capítulo diz respeito a nossa parte em vencer o pecado.
Deus nos ajuda a vencer o pecado através do Espírito Santo, mas também temos uma parte. E é a nossa parte
que está actualmente a ser considerado.)

"E ele disse a todos: Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-
me" ( Lucas 9:23 ).

"Deus me livre. Como é que vamos, que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda
nele? ... Sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do
pecado seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado . Porque aquele que está morto está
justificado do pecado "( Romanos 6: 2 , 6-7 ).

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; ea
vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se entregou por mim
"( Gálatas 2:20 ).

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências" ( Gálatas
5:24 ).

"Porque morrestes, ea vossa vida está escondida com Cristo em Deus" ( Cl 3: 3 ).

"É uma palavra fiel: Porque, se já morremos com ele, também viveremos com ele" ( 2 Timóteo
2:11. ).

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que, mortos para
os pecados , vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados "( 1 Pedro 2:24 ).

2 O crente deve contar-se vivos para Deus . O verdadeiro crente não é apenas identificado com Cristo na
morte, ele se identifica com Cristo na ressurreição. Deus não só conta a fé do crente como a morte em Cristo ,
Ele conta sua fé como vida em Cristo . O crente é contado ter aumentado na ressurreição de Cristo. A
ressurreição do Senhor Jesus conta como a ressurreição do crente. Como Jesus Cristo foi ressuscitado para
uma nova vida, para o crente é elevado a uma nova vida. Como Jesus Cristo foi ressuscitado para viver na
presença de Deus e servi-lo para sempre, de modo que o crente é elevado a viver na presença de Deus e
servi-lo para sempre.

O ponto é este: que o crente recebe em seu coração e vida a verdade de sua vida ressuscitada . Deixe o
crente agora viver para Deus . Deixe o crente agora servir a Deus e não o pecado . Deixe o crente andar diante
de Deus na sua vida nova, ressuscitada; deixá-lo andar sóbria, justa e piedosamente neste mundo. Deixe-o
andar ...

• contando-se • considerando-se

• tratando-se • respeito de si próprio

... Como vivos para Deus, agora e para sempre servir a Deus.
"Porque ele não é um Deus de mortos, mas de vivos porque todos vivem a ele" ( Lucas 20:38 ).

"Do mesmo modo também vós contar-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus
em Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:11 ).

"Porque, se vivemos, vivemos para o Senhor: se vivemos, portanto, ou morramos, somos do


Senhor" ( Romanos 14: 8 ).

"E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para
aquele que por eles morreu e ressuscitou" ( 2 Coríntios. 05:15 ).

3 Observe a verdade mais gloriosa. A vida do crente é devido a Cristo e Cristo. Tudo o que o crente sabe-
sua gloriosa libertação do pecado e da maravilhosa vitória da vida eterna, é devido a morte e ressurreição de
Cristo. E note: é o crente que realmente mantém a sua mente sobre a morte e ressurreição de Cristo,
que caminha acima do pecado . É o que anda livre do pecado que conquista-lo a cada passo do caminho e
glorifica a Deus pela vitória de sua vida justa.

Em conclusão, o primeiro passo do crente em vencer o pecado é contar-se mortos para o pecado, mas
vivos para Deus. O crente deve conhecer e viver a sua posição, a gloriosa vida que Deus lhe deu na morte e
ressurreição de Jesus Cristo, nosso Senhor. O crente que mantém sua mente e pensamentos sobre a sua
posição na morte e ressurreição de Cristo vai vencer o pecado, o tempo todo.

ESTUDO TOPICO# 1 (6:11) Reckon- imputar ( logizethe )

2. ( 06:12 ) pecado Vida, Victorious : o crente deve resistir ao pecado. Isto é um imperativo comando
vigorosa. Cabe ao crente para resistir ao pecado; ele é responsável por resistir.

1. Ele não deve deixar o pecado reinar ( basileuetō PWS: 3220 ): ter autoridade, regra, controle, ocupar,
dominam, prevalecer sobre ele. O tempo presente é usado, então a idéia é uma atitude contínua e
comportamento. O crente é sempre manter sua mente fora de pecado. Ele é manter sua mente sob controle,
mantendo sua mente fora ...

• riqueza e coisas materiais • a concupiscência da


carne
• posição e poder
• o orgulho da vida
• reconhecimento e fama
• festas e sexo
• a concupiscência dos olhos
• aparência e roupas
O crente é não deixar o pecado dominar, controlar e reinar em seu corpo mortal. Pecado é não dominar
seus pensamentos e vida. Ele é para resistir ao pecado por estar contra ele e por repreender e lutar contra
ela.Ele é opor-se pecado com todas as suas forças.

"Eis que já estás curado; não peques mais, para que alguma coisa pior virá a ti" ( João 5:14 ).

"Não deixe portanto, o pecado reinar em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas
concupiscências" ( Romanos 6:12 ).

"Acordai para a justiça e não o pecado, pois alguns ainda não têm conhecimento de Deus; digo-
o para vergonha vossa" ( 1 Cor 15:34. ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar, temos
Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo." ( 1 João 2: 1 ).

2 Ele não tem que obedecer o pecado em suas concupiscências ( epithumiais ). A palavra significa forte
desejo ou desejo e paixão. A força do pecado é, por vezes forte, muito forte. Todos os homens sabem o que
é para a cobiçar as coisas, depois mais e mais, quer se trate de dinheiro, propriedade, segurança, localização,
prazer, diversão, ou estimulação carnal. O verdadeiro crente não deve ceder a estas puxadas. Ele não deve
deixar que as ambições de seus olhos e regra de carne e regular a sua mente e do comportamento. Ele não
deve deixar luxúria fim a sua vida. Ele não tem que obedecer o pecado em suas concupiscências, nas suas
ânsias e desejos e paixões. Ele deve resistir às concupiscências de seu "corpo mortal."

"Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti, pois é melhor para ti que um
dos teus membros se perca do que todo o teu corpo seja lançado no inferno" ( Mateus 5:29 ).

"Porque, se viverdes segundo a carne, haveis de morrer, mas, se, pelo Espírito, mortificardes os
feitos do corpo, certamente, vivereis" ( Romanos 8:13 ).

"Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não provisão para a carne, para cumprir suas
concupiscências" ( Romanos 13:14 ).

"Mortifique, portanto, os vossos membros que estão sobre a terra; fornicação, impureza, a
paixão, a vil concupiscência, ea avareza, que é idolatria" ( Cl 3: 5 ).

"Amados, exorto-vos, como a peregrinos e vos abstenhais das concupiscências carnais que
combatem contra a alma" ( 1 Pedro 2:11 ).

"Que ele não deve viver o resto de seu tempo na carne para as concupiscências dos homens,
mas segundo a vontade de Deus" ( 1 Pedro 4: 2 ).
3. ( 06:13 ) Pecado : três coisas que precisam ser ditas sobre o pecado neste momento em Romanos. (1) O
pecado é uma ofensa e uma doença em Romanos 1-4 . Em Romanos 6 é um mestre ou de um poder
dominante. (2) O pecado não é "destruído" no crente. Ele ainda está ativo e ainda pode ferir. O crente é lutar
contra sua atração. (3) O corpo não é a fonte do pecado, mas a Bíblia diz e experiência do homem prova que
o corpo é oinstrumento do pecado, o órgão que o pecado usa para se manifestar e assegurar-se. O corpo
está sob a forte influência e poder grave do pecado e da corrupção de tal modo que os apetites sensuais do
corpo tendem a escravizar a alma e levar os homens ao pecado, mesmo contra o bom senso. Portanto, o
crente é exortado vivamente, resistência ao "não deixe portanto, o pecado reine em vossos corpos mortais"
( Romanos 6:12 ).

ESTUDO TOPICO# 2 (6:13) pecado Vida, Victorious

ESTUDO TOPICO# 1

( 06:11 ) Reckon- imputar ( logizesthe PWS: 3194 ): para contar; ao crédito; para definir a sua conta; para
colocar a sua carga; imputar; ao juiz; considerar; para tratar; para contar; para calcular; a atribuir. É uma
palavra de contabilidade; implica algo colocar ao crédito de um homem. Ele é usado muitas vezes ao longo
romanos, cerca de onze vezes em Romanos 4 sozinho. É uma idéia extremamente importante nas Escrituras.

1. Escritura diz que a justiça é imputada ou contado para o crente genuíno por Deus.

. "E, portanto, lhe foi imputado para justiça Agora ela não foi escrita só por causa dele, que foi
imputada a ele, mas também por nós, a quem será tomado em conta, os que cremos naquele que
ressuscitou a Jesus nosso Senhor dentre os mortos, o qual foi entregue por causa das nossas
transgressões, e ressuscitou para nossa justificação "( Romanos 4: 22-25 ).

2. Escritura diz que o crente genuíno está imerso, imputado, contada, ou contado como morto na morte
de Cristo; ou seja, o seu "velho" é imputada ou reconhecida como crucificado na morte de Cristo.

"Ou não sabeis que tantos de nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua
morte que fomos sepultados com ele na morte pelo batismo: para que, como Cristo foi ressuscitado
dentre os mortos pela glória do Pai, mesmo assim também andemos nós em novidade de vida
"( Romanos 6: 3-4 ).

"Sabendo isto, que o nosso homem velho foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado
seja desfeito, para que não sirvamos mais ao pecado" ( Romanos 6: 6 . Veja a
nota, Pecado - •Romanos 6:11 para mais discussão e versículos.)
3. Escritura diz que uma nova vida, uma vida ressuscitada é imputada, contada, ou colocar na conta do
crente por meio da ressurreição de Cristo.

"Porque, se temos sido unidos a ele na semelhança da sua morte, seremos também na
semelhança da sua ressurreição" ( Romanos 6: 5 ).

"Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele.: Sabendo que,
havendo Cristo ressuscitado dentre não mais o morto morre, a morte não tem mais domínio sobre
ele Porque naquilo que ele morreu, ele morreu para o pecado uma vez : mas em que ele vive, ele
vive para Deus "( Romanos 6: 8-10 ).

Muito simplesmente, Deus conta o crente justo por causa do que Cristo fez. Cristo é visto como "o Senhor
nossa justiça", e Sua justiça é dito para ser colocado na conta de um homem por meio da fé (cp. Filemon 18 ).

ESTUDO TOPICO# 2
( 06:13 ) pecado Vida, Victorious : o crente não deve ceder os membros do seu corpo ao pecado. A palavra
"yield" ( paristemi PWS: 4468 ) significa para oferecer; colocar à disposição dos; para dar; a conceder; de
entregar a. O crente não é para produzir os membros do seu corpo ao ser instrumentos ou ferramentas de
injustiça. Se ele tem um membro de seu corpo e usa-o como um instrumento ou ferramenta de iniqüidade,
ele peca. Os membros do corpo de uma pessoa referem-se a todas as partes do corpo: os olhos, ouvidos,
boca, língua, mãos, pés, cabeça, ou qualquer das partes cobertas e vestidos. Nenhum crente é oferecer ou
dar qualquer parte de seu corpo sobre a injustiça. Para fazê-lo é pecado. O tempo está presente ação, de
modo que o crente deve estar constantemente em guarda contra permitir que qualquer membro de seu
corpo para ser rendido ao pecado. Nota: a palavra "yield" tem a idéia de lutar. É uma luta para lutar contra
o pecado e para controlar e proteger os membros do nosso corpo.

1 O crente deve se entregar a Deus. Observe um fato significativo: no grego isso não está escrito no tempo
presente, mas no tempo aoristo. Isto significa simplesmente que o crente é fazer um one-time decisão por
Deus, uma vez por toda dedicação de sua vida a Deus. A apresentação de sua vida a Deus é ser sincero e
verdadeiro, uma decisão de uma vez. Ele é ceder-se-seu corpo, sua vida, tudo o que ele é, a Deus; e sua
decisão é para ser um, uma decisão permanente tempo.

Observe o quão completo essa dedicação é para ser. É ser tão profundo a um compromisso quanto a
dedicação daqueles que estão vivos dentre os mortos. E basta pensar como profundamente comprometido
com Deus, os crentes são que passaram a estar com Ele!

2 O crente é ceder os membros do seu corpo como instrumentos de justiça até Deus. O crente
é transformar os membros do seu corpo nas mãos de Deus: seus olhos, ouvidos, boca, língua, mãos, pés,
cabeça-todos os seus membros. Cada parte do seu corpo é para ser entregue como um instrumento ou
ferramenta para fazer justiça. Cada parte do corpo do crente é para ser dado a Deus com o propósito de
justiça trabalhar.

"Se o teu olho direito te faz tropeçar, arranca-o e lança-o de ti. Pois é melhor para ti que um
dos teus membros se perca do que todo o teu corpo seja lançado no inferno E se a tua mão direita
te faz tropeçar, corta-a e lança-a de ti, pois é melhor para ti que um dos teus membros se perca do
que todo o teu corpo seja lançado no inferno "( Mateus 5: 29-30 .; cp Mateus 18: 8-9 ).

"Nem ofereçais os vossos membros como instrumentos de injustiça para o pecado, mas
oferecei-vos a Deus, como aqueles que estão vivos dentre os mortos, e os vossos membros como
instrumentos de justiça para Deus" ( Romanos 6:13 ).

"Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos em
sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional E não vos conformeis com este
mundo. Mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a
boa, agradável, e perfeita vontade de Deus "( Romanos 12: 1-2 ).

"Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo
feito tudo para ficar" ( Ef. 6:13 ).

"Sujeitai-vos, portanto, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." ( Tiago 4: 7 ).

"Vós, portanto, amados, como sabeis estas coisas antes, Guardai-vos também, sendo levado
com o erro dos ímpios, queda da vossa firmeza" ( 2 Pedro 3:17 ).

Romanos 6:14-23

C. O crente não é para continuar no pecado (Parte III): ele não tem licença para pecar, 6: 14-23
1 Aprenda uma coisa: O pecado não deve dominar o verdadeiro crente (v.14-15)
a. Porque ele não está sob a lei, mas debaixo da graça (v.14)
b. Deve ele continuar a pecar? Dê licença para pecar? (V.15)
2 Sabe de uma coisa: Você pode servir apenas um mestre, o pecado ou de Deus (v.16)
a. Você serve ou ceder ao pecado? Você vai morrer (v.16a)
b. Você serve ou ceder a Deus? Você viverá (v.16b)
3 Lembra-te uma coisa: Lembre-se sua tomada de decisão, você escolheu a justiça (v.17-18)
a. Fato: "Você foi ... mas agora você ter obedecido" (v.17)
b. Resultado: Libertos do pecado, o mestre despótico (v.18)
4 Faça alguma coisa: Servir a Deus com o mesmo fervor que você serviu pecado (v.19-20)
a. Seu pecado promoveu mais pecado resultou em mais e mais pecado (v.19a)
b. Agora deixe a sua santidade trabalho justiça (v.19b)
c. Você nunca teve essa oportunidade antes (v.20)
5 Pergunta algo: Qual fruta é lá em pecado? (V.21-22)
6 Considere uma coisa: O salário do pecado contra o dom de Deus, da vida eterna (v.23)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO IV
Santidade ea santificação: o caminho para o crente livre do pecado, 6: 1-23

C. O crente não é para continuar no pecado (Parte III): ele não tem licença para pecar, 6: 14-23
( 6: 14-23 ) Introdução : um crente não é continuar no pecado, porque ele não tem licença para pecar.

1. Aprenda uma coisa: o pecado não deve dominar o verdadeiro crente (v.14-15).

2 Sabe de uma coisa: você pode servir apenas um mestre, o pecado ou de Deus (v.16).

3 Lembre-se de uma coisa: se lembrar da sua tomada de decisão, você escolheu a justiça (v.17-18).

4 Faça alguma coisa: servir a Deus com o mesmo fervor que você serviu pecado (v.19-20).

5. Pergunta alguma coisa: que fruta é lá em pecado (v.21-22)?

6 Considere algo: o salário do pecado contra o dom de Deus, da vida eterna (v.23).

( 6: 14-23 ) Outro Esquema : O Crente não possui licença para pecar.

1. Ele não está a ser dominado pelo pecado (v.14).

a. Ele não está debaixo da lei, mas a graça.

b. Isso não dá licença para pecar ( v.15 ).

2 Ele pode escolher somente um mestre-uma ilustração (v.16).

a. Existem dois senhores: Pecado ou obediência a Deus (cp. v.22 ).

b. O pecado leva à morte; obediência para a justiça.


3 Ele se emancipou-se tornar um novo homem, um escravo da justiça (v.17; cp v.22.).

a. A emancipação: "Se ... mas agora."

b. Obedecendo a forma de doutrina de Deus.

c. Ao ser liberto do pecado, que o mestre despótico ( v.18 ).

d. Ao ceder seus membros corporais para a justiça ( v.19 ).

4 Ele é agora envergonhado de seu comportamento anterior (pecado) (v.20).

a. Porque ele não era livre para fazer justiça.

b. Porque o fim delas (pecado) é a morte ( v.21 ).

5. Ele agora tem uma nova vida e um novo final (v.22).

a. A vida de frutas: a santidade.

b. O fim da esperança: a vida eterna.

6 Conclusão: os salários do trabalhador (v.23; cp V.16.).

1. ( 6: 14-15 ) Graça versus Direito-Deus, Pai-Licença : aprender alguma coisa, o pecado não deve dominar
o crente genuíno. Há uma forte razão para isso: o crente está debaixo da graça e não debaixo da lei.

1 A pessoa sob a lei está sempre lutando para manter a lei, mas ele está constantemente ciente de que
ele não consegue e vem curto da lei. A lei está sempre diante de seu rosto. Ele se esforça e luta, luta e garras,
trabalha e se esforça para obedecer; mas a sua experiência é cheio de tensão e pressão, decepção e
desânimo. A pessoa sob a lei nunca vive uma vida vitoriosa, pois ele está constantemente aquém da glória e
perfeição de Deus. Quando ele falha, ele passa por períodos de auto-acusação, de reprovar e censurar a si
mesmo por ter falhado. Ele acusa e baixos si mesmo, sentindo-se indigno e não merecedor, miserável e vil
diante de Deus. Ele está constantemente sentindo inaceitável para Deus, como se ele já não tem o direito de
se aproximar de Deus; e muitas vezes ele não se aproximar de Deus por longos períodos de tempo, vivendo
uma vida derrotada, tendo sempre o peso de seu pecado e fracasso. (Ver nota, luta espiritual - • Romanos
7:24 . há mais discussão)

"Tribulação e angústia sobre a alma de todo homem que pratica o mal, primeiramente do judeu,
e também do grego" ( Romanos 2: 9 ).
"E a tua vida estará como em suspenso diante de ti, e tu cada dia o medo ea noite, e terás
segurança da tua vida: na parte da manhã dirás: Será que Deus fosse mesmo e à tarde dirás: Será
que Deus! fosse de manhã por medo do teu coração com que hás de medo, e pela vista dos teus
olhos que tu verás "(! Deut 28:. 66-67 ).

"Se eu me justificar, a minha própria boca me condenaria; se eu disser, eu sou perfeito, ele
também me declararia perverso" ( Jó 09:20 ).

"O homem mau está com dores de dor todos os seus dias, eo número de anos que estão
reservados para o opressor" ( Jó 15:20 ).

"As minhas iniquidades já ultrapassam a minha cabeça: como um fardo pesado que eles são
muito pesado para mim" ( Salmo 38: 4 ).

"Porque males sem número me têm rodeado: iniqüidades mina se apoderaram de mim, para
que eu não sou capaz de olhar para cima, pois eles são mais do que os cabelos da minha cabeça,
pelo que desfalece o meu coração" ( Salmo 40:12 ).

"Pois eu conheço as minhas transgressões eo meu pecado está sempre diante de mim" ( Salmo
51: 3 ).

"Fools, por causa da sua transgressão, e por causa das suas iniqüidades, são aflitos" ( Salmos
107: 17 ).

"O caminho dos prevaricadores é difícil" ( Provérbios 13:15 ).

2 O verdadeiro crente está sob a graça, não por lei. Deus não é um juiz legal pairando sobre o crente para
puni-lo cada vez que ele peca por quebrar uma lei específica. O crente não está sob tal domínio assustador:
ele não está debaixo da lei, mas debaixo da graça. O que isto significa?

a. Isso significa que o crente aceita a graça de Deus demonstrado em Jesus Cristo. Ou seja, o crente
aceita a justiça, a perfeição sem pecado de Cristo como sua própria justiça. O crente identifica sua
vida com a vida de Cristo, e Deus toma a aceitação do crente de Cristo e conta sua aceitação como
justiça. (Veja outline- • Romanos 4:22 ; ESTUDO TOPICO# 1-Romanos 4:22 ; ESTUDO TOPICO# 2-
Romanos 4:22 ; outline-• Romanos 5: 1 ; nota- • Romanos 5: 1 ; outline- • Romanos 6: 1-10 , e
nota- • Romanos 6: 1-10 . há mais discussão) Muito simplesmente, Deus credita justiça ao crente
quando o crente aceita a justiça de Cristo.Deus conta a fé do crente como a justiça de Jesus
Cristo. Esse é o grande amor de Deus . Mas a nota, esta é a posição da graça , isto é, o crente é
considerado justo e colocado na posição de justiçaquando ele crê em Cristo. Ele é colocado em
Cristo e posicionado em Cristo de uma vez por todas, quando ele realmente acredita. Essa é
a posição justa do crente.

No entanto, o que acontece com a vida justa do crente? Muito prática, como é que o crente
deixar de servir ao pecado e de viver sob o pecado e de desagradar a Deus? Como ele pode
honestamente viversob a graça dia a dia? Como ele pode viver sob o favor de Deus o tempo
todo? Como ele pode ir em agradar a Deus e receber a Sua aprovação e aceitação?
b. O crente genuíno deve constantemente manter-se diante dele a gloriosa verdade: ele está sob a
graça de Deus. Deus é Pai do crente, eo crente se tornou um verdadeiro filho de Deus. Portanto,
o verdadeiro crente é favorecido e aceito pelo pai. O que a criança tem a fazer é ficar nessa
favor. Ele deve manter favor de seu Pai e aprovação. Quando ele peca, ele precisa ir ao Pai com
toda a sinceridade e pedir perdão e se arrepender de seu pecado. Se ele mantém um
relacionamento aberto com o Pai, sempre aproximando-Lo e pedir seu perdão e arrependimento,
ele é perdoado. A ardósia é limpo pelo pecado não tem domínio sobre ele. Não há nada entre a
criança e seu pai. Tudo foi discutido e perdoado. O crime está desaparecido, resolvido, repudiar
sempre. Portanto, o pecado não dominar e governar sobre a criança.

Agora, observe o ponto: Deus é um Pai bondoso e amoroso. Ele se preocupa e sofre por muito
tempo com crianças em crescimento. Quando o filho cai em pecado, Deus é paciente, sempre
disposto a perdoar seu filho errante-se a criança só vai vir e pedir perdão e se converter dos seus
pecados ( Lucas 17: 3-4 ; 1 João 1: 9 ). Apenas como longanimidade é Deus? "Sua misericórdia dura
para sempre"; Sua misericórdia abrange todo pecado e todo o pecado ( Salmos 106: 1 ; Salmo 107:
1 ; Salmo 118: 1-4 ).

"Seria melhor para ele que uma pedra de moinho amarrada ao seu pescoço, e fosse
lançado ao mar, do que fazer tropeçar um destes pequeninos Tomai cuidado convosco:. Se
teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe "( Lucas 17: 2-3 ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a
riqueza da sua graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e
nos purificar de toda injustiça" ( 1 João 1: 9 ).

"Dai graças ao Senhor, porque ele é bom, porque a sua benignidade dura para sempre"
( Salmo 136: 1 ).

"O Senhor aperfeiçoará o que me diz respeito: a tua benignidade, ó Senhor, dura para
sempre; não abandones as obras das tuas mãos" ( Salmo 138: 8 ).

3 À luz tão maravilhoso um relacionamento, uma pergunta precisa ser feita. É o filho de Deus permissão
para continuar no pecado? Ele pode pecar e pecado esperando que Deus perdoa e perdoar-lhe? Escritura
grita: Deus me livre! Em seguida, a Escritura afirma que um verdadeiro filho de Deus não deve continuar no
pecado. (Veja nota- • Romanos 6: 1-2 ; Introdução, Propósitos • Colossenses ). Ele não pôr Deus de lado para
uma noite ou duas e pecado. Ele não racionalizar que ele pode ir em frente e pecado, porque Deus vai perdoá-
lo de qualquer maneira. Por que o verdadeiro filho de Deus não faz isso? Por que ele fica longe do pecado?

⇒ Porque o seu Pai (Deus) o ama e ele ama o seu pai. Um verdadeiro filho de Deus não quer machucar
e desagradar a seu Pai, eo Pai está descontente com o pecado. Por conseguinte, o verdadeiro filho
de Deus não se esforça para pecar ( Romanos 2: 23-24 ; Hebreus 6: 6 ). Ele luta contra ela, porque
o pecado é contrário à natureza de seu Pai, e corta o coração de seu Pai, para além de tudo. Por
isso, ele faz tudo o que pode para manter longe do pecado.

"Se eles caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento, visto que
crucificando para si mesmos o Filho de Deus novamente, e colocou-o à ignomínia" ( Hebreus
6: 6 ).

"Porque todo aquele que faz tais coisas, e tudo o que pratica a injustiça, são
abomináveis ao Senhor teu Deus" ( Dt. 25:16 ).

"Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal
de ti" ( Salmo 5: 4 ).

⇒ Porque ele virou-se para Deus, a fim de ficar longe do pecado e da sua vergonha e destruição. Ele
não se voltou para Deus, a fim de ter a liberdade para o pecado, mas para se libertar da escravidão
e os hábitos do pecado, para quebrar a escravidão e as conseqüências do pecado. (Ver
nota, licença - • Romanos 6: 1-2 para mais discussão.)

"Que fruto, se vós então das coisas de que agora vos envergonhais? Do fim delas é a
morte" ( Romanos 6:21 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em
Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

Em resumo do que foi dito acima, o crente deve aprender alguma coisa: o pecado não dominará o
verdadeiro crente. Há três razões.

1. Deus não é um juiz legal pairando sobre a criança para puni-lo cada vez que ele peca por quebrar uma
lei específica. A criança não está sob tal domínio assustador.

2 Deus é um Pai bondoso e amoroso. Ele se preocupa e sofre por muito tempo com crianças em
crescimento. Quando o filho cai em pecado, Deus é paciente, sempre disposto a perdoar seu filho errante-se
a criança só vai vir e pedir perdão e se converter dos seus pecados ( Lucas 17: 3-4 ; 1 João 1: 9 ).

3 Deus é um Pai de ensino que disciplinas. Ele exorta o Seu filho para não cair na armadilha de dominação
do pecado (cp. Hebreus 12: 5-11 ; 1 João 2, 1-2 ).

A ênfase deste capítulo, no entanto, é de suprema importância. Um crente que é genuíno, que realmente
pertence a Cristo mostra a sua autenticidade, obedecendo a Cristo como Mestre. Ele não consistentemente
prática do pecado. (Veja nota- • Romanos 6: 1-2 .)
2. ( 06:16 ) Pecado, Pecado Resultados, Libertação De : Sabe de uma coisa, você pode servir apenas um
mestre, pecado ou Deus. A palavra "servo" ( doulos PWS: 3465 ) significa escravo. Uma pessoa é ou o escravo
do pecado ou de Deus, e não há um teste muito simples para dizer que dominar uma pessoa serve.

⇒ Você rende ao pecado, ou seja, servir o pecado?

⇒ Você rende a Deus, ou seja, servir a Deus?

Se você ceder ao pecado, você morrerá. Se você ceder a Deus e obedecê-lo, você deve ser considerado
justo e viver.

Agora, note um ponto crucial. Ou o pecado é o seu mestre ou Deus é o vosso Mestre. Você quer
rendimento do pecado ou você se rende a Deus. Isso não significa que você se torna sem pecado e perfeito,
mas que ...

• você não planeja para o pecado.

• você odiar o pecado e lutar contra ele.

• você se esforça para agradar a Deus por não pecar.

• você buscam fazer de Deus o mestre de sua vida por obedecê-lo.

• estudar a Palavra de Deus de modo que você vai saber os seus mandamentos e pode obedecê-Lo.

• você procurar imediatamente o perdão de Deus quando você faz o pecado e você se arrepender-
lhe afastar-se do pecado ( 1 João 1: 9 ; 1 João 2, 1-2 ).

• você anda na confissão aberta diante de Deus, falando com Ele todo o dia, sempre a ganhar uma
bolsa ininterrupta com Ele, como o Mestre de sua vida.

Mais uma vez, observe os resultados, para quem servimos determina o nosso destino. Se cedemos ao
pecado, morreremos; mas se nos submetemos a Deus, seremos considerados justos e viver eternamente.

"Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou se


dedicará a um e desprezará o outro Não podeis servir a Deus ea Mamom." ( Mateus 6:24 ).

"Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo aquele que comete pecado é
escravo do pecado" ( João 8:34 ).

"Não sabeis vós que a quem vos ofereceis como servos para lhe obedecer, sois servos daquele
a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?" ( Romanos 6:16 ).

"Porque tenho prazer na lei de Deus segundo o homem interior, mas vejo outra lei nos meus
membros, guerreando contra a lei da minha mente, e me levando cativo à lei do pecado que está
nos meus membros" ( Romanos 7 : 22-23 ).
"Não podeis beber o cálice do Senhor eo cálice dos demônios: não podeis ser participantes da
mesa do Senhor e da mesa dos demônios" ( 1 Cor 10:21. ).

"Um homem de coração dobre é inconstante em todos os seus caminhos" ( Tiago 1: 8 ).

"Enquanto eles [o carnal ou carnuda] prometendo-lhes liberdade, eles mesmos são escravos da
corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo" ( 2 Pedro 2:19 ).

"Suas iniqüidades levar o ímpio, e ele será detido com as cordas do seu pecado" ( Provérbios
05:22 ).

3. ( 6: 17-18 ) decisões Pecado, Penalizações Pecado, Libertação De : lembrar de alguma coisa, lembre-se a
sua decisão. Você escolheu a justiça.

1 Observe o fato afirmado: crentes "eram os servos do pecado." Eles usaram para render ao pecado, todos
os tipos de pecado que vão desde ...

⇒ simples piadas off-coloridas para usar o nome de Deus em vão.

⇒ pensamentos imorais ao adultério.

⇒ pensamentos simples de orgulho para embriaguez.

⇒ simples atos de egoísmo para roubar.

⇒ querendo mais para realmente se entregar.

⇒ buscando posição e poder para ferir e esmagar pessoas.

Mas agora os crentes têm obedecido a doutrina de Deus, isto é, o evangelho da justificação. Note a
palavra "obedeceu". Eles obedeceram ao evangelho de Deus, fazendo exatamente o que Deus ordenou.

Eles obedeceram o mandamento de Deus. Eles "acreditou" no nome do Filho de Deus, Jesus
Cristo; portanto, Deus tomou a sua fé e contou-o como justiça. Eles escolheram Deus e justiça, e porque eles
fizeram, Deus os aceitou como justo.

"E este é o seu mandamento: que devemos acreditar no nome de seu Filho Jesus Cristo, e nos
amemos uns aos outros, como ele nos deu mandamento "( 1 João 3:23 ).

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor, Senhor, entrará no reino dos céus, mas aquele que
faz a vontade de meu Pai que está nos céus" ( Mateus 7:21 ).

"E o mundo passa, ea sua concupiscência, mas aquele que faz a vontade de Deus permanece
para sempre" ( 1 João 2:17 ).
2 Observe o resultado indicado: os crentes são libertados do pecado. Eles são considerados justos por
Deus, não pecaminosa . Deus vê os crentes como pessoas justas, não como pecadores. Portanto, os crentes
são libertados do pecado e suas conseqüências. Deus não cobrar os crentes com o pecado; Ele não estava
pecado contra eles. Os crentes são libertos da acusação de pecado, e nunca hão de ser acusado de
pecar. Deus nos libertou do pecado através de Seu Filho, o Senhor Jesus Cristo (cp. Romanos 8: 33-34 ).

Agora, isso significa algo significativo, muito significativo. O crente se torna o servo da justiça. Não há
nenhuma maneira que ele poderia servir ao pecado novamente, não se ele realmente tem sido justificada,
não se ele tem realmente vir a conhecer o amor de Deus revelado em Jesus Cristo. Uma vez que ele sabe
verdadeiramente glorioso amor de Deus, ele é levado a servir a Deus em agradecimento pelo que Deus tem
feito por ele em Cristo Jesus. Ele é levado a ser o servo de Deus, vivendo em retidão e piedosamente neste
mundo.

Pensamento 1 . O grau em que um crente agarra o amor de Deus na justificação é o grau em que ele
é levado para servir a Deus e viver dignamente.

"Quem intentará qualquer coisa a acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem
os justifica. Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, que ressuscitou,
que está mesmo à mão direita de Deus, que também intercede por nós "( Romanos 8: 33-
34 ).

"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por
todos, logo todos morreram, e que ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam
mais para si mesmos, mas para aquele que morreu por eles, e ressuscitou "( 2 Cor 5, 14-
15. ).

"Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram, eis
que tudo se fez novo .... Pois Deus o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para
que nós pode ser feita a justiça de Deus nele "( 2 Coríntios 5:17. , 21 ).

"E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e
santidade" ( Ef 4:24. ).

4. ( 6: 19-20 ) Dedication- Pecado, escravidão para : fazer algo-servir a Deus com o mesmo fervor que você
serviu pecado.

1 O seu pecado fez mais pecado; isso resultou em mais e mais pecado. A palavra "membros", as partes do
corpo de uma pessoa: os olhos, ouvidos, boca, língua, mãos, pés, cabeça, ou qualquer das partes cobertas e
vestidos. Antes de uma pessoa obedecido ao evangelho, realmente acreditava em Jesus Cristo, ele se rendeu
partes de seu corpo para servir a impureza e trabalhar pecado sobre pecado. Ele pecou e descobriu que o
pecado trabalhou pecado , só aumentou e aumentou, cresceu e cresceu. Ele descobriu que o pecado
escravizados ele, tornou-se uma escravidão, um hábito que ele não poderia quebrar facilmente. Pecado
simplesmente levou a mais pecado, não importa o que o pecado era ...

• fumar • luxúria

• beber • fofocas

• imoralidade • críticas

• excessos • resmungos

• ganância • maldição

• egoísmo • poder

• popularidade • fama

• reconhecimento

O ponto é este. O crente que tinha encontrado o seu pecado trabalhou mais o pecado e que ele não
poderia quebrar o poder do pecado, e não o poder de todos os pecados. Por isso, ele virou-se para a única
esperança que tinha, o próprio Deus.

"Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, suscitadas pela lei, operavam em
nossos membros para darem fruto para a morte" ( Romanos 7: 5 ).

"A despojar-vos quanto ao procedimento anterior , o velho , que se corrompe segundo as


concupiscências do engano "( Ef. 4:22 ).

"Nos últimos tempo da nossa vida pode ser suficiente nos ter forjado a vontade dos gentios,
andando em dissoluções, concupiscências, o excesso de vinho, orgias, banquetes, e abomináveis
idolatrias" ( 1 Pedro 4: 3 ).

. "Mas cada um é tentado, quando atraído pela sua própria concupiscência, e seduzido então a
concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez consumado, gera a
morte" ( Tiago 1: 14-15 ).

2 Agora, o crente é deixar santidade trabalho justiça ( hagiasmon PWS: 1969 ). A palavra significa
santificação ou santo. O crente é ceder as partes de seu corpo para servir a justiça, e ele é deixar a justiça
santificá-lo mais e mais. Ele é para viver dignamente e tornar-se mais e mais santo como Deus. (Veja um
estudo mais profundo # 1 , Santo-1 Pedro 1: 15-16 para mais discussão.)

3 O crente nunca teve a oportunidade de trabalhar justiça perante ele foi justificado. Antes de crer em
Cristo, o beliver não foi considerado justo, não por Deus. Deus nunca credita uma pessoa com justiça a menos
que a pessoa homenageia seu Filho, crendo no nome glorioso de seu filho. Somente aqueles que crêem são
considerados justos. Portanto, a mensagem é alta e clara: "Quando você serviu ao pecado, fostes livres da
justiça: você não foi creditado com a justiça Você não teve a oportunidade de viver em retidão diante de
Deus.. Mas agora você ter obedecido a Deus, você acreditou . Agora você tem a oportunidade de viver
dignamente, então começam a servir a Deus com o mesmo fervor e energia com a qual você estava servindo
pecado. Vamos justiça escravizá-los e tornar-se a escravidão e hábito de sua vida ".

"Nem ofereçais os vossos membros como instrumentos de injustiça para o pecado, mas
oferecei-vos a Deus, como aqueles que estão vivos dentre os mortos, e os vossos membros como
instrumentos de justiça para Deus" ( Romanos 6:13 ).

"Mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não provisão para a carne, para cumprir suas
concupiscências" ( Romanos 13:14 ).

"Digo, porém: Andai em Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne" ( Gálatas 5:16 ).

"E os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências" ( Gálatas
5:24 ).

"Pensai nas coisas do alto, não nas que são da terra. Porque morrestes, ea vossa vida está
escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, que é a nossa vida, se manifestar, então também
vós vos manifestareis com ele em glória . Mortifique, portanto, os vossos membros que estão sobre
a terra; fornicação, impureza, a paixão, a vil concupiscência, ea avareza, que é idolatria "( Cl 3, 2-
5 ).

"Amados, exorto-vos, como a peregrinos e vos abstenhais das concupiscências carnais, que
combatem contra a alma" ( 1 Pedro 2:11 ).

"Que ele não deve viver o resto de seu tempo na carne para as concupiscências dos homens,
mas segundo a vontade de Deus" ( 1 Pedro 4: 2 ).

. 5 ( 6: 21-22 ) Pecado : pergunta algo-que fruta é lá em pecado? Nota vários fatos claros.
1 O verdadeiro crente tem vergonha de seu pecado passado.

"E ele disse: Ouvi a tua voz no jardim e tive medo, porque estava nu, e escondi-me" ( Gênesis
3:10 ).

"E disse: Ó meu Deus, estou confuso e envergonhado, para levantar o meu rosto a ti, meu Deus,
porque as nossas iniqüidades se multiplicaram sobre a nossa cabeça, ea nossa culpa tem crescido
até aos céus" ( Esdras 9: 6 ).

"A minha confusão está constantemente diante de mim, ea vergonha do meu rosto me cobre"
( Salmo 44:15 ).
2 O fruto do pecado é a morte (ver nota, Morte - • Romanos 6:23 ; ESTUDO TOPICO# 1-Hebreus 9:27 ..
fruto do pecado não é bom, não há nada de bom nisso pecado corrompe, destrói, e condena todos os que
procuram os seus frutos. Isto deve ser sempre lembrado pelos homens.

3. Os crentes são "libertados" do pecado pela justificação, isto é, através do amor glorioso de
Deus. Portanto, eles se tornaram escravos de Deus ...

• portando os frutos de santidade.

"E sabereis a verdade, ea verdade vos libertará" ( João 8:32 ).

"Eu sou a videira, vós sois os ramos: Aquele que permanece em mim, e eu nele, esse dá
muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer" ( Jo 15, 5 ).

"Sendo, então, libertados do pecado, fostes servos da justiça" ( Romanos 6:18 ).

"Mas agora, libertos do pecado, e feitos servos de Deus, tendes o vosso fruto para
santificação, e fim a vida eterna" ( Romanos 6:22 ).

"Porque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte"
( Romanos 8: 2 ).

"Que ele iria conceder-nos que, libertados da mão de nossos inimigos, o serviríamos
sem temor em santidade e justiça perante ele, todos os dias da nossa vida." ( Lc 1, 74-75 ).

"Tendo, pois, estas promessas, amados, purifiquemo-nos de toda a imundícia da carne


e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus" ( 2 Cor 7. 1 ).

"E o Senhor vos faça crescer e abundar em amor uns para com os outros e para com
todos os homens, como também o fazemos para convosco; ao final, ele pode fortalecei os
vossos corações irrepreensíveis em santidade diante de nosso Deus e Pai, na vinda de nosso
Senhor Jesus Cristo com todos os seus santos "( 1 Ts 3: 12-13. ).

"Segui a paz com todos, ea santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor" ( Hebreus
12:14 ).

"Porque está escrito: Sede santos, porque eu sou santo" ( 1 Pedro 1:16 ).

"Visto que todas essas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas não deveis ser
em santidade e piedade" ( 2 Pedro 3:11 ).

• tendo a gloriosa esperança e no final da vida eterna.

"Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e aquele que não crê no Filho não verá a
vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece" ( João 3:36 ).
"E o que ceifa recebe galardão, e ajunta fruto para a vida eterna: que o que semeia eo
que ceifa juntamente se regozijem" ( João 4:36 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que
me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a
vida" (João 5:24 ).

"Quem ama a sua vida perdê-la, e aquele que odeia a sua vida neste mundo deve
mantê-la para a vida eterna" ( João 12:25 ).

"E esta é a vida eterna: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, ea Jesus Cristo,
a quem enviaste" ( João 17: 3 ).

"Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia
para o Espírito do Espírito colherá a vida eterna" ( Gálatas 6: 8 ).

6. ( 06:23 ) O pecado, Salários ciais Morte : considerar algo, o salário do pecado contra o dom de Deus.
1 O salário do pecado é a morte. (Veja um estudo mais profundo # 1 , Morte-Hebreus 9:27 para mais
discussão.) Pecado merece a morte por duas razões muito claras.

a. Pecado está agindo contra Deus, agindo contra sua própria natureza. Pecado ataca contra Deus,
tenta derrubar a natureza de Deus ...

• de pureza e moralidade.

• de santidade e glória.

• da justiça e da retidão.

• do amor e da graça.

b. O pecado é rebelião contra Deus. Ele está rejeitando Deus, ignorando a Deus, desobedecendo a
Deus, negando a Deus, e recusando-se a viver para Deus. (Veja nota- • Romanos 5:10 para mais
discussão.)

O ponto é este. A justiça exige verdade que o pecado recebe seu pagamento ou de seus
salários. Desde que o pecado é tão contrário à natureza de Deus e é realmente rebelião contra
Deus, ele merece morrer ...

• para ser lançado longe, muito longe de Deus.

• não ter nenhuma parte de Deus.

• deve ser banido de vista de Deus.

• devem ser separados da presença de Deus para sempre.

• deve ser condenado e punido por ter desonrado e amaldiçoou tanto a Deus.
Como um trabalhador recebe seu salário, por isso o pecado deve receber seus salários. Assim
como seria injusto não pagar o trabalhador, seria injusto não pagar o pecado pelo seu trabalho. Na
verdade, se o pecado não recebeu sua punição justa, seria a injustiça mais grave da eternidade. Por
quê? Porque o pecado é contra a Majestade Soberana do universo, contra o próprio Deus. O
pecado deve receber seus salários justos. O pecado deve morrer; ele deve ser banido para sempre
da presença de Deus.

"Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte e
assim a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram" ( Romanos 5:12 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em
Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Porque a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz"


( Romanos 8: 6 ).

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez


consumado, gera a morte" ( Tiago 1:15 ).

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, aos assassinos, os
impuros, os feiticeiros, e idólatras ea todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde
com fogo e enxofre, que é a segunda morte" ( Ap . 21: 8 ).

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, tu não comer dela, porque no dia
em que dela comeres certamente morrerás" ( Gênesis 2:17 ).

"Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal encontra a sua própria
morte" ( Provérbios 11:19 ).

. "A alma que pecar, essa morrerá o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai
levará a iniquidade do filho, A justiça do justo ficará sobre ele, ea impiedade do ímpio cairá
sobre ele "( Ezequiel 18:20 ).

2 O dom gratuito de Deus é a vida eterna. Note-se que a vida eterna não é o pagamento de salários. Um
homem não pode trabalhar e ganhar a vida eterna. É o dom de Deus, e é somente através de Jesus Cristo,
nosso Senhor (ver outline- • Romanos 6: 14-15 ; nota- • Romanos 6: 14-15 ; outline- • Romanos 5: 1 ;
nota- • Romanos 5: 1 ; outline- • Romanos 6: 1-10 , e nota- • Romanos 6: 1-10 ).

"Porque Deus amou o mundo, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que crê não
pereça, mas tenha a vida eterna" ( João 3:16 ).

"Não por obras de justiça que houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou
pela lavagem da regeneração e da renovação do Espírito Santo, que ele derramou abundantemente
sobre nós por Jesus Cristo, nosso Salvador, que, sendo justificados pelo seu graça, sejamos feitos
herdeiros segundo a esperança da vida eterna "( Tito 3: 5-7 ).

Romanos 7: 1-25

V. luta e CONFISSÃO: O Crente é ser livre da lei, 7: 1-25


A. As duas posições da Lei para o homem, 7: 1-6
1 A lei domina o homem só enquanto ele vive (v.1-3)
a. As duas posições são ilustrados pelo casamento (v.2)
1) A lei é viva e ativa para a vida (v.2a)
2) A lei está morto e inativos através da morte (v.2b)
b. A conclusão (v.3)
1) A lei condena a vida que violam as suas exigências (v.3a)
2) A morte liberta a pessoa do direito (v.3b)
2 Posição 1: A lei está morto para os crentes (v.4)
a. Como: pela morte de Cristo (v.4a)
b. A Proposito para a morte do crente (v.4b-c)
1) Para uni-lo a Cristo (v.4b)
2) Para dar frutos (v.4c)
3 Posição 2: A lei está vivo para aqueles "na carne" (v.5)
a. Como: Ao despertar pecado (v.5a)
b. Resultado: Morte (v.5b)
4 A lei é inativada pela conversão (v.6)
a. Como: por morte "em" Cristo (v.6a)
b. Objetivo: servir em novidade de espírito (v.6b)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO V
LUTA E CONFISSÃO: O Crente é ser livre da lei, 7: 1-25

A. As duas posições da Lei para o homem, 7: 1-6


( 7: 1-6 ) Introdução : a lei de Deus está diante do homem. Ergue-se em duas posições que devem ser
compreendidas se o homem deseja assegurar a paz nesta vida.

1 A lei domina o homem só enquanto ele vive (v.1-3).

2 Posição 1: a lei está morto para os crentes (v.4).

3 Posição 2: a lei está vivo para aqueles "na carne" (v.5).

4 A lei é inativada pela conversão (v.6).

( 7: 1-6 ) Outro Esquema : Os dois casamentos ilustrativas da Lei e do Homem.

1 Casamento 1: casado com a lei (v.1-3).

2. Casamento 2: casado com Cristo (v.4).

3. O divórcio de lei (v.5-6).

1. ( 7: 1-3 ) Lei : a lei domina e governa sobre um homem só enquanto ele vive. A lei aplica-se apenas aos
vivos; não tem influência alguma sobre os mortos. Um homem morto está livre da lei; não tem competência
ou poder sobre um homem morto.

1. Note as duas posições da lei ilustrado pela lei do casamento ( Romanos 7: 2 ).

a. A lei está vivo ou ativo para a vida. (Cp. Marido e mulher que estão vivendo ea lei de casamento e
divórcio.)

b. A lei está morto ou inativo quando a morte entra em cena. (Cp. A esposa que está solto ou libertos
da lei, quando o marido morre.)

2. Note a conclusão da ilustração ( Romanos 7: 3 ).

a. A lei condena a vida que violam as suas exigências. (Cp. A mulher que se casar com outro homem
enquanto seu marido vive.)

b. A morte liberta uma pessoa da lei. (Cp. A esposa que está livre da lei, quando o marido morre.)

A questão é clara. Quando a morte entra em cena, uma pessoa é não mais sob a lei e ele pode deixar de
ser condenado pela lei. A morte sempre liberta a pessoa da lei, a partir de suas demandas, culpa e
condenação.
2. ( 7: 4 ) O Direito-Jesus Cristo, Redenção : a primeira posição da lei é uma verdade gloriosa lei está morto
para "irmãos" (crentes). Nota: A Escritura diz que os crentes são "mortos para a lei", enquanto o contorno
afirma que a lei está morto para os crentes. Ambas são verdadeiras e estão dizendo a mesma coisa.

⇒ Os crentes são "mortos para a lei"; portanto, a lei é obrigado a ser morto e inativos para os crentes.

A lei não tem jurisdição, poder, regra, autoridade ou domínio sobre o verdadeiro crente. A lei é um
assunto morto para o crente; não tem nada a ver com o crente. O crente está morto para a lei ea lei está
morto para o crente. A lei simplesmente não existe para o crente. Este é um choque para a maioria das
pessoas, mas é exatamente o que a Escritura declara. O crente não está mais sob a lei e seu dedo acusador,
não está mais sob o seu ...

• culpa e vergonha • tensão e pressão

• condenação e punição • sensação de fracasso e


indignidade
• desânimo e frustração
• sentimento de decepção

1. Note como a gloriosa verdade torna-se uma realidade na vida de uma pessoa. O crente está morto para
a lei pelo corpo [crucificado] de Cristo. O crente está morto ou condenado à morte em Cristo . A lei não tem
nada a dizer a um homem morto. A morte do crente em Cristo é uma morte vicária : ele não literalmente
morrer mesmo, mas ele participa da morte de Cristo- espiritualmente . Quando um homem crê na morte de
Cristo, Deus toma a crença do homem e conta-lhe como tendo morrido em Cristo. Isto é, Deus conta da
morte de Cristo para a morte do crente; Deus considera o crente ter sido em Cristo, quando Cristo
morreu. Por que Deus fez isso? Porque Cristo morreu em favor do homem, em lugar do homem, tendo a
pena e castigo da lei sobre Si mesmo. Portanto, os mortos em ser crente em Cristo está livre da lei, a partir
de suas demandas e culpa e punição.

O crente é libertado "pelo corpo de Cristo", que é, por seu corpo morto, ou por sua morte. Cristo redimiu
o crente da lei ...

• por ser uma maldição.

"Pois todos quantos são das obras da lei estão debaixo da maldição; porque está
escrito: Maldito todo aquele que não permanece em todas as coisas que estão escritas no
livro da lei, para fazê-las Cristo nos resgatou da. a maldição da lei, fazendo-se maldição por
nós, porque está escrito: Maldito todo aquele que for pendurado no madeiro "( Gálatas
3:10 , 13 ).

• pelo Seu sangue.


"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a
riqueza da sua graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Mas agora em Cristo Jesus, vós, que estáveis longe, chegastes perto pelo sangue de
Cristo" ( Ef. 2:13 ).

• por sua carne.

"Tendo abolido em sua carne a inimizade, a lei dos mandamentos contidos em


ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz" ( Ef 2:15. ).

• pela cruz.

"E que ele poderia reconciliar ambos com Deus em um só corpo pela cruz, ter matado
a inimizade" ( Ef. 2:16 ).

• pelo corpo da sua carne.

"No corpo da sua carne, pela morte, para vos apresentar santos e imaculados e
irrepreensíveis diante dele" ( Col. 1:22 ).

Estas são expressões equivalentes. Eles ensinam a mesma verdade: Cristo levou os nossos pecados em
Seu próprio corpo sobre o madeiro ( 1 Pedro 2:24 ). Seus sofrimentos satisfez a justiça. Sua morte nos faz
aceitável a Deus e nos livra da penalidade da lei; portanto, o crente está livre da lei.

"Levando ele mesmo os nossos pecados em seu corpo sobre o madeiro, para que, mortos para
os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas fostes sarados" ( 1 Pedro 2:24 ).

"Porque também Cristo padeceu uma vez pelos pecados, o justo pelos injustos, para levar-nos
a Deus, sendo morto na carne, mas vivificado pelo Espírito" ( 1 Pedro 3:18 ).

2 Note-se a propósito glorioso para a morte do crente com a lei.


a. O crente morre para a lei para que ele possa estar unidos a Cristo, ressuscitado e vivo
Senhor. Observe a imagem do casamento é usado novamente. Antes de vir a Cristo, o crente era
casado e unidos com a lei;ele estava sob seu domínio e autoridade. Mas agora, desde que chegou
ao Cristo, ele é casado e unidos a Cristo; ele está sob o Seu governo e autoridade. O crente não
vive mais como diz a lei, mas como Cristo viveu e ordenado. (Nota: Cristo veio para cumprir a lei,
por isso Ele e Seus mandamentos incluem não só a lei, mas muito mais Veja nota-. • Mateus 5: 17-
18 . há mais discussão) Note-se que os crentes são casados com Cristo, o ressuscitado e Senhor
vivo. O casamento não é um morto ou um casamento inativo, mas a vida, o casamento ativa.

"Portanto, meus irmãos, também vós estais mortos para a lei pelo corpo de Cristo, para
que sejais de outro, mesmo para aquele que ressuscitou dentre os mortos, que devemos
dar frutos para Deus" ( Romanos 7 : 4 ).

"Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei pois os membros
de Cristo, e os farei membros de uma meretriz? Deus me livre" ( 1 Coríntios. 06:15 ).

"Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; porque vos desposei com um só Esposo,
para que eu possa apresentar como uma virgem pura a Cristo" ( 2 Cor 11. 2 ).

"Porque somos membros do seu corpo, da sua carne, e dos seus ossos" ( Ef 5:30. ).

"Vamos, portanto, que permanecerem em vós, o qual tendes ouvido desde o princípio.
Se o que ouvistes desde o princípio deve permanecer em vós, também permanecereis no
Filho e no Pai" ( 1 João 2:24 ) .

b. O crente morre para a lei para que ele possa trazer frutos para Deus. Produzir fruto significaria ...

• suportar a justiça ( Romanos 6: 21-23 ; Filipenses 1:11. ).

• para suportar convertidos ( Romanos 1:13 ; João 15:16 ).

• a ter caráter cristão, o fruto do Espírito ( Gálatas 5: 22-23 ; Col. 1:10 ).

3. ( 7: 5 ) O Direito-luxúria- Pecado : a segunda posição da lei é um aviso, a lei está vivo para aqueles "na
carne". Um homem "na carne" é o homem natural: o homem sem Cristo, o incrédulo, a injustificada, o
homem não regenerado. Para ser "na carne" significa que um homem ainda está "sob a lei", que ele deve
manter suas demandas e sofrer a sua culpa e assumir a sua punição. (Veja um estudo mais profundo #
1 , Flesh - João 01:14 ;estudo mais profundo # 1-1 Cor 3: 1-4. . há mais discussão) Observe dois pontos
significativos.

1 A lei é viva e ativa para o homem sem Cristo.


a. Ele está vivo e ativo na medida em que aponta o pecado e desperta culpa dentro de um homem
quando ele viola a lei. (Veja nota, Graça vs. Lei - • Romanos 6: 14-15 . há mais discussão e versos
em sentimentos de culpa)

"Pela lei vem o pleno conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ).

"Além disso, a lei para que a ofensa abundasse" ( Romanos 5:20 ).

"Que diremos, pois É a lei pecado Deus me livre Não, eu não teria conhecido o pecado,
senão pela lei:?. Porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não
cobiçarás" ( Romanos 7: 7 ).

"Portanto, em seguida, serve a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até
que viesse a posteridade a quem a promessa tinha sido feita" ( Gálatas 3:19 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos
justificados pela fé" ( Gálatas 3:24 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para
os ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de
mães, para os homicidas" ( 1 Tm. 1: 9 ).

b. Ele está vivo e ativo na medida em que desperta paixões pecaminosas ou "as paixões dos pecados"
( ta pathēmata tonelada hamartiōn PWS: 2626 ). A lei não só chama a atenção para o pecado,
ele realmente desperta sentimentos e mexe com as emoções para fazer o que é
proibido. Sentimentos pecaminosos são, na verdade, "forjado" ( enērgeito en PWS: 1025 ) pela lei
em nossos membros. Quando a lei proíbe e proíbe algo, na verdade, cria dentro de nós ...

• interesse • um puxão ou
puxar
• uma atração
• um fascínio
• uma excitação
• uma sedução
• um apelo
• uma excitação

Há no homem alguma coisa que o faz querer fazer o que é proibido fazer. Quando ele é restrito
ou cercado, ele quer romper a restrição ou cerca. Ele quer ir além de onde ele é permitido, para
assumir o controle de sua própria vida como ele deseja e vontades. (Veja nota- • Romanos 7: 8 para
mais discussão.)

"Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados , suscitadas pela lei,
fez trabalho em nossos membros para darem fruto para a morte "( Romanos 7: 5 ).
"Mas o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento operou em mim toda sorte . da
concupiscência Pois, sem a lei pecado estava morto "( Romanos 7: 8 ).

. "Mas cada um é tentado, quando atraído pela sua própria concupiscência, e seduzido
então a concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez
consumado, gera a morte" ( Tiago 1: 14-15 ).

"De onde vêm as guerras e contendas entre vós Porventura não vêm disto, dos vossos
deleites, que? nos vossos membros guerreiam Ye luxúria, e não ter:? vos matar, eo desejo
de ter, e não pode obter: ye luta e guerra, ainda não tendes, porque não pedis "( Tiago 4:
1-2 ).

"Porque a carne cobiça contra o Espírito, eo Espírito contra a carne; e estes opõem-se
um ao outro, para que não façais o que quereis "( Gálatas 5:17 ).

2 O resultado da luta contra a lei, de se recusar a obedecer a lei, é que se produz o fruto do
pecado. Quando um homem viola a lei, ele tem a transgressão eo pecado, eo pecado leva à morte. Na
verdade, o pecado merece morte (ver nota- • Romanos 6:23 para mais discussão).

"Portanto, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte e assim a
morte passou a todos os homens, porque todos pecaram" ( Romanos 5:12 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo
Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Porque a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz" ( Romanos 8:
6 ).

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez


consumado, gera a morte" ( Tiago 1:15 ).

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, aos assassinos, os impuros, os
feiticeiros, e idólatras ea todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre,
que é a segunda morte" ( Ap . 21: 8 ).

"Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, tu não comer dela, porque no dia em que
dela comeres certamente morrerás" ( Gênesis 2:17 ).

"Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal encontra a sua própria morte"
( Provérbios 11:19 ).

. "A alma que pecar, essa morrerá o filho não levará a iniqüidade do pai, nem o pai levará a
iniquidade do filho, A justiça do justo ficará sobre ele, ea impiedade do ímpio cairá sobre ele
"(Ezequiel 18:20 ).
4. ( 7: 6 ) Direito-Vida Nova : a lei é inativada pela conversão. Os crentes são "entregues"
( katērgēthēmen PWS: 943 ), ou seja, foram descarregadas da lei. Como? Por sua morte "em" Cristo (ver
nota, Jesus Cristo, Redenção - • Romanos 7: 4 para discussão).

O crente está livre da lei, para que ele possa servir em "novidade de espírito", e não na "velhice da letra."

⇒ A "velhice da letra" refere-se à lei. É a escrita lei que um homem tenta manter, a fim de agradar a
Deus. Mas note-se: a lei foi a forma antiga para o homem viver; já não é o caminho para um
homem se aproximar de Deus.

⇒ A "novidade de espírito" pode referir-se tanto o Espírito Santo ou para novo espírito do crente. O
Espírito Santo é Aquele que traz nova vida para o crente e dá frutos no crente. (Cp. Romanos 8:
13-17 ;Gálatas 5: 22-23 Veja outline-. • Romanos 8: 1-17 e nota- • Romanos 8: 1-17 .)

Novo espírito do crente também está focada em Deus e no seu relacionamento com Deus. O crente é
agora um filho de Deus, um verdadeiro membro da família de Deus, que tem livre acesso em qualquer
momento a presença de Deus e em qualquer condição. O crente procura servir a Deus sabendo que se ele
falhar, Deus vai perdoá-lo e permitir-lhe continuar on-de continuar como se nada tivesse acontecido. O
crente já não serve a Deus em espírito legal e servil que o condena ao desânimo e à derrota; mas ele serve a
Deus no "novo espírito" de amor, alegria, paz, perdão e aceitação.

"Porque, se viverdes segundo a carne, haveis de morrer, mas, se, pelo Espírito, mortificardes os
feitos do corpo, certamente, vivereis Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são
filhos de Deus.. . Porque não recebestes o espírito de escravidão novamente para temor, mas
recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai O próprio Espírito testifica com o
nosso espírito que somos filhos de Deus, e se as crianças , somos logo herdeiros também, herdeiros
de Deus e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que também participemos
da sua glória "( Romanos 8: 13-17 ).

"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos,
logo todos morreram, e que ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si
mesmos, mas para aquele que morreu por eles, e ressuscitou "( 2 Cor 5, 14-15. ).

"Portanto, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram, eis que tudo
se fez novo" ( 2 Coríntios 5:17. ).

"Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão valerá alguma coisa, nem a incircuncisão, mas uma
nova criatura" ( Gálatas 6:15 ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua
graça" ( Efésios 1: 7. ).

"E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade"
( Ef 4:24. ).

"E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que
o criou" ( Colossenses 3:10 ).
"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos
purificar de toda injustiça" ( 1 João 1: 9 ).

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis e, se alguém pecar, temos
Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo., E ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não
somente pelos nossos , mas também pelos pecados de todo o mundo "( 1 Jo 2, 1-2 ).

Romanos 7: 7-13

B. O propósito da lei, 7: 7-13


1 É a lei pecado, isto é, o mal? (V.7a)
2 A lei revela o fato do pecado (v.7b)
3 A lei dá pecado a oportunidade de ser despertado e trabalhar todo o tipo de mal (v.8)
4 A lei revela o fato da condenação e da morte (v.9-10)
5 A lei revela o engano do pecado (v.11)
6 A lei revela o caminho de Deus: Santidade, justiça e bondade (v.12)
7 A lei mostra que o pecado é excessivamente maligno e que é a causa da morte (v.13)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO V
LUTA E CONFISSÃO: O Crente é ser livre da lei, 7: 1-25

B. O propósito da lei, 7: 7-13


( 7: 7-13 ) Introdução : o objetivo da lei é claramente apontadas no passge. É uma passagem que precisa ser
cuidadosamente estudado por ambos, o mundo e os crentes. É uma passagem que precisa ser proclamado
sobre os telhados, pois a lei foi dada por Deus para mostrar ao homem sua necessidade desesperada de um
Salvador.

1 É a lei pecado, isto é, o mal? (V.7).

2 A lei revela o fato do pecado (v.7).

3 A lei dá pecado a oportunidade de ser despertado e trabalhar todo o tipo de mal (v.8).

4 A lei revela o fato da condenação e da morte (v.9-10).


5 A lei revela o engano do pecado (v.11).

6 A lei revela o caminho de Deus: a santidade, a justiça ea bondade (v.12).

7 A lei mostra que o pecado é excessivamente maligno e que é a causa da morte (v.13).

. 1 ( 7: 7 ) A Lei : É a lei pecado, isto é, o mal? Esta é uma pergunta legítima por causa do que Romanos
declarou sobre a lei.

1 Os juízes de direito e condena os homens: "A todos quantos pecaram na lei devem ser julgados pela lei"
( Romanos 2:12 ).

2 A lei e ritual não faz de uma pessoa um cristão: "Ele é um judeu [cristão], que o é interiormente, e
circuncisão [um ritual] é a do coração, no espírito, e não na letra [ lei], cujo louvor não provém dos homens,
mas de Deus "( Romanos 2:29 ).

3 A lei não pode fazer um homem justo e agradável a Deus: "Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne
será justificada diante dele: pela lei vem o pleno conhecimento do pecado" ( Romanos 3:20 ; cp. Romanos
3:27).

4 O objetivo da lei não é salvar o homem, mas para dar testemunho de que o homem precisa
desesperadamente a justiça de Deus: "Mas agora a justiça de Deus, sem lei, se manifestou, tendo o
testemunho da lei e dos profetas, até mesmo a justiça de Deus, que é pela fé em Jesus Cristo para todos e
sobre todos os que crêem; porque não há diferença "( Romanos 3: 21-22 ).

5 A lei leva o homem a se vangloriar em si mesmo, em suas próprias obras e justiça própria, não em Deus:
"Onde está logo a jactância é excluída por que lei das obras Nay:.? Mas pela lei da fé" ( Romanos 3:27 .;
cpRomanos 4: 2 , 4 ; Romanos 2:29 ).

6 A lei não justifica uma pessoa:.? "Se Abraão foi justificado pelas obras [a lei], tem de que se gloriar, mas
não diante de Deus Pois o que diz a Escritura Abraão creu em Deus, e isso lhe foi imputado para . justiça Ora,
àquele que pratica é o salário não é considerado de graça, mas segundo a dívida Mas, àquele que não pratica,
mas crê naquele que justifica o ímpio, sua fé lhe é imputada como justiça "(. Romanos 4: 2-5 ) .

7 A lei não é a maneira que uma pessoa recebe a promessa de Deus: "Porque a promessa de que havia de
ser herdeiro do mundo não foi feita a Abraão, ou à sua descendência, através da lei, mas pela justiça da fé
"(Romanos 4:13 ).

8 A lei opera a ira em que acusa o homem do pecado e condena: "Porque a lei opera a ira de Deus, onde
não há lei, não há transgressão" ( Romanos 4:15 ).

9 A lei faz com que o pecado para aumentar e multiplicar: "Além disso, a lei para que a ofensa abundasse
Mas onde o pecado abundou, a graça fez muito mais abundante." ( Romanos 5:20 ).

10 A lei escraviza e leva os homens à escravidão: "Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não
estais debaixo da lei, mas debaixo da graça" ( Romanos 6:14 .; cp Romanos 7: 1 ).
11 A lei desperta os homens para o pecado: "Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados,
suscitadas pela lei, operavam em nossos membros para darem fruto para a morte" ( Romanos 7: 5 ).

Tais fatos como estes podem, naturalmente, levar a pessoa a questionar o valor da lei de Deus. Se a lei
estabelece um fardo do pecado sobre o homem, o que é bom? Isso não é mau? Escritura declara alto e bom
som: "Deus me livre que nunca seja Tal pensamento é muito longe da verdade!"

2. ( 7: 7 ) A lei : a lei de Deus revela o fato do pecado. Além da lei, o homem estaria consciente de que alguns
atos são errados, como roubar e matar. No entanto, haveria muito que o homem não poderia saber se ele
não tem o direito, tanto que ele desesperadamente precisa saber a fim de viver uma vida plena e pacífica.

A lei revela o fato do pecado, o fato de ...

• que os homens não estão em um relacionamento correto com Deus.

• que os homens não estão em um relacionamento correto com os outros homens.

• que os homens estão vivendo de forma egoísta, condenando assim a si mesmos.

• que os homens são a cobiça e luxúria, destruindo assim o seu mundo eo seu futuro.

• que os homens são desagradar a Deus e tornaram-se inaceitáveis para ele.

O ponto é este: quando um homem vê o fato do pecado, o fato de que ele é um pecador, ele pode corrigi-
lo e fazer algo sobre isso. O conhecimento do pecado é uma coisa grande e gloriosa, pois podemos levar o
nosso conhecimento e usá-lo para corrigir o errado . Sem a lei, teríamos vagam na ignorância, sem saber o
que estava errado eo que estava certo, o que estava condenando-nos eo que foi libertando-nos. Se não
houvesse restrição, isto é, não há lei, todo homem estaria fazendo o que ele queria, quando queria; ele
estaria fazendo sua própria coisa, cumprindo seus próprios desejos, independentemente das consequências
ea dor infligida nos outros.

Agora, note: a lei revela o pecado; desperta o homem para três fatos sobre o pecado.

1 A lei revela o fato do pecado, que o pecado realmente existe. A lei desperta o homem para a realidade
ea verdade do pecado. O homem sabe que a cobiça é errado porque a lei diz: "Não cobiçarás". Ele sabe que
algumas coisas são boas e outras coisas são ruins porque a lei diz ele. Ele sabe que certas coisas agradar e
outras coisas desagradar a Deus, porque a lei assim o diz. Em linguagem simples e clara, a lei diz que um
homem ...

• qual é a natureza ea vontade de Deus é.

• o que ele deve fazer para ser aceito por Deus.

2 A lei revela o fato de seu pecado do homem, que o homem é, sem dúvida, um pecador. A lei desperta
o homem para a realidade de que ele próprio é um pecador. A lei mostra homem ... m
3 A lei revela o fato da natureza pecaminosa do homem, que o homem está realmente excitado para fazer
algumas das coisas que são proibidas. A lei mostra ao homem que ele tem uma natureza pecaminosa,
depravada, poluído e corrompido. A lei mostra ao homem que ele cobiça e luxúria, goza e é despertada ...

• tomar a segunda porção de alimentos.

• tomar os melões, do outro lado do muro.

• para garantir as mesmas coisas de propriedade de seu vizinho.

• ir após a excitação e estimulação do proibido.

• cumprir a cobiça da carne.

• para alimentar a concupiscência dos olhos.

• para satisfazer o orgulho da vida.

O objetivo da lei é revelar o pecado para que o homem possa corrigir o seu comportamento e salvar a si
mesmo e ao seu mundo. Além da lei de Deus, ele não saberia que ele precisava ser salvo.

"Porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada diante dele: pela lei é o pleno
conhecimento do pecado "( Romanos 3:20 ).

"Além disso, a lei para que a ofensa abundasse" ( Romanos 5:20 ).

"Que diremos, pois É a lei pecado Deus me livre Não, eu não teria conhecido o pecado, senão
pela lei:?. Porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás"
(Romanos 7: 7 ).

"Portanto, em seguida, serve a lei? Foi acrescentada por causa das transgressões, até que viesse
a posteridade a quem a promessa tinha sido feita" ( Gálatas 3:19 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo, para que fôssemos justificados pela
fé" ( Gálatas 3:24 ).

"Sabendo isto, que a lei não é feita para o justo, mas para os injustos e obstinados, para os
ímpios e pecadores, os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e assassinos de mães, para os
homicidas" ( 1 Tm. 1: 9 ).

3. ( 7: 8 ) O Direito--luxúria- Pecado : a lei dá o pecado a oportunidade de ser despertado, trabalhando todo


tipo de mal. Observe as palavras exatas da Escritura: "O pecado, tomando ocasião [oportunidade] pelo
mandamento, funciona em homens todo o mal", isto é, o pecado usa o mandamento. Pecado é não dentro do
mandamento; é separada da mesma. O mandamento ou lei não é pecado. Pecado está dentro do homem, e
não dentro da lei. Envelhecimento, deterioração, ea natureza corrupta do homem tem dentro de si ...
• o princípio do pecado • a carne doente

• a tendência para o • um apetite egoísta


pecado
• uma mente auto-
• o carinho pelo pecado centrada

• o desejo de pecar • um espírito morto

Observe três pontos.

1 É a lei que dá pecado a oportunidade de ser despertado. A lei realmente desperta, desperta, desperta
e pecado para trabalhar todo o mal. Quando um homem é dito para não fazer algo, há algo dentro dele que
é agitada e quer fazê-lo. Às vezes, o desejo de fazer o proibido é tão forte que se torna uma raiva, inflamada
a tal ponto que a pessoa só tem que fazê-lo. (Veja nota- • Romanos 7: 5 para mais discussão.)

2 É o homem que leva e abusa da lei; não é a lei que leva e abusa homem. A lei não viola o homem; Homem
viola a lei. Não é a lei que leva o homem e obriga-o a pecar. É o homem que toma a lei e quebra-lo, que,
deliberadamente, vai contra o que diz. É o pecado dentro do homem que leva e abusa do direito de trabalhar
todos os tipos de pecado. Portanto, não é a lei que é mal; é o homem que é mau.

3 Sem a lei, o pecado estava morto ; ou seja, ele não estava vivo e ativo. Não estava guiando e orientando
o homem; não foi capaz de cumprir a sua função, que foi tão desesperadamente necessária: mostrando um
a sua necessidade crítica de libertação do pecado e sua condenação de morte.

Sem a lei, o pecado está morto , mas com a lei pecado torna-se viva. O homem é capaz de olhar para a lei
e sua verdadeira condição, que ele é um pecador que deve ser salvo se ele é tornar-se aceitável a Deus e
viver eternamente. A lei não é mau, mas bom, gloriosamente bom, pois nos mostra a nossa necessidade
desesperada de salvação.

"Pois, quando estávamos na carne, as paixões dos pecados, suscitadas pela lei, operavam em
nossos membros para darem fruto para a morte" ( Romanos 7: 5 ).

". Mas o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento operou em mim toda a concupiscência
Pois, sem a lei pecado estava morto" ( Romanos 7: 8 ).

. "Mas cada um é tentado, quando atraído pela sua própria concupiscência, e seduzido então a
concupiscência, havendo concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez consumado, gera a
morte" ( Tiago 1: 14-15 ).

"De onde vêm as guerras e contendas entre vós Porventura não vêm disto, dos vossos deleites,
que nos vossos membros guerreiam Ye luxúria, e não ter:? Vos matar, eo desejo de ter, e não pode
obter: ye luta e guerra, ainda não tendes, porque não pedis "( Tiago 4: 1-2 ).

"Porque a carne cobiça contra o Espírito, eo Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao
outro, para que não façais o que quereis" ( Gálatas 5:17 ).
4. ( 7: 9-10 ) A lei : a lei revela o fato da condenação e da morte. Este é um dos principais objectivos da
lei. Observe três pontos.

1 Um homem que não sabe ou não prestar atenção à lei se sente vivo. Ele não é apenas conhecer a
lei; portanto, ele não presta atenção ao pecado. Ele não tem consciência de que ele é um pecador e
destituídos da glória de Deus, violando a vontade de Deus e ir contra a natureza de Deus. Ele é ignorante da
lei de Deus; ele dá pouca atenção para o certo eo errado. Quando ele faz de errado e não consegue fazer
direito, ele não está ciente disso. Por isso ele se sente ...

• nenhuma consciência do pecado.

• nenhuma culpa.

• sem medo de punição.

• nenhum senso de julgamento.

Ele se sente vivo, segura, segura, confiante e certo de que ele é agradável a Deus e será aprovado e aceito
por Deus. Ele se sente vivo, apesar da realidade de seu estado pecaminoso e condição. Sem a lei, ele não
sabe a verdade, que ele é um pecador, condenado e imundo e sempre tão curto de glória e de aceitação de
Deus.

2 Um homem que não sabe a lei de Deus e presta atenção a ele vê o pecado vir vivo. Ao conhecer a lei, o
homem se torna plenamente consciente do pecado quando ele quebra a lei. É a lei que lhe dá ...

• uma dolorosa consciência do pecado.

• um sentimento de culpa.

• um senso de julgamento por vir.

• um medo da punição e da morte.

É a lei que faz com que seu espírito morrer, que destrói sua confiança e segurança, conforto e segurança. É
a lei que lhe mostra o verdadeiro estado e condição do homem: que ele é um pecador que é enfrentar
condenação e morte; que ele precisa desesperadamente para ser liberto do pecado e da morte; que ele
precisa desesperadamente de um Salvador que pode torná-lo aceitável a Deus.

3 O ponto é este: a lei é ordenado para trazer a vida, mas não da maneira como os homens pensam. Os
homens pensam que a lei foi dada para ser mantido, e que, mantendo o mandamento eles podem ganhar a
aceitação de Deus e trabalhar seu caminho para o céu. No entanto, esta não é a forma como a lei traz vida
para o homem. A lei traz vida para o homem ...

• destruindo seu egocentrismo e auto-justiça.

• ao revelar a verdade para ele, seu verdadeiro estado e condição.

• mostrando-lhe que ele é, um ser pecaminoso corrupto.

• demonstrando que ele precisa desesperadamente para ser liberto do pecado e da morte.
• provando que ele precisa desesperadamente de um Salvador, Aquele que pode torná-lo aceitável a
Deus.

Quando um homem realmente olha para a lei de Deus, ele descobre sua verdadeira condição: ele é
corrupto e destinado a enfrentar a condenação ea morte. Ao aprender este fato, ele é levado a buscar a
salvação de Deus. Portanto, a lei não é mau; é bom.

"Porque tenho prazer na lei de Deus segundo o homem interior. Mas vejo outra lei nos meus
membros, guerreando contra a lei da minha mente, e me levando cativo à lei do pecado que está
nos meus membros Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?
" ( Romanos 7: 22-24 ).

"E assim a lei nos serviu de aio para nos conduzir a Cristo , para que fôssemos justificados pela
fé "( Gálatas 3:24 ).

"No caminho da justiça está a vida, e no seu caminho não há morte" ( Provérbios 12:28 ).

"Mas se o ímpio da sua impiedade, e praticar a retidão ea justiça, por estas viverá" ( Ezequiel
33:19 ).

5. ( 07:11 ) A lei : a lei revela o engano do pecado. Observe mais uma vez: é o pecado que leva a lei e abusa-
la; que leva a lei e nos engana. Como? Existem pelo menos duas maneiras.

1. Pecado abusa do direito e engana uma pessoa, fazendo-o se sentir seguro e protegido. Pecado, isto é,
auto-justiça, diz obedecer a lei e você viverá. Mas isso é um engano, pois nenhum homem pode guardar a lei
perfeitamente. No fundo, o homem que pensa e honesto sabe que nunca poderá alcançar a perfeição,
mantendo a lei de Deus; mas o seu pecado, sua auto-justiça, o leva para a frente a tentar e tentar; e ele é
sempre enganado e condenado. O ponto é este: a lei revela o engano do pecado ou da justiça própria. A lei
prova que o homem não é perfeito, que ele não pode viver sem pecado, que peca e pecados e não pode ficar
longe do pecado. Quando um homem honestamente olha para a lei, a lei destrói o engano do pecado.

2. Pecado abusa do direito e engana uma pessoa, desencorajando-o e fazendo-o sentir-se impotentes e
sem esperança. Pecado engana os homens a pensar que a lei foi dada para trazer vida ao homem. Portanto,
quando um homem continua a quebrar a lei, ele está ciente de que ele é condenado e incapaz de alcançar a
justiça da lei. Ele sabe que tem desagradado a Deus e sente que é inaceitável para Deus. Sentimentos de
desamparo e desesperança enxame sobre ele e ele se torna derrotado e para baixo e para fora. Pecado
simplesmente toma a lei e usa falha do homem para desencorajá-lo. Pecado usa a lei, por assim dizer, para
chicotear o homem, para fazê-lo sentir-se indigno e desamparado e sem esperança, para levá-lo cada vez
mais fundo no desespero.

"Porque o pecado, tomando ocasião, pelo mandamento me enganou, e por ele me matou"
( Romanos 7:11 ).
"Porque também nós éramos outrora insensatos, desobedientes, extraviados, servindo a várias
paixões e deleites, vivendo em malícia e inveja odiosos e odiando-nos uns aos outros" ( Tito 3: 3 ).

"Mas exortar uns aos outros diariamente, ao mesmo tempo que se chama Hoje, para que
nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado" ( Hebreus 3:13 ).

"A perversidade dos desleais os destrói" ( Provérbios 11: 3 ).

"Como a justiça encaminha para a vida, assim o que segue o mal encontra a sua própria morte"
( Provérbios 11:19 ).

Agora note: tal atitude para com a lei é a atitude de pecado. A lei nunca foi dada para conduzir os homens
ao desespero, e na verdade, ele não pode. É o pecado dentro de homens que os leva ao desespero. Mentes
retorcidas e pensamentos ímpios conduzir os homens em um estado de desesperança. A lei foi dada para
revelar o pecado dos homens, para tirar o pecado que já existe e para revelar a sua vergonha e as
consequências para os homens. Quando a lei foi dada em primeiro lugar, o homem já estava em um estado
de pecado e morte: ele estava pecando e ele estava morrendo. Deus deu a lei ao homem porque Ele amou o
homem, porque Ele sabia que os homens precisavam ser apontou para Cristo e precisava ser mostrado sua
condição terrível e desesperada necessidade de um Salvador. Esse é o propósito glorioso da lei, um propósito
que está longe de ser o mal.

6. ( 07:12 ) A lei : a lei revela o caminho de Deus, o caminho da santidade e justiça e bondade.
1 A lei é santa: separado e cheio de pureza, majestade e glória-separado na medida em que revela a
natureza de Deus e irá definir-apart na medida em que expõe o pecado, tudo o que é contrário à natureza e
vontade de Deus. A lei é santa em que ele é diferente e separado de todo o resto do mundo. A lei é a maneira
de Deus de santidade, a maneira de viver uma vida de santidade, o caminho que é tão diferente e tão
separados que nenhum homem pode alcançar a sua pureza.

2 A lei é justa: justo, justo, imparcial, justa, reta. A lei trata um homem exatamente como ele deve ser
tratado; ele não faz acepção de ninguém. Ele também revela como um homem deve tratar os outros. A lei é
apenas na medida em que revela exatamente como um homem deve viver. Ele mostra-lhe como viver em
relação com Deus e com o próximo, e julga-lo com justiça e imparcialidade.

3 A lei é boa: ele mostra o homem como viver e diz a ele quando ele não consegue viver dessa maneira. Ela
expõe o seu pecado e demonstra sua necessidade desesperada de um Salvador. A lei diz ao homem a verdade
sobre a natureza do homem de uma forma mais explícita, e aponta-o para a necessidade de fora ajuda, a fim
de ser salvo.

"A lei do Senhor é perfeita, e refrigera a alma: o testemunho do SENHOR é fiel, e dá sabedoria
aos símplices" ( Salmos 19: 7 ).

"A tua justiça é justiça eterna, ea tua lei é a verdade" ( Salmo 119: 142 ).
"E assim a lei é santa, eo mandamento santo, justo e bom" ( Romanos 7:12 ).

"Porque sabemos que a lei é espiritual, mas eu sou carnal, vendido sob o pecado" ( Romanos
07:14 ).

"Mas sabemos que a lei é boa, se alguém dela usa legitimamente" ( 1 Tim 1:. 8 ).

7. ( 07:13 ) O Direito-Pecado : a lei mostra que o pecado é excessivamente maligno e que é a causa da
morte. Observe três pontos.

1 A lei é boa; não é a causa de morte. "Deus me livre! Tal é impossível!"

2 A lei foi dada para expor o pecado e para tornar os homens profundamente consciente da sua presença
e as conseqüências. Homens precisava saber o quão excessivamente maligno é o pecado. Homens precisava
saber que o pecado ...

• é a pior afronta possível a Deus.

• é o pior que se possa imaginar rebelião contra Deus.

• é contra tudo o que Deus representa.

A lei mostra que o pecado é contra Deus, contra tudo o que Ele é, contra toda a Sua natureza e vontade. O
pecado é egoísta e destrutivo, sujo, feio e impuro. A lei é o oposto. A lei foi dada para mostrar como
extremamente pecado da carne é, para mostrar o quão terrível é. Pegue qualquer pecado e aguentar-se
contra a lei que proíbe eo grande contraste é visto. Por exemplo, pegue assassinato e suportá-lo ao lado do
mandamento "Não matarás." Olhe para o grande contraste.

⇒ vida O mandamento protegida do homem, mas o pecado lhe tirou a vida de distância.

⇒ A presença do mandamento protegida do homem com os entes queridos, mas o pecado levou sua
presença distância.

⇒ existência O mandamento protegida do homem sobre a terra, mas o pecado teve sua existência
distância.

⇒ A contribuição mandamento protegida do homem para a sociedade, mas o pecado levou a sua
contribuição de distância.

⇒ O mandamento diz que o homem pudesse viver, mas o pecado disse "não", e matou-o.

Assim é com todos os pecados, se o adultério, roubo, ou o nome de Deus em vão. A lei foi dada para
mostrar como excessivamente maligno é o pecado. Foi dada a tornar os homens pensam de seu estado
pecaminoso e da condição e da sua necessidade desesperada de libertação e salvação.

3 A lei foi dada para que os homens pensam sobre a morte, para tornar os homens conscientes de que
eles morrem porque violam a vontade ea natureza de Deus. Homens morreu antes de a lei já foi dado. Eles
morreram porque não viver vidas santas e justas, não viver de acordo com a natureza ea vontade de
Deus. Deus deu a lei para que o pecado e sua condenação de morte seria exposto mais do que nunca. Os
homens tiveram que ser demonstrado que eles eram grandes pecadores e que morreram alta porque eles
pecaram. A lei mostra homens mais clara do que nunca e, em termos inequívocos ...

• que eles pecam.

• que eles não são perfeitos.

• que eles estão condenados a morrer.

Por isso, eles precisam de um Salvador que vai entregá-los do pecado e da sua terrível conseqüência da
morte. A lei mostra homem a sua necessidade desesperada de ser salvo do pecado, da morte e do
julgamento.

"Como está escrito: Não há justo, nem sequer um: não há quem entenda, não há quem busque
a Deus .... Agora sabemos que tudo o que a lei diz, ele diz aos que estão nos termos da lei: a de que
toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja condenável diante de Deus "( Romanos 3: 10-
12 , 19 .; cp Romanos 7: 9-19 ).

"Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus" ( Romanos 6:23 ).

Romanos 7:14-25

C. As Confissões de lutar alma de um homem, 7: 14-25


1 A lei é espiritual (v.14a)
2 Confissão 1: Ele é carnal, vendido sob o pecado (v.14b-17)
a. A vida carnal é, uma luta incessante impotente (v.14-15)
b. A vida carnal demonstra que a natureza humana eo conhecimento são inadequados (v.16)
c. A conclusão: o homem tem uma natureza pecaminosa, depravada e corrupta (v.17)
3 Confissão 2: Ele é vazio de qualquer coisa boa (v.18-20)
a. Ele quer e resolve, mas é tudo inadequado (v.18-19)
b. A conclusão: ele tem uma natureza pecaminosa, depravada e corrupta (v.20)
4 Confissão 3: Ele encontra duas leis ou forças dentro (v.21-23)
a. A lei de Deus opera interiormente (v.22)
b. A lei de guerras pecado contra a lei de sua mente (v.23)
5 Confissão 4: Ele é um homem desesperado, miserável que precisa de um Libertador (v.24)
6 Confissão 5: O Libertador é Jesus Cristo (v.25)
(Esboço Continua....)
ROMANOS: DIVISÃO V
LUTA E CONFISSÃO: O Crente é ser livre da lei, 7: 1-25

C. As Confissões de lutar alma de um homem, 7: 14-25


( 7: 14-25 ) Introdução : esta é uma grande passagem da Escritura em que retrata a alma que luta do crente
como ele arados pela vida. É um retrato raro da vida de Paulo, o que ele sentiu e aprendido e experimentado
como ele se esforçou para agradar a Deus e para serem conformes à imagem gloriosa do Senhor Jesus. É a
confissão de alma de um homem, enquanto ele luta pela vida.

1 A lei é espiritual (v.14).

2. Confissão 1: ele é carnal, vendido sob o pecado (v.14-17).

3. Confissão 2: ele é desprovido de qualquer coisa boa (v.18-20).

4. Confissão 3: ele encontra duas leis ou forças dentro (v.21-23).

5. Confissão 4: ele é um homem desesperado, miserável que precisa de um Libertador (v.24).

6. Confissão 5: o Libertador é Jesus Cristo (v.25).

1. ( 07:14 ) Lei : a lei é espiritual. É espiritual em pelo menos três sentidos.


1 A lei foi dada ao homem pelo Espírito de Deus ( pneumatikos PWS: 3703
). A palavra grega usada é o
próprio nome do Espírito Santo. O Espírito Santo é a fonte da lei.

2 A lei é a expressão da vontade e da natureza de Deus. A lei é espiritual, pois descreve a vontade de Deus
e diz ao homem o que Deus é. As regras da lei revelam tanto a mente e natureza de Deus.

3 A lei é espiritual por causa de seus efeitos (ver nota, Direito, propósito - • Romanos 7:12 para discussão
Também cp outline-.. • Romanos 7: 7-13 e notes- • Romanos 7: 7-13 para mais discussão.)

2. ( 7: 14-17 ) Carnal- carne- Homem, Nature : a primeira confissão de Paulo é que ele é carnal, vendido sob
o pecado. A palavra "carnal" ou "carnal" ( sarkinos PWS: 508 ) significa ser feito de carne; consistir de
carne;para ter um corpo de carne e osso. Isso significa que a carne com o qual um homem nasce, a natureza
carnal herda de seus pais quando ele nasce.

A palavra carnal significa também a ser dada até a carne, isto é, viver uma vida sensual carnal; a ser
entregue aos apetites animais; para ser controlado por sua natureza pecaminosa. (Veja um estudo mais
profundo # 1 , Carnal-1 Cor 3: 1-4. há mais discussão.)
Paulo diz que ele é "vendido sob o pecado." Ele simplesmente significa que, como uma criatura de carne,
isto é, como um homem, ele é ...

• escravo do pecado.

• sob a influência do pecado.

• sujeito ao pecado.

• capaz de pecar.

• culpado de pecar.

• não pode libertar-se de ser destituídos da glória de Deus.

• não pode deixar de pecar, não perfeitamente.

• Não é possível apagar do pecado presença-não completamente.

• não pode lançar o pecado de sua vida, não totalmente.

• não pode livrar-se do pecado, não de forma permanente.

"Suas iniqüidades levar o ímpio, e ele será detido com as cordas do seu pecado"
( Provérbios 05:22 ).

"Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade vos digo: todo aquele que comete
pecado é escravo do pecado" ( João 8:34 ).

"Pois vejo que estás em fel de amargura, e em laço de iniqüidade" ( Atos 08:23 ).

"Nem ofereçais os vossos membros como instrumentos de injustiça para o pecado, mas
oferecei-vos a Deus, como aqueles que estão vivos dentre os mortos, e os vossos membros
como instrumentos de justiça para Deus" ( Romanos 6:13 ).

"E que eles [o carnal] se desprendam dos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por
ele em sua vontade" ( 2 Tm. 2:26 ).

"Enquanto eles [o carnal] prometendo-lhes liberdade, eles mesmos são escravos da


corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo" ( 2 Pedro
2:19 ).

Paulo faz três pontos sobre o seu ser carnal e vendido sob o pecado.

1. Ele diz que a vida carnal é, uma luta incessante impotente.

a. "O que eu faço para não permitir": a palavra "permitir" ( ginosko ) significa reconhecer, conhecer,
perceber. Um homem carnal encontra-se fazer as coisas, e ele não consegue entender por que ele
está fazendo.Ele luta, e luta contra eles, mas antes que ele sabe disso, ele tem pecaram e
carecem. O pecado estava sobre ele, antes que ele mesmo reconheceu e viu. Se ele soubesse que
o comportamento era pecado, ele nunca teria feito isso, mas ele não reconhecê-lo como vindo
destituídos da glória de Deus ea vontade de Deus para sua vida.

b. "O que eu faria, que não faço." Paulo diz que ele queria fazer o certo e agradar a Deus como ele
andou por toda vida dia a dia. Ele queria ser conformes à imagem de Cristo e para se tornar tudo
o que Deus queria que ele fosse. Mas apesar de seu desejo e expectativa, antes que ele
percebesse, ele encontrou-se vindo destituídos da glória e da vontade de Deus.

c. "O que eu odeio, que eu também" Paulo odiava o pecado e odiado vindo destituídos da glória de
Deus. Ele lutou contra a falhar e desagradar a Deus; ele odiava tudo o que ferir e cortar o coração
de Deus, e ele lutou para apagá-lo completamente da sua vida. Mas não importa o quanto ele
odiava e lutou contra a vinda curto, ele ainda não se encontrou.

"Porque a carne cobiça contra o Espírito, eo Espírito contra a carne; e estes opõem-se
um ao outro, para que não façais o que quereis" ( Gálatas 5:17 ).

2 A vida carnal demonstra que a natureza humana e do conhecimento não é suficiente. Um homem carnal
não consegue viver para Deus como deveria. Não importa o quanto ele tenta agradar a Deus e para serem
conformes à imagem de Cristo, ele vem curto.

Agora, note: é a lei que diz que o homem vem curta. A lei diz que, apesar de todos os seus esforços para
agradar a Deus, ele é curto e não é aceitável a Deus. Ele pode conhecer a lei e ele pode tentar guardar a lei,
mas seu desejo de conhecer e buscar a Deus não vai salvá-lo. Sua natureza e conhecimento não são
suficientes; eles falham. O que ele precisa é de um Salvador, um fora de sua própria carne que pode perdoar
os seus pecados e dar a vida eterna com ele.

Nota outro fato: a vida carnal demonstra a lei é boa. A palavra "consentimento" ( sumphēmi PWS: 725 )
significa acordar, para dizer a mesma coisa, para falar a direita junto com a lei, para provar e demonstrar e
mostrar que a lei é certa. A lei prova e demonstra que o homem não pode viver uma vida perfeitamente
justo. Um homem carnal demonstra a mesma coisa. Ele peca, encontrando-se a fazer exatamente o que a lei
diz não fazer e que ele próprio prefere não fazer.

O ponto é este: quando um homem carnal pecados, a lei aponta seu pecado. A lei diz que o homem carnal
a verdade: ele é um pecador condenado a morrer. Sabendo disso, o homem carnal é capaz de buscar o Senhor
e Seu perdão. Portanto, o homem carnal concorda com a lei; a lei é muito boa, pois ela diz que ele deve
procurar o Salvador e Seu perdão. Ele não pode realmente seguir e buscar o Senhor, mas pelo menos a lei
cumpriu a sua função e mostrado o homem carnal que ele precisa fazer.

"O caminho da paz eles não sabem, e não há nenhum julgamento nos seus passos: eles fizeram
para si veredas tortuosas; todo aquele que anda por elas não tem conhecimento da paz" (Isaías 59:
8 ).
"Porque o meu povo é tolo, eles não me conhecem, eles são filhos obtusos, e não entendidos;
são sábios para fazer o mal, mas para fazer o bem que eles não têm conhecimento" ( Jeremias
04:22 ).

"Então disse eu: Deveras eles são uns pobres; são insensatos, pois não sabem o caminho do
Senhor, nem a justiça do seu Deus" ( Jeremias 5: 4 ).

"Mas eles não sabem os pensamentos do Senhor, nem entendem o seu conselho: para as
ajuntou como gavelas para dentro da eira" ( Miquéias 4:12 ).

"Para eles, não conhecendo a justiça de Deus e procurando estabelecer a sua própria justiça,
não se sujeitaram à justiça de Deus" ( Romanos 10: 3 ).

"Ter o entendimento obscurecido, alheios à vida de Deus pela ignorância que há neles, pela
dureza do seu coração" ( Ef. 4:18 ).

3. conclusão de Paulo é que o homem tem uma natureza pecaminosa, depravada e corrupta. O que o leva
a concluir isso? Como um homem que era um verdadeiro crente, ele não queria pecar; ele realmente quis
para não pecar. No entanto, ele descobriu que ele não podia ficar longe do pecado. Ele continuamente veio
destituídos da glória de Deus e não conseguiu ser consistente conformes à imagem de Cristo. Por quê?

⇒ Não porque ele não conseguiu exercer a sua vontade.

⇒ Não é porque sua mente não estava focada em Cristo.

⇒ Não porque ele não conhecia a vontade de Deus.

⇒ Não porque ele não procurou fazer a vontade de Deus.

⇒ Não porque ele não convocar toda faculdade e poder de seu ser.

Ele veio curta e falhou por causa de pecado que habita nele , por causa do pecado dentro de sua carne. O
homem carnal encontra um princípio, uma lei do pecado dentro de sua carne que puxa e puxa-o para o
pecado. Ele acha que não importa o que ele faz, ele pecados ...

• vivendo para si mesmo antes de ele vive para Deus e para os outros.

• colocando-se perante as leis a respeito de Deus e as leis relativas ao homem. (Isto se refere aos dez
mandamentos, onde as primeiras leis governam nosso relacionamento com Deus e as últimas leis
regem a nossa relação com o homem.)

Não importa o que os recursos e faculdades homem usa e não importa o quão diligentemente ele tenta,
ele é incapaz de controlar o pecado e para não pecar. O pecado é dentro de sua carne; ele mora em ele. Na
verdade, o homem é corrupto e morre por isso mesmo. Ele nunca foi feito para ser corruptível nem para
morrer; ele não foi criado com a semente da corrupção que faz com que ele envelhece e deteriorar-se e
decadência ( Romanos 5:12 ). A semente da corrupção foi plantada em sua carne, em seu corpo e vida,
quando ele pecou. A vida carnal prova que o homem não pode ficar longe do pecado, que o homem está
doente com asemente da corrupção , a semente de uma pecaminosa e uma natureza depravada.
"Jesus respondeu-lhes: Em verdade, em verdade vos digo que me buscais, não porque vistes
sinais, mas porque vocês comeram os pães e ficaram satisfeitos" ( João 6:26 ).

"Porque tenho prazer na lei de Deus segundo o homem interior. Mas vejo outra lei nos meus
membros, guerreando contra a lei da minha mente, e me levando cativo à lei do pecado que está
nos meus membros Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?
" ( Romanos 7: 22-24 ).

"Porque o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem
mesmo pode estar Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus." ( Romanos 8: 7-8 ).

"Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que vocês, doravante, não andarem como
andam os gentios, na vaidade da sua mente" ( Efésios. 4:17 ).

"Para o puro todas as coisas são puros, mas para os que são corrompidos e incrédulos nada é
puro, mas o seu entendimento e consciência estão contaminados" ( Tito 1:15 ).

3. ( 7: 18-20 ) carne- pecado Homem, Nature : a segunda confissão de Paulo é que ele é desprovido de
qualquer coisa boa. Por "carne" ( sarki PWS: 1532 ) Paulo significa que o ser humano, a natureza pecaminosa,
depravada e corrupta do homem. (Veja nota, Carnal - • Romanos 7: 14-17 para mais discussão.) Paulo declara:
não existe "coisa boa" em sua carne. Isso não quer dizer que ele nunca fez qualquer coisa boa ou trabalho.Isso
significa que sua carne ...

• não é capaz de agradar a bondade de Deus.

• não pode ser tão bom como deveria ser.

• não é capaz de ser perfeitamente bom.

• é incapaz de conquistar a tendência e empurrar para o pecado.

• é incapaz de serem conformes à imagem de Cristo.

• está corrompido e destituídos da glória de Deus.

• está contaminado e doente pelo pecado.

• é incapaz de chegar a Deus por conta própria e por si só.

• está envelhecendo e se deteriorando, morrendo e decadente.

• está condenado a enfrentar o julgamento de Deus.

1. Note por isso que Paulo diz que a sua carne é vazio de qualquer coisa boa. Ele quer e resolve não pecar,
mas é tudo em vão. Não importa o quanto ele quer e resolve, ele falha e vem curto. Note-se que
sendodispostos a fazer o bem está sempre presente com ele. A palavra "presente" significa que é
constantemente diante de seu rosto. Ele é sempre dispostos a fazer o bem e agradar a Deus. Não há falta de
vontade nele. Não é a fraqueza da vontade nem de sua determinação que faz com que ele vem curto da
glória e da vontade de Deus. Como ele sabe disso?

⇒ Porque o que ele quer fazer, ele não consegue fazer.

⇒ Porque o mal que tenta não fazer, ele faz.

2 de Paulo conclusão é a mesma que a de um ponto. Ele é vazio de qualquer coisa boa, porque ele tem
uma natureza pecaminosa, depravada e corrupta. Ele é mantido em cativeiro espiritual (ver nota,
pt.3- • Romanos 7: 14-17 para discussão e versos).

4. ( 7: 21-23 ) Pecado, Direito de- Mente, Direito de- homem interior : a terceira confissão de Paulo é que
ele encontra duas leis ou duas forças dentro dele. Muito simples, assim que Paulo quer fazer o bem, ele é
imediatamente confrontado ...

• por uma lei do mal ( Romanos 7:21 ).

• pela lei do pecado ( Romanos 7:23 ).

A lei do pecado e do mal batalhas a lei do homem interior ( Romanos 7:22 ), a lei de sua mente ( Romanos
7:23 ).

1 A lei do mal ou da lei do pecado significa que o pecado é uma lei, uma regra, uma força, um princípio,
uma disposição, uma vontade, uma tendência, um puxão, um puxão, uma corrupção, uma depravação na
natureza do homem ou ser interior. Ele é chamado de lei ...

• devido à sua regularidade; ele se levanta e regras o tempo todo.

• devido ao seu poder permanente e controle.

• porque é impossível de quebrar a sua regra e para não pecar.

• porque tem cativado e escravizou a natureza do homem ( Romanos 7: 14f ).

• porque não é passivo, mas ativo, constantemente lutando para ganhar a ascendência sobre a lei da
mente.

Qualquer homem que permite a lei do pecado para governar em sua vida é uma vítima infeliz e impotente
do pecado.

2 A lei do homem interior, ou a lei da mente significa ...

• a natureza divina de Deus implantou dentro do crente.

"Pelas quais nos têm sido doadas preciosas e mui grandes promessas, para que por elas
vos torneis co-participantes da natureza divina , havendo escapado da corrupção que há no
mundo, causada pela cobiça "( 2 Pedro 1: 4 ).
• o "homem novo" criado quando um crente é nascido de novo.

"E vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do novo homem, que
segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade" ( Efésios 4: 23-24. ).

"E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem
daquele que o criou" ( Colossenses 3:10 ).

• a presença de Cristo na vida do crente.

"Eu não vos deixarei órfãos: eu irei com você .... Naquele dia sabereis que eu estou no
meu Pai, e vós em mim, e eu permanecerei em vós" ( João 14:18 , 20 ).

"Estou crucificado com Cristo: não obstante eu vivo, não mais eu, mas Cristo vive em
mim; ea vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, que me amou e se
entregou por mim "( Gálatas 2:20 ).

• a presença interior do Espírito Santo.

"E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para
sempre, o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o
conhece: mas vós o conheceis ele, porque ele habita convosco e estará em vós .... Mas o
Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as
coisas e trazer todas as coisas à sua lembrança de tudo quanto eu vos tenho dito "( João 14:
16-17 , 26 ).

? "O que não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós,
o qual tendes da parte de Deus, e vós não sois de vós mesmos Porque fostes comprados
por bom preço: glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e em seu espírito, o que é de Deus
"( 1 Cor 6, 19-20. ).

• o "homem interior do coração."


"Mas que [a aparência], o homem interior do coração, em que não é corruptível,
mesmo o ornamento de um espírito manso e tranqüilo, que é precioso diante de Deus de
grande preço" ( 1 Pedro 3: 4 ).

Muito simplesmente, o direito de o homem interior, é a lei, norma, disposição, vontade, tendência, puxar,
e puxar do Espírito Santo para agradar a Deus e deleitar-se em fazer a Sua vontade.

A confissão de Paulo é impressionante. Ele declara que o direito de guerras pecado contra a lei de sua
mente e que ele ganha a ascendência. A lei do pecado cativa e escraviza-lo.

5. ( 07:24 ) Struggle- Espiritual Sanctification- Paulo : o quarto confissão de Paulo é que ele é um homem
desesperado, miserável que precisa de um Libertador. Há um sentido em que o homem é uma guerra civil
caminhar. Ele tem a capacidade de ver o que é bom, mas ele é incapaz de fazê-lo. Ele pode ver o que está
errado, mas ele não pode deixar de fazê-lo. Paulo diz que ele foi puxado em duas direções, puxado tanto que
ele era quase como dois homens no mesmo corpo. Ele sabia que o direito , mas ele fez o errado . Ele sabia o
que estava errado, mas ele era incapaz de ficar longe dela.

Não há crente, não importa o quão avançados em santidade, que não pode usar a mesma linguagem
usada pelo apóstolo. Há uma escravidão, um poder do pecado, dentro da natureza do crente que ele não
pode totalmente resistir. Na verdade, ele pode e não lutar contra o poder, e ele deseja ser livre dele; mas
apesar de todos os esforços, ele ainda se encontra sob a sua influência. Esta é precisamente a escravidão do
pecado, da vinda destituídos da glória de Deus. Muitas vezes ele se encontra desconfiando de Deus, sendo
duros de coração, amando o mundo ea si mesmo, sendo muito arrogante, muito frio, muito preguiçoso-
desaprovando o que ele sabe ser o certo e aprovar o que ele odeia. Ele geme sob o peso do pecado, de serem
destituídos da glória de Deus e de não serem conformes à imagem de Cristo. Ele dói a andar em humildade
e mansidão e deve ser preenchido com o fruto do amor, alegria e paz. Mas no dia a dia, ele encontra a força
do pecado reafirmar seu poder sobre ele. Ele se esforça e luta contra ele, mas ele acha que ele não pode
encontrar o poder para se libertar. O crente sente uma total desamparo e anseia e desejos de Deus para
libertá-lo. Ele é um escravo olhando e anseio por liberdade. Como alguém disse, este conflito entre a carne
eo espírito "continua em nós enquanto vivemos, em alguns mais, em outros menos, de acordo como a um
ou outro princípio é o mais forte. Ainda assim, todo o homem é ao mesmo tempo carne e do espírito, e
contende com si mesmo até que ele é completamente espiritual "(Martin Luther citado por Charles
Hodge. Comentário sobre a Epístola aos Romanos Grand Rapids, MI:. Eerdmans, 1950, p.236).

É esta consciência que impulsiona o crente a consciência de que a libertação só é encontrado em Cristo
Jesus nosso Senhor. (Veja nota- • Gálatas 5: 16-18 ).

"Se eles caíram, sejam outra vez renovados para arrependimento, visto que crucificando para
si mesmos o Filho de Deus novamente, e colocou-o à ignomínia" ( Hebreus 6: 6 ).

"Porque todo aquele que faz tais coisas, e tudo o que pratica a injustiça, são abomináveis ao
Senhor teu Deus" ( Dt. 25:16 ).
"Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal de ti"
( Salmo 5: 4 ).

6. ( 07:25 ) Espiritual Struggle- Sanctification- Libertação- Vida, Victorious : o quinto confissão de Paulo é
que o grande Libertador é o Senhor Jesus Cristo. Este é um ponto de exclamação! Paulo irrompe com louvor
a Deus, pois não há uma libertação gloriosa do pecado! Mas atenção: a libertação não vem através ...

• alguma lei feita pelo homem.

• algum poder possuído pelo homem.

• alguma habilidade possuído por um homem.

• alguma qualidade superior e corpo docente.

• uma grande força espiritual.

1 A libertação vem através da grande Libertador Si mesmo, Jesus Cristo, nosso Senhor. Ele é o Libertador
do pecado; Somente Ele pode salvar do pecado. Ele é perfeitamente clara sobre isso.

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, ea verdade, ea vida: ninguém vem ao Pai, senão por mim"
( João 14: 6 ).

"E eis que lhe trouxeram um homem paralítico, deitado em uma cama, e Jesus vendo a fé deles
disse ao paralítico: Filho, tem bom ânimo, teus pecados te são perdoados" ( Mateus 9 : 2 ).

"Porque isto é o meu sangue da nova aliança, que é derramado por muitos para remissão dos
pecados" ( Mateus 26:28 ).

"Então disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e sejam batizados cada um de vocês em nome de Jesus
Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo" ( Atos 2:38).

"Porque a lei do Espírito da vida em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte"
( Romanos 8: 2 ).

"No qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua
graça" ( Efésios 1: 7. ).

"Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, que quer que todos os homens
sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade Porque há um só Deus e um só
mediador entre Deus e os homens, o homem. Cristo Jesus, que se deu em resgate por todos, para
servir de testemunho a seu tempo "( 1 Tm 2, 3-6. ).

Jesus Cristo liberta o crente do pecado de duas maneiras.


a. Jesus Cristo justifica o crente (ver nota, Graça vs. Lei , pts.1, 2 • Romanos 6: 14-15 para discussão).

b. Jesus Cristo coloca o crente sob a graça de Deus (ver nota, pt.2f- • Romanos 6: 14-15 para discussão).

2. conclusão de Paulo é que ele serve a lei de Deus com a sua mente, isto é, com a sua mente renovada . O
crente que realmente sabe que sua libertação é através de Jesus Cristo, nosso Senhor aprende alguma
coisa.Ele descobre que sua mente é transformado e renovado por Jesus Cristo; ele descobre que sua "mente"
nasce de novo e experimenta um novo nascimento, assim como seu "homem velho" faz. Ele descobre que
suavelha mente torna-se a nova mente e que seu "velho homem" se torna o "homem novo". (Ver
nota, Mente - • Romanos 12: 2 . há mais discussão e versos)

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente ,
para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus "( Romanos 12: 2 ).

"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos,
logo todos morreram, e que ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si
mesmos, mas para aquele que morreu por eles, e ressuscitou "( 2 Cor 5, 14-15. ).

"A despojar-vos quanto ao procedimento anterior [comportamento] do velho homem, que se


corrompe pelas concupiscências do engano; e ser renovado no espírito de sua mente , e que vos
revestir do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade "( Efésios 4:
22-24. ).

"Portanto, cingindo os lombos de sua mente , sede sóbrios, e espero que até o fim para a graça
que se vos ofereceu na revelação de Jesus Cristo "( 1 Pedro 1:13 ).

Por causa de Jesus Cristo, o crente leva sua nova mente e faz tudo o que pode para servir a lei de
Deus. Quando ele falha, quando suas cavernas carne ao pecado, ele sabe que é a lei ou a força do pecado
que fez com que ele, e não a lei de sua nova mente . Ele sabe que ele ainda é carne, bem como espírito, que
ele ainda é habitado por duas leis, duas forças que lutam pela fidelidade; portanto, ele faz tudo o que pode
para se concentrar sua mente sobre a lei de Deus. Ele simplesmente serve Deus a Sua vontade ea Sua
natureza (isto é, a Sua lei) -Tentando agradar a Deus em tudo o que faz. Dedica-se a não vir destituídos da
glória de Deus, mas para serem conformes à imagem de Cristo. Ele sabe que ele é entregue a partir da lei
(força) do pecado através de Jesus Cristo; Portanto, o crente mantém justificação e graça de Deus que nunca
seu rosto. O crente sabe que quando sua carne serve à lei do pecado ao não, ele tem livre acesso à presença
de Deus para pedir perdão. Por isso, ele "cinge os lombos de sua mente" e vem diante de Deus para o
perdão. E uma vez que receber uma nova onda de perdão e graça de Deus, ele começa tudo de novo. O
crente começa a sentir a lei de Deus com renovado fervor, o fervor de sua mente renovada.

Deve-se notar que a maioria dos comentaristas ver a última parte deste versículo como reverter de volta
para o que Paulo tinha dito, como uma declaração de resumo do que o homem ou a crente carnal
experiências.No entanto, parece muito mais natural ver Paulo edifício sobre a sua confissão de Jesus Cristo
como o grande libertador do pecado. Depois de chegar a conhecer Jesus Cristo como o grande Libertador,
não é razoável que ele seja voltando à luta carnal do homem carnal. É muito mais razoável ver a mente como
a mente renovada do "novo homem". No entanto, se se preferir a interpretação resumo, então o significado
seria como segue.

⇒ O homem carnal usa sua mente, seu humano, carnal raciocínio para servir a lei de Deus. Ele tenta,
tenta com todas as forças para honrar e manter a lei de Deus.

⇒ No entanto, ele é carne, e ele é carnal; Portanto, ele está sujeito ao pecado. Não importa o quanto
ele tenta lutar contra o pecado, sua carne cede à lei do pecado e vem destituídos da glória de
Deus.

Romanos 8: 1-39

VI. Libertação e REDENÇÃO: O Crente deve ser libertada de lutando e sofrendo pelo Espírito Santo, 8: 1-39
A. O homem em Cristo Jesus está livre da condenação: O Poder do Espírito, 8: 1-17
1 Ora, uma vez que Cristo veio (3, 21-22) (v.1)
a. O crente não é condenado (v.1a)
b. Por que: Ele é "em" Cristo (v.1b) Ver: DS1
2 O Espírito dá vida (v.2-4)
a. Ao libertar o crente do pecado e da morte (v.2)
b. Ao fazer o que a lei não podia fazer (v.3a)
c. Por Cristo condenar o pecado na carne (v.3b) Ver: DS2
d. Por Cristo proporcionando justiça: Para aqueles que não andam segundo a carne, mas segundo o
Espírito (v.4)
3 O Espírito puxa a mente para as coisas espirituais (v.5-8)
a. A mente carnal contra a mente espiritual (v.5)
b. O destino de ambas as mentes: Morte versus vida e paz (v.6)
c. A razão pela qual a mente carnal habita em morte (v.7-8)
1) É amargamente set contra Deus (v.7)
2) Não se pode agradar a Deus (v.8)
4 O Espírito habita no crente (v.9)
a. Ele remove-lo de ser "in" da carne (v.9a)
b. Ele identifica-o como sendo "em" Cristo (v.9b)
5 O Espírito dá vida ao espírito do crente (v.10-11)
a. Ele dá vida agora (v.10)
b. Ele dá vida, vivifica o corpo mortal depois (v.11) Ver: DS3
6 O Espírito dá o poder para mortificar-para colocar a atos de morte-mal (v.12-13)
a. Os crentes são devedores ao Espírito (v.12)
b. Crentes determinar seu próprio destino: a morte ou a vida (v.13)
7 O Espírito leva o crente, identificando-o como um filho de Deus (v.14)
8 O Espírito adota (v.15)
a. Ele livra da escravidão do medo (v.15a)
b. Ele dá acesso a Deus (v.15b)
9 O Espírito testifica com o nosso espírito (v.16-17)
a. Nós somos filhos de Deus (V.16)
b. Somos herdeiros de Deus (v.17a)
c. Somos herdeiros de igualdade com Cristo (v.17b) Ver: DS4
d. Nós somos vencedores sobre o sofrimento (v.17c)
(Esboço Continua....)

ROMANOS: DIVISÃO VI
Libertação e REDENÇÃO: O Crente deve ser libertada de lutando e sofrendo pelo Espírito Santo, 8: 1-39

A. O homem em Cristo Jesus está livre da condenação: O Poder do Espírito, 8: 1-17


( 8: 1-17 ) Introdução : esta é uma das passagens mais importantes de toda a Escritura. O assunto não pode
ser subestimada: o poder do Espírito de Deus na vida do crente. Se o crente precisa de alguma coisa, ele
precisa do poder do Espírito de Deus. Forçosamente, a Escritura explicita ponto por ponto o que o poder do
Espírito Santo.

1 Agora, já que Cristo veio (v.1).

2 O Espírito dá vida (v.2-4).

3 O Espírito puxa a mente para as coisas espirituais (v.5-8).

4 O Espírito habita no crente (v.9).

5 O Espírito dá vida ao espírito do crente (v.10-11).

6 O Espírito dá o poder para mortificar-para colocar a atos de morte-mal (v.12-13).

7 O Espírito leva o crente, identificando-o como um filho de Deus (v.14).

8 O Espírito adota (v.15).

9 O Espírito testifica com o nosso espírito (v.16-17).


1. ( 8: 1 ) Condemnation- Libertação De : desde que Cristo veio, a coisa mais maravilhosa que aconteceu. As
pessoas que acreditam em Cristo não são condenados.

1 "Sem condenação" ( ouden katakrima PWS: 2664 ) significa que o crente não está condenado e
condenado, mas fica livre da pena e da condenação do pecado; ele não é julgado como pecador, mas é
entregue a partir da condenação da morte e do inferno; ele não é considerado injusto, mas é contado para
ser justo.

Muito simplesmente, a pessoa que está em Cristo é seguro e seguro da condenação agora e para
sempre. Ele não vai ser julgado como um pecador; ele não vai enfrentar a condenação. Ele está além de
condenação;ele nunca deve ser condenado pelo pecado; ele nunca deve ser separado do amor de Deus que
está em Cristo Jesus nosso Senhor (cp. João 3:16 ; Romanos 8: 33-39 ). (Mas lembre-se:. Crente é para ser
julgado por sua fidelidade a Cristo, Ele será julgado por quanto ele é responsável-pela forma como ele usa
seus "dons espirituais" por Cristo para diligentemente como ele serve a Cristo na obra de Deus . O julgamento
do crente terá lugar no grande tribunal de Cristo .)

2 Agora, note o ponto mais crucial: só o crente que está em Cristo Jesus não será condenado. Todos os
não-crentes vai enfrentar a condenação pelo pecado. Um crente verdadeiro é uma pessoa que "não andam
segundo a carne, mas segundo o Espírito." Observe o que significa ser em Cristo Jesus (ver estudo mais
profundo # 1, Believer-Romanos 8: 1 para discussão).

ESTUDO TOPICO# 1 (8: 1) Crente, posição em Cristo

2. ( 8: 2-4 ) Santo Espírito- Life- Crente : o Espírito vivifica. O termo "a lei do Espírito da vida "significa duas
coisas. Isso significa ...

• a lei do Espírito Santo.

• o Espírito da vida que está em Cristo Jesus.

Dentro do universo há uma lei tão importante que tornou-se a lei do Espírito Santo. Ele é chamado de " a
lei do Espírito da vida . " O que se entende por esta lei? Muito simplesmente, a vida está em Jesus Cristo e
somente nEle. O que quer que a vida é energia, sendo, espírito, amor, alegria, paz, é tudo em Jesus Cristo e
em nenhum outro lugar. Dentro de Cristo, dentro do Seu próprio ser é o Espírito da vida , a própria energia
e de ser da vida. Este fato é importante, tão importante que Deus tem escrito nas leis do universo. É intitulado
"a lei do Espírito da vida ", que está em Cristo Jesus e somente nEle. O Espírito de vida a que aspiramos e dor
está disponível em Cristo Jesus.

"Nele estava a vida , ea vida era a luz dos homens "( João 1: 4 ).

"Eu vim para que tenham vida , e para que tenham em abundância "( João 10:10 ).
"Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição ea vida : quem crê em mim, ainda que esteja morto,
viverá.: e todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá Crês tu isto? " ( João 11: 25-26 ).

"Eu sou o caminho, a verdade ea vida "( João 14: 6 ).

"Em verdade, em verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me
enviou, tem a eterna vida , e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida "( João
5:24 ).

"Aquele que tem o Filho tem a vida , e aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida "( 1
João 5:12 ).

Agora, a questão crítica. Como o Espírito dar a vida? Como é que uma pessoa vá sobre como proteger o
"Espírito de vida" para que ele não pode morrer, mas viver para sempre?

1 O Espírito dá vida ao libertar o crente do pecado e da morte, isto é, a partir da "lei do pecado e da
morte." A "lei do pecado e da morte" significa simplesmente que o governo e reinado da morte. Todo homem
morre: regras de morte e reina sobre todos os homens. Mas o Espírito de Deus liberta o homem do governo
e reinado da morte. Isto é natural e compreensível; É senso comum, pois é uma regra do universo. Se uma
pessoa tem o Espírito de vida, então ele naturalmente não tem o espírito do pecado e da morte. Ele não está
pecando e morrer; ele está vivendo em retidão e eternamente. Este é exatamente o que o Espírito da vida
faz para o crente:

⇒ Ele liberta o crente do pecado e da morte: a partir da lei ou da energia e do poder do pecado e da
morte.

⇒ Ele liberta o crente a viver em retidão e eternamente: viver no Espírito de vida ou na energia e
poder de vida.

Dito de outra forma, o Espírito da vida liberta o crente do pecado e da morte. O Espírito Santo liberta o
crente a viver como Cristo viveu, para realmente viver a vida que Cristo viveu. A energia ativa da vida, a força
dinâmica e ser da vida, tudo que há em Cristo Jesus, é dado ao crente. O crente vive realmente em Cristo
Jesus. E o Espírito da vida que está em Cristo liberta o crente do destino (lei) do pecado e da morte. Isto
significa simplesmente que o crente vive em uma consciência de ser livre. Ele respira e sente uma
profundidade de vida, uma riqueza, uma plenitude de vida que é indescritível. Ele vive com poder de poder
sobre a pressão e tensão, impedimentos e escravidões da vida, mesmo as amarras do pecado e da morte. Ele
vive agora e viverá para sempre. Ele sente isso e sabe disso. A vida para ele é um espírito , um sopro, uma
consciência de ser posto em liberdade através de Cristo. Mesmo quando ele pecados e culpas em conjuntos,
há um puxão, um poder (Espírito Santo), que o leva de volta a Deus. Ele pede perdão e remoção da culpa ( 1
João 1: 9 ), e imediatamente após a pergunta, o mesmo poder (do Espírito Santo) instila uma garantia
instantânea de limpeza. O espírito de vida, a consciência de viver leva instantaneamente a sua morada dentro
dele mais uma vez. Ele sente-se livre de novo, e ele se sente cheio de vida em todo o seu poder libertador e
liberdade. Ele transborda com toda a profundidade da riqueza e plenitude da vida em si. Ele está cheio do
"Espírito de vida". A vida em si torna-se mais uma vez um espírito, uma consciência de vida . Ele vive agora e
para sempre.
"Ora, o Senhor é Espírito, e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade" ( 2 Cor 3:17. ).

"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé,
mansidão, temperança: contra estas coisas não há lei" ( Gálatas 5: 22-23 ).

"Tu me mostrar o caminho da vida; na tua presença há plenitude de alegria, na tua mão direita
há delícias perpetuamente" ( Salmo 16:11 ).

2 O Espírito dá vida, fazendo o que a lei não podia fazer. A lei não podia fazer o homem justo, porque a
carne do homem é muito fraco para manter a lei. Nenhum homem jamais foi capaz de manter a lei de Deus,
não à perfeição ou mesmo perto da perfeição. Toda a carne tem fracassado a chegar muito aquém da glória
e da lei de Deus. Consequentemente, toda a carne morre fisicamente e espiritualmente. Portanto, a justiça
ea vida simplesmente não pode vir pela lei. Mas o que a lei não podia fazer, o Espírito é capaz de fazer. Ele
pode fornecer a justiça ea vida.

3 O Espírito dá a vida por Cristo condenar o pecado na carne (ver estudo mais profundo # 2, Cristo, realiza-
Lei Romanos 8: 3 para discussão).

4 O Espírito dá a vida por Cristo proporcionando justiça para nós. Ele fornece a justiça para aqueles que
não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Esta é uma afirmação mais maravilhosa, uma verdade
gloriosa.

a. O Espírito "cumpre a justiça em nós. " Ele credita justiça como sendo em nós. Quando?

⇒ Quando cremos que Jesus Cristo é nossa justiça, o Filho sem pecado e perfeita vontade
de Deus.

⇒ Quando cremos que Jesus Cristo é o nosso Salvador, Aquele que morreu por nós.

Quando cremos em Jesus Cristo, o Espírito de Deus cumpre a justiça em nós; isto é, Ele leva a
justiça de Jesus Cristo (que é a justiça da lei) e credita a nós. Na verdade, ele coloca dentro de nós
a perfeita justiça de Jesus Cristo. Ele coloca a natureza divina (justiça) de Deus em nós ( 2 Pedro 1:
4 ).

É crítico para ver este fato, pois o Espírito cumpre a justiça em nós , não por nós . Nós não
fazemos e não pode sequer chegar perto para manter a lei perfeitamente, mas Cristo fez
(ver estudo mais profundo # 2-Romanos 8: 3 ). Se a Sua justiça não pode ser creditado e
cumpriu em nós, então estamos sem esperança e condenado.

"Para ele o fez pecado por nós aquele que não tinha pecado, para que nele fôssemos
feitos justiça de Deus nele" ( 2 Cor 5:21. ).

"E ele [Abraão] creu no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça" ( Gênesis 15: 6 ).
"E por ele todos os que crêem são justificados de todas as coisas de que não pudestes
ser justificados pela lei de Moisés" ( Atos 13:39 ).

"Agora que foi escrito só por causa dele, que ela [a justiça] foi imputada a ele, mas
também por nós, a quem será tomado em conta, os que cremos naquele que ressuscitou a
Jesus nosso Senhor dentre os mortos, o qual foi entregue por nossos pecados, e ressuscitou
para nossa justificação "( Romanos 4: 23-25 ).

"Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus"
( Filipenses 1:11 ).

b. Agora note: a justiça não é cumprida ou creditados em todos. Ele só é cumprida naqueles ...

• que não andam segundo a carne,

• que não anda segundo o Espírito.

Você pode dizer que é justo e quem não é; você pode realmente ver quem está cumprindo a
justiça e quem não é. Tudo o que temos a fazer é olhar e ver:

⇒ É um homem que anda segundo a carne?

⇒ É um homem que anda segundo o Espírito?

O ponto é este: o Espírito dá vida aos homens, mas Ele dá vida apenas para aqueles que abandonam a
carne e caminhar segundo o Espírito. O homem espiritual, o homem que caminha segundo o Espírito, ama a
Cristo e quer honrar a Cristo em tudo o que faz . Portanto, ele se esforça para seguir a Cristo e Seu
exemplo. Tal amor e honra de Cristo agrada a Deus não tem fim, pois Deus ama Seu Filho com um amor
perfeito. Ele ama Seu Filho tanto que vai tomar todas a honra de um homem dá o Seu Filho e combiná-lo
para o homem. Qualquer que seja o reconhecimento ea honra de um homem montões sobre Cristo, Deus
lhe corresponde para o homem.

⇒ Se um homem confia em Cristo para a justiça, então Deus dá de que o homem righteousnesss.

⇒ Se um homem confia em Cristo por significado, propósito e significado, então Deus dá ao homem
significado, propósito e significado.

⇒ Se um homem confia em Cristo para levá-lo através de algum julgamento ou necessidade, então
Deus o leva através do julgamento ou necessidade.

⇒ Se um homem confia em Cristo para a cura, então Deus dá a cura homem.

Quaisquer que sejam as homem semear em Cristo, ele colhe: Deus lhe corresponde. O que o homem
medidas fora de Cristo, o mesmo é medido de volta para o homem: Deus lhe corresponde. Na verdade, a
Escritura diz que Deus vai mesmo ir além e fazer muito mais do que pedimos ou pensamos (cp. Efesios.
03:20 ).

Portanto, o homem que anda após o "Espírito de vida", que está em Cristo Jesus é dado o Espírito de
vida. O Espírito Santo realiza e credita-o com a justiça da lei, com o direito de viver eternamente.
"Portanto, fomos sepultados com ele na morte pelo batismo para que, como Cristo foi
ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também devemos andar em novidade de
vida "(Romanos 6: 4 ).

"Portanto, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam
segundo a carne, mas segundo o Espírito" ( Romanos 8: 1 ).

"Porque, se viverdes segundo a carne, haveis de morrer.: Mas se, pelo Espírito, mortificardes
os feitos do corpo, certamente, vivereis Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses
são filhos de Deus" ( Romanos 8: 13-14 ).

"Digo, porém: Andai em Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne" ( Gálatas 5:16 ).

"Por isso, o prisioneiro no Senhor, vos rogo que andais digno da vocação a que fostes
chamados" ( Efésios 4: 1. ).

"E andai em amor, como também Cristo nos amou e entregou a si mesmo por nós, como oferta
e sacrifício a Deus, em cheiro suave" ( Efésios 5: 2. ).

"Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele" ( Colossenses 2: 6 ).

"Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, eo sangue
de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo pecado" ( 1 João 1: 7 ).

"Aquele que diz que permanece nele, esse deve-se também deve andar, assim como ele andou"
( 1 João 2: 6 ).

ESTUDO TOPICO# 2 (8, 3) Cristo, realiza Direito-Pecado

3. ( 8: 5-8 ) Mente, The- Carnal- carne- mente espiritual : o Espírito puxa a mente para as coisas
espirituais. Esta é uma das passagens mais importantes de toda a Escritura, pois discute a mente humana:
"Como [o homem] imaginou no seu coração, assim ele é "( Provérbios 23: 7 ). Quando um homem mantém
a sua mente eo que ele pensa sobre determinar quem ele é eo que ele faz. Se um homem mantém a sua
mente e pensamentos na sarjeta, ele torna-se parte da sujeira na sarjeta. Se ele mantém a sua mente sobre
o bom , ele se torna bom. Se ele se concentra na realização e sucesso, ele alcança e consegue. Se sua mente
está cheia de pensamentos religiosos, ele se torna religioso. Se seus pensamentos estão focados em Deus e
justiça, ele se torna santo e justo. Um homem torna-se e faz o que ele pensa. É a lei da mente. As Escrituras
dizem três coisas sobre o poder do Espírito e da mente humana.

1 Não é a mente carnal contra a mente espiritual. A mente carnal é a mente da carne ou o corpo do
homem. A frase "a inclinação da carne" ( a TES phronema sarkos PWS: 509 , Romanos 8: 6 ) significa que
amente da carne . É a mente com a qual o homem nasce, a mente carnal que ele herda de seus pais.
A mente carnal também significa algo mais, algo que deve ser atendido. Isso significa que a mente que
está entregue à carne ; que incide sobre a carne e seus desejos mundanos e desejos; que dá a sua atenção e
atividades sobre a carne; quanto cheire degustação e participando da carne; que é controlada por sua
natureza pecaminosa.

A mente carnal se concentra em três áreas da vida, ou a palavra de outra forma, há três direções do
pensamento da mente carnal leva:

a. A mente carnal pode se concentrar sobre a base, o imoral, o violento, o material, eo físico. Este é
geralmente o estilo de vida a maioria das pessoas pensa quando uma pessoa carnal é
mencionado. As mentes de alguns são consumidos com o desejo por sexo, poder, dinheiro, casas,
terrenos, móveis, reconhecimento, posição-causa e preenchido com o terreno eo mundano.

b. A mente carnal pode se concentrar sobre a vida moral, na posição vertical, e culta. Algumas mentes
estão centradas no bem-estar e conforto de si mesmos e de sua sociedade. Eles querem si e sua
sociedade seja tão refinado e educado, como moral e vertical possível, para que eles se concentrar
suas mentes em tais louváveis fins. E eles são propósitos louváveis, mas uma pessoa pode ser
refinado e bem-educado e viver como independente e como separado de Deus como base, por
pessoa imoral. A maioria das pessoas cultivadas dependem de suas boas obras e serviços para
torná-los aceitáveis a Deus. A maioria só acho que Deus vai aceitá-los porque suas vidas e esforços
têm sido focados na construção de uma boa vida e uma sociedade melhor para todos. O que eles
não conseguem ver é que Deus está interessado na construção de uma sociedade centrada em
Deus e não uma sociedade centrada no mundo. Deus quer que as necessidades de cada um para
ser cumprida, mas Ele quer que seja feito a partir de uma base espiritual, e não a partir de uma
base humana. Ele quer que os homens levaram a Cristo: suas mentes e vidas focados em Deus-
para que tenham vida, a vida que é abundante e eterna . Apenas cuidar das necessidades físicas
do homem não atende as necessidades espirituais do homem. Ele deixa um buraco enorme na
vida do homem; para o espírito do homem determina como um homem vive, seja derrotado ou
vitorioso, com ou separada de Deus (ver nota- • Ef 1: 3. ).

c. A mente carnal pode também incidir sobre a religião: ao viver uma vida religiosa de benevolência e
boas obras, de cerimônia e ritual. No entanto, observe mais uma vez: uma pessoa pode ser um
religioso estrito e ainda viver separado de Deus. Ele pode ter sua mente definir sobre a religião e
seu bem-estar, em vez de Deus. Ele pode estar vivendo para a religião, em vez de a Deus,
realizando a função de religião institucional em vez de a missão de Deus. Ele pode ser, dependendo
de seu compromisso com a religião para fazê-lo agradável a Deus, em vez de acreditar e confiar o
Filho de Deus, Jesus Cristo, nosso Senhor. Em tudo isto, observe onde a mente do religioso é-
observe onde seus pensamentos estão. Há pouca ou nenhuma ênfase sobre um relacionamento
pessoal com Deus; pouco esforço em conhecer Deus, realmente saber, crer e entendê-Lo-pouco
estresse sobre andar e viver n'Ele. O estresse do religioso carnal é a sua religião e seus rituais e
cerimônias, o seu bem-estar e projetos. Tal enfoque é carnal e carnal. É da terra, ligado ao físico e
material instituição que passa longe e morre.

O ponto é este: a mente carnal não significa necessariamente que os pensamentos de um homem são
sobre a base, imoral e vicioso. A mente carnal é qualquer mente que não encontra o seu fundamento em
Deus, qualquer mente que não está centrada em Deus em primeiro lugar. A mente carnal pode se concentrar
em uma vida moral, na posição vertical, e culta e ainda ignoram, negligência e isentar Deus. A mente carnal
pode também incidir sobre a religião e ainda isentar Deus. A mente carnal é uma mente que tem a sua base
neste mundo, que concentra seus pensamentos em cima do material físico e não a Deus.

"E, como eles não gostam de reter o conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um
sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm" ( Romanos 1:28 ).

"Porque o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em
verdade o pode ser" ( Romanos 8: 7 ).

"Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que vocês, doravante, não andarem como
andam os gentios, na vaidade da sua mente" ( Efésios. 4:17 ).

"Que ninguém engane do seu prêmio em uma humildade e culto dos anjos, metendo-se em
coisas que tenha visto, inchado vãmente pelo seu entendimento carnal" ( Colossenses 2:18 ).

"Para o puro todas as coisas são puros, mas para os que são corrompidos e incrédulos nada é
puro, mas o seu entendimento e consciência estão contaminados" ( Tito 1:15 ).

2 Não é a mente espiritual. É a mente natural do homem que foi renovado pelo Espírito de Deus . (Veja
nota, pt.2- • Romanos 7: 21-23 ; nota- • Romanos 7:25 . há mais discussão)

"E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente,
para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus" ( Romanos 12: 2 ).

"A despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe segundo
as concupiscências do engano, e vos renoveis no espírito do vosso entendimento, e vos revistais do
novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade "( Ef 4: 22-24. ).

As palavras "espiritualmente inteligentes" ( para phronéma tou pneumatos PWS: 3711 ) significa ser
possuído pelo Espírito ou a ser controlado e dominado pelo Espírito. Isso significa que o homem que caminha
segundo o Espírito mentes "das coisas do Espírito" dia a dia. E atenção: é o Espírito de Deus, que tira a mente
do cristão para se concentrar em coisas espirituais. O Espírito de Deus habita no crente. Ele está lá para
trabalhar dentro do crente, tanto o querer como para fazer o prazer de Deus; Ele está lá para manter a mente
e os pensamentos do crente focado em coisas espirituais.

a. O crente mantém sua mente em desenvolvimento de caráter espiritual e frutas.

"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade,


fé, mansidão e temperança" ( Gálatas 5: 22-23 ).
b. O crente mantém sua mente sobre a realização do ministério e da missão de Cristo.

"Bem como o Filho do homem não veio para ser ministrado a, mas para servir e dar a
sua vida em resgate por muitos" ( Mateus 20:28 ).

"Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido" ( Lucas 19:10 ).

"Então Jesus disse-lhes outra vez: Paz seja convosco; assim como o Pai me enviou, assim
também eu vos envio" ( Jo 20,21 ).

"Ide, pois, ensinai todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do


Espírito Santo: ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que
eu estou com o seu para sempre, até o fim do mundo "( Mateus 28: 19-20 ).

"E disse-lhes: Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura" ( Marcos
16:15 ).

"Mas recebereis poder, ao que o Espírito Santo descer sobre vós, e sereis minhas
testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra" ( Atos
1: 8 ).

"De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus suplicasse a vocês
por nós: peço-vos em nome de Cristo, que vos reconcilieis com Deus" ( 2 Cor 5:20. ).

"E as coisas que ouvistes de mim, entre muitas testemunhas, isso mesmo transmite a
homens fiéis tu, que sejam capazes de ensinar a outros" ( 2 Tm 2. 2 ).

"Antes, santificai ao SENHOR Deus em vossos corações e estai sempre preparados para
responder a todo aquele que vos pedir a razão da esperança que há em vós com mansidão
e temor" ( 1 Pedro 3:15 ).

c. O crente mantém sua mente ao saber, crer e entender Deus.

"Vós sois as minhas testemunhas, diz o Senhor, eo meu servo, a quem escolhi: que o
saibais, e me creiais e entendais que eu sou ele: antes de mim deus nenhum se formou,
nem haverá depois de mim" ( Isaías 43:10 ).

"E esta é a vida eterna: que Te conheçam a Ti, o único Deus verdadeiro, ea Jesus Cristo,
a quem enviaste" ( João 17: 3 ).

"Que eu possa conhecê-lo, eo poder da sua ressurreição, ea comunhão dos seus


sofrimentos, sendo feito conforme à sua morte" ( Fp. 3:10 ).
d. O crente mantém sua mente ao ser conformado mais e mais à imagem de Cristo.

"Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem


conformes à imagem de seu Filho, para que ele seja o primogênito entre muitos irmãos
"( Romanos 8:29).

"Mas todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória
do Senhor, somos transformados na mesma imagem de glória em glória, como pelo Espírito
do Senhor" ( 2 Coríntios. 03:18 ).

"Mas a nossa cidade [cidadania] está nos céus, de onde também esperamos o Salvador,
o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu
corpo glorioso, segundo a operação pela qual ele é poder de até sujeitar si todas as coisas
"( Fl 3, 20-21. ).

"E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem
daquele que o criou" ( Colossenses 3:10 ).

"Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não se manifestou o que havemos de
ser, mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele, pois o
veremos como ele é" ( 1 João 3: 2 ).

e. O crente mantém sua mente sobre derrubando imaginação e fazendo todo pensamento obediente
a Cristo.

"Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de


Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo" ( 2 Cor 10. 5 .)

"Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo,
tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e
se há algum louvor, nisso pensai "( Fl 4, 8. ).

3 Não é o destino de ambas as mentes. A mente carnal é fortemente avisado, enquanto que a mente
espiritual é garantido e confortado.

a. O destino do pendor da carne é morte. Por morte significava a morte espiritual, sendo separado e
separado de Deus eternamente. Isso significa que a alma está morta agora , enquanto o homem
vive nesta terra;e isso significa que a alma permanece morto (separado e separado de Deus),
mesmo quando o homem entra no outro mundo. A mente carnal ...

• Não se pode ignorar a Deus agora e esperamos ter pensamentos de Deus no outro mundo.
• não pode incidir sobre a carne agora e esperar para se concentrar em Deus no próximo
mundo.

• não pode pensar como ele quer agora e esperar para pensar como Deus quer no outro
mundo.

• não pode ter uma mente mundana agora e esperamos ter uma mente espiritual no outro
mundo.

• Não é possível escolher a carne agora e esperar para ser salvo da carne no outro mundo.

• não pode rejeitar a Deus agora e esperar para ser aceito por Deus no outro mundo.

Muito simplesmente, o que quer que a mente escolhe continuará assim por diante. Se a mente
escolhe a carne em vez de Deus, então a escolha é feita. A mente vai continuar sem Deus a partir
de agora, sempre e sempre. A mente é permitido fazer o que quiser. Se optar por ser separado e
separado de Deus para que ele possa habitar na carne, então a alma deve ter a carne; deve ser
separado e separado de Deus. Deus ama o homem; Deus não violará a mente do homem e forçar
o homem a escolhê-lo. A escolha é do homem: ele pode escolher a Deus, ou ele pode escolher
carne e morte (para ser separado e separado de Deus).

"O homem que anda desviado do caminho do entendimento repousará na congregação


dos mortos [espiritualmente mortos]" ( Provérbios 21:16 ).

"Então Jesus disse-lhes: Em verdade, em verdade eu vos digo: se não comerdes a carne
do Filho do Homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós" ( João 6:53 ).

"Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em
Cristo Jesus nosso Senhor" ( Romanos 6:23 ).

"Porque o amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por
todos, logo todos morreram [espiritualmente mortos]" ( 2 Co 5:14. ).

"E você ... estávamos mortos em nossos delitos e pecados" ( Efésios 2: 1. ).

"Pelo que diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te
iluminará" ( Efésios 5:14. ).

"Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o pecado; eo pecado, uma vez


consumado, gera a morte" ( Tiago 1:15 ).

"E ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete espíritos
de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives, e estás
morto" ( Rev. 3: 1 ).

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, aos assassinos, os
impuros, os feiticeiros, e idólatras ea todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde
com fogo e enxofre, que é a segunda morte" ( Ap . 21: 8 ).
b. O destino da mente espiritual é vida e paz. É o oposto da morte. A mente espiritual é um estado de
espírito, uma mente que está cheia de vida e de paz, com pensamentos de vida e paz. A mente
espiritual reside na vida; ele vive tudo que a vida era para ser e vive eternamente. A mente
espiritual está cheio ...

• d