Você está na página 1de 6
SERVIÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE VILA REAL Técnico/a de Mecatrónica Automóvel 10 Teste de Avaliação

SERVIÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE VILA REAL

SERVIÇO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE VILA REAL Técnico/a de Mecatrónica Automóvel 10 Teste de Avaliação Nome:

Técnico/a de Mecatrónica Automóvel 10 Teste de Avaliação Nome:

Classificação

Formadora

F3: Movimentos ondulatórios (6706) Duração: 2 horas Número:

Grupo I

1. As ondas podem classificar-se tendo em conta a sua natureza e a direção de vibração. Complete as seguintes frases, utilizando as palavras que se seguem, de modo a traduzirem afirmações cientificamente corretas.

mecânica

longitudinal

vibração

transversal

eletromagnética

(A)

Uma onda é a propagação de uma

num determinado meio material.

(B)

Numa onda

a direção de vibração dos corpúsculos é perpendicular à direção de

propagação da onda, enquanto numa onda corpúsculos e de propagação da onda coincidem.

as direções de vibração dos

(C)

Uma onda

necessita de um meio material para se propagar, ao contrário da onda que também se propaga no vazio.

(D)

A natureza das ondas sonoras é classifica-se como onda

Quanto à direção de vibração esta onda

2. Na figura representa-se uma onda periódica cujo período de propagação é 5,0x10 -2 s.

cujo período de propagação é 5,0x10 - 2 s. 2.1. Com base na informação do enunciado

2.1. Com base na informação do enunciado e do gráfico, selecione a opção correta.

(A)

O comprimento de onda é de 2,0 m.

(B)

A amplitude da onda é 4,0 m.

(C)

A frequência de vibração da fonte sonora é de 20 Hz.

(D)

A velocidade de propagação da onda é 0,1 m/s.

2.2. Calcule a frequência angular da onda representada.

2.3. Escreva a equação que traduz a elongação da fonte emissora em função do tempo, y = y (t).

3.

A figura mostra, em esquema, a propagação do som no ar contido num tubo.

3.1. Das opções seguintes, selecione a que completa corretamente a frase seguinte. “O som é uma onda mecânica porque…

(A)

(B)

(C)

(D)

“O som é uma onda mecânica porque… (A) (B) (C) (D) se propaga no vazio.” precisa

se propaga no vazio.”

precisa de um meio para se propagar.”

é uma onda longitudinal.”

se propaga à mesma velocidade em qualquer meio.”

3.2. Complete a frase seguinte, selecionando a opção que contém as palavras corretas.

“As vibrações das camadas de ar no tubo originam regiões com mais ou menos ar. As regiões

assinaladas por A correspondem a zonas de

,

onde a densidade do ar é

e a pressão

é

;

o contrário se passa nas regiões assinaladas por B, que são zonas de

(A)

rarefação… menor… menor…compressão.

(B)

compressão… maior… menor… rarefação.

(C)

rarefação… maior… maior… compressão.

(D)

compressão… maior… maior… rarefação.

4. O ouvido humano não é sensível a todas as ondas resultantes da vibração dos corpos. Nem todas as

frequências são audíveis e a qualidade da audição depende da intensidade do som e da capacidade auditiva de cada um dos nossos ouvidos.

4.1. Selecione a única afirmação verdadeira para o ouvido humano.

(A)

O ouvido médio, constituído por uma cadeia de ossículos, amplifica as vibrações recebidas da membrana do tímpano.

(B)

As vibrações amplificadas no ouvido interno são enviadas diretamente para o cérebro através do nervo auditivo.

(C)

É o ouvido externo que recebe e amplifica as vibrações dos corpúsculos do ar que chegam ao pavilhão auditivo.

(D)

O caracol faz parte do ouvido médio.

4.2. Considere os sons com as seguintes frequências e indique:

50 Hz

a) os ultrassons.

b) os sons audíveis.

c) os infrassons.

600 Hz

12 Hz 0,15 MHz 2 kHz
12 Hz
0,15 MHz
2 kHz

4.3. Selecione a opção que completa corretamente a seguinte frase. O limiar de audição é…

(A)

a frequência máxima de um som detetado pelo ouvido humano para uma determinada intensidade.

(B)

a frequência mínima de um som detetado pelo ouvido humano para uma determinada intensidade.

(C)

a intensidade máxima de um som detetado pelo ouvido humano para uma determinada frequência.

(D)

a intensidade mínima de um som detetado pelo ouvido humano para uma determinada frequência.

5.

O Júlio está situado a 190 metros de um muro, e o Vasco está mais

atrás, tal como mostra a figura seguinte. Considere que a velocidade

de propagação do som no ar é 340 m/s.

5.1. Em frente ao muro, o Júlio bate palmas com força. Determine

ao fim de quanto tempo é que ele ouve o eco do som produzido.

Apresente o resultado com duas casas decimais.

produzido. Apresente o resultado com duas casas decimais. 5.2. O Vasco, colocado mais atrás, ouve o

5.2. O Vasco, colocado mais atrás, ouve o eco 1,5 s depois de o Júlio ter batido as palmas. Determine a

distância a que o Vasco se encontra do Júlio.

6.

São três os atributos do som: intensidade, altura e timbre.

6.1. Efetue todas as associações entre as colunas I e II.

Coluna I Atributo do som

Coluna II

Permite distinguir

 

1. sons altos de sons baixos

A) Intensidade do som

2. sons fracos e sons fortes

B) Altura do som

C) Timbre

3. sons graves de sons agudos

4. sons produzidos por instrumentos diferentes

A)

B)

C)

6.2. Observe atentamente a figura e selecione as afirmações corretas.

atentamente a figura e selecione as afirmações corretas. A) O som representado por B é o

A) O som representado por B é o mais forte.

B) O som representado por A é o mais agudo.

C) O som representado por B é o mais grave.

D) Os sons representados por A e por B têm a mesma intensidade.

7.

Grupo II

Considere a figura seguinte onde se representa o espetro eletromagnético.
Considere a figura seguinte onde se representa o espetro eletromagnético.

7.1. Associe a cada uma das letras os diferentes tipos de radiação.

A)

D)

F)

B)

E)

G)

C)

7.2. Selecione as afirmações verdadeiras para as ondas eletromagnéticas.

(A)

Todas se propagam no vazio e em qualquer meio material.

(B)

Precisam de um meio material para se propagarem.

(C)

Propagam-se no vácuo à velocidade de 300 000 000 m/s.

(D)

Propagam-se no ar à velocidade de 340 m/s.

(E)

Só podem sofrer reflexão e refração.

(F)

São ondas transversais.

8. Na figura representam-se três feixes luminosos que interagem de forma diferente com três corpos.

luminosos que interagem de forma diferente com três corpos. (A) 8.1. Indique o feixe: i) paralelo

(A)

8.1. Indique o feixe:

i)

paralelo

ii)

(B)

divergente

8.2. Indique o feixe que sofre predominantemente:

i)

refração

ii)

absorção

(C)

iii) convergente

iii) reflexão

8.3. Indique quais as situações em que houve interação com um corpo:

i)

transparente

ii)

opaco

9. Na figura seguinte, representa-se em esquema um raio que incide numa superfície.

9.1. Indique o nome dos segmentos representados pelas letras A, B e C.

A)

C)

B)

9.2. O valor do ângulo de reflexão é:

(A) 40º

(B) 50º

(C) 30º

do ângulo de reflexão é: (A) 40º (B) 50º (C) 30º (D) 90º 10. O seguinte

(D) 90º

10.O seguinte esquema representa a passagem da luz do meio transparente 1 para o meio transparente 2. Selecione o termo que torna as seguintes frases cientificamente corretas.

(A)

O raio 1 representa o raio normal/incidente e o raio 2 representa o raio refratado/refletido.

(B)

O ângulo de incidência corresponde à letra x/y.

(C)

No meio b o raio luminoso está mais próximo da normal porque a velocidade da luz neste meio é menor/maior.

(D)

Os meios a e b podem ser respetivamente, vidro/ar e ar/vidro.

da luz neste meio é menor/maior . (D) Os meios a e b podem ser respetivamente,

11.Uma onda luminosa propaga-se no ar e incide numa superfície de vidro. O raio incidente faz um ângulo de 30° com a superfície de separação dos dois meios, como mostra a figura seguinte. Os índices de refração do ar e do vidro são, respetivamente, 1,00 e 1,48. 11.1. Determine os ângulos de incidência e de refração.

11.1. Determine os ângulos de incidência e de refração. 11.2. Selecione a expressão que permite determinar

11.2. Selecione a expressão que permite determinar a velocidade de propagação do raio de luz no interior da água.

(A) = 3 × 10 8 × 1,48 (/)

(B) =

1,48 8 (/)

3×10

(C) =

(D) =

3×10 8

1,48

(/)

1,00

1,48 (/)

12.Uma lâmpada de néon emite cor azul com um comprimento de onda de 485 nm. Determine o valor da energia de um fotão emitido por uma dessas lâmpadas. Apresente todas as etapas de resolução.

13.Uma radiação constituída por 9,6x10 -19 J incide sobre uma placa de tungsténio. 13.1. Sabendo que a energia mínima de remoção eletrónica do tungsténio é de 7,3x10 -19 J, indique, justificando, se pode ocorrer efeito fotoelétrico.

13.2. O valor da energia cinética do eletrão removido é de:

(A) -2,30x10 -19 J

(B) 1,69x10 -18 J

(C) 2,30x10 -19 J

(D) 1,32x10 -18 J

13.3. Determine o valor da velocidade com que o eletrão é ejetado do metal.

Questão

1

2.1

2.2

2.3

3.1

3.2

4.1

4.2

4.3

5.1

5.2

6.1

6.2

   

Cotação

7

5

8

8

5

5

5

5

5

10

15

4

5

 

Total

Questão

7.1

7.2

8.1

8.2

8.3

9.1

9.2

10

11.1

11.2

12

13.1

13.2

13.3

 

Cotação

7

5

6

6

6

6

5

12

15

5

15

10

5

10

200

TABELA DE CONSTANTES

Velocidade de propagação da luz no vácuo

c

= 3,00x10 8 m/s

Índice de refração do ar

n

= 1,00

Constante de Planck

h

= 6,63x10 -34 Js

Massa do eletrão

m = 9,11x10 -31 kg

FORMULÁRIO

Período de uma onda ……………………………………………………………

T =

1

 

…….……….………….

f

f frequência

Velocidade de propagação da onda …………………………………………………….…….……… v = × f

comprimento de onda

f frequência

Frequência angular ……………………………………………………………………………………… ω =

T - período

2 π

T

Função que descreve um sinal harmónico ou sinusoidal………………………………… y = A sen (ω t)

A amplitude do sinal

frequência angular

t - tempo

Velocidade de propagação do som ……………………………………………………………

d distância percorrida pelo som t intervalo de tempo

Índice de refração de um meio ………………………………………………………………………

v som =

n =

d

∆t

c

v

c

velocidade de propagação da luz no vácuo

v

velocidade de propagação da luz no meio

Lei de Snell-Descartes ………………………………………………………

………………

n 1 sen i ̂ = n 2 sen r̂

n1, n2 índices de refração dos meios 1 e 2, respetivamente ̂ângulo de incidência ̂ângulo de refração

Efeito fotoelétrico ………………………………………………………

Einc energia da radiação incidente no metal Erem energia de remoção de um eletrão do metal Ec emergia cinética do eletrão removido

Energia cinética ………………………………………………………………

……………

………

E c =

………………

= E rem +

1

2

× m × v 2

Ec emergia cinética do eletrão removido

m

massa do eletrão

v

velocidade com que o eletrão é removido