Você está na página 1de 21

Cifras ponto de equilíbrio

AFRICA

(Em) (Bm)
Melhor do que viver acorrentado:
É saber o que fazer,
É saber o que pensar,
É saber o que dizer.

(Em) (Bm)
A ovelha não deve se vingar do lobo,
Pois o justo não anda no caminho dos tolos.
Não adianta o oprimido virar opressor
Inverter a sociedade não vai acabar com sua dor.

(D) (Em)
Afinal somos todos irmãos, lá-lá-lá-lá-lá-lá.
Eu e eu, uma só nação, nossa terra:
(C) (C) (Em)
África, mãe de toda criação.
(D)

Nossa terra, nossa mãe: África, mãe de toda a geração

AME SUA MISSAO

Intro: A#m / G#

A#m G#
Tudo o que sofri, eu sei
A cruz que carreguei
Jah deu pra mim, sabendo que eu podia agüentar

Fm Ebm
A Força Maior está presente
E me presenteou com a vida!

A#m G#
Quem bate em minha porta é Jah
Então pode entrar, pode entrar
Quem bate em minha porta é Jah
Então pode entrar, pode entrar
A#m G#
A força contida em nossas canções
A resistência contida em nossas canções
A luz contida em nossas canções
Informação contida em nossas canções
Vem do Reino de Jah, de Jah, de Jah!

A#m G#
Tudo o que sofri, eu sei
A cruz que carreguei
Jah deu pra mim, sabendo que eu podia agüentar

Fm Ebm
A Força Maior está presente
E me presenteou com a vida!

A#m G#
Quem bate em minha porta é Jah
Então pode entrar, pode entrar

Quem bate em minha porta é Jah


Então pode entrar, pode entrar

Lululaiê!
Se a missão foi posta em suas mãos,
Não desista agora, não desista não
Pois o caminho a seguir
É o caminho da salvação (salvação, salvação)
De mais um irmão
Mais um irmão é sempre mais um irmão.
Mais um irmão é sempre mais um irmão!
Aceite seu irmão, ame seu irmão, todos somos irmãos
Ame seu irmão, ame seu irmão, ame seu irmão, ame!

Mas o Leão de Judá rugiu pra lhe dizer, que o amor


Que o amor está no viver
Precisamos amar, precisamos amar!
Ame mais seu irmão!
AONDE VAI CHEGAR?

Intro: D#m^Em D

D#m^Em
Isso é coisa, isso é coisa, isso é coisa...
(D)
Seu assunto principal é falar mal.
Onde você vai chegar assim? Aonde vai?
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Antes, antes, antes de julgar mal, porque não olha pra si mesmo.
Verá que está cometendo maior ou mesmo erro.
Onde você vai chegar assim? Aonde vai? Contando história sem fim, dele
e de mim.
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Julgando mal você gasta tempo e energia ao invés de levar a magia ao


irmão seu.
Onde você vai chegar assim? Aonde vai?
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Quando não souber o que falar não fale nada, então não venha me
ocupar apontando defeito dos outros, como se isso fosse normal,
julgando-se perfeito, isso em si é um defeito e você pode ver.
Todos nós temos uma infinidade, mas também temos qualidades que não
dá nem pra contar.
Fala de fulano, fala de ciclano. Fala de fulano, fala de ciclano.
Fala de fulano, fala de beltrano.

ARVORE DO REGGAE

(Bm) (A)
Eu falo, falo, falo, falo, falo muito sobre o que o reggae diz.
Tentando te explicar tudo o que sinto quando ouço um reggae raiz.
Eu falo, falo, falo, falo, falo muito sobre o que o reggae diz.
Tentando te explicar tudo o que sinto quando ouço um reggae raiz.

Então! Pare pra pensar. Atenção! O reggae não pode acabar.


O reggae raiz veio pra libertar e as suas mensagens estão lançadas no
ar.
O reggae raiz veio pra libertar e as suas raízes não deixam derrubar:

A árvore do reggae, reggae raiz e seus frutos de paz.


Árvore do reggae, reggae raiz, frutos de resistência.
Árvore do reggae, frutos de positividade.

Árvore do reggae, reggae raiz, combatendo de frente

Coisa feia

D#m Em D

(como se sabe, é possivel mudar a maneira de efetuar a nota portanto,


mude-a e faça D#m na 6ª casa e Em na 7ª casa)

Isso é coisa, isso é coisa, isso é coisa...

Seu assunto principal é falar mal.


Onde você vai chegar assim? Aonde vai?
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Antes, antes, antes de julgar mal, porque não olha pra si mesmo.
Verá que está cometendo maior ou mesmo erro.
Onde você vai chegar assim? Aonde vai?
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Falando mal você gasta tempo e energia ao invés de levar a magia ao


irmão seu.
Onde você vai chegar assim? Aonde vai?
Seu assunto principal é falar mal da vida alheia, mas isso é coisa
feia.
Isso é coisa feia.

Quando não souber o que falar não fale nada, então não venha me ocupar
apontando defeito dos outros, como se isso fosse normal,julgando-se
perfeito, isso em si é um defeito e você pode ver.
Todos nós temos uma infinidade, mas também temos qualidades que não dá
nem pra contar.
Fala de fulano, fala de cicrano. Fala de fulano, fala de cicrano.Fala
de fulano, fala de beltrano.

Ditadura da televisão

Intro:C Em C Em C D A C D A

C Bm Em
Na infância você chora, te colocam em frente da TV
Trocando as suas raízes por um modo artificial de se viver.
Ninguém questiona mais nada, os homens do "poder" agora contam sua piada
Onde só eles acham graça, abandonando o povo na desgraça
Vidrados na tv, perdendo tempo em vão

(Ponte) C D

C D A C D A
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!

C Bm Em
O interesse dos "grandes" é imposto de forma sutil
Fazendo o pensamento do povo se resumir a algo imbecil:
Fofocas, ofensas, pornografias
Pornografias, ofensas, fofocas
Futilidades ao longo da programação

(Ponte) C D

C D A C D A
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!

C Bm Em
Numa manhã de Sol, ao ver a luz
Você percebe que o seu papel é resistir, não é?
Mas o sistema é quem constrói as arapucas
E você está prestes a cair
Da infância a velhice, modo artificial de se viver
Alienação, ainda vivemos aquela velha escravidão.

(Ponte) C D

C D A C D A
Ditadura da televisão, ditando as regras, contaminando a nação!

Eu

F Em
Eu paro agora pra falar
Que eu andava em confusão
F Em
Oi! Com o meu próprio Eu
Vivendo desilusão
F Em
Olhei pra dentro de mim
E vi o meu coração
Não querendo mais bater
Pedindo uma solução

Foi aí que
F Em Dm Em
Venceu a glória de Jah
F Em
A força da criação
Venceu a glória de Jah
Mais uma libertação
F Em
Meu Pai é meu rei, sempre me guiará
O Senhor é meu pastor, nada me faltará

Pra onde Ele me guia eu vou, Eu vou, Eu vou!

Odisseia na babilônia

Intro: Em Am
Em Am Em Am
Não ,não senhor burguês, o que eu preciso ter
Em Am Em Am
Ninguém nunca vai me dar, oh oh terei de conquistar
Em Am Em Am
Eu quero a paz de jah no coração de meus irmãos
Em Am Em Am
Eu quero plantar e colher, sorrir quando o dia nascer!
Em Am Em Am
Graças a jah rastafari ninguém vai me comprar
Em Am Em Am
Não vim pra me curvar, eu vim pra conquistar
Em Am Em Am
Não viemos nos curvar oh, oh nós viemos conquistar

Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, dia após dia lutando
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, as coisas estão mudando
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, todos filhos de jah
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, os rastas tem que se juntar
Em Am Em Am Em Am
Se juntar, se juntar, se juntar, se juntar , se juntar

Em Am Em Am
Não ,não senhor burguês, o que eu preciso ter
Em Am Em Am
Ninguém nunca vai me dar, oh oh terei de conquistar
Em Am Em Am
Eu quero a paz de jah no coração de meus irmãos
Em Am Em Am
Eu quero plantar e colher, sorrir quando o dia nascer!
Em Am Em Am
Graças a haile selassie ninguém vai me comprar
Em Am Em Am
Não vim pra me curvar, eu vim pra conquistar
Em Am Em Am
Não viemos nos curvar oh, oh nós viemos conquistar
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, dia após dia lutando
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, as coisas estão mudando
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, todos filhos de jah
Em Am Em Am
Odisséia na babilônia, os rastas tem que levantar
Em Am Em Am Em Am
Levantar, levantar, levantar, levantar, levantar
Em Am Em Am
Rastafari na babilônia, dreadlock na babilônia
Em Am Em Am Em Am Em Am
Dreadlock, rastafari, dreadlock, rastafari

( Em Am )
Amando jah, eu e eu vou prosperar
Que sua luz e sua prosperidade esteja sempre no ar
Peço também que proteja eu e todos os meus companheiros
Que o seu amor e sua prosperidade esteja sempre com eles
Por causa da força do altíssimo jah rastafari, eu e eu renuncio a tudo
que tenho jah rastafari, haile selassie...

Lagrimas de Jah

intro: C D C D Em

G C D Em
Yeah, Lagrimas de Jah

G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Enquanto pedimos paz, os corpos ganham com a guerra
C Bm
Esse choro infelizmente
C Bm
Não é igual ao de antigamente
C Bm
Quando Selassie, Leão de Judah
C D Em
Reinava com sabedoria e paz (majestade imperial da Etiópia)
C Bm
Hoje o choro é de fome
C Bm
É de dor, agonizante
C Bm
É de gente que não come
C D Em
Mantidas como menos importantes
G C D Em
(As lagrimas nutrem a terra, a terra)

G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Enquanto pedimos paz, Jah chora com a guerra
C Bm
Pois o importante para eles
C Bm
É que você pague o imposto
C Bm
Pra que eles com muito gosto
C D Em
Comprem mais uma Mercedez
C Bm
Quem dera eu chorar
C Bm
Com a grande felicidade
C Bm
Que seria o fim da fome
C D Em
E a paz para a humanidade
C D Em
E a paz por toda eternidade

G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Enquanto pedimos paz, o sistema ganha com a guerra
G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Enquanto pedimos paz, Jah chora com a guerra
G C
Ohhh, ai ai ai yeah ohhh
D Em
ai ai ai yeah ohhh, Lagrimas de Jah

Solo: G C D Em (4x)

G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Enquanto pedimos paz, Jah chora com a guerra
G C
As lagrimas de Jah nutrem a terra
D Em
Oh yeah, lagrimas de Jah

C D Em

Jah jah me leve

Intro: Cm / Gm

Cm Gm Cm Gm
Oh Jah Jah me leve, obrigado aí.
Cm Dm Cm Gm
Reggae a vida com amor
Regue a vida com amor

Cm Gm Cm Gm
Não sei se será navio ou trem,
Cm Gm Cm Gm
Mas é certo que virá resgatar homens de bem.
Dm Am Dm Am
Seja como for será Jah e seu exército
Dm Em Dm Em F
Armados com a cura e o amor

Cm Gm Cm Gm
Oh Jah Jah me leve, obrigado aí.
Cm Dm Cm Gm
Reggae a vida com amor
Regue a vida com amor

Cm Gm
Seja como for, como for será
Cm Gm
Será Jah e seu exército
Cm Dm Cm Gm
Armados com a cura e o amor
Dm Am Dm Am
Num só instante, todas as vidas e dimensões
Dm Em Dm Em F
Criando a ponte pra uma só pátria, sem desilusões.

Cm Gm Cm Gm
Oh Jah Jah me leve, obrigado aí.
Cm Dm Cm Gm
Reggae a vida com amor
Regue a vida com amor
Reggae a vida com amor

Regue a vida com amor

Abre a janela

Intro: Dm / Bb / C /

A7
Abre a janela!
Dm G Dm
Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela
A7
Abre a janela moço!
Dm G Dm
Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela

Dm C Dm
Não quero dizer que lá não existe tristeza (tristeza)
Dm C Dm
Não quero dizer que lá não existe pobreza (pobreza)
Gm A7 Dm
Porque favela sem miséria não é favela
Gm A7 Dm
Porque favela sem miséria não é favela
Dm G Dm
Abre! Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela
Dm
Abre a janela moço!
Dm G Dm
Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela

Gm Dm Gm
Vai, no silêncio quando a noite cede a vez à madrugada
Dm
Pra romper um novo dia
Gm A7 Dm
Puxe a cortina da mesma lentamente

Gm A7 Dm
E você vai ver o samba em pessoa falando com a gente
Gm A7 Dm
Puxe a cortina da mesma lentamente
Gm A7 Dm
E você vai ver o samba em pessoa falando com a gente.
Dm G Dm
Abre a janela...
Dm A7 Dm
A beleza que tem...
Dm G Dm A7 Dm
A janela da favela!

Gm Dm Gm
Vai, no silêncio quando a noite cede a vez à madrugada
Dm
Pra romper um novo dia
Gm A7 Dm
Puxe a cortina da mesma lentamente
Gm A7 Dm
E você vai ver o samba em pessoa falando com a gente
Gm A7 Dm
Puxe a cortina da mesma lentamente
Gm A7 Dm
E você vai ver o samba em pessoa falando com a gente.

A7
Abre a janela!
Dm G Dm
Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela
Dm
Abre a janela!
Dm G Dm
Abre a janela da favela
A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela.
Gm A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela.
Gm A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela.

Gm A7 Dm
Você vai ver a beleza que tem por dentro dela.
Gm A7
Você vai ver a beleza que tem !

Graças e louvores a Jah


Cm
Ah...

Ainda que eu ande numa trilha escura

Ainda que o chão saia dos meus pés.


D# Cm
Ainda que o teto caia sobre mim, Jah!

D# Cm
Eu vou dando graças e louvores para Jah
D# Cm
Eu vou dando graças e louvores para Jah

Meu Pai me disse filho se firma em Mim, em Mim, em Mim!


D# Cm
Meu Pai me disse filho se firma em Mim, Jah!

D# Cm
Eu vou dando graças e louvores para Jah
D# Cm
Eu vou dando graças e louvores para Jah

Louvores e tambores...
D# Cm
Louvores e tambores, para Jah!
D# Cm
Para Jah, para Jah (ahahahah)
D# Cm

Para Jah, para Jah (ahahahah)

Poder da palavra

(Dm) (Am)
O povo oprimido sem condições de vida,
Ddesesperado, tentando encontrar no céu uma saída.
Tanto chorou que sua voz foi ouvida,
Tanto clamou que sua voz foi ouvida.
(F) (G) (Am)
Do Monte Sagrado Sião,o Senhor da criação
(F) (G) (Dm)
Espalhou por toda a Terra o poder do Leão.

(Dm) (Am)
A palavra-som é poder, cantando pra se libertar, rastafari.
A palavra-som é poder.
A palavra-som é poder, cantando com a voz de Jah rastafari.
A palavra-som é poder, a babilônia vai cair, a babilônia vai cair.

Pessoas boas, se enganam, se enganam ao acreditarem só no que os olhos


podem ver.

Daqui só levamos o que plantamos,


Daqui só levamos nossas ações.

Do Monte Sagrado Sião, o Senhor da criação


Espalhou por toda a terra o poder do Leão.

A palavra-som é poder, cantando pra se libertar, rastafari.


A palavra-som é poder.
A palavra-som é poder, cantando com a voz de Jah rastafari.
A palavra-som é poder, a babilônia vai cair, a babilônia vai cair.

Profeta é rei

Intro: Cm / Gm / Cm / Gm

Cm Gm
O profeta é rei, acredito nele seguirei
O profeta é rei, acredito nele segurei, êêêi!
Cm Gm Cm Gm
Quando a porta se abrir o ouvido irá ouvir
Quando o Sol nascer os olhos irão ver
Quando o profeta chamar, estaremos lá
Estaremos lá, de um a um

Cm Gm
Chama de um a um Ele chama
Chama de um a um Ele chama
Chama de um a um Ele chama
Chama de um a um Ele chama

Cm Gm
O profeta tem um grande canhão
Inacabável é sua munição
O profeta tem um grande canhão
Inacabável é sua munição

Cm Gm
De amor, de amor, de amor
De amor, amor, de amor
De amor, de amor, de amor
De amor, amor, de amor, ôôôô!

Rastafari

Inro: G / Am / Dm / Dm / C / Am / G / E
Dm G Dm G
A minha mãe, a minha mãe disse pra que eu não tivesse medo
Que tendo medo eu iria ver o lado negro, o lado negro do gueto, é!

Jah (Jah-Jah) anda em rua de flores, sempre tentando aliviar nossas dores
Olho a nuvem negra que esbanja as lágrimas da babilônia (babilônia é má)
E nos deixa a fome e a insônia
Am Em Dm Am Dm
Veja o rio negro de esgoto que passa ali
Am Em Dm Am Dm
Eu disse ao Senhor dessa água eu não bebo mais (não beberei)
Am Em Dm Am Dm
Pois dela eu já bebi

Dm G Dm G
Quero andar na rua mais tranqüila da Etiópia
Dm G Dm G Am
De deixar inveja aos hipócritas

Dm G Dm G Am
Jah Rasta fará por nós, eu sei que fará é!
Dm G Dm G Am
Jah Rasta fará, fará por nós
Jah Rasta fará, fará por nós
Jah Rasta fará, fará por nós

Dm G Dm G
Por que o dinheiro é o seu apelo e a escuridão seu selo?
Não estarei sozinho:
Estarei com Jah, meus amigos, minha erva, meu vinho

Sei que minha mãe estava certa, ter medo não é bom
Mas a força de cantar é um dom
É a arma de Davi que nos liberta, tá, tá, ta!

Dm G Dm G Am
Jah Rasta fará por nós, eu sei que fará é!
Dm G Dm G Am
Jah Rasta fará, fará por nós
Jah Rasta fará, fará por nós
Jah Rasta faria por eles, o que Jah já faz, Jah já faz por nós!

Dm G Dm G
Vila Isabel, terra de Martinho, terra de Noel, terra de raiz
Terra do reggae agora, o que eu sempre quis

Dm G
Vai, vai, vai, vai Ponto de Equilíbrio!
Canta com força, bate com força, toca com força, pra que Jah lhe ouça
Vai, vai, vai, vai Ponto de Equilíbrio!
Por que nós fazemos a música do Rastafari!

Dm G Dm G
Jah Rastafari, Senhor dos senhores, Rei dos reis de todos os reinos
Leão conquistador da Tribo de Judá, renuncio tudo que tenho à Jah Rastafari
Rastafari, Rastafari,...

Só quero o que é meu

(Gm) (Dm) (Cm)


Nas ruas da cidade os homens continuam a lutar como dragões
Cuspindo fogo, canalizando negativas vibrações.
Estranhos semelhantes, disputando o poder
Dispostos, postos a derrubar, acostumados a se esconder.

Falsos e covardes tentando sugar dos demais


A força e a vida esquecida em seu interior.
Fracos invejosos, incapazes de apreciar
Qualidades e de reproduzir o amor.

(F) (Gm) (Cm) (Dm) (Cm) (Gm)


Só quero o que é meu, não quero o de mais ninguém.
Só vou buscar o que Deus me deu, eu não quero roubar o que é seu.

Ainda acredito que o bem pode se propagar,


Quando os homens deixarem o egoísmo de lado.

Reconquistarem a humildade e aprenderem a se respeitar.


Quebraremos as barreiras que nós mesmos erguemos, quando sinceramente
apreciarmos os demais e a nós mesmos.
Ai, ai, ai a nossa própria história encontrará no caminho da Verdade o
sentido da vitória.

Só quero o que é meu, não quero o de mais ninguém.

Só estou indo buscar o que Deus me deu, eu não quero

Ponto de equilíbrio

Bm
Jamais perca o seu equilíbrio,
D
Por mais forte que seja o vento da tempestade
A
Busque no seu interior o abrigo

Bm
De que valem os dreads? ( de que valem )
Em
Se as palavras são em vão. 2x
D
O que lhe faz um rasta, ( filho de Jah )
Bm
É a alma e o coração.

Em D Bm
* Eu e eu buscando o ponto de Equilíbrio, ( eu e eu )
Em D Bm
Entre nós e o dos irmãos que andam no mesmo caminho: ( eu e eu )
Em D Bm
Eu e eu buscando o ponto de Equilíbrio, ( eu e eu )
Em D Bm
Entre nós e o dos irmãos que tão no mesmo caminho,

( 2a x ) tão no mesmo caminho, tãaao no mesmo caminho, tãaao no mesmo


caminho oi, oi

Em D Bm
Oi Ama todos os seus irmãos de fé como o sol a nos iluminar,
Em D Bm
Sem nada pedir em troca, nem ao menos um olhar.
Em D Bm
A árvore sem raiz ... não fica de pé: ( raízes, raízes )
Em D Bm
Do que adianta saber sua história, se não buscas a fé.
Em D Bm
Oi uma árvore sem raiz ... não fica em pé: ( raízes, raízes )
Em D Bm
Do que adianta saber sua história, se não buscas a fé. Volta *

Em D
Sinta a música entre dentro dela,
Bm 3x
Veja que a música oi tem a lhe mostrar

Em
Eu vejo Jah
D
Eu vejo Jah
Bm
Eu vejooo Jah ... ó, ó, ó...
Velho amigo

Gm
C#m
Dm
D#m
Em
Fm(um tom abaixo)
F#m(meio tom abaixo)
Gm(tom original)
G#m(meio tom acima)
Am(um tom acima)
A#m
Bm
Cm

Gm Cm
Meu amigo (velho amigo) se despediu esta manhã
Gm Cm
Meu amigo (velho amigo) se despediu esta manhã
Gm Cm
Lá nas alturas do Monte Sião (agora ele vai, ele vai lá)
Gm Cm
Lá nas alturas do Monte Sião (vai pode ir!)

Dm Bb
Vou ascender vela pra ele, eu vou fazer uma oração.
Dm Bb
Vou ascender vela pra ele, eu vou fazer uma oração
Dm Bb
Eu vou fazer pra Deus um pedido em minha meditação
Dm Bb Cm
Pra que ele faça boa viajem nessa passagem!

Ei!
Gm Cm
A vida é uma ponte e agora você vai conhecer o outro lado (vai lá)
Gm Cm
A vida é uma ponte e agora você vai conhecer o outro lado, é! (pode
ir)
Gm Cm
A Verdade é uma só, tanto aqui quanto lá!
Gm Cm
A Verdade é uma só, tanto aqui quanto lá!

Gm Cm
Meu amigo (velho amigo) se despediu esta manhã
Gm Cm
Meu amigo (velho amigo) se despediu esta manhã
Gm Cm
Lá nas alturas do Monte Sião (agora ele vai, ele vai lá)
Gm Cm
Lá nas alturas do Monte Sião (vai pode ir!)

Dm Bb
Vou ascender vela pra ele, eu vou fazer uma oração.
Dm Bb
Vou ascender vela pra ele, eu vou fazer uma oração
Dm Bb
Eu vou fazer pra Deus um pedido em minha meditação
Dm Bb Cm
Pra que ele faça boa viajem nessa passagem!

Ei!
Gm Cm
A vida é uma ponte e agora você vai conhecer o outro lado (vai lá)
Gm Cm
A vida é uma ponte e agora você vai, vai, vai, vai! (pode ir)
Gm Cm
A Verdade é uma só, tanto aqui quanto lá!
Gm Cm
A Verdade é uma só, ó, tanto aqui quanto lá!