Você está na página 1de 1

Os laboratórios devem ser acreditados pelo Inmetro?

Seria muito bom se fosse possível ter, em todo o território nacional, laboratórios acreditados pelo
INMETRO, porém infelizmente ainda não estamos em condições de fazer exigências como essa.
Caso o laboratório seja acreditado no INMETRO nos ensaios previstos para serem realizados, é ainda muito
importante verificar se dispõe de técnicos qualificados por organismo de certificação credenciado (OCC) atestando
sua capacitação para o controle tecnológico do concreto conforme a ABNT NBR 15146.
Caso não se disponha de laboratório com esse nível de certificação ou se deseje contratar um laboratório,
independentemente de ser ou não certificado, é importante verificar se o mesmo está apto a desenvolver os ensaios
e procedimentos necessários à comprovação da qualidade do concreto, tendo como instrumento de referência o
que estabelecem as normas técnicas mencionadas anteriormente, bem como as referências normativas que as
complementam.

Fonte: ABCP – Associação Brasileira de Cimento Portland

Normas obrigatórias para Controle Tecnológico de Concreto:


 NBR 15146-1 Controle tecnológico de concreto — Qualificação de pessoal - Parte 1: Requisitos gerais
 NBR 12655- Concreto de cimento Portland - Preparo, controle e recebimento - Procedimento
 NBR 5738:2003 Concreto - Procedimento para moldagem e cura de corpos-de-prova
 NBR 5739:2007 - Concreto - Ensaios de compressão de corpos-de-prova cilíndricos
 NBR NM 33:1998 - Concreto - Amostragem de concreto fresco
 NBR NM 67:1998 - Concreto - Determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone
 NBR 9479 - Argamassa e concreto - Câmaras úmidas e tanques para cura de corpos-de-prova
 NBR ISO 7500 Materiais metálicos - Calibração de máquinas de ensaio estático uniaxial - Parte 1: Máquinas
de ensaio de tração/compressão - Calibração do sistema de medição da força
 NBR 15823-1 - Concreto auto-adensável - Classificação, controle e aceitação no estado fresco
 NBR 15823-2 - Concreto auto-adensável - Determinação do espalhamento e do tempo de escoamento -
Método do cone de Abrams
 NBR 15823-3 - Concreto auto-adensável - Determinação da habilidade passante - Método do anel J
 NBR 15823-4 - Concreto auto-adensável – Determinação da habilidade passante - Método da caixa L
 NBR 15823-5 - Concreto auto-adensável – Determinação da viscosidade - Método do funil V
 NBR 15823-6 - Concreto auto-adensável - Determinação da resistência à segregação - Método da coluna de
segregação
 NBR 8522:2008 - Concreto - Determinação do módulo estático de elasticidade à compressão

Normas não obrigatórias para Controle Tecnológico de Concreto:


 NBR ISO/IEC 17025 - Requisitos gerais para a competência de laboratórios de ensaio e calibração
 NBR ISO9001 – Sistema de Gestão da Qualidade

Sobre a Certificação do Laboratório no INMETRO


A certificação é feita se houver atendimento a NBR ISO17025, e funciona como a certificação da ISO 9001,
porém o foco é o atendimento de todas as normas de ensaio.
O laboratório também ser certificado ISO9001, caso se houver interesse ou necessidade da empresa.