Você está na página 1de 13

Maior classe de moluscos e

CLASSE GASTROPODA
de maior sucesso

•Adaptaram-se à vida em todos os tipos de fundos e a uma existência


pelágica.
•Invadiram a água doce e os caramujos pulmonados conquistaram o
ambiente terrestre eliminando as brânquias e convertendo a cavidade
do manto em um pulmão.

Origem e evolução

A evolução dos gastrópodes envolveu 4 alterações principais:


1. Desenvolvimento de uma cabeça
2. Alongamento dorsoventral do corpo
3. Conversão da concha: de um escudo para um abrigo protetor profundo.
4. Torção
Alterações na concha

•A concha sofreu um aumento na altura e uma redução na


abertura, passando de um escudo para um cone que foi espiralado

•A redução da abertura da concha limitou o espaço dentro da


cavidade do manto o que talvez tenha reduzido p/ 1 único par
o nº de brânquias e nefrídios.

Torção do corpo •A torção que o corpo sofreu não


é o enrolamento da concha.

•A maior parte do corpo na parte posterior da cabeça (massa


visceral, manto e cavidade, enrolou 180º em sentido anti-horário.
•A cavidade do manto, as brânquias, o ânus e os 2 nefridióporos
passaram p/ a parte anterior do corpo atrás da cabeça.
•O trato digestivo enrolou-se e o sistema nervoso retorceu-se em
forma de 8.
•A cabeça e o pé mantiveram a simetria bilateral não retorcida.
Gastrópodes
dividem-se em
3 sub-classes 1. Prosobranchia
2. Pulmonata
3. Opisthobranchia

Prosobranchia – respiram por Opisthobranchia – tb. não


brânquias que localizam-se apresentam corpo retorcido.
na cavidade do manto e ambas Concha e cavidade do manto
ficam na parte anterior do corpo reduzidas ou ausentes

Pulmonata – não apresentam


corpo retorcido, as brânquias
desapareceram e a cavidade
do manto transformou-se
em 1 pulmão
Sub-classe Prosobranchia
Ordens:
Archaeogastropoda – lapas como Acmaea sp., Fissurela sp. e
Tegula sp. encontradas na praia da Boa Viagem – Niterói – RJ.
Possuem apenas 1 brânquia bipectinada esquerda. A corrente
inalante penetra na cavidade do manto anteriormente pelo lado
esquerdo e sai pelo lado direito.

Mesogastropoda e Neogastropoda – Littorina


sp.e Thais sp. encontradas na praia da Boa
Viagem. Possuem 1 brânquia monopectinada e
desenvolveram 1 sifão inalante que pode
proporcionar acesso à água da superfície em
espécies que escavam e pode funcionar como
órgão sensorial
Sub-classe Opisthobranchia
Ordens:
Anaspidea – lebres-do-mar, Aplysia sp.(praia da Boa Viagem)
•Possuem concha reduzida ou enterrada no manto; brânquias
pregueadas e cavidade do manto presentes.

Nudibranchia – lesmas-do-mar, Doris sp. (praia da Boa Viagem)


•Concha e cavidade do manto ausentes.
•Brânquias Várias ao redordo ânus.
Sub-classe Pulmonata - caracóis e lesmas

•Cavidade do manto converteu-se em uma câmara vascularizada

para troca gasosa no ar ou secundariamente na água.

•Podem ser marinhos, de água doce ou terrestres.