Parte superior do formulário

1. (UEL-PR) Sob a ação exclusiva de duas forças, F1 e F2, de mesma direção, um corpo de 6,0 kg de massa adquire aceleração de módulo 4,0 m/s2. Se o módulo de F1 vale 20 N, o módulo de F2, em newtons, só pode valer: a) zero. b) 4,0. c) 40. d) 44. e) 4,0 ou 44.

Parte inferior do formulário

Parte superior do formulário

2. (Fuvest-SP) Um veículo de 5 kg descreve uma trajetória retilínea que obedece à seguinte equação horária: S = 3t2 + 2t + 1 onde S é medido em metros e t, em segundos. O módulo da força resultante sobre o veículo vale: a) 30 N b) 5 N c) 10 N d) 15 N e) 20 N

Parte inferior do formulário

Parte superior do formulário

3. (UFES) Uma força horizontal constante de 1,0 N atua sobre um corpo de 1,0 kg de massa durante 1,0 s. O corpo está inicialmente em repouso sobre uma superfície horizontal lisa. Que distância ele percorre ao final desse tempo de 1,0 s? a) 10,0 m. b) em repouso.
Parte inferior do formulário

5,0 m. c)

1,0 m. d)

0,5 m. e)

O corpo permanece

Parte superior do formulário

4. (UFSM-RS) Um corpo de 4 kg, inicialmente em repouso, é submetido à ação de uma força constante. O corpo desliza sobre um colchão de ar, com atrito desprezível. Sabendo que a velocidade do corpo, ao final de 5 s, é de 20 m/s, a força aplicada foi de: a) 4 N b) 5 N c) 10 N d) 12 N e) 16 N

Parte inferior do formulário

Parte superior do formulário

5. (Mackenzie-SP) Um corpo de 2,5 kg, em movimento uniforme, obedece à equação horária S = 2 + 5t (SI) desde o instante t = 0 s. A partir do instante t = 3,0 s, passa a agir uma força constante e paralela à trajetória de intensidade 10 N. A velocidade escalar desse corpo no instante t = 10 s é: a) 12 m/s. b) 17 m/s. c) 33 m/s. d) 45 m/s. e) 52 m/s

Parte inferior do formulário

Parte superior do formulário

6. (UFAL 96) Um corpo de massa 250 g parte do repouso e adquire a velocidade de 20 m/s após percorrer 20 m em movimento retilíneo uniformemente variado. A intensidade da força resultante que age no corpo, em Newton, vale a) 2,5 b) 5,0 c) 10,0 d) 20,0 e) 25,0

Parte inferior do formulário

Parte superior do formulário

7. (UFAL 91) Uma locomotiva de massa 130 toneladas puxa um vagão de massa 220 toneladas, em trilhos retos e horizontais, com aceleração de 0,5 m/s2. Podem-se

4 N e outra horizontal de 3.2 N. (UFGO) Um bloco de massa 80 kg encontra-se dentro de um elevador acelerado verticalmente para cima. 105 N e) Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 8. em quilogramas.80 b) 1. 105 N d) 1. podemos afirmar que a força exercida pelo piso do elevador contra o bloco é igual a: a) 160 N b) 640 N c) 800 N d) 960 N e) 120 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 3. (UFAL 96) Uma força resultante F aplicada a um corpo M provoca neste uma aceleração de módulo 4. A aceleração desse corpo tem módulo em m/s2. A força no engate entre a locomotiva e o vagão tem.5 .0 d) 2. 104 N 3. (UFAL 95) Sobre um corpo de massa 500g atuam somente duas forças. 105 N 2. A mesma força resultante F. Unindo os corpos M e N e aplicando ao conjunto a mesma força resultante F.0 d) 20 e) 100 Parte superior do formulário 1.desprezar as forças de resistência ao movimento do vagão. e igual a a) 0.8 e) 8. em m/s2.4 10.2 m/s2. Sendo a aceleração local da gravidade igual a 9.8 m/s2. a aceleração. a balança indica 720 N. (UEL-PR) No piso de um elevador é colocada uma balança de banheiro. em m/s2. com uma aceleração de 2 m/s2. sendo uma vertical de 2.0 m/s2. provoca aceleração de intensidade 6. Considerando g = 10 m/s2.1 . A aceleração do corpo. a) igual – em repouso. dos corpos tem módulo a) Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 6.0 d) 3.5 .0 c) 5. igual a a) Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 0. Um corpo é colocado sobre a balança. (UFAL 84) Um corpo de massa igual a 5.2 .0 m/s2.6 c) 2. em newtons. A leitura indicada pela balança seria _____________ a leitura indicada por ela se o elevador estivesse ____________________ Complete as lacunas com a alternativa verdadeira. Quando o elevador sobe com aceleração constante de 2.0 9.8 c) 4.25 b) 4.1 . . (ACAFE-SC) Uma pessoa está sobre uma balança de molas dentro de um elevador que desce com velocidade constante.2 e) 2. módulo a) b) 3. aplicada em outro corpo N.0 b) 4. a massa do corpo. 104 N c) 1. graduada em newtons.0 kg é acelerado por uma força resultante de 20 N. vale: a) 72 b) 68 c) 60 d) 58 e) 54 Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 2.

(U. (PUC-MG) Uma pessoa esta dentro de um elevador em repouso. maior que – subindo com aceleração para baixo. a leitura que a pessoa fará na balança será em N: a) zero b) 390. Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 6.0 m/s a 2. Parte inferior do formulário Parte superior do formulário Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 8. d) 590. o peso. d) 770. c) 700. cuja velocidade diminui 4 m/s a cada 2 s. b) 90.0 s. Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 5. está em pé sobre uma balança. no interior de um elevador.Caixas do Sul-RS) Pedro. sobre uma balança que acusa uma leitura igual a P. c) 490.5m/s2. maior que – descendo com aceleração para baixo. cuja massa é de 50 kg. e) 900.0 m/s em 3. Ela verifica que a balança registra 490 N para o seu peso. b) 630.b) c) d) e) menor que – em repouso. (UNEB-BA) Uma “balança” mede o peso de um homem. de intensidade. sobe num elevador para ir do 1o ao 6o andar. em newtons. de 70 kg de massa. e) 980. Se o elevador subir com a aceleração igual a duas vezes a aceleração da gravidade. Uma pessoa de massa de 60 kg no interior do elevador fica sujeita a uma força resultante. d) 600. (UNEB-BA) Um elevador sobe com aceleração constante de 1. (UFRS) Uma pessoa. em newtons. Ao se aproximar do 6o andar. Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 4. dentro de um elevador parado. O valor da força média exercida pelo piso do elevador sobre Pedro no intervalo de tempo indicado é: (Considere g = 10 m/s2. igual a: a) 40. a nova leitura será: a) P b) 2P c) 3P d) 4 P e) 5P Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 9. c) 400. que pesa 600 N. Quando o elevador estiver subindo com aceleração de 2 m/s2. Considerando que o elevador está subindo e a aceleração da gravidade é igual a 10m/s2. o elevador diminui uniformemente sua velocidade de 8.) . e) 840. medido pela “balança” é: a) 560. igual – subindo com aceleração para cima.

supondo g = 10 m/s2. um valor mais próximo de: a) 120 N b) 200 N c) 270 N d) 400 N e) 520 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 12. é igual a: a) 60 N b) 200 N c) 300 N d) 600 N e) 900 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 11. Quando desce em movimento retardado.0 m/s2. com aceleração de modulo 5. Sendo g = 10m/s2 e a balança calibrada em newtons. (Unisinos-RS) Ao se subir de elevador num edifício. dentro da cabina de um elevador. em newtons. (Mack-SP) Um elevador começa a subir. Suponha um menino de 40 kg de massa. (MACK-SP) Admita que a sua massa seja 60 kg e você esteja sobre uma balança. em N. a indicação por ela fornecida. a balança estará indicando. considerando g = 10 m/s2. O peso aparente de um homem de 60 kg no interior do elevador.a) 120 N b) 480 N c) 600 N d) 720 N e) 1. a força de tração no cabo do elevador. será: a) 480 N b) 400 N c) 320 N d) 240 N e) 80 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 20. Quando desce com velocidade de 4. Se a aceleração da gravidade vale 9. que as pernas suportam um “peso” maior. dentro do elevador. (Puccamp-SP) No piso de um elevador é colocada uma balança graduada em newtons. na arrancada.0 s. a partir do andar térreo. (Osec-SP) Um elevador e sua carga têm massa de 1 000 kg.0 m/s2. Um menino de massa 40 kg. se o elevador subir com aceleração de 2. nota-se. parado sobre uma balança graduada em newtons. sobe na balança quando o elevador está descendo acelerado. é: a) 180 N b) 240 N c) 300 N d) 420 N e) 780 N . ele para após 2.0 m/s e e freado com aceleração constante.8 m/s2. O peso que a balança registrará.200 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 10. vale: (adote g = 10 ms2) a) 8 000 N b) 10 000 N c) 12 000 N d) 14 000 N e) 16 000 N Parte inferior do formulário Parte superior do formulário 13.0 m/s2. quando a cabina desce acelerada com aceleração constante de 3 m/s2. com aceleração de modulo 3.

Parte inferior do formulário Parte inferior do formulário .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful