Você está na página 1de 78

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

LeiOrdinárianº:1437

Data:21/11/1966

Classificações:CódigodeObras

Ementa:AprovaoCÓDIGODEOBRASdoMunicípio.

CódigodeObras Ementa: AprovaoCÓDIGODEOBRASdoMunicípio. TextoOriginal,LeiOrdinárianº:1437

TextoOriginal,LeiOrdinárianº:1437

Leinº1.437,de21denovembrode1966.

(RegulamentadapeloDecretonº21.914/2015)

AprovaoCÓDIGODEOBRASdoMunicípio.

ACâmaraMunicipaldeSorocabadecretaeeupromulgoaseguintelei:

CÓDIGODEOBRAS ­­­­­­­­­­­­­­­­ CapítuloI ­­­­­­­­­­­­ NormasAdministrativas ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo1º­APrefeituradoMunicípiodeSorocaba,EstadodeSãoPaulo,tomacomoCódigopara

construçõesapresentelei,queregulamentatôdasasdisposiçõessôbreconstruções,reformas,

aumentos,demoliçõeseseusatoscomplementares.

Artigo2º­ParatodososefeitosdêsteCódigoficamadotadasasdefiniçõesgeraisseguintes:

A)­

Acréscimo­Éoaumentodeumaconstrução,quernosentidohorizontal,quernovertical,formando

novoscompartimentosouampliandooscompartimentosexistentes.

Adega­lugar,geralmentesubterrâneo,quepôrcondiçõesdetemperaturaeoutras,serveparaguardar

bebidas.

Aeroduto­condutodear,nasinstalaçõesdeventilação.

Águas­planooupanodecobertura.Exemplo:telhadodeáguas,telhadodequatroáguas,etc.

Águafurtada­pavimentohabitável,compreendidoentreofôrroeacoberturadaedificação.

Ala­partedaedificaçãoqueseprolongadeumououtroladodocorpoprincipal.Aaladireitaou

esquerdarefere­seàpartedaedificaçãoqueficaàdireitaouesquerdadoobservadorqueestácolocado

decostasparaafachadaprincipaldaedificação.

Alçapão­portaoutampohorizontalquepermiteentradaparadesvãodetelhadoouporão.

Alicerce­maciçodematerialadequado,queservedebaseparaasparedesdeumaedificação.

Alinhamento­éalinhalegal,reta,poligonaloucurvatraçadapelasautoridadesmunicipais,queserve

delimiteentreoterrenoeologradouropúblico.

Alpendre­coberturasalientedeumaedificação,sustentadapôrcolunas,pilaresouconsolos.

Altura­éocomprimentodavertical,nopontomédiodocomprimentohorizontal,dafachadaentreo

níveldaguiae:­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

a)opontomedianodascoberturasinclinadas,quandoêstepontonãoestiverencobertopôrfrontão,

platibandaouqualqueroutrocoroamento;

b)opontomaisaltodofrontão,platibandaouqualqueroutrocoroamento,quandoêstescoroamentos

excederemopontomedianodascoberturasinclinadas;

c)opontomaisaltodasvigasprincipais,nocasodascoberturasplanas.

Seoedifícioestivernaesquinadeviaspúblicasdedeclividadesdiversas,amedidaseráfeitanoponto

médiodaviabaixa.

Alvará­documentoexpedidopôrautoridadesmunicipais,queautorizaaconstruçãodecertasobras

particularessujeitasàfiscalização.

Andaime­Obraprovisóriaconstituindoplataformaelevada,destinadaasusterosoperárioseos

materiaisduranteaexecuçãodasobras.

Andar­Qualquerpavimentodeumaedificação,acimadoporão,embasamento,résdochão,lojaou

sôbre­loja;andar­térreo­éopavimentoacimadoporãooudoembasamentoenomesmoníveldavia

pública;primeiroandar­éopavimentoimediatamenteacimadoandartérreo,résdochão,lojaou

sôbre­loja.

Alvenaria­Obracompostadeblocosnaturais(mármore,granitos)ouartificiais(tijolos,blocosde

cimento,ligadospôrmeiodeargamassa).

Apartamento­conjuntodedependênciasconstituídodehabitaçãodistinta,compelomenos

umdormitório,umasala,umacozinhaou"Kitchenette"eum"hall"dedistribuiçãooucirculação.

Aprovaçãodeprojeto­atoadministrativoqueprecedeàexpediçãodoalvará.

Arcondicionado­araoqualsãoimpostascondiçõespré­estabelecidasdetemperaturaeumidadeeque

éunsufladonoscompartimentosourecintos,depoisdeconvenientementefiltrado.

Área­éoespaçolivreedesembaraçadocomtôdaasuaalturaeestendendo­seemtôdaalargurado

lote,dedivisalateral;

a)áreadefrenteéaqueseachaentreoalinhamentodeviapúblicaeafachadadafrentedoedifício;

b)áreadofundoéaqueseachaentreadivisadofundodoloteeadivisaposteriorestremadoedifício.

Áreaprincipal­áreaatravésdaqualseverificaailuminaçãoeventilaçãodoscompartimentosde

permanência(diurnaenoturna).

Áreasecundária­áreaatravésdaqualseverificaailuminaçãoeventilaçãodoscompartimentosde

utilizaçãosecundária.

Áreaaberta­áreacujoperímetroéabertoemumdosseusladosparaologradouropúblico.

Áreaedificadaouconstruida­áreadoterrenoocupadapelaedificação.

Áreaútil­superfícieutilizáveldeumaedificação,excluídasasparedes.

Áreafechada­áreaguarnecidaemtodoseuperímetropôrparedesoulinhasdedivisasdolote.

Áreaglobaloutotaldaconstrução­somadasáreasdetodosospavimentos.

Armazém­edificaçãousadaparaguardaoudepósitotransitóriodemercadorias.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Arquibancada­sucessãodeassentos,emváriasordensdefilas,cadaumaemplanomaiselevadodo

queaoutra.

Arcada­sériedearcoscontínuos.

Auditório­recintodecaracterísticasapropriadasaaudições.

Aumento­omesmoqueacréscimo.

B)­

Balanço­avançodaconstruçãosôbreoalinhamentodopavimentotérreoeacimadêste.

Bandeira­vedaçãofixaoumóvelnapartesuperiordasportasejanelas.

Barracão­éaedificaçãocoberta,fechadaemtôdasassuasfacesedestinadaafinsindustriais,

depósitosetc.,nãopodendoservirdehabitaçãonoturna.

BarracãodeObras­v.Galpãodeobras.

Beiraloubeirado­partedacoberturaquefazsaliênciasôbreoprumodasparedesexternas.

C)­

Calçada­pavimentaçãodoterrenodentrodomesmo.

Câmarafrigorífica­compartimentofechadoemantidoembaixatemperatura,parausosde

refrigeração.

Carramanchão­Obrarústica,emjardins,paraabrigoouparasustertrepadeiras.

Casa­residência,edificaçãodecaraterprivado.

Casademáquinas­compartimentoemqueseinstalamasmáquinascomunsdasedificações.

CasadeBombas­compartimentoemqueseinstalamasbombasderecalque.

Casa­fôrte­compartimentodeumaedificação,destinadoàguardadevalôres.

Consêrtodeumprédio­sãoasobrasdesubstituiçãodepartesinutilizadasdoprédio,desdequetais obrasnãoexcedamametadedetodooelementocorrespondenteemcadacompartimentoondedevam serexecutadas.Talexpressãocompreendetambémasobrasdesubstituiçãodepartesdasfachadas

mestras,quandotaisobrasnãoexcedamdolimitedeumquarto(1/4)dasuperfícierespectiva.São,

portanto,obrasemconstruçãoexistentes,quenãoalteremassuaslinhasessenciaisnemconstituam

acréscimos.

Consolidação­obrasouatodeaumentaraconsistênciadosterrenos;compactar.

Construção­deummodogeral,équalquerobrasnova.Atodeconstruir.

Contravento­travaduraorganizadaparaseopôràdeformaçãodeumaestruturaousuaqueda.

Copa­compartimentoauxiliardacozinha.

Corpoavançado­partedaedificaçãoqueavançaalémdoplanodasfachadas.

Corredor­éosaguãodequesegue,seminterrupçãodaruaouáreadefrenteatéaáreadofundo.

Cozinha­compartimentoemquesãopreparadososalimentos.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Corêto­espéciedearmaçãoconstruidaaoarlivre,destinadoaespetáculospúblicos.

Cota­indicaçãoouregistronuméricodasdimensões.

Cúpula­abóbadaemformadesegmentodeesfera.

D)­

Degráu­desnivelanentotomadopôrduassuperfíciescontíguas.

Dependências­denominaçãogenéricaparagaragens,aposentos,instalaçõessanitáriaseoutros

compartimentoslocalizadosaomesmolote,masseparadanentedoedifícioprincipaldequeconstituam

serventia.

Depósito­edificaçãodestinadaàguardaprolongadademercadorias.

Desvão­espaçocompreendidoentreotelhadoeofôrrodeumaedificação.

E)­

Edificar­construiredifícios.

Edícula­omesmoquedependência.

Elevador­máquinaqueexecutaotransporte,emaltura,depessôasoumercadorias.

Embassamento­parteinferiordeumaedificação.Pavimentoquetemopisosituadoabaixodoterreno circundanteexteriorcomacondiçãodoníveldoterrenonãoestaracimadaquartapartedopé­direito,

quepôrsuavezdeveserigualousuperioradoismetrosecinquentacentímetros(2,5m).

Empachamento­atodeutilizarqualquerespaçodedomíniopúblicoparafinalidadediversa.

Entulho­materiaisusadosoufragmentosrestantesdademoliçãoouconstrurção.

Escada­elementosdeconstruçãoformadopôrumasucessãodedegráusequepermiteacomunicação

entreduassuperfíciesdeníveisdiferentes.

Escadarias­sériedeescadasdispostasemdiferenteslanceseseparadaspôrpatamares,oupavimentos.

Escala­relaçãodehomologiaexistenteentreodesenhoeoqueêlerepresentanarealidade.

Escoramento­estrutura,emgeral,demadeira,paraarrimarparedesqueameaçamruir,evitar

desabamentodeterrenooupossibilitaroutrosserviços.

Esgôtos­abertura,canopôrondeesgotaouafluequalquerlíquido,Particularmente,éocondutor

destinadoacoletaráguasservidaselevá­lasparalugaradequado.

Espigão­arestasalienteeinclinadadotelhado.

Espêlho­superfícieverticaldedegráudaescada.

Esquadria­têrmogenéricoparaindicarportas,caixilhos,venezianas,vedaçõesmóveiseoutros.

Estábulo­construçãoapropriadaaoabrigodogadovacum.

Estuque­argamassadecaleareiasimplesoudemisturacompódemármore,gêssoououtromaterial

queformamotetodeumaposento.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Estribo­peçadeferrochatoqueligaopenduralaotirante,nastesouras.

F)­

Fachada­elevaçãodaspartesexternasdeumaconstrução.

Fachadaprincipal­éavoltadaparaologradouropúblico.

Fachadasecundária­étôdaaquelaquenãoévoltadaparaologradouropúblico.

Fiada­carreirahorizontaldetijolos,pedraoubloco.

Fôrro­revestimentodaparteinferiordomadeiramentodotelhado.Coberturadeumpavimento.

Fossa­covaoupôçofeitodeterraparafinssanitáriosdiversos.

Fossaséptica­recipientedeconcretooudealvenariarevestida,emquesedepositamaságuasdo

esgôtoeservidas,eondeasmatériasorgânicasemsuspensãosofremprocessoquímicomodificativo.

Frentedelote­divisadolotecontíguaaologradouropúblico,facultandoaoproprietárioescolher

aquelaque,comotal,devaserconsiderada,quandoolotefôrdeesquina.

Frigorífico­construçãocompostaessencialmentedecâmarasfrigoríficas.

Fundação­partedaconstruçãoque,estandoabaixodoníveldoterreno,transmiteaosoloascargasdos

alicerces.

Fundodolote­ladoopostoàfrente.Nocasodelotetriangular,emesquina,ofundoéoladodo

triânguloquenãoformatestada.

G)­

Gabarito­dimensão,prèviamentefixada,quedefinelarguradoslogradouros,alturadasedificações,

etc.

Galpão­construçãoconstituidapôrumacobertura,abertaemumaoumaisfacesmaioresedestinadas

sòmenteafinsindustriaisouadepósitoeabrigo,nãopodendoservirdehabitação.

GalpãodeObras­dependênciaprovisóriadestinadaàguardademateriais,escritóriosdaobraou

moradiadovigia,enquantoduraremosserviçosdeconstrução.

Galeriapública­passagemcobertaemumedifício,ligandoentresidoislogradouros.Recuoda

construçãonopavimentotérreo,tornandoapassagemcoberta.

Galeriadelojas­pavimentoquecobrepartedalojaedestinadoausoexclusivodamesma.

H)­

Habitação­éaconstruçãooufraçãodeedifícioocupadocomodomicíliodeumaoumaispessôas:­

a)­habitaçãoparticularéaquelaocupadapôrumúnicoindivíduoouumaúnicafamília;

b)­habitaçãocoletivaéaquelaocupadapôrmaisdeumafamília.

Nahabitaçãoparticulardistinguimosdoistipos:

1)­habitação"popular"e

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

2)­habitação"residencial",conformeonúmeroedimensõesdosaposentosepeçasquecompõema

habitação.

Nahabitaçãocoletivadistinguimosdoistipos:

1)­habitaçãocoletivaem"apartamentos"e

2)­habitaçãocoletivaem"Hoteis",conformeonúmeroedimensõesdosaposentosepeçasque

compõemahabitação. Pôrhabitaçãopopular,entendemosaquelaquepossui,nomínimo,umaposento,umacozinhae compartimentoparalatrinaebanheiroe,nomáximo,trêsdormitórios,umasala,cozinhae

compartimentoparabanheiroelatrinanãoultrapassando60m2(sessentametrosquadrados).

Pôrhabitaçãoresidencial,entendemosequelaquepossuindoumnúmerodeaposentosepeçasdetal

ordem,queasdimensõesexcedamoslimitesdemáximosfixadosparaashabitaçõesdotipopopular.

Hall­dependênciadeumaedificaçãoqueservecomoligaçãoentreosoutroscompartimentos.

Hotel­prédiodestinadoaalojamento,quasesempretemporário.

I)­

Iluminação­distribuiçãodeluznaturalouartificialnumrecintooulogradouro.Arteetécnicade

iluminarosrecintosalogradouros.

Indústria­localondepôrmeiodetransformação,fabrica­seouproduz­sealgumacoisa.

IndústriaRural­sãoaquelasquedevidoaoprodutofabricado,devempermanecernaZonaRural.

IndústriaBásica­sãoaquelasqueproduzemosmateriaisbásicosepesadoseinstalam­seemZona

Industrial.

IndústriaComplementar­sãoaquelasqueproduzemartigoscomplementaresepodemlocalizar­se

juntoàresidencias.

IndústriaCentral­sãoaquelasquedevidoàssuascaracterísticaseprodutos,devemlocalizar­sejunto

aonúcleocentralecomercialdacidade.

IndústriaResidencial­sãoaquelasquedevidoaosseusprodutos,podemedevemlocalizar­seem

zonasresidenciais.

IndústriasEspeciais­sãoaquelasquedevidoaprodutosespeciaislocalizam­seemlocaisespeciais.

IndústriaIncômoda­sãoaquelasque,pelaproduçãoeruídos,emissãodepoeira,fumo,fuligem,

exalaçãodemáusodoreseoutros,podemconstituirincômodoparaavizinhança.

IndústriaNociva­sãoaquelasquepôrqualquermotivo,podemtornarem­seprejudiciaisàsaúde

pública.

IndústriaPerigosa­sãoaquelasquepôrnaturezapodemconstituirperigoàvizinhança.

J)­

Janela­aberturanaparededeumaedificação,paradarentradadeluzoudoaraointeriorda

construção.

Jirau­plataformademadeiraintermediáriaentreopisoeotetodeumcompartimento.

L)­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Ladrão­tubodedescarga,colocadonosdepósitosdeágua,banheiro,piasetc.paraescoamento

automáticodoexcessodeágua.

Ladrilho­peçadematerialespecialdestindoàpavimentaçãoerevestimento.

Laje­obracontínuadeconcretoarmado,constituindosobrado,outetodeumcompartimentoepisodo

compartimentosuperior.

Lambris­revestimentodemadeiranasparedesdeumprédio.

Lance­comprimentodeumpanodeparede,muroetc Partedeumaescadaqueselimitapôrpatamar.

Lanternim­telhadosôbrepostoàscumieiras,permitindoailuminaçãoeventilaçãodasgrandessalas,

oficinasedepósitos.

Larguradeumarua­distânciamedidaentreosalinhamentosdasduasfacesdamesma.

Latrina­instalaçãosanitária,tambémdenominadaprivadaouW.C

Lavabo­lavatóriopequenocomáguaencanadaeesgôto.

Lavanderia­compartimentoouoficinaparalavagemesecagemderoupas.

LogradouroPúblico­partedasuperfíciedacidade,destinadaaotrânsitoeaousopúblico,oficialmente

reconhecidoedesignadopôrumnome,deacôrdocomalegislaçãoemvigor.

Loja­rés­do­chãodestinadoaocomércio,aescritórioprofissionalouindústrialeve.

Lote­porçãodeterrenoquefazfrenteoutestadaparaumlogradouropúblico,descritaelegalmente

asseguradapôrumaprovadedomínio.

Lotedefundo­éoencravadoentreoutrosecomentradalivrepôrlogradouropúblico.

M)­

Madeiramento­denoninaçãogenéricaparadesignarasmadeirasnasarmadurasdetelhado.

Manilha­tubodebarrovidradoqueseusanascanalizaçõessubterrâneasdeesgôtos.

Mansarda­omesmoquesótão,compartimentocompreendidoentreotelhadodoúltimopavimentode

umaedificação.

MãodeObra­trabalhomanualquefazemosoperáriosnasconstruções.

Marquise­coberturaoualpendregeralmenteembalanço.

Meia­água­coberturaconstituidadeumsóplanodotelhado.

Meia­parede­paredequenãoatingeotetodopavimento.

Meio­fioouguia­pedradecantariaoupeçadeconcretoqueseparaemdesnívelopasseiocarroçável

dasestradaseruas.Cordão

Memorialoumenória­descriçãocompletadosserviçosaseremexecutadosemumaobra,acompanha

oprojeto.

Mercado­estabelecimentocomercialdestinadoàvendadeprodutosalimentíciosemanufaturasem

geral,subdivididosempequenasáreasou"boxes"individuais,quepertencemàproprietáriosdistintose

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

quecomerciamindependentemente.

Monte­carga­elevadordebaixavelocidade,destinadoexclusivamenteàmovimentaçãodeobjetos

pesados.

Muralha­murodegrandealturaeespessura.Paredão.

Muro­maciçodealvenariadepoucaalturaqueservedevedaçãoouseparaçãoentreterrenos

contíguos,entreedificaçõesouentrepartesdomesmoterreno.

Murodearrimo­obradestinadaàsustaroempuxodasterrasequepermitedaraestasumtalude

verticalouinclinado.

N)­

Nicho­reentrânciaemparede,paracolocaçãodeelementosdecorativoounão.

Nivelamento­regularizaçãodoterrenopôrdesatêrrodaspartesaltas,enchimentodaspartesbaixas.

Determinaçãodasdiversascotaseconsequentementedasaltitudes,delinhatraçadanoterreno.

NormasTécnicasBrasileiras­recomendaçãodaAssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas(A.B.N.T.),

seguidasemcódigotécnico,comoopresente.Escreve­seabreviadamentecomoB.N.T.

Núcleo­conjuntodeedificaçõesdentrodeumbairrosujeitoàcondiçõesespeciais.

O)­

Obra­resultadodeaçãodeartífices.

Óculo­janeladedimensõesreduzidas,geralmentedeformacircularouderivada.

Oitão­coroamentodeparedeentreestaeotelhado,deformatriangular.

P)­

Palanque­estradoalto,coberto,quearmaaoarlivre.

Para­raios­dispositivodestinadoàprotegerosedifícioscontraosefeitosdasdescargaselétricasda

atmosfera.

Parapeito­reguardodemadeira,ferrooualvenaria,geralmentedepequenaaltura,colocadonosbordos

dassacadas,terraços,ponteseetc.paraproteçãodaspessôas.Guarda­corpo.

Paredão­Muralha.

Parede­maciçoqueformaavedaçãoexternaeinternadosedifícios.

Parede­espêlho­paredesdetijoloscolocadosnoaltoecujaespessuraéportanto,igualàmenor

dimensãodotijolo.Tambémdenominadaparededeumquarto(1/4).Tambémfeitadeconcretoou

outromaterialsemelhante.

Parededemeação­paredecomumàedificaçõescontíguas,cujoeixocoincidecomalinhadivisória

doslotes.

Partesessenciais­paraefeitosdealteraçõesemprojetosaprovadosouemedifíciosexistentes,suas

partesessenciaissão:­alturamáximadosedifícios,alturamínimadospés­direitos;espessuramínima

dasparedes;superfíciemínimadopisodoscompartimentos;superfíciemínimadeiluminação;

dimensõesmínimasdossaguões;corredoreseáreasexternaserecúosmínimosestabelecidos.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Passeio­éapartedologradouropúblicodestinadoaotrânsitodepedestres.

Patamar­superfíciedeescada,demaiorprofundidadequeodegráu.

Pátio­recintodescoberto,nointeriordeumaedificaçãooumuradoecontíguoaala,situadono

pavimentotérreo.

Pavimento­planoquedivideasedificaçõesnosentidodealtura.Conjuntodedependênciassituadasno

mesmonível,compreendidasentredoispisosconsecutivos.Piso.

Pavimentotérreo­éopavimentosôbreosalicercesounorésdochão.

Pé­direito­éadistânciaverticalentreopisoeotetodeumcompartimento.

Peitoril­coroamentonaparteinferiordovãodejanelas.

Pérgola­construçãodecaráterdecorativo,destinadaaservirdesuporteàplantastrepadeiras.

Pilar­elementoconstrutivoqueservedesuporteparaasedificações.

Piscina­tanque,artificialmenteconstruidoparanatação.

Piso­chão,pavimentação,partehorizontaldodegráudasescadas,pavimento.

Planta­desenhodeedifíciofeitopôrplanohorizontalpassandopelospeitorisdasjanelasoudistando

cêrcade1m.dopiso.

Platibanda­coroamentosuperiordasedificações,formadapeloprolongamentodasparedesexternas

acimadofôrro.

Poçodeventilação­áreadepequenasdimensõesdestinadaàventilarcompartimentodeusoespeciale

decurtapermanência.

Pontaleto­qualquerpeçacolocadanoprumoouligeiramenteinclinadaequetrabalhacomprimida.Na

TesouradoTelhado,éapeçaverticalqueseapoianotensor,juntoàextremidadedatesousa,eque

sustentaaflexãodeempena.

Porão­pavimentodeedificaçãoquetemmaisdaquartapartedopé­direitoabaixodoterreno

circundante.

Pórtico­portaldeedifíciocomalpendre.Passagemougaleriacobertaemfrentedoedifícioouque

serveparadaringressonointeriordoslotes.

Postigo­portapequenafeitaemportamaior.Pequenocaixilhomóvelemportasexternas.

Postura­regulamentosôbreassuntodejurisdiçãomunicipal.

Prédio­construçãodestinadaàmoradia,depósitoououtrofimsimiliar.

Profundidadedelote­éadistânciaentreatestadaoufrenteeadivisaopostaoufundo,medida

segundoumalinhanormalàfrente.Seaformadolotefôrirregular,avalia­seaprofundidademédia.

Q)­

Quarto­compartimentodestinadoàhabitaçãonoturna.Dormitório.

R)­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Reconstrução­atodeconstruirnovamante,nomesmolocalecomasmesmasdimensõesuma

edificaçãooupartedelaequetenhasidodemolida.

Recuo­éoespaçodeterrenolivrepertencenteàpropriedadeparticularsituadoentreoalinhamentodo

logradouroeoedifício.

Reentrância­éaárea,emcontinuidadecomumaáreamaiorecomestasecomunicando,limitadapôr

umalinhapoligonaloucurvaeguarnecidadeparedesou,empartespôrdivisadolote.

Reforma­éoconjuntodeobrasdestinadasaalterarumedifícioexistente,atingindosuaspartes

essenciais,pôrsupressão,acréscimooumodificação.

Residência­prédioocupadocommoradiapôrumafamília.Otêrmonãoseaplicaaosapartamentos,

casasdepensãoehospedaria.

Rodapé­elementodeconcordânciadasparedescomopiso:

Ruaparticular­éologradouronãoreconhecidoouaceitooficialmentepelaPrefeituracomovia

pública,porém,reconhecidapelamesmacomoviaparticular.

S)­

Sacada­varandasaidaparaforadaparede,combalaustradaouqualqueroutrotipodeguardacorpo.

Saguão­partedescobertadoedifício,fechadapôrparedesemparteouemtodooseuperímetro.

ConformeasdimensõeseodestinopodetomaradenominaçãodePoço,SaguãoInterno.Éofechado

emtodooseuperímetropelopróprioedifício.SaguãoDivisaéofechadoemtodooseuperímetropelo

prédioepeladivisadolote.SaguãoExternoéoquedispõedefacelivre,ou"boca"abertaparaaárea

defrenteoudedivisa.

Saliência­elementosdaconstruçãoqueavançaalémdosplanosverticaisdasfachadas.

Sapata­partemaislargadosalicercesapoiadasôbreasfundações.

Servidão­encargoimpostoàqualquerpropriedadeparapassagem,proveitoouserviçodeoutra

propriedadepertencenteadonodiferente.

Seteiras­aberturasdeaproximadamente10x20cmparapermitirpassagemdeluz.

Soalho­pisodetábuasapoiadassôbrevigasouguias.

Sôbre­loja­éopavimentodepé­direitoreduzido,nãoinferiorporéma2,5m,esituadoimediatamente

acimadopavimentotérreo.

Soleira­parteinferior,nopiso,devãodaporta.

Sub­solo­pavimentosituadoabaixodopisotérreodeumaedificaçãoedemodoqueorespectivopiso

esteja,emrelaçãoaoterrenocircundante,aumadistânciamaiordoqueametadedopé­direito.

T)­

Tabique­parededelgadaqueserveparadividircompartimentos.

Tapume­vedaçãoprovisóriafeitadetábuas.Nas0brasconstruidasnosalinhamentos,devehaver

tapumesqueevitenaquedademateriaissôbreaviapública.

Telaargamassada­resultadodorecobrimentodeumatelametálicacomargamassautilizadacomo

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

fôrrodeedificaçõesouemparedesdivisórias.

Telhado­partesuperiordasresidênciasqueasobrigadasintempéries;conjuntodemadeiramentoe

materialderevestimentodacobertura.

Telheiro­éaconstruçãoconstituídaporumacoberturasuportada,pelomenosemparte,pormeiode

colunasoupilares,abertaemtôdasasfacesouparcialmentefechada.

Terraço­coberturadeumaedificaçãooupartedamesmaconstituindopisoacessível.

Testadaoufrente­distânciamedidaentredivisaslindeirassegundoalinhaqueseparaologradouroda

propriedadeprivadaequecoincidecomoalinhamento.

Teto­omesmoquefôrro.

V)­

Valaouvaleta­Escavaçãoparaalicerceouparainstalaçãodeencanamentodeágua,gásouesgôto.

VãoLivre­distânciaentredoisapôios,medidaentreasfacesinternas.

VãoLuz­distâncialivreeútilentreduasextremidades.

Vestíbulo­entradadeumaedificação,espaçoentreaportadeingressoeaescadariaemátrio.

Viapública­sãoasavenidas,ruas,alamedas,travessas,praças,parques,estradas,caminhoeetc.de

usopúblico.

VistoriaAdministrativa­dilegênciaefetuadaporprofissionaishabilitadosdaPrefeitura,tendoporfim

verificarascondiçõesdeumaconstrução,deumainstalaçãooudeumaobraexistente,emandamento

ouparalizada,nãosóquantoàresistênciaeestabilidade,comoquantoàregularidade.

VistoriaSanitária­diligênciaefetuadaporfuncionáriosdaPrefeitura(funcionáriosautorizados)como

fimdeverificarseahabitaçãosatisfazàscondiçõesdehigieneparaaconcessãodo"habite­se".

Vistoriatécnicaparahabitar­diligênciaefetuadaporfuncionáriosdaPrefeituracomofimdeconstatar

aconclusãodeumaobraparaadevidaconcessãodo"habite­se".

Artigo3º­OsverbosempregadosnesteCódigo,notempopresente,incluem,também,otempofuturo

evice­versa.Aspalavrasdogênerofemininoincluemomasculinoevice­versa.Osingularincluio

pluralevice­versaabrangendo,indistintamente,pessôasfísicasejurídicas.

CAPÍTULOII ­­­­­­­­­­­­ DascondiçõesgeraisdasEdificações ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­ SECÇÃOI ­­­­­­­­­ Isolação,IluminaçãoeVentilação ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo4º­Parafinsdeiluminaçãoeventilação,todoocompartimentodeverádispôrdeabertura

comunicandodiretamentecomlogradouroouespaçolivredentrodolote.Essaaberturapoderáserou

nãoemumlugarplanoverticaleestarsituadaaqualqueralturaacimadopisodocompartimento.

§1º­Excetuam­seoscorredoresdeusoprivativo,osdeusocoletivoaté10m,decomprimento,as

caixasdeescadas,poçosehalldeelevadores.

§2º­Paraefeitodeiluminaçãoeventilaçãosóserãoconsideradasasaberturasdistantesnomínimo,

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

1,50mdasdivisasdolote,excetuadaaqueconfinacomaviapública,easfrestas,seteiras,ouóculos

paraluz,nãomaioresdedezcentímetros(0,10m)delarguraporvintecentímetros(0,20)de

comprimento.

§3º­Paraefeitodainsolação,serãotambémconsideradososespaçoslivrescontíguosdeprédios

vizinhosdesdequegarantidosporrecuoslegaisobrigatóriosouservidãoemformalegal,devidamente

registradanoRegistrodeImóveis,daqualconsteacondiçãodenãopoderserdesfeitasem

consentimentodaMunicipalidade.

§4º­Osespaçoslivrespoderãosercobertosatéonívelinferiordasaberturasnopavimentomaisbaixo

porêlesinsolado,iluminadoouventilado.

§5º­Quandoaaberturacomunicarcomoexterioratravésdoalpendre,pórticoououtraqualquer

abertura,deveráserobservadoodispostonoartigo18.

§6º­Paraefeitodeinsolaçãoeiluminação,asdimensõesdosespaçoslivres,emplanta,serãocontadas

entreasprojeçõesdassaliências,taiscomobeirais,balcões,pórticoseoutrasexcetonasfachadas

voltadasparaoquadrantenorte.

Artigo5º­Oslogradourose,bemassim,asáreasresultantesderecúosdefrentelegaisobrigatórios,

serãoconsideradosespaçoslivressuficientes,paraefeitodeinsolação,iluminaçãoeventilação.

Artigo6º­Paraefeitodeinsolação,osespaçoslivresdentrodoloteserãoclassificadosemabertose

fechados.Paraêssefim,alinhadivisóriaentreosloteséconsideradacomofecho,ressalvadoo

dispôstonoartigo4º.

Artigo7º­Oprojetodeveráterdemonstraçãográficadequeparaefeitodeinsolaçãodedormitórios,

serãosuficientesasdimensõesadotadasparaosespaçoslivres.Essademostraçãoteráporbase:­

I­Asalturasdosól,das9,00às15,00horasdodiamaiscurtodoano(solstíciodeinverno);

II­Alturadasparedesdoedifícioprojetado,medidaapartirdeumplanohorizontalsituadaa1,00m

acimadopisodopavimentomaisbaixoaserisolado(planodeinsolação);

III­Nademonstraçãoseadotaráahipótesedequeexistamdasdivisasdolote,paredesdeprédios

vizinhoscomalturaigualamáximadasparedesprojetadas,salvoquandoolimiteprimitivoparao

localforinferioràqueledoprojeto,justificadopordiagramadeinsolação.

IV­Nessesespaçoslivresfechados,ounosabertos,apenasnasfacesvoltadasparaosquadrantesSE

ouSW,oplanodeinsolaçãodeveráserbanhadopelosolnomínimoduranteumahora.

Artigo8º­Considerem­setambémsuficientesparaainsolaçãodedormitóriosindependentesda

orientação,osespaçoslivresfechados,deformaedimensõestaisquecontenham,emplanohorizontal,

áreaequivalenteaH2/4ondeHrepresenta,sempreadiferençadenívelentreotetodopavimentomais

altodoedifícioeopisodopavimentomaisbaixoemquehajadormitório,pelomesmoespaçolivre

insolado.

1)­Épermitidooescalonamento,devendoentãoparaocálculodoespaçolivrecorrespondenteàcada

pavimento,sucessivamenteinferior,serdeduzidadaHadiferençadenívelentreotetodopavimento

maisaltodoedifícioedopavimentoconsiderado.

2)­AdimensãomínimadêsseespaçolivrefechadoserásempreigualoumairqueH/4nãopodendo

emcasoalgum,serinferiora2,00metros.

3)­Aáreadêssesespaçoslivresnãopoderáserinferiora10metrosquadrados.

4)­Osespaçoslivresfechadospoderãoterqualquerformadesdequeemqualquerposiçãodêstes,no

planohorizontalconsiderado,possaserinscritoumcírculodediâmetroigualaH/4.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

5)­Nessesespaçoslivresfechadosnãoépermitidoinsolardormitóriosdesdequeêssecompartimento

sóapresenteaberturasparaoexteriorvoltadasparaasdireçõescompreendidasentreSEeSW.

Artigo9º­Osespaçoslivresabertosemduasfacesopostascorredores,quandoparaisolaçãode

dormitórios,independentesdasuaorientação,sóserãoconsideradossuficientessedispuseremde

larguraigualoumaiorqueH/5,comomínimoabsolutode2,50m.

Artigo10­Parainsolaçãodecompartimentosdepermanênciadiurna,serásuficienteoespaçolivre

fechado,deáreamínimade10,00metrosquadradosnabaseaacréscimode6metrosquadradospara

cadapavimentoexcedente.Arelaçãoentreasdimensõesdêsseespaçolivrenãopoderáserinferiorade

2:3.

Artigo11­Paraailuminaçãoeventilaçãodecozinhas,despensasecopasaté3pavimentos,será

suficienteoespaçolivrefechado,deáreamínimade6metrosquadradoscomoacréscimode2metros

quadradosparacadapavimentoexcedentedostrês.Adimensãomínimaseráde2,00metros,

respeitando­seentreseusladosarelação2:3.

Artigo12­Paraaventilaçãodecompartimentossanitários,caixasdeescadaecorredoresdemaisde

10metrosdecomprimento,serásuficienteoespaçolivrefechado,até4pavimentosdeáreamínimade

4,00metrosquadrados.Paracadapavimentoexcedentedêsses4haveráumacréscimode1,00metro

quadradoporpavimento.Adimensãomínimanãoseráinferiora1,50mrespeitando­seentreas

dimensõesarelação2:3.

Artigo13­Quandosetratadeedifíciosdestinadosahotéis,lojas,escritóriosouapartamentos,será

admitidaventilaçãoindiretaouventilaçãoforçadadecompartimentossanitários,mediante:­

I­Ventilaçãoindiretapormeiodefôrrofalso,atravésdecompartimentocontíguoobservadoo

seguinte:

a)alturalivrenãoinferiora40centímetros;

b)larguranãoinferiora1,00m;

c)extensãonãosuperiora5metros;

d)comunicaçãodiretacomoexterior;

e)abocavoltadaparaoexteriordeveráserprovidadetelametálicaeapresentarproteçãocontraágua

dechuva.

II­Ventilaçãofôrçadapormeiodechaminédetiragem,subordinadaàsseguintesexigências:­

a)asecçãotransversaldeverásercapazdeconterumcírculode0,60mts.dediâmetroeterárea

mínimacorrespondenteà6dm2pormetrodealtura;

b)Terãonabasecomunicaçãocomoexteriordiretamenteoupormeiodeductos,comsecção

transversalcujasdimensõesnãosejaminferioresàmetadedasexigidasparachaminé,comdispositivos

pararegularaentradadoar.

Artigo14­Osespaçoslivresabertosemduasfacesopostas(corredores)serãoconsideradossuficientes

paraainsolaçãodecomodosdepermanênciadiurna,quandodispuseremdelarguraigualousuperiora

H/8,respeitando­seomínimoabsolutode2,00m.

Parágrafoúnico­Hrepresentasempreadiferençadenívelentreotetodopavimentomaisaltodo

edifícioeopisodaquêlemaisbaixo,voltadoparaocorredor,emquesesituemcômodosde

permanênciadiurna.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo15­Odispostonoartigoanterior,aplica­seaosespaçoslivresabertosemumaface,desdeque

essaaberturasejavoltadaparaoquadranteNEeNW.

Artigo16­Osespaçoslivresabertosemduasfacesopostas(corredores),serãoconsiderados

suficientesparailuminaçãoeventilaçãodecozinhas,copasedespensas,quandodispuseremdelargura

igualousuperioraH/12,comomínimoabsolutode1,50mts.

Parágrafoúnico­Nesteartigo,"H"representaadiferençadenívelentreotetodopavimentomaisalto

doedifícioeopisodaquêlemaisbaixo,voltadoparaocorredorcujaspeçassedesejailuminare

ventilar.

Artigo17­sãopermitidasreentrânciasparailuminação,ventilaçãoeinsolaçãodecompartimentos,

desdequesuaprofundidade,medidaemplanohorizontalnãosejainferioràsualargura,respeitando­se

omínimoabsolutode1,50m.

Parágrafoúnico­Nasfachadasconstruidasnoalinhamentodaviapública,sóserápermitido

reentrânciaobservadoopresenteartigo,acimadopavimentotérreo.

Artigo18­Nãoserãoconsideradosinsoladosouiluminadososcompartimentoscujaprofundidade,a

partirdaaberturailuminante,formaiorquetrêsvezesoseupédireito,ou2,5alargura,incluidana

profundidadeaprojeçãodasaliência,pórtico,alpendreououtracobertura.

§1º­Nocasodelojasaprofundidademáximapermitidaserádecinco(5)vêzesoseupédireito.

§2º­Excetuam­sedasexigênciasdêsteartigooscompartimentossanitários.

Artigo19­Ospórticos,alpendres,terraçosouqualquercoberturaqueserviremdecomunicaçãocomo

exterior,paraasaberturasdestinadasainsolação,iluminaçãoouventilação,deverãoobedecerao

seguinte:­

a)­aáreadapartevazadadaelevaçãodessascobertura,deverásernomínimo1/5dasomadasáreas

doscompartimentosedacobertuta;

b)­nocáculodasuperfícieiluminantedequetrataoartigoseguinte,serácomputadatambémaáreade

cobertura;

c)­aprofundidadenãopoderásersuperioràsualarguraenemexcederaalturadopédireito;

d)­opontomaisbaixonãopoderádistardopisomenosque2,00m.

Artigo20­Asaberturasdestinasainsolação,iluminaçãoouventilação,deverãoapresentaras

seguintesáreasmínimas:­

a)­1/8daáreaútildocompartimento,quandovoltadaparalogradouro,áreadefrenteouáreade

fundo;

b)­1/7daáreaútildocompartimento,quandovoltadaparaespaçoabertoemduasfacesopostas

(corredor);

c)­1/6daáreaútildocompartimento,quandovoltadaparaespaçolivrefechado.

Parágrafoúnico­Metadenomínimodaáreailuminanteexigidadeveráserdestinadaaventilação.

Artigo21­Nosespaçoslivresgarantidoresdeinsolação,iluminaçãoouventilação,nãopoderãoser

exigidosconstruçõesdequalquernatureza,ressalvadoodispostonoartigo4.

Parágrafoúnico­Odispostonesteartigoseaplicamesmonocasodeviraseroespaçolivre

incorporadoalotevizinho,deoutroproprietário.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

SECÇÃOII ­­­­­­­­­­ DimensõesMínimasdeCompartimentos ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo22­Oscompartimentosdashabitaçõesdeverãoapresentarasáreasmínimasseguintes:­

I)­Salas:­8metrosquadrados(8m2);

II)­Quartosdevestiroutoucador:­6metrosquadrados(6m2);

III)­Dormitórios:­

a)­quandodetratardeumúnico:­12m2alémdasala;

b)­quandosetratardemaisdedois,10m2paraumdêlese8,00m2paracadaumdosdemais,

permitindo­seumcomáreade6,00m2.

§1º­Nahabitaçãoquesódisponhadeumaposento,aáreamínimadêsteserá16m.q.

§2º­Nosprédiosdeapartamentosdehabitaçãocoletiva,cadamoradiaseráconsiderada

comohabitação.

§3º­Aáreadosdormitóriosserácalculadasemincluiradotoucadoroudoquartodevestir.

Artigo23­Osdormitóriosesalasdevemapresentarformaedimensõestaisquepermitamtraçar,no

planodopisoumcírculode2,00mdediâmetro.

Artigo24­Asparedesconcorrentesqueformamângulomenorouigualasessentagraus(60º)deverão

serligadasporumaterceiracomaextensãomínimade60cmnormalaumadasparedesouabissetriz

doânguloporelasformado.

Artigo25­Osarmáriosembutidoscomáreasuperiora3m.q.nãopoderãoterprofundidadesuperiora

1m.,excetoquandoligadosdiretaeexclusivamenteàdormitórios.

Artigo26­Quandooátrio,entradaouvestíbuloestivernoalinhamentodaviapública,asualargura

mínimaseráde1,30m.

Artigo27­Épermitidoumcompartimento,voltadoparaosespaçoslivresfechadosdequetratao

artigo1ºdesdequesatisfaçaasseguintescondições:­

a)­áreanãoinferiora6m2enãosuperiora7m.q.;

b)­amenordimensãonãoinferiora2,00m;

c)­pédireitonãoinferiora2,50m.

Artigo28­Emqualquerhabitaçãoaspeçasdestinadasadepósito,despensaourouparia,tendoárea

superiora2m.q.,deverãosatisfazerasexigênciasdoartigo27.

SECÇÃOIII ­­­­­­­­­­­ Copas,CozinhaseDespensas ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo29­Aáreamínimadascozinhasseráde6m.q.

§1º­Quandoacozinhaestiverligadaàcopa,pormeiodevãocom1,50mdelarguramínima,aárea

útilmínimaseráde4m.q.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

§2º­Nosapartamentosquanãodisponhamdemaisdeumasalaeumdormitório,aáreamínimadas

cozinhasseráde4m.q.

Artigo30­Ostetosdascozinhasquandosituadossoboutropavimento,deverãoserdematerial

incombustível.

Artigo31­Ascozinhasnãopoderãotercomunicaçãodiretacomcompartimentossanitáriose

dormitórios.

Artigo32­Nascozinhasdeverásergarantida,adicionalmente,ventilaçãopormeiodeaberturas

próximasaopisoeaoteto.

Artigo33­Aáreamínimadascopasseráde4m.q.

Artigo34­Nascopasecozinhasospisoseasparedesaté1,50mdealturaserãorevestidosdematerial

liso,impermeáveleresistenteàfrequenteslavagens.

Artigo35­Acopaquandoligadaàcozinhapormeiodeaberturadesprovidadeesquadria,nãopoderá

tercomunicaçãodiretacomcompartimentosanitárioedormitório.

Parágrafoúnico­Sóserãoconsideradascopas,nashabitações,oscompartimantosqueserviremde

passagementreacozinhaeasaladerefeições.

Artigo36­Asdespensasdeverãosatisfazeràsexigênciascontidasnosartigos27e28.

SECÇÃOIV ­­­­­­­­­­ CompartimentosSanitários ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo37­Tôdaahabitaçãodeverádispôrdeumcompartimentosanitárionostêrmosdoartigo40,

parágrafoúnico.

Artigo38­oscompartimentossanitáriosatenderãoaoseguinte:­

a)­quandocomportaremalémdabanheiraouboxparachuveiro,outroaparêlhosanitário,aárea

mínimaseráde3,20m.q.;

b)­quandodestinadossòmenteàbanheiraouboxparachuveiro,aáreamínimaseráde2,50m.q.;

c)­quandodestinadoacomportarsòmentealatrina,tolerando­seainstalaçãodochuveiro,aárea

mínimaseráde1,50m.q.;

d)­havendobanheira,asdimensõesserãotaisquepermitamumcírculoderaioiguala0,75m;não

havendobanheira,amenordimensãoseráde1m;

e)­nocasodeagrupamentodeaparêlhossanitáriosdamesmaespécie,ascelasdestinadasàcada

aparelho,serãoseparadaspordivisãocomalturamáximade2,20m,cadacelaapresentarásuperfície

mínimade1m.q.ecomadimensãomínimade0,90m.Oacessoserámedianteumcorredorcom

larguranãoinferiora0,90m.

Artigo39­Oscompartimentossanitáriosnãopoderãotercomunicaçãodiretacomsalasderefeições,

cozinhasoudespensas.

Artigo40­Noscompartimentossanitáriosprovidosdeaquecedoragás,carvãoousemelhante,deverá

sergarantida,adicionalmente,aventilaçãopormeiodeaberturaspróximasaopisoeaoteto.

ParágrafoÚnico­Noscompartimentossanitáriosdeusocoletivo,deverásergarantidaaventilação

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

permanentecomsuperfícienãoinferiora40dm2.

Artigo41­Noscompartimentossanitáriosasperedesaté1,50mdealturanomínimo,ospisos,serão

revestidosdematerialimpermeáveleresistenteàfrequenteslavagens.

SECÇÃOV ­­­­­­­­ Adelas,CantinaseDepósitos ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo42­Asadegas,cantinasedepósitosnashabitaçõesterãoáreamínimade4m.q.,observando­se

ainda:­

a)­amenordimensãoseráde2m;

b)­opédireitomínimoseráde2,30m;

c)­poderádispôrounãodeventilaçãoeiluminaçãonatural.

SECÇÃOVI ­­­­­­­­­ CorredoreseEscadas ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo43­Alarguramínimadoscorredoresinternoséde0,90m.

§1º­Nosedifíciosdehabitaçõescoletivasouparafinscomerciais,alarguramínimaéde1,20m

quandodeusocomum.

§2º­Noshotéis,hospitais,casasdesaúdeeetc.alarguramínimaéde1,50mquandodeusocomum.

Artigo44­Asescadasinternasterãoalarguramínimalivrede0,80meoferecerãopassagemcom

alturalivrenãoinferiora1,90m.

§1º­Nosedifíciosdehabitaçãocoletivaouparafinscomerciais,alarguramínimadasescadasseráde

1,20msalvoasdeserviço.

§2º­Noshotéis,hospitais,casasdesaúdeeetc.alarguramínimadasescadasseráde1,50msalvoas

deserviço.

§3º­Asdimensõesnosdegráusdeverãosermedidassôbrealinhadopisosendocomotalconsiderada

aquecorreparalelamenteaobordoinferiordaescadaàumadistânciadêsteigualàmetadedalargura

damesma,porém,nãosuperiora0,60m.Osdegráusobedecerãoaosseguinteslimites:­

a)­alturamáximade0,19m;

b)­larguramínimade0,25m;

c)­seráobrigatóriaalarguramínimade0,07mjuntoaobordointeriordaescada,nostrechosemleque.

d)­estãodispensadosasexigênciasdêsseartigo,edasexigênciasdoartigo45,asescadastipo

marinheiroecaracól,admitidasòmenteparaacessosagiraus,torres,adegaseparacasosespeciais.

Artigo45­Semprequeonúmerodedegráusconsecutivosexcedera19,seráobrigatóriaaintercalação

depatamarcomalarguramínimade0,75m.

Artigo46­Asescadasdeverãoserconstruidasdemateriaisincombustíveis:­

a)­nosedifíciosdetrêsoumaispavimentos;

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

b)­nosedifícioscujoandartérreofôrdestinadoparafinscomerciaisouindustriais.

Artigo47­Nosedifíciosdeapartamentosenosdestinadosparaescritórios,asparedesnascaixasde

escadasserãorevestidasaté1,50mnomínimoacimadopisodamesma,commaterialliso

impermeáveleresistenteafrequenteslavagens.

SECÇÃOVII ­­­­­­­­­­ Elevadores ­­­­­­­­­­

Artigo48­Deverãoserobrigatòriamenteservidosdeelevadoresdepassageiros,osedifíciosque

apresentempisodepavimentoaumadistânciaverticalmaiorde10metroscontadaapartirdonível

médiodasoleiradopavimentotérreo.

ParágrafoÚnico­Nãoseráconsideradooúltimopavimentoquando:­

a)­fôrdeusoprivativoeexclusivodopenúltimo(apartamentotipoduplex);

b)­fôrdeusoexclusivodoedifícioouhabitaçãodozelador.

Art.49­Nosedifíciosqueapresentempisodepavimentoaumadistânciaverticalmaiorde25metros,

correspondentenomáximoa8pavimentos,contadoapartirdoníveldasoleira,onúmeromínimode

elevadoresserádois,ressalvadoodispostonoparágrafo

Únicodoartigoanterior.

Arti.50­Emnenhumcasooselevadorespoderãoconstituiromeioexclusivodeacessoaospavimentos

superioresdeumedifício.

Art.51­Aconstruçãodosprédiosdeveráserfeitadeformaagarantirainstalaçãodeelevadoresde

conformidadecomasnormasemvigordaA.B.N.T.(AssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas).

Art.52­Asparedesopostasàsentradasdoselevadoresdeverãodistarnomínimode1,50m.

SECÇÃOVIII ­­­­­­­­­­­ GaragensResidências ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo53­Asgaragensparaestacionamentodeautomóveis,dependênciasdehabitaçõesparticulares,

devemsatisfazeroseguinte:­

a)­pédireitomínimode2,30m.;

b)­asparedesaté1,50mdealturaeospisosrevestidosdematerialliso,impermeáveleresistentea

frequenteslavagens;

c)­havendopavimentosuperposto,otetoserádepavimentoincombustível;

d)­nãopodemtercomunicaçãodiretacomcompartimentosdepermanêncianoturna;

e)­deverãodispôrdeaberturapróximaaopisoeaotetoquegarantamventilaçãopermanente;

f)­asgaragensterãoaáreamínimadem.q.comadimensãomínimade2,50m.

SECÇÃOIX ­­­­­­­­­­ TanqueeLavanderias ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Art.54­Ostanquesparalavagemderoupadeverãoserinstaladosemlocalcoberto,compisorevestido

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

demateriallisoeimpermeáveleasparedeslimítrofescombarraimpermeávelaté1,50m.

Artigo55­Aslavanderiasterãoaáreamínimade4m.q.sendoadimensãomínimade2,00m.

SECÇÃOX ­­­­­­­­­ ParedesDivisórias ­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo56­Asparedesdivisóriasentrehabitaçõesouprédioscontíguosdeverão:­

a)­serconstruidosdematerialincombustível;

b)­terespessuramínimadeumtijoloemalvenariacomum,ouaquelhecorresponderquantoao

isolamentoacústico,nocasodeemprêgodeoutromaterial;

c)­elevar­seatéatingiracoberturapodendoacimadofôrroterasuaespessurareduzida.

SECÇÃOXI ­­­­­­­­­­ PÉSDIREITOS ­­­­­­­­­­­­­

Artigo57­Ospésdireitosmínimosserãoosseguintes:­

a)­emcompartimentossituadosnopavimentotérreodestinadosalojas,comércioou

indústrias

4,00m

b)­noscompartimentosdestinadosàhabitaçãonoturna

2,70m

c)­noscompartimentosdestinadosàhabitaçãodiurna

2,50m

d)­paraasgaragenscoletivasounão

e)­paraosporõesnãohabitáveis

2,30m

0,50m

Parágrafoúnico­Nocasodeporões,opédireitoseráaalturaentreopisoeopontomaisbaixoda

estruturadesustentaçãodopavimentoquelheésuperior.

SecçãoXII ­­­­­­­­­­ Porões ­­­­­­­

Artigo58­Opisodosporõesseráobrigatòriamenterevestidodemateriallisoeimpermeável.

ParágrafoÚnico­Asparedesterãointeriormente,revestimentoimpermeávelatéomínimode30cmde

altura,acimadoterrenocircundante.

Artigo59­Nasparedesexterioresdosporõeshaveráaberturasparaventilaçãopermanente,asquais

serãosempreprotegidasporgradeoutelametálicacommalhaouespaçamentoentrebarrasnão

superioraumcentímetro.

ParágrafoÚnico­Todososcompartimentosdosporõesterãocomunicaçãoentresi,paraofimde

garantiraventilação.

Artigo60­Nãoserãoadmitidosporõescompésdireitoscompreendidosentre1,20e2,30m.

Artigo61­Quandoosporõestiverempédireitoigualousuperiora2,30mpoderãoserutilizadospara

instalaçõessanitárias,despensas,garagens,adegasedepósitos,umavezasseguradasascondiçõesde

iluminaçãoeventilação.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

SECÇÃOXIII ­­­­­­­­­­­­ LocaisdeLixo ­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo62­Todososedifíciosdemaisdedoispavimentosdeverãoserobrigatòriamentedotadosde

instalaçãodecoletordelixocomtubosdequedacomaberturaparacadaandarerespectivodepósito.

Artigo63­Odepósitodelixoinstalado,preferencialmentenosub­solo,deverátercapacidade

suficienteparaacumulardurante48horas,osdetritosprovenientesdospavimentossuperiores.

Artigo64­Acaptaçãodolixonodepósito,sobotubodequedadeveráserfeitapormeiode

recipientesmetálicos.

Artigo65­Odepósitodelixodeverápossuirpisoseparedesatéaalturade2,00mdopiso,revestido

dematerialliso,impermeáveleresistenteafrequenteslavagens.

Artigo66­Ostubosdequedaassimcomosincineradores,deverãoserrevestidosnapartesuperior,e

aschaminéselevar­se­ão1,00m.,nomínimo,acimadopontomaisaltodacoberturadoedifício.

Artigo67­AsplantasdaPrefeituradeverãopossuirindicaçãodotubocoletor,depósitodelixoe

demaisacessórios.

Artigo68­Ashabitaçõessituadasemlocaisnãoatingidospelosserviçospúblicosdecoletadelixo,

terãoencargosindividuaisdecoleta,eafastamentodosdepósitosdelixo.

ParágrafoÚnico­Aremoçãofrequentedolixo,bemcomoaincineraçãoeoenterramentoconstituem

nestecasoasprovidênciasrecomendáveis.

SECÇÃOXIV ­­­­­­­­­­­ FachadaeSaliências ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo69­Amaisamplaliberdadeéfacilitadaquandoaoestiloearquiteturadosedifícios,podendo,

porém,aPrefeituraopor­seàconstruçãodeprojetoque,aseujuizo,sobopontodevistaestéticoe

consideradoisoladamente,evidenciadefeitosarquitetônicos,ouconsideradosemconjuntocom

construçõesexistentesecomosaspectospaisagísticosquepossaminteressar,foremprejudiciaisao

conjuntodessasconstruçõesouaspectosdessasconstruçõesoupaisagísticos.

§1º­ÉreconhecidaàPrefeituraafaculdadedeexigircorreçãodosprojetosemqueafachadase

apresentesemanecessáriacomposiçãoplásticaeestética.

§2º­ÉreconhecidaàPrefeituraafaculdadedeexigiracabamentoadequadoparaasdemaisfachadas,

alémdaprincipal,demodotalqueaspartesvisíveisdologradouropossuamacabamentoadequado.

Artigo70­Acensuraestéticadasfachadasseráprocedidaporocasiãodaaprovaçãodosprojetose

abrangerá,também,asdependênciasexternas.

Artigo71­Oscorpossobrelevadosdasedificações,caixad'água,casasdemáquina,apartamentode

zeladoretc.,qualquerquesejaodestino,receberãotratamentoarquitetônicodeacôrdocomasmassas

principais,mesmoquenãosejamvisíveisnologradouroalémdecomporestéticamentecomtôdaa

massadoedifício.

Artigo72­ÉreconhecidaàPrefeituraafaculdadedeexigirqueafachadaseasdemaisparedesdos

edifícios,seusanexoseosmuros,deverãoserconvenientementeconservadoseexigirtambémquando

julgueconveniente,aexecuçãodepinturaeobrasqueforemnecessárias.

Artigo73­Paraadeterminaçãodassaliênciassôbreoalinhamentodequalquerelementopermanente

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

nasedificações,compreendidasconstruçõesembalançoformandorecintosfechados,balcõese

elementosarquitetônicosoudecorativos,ficaráafachadadivididaemduasfaixasporumalinha

horizontalpassandoa4mdopontomaisaltodopasseio.

§1º­Nafaixainferior,oplanolimitemáximodesaliênciapassaráa0,20mdoalinhamento,desdeque

setenhaumalarguramínimade2mlivredepasseio:­

a)­quandoopasseiodologradouroseapresentarcommenosde2mlivresdelargura,nenhuma

saliênciapoderáserfeitanapartedafachadaaté2,50macimadopontomaisaltodopasseio;

b)­assaliênciasformandosôcospoderãoseestenderaolongodafachadaguardadaadistânciade0,10

mdecadaextremidadedolote.

c)­osornatosesculturaiseosmotivosarquitetônicospoderãotersaliênciamáximade0,40mseforem

colocadosa2,50macimadopontomaisaltodopasseio.

§2º­Nafaixasuperiornenhumasaliênciapoder­àultrapassarumplanoparaleloàfachadaedela

distante1,20mmedidosapartirdoalinhamentoexigidoparaaconstrução:­

a)­nessafaixasuperior,serãopermitidasasconstruçõesembalançoformandorecintofechadoou

balcões,desdequeasomadesuasprojeçõessôbreoplanohorizontalnãoexcedaa40decímetros

quadradospormetrolineardetestada,ressalvadoodispostonaletra"d";

b)­nosprédiosquepossuemváriasfrentescadaumadelasseráconsideradaisoladaparaosefeitos

dêsseartigo;

c)­nasedificaçõesemlotesdeesquinacomcantochanfradoouemcurva,cadafrenteseráacrescida

daprojeçãodêssecantochanfradosôbreoalinhamentoempauta;

d)­asconstruçõesembalanço,inclusivebalcões,nãopoderãoultrapassaroplanoverticalde45ºcom

afachadaequecortaoplanodestaa0,40mdadivisa.Estarestriçãonãoseaplicaàsmarquises;

e)­nasruasdelargurainferiora16mnãoserãoadmitidasconstruçõesembalançoultrapassandoum

planoparaleloàfachadaedeladistante0,20mts.salvoodispostonoartigoseguinte.

Artigo74­Serãopermitidasmarquisesultrapassandooalinhamentodaviapública,desdequeseja

obedecidoogabaritodaquadraàsaliênciaealtura,eatendidaaindaàsseguintescondições:­

a)­apartemaisbaixadamarquise,incluindobambinelas,oulambrerins,distará3,00mdoníveldo

passeio;

b)­nãopoderãoocultaraparededeiluminaçãopública,placasdenomenclaturaseoutrasindicações

oficiaisdoslogradouros,nãopoderãoprejudicaraarborizaçãoeadisposiçãodospostes;

c)­acoberturaserádematerialquenãosefragmentequandopartido;

d)­seremdotadasdecalhasecondutoresdeáguaspluviais,devidamenteembutidosnasparedes

comunicandocomasargeta;

e)­nãopoderãoultrapassaralarguradopasseionemtersaliênciasuperiora4,00m;

f)­deverãoestaremnívelaodajáexistenteolimítrofe,sòmentequandoagradedoalinhamentoda

facedaquadraemquestão,nãoultrapasse1%eocomprimentodarespectivafacenãoultrapasse100

m.

SECÇÃOXV

­­­­­­­­­­

Galerias

­­­­­­­­­­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo75­Asgaleriasdepassagensinternas,atravésdeedifíciosestendendo­sederuaarua,deverão

teralarguralivreepédireitocorrespondentenomínimoa1/25doseucomprimentoobservadosos

mínimosde2,50mdelargurae3,00mnopédireito.

Parágrafo1º­Quandoessasgaleriasderemacessoàestabelecimentoscomerciais(lojas),terãono

mínimo,larguraepédireitolivresedesimpedidoscorrespondentesa1/20deseucomprimento

observadososmínimosde4,00mparaambos(larguraepédireito).

§2º­Opisodagaleriadeverásersempredematerialimpermeável,quepermitafrequenteslavagens.

Artigo76­Ailuminaçãodasgaleriaspoderáseratendidaexclusivamentepormeiodosvãosdeacesso,

desdequeocomprimentodaquelanãoexcedaa5vêzesasualargura.Paraoscomprimentos

excedentes,deveráagaleriadispôrdeiluminaçãoadicionaldeconformidadecomodispostonoartigo

20.

SECÇÃOXVI ­­­­­­­­­­­ Chaminés ­­­­­­­­­

Artigo77­Aschaminés,nasedificaçõesterãoalturasuficiente,devendoconservar­sepelomenos1,00

macimadotelhado.APrefeiturapoderádeterminaracréscimodealturaoumodificação,quandojulgar

conveniente.

Artigo78­Nãopoderãosermetálicosostrechosdechaminéscompreendidosentreofôrroeotelhado

ebemassimosqueatravessaremparedesoutetodeestuque,telaoumadeira.

SECÇÃOXVII ­­­­­­­­­­­­ EdificaçõesdeMadeira ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo79­Asedificaçõesdemadeira,deverãosatisfazeroseguinte:­

a)­númeromáximodepavimentos­2;

b)­alturamáxima­10m;

c)­repousarãosôbrebaldramesdealvenariacomalturamínimade0,5m;

d)­afastamentomínimode3,00mdequalquerpontodasdivisasdolotee5,00mdequalqueroutra

edificaçãodemadeira;

e)­asparedesqueseparamentresihabitaçõesagrupadasdeverãoserdematerialincombustívelem

tôdaasuaextensãoealtura,até0,30macimadotelhado;

f)­asparedesdasinstalaçõessanitáriasecozinhas,deverãoserdealvenariadetijolooumaterial

incombustível.

§1º­Excetuam­seaspequenasedificaçõesdeumsópavimentonãodestinadasàhabitaçãonoturna,e

comáreacobertanãosuperiora12m.q.;eosbarracõesparadepósitodemateriaisdeconstrução,os

quaispoderãoserlicenciadosemcaráterprecárioportempodeterminado.

§2º­Nãoserãopermitidasedificaçõesdemadeiranaszonasenúcleosqueporleiforemconsiderados

comerciais.

Artigo80­Osbarracõesdemadeira,dependênciasdeinstalaçõesindustriais,deverãoobservaro

afastamentomínimode3,00mdequalquerpontodasdivisasdoloteoudequalqueredificação.

§1º­Êssesbarracõesnãoestãosujeitosàsrestriçõesdoartigoanterior.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo81­Tôdasaspartesemmadeiradasedificaçõesdeverãodistar0,50m,pelomenos,das

chaminés,estufasoucanalizaçãodegazesquantes.

Artigo82­Asedificaçõessituadasamenosde20mdepontesouviadutos,deverãoserconstruidasde

materialincombustível.

SECÇÃOXVIII ­­­­­­­­­­­­­ ConstruçõesMarginaiseLagoseCursosdeÁgua ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo83­Juntoacursosdeáguanãoépermitidoconstruirdentrodaáreadeterminadaporplanos

inclinadosnarelaçãodeumdealturaparadoisdedistânciahorizontal,partindodeummetroabaixodo

fundodoálveonopontoconsiderado.Osprojetosconterãoindicaçõesexatascomreferênciaacursos

deágua,atingidosoupróximos,queremplanta,queremperfís,êstesdevemsersuficientespara

demonstraraobservânciadodispostoacima.

SECÇÃOXIX ­­­­­­­­­­­ ReprêsaseComportas ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo84­DependerásempredeautorizaçãodaPrefeituraaconstruçãodereprêsas,tanques,

comportasouquaisquerdispositivosquevenhamainterferircomlivreescoamentodaságuaspluviaise

fluviais.

CAPÍTULOIII ­­­­­­­­­­­­ DasEdificaçõesParaFinsEspeciais ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­ SECÇÃOI ­­­­­­­­ PrédiosdeApartamentos ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo85­Cadahabitaçãoseráconstituidadenomínimo,umasala,umdormitório,cozinhaeum

banheiro.

Artigo86­Osprédiosdeapartamentosebemassimasedificaçõesdedoisoumaispavimentos,

destinadosamaisdeumahabitação,deverãoterasparedesexternaseasperimetraisdecadahabitação

bemcomolajesepisoseescadas,construidasdematerialincombustível.

Artigo87­Aparedefronteiraàsportasdoselevadoresdeveráestarafastada1,50m,nomínimo.

Artigo88­Osprédiosdeapartamentosdeverãoserdotadosdecaixareceptoraparacorrespondência.

Artigo89­Osvestíbulosdosapartamentosquandoestiveremáreassuperioresa5%dadosmesmos,

deverãosatisfazeraosrequisitosdeiluminaçãoeventilação,exigidosparacômodosdepermanência

diurna.

ParágrafoÚnico­Essaexigêncianãoseaplicaavestíbulosdeáreainferiorouiguala6m.q

Artigo90­Éobrigatóriaainstalaçãodecoletordelixo,dotadodetubosdequedaededepósitocom

capacidadesuficienteparaacumular,durante48horas,osdetritosprovenientesdosapartamentosou

dispositivoparaincineração.

§1º­Ainstalaçãodeveráserprovidadedispositivoparalavagem.

§2º­Ostubosdequedadeverãoserventiladosnapartesuperioreelevar­seummetro,nomínimo,

acimadacobertura.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

§3º­Ostubosdequedanãodeverãocomunicar­sediretamentecomaspeçasdedistribuiçãodeuso

comumedevemserinstaladosemcâmarasapropriadas,afimdeevitarexalaçõesinconvenientes.

§4º­Ainstalaçãodoincineradoréconselhávelparaosedifíciosdehabitaçãocoletivacommaisde40

dormitórios.

Artigo91­Oscompartimentosqueporsuasituaçãoedimensãosirvamapenasparaportaria,depósito

demalaseutensíliosdeusogeral,ficamdispensadosdasexigênciasrelativasàinsolação,iluminaçãoe

ventilação.

Artigo92­Ahabitaçãodozeladordoprédiodeapartamentospoderáserlocalizadaemedícula,

sempre,porém,comomínimodosseguintescompartimentos:­sala,dormitório,cozinhaeinstalação

sanitária.

Artigo93­Éobrigatóriaaconstruçãodegaragensouestacionamentointernoparaosedifícios

residenciaisdehabitaçãocoletivaconstruidosemterrenosde12m.oumaisdetestadaa25m.oumais

deprofundidademédia.

§1º­Acapacidadedegaragensdevecorresponderaumveículo(automóveldepassageiros)paracada

50m.q.deárearesidencialconstruida,excetuando­seáreadestinadaexclusivamenteparamoradiado

zelador.

§2º­Entende­secomosendode25m.q.asuperfícieútildeestacionamentoporveículo.

§3º­Aformadaáreareservadaparagaragem,adistribuiçãodospilaresnaestruturaeacirculação

previstadeverãopermitirentradaesaídaindependentementeparacadaveículo.

§4º­Nocasodeprédiosdefunçãomista(comercialoudeescritórioeresidencial)acapacidadede

garagemserácalculadaemrelaçãoàáreadestinadaàhabitação

Artigo94­Nosedifíciosexistentesquenãosatisfazemasdisposiçõesdoartigoanterior,sãopermitidas

obrasdereformaouampliação,desdequeaáreaacrescida,destinadaàhabitação,nãoultrapassea500

m.q.

ParágrafoÚnico­Asampliaçõesquevenhamaserexecutadasnestesprédiosequeexcederema500

m.q.deáreaconstruidadestinadaàhabitação,serãocondicionadasàobservânciadodispostonoartigo

92,consideradasapenasasáreasampliadas.

Artigo95­Serãoconsideradastambémcomestacionamentocoletivo,asáreassituadasnopavimento

térreocujacoberturasejaproporcionadapelaprojeçãodocorpodoedifício.

ParágrafoÚnico­EssasáreasnãoserãoconsideradascomoÁREALIVREVERDE.

Artigo96­Aobrigatoriedadedaconstruçãoprevistanoartigo92seráexigidaparatôdasaszonas

comerciaisdacidade.

Artigo97­Estarãoisentosdaobrigatoriedadeprevistanoartigo92mesmoquandosituadosdentrodas

ZonasComerciaisdacidade,osprédiosdehabitaçãocoletiva,quenãoultrapassema880m.q.daárea

construida.

Artigo98­Sãoconsideradosedifíciosdeestacionamentodeveículosaquêlesquedestinaremparatal

fimmaisde50%desuaáreatotalconstruida.

Artigo99­Asgaragensemprédioscomfrenteparamaisdeumlogradouropúblico,deverãotera

entradaesaídadeveículosvoltadosparaasviasdemenormovimento.

ParágrafoÚnico­Semprequeseapresentaraimpossibilidadedeseatenderaessaexigência,em

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

virtudedaexiguidadedatestadadoterrenoparaologradourodemenormovimento,ficaráacritériodo

órgãotécnicocompetentedoMunicípioadispensadoatendimentododispostonesteartigo.

Artigo100­APrefeituraMunicipalpoderánegarlicençaparaconstruçãodeedifíciosde

estacionamento,tôdavezqueojulgarinconvenienteàcirculaçãodeveículosnaviapública.

SECÇÃOII ­­­­­­­­­ Hotéis ­­­­­­

Artigo101­Noshotéisquetenhamde3a6pavimentos,inclusive,seráobrigatòriamenteinstalado

pelomenosumelevador.Quandotivermaisde6pavimentos,deveráconternomínimodois

elevadores,emtodososcasosobedecidasasnormastécnicasbrasileiras.

Artigo102­Noshotéis,aáreamínimadedormitóriosseráde10m.q

Artigo103­Noshotéis,osdormitóriosdeverãoterasparedesinternas,atéaalturamínimade1,50m.,

revestidasdematerialliso,impermeáveleresistenteafrequenteslavagensnãosendopermitidas

divisõesdemadeiraousimilar.

Artigo104­Oshotéisquenãodisponhamdeinstalaçõessanitáriasprivativas,correspondentesatodos

osquartos,deverãotercompartimentossanitáriosseparadosparaumeoutrosexo.

§1º­Êssescompartimentos,emcadapavimento,deverãoserdotados,emsuatotalidade,delatrinas,

chuveiroselavatóriosemnúmerocorrespondente,nomínimo,aumconjuntoparacada5quartosque

nãodisponhamdeinstalaçõessanitáriasprivativas.

§2º­Alémdasinstalaçõesdequetrataêsteartigo,serãoexigidoscompartimentossanitários,

independentes,parausodosempregados.

Artigo105­Oscompartimentosdestinadosalavanderiadeverãosatisfazerasmesmasexigências

previstasparacopasecozinhas,relativamenteaparedes,pisos,iluminaçãoeacessos.

Artigo106­Ascopas,parausogeraldeverãoteraáreade9m.q.e,asdestinadasparaservirumúnico

andar,aáreamínimade5m.q.

Artigo107­Ascozinhasparausogeraldeverãoteraáreamínimade10m.q

Artigo108­Oshotéisdeverãoserdotadosdeinstalaçõeseequipamentosadequadoscontraincêndios,

deacôrdocomasnormaslegaiseregulamentaresemvigor.

SECÇÃOIII ­­­­­­­­­­ BareseRestaurantes ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo109­Nosbares,confeitarias,restaurantesecongêneres,ascopas,cozinhaseasdespensas

deverãoterospisoseasparedesatéaalturamínimade2mrevestidasdematerialliso,impermeávele

resistenteafrequenteslavagens.

ParágrafoÚnico­Essaspeçasnãopoderãotercomunicaçãodiretacomcompartimentossanitáriosou

comhabitaçãodequalquernatureza.

Artigo110­Asjanelasdascopasecozinhasdeverãoterosvãosprotegidosportelametálicaououtro

dispositivoqueimpeçaaentradademoscas.

Artigo111­Nosrestaurantes,ascozinhasnãopoderãoteráreainferiora10m.q.,nemdimensão

inferiora3m

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo112­Nocasoderestaurantes,oprojetodeveráprovervestiárioparaempregados,devendo

satisfazerasmesmascondiçõesdeiluminaçãoeventilaçãoexigidasparacompartimentossanitários

sendoquenosdemaiscasosdeveserprevistaacolocaçãodearmáriosparaosempregados.

Artigo113­Osbares,cafés,confeitarias,restaurantesecongêneresdeverãotercompartimentos

sanitáriosdevidamenteseparados,parausodeumedeoutrosexo.

ParágrafoÚnico­Alémdasinstalaçõesdequetrataêsteartigo,serãoexigidos,nosrestaurantes,

compartimentossanitáriosindependentes,parausodeempregados.

SECÇÃOIV ­­­­­­­­­ Escolas ­­­­­­­­

Artigo114­Osedifíciosescolaresdestinadosacursosprimários,ginasiaisouequivalente,deverãoter

comunicaçãodiretaobrigatóriaentreáreadefundoelogradouropúblico,porumapassagemdelargura

mínimade3mealturamínimade3,50m.

Artigo115­Seráobrigatóriaaconstruçãoderecreiocobertonasescolasprimáriasouginasiais,com

áreacorrespondente,nomínimoa1/3dasomadasáreasdassalasdeaula,enomáximoa1/3daárea

nãoocupadapelaedificação.

Artigo116­Asescadaserampasinternasdeverãoteremsuatotalidadedelarguracorrespondente,no

mínimo,aumcentímetroporalunoprevistonalotaçãodopavimentosuperior,acrescidade0,5cmpor

alunodeoutropavimentoquedêlesdependa.

ParágrafoÚnico­Asescadasdeverãoteralarguramínimade1,50menãopoderãoapresentartrechos

emleque.Asrampasnãopoderãoterlargurainferiora1,50menemapresentardeclividadesuperiora

10%.

Artigo117­Oscorredoresdeverãoterlarguracorrespondente,nomínimo,aumcentímetroporaluno

quedêlesdependa,respeitadoomínimoabsolutode1,80m.

ParágrafoÚnico­Nocasodeserprevistalocalizaçãodearmáriosouvestiáriosaolongoseráexigidoo

acréscimodemeiometro(0,5m)porladoutilizado.

Artigo118­Asportasdassalasdeaulaterãoalarguramínimade0,90maalturade2,00m.

Artigo119­Assalasdeaulas,quandodeformaretangular,terãocomprimentoiguala,nomáximo,

umavezemeiaalargura.

ParágrafoÚnico­Assalasdeaulasespecializadasficamdispensadasdasexigênciasdêsteartigo,

devendo,entretanto,apresentarcondiçõesadequadasàsfinalidadesdeespecialização.

Artigo120­Aáreadassalasdeaulascorresponderá,nomínimo,aummetroquadradoporaluno

lotadoemcarteiraduplaea1,35m.q.quandoemcarteiraindividual.

Artigo121­Osauditórios,anfiteatrosousalasdegrandecapacidade,dasescolasficamsujeitos

especialmenteaoseguinte:­

a)­aáreaútilnãoseráinferiora0,80m.q.porpessôa;

b)­serácomprovadaaperfeitavisibilidadeparaqualquerespectadordasuperfíciedamesadoorador,

bemcomodosquadrosouteladeprojeçãopormeiodegráficosjustificativos;

c)­Aventilaçãoseráasseguradapormeiodedispositivosquepermitamabrirpelomenosuma

superfícieequivalenteaumdécimodaáreadasala,semprejuízodarenovaçãomecânicadevinte

metroscúbicosdearporpessôanoperíododeumahora.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo122­Opédireitomédiodasaladeaulanãoseráinferiora3,20m.,comomínimo,emqualquer

ponto,de2,50m.

Artigo123­Nãoserãoadmitidasnassalasdeaulasiluminaçãodostipos:­unilateraldireitaebilateral

adjacente,devendoasaberturasdeiluminaçãoserobrigatòriamentedispostasnoladomaior.

ParágrafoÚnico­Asuperfícieiluminantenãopodeserinferiora1/5dadopiso.

Artigo124­Aáreadosvãosdeiluminaçãodeverásernomínimo,ametadedaáreadasuperfície

iluminante.

Artigo125­Asparedesdassalasdeaulasedoscorredoresdeverãoseratéaalturade1,50m,no

mínimo,revestidascommaterialliso,impermeáveleresistenteafrequenteslavagens.

Artigo126­Ospisosdassalasdeaulasserãoobrigatòriamenterevestidosdemateriaisque

proporcionemadequadoisolamentotérmicotaiscomomadeira,linoleum,borrachaoucerâmica.

Artigo127­Asescolasdeverãotercompartimentossanitáriosdevidamenteseparados,parausodeum

edeoutrosexo.

ParágrafoÚnico­Êssescompartimentos,emcadapavimento,deverãoserdotadosdelatrinaem

númerocorrespondentesnomínimo,aumaparacadagrupode25alunos;umalatrinaeummictório

paracadagrupode40alunos;eumlavatórioparacadagrupode40alunosoualunas,previstosna

lotaçãodoedifício.Asportasdascelasemqueestiveremsituadasaslatrinas,deverãosercolocadasde

formaadeixarumvãolivrede0,15mdealturanaparteinferiore0,30mnomínimo,naparte

superior,acimadaalturade2,00m.

Artigo128­Nasescolas,ascozinhas,quandohouver,deverãosatisfazerasexigênciasmínimas

estabelecidasparataisestabelecimentosehotéis.

Artigo129­Nosinternatosesemi­internatosserãoobservadasasdisposiçõesreferentesàshabitações

emgeral,alémdasdisposiçõesreferentesalocaisoucompartimentosparafinsespeciaisnoquelhes

foremaplicáveis.

Artigo130­Asescolasdeverãoserdotadasdereservatóriosdeáguacomacapacidadecorrespondente

a50litrosnomínimo,poralunoprevistonalotaçãodoedifício.

§1º­Nosinternatosêssemínimoseráacrescidode120litrosporalunointerno.

§2º­Deverãoserprevistasinstalaçõesespeciaisparaáguapotávelcomreservatórioparticulare

bebedourodedistribuição.

Artigo131­Asescolasdeverãoserdotadasdeinstalaçõeseequipamentosadequadoscontraincêndios

deacôrdocomasnormaslegaiseregulamentaresemvigôr.

SECÇÃOV ­­­­­­­­­ Hospitais ­­­­­­­­­

Artigo132­Oshospitaiseestabelecimentoscongêneresdeverãoobservarorecúoobrigatóriode

3,00mdasdivisasdolote.

Artigo133­Asjanelasepisosdasenfermariasequartosparadoentesdeverãoserbanhadaspelosraios

solares,duranteduashoras,nomínimo,noperíodoentre9e16horasdosolstíciodeinverno.

Artigo134­Asenfermariasdestinadasaadultosnãopoderãocontermaisde6(seis)leitosemcada

divisão,eototaldeleitosnãopoderáexcedera24emcadaenfermaria.Acadaleitodeverá

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

corresponder,nomínimo,6m.q.deáreadepiso.

ParágrafoÚnico­Nasenfermariasparacrianças,acadaberçodeverácorresponder,nomínimo,a

superfíciede3,50m.q.depiso.

Artigo135­Osquartosparadoentesdeverãoterasseguintesáreasmínimas:­

a)­deumsóleito:­8m.q.

b)­dedoisleitos:­15m.q.

Artigo136­Oshospitaisouestabelecimentoscongêneresdeverãopossuir20%desuacapacidadeem

leitosdistribuidosemquartosdeumoudoisleitos,dotadosdecompartimentossanitários.

Artigo137­Osquartosparadoenteseasenfermariasdeverãosatisfazeràsseguintesexigências:­

a)­pé­direito:­3m

b)­áreatotaldeiluminaçãonãoinferiorámetadedaexigívelparailuminação;

c)­portasdeacessode1m.delargurapor2m.dealtura,nomínimo;

d)­paredesrevestidasdematerial,impermeáveleresistenteafrequenteslavagens,até1,50mdealtura

ecomcantosarredondados;

e)­rodapésnoplanodasparedesformandoconcordânciaarredondadacomopiso.

f)­ospisosdeverãoserdemateriallisoeimpermeável,resistenteafrequenteslavagens.

Artigo138­Nospavimentosemquehajaquartosparadoentesouenfermarias,deveráhaver,pelo

menos,umacopacomáreamínimade5m.q.paracadagrupode12leitosouumacopacomárea

mínimade9m.q.paracadagrupode24leitos.

Artigo139­Assalasdeoperações,asdeanestesiaeassalasondeseguardamaparelhosdeanestesia,

gasesanestésicosouoxigênio,deverãoteropisorevestidodematerialapropriado,apossibilitara descargadaeletricidadeestática,deacôrdocomasrecomendaçõestécnicas.Tôdasastomadasde

correnteinterruptoresouaparelhoselétricos,quandolocalizadosatéaalturade1,50m.acontardo

pisodeverãoseràprovadefaísca.

Artigo140­Oscompartimentossanitáriosemcadapavimentodeverãoconternomínimo:­

a)­umalatrinaeumlavatórioparacada8leitos;

b)­umabanheiraouumchuveiroparacada12(doze)leitos;

ParágrafoÚnico­Nacontagemdosleitos,nãosecomputamospertencentesaquartosquedisponham

deinstalaçõessanitáriasprivativas.

Artigo141­Emcadapavimentodeveráhaver,nomínimo,umcompartimentosanitáriocomlatrinae

lavatórioparaempregadosoufuncionários.

Artigo142­Tôdasassalasauxiliaresdasunidadesdeenfermagemterãoospisoseasparedes,atéa

alturamínimade1,50m,revestidasdematerialliso,impermeáveleresistenteàfrequenteslavagens.

Artigo143­Ascozinhasdoshospitaisdeverãoteráreacorrespondente,nomínimo,a0,75m.q.por

leito,atéacapacidadede200leitos.

§1º­Paraosefeitosdêsteartigo,compreende­senadesignaçãodecozinhasoscompartimentos

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

destinadosadespensas,preparosecozimentodosalimentoselavagemdelouçaseutensíliosda

cozinha.

§2º­Oshospitaisdacapacidadesuperiora200leitosserãocozinhascomáreamínimade150m.q.:

Artigo144­Oscorredoresdeacessoàsenfermarias­quartosparadoentes,salasdeoperaçõesou

quaisquerpeças,ondehajatráfegodedoentes,devemterlarguramínimade2,00m.Osdemais

corredoresterão,nomínimo,1,00m.delargura.

Artigo145­Oshospitaiseestabelecimentoscongêneres,commaisdeumpavimento,deverãodispôr

de,pelomenos,umaescadacomlarguramínimade1,20mcomdegráusdelancesretosecompatamar

intermediárioobrigatório.

§1º­Nãoserãoemabsolutoadmitidosdegráusemleque.

§2º­Adisposiçãodessaescadaoudasescadasserátalque,emcadapavimento,nenhumaunidade

hospitalartalcomocentrocirúrgico,enfermaria,ambulatórioouainda,leitodepaciente,deladiste

maisde30m.

Artigo146­Oshospitaiseestabelecimentoscongêneresserãoconstruidoscommaterial

incombustível,executadososlocaisdestinadosaconsultaetratamento.

§1º­Oshospitaisematernidadeaté3pavimentosserãoprovidosderampascomdeclividademáxima

de10%oudeelevadoresparaotransportedepessoas,macaseleitos,comdimensõesinternasmínimas

de2,20x1,10m.

§2º­Seráobrigatóriaainstalaçãodeelevadornoshospitaiscommaisde2pavimentos,obedecidosos

seguintesmínimos:­

a)­umelevadoraté3pavimentos;

b)­doiselevadorescommaisde3pavimentos;acimade5pavimentosonúmerodeelevadoresserá

calculadocombasenofluxodepessôassegundoasnormastécnicasdaA.B.N.T

§3º­Éobrigatóriaainstalaçãodeelevadoresdeserviçoindependentesdosdemaisparausodas

cozinhaseserviçossituadosacimadosegundopavimento.

Artigo145­Oscompartimentosdestinadosàfarmácia,tratamentos,laboratórios,salasauxiliaresdas

unidadesdeenfermagem,compartimentossanitários,lavanderiasesuasdependências,nãopoderãoter

comunicaçãodiretacomcozinhas,despensas,copasourefeitórios.

ParágrafoÚnico­Aspassagensobrigatóriasdepacientesouvisitantes,nãopoderãotercomunicação

diretacomcozinhasoudespensas.

Artigo148­Seráobrigatòriaainstalaçãodereservatòriodeáguacomcapacidademínimade400lt.

porleito.

Artigo149­Serãoobrigatòriamenteinstaladosserviçosdelavanderiacomcapacidadeparalavar,secar

eesterilizar.Oscompartimentosterãodimensõesadequadasaoaparelhamentoaserinstalado,

devidamentejustificadoemmemorial.

Artigo150­Éobrigatóriaainstalaçãodeincineraçãodelixoséptico.Osprocessosecapacidade,bem

comoasdimensõesdoscompartimentosnecessários,serãojustificadosemmemorial.

Artigo151­Osprojetosdematernidadesoudehospitaisquemantenhamsecçãodematernidade

deverãoprevercompartimentosemnúmeroesituaçãotalquepermitamainstalaçãode:­

a)­umasaladetrabalhodeparto,acústicamenteisolada,paracada15leitos;

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

b)­umasaladepartosparacada25leitos;

c)­saladeoperações(nocasodohospitalnãopossuiroutrasalaparaomesmofim);

d)­saladecurativosparaoperaçõessépticas;

e)­umquartoindividualparaisoladamentededoentesafetados;

f)­quartosexclusivosparaprematurosoperados;

g)­Secçãodeberçário.

Artigo152­Asseçõesdeberçáriosdeverãosersubdivididasemunidadede,nomáximo24berços,

cadaunidadecompreende2salasparaberços,comcapacidademáximade12berçoscadauma,anexas

àsduassalas,respectivamenteparaserviçoeexamedascrianças.

§1º­Essasseçõesterão,nototal,tantosberços­quantossejamosleitosdasparturientes,excluídos

dêssenúmeroosleitospertencentesaquartode1a2leitos.

§2º­Deverãoserprevistosaindaunidadeparaisolamentodecasossuspeitosecontagiosos,nas

mesmascondiçõesexigidasecomcapacidademínimatotalde10%deberçosdamaternidade.

Artigo153­Oshospitaisouestabelecimentoscongêneresdeverãoserobrigatòriamentedotadosde

instalaçõesadequadascontraincêndio,deacôrdocomasnormaslegaiseregulamentaresemvigor.

SECÇÃOVI ­­­­­­­­­ EdifíciosComerciaisedeEscritórios ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo154­Nosedifíciosdestinadosacomércioeescritórios,éobrigatóriaainstalaçãodetubosde

queda,paracoletadelixocomcapacidadeparadepósitodurante48horas,oudispositivopara

incineração.

Artigo155­Estasinstalaçõesdevempermitiralimpezaelavagemperiódicas,eostubosdequeda

devemserventiladosnapartesuperior,acimadacoberturadoprédio.

Artigo156­Osedifíciosdestinadosacomércioeescritóriopoderãocontercompartimentosdestinados

àresidênciadozelador.

Artigo157­Osedifíciosdestinadosacomércioeescritóriodeverãoteremcadapavimento,

compartimentossanitários,quandodeusocoletivo,devidamenteseparadosparaumeoutrosexo.

Artigo158­Oscompartimentossanitáriosdeverãoserdotadosdelatrinasemnúmerocorrespondente,

nomínimo,aumaparacadacemmetrosquadrados(100m.q.)deáreaútildesalas.

SECÇÃOVII ­­­­­­­­­­ Lojas,SôbrelojaseArmazéns ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo159­Aslojasdeverãosatisfazerasseguintesexigências:­

a)­nãoterãocomunicaçãodiretacomdormitóriosoucompartimentossanitários;

b)­deverãodispôrdecompartimentossanitáriosdotadosdelatrinaemnúmerocorrespondente,no

mínimo,umaparacada100m.q.deáreaútil.Essescompartimentospoderãoserlocalizadosnomesmo

pavimentoounoquesejaimediatamentesuperiorouinferior;

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

c)­havendopavimentosuperior,otetoeasescadasdeverãoserdematerialincombustível;

d)­osgirausemezaninos,serãoguarnecidosdemuretasoubalaustradacomaalturamínimade0,60

memáximade1,00menãopoderãoocuparmaisde1/3daáreadaloja,eospésdireitosmínimos,

inferiorousuperior,resultantedasubdivisão,deverãoserde,nomínimo,2,50m.

e)­aslojasquetiveremacessoporgaleriadepassagem,serãodispensadasdeventilaçãoeiluminação natural,quandotiveremprofundidadeigual,nomáximoàlarguradessasgaleriasetenhamoponto

maisafastadodesuafrentedistantedabôcadagaleria,nomáximo,5vezesalarguradesta.

Artigo160­Aslojasdeverãoteraáreamínimade15m.q.edimensãomínimade3m.

SECÇÃOVIII

LocaisParaPreparodeGênerosAlimentíciose

ProdutosFarmacêuticos

Artigo161­Oscompartimentosdestinadosaopreparodegênerosalimentíciosouprodutos

farmacêuticos,deverãoobedeceràsseguintesexigências:

a)­nãopoderãotercomunicaçãodiretacomcompartimentossanitáriosoudehabilitação;

b)­ospisoseasparedesatéaalturamínimade2,00mdeverãoserrevestidosdematerialliso,

impermeáveleresistenteafrequenteslavagens;

c)­asaberturasdeventilaçãodeverãoserprotegidas,pormeiodetelasmetálicasoudenylon,paraque

impeçamaentradademoscas;

d)­deverãodispôrdevestiárioecompartimentossanitários,devidamenteseparadosparacadasexo,e

dotadosdelatrinaelavatóriosemnúmerocorrespondente,nomínimo,aumaparacadagrupodevinte

empregados.

Artigo162­Oscompartimentosdestinadosaaçougues,casasdeentrepostosdecarnesepeixarias,

deverãosatisfazer,alémdasexigênciasdoartigoanterior,maisasseguintes:­

I­Asportasdeverão:­

a)­abrirdiretamenteparaologradouropúblico;

b)­teremsuatotalidade,alarguramínimade2,40me,isoladamente,alarguramínimade1,20me

alturamínimade3,20m.;

c)­serprotegidacomgrademetálicaerevestidadetelaouarameounylon,demodoapermitira

renovaçãoconstantedoareimpediraentradademôscas.

II­Nãopoderãoteraberturadecomunicaçãointerna;

III­Deverãoteráreamínimade20m.q.eformacapazdeconter,emplanta,umcirculode2,50mde

raio.

IV­Opisodeveráserdotadoderaloaterdeclividadesuficienteparaofrancoescoamentodaságuas

delavagem.

V­Asparedesacimadabarraimpermeável,deverãoserpintadasaóleoeapresentarcantos

arredondados.

VI­Osfrigoríficos,geladeirasoubalcõesfrigoríficosdeverãoser,obrigatòriamente,revestidosde

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

fórmicaoudeaçoinoxidável.

SECÇÃOIX ­­­­­­­­­ Mercados ­­­­­­­­­

Artigo163­APrefeiturapoderáconcederlicençaparaaconstruçãodemercados,desdequeolocal

escolhidonãoapresenteinconvenienteaointerêssecoletivo,ajuízodaPrefeitura.

Artigo164­Osmercadosnãopoderãoserlocalizadosamenosde800mderaio,deoutromercadojá

licenciado.

Artigo165­Aocupaçãomáxima,emprojeçãoserádeacôrdocomoestabêlecidopelozoneamento,

sendoorestantedestinado,exclusivamente,paraestacionamento,cargaedescarga.

ParágrafoÚnico­Osmercadosfarão,obrigatòriamente,frenteparaduasviaspúblicas.

Artigo166­Osmercadosobedecerãoaumrecúomínimode10memrelaçãoaviaprincipalede4m

nasdemaisdivisasdoterreno.

ParágrafoÚnico­Asuperfícieresultantedosrecúosdeveráreceberpavimentaçãoaserlivrede

muretasouquaisqueroutrosobstáculos.

Artigo167­Asedificaçõesdestinadasàmercadosdeverãoobservaroseguinte.

a)­Deverãopermitiraentradaefácilcirculaçãointernadecaminhões,porpassagensdelarguranão

inferiora4m.

b)­Asruasinternasterãoalarguramínimade4m.eserãopavimentadascommaterialimpermeávele

resistente.

c)­Opédireitomínimodopavilhãoseráde4m,nopontomaisbaixodovigamentodotelhado.

d)­Aáreatotaldosvãosdeiluminaçãonãopoderáserinferiora1/5daáreaconstruida,devendoos

vãosserdispostosdeformaaproporcionaraclaramentounifôrme.

e)­Metadedaáreadeiluminação,dequetrataoítemanterior,deveráserobrigatòriamenteutilizada

parafinsdeventilaçãopermanente.

f)­Deverãotercompartimentossanitáriosdevidamenteseparadosparausodeumeoutrosexo,

dotadosdelatrinaemnúmerocorrespondentea100m.q.deáreaconstruidaoucoberta.

g)­Deverãodispôrdecompartimentosparaadministraçãoefiscalização;

h)­Seráobrigatóriaainstalaçãodereservatòriodeágua,comcapacidademínimacorrespondentea50

litrospormetroquadradodeáreaconstruida.

i)­Deverãoserdotadosdeinstalaçãoeequipamentosadequadoscontraincêndio,deacôrdocomas

normaslegaisemvigôr.

j)­Deverãoserdotadosdecompartimentosfechados,comcapacidadesuficiente,paraarmazenar

vasilhames,coletoresdelixoemnúmerocorrespondenteaodasbancasexistentes;êstes

compartimentosdeverãotercomunicaçãodiretacomoexterior,sertotalmenterevestidodematerial

liso,impermeáveleresistentesafrequenteslavagenseseremprovidosderalosparacaptaçãodeáguas

servidas.

l)­Deverãoserdotadosdecâmarafrigoríficacomcapacidadesuficienteparaarmazenamentode

carnes,aveselaticínios.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

m)­Oscompartimentosdestinadosàbanca,deverãoteraáreamínimade8m.q.eafórmacapazde

conteremplanta,umcírculode2m.dediâmetro;opisodeveráserdotadoderaloeterdeclividade

suficienteparaofrancoescoamentodaságuasdelavagem,devendoaindapossuirpontodeáguae

tomadasparaluzefôrça.

n)­Noscompartimentosdestinadosàsbancas,opisoeasparedesatéaalturade2m.deverãoser

revestidosdematerialliso,impermeáveleresistenteafrequenteslavagens.

SECÇÃOX ­­­­­­­­­ CasasouLocaisdeReunião ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo168­Locaisdereunião,paraefeitodeobservânciadodispôstonestecapítulo,sãotodosaquêles

ondepossahaveraglomeraçãodepessôascomqualquerfinalidade,taiscomocinema,teatro,

conferências,esportes,religião,educaçãoedivertimento.

Artigo169­Nascasasoulocaisdereunião,todososelementosdaconstruçãoqueconstituema

estruturadoedifícioebemassimasparedeseasescadas,deverãoserdematerialincombustível.

ParágrafoÚnico­Paraasustentaçãodacobertura,admite­seoemprêgodeestruturademadeira,

quandoconvenientementeignifugada.

Artigo170­Osfôrrosdasplatéiasepalcos,construidossobacoberturadoedifício,quandonão

tenhamresistênciasuficienteparaevitaraqueda,sôbreassalasdeespetáculosoureunião,detelhasde

cobertura,arrancadaspelovento,deverãodispôrdeproteçãoadequadaparaêssefim.

Artigo171­Aestruturadesustentaçãodopisodospalcos,deveráserdematerialincombustível.

Artigo172­Nãopoderáhaverportaouqualquervãodecomunicaçãoentreasdependênciasdascasas

dediversõeseasedificaçõesvizinhas.

Artigo173­Osgradisdeproteçãoouparapeitosdaslocalidadeselevadas,deverãoteralturamínima

de0,90melargurasuficienteparagarantirumaperfeitasegurança.

Artigo174­Serãoexigidoscompartimentossanitáriosparacadaordemdelocalidade,devidamente

separadosparausodeumedeoutrosexo,semcomunicaçãodiretacomsalasdereunião.

Artigo175­Quandosetratardeespetáculosoudivertimentosqueexijamsejaconservadoolocal

fechadoduranteasuarealização,seráobrigatóriaainstalaçãoderenovaçãomecânicadearouar

condicionado,devendoatenderaoseguinte:

a)­arenovaçãomecânicadeardeverátercapacidademínimadeinsuflamentode50metros

cúbicos/hora/pessôa,distribuidosdemaneiraunifôrmenorecintoeobedeceràsrecomendaçõesdas

normastécnicasqueregulamaespécie;

b)­ainstalaçãodearcondicionado,deveráobedecer,quantoàquantidadedearinsuflado,temperatura,

distribuição,asnormasdaA.B.N.T

Artigo176­Paratodososefeitosdêssecapítulo,aslotaçõesserãocalculadasdeacôrdocomo

coeficientedatabelaabaixo:­

NaturezadolocalPessôal/m2

1­Auditórios,salasdeconcerto,salõesdebraile,conferênciasetc.semassentos

fixos

1,00

2­Habitaçãocoletiva

0,06

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

3­Exposições,museus,restaurantes,locaisdetrabalho

0,25

4­Escritóriosemgeral

0,12

5­Templosreligiosos

0,50

6­Ginasiuns,salõesdeboliche,patinaçãoetc

0,20

7­GrandesIndústrias

0,06

8­PraçadeEsportes

1,00

ParágrafoÚnico­Quandosetratardelocaisdeassentosfixos,alocalizaçãoseráototaldeassuntos

cabíveis,acrescidode10%.

Artigo177­Aslargurasdaspassagenslongitudinaisetransversais,dentrodassalasdeespetáculos,

serãoproporcionaisaonúmeroprováveldepessoasqueporelastransitamnosentidodeescoamento,

consideradaalotaçãomáxima:­

a)­Alarguramínimadaspassagenslongitudinaiséde1,00meadastransversaiséde1,70msempre

quesejamutilizadasporumnúmerodepessoasigualouinferiora100;

b)­Ultrapassadoêssenúmero,aumentarãodelarguranarazãode8mm.porpessoaexcedente.

ParágrafoÚnico­Alarguradaspassagenslongitudinaisémedidadeeixodosbraçosdapoltronaou

entreêsteseasparedes,easpassagenstransversaissãomedidasdeencôstoaencôstodaspoltronas.

Artigo178­Alarguradasescadasseráproporcionalaonúmeroprováveldepessôasqueporelas

transitamnosentidodeescoamento,consideradaalotaçãomáxima:­

a)­alarguramínimadasescadasseráde1,50msemprequeutilizadasporumnúmerodepessoasigual

ouinferiora100;

b)­Ultrapassandoêssenúmero,aumentarãodelargura,arazãode8mm.porpessôaexcedente;

c)­Semprequeonúmerodedegráus,consecutivos,excedera16,seráobrigatóriaaintercalaçãode

patamar,oqualterá,nomínimo,ocomprimentode1,20m,semprequenãohajamudançadedireção,

ou60%dalargura,quandohouveressamudançarespeitadoomínimode1,20m.;

d)­Nasescadasemcurva,serãoadmitidosdegráusemlequecomraiomínimodebordointernode

3,50mealarguramínimadosdegráusnalinhadepisode0,30m.;

e)­Semprequealarguradaescadaultrapassede2,50m,seráobrigatóriaasubdivisãoporcorrimãos

intermediários,detalformaqueassubdivisõesnãoultrapassemalargurade1,50m.;

f)­Semprequenãohajamudançadedireçãonasescadas,oscorrimãosdevemsercontínuos;

g)­Éobrigatóriaacolocaçãodecorrimõescontínuosjuntoàsparedesdacaixadaescada;

h)­Ocálculodosdegráus,seráfeitodemodoqueodôbrodaalturamaisalarguradopisoemcm.,não

sejainferiora62enemsuperiora64,respeitandoaalturamáximade17cm.ealarguramínimade20

cm.;

i)­Olancefinaldasescadasseráorientadonadireçãodasaída;

j)­Quandoasaladereuniãoouespetáculosestivercolocadaempavimentosuperior,haverápelo

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

menosduasescadasourampasconvenientementelocalizadas,dirigidasparasaídasautônomas.

Artigo179­Asescadaspoderãosersubstituidaspormeioderampassendode12%asuainclinação

máxima.

Artigo180­Alarguradoscorredoresseráproporcionalaonúmerodepessoasqueporelastransitam

nosentidodoescoamento,consideradaalotaçãomáxima:­

a)­alarguramínimadoscorredoresseráde1,50msemprequeutilizadosporumnúmerodepessoas

igualouinferiora150;

b)­ultrapassandoêssenúmeroaumentarãodelarguranarazãode8mm.porpessoaexcedente;

c)­quandováriasportasdeumsalãodeespetáculoabriremparaocorredor,serádescontadodocálculo

deacréscimodelarguradêssecorredorasuacapacidadedeacumulação,narazãode4pessoas/m.q.;

paraefeitodêstedesconto,sóserácomputadaaáreadocorredorcontidaentreasportasdosalãode

espetáculos,amaispróximaeamaisdistantedasaída;

d)­quandoocorredorderescoamentopelasduasextremidadesoacréscimodelarguraserátomado

pelametadedoqueestabelecealetra"b";

e)­asportasdesaídadoscorredoresnãopoderãoterlargurainferioradêstes.

Artigo181­Asportasdassalasdeespetáculosoudereunião,terãoobrigatòriamente,emsua

totalidade,alarguracorrespondentea1cm.porpessoaprevistanalotaçãodolocal,observadoo

mínimode2,00mparacadaporta;

I­Asfôlhasdessasportasdeverãoabrirparaforanosentidodeescoamentodassalas,semobstrução

doscorredoresdeescoamento;

II­Asportasdesaídapoderãoserdotadasdevedaçãocompletamediantecortinadeferrodesdeque:

a)­nãoimpeçamaaberturatotaldasfôlhasdasportasdesaída;

b)­permaneçamabertasdurantearealizaçãodosespetáculos.

Artigo182­Ascasasoulocaisdereuniãodeverãoserdotadasdeinstalaçõeseequipamentos

adequadoscontraincêndiodeacôrdocomasnormaslegaiseregulamentaresemvigor.

Artigo183­Deveráserprevistaainstalaçãodeumsistemadeluzdeemergênciaque,emcasode

interrupçãodecorrente,evite,duranteumahoraqueassalasdeespetáculosoudereunião,corredores,

saídasesalasdeesperafiquemàsescuras.

Artigo184­Osprojetosalémdoselementosdeconstruçãoprópriamenteditos,apresentarão,emduas

vias,desenhosememoriaisexplicativosdadistribuiçãodaslocalidadesedasinstalaçõeselétricasou

mecânicasparaaventilação,arcondicionado,projeçãoeelevadores,comosdiversoscircuitos

elétricosprojetados.

Artigo185­Nopavimentotérreoéobrigatórioumrecuode4m,naconstrução,podendoessaáreaser

ocupadaaté15%porestrutura,portariaoudiretoria.

SECÇÃOXI

­­­­­­­­­­

SalasdeEspetáculos

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo186­Asedificaçõesdestinadasàssalasdeespetáculos(teatrosecinemas),deverãoteras

paredesexternascomespessuramínimadeumtijolo,elevando­se1macimadacalha,demodoadar

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

garantiaadequadaerecíprocacontraincêndio.

Artigo187­Deverãoseradotadasmedidasparaevitaratransmissãoderuídos.

ParágrafoÚnico­APrefeituraexigiráparaaaprovaçãodeprojetosdecasasdeespetáculos,estudo

detalhadodesuaacústicaqueserásubmetidoàaprovação.

Artigo188­Noscinemaseteatros,adisposiçãodaspoltronasseráfeitaemsetoresseparadospor

passagenslongitudinaisetransversais;alotaçãodecadaumadêssessetoresnãopoderáultrapassarde

250poltronas;aspoltronasserãodispostasemfilas,formandoarcosdecírculo,observadooseguinte:­

a)­osespaçamentosmínimosentrefilas,medidosdeencôstoaencôsto,será:­

I­quandosituadonaplatéia:­de90c.mparapoltronaestofadae83cmparaasnãoestofadas;

II­quandosituadasnosbalcões:­95cmparaasestofadase88cmparaasnãoestofadas.

b)­Aspoltronasestofadasalarguramínimade52cmeasnãoestofadas50cmmedidasdecentroa

centrodosbraços;

c)­nãopoderãoasfilastermaisdoque15poltronas

d)­seráde5onúmeromáximodepoltronasdassériesqueterminaremjuntoàsparedes.

Artigo189­Deveráserapresentadoográficodemonstrativodaperfeitavisibilidadedatelaaopalco,

porpartedoespectadorsituadoemqualquerdaslocalidades:­

a)­tornar­se­áparaessademonstração,aalturade1,125mparaavistadoespectadorsentado;

b)­noscinemas,alinhaligandoaparteinferiordatelaàvistadeumobservador,deverápassara12,5

cmdavistadoobservadordafilaseguinte;

c)­nosteatros,opontodevisãoparaaconstruçãodográficodevisibilidade,serátomado50cm.

acimadopisodopalcoea3mdeprofundidadealémdabôcadecena.

Artigo190­Aspassagenslongitudinaisdaplatéianãodeverãoterdegráusdesdequeos

desníveispossamservencidosporrampadedeclividadenãosuperiora12%.

Artigo191­Nocasodeseremnecessáriososdegráus,deverãosertodosdamesmaaltura.

Artigo192­Nosbalcões,nãoserápermitidoentreospatamares,emquesecolocamaspoltronas,

diferençadenívelsuperiora34cm.devendoserintercaladodegráusintermediário;

ParágrafoÚnico­Êssedegráuintermediárioteráaalturamáximade17cm.eamínimade12cm.com

aslargurasmínimasde28cm.emáximade25cm.

Artigo193­Osbalcõesnãopoderãoultrapassar2/5docomprimentodasplatéias.

Artigo194­Ospés­direitoslivresmínimos,serão:­sobesôbreobalcãode3,00m.enocentroda

platéiade6,00m.

Artigo195­Oscinemaseteatrosdeverão,obrigatòriamentedispôrdesalasdeesperaindependentes

paraplatéiaebalcões,comosrequisitosseguintes:­

a)­teráreamínimaproporcionalaonúmerodepessoasprevistonalotaçãoda"ordemdelocalidade"a

queservir,arazãode13dm.2/pessôanoscinemas,e20dm/2pessôanosteatros;

b)­aáreadasaladeesperaserácalculadasemincluiradestinadaaventualmente,abares,

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

bomboniéres,vitrinasemostruários.

Artigo196­Oscompartimentossanitários,destinadosaopúblico,deverãoserdevidamenteseparados

parausodeumeoutrosexo:­

a)­serãolocalizadosdeformaaterfácilacessotantoparaassalasdeespetáculoscomoparaassalas

deespera;

b)­poderãodispôrdeventilaçãoindiretaoufôrçadaconformedispõeoartigo13;

c)­onúmerodeaparêlhosserádeterminadodeacôrdocomasseguintesrelações,nasquais"L"

representaalotaçãoda"ordemdelocalidade"aqueservem:­

Parahomens

­­­­­­­­­­­

Latrinas

L/300

Lavatórios

L/250

Mictórios

L/80

Paramulheres

­­­­­­­­­­­­­­

Latrinas

L/250

Lavatórios

L/250

Artigo197­Quandoasdiversas"ordemdelocalidades"destinadasaopúblicoestiveremdispostasem

níveisdiferentesesuperpostos,oacessoàcadaumdospisosseráfeitaporescadassuperpostos,o

acessoàcadaumdospisosseráfeitaporescadaspróprias,tôdaselascomaslarguraexigidasneste

código.

Artigo198­Osedifíciosdestinadosateatrosoucinemas,deverãoficarisoladosdosprédiosvizinhos

pormeiodeáreasoupassagenscomalarguramínimade3,00m.

§1º­Asáreasoupassagenstratadasnesteartigo,poderãosercobertas,desdequeaventilaçãoseja

assegurada.

§2º­Asáreaslateraispoderãoserdispensadasquandoassalasdeespetáculostiveremsaídasparamais

deumarua.

Artigo199­Oespaçoentreofôrroecoberturadeveráobedeceroseguinterequisito:­

a)­tertôdasasinstalaçõeselétricascanalizadasemconduitespróprios;

b)­dispôrdeiluminaçãoartificialsuficienteparapermitiraperfeitavisãoemtôdaasuaextensão;

c)­dispôrdepassadiçosapoiadossôbreaestruturadotelhadodemaneiraapermitirasualimpezae

vistoriafrequentes;

d)­dispôrdeumúnicoacessocomdispositivosdefechamentoachave.

ParágrafoÚnico­Oacessoaofôrrodeverásermantidopermanentefechadoeachaveguardadasob

responsabilidadedagerência.

SECÇÃOXII ­­­­­­­­­­ Teatros ­­­­­­­

Artigo200­Apartedestinadaaosartistasdeveráteracessodiretodoexterior,independentedaparte

destinadaaopúblico.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

ParágrafoÚnico­Entreaspartesdestinadasaosartistaseaopúblico,nãodeveráhaveroutras

comunicaçõesquenãosejamasindispensáveisaosserviços.

Artigo201­Abôcadacenaetôdasasaberturasdeligaçãoentreopalco,camarinsedepósitoscomo

restantedoedifício,serãodotadosdedispositivosdefechamentodematerialincombustível1,que

impeçaapropagaçãodeincêndios.

Artigo202­Oscamarinsindividuaisdeverãoobedeceraosseguintesrequisitos:­

a)­teráreamínimade4,00m.q.deformaquepermitamotraçadonoseuinterior,deumcírculode

1,50mdediâmetro;

b)­terpé­direitomínimode2,50m.;

c)­teraberturadeventilaçãoparaoexteriordeventilaçãofôrçada;

d)­dispôrdelavatóriocomáguacorrente.

Artigo203­Oscamarinsindividuaisdeverãoserservidosporcompartimentossanitários,separados

paracadasexo,dotadosdelatrina,lavatórioechuveiro,emnúmerocorrespondenteaumconjuntopara

cadacincocamarins.

Artigo204­Osteatrosserãodotadosdecamarinscoletivos,nomínimodeumparacadasexo,

obedecendoaosrequisitosseguintes:­

a)­teráreamínimade20m.q.edimensõescapazesdeconterumcírculode2,00mdediâmetro;

b)­serdotadodelavatóriocomáguacorrentenaproporçãode1paracada5m.q.;

c)­teraberturadeventilaçãoparaoexterior.

Artigo205­Oscamarinscoletivosdeverãoserservidosporcompartimentossanitários,dotadosde

latrina,chuveiroelavatóriosemnúmerodeumconjuntoparacada10m.q

Artigo206­Oscompartimentosdestinadosadepósitosdecenáriosematerialcênico,tais

comoguarda­roupaedecorações,deverãoserconstruidosinteiramentedematerialincombustível,

inclusiveasfôlhasdefechamento,enãopoderãoserlocalizadossobopalco.

Artigo207­Opisodopalcopoderáserconstruidodemadeiranaspartesquepartemquenecessitam

sermóveis,devendosernorestantedeconcretoarmado.

Artigo208­Osedifíciosdestinadosateatrosdeverãopossuirumahabitaçãoparazeladorcontando,no

mínimo,asexigênciasdoartigo92.

SECÇÃOXIII

­­­­­­­­­­­

Cinemas

­­­­­­­

Artigo209­Alarguradatelanãodeveráserinferiora1/6dadistânciaqueaseparadafilamais

distantedapoltrona.

Artigo210­Noscinemas,aspoltronasnãopoderãoserlocalizadasforadazonacompreendidana

planta,entreduasretasquepartemdasextremidadesdatelaeformamcomestaângulosde120º.

Artigo211­Nenhumapoltronapoderáestarcolocadaalémdoperímetropoligonaldefinidopelas

linhasqueligamtrêspontos,afastadosdatelapordistânciaigualàlarguradestaesituados,

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

respectivamente,sôbreasretasde120ºdequetrataoartigoanterioreanormaldoeixodatela.

Artigo212­Opisodaplatéiaedosbalcõesdeveráapresentar,sobasfilasdepoltronas,superfície

plana,horizontal,formandodegráusoupequenospatamares.

Artigo213­Emnenhumaposiçãodassalasdeespetáculospoderáofeixeluminosodeprojeçãopassar

amenosde2,50mdopiso.

Artigo214­Ascabinesdeprojeçãodeverãocomportardoisprojetoreseterasdimensõesmínimas

seguintes:­

a)­profundidadede3mnosentidodaprojeção;

b)­4mdelargura;

c)­quandohouvermaisdedoisprojetores,alarguraseráaumentadanaproporçãode1,50mpara

projetoresexcedentesadois.

Artigo215­Aconstruçãodascabinesdeprojeçãodeveobedecerainda,aosrequisitosseguintes:­

a)­Serãoconstruidasdematerialinteiramenteincombustível,inclusiveaportaquedeveráabrirpara

fora;

b)­Opédireitolivrenãoseráinferiora2,50m.

c)­teráaberturaparaoexterior.

d)­aescadadeacessoserádematerialincombustíveldotadadecorrimãoecolocadaforadas

passagensdepúblico;

e)­serádotadadechaminédeconcretooualvenariadetijolos,comunicando­sediretamentecomo

exterior,desecçãomínimade9dm2eelevando­se1,50mnomínimoacimadotelhado;

f)­seráservidadecompartimentosanitáriodotadodelatrinaelavatório,comportadematerial

incombustívelquandocomunicar­sediretamentecomacabina;

g)­teráumcompartimentocontíguodestinadoaoenrolamentodefilmesdedimensãomínimade1,00

mpor1,50medotadodechaminécomunicando­sediretamentecomoexteriorecomasecçãomínima

de9dm2;

h)­nãoteroutrascomunicaçõescomasaladeespetáculosquenãosejamasaberturasdeprojeçãoeos

visoresnecessários;

i)­teráasaberturasdeprojeçãoeosvisoresprotegidosporabturadoresdematerialincombustível.

Artigo216­Asportasdesaídadassalasdeespetáculos,deverãoserprovidasdedispositivosde

fechamentoqueseabramautomaticamente,efacilmentequandoforçadasdedentroparafora.

SECÇÃOXIV

­­­­­­­­­­

TemplosReligiosos

­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo217­Naconstruçãodeedifíciosdestinadosatemplosreligiosos,serãorespeitadasas

peculiaridadesarquitetônicasdecadaculto,desdequefiquemasseguradastôdasasmedidasde

projeção,segurançaeconfôrtodopúblicocontidasnestecódigo.

SECÇÃOXV

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

­­­­­­­­­

Circos,ParquesdeDiversõeseLocaisdeDiversões

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­deCarátertransitório

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo218­Oscircosdepano,parquesdediversõeselocaisdediversõesdecarátertransitório,

poderãoserinstaladosnoMunicípiodesdequeobedeçamàsexigênciasseguintes:­

I­Sejaminstaladosemterrenosquenãoconstituamlogradourospúblicos,aindaqueosatinja

parcialmente;

II­Estejamisolados,porespaçomínimode5mdequalqueredificação;

III­Nãoperturbemosossêgodosmoradores;

IV­Nãoexistamresidênciasnumraiode50m.;

V­Havendoresidênciasdentrodeumraiode50m.;aPrefeiturapoderáautorizarainstalação,uma

vezqueosmoradoresdasresidênciasinscritaspelocírculoderaioreferido,declareporescrito,

concordandocomainstalaçãoefuncionamento.

Artigo219­Autorizadaalocalização,efeitaamontagem,seufuncionamentoficarádependendoda

vistoriaparaverificaçãodasegurançadasinstalações.

SECÇÃOXVI

­­­­­­­­­­

FabricaseOficinas

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo220­Osedifíciosdestinadosàfabricasouoficinas,dedoisoumaispavimentos,deverãoter,

obrigatòriamente,estruturadeconcretoarmadooumetálica.

Artigo221­Osedifíciosdestinadosàfabricaseoficinas,quandoconstruidosjuntoàsdivisadolote,

deverãoterasparedesconfinantesdotipocorta­fogo,elevadaa1m.,nomínimo,acimadacalhaou

rufo.

Artigo222­Deverãoserdematerialincombustívelaestruturadoedifício,asparedesexternaseas

escadas.

Artigo223­Nasfábricasouoficinasqueproduzamouutilizemmatériaprimaousubstânciadefácil

combustão,asfôrnalhasligadasàsestufasouchaminés,deverãoserlocalizadasexternamenteà

edificaçãoou,quandointernas,emcompartimentospróprioseexclusivos.

Artigo224­Deveráserde3m.opé­direitodoscompartimentossituados:­

a)­empavimentossituadossuperioraotérreoouemsub­solo;

b)­nopavimentotérreoquandodestinadosàadministraçãoequandonãoconstituamlocaldetrabalho.

Artigo225­Ospisosdoscompartimentosqueassentemdiretamentesôbreaterra,deverãoser

constituidos,obrigatòriamente,debasedeconcretodeespessuramínimade5cm.eterrevestimento

adequadoànaturezadotrabalho.

ParágrafoÚnico­Excetuam­se:­

a)­fundições:

b)­serrariaseoutrasindústriascujasatividadesdevamserexercidassôbreospisosnãorevestidos.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo226­Noscompartimentosdestinadosaambulatórios,refeitóriosesimilares,opisoeasparedes

atéaalturamínimade2m.,deverãoserrevestidosdematerialliso,impermeáveleresistentea

lavagensfrequentes.

Artigo227­Asfábricaseoficinascommaisdeumpavimentodeverãodispôr,pelomenos,deuma

escadaourampacomlarguramínimaproporcionadanarazãode1cm.porpessoaprevistanalotação

dolocaldetrabalhoaqueservirem,observandoomínimoabsolutode1,20meatendidasmaisas

seguintescondições:­

a)­alturamáximadosdegráusseráde17cm.ealarguramínimade28cm.,nãosendocomputadaa

projeçãodosrebordos;

b)­semprequeaalturaaservencidaexcedera3,30m.seráobrigatóriaaintercalaçãodepatamar,o

qualterá,nomínimo,1,20m.decomprimento;

c)­nostrechosemleque,oraiodecurvaturamínimodebordointerior,deveráserdeummetroea

larguramínimadosdegráusnalinhadepiso(artigo44)de0,28m.;

d)­semprequealarguradaescadaultrapasse2,50m,seráobrigatóriaasuadivisãoporcorrimões

intermediáriosdetalformaqueassubdivisõesresultantes,nãoultrapassemalargurade1,50m.

e)­semprequenãohajamudançadedireçãonasescadas,ocorrimãooucorrimõesintermediários,

deverãosercontínuos;

f)­seráde40memcadapavimentoadistânciamáximaentreaescadaourampaeopontomais

distantedolocaldetrabalho,porelaservido.

Artigo228­Oscompartimentosqueconstituiremlocaldetrabalho,deverãodispôrdeaberturasde

iluminação,perfazendoáreatotalnãoinferiora1/5daáreadopiso.

§1º­Aáreailuminanteseráformadapelasjanelas,inclusiveaslocalizadasnasaberturas,taiscomo

lanternins"sheds";

§2º­Poderá,também,sercomputada,nocalculoaáreadasclarabóias,atéomáximode20%daárea

iluminanteexigida.

§3º­AsaberturasdeiluminaçãovoltadasparaNouW,quandoexpostasdiretamenteàluzsolar,e,

bemassim,asclarabóias,deverãoserprotegidasadequadamentecontraaofuscação.

Artigo229­Naáreatotaldasaberturasdeventilaçãoserá,nomínimo,2/3daáreailuminanteexigida.

Artigo230­Quandoaatividadeaserexercidanolocaldetrabalhofôrincompatívelcomaventilação

ouiluminaçãonaturais,estaspoderãoserobtidaspormeiosartificiais.

Artigo231­Oscompartimentossanitáriosemcadapavimentodeverãoserdevidamenteseparadospara

usodeumedeoutrosexo.Onúmerodeaparêlhosexigidosserádeterminadoconformeatabela

seguinte:­

LotaçãodaFábricaou ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­ OficinanºdeOperários­LatrinaselavatóriosUnidadedeaparelhosmictório ­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­ Homens ­­­­­­

1­5

1

3

11­24

2

6

25­49

3

9

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

50­100

5

15

maisde100

Mais1p/cada30­mais1p/cada10

Mulheres

­­­­­­­­

1­5

1

­

6­14

2

­

15­30

3

­

31­50

4

­

51­80

5

­

Maisde80

Mais1p/cada20

­

Artigo232­Oscompartimentossanitáriosnãopoderãotercomunicaçãodiretacomolocaldetrabalho.

Artigo233­Quandooacessoaoscompartimentossanitáriosdependerdepassagemaoarlivre,essa

deverásercobertaeteralarguramínimade1,20m.

Artigo234­Asfábricaseoficinas,deverãodispôrdecompartimentosdevestiáriosdotadosde

armáriosdevidamenteseparadosparausodeumedeoutrosexoecomáreaútilnãoinferiora0,35m.q.

poroperárioprevistonalotaçãodorespectivolocaldetrabalho,observadooafastamentomínimode

1,35m.entreasfrentesdosarmárioseaáreamínimade8m.q

ParágrafoÚnico­Osvestiáriosnãopoderãoservirdepassagemobrigatòria.

Artigo235­APrefeitura,deacôrdocomalegislaçãotrabalhistadeterminaráemregulamentoquaisas

fábricaseoficinasaseremdotadas,obrigatòriamente,decompartimentosparachuveiros,bemcomoo

númerodêstes,deacôrdocomanaturezadetrabalhonelaexercido.

Artigo236­Oscompartimentosdestinadosàrefeitórioeosdestinadosaambulatóriosdeverãoter

pisoseasparedesatéaalturade2m.,revestidosdematerialliso,impermeáveleresistentea

frequenteslavagens.

Artigo237­Oscompartimentosdestinadosadepósitosoumanipulaçãodematerialinflamáveis,

deverãoterfôrrosconstruidosdematerialincombustíveletodososvãosdecomunicaçãointerna,

inclusiveosdeacessoàsescadas,vedadasporportastipocortafogo.

ParágrafoÚnico­Quandosituadoempavimentoimediatamenteabaixodotelhado,ofôrro incombustívelpoderáserdispensado,passandoaserexigidaaconstruçãodeparedestipocontrafogo,

elevadas1metronomínimo,acimadacalhaourufo.

Artigo238­Asinstalaçõesindustriais,cujofuncionamentoproduzaruidosouvibraçõesdanosasà

saúdeouaobemestardavizinhança,deverãoobedeceràsexigênciasconstantesnoCódigode

Zoneamento,edeverãoserdotadasdedispositivosdestinadosasuprirêssesinconvenientes.

Artigo239­Aschaminésdeestabelecimentosindustriaisdeverãoseelevar,nomínimo,5m.acimada

edificaçãomaisalta,situadaatéadistânciade50m.

ParágrafoÚnico­Paraosefeitosdêsteartigo,considera­seaalturadaedificaçãoaquotadofôrrodo

últimopavimento.

Artigo240­Aschaminésdeverãoserdotadasdecâmarasdelavagensdosgasesdecombustãoede

detentoresdefagulhas.

Artigo241­Asfábricaseoficinasdeverãoserdotadasdeinstalaçãoeequípamentosadequadoscontra

incêndio,deacôrdocomasnormaslegaiseregulamentaresemvigor.

SECÇÃOXVII

­­­­­­­­­­­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

FábricasdeProdutosAlimentícios

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo242­Asfábricasdeprodutosalimentíciosecongêneres,easusinasdebeneficiamentodeleite

deverãosatisfazeraodispostonoartigo161.

Artigo243­Osestabelecimentosindustriaisdepreparaçãodecarneeseusderivados,deverão

satisfazeraodispostonoartigo162.

Artigo244­Oscompartimentosdestinadosalaboratóriosanexosafábricasdeprodutosalimentícios,

deverãoapresentar,emplanta,dimensõescapazesdeconterumcírculocom2mderaioenãopoderão

tercomunicaçãodiretacomaviapública.

Artigo245­Osedifíciosdestinadosàusinadebeneficiamentodeleite,serãoisoladosourecuados,no

mínimo,6mdasdivisasdolote,salvodasqueconfinaremcomaviapública,ondeseráobservadoo

recúodafrenteestabelecidaemlei.

Artigo246­Asusinasdebeneficiamentodeleite,deverãodispôrdecompartimentosemnúmero

necessárioaofuncionamentoindependentedasseguintesatividades:­recebimentodoleite;

laboratórios;beneficiamento;expedição;lavagemeesterilizaçãodosvasilhames;câmarasfrigoríficas;

depósitodevasilhames,alémdevestiáriosecompartimentossanitários.

ParágrafoÚnico­Oscompartimentossanitáriosevestiáriosdeverãoserlocalizadosforadocorpoda

edificaçãoemqueestivereminstaladasasusinas,observadoodispostonoartigo232.

Artigo247­Asdependênciasdestinadasàmoradiadeverãoficarisoladasdoscompartimentos

destinadosaopreparodosprodutosalimentícios.

SECÇÃOXVIII

­­­­­­­­­­­­­

GaragensColetivas

­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo248­Asgaragenscoletivasdeverãoobedeceraodispôstonoartigo53eter:­

a)­asparedeseescadasebemassimtodososelementosdaconstruçãoqueconstituemaestruturado

edifício,dematerialincombustível;

b)­deverãoserdotadasdeventilaçãofôrçada,quandonãodisponhamdeventilaçãonatural.

Artigo249­Aconcordânciadoníveldasoleiracomodopasseionasentradasdeveículos,deveráser

feitaemsuatotalidade,dentrodolote.

Artigo250­Oacessoàsgaragens,quandocomcapacidadesuperiora50carros,deveráserobtidopor

meiodedoisoumaisvãosdelarguramínimade3mcadaum,admitindo­seumúnicocomlargura

mínimade6m.

Artigo251­Asrampasparatráfegodeveículos,terãoalarguramínimade3meadeclividade

máximade20%.

Artigo252­Deverãoserdotadasdeinstalaçõeseequipamentosadequadoscontraincêndio.

Artigo253­Quandoserviremparaoficinasdereparaçãodeconsertos,deveráasecçãodestinadaaêsse

mistér,obedecer­aodispôstonoCapítuloIII,SecçãoXVI.

Artigo254­Quandotiveremsecçãodelubrificação,lavagemeabastecimento,deverãoobedecerao

dispôstonoCapítuloIII,SecçãoXIX.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo255­Quandoasgaragenscoletivasforemsituadasemedifíciosdestinadosàmoradia,nãoserá

permitidaainstalaçãodesecçãodeabastecímento.

SECÇÃOXIX

­­­­­­­­­­­

PostosdeServiçosedeAbastecimentodeVeículos

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo256­Ospostosdeserviçoedeabastecimentodeveículossòmentepoderãofuncionarem

edifíciosdeseuusoexclusivo,nãosendopermitidonosmesmosquaisqueroutrosramosdecomércio

oudeindústria.

Artigo257­Nospostosmarginaisdasestradas,foradoperímetrourbano,serápermitida

aconstruçãoderestaurantesedormitórios,medianteoseguinte:­

a)­osdormitóriosserãolocalizadosempavilhãoisoladoedistante,nomínimo,10metrosdopôsto,

devendoasuaconstruçãoobedeceràsespecificaçõesdocapítuloreferenteàhotéis.

b)­osrestaurantesterãoasespecificaçõesdocapítuloreferenteabareserestauranteseserão

localizadosempavilhãoisoladosedistante,nomínimo,10metrosdopôsto.

Artigo258­Aáreadeusodopôsto,nãoedificada,deveráserpavimentadaemconcreto,asfalto,

paralelepípedooumaterialequivalenteedrenadademaneiraaimpediroescoamentodaságuasde

lavagensparaaviapública.

Artigo259­Emtôdaafrentedolote,nãoutilizadoparaacessos,seráconstituidaumamuretabaixa,de

maneiraadefenderospasseiosdotrafegodeveículos.

ParágrafoÚnico­Seráobrigatóriaaexistênciadedoisvãosdeacessonomínimo,cujalarguranão

poderáserinferiora7metros.

Artigo260­Ospisoscobertosedescobertosterãoasdeclividadessuficientesparaoescoamentodas

águasenãoexcedentesa3%.

Artigo261­Osaparêlhosabastecedoresouqualqueroutrainstalaçãodeserviço,ficarãodistantes,no

mínimo,4,50m.doalinhamentodarua,semprejuizodosrecuoslegais.

Artigo262­Ospostosquemantiveremserviçosdelavagemelubrificaçãodeveículos,deverãoter

vestiários,dotadodechuveiroparausodosseusempregados.

Artigo263­Seráobrigatóriaaexistênciadedoiscompartimentossanitários,sendoumparausodos

empregadoseooutroparaopúblicoemgeral.

ParágrafoÚnico­Ospostosmarginaisàsestradasderodagemdeverãodispôrdecompartimento

sanitárioparausodopúblicoeseparadamenteparacadasexo.

Artigo264­Alavagem,limpezaelubrificaçãodosveículosdeveráserfeitaemcompartimento

fechado,demaneiraaevitaradispersãodepoeira,águaousubstânciaoleosa.

Artigo265­Oscompartimentosdestinadosàlavagemelubrificação,deverãoobedecerosrequisitos

seguintes:­

I­opé­direitomínimoseráde4,50m.

II­asparedesserãorevestidasatéaalturamínimade2,50mdematerialimpermeável,lisoeresistente

afrequenteslavagens.

III­asparedesexternasnãopossuirãoaberturaslivresparaoexterior.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

IV­deverãoserlocalizadosdemaneiraquedistemosmínimosde6mdosalinhamentosdasruase3

m.dasdemaisdivisas.

Artigo266­Osdepósitosdecombustívelobedecerãoasnormasdêstecódigoparadepósitode

inflamáveis,noquelhesfôraplicável.

Artigo267­Aoaprovaralocalizaçãodospostosdeserviço,aPrefeiturapoderáimpôrregulamentação

asuaoperação,demaneiraadefenderosossegodavizinhançaouevitarconflitoparaotráfego.

Artigo268­Nãoserápermitidaemhipótesealguma,oestacionamentodeveículosnoespaço

reservadoparapasseiopúblico.

SECÇÃOXX

­­­­­­­­­­

OficinasParaReparaçãodeAutomóveis

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo269­Asoficinasparareparaçãodeautomóveisdeverãoteráreacobertaounão,suficientepara

acomodarosveículosemreparaçãoque,emhipótesealguma,nãopoderãoserreparadosnavia

pública.

§1º­Aáreamínimadessasoficinasseráfixadanabasede10m.q.paracadaoperário,respeitadoo

mínimode60m.q

§2º­Asportasdeacessoparaveículosterãoalarguramínimade3metros.

§3º­Quandooestabelecimentodispuserdeumaúnicaportadeacesso,essateráalarguramínimade4

metros.

SECÇÃOXXI

­­­­­­­­­­­

DepósitoseArmazénsemGeral

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo270­Osdepósitosearmazénsdedestinosnãoespecificadosnoscapítulosseguintes,serão

assimiladosaosestabelecimentoscomerciaisouindustriaissemelhantes.

ParágrafoÚnico­Osdepósitosdeinflamáveisnãolíquidosserãoassimiladosaostratadosnoartigo

280.

Artigo271­Constituemdepósitosdeinflamáveistodoedifício,construção,localoucompartimento

destinadoaarmazenar,permanentemente,líquidosinflamáveis.

Artigo272­Osdepósitosparaarmazenamentodemateriaistaiscomoferrovelho,madeirapara

construção,ferragensparaaestruturadeconcretoarmado,cal,telhas,manilhaseoutrossemelhantes

ouassimilados,obedecerãonormasfixadasemregulamento.

SECÇÃOXXII

­­­­­­­­­­­­

DepósitosdeInflamáveis

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo273­Osentrepostoedepósitodestinadosaoarmazenamentodeinflamáveisnãopoderãoser

construidos,adaptadosouinstalados,semlicençaespecíficaepréviada

Prefeitura.Opedidodeveráserinstruidocom:­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

a)­memorialdescritodainstalação,mencionandoosinflamáveis,anaturezaeacapacidadedos

tanquesourecipientes,osdispositivosprotetorescontraincêndio,aparêlhosdesinalização,assimcomo

todooaparelhamentooumaquinárioaserempregadonainstalação;

b)­plantaemtrêsvias,naqualdeveráconstaraedificação,aimplantaçãodomaquinárioeaposição

dosrecipientesoudostanques.

Parágrafoùnico­Nocasodedepósitodestinadosaarmazenamentoemrecipientesoutanquesde

volumesuperiora10.000litros,osdocumentosqueinstruemopedidodeverãosersubscritosea

instalaçãoserexecutadasobaresponsabilidadedeprofissionalhabilitado.

Artigo274­Sãoconsideradoslíquidosinflamáveis,paraosefeitosdêstecódigo,osquetêmseus

pontosdeinflamabilidadeabaixode135ºCeclassificam­senasseguintescategorias:­

1ªcategoria­osquetêmpontodeinflamabilidadeinferiorouiguala4ºC,taiscomo:­gasolina,éter,

nafta,benzol,colódioeacetona;

2ªcategoria­osquetêmpontodeinflamabilidadecompreendidoentre4ºC,inclusive,taiscomo:­

acetatodeamilaetuluol;

3ªcategoria­

a)­osinflamáveiscujopontodeinflamabilidadeestejacompreendidoentre25ºCa66ºC;

b)­osinflamáveiscujopontodeinflamabilidadeestejacompreendidoentre66ºCe135ºC,sempreque

estejamarmazenadosemquantidadessuperioresa50.000litros.

ParágrafoÚnico­Entende­seporpontodeinflamabilidadeográudetemperaturaemqueolíquido

emitavapores,emquantidadetalquepossaserinflamarpelocontactodechamaoucentelha.

Artigo275­Osentrepostosedepósitosdeinflamáveislíquidosquandoaformadeacondicionamentoe

armazenamento,classificam­senosseguintestipos:­

1ºtipo­Asconstruçõesapropriadasparaarmazenamento,emtambores,barricas,quintos,latasou

outrosrecipientesmóveis.

2ºtipo­Osconstituidosdetanquesoureservatórioselevados,ousemi­enterradoseobras

complementares;

3ºtipo­Osconstituidosdetanquesoureservatóriosinteiramentesubterrâneoeobrascomplementares.

SECÇÃOXXIII ­­­­­­­­­­­­­

Depósitosde1ºTipo

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo276­Osdepósitosde1ºTipodeverãosatisfazerosseguintesrequisitos:­

a)seremdivididosemsecçõescontendocadaumaomáximode200.000litros,instaladosempavilhão

queobedeçaaosrequisitosdoartigo.

b)osrecipientesserãoresistentes;ficarãodistantes1m,nomínimo,dasparedes;acapacidadedecada

recipientenãoexcederá210litros,anãoserparaarmazenarálcool,quandopoderáatingir600litros.

c)Nessesdepósitosnãoseráadmitida,mesmoemcarátertemporário,autilizaçãodequalquer

aparêlho,instalaçãooudispositivoprodutordecalor,chamaoufaísca.

b)seráobrigatóriaainstalaçãodeaparêlhosinaladoresdeincêndio,ligadoscomocompartimentodo

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

guarda.

Artigo277­Ospavilhõesdeverãosertérreoeter:­

a)materialdecoberturaedorespectivovigamentoincombustível;

b)asvigasdesustentaçãodotelhadoapoiadasdemaneiraa,emcasodequebra,nãoprovocararuina

dasmesmas;

c)asparedesimpermeáveisouimpermeabilizadasemtôdaasuperfícieinterna;

d)asparedesquedividemasseçõesentresi,dotipocorta­fogo,elevando­se,nomínimo,até1macima

dacalhaourufo;nãopoderáhavercontinuidadedebeirais,vigas,terças,eoutraspeçasconstrutivas;

e)opisoprotegidoporumacamadade,nomínimo,5cmdeconcreto;impermeabilizado,isentode

fendasoutrincasecomdeclividadesuficienteparaescoamentodoslíquidoscomumdrenopara

recolhimentodêstesemlocalapropriado;

f)portasdecomunicaçãoentreassecçõesdedepósitooudecomunicaçãocomoutrasdependências,do

tipocorta­fogo,dotadasdedispositivosdefechamentoautomáticoedispositivodeproteção,queevite

entravesaoseufuncionamento;

g)soleiradasportasinternas,materialincombustívelcom15cmdealturaacimadopiso;

h)iluminaçãonatural;aartificialsehouverdeveráserfeitaporlampâdaselétricasincandescentes;nos

casosdearmazenamentodeinflamáveislíquidosde1ªe2ªcategorias,aslampadasdeverãoser

protegidasporglobosimpermeáveisaosgaseseprovidosdetelametálicaprotetora;

i)AsInstalaçõeselétricasembutidasnasparedesecanalizadasnostelhados;noscasosde

armazenamentodeinflamáveislíquidosde1ªe2ªcategorias,osacessórioselétricostaiscomochaves

comutadoresemotores,deverãoserblindadoscontrapenetraçãodevaporesoucolocadosforado

pavilhão;

j)ventilaçãonatural/quandoolíquidoarmazenadofôrinflamávelde1ªcategoria,quepossaocasionar

produçãodevapores,terventilaçãoadicional,medianteaberturaaoníveldopisoemoposiçãoàsportas

ejanelas;

k)emcadaseção,aparelhosextintoresdeincêndio.

Artigo278­Ospavilhõesdeverãoficarafastados,nomínimo,quatrometrosentresi,dequalquer

outrasedificaçõesdedepósitoedasdivisasdoterreno,aindanocasodoimóvelvizinhoserdomesmo

proprietário.

Artigo279­APrefeiturapoderádeterminaroarmazenamentoemseparadodeinflamáveisque,porsua

natureza,possamapresentarperigoquandoarmazenadosemconjunto,bemcomoosrequisitose

exigênciasadequadosaêssefim.

SECÇÃOXXIV ­­­­­­­­­­­­

Depósitosde2ºTipo

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo280­Osdepósitosdo2ºTiposerãoconstituidosdetanquessemi­enterradosoucombase,no

máximo,a0,50macimadosoloedeverãosatisfazeraoseguinte:­

a)­Acapacidadedecadareservatóriotanque,nãopoderáexcedera6milhões(6.000.000)delitros;

b)­Ostanquesoureservatóriosmetálicosserãosoldados,quandorebitados,calafetadosdemaneiraa

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

tornar­seperfeitamenteestanques,eserãoprotegidoscontraaaçãodosagentesatmosféricospor

camadasdetintasapropriadasparaêssefim;

c)­Aresistênciadostanquesoureservatóriosdeverásercomprovadaemprovaderesistênciaa

pressão,aserrealizadaempresençadeengenheirosdaPrefeituraespecialmentedesignados;

d)­Ostanquesmetálicosestarãologadoselètricamenteàterra.Nosdeconcretoarmado,asarmaduras

serãoligadaselètricamenteàterra;

e)­Asfundaçõeseossuportesdostanquesdeverãoserinteiramentedematerialincombustível.

f)­Ostanquesprovidosdesistemapróprioespecialdeproteçãoeextinçãodefogo,deverãodistardas divisasdoterrenoeunsdosoutros,nomínimo,umavezemeiaasuamaiordimensão(diâmetro,altura oucomprimento),aindanocasodoimóvelvizinhoserdomesmoproprietário.Comrelaçãoàdivisa confinantecomasviaspúblicasserásuficienteadistânciacorrespondenteaumavezareferidamaior

dimensão;emqualquercasoserásuficienteoafastamentode35m.;

g)­Ostanquesnãoprovidosdesistemapróprioeespecialdeproteçãoeextinçãodefogodeverão distardasdivisasdoterrenoeunsdosoutros,nomínimo,odôbrodesuamaiordimensão(diâmetro, alturaoucomprimento),aindanocasodoimóvelvizinhoserdomesmoproprietário.Comrelaçãoà divisaconfinantecomaviapública,serásuficienteadistânciacorrespondenteaumavezemeiaa

referidamaiordimensão;emqualquercasoserásuficienteoafastamentode45m.

h)­Quandodestinadosaarmazenarinflamável,emvolumesuperiora20.000litros,ostanquese

reservatóriosdeverãosercircundadospormuro,mureta,escavaçãoouatêrro,demodoaformarbacia

comcapacidadelivremínimacorrespondenteadoprópriotanqueoureservatório;

i)­Osmurosdabacianãodeverãoapresentaraberturaousoluçãodecontinuidadeedeverãoser

capazesderesistiràpressãodoslíquidoseventualmenteextravasados;

j)­Nointeriordabaciaépermitidoainstalaçãodebombasparaabastecimentodostanquesoupara

esgotamentodeáguaspluviais;

k)­Osmurosdabaciaconstruidosdeconcretodeverão,quandonecessário,terjuntasdedilatação,de

metalresistenteàcorrosão;

l)­Ostanquesdeverãodistardasparedesdasbacias1m.,nomínimo.

§1º­Ostanquesereservatóriosdelíquidos,quepossamocasionaremanaçãodevaporesinflamáveis,

deverãoobservaroseguinte:­

a)­Seremprovidosderespiradourosequipadoscomválvulasdepressãoedevácuo,quandopossamos

líquidosocasionaremanaçãodevaporesinflamáveis;

b)­Aextremidadedocanodeenchimentodeveráserfeitademodoaimpossibilitarderramamentode

inflamáveis;

c)­Oabastecimentodotanqueseráfeitodiretamentepelocanodeenchimento,pormeiodeuma

mangueiraligando­oaotambor,caminhãotanquevagãoouvasilhamesutilizadosnotransportede

inflamáveis;

d)­Osregistrosdeverãoajustar­senosrespectivoscorposeseremprovidosdeesperasindicativasda

posiçãoemqueestejam,abertasoufechadas;

e)­Osencanamentosdeverãosemprequepossívelserassentosemlinhasretaseemtôdainstalação

previstososmeioscontraaexpansão,contraçãoeventilação;

f)­éproibidooempregodevidronosindicadoresdenível.

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

§2º­Serãoadmitidostanqueselevadospròpriamenteditosdesdequesatisfaçamaoseguinte:­

a)­Sópoderãoarmazenarinflamáveisde3ªcategoria

b)­Devemficarafastados,nomínimo,4m.dequalquerfontedecalor,chamaoufaísca;

c)­Devemficarafastadosdadivisadoterrenomesmonocasodoterrenovizinhoserdomesmo

proprietário,deumadistâncianãoinferioràmaiordimensãodotanque(diâmetro,alturaou

comprimento);

d)­Otanque,ouconjuntodetanques,comcapacidadesuperiora4.000litros,devemserprotegidos

externamenteporumacaixacomosrequisitosseguintes:­

I­Teraespessuramínimade10cm.,quandodeconcreto,ou25cm.,quandoalvenaria;

II­Asparedeslateraisdevemultrapassarotopodotanquede,nomínimo,30cm.;

III­Asparedesdacaixadevemdistarnomínimo10cm,dostanques;

IV­Seremcheiasdeareiaouterra,aplicadaatéotopodacaixa.

SECÇÃOXXV ­­­­­­­­­­­

Depósitosde3ºTipo

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo281­Ostanquesoureservatóriossubterrâneodeverãoobedeceroseguinte:­

a)­Seremconstruidosdeaçooudeferrogalvanizadofundidooulaminado,oudeoutromaterial

prèviamenteaprovadopelaPrefeitura.

b)­Seremconstruidospararesistirem,comosegurança,àpressãoaqueforemsubmetidos;

c)­Deverãoserdotadosdetuborespiratòrio,terminadoemcurvaecomaaberturavoltadaparabaixo

protegidaportelametálica,devendoêssetuboelevar­se3metrosacimadosoloedistar,nomínimo,

1,50mdequalquerportaoujanela.

Artigo282­Quandootanqueoureservatóriosedestinaraoarmazenamentodeinflamáveisda1ª

categoria,acapacidademáximadecadaseráde200.000litros.

Artigo283­Deveráhaverumadistânciamínimaigualàmetadedoperímetrodamaiorseçãonormal

dotanque,entreocostadodêsteeoimóvelvizinho,aindaquepertencentesaomesmoproprietário.

Artigo284­Deveráhaverdistânciamínimaentredoistanquesigualoumaiora1/20daprevistano

artigoanterior,comomínimode1m.

Artigo285­Ostanquessubterrâneosdevemterseutôponomínimoa0.50mabaixodoníveldosolo.

Parágrafoùnico­Nocasodetanquecomcapacidadesuperiora5.000litros,essaprofundidadeserá

contadaapartirdacotabaixadoterrenocircunvizinho,dentrodeumraiode10m.

SECÇÃOXXVI

­­­­­­­­­­­

Gasômetros

­­­­­­­­­­­

Artigo286­Osgasômetrosedemaisreservatóriosdeinflamáveisgasososdeverãosatisfazerao

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

dispostonositens"a"a"g"doartigo280.

SECÇÃOXXVII

­­­­­­­­­­­­­

DepósitosdeCarburetoeFábricasdeAcetileno

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo287­Osdepósitosparaarmazenamentodecarburetodecálciodeverãoobedeceraoseguinte:­

a)­Serãoinstaladosemedifíciotérreos;

b)­Ailuminaçãoelétricasefarámediantelâmpadasincandescentes,instalaçõesembutidasouem

cabosarmados,ecominterruptorescolocadosexternamenteaodepósito;

c)­Quandodecapacidadeentre10.000e25.000kg.deverãoserdotipocorta­fogoasparedesque

separaremodepósitodosedifícioscontíguos.Asportasdeverãoserdematerialincombustível,de

fechamentoautomáticonocasodeincêndios,semprequeodepósitoestiverlocalizadoamenosde4m

deoutrasedificações;

d)­Quandoacapacidadesuperiora25.000kg.,deverãoobservaroafastamentode15m.,nomínimo,

dequalquerconstruçãooupropriedadevizinha;

e)­Deverãoserdotadosdeaparêlhosextintoresdeincêndiosdotipoadequado.

Artigo288­Asfábricasdeacetilenodeverãoobservaroseguinte:­

a)­Oscompartimentosondesemanipulaacetilenocomprimindodeverãodistar,nomínimo,30m.das

propriedadesvizinhas.Nasfábricasdecapacidademensalsuperiora25.000m3,adistânciamínima

seráde50m.;

b)­Osgeradoresdeacetilenodeverãoserinstaladosumemcadacompartimentoaêlesexclusivamente

destinados;

c)­Oslocaisondeoacetilenosejamanipuladosobaltapressão,deverãoserseparados,pordivisões

resistentesaofogodaquêlesemquesejamanipuladosobbaixapressão;

d)­Deverãoservedadosporportasincombustíveis,dotadasdedispositivodefechamentoautomático,

ascomunicaçõesentreosdepósitosdecarburetodecálcioeosdemaiscompartimentosdafábrica;

e)­Osmotoresdeverãoserinstaladosemcompartimentosseparadoscujasparedessejam

impermeáveisaosgases;

f)­Asplataformaselevadasdeverãopossuirsaídasdesocorro;

g)­AlémdosrequisitosdeiluminaçãoestabelecidosnesteCódigo,todososcompartimentosdafábrica

deverãopossuiraberturasdeventilaçãonapartesuperiordesuacobertura;

h)­Deverãoobservaroafastamentomínimode5mdasedificaçõesvizinhas,todososlocaisou

compartimentosondefôrinstaladocompressorouondeserealizaroenchimentodostubosdeacetileno

comprimido.

SECÇÃOXXVIII

­­­­­­­­­­­­­­

DepósitosdeFitasCinematográficas

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo289­Osdepósitosdefitascinematográficasàbasedenitrocelulose,deverãosatisfazerao

seguinte:­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

I­Paraquantidadeaté500kgdepêsolíquido:­

a)­seremsubdivididosemcélulascomcapacidademáximade125kg.,volumemáximode1m3e

volumemínimode3dm3porquilogramadefeitaarmazenada;

b)­Acélulaseráfeitadematerialresistenteebomisolantetérmico;teráemumadesuasfacesuma

portaindependenteeseráprovidadeumpulverizadordeáguadefuncionamentoautomáticoemcaso

deincêndio;

c)­Asbobinasserãoarmazenadasemposiçãovertical.

II­Paraquantidadessuperioresa500kg.depêsolíquido:­

a)­seremsubdivididosemcâmarasoucofresdecapacidademáximacorrespondentea500kg.depêso

líquidoedevolumemáximode20m3.

b)­Oscofresserãodematerialresistente,debomisolantetérmicoedemodêlopréviamenteaprovado

pelaPrefeitura;

c)­Oscofresserãoprovidosdecondutordestinadoaoescapamentodosgasesdeeventualexplosão,

satisfazendoaoseguinte:­

1º­Secçãonormalmínimade1m.q.

2º­Comunicaçãodiretacomoarlivredesembocadoàdistânciamínimade8m.dequalquersaídade

socorro.

III­Serãofeitosdematerialresistenteebomisolantetérmico.

IV­Aaberturadecomunicaçãocomoexterior,poderáserprovidadetampooufecho,desdeque

constituidodepainéisdeáreanãoinferiora20dm2,dematerialleveebomisolantetérmico.Essa

tampadeveráabrirautomàticamentenocasodeincêndios.Naparteinternadessaabertura,será

admitidarêdemetálicaprotetoracommalhade,pelomenos,1dm2deárea,instaladademodoanão

prejudicarofuncionamentodetampaoufêcho.

d)­oscofresserãodotadosdepulverizadoresdeágua,defuncionamentoautomáticoemcasode

incêndios;

e)­Asbobinasserãoarmazenadasemposiçãovertical;

f)­Aspratêleirasousubdivisõesinternasdeverãoserdematerialresistenteebomisolantetérmico;

g)­Asportasdeacessoaosdepósitosserãodematerialqueimpeçaapassagemdachama;

h)­Deverãoterdispositivodefechamentoautomático,emcasodeincêndiotôdasasportasdecofrese

bemassimasdeacessoaosdepósitos.

Artigo290­Nosdepósitosdefitascinematográficas,ailuminaçãoartificialseráelétrica,mediante

lâmpadasincandescentessendovedadoousodecordõesextensíveis.Osmotoreselétricos,porventura

instalados,serãoblindados.

SECÇÃOXXIX

­­­­­­­­­­­­

ArmazénsdeAlgodão

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo291­Asconstruçõesdestinadasàarmazensdealgodão,ficamsujeitasàsseguintesprescrições:­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

I­Osarmazénsserãosubdivididosemrecintosdeáreasuperiora1.200m.q.;

II­Cadarecintoserácircundadoporparedesdealvenariacomespessuramínimadeumtijolo,feitas comtijoloscompactosoumaterialdeidênticaisolaçãocontrafogo,assentadoscomargamassadebôa qualidade.Asparedesqueconfinaremcomasedificaçõesvizinhas,easquedividiremosrecintosentre

si,serãodotipocorta­fogo,elevando­se,nomínimo,até1m.acimadacalhaourufo.Nãohaverá

continuidadedebeirais,vigas,têrçaseoutraspeçasconstrutivas.

III­Ascoberturasdosarmazénsserãoprovidasdeaberturasparaventilaçãonaproporçãomínimade

1/50daáreadopiso.

IV­Aáreailuminantedeverácorresponder,nomínimo,a1/20daáreadopiso.Nocálculodaárea

iluminante,serãoconsideradasjanelas,clarabóiasoutelhasdevidro.

V­Asportasdesaídadeverãoabrirparafora.Asdecomunicaçãoentrerecintosdeverãoser:­

a)­incombustíveledotipocorta­fogo;

b)­dotadasdeproteçãoparafechamentoautómatico,emcasodeincêndio;

c)­dotadasdedispositivosdeproteçãoqueeviteentravesaoseufuncionamento.

VI­Asvigasdesustentação,tantoasdemadeiracomoasdeferro,serãodispostasdemodoqueasua

quedanãoarruineasparedesdivisórias.

VII­Deverãosatisfazeraodispôstonoartigo237.

VIII­Quandooarmazemsecompuserdecorposcomalturasdiversas,oscorposmaisaltosnão

poderãoterbeiraisincombustíveisoujanelassôbreotetodoscorposmaisbaixosequepossamficar

sujeitosaofogoeventualdêstes.

IX­Tôdasasaberturasdeventilaçãoouiluminaçãodeverãoserdotadasdedispositivosdeproteção

contrapenetraçãodefagulhas.

X­Ospisosnaparteexclusivamentedestinadaaoempilhamentodeblocosdefardosdeverão:­

a)­terdeclividadenãoinferiora3%;

b)­seremdispostosdeformaque,emcasodeincêndio,aáguautilizadanaextinçãoemdeterminado

blocodefardosempilhados,nãodanifiquefardosdeblocosvizinhos.

XI­seremdotadosdeinstalaçõeseequipamentoshidráulicasadequadosàextinção.

XII­ailuminaçãoartificialdeverserúnicamentepormeiodelampadaselétricas.Osfioscondutores

deluzefôrçaserãoembutidosouemcabosarmados,easchavesprotegidasporcaixasdemetalou

concretoarmado.Oconjuntoseráprotegidoporfusíveisapropriados.

XIII­Cadarecintoseráprovidodeextintoresdeincêndioadequadosàmercadoriaemantidosembom

estadodefuncionamento.

XIV­Cadarecintoteráainda,escadasbaldes,fontesoudepósitosdeágua,necessáriosaosprimeiros

socorros,nocasodeincêndio.

SECÇÃOXXX

­­­­­­­­­­­

DepósitosdeExplosivos

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

Artigo292­Osdepósitosdeexplosivosnãopoderãoserlocalizadosdentrodoperímetrourbanoe

deverãosatisfazeraoseguinte:­

a)­opé­direitoterá,nomínimo,4m.enomáximo5m,;

b)­tôdasasjanelasdeverãoserprovidasdevenezianasdemadeira;

c)­aslâmpadaselétricadeverãoserprotegidasportelametálica;

d)­dispôrdeproteçãoadequadacontradescargaatmosféricas;

e)­opêsoseráresistente,impermeáveleincombustível;

f)­asparedesserãoconstruidasdematerialincombustíveleterãorevestimentoemtôdasasfaces

internas.

§1º­Quandoodepósitosedestinaraoarmazenamentodeexplosivosdepêsosuperiora100kg.de1ª

categoria,200kg.de2ªou300da3ªdeverãosatisfazeraoseguinte:­

a)­Asparedesdefrontantescompropriedadevizinhasououtrassecçõesdomesmodepósito,serão feitasdetijoloscomprimidosdeboafabricaçãoeargamassa,ricaemcimentooudeconcretoresistente.

Aespessuradaparedeseráde45cmquandodetijolos

e25cmquandoemconcreto.

b)­Omaterialdecoberturaseráomaislevepossível,resistente,impermeáveleincombustívele

deveráserassentadoemvigamentometálico.

§2º­Osexplosivosclassificam­seem:­

1ªcategoria­osdepressãoespecifícasuperiora6.000kg/cm2.

2ªcategoria­osdepressãoespecíficainferiora6.000kg/cm2esuperiora3.000kg/cm2.

3ªcategoria­osdepressãoespecíficainferiora3.000kg/cm2.

Serápermitidoguardarouarmazenarqualquercategoriadeexplosivodesdequeospesoslíquidos sejamproporcionaisaovolumedosdepósitos,admitindo­se:­

2kgdeexplosivosde1ªcategoria/m3.

4kgdeexplosivosde2ªcategoria/m3.

8kgdeexplosivosde3ªcategoria/m3.

Êssesdepósitosestarãoafastadosdoslimitesdaspropriedadesvizinhaspordistânciamínimaiguala

duasvezesoperímetrododepósitoprópriamentedito.

Nosdepósitoscompostosdeváriassecções,instaladasempavilhõesseparados,adistânciaseparativa

entreassecçõesserácorrespondente,nomínimo,àmetadedoperímetrodamaiordelas.

Serãoconsideradosdepósitosparaosefeitosdêsteartigo,quaisquerlocaisondehouveracumulaçãoou

armazenamentodeexplosivos.

SECÇÃOXXXI

­­­­­­­­­­­

FábricadeExplosivos

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo293­Osedifíciosdestinadosàfabricaçãopropriamentedita,bemassimospaióisdeexplosivos

nãopoderãolocalizar­sedentrodoperímetrourbanoedeverãoobservar,entresiecomrelaçãoàs

demaisconstruções,oafastamentomínimode50m.Naáreadeisolamentoassimobtidaserão

levantadososmerçõesdeterrade2m.dealtura,nomínimo,ondedeverãoserplantadasárvores.

Artigo294­Osedifíciosdestinadosàfabricaçãoprópriamentedita,obedecerãomaisasseguintes

especificações:­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

a)­asparedescircundantesserãoresistentessôbretôdasasfaces,menosuma:­aqueficarvoltadapara

oladoemquenãohouveroutrasedificaçõesouquesejasuficientementeafastadadasqueexistirem;

b)­omaterialdecoberturaseráimpermeável,incombustível,resistente,omaislevepossível,e

assentadoemvigamentometalicobemcontraventado;

c)­Opisoseráresistente,incombustíveleimpermeável;

d)­asjanelasdiretamenteexpostasaosoldeverãoserdotadasdevenezianasdemadeiraeasvidraças

deverãoserdevidrofôsco;

e)­alémdailuminaçãonatural,serápermitidaapenasaelétricamediantelâmpadasincandescentes,

protegidasportelametàlica;

f)­deverãoserdotadosdeinstalaçõeseequipamentosadequadosàextinçãodeincêndio;

g)­ostrilhosevagonetesutilizadosparatransportesinternosdeverãoserdemadeira,cobreoulatão;

h)­dispôrdeproteçãoadequadacontradescargasatmosféricas.

Artigo295­Osedifíciosdestinadosaarmazenamentodematériasprimas,obedecerãoàsseguintes

prescrições:­

a)­haveráumedifíciopróprioparacadaespéciedematériaprima;adistânciaseparativadeedifícioa

edifícioseráde5m.nomínimo;

b)­Opiso,acoberturaeasparedesdosdepósitosdematériaprimaserãoresistentes,impermeáveisou

impermeabilizadoseincombustíveis;

c)­Alémdailuminaçãonatural,serápermitida,apenas,aelétrica,mediantelâmpadasincandescentes

protegidasportelametálica;

d)­deverãoserdotadosdeinstalaçõeseequipamentosadequadosàextinçãodeincêndios.

Artigo296­Asfàbricasdeexplosivosorgânicosdebasemineral,deverãosatisfazer,alémdodisposto

nosartigosanterioresmaisosseguintes:

a)­osmerlõeslevantadosnaáreadeisolamentodeverãoatingiraalturasuperiorà

cumieiradoedifícioeneledeverãoserplantadasárvores.

b)­acoberturaserádematerialincombustível,impermeáveleresistente,assentadoemvigamento

metálico.

Artigo297­Asfábricasdeexplosivosorgânicosdeverãosatisfazer,alémdodispôstonosartigos294e

297,maisaoseguinte:­

a)­ovigamentodecoberturanoslocaisondehouverpossibilidadededespreendimentodevapores

nitrosos,deveráserprotegidoportintasàbasedeasfalto;

b)­ospisosdoslocaissujeitosaemanaçõesdevaporesnitrososdeverãoserrevestidosdealfaltoeter

declividadesuficienteparaorápidoescoamentodelíquidoseventualmentederramados.

CAPÍTULOIV

­­­­­­­­­­­­

ExecuçãodaConstrução

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

SECÇÃOI

­­­­­­­­

03/08/2016

VisualizacaodoTextoOriginal

MateriaisdeConstrução

­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­­

Artigo298­FicamdotadasasnormaseespecificaçõesdaA.B.N.Treferentesaoemprêgodemateriais

deconstrução,bemcomoaosprocessosetécnicadesuaaplicação.