Você está na página 1de 6

Renato Ceola

Wilhelm Klemz

Polímeros

Trabalho apresentado à
disciplina de química,
no curso de Engenharia
Elétrica, à professora
Fernanda Zendron.

Blumenau
2018
TERMOPLÁSTICO

PEAD (POLIETILENO DE ALTA DENSIDADE)

Polímero: Polietileno ou polieteno

Monômero: Etileno ou eteno

O polietileno ou polieteno, é um polímero obtido através da polimerização do eteno.


Ele não é tóxico, pois é constituído somente de hidrogênio e carbono.

Possui uma grande resistência química, e com isso um peso molecular bastante
alto. Por isso, o PEAD é usado geralmente na fabricação de tubos.

Por ser um material que permite maior flexibilidade na execução de obras,


preservação do ambiente, economia financeira, a sua utilização vem crescendo
cada vez mais.

Hans von Pechmann, foi quem sintetizou pela primeira o polietileno, em 1898.

Em 1933, Reginald Gibson e Eric Fawcett, sintetizaram o polietileno como


conhecemos hoje.

Características:

● Flexibilidade (pode ser fornecido em bobinas e diminui peças no campo);


● Grande resistência química (praticamente imune à temperatura ambiente);
● Atóxico (excelente para transporte de água potável e alimentos);
● Impermeável;
● Elevada resistência ao impacto e à abrasão.

Aplicação:

● Tubulação para gás, telefonia, água potável, lâminas de drenagem e uso


sanitário;
● Frascos para pintura, sorvetes, azeites, detergentes, shampoo, etc;
● Sacolas para supermercados;
● Caixotes para peixes, refrigerantes, cervejas.
Hans von Pechmann, foi quem sintetizou pela primeira o polietileno, em 1898.

Em 1933, Reginald Gibson e Eric Fawcett, sintetizaram o polietileno como


conhecemos hoje.

TERMORRÍGIDO

PU (POLIURETANO)

Polímero: Poliuretano

Monômero: Uretano

Poliuretano (PU) é um polímero que compreende uma cadeia de unidades unidas


por ligações uretânicas.

Poliuretanos têm este nome porque são formados por unidades de uretano, ou
carbamato.

A criação dos poliuretanos é atribuída ao químico industrial alemão Otto Bayer, que
descobriu a reação de poliadição de isocianetos e polióis. Foi desenvolvido como
um substituto da borracha, durante o começo da Segunda Guerra.

Características:

Metais:

● Menor peso;
● Menos ruído;
● Melhor ajuste;
● Menor custo de fabricação;
● Resistência à corrosão.

Plásticos:

● Não é quebradiço;
● Memória Elastomérica;
● Resistência a Abrasão.

Borrachas:

● Resistência a abrasão
● Resistência ao corte e ao rasgo
● Resistência a óleo
● Resistência a grandes carregamentos
● Grande variedade de durezas
● Claro e translúcido
● Não marca, não mancha
● Pode ser fundido
● Resistente a ozônio
● Resistente à micro-organismos
● Alta ou baixa histerese.

Aplicação:

● Verniz
● Cola
● Pneus
● Mobílias (Mesas; Painéis)
● Colchões
● Assentos de automóveis
● Preservativos.

POLÍMERO DE ADIÇÃO

PVA (POLIACETATO DE VINILA)

Polímero: Poliacetato de vinila

Monômero: Acetato de vinila


O poliacetato de vinila, é um polímero sintético conhecido por PVA, vindo do inglês
polyvinyl acetate.

Em 1912, o alemão Dr. Fritz Klatte, descobriu o PVA.

Características:

● Transparente e incolor;
● Insolúvel na água;
● Alta adesividade.
● Na presença de um agente emulsificante, o PVA torna-se disperso em meio
aquoso.

Aplicação:

● Fabricação de tintas de parede do tipo látex;


● Cola “amarela” usada na madeira;
● Cola “branca” utilizada nas colas comuns;
● Adesivos para papel;
● Gomas de mascar.

POLÍMERO DE CONDENSAÇÃO

KEVLAR

Polímero: Poliarilamida ou poliaramida


Monômero: Aramida

Kevlar é a marca registada da ‘DuPoint’ para uma fibra sintética de aramida muito
resistente e leve.
Foi inventado por Stephanie Kwolek (Julho de 1923 — Junho de 2014).
O Kevlar consiste de uma ligação de p-fenilenodiamina com cloreto de tereftaloila.
Sua pesquisa começou em 1964 para uma nova liga para pneus, e foi
implementado no mercado em 1971.
Atualmente é usado em mais de 200 tipos de produtos.
Características:

● Resistente ao calor;
● 5 vezes mais resistente que o aço por unidade de peso;
● Leve;
● Maleável.

Aplicação:

● Cintos de segurança;
● Botas de bombeiro;
● Coletes à prova de bala;
● Linhas de pesca;
·

POLÍMERO NATURAL

LÁTEX

Polímero: Cis-poliisopreno
Monômero: Isopreno

Látex é um produto do extrativismo vegetal e é uma dispersão estável (emulsão) de


micropartículas poliméricas em meio aquoso, e pode ser natural ou sintético.
Na natureza pode ser encontrado em forma de secreção, branca ou amarelada em
plantas e árvore como seringueira ou mamoeiro.
O látex é tóxico, o que faz suas plantas serem igualmente tóxicas.
É utilizado para produção de borracha.
O látex já é extraído pelos humanos antes mesmo do descobrindo da América pelas
populações indígenas.

Características:

● Elasticidade;
● Leve;
● Fácil manuseio.

Aplicação:

● Preservativos;
● Luvas cirúrgicas;
● Drenos.