Você está na página 1de 21

Física

Dinâmica

01. Um corpo de 40N de peso está em repouso, apoiado sobre Resolução:


uma superfície horizontal de coeficiente de atrito estático a) A força horizontal mínima capaz de mover o corpo não pode ser
µe = 0,3 e coeficiente de atrito cinético µc = 0,2. Determine: menor que fat :
e(máx)
F = fat = µe . N
e(máx)
a) a força horizontal mínima capaz de fazer o corpo se F = 0,3 x 40 (pois N = P)
mover. F = 12 N
b) a força horizontal mínima necessária para manter o
b) A força horizontal mínima para manter o corpo em movimento
corpo em movimento. deve ser igual a fat :
c
F' = fat = µc . N
c
F' = 0,2 x 40 = 8 N

02. Um corpo de massa 15kg está em repouso, sobre uma Resolução:


superfície horizontal, submetido à ação de uma força
Num apoio horizontal, temos
F = 30N, paralela ao apoio. Sabendo que o coeficiente de
atrito estático entre o corpo e o apoio vale 0,4 e o coeficiente N = P = m . g ⇒ N = 15 . 10 = 150N
de atrito cinético vale 0,3, determine a intensidade da força fat = 0,4 . 150 = 60N
e(máx)
de atrito agente sobre o corpo.
fat = 0,3 . 150 = 45N
Adote g = 10m/s2 c
Observando os resultados obtidos, verificamos que F = 30N não é
suficiente para tirar o corpo do repouso.
Logo, temos fat = F ∴ fat = 30N.

03. Os coeficientes de atrito estático e cinético entre as Resolução:


superfícies de um corpo, inicialmente em repouso, e seu
N = P = 100 N
apoio horizontal P são µe = 0,6 e µc = 0,5. O peso do corpo
→ Fat = µe . N = 0,6 . 100 = 60 N
é de 100N. Submetendo-o à ação de uma força F horizontal, e(máx)
determine quais são as forças de atrito correspondentes aos
→ ∴ se F ≤ 60 N ⇒ Fat = F
seguintes valores sucessivos de F: se F > 60 N ⇒ Fat = µc . N

a) F = 10N
a) Fat = F = 10 N
b) F = 30N
b) Fat = F = 30 N
c) F = 60N
c) Fat = F = 60 N
d) F = 80N
d) Fat = µc . N = 0,5 . 100 = 50 N

CPV fiscol-med2805-R
1
2 FÍSICA

04. Um bloco está em repouso sobre uma superfície Resolução:


plana e horizontal. Seu peso vale 40N e a força máxima
de atrito estático entre o bloco e a superfície vale 20N. É preciso vencer Fat para que o corpo entre em movimento.
e(máx)
O valor da força horizontal mínima que coloca o bloco em
Alternativa A
movimento é:

a) ligeiramente maior que 20N.


b) igual a 40N.
c) ligeiramente menor que 40N.
d) ligeiramente maior que 40N.
e) impossível de ser estimada.

05. (PUC) O corpo A, mostrado na figura, é constituído de Resolução:


material homogêneo e tem massa de 2,5kg. Considerando-
2,5 . 10
se que o coeficiente de atrito estático entre a parede e o Fat = P = m . g = µe . F ⇒ F = = 125 N
0, 2
corpo A vale 0,20 e que a aceleração da gravidade seja

10m/s2, o valor mínimo da força F para que o corpo A fique Alternativa C
em equilíbrio, na situação mostrada na figura, é:

a) 275 N corpo A
b) 25 N
c) 125 N

d) 225 N F
e) 250 N

parede
vertical

06. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com velocidade Resolução:


constante sobre uma superfície horizontal, cujo coeficiente
de atrito é 0,2. a) Fat = µ . N = µ . P = 0,2 . 100 = 20 N

a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície sobre b) O movimento é uniforme ⇒ 20 N


o bloco ?
b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco, no
sentido do movimento ?

07. (FUVEST) Um bloco de 5kg que desliza sobre um plano Resolução:


horizontal está sujeito às forças F = 15N, horizontal para a
direita, e fat = 5N, de atrito horizontal para a esquerda. a) F − Fat = m . γ

15 − 5
g = 10m/s2 γ = = 2 m/s2
5

a) Qual a aceleração do bloco ? b) Fat = µ . N


b) Qual o coeficiente de atrito entre o bloco e a superfície?
Fat Fat 5
µ = N = = 5 . 10 = 0,1
P

CPV fiscol-med2805-R
Física 3


08. Um bloco de massa m = 2,0kg é puxado por uma força F de Resolução:
intensidade 10N, sobre um plano horizontal, como mostra
a figura. F − Fat = m . γ
movimento g = 10m/s2
→ 10 − 0,2 . 20 6
F γ = = = 3 m/s2
2 2

O coeficiente de atrito entre o bloco e o plano é µ = 0,20.


Determine a aceleração adquirida pelo bloco.

09. (FEI/2001) Um patinador de massa m = 50 kg está em uma Resolução:


competição onde o coeficiente de atrito estático entre o
solo e o patim é µ = 0,02. Qual a máxima força horizontal que Aguarde Resolução Completa
o patinador pode fazer para que não haja escorregamento
entre o patim e o solo? Alternativa D

a) 1N
b) 2N
c) 5N
d) 10 N
e) 20 N

10. (PUC/2002) Um rapaz tenta empurrar o caixote da figura Resolução:


cuja massa é 20 kg. A superfície de apoio é rugosa e a
iminência de movimento só ocorre quando a força horizontal Aguarde Resolução Completa
sobre o caixote tem intensidade igual a 150 N. Pode-se
afirmar que a força de atrito estático máxima sobre o caixote Alternativa B
e o coeficiente de atrito estático entre as superfícies valem,
respectivamente:

a) 200 N; 0,75
b) 150 N; 0,75
c) 150 N; 7,5
d) 15 kg; 0,75
e) 20 kg; 7,5

O enunciado a seguir refere-se às questões 11 e 12. 11. (FEI/2002) Qual a máxima aceleração (a) do caminhão para
o contêiner não escorregar?
Na montagem abaixo o caminhão carrega um contêiner sobre
uma carroceria sem nenhum tipo de amarração. Sabendo-se a) a = 1,00 m/s2
que a massa do contêiner é de 10 toneladas, a massa do b) a = 0,50 m/s2
caminhão é de 5 toneladas e que os coeficientes de atrito c) a = 0,75 m/s2
estático entre o contêiner e a carroceria e os pneus e o solo é d) a = 5,00 m/s2
µ = 0,1, responda as perguntas seguintes. e) a = 10,00 m/s2

Resolução:

Aguarde Resolução Completa

Alternativa A

CPV fiscol-med2805-R
4 FÍSICA

12. (FEI/2002) Qual a máxima força (F) que o motor exerce sobre Resolução:
o caminhão para que o contêiner não escorregue?
Aguarde Resolução Completa
Considere a força do motor igual à força exercida sobre o
caminhão. Alternativa B

a) F = 1,0 x 104 N
b) F = 1,5 x 104 N
c) F = 2,0 x 104 N
d) F = 2,5 x 104 N
e) F = 3,0 x 104 N

13. (FEI/2002) Um cofre deve ser arrastado em um plano Resolução:


horizontal com atrito. Em qual das situações abaixo o módulo
da força F necessária para arrastar o cofre será menor? Aguarde Resolução Completa

a) b) Alternativa B
30º 45º

c) d)

45º

e) Não importa a posição, pois a força será sempre a


mesma.

14. (FEI/2001) Um automóvel de massa 1.375 kg encontra-se Resolução:


em uma ladeira que forma 37º em relação à horizontal. Qual
é o mínimo coeficiente de atrito para que o automóvel Aguarde Resolução Completa
permaneça parado?
Dados: sen 37º = 0,6 e cos 37º = 0,8. Alternativa C

a) µ = 0,25 b) µ = 0,50 c) µ = 0,75


d) µ = 1,0 e) µ = 1,25

15. (FEI/2000) Solta-se um bloco em uma ladeira com inclinação Resolução:


de 53º. Se a massa do bloco vale 1000 kg e o coeficiente de
atrito é µ = 1, determine qual a velocidade do bloco após Aguarde Resolução Completa
este percorrer 100 m.
Dados cos 53º = 0,6 e sen 53º = 0,8. Alternativa C

a) 10 m/s
b) 15 m/s
c) 20 m/s
d) 25 m/s
e) 30 m/s
53º

CPV fiscol-med2805-R
Física 5

16. (MACK/2001) Em uma experiência de Física, abandonam- 18. (FEI/2000) Na montagem abaixo qual o mínimo coeficiente
se do alto de uma torre duas esferas A e B, de mesmo de atrito entre o bloco de 2 kg e o plano horizontal, para que
raio e massas mA = 2 mB. Durante a queda, além da atração o sistema permaneça em equilíbrio?
gravitacional da Terra, as esferas ficam sujeitas à ação da
força de resistência do ar, cujo módulo é F = k.v2, onde v é a) µmin = 0,5 2kg

a velocidade de cada uma delas e k, uma constante de b) µmin = 0,75


igual valor para ambas. Após certo tempo, as esferas c) µmin = 1,0 2kg 5kg
d) µmin = 1,25
adquirem velocidades constantes, respectivamente iguais
e) µmin = 1,5
V
a VA e VB. A relação A é:
VB

2 Resolução:
a) 2 b) 3 c) 2 d) 1 e)
2 Aguarde Resolução Completa

Resolução: Alternativa E

Aguarde Resolução Completa

Alternativa C 19. (UNIFESP/2001) Durante o campeonato mundial de futebol,


exibiu-se uma propaganda em que um grupo de torcedores
assistia a um jogo pela TV e, num certo lance, um jogador
da seleção brasileira chutava a bola e esta parava, para
desespero dos torcedores, exatamente sobre a linha do
gol. Um deles rapidamente vai até a TV e inclina o aparelho,
e a cena seguinte mostra a bola rolando para dentro do gol,
como conseqüência dessa inclinação. As figuras mostram
as situações descritas.

17. (FEI/2000) Um caminhão partindo do repouso carrega uma


bobina de aço de massa m sobre a sua carroceria sem que
haja escorregamento. Quando à força de atrito de
escorregamento na bobina, quando o caminhão estiver
acelerando, podemos afirmar que: Supondo que a ação do espectador sobre a TV pudesse
a) não há força de atrito entre a bobina e a carroceria. produzir um efeito real no estádio, indique a alternativa
b) tem direção normal à carroceria e sentido igual ao de que melhor representa as forças que agiriam sobre a bola
deslocamento do caminhão. nas duas situações, respectivamente:
c) tem direção paralela à carroceria e sentido igual ao de
deslocamento do caminhão. a) b)
d) tem direção paralela à carroceria e sentido contrário ao
de deslocamento do caminhão.
e) tem direção normal à carroceria e sentido contrário ao c) d)
de deslocamento do caminhão.

Resolução:
e)
Aguarde Resolução Completa

Alternativa C
Resolução:

Aguarde Resolução Completa

Alternativa D

CPV fiscol-med2805-R
6 FÍSICA

20. (MACK) Dois blocos A e B de pesos respectivamente Resolução:


iguais a 30N e 70N apóiam-se sobre uma mesa horizontal.
O coeficiente de atrito entre os blocos e a mesa vale 0,40.  F − Fat A − T = m A . a
Aplicando-se ao primeiro bloco uma força horizontal a)  +
constante, de intensidade F = 50N e supondo g = 10m/s2, T − Fat B = m B . a
pede-se:
corda ideal F − Fat – Fat = (mA + mB) . a
A B


50 − 0,4 . 30 − 0,4 . 70 = (3 + 7) . a
B A F
a = 1 m/s2

a) o módulo da aceleração comunicada ao sistema. b) T = mB . a + Fat = 7 . 1 + 0,4 . 70 = 35 N


b) a intensidade da força tensora na corda. B

21. (FCC) Na figura temos um bloco de massa m = 1,0 kg em Resolução:


movimento. O coeficiente de atrito dinâmico entre o plano
Para subir
e o bloco vale 3 / 10 e g = 10 m/s2. Quais as intensidades
F 1 e F 2 das forças paralelas ao plano para fazer, F1 − Px − Fat = 0
respectivamente, o bloco subir e descer o plano com
velocidade constante? F1 = Px + Fat = mg sen 30º + µ . mg cos 30º

m 1 3 3
F1 = 1 . 10 . + . 1 . 10 . = 6,5 N
2 10 2

Para descer

30° F2 − Px + Fat = 0

F2 = Px − Fat = mg sen 30º − µ . mg cos 30º

1 3 3
F2 = 1 . 10 . − . 10 . = 3,5 N
2 10 2

22. (MACK) Um carro se desloca em uma trajetória horizontal Resolução:


retilínea com aceleração constante de 5 m/s2. Adotando
g = 10 m/s2 e sabendo que 60% da força do motor é gasta F − Fat = m . a
para vencer a força de atrito, podemos afirmar que o
coeficiente de atrito entre as rodas do carro e a pista é: Fat  1 
− Fat = m . a ⇒ µ . mg  − 1 = m . a
0,6  0,6 
a) 0,80
b) 0,75
−1
c) 0,70 a  1 
µ= g  − 1 = 0,75
d) 0,65  0,6 
e) 0,50
Alternativa B

CPV fiscol-med2805-R
Física 7

23. (FUVEST) Você empurra um livro sobre uma mesa Resolução:


horizontal, comunicando-lhe uma certa velocidade inicial.
Você observa que, depois de abandonado, o livro desliza Fat = m . a ⇒ µ.P=m.a ⇒ a = µg
aproximadamente 1 metro sobre a mesa, até parar. Se a
Fat' = 2m . a ⇒ µ . 2P = 2m . a ⇒ a = µg
massa do livro fosse o dobro e se você o empurrasse,
comunicando-lhe a mesma velocidade inicial, ele Como a aceleração seria a mesma, a distância percorrida também seria
deslizaria, até parar, aproximadamente: a mesma. ou seja, 1 m.
a) 0,25 m b) 0,5 m c) 1,0 m
d) 1,4 m e) 2,0 m Alternativa C

24. (FGV) Um bloco de 4 kg é puxado por uma força constante Resolução:


horizontal de 20 N sobre uma superfície plana horizontal,
adquirindo uma aceleração constante de 3 m/s 2. Logo, F − Fat = m . a
existe uma força de atrito entre a superfície e o bloco que
20 − Fat = 4 . 3
vale, em N:
a) 5 b) 8 c) 12 Fat = 20 − 12 = 8 N
d) 16 e) 17
Alternativa B

25. (ITA) Um corpo desliza sobre um plano inclinado, cujo Resolução:


coeficiente de atrito de deslizamento é µ = 3 / 3 . Qual Px = Fat
deve ser o ângulo do plano com a horizontal para que a
velocidade do corpo se mantenha constante? 3
mg sen θ = µ . mg cos θ ⇒ tg θ = µ ⇒ tg θ = ⇒ θ = 30º
a) 15° b) 30° c) 45° 3
d) 60° e) 75°
Alternativa B

26. (ITA) Um pequeno bloco de madeira de massa m = 2kg Resolução:


encontra-se sobre um plano inclinado que está fixo no
chão, como mostra a figura. Qual é a menor força F com Px = Fat
que devemos pressionar o bloco sobre o plano para que
mg sen θ = µ (mg cos θ + F) ⇒ mg sen θ = µ mg cos θ + µF ⇒
o mesmo permaneça em equilíbrio? O coeficiente de atrito
mg sen θ
estático entre o bloco e a superfície do plano inclinado é ⇒ µF = mg sen θ – µ mg cos θ ⇒ F = − mg cos θ
µ
µ = 0,40.
Dados: comprimento do plano inclinado l = 1m
h 0,6
altura h = 0,6 m Sendo sen θ = = = 0,6 e cos θ = 0,8 resulta:
aceleração da gravidade g = 9,8 m/s2
l 1

2 . 9,8 . 0,6
a) 13,7 N F= − 2 . 9,8 . 0,8 = 13,7 N
0, 4
l F
b) 15,0 N
Alternativa A
c) 17,5 N
d) 11,2 N h

e) 10,7 N

CPV fiscol-med2805-R
8 FÍSICA

27. (FCC) Um corpo desliza sobre um plano horizontal Resolução:


solicitado por uma força horizontal de intensidade 100N
com aceleração de 1,0m/s 2 . O coeficiente de atrito F − Fat = m . a
dinâmico entre o bloco e o plano de apoio vale 0,1. Sendo
100 − 0,1 . mg = m . 1 ⇒ 100 − m = m ⇒ m = 50 kg
g = 10m/s2, qual a massa do corpo?
a) 10 kg Alternativa B
b) 50 kg
c) 100 kg
d) 150 kg
e) 200 kg

28. Um corpo de peso igual a 40N está em repouso sobre uma Resolução:
superfície plana e horizontal. A força máxima de atrito
estático entre o corpo e a superfície é 20N. Aplicando ao 10 N não são o suficiente para que o corpo entre em movimento.
corpo uma força horizontal de 10N, afirma-se que a força de
atrito, nessa situação, vale, em newtons: Logo F = Fat = 10 N
a) zero
b) 10 Alternativa B
c) 18
d) 20
e) 40

29. Um bloco de peso igual a 100N é arrastado com Resolução:


velocidade constante sobre uma superfície horizontal,
cujo coeficiente de atrito é 0,5. a) Fat = µ . N = µ . P = 0,5 . 100 = 50 N
a) Qual a intensidade da força de atrito da superfície
sobre o bloco ? b) O movimento é uniforme ⇒ 50 N
b) Qual a intensidade da força que atua sobre o bloco,
no sentido do movimento ?

30. (UF-MG) Um bloco de massa m = 0,5kg move-se sobre uma 31. (Med. Taubaté) Uma esfera de vidro é lançada sobre uma
mesa horizontal, sujeito à ação de uma força horizontal de mesa e, após certo tempo, pára. Isto acontece porque
5,0N e de uma força de atrito de 3,0N. Considerando-se que durante o movimento:
o bloco partiu do repouso, determine: a) a resultante de todas as forças que agem sobre a esfera
g = 10m/s2
é nula;
a) a velocidade do mesmo, após percorrer 2,0m.
b) a força de atrito equilibra a força inicial que deu origem
b) o coeficiente de atrito entre esse bloco e a mesa.
ao movimento;
c) a força de atrito é a única força que solicita a esfera (força
Resolução:
resultante) e age em sentido contrário ao sentido do
a) F − Fat = m . γ deslocamento;
d) a força do peso do corpo sobrepuja a força de atrito;
5−3
γ= = 4 m/s2 e) a força de reação da mesa anula a força de atrito.
0,5

V2 = V02 + 2 . γ . ∆S ⇒ V= 2 . 4 . 2 = 4 m/s Resolução:

b) Fat = µ . N Pela teoria ⇒ Alternativa C


Fat Fat 3
µ= = = = 0,6
N P 5

CPV fiscol-med2805-R
Física 9

32. Um carro de 800kg, andando a 108km/h, freia bruscamente Resolução:


e para em 5,0s.
a) 108 km/h = 30 m/s

a) Qual é a aceleração do carro ? ∆V V − V0 0 − 30


γ= = = = −6 m/s2
b) Qual o valor da força de atrito que atua sobre o carro ? ∆t ∆t 5

b) FR = Fat
∴ − Fat = m . γ
− Fat = 800 . (−6) ⇒ Fat = 4 800 N

33. (UNISA) No sistema abaixo, a massa do corpo A é 4kg e a Resolução: →


γ →
do corpo B, 2kg. A aceleração do sistema é de 2m/s2. T

O coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano é: →


A T B
g = 10m/s2

F at
a) 0,2 A

b) 0,4  T − Fat = mA . γ PB

c) 0,5  PB − T = mB . γ
d) 0,6 B PB − Fat = (mA + mB) . γ
e) 0,8 20 − µ . 40 = 6 . 2 ⇒ 40µ = 8 ⇒ µ = 0,2

Alternativa A

34. (FUVEST) O coeficiente de atrito entre um móvel e a superfície Resolução:


horizontal sobre a qual se desloca é 0,3. O móvel tem massa
de 8kg e apresenta movimento uniforme. Sendo a aceleração a) N = P = m . g = 80 N
da gravidade local g = 10m/s2, determine:
b) Fat = µ . N = 0,3 . 80 = 24 N
a) a intensidade da reação normal de apoio sobre o móvel.
b) a intensidade da força de atrito que age sobre o móvel.
c) 24 N, pois o movimento é uniforme.
c) a intensidade da força que atua sobre o móvel, no
sentido do movimento.

35. Um corpo de massa 5kg encontra-se em repouso sobre uma Resolução:


superfície horizontal. Sabendo que o coeficiente de atrito
estático entre o corpo e o apoio é 0,4, qual o valor mínimo Fat = µe . N = µe . P = µe . m . g = 0,4 . 5 . 10 = 20 N
da força horizontal capaz de fazê-lo mover-se ? e(máx)

a) 2N ∴ Fmin > 20 N
b) 10N
c) 18N Alternativa E
d) 20N
e) n.d.a.

CPV fiscol-med2805-R
10 FÍSICA

36. (FGV) Um bloco de 4kg é puxado por uma força constante Resolução:
horizontal de 20N sobre uma superfície plana horizontal,
adquirindo uma aceleração constante de 3m/s2. Logo, existe F − Fat = m . γ
uma força de atrito entre a superfície e o bloco que vale,
Fat = F − m . γ = 20 − 4 . 3 = 8N
em N:
Alternativa B
a) 5 b) 8 c) 12 d) 16 e) 17

→ →
37. (FATEC) F1 e F2 são forças horizontais de intensidade Resolução:
30 N e 10 N respectivamente, conforme a figura.
Sendo a massa de A igual a 3 kg, a massa de B igual a 2 kg, Aguarde Resolução Completa
g = 10 m/s2 e 0,3 o coeficiente de atrito dinâmico entre os
blocos e a superfície, a força de contato entre os blocos tem Alternativa E
intensidade:

a) 24 N → →
b) 30 N F1 F2
A
c) 40 N B
d) 10 N
e) 18 N

38. (FUVEST) O corpo A de massa 4,0 kg está apoiado num Resolução:


plano horizontal, preso a uma corda que passa por uma
roldana, de massa e atrito desprezíveis, e que sustenta em Aguarde Resolução Completa
sua extremidade o corpo B, de massa 2,0 kg.
a) µ = 0,5
A b) m = 1,5 kg

Nestas condições o sistema apresenta movimento uniforme.


Adotando g = 10 m/s2, determine:

a) o coeficiente de atrito entre A e o plano;


b) a massa que devemos. acrescentar a B para que a
aceleração do sistema tenha módulo igual a 2,0 m/s2.

CPV fiscol-med2805-R
Física 11

39. (UFC) O bloco da figura abaixo tem massa M = 10 kg e Resolução:


repousa sobre uma superfície horizontal. Os coeficientes de
atrito estático e cinético entre o bloco e a superfície são Aguarde Resolução Completa
µE = 0,40 e µC = 0,30, respectivamente. Aplicando-se ao
bloco uma força horizontal de intensidade F = 20N, determine Fat = 20N
a intensidade da força de atrito que atua sobre ele.
Considere g = 10 m/s2

F
M

40. (FEI) Um bloco de massa 1,0kg está em repouso em um plano Resolução:


horizontal. Aplica-se ao bloco uma força horizontal constante
de intensidade 4,0N. O bloco adquire uma aceleração de Aguarde Resolução Completa
módulo 2,0 m/s2. Calcule a intensidade da força de atrito que
o plano de apoio aplica sobre o bloco. Fat = 2N

F = 4,0 N

41. Dois móveis M e N ligados por uma corda de peso desprezível 42. (UF-ES) A figura mostra um bloco de massa 10 kg inicialmente
deslocam-se sobre um plano, sob a ação de uma força de em repouso →
sobre uma mesa, ao qual se aplica uma força
15 N aplicada na direção do deslocamento. Não há atrito horizontal F de intensidade 20 N. A aceleracão da gravidade
entre M e o plano, porém o coeficiente de atrito de tem módulo 10 m/s2, o coeficiente de atrito estático é 0,3 e
escorregamento entre o corpo N e o plano vale 0,2. o cinético é 0,2. A intensidade da força de atrito entre o bloco
As massas de M e N são respectivamente 1 kg e 3 kg. e a mesa vale:
Adote g = 10 m/s2

a) 30 N F
A aceleração do sistema é igual, em m/s2, a: b) 25 N
c) 20 N
a) 3,75 15 N d) 5N
b) 1,25 M N
e) zero
c) 2,25
d) 0,15 Resolução:
e) 4,05
Aguarde Resolução Completa
Resolução:
Alternativa C
Aguarde Resolução Completa

Alternativa C

CPV fiscol-med2805-R
12 FÍSICA

43. No sistema representado na figura, o fio e a polia são ideais, Resolução:


a massa do bloco A é 9,0 kg e a tração no fio tem módulo 36N.
Supondo g = 10 m/s2 e desprezando o atrito, calcule: Aguarde Resolução Completa

a) o módulo da aceleração do bloco A; a) a = 4 m/s2


b) a massa do bloco B. b) mB = 6 kg

44. (MACK) Uma força horizontal F = 10 N é aplicada ao bloco Resolução:


A de 6 kg, o qual por sua vez está apoiado em um segundo
bloco B de 4 kg. Se os blocos deslizam sobre um plano Aguarde Resolução Completa
horizontal sem atrito, qual a força, em newtons, que um bloco
exerce sobre o outro ? FAB = 4N

A
F
B

45. (UCMG) O bloco da figura abaixo tem massa m = 1,0 kg e Resolução:


colocado sobre o plano inclinado está na iminência de
deslizar. Nessas condições, o coeficiente de atrito entre o Aguarde Resolução Completa
bloco e a superfície do plano vale:
Alternativa C

3
a) 3 b)
2

3 3
c) d)
3 4
30º
3
e)
5

O seguinte enunciado diz respeito às questões números 46, 47 e 48.


F

A figura indica um sólido de massa m = 10kg apoiado sobre um plano inclinado que forma um ângulo α com a horizontal e sujeito
à ação de uma força constante F. A constante gravitacional do local é g = 10m/s 2. Supondo sen α = 0,6 e cos α = 0,8, pergunta-
se:

CPV fiscol-med2805-R
Física 13

46. (FESP) Não havendo atrito, o valor mínimo de F que Resolução:


impede o movimento do corpo para baixo em N é:
F = Px = P sen α = m . g . 0,6 = 10 . 10 . 0,6 = 60 N
a) 10
Alternativa C
b) 44
c) 60
d) 76
e) n.d.a

47. (FESP) Se o coeficiente de atrito entre o corpo e o plano Resolução:


for igual a 0,2 o valor mínimo de F que impede o movimento
do corpo para baixo em N é: F + Fat = Px

F = P sen α − µ . N
a) 10
b) 44 F = mg sen α − µ . mg . cos α = 10 . 10 . 0,6 − 0,2 . 10 . 10 . 0,8 = 44 N
c) 60
d) 76 Alternativa B
e) n.d.a.

48. Supondo o mesmo coeficiente de atrito da questão Resolução:


anterior (0,2) e admitindo F = 100N, o corpo:
F − Fat − Px = m . γ

a) sobe com aceleração 2,4m/s2. 100 − µ mg . cos α − mg . sen α = 10 . γ


b) sobe com velocidade uniforme.
c) fica parado. 100 − 16 − 60
γ = = 2,4 m/s2
d) desce com aceleração 9,8m/s2. 10
e) n.d.a. Alternativa A

49. Para que um satélite artificial permaneça em órbita estacionária Resolução:


ao redor da Terra, é necessário que:
O período deve ser o mesmo da Terra (24h).
a) sua velocidade angular seja a mesma que a da Terra.
b) sua velocidade escalar seja a mesma que a da Terra. Logo, as grandezas angulares serão iguais.
c) a sua órbita não esteja contida no plano do equador.
d) a sua órbita esteja contida num plano que contém os
Alternativa A
pólos da Terra.
e) nenhuma das anteriores é verdadeira.

50. Um corpo de massa 2kg em movimento circular uniforme e Resolução:


raio 3m leva π segundos para descrever uma volta completa
na circunferência. A força centrípeta que atua no corpo vale: 2 2
 2π   2π 
Fcp = m . ω2 . R = m .   . R = 2 .  π . 3 = 24 N
T  
a) 12 N
b) 24 N
Alternativa B
c) 10 N
d) 8N
e) n.d.a.

CPV fiscol-med2805-R
14 FÍSICA

51. (CESGRANRIO) Uma esfera de 52. (FEI/2001) Durante a Olimpíada, num arremesso de martelo,
aço (figura ao lado) suspensa um atleta gira um martelo de massa m = 1 kg e comprimento
por um fio descreve uma l = 1m. Um instante antes de soltar, a velocidade do martelo
trajetória circular de centro O é V = 10 m/s. Determine neste instante qual a força exercida
em um plano horizontal no pelo atleta sobre o martelo.
laboratório. As forças exercidas
sobre a esfera (desprezando-se T0
Despreze o comprimento do braço do atleta e considere
a resistência do ar) são: toda a massa concentrada na extremidade do martelo.

a) 100 kgf
a)
b) 10 N
c) 100 N
d) 1 500 N
e) 1 000 kgf

Resolução:
b) Aguarde Resolução Completa

Alternativa C

c)
53. (MACK/2002) Um veículo necessita deslocar-se num trecho
cincunferencial de um autódromo, com velocidade escalar
constante de 180 km/h. O raio de curvatura da trajetória é
820 m. Para que esse movimento seja possível,
independentemente do atrito entre os pneus e a pista, a
estrada deverá apresentar uma sobrelevação, em relação à
d) horizontal, correspondente a um ângulo α mínimo
aproximadamente igual a:

a) 2o
b) 7o
c) 13o
d) 17o α
e) e) 20o
2o 7o 13o 17o 20o
sen 0,035 0,122 0,225 0,292 0,342
cos 0,999 0,992 0,974 0,956 0,940
tan 0,035 0,123 0,231 0,306 0,364

Resolução:
Resolução:
Aguarde Resolução Completa
De contato → tração.
Alternativa D
De campo → peso.

Obs: A força centrípeta é a resultante dessas duas.

Alternativa E

CPV fiscol-med2805-R
Física 15

54. (Santa Casa) Em uma partícula em movimento circular Resolução:


uniforme, a resultante é:
Pela teoria ⇒ Alternativa C
a) nula, porque não há aceleração
b) nula, porque a força centrípeta é anulada pela força
centrífuga
c) centrípeta e de módulo constante
d) centrífuga e de módulo variável
e) constante em direção e módulo

55. (FUVEST) Um corpo de massa 8kg, preso a uma corda de Resolução:


comprimento 1 m, descreve um movimento circular uniforme
sobre uma mesa horizontal sem atrito. A tração na corda é 200
a) Fcp = m . ac ⇒ ac = = 25 m/s2
200N. 8

V2
b) = 25 ⇒ V= 25 . R = 25 = 5 m/s
R

Determine:

a) a aceleração do corpo.
b) a velocidade do corpo.

56. Num parque de diversões foi instalado um globo da morte. Resolução:


A menor velocidade que a moto deve ter para não perder
o contato com a esfera é: No ponto mais alto:

P = Fc
Dados:
m . V2
R — raio da esfera mg = ⇒ V= Rg
R
m — massa total da moto
g — aceleração da gravidade Alternativa B
N — força normal da esfera na moto
v — velocidade do movimento

R (mg + N)
a)
m
b) Rg

g
c)
R
d) mgR

R (mg − N)
e)
m

CPV fiscol-med2805-R
16 FÍSICA

57. (UF-RJ) Um pêndulo oscila no laboratório. Qual das



opções 59. (UNISA) Uma moto descreve uma circunferência vertical no
propostas representa corretamente a resultante R sobre a globo da morte de raio 4m (g = 10m/s2). A massa total da moto
massa do pêndulo, no instante em que ele passa pela é 150kg. A velocidade da moto no ponto mais alto é
vertical, vindo da esquerda ? 12m/s. A força que a moto exerce no globo em N é:
a) 1 500
a) b)
b) 2 400
→ c) 3 900
R=0
d) 4 000

R e) n.d.a.

Resolução:

V2
Fcp = P + N = m .
c) d) R

m . V2 150 . 122
N= − mg = − 150 . 10 = 3 900 N
R 4
Alternativa C

R

R
60. Imagine um motociclista realizando voltas num globo de
3,6m de raio. Adotando o valor g = 10 m . s−2, a menor
velocidade que deve ter a moto para que ela passe pela parte
e) superior do globo sem cair é de:

a) 6,0 m . s−1

b) 4,0 m . s−1
R c) 3,4 m . s−1
d) 6,3 m . s−1
e) nada podemos afirmar, pois não se conhece a massa do
Resolução: sistema em movimento.

A resultante (Tração menos Peso) deve ser centrípeta. Resolução:

Alternativa A Fcp = P

m . V2
=m.g ⇒ V= g.R = 10 . 3,6 = 6 m/s
R
58. Um corpo de massa 1kg, em movimento circular uniforme, e
Alternativa A
de raio 3m leva π segundos para descrever uma volta
completa na circunferência. A força centrípeta que atua no
corpo vale:
61. (UF-MG) Uma pedra é amarrada em um cordão de 40cm de
a) 12N d) 8N comprimento e posta a girar em um plano vertical. Qual a
b) 24N e) n.d.a. velocidade mínima da pedra, no ponto mais alto da trajetória,
c) 10N para que ela possa descrever uma trajetória circular?
Adote g = 10m/s2
Resolução:
Resolução:
 2π 
2 1 . 4π2
Fcp = m . ac = m . ω2 . R = m .   . R = . 3 = 12 N
T π2 Fcp = P

Alternativa A m . V2
=m.g ⇒ V= g.R = 10 . 0, 4 = 2 m/s
R

CPV fiscol-med2805-R
Física 17

62. Um caminhão transporta em sua carroceria uma carga de Resolução:


2 toneladas. Determine, em newtons, a intensidade da
m . V2
força normal exercida pela carga sobre o piso da carroceria, Fcp = N − P = ⇒
R
quando o veículo, a 30m/s, passa pelo ponto mais baixo de
uma depressão com 300m de raio. É dado g = 10m/s2.
m . V2 302
a) 2,0 . 104 N = P + = 2000 . 10 + 2000 . = 26 000 N
R 300
b) 2,6 . 104
c) 3,0 . 104 Alternativa B
d) 2,0 . 103
e) 3,0 . 103

63. (FATEC) Uma esfera de 2kg de massa oscila num plano Resolução:
vertical, suspensa por um fio leve e inextensível de 1,0m de
m . V2
comprimento. Ao passar pela parte mais baixa da trajetória, Fcp = T − P =
R
sua velocidade é de 2,0m/s. Sendo g = 10m/s2, a tração no
fio quando a esfera passa pela posição inferior é, em newtons:
a) 2 2 . 22
T = 2 . 10 + = 28 N
b) 8 1
c) 12
d) 20 Alternativa E
e) 28

64. (CESGRANRIO) Oito crianças de massas iguais estão 65. (ITA) Uma massa puntual se move, sob influência da
sentadas em uma roda-gigante, que gira com velocidade gravidade e sem atrito, com velocidade angular ω em um
angular constante no sentido indicado nas figuras das círculo a uma altura h ≠ 0 na superfície interna de um cone
opções abaixo. A linha tracejada indica, em cada figura, a que forma um ângulo α com seu eixo central, como
direção da vertical. Em qual dessas opções as forças mostrado na figura. A altura h da massa em relação ao
resultantes que atuam sobre as oito crianças estão mais vértice do cone é:
bem ilustradas?
g g 1
a) b) a) b)
ω2 ω 2 sen α
g cotg α g 1
c) d)
ω2 sen α ω sen 2 α
2 α h
g
e) cotg 2 α
ω2
c) d)
Resolução: N
R P α
tg α = h = F
c
Fc
· 
P 

R m.g ω2 . R 2 
e) = ⇒ h = h
h m . ω2 . R g 
α 

Mas R2 = h2 . tg2α

ω2 . h 2 . tg 2α
∴ h= (dividindo os dois membros por h)
Resolução: Pela teoria ⇒ Alternativa A g
g 1 g
h= 2
. = . cotg2 α ⇒ Alternativa E
ω tg 2 α ω2

CPV fiscol-med2805-R
18 FÍSICA

66. (ITA) Para que um automóvel percorra uma curva Resolução:


horizontal de raio dado, numa estrada horizontal, com uma
certa velocidade, o coeficiente de atrito estático entre os
Fc m . V2 / R V2
pneus e a pista deve ter no mínimo um certo valor (µ) tg α = = =
P mg gR N
(figura A). Para que o automóvel percorra uma curva
horizontal, com o mesmo raio e com a mesma velocidade α
Mas, sem a sobrelevação: Fc
acima, numa estrada com sobrelevação (figura B), sem ter
tendência a derrapar, o ângulo de sobrelevação deve ter o µ . N = Fc
valor α. Podemos afirmar que: P

m . V2 α
µ . mg =
R

α V2
A B µ = Rg

a) tg α = µ
∴ tg α = µ
b) tg α = g R
c) tg α = µ2 Alternativa A
d) sen α = µ
e) cos α = g R

67. (FUVEST) Uma força de 1 newton (1 N) tem a ordem de Resolução:


grandeza do peso de: 1
1=m.g ⇒ m= = 0,1 kg = 100 g
10
a) um homem adulto
b) uma criança recém-nascida Alternativa D
c) um litro de leite
d) uma xicrinha cheia de café
e) uma moeda

68. Um astronauta tem, na Terra, massa de 60 kg e pesa 600 N. Resolução:


O astronauta vai para a Lua, onde a aceleração da gravidade
local é seis vezes menor do que na Terra. A massa e o peso P 600
gT = = = 10 m/s2
do astronauta, na Lua, serão, respectivamente: m 60
gT 10 5
a) 60 kg e 600 N gL = = = m/s2
6 6 3
b) 10 kg e 100 N
c) 60 kg e 100 N 5
PL = m . gL = 60 . = 100 N e m = 60 kg
d) 10 kg e 600 N 3
e) 60 kg e 3 600 N Alternativa C

69. A figura ilustra um corpo de 6 kg preso por uma corda a um Resolução:


suporte e apoiado numa superfície horizontal. A tração na
corda vale 20 N. Pode-se afirmar que a superfície exerce F = P − 20 = mg − 20 = 6 . 10 − 20 = 40 N
sobre o bloco uma força de (considere g = 10 m/s2):
Alternativa C
a) 60 N
b) 20 N
c) 40 N
d) 10 N
e) nda

CPV fiscol-med2805-R
Física 19

70. (UN-PR) Um móvel sujeito unicamente à ação de uma força 72. (UF-RJ) Um caminhão está se deslocando numa estrada
de intensidade constante, porém dirigida sempre na plana, retilínea e horizontal. Ele transporta uma caixa de
direção perpendicular à sua velocidade instantânea, 100 kg apoiada sobre o piso horizontal de sua carroceria,
adquire movimento: como mostra a figura.

a) circular uniforme
b) retilíneo uniformemente variado
c) circular uniformemente variado
d) circular com aceleração variável
e) retilíneo com aceleração variável

Resolução:
Num dado instante, o motorista do caminhão pisa o freio.
Pela teoria ⇒ Alternativa A A figura a seguir representa, em gráfico cartesiano, como a
velocidade do caminhão varia em função do tempo.

71. (UF-RJ) Duas pequenas esferas de aço são abandonadas V (m/s)


a uma mesma altura h do solo. A esfera (1) cai 10
verticalmente. A esfera (2) desce uma rampa inclinada
30° com a horizontal, como mostra a figura.
Considerando os atritos desprezíveis, calcule a razão
t1 / t2 entre os tempos gastos pelas esferas (1) e (2),
respectivamente, para chegarem ao solo.
1,0 2,0 3,0 3,5 t (s)
(1) (2) O coeficiente de atrito estático entre a caixa e o piso da
carroceria vale 0,30. Considere g = 10 m/s2.

h
Verifique se, durante a freada, a caixa permanece em
repouso em relação ao caminhão ou desliza sobre o piso da
30° carroceria. Justifique sua resposta.

Resolução:
Resolução:

a1 = g ∆V 10
a= = = 4 m/s2
t1 1 ∆t 3,5 − 1
1 g
a2 = g sen θ = g . sen 30º = g . = ∴ t = 2
2 2 2
∴ F = m . a = 100 . 4 = 400 N (para ficar em repouso)

Mas Fate = µ . N = 0,3 . 1 000 = 300 N


máx

Para que a caixa permaneça em repouso sobre o caminhão, é


necessário que a força de atrito valha 400 N. No entanto,
comparando com o valor máximo da força de atrito (300 N),
concluímos que a caixa deslizará sobre a carroceria do caminhão.

CPV fiscol-med2805-R
20 FÍSICA

73. (UF-RJ) A figura representa uma roda gigante que gira com 75. (UFRural-RJ) Duas esferas maciças estão colocadas num
velocidade angular constante em torno do eixo horizontal recipiente com paredes lisas (atrito desprezível) numa
fixo que passa por seu centro C. configuração de equilíbrio, conforme mostra a figura abaixo.
Indique, na figura, as forças que atuam sobre cada esfera.

Numa das cadeiras há um passageiro, de 60 kg de massa,


sentado sobre uma balança de mola (dinamômetro), cuja Resolução:
indicação varia de acordo com a posição do passageiro.
No ponto mais alto da trajetória o dinamômetro indica N1
234 N e no ponto mais baixo indica 954 N. Considere a N3
variação do comprimento da mola desprezível quando
N4
comparada ao raio da roda. Calcule o valor da
aceleração local da gravidade.
Resolução: N2
P
P − N1 = Fc (ponto mais alto)
N3
N2 − P = Fc (ponto mais baixo)
P − N1 = N2 − P P
2P = N1 + N2
2m . g = 234 + 954
234 + 954 76. (UNISA) Um avião descreve um loop num plano vertical,
g= = 9,9 m/s2 com velocidade de 720km/h. Para que no ponto mais baixo
2 . 60
da trajetória a intensidade da força que o piloto exerce no
banco seja o triplo de seu peso, é necessário que o raio do
74. (UFRural-RJ) No arranjo abaixo, os corpos A e B têm loop seja de:
massas, respectivamente, iguais a 5,0 kg e 20,0 kg. O fio e g = 10m/s2
a polia são ideais e a aceleração da gravidade é 10m/s2. a) 0,5 km
Sendo o coeficiente de atrito entre o corpo A e o plano b) 1,0 km
0,2, qual o módulo da aceleração dos corpos? c) 1,5 km
d) 2,0 km
A e) 2,5 km

Resolução:
B
720 km/h = 200 m/s
Resolução:
m . V2
Fcp = 3P − P =
 corpo A: T − Fat = mA . a R
 +
 corpo B: PB − T = mB . A
m . V2 V2 2002
R= = = = 2 000 m
2 . mg 2g 20
PB − µ . mA . g = (mA + mB) . a

200 − 0,2 . 5 . 10 = 25 a ⇒ a = 7,6 m/s2 Alternativa D

CPV fiscol-med2805-R
Física 21

77. Um automóvel percorre uma estrada plana a 90km/h, Resolução:


descrevendo uma curva de 125m de raio, num local onde a
m . V2
aceleração gravitacional é 10m/s2. Assim sendo, o coeficiente Fcp = Fat =
R
de atrito mínimo, entre os pneus e o solo, para que o
automóvel faça a curva, é: V2
m . V2
µ . m . g = ⇒ µ =
R g.R
a) 0,1
b) 0,2 252
c) 0,3 90 km/h = 25 m/s ⇒ µ = = 0,5
10 . 125
d) 0,4
e) 0,5 Alternativa E

78. (MACK) Uma massa de 2kg gira num plano horizontal com Resolução:
freqüência de 5Hz. Se o raio da trajetória permanecer
constante, mas a freqüência for aumentada até que dobre a
m . V12 
sua força centrípeta, a razão entre as velocidades final e Fcp = 
R
inicial será:  V22 V2
 ⇒ =2 ⇒ = 2
m . V2 2  V12 V1
a) 1 2Fcp = 
R 
b) 2
c) 2
d) 3 Alternativa B

e) 5

79. (Fundação Carlos Chagas) A figura abaixo representa um Resolução:


pêndulo simples que oscila entre as posições A e B, no
campo gravitacional terrestre. Quando o pêndulo se encontra Aguarde Resolução Completa
na posição P, a força resultante é melhor indicada pelo vetor:
Alternativa D
a) 1
b) 2
c) 3
d) 4
e) 5

A 5 B
4
P

1 3
2

CPV fiscol-med2805-R