Você está na página 1de 3

Questionário de Revisão – AV3 – Direito Constitucional II

1) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) O processo legislativo contempla apenas as normas emanadas do Poder Legislativo, embora
ao Executivo seja dado elaborar normas jurídicas.
( ) A Comissão de Comissão e Justiça é o primeiro colegiado a analisar um projeto de lei, qualquer
que seja sua espécie.
( ) As Comissões Parlamentares elaborarão parecer contrário ou favorável ao projeto, mas não
podem determinar seu arquivamento.
( ) A Constituição brasileira é, quanto à possibilidade de emendas, superrígida.
( ) Não há hierarquia entre leis ordinárias e complementares.

2) Explique a fase complementar do processo legislativo e sua relevância.

3) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) A PEC tem natureza de mero ato administrativo.
( ) O Presidente da República não poderá dar início ao processo de emenda à Constituição.
( ) O rol de legitimados constante do art. 60 da Constituição é taxativo.
( ) A Casa Iniciadora no caso de PEC proposta por iniciativa das Assembleias Legislativas é a
Câmara dos Deputados.
( ) É necessária a maioria relativa de Assembleias Legislativas para propor emenda à Constituição.

4) Explique os limites constitucionais à emenda à Constituição.

5) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) Supressiva é a emenda que propõe erradicar do texto principal qualquer de suas partes.
( ) Emenda aglutinativa é aquela que resulta da fusão de outras duas ou delas com o texto e cujo
objetivo é permitir a votação em conjunto ou a discussão de qual proposta é mais adequada
( ) Emenda substitutiva, a seu turno, é aquela que visa a suceder parte de uma proposição, podendo
ser considerada um “substitutivo” – quando alterar formal ou substancialmente o conjunto do
projeto em discussão – ou uma modificação meramente formal – quando vise apenas ao
aperfeiçoamento da técnica legislativa.
( ) Modificativa é a emenda que altera a proposição sem a modificar substancialmente, podendo
ser considerada emenda de redação se visar a sanar vício de linguagem, incorreção de técnica
legislativa ou lapso manifesto
( ) Aditiva, por fim, é a emenda parlamentar que visa acrescentar algo à redação do projeto em
análise.

6) O que são matérias rejeitadas e prejudicadas? Explique.

7) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) A prerrogativa de solicitar delegação é exclusiva do Presidente da República.
( ) É possível a delegação de matéria de lei complementar, desde que observado a maioria
absoluta.
( ) É inconstitucional a delegação de lei que verse sobre a organização do Poder Judiciário e do
Ministério Público, a carreira e garantia de seus membros.
( ) No caso em que o Presidente da República exceda os limites da delegação legislativa, caberá
ao Congresso Nacional, por meio de decreto legislativo e nos termos do art. 49, V, da Constituição
da República, sustar a lei delegada.
( ) Uma vez sustada a lei delegada emitida pelo Presidente da República ou rejeitada no caso de
delegação atípica, não poderá ser solicitada nova delegação sobre a mesma matéria.

8) Explique a possibilidade de revogação de leis complementares por leis ordinárias.

9) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) A fase de iniciativa será, em regra, concorrentemente exercida por qualquer membro ou
comissão da Câmara dos Deputados, do Senado Federal ou do Congresso Nacional, pelo
Presidente da República, pelo Supremo Tribunal Federal, pelos Tribunais Superiores, pelo
Procurador-Geral da República e pelos cidadãos.
( ) É de iniciativa exclusiva do Presidente da República projetos de lei que disponham sobre
organização do Ministério Público e da Defensoria Pública da União, bem como normas gerais
para a organização do Ministério Público e da Defensoria Pública dos estados, do Distrito Federal
e dos territórios.
( ) Em todo caso é vedado ao Parlamento aumentar as despesas previstas nos projetos de lei de
iniciativa exclusiva do Presidente da República.
( ) O Presidente deverá vetar texto integral de artigo, parágrafo, inciso ou alínea.
( ) O veto será analisado pelo Parlamento, em sessão conjunta, depois de trinta dias de seu
recebimento, e só poderá ser rejeitado pela maioria absoluta do Congresso Nacional, devendo ser
remetido, em caso de não manutenção, ao Presidente da República para, dentro de quarenta e oito
horas, proceder à competente promulgação.
10) Explique o sobrestamento de pauta e suas consequências.

11) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) Porque possui força de lei e eficácia imediata a partir de sua publicação, a medida provisória
não pode ser "retirada" pelo presidente da República à apreciação do Congresso Nacional.
( ) Tendo em vista serem critérios discricionários, a relevância e urgência necessárias à edição de
medidas provisórias não podem ser apreciadas em sede de controle de constitucionalidade.
( ) Quando uma medida provisória é convertida em lei, a arguição de inconstitucionalidade deve
atacar esta e não aquela.
( ) É vedada a reedição, na mesma legislatura, de medida provisória que tenha sido rejeitada ou
perdido sua eficácia por decurso do prazo.
( ) Em todos os casos, a medida provisória não mais surtirá efeitos após o decurso do prazo.

12) Explique a possibilidade constitucional de revogação de medida provisória e posterior


repristinação.

13) Julgue os itens a seguir determinando se as assertivas neles contidas são verdadeiras (V) ou
falsas (F):
( ) O sistema de governo adotado para o Poder Executivo brasileiro é monista.
( ) Em caso de impedimento do Presidente e do Vice-Presidente, ou vacância dos respectivos
cargos – considerado o primeiro enquanto situação transitória e a segunda situação definitiva –,
serão chamados ao exercício da Presidência desta República, sucessivamente, o Presidente da
Câmara dos Deputados, o do Senado Federal e o do Supremo Tribunal Federal. Sucedem o
Presidente da Suprema Corte todos seus ministros, cada um a seu turno.
( ) O Presidente e o Vice-Presidente da República, por fim, não poderão, sem licença do
Congresso Nacional, ausentar-se do País por período superior a quinze dias, sob pena de
impeachment.
( ) Em qualquer caso de dupla vacância do Poder Executivo que se dê antes do decurso dos dois
primeiros anos de mandato, proceder-se-ão a eleições indiretas no prazo de trinta dias.
( ) Se, decorridos dez dias da data fixada para a posse, o Presidente ou o Vice-Presidente, salvo
motivo de força maior, não tenham assumido o cargo, este será considerado vago, procedendo-se
a nova eleição dentro de noventa dias.