Você está na página 1de 7

09/05/2014

Completação
Introdução à Engenharia de
Petróleo Conjunto de operações que, após o término
da perfuração (revestimento e cimentação),
objetiva equipar o poço para produzir óleo,
Aula 05 – O que é completação? Quais os tipos gás ou injetar fluidos nos reservatórios de
de Completação? Quais são os Equipamentos forma segura e econômica ao longo de sua
de superfície? E os de sub-superfície vida produtiva

Prof. Vitor Moreira da Rocha Ponte

Tipos de completação Tipos de completação


Quanto ao posicionamento das cabeças dos poços: Quanto ao revestimento de produção?
- Completação seca terrestre (ANC) - Completação a poço aberto (gravel ou tela
- Completação seca marítima (ANC) expansiva)
- Completação molhada (ANM) - Completação com liner (rasgado ou canhoneado)
- Completação com revestimento (canhoneado)

Tipos de completação Vamos Completar um poço...


 Instalar e testar ESCP (BOP, Choque, Minifold, Linhas e etc.)
Quanto ao número de zonas explotadas?
 Condicionar poço.
- Completação simples Descer coluna de trabalho com comandos, raspador e broca até o
fundo do poço e testar revestimento.
- Completação seletiva  Substituir o fluido perfuração por fluido de completação
- Completação dupla Circular para limpeza e substituição do fluido perfuração por fluido de
completação e retirar coluna de condicionamento.
 Avaliar a qualidade da cimentação da cimentação primária
(CBL / VDL – CASTV – USIT)
 Canhonear para corrigir a cimentação primaria, caso necessário.

 Squeeze para correção a Cimentação Primaria


Descer coluna de trabalho com packer, deslocar pasta, assentar
packer e injetar pasta para corrigir a cimentação primaria.

 Cortar cimento, testar squeeze e recondicionar poço


Descer coluna de trabalho com comandos, raspador e brocar até o
fundo do poço e testar revestimento.

1
09/05/2014

Vamos Completar um poço... Fluidos de Completação x Completação

 Canhoneio  Fornecer pressão e energia


Efetuar canhoneio para avaliação e/ou produção.
 Não danificar a formação
 Avaliação
 Inversão de mobilidade dos fluidos
Descer coluna de trabalho com registradores, sub de circulação, válvula
testadora, packer e tubos perfurados. “Plugueamento” por sólidos
Assentar packer  Incrustrações e/ou Precipitações
Abrir válvula testadora, colocando poço em fluxo.
Fechar válvula testadora, colocando poço em estática.
 Atender às restrições econômicas e de
Romper sub de circulação, desassentar packer e retirar coluna de SMS
teste.

 O Poço esta pronto para ser equipado.  Operacionalidade

Fluidos de Completação Fluidos de Completação


Os fluidos de completação são desenvolvidos  Finalidade Principal:
em função: Fornecer pressão hidrostática (densidade)
• Das condições de Pressão e Temperatura superior a pressão do reservatório impedindo o
do Reservatório fluxo de fluido deste para o interior do poço.
• Da interação Rocha-Fluido do  Tipos de Fluido:
Reservatório Base água: Solução Salina (KCl, NaCl)
• Das operações a serem desenvolvidas Base óleo: N-Parafina, Diesel, etc
Em uma operação podem ser utilizados  Tipos de Circulação:
diferentes fluidos de completação. Circulação Direta
Circulação Reversa / Inversa

Bombeio de Fluido Bombeio de Fluido


Tanque
Bomba
Tanque Bomba

 Circulação Direta:  Circulação Reversa / Inversa:


Bombeio pela coluna e retorno Bombeio pela revestimento e retorno pelo
coluna – Substituição por mais leve.
pelo revestimento –
Substituição por mais pesado.

2
09/05/2014

Colunas de Trabalho x Produção Coluna de Trabalho


Coluna de Trabalho Especificações para Drill Pipe
 Preocupação com a resistência à Tração e à torção.  Diâmetro Nominal: Diâmetro externo em polegadas
 Utilizado durante as diversas operações no poço – Ex: 2.3/8”, 2.7/8”, 3.1/2”, etc.
(pescaria, condicionamento, instalação de  Peso Nominal: Valor médio do peso do tubo com os
equipamentos, etc) Tool Joint em lb/pé – Ex: 6,85 lb/pé, 10,4 lb/pé, etc.
Coluna de Produção  Grau do Aço: Determina as tensões de ruptura
(100.000 a 145.000 psi) e escoamento (75.000 a
 Preocupação com a estanqueidade nas juntas 165.000 psi).
 Coluna descida no poço quando equipado para
produção (coluna que fica no poço)

Coluna de Trabalho Nosso Próximo Encontro


Reforço (upset): Reforço na extremidade do tubo Comprimento Nominal: É o tamanho médio dos
para criar uma área de maior resistência a fadiga. tubos divididos em grupos.
 Interno (IU) – Internal Upset  Range I – 18 a 22 pés – Média 20 pés
 Range II – 27 a 32 pés – Média 30 pés
 Externo (EU) – External Upset  Range III – 38 a 45 pés – Média 40 pés
 Misto (IEU) – Internal-External Upset Desgaste: Está relacionado a redução de
espessura da parede do tubo.

Nosso Próximo Encontro Equipamentos de Superfície


Especificações para Drill Collar
 Função: Fornecer peso e rigidez a coluna. Árvore de
Natal
 Diâmetros mais comuns na completação: (3.1/8”,
3.1/4”, 3.1/2”, 3.3/4”, 4.1/8”, 4.1/4” e 4.3/4” ) Equipamentos
 Classificado conforme OD, ID e Tipo de Conexão de Superfície Cabeça de Produção

Cabeças de Revestimento
Especificações para Heavy Weight
 Função: Fornecer transição gradual de rigidez
 Diâmetros mais comuns na completação: (3.1/2” e 4” )
 Classificado conforme OD, ID e Aplicação de material
duro (Carbureto de tungstênio); Equipamentos de Sub-
Superfície

3
09/05/2014

Equipamento de Superfície Nosso Próximo Encontro

Cabeça e Suspensor de Produção Cabeça e Suspensor de Produção

Suspensor de Produção Suspensor de Produção

4
09/05/2014

Adaptador da Árvore de Natal Árvore de Natal

Árvore de Natal Árvore de Natal

Equipamentos de Superfície Equipamentos de Sub-superfície


Packer Permanente
Árvore de
Natal  Removido por Perfuração

Equipamentos
Packer Recuperável
de Superfície Cabeça de Produção
 Assentamento Hidráulico
Cabeças de Revestimento
(Pressurizando o Tubbing)
 Assentamento Mecânico
(Compressão, tração,
rotação da coluna)
Equipamentos de Sub-
Superfície

5
09/05/2014

Packer de Produção Packer de Produção


 Compõe o primeiro conjunto de barreira de
segurança, conjuntamente com DHSV e o
revestimento de produção bem cimentado abaixo do
packer.
 Protege o revestimento acima do packer contra
pressão da formação e fluidos corrosivos.
 Permite a injeção controlada de gás pelo anular
(gás-lift)
 Permite a produção seletiva de mais de uma zona
por uma única coluna de produção (mais de um
packer).

Nipples Sub de Pressurização


 Sub que possui uma área polida para vedação e uma sede  Teste de Estanqueidade da coluna
para assentamento e travamento de acessórios
 Assentamento de packers hidráulicos
 Acessórios descidos com Slick-line (unidades de arame)  Em conjunto com o fluido de completação, funciona
 Podem assentar plugs, standing valve, DHSV como primeira barreira de segurança.

 Podem ser do tipo R (Não seletivo) ou do  Facilita a descida da coluna devido o perfil cônico na
tipo F (seletivo) sua extremidade
 Especificações
usuais: 2,75”; 2,81”,
2,87”, 3,50” 3,562”

Sliding Sleeve TSR – Junta Telescópica


 Possui uma camisa
 Absorver a expansão ou contração da coluna de produção
interna deslizante que pode
devido à variação térmica.
ser aberta ou fechada e com
isso permite a comunicação  Promove isolamento anular-coluna ao mesmo tempo que
entre o anular e a coluna. permite o “passeio” da camisa sobre o mandril.
Essa operação é feita com
arame (Slick line)  Permite a retirada da coluna sem a retirada da cauda de
produção.
 Seu uso mais intensivo é
nas completações seletivas,
onde permite a produção em
uma zona empacotada.

6
09/05/2014

Packer de Produção DHSV


 DHSV – Down hole safety valve
 Barreira mecânica de segurança
 São instalados a próximas 30m de profundidade abaixo do
nível do terreno.
 Quando o poço for isolado (200m de afastamento de outro
poço) a DHSV pode ser dispensada?
 Quanto a forma de instalaç: Tubing Mounted ou Insertáveis
 Quanto ao mecanismo de acionamento: Válvula controlável
da superfície ou válvula de velocidade de fluxo (storm choke)
 Quanto a equalização: auto-equualizável ou não-auto-
equalisável.

Packer de Produção Packer de Produção

Cenas do Próximo Encontro

Esquemas de completação
Unidades especiais de Completação
Canhoneio
Teste de Formação