Você está na página 1de 2

DICAS PARA APRESENTAÇÃO DOS TCCS – 2017.

1. Fala - Geralmente, o tempo máximo de defesa não passa de 20 minutos. Apesar disto, não
arrisque falar rapidamente, a banca pode não entender alguma parte do discurso ou até
mesmo causar confusão. Fale devagar, de forma clara e num tom de voz adequado, que não
transpareça o nervosismo e que não seja preciso interromper para pedir que você fale mais
alto. Seja firme. Fale com motivação, mas não faça piadinhas durante a apresentação. “Seja
formal, use corretamente a língua portuguesa. Deixe gírias para outro momento”, indica a
professora da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Lilian Passarelli.

2. Postura - Toda atenção deve estar no projeto, por isso manter uma postura neutra é o mais
indicado. Gesticular excessivamente e andar de um lado para o outro da sala tira a atenção de
quem assiste. Para não fazer feio, ensaie e treine o corpo para o grande dia. Aproveite e faça
exercícios para não apresentar olhando para um professor, mas sim para a plateia. Outro ponto
de gera dúvida é a roupa. Use peças formais com cores coringas, do tipo preto e branco. Outras
cores podem ser adotadas, mas com sutileza. Lembre-se: o clima é de formalidade, portanto
looks carregados devem ser deixados para comemorar a aprovação. Não se esqueça também
de deixar o celular desligado para não ser interrompido com uma ligação inesperada.

3. Saiba o que está falando - É bom reler o trabalho entregue à banca se não quiser falar
asneira. Entenda o ponto principal para não gastar o precioso tempo com o histórico do
projeto. Dominar o conteúdo é a principal arma para se dar bem em apresentações. “O melhor
a fazer é observar os pontos fracos do trabalho e estudá-los. Com certeza a banca irá
questionar o que não está bom”, ensina o professor da UNESP (Universidade Estadual Paulista
Júlio de Mesquita Filho), Ernesto Vieira Neto. Se o trabalho for em grupo, é bom que todos
estejam afiados.

4. Justifique-se - Depois de ter lido o projeto de ponta a ponta você estará preparado para os
comentários e questionamentos dos professores. Evite ser monossilábico, responda com
firmeza. Justifique todas as ações tomadas para que não haja dúvidas que o caminho escolhido
é o certo. “Uma apresentação só será boa se o estudante conhecer a fundo o trabalho, do
contrário terá dificuldade para defendê-lo”, afirma Lilian.

5. Slide - Ao montar uma apresentação de slides, tenha bom gosto para não deixá-la poluída.
O ideal é colocar apenas palavras-chave para conduzir a apresentação, recomenda Vieira Neto.
“Não se deve ler. Slides são apenas um apoio para o aluno.” Ilustrações são válidas, desde que
tenham relação com o trabalho.

6. Roteiro de apresentação - Está na dúvida do que colocar nos slides? Antes de começar a
escrevê-los, faça um roteiro. O modelo irá conduzir sua apresentação oral.

 Apresentação: a primeira lâmina deve ser dedicada para identificar o projeto. Coloque seu
nome completo, o título dado ao trabalho e quem o orientou.

 Introdução: mostre os caminhos que levaram à escolha do assunto central. Justifique o


motivo da escolha do tema, o objetivo do estudo, a metodologia usada e a forma como a
pesquisa foi conduzida.
 Desenvolvimento: apresente o desenrolar do trabalho, a abordagem dada, as alterações
feitas em curso. Uma boa opção é comentar rapidamente a abordagem dos capítulos do TCC.

 Conclusão: retomada a ideia central e mostre o resultado final do estudo. Feito isto, é de
bom tom agradecer as pessoas que ajudar no desenvolvimento do projeto e a atenção dada
pela banca.

7. Para não dar errado - Fique de olho no relógio para não atrasar, do contrário a chance de
defender o trabalho se perde. Chegue cedo e aproveite para testar a apresentação e o
computador.

Calma, objetividade, ou seja, poder de síntese, segurança. São ingredientes essenciais para
nesse momento. Não temam nada, pois se chegaram até aqui é porque já deu tudo certo.
SUCESSO.

NÃO ESQUEÇAM: vcs têm 20 min para apresentação. Cada membro terá tb. 20 min. para a
arguição. Os slides são livres. Não temos modelo padrão.

Até lá.