Você está na página 1de 2

A MULHER ENCURVADA

“E ensinava no sábado, numa das sinagogas. E eis que estava ali uma
mulher que tinha um espírito de enfermidade, havia já dezoito anos; e
andava curvada, e não podia de modo algum endireitar-se. E, vendo-a
Jesus, chamou-a a si, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade.
E pôs as mãos sobre ela, e logo se endireitou, e glorificava a Deus”
Lucas 13:10-13

Este texto é um dos textos mais lindos da palavra de Deus para mim.

Nesse texto está claro o que o diabo faz com as pessoas, ele gosta de ver
as pessoas com medo, prostradas, caídas.

O diabo quer ver as pessoas rastejando porque ele foi jogado por terra.
Existem pessoas que não satisfeitas com suas vidas destruídas, querem
ver a vida de outras pessoas destruídas também.

Ele joga as pessoas ‘pra baixo’ para que elas não vejam o mover de
Deus. O homem que ‘olha pra baixo’ não tem perspectiva de vitórias.

Essa mulher estava encurvada, envergonhada, por dezoito anos


olhando para o chão.

Uma das coisas mais lindas é uma mulher andar de cabeça erguida. O
ser humano é uma obra de engenharia perfeita. O ser humano é um
milagre, ele é a imagem de Deus!

Imagine essa mulher por dezoito anos passando por humilhações.


Imagine ela indo comprar uma roupa, chegando numa loja de roupas,
quem teria prazer em atendê-la?

Imagine ela indo a um salão de beleza, ou como madrinha de


casamento… qual motivação ela teria?

Na casa dela, quantas dificuldades para se locomover… e os apelidos?


As pessoas não tem misericórdia. “Lá vem a mulher torta…” Imagine o
marido dela dizendo: “Você é torta, nada dá certo para
você….” Imagine os filhos dela na escola e os colegas
zombando deles…
Mas um dia essa mulher foi a igreja e Jesus estava pregando. Ela não
viu Jesus porque estava encurvada, mas Jesus a viu e é isso que
importa.

Ele chamou a mulher… e aconteceu algo diferente naquele culto.


Aparentemente ir até Jesus seria uma vergonha, ela seria exposta,
certamente ela não queria ir à frente, mas, ela obedeceu e foi até o
Mestre.

Todas as atenções se voltaram para ela…. aquela mulher agora tinha


dois caminhos, a cura, ou a vergonha, quando Jesus chama não é para
envergonhar, mas, para libertar.
Jesus tocou na cabeça dela e disse: “Mulher esse foi o último dia que
você viveu torta. Volte para a sua casa.” E aquela mulher saltou de
alegria!
Aquele dia poderia ter sido apenas mais um culto na vida daquela
mulher, mas, ela ouviu o que Jesus disse e obedeceu. A obediência gera
cura.
Jesus estava pregando, mas, ele parou, porque aquela mulher era mais
importante pra ele. Você é muito importante!

Quem não se considera importante, também não considera os outros


importantes. Se você não ama a si mesmo, também não irá amar os
outros.
Jesus devolveu a ela a dignidade, a auto valorização. Ela saiu dali
podendo endireitar todas as outras áreas de sua vida, porque foi
endireitada por Jesus.

Se Cristo nos endireitar, se Ele nos consertar, tudo que está torto à
nossa volta, será consertado através de nós!
Se alguma coisa está te ‘encurvando’, uma luta, uma tristeza, uma
decepção, Jesus te endireita! Não tenha medo de se expor, vá até Jesus,
porque Ele te chama!