Você está na página 1de 3

A Presidência Geral das Auxiliares

SOCIEDADE DE SOCORRO

Ensinamentos para
os Nossos Dias

A
s aulas do Sacerdócio ao estudar e ensinar o(s) dis-
de Melquisedeque e da curso(s). Talvez você fique Silvia H. Allred Julie B. Beck Barbara Thompson
Sociedade de Socorro tentado a usar outros mate- Primeira Conselheira Presidente Segunda Conselheira
realizadas no quarto domingo riais para preparar a aula, mas
MOÇAS
de cada mês serão dedicadas são os discursos da conferên-
aos “Ensinamentos para os cia que fazem parte do currí-
Nossos Dias”. Todas as aulas culo aprovado. Sua tarefa é
terão por base um ou mais ajudar os outros a aprender
discursos proferidos na confe- e a viver o evangelho como
rência geral mais recente. Os ensinado na última conferên-
presidentes de estaca e de dis- cia geral da Igreja.
trito podem escolher quais Estude o(s) discurso(s)
discursos devem ser usados, procurando princípios e dou- Mary N. Cook Elaine S. Dalton Ann M. Dibb
Primeira Conselheira Presidente Segunda Conselheira
ou podem delegar essa res- trinas que atendam às neces-
ponsabilidade aos bispos e sidades dos alunos. Procure PRIMÁRIA
presidentes de ramo. Os também histórias, referências
líderes devem reforçar a de escritura e declarações
importância de que tanto no(s) discurso(s) que o aju-
os irmãos do Sacerdócio de dem a ensinar essas verdades.
Melquisedeque como as irmãs Faça um esboço de como
da Sociedade de Socorro estu- ensinar esses princípios e
dem os mesmos discursos no essas doutrinas. Seu esboço
mesmo domingo. deve incluir perguntas que Jean A. Stevens Rosemary M. Wixom Cheryl A. Esplin
Aqueles que participam ajudem os alunos a: Primeira Conselheira Presidente Segunda Conselheira
das aulas do quarto domingo
são incentivados a estudar e • Procurar princípios e dou- RAPAZES
a levar para a sala de aula a trinas no(s) discurso(s);
edição da revista com os dis- • Refletir sobre seu
cursos da última conferência significado.
geral. • Falar sobre o que entende-
ram e sobre suas ideias,
Sugestões para Preparar a suas experiências e seu
Aula com Base nos Discursos testemunho;
Ore para que o Santo • Aplicar esses princípios e Larry M. Gibson David L. Beck Adrián Ochoa
Primeiro Conselheiro Presidente Segundo Conselheiro
Espírito esteja ao seu lado doutrinas à própria vida. ■
ESCOLA DOMINICAL
MESES MATERIAIS PARA AS AULAS
DO QUARTO DOMINGO

Maio de 2010 a Discursos publicados na edição de


Outubro de 2010 maio de 2010 de A Liahona *

Novembro de 2010 Discursos publicados na edição de


a Abril de 2011 novembro de 2010 de A Liahona * David M. McConkie Russell T. Osguthorpe Matthew O. Richardson
Primeiro Conselheiro Presidente Segundo Conselheiro
*Esses discursos estão disponíveis on-line no site conference.LDS.org
(em muitos idiomas).
Maio de 2010 133
Anunciado o Novo Programa “Cada atividade contida em Cumprir
Meu Dever para com Deus segue um
Dever para com Deus padrão que os ajudará a tornar-se o por-
tador do sacerdócio que o Senhor quer

C
onforme foi anunciado na confe- que você seja”, disse o irmão Beck.
rência geral, um novo programa Mais informações e materiais serão
Dever para com Deus foi desen- disponibilizados na Internet no novo site
volvido sob a direção dos profetas vivos DutyToGod.LDS.org. ■
para ajudar os rapazes a ampliar sua força
espiritual e cumprir seus deveres no
sacerdócio.
“[O novo programa Dever para com
Novo Formato
Deus] é uma ferramenta poderosa”, disse Ajuda as Irmãs a
o Presidente Henry B. Eyring, Primeiro
Conselheiro na Primeira Presidência, na Serem Melhores
reunião da manhã de sábado. “Ele vai for-
talecer o testemunho dos rapazes e seu Professoras
relacionamento com Deus. Vai ajudá-los a
aprender e a desejar cumprir seus deveres com Deus e descobrirem a magnificência Visitantes
E
do sacerdócio. Vai fortalecer seu relaciona- do Sacerdócio Aarônico.” m julho de 2010, as irmãs da
mento com os pais, com os membros do Esse programa foi elaborado para moti- Sociedade de Socorro e os assinan-
quórum e com seus líderes.” var os rapazes a assumir a responsabilidade tes de A Liahona e da Ensign encon-
O novo programa Dever para com pelo próprio crescimento e também ofe- trarão mudanças no formato tradicional
Deus foi simplificado e tem mais enfo- rece oportunidades para fortalecerem rela- da Mensagem das Professoras Visitantes.
que. Os requisitos para todas as três fai- cionamentos entre eles e seus pais, seus “Desejamos que cada professora visi-
xas etárias, juntamente com instruções líderes e os membros dos quóruns. Muitas tante compreenda que fazer as visitas é
para pais e líderes, estão em um só das atividades podem facilmente ser inte- um chamado do Senhor e aceite sua
livreto. O livreto e os materiais relaciona- gradas com a reunião de noite familiar e designação para amar, servir, ensinar e
dos estarão disponíveis em 27 idiomas com as reuniões e atividades dos quóruns. ministrar, tendo isso em mente”, disse
entre junho e agosto de 2010. Outras tra- “Pais, líderes e membros do quórum Julie B. Beck, presidente geral da
duções dos materiais continuarão a ser têm um importante papel no programa Sociedade de Socorro.
disponibilizadas ao longo do ano. Dever para com Deus”, disse o irmão O novo formato da mensagem ajudará
As atividades são organizadas visando Beck às revistas da Igreja. “As reuniões as irmãs a compreender o propósito da
permitir que os rapazes possam aprender dominicais do quórum proporcionarão Sociedade de Socorro, a ensinar princípios
a respeito de um princípio do evangelho oportunidades regulares de aprender, que ajudem as irmãs a viver esse propó-
ou de uma responsabilidade do sacerdó- agir e compartilhar.” sito, a ter perspectiva histórica e a oferecer
cio, agir com base no que aprenderem, e Os rapazes são incentivados a conti- sugestões de como as mulheres podem
depois compartilhar seus pensamentos e nuar trabalhando no programa atual até cuidar umas das outras e fortalecer-se
sentimentos com os pais, com os líderes que o novo programa esteja implemen- mutuamente de maneira mais eficaz.
da Igreja ou com seus quóruns. tado em sua ala ou seu ramo. Uma vez “A Mensagem das Professoras
“Como diácono, mestre e sacerdote, implementado, cada rapaz deve começar Visitantes é um instrumento nas mãos
vocês participarão de atividades que vão a trabalhar na seção correspondente a das irmãs. Ao estudar a mensagem tendo
ajudá-los a obter força espiritual e a apren- seu ofício atual no sacerdócio. Caso o em mente as irmãs, a professora visitante
der e cumprir seus deveres do sacerdó- rapaz esteja perto de completar os requi- saberá o que compartilhar com elas e o
cio”, disse David L. Beck, presidente geral sitos para o certificado ou medalha cor- que fazer por elas”, disse a irmã Beck.
dos Rapazes, na sessão do sacerdócio da respondente a seu ofício no programa Apresentamos na próxima página
conferência geral. “O novo programa anterior, ele poderá completar esses uma amostra da nova Mensagem das
Dever para com Deus os guiará em sua requisitos enquanto começa a trabalhar Professoras Visitantes, com explicações
jornada ao cumprirem seu dever para no novo programa. sobre suas novas características. ■
136 A Liahona
Pergunta sobre Como Ministrar Propósitos da
O propósito desta pergunta é ajudar as Sociedade de
professoras visitantes a agir sob inspiração Instruções Socorro
para servir melhor às irmãs a quem As instruções ajudam as professoras Foram adicionados os
ensinam. visitantes a saber como ensinar e propósitos da Sociedade
aplicar a mensagem. de Socorro a fim de
lembrar às irmãs as
responsabilidades da
Sociedade de Socorro:
aumentar a fé e a
Pergunta sobre retidão pessoal,
V I S I TT II N
NGG TT EE A
A CC H
H II N
NGG M
M EE SS SS A
AGG EE
Como Aplicar fortalecer a família e
Our Responsibility to Be Study this
Study
itit with
this material,
with the
material, and
the sisters
sisters you
and asas appropriate
you visit.
appropriate discuss
visit. Use
Use the
discuss
the questions
questions toto
Esta pergunta tem o Worthy of Temple Worship help you
help you strengthen
strengthen your
your sisters
sisters and
and to
to make
make
o lar, e procurar os
Relief Society
Relief Society anan active
active part
part ofof your
your own
own life.
life.
objetivo de agilizar ações Faith •• Family
Faith Family •• Relief
Relief necessitados e ajudá-los.
por parte de cada irmã
T he covenants we make with with the
the associated
associated What Can
What Can From Our
From Our History
History
da Sociedade de Socorro ordinances we receive in in the
the temple
temple become
become II Do?
Do? President Gordon
President Gordon B. B. Hinckley
Hinckley (1910–2008)
(1910–2008)
admission into
our credentials for admission into God’s
God’s presence.
presence. 1. What
What support
support taught that
taught that Relief
Relief Society
Society grewgrew outout of of sisters’
sisters’
1.
beyond the the limits
limits can II offer
offer to
to desire to
desire to worship
worship in in temples:
temples:
e de ajudá-la a aplicar These covenants elevate us beyond can
help my
help my sisters
sisters “During the construction
“During the construction of the Kirtland of the Kirtland
perspective. We
of our own power and perspective. We make
make
prepare for
prepare for Temple the
Temple the women
women were were called
called upon
upon to to grind
grind
a mensagem à própria covenants to show our devotion
devotion to to build
build upup the
the and attend
and attend the
the their china
their china into into small
small particles
particles to to be
be mixed
mixed with with
covenant people
kingdom. We become covenant people as as we
we are
are temple?
temple?
the plaster
the plaster used
used on on the
the walls
walls of
of the
the temple,
temple, whichwhich
vida. placed under covenant to God. God. AllAll the
the promised
promised 2. How
2. How can
can II would catch
would catch the the light
light of
of the
the sun
sun and
and thethe moon
moon and and
blessings are ours through our our faithfulness
faithfulness to to these
these exemplify the
exemplify the reflect
ect that
that light
light toto beautify
beautify thethe appearance
appearance of of the
the
refl
covenants. . . . heritage of
heritage of the
the
building.
building.
early sisters
early sisters who
who
“What can the women of the the Church
Church do do to
to claim
claim “In those
“In those times,
times, when
when there
there waswas veryvery lit-
lit-
sacrificed
sacrifi ced to
to
the blessings of the temple? receive temple
receive temple tle of
tle of money
money but but an an abundance
abundance of of faith,
faith, the
the
“Through His prophets, the the Lord
Lord invites
invites those
those blessings?
blessings? workmen gave
workmen gave of of their
their strength
strength and and resources
resources Exemplos da
who have not yet received the the blessings
blessings of of the
the 3. How
3. How can
can II to the
to the construction
construction of of the
the Lord’s
Lord’s house.
house. The The
temple to do whatever may be be necessary
necessary to to qualify
qualify claim the
claim the bless-
ings of
of the
the
bless- women supplied
women supplied them them withwith food,
food, the the best
best they
they Nossa História
to receive them. He invites those
those whowho havehave already
already ings could prepare.
could prepare. EdwardEdward W. W. Tullidge
Tullidge reported
reported
temple?
temple?
return as
received these blessings to return as often
often asas possi-
possi- that while
that while the the women
women were were sewing
sewing the the temple
temple Ao ler sobre o nobre
experience, to to increase
increase their
their veils, Joseph
veils, Joseph Smith, Smith, observing
observing them, them, said,
said, ‘Well,
‘Well,
ble to enjoy again the experience,
sisters, you
sisters, you are are always
always on on hand.
hand. TheThe sisters
sisters areare legado da Sociedade de
vision and understanding of His His eternal
eternal plan.
plan. For more
For more information,
information,
go to
go to www.relief
www.relief always fifirst
always rst and
and foremost
foremost in in all
all good
good works.
works.
have aa current
“Let us be worthy to have current temple
temple society.lds.org..
society.lds.org
Mary was
Mary was fifirst rst at
at the
the resurrection;
resurrection; and and thethe sis-
sis- Socorro, as irmãs podem
recommend. Let us go to the the temple
temple to to seal
seal our
our
ters now
ters now are are thethe fifirst
rst to
to work
work onon thethe inside
inside
return to
families eternally. Let us return to the
the temple
temple as as of the
the temple.’
temple.’ .. .. ..
Mensagem often as our circumstances willwill permit.
permit. LetLet us
us give
give
of ser inspiradas tanto pela
“Again in
“Again in Nauvoo,
Nauvoo, when when thethe temple
temple was was
opportunity to
our kindred dead the opportunity to receive
receive thethe under construction,
under construction, aa few few women
women joined joined
A mensagem central ordinances of exaltation. LetLet us
us enjoy
enjoy thethe spiri-
spiri- together to to make
make shirts
shirts for
for the
the workmen.
workmen. ItIt was was
organização que existia
together
tual strength and the revelation
revelation we we receive
receive as as out of
out of these
these circumstances
circumstances that that twenty
twenty of of them
them nos primórdios da Igreja
SMITH
CHRISTINA SMITH

oferecerá agora regularly. Let


we attend the temple regularly. Let us
us bebe faith-
faith- gathered on
gathered on Thursday,
Thursday, 17 17 March
March 1842,
1842, in in the
the
BY CHRISTINA

temple covenants
ful and make and keep temple covenants to to upper room
upper room of
of the
the Prophet’s ◼
store.” 2 2 ◼
Prophet’s store.” quanto pelo programa
conselhos específicos the Atonement.”
receive the full blessings of the Atonement.” 1 1
TEMPLE BY

NOTES
NOTES
UTAH TEMPLE

e oportunos vindos Silvia H.


Silvia H. Allred,
Allred, fi
first
rst counselor
counselor in
in the
the Relief
Relief 1. Silvia
1. Silvia H.
H.Allred,
Allred,“Holy
“HolyTemples,
Temples,Sacred
Sacred Covenants,”
Covenants,” atual da Sociedade de
Society general
Society general presidency.
presidency. Liahona and
Liahona Ensign, Nov.
and Ensign, Nov.2008,
2008,113,
113,114.
114.
MOUNTAIN UTAH

2. Gordon
2. Gordon B. B. Hinckley,
Hinckley,“Ambitious
“Ambitious to
to Do
Do Good,” Ensign,
Good,”Ensign,
Socorro. “O sacrifício
RIGHT: PHOTOGRAPH OF OQUIRRH MOUNTAIN

diretamente da Mar. 1992,


Mar. 1992, 2.
2.

presidência geral da From the Scriptures daquelas irmãs nos


109:22–23;;
Isaiah 2:2–3; D&C 109:22–23
Sociedade de Socorro. 110:8–10 inspira e nos faz desejar
tomar parte na edificação
do reino do Senhor com
nosso serviço na época
AA uu gg uu ss tt 22 00 11 00 77 atual”, disse a irmã Beck.

Exemplos das Mais Informações


Escrituras Links pertinentes a outros recursos encontram-se
Estas referências disponíveis na página da Sociedade de Socorro,
escriturísticas vão ajudar no site reliefsociety.LDS.org.
a aprofundar o estudo
e a ampliar o ensino e
a aplicação pessoal da
mensagem.

Maio de 2010 137