Você está na página 1de 7

EDITAL Nº 004/2018 – Secretaria de Estado da Educação e da Cultura

PROCESSO SIMPLIFICADO DE SELEÇÃO DE PROFESSORES DE LÍNGUA


PORTUGUESA DA REDE ESTADUAL DE ENSINO PARA ATUAÇÃO COMO
CORRETORES DE REDAÇÕES APLICADAS NO SIMULADO DO PROJETO
#QUEROAPRENDER 2018 NA CIDADE DO NATAL

A Secretaria de Estado da Educação e da Cultura – SEEC/RN, no uso de suas atribuições,


faz saber que estão abertas para professores do quadro do magistério público da Rede
Estadual do Rio Grande do Norte, lotados na cidade do Natal e/ou Região Metropolitana, as
inscrições de cadastro reserva (CR) para a função de Professor Corretor para atuar na
correção das provas de redação aplicadas no simulado do Projeto #QueroAprender 2018.

1. DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1.1. Para todos os efeitos, o conhecimento prévio das normas contidas neste edital é
requisito essencial para a inscrição e para a participação em qualquer das fases do processo
seletivo. O candidato que por qualquer motivo deixar de atender às normas aqui
estabelecidas será eliminado do processo seletivo.
1.2. A correção das provas de redação será realizada entre os dias 11 e 19 de outubro do
ano corrente, tendo os professores contratados que entregarem as provas devidamente
corrigidas e com notas até às 17h do dia 19 de outubro.
1.3. Cada professor/corretor receberá entre 150 e 300 provas de redação para serem
corrigidas.

2. DOS REQUISITOS BÁSICOS


Para se candidatar à função de Professor Corretor do Projeto #QueroAprender, compondo o
cadastro reserva (CR), o(a) candidato(a) deverá comprovar, cumulativamente, os seguintes
requisitos:
a) Possuir vínculo ativo ou inativo de professor com o serviço público da Rede Estadual
(Apresentar contracheque atualizado).
b) Ter licenciatura plena em Letras com habilitação em Língua Portuguesa (Apresentar
certificação comprobatória).
c) Residir em um dos municípios pertencentes à Região Metropolitana de Natal (Natal,
Parnamirim, São Gonçalo do Amarante, Ceará Mirim, Macaíba, Extremoz, Nísia Floresta,
São José de Mipibu, Monte Alegre, Vera Cruz, Maxaranguape, Ielmo Marinho, Arês e
Goianinha), apresentando comprovante de residência. Na sua falta, atestar o domicílio atual
através de carta manuscrita de próprio punho, datada e assinada, conforme R.G.

3. DO REGIME DE TRABALHO
O professor corretor atuará por produtividade, considerando o número mínimo de 150
(cento e cinquenta) até o máximo de 300 (trezentas) redações, revogando-se estas limitações
em caso de necessidade percebida pela Comissão Julgadora. A correção das redações e a
atribuição de pontos seguirão os critérios listados na folha de redação, sendo estes

1
semelhantes àqueles da pontuação instituída na realização da prova de redação do Exame
Nacional do Ensino Médio – ENEM e sua Matriz de Referência.

4. DA REMUNERAÇÃO
O professor corretor receberá o valor fixo de R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos) por
cada prova de redação corrigida.

3. DA DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATRIBUIÇÕES


3.1. As atribuições dos profissionais que atuarão na correção das provas de redação do
simulado do Projeto #QueroAprender 2018 são:
a) Receber as provas de redação na Subcoordenadoria de Ensino Médio – SUEM, da SEEC,
em duas etapas, sendo a primeira no dia 11 e a segunda no dia 15 de outubro, ambas no
horário entre 14h e 17h.
b) Corrigir as provas de redação segundo a Matriz de Referência do ENEM, constante no
Anexo III deste Edital.
3.2. Para a atribuição das notas das redações, o professor corretor considerará:
Uma nota entre 0 e 200 pontos para cada uma das cinco competências, e a soma desses
pontos comporá a nota total, que pode chegar a 1.000 pontos.
3.3. As provas devem ser devolvidas à SUEM/SEEC, juntamente com o instrumento de
correção, até às 17h do dia 19 de outubro.

4. DAS INSCRIÇÕES
4.1. A inscrição para compor o cadastro de reserva (CR) para Professor Corretor do Projeto
#QueroAprender será feita unicamente via internet no portal do SIGEDUC:
https://sigeduc.rn.gov.br no período compreendido entre às 8h do dia 05 até às 23h59min
do dia 08 de outubro de 2018, horário local.
4.2. Inscrições realizadas após o prazo e horário determinados serão automaticamente
desconsideradas.
4.3. Falhas na inscrição decorrentes de problemas com acesso ou conexão na internet e/ou
seu manuseio não serão de responsabilidade da Comissão Julgadora, desobrigando-se a
mesma de qualquer compensação, exceção ou alteração dos critérios estabelecidos neste
Edital para o processo simplificado de seleção.
4.4. A inscrição deverá ser realizada conforme os procedimentos a seguir:
a) Acessar o sítio https://sigeduc.rn.gov.br onde estarão disponíveis este Edital e seus
anexos;
b) Preencher integralmente a ficha de solicitação de inscrição (ANEXO I), em todos os seus
passos, de acordo com as instruções constantes no mesmo;
c) Enviar a ficha de solicitação de inscrição preenchida, juntamente com a documentação
comprobatória, conforme o item 2 e o Anexo II.
4.5. Documentos ilegíveis ou comprovações não enviadas conforme item 2 e o Anexo II
implicarão na não pontuação e/ou na desclassificação do candidato.
4.6. O candidato que deixar de preencher quaisquer dos campos na ficha de solicitação de
inscrição terá automaticamente sua inscrição invalidada e, consequentemente, não
participará do processo de seleção.
4.7. Não será aceito pedido de inscrição com documentação incompleta nem em caráter
condicional.

2
4.8. A qualquer tempo, poder-se-á anular a inscrição do candidato, desde que verificadas
falsidades de declarações ou irregularidades nas provas ou documentos.

5. DA SELEÇÃO
5.1. A seleção consistirá de uma análise curricular.
a) A análise curricular compreende atribuição de pontuação pelos títulos apresentados e
experiência comprovada na correção de provas de redação, realizada com base nos critérios
definidos no quadro que compõe o Anexo II deste Edital.
5.2. Os critérios utilizados para a pontuação são cumulativos, ou seja, a atribuição de pontos
por apresentação de um título não exclui a consideração de outro, desde que não sejam
equivalentes, comprovado mediante a apresentação da documentação exigida. A
comprovação de experiência na correção de provas de redação será também critério
cumulativo por meio do número de concursos em que o candidato participou.

6. DA PONTUAÇÃO DA ANÁLISE CURRICULAR


6.1. A nota final dos candidatos será igual ao total de pontos obtidos através da pontuação
dos documentos apresentados.
6.2. Os candidatos habilitados serão classificados em ordem decrescente da nota final.
6.3. Para efeito de desempate serão utilizados, sucessivamente, os seguintes critérios:
a) Maior idade para os candidatos até o último dia de inscrição neste processo simplificado
de seleção, segundo o parágrafo único do art. 37 do Estatuto do Idoso;
b) Maior pontuação no quesito de experiência profissional.
6.4. O quadro de pontuação integra o Anexo II deste Edital.
6.5. A experiência profissional deve ser comprovada mediante apresentação de declaração
expedida por órgão ou instituição responsável pelo respectivo concurso público e/ou
ENEM.
6.6. Para a comprovação de experiência profissional só serão computados 10 pontos para
cada experiência na correção de provas de redação de concurso público e/ou ENEM a partir
do ano de 2010.
6.7. Caberá exclusivamente à Comissão Julgadora definir o número de redações a serem
corrigidas por cada professor corretor, respeitando primeiramente a ordem de classificação
no processo seletivo e a celeridade necessária ao processo de correção.

7. DA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO
7.1. O resultado do processo seletivo será divulgado no portal do SIGEDUC:
https://sigeduc.rn.gov.br no dia 10 de outubro de 2018.

8. DISPOSIÇÕES GERAIS
8.1. Cabe à Secretaria Estadual da Educação e da Cultura o direito de aproveitar os
candidatos classificados em número estritamente necessário para provimento das vagas que
vierem a existir durante a execução da correção das provas de redação.
8.2. Ao participar desta seleção, os profissionais interessados demonstram integral
conhecimento e anuência com todas as suas condições, bem como com todas as condições
estabelecidas para eventual exercício da função junto ao Projeto #QueroAprender 2018.
8.3. Verificada, a qualquer tempo, inexatidão de informações, irregularidade, inidoneidade
ou falta de documentos exigidos, o candidato será eliminado do processo simplificado de
seleção, anulando-se todos os atos decorrentes da inscrição.

3
8.4. Serão incorporados ao presente Edital, para todos os efeitos, quaisquer alterações que
vierem a ser publicadas pela Secretaria de Estado da Educação e da Cultura, com vistas ao
processo simplificado de seleção.
8.5. Os casos omissos serão dirimidos pela comissão julgadora responsável pelo processo
simplificado de seleção.
8.6. Este Edital entra em vigor a partir da data de sua publicação, sendo válido apenas para
o processo simplificado de seleção de profissionais que atuarão no Projeto #QueroAprender
2018, revogando-se as disposições em contrário.

Natal, 02 de outubro de 2018

Cláudia Sueli Rodrigues Santa Rosa


Secretária de Estado da Educação e da Cultura

4
ANEXO I

FICHA DE SOLICITAÇÃO DE INSCRIÇÃO

PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR CORRETOR PARA


PROVAS DE REDAÇÃO DO SIMULADO DO PROJETO #QUEROAPRENDER 2018

Nome do candidato: ______________________________________________________

Endereço: _______________________________________________________________

_______________________________________________________________________

Telefones: ______________________________________________________________

RG: ______________________________________

CPF: ______________________ E-mail: _____________________________________

Observação: O candidato declara, neste ato, conhecer todas as regras para participação do
processo simplificado de seleção para Professor Corretor das redações do simulado do
Projeto #QueroAprender 2018.

Natal, ______ de _________________ de 2018

_____________________________________

Assinatura do candidato

5
ANEXO II

QUADRO DE ANÁLISE CURRICULAR

PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR CORRETOR PARA


PROVAS DE REDAÇÃO DO SIMULADO DO PROJETO #QUEROAPRENDER 2018

NÚMERO DO CPF:

TÍTULO QUANTIDADE VALOR VALOR OBTIDO


MÁXIMA DE UNITÁRIO
TÍTULOS A SER
CONSIDERADA
Diploma de
Especialização lato
sensu expedido por
instituição 01 15
devidamente
reconhecida pelo
MEC.
Diploma de
Mestrado stricto
sensu expedido por
instituição 01 20
devidamente
reconhecida pelo
MEC.
Diploma de
Doutorado stricto
sensu expedido por
instituição 01 25
devidamente
reconhecida pelo
MEC.
Comprovante de
experiência na
correção de redações 05 10
de concursos
públicos e/ou ENEM
Total máximo de pontos

6
ANEXO III

MATRIZ DE REFERÊNCIA

PROCESSO SIMPLIFICADO PARA SELEÇÃO DE PROFESSOR CORRETOR PARA


PROVAS DE REDAÇÃO DO SIMULADO DO PROJETO #QUEROAPRENDER 2018

EIXOS
COMPETÊNCIA
COGNITIVOS
Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das
I linguagens matemática, artística e científica.

Construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento


para a compreensão de fenômenos naturais, de processos
II histórico-geográficos, da produção tecnológica e das
manifestações artísticas.

Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e

III informações representados de diferentes formas, para tomar


decisões e enfrentar situações problema.

Relacionar informações, representadas em diferentes

IV formas, e conhecimentos disponíveis em situações

concretas, para construir argumentação consistente.

Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaboração de


propostas de intervenção solidária na

V realidade, respeitando os valores humanos e

considerando a diversidade sociocultural.

Disponível em: http://portal.inep.gov.br/educacao-basica/encceja/matrizes-de-referencia


Acesso: 28/09/2018.