Você está na página 1de 2

INPER – INSTITUTO PARAIBANO DE ENSINO RENOVADO

ADMINISTRAÇÃO – 7º PERIODO P2-DATA 25/05/2016


FACILITADORA: C. BRONZEADO
ALUNA: STEFFANY EMMANUELLY ALVES DOS SANTOS
MATRICULA: PB1310450

DISCIPLINA: RESPONSABILIDADE SOCIAL

PCA – III

A empresa deve se equilibrar entre 5-CINCO Fatores que são eles: Lucro,
Comportamento ético, Envolvimento em projetos de RSO e atender de forma
responsável as expectativas de todos os stakeholdes.

Como Praticar, trabalhar, exercitar, realizar, fazer fatores acontecerem na


nossa administração.

Responsabilidade Social e seus vetores.

Pensando numa forma correta de como agir corretamente para com os seus
stakeholdes, pensa- se sempre no que a sociedade espera da organização. E para
poder praticar, trabalhar, exercitar e realizar fatores dentro de uma administração
limpa a empresa precisa ter responsabilidades econômicas, sociais, morais e éticas.
Por tanto para praticar a RSO é necessário 5 indicadores para uma empresa:
MISSÃO, VISÃO, VALORES, RESULTADOS E ETICA.
Todas as partes que se relacionam interna e externa de um mundo corporativo
precisam saber que esses cinco indicadores são essenciais e fazem parte do dia a
dia que qualquer corporação e levam a princípios básicos para qualquer projeto
relacionado com a empresa que pense em ser iniciado.
Para se trabalhar a RSO é preciso envolver os funcionários numa gestão
participativa, onde o plano de carreira, os benéficos e as remunerações estejam
claras para aqueles que se envolverem e desenvolverem projetos com
responsabilidade e ética e que seja posteriormente lucrativo para a empresa.
A responsabilidade social está ligada diretamente ao desenvolvimento sustentável,
onde pensar em atender as necessidades do presente e se comprometer com
gerações futuras são assuntos que andam sempre juntos para com o mesmo
objetivo.
A gestão da empresa precisa de organizar e desenvolver projetos sustentáveis,
realizando mudanças nas relações econômicas, políticas sociais, culturais e
ecológicas.
Algumas tecnologias dentro da organização podem desenvolver responsabilidade
social, exercitar tarefas como desenvolver técnicas para a diminuição dos gases
poluentes e até mesmo técnicas de reciclagem já contribuem para a sociedade, para
a empresa e para o meio ambiente.
O Instituto ETHOS afirma que em relação as organizações que praticam a RSO, são
agentes de nova cultura empresarial e mudança social.
Para esse tipo de mudança dentro das organizações foi criado o marketing social
onde a estratégia de mudança de comportamento que combinada com a abordagem
tradicional , integram o planejamento e a ação de mudança social , levando as
empresas a realizar projetos de ganhos tangíveis por optarem em ser uma empresa
socialmente responsável , conseguindo redução de custos, melhoria na sua
produtividade, crescimento de receitas, acesso a mercados e capitais ,melhora no
processo ambiental e nos recursos humanos. Ganhos intangíveis também são
realidade em empresas que optam por uma gestão socialmente responsável tais
como valorização da imagem institucional, maior lealdade do consumidor, maior
capacidade de atrair e manter talentos, capacidade de adaptação, longevidade e
diminuição dos conflitos.

“Temos de fazer o melhor que podemos. Esta é a nossa sagrada


responsabilidade humana. “Albert Einstein