Você está na página 1de 7

1. No sólido temos duas pirâmides de vértice em V.

A pirâmide I tem base [ABCD] e a pirâmide II de base [EFGH]. Sabendo

que a altura da pirâmide II é da altura da pirâmide I e que esta última tem

de volume, indica o volume da pirâmide II.

(A) (B) (C) (D)

2. Um cubo de aresta 3 5 cm tem de diagonal da base:


(A) 3 15 cm (B) 45 cm
(C) 30 cm (D) 3 10 cm

3. A diagonal de um quadrado mede 8 m. Quanto mede em metros quadrados a área do quadrado?


(A) 72 m2 (B) 36 m2 (C) 18 m2 (D) 24 m2

4. O número de diagonais dum cubo é:


(A) 6 (B) 8 (C) 12 (D) 16

5. Um cone de revolução de vértice V tem por base um círculo de centro O e raio 10 cm.
Sabe-se ainda que:

• VO = 15cm;

• O ponto P pertence à altura [VO] e VP = 12cm;


• O plano paralelo à base e que contém P produz uma secção circular

de raio NP .

O raio da secção de centro P é:


(A) 6 cm (B) 7 cm (C) 8 cm (D) 9 cm

I J
6. A figura ao lado representa um prisma pentagonal. Podemos afirmar H
G

que:
E F
(A) A recta GE é aposta ao plano ACI. C D

(B) Os planos GHE e CID são paralelos.


A B
(C) As rectas AH e BH são não complanares.
(D) Todas as afirmações são falsas.
7. A amplitude de cada um dos ângulos internos de um hexágono regular é:
(A) 180º (B) 120º (C) 720º (D) 108º

8. Sobre uma caixa cúbica de vidro, com 8 cm de aresta, caminha uma formiga,
do vértice A para M, ponto médio de [FG]. O caminho mais curto:
(A) Passa pelo ponto de [BC] que dista 2 cm de B;
(B) Passa pelo ponto médio de [BC];
(C) Mede aproximadamente 13 cm;
(D) Mede 16 cm.

9. Considere o cubo [ABCDEFGH] representado na figura.

9.1. A secção determinada no cubo por um corte segundo o plano EGB é:

(A) Um quadrado.
(B) Um rectângulo.
(C) Um triângulo equilátero.
(D) Um triângulo rectângulo.

9.2. Considere as seguintes afirmações:

I – As arestas [DC] e [FB] são concorrentes.


II – A diagonal espacial [AG] é perpendicular à face [ABCD].
III – Concorrem três arestas do cubo no vértice A.
IV – Pelo ponto E passam duas faces estritamente paralelas ao plano ABC.

As afirmações verdadeiras são:


(A) I e II (B) II e III (C) III e IV (D) I e III

10. Se a área de cada face de um cubo mede 25 m2, qual a medida do volume do cubo?

(A) 15625 m3 (B) 30 m3 (C) 150 m3 (D) 125 m3

11. Um sólido tem 15 arestas. Qual das seguintes afirmações é necessariamente verdadeira?

(A) O seu dual tem 15 vértices. (B) O seu dual tem 15 arestas.
(C) O seu dual tem 15 faces.
(D) Nada se pode afirmar sobre o número de faces, vértices ou arestas do seu dual.
12. A figura é formada por um quadrado de lado x e um triângulo equilátero. A
área da figura é dada pela expressão:

 3 x2 3x 2 3
(A) x2  
1 + 4  (B) x 2 + (C) (D) x 2 +
  2 2 4

13. Na figura está representado um cubo. O ponto C é o ponto médio da


aresta a que pertence.
A secção de corte produzida no cubo pelo plano ABC é um:

(A) triângulo (B) rectângulo


(C) trapézio (D) paralelogramo

14. Uma caixa de cartão com a forma de um paralelepípedo armazena seis


latas de refrigerante cilíndricas, iguais, com 11cm de altura. O volume
total de refrigerante transportado é de .
NOTA : As latas são tangentes às faces da caixa.

a) Determina um valor aproximado, com duas casas decimais, do volume da caixa.


b) Indica as dimensões de uma nova embalagem, com a mesma forma, que armazene mais seis
latas iguais.
c) Diz, justificando, se a afirmação seguinte é verdadeira:
“Como transporta o dobro das latas, a nova embalagem necessita, na sua construção, do
dobro da quantidade de cartão.”

15. Sem usar calculadora, efectua e simplifica o mais possível as seguintes expressões
a) b)

16. Racionaliza o denominador: a) b)

17. Na figura seguinte está representado um prisma


pentagonal regular com uma base contida no
plano α .
a) Utilizando letras da figura indique, quando possível:
• Três rectas a que pertença o ponto C e que não sejam complanares, entre si.
• Indique três representações para o plano da face da base do prisma pentagonal.
• Qual a intersecção do plano
- DIH com o plano EJH.
- GBA com as bases do prisma.
• Identifique 2 planos cuja recta de intersecção com o plano AFB é a recta AF.

Considere os pontos C, B e F.
Estes pontos são complanares? Justifique.
Como classifica o polígono [CBF], quanto aos lados?

18. Na figura está representado um esquema de uma


piscina, esquema que não está desenhado à escala.
No esquema:
• As medidas estão expressas em metros;
• [ABCDEFGH] é um paralelepípedo rectângulo;
• [IJKL] é uma rampa rectangular que se inicia a 0,6 m de profundidade da piscina e termina na
sua zona mais funda.
18.1. Utilizando as letras da figura, indique dois planos concorrentes.

18.2. Quantos litros de água serão necessários para encher totalmente a piscina?
(Nota: 1 m3 = 1000 litros) C D

19. Um cubo com 27 cm3 de volume é cortado por um B A Q


plano que contém uma das arestas e passa nos pontos médios P e
Q das arestas [AE] e [DH], respectivamente. P
G H

Calcule o volume do prisma quadrangular obtido. F E

• Calcule a área do polígono feito no cubo pelo plano referido no enunciado.

20. A figura representa um cubo de aresta 3 cm e em que


1
CI = CG
3

a) Desenhe a secção de corte obtida através do plano EIF.


b) Calcule a área dessa secção.
c) O plano EIF divide o cubo em dois prismas. Calcule o volume do
prisma que contém a face [FGI].
21. Quatro bolas de ténis estão numa embalagem cilíndrica, como se mostra na figura.
O diâmetro de cada bola de ténis é 8 cm.

Determine:

- O perímetro da tampa da caixa.

- O volume da caixa cilíndrica.

- O espaço livre existente na caixa.

Nota: Apresente os resultados arredondados com uma casa decimal.

22. Uma caixa com tampa com a forma de um paralelepípedo recto


mede 10 cm de altura. Sabe-se que o comprimento da base da
caixa excede a largura em 5 cm e que a medida do volume da
caixa é igual a 850 cm3.
x
Determine a área total da caixa, apresentando o resultado
com uma casa decimal.
x+5

23. Considere o prisma triangular recto cujas bases são os triângulos equiláteros [ABC] e
[DEF]. F
D
Sabe-se que:

• AB = 4 cm
E
• AM = 3 cm
M
• M é o ponto médio da aresta [AD]

a) Indique: Dois planos oblíquos.


Duas rectas não complanares. A C

Uma recta e um plano estritamente paralelos.

b) Determine o volume do prisma. B

c) Desenhe, no prisma, a secção plana obtida pelo corte segundo o plano MBC e caracterize-a.

24. Na figura está representado um cubo cuja aresta mede 12 cm de


comprimento e o seu dual – o octaedro.

Mostre que a aresta do octaedro mede 6 2 cm de comprimento.

Determine o volume do octaedro.

Determine a área da superfície lateral do octaedro.


25. Uma cafeteira da figura tem a forma de um tronco de cone. Na
sua construção, efectuou-se um corte num cone de 22cm de altura.
Seja r1 o raio da abertura da cafeteira e r o raio da base.

11
a) Mostre que r = r1 .
6

b) Sabendo que r1=2 cm, determina a capacidade da cafeteira, em litros.

26. Para ter acesso à parte superior de um reservatório cilíndrico com


10 m de altura e 5 m de diâmetro, existe uma escada sobreposta à
superfície lateral do cilindro.
A escada tem o menor comprimento possível e está presa a dois pontos
pertencentes a geratrizes diametralmente opostas. Uma das extremidades
da escada está presa à base superior e a outra dista 1 m da outra base.

• Qual é o comprimento da escada?

• Qual é o volume do cilindro?

• Se uma lata de tinta custa 50 euros e dá para pintar 4 m 2 ,


quanto se gasta para pintar todo o cilindro (incluindo as duas bases)?

27. O Sr. Aníbal, pescador de ofício, quer saber a profundidade do rio


onde costuma pescar. Com esse objectivo, usou a sua vara de 10
metros de comprimento. Ajude-o a determinar a profundidade
do rio.