Você está na página 1de 5

Instruções de Uso – SS7Sim

Elaborado por Eduardo de Mello Garcia


Florianópolis, 2 de junho de 2012

Sumário
Instruções de Uso – SS7Sim.................................................................................................................1
1 – Sobre o SS7Sim.........................................................................................................................1
2 – Instalando e iniciando o SS7Sim...............................................................................................1
3 – Criando o cenário no SS7Sim....................................................................................................2
3.1 – Arrastando os componentes para a tela principal...............................................................2
3.2 – Estabelecendo as conexões................................................................................................3
4 – Simulação...................................................................................................................................4
4.1 – Iniciando, atendendo e desligando chamadas....................................................................4
4.2 – Induzindo defeito em enlaces e inspecionando componentes............................................5
4.3 – Salvando, carregando e criando um novo cenário.............................................................5

1 – Sobre o SS7Sim

O SS7Sim é um projeto de código aberto que cria um simulador para o Sistema de


Sinalização nº 7. As funções do SS7 implementadas no SS7Sim são: Sequênciamento de
mensagens(MTP2), Signaling Message Handling (MTP3) e estabelecimento e desligamento de
chamadas (ISUP). A interação do usuário com o Simulador é feita via interface gráfica, através de
menus que aparecem na forma de janelas popup indicando as ações possíveis em nós, enlaces e no
próprio cenário.
O SS7Sim foi escrito na linguagem java, como um módulo do IDE NetBeans. Além de
aproveitar a interface gráfica do NetBeans, outros elementos gráficos do SS7Sim foram
implementados utilizando a biblioteca gráfica NetBeans Visual Library. O SS7Sim é licenciado
segundo os termos da GNU General Public Liscence (GPL).

2 – Instalando e iniciando o SS7Sim

O SS7Sim foi desenvolvido como um módulo do IDE NetBeans, portanto, para executá-lo,
você deve possuir o NetBeans instalado (o IDE NetBeans pode ser obtido aqui). Tendo instalado o
NetBeans, inicie o IDE, abra o projeto do SS7Sim (Arquivo > Abrir projeto) e execute o projeto.
3 – Criando o cenário no SS7Sim

A criação do cenário no SS7Sim é a etapa onde é montada a topologia de uma rede para ser
simulada. Nesta etapa, o primeiro passo é arrastar os componentes desejados da paleta de
componentes para a tela principal. Após isto, são estabelecidas as conexões (os enlaces) entre os
componentes.

3.1 – Arrastando os componentes para a tela principal

À esquerda da tela do SS7Sim, encontra-se uma paleta de componentes. Cada um dos


componentes desta paleta representa um ponto de sinalização da rede SS7. Os pontos de
sinalização correspondentes a cada ícone são mostrados na Figura 3.1. Os ícones em (a), (b) e (c)
correspondem, respectivamente, a um SSP, um STP e um SCP.

c
a b

Figura 3.1 – Pontos de sinalização no SS7Sim

Para adicionar um componente à tela principal, clique e arraste o componente desejado da


paleta, como demonstrado na Figura 3.2. Note que cada vez que você adiciona um STP ao cenário,
um outro STP é adicionado automaticamente, a fim de que seja formado um par de STP's.
Figura 3.2 - Criação de um cenário no SS7Sim

3.2 – Estabelecendo as conexões

Depois de selecionados todos os componentes da rede, o próximo passo é estabelecer as


conexões entre eles. Estas conexões representarão os enlaces (Linksets) da rede. Para conectar um
nó a outro, pressione a tecla Ctrl, clique duas vezes sobre o nó origem e arraste o mouse até o nó
destino. Se a conexão for possível, ela será realizada.
É possível estabelecer conexões que representem enlaces de acesso (Links A), enlaces
bridge (Links B) e enlaces cruzados (Links C), ou seja, não é possível conectar um SSP diretamente
a um SCP ou estabelecer hierarquias no SS7Sim.
Assim como em uma rede SS7 real, devem ser estabelecidos enlaces redundantes no
SS7Sim. Um SSP ou SCP, ao ser conectado a um STP, deve ser também ao par daquele STP. O
mesmo ocorre com os STP's, com a diferença de que, além disto, eles devem obrigatoriamente
conectador a seu próprio par. Um cenário corretamente montado tem aparência semelhante ao da
Figura 3.3.
Figura 3.3 - Cenário no SS7Sim

4 – Simulação

No SS7Sim, a simulação consiste em uma chamada telefônica. Uma simulação tem início
com o início da chamada e fim com o desligamento da mesma. Durante a simulação, é possível
inspecionar os nós, enlaces e mensagens enviadas, observando informações relevantes.

4.1 – Iniciando, atendendo e desligando chamadas

Para iniciar a simulação no SS7Sim, é preciso iniciar uma chamada. Para iniciar uma
chamada, clique com o botão direito em um nó SSP e selecione a opção iniciar chamada no
menu e selecione o número do destinatário na janela que surgir. As mensagens IAM e ACM serão
trocadas logo após. Uma vez iniciada a chamada, é possível simular seu atendimento clicando com
o botão direito no SSP destinatário e selecionando a opção Atender. Isto fará com que seja
enviada uma mensagem ANM. É possível também simular o desligamento da chamada clicando em
qualquer um dos SSP's envolvidos e selecionando a opção Desligar. Isto fará com que os nós
troquem as mensagens REL e RLC. A Figura 4.1 mostra o menu de um SSP que permite iniciar
uma chamada, dando início à simulação.
Figura 4.1 - Iniciar uma chamada
(menu)

4.2 – Induzindo defeito em enlaces e inspecionando componentes

Da mesma forma que o estabelecimento, atendimento e desligamento de chamadas, a


indução de defeito em enlaces e a inspeção de componentes da rede podem ser feitas clicando com
o botão direito no componente e selecionando a respectiva opção no menu. No caso dos enlaces,
estará disponível a opção induzir defeito, que fará com que as mensagens não trafeguem mais
por aquele enlace. A inspeção pode ser realizada em qualquer um dos componentes da rede através
clicando com o botão direito nele e selecionando a opção inspecionar. Será exibida uma janela
mostrando informações relevantes do componente selecionado.

4.3 – Salvando, carregando e criando um novo cenário

Para salvar um cenário, clique com o botão direito em qualquer lugar no cenário onde não
haja nenhum componente, selecione a opção salvar e escolha o nome do arquivo e o local onde
será salvo. No mesmo menu em que aparece a opção salvar, aparecerá as opções carregar e
Novo cenário. Clique com o botão direito no cenário, selecione a opção carregar e selecione
o arquivo de um cenário salvo, que estará em formato XML. Para limpar o cenário atual e criar um
novo, clique com o botão direito no cenário, selecione a opção Novo cenário.