Você está na página 1de 5

Protocolo:

nervo ciático
Tratamento para
0 nervo ciático
Você sabia que o “nervo ciático” é o nervo mais longo do corpo?
Ele começa na região lombar e vai até o dedão do pé.
Quando ele está inflamado torna-se muito doloroso.
Essa é a forma do corpo falar que você não está vivendo como,
realmente, gostaria. Então, não está usufruindo da vida com
prazer e alegria.
O motivo principal é porque está apegada a situações
emocionais do passado que provocaram um bloqueio na
troca de amor com as pessoas. Que causaram medo ao futuro,
inclusive por falta de dinheiro.
São bloqueios criados por você e só você pode libera-
los abrindo-se para a vida e para o amor. Eles surgiram,
principalmente de experiências vividas e mal resolvidas na
família ou no trabalho.
Para mudar esse padrão vibracional é preciso focar nas
experiências boas e alegres da vida, confiar em si e acreditar
na possibilidade que existe do Universo brindar-nos com
o retorno de tudo que fazemos vibrando no amor.
Procure sempre ver o lado bom de tudo que acontece, porque
ele existe. Só depende de onde você coloca o foco.
Se a sua dor estiver localizada com mais intensidade na área dos
glúteos expressará a sua dor, o seu medo e perder o que adquiriu,
como bens materiais e a posição social, como o prestígio.
Caso for nas coxas e pernas estará revelando medo em
enfrentar uma determinada situação relacionada a perda
no trabalho ou relacionamentos.
Não tenha medo de mudanças. Elas são necessárias para
a nossa evolução.
O nervo ciático se localiza na trajetória do meridiano da Bexiga.
Quando desbloqueamos a energia estagnada nessa área
estamos retirando a dor e auxiliando o contato e liberação
das antigas crenças relacionadas a essa situação.
Tome consciência, sem culpas nem medos, de que você pode
estar apegado a bens materiais. Isso é humano e normal.
Aceite-se e não se recrimine. Estamos todos aprendendo.
Permita-se errar e permita-se mudar. Exercite a confiança
em você. Confie que o Universo sempre estará a seu favor,
por mais que surjam acontecimentos dolorosos, eles são
um meio para nosso aprendizado e crescimento.
Aplique o protocolo ACM e aproveite esse período para olhar
mais para dentro de você, tomar consciência e começar a fazer
pequenas mudanças na forma de olhar e sentir cada momento
e cada experiencia no seu dia a dia.
Faça o estímulo nos pontos marcados na mão no lado
correspondente a dor. Como estimular os pontos

Passe a unha na linha branca e estimule os pontos que encontrar


sensíveis ou doloridos.
Como estimular os pontos

Utilize uma caneta sem tinta, um palito de laranjeira ou algum


objeto que tenha ponta similar. Observe bem as linhas da mão, que
aparecem na imagem que acompanham os tratamentos, e compare
com as suas mãos para identificar bem a localização da cada ponto.
Pressione cada ponto com a ponta do objeto durante três minutos.
Faça isso no mínimo uma vez ao dia!Se você não tiver paciência para
fazer a pressão diariamente faça o seguinte:
- Pegue papel alumínio e faça pequenas bolinhas bem firmes.
Coloque-as em cada ponto e cole com esparadrapo. Pode deixar
durante a noite e tirar pela manhã.
- Trate de deixar bem apertado na mão.
- Poderá, também, adquirir as bolinhas de cristal para “aurículo”
(encontram-se em casas que vendem produtos de acupuntura).
Kaiowa Mara Formada em Koryo Sooji
Chim (Manopuntura) na Espanha, formação
Internacional em Acupuntura na EBRAMEC.
Fez diversas especializações na área da MTC
(Medicina Trardicional Chinesa): Auriculoterapia,
Acupuntura Estética, Craneopuntura, Analgesia
com Acupuntura e outras. Desenvolveu a prática
da Koryo Sooji Chim sem o uso de agulhas e
com estímulos não invasivos, que é intitulada,
atualmente de Acupuntura Coreana nas Mãos
(sem agulhas). Atualmente ministra cursos
presenciais e online de ACM (sem agulhas).

facebook.com/acupunturasemagulhanamao/

youtube.com/saudeemsuasmaos

www.acmsemagulhas.com.br