Você está na página 1de 56

PREGÃO PRESENCIAL

PP 11/2018 – CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE


SERVIÇOS DE CONTROLE INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS
URBANAS NAS DEPENDÊNCIAS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO,
CENFORPE, UNIDADES ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL E NAS
CRECHES CONVENIADAS.

DATA DE ABERTURA DA SESSÃO PÚBLICA:

DIA 06 DE JUNHO DE 2018 – ÀS 9h30min.

PROCESSO Nº 498/2018

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO


SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA
DEPARTAMENTO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO

Para adquirir este edital, o interessado pode realizar download no site:


www.saobernardo.sp.gov.br/licitacao, ou deverá dirigir-se ao balcão de
expediente da SA.212.1, para solicitar cópia do mesmo, munido de CD
gravável/PEN DRIVE de boa qualidade.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 2

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA


DEPARTAMENTO DE MATERIAIS E PATRIMÔNIO

PREGÃO PRESENCIAL

PREÂMBULO

Tornamos público a quem possa interessar que por determinação da autoridade competente,
nos termos do Decreto Municipal nº 20.128/2017 e de conformidade com o Processo de
Contratação n.º 498/2018, encontra-se aberta nesta Municipalidade, a licitação na modalidade
PREGÃO PRESENCIAL nº 11/2018, do tipo MENOR PREÇO GLOBAL.

Esta licitação e a contratação dela decorrente subordinam-se às disposições da Lei Federal nº.
10.520, de 17 de julho de 2002, aplicando-se, subsidiariamente, no que couberem, as
disposições da Lei Federal nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, com as alterações que lhe
sobrevieram, do Decreto Municipal n.º 18.014, de 30 de maio de 2.012, da Lei Complementar
n.º 123, de 14 de dezembro de 2.006, alterada pela Lei Complementar nº 147, de 7 de agosto
de 2014 e às normas estabelecidas no presente Edital e demais especificações anexas.

A Sessão Pública ocorrerá no Departamento de Materiais e Patrimônio – SA-2 do Município de


São Bernardo do Campo, sito à Av. Kennedy, nº 1.100 – Bairro Anchieta, “Prédio Gilberto
Pasin”, nesta cidade, às 9h30 do dia 06 de junho de 2018.

1.0 - DO OBJETO

1.1 – Este Pregão Presencial tem por objeto a CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA
PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTROLE INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS
URBANAS NAS DEPENDÊNCIAS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CENFORPE,
UNIDADES ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL E NAS CRECHES CONVENIADAS, pelo
período de 12 (doze) meses consecutivos, prorrogáveis por mais 04 (quatro) períodos, iguais e
sucessivos, conforme discriminado no ANEXO I do presente Edital.

2.0. - DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

2.1 - Poderão participar do presente certame licitatório as empresas interessadas, cujo ramo
de atividade seja compatível com o objeto desta licitação.

2.2 - Os documentos necessários para participação nesta licitação deverão estar contidos em
02 (dois) envelopes distintos, separados, fechados e indevassáveis e preferencialmente
opacos, mencionando exteriormente o nome da licitante, o número desta licitação e o seu
objeto, os quais serão designados como Envelope "A" - Proposta Comercial e Envelope "B" –
Documentos de Habilitação, exceto os documentos a que se referem os itens 3.1.1, 3.1.2 e
3.1.3 deste Edital, que deverão ser apresentados em apartado.

2.3 - A Razão ou Denominação Social da empresa constante dos envelopes, ou de quaisquer


outros documentos, deverá ser a mesma constante do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica
(CNPJ), vedada a utilização de nome "fantasia" ou nome incompleto.

2.4 – É vedada a participação de:

2.4.1 – Empresas reunidas em consórcios;

2.4.2 – Empresas declaradas inidôneas por ato do Poder Público e não reabilitadas;
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 3

2.4.3 – Empresas que estejam cumprindo sanções de suspensão temporária de participação


em licitação e impedimento de contratar aplicadas por órgãos que integram a administração
direta e indireta do Município de São Bernardo do Campo;

2.4.4 – Pessoas Físicas.

2.4.5 - Quaisquer interessados que se enquadrem nas vedações previstas no artigo 9º da Lei
Federal nº 8.666/93.

3.0. - DO CREDENCIAMENTO

3.1 – Na fase de credenciamento as licitantes deverão apresentar:

3.1.1 - Quanto aos representantes:

a) No caso de Representante Legal (sócio, proprietário, dirigente ou assemelhado): Original


ou cópia autenticada do Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, todos
devidamente registrados, em se tratando de sociedades empresariais, e, no caso de
sociedades por ações, acompanhados de documentos de eleição de seus administradores;

b) No caso de Procurador: Original ou cópia autenticada do instrumento público de


procuração ou instrumento particular, com firma reconhecida do representante legal que o
assina, do qual constem poderes específicos para formular ofertas e lances, negociar preço,
interpor recursos e desistir de sua interposição, bem como praticar todos os demais atos
pertinentes ao certame. No caso de instrumento particular, o procurador deverá apresentar
instrumento constitutivo da empresa na forma estabelecida no subitem “a” deste item;

c) O representante (legal ou procurador) da empresa interessada deverá identificar-se


exibindo documento oficial que contenha foto;

d) A licitante que não contar com representante presente na Sessão Pública ou, ainda que
presente, não puder praticar atos em seu nome por conta da apresentação de documentação
em desconformidade com o Edital, ficará impedida de participar da fase de lances verbais, de
negociar preços, de declarar a intenção de interpor ou de renunciar ao direito de interpor
recurso, ficando mantido, portanto, o preço apresentado na proposta escrita, que há de ser
considerada para efeito de ordenação das propostas e apuração do menor preço;

e) A fase de credenciamento se encerrará com o início da abertura do primeiro Envelope “A” –


Proposta Comercial, a partir do qual não serão admitidos credenciamentos de eventuais
licitantes retardatárias;

f) Será admitido apenas um representante para cada licitante credenciada, sendo que cada
representante poderá representar somente uma licitante.

g) Os interessados em acompanhar a Sessão Pública que não tenham sido credenciados,


poderão fazê-lo desde que não interfiram, de modo algum, no bom andamento dos trabalhos.

3.1.2 - Quanto ao pleno atendimento aos requisitos de habilitação:

a) Declaração obrigatória de pleno atendimento aos requisitos de habilitação, que deverá


ser feita de acordo com o modelo sugerido no ANEXO II deste Edital.

a.1) A não apresentação da Declaração Obrigatória a que se refere este item, implicará na
exclusão imediata do interessado nesta licitação.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 4

3.1.3 - Quanto às microempresas e empresas de pequeno porte:

a) Declaração de microempresa ou empresa de pequeno porte visando ao exercício da


preferência prevista na Lei Complementar nº. 123/06, que deverá ser feita de acordo com o
modelo sugerido no ANEXO III deste Edital, observando-se o disposto no item 8.1.2 deste
Edital.

3.2 – Os documentos a que se referem às letras “a” e “b” do item 3.1.1, letra “a” do
item 3.1.2 e letra “a” do item 3.1.3 deverão ser apresentados FORA dos Envelopes
"A" - Proposta Comercial e dos Envelopes "B" – Documentos de Habilitação.

4.0 – ENVELOPE "A" – PROPOSTA COMERCIAL

4.1 – Neste envelope deverá estar contido:

4.1.1 - Proposta Comercial, impressa por meio mecânico ou eletrônico, em original, em uma
única via, sem rasuras, emendas ou entrelinhas, em idioma nacional, devidamente datada e
assinada, contendo:

a) Razão Social, CNPJ, endereço com CEP, telefone, fax e e-mail, se houver, da licitante;

b) Especificações dos serviços oferecidos, em consonância com as especificações constantes do


ANEXO I do presente Edital;

c) Preço Global da proposta, discriminando:

c.1) Preço Unitário, e Preço Total, por item, observando as especificações constantes no Anexo
I, e em consonância com a Modelo de Proposta do ANEXO V;

c.2.1) Caso não seja discriminado o preço da mão de obra serão obedecidas as regras
estipuladas pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS.

d) Os preços apresentados deverão ser em reais, com até duas casas decimais, expressos em
algarismos e por extenso, computados todos os custos básicos diretos, bem como tributos,
encargos sociais e trabalhistas e quaisquer outros custos ou despesas que incidam ou venham
a incidir direta ou indiretamente sobre o objeto do Edital, tais como frete, combustível,
embalagens, e demais despesas concernentes à plena execução do objeto;

e) Os valores apresentados na proposta comercial referem-se à data da apresentação dos


envelopes, cujo mês será considerado o de referência dos preços.

f) - Outros elementos se solicitados no ANEXO I do presente edital.

5.0 - ENVELOPE “B” – DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO

5.1 – Neste envelope deverá estar contido:

5.1.1 - Quanto à HABILITAÇÃO JURÍDICA

a) Ato Constitutivo, Estatuto ou Contrato Social em vigor, todos devidamente registrados, em


se tratando de sociedades empresariais, e, no caso de sociedades por ações, acompanhados
de documentos de eleição de seus administradores;
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 5

a.1) As licitantes que se utilizarem dos documentos a que se refere a letra “a” deste item para
fins de credenciamento neste Pregão (letra “a” do item 3.1.1 deste Edital), ficam dispensadas,
se assim o desejarem, da apresentação do(s) respectivo(s) documento(s) no ENVELOPE “B”
– DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO.

b) Inscrição do Ato Constitutivo, no caso de sociedades simples, acompanhada de prova da


Diretoria em exercício, devidamente registrado no órgão competente;

c) Decreto de Autorização, em se tratando de empresa ou sociedade estrangeira em


funcionamento no País.

5.1.2 - Quanto à REGULARIDADE FISCAL E TRABALHISTA

a) Prova de Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ);

b) Certidão Negativa ou Positiva com efeito de Negativa de Tributos Municipais Mobiliários,


expedida no local do domicílio ou sede do interessado;

c) Certidão Negativa ou Positiva com efeito de Negativa de Tributos Estaduais, expedida no


local de domicílio ou sede da licitante. No caso de empresa prestadora de serviços, apresentar
a Certidão Negativa de Inscrição no Cadastro de Contribuintes da Secretaria da Fazenda do
Estado;

d) Certidão Conjunta Negativa ou Positiva com efeito de Negativa de Débitos relativos aos
tributos Federais e a Dívida Ativa da União, expedida conjuntamente pela Secretaria da Receita
Federal do Brasil (RFB) e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN);

e) Certidão Negativa ou Positiva com efeito de Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT),


expedida pela Justiça do Trabalho;

f) Certificado de Regularidade para com o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS),
expedido pela Caixa Econômica Federal.

5.1.3 - Quanto à QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

a) Certidão negativa de falência ou de recuperação judicial ou extrajudicial expedida pelo


distribuidor da sede da pessoa jurídica;

a.1) Em caso de Certidão positiva para processo de recuperação judicial ou extrajudicial,


apresentar alternativamente:

1) Declaração do Administrador Judicial e, quando houver, do Comitê de Credores quanto ao


idôneo cumprimento pela licitante do plano de recuperação judicial, nos termos da letra “a” do
inciso II do artigo 22 e letra “b” do inciso II do artigo 27 da Lei Federal nº 11.101/05

2) Homologação judicial do plano de recuperação extrajudicial, nos termos do artigo do artigo


165 da Lei Federal n° 11.101/05.

b) Prova de que o Patrimônio Líquido da empresa não é inferior à quantia de R$ 23.600,00


(vinte e três mil e seiscentos reais), mediante apresentação de Balanço Patrimonial e
demonstrações contábeis do último exercício social, já exigíveis e apresentados na forma da
lei, vedada a substituição por balancetes ou balanços provisórios;

b.1) A empresa interessada não obrigada a publicar o balanço, porém obrigada à sua
elaboração, deverá:
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 6

b.1.1) Apresentar cópia legível das páginas do LIVRO DIÁRIO, no qual tenham sido transcritos
o Balanço e a Demonstração de Resultados do exercício;

b.1.2) Apresentar a documentação assinada pelos sócios e pelo técnico em Ciências Contábeis
legalmente habilitado, com os respectivos termos de abertura e de encerramento do livro
registrados na Junta Comercial ou no Cartório de Registro Civil;

b.2) A empresa interessada obrigada a publicar o balanço deverá apresentar a respectiva


prova e a certidão de arquivamento na Junta Comercial;

b.3) As empresas sujeitas à Tributação do Imposto de Renda com base no Lucro Real
obrigadas a apresentar a Escrituração Contábil Digital – SPED DIGITAL deverão apresentar:
Termo de Abertura e de Encerramento, recibo de entrega do Livro Digital, Balanço Patrimonial
e Demonstrações de Resultados do Exercício extraídos do Livro Digital.

5.1.4 - Quanto à QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

a) Atestado(s), expedido(s) por Pessoa Jurídica de Direito Público ou Privado, em nome da


licitante, que comprove a execução para quaisquer das entidades mencionadas neste item, de
serviços similares ao objeto desta licitação, devendo comprovar pelo menos 1.704.575,60
m2/ano, correspondente ao percentual de 50% do total dos serviços a serem prestados.

a.1) A comprovação de fornecimento mencionado neste item poderá ser feita mediante
apresentação de 01 (um) ou mais atestados referentes a um único ou a diversos contratos.

a.2) O(s) Atestado(s) de Capacidade Técnica (Técnico Operacional), deverão ser elaborado(s)
em papel timbrado e/ou conter carimbo oficial do CNPJ, contemplando as informações
detalhadas do(s) fornecimento(s) ou serviço(s) prestado(s), sendo assinado(s) e com
identificação do nome, cargo ou função do(s) emitente(s), estando sujeito(s) à faculdade
prevista no § 3º do artigo 43 da Lei Federal nº 8.666/93 com suas alterações.

b) Indicação do(s) Responsável(is) Técnico(s) pela execução dos serviços objeto deste edital,
legalmente habilitado(s) para o exercício das funções relativas aos aspectos técnicos do
Serviço de Controle de Vetores e Pragas Urbanas, podendo ser os seguintes profissionais:
biólogo, farmacêutico, químico, engenheiro químico, engenheiro agrônomo, engenheiro
florestal, médico veterinário ou profissionais que possuam nas atribuições do Conselho de
Classe respectivo, competência para o exercício das funções relativas aos aspectos técnicos
dos serviços objetos deste edital, devendo neste caso ser apresentada a devida comprovação
de competência.

b.1) O(s) Responsável(is) Técnico(s) responde(m) pela aquisição, utilização e controle dos
produtos desinfetantes domissanitários utilizados.

b.2) Declaração expressa de que, caso seja declarada vencedora do certame deverá
comprovar o vínculo do(s) profissional(is) indicado(s) conforme letra “b” deste item, no prazo
constante no item 6.23 deste edital, mediante a apresentação do contrato social, registro na
carteira profissional, ficha de empregado, contrato de trabalho, ou ainda, através de prova
documental em sendo profissional autônomo que se responsabilize tecnicamente pela
execução dos serviços.

c) Declaração expressa da licitante de que possui instalações que atendem as exigências legais
vigentes quanto à edificação e os requisitos técnicos concernentes aos estabelecimentos de
trabalho em geral, definidos pelo Ministério do Trabalho, no que lhe for aplicável, incluindo que
a edificação possui área e construção adequada para facilitar as operações relativas às
atividades propostas e sua manutenção, com espaço suficiente para a guarda dos
equipamentos de aplicação e de proteção individual, estocagem e diluição dos praguicidas,
armazenagem de embalagens vazias e tríplices lavadas.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 7

d) Declaração expressa da licitante que utilizará de veículos adequados e em perfeitas


condições de funcionamento para a locomoção dos aplicadores, transporte dos equipamentos
de aplicação e produtos, com transporte dos produtos domissanitários isoladamente dos
operadores.

e) Declaração expressa da licitante de que, caso seja declarada vencedora do certame, tem
disponibilidade ou reúne condições de apresentar, conforme item 6.23 deste edital, os
seguintes documentos:

e.1) Licença de Funcionamento expedida pela Autoridade Sanitária competente do Estado ou


Município, com prazo de validade ou data de emissão não superior a 12 meses.

e.2) Documentação de todos os veículos de acordo com as normas vigentes.

e.3) Para os desinfestantes domissanitários de uso profissional apresentar ficha dos produtos e
ficha de segurança, emitidas por entidades especializadas, devidamente licenciadas junto a
Autoridade Sanitária do Estado ou Município e registrado no Ministério da Saúde.

e.4) Certidão de Registro de Pessoa Jurídica em nome da licitante, emitido pelo conselho de
classe profissional do Responsável(is) técnico(s) indicado conforme letra “b” deste item.

f) Atestado de Vistoria Facultativo (modelo ANEXO VII), atestando que a licitante efetuou
vistoria prévia nos locais constantes do Anexo IX, tendo assim pleno conhecimento: do local
em que se desenvolverão os serviços; dos acessos; das condições climatológicas próprias da
região; e de todas as demais condições e eventuais dificuldades para execução dos serviços
objeto desta licitação, sendo que a vistoria deverá ser agendada previamente com o(a) Sr.
Elenisvaldo André dos Santos, no horário comercial, através do telefone (11) 2630-5319.

f.1) Ou a licitante deverá apresentar DECLARAÇÃO EXPRESSA de que possui pleno


conhecimento: do local em que se desenvolverão os serviços; dos acessos; das condições
climatológicas próprias da região; e de todas as demais condições e eventuais dificuldades
para execução dos serviços objeto desta licitação, observando que não poderá alegar
desconhecimento sobre qualquer aspecto que envolva os serviços objeto deste edital.

5.2 – Disposições Gerais sobre os Documentos de Habilitação

5.2.1 - As licitantes que apresentarem a cópia do CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL,


expedido pelo Departamento de Materiais e Patrimônio – SA-2 do Município de São Bernardo
do Campo, com todos os documentos nele elencados dentro de suas respectivas validades,
ficam dispensadas da apresentação da documentação especificada nos itens 5.1.1 (com
exceção da documentação relativa à eleição dos administradores, no caso de sociedade por
ações, e dos documentos comprobatórios da posse da diretoria em exercício, no caso de
sociedades simples), letras “a” a “e” do item 5.1.2 e letra “a” do item 5.1.3 deste Edital.

5.2.2 – Na hipótese de não constar dos documentos indicados nos itens 5.1.2 (com exceção da
letra “a”) e letra “a” do item 5.1.3, os respectivos prazos de validade, somente serão aceitos
se emitidos no período de 06 (seis) meses anteriores à data marcada para entrega dos
envelopes de documentos e propostas no preâmbulo deste Edital.

5.2.3 – A documentação, original ou cópia, deverá estar dentro do prazo de validade nela
assinalada, observado o disposto nos itens 5.2 e 5.3 deste Edital.

5.2.4 - Os documentos necessários à habilitação da empresa no presente certame poderão ser


apresentados em original ou por qualquer processo de cópia, desde que legível e devidamente
autenticada, com exceção do CERTIFICADO DE REGISTRO CADASTRAL.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 8

5.2.4.1 – Durante a Sessão Pública deste Pregão nenhum documento será autenticado pelo
Pregoeiro ou por qualquer integrante da Equipe de Apoio, para que não haja atrasos no
desenvolvimento dos trabalhos.

5.2.4.1.1 – Caso seja necessário autenticar algum documento, será feito por servidor que
esteja disponível e fora da mesa de abertura, devendo a licitante apresentar o documento
original e cópia, sendo que a veracidade da cópia será de inteira responsabilidade da
licitante/representante.

5.2.5 - O Pregoeiro e/ou a Equipe de Apoio efetuará diligências nos sites oficiais dos órgãos
emissores para verificação da veracidade dos documentos apresentados.

5.3 – Da regularidade fiscal das microempresas e das empresas de pequeno porte

5.3.1 - As microempresas e empresas de pequeno porte, por ocasião da participação neste


certame, deverão apresentar toda a documentação exigida para fins de comprovação de
regularidade fiscal, mesmo que esta apresente alguma restrição;

5.3.2 - Havendo alguma restrição na comprovação da regularidade fiscal, será assegurado o


prazo de cinco dias úteis, cujo termo inicial corresponderá ao momento em que o proponente
for declarado vencedor do certame, prorrogáveis por igual período, mediante apresentação de
requerimento devidamente fundamentado e aceito pela Administração, para a regularização da
documentação, pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões
negativas ou positivas com efeito de negativa.

5.3.3 - A não regularização da documentação, no prazo previsto no subitem anterior, implicará


na decadência do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas neste Edital,
procedendo-se à convocação das licitantes remanescentes, nos termos do Artigo 4º inciso
XXIII, da Lei Federal n.º 10.520, de 17 de julho de 2.002.

6.0 - DO PROCEDIMENTO DO PREGÃO

6.1 - No horário e local indicados neste Edital será aberta a Sessão Pública, iniciando-se pela
fase de credenciamento das licitantes interessadas em participar deste certame, ocasião em
que as licitantes deverão apresentar os documentos indicados no item 3.1 deste Edital.

6.2 – Após o credenciamento, as licitantes entregarão ao Pregoeiro os Envelopes "A" -


Proposta Comercial e os Envelopes "B" – Documentos de Habilitação.

6.2.1 – Iniciada a abertura do primeiro Envelope “A” – Proposta Comercial, estará encerrada a
fase de credenciamento e, por conseqüência, a possibilidade de admissão de novos
participantes no certame.

6.3 – O Pregoeiro, juntamente com a Equipe de Apoio, verificará a conformidade das propostas
apresentadas com os requisitos estabelecidos neste Edital.

6.4 – Serão desclassificadas as propostas comerciais:

6.4.1 - Cujos objetos não atendam às especificações constantes do Anexo I, aos prazos e às
demais exigências essenciais contidas neste Edital;

6.4.1.1 – Consideram-se como exigências essenciais aquelas que não possam ser sanadas no
ato, por simples manifestação da respectiva licitante.

6.4.2 – Que ofertarem vantagem não prevista no Edital e/ou preço ou vantagem baseada na
proposta de outra licitante;
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 9

6.4.3 – Que apresentarem preços manifestamente inexeqüíveis, entendendo-se por preço


manifestamente inexeqüível aquele que apresente valor zero, simbólico, irrisório ou
incompatível com os preços dos insumos e salários de mercado, acrescidos dos respectivos
encargos, nos termos do disposto no Artigo 44, § 3°, da Lei Federal n° 8.666/93, com a
redação dada pela Lei Federal n° 8.883/94.

6.5 – Será(ão) considerada(s) vencedora(s) a(s) licitante(s) que apresentar(em) o MENOR


PREÇO GLOBAL, obedecidas às condições constantes do ANEXO I deste Edital, dentre as
propostas classificadas.

6.5.1 – Deverão ser cotados todos os itens constantes do Anexo I deste Edital.

6.6 - As propostas serão classificadas provisoriamente, em ordem crescente de preços, por


item, e serão selecionadas para a etapa de lances, com observância dos seguintes critérios:

6.6.1 - Seleção da proposta de menor preço e das demais com preços até 10% (dez por cento)
superiores àquela;

6.6.2 - Não havendo pelo menos três propostas nas condições definidas no item anterior,
serão selecionadas as propostas que apresentarem os menores preços, até o máximo de três.
No caso de empate das propostas, serão admitidas todas estas, independentemente do
número de licitantes;

6.6.3 - O Pregoeiro convidará individualmente os autores das propostas selecionadas a


formular lances de forma verbal e seqüencial, a partir do autor da proposta de maior preço e,
os demais, em ordem decrescente de valor.

6.6.3.1 – Na hipótese de empate de propostas a que se refere o item 6.6.2 a seleção das
licitantes empatadas para formulação de lances se dará por sorteio;

6.7 - Os lances deverão ser formulados em valores distintos e decrescentes, inferiores à


proposta de menor preço;

6.7.1 – O Pregoeiro, a seu critério, poderá estabelecer redução mínima entre os lances,
durante a Sessão Pública, visando otimizar o andamento dos trabalhos do referido Pregão.

6.8 - Não serão aceitos lances cujos valores forem iguais ou maiores ao último lance que tenha
sido anteriormente ofertado.

6.9 - A etapa de lances será considerada encerrada quando todas as participantes dessa etapa
declinarem da formulação de lances.

6.10 - Caso não se realizem lances verbais, o Pregoeiro elaborará a classificação definitiva das
propostas apresentadas na forma escrita e verificará a conformidade da proposta de menor
preço com base nos preços constantes na Planilha de Quantitativos e Preços de Referência
(ANEXO IV deste Edital).

6.11 - A desistência em apresentar lance verbal, quando convocado pelo Pregoeiro, implicará
na exclusão da licitante das rodadas posteriores de oferta de lances verbais relativos ao
respectivo item, ficando sua última proposta registrada para classificação definitiva ao final da
etapa.

6.12 - Se houver empate, será assegurado o exercício do direito de preferência às


microempresas e empresas de pequeno porte, nos seguintes termos:

6.12.1 - Entende-se por empate aquelas situações em que as propostas apresentadas pelas
microempresas e empresas de pequeno porte sejam iguais ou até 5% (cinco por cento)
superiores à proposta mais bem classificada;
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 10

6.12.2 - A microempresa ou empresa de pequeno porte, cuja proposta for mais bem
classificada, poderá apresentar proposta de preço inferior àquela considerada vencedora da
fase de lances, situação em que sua proposta será declarada a melhor oferta;

a) Para tanto, será convocada para exercer seu direito de preferência e apresentar nova
proposta no prazo máximo de 05 (cinco) minutos após o encerramento dos lances, a contar da
convocação do Pregoeiro, sob pena de preclusão;

b) Se houver equivalência dos valores das propostas apresentados pelas microempresas e


empresas de pequeno porte que se encontrem no intervalo estabelecido no subitem 6.12.1,
será realizado sorteio entre elas para que se identifique aquela que primeiro poderá exercer a
preferência e apresentar nova proposta;

b.1) Entende-se por equivalência dos valores das propostas as que apresentarem igual valor,
respeitada a ordem de classificação.

6.12.3 - O exercício do direito de preferência somente será aplicado quando a melhor oferta da
fase de lances não tiver sido apresentada por microempresa ou empresa de pequeno porte;

6.12.4 - Não ocorrendo a contratação da microempresa ou empresa de pequeno porte,


retomar-se-ão, em Sessão Pública, os procedimentos relativos à licitação, nos termos do
quanto disposto no Artigo 4º, inciso XXIII, da Lei 10.520/02, sendo assegurado o exercício do
direito de preferência na hipótese de haver participação de demais microempresas e empresas
de pequeno porte cujas propostas se encontrem no intervalo estabelecido no subitem 6.12.1;

6.12.4.1 - Na hipótese da não-contratação da microempresa e empresa de pequeno porte, e


não configurada a hipótese prevista no subitem 6.12.4, será declarada a melhor oferta aquela
proposta originalmente vencedora da fase de lances.

6.13 - Após a fase de lances, serão classificadas definitivamente, na ordem crescente dos
valores, as propostas não selecionadas por conta da regra disposta no item 6.6.1, e aquelas
selecionadas para a etapa de lances, considerando-se para estas, o último preço ofertado;

6.13.1 – Na hipótese de ocorrência do disposto no item 6.10 ou mesmo após todo o


processamento da Sessão Pública, caso haja empate de lances/propostas, a classificação
definitiva se fará, obrigatoriamente, mediante sorteio, conforme previsto no § 2º, do artigo
45º, da Lei Federal 8.666/93, com as alterações introduzidas pela Emenda Constitucional n.º
6, de 15 de agosto de 1.995, na presença dos interessados.

6.14 - Não poderá haver desistência dos lances ofertados, sujeitando-se a licitante desistente
às penalidades legais.

6.15 - O Pregoeiro poderá negociar com o autor da oferta de menor valor com vistas à redução
do preço.

6.16 - Após a negociação, se houver, o Pregoeiro examinará a aceitabilidade do menor preço,


decidindo motivadamente a respeito.

6.16.1 - A aceitabilidade será aferida com base nos preços constantes na Planilha de
Quantitativos e Preços de Referência (ANEXO IV deste Edital), cujos valores unitários e totais
serão os máximos admitidos pela Administração.

6.17 - Considerada aceitável a oferta de menor preço, no momento oportuno, a critério do


Pregoeiro, será procedido a abertura do Envelope “B” – Documentos de Habilitação da licitante
classificada em primeiro lugar.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 11

6.18 - Será inabilitada a licitante que deixar de apresentar qualquer documento exigido no
Edital, ou fazê-lo de maneira incompleta, incorreta ou com borrões, rasuras, entrelinhas, em
desacordo com este Edital, ou com validade vencida, ou ainda qualquer outro vício que o
invalide.

6.18.1 - Eventuais falhas, omissões ou outras irregularidades nos documentos efetivamente


entregues de habilitação, poderão ser saneadas na Sessão Pública de processamento do
Pregão, até a decisão sobre a habilitação, sendo vedada a apresentação de novo(s)
documento(s);

6.18.2 - A verificação será certificada pelo Pregoeiro e/ou pela Equipe de Apoio, durante a
Sessão Pública, anexando aos autos documentos passíveis de obtenção por meio eletrônico,
salvo impossibilidade devidamente justificada.
6.19 - Constatado o atendimento pleno dos requisitos de habilitação previstos neste Edital, a
licitante será habilitada e declarada vencedora.

6.20 - Se a oferta de menor preço não for aceitável, ou se a licitante não atender às exigências
de habilitação, o Pregoeiro examinará as ofertas subseqüentes, na ordem de classificação,
podendo negociar com os respectivos autores, até a apuração de uma proposta que, verificada
sua aceitabilidade e a habilitação da licitante, será declarada vencedora.

6.21 - Da Sessão Pública será lavrada Ata Circunstanciada, na qual constarão, no mínimo, as
licitantes participantes, os preços oferecidos nas propostas apresentadas, as propostas
eventualmente desclassificadas com a respectiva fundamentação, a ordem de classificação
provisória e a classificação definitiva das propostas, além das ocorrências relevantes.

6.22 - Na fase de julgamento, o Pregoeiro e/ou Equipe de Apoio, poderá promover quaisquer
diligências julgadas necessárias à análise das propostas e da documentação, devendo as
licitantes atender às solicitações no prazo por ele estipulado, contado do recebimento da
convocação.

6.23 - A licitante declarada vencedora da presente licitação, deverá apresentar, no prazo


máximo de até 02 (dois) dias úteis, contados a partir do dia útil imediatamente posterior à
data da realização da Sessão Pública, ou, em caso de interposição de recurso, da data de
publicação do seu julgamento, o que segue:

a) Planilha Readequada, com a distribuição de todos itens/valores do Anexo V,


adequados ao menor lance final do Pregão;

b) Os documentos técnicos a que se refere o item 5.1.4, letras “b.2”, “e.1” a “e.4” deste
edital;

c) Cronograma Físico-Financeiro, conforme Modelo em Anexo VI.

6.24 – A apresentação de todos documentos a que se refere o item 6.23 são obrigatórios e a não
apresentação impedirá a assinatura da Ata de Registro de Preços ou do Contrato ou da Autorização
de Fornecimento (AF) ou de outro instrumento equivalente, ficando a licitante sujeita às
penalidades previstas neste Edital.

7.0 - IMPUGNAÇÃO AO EDITAL, RECURSO, ADJUDICAÇÃO E HOMOLOGAÇÃO

7.1 - Até dois dias úteis da data fixada para o recebimento das propostas, qualquer pessoa
poderá solicitar esclarecimentos, providências ou impugnar o Edital deste Pregão.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 12

7.2 - Dos atos do Pregoeiro caberá recurso, devendo haver manifestação verbal imediata na
própria Sessão Pública, com o devido registro em ata da síntese da motivação da sua intenção,
abrindo-se então o prazo de três dias úteis que começará a correr a partir do dia em que
houver expediente nesta Municipalidade para a apresentação das razões, por meio de
memoriais, ficando as demais licitantes, desde logo, intimados para apresentar contra-razões,
em igual número de dias, que começarão a correr no término do prazo do recorrente, sendo-
lhes assegurada vista dos autos.

7.2.1 - A ausência de manifestação imediata e motivada pela licitante na Sessão Pública


importará na decadência do direito de recurso, na adjudicação do objeto do certame à licitante
vencedora e no encaminhamento do processo à autoridade competente para a Homologação.

7.2.2 - Na hipótese de interposição de recurso, o Pregoeiro poderá reconsiderar a sua decisão


ou encaminhá-lo devidamente informado à autoridade competente.

7.2.3 - Uma vez decididos os recursos administrativos eventualmente interpostos e,


constatada a regularidade dos atos praticados, a autoridade competente adjudicará o objeto
do certame à licitante vencedora e homologará o procedimento licitatório.

7.2.4 - O recurso contra decisão do Pregoeiro terá efeito suspensivo e o seu acolhimento
resultará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento.

7.3 - Eventual impugnação do Edital, solicitação de esclarecimentos e interposição de recursos


administrativos deverão ser encaminhados ao Departamento de Materiais e Patrimônio – SA-2
do Município de São Bernardo do Campo, devendo ser apresentados por escrito e protocolados
no endereço e horário mencionados no item 12.7 deste Edital.

7.3.1 - Não serão aceitas solicitações de esclarecimentos, impugnações do edital e interposição


de recursos por outro meio senão aquele mencionado no item 7.3 deste Edital.

8.0 - DAS CONDIÇÕES GERAIS DO CONTRATO

8.1 – DA ASSINATURA

8.1.1 – O adjudicatário deverá comparecer ao do Município de São Bernardo do Campo, no


prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis, contados da convocação feita pelo Serviço competente
para esse fim, apto para a assinatura do respectivo Contrato, sob pena de, não o fazendo,
serem aplicadas as penalidades previstas em lei.

8.1.2 - No caso da adjudicatária ter usufruído os benefícios da Lei Complementar nº 123/06,


para lograr-se vencedora na qualidade de microempresa ou empresa de pequeno porte, deverá
apresentar os documentos citados abaixo, no prazo máximo de cinco dias úteis, contados da
data da Adjudicação do certame pelo Pregoeiro, para fins de homologação.

a) cópia autenticada da Certidão expedida pela Junta Comercial, comprovando a condição de


microempresa ou de empresa de pequeno porte;

b) comprovação da sua regularidade fiscal, caso a documentação apresentada para fins de


habilitação tenha indicado alguma restrição, mediante a regularização da documentação,
pagamento ou parcelamento do débito, e emissão de eventuais certidões negativas ou
positivas com efeito de negativa.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 13

8.1.3 – Não ocorrendo a regularização prevista no subitem anterior, implicará na decadência


do direito à contratação, sem prejuízo das sanções previstas neste Edital, e retomar-se-ão os
procedimentos relativos a esta licitação, sendo assegurado o exercício do direito de preferência
na hipótese de haver participação de demais microempresas e empresas de pequeno porte,
cujas propostas de preços se encontrem no intervalo estabelecido no subitem 6.12.1 deste
Edital.

8.1.4 - Na hipótese de nenhuma microempresa e empresa de pequeno porte atenderem aos


requisitos deste Edital, será convocada outra empresa na ordem de classificação das ofertas,
com vistas à contratação.

8.2 - DA GARANTIA

8.2.1 - Antes da assinatura do contrato, a licitante vencedora prestará garantia


correspondente a 5,0% (cinco por cento) do valor do contrato, optando por uma das
modalidades previstas nos incisos I a III do art. 56 da Lei Federal nº. 8666/93, que deverá ter
validade durante todo o período de vigência do contrato.

8.2.2 – No caso de depósitos em títulos da dívida pública, o Departamento do Tesouro


Municipal, efetuará análise prévia dos mesmos visando verificar as condições de mensuração
de valor e condições de resgate.

8.2.3 – No caso de depósito em fiança bancária, as mesmas ficarão sujeitas à prévia


aprovação pela Secretaria de Finanças no que concerne aos limites de Exposição por Cliente,
em conformidade com as normas estabelecidas pelo Banco Central do Brasil – BACEN.

8.2.4 - Caso o contrato decorrente desta licitação seja estendido ou prorrogado, a validade da
garantia deverá ser renovada, de modo a abranger o período total de execução.

8.2.5 - Para efeito de depósito de garantia considerar-se-á como valor do contrato o preço
global proposto.

8.2.6 – A garantia eventualmente realizada por carta fiança e/ou seguro-garantia não pode se
submeter a nenhuma forma de condição ou exceção quanto ao seu resgate, e deve ter sua
vigência até o momento em que houver o total cumprimento das obrigações pela Contratada.

8.3 – DAS PENALIDADES

a) – Multa de 20% (vinte por cento) do valor do contrato na recusa da adjudicatária em


assiná-lo dentro do prazo estabelecido;

b) – Multa de 20% (vinte por cento) do valor do contrato, no caso de inexecução total do
mesmo;

c) - Multa de 10% (dez por cento) por inexecução parcial do contrato, sobre a parcela
inexecutada, podendo o Município autorizar a continuação do mesmo;

d) - Multa de 10% (dez por cento) do valor do faturamento do mês em que ocorrer a infração,
se o produto/serviço apresentado for de má qualidade ou em desacordo com as especificações
propostas e aceitas pelo Município.

e) - Multa de 1% (um por cento) por dia de atraso na entrega/execução do serviço, até o
limite de 10%, do valor do faturamento do mês, podendo ser considerado rescindido o
contrato após este prazo.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 14

f) – Multa de 5%(cinco por cento) sobre o valor do documento fiscal apresentado para fins de
pagamento pelo descumprimento do item 10.5 deste Edital, podendo o contrato ser rescindido
após três ocorrências consecutivas.

8.3.1 - As multas são independentes entre si. A aplicação de uma não exclui a das outras, bem
como a das demais penalidades previstas em lei.

8.3.2 - O valor relativo às multas eventualmente aplicadas será deduzido de pagamentos que
ao Município de São Bernardo do Campo efetuar, mediante a emissão da Guia de Arrecadação
Municipal - GAM. Se não efetuado o pagamento será o valor inscrito na dívida ativa para
cobrança judicial.

8.3.3 - As licitantes e o eventual contratado estarão, ainda, sujeitos às penalidades previstas


nos Artigos 86 a 88 da Lei Federal nº 8.666/93, com suas alterações, e na Lei Federal
10.520/02.

8.3.4 - Quem, convocado dentro do prazo de validade da sua proposta, não celebrar o
contrato, a Autorização de Fornecimento (AF) ou outro instrumento equivalente, deixar de
entregar ou apresentar documentação falsa exigida para este certame, ensejar o retardamento
da execução de seu objeto, não mantiver a proposta, falhar ou fraudar na execução do
contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará impedido de licitar e
contratar com a Administração Pública, pelo prazo de até 05 (cinco) anos, enquanto
perdurarem os motivos determinantes da punição ou ainda, até que seja promovida a sua
reabilitação, sem prejuízo das multas previstas neste Edital e das demais cominações legais.

8.3.5 - Findo o prazo de validade da garantia antes do recebimento definitivo dos serviços, fica
a Contratada sujeita à multa de 1,0% (um por cento) do valor do contrato, independente da
obrigatoriedade de renovação da garantia.

8.4 – DA RESCISÃO

8.4.1 - Em caso de ocorrência das hipóteses elencadas nos incisos I a XII, XVII e XVIII do
artigo 78 da Lei Federal 8.666/93, poderá ser rescindido unilateralmente este contrato,
independentemente de qualquer interpelação judicial ou extrajudicial, ressalvados o
contraditório administrativo e a ampla defesa, inclusive a comprovação de força maior
elidente.

8.4.2 – Nas demais hipóteses relacionadas no artigo 78, aplicar-se-ão as disposições


especificas da Lei Federal n.º 8666/93.

8.4.3 – Na rescisão amigável, observar-se-á o disposto no inciso II e no parágrafo 1º do artigo


79, da Lei Federal n.º 8666/93.

8.4.4 - Em caso de rescisão unilateral do contrato por culpa da contratada, nas hipóteses
previstas nos incisos I a IX, artigo 78 da Lei n.º 8.666/93 com suas alterações, perderá a
contratada em benefício da Prefeitura, direito a garantia realizada, sem direito a reclamações
ou qualquer indenização e sem prejuízo das demais penalidades, porém sendo estritamente
respeitado direito ao contraditório e ampla defesa do contratado.

8.5 – DA FISCALIZAÇÃO DO CONTRATO

8.5.1 – A execução do Contrato deverá ser acompanhada e fiscalizada por um funcionário ou


Comissão da CONTRATANTE designado pela Secretaria de Educação, nos termos do artigo
67 c.c.§ 8º do artigo 15 da Lei Federal 8.666/93, o qual constará do Contrato a ser firmado.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 15

8.5.2 – A fiscalização poderá impugnar qualquer material ou serviço prestado ou fornecido pela
CONTRATADA, quando em desacordo com as especificações descritas no Edital.

8.5.3 – È assegurada à fiscalização o direito de ordenar a suspensão dos serviços ou ordenar a


devolução de material, sem prejuízo das penalidades a que fica sujeito a CONTRATADA e sem
que esta tenha o direito à indenização, no caso de não ser atendida no prazo constante da
notificação, qualquer reclamação sobre defeito em serviço executado ou material posto no
local.

8.5.4 – Caberá a fiscalização atestar os serviços e/ou fornecimentos que forem efetivamente
executados e aprovados, nos termos do artigo 67 c.c. § 8º do artigo 15 da Lei Federal nº
8666/93.

9.0 - DO RECEBIMENTO DOS MATERIAIS

9.1 - No recebimento dos materiais serão observados os preceitos pertinentes da Lei Federal
nº 8.666, de 21 de junho de 1.993.

10.0 - DOS PAGAMENTOS

10.1 - Os pagamentos serão efetuados no prazo de 15 (quinze) dias fora a quinzena, contados
da data de atestação do recebimento do material e/ou da prestação dos serviços.

10.1.2 – A atestação será efetivada no prazo máximo de 05 (cinco) dias úteis.

10.1.3 – A documentação fiscal para fins de pagamento deverá conter o mesmo número da
inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ indicado no contrato.

10.2 – Para os serviços sujeitos à retenção do INSS, enquadrados na Instrução Normativa nº


971/2009, e alterações, editada pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, fica
estabelecido que a execução da prestação dos serviços deverá ser programada para que o
faturamento ocorra até o dia 20 do mês, visando o cumprimento do prazo de recolhimento da
retenção respectiva.

10.3 - Os pagamentos serão efetuados com observância da Lei Complementar n° 116, de 31


de julho de 2.003, Lei Municipal n° 1802, de 26/12/1969 com redação da Lei Municipal n°
5232, de 04/12/2003, no que couber, mediante retenção do ISSQN na fonte.

10.4 – Os pagamentos, eventualmente efetuados com atraso, terão os seus valores


atualizados monetariamente de acordo com a variação do Índice Geral de Preços de Mercado –
IGPM, ou outro índice oficial que venha a substituí-lo, entre a data prevista para adimplemento
da obrigação e a data do efetivo pagamento.

10.4.1 - Estão excluídos os atrasos motivados pela CONTRATADA, independentemente da


eventual prorrogação autorizada pelo Município de São Bernardo do Campo.

10.5 – A documentação fiscal para fins de pagamento deverá obrigatoriamente ser entregue
pela CONTRATADA, acompanhada da comprovação da persistência das condições licitatórias
de habilitação e qualificação a que alude o inciso XIII do artigo 55 da Lei Federal nº 8666/93 e
alterações, que consistirá na apresentação, de Certidões comprobatórias de Regularidade
Fiscal e Trabalhista, todas dentro dos prazos de validade nelas assinalados, as quais serão
aferidas pela Unidade Ordenadora.

10.5.1 – Os respectivos pagamentos ficarão condicionados ao cumprimento do item acima.


PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 16

10.6 – A CONTRATADA deverá indicar na documentação fiscal o número de sua conta


corrente e a respectiva agência, preferencialmente do Banco Santander S.A, para fins de
pagamento.

10.7 - Em nenhuma hipótese serão aceitos títulos via cobrança bancária.

11.0 - DO REAJUSTE DE PREÇOS

11.1 - “Ultrapassados os 12 (doze) meses da apresentação da proposta, conforme dispõe a Lei


Federal 10.192 de 14 de fevereiro de 2001, mediante o requerimento expresso da
CONTRATADA os preços poderão ser reajustados, obedecido o seguinte critério:

a) Fica eleito o IPCA, como índice geral de preços básicos a ser utilizado, como segue:

b) Na eleição do índice (observada a variação de 12 meses):


- Um mês de retroação da data base (mês da proposta);
- Um mês de retroação da incidência.

c) A incidência do reajuste contratual dar-se-á no 13º (décimo terceiro) mês, contado da data
da apresentação da proposta e assim sucessivamente.

d) Fica reservado ao Município o direito de efetuar pesquisa de mercado para fins de avaliação
de preços.

e) Em decorrência da avaliação da pesquisa de mercado, o Município poderá deferir, deferir


parcialmente ou indeferir o pleiteado, mediante ato devidamente fundamentado.

f) O pagamento do reajuste apurado, somente será devido a partir da data do pedido


protocolado pela CONTRATADA no Departamento de Materiais e Patrimônio, sito na
Avenida Kennedy, 1100, neste Município.

12.0 - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

12.1 - A participação da empresa nesta licitação, com a entrega dos envelopes, significa que
tem pleno conhecimento dos termos deste Edital e que se responsabiliza pela veracidade das
seguintes informações:

a) Que não possui fato impeditivo para contratação com o serviço público;

b) Que, se possuir cem ou mais empregados, 2 a 5% (dois a cinco por cento) dos seus cargos
estarão preenchidos por beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência,
conforme preceitua o artigo 93 da Lei Federal nº 8.213, de 24 de julho de 1991 e Portaria
nº 4.677, de 29 de julho de 1998;

c) Que cumpre as Normas de Trabalho Decente estabelecidas pela Organização Internacional


do Trabalho e pelo Ministério do Trabalho e Emprego, conforme preceitua a Lei Municipal nº
6.078, de 03 de novembro de 2010.

d) Nos termos do artigo 12, inciso IV, da Lei Federal nº 8.666/93, preferencialmente deverá
ser aproveitado mão-de-obra local para execução do contrato, sugerindo-se a utilização da
CTR – Central de Trabalho e Renda de São Bernardo do Campo.

e) Que o prazo de validade da proposta é de 60 (sessenta) dias, contados da data da abertura


da Sessão Pública.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 17

f) Que os serviços e os materiais obedecerão às normas e especificações da A.B.N.T.


pertinentes a matéria ou, na inexistência dessas, à normatização internacional de referência ou
à outra norma, de acordo com a natureza dos serviços contratados;

12.2. – O dispêndio total da presente contratação está estimado em R$ 473.582,81


(quatrocentos e setenta e três mil, quinhentos e oitenta e dois reais e oitenta e um
centavos), conforme Planilha de Quantitativos e Preços de Referência (ANEXO IV deste
Edital).

12.3 - As despesas decorrentes da presente contratação correrão por conta da(s) seguinte(s)
dotação(ões) orçamentária(s): 08.082.3.3.90.39.00.12.361.0026.2222.01.

12.4 - A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições iniciais, acréscimos ou
supressões, do objeto contratual, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial
atualizado do contrato.

12.5 - Os envelopes contendo a documentação relativa à habilitação das licitantes serão


devolvidos da seguinte forma:

12.5.1 – Das empresas desclassificadas, caso não haja intenção de interpor recurso, serão
devolvidos ao final da Sessão;

12.5.2 – Das empresas classificadas não declaradas vencedoras permanecerão sob custódia do
Departamento de Materiais e Patrimônio do Município de São Bernardo do Campo, até expirar
a data de validade das propostas ou até a assinatura do contrato pela adjudicatária, o que
ocorrer primeiro;

12.5.3 – Decorrido o prazo estabelecido no subitem 12.5.2, as licitantes poderão retirar os


respectivos envelopes, no prazo máximo de 05(cinco) dias úteis, após o qual os mesmos serão
destruídos.

12.6 - O resultado do presente certame e os demais atos pertinentes, passíveis de divulgação,


serão divulgados no Diário Oficial do Estado – DOE e no Quadro de Editais do Departamento de
Materiais e Patrimônio – SA-2 do Município de São Bernardo do Campo, localizado no mesmo
endereço mencionado no item 12.7 deste Edital.

12.7 – Para obter este Edital e seus anexos o interessado poderá realizar download disponível
no site www.saobernardo.sp.gov.br/licitacao, ou deverá dirigir-se ao balcão do Serviço de
Expediente – SA-200.1, sito à Av. Kennedy, nº. 1.100 – Bairro Anchieta - “Prédio Gilberto
Pasin” - Departamento de Materiais e Patrimônio – SA-2, nesta cidade, CEP 09726-253, no
horário das 8h30min às 17 horas, munido de CD (Compact Disc) gravável/pen drive, de boa
qualidade, local onde serão esclarecidas eventuais dúvidas. Quaisquer outros esclarecimentos
poderão ser obtidos através dos telefones (11) 2630-5486, 2630-5487 e 2630-5488.

12.7.1 – Os dados cadastrais dos interessados fornecidos quando da retirada do presente


Edital conforme disposto no item 12.7, é de responsabilidade exclusiva dos interessados;

12.7.2 – O Departamento de Materiais e Patrimônio – SA-2 do Município de São Bernardo do


Campo poderá se utilizar dos dados cadastrais a que se refere o item 12.7 deste Edital para
encaminhamento de comunicados referentes à presente licitação, por meio de fac-símile ou e-
mail, de eventuais esclarecimentos e retificações ocorridas no Edital, bem como de quaisquer
informações adicionais, não cabendo às licitantes qualquer reclamação posterior.

12.8 - Para dirimir quaisquer questões decorrentes desta licitação, não resolvidas na esfera
administrativa, será competente o foro da Comarca de São Bernardo do Campo.

12.9 – Segue como ANEXO I, as Especificações Técnicas dos serviços a serem executados;
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 18

12.10 - Segue como ANEXO II, modelo de Declaração de Cumprimento das Exigências para
Habilitação;

12.11 - Segue como ANEXO III, modelo de Declaração de Microempresa ou Empresa de


Pequeno Porte;

12.12 – Segue como ANEXO IV, a Planilha de Quantitativos e Preços de Referência;

12.13 – Segue como ANEXO V, modelo de Proposta Comercial;

12.14 – Segue como ANEXO VI, Cronograma Físico-Financeiro;

12.15 – Segue como ANEXO VII, modelo de Atestado de Vistoria Facultativa;

12.16 - Segue como ANEXO VIII, modelo de Planilha de Atestação dos Serviços Realizados;

12.16 – Segue como ANEXO IX, listagem dos locais dos próprios municipais onde serão
executados os serviços;

12.17 – Segue como ANEXO X, Minuta de Contrato a ser firmada.

Para conhecimento público, expede-se o presente Edital, que será publicado na forma da
legislação em vigor.

São Bernardo do Campo, em 17 de maio de 2018.

CÉLIA MARIA PEREIRA FERREIRA


Chefe de Divisão – SA.21

JOSÉ LUIZ BARBOSA DE BARROS


Diretor – SA.2

tyn
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 19

ANEXO I

TERMO DE REFERÊNCIA

1.0 - Trata o presente edital da CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA PRESTAÇÃO DE


SERVIÇOS DE CONTROLE INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS URBANAS NAS
DEPENDÊNCIAS DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CENFORPE, UNIDADES ESCOLARES
DA REDE MUNICIPAL E NAS CRECHES CONVENIADAS, pelo período de 12 (doze) meses
consecutivos, prorrogáveis por mais 04 (quatro) períodos, iguais e consecutivos, como segue:

2.0 – DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS

O controle integrado de pragas é um sistema que incorpora ações preventivas e corretivas


destinadas a impedir que vetores e as pragas ambientais possam gerar problemas
significativos, com uma seleção de métodos de controle e o desenvolvimento de critérios que
garantam resultados favoráveis sob o ponto de vista higiênico, ecológico e econômico.
Compreende as Boas Práticas de Operação e os trabalhos de educação e treinamento, visando
evitar infestações.

2.1 – DESRATIZAÇÃO (Tratamento contra roedores)

Periodicidade: Trimestral e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções a cada 03 meses, em todos os locais do Anexo IX
– Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através
de atestado de vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
Métodos de tratamento: Iscas parafinadas ou pellets acondicionados em porta isca que evitem
o acesso de pessoas não autorizadas aos raticidas.
No caso da CONTRATADA ser acionada para realizar a desratização e no momento da
aplicação do raticida for constatado que além da infestação de roedores há infestação de
baratas, deverá ser realizada a desinsetização previamente à aplicação de raticidas, com um
intervalo mínimo de 24 horas.
A CONTRATADA deverá realizar a desratização na área interna da edificação e na área
externa comum da escola, com ênfase na rede de esgoto.
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para
nova avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação de raticidas.
Produtos utilizados na desratização:
Raticidas anticoagulantes de dose única à base de bromadiolone, brodifacoum, difethialone,
flocoumafen, cumatetralyl, nas formas de blocos parafinados, isca peletizada e pó de contato,
registrados no Ministério da Saúde ou Agricultura.
Ação Tóxica: fragilidade capilar e hemorragia (acúmulo de efeito)
Antídoto: Tratamento sintomático
Processos utilizados:
Polvilhamento das tocas com pó de contato, distribuição de iscas (parafinadas e granuladas)
com atrativos, colocadas em pontos estratégicos, na passagem do roedor, dispensa de
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 20

alimentos, arquivo, entre outros.


A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas a serem
implementadas na área para evitar a entrada de roedores.

2.2 - DESINSETIZAÇÃO

Periodicidade: Trimestral e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções a cada 03 meses, em todos os locais do Anexo IX
- Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através
de atestado de vistoria.

2.2.1 - TRATAMENTO CONTRA BARATAS, FORMIGAS E ARTRÓPODES

A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.


A CONTRATADA deverá realizar a desinsetização na área interna da edificação e na área
externa comum da escola, com ênfase na rede de esgoto.
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para
nova avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação.
Produtos utilizados na desinsetização:
Piretróides e organofosforados nas formas líquida, pó solúvel e gel, registrados no Ministério
da Saúde ou Agricultura.
Ação Tóxica: distúrbios sensoriais cutâneos, hipersensibilidade, neurite periférica e irritação de
mucosas.
Antídoto: Anti-histamínico, atropina e tratamento sintomático.
Processos utilizados:
Pulverização convencional, atomização elétrica, polvilhamento, termonebulização e aplicação
gel.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas e
procedimentos preventivos a ser implementados na área para evitar infestações.

2.2.2 - COMBATE/CONTROLE DE OUTROS ANIMAIS SINANTRÓPICOS, ARTRÓPODES


PEÇONHENTOS, ARTRÓPODES IMPORTUNOS E MOLUSCOS

Nos casos de problemas com animais sinantrópicos, artrópodes peçonhentos, artrópodes


importunos, vetores e moluscos, não abrangidos pelos itens anteriores devido a sua
esporadicidade, fica a CONTRATADA responsável por executar ações de combate e/ou
controle, utilizando técnicas e/ou produtos necessários com registro no Ministério da Saúde ou
Agricultura, sempre que solicitado pela contratante.
A CONTRATADA, na execução do serviço, deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas e
procedimentos preventivos a ser implementados na área para evitar infestações e/ou invasões.

2.3 - DESCUPINIZAÇÃO (Combate a Cupins de madeira seca/brocas)


PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 21

Periodicidade: Anual e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções anuais, em todos os locais do Anexo IX -
Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de
atestado de vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá realizar a descupinização para controle de cupins de madeira seca em
móveis, madeiras, portas, batentes e outras estruturas que estejam infestadas, assim como o
solo nos seguintes casos:
Comprovada a necessidade através de atestado de vistoria oriundo da inspeção anual ou
sempre que solicitada pela contratante..
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para
nova avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação.
Produtos utilizados na descupinização:
Grupo Químico Fenil Pirazol e piretroide nas formas líquida e diluídas em isoparafina,
registrados no Ministério da Saúde
Ação Tóxica: distúrbios do Sistema Nervoso Central.
Antídoto: Anti-histamínico e tratamento sintomático
Processos utilizados:
Aplicação de produto nos orifícios feitos por cupim na madeira.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre os procedimentos
preventivos a ser implementados na área para evitar infestações.

2.4 - DESCUPINIZAÇÃO (Combate a Cupins de solo)

Periodicidade: Anual e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções anuais, em todos os locais do Anexo IX -
Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de
atestado de vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá realizar a descupinização para controle de cupins de solo das
espécies coptotermes gestroi e heterotermes por meio de utilização de iscas com
princípio ativo “hexaflumuron”, com monitoramento mensal em até no máximo 250
metros lineares, de forma a tratar a estrutura infestada com um todo.

Comprovada a necessidade através de atestado de vistoria oriundo da inspeção anual ou


sempre que solicitada pela contratante.
A CONTRATADA deverá retornar à escola mensalmente para monitoramento das iscas
instaladas.
Produtos utilizados na descupinização:
Princípio ativo: Iscas a base de Hexaflumuron, registrados no Ministério da Saúde
Ação Tóxica: distúrbios do Sistema Nervoso Central.
Antídoto: Anti-histamínico e tratamento sintomático
Processos utilizados:
Aplicação de produto nos orifícios feitos por cupim na madeira.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre os procedimentos
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 22

preventivos a ser implementados na área para evitar infestações.

2.5 - CONTROLE DE POMBOS


Periodicidade: Quando necessário
Avaliamos, para fins de julgamento e formação do valor estimado do contrato, 24 (vinte e
quatro) intervenções anuais.
A CONTRATADA deverá realizar a aplicação de gel repelente em pontos de pouso de aves,
quando necessário e/ou orientação de outras barreiras físicas e demais procedimentos para a
escola, mediante solicitação comprovada através de atestado de vistoria.
Para fechamento com tela, uso de espículas ou qualquer outra técnica de controle de aves será
feito orçamento a parte.

3.0 – OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA


3.1 – A CONTRATADA deverá fornecer à contratante o nome do seu preposto ou empregado
com competência para manter entendimentos e receber comunicações ou transmiti-las ao
executor do contrato.
3.2 – A CONTRATADA deverá fornecer treinamento para os diretores ou representantes das
unidades para orientações sobre o Controle Integrado de Pragas a cada um (01) ano, incluindo
material educativo, como: folder, cartilha e material audiovisual, contendo orientações sobre o
Controle Integrado de Pragas, para divulgação junto à comunidade escolar.
3.3 – A CONTRATADA deverá mapear os locais com os pontos de monitoramento para
desratização e posterior emissão de relatórios e gráficos sobre o consumo/infestação de
roedores.
3.4 – Após a realização dos serviços, deverá ser emitida duas vias de ordem de serviço
realizado na unidade contendo produtos utilizados, assinatura e identificação dos técnicos
aplicadores e do responsável da unidade assim como o horário em que o serviço foi executado.
3.5 – Todas as unidades deverão receber certificado de execução dos serviços com garantia,
nos termos contratados, conforme CVS 09 da Vigilância Sanitária Estadual.
3.6 – No serviço de controle de vetores e pragas envolvendo desinfestantes domissanitários de
uso profissional somente poderão ser utilizados produtos registrados no Ministério da Saúde,
com apresentação de ficha do produto e ficha de segurança, emitidas por entidades
especializadas, devidamente licenciadas junto a Autoridade Sanitária do Estado ou Município.
3.7 – A CONTRATADA deverá possuir todos os equipamentos de segurança utilizados, e
procedimento de lavagem/descarte de uniformes, atendendo as disposições legais
estabelecidas pelo Ministério do Trabalho, em relação ao Programa de Prevenção de Riscos
Ambientais (PPRA -NR 9 Portaria 3214/78) considerando as medidas de controle e a
necessidade da utilização de EPIs estabelecidas pelo mesmo, e normas de segurança escritas,
incluindo procedimentos para o caso de ocorrência de acidentes durante qualquer atividade
que envolva desinfestantes domissanitários, e ainda:
3.7.1 – Selecionar o EPI adequado tecnicamente ao risco a que o trabalhador está exposto,
considerando a atividade exercida.
3.7.2 – Estabelecer programa de treinamento dos aplicadores quanto aos procedimentos
definidos pelas Normas de Segurança mencionadas, e quanto à correta utilização e
conservação dos EPIs, bem como orientar os funcionários sobre as limitações de proteção que
o EPI oferece, apresentando o PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e PCMSO -
Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional dos funcionários registrados, sempre que
solicitado pela CONTRATADA.
3.8 – Os aplicadores de desinfestantes domissanitários deverão:
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 23

a) estar capacitados para desempenharem a função de armazenamento, manipulação,


transporte e aplicação de desinfestantes domissanitários. Esta capacitação deverá ser atestada
pelo Responsável Técnico;
b) possuir obrigatoriamente cartão individual de identificação e habilitação.

4.0 – MEDIDAS AMBIENTAIS


4.1 - Todos os resíduos do controle de pragas devem ser destinados conforme legislação
específica, de forma a minimizar o impacto ambiental, considerando:
• Áreas de preservação ambiental;

• Áreas de mananciais;

• Áreas onde há tratamento de esgoto individual, utilizando fossas sépticas.


As empresas devem retratar como fazem a destinação final das embalagens e apresentar
certificado emitido por órgão/local credenciado para destinação das mesmas.

5.0 – PRODUTOS DESINFESTANTES DOMISSANITÁRIOS


5.1 – A CONTRATADA somente poderá utilizar produtos desinfestantes domissanitários com
registro junto ao órgão competente do Ministério da Saúde, observada a técnica de aplicação e
concentração máxima especificada, atendendo as instruções do fabricante, contidas no rótulo e
obedecendo a legislação pertinente.
5.2 – A CONTRATADA somente deverá utilizar produtos formulados cuja diluição final de uso
apresente dose letal de 50%, por via oral, para ratos brancos machos, superior a 2000 mg/kg
de peso corpóreo para produtos sob a forma líquida, ou a 500 mg/kg de peso corpóreo para
produtos sob a forma sólida, incluídos na classe III da Classificação de Pesticidas segundo
Periculosidade, recomendada pela OMS excetuando-se os produtos rodenticidas com ação
anticoagulante, ou conforme regulamentações estabelecidas pelo órgão competente do
Ministério da Saúde.
5.3 – São permitidos para emprego em produtos rodenticidas domissanitários as substâncias
ativas com monografia publicada pelo Ministério da Saúde conforme o uso domissanitário
autorizado.
5.4 – Estão proibidos os rodenticidas à base de alfanaftiltiouréia (ANTU), anidrido arsenioso,
estrictinina, fosfetos metálicos, fósforo branco, monofluoroacetato (1080),
monofluoroacetamida (1081), sais de bário e sais de tálio.
5.5 – As formas de apresentação dos rodenticidas podem ser:
a) Pós de contato.
b) Iscas simples, parafinadas ou resinadas, na forma de grânulos, pellets ou blocos,
acondicionados em locais que impossibilitam o contato de pessoas e animais domésticos e em
porta iscas devidamente fechados e com identificação em aviso grande CUIDADO VENENO,
com identificação da empresa.
5.5.1 – Não são permitidas formulações líquidas, premidas ou não, pós-solúveis, pós
molháveis ou iscas em pó.
5.6 – Os desinfestantes domissanitários concentrados deverão ser armazenados em
embalagem original, devidamente identificada com o rótulo do fabricante onde conste com
exatidão a designação científica, a composição qualitativa e quantitativa do conteúdo, além
dos principais efeitos agudos e crônicos à saúde e o nome do fabricante.
5.7 – Os solventes, propelentes e sinergistas utilizados pelas empresas, deverão obedecer ao
Regulamento Técnico do Ministério da Saúde.
5.8 – Não será permitida a utilização de substâncias aromatizantes ou outros atrativos
associados às iscas rodenticidas que possibilite que o produto seja confundido com alimento.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 24

6.0 -DEFINIÇÕES

Consideram-se para fins deste Termo de Referência:

- Animais Sinantrópicos: animais de espécies silvestres nativas ou exóticas, que utilizam


recursos de áreas antrópicas, de forma transitória em seu deslocamento, como via de
passagem ou local de descanso; ou permanente, utilizando-as como área de vida. Fauna
sinantrópica nociva: fauna sinantrópica que interage de forma negativa com a população
humana, causando-lhe transtornos significativos de ordem econômica ou ambiental, ou que
represente riscos à saúde pública; (IBAMA)
- Artrópode importuno: aquele que em determinada circunstância causa desconforto ou
perturba o sossego público. Exemplos: Culex (pernilongos), Simulium (Mosquito-pólvora),
Pulex (pulgas), Cimex (percevejos), Pedículos e Pthirus (Piolhos), Carrapatos, entre outros.
(Código Sanitário Estadual)
- Artrópode peçonhento: aquele que segrega substância tóxica (veneno), inoculada através de
órgãos especializados e utilizado no ataque à caça ou como meio de defesa. Exemplos:
Escorpiões, aranhas, abelhas, marimbondos, lacraias, entre outros. (Código Sanitário Estadual)
- Vetores: artrópodes ou outros invertebrados que transmitem infecções, através do
carreamento externo (transmissão passiva ou mecânica) ou interno (transmissão biológica) de
microrganismos. (Portaria Estadual CVS 09)
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 25

A N E X O II

DECLARAÇÃO DE HABILITAÇÃO
(MODELO)

Eu ________________________________________ (nome completo), RG nº.


________________________, representante legal da empresa
_______________________________________________________________ (denominação
da pessoa jurídica), CNPJ nº. _______________________, DECLARO, sob as penas da lei,
que a empresa cumpre plenamente as exigências e os requisitos de habilitação previstos no
Edital do Pregão Presencial nº. 11/2018 do Município de São Bernardo do Campo.

Declaro, ainda, que a empresa não se utiliza, em qualquer fase do processo produtivo e/ou
prestação de serviço, de mão-de-obra de menor de 18 (dezoito) anos de idade em trabalho
noturno, perigoso ou insalubre, bem como de menor de 16 (dezesseis) anos de idade, em
qualquer trabalho, salvo na condição de aprendiz, a partir de 14 (quatorze) anos de idade, nos
termos do inciso XXXIII do Artigo 7o da Constituição Federal e do inciso V do Artigo 27o da Lei
Federal n° 8.666/93.

São Bernardo do Campo, em ____ de ___________ de 2018

_______________________________________
Assinatura do representante legal
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 26

A N E X O III

DECLARAÇÃO DE MICROEMPRESA OU EMPRESA DE PEQUENO PORTE


(MODELO)

DECLARO, sob as penas da lei, sem prejuízo das sanções e multas previstas neste ato
convocatório, que a empresa _____________________________ (denominação da pessoa
jurídica), CNPJ nº. ___________________ é microempresa ou empresa de pequeno
porte, nos termos do enquadramento previsto na Lei Complementar nº. 123, de 14 de
dezembro de 2006, alterada pela Lei Complementar nº 147, de 07 de agosto de 2014,
cujos termos declaro conhecer na íntegra, estando apta, portanto, a exercer o direito de
preferência como critério de desempate no Pregão Presencial nº. 11/2018 do Município de São
Bernardo do Campo.

DECLARO, ainda, que caso seja declarada vencedora da presente licitação, mediante fruição
dos benefícios da Lei supra citada, apresentarei a cópia autenticada da Certidão expedida pela
Junta Comercial, comprovando a condição de microempresa ou de empresa de pequeno porte.

São Bernardo do Campo, em ____ de ___________ de 2018

_______________________________________
Assinatura do representante legal

Nome do representante:_____________________________________

RG do representante:_______________________________________
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 27

A N E X O IV

Planilha de Quantitativos e Preços de Referência

UNIDADE DE VALOR
TIPO DE CONTROLE DESCRIÇÃO DO CONTROLE PERIODICIDADE QTDE ANUAL TOTAL ANUAL
MEDIDA UNITÁRIO

Micropulverização e
aplicação de gel para
controle de pragas urbanas
Combate /Controle de Trimestral e M²
DESINSETIZAÇÃO 0,0523 178.298,61
outros animais quando necessário 3.409.151,24
sinantrópicos, artrópodes
peçonhentos, artropodes
importunos e moluscos.

Distribuição de iscas Trimestral e


DESRATIZAÇÃO M² 3.409.151,24 0,0516 176.025,84
parafinadas ou pellets quando necessário

Vistoria anual para


avaliação de focos de
infestação de cupins.
VISTORIAS Próprios da
Tratamento dos focos Anual e quando
TRATAMENTO Secretaria 226 214,9367 48.575,69
encontrados por barreira necessário
CONTRA CUPINS de Educação
química se for cupim de
solo e injeção se for cupim
de madeira seca ou broca
Instalação de iscas com
INSTALAÇÃO E
principio ativo
MONITORAMENTO
Hexaflumuron e Mensal Metro linear 250 166,667 41.666,67
DE ISCAS PARA
monitoramento mensal em
CUPINS DE SOLO
estruturas infestadas
Avaliação do foco de
infestação de pombos, com
APLICAÇÃO DE GEL
aplicação de gel repelente Próprios da
REPELENTE 967,20
e/ou orientação de outras Quando necessário Secretaria 30 29.016,00
QUANDO
barreiras físicas e demais de Educação
NECESSÁRIO.
procedimentos para a
escola

PREÇO GLOBAL TOTAL: R$ 473.582,81

Apresentação de preços:
-DESRATIZAÇÃO → Preço por metro quadrado, considerando o total anual de 3.409.151,24
m².
-DESINSETIZAÇÃO → Preço por metro quadrado, considerando o total anual de 3.409.151,24
m².
-DESCUPINIZAÇÃO → Preço único/unitário por local (conforme Anexo I).

-CONTROLE DE POMBOS → Preço único/unitário por local (conforme Anexo I – limitado a 30 ).

OBS.: OS VALORES UNITÁRIOS E TOTAIS CONSTANTES DESTA PLANILHA DE


QUANTITATIVOS E PREÇOS DE REFERÊNCIA SERÃO OS MÁXIMOS ADMITIDOS PARA
A EXECUÇÃO DO OBJETO DE QUE TRATA ESTE PROCEDIMENTO LICITATÓRIO.
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 28

ANEXO V

MODELO DE PROPOSTA COMERCIAL

Objeto: Contratação de empresa para a prestação de serviços de Controle Integrado de Vetores e Pragas
Urbanas na sede da Secretaria de Educação, no CENFORPE, nas unidades escolares da rede municipal e nas
creches conveniadas, conforme descritivo completo do Anexo I.

UNIDADE DE VALOR
TIPO DE CONTROLE DESCRIÇÃO DO CONTROLE PERIODICIDADE QTDE ANUAL TOTAL ANUAL
MEDIDA UNITÁRIO

Micropulverização e
aplicação de gel para
controle de pragas urbanas
Combate /Controle de Trimestral e M²
DESINSETIZAÇÃO
outros animais quando necessário 3.409.151,24
sinantrópicos, artrópodes
peçonhentos, artropodes
importunos e moluscos.

Distribuição de iscas Trimestral e


DESRATIZAÇÃO M² 3.409.151,24
parafinadas ou pellets quando necessário

Vistoria anual para


avaliação de focos de
infestação de cupins.
VISTORIAS Próprios da
Tratamento dos focos Anual e quando
TRATAMENTO Secretaria 226
encontrados por barreira necessário
CONTRA CUPINS de Educação
química se for cupim de
solo e injeção se for cupim
de madeira seca ou broca
Instalação de iscas com
INSTALAÇÃO E
principio ativo
MONITORAMENTO
Hexaflumuron e Mensal Metro linear 250
DE ISCAS PARA
monitoramento mensal em
CUPINS DE SOLO
estruturas infestadas
Avaliação do foco de
infestação de pombos, com
APLICAÇÃO DE GEL
aplicação de gel repelente Próprios da
REPELENTE
e/ou orientação de outras Quando necessário Secretaria 30
QUANDO
barreiras físicas e demais de Educação
NECESSÁRIO.
procedimentos para a
escola

R$..................
PREÇO GLOBAL TOTAL: (VALOR POR
EXTENSO)
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 29

ANEXO VI – CRONOGRAMA FÍSICO FINANCEIRO


Produto
Vistorias Trat. Inst. E monitor.
MÊS Desinsetização Desratização Cupins Iscas Aplicação de Gel Valor total
Qtde.(aplic. Qtde. Qtde.(aplic. nos
nos próprios (metro próprios
Qtde. (m2) Valor Qtde. (m2) Valor municpal) Valor linear) Valor municpal) Valor

R$
Mês 1 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.984,65
R$
Mês 2 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 2 1.934,40 39.017,45
R$
Mês 3 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.984,65
R$
Mês 4 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 2 1.934,40 39.017,45
R$
Mês 5 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.984,65
R$
Mês 6 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 2 1.934,40 39.017,45
R$
Mês 7 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.984,65
R$
Mês 8 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 2 1.934,40 39.017,45
R$
Mês 9 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 18 3868,8606 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.769,71
R$
Mês 10 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 18 3868,8606 20,83 3472,223 2 1.934,40 38.802,51
R$
Mês 11 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 3 2.901,60 39.984,65
R$
Mês 12 284095,94 14.858,22 284095,94 14668,81074 19 4083,7973 20,83 3472,223 2 1.934,40 39.017,45

Total 12 meses: 3409151,2 R$ 178.298,61 3409151,2 R$ 176.025,73 226 R$ 48.575,69 250 R$ 41.666,67 30 R$ 29.016,00 473.582,70
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 30

A N E X O VII

MODELO DE ATESTADO DE VISTORIA (FACULTATIVA)

PC. 498/2018 – PP: 11/2018

Declaramos para os devidos fins que a Empresa


______________________________________________________________ representada pelo Sr.
___________________________________________________________ efetuou vistoria “in loco” nos
locais no ANEXO IX do presente edital, tendo assim pleno conhecimento: do local em que se
desenvolverão os serviços; dos acessos; das condições climatológicas próprias da região; e de todas as
demais condições e eventuais dificuldades para execução dos serviços objeto desta licitação.

Nada mais havendo a declarar, subscrevemo-nos.

São Bernardo do Campo, ...................... de 2.018

________________________________
Assinatura

Nome legível do funcionário da Unidade:..........................................................

Matrícula:..........................

OU:
MODELO DE DECLARAÇÃO EXPRESSA

PC. 498/2018 – PP: 11/2018

Declaramos para os devidos fins que a Empresa


______________________________________________________________ representada pelo Sr.
___________________________________________________________, tem pleno conhecimento: do
local em que se desenvolverão os serviços; dos acessos; das condições climatológicas próprias da região;
e de todas as demais condições e eventuais dificuldades para execução dos serviços objeto desta
licitação, descabendo alegação de desconhecimento sobre qualquer aspecto que envolva os serviços
objeto deste edital.
Nada mais havendo a declarar, subscrevemo-nos.

São Bernardo do Campo, ...................... de 2018

________________________________
Assinatura

30
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 31

ANEXO VIII

Modelo de Planilha de Atestação dos Serviços Realizados

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO:

EMEB:
Endereço:
Data: ______ / ______/______ Horário: ____ h ____ às ____ h _____
Empresa:
Funcionário responsável:

DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS

OBJETO UNIDADE Serviço foi realizado?

Desinsetização m²

Desratização m²

Descupinização evento

Aplicação de gel evento

___________________________________
Assinatura do representante da escola

_______________________
Matrícula: ____________________ Carimbo da Escola

31
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 32

ANEXO IX

LISTA DE LOCAIS DOS PRÓPRIOS MUNICIPAIS ONDE SERÃO EXECUTADOS OS


SERVIÇOS

EMEB’s – Escolas Municipais de Educação Básica

NOME DA
ORDEM TIPO ÁREA / M² ENDEREÇO
ESCOLA
Afonso Monteiro Rua Valdomiro Luiz, 180 - Jd.
1 EMEB 3.708,34
da Cruz N. Srª de Fátima
Agostinho dos Rua Austrália, 90 - Jardim
2 EMEB 1.923,12
Santos Santo Inácio
Rua dos Vianas, 2399 - Jardim
3 EMEB Aldino Pinotti 10.876,00
Farina
Aldino Pinotti, Rua Antonio Simionato, 103 -
4 EMEB 4.360,00
Prefeito Santa Terezinha
Estrada dos Alvarengas, 4090 -
5 EMEB Alfredo Scarpelli 5.241,00
Jardim do Lago
Alice do Lago
Rua das Rosas, s/n - Vila
6 EMEB Gonçalves 2.026,00
Esperança
Salvador
Aluísio de Rua Cabral da Câmara, 57 –
7 EMEB 4.569,49
Azevedo Calux
Ana Henriqueta
Rua dos Vianas, 3590 - Jardim
8 EMEB Clark Marin, Prof 5.538,00
Industrial
ª
Ana Maria Rua Carlos Wanderlich, 100 -
9 EMEB 5.210,00
Poppovic Jardim Detroit
Rua Regente Lima e Silva, 301 -
10 EMEB André Ferreira 9.242,00
Ferrazopolis
Alameda Dom Pedro de
Angelo Ceroni,
11 EMEB 6.617,00 Alcântara, 805 –
Padre
Jd.Nascimento
Rua Francisco da Silva Prado,
12 EMEB Anísio Teixeira 5.470,00
132 - Vila Flórida
Annita Magrini
13 EMEB 5.561,00 Rua Itapeva, 141 - Baeta Neves
Guedes, Profª
Rua Dom F. Mascarenhas, 100
14 EMEB Antonio de Lima 6.011,00
- Jardim Silvina
Antonio José Rua Albert Schweitzer, 416 -
15 EMEB 1.352,00
Mantuan Ferrazopolis
Antonio Pereira Rua Ademar Saraiva Leão, 215
16 EMEB 3.152,00
Coutinho - Alvarenga
Antonio Santos
17 EMEB 2.500,00 Rua Irati, 11 - Jardim Represa
Faria
Ari Lacerda Passagem 1º de maio, 180 -
18 EMEB 9.465,00
Rodrigues Jardim Ipê
19 EMEB Arlindo Ferreira 2.700,00 Rua Xavier de Toledo, 481 -
32
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 33

Paulicéia
Arlindo Miguel Estrada dos Alvarengas, 7500 -
20 EMEB 11.928,00
Teixeira Jardim Laura
Rua Carlos Wunderlick, 100 -
21 EMEB Armando Zoboli 4.701,25
Jardim Detroit
Rua Lázaro Zamenhof, s/n -
22 EMEB Áureo Cruz 3.460,00
Alves Dias
Belmiro Soares da Rua Silvio Pasin, 150 - Jardim
23 EMEB 3.868,00
Cunha Jerusalém
Benedito José de Rua Flora Bulcão L. Vertamate,
24 EMEB 6.004,00
Morais 110 - Jardim Silvina
Rua Maria de Fátima, 372 -
25 EMEB Bernardo Pedroso 8.310,00
Baeta Neves
Estrada Braz Cubas, 121 -
26 EMEB Bosko Preradovic 4.445,00
Jardim das Orquídeas
Rua Cintra, 20 - Estoril ou Rua
27 EMEB Bruno Massone 2.421,00
Sagres, 115 - Estoril
Caetano de
28 EMEB 3.211,00 Rua Miragaia, 848 - Paulicéia
Campos
Rua Princesa Maria Cecilia, 375
29 EMEB Candido Portinari 2.906,00
- Nova Petropolis
Estrada dos Casas, 2641 -
30 EMEB Carlos Gomes 4.283,00
Jardim Ipê
Carmem Tabet de Estrada Alberto da Silva, 500 -
31 EMEB 3.078,00
O Marques, Prof ª Tatetos
Cassiano Faria, Rua Leila Gonçalves, 480 - Vila
32 EMEB 4.114,00
Professor Gonçalves
Av. Moinho Fabrini, 680 -
33 EMEB Cassiano Ricardo 4.912,00
Jardim Independência
Rua Luiz Ferreira da Silva, 272 -
34 EMEB Castro Alves 2.749,00
Anchieta
Rua Campinas, 70 - Baeta
35 EMEB Cecília Meireles 1.908,00
Neves
Cecília Oliveira Rua Marcilio Conrado, 560 -
36 EMEB 2.454,40
Turbay, Prof ª Riacho Grande
Celso Augusto Av.Félix,Esquina com a rua
37 CEU 6.244,95
Daniel Centauro - Bairro Cooperativa
Cevipe I - Centro
Rua Noruega, 126 - Jardim
38 EMEB de Vivência do 580,00
Santo Inácio
Trab. Especial
Centro de
39 EMEB Vivência do Trab. 3.106,00 Rua das Flores, 1000 - Batistini
Especial Cevipe II
Centro Integrado
de Educação
Especial Pe.
Rua Warner, 300 - Jardim
40 EMEB Aldemar Moreira 5.103,00
Hollywood
(composto pela
EMEBE Rolando
Ramacciotti /
33
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 34

CMAPDV Nice
Tonhozi Saraiva e
Centro Municipal
de Apoio
Pedagógico
Especializado
Cícero Porfírio
dos Rua Paraguaçu, s/n - Jardim
41 EMEB 3.383,00
Santos/Gilberto Telma
Lazzuri
Claudemir Gomes Estrada da Pedra Branca, 854 -
42 EMEB 2.326,00
do Vale, Prof º N. Areião
Cleia Maria
43 EMEB 2.559,00 Rua Irati, 2 - Jardim Represa
Teures de Souza
Rua Joaquim Gonçalves Ledo,
44 EMEB Coelho Neto 2.997,00
150 - Vila Rosa
Rua Primo Bechelli, 35 -
45 EMEB Cora Coralina 3.792,00
Parque Selecta
Rua Fernando Ferrari, 401 -
46 EMEB Di Cavalcanti 2.304,00
Ferrazopolis
Dolores de
Rua dos Vianas, 3592 - Jardim
47 EMEB Toledo de 1.855,00
Industrial
Matteo, Prof ª
Dora e Mauricio Rua Diogo Botelho, 340 -
48 EMEB 966,00
Galante Jardim Silvina
Edson Danillo Rua Hum, 1875 - Parque
49 EMEB 5.126,00
Dotto Selecta
Erminia Paggi, Rua Marisa Prado, 166 - Jardim
50 EMEB 6.700,00
Prof ª Palermo
Rua José Fiuza da Rocha, 48 -
51 EMEB Euclides de Cunha 5.312,00
Vila São José
Eunice Alves Rua Nossa Senhora Aparecida,
52 EMEB 800,00
Eneas Soares 140 b - Areião
Francisco Diassis Estrada da Cama Patente,
53 EMEB 2.523,60
Gomes Teixeira 510/520
Estrada Poney Clube, 1533 -
54 EMEB Fernando Pessoa 2.086,00
Jardim das Orquídeas
Fiorente Elena, Rua João Biancalana, 345 -
55 EMEB 4.957,00
Padre Paulicéia
Flamínio Araújo
Rua Assunção, 176 - Vila
56 EMEB de Castro Rangel, 7.060,00
Marchi
Estudante
Florestan Rua José Magalhães s/n - Vila
57 EMEB 9.838,56
Fernandes, Prof. Ferreira
Francisco Beltran Estrada dos Alvarengas, 7552 -
58 EMEB 2.205,00
Batistini Jardim Laura
Rua Armando Backx, 401 -
59 EMEB Francisco Miele 5.810,00
Jardim Jerusalém
Geraldo de Melo Rua Almeida Leme, 151 -
60 EMEB 1.243,00
Ferreira Parque São Bernardo

34
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 35

Geraldo Hypolito, Rua Continental, 785 -


61 EMEB 3.092,00
Prof º Anchieta
Gervásio Paz Rua Genebra, 189 - Bairro
62 EMEB 2.040,00
Folha, Vereador Suisso
Rua Pedra de Carvalho, s/n -
64 EMEB Gildo dos Santos 823,00
Jardim Lavínia
Gofredo Teixeira Rua Giacinto Tognato, 1672 -
65 EMEB 5.599,00
da Silva Telles Baeta Neves
Rua Grã Bretanha, 250 -
66 EMEB Gonçalves Dias 2.813,00
Taboão
Rua Dángelo, 71 - Riacho
67 EMEB Graciliano Ramos 3.497,00
Grande
Guilherme de Rua Padre Igino Francisco
68 EMEB 2.400,00
Almeida Teixeira, 90 - Vila Euro
Rua Matheus Demarchi, 229 -
69 EMEB Heitor Villa Lobos 4.180,00
Demarchi
Helena Zanfelici
70 EMEB 7.407,00 Rua José Farhat, 80 - Fincos
Silva
Hygino Baptista Rua Abramo Luchesi, 6 -
71 EMEB 5.683,00
de Lima Jardim Leblon
Irmã Odete Maria Rua da Comunidade, S/N - Vila
72 EMEB 8.552,93
Ramos Pinto São Pedro
Estrada Galvão Bueno, 5037 /
73 EMEB Isidoro Battistin 11.237,00
Battistini
Estrada Taquacetuba, 3234 -
74 EMEB Italo Damiani 1.747,01
Taquacetuba
Ivaneide Estrada Rio Acima, 12500 -
75 EMEB 3.617,00
Nogueira Santa Cruz
Rua Sales de Oliveira, 100 - B.
76 EMEB Jacob Zampieri 1.805,00
Jordanópolis
Jandira Maria Rua Padre Carmelo, 59 -
77 EMEB 7.022,00
Casonato Alvinópolis
Janete Mally Betti Rua dos Vianas, s/n - Jardim
78 EMEB 9.974,00
Simões, Prof ª Industrial
Jorge Marcos Estrada da Pedra Branca, s/n –
80 EMEB 2.830,00
Oliveira, Dom Areião
Jose Arnaudi da Av. Montemor, 512 -
81 EMEB 2.915,00
Silva Pinheireinho
José Augusto Estrada Poney Clube, 1418 -
82 EMEB 1.141,00
Oliveira Santos Jardim das Orquídeas
José Avilez, Rua Antonio Serafim Zampiere,
83 EMEB 4.172,00
Vereador 90 - Valdíbia
Rua João Gerbelli, 330 -
84 EMEB José Cataldi 4.187,00
Demarchi
Rua Assunção, 140 - Vila
85 EMEB José de Alencar 4.062,00
Marchi
Rua Guadalajara, 510 - Alves
86 EMEB José de Anchieta 2.490,00
Dias

35
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 36

José Ferraz
Rua Dr. José Ferraz M. Castro,
87 EMEB Magalhães 3.868,00
155 - Vila Rosa
Castro, Dr.

José Getúlio
Rua Araldo Armani, 381 -
88 EMEB Escobar Bueno, 6.896,00
Jardim Calux
Prof.
José Ibiapino Rua Edmundo dos Santos, 14 -
89 EMEB 5.725,00
Franklin Riacho Grande
Rua Tiradentes, 3180 A -
90 EMEB José Luiz Jucá 7.521,00
Montanhão
José Maurício, Rua José Dias Donadelli, 505 -
91 EMEB 4.090,00
Padre Vila Ferreira
José Roberto
92 EMEB 2.380,00 Rua Tiradentes, 1893 - Jd. Irajá
Preto
Rua 1º de maio, 100 - Jardim
93 EMEB Josué de Castro 1.750,00
Farina
Julio Atlas, Rua Francisco Alves, 1301 -
94 EMEB 9.487,00
Escritor Paulicéia
Av. Dom Jaime de Barros
95 EMEB Julio de Gramont 5.747,00
Câmara, 209 - Planalto
Karolina Zofia Estrada da Cama Patente,
96 EMEB 5.518,00
Lewandowska 510/520 - Jd. Esmeralda
Kazue Fuzinaka, Rua Candido Portinari, 255 -
97 EMEB 2.984,00
Profº Rudge Ramos
Kiyoshi Tanaka, Rua João Meneguel, 222 -
98 EMEB 2.281,00
Vereador Rudge Ramos
Rua Piagentini, 70 - Rudge
99 EMEB Lauro Gomes 3.993,00
Ramos
Leo Comissari, Rua Neusa Coelho, 80 - Vila
100 EMEB 2.646,00
Padre São José
Leonardo Nunes, Av. Senador Flaquer, 232 - Vila
101 EMEB 3.515,00
Padre Euclides
Loide Ungaretti Rua Principal, 1 - Vila Nova
102 EMEB 497,00
Torres, Prof º Divinéia
Rua Australia, 120 - Jardim
103 EMEB Lopes Trovão 7.058,00
Santo Inácio
Lorenzo Enrico F. Estrada Brasilio de Lima, 72 -
104 EMEB 4.940,29
Lorenzetti Vila Balneária
Rua Eunice Weaver, 70 -
105 EMEB Lourenço Filho 7.936,00
Planalto
Rua Margarida Alves - Jardim
106 EMEB Luana Lino Souza 1.561,00
do Lago
Manoel Torres de Rua Passagem Paulista, 500 -
107 EMEB 1.119,00
Oliveira Limpão
Manuel da Av. Padre Anchieta, 834 -
108 EMEB 5.813,00
Nóbrega, Padre Jordanópolis
Marcelo Peres Rua Operário Luiz Magalhães ,
109 EMEB 3.531,16
Ribeiro s/nº - V. Ferreira

36
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 37

Marcelo Roberto Rua Augusto Venturini, s/n -


110 EMEB 7.788,00
Dias Batistini
Marcos Rogério Estrada dos Casas, 2631 -
111 EMEB 4.489,00
da Rosa Jardim Ipê
Av. Senador Flaquer, 979 - Vila
112 EMEB Maria Adelaide 5.156,00
Euclides
Maria Anselma Rua Araldo Armani, 461 -
113 EMEB 2.015,00
Vieira, Irmã Jardim Calux
Maria Jose Rua Tres de Maio,s/nº - Jd.
115 EMEB 2.941,95
Mattar Jorge Olavo Bilac
Maria José Estrada Henrique Rosa, 753 -
116 EMEB 300,00
Rodrigues Jardim Tupã
Maria Justina de Rua Antonio Pereira Matos,
117 EMEB 6.327,00
Camargo, Prof 100 - Jardim Vera Cruz
Maria Rosa Estrada dos Alvarengas, 1099 -
118 EMEB 15.621,00
Barbosa Jardim do Lago
Maria Therezinha Rua dos Vianas, 2897 - Jardim
119 EMEB 5.058,00
Besana, Prof ª Industrial
Mariana
Rua Aurelio de Souza, 01 -
120 EMEB Benvinda da 2.636,00
Ferrazopolis
Costa
Mariana Neves Rua Angelo Pessotti, 442 -
121 EMEB 2.043,00
Interliche Jardim Lavínia
Marineida
Rua Pedro de Alcântara, 235 -
122 EMEB Meneguelli de 5.019,00
Vila São Pedro
Lucca
Rua Tijuca, 263 - Jardim
123 EMEB Mario de Andrade 4.210,00
Copacabana
Mario Martins de Rua São João, 33 - Jardim São
124 EMEB 6.086,00
Almeida Paulo
Mauricio Caetano Rua Fioravante Borin, 66 -
125 EMEB 4.993,00
de Castro I Jardim Irajá
Mauricio Caetano Rua Alexandre Bonício, s/n -
126 EMEB 3.962,00
de Castro II Parque Neide
Rua Eda Fukutaro Yida, s/n -
127 EMEB Moisés Cheid 6.006,00
Jardim Uenoyama
Av. Francisco Prestes Maia,
128 EMEB Monteiro Lobato 4.386,00
350 - Centro
Nadia Ap. Issa Av. Imp. Leopoldina, 1080 -
129 EMEB 6.834,00
Pina Nova Petropolis
Natalina Cuzziol Rua Salim Mahfoud, 965 -
130 EMEB 3.048,00
Ferro Terra Nova II
Rua Engenheiro Isaac Garcez,
131 EMEB Neusa Basseto 4.298,00
70 - Vila Mussolini
Neusa Macellaro Rua Padre Antonio de Souza
132 EMEB 4.786,00
Callado, Profª Lima, s/nº - Vila Euro
Nilo Campo Av. Afonso F. Mendonça, s/n -
133 EMEB 6.687,00
Gomes Jardim Silvina
Octávio Edgard Rua João Saldanha, 424 -
134 EMEB 3.997,00
de Oliveira Parque Los Angeles

37
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 38

Odemir Furlan, Rua Jandir Carvalho Lanes, 263


135 EMEB 1.276,00
Deputado - Royal Parque
Odette Edith Rua Giacinto Tognato, 2400 -
136 EMEB 4.461,10
Périgo de Lima Baeta Neves
Rua Dr. Carlos Campos, 05 -
137 EMEB Olavo Bilac 4.331,00 Vila Mussolini

Olegário Jose de
Rua Tiradentes, 1913 -
138 EMEB Godoy 4.034,02
Montanhão
“Sorocabinha”
Ondina Ignês de Rua Candido José Casa, 177 -
139 EMEB 2.860,00
Oliveira Jardim Cláudia
Otílio de Oliveira, Rua Londrina, 350 - Rudge
140 EMEB 7.946,00
Prof º Ramos
Paschoal Carlos
141 EMEB 1.924,00 Rua Nigéria, 50 -Taboão
Magno
Estrada Henrique Rosa, 411 -
142 EMEB Paulo Freire,Prof. 1.249,91
Jardim Tupã
Rua Mato Grosso, 44 - Parque
143 EMEB Paulo Morando 1.834,00
Imigrantes
Paulo Teixeira de
144 EMEB 7.406,00 Rua Luzen, 271 - Suiço
Camargo
Pedro Augusto Rua Teresinha Capitâneo
145 EMEB 6.470,00
Gomes Cardim Fantinati, 200 - Assunção
Rua Andrea Demarchi, 145 -
146 EMEB Pedro Morassi 1.566,00
Demarchi
Ramiro Gonçalez
147 EMEB 6.866,00 Rua Nigéria, 80 - Taboão
Fernandes
Regina Rocco Av. Tiradentes, 1853 - VILA DO
148 CEU 10.502,16
Casa Bloco I TANQUE
Regina Rocco Av. Tiradentes, 1853 - VILA DO
149 CEU 11.589,14
Casa Bloco II TANQUE
Roberto
Rua Ida Leoni Cleto, 10 - Vila
150 EMEB Montanheiro, 1.641,00
Vivaldi
Pastor
Rosa de Pacce Rua dos Pinheiros, 84 - Jardim
151 EMEB 1.444,00
dos Santos, Prof ª Ipê
152 EMEB Rui Barbosa 2.658,00 Rua Braga, 20 - Vila Duzzi
153 EMEB Sadao Higuchi 3.500,00 Rua Cabral Câmara nº 300
Salvador Gori, Rua Eda Fukutaro Yida, 700 -
154 EMEB 5.351,00
Prof. Jardim Uenoyama
Sandra Cruz
Rua Valdomiro Luis, 181 – Jd.
155 EMEB Martins Freitas, 4.341,00
N. Sra. de Fátima
Profª
Rua Amâncio, 161 - Baeta
156 EMEB Santos Dumont 2.183,00
Neves
Sonia Regina
Rua Victorio Venzol, 180 -
158 EMEB Hernandez Lima, 1.342,00
Fincos
Profª

38
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 39

Suzete Aparecida Rua Marcilio Conrado, 350 -


159 EMEB 1.980,00
de Campos, Prof ª Riacho Grande
Sylvia Marilena F. Rua Silas de Oliveira, 92 -
160 EMEB 6.567,00
Zanetti Chácara Sergipe
Rua Alexandre Bonício, 275 -
161 EMEB Tarsila do Amaral 3.432,00
Alves Dias
Teotonio Vilela, Rua Principal, 30 - Vila Nova
162 EMEB 5.328,00
Senador Divinéia
Tereza Delta, Rua José D´Angelo, 595 -
163 EMEB 3.333,00
Prefeita Demarchi
Thales de Rua Austrália, 80 - Jardim
164 EMEB 2.314,00
Andrade Santo Inácio
Valderez Avelino Rua Lázaro Zamenhof, 110 -
165 EMEB 1.713,00
de Souza Alves Dias
Vicente de Rua Xavier de Toledo, 481 -
166 EMEB 2.816,00
Carvalho Paulicéia
Vicente Zammite
167 EMEB 4.997,00 Rua Oscarito, 25 - Planalto
Mammana, Dr.
Vinicius de Rua Anuncio Interliche, 30 -
168 EMEB 3.057,00
Morais Santa Terezinha
169 EMEB Viriato Correia 5.995,00 Rua Brasil, 430 - Vila Vivaldi
170 EMEB Vital Brasil 2.885,00 Rua Brasil, 748 - Vila Vivaldi
Waldemar Rua Mato Grosso, 86 - Parque
171 EMEB 8.330,00
Canciani Imigrantes
Zoraida Aparecida Estrada dos Alvarengas, 1099 -
172 EMEB 1.194,00
Ramos, Profª Jardim do Lago
Maria Adelaide Av. Senador Fláquer, 385 - V.
178 EM 770,00
Rossi Euclides
Marly Buissa Rua Valdomiro Luis, 181 – Jd.
179 EM 5.889,66
Chiedde N. Sra. de Fátima
Associação
Presbiteriana
Avenida Marquês de
188 CONVE Assistência Social 50,00
Barbacena, 40 – Jd. Silvina.
- ASPAS (Creche
BETEL)
Associação
Belenzinho de Av. Luiz Pequini, 25 – Pq. São
189 CONVE 50,00
Assistencial Social Bernardo.
- ABAS
Aldeias Infantis
S.O.S. Brasil Estrada Ernesto Zabeu, 200 –
190 CONVE 50,00
(Creche Hermann Bairro Tatetos -Riacho Grande.
Gmeiner)
Assistência Social
Beneficente de
Rua dos Macucos, 14 - Pq. dos
192 CONVE Resgate e 50,00
Pássaros.
Amparo a Criança
- ASSISBRAC

39
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 40

Associação
Beneficente
SHEKINAH Rua Fábio da Silva Prado, 115 –
193 CONVE 50,00
(Creche V. Flórida.
Pequeninos do
Futuro)
Associação de
Promoção
Humana e Rua Padre Léo Comissari, 855 –
194 CONVE Resgate da 50,00 Jd. Silvina/Rua Flora Bulcão,
Cidadania (Creche 120 - Silvina
Margarida)

Associação
Dehoniana Brasil
Estrada do Cocaia, 1238
Meridional -
Varginha
Núcleo Marisa
CONVE
195 (Creche Padre 50,00
Dehon)
Congregação São
João Batista (Casa Rua Dr. José Ória, 444 –
196 CONVE 50,00
das Crianças Planalto.
Menino Jesus)
Instituto Dom
Décio Pereira Av. Gen. Barreto de Menezes,
197 CONVE 50,00
(Creche Angela 366, Jardim Silvina
Baso)
Instituto Dom
Décio Pereira Rua João Saldanha, 662,
198 CONVE 50,00
(Creche Los Parque Los Angeles
Angeles)
Creche Jesus de Rua Rita Mendes de Oliveira,
199 CONVE 50,00
Nazareth I 419 – Jd. Das Orquídeas
Creche Jesus de R. R. Elizabeth Lobo, 1315, Jd.
200 CONVE 50,00
Nazareth II Las Palmas
Creche Jesus de
201 CONVE Rua Dom Oscar Roméro, 114
Nazareth III
Fraterno
Rua Sétimo Guazzelli, 99 -
202 CONVE Associação 50,00
Jardim Trieste
Assistencial
Fraterno
Associação Estrada dos Alvarengas, 1422 -
203 50,00
Assistencial - Jardim Campestre
Unidade 2
Instituição
Assistencial e
Rua Eugênia Sá Vitalli, 1120, V.
204 CONVE Educacional 50,00
Sta.Luzia - Taboão
Jardim de
Esperança
Lar da Criança Avenida Humberto de Alencar
205 CONVE 50,00
Emmanuel Castelo Branco, 2955 – Alves
40
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 41

Dias

Lar Escola Jêsue Rua Camargo, 183 / 184 –


206 CONVE 50,00
Frantz Paulicéia.
Lar Madre Rua Angatuba, 87 – Baeta
207 CONVE 50,00
Vincenza Neves.
Lar Maria Amélia Avenida Humberto de Alencar
208 CONVE Associação 50,00 Castelo Branco, 2295, Jd.
Assistencial Belita.

Obras Sociais São


Rua Ana Maria, 123 – V. Santa
210 CONVE Pedro Apóstolo 50,00
Luzia
(Creche São José)

Sociedade
Fraternitas de R. Giacinto Tognato,293,
212 CONVE 50,00
S.B.C. (Creche B.Neves
Pelicano)
Secretaria de Av. Wallace Simonsen, 222 -
213 SE 19.181,00
Educação Nova Petrópolis
Centro de
Formação dos Av. Dom Jaime de Barros
214 CENFORPE 51.987,00
Profissionais da Câmara, 201 – Planalto
Educação
Quadra Esportiva
Av.Félix,Esquina com a rua
215 QUADRA do CEU Celso 1.021,25
Centauro - Bairro Cooperativa
Augusto Daniel
Quadra Esportiva
Rua Pedro Zolczak s/n esquina
216 QUADRA do CEU Luiza 1.481,00
com João Antonio Souza
Maria de Farias
Teatro do CEU
Av.Félix,Esquina com a rua
217 TEATRO Celso Augusto 1.369,88
Centauro - Bairro Cooperativa
Daniel
Teatro CEU
Regina Rocco Av. Tiradentes, 1853 - VILA DO
218 TEATRO 1.350,00
Casa Bloco I e TANQUE
Bloco II
Luiza Maria de Rua Pedro Zolczak s/n esquina
219 CEU 6.400,00
Farias com João Antonio Souza
R Volta Redonda S/N B.
220 CEU Luiz Gushiken 7.955,62
Alvarenga
Carolina Maria de
221 EMEB 3.795,01 R Minas Gerais nº 35
Jesus
Marcos José
222 EMEB 3.264,85 R Francisco Tozzi 225
Ribeiro
R José Arthur da Frota
223 EMEB Valter Carmona 2.368,78
Moreira 41
224 EMEB Manoel de Barros 2.065,75 R Canadá 250
225 EMEB Jardim Nazareth 3.095,20 R João XXIII, 430

41
PREGÃO PRESENCIAL Nº 11/2018 42

226 EMEB Riacho Grande 2.138,50 R Marcilio Conrado 370


Alzira Martins de
227 EMEB 1.794,91 Rua Padre Leo Comissari, 550
Mendonça
228 EMEB Ariano Suassuna 1.892,02 Rua dos Vianas, 2300
R Alipio Correia Neto 177,
229 EMEB Rubem Alves 720,00
Planalto

Área Total Trimestral 852.287,81


Área Total Anual 3.409.151,24

42
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

ANEXO X - TERMO DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE


SERVIÇOS SA.200.2 N.º ........../2018

EMENTA: TERMO DE CONTRATO PARA


PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTROLE
INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS
URBANAS NAS DEPENDÊNCIAS DA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, CENFORPE,
UNIDADES ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL
E NAS CRECHES CONVENIADAS.
CONTRATADA: .............................................

PREGÃO PRESENCIAL N.º 11/2018.

Por este instrumento, as partes, de um lado, o MUNICÍPIO DE SÃO


BERNARDO DO CAMPO, inscrito no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica do Ministério da
Fazenda sob o n.º 46.523.239/0001-47, neste ato representado pelo (Secretário da Pasta),
(NOME), de conformidade com o Decreto Municipal n.º 13.463/2001, com alterações do Decreto
Municipal nº 14.993/2005, doravante denominado apenas MUNICÍPIO, e, de outro, a empresa
..........................................................................................., com endereço na
........................................................................................., inscrita no Cadastro Nacional da Pessoa
Jurídica do Ministério da Fazenda sob o n.º ...................................................., por seu
representante legal abaixo nomeado, doravante designada simplesmente CONTRATADA, e
considerando a instrução constante do Processo de Contratação n.º 498/2018, em especial a
Adjudicação do Pregoeiro(a) designado(a), devidamente homologada pelo Sr. (Secretário da
Pasta) (fls. ...............), resolvem celebrar o presente contrato, nos termos das cláusulas e
condições a seguir discriminadas:

43
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

DO OBJETO

1.0 - A CONTRATADA obriga-se a prestar para o MUNICÍPIO, SERVIÇOS DE CONTROLE


INTEGRADO DE VETORES E PRAGAS URBANAS NAS DEPENDÊNCIAS DA SECRETARIA DE
EDUCAÇÃO, CENFORPE, UNIDADES ESCOLARES DA REDE MUNICIPAL E NAS CRECHES
CONVENIADAS, pelo período de 12 (doze) meses consecutivos, prorrogáveis por mais 04 (quatro)
períodos, iguais e sucessivos, desde que comprovada a vantajosidade para o MUNICÍPIO, nos
termos do inciso II, do artigo 57, da Lei Federal nº 8.666/93, contados a partir da assinatura deste
contrato, de acordo com sua proposta, inserta no Processo de Contratação nº 498/2018, que, para
todos os efeitos, fica fazendo parte integrante desta avença.

CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO

2.0 – A execução do presente contrato se dará de acordo com as seguintes cláusulas:

2.1 – DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS

O controle integrado de pragas é um sistema que incorpora ações preventivas e corretivas


destinadas a impedir que vetores e as pragas ambientais possam gerar problemas significativos,
com uma seleção de métodos de controle e o desenvolvimento de critérios que garantam
resultados favoráveis sob o ponto de vista higiênico, ecológico e econômico.
Compreende as Boas Práticas de Operação e os trabalhos de educação e treinamento, visando
evitar infestações.

2.2 – DESRATIZAÇÃO (Tratamento contra roedores)

Periodicidade: Trimestral e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções a cada 03 meses, em todos os locais do Anexo IX –
Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de
atestado de vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
Métodos de tratamento: Iscas parafinadas ou pellets acondicionados em porta isca que evitem o
acesso de pessoas não autorizadas aos raticidas.
No caso da CONTRATADA ser acionada para realizar a desratização e no momento da aplicação
do raticida for constatado que além da infestação de roedores há infestação de baratas, deverá
ser realizada a desinsetização previamente à aplicação de raticidas, com um intervalo mínimo de
24 horas.
44
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

A CONTRATADA deverá realizar a desratização na área interna da edificação e na área externa


comum da escola, com ênfase na rede de esgoto.
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para nova
avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação de raticidas.
Produtos utilizados na desratização:
Raticidas anticoagulantes de dose única à base de bromadiolone, brodifacoum, difethialone,
flocoumafen, cumatetralyl, nas formas de blocos parafinados, isca peletizada e pó de contato,
registrados no Ministério da Saúde ou Agricultura.
Ação Tóxica: fragilidade capilar e hemorragia (acúmulo de efeito)
Antídoto: Tratamento sintomático
Processos utilizados:
Polvilhamento das tocas com pó de contato, distribuição de iscas (parafinadas e granuladas) com
atrativos, colocadas em pontos estratégicos, na passagem do roedor, dispensa de alimentos,
arquivo, entre outros.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas a serem
implementadas na área para evitar a entrada de roedores.

2.3 - DESINSETIZAÇÃO

Periodicidade: Trimestral e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções a cada 03 meses, em todos os locais do Anexo IX -
Listagem dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de
atestado de vistoria.

2.3.1 - TRATAMENTO CONTRA BARATAS, FORMIGAS E ARTRÓPODES

A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.


A CONTRATADA deverá realizar a desinsetização na área interna da edificação e na área
externa comum da escola, com ênfase na rede de esgoto.
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para nova
avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação.
Produtos utilizados na desinsetização:
Piretróides e organofosforados nas formas líquida, pó solúvel e gel, registrados no Ministério da
Saúde ou Agricultura.
Ação Tóxica: distúrbios sensoriais cutâneos, hipersensibilidade, neurite periférica e irritação de
mucosas.
Antídoto: Anti-histamínico, atropina e tratamento sintomático.
Processos utilizados:
Pulverização convencional, atomização elétrica, polvilhamento, termonebulização e aplicação gel.
45
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas e


procedimentos preventivos a ser implementados na área para evitar infestações.

2.3.2 - COMBATE/CONTROLE DE OUTROS ANIMAIS SINANTRÓPICOS, ARTRÓPODES


PEÇONHENTOS, ARTRÓPODES IMPORTUNOS E MOLUSCOS
Nos casos de problemas com animais sinantrópicos, artrópodes peçonhentos, artrópodes
importunos, vetores e moluscos, não abrangidos pelos itens anteriores devido a sua
esporadicidade, fica a CONTRATADA responsável por executar ações de combate e/ou controle,
utilizando técnicas e/ou produtos necessários com registro no Ministério da Saúde ou Agricultura,
sempre que solicitado pela contratante.
A CONTRATADA, na execução do serviço, deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre barreiras físicas e
procedimentos preventivos a ser implementados na área para evitar infestações e/ou invasões.

2.4 - DESCUPINIZAÇÃO (Combate a Cupins de madeira seca/brocas)

Periodicidade: Anual e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções anuais, em todos os locais do Anexo IX - Listagem
dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de atestado de
vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá realizar a descupinização para controle de cupins de madeira seca em
móveis, madeiras, portas, batentes e outras estruturas que estejam infestadas, assim como o solo
nos seguintes casos:
Comprovada a necessidade através de atestado de vistoria oriundo da inspeção anual ou sempre
que solicitada pela contratante..
A CONTRATADA deverá retornar à escola em até 10 dias após a execução do serviço para nova
avaliação e, se necessário, realizar nova aplicação.
Produtos utilizados na descupinização:
Grupo Químico Fenil Pirazol e piretroide nas formas líquida e diluídas em isoparafina, registrados
no Ministério da Saúde
Ação Tóxica: distúrbios do Sistema Nervoso Central.
Antídoto: Anti-histamínico e tratamento sintomático
Processos utilizados:
Aplicação de produto nos orifícios feitos por cupim na madeira.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre os procedimentos preventivos
a ser implementados na área para evitar infestações.

2.5 - DESCUPINIZAÇÃO (Combate a Cupins de solo)

46
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

Periodicidade: Anual e quando necessário


A CONTRATADA deverá realizar inspeções anuais, em todos os locais do Anexo IX - Listagem
dos próprios municipais onde serão executados os serviços, comprovadas através de atestado de
vistoria.
A CONTRATADA deverá atender a legislação sanitária vigente.
A CONTRATADA deverá realizar a descupinização para controle de cupins de solo das espécies
coptotermes gestroi e heterotermes por meio de utilização de iscas com princípio ativo
“hexaflumuron”, com monitoramento mensal em até no máximo 250 metros lineares, de forma a
tratar a estrutura infestada com um todo.

Comprovada a necessidade através de atestado de vistoria oriundo da inspeção anual ou sempre


que solicitada pela contratante.
A CONTRATADA deverá retornar à escola mensalmente para monitoramento das iscas
instaladas.
Produtos utilizados na descupinização:
Princípio ativo: Iscas a base de Hexaflumuron, registrados no Ministério da Saúde
Ação Tóxica: distúrbios do Sistema Nervoso Central.
Antídoto: Anti-histamínico e tratamento sintomático
Processos utilizados:
Aplicação de produto nos orifícios feitos por cupim na madeira.
A CONTRATADA deverá orientar o responsável pela escola sobre os procedimentos preventivos
a ser implementados na área para evitar infestações.

2.6 - CONTROLE DE POMBOS

Periodicidade: Quando necessário


Avaliamos, para fins de julgamento e formação do valor estimado do contrato, 24 (vinte e quatro)
intervenções anuais.
A CONTRATADA deverá realizar a aplicação de gel repelente em pontos de pouso de aves,
quando necessário e/ou orientação de outras barreiras físicas e demais procedimentos para a
escola, mediante solicitação comprovada através de atestado de vistoria.
Para fechamento com tela, uso de espículas ou qualquer outra técnica de controle de aves será
feito orçamento a parte.

2.7 – OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA


2.7.1 – A CONTRATADA deverá fornecer à contratante o nome do seu preposto ou empregado
com competência para manter entendimentos e receber comunicações ou transmiti-las ao
executor do contrato.
2.7.2 – A CONTRATADA deverá fornecer treinamento para os diretores ou representantes das
unidades para orientações sobre o Controle Integrado de Pragas a cada um (01) ano, incluindo
47
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

material educativo, como: folder, cartilha e material audiovisual, contendo orientações sobre o
Controle Integrado de Pragas, para divulgação junto à comunidade escolar.
2.7.3 – A CONTRATADA deverá mapear os locais com os pontos de monitoramento para
desratização e posterior emissão de relatórios e gráficos sobre o consumo/infestação de roedores.
2.7.4 – Após a realização dos serviços, deverá ser emitida duas vias de ordem de serviço
realizado na unidade contendo produtos utilizados, assinatura e identificação dos técnicos
aplicadores e do responsável da unidade assim como o horário em que o serviço foi executado.
2.7.5 – Todas as unidades deverão receber certificado de execução dos serviços com garantia,
nos termos contratados, conforme CVS 09 da Vigilância Sanitária Estadual.
2.7.6 – No serviço de controle de vetores e pragas envolvendo desinfestantes domissanitários de
uso profissional somente poderão ser utilizados produtos registrados no Ministério da Saúde, com
apresentação de ficha do produto e ficha de segurança, emitidas por entidades especializadas,
devidamente licenciadas junto a Autoridade Sanitária do Estado ou Município.
2.7.7 – A CONTRATADA deverá possuir todos os equipamentos de segurança utilizados, e
procedimento de lavagem/descarte de uniformes, atendendo as disposições legais estabelecidas
pelo Ministério do Trabalho, em relação ao Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA
-NR 9 Portaria 3214/78) considerando as medidas de controle e a necessidade da utilização de
EPIs estabelecidas pelo mesmo, e normas de segurança escritas, incluindo procedimentos para o
caso de ocorrência de acidentes durante qualquer atividade que envolva desinfestantes
domissanitários, e ainda:
2.7.7.1 – Selecionar o EPI adequado tecnicamente ao risco a que o trabalhador está exposto,
considerando a atividade exercida.
2.7.7.2 – Estabelecer programa de treinamento dos aplicadores quanto aos procedimentos
definidos pelas Normas de Segurança mencionadas, e quanto à correta utilização e conservação
dos EPIs, bem como orientar os funcionários sobre as limitações de proteção que o EPI oferece,
apresentando o PPRA - Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e PCMSO - Programa de
Controle Médico de Saúde Ocupacional dos funcionários registrados, sempre que solicitado pela
CONTRATADA.
2.7.8 – Os aplicadores de desinfestantes domissanitários deverão:
a) estar capacitados para desempenharem a função de armazenamento, manipulação, transporte
e aplicação de desinfestantes domissanitários. Esta capacitação deverá ser atestada pelo
Responsável Técnico;
b) possuir obrigatoriamente cartão individual de identificação e habilitação.

2.8 – MEDIDAS AMBIENTAIS

2.8.1 - Todos os resíduos do controle de pragas devem ser destinados conforme legislação
específica, de forma a minimizar o impacto ambiental, considerando:
• Áreas de preservação ambiental;

• Áreas de mananciais;

• Áreas onde há tratamento de esgoto individual, utilizando fossas sépticas.

48
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

As empresas devem retratar como fazem a destinação final das embalagens e apresentar
certificado emitido por órgão/local credenciado para destinação das mesmas.

2.9 – PRODUTOS DESINFESTANTES DOMISSANITÁRIOS

2.9.1 – A CONTRATADA somente poderá utilizar produtos desinfestantes domissanitários com


registro junto ao órgão competente do Ministério da Saúde, observada a técnica de aplicação e
concentração máxima especificada, atendendo as instruções do fabricante, contidas no rótulo e
obedecendo a legislação pertinente.
2.9.2 – A CONTRATADA somente deverá utilizar produtos formulados cuja diluição final de uso
apresente dose letal de 50%, por via oral, para ratos brancos machos, superior a 2000 mg/kg de
peso corpóreo para produtos sob a forma líquida, ou a 500 mg/kg de peso corpóreo para produtos
sob a forma sólida, incluídos na classe III da Classificação de Pesticidas segundo Periculosidade,
recomendada pela OMS excetuando-se os produtos rodenticidas com ação anticoagulante, ou
conforme regulamentações estabelecidas pelo órgão competente do Ministério da Saúde.
2.9.3 – São permitidos para emprego em produtos rodenticidas domissanitários as substâncias
ativas com monografia publicada pelo Ministério da Saúde conforme o uso domissanitário
autorizado.
2.9.4 – Estão proibidos os rodenticidas à base de alfanaftiltiouréia (ANTU), anidrido arsenioso,
estrictinina, fosfetos metálicos, fósforo branco, monofluoroacetato (1080), monofluoroacetamida
(1081), sais de bário e sais de tálio.
2.9.5 – As formas de apresentação dos rodenticidas podem ser:
a) Pós de contato.
b) Iscas simples, parafinadas ou resinadas, na forma de grânulos, pellets ou blocos,
acondicionados em locais que impossibilitam o contato de pessoas e animais domésticos e em
porta iscas devidamente fechados e com identificação em aviso grande CUIDADO VENENO, com
identificação da empresa.
2.9.5.1 – Não são permitidas formulações líquidas, premidas ou não, pós-solúveis, pós molháveis
ou iscas em pó.
2.9.6 – Os desinfestantes domissanitários concentrados deverão ser armazenados em
embalagem original, devidamente identificada com o rótulo do fabricante onde conste com
exatidão a designação científica, a composição qualitativa e quantitativa do conteúdo, além dos
principais efeitos agudos e crônicos à saúde e o nome do fabricante.
2.9.7 – Os solventes, propelentes e sinergistas utilizados pelas empresas, deverão obedecer ao
Regulamento Técnico do Ministério da Saúde.
2.9.8 – Não será permitida a utilização de substâncias aromatizantes ou outros atrativos
associados às iscas rodenticidas que possibilite que o produto seja confundido com alimento.

2.10 -DEFINIÇÕES

2.10.1 - Consideram-se para fins deste Contrato:

- Animais Sinantrópicos: animais de espécies silvestres nativas ou exóticas, que utilizam recursos
de áreas antrópicas, de forma transitória em seu deslocamento, como via de passagem ou local
de descanso; ou permanente, utilizando-as como área de vida. Fauna sinantrópica nociva: fauna
49
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

sinantrópica que interage de forma negativa com a população humana, causando-lhe transtornos
significativos de ordem econômica ou ambiental, ou que represente riscos à saúde pública;
(IBAMA)
- Artrópode importuno: aquele que em determinada circunstância causa desconforto ou perturba o
sossego público. Exemplos: Culex (pernilongos), Simulium (Mosquito-pólvora), Pulex (pulgas),
Cimex (percevejos), Pedículos e Pthirus (Piolhos), Carrapatos, entre outros. (Código Sanitário
Estadual)
- Artrópode peçonhento: aquele que segrega substância tóxica (veneno), inoculada através de
órgãos especializados e utilizado no ataque à caça ou como meio de defesa. Exemplos:
Escorpiões, aranhas, abelhas, marimbondos, lacraias, entre outros. (Código Sanitário Estadual)
- Vetores: artrópodes ou outros invertebrados que transmitem infecções, através do carreamento
externo (transmissão passiva ou mecânica) ou interno (transmissão biológica) de microrganismos.
(Portaria Estadual CVS 09)

DO RECEBIMENTO DOS MATERIAIS/SERVIÇOS

3.0 - No recebimento dos materiais e/ou serviços serão observados os preceitos pertinentes da
Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1.993.

DOS PREÇOS E DOS PAGAMENTOS

4.0 - Os preços a serem obedecidos neste contrato são os ofertados na Proposta Comercial / Ata
da Sessão Pública/ Planilha de Preços Readequados da CONTRATADA, inserta às fls.
............/........... do Processo de Contratação n.° 498/2018, como segue:

4.1 - Os pagamentos serão efetuados no prazo de 15 (quinze) dias fora a quinzena, contados da
data de atestação do recebimento do material e/ou da prestação dos serviços.

4.1.1 - A atestação será efetivada no prazo máximo de 5 (cinco) dias úteis.

4.1.2 – A documentação fiscal para fins de pagamento deverá conter o mesmo número da
inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ indicado neste contrato.

4.1.3 – Para os serviços sujeitos à retenção do INSS, enquadrados na Instrução Normativa nº


971/2009, e alterações, editada pelo Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS, fica
50
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

estabelecido que a execução da prestação dos serviços deverá ser programada para que o
faturamento ocorra até o dia 20 do mês, visando o cumprimento do prazo de recolhimento da
retenção respectiva.

4.2 - Os pagamentos serão efetuados com observância da Lei Complementar n° 116, de 31 de


julho de 2.003, Lei Municipal n° 1802, de 26/12/1969 com redação da Lei Municipal n° 5232, de
04/12/2003, no que couber, mediante retenção do ISSQN na fonte.

4.3 - Os pagamentos eventualmente efetuados com atraso, terão os seus valores atualizados
monetariamente, de acordo com a variação do Índice Geral de Preços de Mercado - IGP-M,
apurado pela Fundação Getúlio Vargas, ou outro índice oficial que venha a substituí-lo, entre a
data prevista para adimplemento da obrigação e a data do efetivo pagamento.

4.4 - Estão excluídos os atrasos motivados pela CONTRATADA, independentemente de eventual


prorrogação autorizada pelo MUNICÍPIO.

4.5 – A documentação fiscal para fins de pagamento deverá obrigatoriamente ser entregue pela
CONTRATADA, acompanhada da comprovação da persistência das condições licitatórias de
habilitação e qualificação a que alude o inciso XIII do artigo 55 da Lei Federal nº 8666/93 e
alterações, que consistirá na apresentação, de Certidões de Regularidade fiscal perante as
Fazendas Federal, Estadual e Municipal envolvidas, Certidão de Regularidade Trabalhista perante
a Justiça do Trabalho e de contribuições previdenciárias perante o INSS e do FGTS, junto à Caixa
Econômica Federal, todas dentro dos prazos de validade nelas assinalados, as quais serão
aferidas pela Unidade Gestora.

4.5.1 – Os respectivos pagamentos ficarão condicionados ao cumprimento do item acima.

4.6 - A CONTRATADA deverá indicar na documentação fiscal o número de sua conta corrente e a
respectiva agência, preferencialmente do Banco Santander S.A, para fins de pagamento.

4.7 – Em nenhuma hipótese serão aceitos títulos via cobrança bancária.

51
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

DO REAJUSTE DE PREÇOS

5.0 - “Ultrapassados os 12 (doze) meses da apresentação da proposta, conforme dispõe a Lei


Federal 10.192 de 14 de fevereiro de 2001, mediante o requerimento expresso da CONTRATADA
os preços poderão ser reajustados, obedecido o seguinte critério:

a) Fica eleito o IPCA, como índice geral de preços básicos a ser utilizado, como segue:

b) Na eleição do índice (observada a variação de 12 meses):


- Um mês de retroação da data base (mês da proposta);
- Um mês de retroação da incidência.

c) A incidência do reajuste contratual dar-se-á no 13º (décimo terceiro) mês, contado da data da
apresentação da proposta e assim sucessivamente.

d) Fica reservado ao MUNICÍPIO o direito de efetuar pesquisa de mercado para fins de avaliação
de preços.

e) Em decorrência da avaliação da pesquisa de mercado, o MUNICÍPIO poderá deferir, deferir


parcialmente ou indeferir o pleiteado, mediante ato devidamente fundamentado.

f) O pagamento do reajuste apurado, somente será devido a partir da data do pedido


protocolado pela CONTRATADA no Departamento de Materiais e Patrimônio, sito na Avenida
Kennedy, 1100, neste MUNICÍPIO.

CASOS DE RESCISÃO

7.0 - Em caso de ocorrência das hipóteses elencadas nos incisos I a XII, XVII e XVIII, do artigo 78,
da Lei Federal 8.666/93, poderá ser rescindido unilateralmente este contrato, independentemente
de qualquer interpelação judicial ou extrajudicial, ressalvados o contraditório administrativo e a
ampla defesa, inclusive a comprovação de força maior elidente.

52
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

7.1 – Nas demais hipóteses relacionadas no artigo 78, aplicar-se-ão as disposições específicas da
Lei Federal n.º 8.666/93.

7.2 – Na rescisão amigável, observar-se-á o disposto no inciso II e no § 1º, do artigo 79, da Lei
Federal n.º 8.666/93.

7.3 - Em caso de rescisão unilateral do contrato por culpa da CONTRATADA, nas hipóteses
previstas nos incisos I a IX, artigo 78 da Lei Federal n. º 8.666/93 com suas alterações, perderá a
CONTRATADA em benefício do MUNICÍPIO, direito a garantia realizada, sem direito a
reclamações ou qualquer indenização e sem prejuízo das demais penalidades.

DA FISCALIZAÇÃO DO CONTRATO

8.0 – A execução do Contrato deverá ser acompanhada e fiscalizada pelo funcionário (nome,
matrícula, função e lotação) ou Comissão da CONTRATANTE, designado pela Secretaria de
Educação, nos termos do artigo 67, c.c.§ 8º do artigo 15, da Lei Federal 8.666/93.

8.1 – A fiscalização poderá impugnar qualquer material ou serviço prestado ou fornecido pela
CONTRATADA, quando em desacordo com as especificações descritas no Edital.

8.2 – É assegurada à fiscalização o direito de ordenar a suspensão dos serviços ou ordenar a


devolução de material, sem prejuízo das penalidades a que fica sujeito a CONTRATADA e sem
que esta tenha o direito à indenização, no caso de não ser atendida no prazo constante da
notificação, qualquer reclamação sobre defeito em serviço executado ou material posto no local.

8.3 – Caberá a fiscalização atestar os serviços e/ou fornecimentos que forem efetivamente
executados e aprovados, nos termos do artigo 67, c.c. § 8º do artigo 15, da Lei Federal nº
8.666/93.

DAS PENALIDADES

9.0 – Ficam previstas as seguintes penalidades:


53
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

a) - Multa de 20% (vinte por cento) sobre o valor do contrato, por inexecução total do mesmo;

b)- Multa de 10% (dez por cento) por inexecução parcial do contrato, sobre a parcela inexecutada,
podendo o MUNICÍPIO autorizar a continuação do mesmo;

c) - Multa de 10% (dez por cento) do valor do faturamento do mês em que ocorrer a infração, se o
produto/serviço apresentado for de má qualidade ou em desacordo com as especificações
propostas e aceitas pelo MUNICÍPIO;

d) - Multa de 1% (um por cento) por dia de atraso na entrega/execução do serviço, até o limite de
10% sobre o valor do faturamento do mês, podendo ser considerado rescindido o contrato após
este prazo.

e) – Multa de 5%(cinco por cento) sobre o valor do documento fiscal apresentado para fins de
pagamento pelo descumprimento da cláusula 4.5 deste Contrato, podendo o mesmo ser
rescindido após três ocorrências consecutivas.

f) Findo o prazo de validade da garantia antes do recebimento definitivo dos serviços, fica a
CONTRATADA sujeita à multa de 1,0% (um por cento) do valor do contrato, independente da
obrigatoriedade de renovação da garantia.

9.1 - As multas são independentes entre si. A aplicação de uma não exclui a das outras, bem
como a das demais penalidades previstas em lei.

9.2 - O valor relativo às multas eventualmente aplicadas será deduzido de pagamentos que o
MUNICÍPIO efetuar, mediante a emissão da Guia de Arrecadação Municipal - GAM. Se não
efetuado o pagamento será o valor inscrito na dívida ativa para cobrança judicial.

9.3 - A CONTRATADA estará, ainda, sujeita às penalidades previstas nos artigos 86 a 88 da Lei
Federal nº 8.666/93, com suas alterações, e na Lei Federal nº 10.520/02.

54
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

9.4 – Se a CONTRATADA ensejar o retardamento da execução do objeto, falhar ou fraudar na


execução deste contrato, comportar-se de modo inidôneo ou cometer fraude fiscal, ficará
impedida de licitar e contratar com a Administração Pública, pelo prazo de até 05 (cinco) anos,
enquanto perdurarem os motivos determinantes da punição ou ainda, até que seja promovida a
sua reabilitação, sem prejuízo das multas previstas neste Contrato e das demais cominações
legais.

DO VALOR

10.0 - Dá-se ao presente contrato o valor estimado de R$............................


(.................................................................................................................................).

10.1 - As despesas decorrentes da presente contratação correrão por conta da(s) seguinte(s)
dotação(ões) orçamentária(s): ..............................................................................no presente
exercício, e nos próximos,das dotações correspondentes..

DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

11.0 - Este contrato regular-se-á pela Lei Federal n.º 8.666, de 21 de junho de 1993, com suas
alterações, e por demais normas de direito público aplicáveis, devendo as partes a elas se
submeterem.

11.1 – A CONTRATADA fica obrigada a aceitar, nas mesmas condições iniciais, acréscimos ou
supressões no fornecimento, até o limite de 25% (vinte e cinco por cento) do valor inicial
atualizado do contrato.

11.2 - Fica eleito o foro da Comarca de São Bernardo do Campo para dirimir quaisquer questões
oriundas do presente contrato.

55
Minuta de Contrato
Processo de Contratação n.º 498/2018
Fls. ....................../..................

MUNICÍPIO DE SÃO BERNARDO DO CAMPO

E, por estarem as partes de comum acordo sobre as estipulações, termos e condições deste
instrumento, firmam-no em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas.

São Bernardo do Campo, _____ / _____ / _____

(NOME)
(Secretário da Pasta)
...............................................................................

(Empresa)
...............................................................................

Testemunhas:

1. __________________________ 2. ___________________________
SA-212.2

56