Você está na página 1de 11

25/03/2019

25/03/2019 Energiaeólica Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Energiaeólica

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Origem:Wikipédia,aenciclopédialivre.

Energiaeólicaéatransformaçãodaenergiado

ventoemenergiaútil,talcomonautilizaçãode

para impulsionar veleiros. A energia eólica,

enquantoalternativaaoscombustíveisfósseis

renovável, está permanentemente disponível,

podeserproduzidaemqualquerregião,élimpa,

nãoproduzgasesdeefeitodeestufadurantea

produçãoerequermenosterreno. [1] Oimpacto

ambientalégeralmentemenosproblemáticodo

queodeoutrasfontesdeenergia.

Moinhosdeventocomummodernoparqueeólicoao fundo,nosPaísesBaixos
Moinhosdeventocomummodernoparqueeólicoao
fundo,nosPaísesBaixos

Osparqueseólicossãoconjuntosdecentenasde

aerogeradoresindividuaisligadosaumaredede

transmissãodeenergiaelétrica.Osparqueseólicos

depequenadimensãosãousadosnaproduçãodeenergiaemáreasisoladas.Ascompanhiasdeprodução

elétricacadavezmaiscompramoexcedenteelétricoproduzidoporaerogeradoresdomésticos. [2] Existem

tambémparqueseólicosaolargodacosta,umavezqueaforçadoventoésuperioremaisestávelqueemterrae

oconjuntotemmenorimpactovisual,emboraocustodemanutençãosejabastantesuperior.Em2010,a

produçãodeenergiaeólicaeraresponsávelpormaisde2,5%daeletricidadeconsumidaàescalaglobal,

apresentandotaxasdecrescimentonaordemdos25%porano.Aenergiaeólicafazpartedainfraestrutura

elétricaemmaisdeoitentapaíses.Emalgunspaíses,comoaDinamarca,representamaisdeumquartoda

produçãodeenergia.

Aenergiadoventoébastanteconsistenteaolongodeintervalosanuais,mastemvariaçõessignificativasem

escalasdetempocurtas.Àmedidaquecresceaproporçãodeenergiaeólicanumadeterminadaregião,torna­se

necessárioaumentaracapacidadedarededemodoaabsorverospicosdeprodução,atravésdoaumentoda

capacidadedearmazenamento,ederecorreràimportaçãoeexportaçãodeeletricidadepararegiõesadjacentes

quandohámenosprocuraouaproduçãoeólicaéinsuficiente.Asprevisõesmeteorológicasauxiliamo

ajustamentodarededeacordocomasvariaçõesdeproduçãoprevistas. [3][4]

Índice

História

Energiamecânica

Energiaelétrica

Potencial

Produçãodeenergiaelétrica

25/03/2019

Porpaís

Brasil

Vertambém

Referências

Ligaçõesexternas

História

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Energiamecânica

Abolinasobobarcoavela ofereceresistêncialateralà açãodovento,permitindoum avançogradualatravésdo vento.
Abolinasobobarcoavela
ofereceresistêncialateralà
açãodovento,permitindoum
avançogradualatravésdo
vento.

Aenergiaeólicatemsidoaproveitadadesdeaantiguidadeparamoveros

barcosimpulsionadosporvelasouparafazerfuncionaraengrenagemde

moinhos,aomoverassuaspás.Nosmoinhosdeventoaenergiaeólicaera

transformadaemenergiamecânica,utilizadanamoagemdegrãosou

parabombearágua.Osmoinhosforamusadosparafabricaçãodefarinhas

eaindaparadrenagemdecanais,sobretudonosPaísesBaixos.

Aolongodemilharesdeanos,aforçadoventotemsidoaproveitadade

inúmerasformas,desdeoimpulsodeveleirosebarcosàvela,atéà

engenheirogregoHerãodeAlexandria,concebidaduranteoséculoId.C.,

éomaisantigoregistrodousodeumaferramentadestinadaacaptara

forçadoventoparaalimentarumamáquina. [5][6][7]

OsprimeirosmoinhosdeventoapareceramnaPérsiadesde,pelomenos,o

séculoIX,provavelmentedesdeoséculoVII. [8] Ousodemoinhostornou­

secomumnoMédioOrienteenaÁsiaCentral,chegandomaistardeàpara

aChinaeÍndia. [5] Porvoltadoano1000,osmoinhoseramusadosparabombearáguadomaratéàssalinas

naChinaenaSicília, [9] eapartirdoséculoXIsãojáusadosintensivamentenaEuropaocidentalnamoagem

defarinha, [6] enadrenagemdeterrasalagadasparacultivoouconstrução. [10] Osprimeiroseuropeusque

vieramàAméricatrouxeramatecnologiaconsigodoVelhoContinente. [10] Em1881,WilliamThomsonpropôs

ousodaenergiaeólicanaausência.decarvão. [11]

Energiaelétrica

Emjulhode1887,JamesBlyth,umengenheiroescocês,construiuumaturbinacompásdetecidonojardime

aproveitouaeletricidadeproduzidaparacarregaracumuladoresqueusavaparailuminarasuacasa. [12] Asua

eletricidadeàsuaresidênciaelaboratório.Nadécadade1890,oinventordinamarquêsPoullaCourconstruiu

geradoreseólicosparaproduzireletricidade,queusavaparaproduzirhidrogénioeoxigénioatravésde

eletrólise,guardandoumamisturadosdoisgasesparausarcomocombustível.LaCourfoioprimeiroa

descobrirqueturbinasquegirassemaumavelocidademaiorecommenospáseramasmaiseficientespara

produzireletricidade.Em1904fundouaSociedadedosEletricistasEólicos. [13]

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Emmeadosdadécadade1920,algumasempresascomeçaramafabricaraerogeradoreselétricosde1­3

quilowatts, [11] osquaistiveramumaamplaaceitaçãonasregiõesruraisdaAméricadoNorte.Noentanto,a

instalaçãoderedeselétricaspúblicasduranteadécadade1940eanecessidadedemaisenergiatornouestes

pequenosgeradoresobsoletos. [14] Em1931oengenheirofrancêsGeorgesDarrieusobteveumapatentepara

umaturbinaeólicaqueusavaaerofóliosaolongodeumeixoverticalparacriararotação.Desenhouaindauma

turbinade100kW,precursoradosgeradoreshorizontaismodernos. [15] Em1956,JohannesJuul,antigo

estudantedelaCour,projetaumaturbinacomtrêspásemGedser,com200kW,equeviriaainfluenciaro

desenhodasturbinasposteriores. [13]

Em1975oDepartamentodeEnergiadosEstadosUnidosfinanciouumprojetodedesenvolvimentode

turbinaseólicas,geridopelaNASA,comafinalidadedeserem

incorporadasnaredededistribuição.Estasturbinasexperimentais

abriramocaminhoparagrandepartedatecnologiaqueéhoje

usada. [13] Desde então, as turbinas têm aumentado

significativamente de tamanho, sendo as maiores capazes de

produzir7,5MW.Apotênciadaturbinaémedidaemquilowatts

(kW)oumegawatts(MW),enquantoqueaenergiaproduzidaé

medidaemquilowatts­hora(kWh)erespetivosmúltiplos. [16]

TurbinaeólicadeCharlesFrancis Brushem1888gerava12kW.
TurbinaeólicadeCharlesFrancis
Brushem1888gerava12kW.

Potencial

ParqueeóliconoTexas,Estados Unidos.
ParqueeóliconoTexas,Estados
Unidos.

OventoéomovimentodearaolongodasuperfíciedaTerra,sendo

afetadoporáreasdealtasebaixaspressõesatmosféricas. [17] Osol

nãoaqueceasuperfíciedeformaregular,dependendodefactores

comooângulodeincidênciadosraiossolares,quedifereconsoante

alatitudeeahora,eseosoloécobertoounãoporvegetação.As

grandesmassasdeágua,comoosoceanos,aquecemearrefecem

maislentamentedoqueemterra.Aenergiaemformadecalor

absorvidapelasuperfíciedaTerraétransferidaparaaatmosferae,umavezqueoaraquecidoémenosdenso

queoarfrio,sobeacimadoararrefecidoparaformaráreasdeelevadapressãoatmosféricacriandodiferenciais

depressão.ArotaçãodaTerraarrastaaatmosferaenvolvente,oqueprovocaturbulência.Éaconjugaçãode

todosestesfenómenosqueprovocaaalteraçãoconstantedopadrãodeventos. [17]

A quantidadetotal depotência queéem termos económicos éviável explorara partirdo vento é

consideravelmentemaiorqueoatualconsumohumanodeenergiaapartirdetodasasfontes. [18] OInstituto

MaxPlanckapresentouumaestimativadaquantidadetotaldeenergiaeólicaqueexiste,concluindoque

possamserextraídosentre18e68TW. [19] Umaoutraestimativa,destavezbaseadaemmediçõesreaisda

velocidadedovento,concluiuquepossahaver1700TWdeenergiaeólicaaumaaltitudede100macimado

mar e da terra. Destes, 72 a 170 TW poderiam ser extraídos de forma prática e economicamente

competitiva. [19] Osmesmosautoresmaistardeestimaramserde80TW. [20] Noentanto,ainvestigaçãona

UniversidadedeHarvardestimaumamédiade1Watt/m²eumacapacidadede2–10MW/km²paraparques

eólicosdegrandedimensão,sugerindoqueestasestimativasderecursoseólicostotaisanívelglobalestejam

sobrestimadasporumfactorde4. [21]

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Produçãodeenergiaelétrica

Componentesdeumaturbinaeólica: 1­Fundação,2­Conectoràrede elétrica,3­Torre,4­Escada,5­
Componentesdeumaturbinaeólica:
1­Fundação,2­Conectoràrede
elétrica,3­Torre,4­Escada,5­
Controledeorientação(Yawcontrol),
6­Nacelle,7­Gerador,8­
Anemômetro,9­Freioelétricoou
mecânico,10­Caixadevelocidades,
11­Lâmina,12­Controlede
orientação(pitchcontrol),13­Roda.

Naatualidadeutiliza­seaenergiaeólicaparamoveraerogeradores­

grandesturbinascolocadasemlugarescommuitovento.Essas

turbinastêmaformadeumcataventoouummoinhoqueproduz

comomovimentodahéliceumcampomagnéticonaturbina.Esse

movimento, através de um gerador, produz energia elétrica.

Precisam agrupar­se em parques eólicos, concentrações de

aerogeradores,necessáriosparaqueaproduçãodeenergiasetorne

rentável,maspodemserusadosisoladamente,paraalimentar

localidadesremotasedistantesdarededetransmissão.Épossível

aindaautilizaçãodeaerogeradoresdebaixatensãoquandosetrata

derequisitoslimitadosdeenergiaelétrica.

Aenergiaeólicapodeserconsideradaumadasmaispromissoras

fontesnaturaisdeenergia,principalmenteporqueérenovável,ou

seja,nãoseesgota,limpa,amplamentedistribuídaglobalmentee,

seutilizadaparasubstituirfontesdecombustíveisfósseis,auxilia

nareduçãodoefeitoestufa.EmpaísescomooBrasil,quepossuem

umagrandemalhahidrográfica,aenergiaeólicapodesetornar

importantenofuturo,porqueelanãoconsomeágua,queéumbem

cadavezmaisescassoequetambémvaificarcadavezmais

controlado.Empaísescomumamalhahidrográficapequena,a

energiaeólicapassaaterumpapelfundamentaljánosdiasatuais,

comotalvezaúnicaenergialimpaeeficaznesseslocais.Alémda

questãoambiental,asturbinaseólicaspossuemavantagemde

poderemserutilizadastantoemconexãocomredeselétricascomo

emlugaresisolados,nãosendonecessárioaimplementaçãodelinhasdetransmissãoparaalimentarcertas

regiões(quepossuamaerogeradores).

Atecnologiadeinstalaçãodageraçãoeólicapodeseronshore(emterra)ouoffshore(marítima),natecnologia

offshoreocustodeinstalaçãoémaiselevadocomparadocomonshore,contudonaoffshoreopotencialde

geraçãoémaior.Porestemotivoatecnologiaoffshoreéutilizadaempaísescompequenaextensãoterritorial

oucompoucoespaçodisponívelparaasinstalaçõesemterra.

Osistemadegeraçãodeenergiaelétricapodeseron­grid(interligadoàrede)ouoff­grid(isoladodarede).No

sistemaon­gridageraçãodeenergiaéinterligadaàredeelétricadoSistemaInterligadoNacional(SIN)oqualé

maisutilizadocomercialmente.Jánosistemaoff­gridageraçãoéisoladadaredeconvencionaltrabalhandode

formaautônoma,aplicadoemregiõesruraisoumarítimasafastadasemquenãoéviáveltrasporlinhasde

transmissão.

Aproduçãodeenergiaelétricaatravésdeenergiaeólicatemváriasvantagensdasquaispodemosressaltaras

principais.Éumafonterenovável,nãoemitegasesdeefeitoestufa,gasespoluentesenemgeraresíduosnasua

operação,oqueatornaumafontedeenergiadebaixíssimoimpactoambiental.Osparqueseólicos(ou

fazendaseólicas)sãocompatíveiscomosoutrosusosdoterrenocomoaagriculturaoupecuária,jáqueos

atuaisaerogeradorestêmdezenasdemetrosdealtura. [22] Ograndepotencialeóliconomundoaliadocoma

possibilidadedegerarenergiaemlargaescalatornaestafonteagrandealternativaparadiversificaramatriz

energéticadoplanetaereduziradependênciaaopetróleo.Em2011naUniãoeuropéiaelajárepresenta6,3%

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

damatrizenergética, [23] enomundomaisde3,0%detodaaenergiaelétrica. [24] Finalmente,comatendência

dereduçãonoscustodeproduçãodeenergiaeólica,ecomoaumentodaescaladeprodução,devesetornar

umadasfontesdeenergiamaisbarata. [25]

Noentanto,apesardetodosospontospositivos,éprecisosenãoforemfeitosestudosdemapeamento,

mediçãoeprevisãodosventos,elanãoéumafontedeenergiaconfiável.Nãohámuitosdadossobreoregime

deventosnoBrasil,eelescostumamseremaproveitáveissomentedurantepartedoano.Alémdisso,os

parques eólicos produzem poluição sonora e visual. Também

podeminterferirnarotamigratóriadepássaros,eosaerogeradores

interferemnapaisagemdolocal.Alémdisso,todooequipamentoé

caro, oquepodeinviabilizara criaçãodeparques eólicos. [26]

Quantoaoimpactovisual,gerapoluiçãovisualdevidoàalteração

dapaisagemdolocal,nãoqueasdemaisfontesnãoalterem,como

paraalgunsaspásdosgeradoreséumapoluiçãovisual,para

outrospodeserconsideradoumatrativoturísticocomoumabela

alternativaàsdemaisfontesdeenergia.Emrelaçãoàpoluição

sonora,apesardenãoterpesquisasconclusivasindicandoimpacto

nafauna,deve­setercuidadoparaevitarinstalaçãoemcorredores

de migração de aves ou habitats de reprodução de animais

silvestres,eseprecisoutilizarlinhasdetransmissãosubterrâneas.Comoqualquermáquina,tambémexige

manutençãointernadosaerogeradoresquedeveserrealizadadeformapreventivaeconstante.Amaior

desvantageméanãoregularidadedageração(ouintermitênciadageração),poisageraçãodependedovento

quenãosãosempreconstantes,enemsempreháventoquandoaeletricidadeénecessária.Destemodo,comoa

disponibilidadedeenergiadiáriavariadeumdiaparaoutro,ageraçãoeólicapodesermenosconfiávelqueas

fontesconvencionais.Devendoseralternativacomplementarenãosubstitutanamatrizenergética.

ParqueeólicoMiddelgrundenna Dinamarca
ParqueeólicoMiddelgrundenna
Dinamarca

Porpaís

Em2012acapacidademundialdegeraçãodeenergiaelétrica

atravésdaenergiaeólicafoideaproximadamente282gigawatts

(GW), [27] osuficienteparaabastecerasnecessidadesbásicasde

doispaísescomooBrasil(oBrasilgastouemmédia70gigawatts

emjaneirode2010). [28] Paraseterumaideiadamagnitudeda

expansãodessetipodeenergianomundo,em2008acapacidade

mundialfoidecercade120GWe,em2007,59GW. [27]

A capacidade de geração de energia eólica no Brasil vem

aumentandoanoaano.Em2008erade341MW,em2009passou

606MW,eem2010atingiuovalorde920MW.OBrasilresponde

porcercadametadedacapacidadeinstaladanaAméricaLatina,

masrepresentaapenas0,38%dototalmundial. [29]

Umaerogeradoréumdispositivo queaproveitaaenergiaeólicaea converteemenergiaelétrica.
Umaerogeradoréumdispositivo
queaproveitaaenergiaeólicaea
converteemenergiaelétrica.

Até2005aAlemanhalideravaorankingdospaísesemproduçãodeenergiaatravésdefonteeólica,masem

2008foiultrapassadapelosEUA.

Desde2010achinaéomaiorprodutordeenergiaeólica.Em2011ototalinstaladanessepaísultrapassavaos

62.000MW(62GW),comparadocomos44.000instaladoaté2010,foiumaumentode41%. [25]

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Emalgunspaíses,aenergiaelétricageradaapartirdovento

representasignificativaparceladademanda.NaDinamarcaesta

representa28% [30] daprodução,19% [31] emPortugal, 16% [32]

Espanha,16% [33] naIrlandae8% [34] naAlemanha.Globalmente,

aenergiaeólicanãoultrapassa2,5% [35] dototalgeradoportodas

asfontes,mascomumcrescimentoanualde25%.Desde2011,83

paísesusamenergiaeólicaemescalacomercial. [36]

ParqueeólicopróximoaCaen, França
ParqueeólicopróximoaCaen,
França

Ocustodageraçãodeenergiaeólicatemcaídorapidamentenos

últimosanos.Em2005ocustodaenergiaeólicaeracercadeum

quintodoquecustavanofinaldosanos1990,eessaquedade

custosdevecontinuarcomaascensãodatecnologiadeproduçãodegrandesaerogeradores.Noanode2003a

energiaeólicafoiaformadeenergiaquemaiscresceunosEstadosUnidos. [37]

Amaioriadasformasdegeraçãodeeletricidaderequeremaltíssimosinvestimentosdecapitalebaixoscustos

demanutenção.Istoéparticularmenteverdadeparaocasodaenergiaeólica,ondeoscustoscomaconstrução

decadaaerogeradorpodemalcançarmilhõesdereais,oscustoscommanutençãosãobaixoseocustocom

combustívelézero.Nacomposiçãodocálculodeinvestimentoecustonestaformadeenergialevam­seem

contadiversosfatores,comoaproduçãoanualestimada,astaxasdejuros,oscustosdeconstrução,de

manutenção,delocalizaçãoeosriscosdequedadosgeradores.Sendoassim,oscálculossobreorealcustode

produçãodaenergiaeólicadiferemmuito,deacordocomalocalizaçãodecadausina.

Apesardagrandiosidadedosmodernosmoinhosdevento,atecnologiautilizadacontinuaamesmadehá

1000anos,tudoindicandoquebrevementeserásuplantadaporoutrastecnologiasdemaioreficiência,comoé

(animaissilvestres)masnãointerferenaáudiovisão.Essatecnologiajáéumarealidadequetantopodeser

introduzidanomeioambientemarinhoumavezqueosanimaisaquáticosnãocorremriscosdecolisãocomo

noambienteterrestre. [38]

Evoluçãodopotencialdeenergia eólicainstaladonomundode1996a 2013
Evoluçãodopotencialdeenergia
eólicainstaladonomundode1996a
2013

25/03/2019

Potênciainstaladadeenergiaeólica, mundialmente(finalde2015) [39][40]

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Lugar

País

Potência[MW]

1

145,362

2

74,471

3

44,947

4

25,088

5

23,025

6

13,603

7

11,205

8

10,358

9

8,958

10

8,715

11

6,025

12

5,100

13

5,079

14

5,063

15

4,694

16

4,187

17

3,431

18

3,073

19

3,038

20

2,972

21

2,486

22

2,229

147,771

 

Mundial

432,883

– UniãoEuropeia 147,771   Mundial 432,883 https://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_e%C3%B3lica 7/11

25/03/2019

Brasil

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

OBrasilpossuigrandepotencialemenergiaeólica.Segundoa

AssociaçãoBrasileiradeEnergiaEólica(ABEEólica),oterritório

brasileirotemcapacidadeparageraraté500gigawatts. [41] Em

dezembrode2018,acapacidadeinstaladasomou162,5GW,oque

járepresentacercade30%dopotencial. [41] Poroutrolado,o

potencial eólicobrasileiroémais detodoopotencial elétrico

instaladonopaís,atualmente,oquerepresenta5,8%damatriz

ParqueeólicodeOsório,RioGrande doSul
ParqueeólicodeOsório,RioGrande
doSul

nacionalabastecendo6milhõesderesidências. [42]

AmaiorfontedeeletricidadedoBrasilsãoasusinashidrelétricas.

Umestudoindicaqueopaíspoderiasubstituiraenergiatérmica

pelaenergiaeólica.Issoporqueasusinastermoelétricassósão

acionadasduranteosperíodosdeseca,quandoosriosficammaisbaixoseashidrelétricassãoinsuficientes

paraproduzirtodaaenergiaconsumida.Porém,éjustamentenesseperíodoqueoregimedeventosno

Nordesteémaisintenso. [43]

OmaiorcentrodegeraçãodeenergiaeólicadopaíséocomplexoeólicoAltoSertãoI,situadonaBahia,com

capacidadedegeraraté300MW, [44] seguidodoParqueeólicodeOsório,localizadonoRioGrandedoSul,com

acapacidadedegeraraté150MWeaindatemoParqueEólicoCerroChatocomcapacidadedegerar91MW

localizadoemSantanadoLivramento­RS.

Aprevisãoéqueaparticipaçãodafontedeenergiaeólicanamatrizenergéticabrasileiracontinuacrescendo,

comovemacontecendonorestodomundo,apresentandotaxasdecrescimentomédiasdepotênciainstalada

superioresa20%. [45]

Vertambém

Referências

2. Gipe,Paul(1993).«TheWindIndustry'sExperiencewithAestheticCriticism».Leonardo.26(3):243–248.

5. Hill,DonaldR.(maiode1991).«MechanicalEngineeringintheMedievalNearEast».ScientificAmerican.

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

6.

Lohrmann,Dietrich(1995).«VonderöstlichenzurwestlichenWindmühle».ArchivfürKulturgeschichte.77

(1):1–30(10ff.)

7.

Drachmann,A.G.(1961)"Heron'sWindmill",Centaurus,7,pp.145–151

8.

Hassan,AhmadYandHill,DonaldRoutledge(1986).IslamicTechnology:Anillustratedhistory,p.54.

9.

Kurlansky,Mark(2002)Salt:aworldhistory,PenguinBooks,London,ISBN0­14­200161­9,p.419

10.

11.

setembrode2011.Consultadoem11dejaneirode2013

12.

13.

14.

historyofwindpowerdevelopment.TelosNetWebDevelopment

15.

16.

de2013

17.

RenewableUK:Educationandcareers.RenewableUK.2010.Consultadoem9deabrilde2012

18.

Group.Consultadoem8deabrilde2012

19.

20.

21.

22.

23.

24.

25.

26.

27.

28.

29.

25/03/2019

Energiaeólica–Wikipédia,aenciclopédialivre

Consultadoem11demarçode2012

33. «Renewables»(http://www.eirgrid.com/renewables/).eirgrid.com.Consultadoem22denovembrode2010

agostode2011

(PDF).p.11

em22deagostode2016

(eminglês)

Ligaçõesexternas