Você está na página 1de 47

Elementos de Máquinas II

Unidade 1
Engrenagens cilíndricas de dentes retos
&
Engrenagens cilíndricas helicoidais

Helbert Esterlando de almeida


helbert.almeida@kroton.com.br
Análise de forças – Engrenagem
cilíndrica de dentes retos.
V = ωr
V = (2πNr) / 60
Observação do efeito da força axial no engrenamento helicoidal

https://youtu.be/UswViS-p1KM
Devemos usar a regra da mão direita para analisar
os esforços da engrenagem desejada.
Dp = mt*Np
Solução
Conhecendo por dentro do Redutor de
engrenagens helicoidais

https://youtu.be/_mVWgfHKIxw
Divisão dos dentes em um redutor de
múltiplos estágios.
Exemplo:
Rotação de entrada no redutor é de 1800 rpm.
Desejo um rotação de saída no redutor de 90 rpm.
O redutor possui 2 estágios de redução.
Redução de 1:20
1800 rpm

𝑛
RM= 𝑅𝑇
RM = Redução média
RT = Redução total
N = Nº de estágios

90 rpm
Pinhão Coroa 1 Coroa 2
Z1 ou Z3 Z2 = 4,472*Z1 Z4 = 4,472*Z3
2
16 71,55 71,55 RM= 20
17 76,02 76,02
18 80,50 80,50 RM= 4,472
19 84,97 84,97
20 89,44 89,44
21 93,91 93,91
22 98,38 98,38
23 102,86 102,86
24 107,33 107,33
25 111,80 111,80
𝑍𝑠
𝑖=
1800 rpm 𝑍𝑒
76 85
𝑖= *
17 19
17 76
𝑖 = 20
19 85

90 rpm
Análise de Tensões em Dentes de
Engrenagens
Engrenagens podem falhar basicamente por dois tipos de solicitação:

A que ocorre no contato, devido à tensão normal, e a que ocorre no pé do dente,


devido a flexão causada pela carga transmitida.

A fadiga no pé do dente causa a quebra do dente, o que não é comum em conjuntos


de transmissão bem projetados. Geralmente, a falha que ocorre primeiro é a por
fadiga de contato.
A abaixo figura mostra um modelo por elementos finitos das tensões no contato. A
parte que tende ao vermelho mostra as maiores tensões em magnitude ( Von Mises )
e a parte em azul as menores. Esse modelo corresponde exatamente ao resultado
obtido por outras técnicas, como a fotoelasticidade, e mostra as tensões que levam às
falhas citadas.
A falha de fadiga por contato aumenta de tamanho e partes maiores são arrancadas da
superfície. O termo em inglês para o que ocorre é “Spalling”, cuja melhor tradução
para o português é cavitação, o que não descreve adequadamente o fenômeno.
Usinagem de engrenagens

https://youtu.be/gDQcLX5yqYo

https://youtu.be/B0XSsa79Y1w

https://youtu.be/q1jRZQF7Dw4

https://youtu.be/cFKha7g4K6c

https://youtu.be/ssU6yPIfrLE

https://youtu.be/dACKfxJ8qr4
Seção 1.2
Equações para cálculos de engrenagens
cilíndricas de dentes
retos e engrenagens cilíndricas helicoidais
Equação de flexão de Lewis
A falha por flexão ocorrerá quando a tensão significativa do dente ( 𝜎 ) for igual ou exceder à
resistência ao escoamento ou ao limite de resistência à fadiga por flexão. Também nos estudos a
seguir vamos simplificar as análises somente para dentes com profundidade nominal (sem
correções) e um único ângulo de pressão. A dedução da equação de Lewis baseia-se na figura
abaixo que apresenta a nomenclatura básica.

Os valores de Y podem ser


retirados da Tabela a seguir
Sistema inglês
Durabilidade superficial
A falha por desgaste superficial (𝜎c , chamada de tensão superficial de compressão)
também ocorrerá quando for igual ou maior do que a resistência à fadiga superficial
(que aparece em função da deflexão da superfície quando em contato com o outro
dente). Assim, podemos apresentar a equação que foi deduzida e adaptada da teoria
de Hertz, sendo:
Kv : fatores de velocidade
Wt : força tangencial
F: largura da face
Ø : ângulo pressão
Kv : fatores de velocidade
Wt : força tangencial
F: largura da face
Ø : ângulo pressão
Kv : fatores de velocidade
Wt : força tangencial
F: largura da face
Ø : ângulo pressão
Dimensionamento
Equações de tensões atuantes (AGMA)
(American Gears Manufacturers Association)

Tensões atuantes de flexão

tensões atuantes de desgaste

Note que a equação foram dispostas em três parcelas. A


primeira trata de fatores de força, a segunda trata de fatores de
geometria e a terceira trata da forma do dente.

Fazer um correto dimensionamento de engrenagens pela


tensão de flexão consiste basicamente em projetar a
engrenagem de modo que a tensão de flexão atuante no dente
seja menor que a tensão admissível à flexão do dente:
Equações de tensões admissíveis (AGMA)

Tensão adm. para flexão


Tensão adm. para flexão
Tensão adm. para desgaste
Tensão adm. para desgaste