Você está na página 1de 2

ESCOLA: CETI Professor Raldir Cavalcante Bastos Mês/Ano: Abril/2018

DISCIPLINA: Sociologia CARGA HORÁRIA: 20min DATA: 11/04/2019


PROFESSOR: Vitor Brito de Almeida

PLANO DE AULA
TEMA: As marcas e as fronteiras do desenvolvimento no Brasil: uma análise exploratória.
(Revisão do conteúdo)

OBJETIVOS
GERAL

 Analisar o processo de formação histórica do Brasil reconhecendo a complexidade,


disparidade e singularidade em seus aspectos sociais e culturais.

ESPECÍFICOS

 Interpretar os dados estatísticos apresentados, articulando-os com a análise do


processo de formação histórica do Brasil.
 Reconhecer e analisar os níveis desiguais de desenvolvimento regional no país.
 Investigar e identificar no cotidiano as desigualdades.
 Compreender o processo de urbanização e a transformação da vida social no Brasil.

CONTEÚDO
 Desigualdades social e econômica;
 Os sentidos do desenvolvimento;
 Saúde e educação como expressões da desigualdade;
 O processo de urbanização do país;
 A nova família brasileira.

METODOLOGIA
A aula se desenvolverá a partir da exposição e discussão dos temas propostos, incluindo a
resolução de questões do Enem.
 Fazer balanço dos conhecimentos prévios dos alunos.
 Questionar as formas possíveis de interpretação do Brasil, fazendo uma retrospectiva
das aulas passadas.
 Explorar as leituras possíveis dos mapas e gráficos das páginas 216 e 217.
o Questionar a concentração populacional no litoral, considerando o processo
de colonização.
o Questionar o desenvolvimento das regiões político-administrativas a partir
dos ciclos econômicos do pais.
 Questionar sobre os sentidos do “desenvolvimento”: PIB ou IDH?
 Exercitar um olhar sobre as desigualdades no contexto tanto micro como
macrossociológico.
 Explorar leituras possíveis dos gráficos das páginas 219 e 220.
o Questionar as implicações do não acesso ou acesso precário à educação.
 Buscar fazer interconexões entre o processo de industrialização, urbanização e
modernidade no Brasil, reconhecendo a perspectiva histórica.
 Perguntar sobre a história de vida familiar dos alunos e aproveitar algum relato para
o aprofundamento da discussão.
 Fazer uma conclusão e organizar os grupos para resolução das questões do ENEM.

AVALIAÇÃO
 A avaliação será feita a partir da participação e discussão durante a aula, da resolução
de questões do Enem, e no final, quando solicitado aos alunos falarem sobre o
desenvolvimento da aula.

REFERÊNCIAS
 Básica

 BOMENY, Helena; MEDEIROS, Bianca Freire; EMERIQUE, Raquel Balmant &


O’DONNELL, Julia. Tempos Modernos, Tempos de sociologia. São Paulo: Ed.
do Brasil, 2016.