Você está na página 1de 2

UTFPR Propagação de Ondas Eletromagnéticas 2019-A

Lista de Exercícios 02
1) Uma onda plana uniforme no ar incide perpendicularmente sobre um material dielétrico sem
perdas, infinito, tendo 𝜀 = 3𝜀0 e 𝜇 = 𝜇0 . Se a onda incidente é 𝐸⃗𝑖 = 10 cos(𝜔𝑡 − 𝑧) 𝑎𝑦 V/m.
Calcule: (a) 𝜆 e 𝜔 da onda no ar e da onda transmitida para o meio dielétrico; (b) O campo
magnético incidente; (c) Γ e 𝜏; (d) o campo elétrico total e a média temporal da potência nas duas
regiões.
⃗ 𝑖 = −0,0265 cos(3 ×
Resposta: a) 𝜔 = 3 × 108 rad/s, 𝜆1 = 6,283 m, 𝜆2 = 3,627 m; b) 𝐻
108 𝑡 − 𝑧) 𝑎𝑥 A/m; c) Γ = −0,268, 𝜏 = 0,732; d) 𝐸⃗1 = 10 cos(3 × 108 𝑡 − 𝑧) 𝑎𝑦 −

2,68 cos(3 × 108 𝑡 + 𝑧) 𝑎𝑦 V/m, 𝐸⃗2 = 7,62 cos(3 × 108 𝑡 − 𝑧) 𝑎𝑦 V/m, 𝑃⃗𝑚é𝑑1 = 𝑃⃗𝑚é𝑑2 =
0,123𝑎𝑧 W/m2.

2) Uma onda plana uniforme no ar é incidente em um vidro com um ângulo com a normal de 30º.
Determine a fração de potência incidente que é refletida e transmitida para (a) polarização 𝑝 e
(b) para a polarização 𝑠. O vidro tem índice de refração 𝑛2 = 1,45.
Resposta: a) 0,021 e 0,979; b) 0,049 e 0,951

3) A luz é incidente do ar para o vidro no ângulo de Brewster. Determine os ângulos de incidência


e de transmissão sabendo que os índices de refração para o ar é 𝑛1 = 1 e para o vidro é 𝑛2 =
1,45.
Resposta: 55,4° e 34,6°

4) Os parâmetros de uma linha de transmissão operando a 6 × 108 rad/s são 𝐿 = 0,4 µH/m, 𝐶 =
40 pF/m, 𝐺 = 80 mS/m e 𝑅 = 20 Ω/m. (a) Calcule 𝛾, 𝛼, 𝛽, 𝜆 e 𝑍0 . (b) Se uma onda de tensão
viaja 20 m abaixo na linha, qual é a percentagem que sua amplitude é reduzida e quantos graus
deslocou sua fase?
Resposta: a) 𝛾 = 2,8 + 𝑗3,5 m-1, 𝑍0 = 44 + 𝑗30 Ω; b) 4,8 × 10−23 % e 4,0 × 103 graus.

5) Uma linha de transmissão sem perdas com 𝑍0 = 60 Ω está sendo operada a 60 MHz. A
velocidade na linha é 3 × 108 m/s. Se a linha é curto-circuitada em 𝑧 = 0, calcule 𝑍𝑒𝑛𝑡 em 𝑧 =:
(a) -1 m; (b) -2 m; (c) -2,5 m; (d) -1,25 m.
Resposta: a) j184,6 Ω; b) –j43,6 Ω; c) 0; d) ∞.

pág. 1/2
UTFPR Propagação de Ondas Eletromagnéticas 2019-A

6) A impedância característica de uma certa linha de transmissão sem perdas é 72 Ω. Se 𝐿 = 0,5


µH/m, calcule: (a) 𝐶; (b) 𝑣𝑝 ; (c) 𝛽 se 𝑓 = 80 MHz; (d) A linha é terminada com uma carga de
60 Ω. Calcule Γ e 𝑠.
Resposta: a) 96 pF/m; b) 1,44 × 108 m/s; c) 3,5 rad/m; d) -0,09 e 1,2.

𝜎
7) Os condutores de uma linha de transmissão coaxial são de cobre (𝜖𝑅′ = 2,26; 𝜔𝜖′ = 0,0002). Se

o raio interno do condutor externo é 4 mm, calcule o raio do condutor interno para que: (a) 𝑍0 =
50 Ω; (b) 𝐶 = 100 pF/m; (c) 𝐿 = 0,2 µH/m. Uma linha sem perdas pode se admitida.
Resposta: a) 1,142 mm; b) 1,138 mm; c) 1,472 mm.

8) Dois condutores de aço revestidos por alumínio são usados para construir uma linha de
transmissão bifilar. Seja 𝜎𝐴𝑙 = 3,8 × 107 S/m, 𝜎𝐴ç𝑜 = 5 × 106 S/m e 𝜇𝐴ç𝑜 = 100 µH/m. O raio
do fio de aço é 0,5” e o revestimento de alumínio tem 0,05” de espessura. O dielétrico é o ar e a
separação dos fios de centro a centro é de 4”. Calcule 𝐶, 𝐿, 𝐺 e 𝑅 para a linha em 100 MHz.
Resposta: 14,2 pF/m, 0,786 µH/m, 0 S/m e 0,023 Ω/m.

9) O comprimento de onda em uma linha sem perdas é 10 cm. Se a impedância de entrada


normalizada é 𝑧𝑒𝑛𝑡 = 1 + 𝑗2, use a carta de Smith para determinar: (a) 𝑠; (b) 𝑧𝐿 , se o
comprimento da linha é de 12 cm; (c) 𝑥𝐿 , se 𝑧𝐿 = 2 + 𝑗𝑥𝐿 onde 𝑥𝐿 > 0.
Resposta: a) 5,8; b) 0,173 − 𝑗0,078; c) 2,62.

10) Uma linha sem perdas, possuindo um dielétrico de ar, tem uma impedância característica de 400
Ω. A linha está operando em 200 MHz e 𝑍𝑒𝑛𝑡 = 200 − 𝑗200 Ω. Use a carta de Smith para
calcular: (a) 𝑠; (b) 𝑍𝐿 , se a linha possui comprimento de 1 m; (c) a distância a partir da carga até
um máximo de tensão mais próximo.
Resposta: a) 2,62; b) 1,04 × 103 + 𝑗69,8 Ω; (c) −7,2 mm.

pág. 2/2