Você está na página 1de 17

Unidade II

INVESTIGAÇÃO E PRODUÇÃO DO
CONHECIMENTO CIENTÍFICO: O
TRABALHO MONOGRÁFICO

Prof. Lupércio Rizzo


Objetivos da pesquisa

Pesquisa exploratória:
 Visa proporcionar maior familiaridade
com o problema com vistas a torná-lo
explícito ou a construir hipóteses.
Pesquisas bibliográficas e estudos de
caso. Ex: Análise de uma legislação,
revisão bibliográfica.
Objetivos da pesquisa

Pesquisa descritiva:
 Visa descrever as características de
determinada população/fenômeno ou o
estabelecimento de relações entre
variáveis. Envolve técnicas padronizadas
de coleta de dados, como questionários
e observação sistemática. Ex: IBGE,
Intenção de votos, renda de determinado
público.
Objetivos da pesquisa

Pesquisa explicativa:
 Visa identificar os fatores que
determinam ou contribuem para a
ocorrência dos fenômenos. Aprofunda o
conhecimento da realidade porque
explica a razão, o “porquê” das coisas.
Ex: Incidência de crimes ou doenças.
Procedimentos

Entrevista:
 Usada quando desejamos conhecer a
“opinião” ou o posicionamento
verbalizado, usando o questionário
fechado ou aberto.
 Perguntas devem ser claras e com
sentido único e evitar temas
problemáticos.
 Ex: Uma coisa é perguntar quanto tempo
um funcionário tem de empresa, outra é
perguntar se ele gosta da empresa.
Procedimentos

Observação participante:
 Significa acompanhamento de perto e
sistemático de algum fenômeno, com o
objetivo de perscrutá-lo com maior
profundidade, na medida em que é
observado insistente e persistentemente.
 É importante para apanhar ambiguidades
e contradições de pessoas e instituições,
para além dos seus discursos e
justificativas.
Procedimentos

História de vida:
 Misto de entrevista e observação, busca
reconstruir a história de vida de uma
pessoa por meio da conversa e da
observação, usada para reconstruir
trajetórias de vida, pinçando nelas
componentes que justifiquem a
hipótese do trabalho.
Procedimentos

Análise documental:
 Usam-se como dados empíricos
documentos existentes e que podem ser
pesquisados. Nem sempre há
documentos sobre figuras ou
fenômenos, e é necessário questionar o
que se entende por “documento”.
 Como exemplo, podemos pesquisar as
ocorrências envolvendo acidentes de
trabalhos ou reclamações no Procon por
um determinado período.
Interatividade

No caso do pesquisador que precisa fazer


um paralelo do cenário da educação atual
com o cenário da década de 20 do século
passado tendo como referência a LDB, ele
vai fazer uma pesquisa:
a) De campo.
b) Qualitativa.
c) Quantitativa.
d) Exploratória.
e) Participante.
Procedimentos

Análise comparada:
 Compara situações, instituições,
histórias, contextos, para ver em que se
aproximam e em que diferem. Por
exemplo: Pode-se comparar uma
associação de moradores considerada
“boa” com outra considerada “ruim”,
para deslindar suas diferenças.
Procedimentos

Experimentos:
 Em termos de produção de dados
empíricos, a montagem de experimentos
pode ser algo muito apropriado, em
especial quando se fazem “grupos de
controle”. Entende-se por grupos de
controle casos, numa contraposição de
duas situações, em que determinada
condição existe, enquanto em outra não.
Procedimentos

Análise histórica:
 Em geral segue a expectativa
metodológica de que história não é
apenas evento, mas gênese, como se
pretende em versões dialéticas.
Procedimentos

Estudo de caso:
 Fazer um estudo de caso é realçar um
caso apenas, para com aprofundamento
mais intenso, descobrir dinâmicas e
estruturas que poderiam ocorrer em
outras casos. A partir de um estudo de
caso pode-se pinçar características que
poderiam ocorrer em outros casos,
fazendo do caso então, fonte de
inspiração para outros estudos.
Procedimentos

Análise de dados na internet:


 Fonte de informações tão grande que
chega a desinformar.
 Cuidados: É preciso aprender a lidar
com a fonte avassaladora de
informações.
 É preciso saber avaliar fontes, ser crítico
e compreender o que é relevante.
 É importante se atentar a estatísticas.
 É importante perceber informação que
produz posturas consumistas.
Esquema do trabalho científico
Interatividade

A partir de que tipo de análise podemos


compreender a forma de agir e pensar de
determinadas comunidades que outrora
foram sacudidas por guerras, como os
europeus, por exemplo?
a) Estudo de caso.
b) Análise histórica.
c) Pesquisa documental.
d) Pesquisa em bases eletrônicas.
e) Pesquisa qualitativa.
ATÉ A PRÓXIMA!