Você está na página 1de 21

Curso: Contabilidade

Resumo + Questões comentadas


Prof. Feliphe Araújo
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

Aula 07 – ISS - Exercícios.


Curso Regular 1 de 54
www.exponencialconcursos.com.br
Leg. Tributária Municipal - Guarulhos
Professor: Marcelo Tannuri
Aula 07 – ISS - exercícios:

Antes de qualquer coisa, quero convidá-lo a fazer parte do


meu grupo de discussões de LTM no Telegram. Você pode fazer
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

perguntas, aproveitar as dúvidas dos colegas e até divagar um


pouco sobre a matéria. Segue o link:
https://t.me/joinchat/KObLVxTadGGEoUPqZWb1eg

 
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

Os exercícios presentes neste arquivo constituem uma parte das questões que serão
oferecidas no decorrer do curso.
Neste arquivo, estamos abordando a parte geral e os primeiros 10 artigos da Lei
5.986/03.

1. ISS – Questões gerais

1 - (Questão inédita - geral) Sobre o ISS, assinale a alternativa incorreta:


a) O imposto incide também sobre o serviço proveniente do exterior do País
ou cuja prestação se tenha iniciado no exterior do País.
b) O fato gerador do imposto deve ser atividade preponderante do prestador.
c) Em geral, os serviços mencionados na lista não ficam sujeitos ao ICMS,
ainda que sua prestação envolva fornecimento de mercadorias.
d) O ISS incide sobre os serviços prestados mediante a utilização de bens e
serviços públicos explorados economicamente mediante autorização,
permissão ou concessão, com o pagamento de tarifa, preço ou pedágio
pelo usuário final do serviço.
Resolução:
As alternativas servem para te fazer fixar melhor a matéria e versam sobre os
primeiros artigos da LC 116 e da lei local.
Note que o ISS, para a sua incidência, não exige tratar-se de atividade
preponderante do prestador.
Art. 1o O Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, de competência
dos Municípios e do Distrito Federal, tem como fato gerador a prestação de
serviços constantes da lista anexa, ainda que esses não se constituam
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

como atividade preponderante do prestador.

§ 1o O imposto incide também sobre o serviço proveniente do exterior do


País ou cuja prestação se tenha iniciado no exterior do País.

§ 2o Ressalvadas as exceções expressas na lista anexa, os serviços nela


mencionados não ficam sujeitos ao Imposto Sobre Operações Relativas à
Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços de Transporte
Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação – ICMS, ainda que sua
prestação envolva fornecimento de mercadorias.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

§ 3o O imposto de que trata esta Lei Complementar incide ainda sobre os


serviços prestados mediante a utilização de bens e serviços públicos
explorados economicamente mediante autorização, permissão ou
concessão, com o pagamento de tarifa, preço ou pedágio pelo usuário final
do serviço.

§ 4o A incidência do imposto não depende da denominação dada ao serviço


Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

prestado.

Gabarito 1. B.

2 - (Questão inédita - geral) Assinale a alternativa incorreta a respeito da


legislação municipal:
a) A incidência do ISS não depende da denominação dada ao serviço
prestado.
b) O ISS não incide sobre as exportações de serviços para o exterior do País.
c) O ISS não incide a prestação de serviços em relação de emprego e nem
sobre o autosserviço.
d) O ISS não incide sobre os serviços prestados mediante a utilização de
bens e serviços públicos explorados economicamente mediante permissão.
e) O ISS não incide sobre o valor dos depósitos bancários.
Resolução:

Já vimos que o ISS não depende do nome dado ao serviço. Caso contrário,
bastaria alterar o nome do serviço para escapar da tributação do ISS. Certo?
As exportações são protegidas pelo sistema jurídico.
As relações regidas pela CLT também não são hipótese de incidência do ISS.
Os serviços, ainda que públicos, são fatos geradores do ISS. Observe que o
serviço encampado pelo ente público fica fora da incidência por causa da
imunidade recíproca, mas essa não é a regra geral.

Gabarito 2. D.

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 3 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

3 - (Questão inédita) É prestado e tributado no local do estabelecimento


prestador ou no local do seu domicílio o seguinte serviço:
a) Instalação dos andaimes ou palcos.
b) Obras de construção civil.
c) Demolição.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

d) Conservação e manutenção de vias e logradouros públicos.


e) Tinturaria e lavanderia.
Resolução:
São todos exemplos previstos no artigo 3o, ou seja, incidentes por meio do
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

princípio da territorialidade (exceções).


O único serviço que segue a regra e sofre a incidência de acordo com a
extraterritorialidade é o serviço de tinturaria e lavanderia.

Gabarito 3. E.

4 - (Questão inédita) É prestado e tributado no local do estabelecimento


prestador ou no local do seu domicílio o seguinte serviço:
a) Decoração e jardinagem.
b) Corte e poda de árvores.
c) Controle e tratamento do efluente.
d) Informática.
e) Reflorestamento.
Resolução:
São todos exemplos previstos no artigo 3o, ou seja, incidentes por meio do
princípio da territorialidade (exceções).
O único serviço que segue a regra e sofre a incidência de acordo com a
extraterritorialidade é o serviço de informática.

Gabarito 4. D.

5 - (Questão inédita) É prestado e tributado no local do estabelecimento

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 4 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

prestador ou no local do seu domicílio o seguinte serviço:


a) Disponibilização, sem cessão definitiva, de conteúdos de áudio, vídeo,
imagem e texto por meio da internet, respeitada a imunidade de livros,
jornais e periódicos.
b) Transporte municipal de passageiros.
c) Transporte municipal de cargas.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

d) Guarda e vigilância de bens, pessoas e semoventes.


e) Limpeza e dragagem.
Resolução:
São todos exemplos previstos no artigo 3o, ou seja, incidentes por meio do
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

princípio da territorialidade (exceções).


O único serviço que segue a regra e sofre a incidência de acordo com a
extraterritorialidade é o serviço de disponibilização, sem cessão definitiva, de
conteúdos de áudio, vídeo, imagem e texto por meio da internet, respeitada a
imunidade de livros, jornais e periódicos (vulgarmente chamado de
streamming).

Gabarito 5. A.

(Questão inédita) Uma rodovia passa pelos municípios A, B, C e D, tendo dois


pedágios, em A e em C.
Os trechos da rodovia em cada município medem:

Cidade A – 10 km (alíquota de 5% para os serviços de conservação de rodovias);


Cidade B – 20 km (alíquota de 4% para os serviços de conservação de rodovias);
Cidade C – 30 km (alíquota de 3% para os serviços de conservação de rodovias);
Cidade C – 40 km (alíquota de 2% para os serviços de conservação de rodovias);
Em determinado mês, o pedágio de C arrecadou 600 mil reais e o pedágio de A
arrecadou 400 mil reais

Assinale a alternativa correta:


a) Apenas as cidades A e C serão contempladas com arrecadação de ISS
neste caso.
b) A é a cidade que mais vai arrecadar.
c) Todas as cidades terão a mesma arrecadação.
d) A cidade D arrecadará 8.000 reais no período.
e) C arrecadará 18.000.

Resolução:
Total arrecadado = 1.000.000
Distância total da rodovia = 100 km
Parcela de A = 10/100 = 0,1 à Base de Cálculo = 100.000
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 5 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

Parcela de B = 20/100 = 0,2 à Base de Cálculo = 200.000


Parcela de C = 30/100 = 0,3 à Base de Cálculo = 300.000
Parcela de D = 40/100 = 0,4 à Base de Cálculo = 400.000

ISS que cabe a A = 0,05 * 100.000 = 5.000


ISS que cabe a B = 0,04 * 200.000 = 8.000
ISS que cabe a C = 0,03 * 300.000 = 9.000
ISS que cabe a D = 0,02 * 400.000 = 8.000
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 6. D.

7 - (FGV – AL-BA – 2014) Com relação à Lei Complementar nº 116/2003 (ISS),


analise as afirmativas a seguir:
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

I. O prestador do serviço é considerado contribuinte.


II. O ISS incide sobre a exportação de serviços para fora do Brasil.
III. Ressalvadas as hipóteses específicas, se um serviço é considerado prestado,
o imposto é devido no local do estabelecimento do prestador.
Assinale:
a) se somente a afirmativa I estiver correta.
b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente a afirmativa I e III estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.
Resolução:
I. LC 116 – art 5o.
II. LC 116 – art 1o, par 1o.
III. LC 116 – art. 3o

Gabarito 7. D.

8 – (FCC – ISS-SP – 2007 – Para qualquer município) Considere as


seguintes situações:
I. uma empresa de demolição, com estabelecimento único, situado no município
de São Paulo, prestou serviços de demolição no município de Santos.
II. uma empresa de execução de serviços de decoração e jardinagem, com
estabelecimento único, situado no município de Mairiporã, prestou serviços no
município de São Paulo.
III. uma empresa de organização de festas e recepções (bufê ou buffet), com

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 6 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

estabelecimento único, situado no município de São Paulo, prestou serviços no


município de Campinas.
IV. uma empresa de dedetização, com estabelecimento único, situado no
município de Poá, prestou serviços no município de São Paulo.
Considerando as prestações de serviços descritas, o ISS é devido ao município
de São Paulo APENAS nas situações
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

a) I e III.
b) I, II e III.
c) II e III.
d) II e IV.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

e) III e IV.
Resolução: A questão serve para qualquer município.
Os serviços que não fazem parte das exceções previstas pelo artigo 3o da LC
116/03 são devidos no local do estabelecimento prestador. É o caso dos serviços
de bufê e dedetização.
Os serviços de demolição, decoração e jardinagem são devidos no local da
efetiva prestação.

Gabarito 8. C.

9 – (IADES - 2018 - CFM – Advogado) Acerca do Imposto sobre Serviços de


Qualquer Natureza (ISSQN ou ISS), assinale a alternativa correta.
a) A incidência do ISS sobre operações de locação de bens móveis é
constitucional.
b) Segundo jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, inocorre o fato
gerador da cobrança do ISS em contrato de arrendamento mercantil.
c) Para o financiamento dos fundos municipais, poderá ser criado adicional
de até cinco pontos percentuais na alíquota do ISS ou do imposto que vier
a substituí-lo, sobre serviços supérfluos.
d) O ISS não incide sobre o valor dos serviços de assistência médica.
e) No tocante à base de cálculo, o ISS incide apenas sobre a taxa de
agenciamento quando o serviço prestado por sociedade empresária de
trabalho temporário for de intermediação, devendo, entretanto, englobar
também os valores dos salários e encargos sociais dos trabalhadores por
ela contratados nas hipóteses de fornecimento de mão de obra.
Resolução:
Sumula Vinculante 31 - É INCONSTITUCIONAL a incidência de imposto sobre
serviços de qualquer natureza - ISS - sobre operações de LOCAÇÃO DE BENS
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 7 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

MÓVEIS.
No arrendamento mercantil (leasing financeiro), contrato autônomo que não é
misto, o núcleo é o financiamento, não uma prestação de dar. E financiamento é
serviço, sobre o qual o ISS pode incidir, resultando irrelevante a existência de
uma compra nas hipóteses do leasing financeiro e do lease-back. Recurso
extraordinário a que se dá provimento." (RE 592905, Relator Ministro Eros Grau,
Tribunal Pleno, julgamento em 2.12.2009, DJe de 5.3.2010)
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Sobre a alternativa C, olha o que temos no ADCT:


Art. 82. Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios devem instituir Fundos de Combate á Pobreza, com

os recursos de que trata este artigo e outros que vierem a destinar, devendo os referidos Fundos ser geridos por

entidades que contem com a participação da sociedade civil. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 31, de

2000)
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

§ 1º Para o financiamento dos Fundos Estaduais e Distrital, poderá ser criado adicional de até dois pontos

percentuais na alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços - ICMS, sobre os produtos e

serviços supérfluos e nas condições definidas na lei complementar de que trata o art. 155, § 2º, XII, da

Constituição, não se aplicando, sobre este percentual, o disposto no art. 158, IV, da Constituição. (Redação dada

pela Emenda Constitucional nº 42, de 19.12.2003)

§ 2º Para o financiamento dos Fundos Municipais, poderá ser criado adicional de até meio

pontopercentual na alíquota do Imposto sobre serviços ou do imposto que vier a substituí-lo, sobre

serviços supérfluos. (Incluído pela Emenda Constitucional nº 31, de 2000).

Atenção: o artigo 82 do ADCT não permite que a alíquota do ISS seja maior que
5%.
Os serviços de assistência médica estão no item 4 da lista de serviços.
Como já vimos na aula de teoria, o serviço de terceirização de mão de obra
engloba todo o valor pago. Diferente do serviço de intermediação de mão de
obra, no qual o intermediário será cobrado apenas sobre o valor do serviço que
prestou.

STJ - 524 - No tocante à base de cálculo, o ISSQN incide apenas

sobre a taxa de agenciamento quando o serviço prestado por sociedade

empresária de trabalho temporário for de intermediação, devendo,

entretanto, englobar também os valores dos salários e encargos sociais

dos trabalhadores por ela contratados nas hipóteses de fornecimento de


mão de obra.

Gabarito 9. E.

10 – (CONSULPLAN - 2018 - Câmara de Belo Horizonte - MG – Procurador) A


empresa Beta Construção Civil Ltda, com sede no Município Ômega, foi

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 8 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

contratada, em 2013, pelo Município Alfa, para prestar serviços de engenharia


consultiva (serviços técnicos especializados para elaboração dos projetos
executivos de implantação, material licitatório, assessoria na licitação e
gerenciamento das obras). Dos diversos e complexos serviços de engenharia uns
foram executados na sede da empresa e outros no município onde ficará a
construção. Ocorre que Beta está sendo cobrada pelos Fiscos Municipais de
Ômega e Alfa, que lhe exigem o pagamento do ISS. Na situação descrita
anteriormente
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

a) o imposto é devido no local do estabelecimento prestador, já que se trata


de serviço meramente intelectual.
b) o imposto é devido no local da construção, entendendo-se a obra como
sendo uma unidade.
c) devem ser quantificadas as diferentes etapas do contrato, buscando-se
atribuir a cada município uma base tributável.
d) o imposto sobre o serviço consultivo é devido ao município Ômega e o
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

relativo ao serviço construtivo fica com o município Alfa.


Resolução:

Trata-se do serviço descrito pelo subitem 7.19, que é devido no local da obra.

Gabarito 10. B.

11 – (Orhion Consultoria - 2018 - Prefeitura de Jaguariúna - SP - Procurador


Jurídico) Considerando as Súmulas do Supremo Tribunal Federal, em matéria
tributária, analise os Enunciados a seguir:
I - A taxa cobrada exclusivamente em razão dos serviços públicos de coleta,
remoção e tratamento ou destinação de lixo ou resíduos provenientes de
imóveis, não viola o artigo 145, II, da Constituição Federal.
II - É inconstitucional a adoção, no cálculo do valor de taxa, de um ou mais
elementos da base de cálculo própria de determinado imposto, desde que não
haja integral identidade entre uma base e outra.
III - É constitucional a incidência do Imposto sobre Serviços de Qualquer
Natureza – ISS sobre operações de locação de bens móveis.
IV - Norma legal que altera o prazo de recolhimento da obrigação tributária não
se sujeita ao princípio da anterioridade.

V - Ainda quando alugado a terceiros, permanece imune ao IPTU o imóvel


pertencente a qualquer das entidades referidas pelo art. 150, VI, “c”, da
Constituição Federal, desde que o valor dos aluguéis seja aplicado nas atividades
para as quais tais entidades foram constituídas.
Assinale a alternativa CORRETA:
a) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
b) Apenas as afirmativas II e IV estão corretas.
c) Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 9 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

d) Apenas as afirmativas I, IV e V estão corretas.


Resolução: A questão ultrapassa um pouquinho os limites do ISS, tema tratado
por esta aula, mas cobra conceitos muito importantes para a sua prova.
I. SÚMULA VINCULANTE 19: A taxa cobrada exclusivamente em razão dos
serviços públicos de coleta, remoção e tratamento ou destinação de lixo ou
resíduos provenientes de imóveis, não viola o artigo 145, II, da Constituição
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Federal.
II. SÚMULA VINCULANTE 29: É constitucional a adoção, no cálculo do valor de
taxa, de um ou mais elementos da base de cálculo própria de determinado
imposto, desde que não haja integral identidade entre uma base e outra.
III. SÚMULA VINCULANTE 31: É inconstitucional a incidência do Imposto sobre
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

Serviços de Qualquer Natureza – ISS sobre operações de locação de bens


móveis.
IV. SÚMULA VINCULANTE 50: Norma legal que altera o prazo de recolhimento de obrigação
tributária não se sujeita ao princípio da anterioridade.
V. SÚMULA VINCULANTE 52: Ainda quando alugado a terceiros, permanece imune ao IPTU o
imóvel pertencente a qualquer das entidades referidas pelo art. 150, VI, “c”, da Constituição
Federal, desde que o valor dos aluguéis seja aplicado nas atividades para as quais tais
entidades foram constituídas.

Gabarito 11. D.

12 - (CESPE - 2018 - DPE-PE - Defensor Público) A empresa BETA, operadora de


plano privado de saúde, foi notificada pelo fisco estadual em razão do não
recolhimento de ICMS relativo às operações mistas, que envolvem a prestação
de serviços associados ao fornecimento de mercadorias. Em sua defesa, a
empresa alegou que o fisco municipal entende que, nesse caso, incide o imposto
sobre serviços de qualquer natureza (ISSQN).
Considerando o entendimento majoritário e atual do Supremo Tribunal Federal,
assinale a opção correta, acerca dos impostos que poderão incidir no presente
caso.
a) No caso em tela, deve prevalecer a incidência do ICMS, afastando-se a
incidência do ISSQN sobre a operação.
b) Se os serviços prestados pela empresa em questão estiverem previstos na
lei complementar federal que dispõe sobre o ISSQN, prevalecerá a
incidência do ISSQN sobre o ICMS.
c) Incidirá, em regra, o ICMS, podendo haver a incidência do ISSQN se o
serviço estiver previsto na lei complementar federal que dispõe sobre esse
tributo, caso em que, para evitar a bitributação, o valor pago a título de
ICMS será deduzido da base de cálculo do ISSQN
d) No caso em tela, incidem tanto ICMS como o ISSQN: o ICMS incidirá

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 10 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

sobre a parcela relativa à obrigação de dar e o ISSQN incidirá sobre a


parcela referente à obrigação de fazer.
e) Há de se verificar a atividade preponderante do contribuinte: se a
atividade preponderante for o fornecimento de mercadorias, ele deve ser
tributado pelo ICMS; se for a prestação de serviços, ele será tributado
pelo ISSQN.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Resolução: Você não precisaria conhecer a jurisprudência da qual foi retirada a


questão. Na verdade, em geral, o ISS incide sobre o total da nota. Nas exceções,
o próprio serviço, na lista, prevê a incidência do ICMS sobre as mercadorias
fornecidas junto à prestação de serviços.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

"EMENTA: RECURSO EXTRAORDINÁRIO. CONSTITUCIONAL. TRIBUTÁRIO. ISSQN. ART. 156, III, CRFB/88.
CONCEITO CONSTITUCIONAL DE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA. ARTIGOS 109 E 110 DO CTN. AS
OPERADORAS DE PLANOS PRIVADOS DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE (PLANO DE SAÚDE E SEGURO-SAÚDE)
REALIZAM PRESTAÇÃO DE SERVIÇO SUJEITA AO IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA-
ISSQN, PREVISTO NO ART. 156, III, DA CRFB/88. 1. O ISSQN incide nas atividades realizadas pelas
Operadoras de Planos Privados de Assistência à Saúde (Plano de Saúde e Seguro-Saúde). [...] . 17. A lei
complementar a que se refere o art. 156, III, da CRFB/88, ao definir os serviços de qualquer natureza
a serem tributados pelo ISS a) arrola serviços por natureza; b) inclui serviços que, não exprimindo a
natureza de outro tipo de atividade, passam à categoria de serviços, para fim de incidência do
tributo, por força de lei, visto que, se assim não considerados, restariam incólumes a qualquer
tributo; e c) em caso de operações mistas, afirma a prevalência do serviço, para fim de tributação
pelo ISS. [...] 21. Sob este ângulo, o conceito de prestação de serviços não tem por premissa a
configuração dada pelo Direito Civil, mas relacionado ao oferecimento de uma utilidade para
outrem, a partir de um conjunto de atividades materiais ou imateriais, prestadas com habitualidade
e intuito de lucro, podendo estar conjugada ou não com a entrega de bens ao tomador. 22. A LC nº
116/2003 imbricada ao thema decidendum traz consigo lista anexa que estabelece os serviços tributáveis
pelo ISSQN, dentre eles, o objeto da presente ação, que se encontra nos itens 4.22 e 4.23, verbis: “Art. 1º O
Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza, de competência dos Municípios e do Distrito Federal, tem
como fato gerador a prestação de serviços constantes da lista anexa, ainda que esses não se constituam
como atividade preponderante do prestador. (…) 4.22 – Planos de medicina de grupo ou individual e
convênios para prestação de assistência médica, hospitalar, odontológica e congêneres. 4.23 – Outros
planos de saúde que se cumpram através de serviços de terceiros contratados, credenciados, cooperados
ou apenas pagos pelo operador do plano mediante indicação do beneficiário.” [...] 7. Ex positis, em sede
de Repercussão Geral a tese jurídica assentada é: “As operadoras de planos de saúde e de seguro-
saúde realizam prestação de serviço sujeita ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza –
ISSQN, previsto no art. 156, III, da CRFB/88”. 28. Recurso extraordinário DESPROVIDO. (RE 651703,
Relator(a): Min. LUIZ FUX, Tribunal Pleno, julgado em 29/09/2016, PROCESSO ELETRÔNICO
REPERCUSSÃO GERAL - MÉRITO DJe-086 DIVULG 25-04-2017 PUBLIC 26-04-2017).

Gabarito 12. B.

13 – (CESPE - 2017 - TRT - 7ª Região (CE) - Analista Judiciário –


Contabilidade) A principal finalidade do imposto sobre serviços (ISS) é a
arrecadação de recursos para o titular da competência tributária. Por esse
motivo, o ISS configura um tributo essencialmente
a) fiscal.
b) indireto.
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 11 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

c) adicional.
d) pessoal.
Resolução:
CF- Art. 146-A. Lei complementar poderá estabelecer critérios especiais de tributação, com o objetivo de

prevenir desequilíbrios da concorrência, sem prejuízo da competência de a União, por lei, estabelecer normas de

igual objetivo.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

O artigo 146-A da Constituição Federal admite a criação de tributos com


efeito extrafiscal. Ou seja, que tenha objetivos outros, que não a arrecadação
propriamente dita.
O ISS é um imposto de caráter fiscal. Seu objetivo é abastecer os cofres
municipais de recursos.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

Gabarito 13. A.

14 – (IESES - 2017 - TJ-RO - Titular de Serviços de Notas e de Registros –


Provimento) Sobre o Imposto Sobre Serviço - ISS, assinale a alternativa
INCORRETA:
O imposto incide sobre as exportações de serviços para o exterior do país.
A base de cálculo do imposto é o preço do serviço.
A alíquota máxima do ISS é 5% (cinco por cento).
O ISS tem como fato gerador a prestação de serviços constantes da lista anexa,
ainda que esses não se constituam como atividade preponderante do prestador.
Resolução: Para você que já chegou até aqui, essa questão é um passeio.
O ISS não incide sobre as exportações de serviços (a CF atribuiu à Lei
Complementar excluir o ISS das exportações de serviços).
A base de cálculo é o preço do serviço, a alíquota máxima é 5%, a alíquota
mínima é 2% e o fato gerador está na lista de serviços.

Gabarito 14. A.

15 – (FAUEL - 2017 - Câmara de Maria Helena - PR – Advogado) O Chefe do


Poder Executivo Municipal de Goiabinha encaminhou, à Câmara de Vereadores,
projeto de Lei que visa à majoração da arrecadação tributária. Dentre as
disposições legais, estão as seguintes medidas:

PRIMEIRA MEDIDA - elaboração de convênio com o Município de Juqueí, vizinho,


para que este exerça, em seu lugar, sua competência tributária, instituindo e
arrecadando o Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISS) que lhe seria
devido, ficando o Município de Goaibinha com uma “retribuição compensatória”.
A medida, na visão do Prefeito, economizaria os gastos com a arrecadação e
fiscalização.
SEGUNDA MEDIDA – Alterar a lei ordinária que instituiu o Imposto Sobre a

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 12 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

Transmissão de Bens e Imóveis (ITBI) naquele município para prever a cobrança


do tributo sobre as doações de imóveis feitas entre parentes em linha reta até o
segundo grau, e, em linha colateral, até o terceiro grau. A respeito destas
medidas, assinale a assertiva correta:
a) A PRIMEIRA MEDIDA não padece de qualquer vício de constitucionalidade
ou legalidade, podendo ser aprovada. Todavia, a SEGUNDA MEDIDA é
inconstitucional, por ser de competência dos Estados a instituição do ITBI.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

b) A PRIMEIRA MEDIDA não deverá ser aprovada, pois a competência


tributária é indelegável, salvo atribuição das funções de arrecadar ou
fiscalizar tributos. A SEGUNDA MEDIDA também não poderá ser aprovada,
pois não pode a lei tributária alterar a definição, o conteúdo e o alcance de
institutos, conceitos e formas de direito privado, utilizados, expressa ou
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

implicitamente, pela Constituição Federal para definir ou limitar


competências tributárias.
c) A PRIMEIRA MEDIDA não deverá ser aprovada, pois a competência
tributária é indelegável, salvo atribuição das funções de arrecadar ou
fiscalizar tributos. A SEGUNDA MEDIDA é inconstitucional, por ser de
competência dos Estados a instituição do ITBI.

d) A PRIMEIRA MEDIDA não padece de qualquer vício de constitucionalidade


ou legalidade, podendo ser aprovada. A SEGUNDA MEDIDA não poderá ser
aprovada, pois não pode a lei tributária alterar a definição, o conteúdo e o
alcance de institutos, conceitos e formas de direito privado, utilizados,
expressa ou implicitamente, pela Constituição Federal para definir ou
limitar competências tributárias.
Resolução: Alguns de vocês devem ter pensado: “que monte de absurdos”.
Em relação à primeira medida, competência tributária é assunto
constitucional e não pode ser delegada.
Em relação à segunda medida, as doações é Fato Gerador do ITCMD,
sendo impossível a sua cobrança pela municipalidade.
CTN, Art. 110. A lei tributária não pode alterar a definição, o conteúdo e o alcance de institutos, conceitos e

formas de direito privado, utilizados, expressa ou implicitamente, pela Constituição Federal, pelas Constituições

dos Estados, ou pelas Leis Orgânicas do Distrito Federal ou dos Municípios, para definir ou limitar competências

tributárias.

Gabarito 15. B.

16 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa correta.


a) A caracterização do fato gerador do ISS ocorre pela verificação da conta
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 13 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

utilizada para os registros da receita.


b) O ISS não incide sobre as exportações de serviços para o exterior do País.
c) O ISS incide sobre os serviços prestados mediante a utilização de bens e
serviços públicos explorados economicamente mediante autorização,
permissão ou concessão.
d) os serviços nela mencionados não ficam sujeitos ao Imposto Sobre
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços


de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação - ICMS,
ainda que sua prestação envolva fornecimento de mercadorias.
Resolução:
A identificação do fato gerador se dá pela natureza da atividade. Não
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

importa o nome do serviço ou o “nome de conta” que se crie para a


contabilização. (art. 1o).
As alternativas b e c já são nossas velhas conhecidas.
O ISS, em geral, incide sobre o total da nota fiscal. O ICMS incidirá em
companhia quando houver previsão na lista de serviços.

Gabarito 16. C.

17 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa incorreta.


a) Incide ICMS sobre a distribuição de conteúdos pelas prestadoras de
Serviço de Acesso Condicionado.
b) Incide ICMS sobre as mercadorias produzidas e fornecidas pelo prestador
do serviço no subitem 7.02.
c) Incide ISS sobre as mercadorias produzidas pelo prestador do serviço, no
subitem 7.02, quando a caminho da obra.
d) Incide o ISS sobre os serviços de composição gráfica, inclusive confecção
de impressos gráficos, fotocomposição, clicheria em qualquer hipótese.
Resolução:
Serviço de Acesso Condicionado - SeAC é o serviço de telecomunicações de interesse coletivo, prestado no

regime privado, cuja recepção é condicionada à contratação remunerada por assinantes e destinado à

distribuição de conteúdos audiovisuais na forma de pacotes, de canais de programação nas modalidades avulsa

de programação e avulsa de conteúdo programado e de canais de programação de distribuição obrigatória, por

meio de tecnologias, processos, meios eletrônicos e protocolos de comunicação quaisquer.

a. Resposta na descrição do subitem 1.09 (a distribuição de conteúdos pelas


prestadoras de Serviço de Acesso Condicionado é serviço de telecomunicações,
tributados pelo ICMS).
b. As mercadorias fornecidas pelo empreiteiro são deduzidas da Base de Cálculo
do ISS.
c. A caminho da obra, o prestador já está a serviço do tomador. Logo, o concreto
produzido por betoneiras a caminho da obra submetem-se ao ISS.
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 14 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

d. Quando inserida na cadeia do ICMS, o STF entende não haver incidência do


ISS nesses serviços gráficos.
EMENTA: CONSTITUCIONAL. TRIBUTÁRIO. CONFLITO ENTRE IMPOSTO SOBRE SERVIÇOS DE QUALQUER
NATUREZA E IMPOSTO SOBRE OPERAÇÃO DE CIRCULAÇÃO DE MERCADORIAS E DE SERVIÇOS DE
COMUNICAÇÃO E DE TRANSPORTE INTERMUNICIPAL E INTERESTADUAL. PRODUÇÃO DE AMBALAGENS
SOB ENCOMENDA PARA POSTERIOR INDUSTRIALIAÇÃO (SERVIÇOS GRÁFICOS). AÇÃO DIRETA DE
INCONSTITUCIONALIDADE AJUIZADA PARA DAR INTERPRETAÇÃO CONFORME AO ART. 1º, CAPUT E § 2º,
DA LEI COMPLEMENTAR 116/2003 E O SUBITEM 13.05 DA LISTA DE SERVIÇOS ANEXA. FIXAÇÃO DA
INCIDÊNCIA DO ICMS E NÃO DO ISS. MEDIDA CAUELAR DEFERIDA. Até o julgamento final e com eficácia apenas
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

para o futuro (ex num), concede-se medida cautelar para interpretar o art. 1º, caput e § 2º, da Lei Complementar 116/2003 e o
subitem 13.05 da lista de serviços anexa, para reconhecer que o ISS não incide sobre operações de industrialização por
encomenda de embalagens destinadas à integração ou utilização direta em processo subseqüente de industrialização ou de
circulação de mercadoria. Presentes os requisitos constitucionais e legais, incidirá o ICMS (ADI nº 4389 MC/DF, Rel. Min.
Joaquim Barbosa, De 25-5-2011).

Gabarito 17. D.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

18 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa correta.


a) O ISS incide mesmo em caso de calote.
b) A incidência do ISS depende da existência de estabelecimento fixo.
c) A incidência do ISS depende do cumprimento de determinadas exigências
legais, regulamentares ou administrativas, relativas à prestação do
serviço.
d) Na hipótese da prestação de serviços enquadrar-se em mais de uma
atividade
e) prevista na lista anexa, o ISS incidirá sobre o serviço de maior alíquota.
Resolução:
Art. 3º A incidência do imposto independe:

I - da existência de estabelecimento fixo;

II - do cumprimento de quaisquer exigências legais, regulamentares ou administrativas, relativas à prestação do

serviço;

III - do recebimento do preço ou do resultado econômico da prestação de serviços.

Art. 4º Na hipótese da prestação de serviços enquadrar-se em mais de uma atividade prevista na lista anexa,

haverá tantas incidências quantas forem as espécies de serviços.

Parágrafo único. Nos casos previstos neste artigo, o contribuinte deverá manter escrituração que permita

diferenciar as receitas específicas das várias atividades, sob pena de ser calculado o imposto mediante a

aplicação da alíquota mais elevada para os diversos serviços.

Gabarito 18. A.

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 15 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

19 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa que contem um


serviço tributado no local do estabelecimento prestador.
a) Serviços médico-hospitalares.
b) Demolição.
c) Construção de pontes.
d) Jardinagem.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

e) Controle e tratamento do efluente


Resolução: O local da prestação e da incidência está previsto no artigo 3o da LC
116/03 e no artigo 5o da lei de Guarulhos.
Serviços médico-hospitalares são os únicos das alternativas devidos no local do
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

estabelecimento prestador.

Gabarito 19. A.

20 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa que contem um


serviço tributado no local do estabelecimento prestador.
a) Reflorestamento.
b) Escoramento e contenção de encostas.
c) Guarda de automóveis.
d) Monitoramento de semoventes.
e) Serviços funerários.
Resolução: Os serviços funerários não constituem exceção à regra de incidência
no local do estabelecimento prestador.

Gabarito 20. E.

21 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa incorreta.


a) No caso de tributo fixo anual, considera-se ocorrido o fato gerador no dia
primeiro de janeiro de cada exercício, ou, em se tratando de início de
atividade, na data considerada como inicial no Cadastro Fiscal Mobiliário
deste Município.
b) No caso de serviço onde a execução seja continuada, considera-se
ocorrido o fato gerador no último dia de cada mês no qual o serviço tenha
sido executado.

c) Em geral, considera-se ocorrido do Fato Gerador quando consumada a


atividade em que consiste a prestação de serviço.
d) Em sendo a execução de uma obra continuada, considera-se ocorrido o
Fato Gerador do ISS na data de cada medição prevista.

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 16 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

Resolução:
Art. 7º Considera-se ocorrido o fato gerador:

I - no caso de tributo fixo anual, no dia primeiro de janeiro de cada exercício, ou, em se tratando de início de

atividade, na data considerada como inicial no Cadastro Fiscal Mobiliário deste Município;

II - no caso de serviço onde a execução seja continuada, no último dia de cada mês no qual o serviço tenha sido

executado;

III - nos demais casos, quando consumada a atividade em que consiste a prestação de serviço.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 21. D.

22 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa correta.


Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

a) O contribuinte poderá ser o tomador do serviço.


b) É solidária pelo recolhimento do ISS apenas a pessoa jurídica proprietária
de imóvel em relação aos serviços previstos nos subitens 7.02, 7.04, 7.05
e 7.17, que lhes forem prestados sem a documentação fiscal
correspondente e sem a prova de pagamento do imposto devido pelo
prestador de serviço.
c) É solidária pelo recolhimento do ISS a pessoa física que se utilizar de
quaisquer serviços, quando deixar de exigir do prestador a emissão de
nota fiscal de serviços, nos casos em que o prestador esteja obrigado a
emiti-la por disposição legal ou regulamentar, ou a comprovação da
inscrição no cadastro municipal competente, caso dispensado da obrigação
acima.
d) É solidário pelo recolhimento do ISS todo aquele que efetivamente
concorra para a sonegação do imposto;
Resolução:
Trocamos as pessoas para te confundir. Como é um tema que deve aparecer em
prova, pedimos que você analise a fundo o trecho abaixo.
Art. 9º São solidariamente obrigados pelo recolhimento do imposto devido ao Município de Guarulhos, observado

o disposto no art. 5º desta Lei:

I - em se tratando de pessoa física, o proprietário do imóvel, o dono da obra e o empreiteiro, em relação

aos serviços previstos nos subitens 7.02, 7.04, 7.05 e 7.17, que lhes forem prestados sem a documentação fiscal

correspondente e sem a prova de pagamento do imposto devido pelo prestador de serviço;

II - a pessoa jurídica que se utilizar de quaisquer serviços, quando deixar de exigir do prestador:

a) emissão de nota fiscal de serviços, nos casos em que o prestador esteja obrigado a emitila por disposição

legal ou regulamentar;

b) comprovação da inscrição no cadastro municipal competente, caso dispensado da obrigação acima.

III - a pessoa natural ou jurídica que tenha interesse comum na situação que tenha dado origem à

obrigação principal;

IV - todo aquele que efetivamente concorra para a sonegação do imposto;

V - o proprietário, o locador ou o cedente de locais, dependências ou espaço em bens imóveis, ainda que

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 17 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

pertencentes ou compromissados a sociedades sem fins lucrativos, utilizados para a realização de feiras,

exposições, bailes, shows, concertos, recitais ou quaisquer outros eventos de diversões, lazer,

entretenimento e congêneres, quando deixar de exigir do prestador comprovante do pagamento do imposto

devido.

Gabarito 22. D.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

23 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa incorreta.


a) Os responsáveis tributários são obrigados a emitir comprovante de
retenção do imposto ao prestador e apresentarem declaração periódica,
na forma e prazo previstos em regulamento.
b) A obrigação solidária será satisfeita se o tomador de serviços efetuar a
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

retenção do imposto devido, na alíquota aplicável, e recolhê-lo na forma e


prazo previstos em regulamento, indicando na guia de recolhimento, além
de sua identificação completa, o tipo de serviço prestado, nome e
endereço do prestador de serviços.
c) O proprietário, o locador ou o cedente de locais, dependências ou espaço
em bens imóveis, ainda que pertencentes ou compromissados a
sociedades sem fins lucrativos, utilizados para a realização de feiras,
exposições, bailes, shows, concertos, recitais ou quaisquer outros eventos
de diversões, lazer, entretenimento e congêneres, será responsável pelo
ISS devido quando deixar de exigir do prestador comprovante do
pagamento do imposto devido.
d) A pessoa natural que tenha interesse comum na situação que tenha dado
origem à obrigação principal será responsável pelo imposto devido.
e) A solidariedade comporta benefício de ordem, podendo o Fisco Municipal,
quando não satisfeito o crédito tributário, efetuar de ofício o lançamento
do imposto ao contribuinte e/ou ao obrigado de que trata este artigo.
Resolução:
a. art. 9o, par. 3o – Faz parte do dever de informação. Imagina se o contribuinte
não puder, quando fiscalizado, demonstrar que o imposto foi retido.
b. Trata-se da descrição do que se espera do responsável tributário.
d. Na alternativa d, a pessoa jurídica foi retirada do texto, mas perceba que isso
não torna a afirmação incorreta.
e. O principal significado de solidariedade está no benefício de ordem, que não é
comportado.

Gabarito 23. E.

24 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa incorreta.


a) A base de cálculo do imposto é o preço do serviço.

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 18 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

b) Quando se tratar de serviço prestado, comprovadamente, sob a forma de


trabalho exclusivamente pessoal do próprio contribuinte, configurando o
simples fornecimento de trabalho autônomo, o imposto será calculado em
bases fixas e anuais, sendo irrelevante o faturamento do prestador.
c) O autônomo pode terceirizar partes do seu serviço.
d) O autônomo deve estar inscrito no cadastro fiscal.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Resolução: Perceba que, ainda que a alternativa “b” necessite de condições


para ser verificada verdadeira, da forma genérica como foi escrita, está correta.
O autônomo deve diretamente todas as etapas do serviço.

Gabarito 24. C.
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

25 - (Questão inédita – Guarulhos) Assinale a alternativa correta.


a) Profissional autônomo pode se constituir em pessoa jurídica.
b) O desenquadramento da condição de autônomo ensejará o lançamento do
imposto com base no preço do serviço.
c) Profissional autônomo pode ser o prestador cujo serviço for de caráter
permanente e sujeito às normas de um mesmo tomador.
d) É inclusa na base de cálculo do Imposto Sobre Serviços de Qualquer
Natureza o valor dos materiais fornecidos pelo prestador dos serviços
previstos nos itens 7.02 e 7.05 da lista de serviços anexa a esta Lei
Resolução: Em Guarulhos, o profissional autônomo não pode ser pessoa
jurídica de modo algum.
O profissional autônomo presta seus serviços e assumes as suas
responsabilidades de modo pessoal
A alternativa C descreve a situação em que o profissional autônomo, a
verdade, deveria ser contratado por meio da CLT.
Guarulhos permite a dedução das mercadorias fornecidas pelo prestador
dos serviços de construção e de reforma.

Gabarito 25. B.

26 - (Questão inédita – Guarulhos) Sobre a base de cálculo relativa aos


serviços descritos pelos subitens 7.02 e 7.05, assinale a alternativa incorreta.
a) Não se inclui na base de cálculo do Imposto Sobre Serviços de Qualquer
Natureza o valor dos materiais fornecidos pelo prestador dos serviços
previstos nos itens 7.02 e 7.05 da lista de serviços anexa a esta Lei.
b) Quando os referidos serviços forem executados, comprovadamente,
através de empreitada global, em que os materiais fornecidos pelo
prestador dos serviços sejam efetivamente incorporados à obra
executada, considera-se, para o serviço de concretagem, prestado por
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 19 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

empresa especializada será admitido o abatimento de materiais de até


60% (sessenta por cento) do valor total de cada nota fiscal de serviço,
sendo dispensada a comprovação do valor abatido, desde que cumpridas
as obrigações acessórias previstas no regulamento.
c) O prestador do serviço de concretagem não poderá ultrapassar os 60% de
dedução referente às mercadorias fornecidas.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

d) No serviço de concretagem, o prestador que optar por comprovar


mensalmente o montante dos materiais efetivamente aplicados através de
documentação cabível, com o objetivo de descontar mais de 60% da base
de cálculo, deverá assumir a condição para todo o período da obra.
Resolução:
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

A norma de Guarulhos não faz qualquer limitação à parcela que pode ser
descontada dos serviços de concretagem a título de material fornecido.
Contudo, as empresas especializadas de concretagem poderão descontar
até 60% do valor sem precisar comprovar o valor abatido.
No caso de pretender descontar mais do que 60%, deverá comprovar
mensalmente o montante dos materiais efetivamente aplicados através de
documentação cabível.

Tomando essa decisão, ela deve ser mantida durante a obra inteira.

Gabarito 26. C.

27 - (Questão inédita – Guarulhos) Sobre a base de cálculo relativa aos


serviços descritos pelos subitens 7.02 e 7.05, assinale a alternativa incorreta.
a) Uma empresa especializada em concretagem pode deduzir até 60% da
base de cálculo do ISS sem comprovação do valor abatido.
b) Não se inclui na base de cálculo do Imposto Sobre Serviços de Qualquer
Natureza o valor dos materiais fornecidos pelo prestador dos serviços
previstos nos itens 7.02 e 7.05.
c) A empresa de concretagem, na qualidade de sujeito passivo, mediante
opção, poderá ultrapassar o limite percentual de abatimento de materiais
fixado, desde que comprove mensalmente o montante dos materiais
efetivamente aplicados através de documentação cabível.

d) A dedução dos materiais empregados na empreita global não podem levar


as alíquotas abaixo de 2%.
Resolução: Embora a legislação de Guarulhos apenas detalhe a forma como as
empresas de concretagem podem deduzir os materiais empregados, o parágrafo
7o do artigo 10 determina que não se inclui na base de cálculo do Imposto Sobre
Serviços de Qualquer Natureza o valor dos materiais fornecidos pelo prestador
Prof. Marcelo Tannuri
www.exponencialconcursos.com.br 20 de 21
Curso: LTM - Guarulhos
Exercícios da aula 7
Prof. Marcelo Tannuri

dos serviços previstos nos itens 7.02 e 7.05. Portanto, a empreita sempre
poderá ter a dedução da base de cálculo.
Note, ainda, que o artigo 8o-A da LC 116/03 permite que os serviços 7.02
e 7.05 tenham cargas tributárias menores de 2%.

Gabarito 27. D.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Ficamos por aqui por enquanto.


Dentro de alguns dias, postaremos mais
um arquivo semelhante a esse com mais
Cópia registrada para Adriano Augusto Cardoso Santos (CPF: 362.050.078-94)

questões.

Marcelo Tannuri

Prof. Marcelo Tannuri


www.exponencialconcursos.com.br 21 de 21