Você está na página 1de 4

Veredas da Justiça: Sermões que Edificam TEMA: A EXCELÊNCIA DE JESUS

TEXTO: HEBREUS 1.1-4 1. JESUS É A REVELAÇÃO MAIS EXCELENTE. VV.1-2


“1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos
profetas, 2 nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas 1.1 Ele é maior que os profetas que falaram sobre Ele. V.1
as coisas, pelo qual também fez o universo. 3 Ele, que é o resplendor da glória e a “1 Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos
expressão exata do seu Ser, sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, profetas”.
depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas
alturas, 4 tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do a) Eles apontavam para Cristo. Lc 24.44
que eles”. “44 A seguir, Jesus lhes disse: São estas as palavras que eu vos falei, estando ainda
convosco: importava se cumprisse tudo o que de mim está escrito na Lei de Moisés, nos
EXÓRDIO Profetas e nos Salmos”.

Jonathan Edwards falou sobre a excelência de Cristo, dizendo que: b) Eles esperavam o Cristo. Lc 10.24
“24 Pois eu vos afirmo que muitos profetas e reis quiseram ver o que vedes e não viram; e
Na Pessoa de Cristo reúnem-se infinita glória e a mais profunda humildade, encontram- ouvir o que ouvis e não o ouviram”.
se majestade infinita e mansidão transcendente, a mais profunda reverência para com
Deus e igualdade com Deus, infinito mérito de boa e maior paciência sob os sofrimentos c) Eles foram salvos pela graça de Cristo. At 15.11
de males, estão conjugados um espírito superior de obediência, com supremo domínio “ Mas cremos que fomos salvos pela graça do Senhor Jesus, como também aqueles o
11

sobre o Céu e a Terra, estão reunidas a absoluta soberania e a perfeita resignação, foram”.
reúnem-se a autossuficiência, e uma inteira esperança e confiança em Deus, o que é
outro conjunto peculiar à Pessoa de Cristo (EDWARDS, Jonathan. A Excelência de Aplicação: Jesus é a mais excelente revelação de Deus, porque Ele é o próprio Deus.
Cristo. Extraído de: <http://oestandartedecristo.com/ebook/141/a-excelencia-de-cristo- Todos os profetas, apóstolos e demais escritores que escreveram sobre Ele não podem
por-jonathan-edwards>Acessoem03/11/2018). se comparar ao Senhor. Porque todos eles apenas fizeram uma descrição limitada sobre
Ele, porém, todos dependeram Dele. Não coloque a glória de Cristo em nenhum homem.
Cristo é excelente, devido a isto não pode ser relegado a segundo plano. Precisamos Todo homem mesmo que seja servo de Deus tem os pés de barro, a Cristo seja dada
honrá-lo com toda a nossa vida. Temos feito isso? toda a glória.

NARRAÇÃO 1.2 Ele é o ápice da revelação de Deus. V.2

A carta aos Hebreus trata da excelência de Cristo, ou seja, Ele é superior aos anjos, a) Porque Ele é o Filho de Deus. V.2a
Moisés. Arão e a todo o ministério sacerdotal do Antigo Testamento, porque o AT traz um “ nestes últimos dias, nos falou pelo Filho [...]”
2

caráter temporário das ordenanças, desta forma a Nova aliança não é contrária à antiga,
mas apresenta o seu cumprimento. Devido a isto os cristãos não poderiam servir a Cristo b) Porque Ele é o herdeiro de tudo. V.2b
e as cerimônias antigas, alguns cristãos judeus estavam sendo tentados, devido as “[...] a quem constituiu herdeiro de todas as coisas [...]”
perseguições das lideranças judaicas, à retornar ao judaísmo, o autor assim está falando
de Cristo como superior, mais excelente do que todos os rituais ou cerimonias da religião c) Porque Ele é o Deus criador. V.2c
judaizante, sobre este assunto iremos extrair algumas lições tendo como base o tema “[...] pelo qual também fez o universo”.
abaixo.
Aplicação: Cristo é a revelação de Deus no seu mais alto grau, Ele é o Filho de Deus, “18 Por isso, pois, os judeus ainda mais procuravam matá-lo, porque não somente violava
por isso é igual a Deus (Jo 5.18), Ele é o dono de tudo, por isso sem Ele nada podemos o sábado, mas também dizia que Deus era seu próprio Pai, fazendo-se igual a Deus” (Jo
fazer (Jo 15.5), para alcançarmos a herança eterna precisamos estar Nele, diferente do 5.18).
que dizem alguns, Ele não é uma criatura, Ele é o criador. Você já conhece este Jesus?
Se não o conhece, convido-o para conhece-lo neste instante. b) Ele é Deus que Revela o Pai. Cl 1.15
“ Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação”.
15

2. JESUS É O SER MAIS EXCELENTE. V.3


c) Ele é Deus presente com o povo do Pai. Mt 1.23
2.1 Ele no seu Ser é o resplendor da glória do Pai. V.3a “ Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de
23

“Ele, que é o resplendor da glória [...]” Emanuel (que quer dizer: Deus conosco)”.

a) Ele possui a mesma glória do Pai. Jo 17.4-5 Aplicação: Cristo não é parecido com Deus, Ele é exatamente Deus, revela o Pai e está
“4 Eu te glorifiquei na terra, consumando a obra que me confiaste para fazer; 5 e, agora, presente com o seu povo. Jesus é Deus conosco, presente e atuante, Ele não traz uma
glorifica-me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que eu tive junto de ti, antes que aparência da divindade, Ele é totalmente divino, para conhecer a Deus, você precisa de
houvesse mundo”. Jesus. Somente os que Ele quiser revelar é que conhecerão a Deus e serão salvos.
Você quer este Cristo perfeito em sua vida?
b) Ele leva o seu servo a ver a sua glória. Jo 12.39-41
“39 Por isso, não podiam crer, porque Isaías disse ainda 40 Cegou-lhes os olhos e 2.3 Ele no seu Ser é o Sustentador da criação. V.3c
endureceu-lhes o coração, para que não vejam com os olhos, nem entendam com o
coração, e se convertam, e sejam por mim curados. 41 Isto disse Isaías porque viu a a) O sustento Dele se estende a tudo. V.3c
glória dele e falou a seu respeito”. “[...] sustentando todas as coisas [...]”

c) Ele quer que o seu povo viva para a sua glória. I Co 10.31 b) O sustento Dele se dá pela sua Palavra. V.3c
“31 Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a “[...] pela palavra [...]”
glória de Deus”.
c) O sustento Dele se dá por causa do seu poder. V.3c
Aplicação: Quando o autor diz que Ele é o resplendor da glória de Deus, está dizendo [...] do seu poder [...]”
que Ele é o próprio Deus, a Bíblia diz que Deus não divide a sua glória com ninguém,
mas dividiu com o seu Filho, pois Ele é igual a Deus, muitos homens viram um lampejo Aplicação: Jesus sustenta tudo, a nossa vida depende totalmente Dele. Ele quem
da glória de Deus e foram transformados. Mas, Deus quer que outros vejam a sua glória providencia o que é necessário à nossa sobrevivência, Ele não apenas criou, mas
em nós pelo nosso viver. Cristo tem resplandecido em nós? também preserva com vida (Ne 9.6), não ande ansioso de coisa alguma, pois o teu
sustento depende deste Deus maravilhoso. Você pode correr, se esforçar, lutar, mas a
2.2 Ele no seu Ser é a Expressão exata do Ser do Pai. V.3b tua provisão Deus dá enquanto você dorme, isto não quer dizer que você deva ser
“[...] a expressão exata do seu Ser [...]” preguiçoso, mas se envolver no trabalho para entender que nossa responsabilidade está
dentro da vontade de Deus. Descanse em Deus, o teu sustento e de todo o universo vem
a) Ele é Deus com o Pai e como o Pai. Jo 1.1. Jo 5.18 Deus!

“1 No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus” (Jo 1.1). 3. JESUS É O SACRIFÍCIO MAIS EXCELENTE. V.3d
depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas
alturas,
Aplicação: O sacrifício de Jesus foi perfeito e definitivo, quando diz que Ele se assentou,
3.1 O seu sacrifício trouxe perdão definitivo para os pecadores. V.3d está tratando deste caráter perfeito e definitivo do sacrifício de Cristo. Quando alguém
“[...] depois de ter feito a purificação dos pecados [...]” tentar lhe dizer que precisas pagar o preço para ser salvo, lembre que este preço já foi
pago por Jesus na cruz de modo perfeito, a salvação é como um presente de Deus, nós
a) Ele perdoa todos aqueles que aceitam o seu sacrifício, convertendo-se a Ele. At não compramos nem merecemos, apenas recebemos. Você já recebeu esta salvação
3.19-20 que Jesus comprou para você? Receba hoje pela fé Nele.
“19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos para serem cancelados os vossos pecados,20 a
fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o 3.3 O seu sacrifício deu livre acesso a trono de Deus. V.3d
Cristo, que já vos foi designado, Jesus”. [...] à direita da Majestade, nas alturas [...]”

b) Ele perdoa e não passa em rosto os pecados do passado. Is 43.25 a) Ele à direita de Deus governa a igreja. Ap 1.20
“ Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus
25 “ Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direita e aos sete
20

pecados não me lembro”. candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros
são as sete igrejas”.
c) Ele perdoa para que os perdoados perdoem também. Cl 3.13
“ Suportai-vos uns aos outros, perdoai-vos mutuamente, caso alguém tenha motivo de
13 b) Ele à direita de Deus coopera com a igreja. Mc 16.20
queixa contra outrem. Assim como o Senhor vos perdoou, assim também perdoai vós”. “20 E eles, tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles o Senhor e
confirmando a palavra por meio de sinais, que se seguiam”.
Aplicação: O sacrifício de Cristo trouxe o perdão definitivo de pecados para o que Nele c) Ele à direita de Deus intercede pela igreja. Rm 8.34
crê, e não importa como foi sua vida no passado, Jesus perdoa e esquece (não passa “34 Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o
em rosto), mas aqueles que Ele perdoou também perdoar. Quem somos nós para não qual está à direita de Deus e também intercede por nós”.
perdoar quem nos ofendeu, se nós ofendemos a Deus e Ele nos perdoou, libere perdão
neste instante. Aplicação: O sacrifício de Cristo nos deu livre acesso ao trono da graça, pois temos um
homem lá nos representando (I Tm 2.5), lá do seu trono Ele governa a sua igreja, ou
3.2 O seu sacrifício foi perfeito de uma vez por todas. V.3d seja, a igreja não pode ter um dono humano, quem é o dono da igreja é Jesus. Ele do
“[...] assentou-se [...]” trono de glória coopera com a igreja, devido a isto pessoas se convertem, somos
transformados, é Ele agindo na igreja. Ele faz uma intercessão constante por nós, por
a) O sacrifício realizado pelos sacerdotes do Antigo Testamento eram feitos em pé isso podemos orar na certeza que nossas orações são ouvidas e podemos dizer que
indicando continuidade. Gn 18.8 temos certeza de salvação, pois Jesus intercede por nós constantemente. Somente
“8 Tomou também coalhada e leite e o novilho que mandara preparar e pôs tudo diante Cristo é o nosso mediador! Se alguém lhe ensinou que existe mais alguém fora Jesus
deles; e permaneceu de pé junto a eles debaixo da árvore; e eles comeram”. intercedendo por nós no céu, esta pessoa está errada, volte para Jesus e viva para Ele!

b) O sacrifício realizado por Cristo, depois de realizado Ele se assentou indicando 4. JESUS É O NOME MAIS EXCELENTE. V.4
consumação. V.3d “4 tendo-se tornado tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que
“[...] assentou-se [...]” eles”.

c) O sacrifício realizado por Cristo pagou a nossa divida. Cl 2.14 4.1 O nome de Jesus é superior a qualquer outro. Fl 2.9-11
“14 tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de
ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz”. a) O Pai lhe deu este nome superior. V.9
“9 Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu o nome que está acima de Aplicação: Deus somente aceita o que fizermos para Ele se fizermos em nome de
todo nome”. Jesus. Nossa oração não é em nome de santos, anjos ou qualquer outra coisa, mas
somente em nome de Jesus. Para louvar precisamos estar em Cristo, para que o nosso
b) O Pai lhe deu este nome para que todos o adorem prostrados. V.10 arrependimento seja verdadeiro precisamos entregar a vida a Cristo. Você já está em
“10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da Cristo? Já teve um encontro com Ele?
terra”.
4.3 O nome de Jesus é o único que traz salvação. At 4.11-12
c) O Pai lhe deu este nome para que todos o confessem como Senhor. V.11 “11 Este Jesus é pedra rejeitada por vós, os construtores, a qual se tornou a pedra
“ e toda língua confesse que Jesus Cristo é Senhor, para glória de Deus Pai”.
11 angular. 12 E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe
nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”.
Aplicação: O nome de Jesus é incomparável, pois está acima de todo nome, e um dia
todos os joelhos se dobrarão e todas as línguas confessarão que Jesus é o Senhor. a) A sua salvação é graciosa. Ef 2.8-9
Estarão ali os profetas, os apóstolos, os pais da igreja, os reformadores, os grandes “8 Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de
avivalistas; também os ímpios como Nabucodonosor, Herodes, Nero, Caligula, Deus; 9 não de obras, para que ninguém se glorie”.
Domiciano, Deocleciano, Hitler, Fidel Castro, Nietzsche, Kant, Guevara, doutores,
analfabetos, anjos, demônios, salvos e perdidos, todos dizendo em alto e bom som: b) A sua salvação é por meio da fé. Rm 3.28
JESUS CRISTO É O SENHOR! Um detalhe interessante é que quem não confessá-lo “28 Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé, independentemente das obras
aqui como Senhor, naquele dia irá confessá-lo para condenação. Você vai querer da lei”.
confessar Cristo aqui como Senhor para salvação ou apenas naquele dia para
condenação? c) A sua salvação produz uma vida de boas obras. Ef 2.10
“10 Pois somos feitura dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus de
4.2 O nome de Jesus é a garantia da resposta de Deus. II Co 1.19-20 antemão preparou para que andássemos nelas”.
“19 Porque o Filho de Deus, Cristo Jesus, que foi, por nosso intermédio, anunciado entre
vós, isto é, por mim, e Silvano, e Timóteo, não foi sim e não; mas sempre nele houve o Aplicação: Não há salvação fora de Cristo. Jesus conquistou esta salvação para nós e
sim. 20 Porque quantas são as promessas de Deus, tantas têm nele o sim; porquanto nos oferece gratuitamente, mas engana-se que a salvação pela graça sem mérito
também por ele é o amém para glória de Deus, por nosso intermédio”. humano é uma carta branca para pecar, de jeito nenhum! A salvação produz no salvo
uma vida de boas obras. Você já é um salvo? Já vive uma vida de boas obras, de
a) A nossa oração deve ser realizada em nome de Jesus. Jo 14.13-14 obediência a Deus?
“ E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado
13

no Filho. 14 Se me pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei”. CONCLUSÃO


Nesta mensagem vimos a excelência de Jesus, pudemos algumas verdades: Primeira,
b) O nosso louvor deve ser entregue em nome de Jesus. Hb 13.15 Ele é a revelação, o Ser, o sacrifício e o nome mais excelentes. Qual o lugar que Ele tem
“15 Por meio de Jesus, pois, ofereçamos a Deus, sempre, sacrifício de louvor, que é o ocupado no teu coração? Você o serve exclusivamente? Busca render a Ele toda a glória
fruto de lábios que confessam o seu nome”. e louvor? Volte para Cristo hoje e viva para a sua glória. Pense nisso e que Deus
abençoe!
c) O nosso arrependimento deve ser pelo nome de Jesus. Lc 24.47
“47 e que em seu nome se pregasse arrependimento para remissão de pecados a todas AUTOR: Missº Veronilton Paz da Silva
as nações, começando de Jerusalém”.