Você está na página 1de 26

Capítulo 14

Equilíbrio Químico
• Conceito de Equilíbrio e de Constante
de Equilíbrio
• Expressões para a Constante de Equilíbrio
• Relação entre Cinética Química e Equilíbrio
Químico
• Que Informação nos Dá a Constante
de Equilíbrio
• Factores que Afectam o Equilíbrio Químico

Copyright © McGraw-Interamericana de España. Autorização necessária para reprodução ou utilização


N2O4 (g) 2NO2 (g)

equilíbrio
equilíbrio
equilíbrio

Início com NO2 Início com N2O4 Início com NO2 e N2O4

14.1
Equilíbrio ― estado em que não existem alterações
observáveis ao longo do tempo.

O equilíbrio químico é alcançado quando:


• As velocidades das reacções directa e inversa forem iguais; e
• As concentrações dos reagentes e dos produtos não
variarem com o tempo.

Equilíbrio físico

H2O (l) H2O (g)

Equilíbrio químico

N2O4 (g) 2NO2 (g)

14.1
N2O4 (g) 2NO2 (g)

equilíbrio
equilíbrio
equilíbrio

Início com NO2 Início com N2O4 Início com NO2 e N2O4

14.1
constante

14.1
[NO2]2
N2O4 (g) 2NO2 (g) K= = 4,63 × 10–3
[N2O4]

aA + bB cC + dD

[C]c[D]d
K= Lei da Acção das Massas
[A]a[B]b

O equilíbrio irá provocar:

K >> 1 Deslocação para a direita Favorece os produtos

K << 1 Deslocação para a esquerda Favorece os reagentes

14.1
O equilíbrio homogéneo aplica-se a reacções em que
todas as espécies envolvidas se encontram na mesma fase.

N2O4 (g) 2NO2 (g)

[NO2] 2 PNO
2
2
Kc = Kp =
[N2O4] PN O2 4

Na maioria dos casos

Kc ≠ Kp
aA (g) + bB (g) cC (g) + dD (g)

Kp = Kc(RT)∆n

∆n = moles de produtos gasosos – moles de reagentes gasosos


= (c + d) – (a + b)
14.2
Equilíbrio Homogéneos

CH3COOH (aq) + H2O (l) CH3COO– (aq) + H3O+ (aq)

[CH3COO–][H3O+]
K‘c = [H2O] = constante
[CH3COOH][H2O]

[CH3COO–][H3O+]
Kc = = K‘c [H2O]
[CH3COOH]

Repare que é comum não incluir


unidades na constante de equilíbrio.

14.2
As concentrações de equilíbrio para a reacção entre o monóxido
de carbono e o cloro molecular para formar COCl2 (g) a 740C são
[CO] = 0,012 M, [Cl2] = 0,054 M e [COCl2] = 0,14 M. Calcule
as constantes de equilíbrio Kc e Kp.

CO (g) + Cl2 (g) COCl2 (g)

[COCl2] 0,14
Kc = = = 220
[CO][Cl2] 0,012 × 0,054

Kp = Kc(RT)∆n

∆n = 1 – 2 = –1 R = 0,0821 T = 273 + 74 = 347 K

Kp = 220 × (0,0821 × 347)–1 = 7,7

14.2
A constante de equilíbrio Kp para a reacção

2NO2 (g) 2NO (g) + O2 (g)

é 158 a 1000K. Qual é a pressão de equilíbrio do O2 se PNO = 0,400 atm e


PNO2 = 0,270 atm?

2
PNO PO 2
Kp = 2
PNO 2

2
PNO
PO2 = Kp 2
2
PNO

PO2 = 158 × (0,270)2/(0,400)2 = 72 atm

14.2
O equilíbrio heterogéneo aplica-se a reacções nas quais os reagentes
e os produtos estão em fases diferentes.

CaCO3 (s) CaO (s) + CO2 (g)

[CaO][CO2] [CaCO3] = constante


K‘c =
[CaCO3] [CaO] = constante

[CaCO3] Kp = PCO2
Kc = [CO2] = K‘c ×
[CaO]

As concentrações de sólidos e líquidos puros não estão


incluídos na expressão da constante de equilíbrio.

14.2
CaCO3 (s) CaO (s) + CO2 (g)

PCO 2 = Kp

PCO 2 não depende da quantidade de CaCO3 ou CaO

14.2
Considere o seguinte equilíbrio a 295 K:

NH4HS (s) NH3 (g) + H2S (g)

A pressão parcial de cada gás é 0,265 atm. Calcule Kp e Kc da reacção?

Kp = P NH PH S = 0,265 × 0,265 = 0,0702


3 2

Kp = Kc(RT)∆n

Kc = Kp(RT)–∆n

∆n = 2 – 0 = 2 T = 295 K

Kc = 0,0702 × (0,0821 × 295)–2 = 1,20 × 10–4

14.2
Se somarmos duas reacções o que acontece a K ?

A+B C+D K‘c [C][D] [E][F]


K‘c = K‘‘c =
C+D E+F K‘c‘ [A][B] [C][D]

Kc [E][F]
A+B E+F Kc =
[A][B]
Kc = K‘c x K‘c‘

Se a reacção puder ser expressa como a soma de


duas ou mais reacções, a constante de equilíbrio
para a reacção global é dada pelo produto das
constantes de equilíbrio de cada uma das reacções.

14.2
Se invertermos uma reacção o que acontece a K ?

N2O4 (g) 2NO2 (g) 2NO2 (g) N2O4 (g)

[NO2]2 [N2O4] 1
K= = 4,63 × 10 –3
K‘ = = = 216
[N2O4] [NO2] 2 K

Quando a equação da reacção reversível for


escrita no sentido oposto, a constante de equilibrío
é o inverso da constante de equilíbrio original.

14.2
Escrever Constante de Equilíbrio

• Na fase condensada, as concentrações das espécies reagentes são


expressas em M (mol/L); em fase gasosa, as concentrações podem
ser expressas em M ou em atm.

• As concentrações de sólidos puros, líquidos puros e solventes não


aparecem nas expressões da constante de equilíbrio.

• A constante de equilíbrio é tratada como uma quantidade adimenional.

• Ao atribuirmos um valor à constante de equilíbrio, devemos especificar


as equações acertadas e a temperatura.

• Se uma reacção puder ser expressa como a soma de duas ou mais


reacções, a constante de equilíbrio da reacção global é dada pelo
produto das constantes de equilíbrio das reacções individuais.

14.2
O quociente relaccional (Qc ) calcula-se substituindo as concentrações
iniciais de reagentes e de produtos na expressão da constante de
equilíbrio (Kc).
SE
• Qc < Kc ⇒ O sistema evolui da esquerda para a direita (consumindo
reagentes, formando produtos) até se atingir o equilíbrio.
• Qc = Kc ⇒ O sistema está em equilíbrio.
• Qc > Kc ⇒ O sistema evolui da direita para a esquerda (consumindo
produtos, formando reagentes) até se atingir o equilíbrio.

14.4
A 12800C a constante de equilíbro (Kc) da reacção

Br2 (g) 2Br (g)

é 1,1 × 10–3. Se as concentrações iniciais forem [Br2] = 0,063 M e [Br] =


= 0,012 M, calcule as concentrações destas espécies no equilíbrio.

Seja x a variação na concentração de Br2

Br2 (g) 2Br (g)

Inicial (M) 0,063 0,012

Variação (M) –x +2x

Equilíbrio (M) 0,063 – x 0,012 + 2x

[Br]2 (0,012 + 2x)2 Resolva em


Kc = Kc = = 1,1 × 10 –3
ordem a x
[Br2] 0,063 - x

14.4
(0,012 + 2x)2
Kc = = 1,1 × 10–3
0,063 – x

4x2 + 0,048x + 0,000144 = 0,0000693 – 0,0011x

4x2 + 0,0491x + 0,0000747 = 0


x = – 0,0105
–b ± √ b – 4ac
2
ax + bx + c = 0
2 x=
2a
x = – 0,00178
Br2 (g) 2Br (g)
Inicial (M) 0,063 0,012
Variação (M) –x +2x
Equilíbrio (M) 0,063 – x 0,012 + 2x

Em equilíbrio, [Br] = 0,012 + 2x = –0,009 M ou 0,00844 M

Em equilíbrio, [Br2] = 0,062 – x = 0,0648 M


14.4
Cálculo das Concentrações de Equilíbrio

1. Exprimir as concentrações de todas as espécies no equilíbrio


em função das concentrações iniciais e de uma única incógnita
x, que representa a variação na concentração.

2. Escrever a expressão da constante de equilíbrio em função


das concentrações no equilíbrio. Conhecendo o valor da
constante de equilíbrio, resolver em ordem a x.

3. Depois de resolver em ordem a x, calcular as concentrações


de todas as espécies no equilíbrio.

14.4
Princípio de Le Châtelier
Se um sistema em equilíbrio for perturbado externamente, o sistema
ajusta-se de forma a minimizar a acção dessa perturbação.

• Variações na Concentração

N2 (g) + 3H2 (g) 2NH3 (g)

Deslocação
do equilíbrio Adicionar
para a esquerda NH3
para compensar
a perturbação

14.5
Princípio de Le Châtelier
• Variações na Concentração (continuação)

aA + bB cC + dD

Alteração Deslocações no equilíbrio

Aumenta a concentração de produto(s) esquerda


Diminui a concentração de produto(s) direita

Aumenta a concentração de reagente(s) direita


Diminui a concentração de reagente(s) esquerda

14.5
Princípio de Le Châtelier

• Alterações no Volume e na Pressão

A (g) + B (g) C (g)

Alteração Deslocações do Equilíbrio


Aumento da pressão Lado com menos moles de gás
Diminuição da pressão Lado com mais moles de gás
Aumento do volume Lado com mais moles de gás
Diminuição do volume Lado com menos moles de gás

14.5
Princípio de Le Châtelier
• Alterações na Temperatura

Reacção Reacção
Alteração Exotérmica Endotérmica
Aumento da temperatura K diminui K aumenta
Diminuição da temperatura K aumenta K diminui

mais frio mais quente


14.5
Princípio de Le Châtelier
•Adição um catalisador
Não altera a constante de equilílibrio K
Não desvia a posição de um sistema em equilíbrio
O sistema atinge o equilíbrio mais cedo

Energia potencial
Energia potencial

não catalisada catalisada


Progresso da reacção Progresso da reacção

O catalisador diminui a Ea para as reacções directa e inversa.


O catalisador não altera a constante de equilíbrio nem desloca o equilíbrio.
14.5
Princípio de Le Châtelier

Deslocação Alteração da constante


Alteração no equilíbrio de equilíbrio

Concentração sim não

Pressão sim não

Volume sim não

Temperatura sim sim

Catalisador não não

14.5