Você está na página 1de 46
Prof. Dr. Diogo Rodrigues 010117368@prof.uninassau.edu.br
Prof. Dr. Diogo Rodrigues 010117368@prof.uninassau.edu.br
Prof. Dr. Diogo Rodrigues 010117368@prof.uninassau.edu.br

Prof. Dr. Diogo Rodrigues

Objetivos

Desenvolver noções básicas de programação de computadores.
Desenvolver noções básicas de
programação de computadores.
Estruturar algoritmos;
Estruturar algoritmos;
Descrever a lógica de programação estruturada;
Descrever a lógica de programação
estruturada;
Aplicar conceitos e desenvolver algoritmos usando uma linguagem de programação estruturada.
Aplicar conceitos e desenvolver
algoritmos usando uma linguagem de
programação estruturada.

Referências

Referências
Referências

Visão Geral

Visão Geral

O que é um

computador?

O que é um Computador?

Segundo o dicionário Aulete:

Aparelho eletrônico que funciona a partir de princípios matemáticos e pode ser programado para desempenha tarefas

variadas, como armazenar, buscar,

processar, classificar, organizar, formara e apresentar dados, inclusive impressos.

Processamento de dados

A principal finalidade computador é realizar a tarefa de processamento

Processamento de dados A principal finalidade computador é realizar a tarefa de processamento
Algoritmo • Sequência de passos que visa atingir um objetivo definido (Forbellone, 1999); • Algoritmo

Algoritmo

Sequência de passos que visa atingir um objetivo

definido (Forbellone, 1999);

Algoritmo é uma sequência finita de instruções ou

operações cuja execução, em tempo finito, resolve um problema computacional

(SALVETTI, 1999).

Exemplo 1 • Escreva um algoritmo para soma de três números. • Passo 1: Receber
Exemplo 1 • Escreva um algoritmo para soma de três números. • Passo 1: Receber

Exemplo 1

Escreva um algoritmo para soma de três números.

Passo 1: Receber os três números;

Passo 2: Somar três números;

Passo 3: Mostrar o resultado obtido.

Exemplo 2

Escreva um algoritmo para realizar a troca de uma lâmpada.

Exemplo 2 Escreva um algoritmo para realizar a troca de uma lâmpada.

Algoritmo

Vocês poderiam dar mais algum exemplo de algoritmo?

Algoritmo Vocês poderiam dar mais algum exemplo de algoritmo?
Algoritmo
Algoritmo
Algoritmo • Um algoritmo é um “caminho” para solução de um problema e, em geral, existem

Um algoritmo é um “caminho” para solução de um problema e, em geral, existem muitos caminhos que levam a solução satifátoria.

Métodos para

construção de

algoritmos

Ler atentamente o enunciado, destacando os pontos mais importante;

Ler atentamente o enunciado, destacando os pontos mais importante;

Definir os dados de entrada

Definir os dados de entrada

Definir o processamento, ou seja, quais cálculos são efetuados e quais as restrições para esse

Definir o processamento, ou seja, quais cálculos são efetuados e quais as restrições para esse cálculo;

Definir os dados de saída;

Definir os dados de saída;

Construir o algoritmo;

Construir o algoritmo;

Testar o algoritmo realizando simulações

Testar o algoritmo realizando simulações

Tipos de representação do algoritmo

Descrição narrativa;
Descrição narrativa;
Fluxograma;
Fluxograma;
Pseudocódigo ou Portugal;
Pseudocódigo ou Portugal;

Descreve o algoritmo utilizando

linguagem natural ( por exemplo a

língua portuguesa);

Descrição

Narrativa

Vantagem: não é preciso aprende

nenhum conceito novo;

Desvantagem: Dificuldade para

transcrever o algoritmo para um programa;

Fluxograma Utiliza símbolos gráficos para representar o algoritmo Vantagem: • O entendimento de elementos gráficos

Fluxograma

Utiliza símbolos gráficos para representar o algoritmo

Vantagem:

O entendimento de elementos gráficos é

mais fácil que o entendimento de texto.

Desvantagem:

O algoritmo resultante do fluxograma não

apresenta muitos detalhes, dificultando a

sua transcrição para um programa

Fluxograma

Elementos

gráficos

Fluxograma – Elementos gráficos

O que é um

programa ?

O que é um programa ?

Estudo

realizado pelo

Estudo realizado pelo TIOBE Software

Introdução

Linguagem criada por Brian Kernighan e Dennis M. Ritchie em 1972;
Linguagem criada por Brian Kernighan e Dennis M.
Ritchie em 1972;
Criada a partir da linguagem B;
Criada a partir da linguagem B;
Linguagem de alto nível, porém possui instruções de baixo nível;
Linguagem de alto nível, porém possui instruções de
baixo nível;
Foi desenvolvido com o objetivo de ser usada para desenvolver o sistema operacional UNIX;
Foi desenvolvido com o objetivo de ser usada para
desenvolver o sistema operacional UNIX;
É uma dais linguagens mais usadas, influenciando o desenvolvimento de outras linguagens
É uma dais linguagens mais usadas, influenciando o
desenvolvimento de outras linguagens

Introdução

Linguagem Compilada;
Linguagem Compilada;
Linguagem Estruturada possui três estruturas: sequência, decisão e repetição, além de funções e sub-rotinas;
Linguagem Estruturada possui três
estruturas: sequência, decisão e
repetição, além de funções e sub-rotinas;
Geração de código eficiente;
Geração de código eficiente;
Pode ser usada para escrever compiladores, editores de textos, sistemas operacionais, etc.;
Pode ser usada para escrever
compiladores, editores de textos, sistemas
operacionais, etc.;

Características

Dados compostos em forma estruturada;

Total interação com o sistema operacional;

Código compacto e rápido, quando comparado ao código de outras linguagens de alto nível;

Linguagem fortemente tipada;

Permite a manipulação de bits, bytes e

endereços;

Verificação dos limites do vetor é de responsabilidade do programador;

Baixo repertorio de palavras reservadas;

Programas em C

Todo programa C consiste em uma ou mais funções/procedimentos;

A única função que precisa estar presente é main(), que é a primeira função a ser chamada na execução do programa; Estrutura básica de um programa C:

1.

Inclusão de bibliotecas (quando necessário);

2.

Declaração das constantes (quando necessário);

3.

Declaração de variáveis (quando necessário);

4.

Sequência de comandos.

Bibliotecas

Biblioteca é uma série de funções já prontas;
Biblioteca é uma série de funções
já prontas;
Todo compilador C vem com uma biblioteca C padrão de funções prontas para as tarefas
Todo compilador C vem com uma
biblioteca C padrão de funções
prontas para as tarefas mais
comuns;
Quando se usa funções de bibliotecas, o compilador gera um código que memoriza o nome
Quando se usa funções de
bibliotecas, o compilador gera um
código que memoriza o nome da
função chamada;