Você está na página 1de 7

A importância das brincadeiras antigas na Educação

Infantil
Adriele Cardoso Siqueira - 1810568
Andréia de Souza Brelaz - 1814170
Cleuciane Batista Galúcio - 1810880
Cleusa Marinho Pinto - 1814188
Jéssica Rodrigues da Silva - 1829885
Maria Auxiliadora Borges Caetano - 1840485
Mailson Barbosa da Figueira - 1844994
Rodolfo Barros da Silva - 1819166
Suelen Santos da Silva - 1822093
Valdenizis Silva de Sousa - 1826694

Oriximiná - Pará
2019
Tema:

Brincadeiras do tempo da vovó

Situação Problema:

Na era da tecnologia, os jogos e brincadeiras tradicionais e


convencionais são gradativamente substituídos pelos jogos e
brincadeiras virtuais (SCHAFRANSKI e LIMA, 2012).

Justificativa:

Brincar é onde se desperta a imaginação e a prática essencial para


que as crianças aprendam a ter respeito por seus colegas, ganhar e
perder, trabalhar em equipe, entre outros.

2
Público-alvo:
Alunos da Educação Infantil
Objetivo geral:

• Conhecer e resgatar as brincadeiras mais antigas e trazê-las para os


dias atuais, assim possamos mostrar e adaptarmos dentro do
cotidiano escolar.

Objetivos específicos:
• Recuperar as brincadeiras que eram feitas na época dos pais e avós;
• Desenvolver a linguagem oral;
• Usar essas atividades para promover o enriquecimento cultural;
• Trabalhar a importância das tradições;
• Aprimorar a coordenação motora fina por meio da confecção de
trabalhos manuais;
• Incentivar a interação afetiva e a socialização entre criança e família;
• Desenvolver a consciência corporal.

3
Percurso metodológico
1a Etapa - Indicar com uma roda de conversa, fazendo uma sondagem
com crianças sobre o tema do projeto.
2 a Etapa - Confeccionar cartaz com uma lista das brincadeiras preferidas
pelas crianças.

3a Etapa - Elaborar um questionário juntamente com as crianças para


encaminhar para os pais, buscando informações sobre o tema.
4a Etapa - Confecção de brinquedos como: bolas de meia, peteca,
tamanco de lata, etc.
5a Etapa - Confeccionar um painel junto as crianças.

6a Etapa - Proporcionar momento de diversão e interação com as crianças


com brincadeiras e brinquedos trabalhados durante a execução do
projeto.

7a Etapa - Culminância do projeto convidando os pais e a comunidade


escolar.
4
Recursos
Recursos Materiais: Cordas; giz; cadeira; bola de gude; papel; pincel;
computador e impressora; pedrinhas ou saquinhos de areias; massa de
modelar; retalhos; meia; lata, barbante; tesoura; cola; TNT e EVA.
Recursos Humanos: Os autores do projeto.

Cronograma

2019
Atividades Setembro Outubro
20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14

1a Etapa x

2a Etapa x

3a Etapa x

4a Etapa x x x
x
5a Etapa x
x
6a Etapa
x
7a Etapa
x
5
Produto final

Exposição de cartazes e brinquedos tradicionais confeccionados pela


equipe e palestras sobre o tema para toda comunidade escolar.

Avaliação
A avaliação ocorrerá durante todo momento da execução do projeto,
observando participação dos alunos nas atividades propostas. Com
atividades que envolva a criança a desenvolver suas habilidades e os
objetivos do projeto.

6
Referência
SCHAFRANSKI, L.M.B.; LIMA, C.V. O resgate dos jogos e brincadeiras no trabalho de
ensino/aprendizagem do professor de educação física. 2012. Disponível em:
<http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2012/2012_u
nicentro_edfis_artigo_luci_mara_braga_schafranski.pdf>. Acesso em: 10 de setembro de 2019.