Você está na página 1de 7

7- ESPINGARDA CBC 586P, CALIBRE 12.

7.1-CONHEÇA A ESPINGARDA CBC 586P, Cal. 12.

Item Nomenclatura Item Nomenclatura


01 Bujão do depósito 08 Trava de segurança
02 Cano 09 Gatilho
03 Janela de ejeção 10 Guarda-mato
04 Ferrolho 11 Mesa transportadora
05 Armação 12 Telha
06 Coronha 13 Tubo do depósito
07 Soleira

A Espingarda CBC (PUMP-ACTION) Cal. 12 é uma arma que possui


grande versatilidade, pode ser utilizada com uma variedade de opções de
munição, podendo ser projétil único ou múltiplos, tanto letal como não-letal, com
isso apresentando grandes vantagens táticas. Seu funcionamento ocorre pelo
sistema de repetição, por ação de bomba, ou seja, através da ação muscular do
atirador sobre a telha da arma; este acionamento carrega a câmara, utilizando
os cartuchos armazenados no carregador tubular, sob o cano. A arma suporta 7
(sete) cartuchos no carregador, mais 1 (um) que pode ser colocado direto na
câmara.
A trava de segurança bloqueia o gatilho impedindo o disparo acidental
ou não intencional e não permite que a telha venha a retaguarda. Aparelho de
pontaria de visada rápida, não há alça de mira, apenas massa esférica próxima
à boca do cano da arma, com isto não há perda de tempo no alinhamento de
aparelho de pontaria em uma arma que atua por saturação, e não por precisão.

7.2- CARACTERÍSTICAS:

a) Classificação:
Quanto ao tipo ..................................................... Portátil
Quanto ao emprego ............................................. Indivídual
Quanto ao princípio de funcionamento .............. Ação muscular do atirador

b) Alimentação:
Carregador ........................................................... Tubular sob o cano
Capacidade ......................................................... 07cartuchos(1 direto no
cano)
Carregamento ..................................................... Retrocarga

c) Dados Numéricos:
Calibre .................................................................. 12
Comprimento total ............................................... 1m
Comprimento do cano .......................................... 47 cm
Número de raias .................................................. Inexistente

d) Características técnicas:
Funcionamento ..................................................... Repetição, por ação de
bomba
Ejeção................................................................... Abertura na lateral direita

e) Sistema de pontaria:
Massa de mira ...................................................... Fixa sobre o cano
Alça de mira ......................................................... Inexistentes

7.3- DISPOSITIVOS DE SEGURANÇA:

A trava de segurança bloqueia o gatilho e a trava do martelo. Quando


acionada, oferece proteção contra disparo acidental ou não intencional.
Para travar o gatilho, basta mover o botão da trava da esquerda para a
direita, de modo que a indicação em vermelho não fique visível. Para destravar
a arma, o botão deve ser movido da direita para a esquerda; atenção especial
para não tocar no gatilho quando for travar ou destravar a arma.
O sistema de segurança baseia-se, também, no retém do ferrolho (ou
trava da corrediça), que tem por função bloquear o mecanismo da bomba e, com
o desengatilhamento da arma, libera o mecanismo independente de movimento
da telha.
7.4- INSTRUÇÕES PARA O USO:

a) O Tiro:
Destrave a arma, acionando a trava de segurança da direita para a
esquerda (a faixa vermelha no botão de trava estará visível), em seguida, acione
a trava da corrediça recuando a telha e leve-a a frente para carregar a arma;
acione o gatilho efetuando o primeiro disparo. Após é só trazer a telha à
retaguarda ( não precisa acionar a trava da corrediça) para ejetar o cartucho
vazio e levá-la a frente para introduzir outro cartucho na câmara, assim a arma
estará pronta para outro disparo.
Atenção: O disparo só ocorrerá se o ferrolho estiver perfeitamente
trancado ao cano. O policial deverá atentar para quando não acionar
corretamente a telha da arma, ou utilizar munição danificada que impossibilite
seu correto funcionamento.

b) Municiar e Alimentar:
Com a arma fechada, ou seja, com a telha a frente. Posicione a arma de
maneira a tornar fácil o acesso à janela de alimentação. Introduza os cartuchos
um a um até a capacidade do tubo de depósito; com a ponta do cartucho,
empurre o transportador e introduza a munição completamente para dentro do
tubo, assegurando-se de que a borda do cartucho tenha entrado além do
localizador direito, evitando seu retorno.
Atenção: se o cartucho não for corretamente introduzido, ele poderá
deslizar para dentro do mecanismo, e por cima do transportador, bloqueando o
funcionamento da arma. Se isto ocorrer, o policial deve:
-Manter a arma apontada para direção segura;
-Não acionar o gatilho.
-Abrir a arma, expulsando o cartucho que ficou trancado.
-Não deve ser introduzida nenhuma ferramenta para auxiliar o processo.

c) Carregar:
Trave a arma. Recue a telha até abrir completamente o mecanismo.
Caso a arma esteja engatilhada, será necessário acionar a trava da corrediça.
Assim, o primeiro cartucho se apresentará na mesa transportadora. Empurre a
telha para frente, para introduzir o cartucho na câmara e fechar o mecanismo.
Deste modo a arma estará pronta para disparo.
d) Descarregar e desmuniciar a arma:
Direcionar o cano para uma direção segura.Travar a arma. Com a arma
virada (face interior do receptáculo para cima), acionar o botão do liberador do
ferrolho, abrindo a arma. O cartucho que estava na câmara é extraído e ejetado.
Retirá-lo. Abaixar a mesa transportadora e acionar o localizador esquerdo longo
e dois cartuchos serão liberados do carregador. Repita a operação até que todos
os cartuchos tenham sido extraídos. Certifique-se que nenhum cartucho fique no
carregador ou na câmara da arma.

7.5- DESMONTAGEM DE 1º ESCALÃO:

7.5.1- SEQUÊNCIAS A SEGUIR:

I-Abra a arma, trave-a e certifique-se de que não há cartucho na câmara ou no


depósito;
II-Com a arma aberta, desparafuse e remova o conjunto do bujão do depósito;

III-Retire o cano, puxando-o paralelamente ao tubo do carregador;


IV-Vire a arma, colocando a janela de alimentação para cima. Com o dedo
indicador, abaixe ligeiramente o transportador e pressione o localizador direito;
V-Desvire a arma, colocando a janela de alimentação para baixo; com a outra
mão, afaste a telha do receptáculo até que o conjunto do ferrolho seja
naturalmente extraído das hastes da corrediça. Remova a telha e a corrediça;

Item Nomenclatura
01 Cano
02 Tubo do depósito
03 Telha
04 Haste da corrediça
05 Ferrolho
06 Bujão do depósito

7.6- MONTAGEM:

I-Coloque-a em posição normal, com a janela de alimentação para baixo;


II-Coloque o conjunto da telha e da corrediça sobre o carregador; em seguida
posicione conjunto do ferrolho nos entalhes das hastes da corrediça, mantendo
o extrator voltado para a telha;
III-Introduza as hastes dentro do receptáculo, até que ele seja retido pelo
localizador direito;
IV-Colocando a arma em posição vertical, pressione, com o indicador, o
localizador direito; o ferrolho entrará no receptáculo até ser retido pelo localizador
esquerdo longo;
V-Pressione o botão do localizador esquerdo longo e o ferrolho entrará no
receptáculo até ser retido pela trava da corrediça;
VI-Pressione o botão da trava da corrediça e o ferrolho será totalmente
introduzido no receptáculo;
VII-Com o ferrolho recuado, recoloque o cano da arma e em seguida aperte
levemente o bujão do depósito, fechando-a em seguida.
Observação: Não se deve acionar a corrediça repetida e abruptamente enquanto
o cano não estiver montado. Da mesma forma, não acionar o gatilho
repetidamente “em seco”, isto é, quando o ferrolho estiver fora do receptáculo,
pois poderá danificar componentes da arma.