Você está na página 1de 10

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Meaf: manuseio e emprego de armas de fogo Armas: revolver, pistola, metralhadora e espingarda calibre 12.

PISTOLA

É uma arma curta, portátil, de uso individual, semi-automática e carregada pela culatra. A alimentação se dá através da introdução do carregador de munições no compartimento do mesmo (na armação).

Existem algumas pistolas automáticas a exemplo do modelo “GLOCK” (Austríaca) e do modelo “DESERT EAGLE” (Israelense). No Brasil não são permitidas legalmente, pistolas semi automáticas.

Características

Tipo - de porte ou portátil

Emprego individual

Funcionamento semi automática com aproveitamento dos gases

Carregamento retrocarga

Raiamento alma raiada destrógira (sentido da esquerda para a direita)

Calibre - .40 (de polegada)

Ação simples ou dupla.

Partes da Pistola

 Calibre - .40 (de polegada)  Ação simples ou dupla. Partes da Pistola Curso de

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Peças Internas

1 Ferrolho; 2 guia da mola; 3 mola recuperadora; 4 cano; 5 armação, 6 carregador

mola; 3 mola recuperadora; 4 cano; 5 armação, 6 carregador Desmontagem da Pistola Retire o carregador

Desmontagem da Pistola

Retire o carregador

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe Puxe o ferrolho até o final do curso para verificar

Puxe o ferrolho até o final do curso para verificar se existe cartucho na câmara

final do curso para verificar se existe cartucho na câmara Pressionar o retém da alavanca de

Pressionar o retém da alavanca de desmontagem (botão situado no lado direito da arma e perto do guarda mato) e pressionar a alavanca para baixo

e perto do guarda mato) e pressionar a alavanca para baixo Empurrar o conjunto ferrolho-cano para

Empurrar o conjunto ferrolho-cano para frente e liberá-lo da armação

para baixo Empurrar o conjunto ferrolho-cano para frente e liberá-lo da armação Curso de Formação de

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Comprima a guia da mola recuperadora, levantando-a e retirando-a

a guia da mola recuperadora, levantando-a e retirando-a Comprimir o mergulhador do bloco de trancamento Retirar

Comprimir o mergulhador do bloco de trancamento

retirando-a Comprimir o mergulhador do bloco de trancamento Retirar conjunto do cano do ferrolho Montagem 

Retirar conjunto do cano do ferrolho

do bloco de trancamento Retirar conjunto do cano do ferrolho Montagem  Quando da desmontagem, é

Montagem

Quando da desmontagem, é importante posicionar as peças desmontadas em seqüência, pois a montagem é o procedimento inverso da desmontagem.

Durante a montagem observe se o liberador da trava do percussor está baixo, pois só assim o conjunto ferrolho cano encaixa perfeitamente na armação.

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Municiar, alimentar e carregar

Municiar é o ato de colocar munições no carregador,

Alimentar é o ato de colocar o carregador (com munições) na armação,

Carregar é o ato de colocar um cartucho na câmara, deixando a arma em condições de efetuar disparos.

Carregando a Pistola

Aponte o cano para uma posição segura

Coloque o carregador na armação e empurre até dar um “clic”

Segure o ferrolho com a mão fraca e, com a mão forte empurre a armação para frente e solte o ferrolho. (isso colocará uma munição na câmara) ver figura a seguir

colocará uma munição na câmara) ver figura a seguir  Após esse procedimento a arma estará

Após esse procedimento a arma estará ENGATILHADA e pronta para o tiro. Se não for atirar, desarme o cão pressionando o DESARMADOR DO CÃO para baixo

Se não for atirar, desarme o cão pressionando o DESARMADOR DO CÃO para baixo Curso de

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Descarregando a Pistola

Aponte a arma para uma área segura

Desarme o cão (se for o caso)

Retire o carregador

Puxe o ferrolho para trás e empurre para cima o retém do ferrolho, deixando a arma aberta

Certifique que o cartucho que estava na câmara fora devidamente removido

Feche a arma pressionando o retém do ferrolho para baixo

Desarme o cão

Recoloque o carregador

Funcionamento da Pistola

Automáticas são aquelas em que o disparo, a extração, a ejeção, o carregamento e o novo disparo ocorrem continuadamente, enquanto o gatilho estiver sendo acionado. (disparam em rajadas)

Semi -automáticas são as armas que realizam o disparo, a extração, a ejeção e o carregamento decorrentes da ação dos gases e, para um novo disparo, será necessário um novo acionamento de gatilho.

Dispositivos de segurança

TRAVA DO PERCUSSOR

A trava do percussor (4) fica permanentemente bloqueando o deslocamento do percussor (5) para a frente, impedindo disparos caso a arma caia.

A trava do percussor (4) somente é liberada no estágio final do acionamento do gatilho (1) liberando o seu deslocamento para a frente tão logo este receba a energia proveniente do impacto do cão (6). A liberação se faz através da cadeia de movimentos constituída pelo gatilho (2), impulsor da trava de percussor (3) e trava do percussor (4).

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe REGISTRO DE SEGURANÇA  Ao ser acionado para cima, o

REGISTRO DE SEGURANÇA

Ao ser acionado para cima, o registro trava ao mesmo temo o cão, a armadilha e o ferrolho, peças responsáveis pelo mecanismo de disparo.

o ferrolho, peças responsáveis pelo mecanismo de disparo. PONTO VERMELHO DO EXTRATOR  Quando um cartucho

PONTO VERMELHO DO EXTRATOR

Quando um cartucho está na câmara, a extremidade do extrator fica

saliente, revelando uma marca vermelha.

As pistolas Taurus PT 57, 911,915,938 e 940, não possuem esse recurso.

 As pistolas Taurus PT 57, 911,915,938 e 940, não possuem esse recurso. Curso de Formação

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Incidentes

MEDIDAS IMEDIATAS E CORRETIVAS (PANES)

Sempre que um problema no funcionamento da arma ocorre, o atirador deve identificá-lo e tomar as medidas necessárias para sua solução o mais rapidamente possível. Estas medidas devem ser sempre realizadas com o DEDO FORA DO GATILHO Falha de munição:

As falhas de munição, ou negas de disparo (picotar a espoleta), são panes que ocorrem geralmente por uso de munições velhas ou mal acondicionadas e a forma de solução é muito simples, sendo necessário apenas realizar a manobra do ferrolho, para retirar o cartucho defeituoso e inserir um novo cartucho na câmara.

Falha de alimentação:

As falhas de alimentação são causadas geralmente por carregadores defeituosos ou mal encaixados, ou falhas no trancamento da arma decorrente de acumulo de sujeira ou defeitos de fabricação.

Carregador mal encaixado

ou defeitos de fabricação. Carregador mal encaixado Bata com a palma da mão no fundo do

Bata com a palma da mão no fundo do carregador e manobre o ferrolho para inserir um cartucho na câmara.

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Arma não tranca:

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe Arma não tranca: A falha de trancamento pode ocorrer por

A falha de trancamento pode ocorrer por defeito na arma ou acumulo de sujeira. O primeiro caso geralmente ocorre em armas novas e a arma deve ser levada para assistência técnica para reparos. No segundo caso a forma correta de solucionar a pane é batendo no carregador e em seguida na culatra.

Falha de extração:

1 Chaminé

e em seguida na culatra. Falha de extração: 1 Chaminé A chaminé ocorre ao utilizar munições

A chaminé ocorre ao utilizar munições velhas ou fracas, assim a força gerada pela detonação do cartucho não é suficiente para levar o ferrolho totalmente para trás e ejetar o estojo vazio. Para resolver essa pane, coloque a palma da mão em cima do ferrolho próximo a massa de mira e em um movimento rápido traze-la em direção da alça, no caso de uma munição já estar na câmara. Se a câmara estiver vazia, alem do movimento para retirar o estojo vazio, deve-se manobrar a arma para inserir um novo cartucho na câmara.

2 dupla alimentação

manobrar a arma para inserir um novo cartucho na câmara. 2 dupla alimentação Curso de Formação

Curso de Formação de Delegados

2006

Acadepol Academia de Polícia de Sergipe

Ocorre quando o EXTRATOR solta o estojo vazio antes que o ejetor o coloque para fora e, quando o ferrolho vai a frente levando um novo cartucho para a câmara.

Solução: 1 Retire o carregador, neste momento a arma volta a trancar, insira novamente o carregador e manobre o ferrolho.

2 Trave o ferrolho atrás, retire o carregador, solte o ferrolho, insira o carregador e manobre o ferrolho.

Dilatação do estojo

É gerada por munição com excesso de carga, o que gera uma pressão muito grande e uma dilatação do estojo dentro da câmara travando a arma.

1 segure firmemente o ferrolho com a mão fraca

a arma. 1 segure firmemente o ferrolho com a mão fraca 2 com a mão forte

2 com a mão forte bata vigorosamente na empunhadura, repita este movimento

até que o estojo vazio seja ejetado e um novo cartucho seja inserido na câmara

até que o estojo vazio seja ejetado e um novo cartucho seja inserido na câmara Curso

Curso de Formação de Delegados

2006