Você está na página 1de 16

Aula

4:

Juros simples e compostos. Valor


presente e futuro. Equivalências de
taxas
Taxas de Juro
•  Retornando à primeira aula
•  As taxas de juro incidem sobre o capital, por
exemplo
•  Esse processo é denominado de capitalização
•  Entretanto, essa capitalização pode assumir
algumas formas:
–  Simples
–  Composta
–  Contínua
Avaliação de Investimento 2
Juros simples
•  Quando são cobrados juros simples, apenas o
principal rende juros.
•  Isto é, os juros são diretamente proporcionais
ao capital tomado emprestado.

Avaliação de Investimento 3
Juros simples

! = !!!

onde,
!= Principal ou capital fixo (!) na data de hoje
!= taxa de juro
!= número de períodos de juros

Avaliação de Investimento 4
Juros simples
•  O montante F que uma pessoa que obtenha
um empréstimo deverá devolver, ao final de n
períodos, será:

! = ! + ! = ! + !"# = !(1 + !!)



onde,
!= Valor Futuro

Avaliação de Investimento 5
Juros compostos
•  Diferentemente dos juros simples, após cada
período de capitalização, os juros são
incorporados ao principal e passa a render
juros também.

Avaliação de Investimento 6
Juros compostos
•  100 u.m. aplicadas por n meses, segundo a
capitalização a juros compostos

Avaliação de Investimento 7
Juros compostos

!! = !(1 + !)!

onde,
!! = !"#$%#$& !"#$%
! = !"#$% !"#!$
! = !"#" !" !"#$%
! = !"#í!"!# !" !"#$%"&$'"çã!

Avaliação de Investimento 8
Prática: juros simples vs compostos
•  Suponha que um indivíduo pegue emprestado 100
u.m., com prazo de pagamento de 12 meses e uma
taxa de juros ao mês de 5%.
•  Calcule o valor que o indivíduo pagará caso o
empréstimo seja concedido com a modalidade de juros
simples
•  Calcule o valor que o indivíduo pagará caso o
empréstimo seja concedido com a modalidade de juros
compostos
•  Compare os resultados e indique qual a modalidade
melhor para o emprestador e para o tomador do
empréstimo

Avaliação de Investimento 9
Prática (Solução)
P i n
100 0,05 12 Juros simples Vs composto
200
180

n Simples Composto 160


0 100 100 140
1 105 105 120
2 110 110,25 100
3 115 115,7625 80
4 120 121,550625
60
5 125 127,6281563
6 130 134,0095641 40
7 135 140,7100423 20
8 140 147,7455444 0
9 145 155,1328216 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13
10 150 162,8894627 Simples Composto
11 155 171,0339358
12 160 179,5856326

Avaliação de Investimento 10
Capitalização a Juros Contínuos
•  Qual o montante uma aplicação terá após 5 anos,
se for investido 100 u.m. a uma taxa nominal
anual de 8% composta anualmente? Semi-
anualmente? Continuamente?
!.!
•  Anualmente: ! = 100 1 + 0,08 = 143,93
1
0,08 !.!
•  Semestralmente: ! = 100 1 + 2 =148,02

•  Continuamente: ! = !" !" = 100! !,!"∗! =149,18

Análise de Investimentos - Aula 3 11


Regimes de capitalização (Exemplo 1)
•  O valor de 200.000 u.m. foi aplicado a uma
taxa contínua de 3% a.m. por 12 meses. O
valor final da aplicação ficou, em:

F = Pe!" = 200.000e!,!"∗!"
F = 200.000 ∗ 1,433329415
F =286665,8829

Análise de Investimentos - Aula 3 12


Equivalência entre Taxas

!. (1 + !! )!" = !. (1 + !! )!
Análise de Investimentos - Aula 3 13
Taxa Nominal e Taxa Efetiva
•  Chama-se taxa nominal de juros a taxa onde o
período ao qual ela está referenciada não
coincide com o período de tempo em que os
juros são capitalizados.
•  Define-se taxa efetiva de juros como a taxa
onde o período ao qual ela está referenciada
coincide com o período de tempo em que os
juros são capitalizados.

Análise de Investimentos - Aula 3 14
Taxa Nominal e Taxa Efetiva (Exemplo
- 1)
•  Um título rende 6% a.a. capitalizados
mensalmente
•  Taxa nominal (do contrato): 6% a.a.
!"
0,06
•  Taxa efetiva: 1 + − 1 = 6,17%!. !.
12

Análise de Investimentos - Aula 3 15


Taxa Nominal e Taxa Efetiva (Exemplo
- 2)
•  Uma taxa mensal de 4% a.m., em um ano
será:

•  Taxa nominal (do contrato): 12 . 4%= 48%a.a.



•  Taxa efetiva: 1 + 0,04 !" − 1 = 60,1%!. !.

Análise de Investimentos - Aula 3 16