Você está na página 1de 3

IDEIAS ESSENCIAIS - O MUNDO ROMANO NO APOGEU DO IMPÉRIO

 A Civilização Romana nasceu na Península Itálica. A fundação de Roma verificou-se,


segundo a tradição, no século VIII a. C.

 Os principais povos que marcaram o início da Civilização Romana foram os Etruscos,


os Gregos e os Cartagineses.

 O Império Romano atingiu o seu apogeu no século II d. C.

 Os principais factores de integração do Império Romano foram os costumes, a língua


latina e as leis.

 A principal dificuldade na conquista da Península Ibérica pelos Romanos foi a


resistência dos Lusitanos.

 A romanização consistiu na divulgação dos costumes, das leis e da cultura romana nas
regiões conquistadas.

 As principais actividades económicas do Império Romano foram a agricultura, a


pecuária, o artesanato, a exploração mineira e o comércio.

 A economia do Império Romano caracterizava-se por ser uma economia urbana,


comercial, monetária e esclavagista.

 O crescimento da produção e o consequente desenvolvimento económico deveu-se ao


trabalho escravo, principal mão-de-obra do Império Romano.

 A sociedade romana anterior à expansão dividia-se em patrícios, plebeus e escravos.


 A sociedade romana do Império tornou-se mais complexa e estratificada, embora fosse
possível a mobilidade social.

 As instituições políticas das República eram o Senado, as Magistraturas e os Comícios


ou Assembleias.

 Todas as instituições políticas do Império passaram a estar subordinadas ao imperador.

 O imperador era o comandante supremo, político e militar, era o Pontífice Máximo e


detinha o Poder Tribunício.

 O direito romano foi um dos instrumentos que possibilitaram a integração de todos os


povos do Império e influenciou a organização jurídica de muitos Estados europeus
actuais.

 As cidades do Império Romano obedeciam a um plano preconcebido de urbanização e


eram embelezadas com a construção de edifícios públicos.

 O urbanismo da Civilização Romana obedecia a planos preconcebidos e procurava ir


ao encontro de todas as necessidades públicas.

 As civilizações grega e helenística exerceram forte influência na literatura e na


religião romanas.

 Os principais autores romanos foram Catão, Cícero, Virgílio, Horácio e Ovídio


(escritores); Plauto (teatro); Tito Lívio e Tácito (historiadores), Séneca (filósofo).

 A religião romana era politeísta. Os romanos assimilaram os deuses gregos,


atribuindo-lhes nomes latinos. A partir de finais do século IV d. C., o Cristianismo foi
adoptado como religião oficial do Império.
 As principais características da arquitectura romana foram o sentido prático, a
funcionalidade, a utilidade, a grandiosidade e a durabilidade dos edifícios.

 A principal característica da escultura é o realismo.

 Os temas dominantes do relevo foram as cenas históricas; os da pintura foram as cenas


religiosas, mitológicas e as paisagens.