Você está na página 1de 4

“ CHAMADOS PARA SERVIR” (I Samuel 3:9-10 e Josué 1:9)

Vivemos dias difíceis, a correria do dia-a-dia, os compromissos, o trabalho, as lutas diárias e muitas outras coisas
tomam muito o nosso tempo.

Mal começou o ano, e já estamos chegando no final do ano novamente, o dia parece que não tem mais 24 horas,
tudo passa muito rápido. 

E em meio a tudo isto, uma pergunta fica no ar! E Deus... Que lugar Ele ocupa em nossas vidas, quanto do nosso
tempo reservamos para Ele. 

Você tem falado com Deus ultimamente? Tem lido a Bíblia? Qual foi a ultima vez que você dobrou os seus
joelhos?

Precisamos aprender com o Jovem Samuel, um exemplo a ser seguido. Ele foi chamado por Deus ainda muito
jovem, numa época em que a Palavra de Deus era rara, e cada um fazia o que achava certo, uma época de frieza
espiritual que atingia até mesmo a Casa de Deus, o Sumo-sacerdote Eli já não era uma referência para a nação, e
os seus filhos davam mal testemunho.

Neste cenário encontramos Samuel, ou melhor ainda... Neste cenário Deus encontra Samuel e o levanta como
Profeta.

Samuel servia ao Senhor diligentemente desde muito novo, sua mãe Ana o levou para o Santuário quando ele
ainda era uma criança, Samuel era a resposta de Deus para Ana que não podia ter filhos, ele era um milagre e foi
consagrado ao Senhor.

Dentre suas funções, Samuel tinha que manter a lâmpada acesa dentro do Santuário...

E estando também Samuel já deitado, antes que a lâmpada de Deus se apagasse no templo do Senhor, onde
estava a arca de Deus,
1 Samuel 3:3

Ele dormia ali pertinho do Candelabro, e esta lâmpada tinha que ficar acesa a noite inteira... E o Espírito Santo
ministra para as nossas vidas, nos ensinando que a nossa luz tem que brilhar, a luz no Candelabro era fornecida
através de um azeite (óleo) especialmente produzido para aquele fim.

Hoje nas nossas vidas temos a unção do Espírito Santo que nos fortalece, que nos renova e nos capacita para
levarmos uma vida vitoriosa.

A lâmpada tinha que ficar acesa a noite inteira, a noite representa a escuridão (mundo), e a nossa luz tem brilhar,
e não pode se apagar.

Querido leitor, não permita que a luz de Cristo se apague na sua vida, não deixe que as lutas ou até mesmo o
pecado te afaste do Senhor, se renda aos pés de Jesus e abra o seu coração e se arrependa.

A sua luz tem que brilhar, você foi escolhido por Deus para vencer, Ele te ama.

Samuel ouviu a vós de Deus, e por ser muito novo, levou algum tempo para reconhecer o chamado de Deus, o
Senhor teve que o chamar por três vezes.

Precisamos ouvir a vós de Deus, e Ele fala conosco todos os dias através da sua Santa e Bendita Palavra, através
da leitura, através de uma pregação, de um louvor ou através de uma mensagem escrita.
Mas como Samuel precisamos aprender a ouvir Deus, precisamos ter o discernimento correto para sermos
abençoados por Ele.
O Senhor precisa de pessoas que estejam dispostas a Ouvi-lo, que estejam separadas, que estejam prontas,
porque não adianta ouvi-lo somente com os ouvidos carnais, é necessário abrir o coração.

Samuel na terceira vez que foi chamado disse. Fala porque o teu servo ouve! 
1. Ouvir no sentido de obedecer...
2. Ouvir no sentido de cumprir o seu chamado...
3. Ouvir no sentido de ser Profeta...
4. Ouvir no sentido de Proclamar a Sua Palavra...
5. Ouvir no sentido de ser exemplo para a Nação...
6. Ouvir no sentido de Eis-me aqui Senhor, envia-me a mim...

Deus tem falado com você?  Se a resposta for SIM! Obedeça, não fuja de Deus, não dê desculpas, esteja pronto,
sê levante, dê o primeiro passo, deixa a Unção do Espírito Santo te conduzir.
Deus tem falado com você?  Se a resposta for Não! Preste um pouco mais de atenção, faça uma oração, olha
para sua vida, conta as bênçãos que você já recebeu até o dia de hoje, quantas vezes você sorriu, ficou feliz,
quantos livramentos... Pegue uma Bíblia e leia uma passagem que fale ao teu coração...
Os verdadeiros líderes o são, independemente da sua posição! Quer seja na posição de servos, quer seja na
posição de líderes.

Trazemos também nesta mensagem a figura de Josué. Deus estava tratando da sucessão de um grande líder, e
nos dias de hoje verificamos que muitas vezes, os líderes não tratam da sua sucessão. Um amigo meu dizia que a
primeira grande razão pela qual precisamos tratar da nossa sucessão é porque algum dia nós vamos morrer,
então você tem que preparar agora alguém para te substituir, e este é um princípio importante na liderança. E
Deus estava fazendo isso, preparando a pessoa que substituiria Moisés. O que é que Deus esta fazendo na sua
vida, o que é que Deus tem feito com você, será que você já se dispôs para ser preparado para cumprir a tua
missão de vida?

Este texto me parece ser muito especial porque nele Deus fala de maneira pessoal. Se lermos o texto todo, vamos
observar muitas vezes Deus dizendo: Meu servo é morto, á terra que eu dou, como eu disse a Moisés, Eu serei
contigo, não te deixarei, não te mandei eu?... Não era alguém dizendo que Deus seria com Josué… Era o próprio
Deus dizendo de maneira pessoal, que Ele seria com ele. (Deus é um Deus pessoal, Ele trata as pessoas de
maneira individual!)

Então observamos aqui que Deus falava com Josué. E será que nós, hoje, os líderes temos procurado ouvir
Deus? Será que hoje a Igreja tem procurado ouvir Deus? Será que nós as pessoas, os membros de Igreja, temos
procurado ouvir Deus? Porque, a maior missão da Igreja seria exatamente esta: OUVIR O QUE DEUS TEM A
DIZER E TRANSMITIR PARA NAÇÃO.

Assim como Deus falou no passado, hoje Deus ainda fala, e o que Ele mais deseja é que nós tenhamos ouvidos
para ouvir, porque as vezes as confusões da vida, as perturbações das nossas escolhas, das nossas opções, nos
impedem de ouvir Deus. Mas até hoje, Deus ainda continua falando e o mais sublime exercício que um homem
pode fazer é ouvir Deus. Ouvir Deus, quando os homens falam, ouvir Deus quando o povo fala, ouvir Deus quando
Deus fala! E então ouvindo a Deus teremos uma mensagem para a Igreja em decadência e então não seremos
parte do problema mas sim da solução, não nos resignaremos apenas a criticar mas teremos nos nossos lábios a
mensagem do amor e da libertação, que salva os aprisionados pelas cadeias do maligno!

Encontramos ainda neste texto, Deus dizendo a missão clara de Josué: Passar o Jordão e conquistar a terra
prometida. Era uma missão clara, um objectivo claro, um propósito claro: Passar o Jordão, que seria a primeira
dificuldade e, depois de passar o Jordão, conquistar a terra prometida.

Para o povo de Israel havia uma terra prometida. E muitas vezes também é assim nas nossas vidas pessoais. O
povo de Israel passou 40 anos no deserto mas tinha esperança de que as suas vidas não continuariam no
deserto. Qual é a tua esperança? Estou a falar para jovens que já perderam a esperança? Que não acreditam
mais que nós podemos transformar o mundo?

“Hoje mais do que nunca tenho piamente acreditado que o mundo muda o seu rumo quando homens de carácter
se levantam para agir”!

Assim também é connosco! A nossa vida não pode ser sempre um deserto, tem de chegar o dia em que
entrarmos na terra prometida! E é maravilhoso porque é mesmo assim como Deus projecta as coisas. Nos liberta
do Egipto, e neste processo de sair da escuridão, de sair da escravatura, de sair sob o poder dos nossos
opressores nós temos de conhecer o deserto. E quando conhecemos o deserto, temos de chegar a terra
prometida. Então a nossa vida não pode ser sempre um deserto. E temos de colocar em nossa mente, enquanto
jovens cristãos, que Deus nunca se esquece de nós! Em alguns momentos da história de Israel, ali no deserto eles
teriam pensado que Deus se esqueceu deles, Aquele Deus que era o Deus de Abraão, que lhes tinha dado muitas
promessas, naquele momento em que atravessavam o deserto teriam pensado: Esse Deus se esqueceu de nós,
esse Deus deixou de ser o nosso Deus, esse Deus deixou de prestar atenção aos nossos problemas! E muitas
vezes até nós os crentes pensamos que Deus se esqueceu de nós, quando os problemas não têm mais
respostas, quando as situações apenas se amontoam dia após dia, pensamos que Deus se esqueceu de nós. Mas
a verdade é que talvez seja apenas um deserto! Nós não temos o direito de nos auto-condenarmos, porque há
uma promessa, há uma esperança de chegarmos a terra prometida.

E na verdade, nós temos que levar mesmo o povo a terra prometida, tem de chegar a terra prometida para cada
um nós! Para uns a terra prometida pode ser concluir a licenciatura, para outros encontrar o esposo ou esposa
certa, para alguns pode ser casar-se, construir a casa dos sonhos, conseguir o emprego desejado! Cada um tem a
sua terra prometida, mas nenhuma destas se compara com aquela que o altíssimo tem preparado para os seus
fiéis.

Mas meus irmãos/ãs claramente as terras prometidas conquistam-se não nos são dadas! Nós temos que ir a luta e
esta tem de ser a nossa postura, a postura de sobrevivência, a postura de que é possível dar certo, e
principalmente nós os jovens, temos de acreditar que nós podemos conquistar as nossas terras prometidas,
independemente de se os adultos, o governo, não trazerem para nós não podemos ficar de braços cruzados
esperando que outros resolvam nossos problemas, nós temos de ser autores do nosso próprio destino! Temos
conquistar, existem gigantes, mas maior é o que está em nós do que o que está no mundo! Os líderes devem
levar o povo para a terra prometida, o que é terra prometida para a tua vida? O que é terra prometida para a tua
local e o que é terra prometida para a tua família? Para Angola também deve chegar e eu espero ver, o dia em
que nós os angolanos vivamos nesta terra como se estivéssemos vivendo na terra prometida!

Há uma promessa clara neste texto, podemos observar isto no versículo 5. Uma garantia de que ninguém o
resistiria, de que Deus seria com ele independemente de onde ele andasse, Deus o ajudaria a vencer os desafios
que ele enfrentasse. E é esta também a grande garantia que Deus nos dá, quando nós aceitamos cumprir a nossa
missão. Você tem missão qual é a sua missão? Cantar, pregar, orar? Fazer o que? Você não pode ficar ali sem
fazer nada? Vem e juntos vamos fazer alguma coisa que preste!

Cada um de nós tem uma missão, Josué tinha a sua. Cada um de nós tem a responsabilidade e o dever moral de
descobrir a sua missão, o seu propósito, aquilo pelo qual Deus o colocou nesta terra. Este é o desafio para todos
os jovens: DESCOBRIR QUAL É A NOSSA MISSÃO. Há alguma coisa que Deus reservou, que apenas nós de
maneira individual/colectiva seremos capazes de fazer.

Precisamos ser fortes para cumprirmos a nossa missão. E é isto que Deus dizia a Josué seja forte e corajoso.
Porque não é fácil, é um desafio difícil, não é fácil ser líder, eu vivo isto todos os dias. É preciso ser forte e por isso
Deus esta ensinando isto a Josué.
Sê forte e corajoso. Esta coragem vem de uma leitura diária da palavra de Deus. Hoje precisamos reler a Bíblia,
relê-la para os nossos tempos, para os nossos dias, relê-la para os adultos, relê-la para a Igreja que está num
novo mundo, num mundo globalizado, num mundo da tecnologia. A Bíblia precisa continuar ser preservada pois
apesar dos tempos mudarem seus princípios são inegociáveis. E então quando a Bíblia deixa de ser um livro,
apenas para ser carregado quando viemos a Igreja e passa a ser livro aberto e presente nas nossas apertadas
agendas aí sim nós teremos coragem, aí sim nós seremos fortes e aí sim seremos capazes não de usar a
linguagem dos nossos opressores, não para usar a linguagem que nos dizem para usar, mas sim usar a
linguagem que revela a realidade. E com as nossas palavras falar a realidade. Mas essas palavras não deve ser
apenas para criticar e nem apenas para amaldiçoar. Temos que usar a palavra também para abençoar. Porque
Deus criou a terra usando a palavra. Agora a palavra tem de ser verdadeira, não pode ser uma palavra falsificada,
não pode ser uma palavra reinventada ao agrado dos ouvidos dos nossos opressores. Precisa ser a palavra que
diz que nós vamos dar certo, precisa ser a palavra que diz que o nosso país vai dar certo, Precisa ser a palavra
que diz que os jovens podem dar certo, precisa ser a palavra que diz que nós vamos conseguir! Porque é
possível, porque se foi antes ou se foi em outras nações é possível aqui também! Essa é a palavra que nós
precisamos reafirmar, essa é a palavra que nós precisamos dizer, a palavra que faz as coisas acontecerem, a
palavra que nos leva a pensar na nossa missão e nos faz compreender que existem realidades ali fora que
precisam ser transformadas, e essas realidade começam por ser transformadas aqui, em nosso coração, em
nossa alma, em nossa mente, devemos todos perceber que temos de fazer a nossa parte e dar o nosso exemplo,
e aí vamos construir uma Angola e uma Igreja nova.

Que Deus nos abençoe!