Você está na página 1de 6

Matemática 7.

º ano Ficha de Trabalho Autónomo nº 3

Proporcionalidade direta

1. A Francisca foi à frutaria comprar laranjas.

1.1. Atendendo à informação dada na figura, preenche a seguinte tabela:

Quantidade de
1 2 3 4
laranjas (kg)
Preço a pagar
1,5 3 4,5 6
(euros)

1.2. Justifica que a correspondência apresentada


na tabela é uma função.
Esta correspondência é uma função pois para
a cada quantidade de laranjas corresponde um
e só um preço.

1.3. Verifica se esta função representa uma situação de proporcionalidade direta.


Para termos uma situação de proporcionalidade direta o quociente entre a
variável dependente e a varável independente tem que ser constante, ou seja:
y
 constante
x em que x  quantidade de laranjas y  valor a pagar
1,5 3 4,5 6
    1,5
1 2 3 4
R: A função é de proporcionalidade direta.

1.4. Qual é a constante de proporcionalidade direta, e explica o seu significado no


contexto do problema.
R: 1,5, e representa o preço a pagar por um quilograma de laranjas.

f  x
1.5. Considera a função f que relaciona o preço a pagar, em euros, com a
quantidade de laranjas compradas, x em quilogramas.

Escreve a a expressão algébrica de f.

Página 1 de 6
f  x   1,5 x

f  2,5
1.6. Determina . Indica o significado do valor obtido.
f  2,5 
Para calcular o , vou à expressão algébrica e substituo x por 2,5.
f  2,5   1,5  2,5  3, 75

R:, 3,75, ou seja, o preço a pagar por 2,5kg de laranjas são 3,75 euros.

1.7. A Francisca pagou com uma nota de 10 € e recebeu 2,50 € de troco.


Quantos quilos de laranjas comprou a Francisca?

Se recebeu 2,5 euros, gastou 7,5 euros em laranjas.


10-2,5=7,5
Dividindo pela constante de proporcionalidade(preço a pagar por um quilograma
de laranjas),
7,5
5
1,5
R: Comprou 5 kg de laranjas.

2. Alguns colegas da turma do Santiago resolveram adquirir uma t-shirt alusiva ao Dia
Internacional da Matemática.
Cada t-shirt custava cinco euros e vinte cêntimos.

2.1. Passado algum tempo, o número de participantes duplicou.


O valor pago por todos…

Página 2 de 6
(A) … diminuiu dois euros.
(B) … diminuiu para metade.
(C) … aumentou para o dobro.
(D) … aumentou dois euros.

(Escolhe a opção correta.)


R: Opção C.

2.2. No final desta iniciativa, foram gastos 62 euros e 40 cêntimos.


Quantos amigos participaram na compra das t-shirts?
Mostra como obtiveste a tua resposta.

Vou dividir os 62,40 euros por 5,20 euros.

62, 4
 12
5, 2
R: 12 amigos.

3. Dos gráficos seguintes, qual é o que representa uma situação de proporcionalidade


direta?

Página 3 de 6
R: Opção C, pois a representação gráfica de uma função de proporcionalidade direta
é sempre uma reta que passa na origem do referencial.

4. A tabela seguinte representa a relação entre o número de t-shirts compradas ( n ) e

o preço total das t-shirts, em euros, ( p ).

N.º de t-shirts ( n ) 3 4 5 10 …

Preço total, em € (
p) 15,6 20,8 26 52 …

4.1. O número de t-shirts ( n ) é diretamente proporcional ao preço ( p ), em euros.


Qual é a constante de proporcionalidade direta?

Se o número de t-shirts ( n ) é diretamente proporcional ao preço ( p ), temos


que
y
 constante
x

Podemos usar os pares ordenados que quisermos. Por exemplo

Página 4 de 6
52
 5, 2
10

R: 5,2.

4.2. Qual das expressões seguintes pode traduzir a relação entre as variáveis n (n.º

de t-shirts) e p (preço, em euros)?


n
p
(A) p  n  5, 2 (B) 5,2

5,2
p
(C) p  n  5, 2 (D) n
R: Opção A.

5. A tabela seguinte relaciona o peso, em quilogramas, de morangos, com o seu


custo, em euros.

p (em kg) 2 3 4,5 6


c (em €) 5,2 7,8 11,7 15,6

5.1. Sabendo que o peso, em quilogramas, é diretamente proporcional ao custo, em


euros, determina a constante de proporcionalidade direta e indica o seu
significado no contexto do problema.

y
 constante
x
Podemos usar os pares ordenados que quisermos. Por exemplo

5, 2
 2, 6
2

R: 2,6, que é o preço a pagar por 1 kg de morangos.

5.2. Qual é a expressão algébrica que relaciona o peso, em quilogramas, com o custo,
em euros?

Página 5 de 6
2,6
[A] c=5,2 p [B] c=2,6 p [C] c=2,6+ p [D] c =
p

R: Opção B.

5.3. Determina o custo de 4 kg de morangos.

4  2, 6  10, 4 euros

R: 10,4 euros.

Página 6 de 6