Você está na página 1de 4

Ficha de Leitura

Língua Portuguesa - 7º Ano

Nome ____________________________________________________ Turma ____ Nº ___

LEANDRO, REI DA HELÍRIA - ALICE VIEIRA

1º ACTO

Completa o texto que se segue, com base na leitura efectuada ao 1º acto da peça:

O 1º acto deste texto dramático é constituído por um total de ____________________ cenas. As


cenas têm lugar em ____________________ no ____________________ do Rei Leandro,
principalmente no ____________________ e na sala de banquetes.
Logo no início, o Rei, fala com o ____________________ e no seu discurso mostra-se
atormentado com o ____________________ que teve, pois considera que se trata de um recado
dos ____________________.

Na 2ª cena, ficamos a conhecer duas das suas filhas: Amarílis e Hortênsia. Estas mostram-se,
desde logo, interesseiras e falsas e terminam a cena envolvendo-se numa grande
____________________ e insultando-se mutuamente.

Na 3ª cena, surge Violeta, atraída por toda aquela ____________________ infernal, mas as irmãs
dão o assunto por encerrado e pedem-lhe que não se meta porque são coisas de gente
____________________.

Seguidamente, na 4ª cena, surgem os noivos de Amarílis e Hortênsia com o objectivo de marcar


os casamentos. O noivo de Amarílis, o príncipe ____________________, é do tipo
____________________, fanfarrão e só pensa no seu ____________________; O noivo de
Hortênsia, o príncipe ____________________, é muito ____________________, vive na sombra
do noivo de Amarílis e apresenta um vocabulário tão ____________________ que a única frase
que profere vezes sem conta é: “Tiraste-me ____________________________________”.
O Rei decide comemorar os ____________________ das filhas, no dia seguinte com uma grande
festa no palácio.

Na cena 5, Violeta caminha só pelo jardim, quando é surpreendida pelo ________________


_______________, seu pretendente. Violeta revela o seu sonho ao futuro noivo e diz-lhe que é
um mau ____________________.
Sobre o casamento de ambos decidem falar após os festejos do casamento das irmãs.
A cena 6, é apenas o relato dos preparativos para o banquete real. A 7ª cena é bastante
esclarecedora, no que diz respeito ao carácter dos três príncipes, uma vez que os noivos de
Amarílis e Hortênsia se mostram apenas preocupados com a ____________________ que irão
proporcionar às noivas, enquanto que o futuro noivo de Violeta diz ser o mais
____________________ de todos, por ter o ____________________ de Violeta.

Nas cenas 8 e 9, o discurso entre as três irmãs sobre o seu futuro, também nos deixa perceber
que Amarilis e Hortênsia apenas estão interessadas na ____________________ dos noivos, não
se ralando, a primeira com a ____________________ da linguagem do noivo e a segunda com o
facto de o noivo ser de poucas ____________________.

A 10ª cena, é uma das mais longas e remete-nos para o interior do palácio, onde irá decorrer a
festa de noivado. Esta cena é de grande importância porque o Rei decide, finalmente, revelar o
conteúdo do seu sonho, dizendo que viu o seu ____________________ ser levado pelo vento, a
____________________ ser arrastada pela fúria das ____________________ e o seu
____________________ arrancado por forças ____________________. Na opinião do Rei, os
____________________ querem que ele deixe de ____________________, por estar velho de
mais e não conseguir zelar pelos seus súbditos. O Bobo tem opinião diferente e diz, de forma
cómica que “os deuses _____________________________________” O Rei anuncia então a sua
decisão de entregar o seu ____________________ à filha que demonstrar maior
____________________ por si.
Uma a uma, as filhas ajoelham-se diante do pai para manifestarem os seus sentimentos: Amarílis
diz “Quero-vos mais do que ao ____________________”, Hortênsia diz ““Quero-vos mais do que
ao ____________________” e, por último, Violeta, que diz “Preciso de vós como
_____________________________”.
O Rei fica furioso por tal comparação de Violeta e diz-lhe que nunca mais a quer ver.

Na cena 11, o Rei manda chamar o ___________________ para redigir um documento no qual
refere, que a partir daquele dia, ninguém ouse _________________ o nome de Violeta, que esta
seja ____________________ do reino e que nunca mais se ____________________ violetas no
seu jardim.
O príncipe Reginaldo assegura ao Rei que esta irá, mas não estará só, pois irão casar e viver
felizes no seu reino.
O Rei decide, então, que o seu reino ficará para as suas outras filhas, dividindo-o em duas partes:
Amarílis governará o ____________________ (os seus pomares, vinhas, pastagens…) e
Hortênsia governará o ____________________ (as minas de ferro, cobre, estanho…). Quanto ao
Rei, viverá _______________ ________________ em cada reino e ficará só com o seu fiel
____________________, dispensando o restante
____________________.
Esta última cena termina com a crueldade das duas irmãs, que discutem sobre quem irá ser a
primeira a “___________________________”.

2º ACTO

Completa o texto que se segue, com base na leitura efectuada ao 2ºacto da peça.

O 2º. acto apresenta _______________ cenas. Em termos de localização, verificamos que este
vai alternando entre a _______________ onde o rei se abriga e os _______________ das suas
filhas.
Na 1ª. cena, o rei e o seu fiel _______________ caminham pela estrada e vêem-se forçados a
abrigar-se devido à _______________ que se aproxima.
Na 2ª. cena, encontram um pastor, cujo verdadeiro nome é _______________
_______________, embora na brincadeira diga que é o rei de _______________.
O bobo resolve contar a triste história do seu amo ao pastor e quando lhe fala da frase proferida
por _______________, filha preferida do Rei, o pastor responde, com grande sabedoria: “Grande
vai o mal ___________________________.”
Na 3ª cena viajamos até ao reino de ________________, que chamara a irmã _______________
para decidir sobre o futuro do pai. Nem uma nem outra se encontram na disposição de continuar a
_______________. Segundo Amarílis, o rei passou a ser como um _______________ qualquer
do seu reino, quando decidiu entregar-lhes o poder. O Príncipe Felizardo acrescenta que “Quem
não trabuca _______________.” E decidem que o melhor é deixar o pai à sua sorte, pois não
querem vadios e preguiçosos.
Na 4ª cena, o pastor aconselha o bobo a procurar a outra filha, mas o bobo teme a
_______________ do rei, que nem quer ouvir falar em tal nome e só sabe repetir “Eu não
_______________”.
Na 5ª cena, somos transportados para os domínios de ________________ e ________________
onde o pastor relata toda a história do Rei.
Ficamos a saber que Violeta, sua filha, todos os domingos, na praça do mercado, pedia à
população para que se vissem o seu pai, o levassem à sua presença, sem contudo lhe
_______________ a sua _______________.
Na 6ª cena, o pastor descreve o seu reino e fala de toda a fartura que aí poderão encontrar. O
Bobo desconfia, mas assim que o rei acorda ele diz-lhe que a tempestade já passou e que está na
hora de pôr os pés _______________.
O Pastor informa o Bobo sobre o melhor caminho a seguir para chegar ao seu reino.
Na 7ª cena, o Pastor fala com Violeta e informa-a que o seu pai não tardará a chegar e repete
constantemente: “tão certo, ____________________________”.
Violeta apressa-se a transmitir ordens na _______________ e pede ao pastor que informe que à
noite, a _______________ do seu _______________ estará aberta e haverá _______________
para toda a gente. Pede também que fique de vigia e que assim que o seu pai aparecer para o
levar à sua presença.
Na 8ª cena, o rei e o bobo chegam finalmente ao reino de Violeta. O Bobo mostra-se muito
_______________, mas o rei, pessimista, não para de repetir a lengalenga: “Em toda a parte há
medo, _______________ , tristeza…”
Na 9ª cena, o Bobo conversa com o Rei sobre as suas filhas, ao que este responde, arreliado,
que não tem filhas e que a culpa é dos deuses, ao que o Bobo responde que se está na situação
em que está o deve às _______________ das filhas.
Na cena 10, o príncipe Reginaldo surge junto deles e diz que cheira a _______________ que tem
plantadas no seu jardim e o Rei Leandro _______________ quando o ouve. De seguida, é a vez
de violeta falar e o Rei fica confuso porque a voz é-lhe familiar.
Reginaldo pergunta-lhe quem é e o que faz no seu reino, ao que o Rei responde: “Sou Leandro,
____________________”. Reginaldo diz-lhe, então, que esse reino já não existe, que fora dividido
em dois e oferecidos às filhas mais velhas, que agora não faziam outra coisa que passar o tempo
a _________________ uma à outra.
Na última cena, dá-se o banquete. Violeta manda servir o _______________ prato e o rei prova,
mas _______________, manda servir o prato seguinte e o rei volta a fazer o mesmo. Seguem-se
outros pratos, mas a reacção do rei é sempre a mesma, até que diz: “______________! Esta
comida está _______________!” Violeta informa-o que é apenas comida ________________. O
Rei fica sem fala, espantado e pergunta-lhe o _______________. O Bobo reconhece-a de
imediato e o Rei admite então o seu grande erro ao _______________ a única filha sincera que
tinha, a única que o _______________ de verdade.
O pastor intervém e, citando as palavras da sua esposa, _______________, diz: “A palavras ocas,
_____________________”. O rei pede _______________ a sua filha Violeta e tudo acaba em
bem.
Doravante, aquele será também o seu reino, refere Violeta e esquecerão tudo o que ficou para
trás. Terminou o pesadelo!
E o Bobo termina, dizendo: “Vitória, vitória, ______________________________”.