Você está na página 1de 4

Capitalismo é um sistema econômico baseado na propriedade privada dos meios de

produção e sua operação com fins lucrativos.[1][2][3] As características centrais deste


sistema incluem, além da propriedade privada, a acumulação de capital, o trabalho
assalariado, a troca voluntária, um sistema de preços e mercados competitivos.[4][5] Em
uma economia de mercado, a tomada de decisão e o investimento são determinados
pelos proprietários dos fatores de produção nos mercados financeiros e de capitais,
enquanto os preços e a distribuição de bens são principalmente determinados
pela concorrência no mercado.[6]

O Capitalismo é um sistema econômico que está dividido em três fases:

 Capitalismo Comercial ou Mercantil (pré-capitalismo) – do século XV ao XVIII.

 Capitalismo Industrial ou Industrialismo – séculos XVIII e XIX. 

Capitalismo Financeiro ou Monopolista – a partir do século XX.

O início do capitalismo ocorreu no século XIII, a partir da desestruturação do sistema


feudal, que por sua vez modificou o setor produtivo e as relações de trabalho, nesse
momento houve o renascimento comercial que ficou caracterizado pela transição do
feudalismo para o capitalismo.
No século XV, recebeu o nome de CAPITALISMO COMERCIAL, para alguns autores pré-
capitalismo, esse foi marcado principalmente pela expansão ultramarina, colonização
do novo mundo (continente africano, asiático e americano), políticas mercantilistas (a
essa se vinculava a acumulação primitiva de capital, metalismo, balança comercial
favorável) e por fim o surgimento das primeiras potências européias: Portugal e

Espanha.

No final do século XVIII e início do XIX, teve origem o chamado CAPITALISMO INDUSTRIAL, esse


ficou caracterizado por muitas evoluções que foram primordiais à ocorrência da Primeira
Revolução Industrial na Inglaterra, no século XVIII, a utilização do carvão mineral como fonte
de energia para a indústria têxtil recebeu o invento da máquina a vapor, a inserção de outras
nações no processo, como França, Alemanha, Estados Unidos e Japão.
O imperialismo europeu, a partilha colonial, o liberalismo e o surgimento do socialismo
também marcaram esse período.

O CAPITALISMO FINANCEIRO, tem seu início no século XX, e os fatos históricos e características


da etapa remetem-se à Segunda Revolução Industrial, o descobrimento do petróleo como
fonte de energia, invento do motor à combustão, a indústria automobilística e a evolução nos
transportes, economia monopolizada de indústria e finanças, a criação da União Soviética,
Crash da Bolsa em 1929 (crise de 29), intervenção do estado na economia, terminando com o
Liberalismo puro, a expansão e surgimento de grandes corporações e empresas transnacionais
. Terceira Revolução Industrial, também denominada de Revolução Tecnológica, se deu pela
reordenação espacial da indústria, reorganização da divisão internacional do trabalho e
principalmente pela acelerada evolução e inovações tecnológicas (telecomunicação,
transportes, informática e biotecnologia).