Você está na página 1de 26

A P R E S E N T A Ç Ã O

A IMBRA MAQUINAS, empresa destinada à indústria, locação e


transporte de máquinas pesadas, oferece soluções nos segmentos de
máquinas e equipamentos com aplicações em obras de infra-estrutura,
incluindo grandes e complexas obras de construção e reabilitação de
gasodutos, oleodutos e minerodutos.

Este manual possui informações e instruções necessárias para a


utilização, tranqüilidade e confiança do cliente com o nosso produto, além de
apresentar-lhe dados técnicos referentes às características físicas e estruturais
do SideBoom.

São fabricados quatro modelos de SideBoom: 561 (D6), 572 (D7), 583
(D8) e 593 (D9) são construídos a partir de tratores de esteiras Caterpillar com
duas versões: com Cabine ou RopsCap, todos os modelos possuem o ROPS
(Roll Over Protection System), sistema de proteção contra rolagem ou
tombamento.

O SideBoom é fabricado considerando as normas (ABNT 8813 e ASME


B30. 14-2004), e seguindo os padrões de qualidade em conformidade com as
normas vigentes.
I N D I C E

SideBoom 4

Gráfico de Carga 5

Dimensões 6

Operações 7

Painel 8

Operação 9

Inspeção 10

Manutenção 11

Guinchos 12

Características 13

Instalação 13

Sistema Hidráulico 14

Fixação do Cabo 15

Manutenção 16

Princípios de Funcionamento 16

Lubrificação 17

Estocagem 18

Verificação de Problemas 18

Dados Técnicos 19

Lubrificantes Recomendados 21

Vistas Explodidas

Conj. Guincho 22

Pistão 25

Conj. Mesa 26

Conj. Lança 27

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
Conj. Contrapeso 28

Conj. Patescas 29

Moitão 32

Cabine 33

Rops 34

Procedimento de Teste Capacidade de Carga 35

Certificado de Garantia 37

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
S I D E B O O M

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
G R A F I C O D E C A R G A

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
D I M E N S Õ E S

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
O P E R A Ç Õ E S

Alavanca para baixo - Abrir contrapeso.


Contrapeso Alavanca para cima - Fechar contrapeso.

Joystick para trás - Levantar a carga.


Joystick para frente - Descer a carga.
Lança e Guincho
Joystick para direita - Descer a lança.
Joystick para esquerda - Levantar a lança.

Câmbio

A lança possui um mecanismo de segurança, que é acionado quando a


mesma atingir o seu ponto mais alto, desativando a tração e evitando possíveis
danos ao equipamento.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
P A I N E L

RPM (ROTAÇÃO POR MINUTO)

TEMPERATURA DO CONVERSOR TEMPERATURA DA ÁGUA

PRESSÃO DO OLEO CONJ. COMBINADO


ACELERADOR
LUZ DE ALERTA

FAROIS BUZINA IGNIÇÃO


HORIMETRO

O Sideboom possui um sistema de segurança que quando acionado


emite sinais sonoros e a luz de alerta no painel da maquina se acende, com
botões instalados na lateral esquerda nas partes dianteira e traseira da
maquina.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
O P E R A Ç Ã O

O mau uso do equipamento pode causar sérios acidentes, ao içar uma


carga sempre seguir os limites especificados no gráfico de carga, outros fatores
devem ser levados em consideração, tais como: dimensões da carga, queda ou
deslizamento da carga e dimensionamento e manutenção dos cabos de
içamento.

- Cópia da tabela de carga deve ser fixada em local de fácil visibilidade para o
operador.

- A área localizada sob contrapeso deve ser deixada livre de pessoas e objetos.

- A carga só deve ser erguida com o contrapeso estendido.

- Não é recomendada menos de cinco voltas de enrolamento dos cabos no


tambor do guincho de carga quando a lança estiver na sua posição mais baixa
de trabalho.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
I N S P E Ç Ã O

- Inspeção

Os equipamentos produzidos pela IMBRA MAQUINAS, passam por uma


rigorosa inspeção antes da entrega, que inclui testes de carga e verificação
geral.

- Inspeção Freqüente

Sempre antes do uso do equipamento o operador deve realizar uma


inspeção visual de todo o equipamento prevenindo possíveis acidentes, sem a
necessidade de se manter registros.

- Inspeção Periódica

Inspeção visual feita por uma pessoa designada e mantendo – se


registro das condições aparentes, para se prover uma base para a avaliação
contínua.

- Inspeção de Equipamentos fora de uso

O equipamento que esteja fora de uso por um período de um mês ou


mais, mas menor que um ano, antes de entrar em serviço deve passar por uma
inspeção por uma pessoa designada emitindo um relatório sobre o estado do
equipamento.

- Inspeção de cabos

Os cabos em serviço contínuo devem ser inspecionados uma vez a cada


dia de trabalho. Um relatório deve ser emitido mensalmente pela pessoa
designada. Devem ser inspecionadas principalmente as partes dos cabos que
não são visíveis durante o trabalho, já que são pontos normalmente sujeitos a
falha.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
M A N U T E N Ç Ã O

- Plano de manutenção

Recomenda – se o estabelecimento de um plano de manutenção


preventiva do equipamento e suas partes.

- Recomendações

As roldanas e outras superfícies de contato com os cabos devem ser


verificadas para evitar possíveis danos aos cabos.

As características originais do equipamento devem ser mantidas, a


menos que as mudanças sejam aprovadas pela IMBRA MAQUINAS.

- Guinchos

A troca de óleo e lubrificantes dos guinchos deve obedecer às


especificações do catalogo da IMBRA MAQUINAS.

- Cabos

Os cabos devem ser lubrificados regularmente.

As condições dos cabos devem ser verificadas periodicamente de


acordo com as normas vigentes.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
G U I N C H O S

Os guinchos hidráulicos IMBRA são equipamentos de alto rendimento


mecânico, projetados para operações de arraste e içamento de cargas.

Projetados para permitir maior facilidade de instalação, manuseio e


manutenção, podendo ser utilizado por qualquer operador não especializado,
desde que tenha conhecimentos básicos em mecânica.

Sua robustez lhe permite até 20.000kgf. com total segurança, sendo
recomendado para operações navais, de mineração e extração, guindastes,
prospecção e produção de petróleo dentre outras operações.

IMPORTANTE Todo equipamento é testado e aprovado pelo controle de


qualidade antes de deixar a fábrica, o que garante o
perfeito funcionamento do mesmo. Entretanto, a
experiência tem mostrado que uma operação correta e
eficiente do equipamento livre de problemas depende
quase inteiramente do usuário.

A maioria dos chamados problemas típicos de serviço resulta das condições


impróprias do óleo: viscosidade inadequada, presença de água, ferrugem,
lama, fiapos e outras impurezas. O restante dos problemas provém de
sobrecarga, falhas mecânicas e diagnósticas incorretos. A maior parte dos
problemas poderia ser evitada pelo uso correto do óleo e sem descuidar da
manutenção periódica.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Características

- O produto é inteiramente fabricado no Brasil, podendo – se obter peças


de reposição com facilidade.

- Redutor planetário de três estágios, embutido no tambor.

- Sistema de freio automático multidisco, que atua por molas e liberado


por pressão hidráulica.

- Válvula hidráulica utilizada para frenagem automática do motor


hidráulico na decida da carga, permitindo seu controle total.

- tambor montado sobre rolamentos de alta resistência e durabilidade.

- Utiliza – se cabo com diâmetro de 15,875mm.

 Instalação

A montagem é sobre a mesa do guincho, que por sua vez já esta


preparada para receber o mesmo. O SideBoom já vem com o guincho
montado e instalado de fabrica.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Sistema Hidráulico

É importante lembrar que o equipamento deverá ser utilizado


somente em circuitos hidráulicos compatíveis com os parâmetros
indicados. Caso contrário, sugerimos consultar previamente o Depto. de
Engenharia da IMBRA MAQUINAS.

O guincho possui duas Válvulas de retenção e dois Tampões


adaptadores que representam as conexões com as mangueiras de
pressão e retorno.

Válvula de Retenção

Tampão Adaptador

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Fixação do Cabo

A figura a seguir mostra o sistema de ancoragem do cabo no tambor.

Entrada do Cabo

Fixação por prisioneiros


Fixação por prisioneiros

Entrada do Cabo

ANTENÇÃO

Para maior segurança sempre utilizar no mínimo cinco voltas no


tambor como desenrolamento máximo.

IMPORTANTE Sempre antes do uso do equipamento verifique o nível do


óleo do redutor do guincho completando se necessário

Mantenha a pressão hidráulica do sistema dentro dos


limites estipulados. O funcionamento do guincho com a
baixa pressão no circuito provocara o desgaste prematuro
dos discos de freio. Além disso, a baixa vazão hidráulica
reduzirá sensivelmente a eficiência do motor.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Princípios de Funcionamento

O guincho opera por duas mangueiras a um sistema hidráulico,


através das válvulas de retenção e dos tampões adaptadores.

O eixo de saída do motor aciona os estágios de redução, com


saída transmissão sendo efetuada pela gaiola planetária do último
estagio.

Quando a pressão hidráulica do sistema é exercida sobre a


válvula de retenção o guincho recolhe o cabo. Se a pressão é exercida
sobre o tampão adaptador, o guincho gira no sentido contrário liberando
o cabo.

Quando o guincho é acionado para subir ou para descer a carga,


a pressão hidráulica atua na linha de desbloqueio do freio, liberando os
discos da pressão exercida pelas molas.

Interrompendo a pressão hidráulica no sistema do freio,


automaticamente é acionada a ação das molas, que pressionam
lateralmente os discos ocasionando o travamento do eixo.

A capacidade de retenção do freio automático é de 150% de força


de tração nominal do guincho.

 Manutenção

A manutenção preventiva abrange basicamente a lubrificação do


equipamento. A vida útil do guincho depende em grande parte da
manutenção periódica, que não pode, de nenhuma maneira, deixar de
ser executada.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Lubrificação

A cada 50 horas de operação verifique o nível do óleo do redutor


(13 litros), completando se necessário. Para completar o óleo do redutor,
retire o bujão e adicione óleo até atingir o seu nível normal. O nível
normal do óleo é alcançado quando o mesmo começa a vazar pela
entrada de óleo.

Entrado do óleo

Bujão

Entrado do óleo

Bujão

ATENÇÃO

O óleo do reservatório deve ser inspecionado a cada 200


horas quanto à presença de impurezas. O óleo sujo e
contaminado pode comprometer a vida dos componentes
mecânicos.

Nas primeiras trocas de óleo do redutor, o óleo se encontra normalmente


contaminado por partículas de bronze e ferro fundido, devido ao amaciamento
dos componentes de bronze e discos de freio.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Estocagem

Se o equipamento não for utilizado em um período superior a


quinze dias, proceder da seguinte forma para evitar a corrosão:

- Mantenha tampados as válvulas de retenção e os tampões


adaptadores.

- Mantenha o guincho e as mangueiras de ligação protegidos das


condições climáticas, em local seco e limpo.

- Proteja as partes metálicas sem pintura, com uma camada de


óleo viscosa ou graxa.

Se o período de estocagem for muito longo, drene todo o óleo do


redutor e reabasteça – o com óleo mineral SAE 30 sem aditivos.

Acionar o equipamento a cada seis meses, substituindo antes o


óleo pelo SAE 140 recomendado para o redutor.

 Verificação de Possíveis Problemas

1. O guincho não sobe a carga:

- Verifique se o equipamento foi instalado corretamente;

- Verifique a pressão na válvula de retenção;

- Certifique que a temperatura do óleo não esteja acima de 60˚C.

- O peso do carregamento pode ser excessivo.

Ajustes:

- Reparar a instalação do equipamento;

- Ajustar a pressão de trabalho;

- Consultar o Gráfico de Carga.

2. O guincho vibra quando sobe a carga:

- A válvula de alívio do circuito onde o guincho foi instalado pode


estar apresentando fuga de óleo;

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
- A vazão do sistema pode estar muito baixa.

Ajustes:

- Ajustar a pressão de trabalho;

3. A temperatura do guincho está muito alta:

- Verifique se a estrutura de suporte do equipamento sofreu


alguma deformação;

- Certifique que a temperatura do óleo não esteja acima de 60˚C.

 Dados Técnicos

Guincho de Carga:

- Modelo IMBRA 11600(P/P)

- Torque médio 190N/m

- Rotação máxima 2400 rpm

- Vazão máxima 360L/min

Guincho da Lança:

- Modelo IMBRA 11600(P/P)

- Torque médio 202N/m

- Rotação máxima 2400 rpm

- Vazão máxima 360L/min

Motor de Carga:

- Modelo M50 2½”

- Rotação máxima 2400 rpm

- Pressão máxima 140 Bar

- Vazão máxima 360L/min

- Velocidade 6,1 m/s

- Torque médio 190N/m


Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
- Consumo de potencia 66 cv

Motor de Carga:

- Modelo M50 3”

- Rotação máxima 2400 rpm

- Pressão máxima 120 Bar

- Vazão máxima 360L/min

- Velocidade 7,41 m/s

- Torque médio 202N/m

- Consumo de potencia 68 cv

Redutor:

- Redução total 36

- Eficiência 0,92

Freio:

- Tipo Automático Multidisco

- Torque de frenagem 60 Kgf.mm

- Torque do tambor 5081 Kgf.m

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Lubrificantes Recomendados

APLICAÇÃO
FABRICANTES REDUTOR DO GUINCHO CIRCUITO HIDRÁULICO

ATLANTIC ULTRAGEAR SAE 90 DURO AWS 315


CASTROL HYPOY B-90 HYSPIN AWS 68
ESSO GX - 90 NUTO ILTO H - 68
IPIRANGA IPIGEROL SP - 90 IPTUR WA 53
MOBIL MOBILUDE HD - 90 DTE OIL 26
PETROBRÁS TRM-5 SAE 90 HR 56 EP
SHELL SPIRAX 90HD TELLUS OIL33
TEXACO EP-95 RANDO RANDO OIL HD 68

ATENÇÃO O ponto de fluidez dos óleos SAE 90 e SAE 68 estão em torno de


-5˚C e +40˚C, perfeitamente aceitáveis para as condições de
trabalho dentro do território brasileiro. Para utilizar em demais
territórios que atinjam temperaturas abaixo de 5˚C negativos,
recomendamos utilizar produtos importados que tenha
características especificas para atender baixas temperaturas de
operação.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
PROCEDIMENTO DE TESTE CAPACIDADE DE CARGA

Teste

 A capacidade de levantamento deve ser determinada sob condições


estáticas.

 Todos os sistemas de levantamento, cabo e amarras devem estar de


acordo com as especificações dos respectivos fabricantes.

 Precauções de segurança devem ser observadas durante a condução


dos ensaios. Isto inclui o acompanhamento de todas as instruções de
operação fornecidas pelo fabricante da máquina a ser ensaiada e o
equipamento utilizado no ensaio. Meios devem ser providos para evitar
que a maquina tombe durante os ensaios, porém não devem influenciar
nos ensaios.

 Todos os ensaios estáticos da capacidade de levantamento devem ser


efetuados com o contrapeso estendido.

 A maquina utilizada no ensaio deve concordar em todos os aspectos


importantes com a máquina utilizadas para os cálculos.

 Para o ensaio com o peso vivo, a carga de ser aplicada por um peso de
massa conhecida e a projeção da carga deve ser ajustada para verificar
o ponto de equilíbrio ou o limite de força do mecanismo de
levantamento.

Aparato

O aparato para a realização dos ensaios deve conter, no mínimo:

 Meios para pedir a projeção de carga.

 Meios para determinar que a linha de levantamento de carga


esteja perpendicular ao plano de apoio.

Testes de carga nominal

 O ensaio deve ser realizado sobre uma superfície horizontal plana e


firme, que deve estar nivelada dentro de 1%.

 Antes do ensaio, a máquina deve estar limpa, em condições de


operação e operada até que o motor e os fluidos dos componentes de
levantamento estejam nas temperaturas normais de operação.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
 Antes do uso inicial, todo equipamento SideBoom novo, alterado ou
modificado deve ser testado por uma pessoa habilitada com relação aos
seguinte itens:

- Elevar e abaixar o gancho de carga;

- Elevar e abaixar a lança;

- Estender e retrair o contrapeso;

- Dispositivo com parada de lança devem ser testados através da


elevação vagarosa da lança até seu limite de elevação.

 Içar e parar a carga de teste para assegurar que carga é suportada pelo
equipamento SideBoom e seguro pelos freios do guincho de carga.

 Os ensaios devem ser conduzidos nas seguintes posições:

- Com projeção de carga de 1,25 m (± 10%), ou a uma mínima distância


aplicável da linha de tombamento;

- Dentro de 1 m da distância máxima de projeção de carga;

- Não havendo possibilidade de conseguir lastro suficiente para qualquer


das posições acima citadas, pode – se efetuar o teste com pesos de
massa conhecida e, de acordo com o Gráfico de Carga, estipular a
projeção de carga correspondente para sua verificação.

 As massas dos pesos utilizados no ensaio nunca devem exceder a


110% da carga especificada pela IMBRA MAQUINAS.

 Para validar cálculos, o ponto de equilíbrio deve ser medido e estar


dentro de 95% do calculado caso contrário, os valores serão ajustados
com base em um fator de correção determinado a partir dos valores
obtidos.

 Percorrer com a carga de teste içada uma distância suficiente para


provar a capacidade do equipamento SideBoom de suportar a carga de
teste.

ATENÇÃO

Nenhum SideBoom deve ter sua capacidade especificada em excesso


da carga de teste. Mudanças devem ser aprovadas pela IMBRA.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
C E R T I F I C A D O D E G A R A N T I A

A IMBRA MAQUIANS garante o produto por ela fabricado, bem como peças
conjuntos de componentes comerciais fabricados por terceiros, desde que
previsto em garantia e dentro das seguintes condições:

a. O prazo da garantia do kit Sideboom será 12 meses a partir da data da


emissão da nota fiscal.

b. Qualquer defeito deverá ser levado ao conhecimento da IMBRA, pois a


permanência de um defeito pode acarretar outros danos, onde haverá o
cancelamento da garantia do equipamento.

c. Eventuais atrasos na execução dos serviços não darão direito ao


proprietário à indenização por prejuízos, bem como a prorrogação dos
termos de garantia.

d. A garantia limita – se à reposição de peças defeituosas ou reparos


julgados precedentes.

e. Os componentes defeituosos serão devolvidos e substituídos, ficando as


despesas de transporte por conta do proprietário do equipamento. As
peças de reposição fornecidas em virtude do presente termo de garantia
são garantidas pelo restante do prazo de garantia aplicado ao
equipamento.

f. A garantia estará automaticamente cancelada se:

- As instruções contidas no manual do equipamento não forem


rigorosamente observadas.
- O equipamento for submetido a abusos.
- O equipamento sofrer qualquer tipo de desmontagem sem a
prévia autorização, por escrito da IMBRA.
- Os parâmetros hidráulicos ou a estrutura mecânica forem
modificados sem a prévia autorização da IMBRA.
- Os componentes originais forem alterados ou substituídos por
outros não fornecidos pela IMBRA.

g. A presente garantia não cobre os seguintes itens:

- Material de consumo (fluidos hidráulicos, óleo lubrificante,


graxas, etc.)
- Quaisquer peças que se desgastam pelo uso, tais como:
rolamentos, acessórios comerciais não fabricados pela IMBRA e
sujeitos à garantia fornecida pelos respectivos fabricantes; filtros,
peças sujeitas a avarias por ocasião de desmontagem dos
conjuntos que a pertencem, inclusive juntas, ferramentas, discos

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
de fricção, lonas de freio e componentes que tem a vida útil
normal determinada.
- Danos pessoais e materiais do proprietário ou terceiros.
- Despesas com o deslocamento de pessoal da IMBRA para
atender serviços de garantia em outras localidades a não ser na
IMBRA.

Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR
Copyright 2009 ®
WWW.IMBRAMAQUINAS.COM.BR