Você está na página 1de 14

NORMAS GERAIS IC - 2019

1. CONSIDERAÇÕES GERAIS

Com o objetivo de despertar no aluno do ensino superior a vocação pela pesquisa,


bem como o estímulo do pensar científico e da criatividade, a FAPESB disponibilizará
bolsas de iniciação científica às instituições de ensino superior e aos centros de
pesquisa, públicos ou particulares, localizados no Estado da Bahia, no ano de 2019.

As bolsas de Iniciação Científica – IC serão alocadas mediante concessão de cotas


institucionais para as instituições, cotistas, de ensino superior e centros de pesquisa.

As instituições cotistas deverão lançar seus Editais específicos de IC, através dos quais
os estudantes submeterão seus pedidos de bolsa. Os referidos Editais deverão
obedecer às Normas Gerais de Iniciação Científica da FAPESB – 2019 e conter a forma
de seleção com os critérios de aprovação dos candidatos.

É facultado à Fapesb participar da reunião final de aprovação dos candidatos


concorrentes, com intuito de verificar a conformidade do processo de seleção, proposto
no Edital Institucional. E se realizando essa participação, a mesma deverá ser
1
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
previamente agendada pela Fapesb.

Os calendários das instituições cotistas deverão permitir a entrega, na Fapesb, da


documentação completa, referente aos candidatos aprovados, impreterivelmente até
o dia 24 de maio de 2019, de modo a permitir a implementação das bolsas com
vigência inicial em 1o de agosto de 2019.

2. REQUISITOS MÍNIMOS E CONDIÇÕES

2.1. Do candidato
2.1.1. Estar regularmente matriculado em curso de graduação da instituição cotista.
2.1.2. Recomenda-se ter bom desempenho acadêmico, para alunos a partir do
segundo semestre, evidenciado pelo histórico escolar, com média geral igual ou
superior a 5,0 (cinco).
Obs: Caso o orientador não consiga selecionar um candidato que atenda a
recomendação do item 2.1.2, pede-se o envio de uma justificativa para a
escolha do seu candidato à bolsa.
2.1.3. Bolsistas que desenvolvam seus projetos em Centros de Pesquisa deverão estar
regularmente matriculados em cursos de graduação de outras instituições de ensino
superior, localizadas no Estado da Bahia.
2.1.4. Estar cadastrado como Pesquisador FAPESB, através do endereço eletrônico
http://siga.fapesb.ba.gov.br/cadastro/login.wsp.
2.1.5. Dedicar 20 (vinte) horas semanais ao projeto.
2.1.6. Não ter vínculo empregatício, de qualquer natureza, durante toda a vigência da
bolsa concedida pela FAPESB. Não ser beneficiado por outra bolsa de qualquer
natureza, estágio ou similar, durante a vigência da bolsa concedida pela Fundação,
exceto bolsas FIES/PROUNI, auxílio moradia ou similar, ofertado pela instituição de
vínculo do estudante.
2.1.7. Possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes.
2.1.8. Possuir conta bancária no Banco do Brasil.

2
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
2.1.9. Estar cadastrado no sistema SEI BAHIA, através do endereço eletrônico:
https://seibahia.ba.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo
_ logar&id_orgao_acesso_externo=0

2.2. Do orientador
2.2.1. Ser professor/pesquisador, com titulação mínima de Mestre, obtida em
Programa de Pós-Graduação stricto sensu, reconhecido pela CAPES, ou formalmente
convalidado no Brasil, se obtido no exterior.
2.2.2. Ter vínculo empregatício com a instituição de ensino superior ou centro de
pesquisa científica, tecnológica e/ou inovação localizada no Estado da Bahia e que
detém a cota, com carga horária mínima de 40 (quarenta) horas ou dedicação
exclusiva.
2.2.3. Integrar Grupo de Pesquisa cadastrado no Diretório de Grupos de Pesquisa do
CNPq.
2.2.4. Estar cadastrado como Pesquisador FAPESB, através do endereço eletrônico
http://siga.fapesb.ba.gov.br/cadastro/login.wsp.
2.2.5. Possuir currículo atualizado na Plataforma Lattes.
2.2.6. Estar cadastrado no sistema SEI BAHIA, através do endereço eletrônico:
https://seibahia.ba.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo
_ logar&id_orgao_acesso_externo=0

2.3. Da instituição cotista


2.3.1. Ter, pelo menos, 01 (um) Curso de Pós-Graduação stricto sensu acadêmico
recomendado pela Capes.
2.3.2. Ter, no mínimo, 10% de professores Doutores com carga horária mínima de 40
(quarenta) horas ou dedicação exclusiva.
2.3.3. Ter Grupos de Pesquisa cadastrados e ativos no Diretório de Grupos de Pesquisa
do CNPq.
2.3.4. Possuir Programa de Iniciação Científica, oferecendo bolsas próprias.
3
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
2.3.5. Ter representante legal e coordenador de iniciação científica e substitutos legais
cadastrados no sistema SEI BAHIA, através do endereço eletrônico:
https://seibahia.ba.gov.br/sei/controlador_externo.php?acao=usuario_externo_
logar&id_orgao_acesso_externo=0

3. OBRIGAÇÕES

3.1. Do bolsista
3.1.1. Cumprir fielmente as cláusulas e condições estabelecidas no Termo de Outorga
firmado com a FAPESB.
3.1.2. Encaminhar para a coordenação PIBIC da instituição cotista os Relatórios
Técnicos Parcial e Final (modelos disponíveis no Portal da FAPESB), elaborados com a
supervisão do orientador, no prazo estabelecido pela instituição detentora da cota.
3.1.3. Apresentar os resultados da pesquisa, objeto de apoio da Fundação, nos
Seminários Anuais de Iniciação Científica promovidos pela instituição cotista, sob a
forma de exposição oral ou pôster.
3.1.4. Fazer referência ao apoio da FAPESB em qualquer material de divulgação
relativo à pesquisa vinculada à bolsa concedida.

3.2. Do orientador
3.2.1. Acompanhar todas as atividades do bolsista, orientando-o na elaboração dos
relatórios técnicos (parcial e final), bem como na apresentação dos resultados da
pesquisa no Seminário Anual de IC.
3.2.2. Encaminhar para a coordenação PIBIC da instituição cotista os Relatórios
Técnicos Parcial e Final do bolsista IC, com a devida avaliação, nos prazos
estabelecidos pela instituição detentora da cota.
3.2.3. Fiscalizar a frequência e o desempenho do bolsista. Em caso de bolsista que
não esteja cumprindo com a carga horária determinada, que tenha concluído a
graduação, adquira vínculo empregatício de qualquer natureza ou outra bolsa, que
esteja descumprindo quaisquer regras das Normas Gerais ou que apresente

4
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
dificuldades em realizar as atividades propostas, solicitar a rescisão da bolsa,
imediatamente à Coordenação PIBIC da instituição cotista.
3.2.4. Não permitir e nem solicitar que o bolsista exerça atividades que não estejam
vinculadas diretamente com a pesquisa na qual está inserido, como apoio
administrativo ou operacional.
3.2.5. Não permitir que a apresentação no Seminário Anual de Iniciação Científica seja
realizada por outra pessoa, que não seja o bolsista vinculado ao Projeto.
3.2.6. Na impossibilidade de participação do bolsista na apresentação do Seminário
Anual de Iniciação Científica, o orientador deverá encaminhar à Coordenação PIBIC
documento formal, com as devidas justificativas.
3.2.7. Fazer referência ao apoio da FAPESB em qualquer material de divulgação
relativo à pesquisa vinculada à bolsa concedida.
3.2.8. As atividades desenvolvidas pelo orientador não são objeto passível de
remuneração pela Fapesb.

3.3. Da instituição cotista


3.3.1. Elaborar o Edital de IC de acordo com as Normas Gerais de Iniciação Científica
da FAPESB – 2019.
3.3.2. Divulgar as Normas Gerais de Iniciação Científica da FAPESB – 2019 na
instituição, bem como salientar a importância do cumprimento das cláusulas
constantes do Termo de Outorga assinado pelo bolsista, pelo orientador, pelo
coordenador do PIBIC e pelo representante legal da instituição cotista.
3.3.3. Encaminhar à FAPESB a relação com os nomes dos candidatos à bolsa de
Iniciação Científica aprovados pelo Edital institucional, em ordem alfabética, até
17/05/2019.
3.3.4. Informar à FAPESB, através de ofício da Coordenação PIBIC da instituição
cotista, a relação de bolsistas concluintes, no encerramento de cada semestre, para
que as bolsas sejam rescindidas.
3.3.5. Prestar contas à FAPESB através dos Relatórios Técnicos Institucionais (parcial
e final), que deverão ser encaminhados à Fundação de acordo com o cronograma
5
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
abaixo:

3.3.6.
RELATÓRIO DATA LIMITE
PARCIAL Até 28/02/2020

FINAL Até 31/08/2020

3.3.7. Encaminhar à FAPESB, acompanhando os Relatórios Institucionais referidos no


item 3.3.5, os Relatórios parciais e finais dos bolsistas.
3.3.8. Em caso de impedimento do orientador, a instituição poderá requerer
formalmente à FAPESB a sua substituição, através de ofício, anexando a seguinte
documentação referente ao novo orientador:
• Ofício da unidade/departamento informando vínculo e carga horária do
orientador com a instituição.
• Cópia do documento de identificação com foto.
• Cópia do CPF, caso não tenha o número no documento de identificação.

3.3.9. O novo orientador deverá atender aos requisitos previstos no item 2.2 desta
Norma, preservando o projeto e a continuidade da bolsa.

4. DURAÇÃO, PRAZOS E DOCUMENTAÇÃO

4.1. O período de vigência da bolsa é de até 12 (doze) meses, desde que não
ultrapasse o tempo regular da graduação no referido Curso.
4.2. Não existe possibilidade de renovação da bolsa. Caso o orientador tenha interesse
na permanência do bolsista, este deverá participar do processo seletivo do Edital PIBIC
2020.
4.3. A FAPESB, após o recebimento da documentação do bolsista, realizará análise da
6
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
mesma, de acordo com as Normas Gerais IC – 2019, podendo ou não implementar a
bolsa.
4.4. Toda a documentação necessária para implementação das bolsas IC deverá ser
entregue à FAPESB, impreterivelmente, até o dia 10 (dez) de cada mês, para que as
referidas bolsas sejam implementadas para o 1o (primeiro) dia do mês seguinte.
4.4.1. Caso dia 10 for final de semana ou feriado será considerado o próximo dia
útil.
4.4.2. Para as bolsas de IC a serem implementadas em 1o de Agosto de 2019,
excepcionalmente a documentação deve ser entregue à FAPESB até 24/05/2019.
4.5. Relação dos documentos necessários para implementação das bolsas vinculadas
às cotas PIBIC 2019 da FAPESB:

Documentação INDIVIDUAL para implantação da bolsa de IC


1 – Formulário online do Programa de Bolsas, concluído, na modalidade de IC - Cotas, com as
devidas assinaturas;
2 – Cópia do documento de identificação do candidato à bolsa;
3 – Cópia do CPF do candidato à bolsa, caso não tenha o número no documento de identificação;
4- Declaração da instituição informando matrícula, semestre e coeficiente do aluno. (ANEXO 1)
5 – Cópia do currículo do candidato à bolsa (atualizado), com impressão resumida diretamente da
Plataforma Lattes;
6 – Ofício da unidade/departamento informando vínculo e carga horária do orientador com a
instituição;
8 – Declaração assinada pelo candidato, informando:
1) Não ser beneficiado por alguma bolsa, que tem conhecimento e se compromete a não se beneficiar
com outra bolsa, de qualquer natureza, durante a vigência da bolsa concedida pela FAPESB (exceto
bolsa de auxílio moradia ou equivalente).
2) Não ter vínculo empregatício e/ou estatutário, que tem conhecimento e se compromete a não
adquirir vínculo empregatício e/ou estatutário durante a vigência da bolsa concedida pela FAPESB;
3) Dedicação de 20 horas semanais. (ANEXO 2)

7
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
9 – Cópia do extrato de conta no Banco do Brasil, em nome do candidato, contendo os números de
agência e conta (corrente ou poupança), incluindo os dígitos verificadores.
Quem não possuir conta no Banco do Brasil, deverá abri-la até o prazo de apresentação dos
documentos e mantê-la ativa com movimentação. Os dados bancários deverão constar no cadastro
online do pesquisador afim de manter a garantia do pagamento da bolsa.

5. IMPLEMENTAÇÃO DAS BOLSAS

5.1. As bolsas serão implementadas através da assinatura de instrumentos legais


denominados Termos de Outorga, os quais serão publicados no Diário Oficial do
Estado, em forma de extrato, após assinatura das partes.
Termo de Outorga: instrumento legal que regula a concessão de apoio financeiro a
pessoa física, através da imposição de direitos e obrigações, formalizando a concessão
do benefício.
5.2. Os bolsistas receberão, mensalmente, o valor da bolsa, através de crédito em
conta corrente/poupança no Banco do Brasil indicada pelos mesmos para este fim.

6. ACOMPANHAMENTO, AVALIAÇÃO DOS BOLSISTAS E DAS INSTITUIÇÕES


COTISTAS

6.1. Dos bolsistas


O processo de acompanhamento/avaliação dos bolsistas será realizado através da
análise dos relatórios técnicos (parcial e final) encaminhados à instituição cotista e da
participação no Seminário Institucional de Iniciação Científica. Abaixo estão detalhadas
as formas de acompanhamento e avaliação dos bolsistas.
6.1.1. Relatório Técnico Parcial – elaborado pelo bolsista com a supervisão do
orientador e encaminhado à Coordenação PIBIC, no prazo determinado pela referida
Coordenação, contido no Edital Institucional.
Obs: A não apresentação do relatório técnico parcial, no modelo específico e/ou
no prazo determinado, implicará na suspensão imediata da bolsa, ficando em
8
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
situação de inadimplência com a FAPESB.
6.1.2. Relatório Técnico Final – elaborado pelo bolsista com a supervisão do
orientador e encaminhado à Coordenação PIBIC, no prazo determinado pela referida
Coordenação, contido no Edital Institucional.

Obs: A não apresentação do relatório técnico final, no modelo específico e/ou


no prazo determinado, deixará o bolsista em situação de inadimplência com a
FAPESB.

6.1.3. Participação no Seminário Anual de IC da instituição cotista – todos os


bolsistas FAPESB deverão apresentar os resultados da sua pesquisa, através de
exposições orais ou pôsteres no Seminário Anual de IC.

6.2. Das instituições cotistas


O processo de acompanhamento e avaliação das instituições cotistas será realizado
através da análise dos Relatórios Técnicos Institucionais (parcial e final) encaminhados
à FAPESB, acompanhados dos relatórios técnicos individuais dos bolsistas, nos prazos
estabelecidos pela Fundação. Abaixo estão detalhadas as formas de acompanhamento
e avaliação das instituições cotistas.
6.2.1. Relatório Técnico Institucional Parcial – contendo a relação dos bolsistas
vigentes em ordem alfabética, com os respectivos pareceres de Aprovado ou
Reprovado, anexando os relatórios técnicos individuais dos bolsistas;

Obs 1: Bolsistas substituídos nesse período deverão constar de uma lista em separado,
também organizada em ordem alfabética, com os devidos pareceres de aprovação e
reprovação e acompanhado dos relatórios técnicos no modelo de Relatório Final.
Obs 2: Atenção para o preenchimento correto nos Relatórios Técnicos dos seguintes
campos:
• No do Termo de Outorga (BOL xxxx/20xx);
• No do Pedido (xxxx/20xx) e

9
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
• Período de abrangência do Relatório (neste campo deverá ser colocada
a data inicial da vigência da bolsa até a data referente à entrega do
relatório).
7. SUBSTITUIÇÃO DE BOLSISTAS

7.1. A substituição de bolsistas FAPESB só poderá ser realizada uma única vez, desde
que para o mesmo projeto aprovado pelo Edital, mediante pleito do orientador, com
as devidas justificativas, previstas no item 3.2.3.
7.1.1. A solicitação deverá ser dirigida à FAPESB, através de ofício da Coordenação
PIBIC da instituição a qual o bolsista está vinculado, indicando a data (dia, mês e ano)
referente à rescisão da bolsa, acompanhada de toda documentação do novo candidato
à bolsa.
7.2. A Instituição Cotista só poderá solicitar substituição de bolsista até
10/12/2019, com início de vigência do bolsista substituto em 01/01/2020.
7.3. O novo bolsista deverá preencher os critérios de desempenho acadêmico
explicitados no Edital da instituição cotista, bem como os requisitos e condições
estabelecidos nas Normas Gerais de Iniciação Científica da FAPESB – 2019.
7.4. O novo bolsista terá direito ao período restante de vigência da bolsa substituída.
7.5. O bolsista substituído deverá apresentar à instituição cotista, Relatório Técnico
Final, relativo ao período em que recebeu o benefício, assinado por ele e pelo seu
orientador, no prazo determinado pela referida Coordenação, contido no Edital
Institucional.
7.6. Caso o bolsista substituído apresente algum tipo de pendência junto à FAPESB, a
nova bolsa só poderá ser implementada após a regularização.

Lembramos que a implementação da bolsa do bolsista substituto está condicionada à


entrega do relatório final e consequente adimplência do bolsista substituído.

10
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
8. CONSIDERAÇÕES GERAIS

8.1. As bolsas concedidas através das cotas institucionais terão um prazo de até 60
(sessenta) dias, a partir de 1o de agosto de 2019, para serem implementadas.
8.2. As bolsas não implementadas até 1o de outubro de 2019 serão recolhidas pela
FAPESB.

8.3. O não cumprimento dos prazos na entrega dos relatórios técnicos (parcial ou
final) caracterizará inadimplência do bolsista e do orientador junto à Fundação.

8.4. A bolsa será cancelada após 60 (sessenta) dias de inadimplência, do bolsista, do


orientador ou da coordenação PIBIC, não podendo ser utilizada por outro bolsista, pelo
período restante.

8.5. Em caso de Rescisão da bolsa até 6o mês da sua vigência, o bolsista deverá
encaminhar à Coordenação Institucional do PIBIC apenas o Relatório Técnico Final.
Nos demais casos, deverão ser entregues os Relatórios Parcial e Final.

8.6. As mensalidades recebidas indevidamente deverão ser devolvidas integralmente


à FAPESB, pelo bolsista, em valor atualizado, corrigido pelo índice da poupança.

8.6.1 O valor percebido indevidamente deve ser devolvido até o último dia do mês
que a cobrança for realizada, à exceção dos bolsistas a serem substituídos que deverão
apresentar quitação do valor antes da implementação de seu substituto.

8.7. O vínculo institucional do bolsista concluinte com o seu curso de graduação


cessará no encerramento do semestre letivo e não na colação de grau.

8.8. LICENÇA MATERNIDADE: Para a bolsas de 12 meses de vigência, a prorrogação


poderá ocorrer até 04 (quatro) meses, dos prazos regulamentares máximos de
vigência da bolsa de estudo, se comprovado o afastamento temporário das atividades
da bolsista provocado pela ocorrência de parto ou adoção de criança menor de 1(um)
ano, durante o período de vigência da respectiva bolsa, que deverá ser formalmente
comunicado e confirmado à FAPESB, através de ofício emitido pela Coordenação do
PIBIC da instituição, especificando as datas de início e termino do efetivo, além de
11
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
documentos comprobatórios da gestação e nascimento.

8.9. Permite-se a suspensão da bolsa, de até 60(sessenta) dias, por doença, mediante
envio de comprovação de afastamento das atividades do projeto e relatório médico.

8.10. A concessão das bolsas está condicionada à disponibilidade orçamentária e


financeira da Fapesb.

8.11. A FAPESB se resguarda o direito de, a qualquer momento, solicitar informações


ou documentos adicionais que julgar necessários.

9. CASOS OMISSOS

A Diretoria Executiva da FAPESB reserva-se o direito de resolver os casos omissos e


as situações não previstas nas Normas Gerais 2019 – Bolsas de Iniciação Científica –
Cotas Institucionais do Programa de Bolsas da FAPESB.

10. INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB

Endereço: Rua Aristides Novis, no 203, Colina de São Lázaro – Federação, Salvador –
Bahia, CEP: 40.210-720. Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira das
08:30h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h.

Lembramos que o horário de entrega de documentos é de 08:00h às 13:00h na Central


de Atendimento ao Público (CAP).

O Programa de Bolsas de Iniciação Científica - PIBIC é vinculado ao Programa de Bolsas


da FAPESB. A comunicação poderá ser através dos telefones (71) 3116-7617 ou (71)
3116-7669 ou endereço eletrônico coord.bolsas@fapesb.ba.gov.br, para onde poderão
ser encaminhadas sugestões, críticas e/ou solicitações de esclarecimentos.

12
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
ANEXO 1

DECLARAÇÃO

Declaramos que (NOME DO CANDIDATO), inscrito no RG sob o n°0000000000 e CPF n°


000.000.000-00, residente e domiciliado na (ENDEREÇO DO CANDIDATO), está matriculado
nessa instituição, cursando o (SEMESTRE) e tem como coeficiente de rendimento xxxxxx.

Salvador, de de 20XX.

___________________________________________

INSTITUIÇÃO

13
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119
ANEXO 2

DECLARAÇÃO

Eu, (NOME DO CANDIDATO), inscrito no RG sob o n°0000000000 e CPF n° 000.000.000-


00, residente e domiciliado na (ENDEREÇO DO CANDIDATO), DECLARO, sob as penas da
lei, ao Programa de Bolsas da FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DA
BAHIA – FAPESB, que não possuo e tenho conhecimento que não poderei possuir vínculo
empregatício e outras bolsas, de qualquer outra natureza, estágio ou similar, perante os órgãos
da Administração Pública Direta ou Indireta, no âmbito estadual, federal ou municipal, durante
toda vigência da bolsa FAPESB, para a qual dedicarei 20 horas semanais.

Salvador, de de 20XX.

___________________________________________

CANDIDATO

14
Rua Aristides Novis, 203, Colina de São Lázaro – Federação – Salvador – Bahia – 40.210-720
Tel.: (71) 3116-7600 / 7616 e Fax: (71) 3116-7652 / 3245-6119