Você está na página 1de 193

Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

ASSIS ARRUDA

Genealogia Sobralense
Os Ferreira da Ponte
1679-2006

VOLUME IV - TOMO VIII

1433
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

FRANCISCO DE ASSIS VASCONCELOS


ARRUDA

Genealogia Sobralense
Os Ferreira da Ponte
1679-2006

VOLUME IV - TOMO VIII

1434
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sobral-2005

OBRAS PUBLICADAS

* Os Arrudas- Genealogia, @ 1ª Ed. 1980


* Genealogia Sobralense - Os Arrudas - Vol. III @ 2ª Ed. 1988
* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo I 1993
* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente-Vol. II - Tomo II 1996
* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente -Vol. II - Tomo III 1996
* Genealogia Sobralense -Os Ferreira da Ponte -Vol. IV-Tomo I 1998
* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente -Vol. II-Tomo IV 2000
* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente -Vol. II - Tomo V 2003

OBRAS A PUBLICAR

* Genealogia Sobralense - Roteiro Genealógico das Sete Irmãs- Vol. I


* Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente - Vol. II - Tomo VI
* Genealogia Sobralense - Os Ferreira da Ponte - Vol. IV - Tomo II
* Genealogia Sobralense - Os Ferreira da Ponte - Vol. IV - Tomo III
* Genealogia Sobralense - Os Ferreira da Ponte - Vol. IV - Tomo IV
Genealogia Sobralense – Os Linhares- Vol. V. Tomo I
Genealogia Sobralense – Os Linhares- Vol. V. Tomo II
Genealogia Sobralense – Os Linhares- Vol. V. Tomo III
Genealogia Sobralense – Os Linhares- Vol. V. Tomo IV
* Genealogia Sobralense - Os Ferreira Gomes - Vol. VI - Tomo I
* Genealogia Sobralense - Os Ferreira Gomes - Vol. VI - Tomo II
* Genealogia Sobralense - Os Ribeiro da Silva- Vol. VII - Tomo I
* Genealogia Sobralense - Os Ribeiro da Silva- Vol. VII - Tomo II
* Genealogia Sobralense - Os Lopes Freire - Vol. VIII
Genealogia Sobralense - Descendência do Capitão Diogo Lopes do
Coração o de Maria - Vol. IX
Genealogia Sobralense - Roteiro Genealógico de Algumas Famílias
da Ribeira do Acaraú - Vol. X.

1435
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

* Genealogia Sobralense - Roteiro Genealógico dos Aguiar Vol. XI


Genealogia Sobralense – Os Bezerra de Araújo – Vol. XII. Tomo I
Genealogia Sobralense – Os Bezerra de Araújo – Vol. XII. Tomo II
Genealogia Sobralense – Os Prado- Vol. XIII.

1436
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Arruda, Francisco de Assis Vasconcelos

Genealogia Sobralense “OS FERREIRA DA PONTE”,


Sobral, CE, IOM, 2005. Vol. IV - Tomo III
p.450

1- GENEALOGIA - I- TITULO

COD. 929.308131

1437
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

FRANCISCO DE ASSIS VASCONCELOS


ARRUDA

Genealogia Sobralense
Os Ferreira da Ponte
1679-2006

VOLUME IV - TOMO VIII

1438
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sobral-2005

APRESENTAÇÃO

O incansável genealogista Francisco de Assis Vasconcelos Arruda,


no esforço ingente de acelerar a publicação de sua obra “Genealogia
Sobralense”, projetada para mais de uma dúzia de volumes, brinda-nos
agora com o quarto livro da coleção. Como os tomos anteriores, que tratam
dos Arrudas e dos Gomes Parentes, este, que o leitor tem em mãos, versa
sobre outra numerosa família sobralense: Os Ferreira da Ponte.
O autor adota a mesma metodologia anterior de numeração vertical
de gerações descendentes, tanto por via agnática quanto cognática, a partir
do probante local, o coronel Gonçalo Ferreira da Ponte, tronco da prolífera
família homônima, que povoou vastas regiões cearenses do Vale do
Acaraú. Tal método deixa aberta a necessidade da organização de tabelas
posteriores, de via ascendente, dentro da numeração de Sosa-Stradonitz,
hoje comumente adotada, para facilitar o processamento dos nomes citados
na memória de computadores. O autor transfere tal tarefa aos genealogista
do futuro.
O coronel Gonçalo, primeiro Ferreira da Ponte a fixar residência na
região de Sobral, traz, nos sobrenomes adotados, o sinal de sua
descendência lusitana, proveniente dos concelhos municipais de Paços de
Ferreira e Ponte de Lima, topônimos de duas cidades, de onde foram tiradas
as duas partes do sobrenome: “Ferreira e Ponte”. Tal praxe era usual entre
os portugueses que vinham para o Brasil. Transformar os topônimos em
antropônimos era uma forma patriótica de homenagear a pátria nativa, que
ficara distante.

1439
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Até meados do século XVIII, conforme demonstra profusamente a


documentação disponível da época, os portugueses adotavam, como seus
nomes próprios, apenas duas palavras: o prenome de batismo e o
sobrenome do genitor. Ao chegarem ao Brasil, acrescentavam o topônimo
da localidade de origem como mais um outro sobrenome. Os casos são
incontáveis: Porto, Lisboa, Viana, Lima, Ponte, Ferreira, Braga, etc. São
hoje alguns exemplos de topônimos lusitanos adotados como sobrenomes
de famílias brasileiras. O coronel Gonçalo Ferreira da Ponte não fugiu da
regra.
Nascera na freguesia da Boa Vista do Recife, no ano de 1697, filho
de Cosme de Freitas Pereira e de Joana de Barros Rego Coutinho, esta da
descendência de Arnaud de Holanda. O sobrenome Ferreira provém do avô
paterno Rodrigo da Costa Ferreira, que foi casado com sua parenta Marusa
de Freitas.
Por informação colhida na “Nobiliarquia Pernambucana” de Borges
da Fonseca, sabemos que Gonçalo tinha o apelido de “Cachaço”,
certamente por motivo de ter o pescoço gordo e grosso, defeito proveniente
provavelmente, de disfunção da glândula tireóide.
Sua vida atribulada revela ter possuído temperamento inconstante e
inquieto, o que o levou a mudar várias vezes de residência, além de muito
sentir a morte de duas esposas e lamentar as aventuras do primeiro filho
Francisco Ferreira da Ponte, que fugiu de casa, ainda jovem, e foi levar
vida irregular nas Minas Gerais, sem dar notícias ao pai durante muitos
anos.
Gonçalo, ainda adolescente, foi residir em Natal, Rio Grande do
Norte onde, aos 17 anos de idade, contraiu o primeiro matrimônio com
Maria de Matos Coutinho, de cujo leito nasceram os filhos Francisco e
Maria de Matos, ambos nascidos no Recife. O primeiro gerou filhos, com
Maria da Costa, durante sua estada nas Minas e, em 1737 veio residir no
Vale do Acaraú, casando-se, no ano seguinte, com Maria Madalena de Sá,
uma das conhecidas “Sete Irmãs”, filhas de Manoel Carrasco. Quanto a

1440
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Maria, irmã de Francisco, sabemos que casou no Recife com Sebastião de


Arruda Coelho e dela não se tem outra notícia.
O segundo matrimônio de Gonçalo foi realizado na matriz da Boa
Vista do Recife, em 1736, com Maria da Conceição do Monte e Silva,
originária da Ilha da Madeira. Desse casamento provêm o padre José
Ferreira da Costa, que foi cura da Missão Velha dos Cariris Novos no Sul
do Ceará, o capitão-mor Manoel José do Monte e Maria do Livramento,
cujos casamentos foram realizados na matriz da Caiçara, hoje Sobral. O
Terceiro matrimônio de Gonçalo foi com Rosaura (Álibi Rosária) do Ó
Mendonça, irmã do capitão-mor José de Xerez Furna Uchoa, sem
descendência.
O motivo que levou Gonçalo a emigrar do Recife para o Ceará não é
bem conhecido. O Genealogista Soares Bulcão, conforme anotação
manuscrita deixada em caderno guardado nos arquivos do Instituto do
Ceará, supõe que razão foi acompanhar o seu filho padre José para a
Missão Velha, vindo depois para o Vale do Acaraú. Outra razão alegada é
que veio diretamente para este Vale, quando recebeu a alegre notícia de que
o seu primogênito Francisco havia deixado Minas e já se encontrava, na
companhia de dois filhos bastardos, na região do rio Acaraú. Ambas as
hipóteses são prováveis e, talvez, simultâneas.
O autor deste livro não arrolou a descendência dos dois filhos
bastardos de Francisco, nascidos nas Minas e que vieram com o pai para o
Vale do Acaraú. São eles: José e Perpétua, ambos contraíram matrimônio
na matriz de Sobral e deixaram proles conforme deixei registrado na
“Cronologia Sobralense”, volume I, p. 46.
No Vale do Acaraú, Gonçalo Ferreira da Ponte prosperou
economicamente, chegou ao posto de coronel de milícias e fixou residência
no sítio Santa Úrsula, sobre a serra da Meruoca, nas imediações da chácara
do cunhado José de Xerez. Aí faleceu repentinamente, no dia 23 de junho
de 1762, com 65 anos de idade. Consta do seu testamento que , “como não
tem herdeiros forçados, institui por sua herdeira a nossa Senhora da
Conceição desta matriz” (Sobral), onde foi sepultado.

1441
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

O livro de Assis Arruda arrolou a prolífica descendência dos Ferreira


da Ponte, família tradicional e notável da sociedade sobralense, e o fez com
a mesma mestria manifestada nas obras anteriores.
Quem escreve livro de genealogia sempre se depara com o iminente
perigo de cair na monotonia, tendo em vista a obrigação que tem de
relacionar milhares de nomes próprios e de repetir os mesmos algarismos,
símbolos e abreviações. Cabe a cada autor descobrir a melhor forma de
superar tal obstáculo, para que a leitura, apesar do assunto árido, torne-se
instrutiva e agradável.
Assis Arruda soube, magistralmente, eludir essa dificuldade, pela
abundante utilização de fotografias, entremeadas de dados biográficos dos
vultos mais destacados da família. O leitor encontrará, assim, oportunidade
para ampliar conhecimentos sobre a história local e deleitar-se com
prazerosas horas de lazer.
Seu trabalho é altamente meritório, pelo ingente esforço da pesquisa,
pelas cansativas vigílias de estudo e pela valiosa contribuição para o
enriquecimento do patrimônio cultural de sua terra.

Pe. F. Sadoc de Araújo


Sobral, 30.08.1997

1442
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

GONÇALO FERREIRA DA PONTE, conhecido popularmente por


"Cachaço", nasceu em Recife no ano de 1679, filho de Cosme de Freitas
Ferreira e de sua segunda mulher Joana de Barros Coutinho. Neto paterno de
Rodrigues da Costa Ferreira e Marusa de Freitas. Emigrou para a Ribeira do
Acaraú, na Região de Sobral, onde faleceu no dia 23 de junho de 1762, com 83
anos de idade e mnorava na Serra da Meruoca. Gonçalo, casou-se três vezes. A
primeira com a pernambucana MARIA DE BARROS COUTINHO, em
Recife (Pe). A segunda com MARIA DA CONCEIÇAO DO MONTE E
SILVA, Portuguesa da da Ilha da Madeira. A terceira com ROSAURA DO
O'MENDONÇA, na Matriz de Sobral, deste não houve sucessão.Deixou os
seguintes filhos:

Do 1º Matrimônio:

F.1. FRANCISCO FERREIRA DA P0NTE 1ª PARTE


F.2 Uma mulher 2ª PARTE

Do 2º Matrimônio:

F. 3. JOSÉ FERREIRA DA COSTA 3ª PARTE


F. 4. MANOEL JOSÉ DO MONTE 4ª PARTE
F. 5. MARIA DO L.IVRAMENTO 5ª PARTE

1ª PARTE

1443
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

F.1. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE, casou-se na


Matriz de Sobral, a 20-09-1738 com MARIA MADALENA DE SA (3ª das
Sete Irmãs), fal. a 16.03.1743, filha do Capitão Manoel Vaz Carrasco e Silva e
de sua 2ª esposa Madalena de Sá e Oliveira, viúva de Francisco Bezerra de
Menezes e filha de Nicásio Aguiar de Oliveira e de Madalena Sá. Deste
Matrimônio nasceram os quatro filhos abaixos relacionados, que serão
distribuídos em quatro capítulos correspondentes a quatro tomos:

N.1. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE CAP. I


N.2. PEDRO FERREIRA DA PONTE CAP. II
N.3. VICENTE FERREIRA DA PONTE CAP. III
N.4. ANA FERREIRA DA PONTE CAP. IV

CAPITULO I
N.1. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE, foi batizado na Matriz
de Sobral a 25 de dezembro de 1739, que não sobreviveu.

CAPITULO II

N.2. PEDRO FERREIRA DA PONTE (Sarg. Mór), foi


batizado na Matriz de Sobral a 05 de junho de 1741, casou-se a 15 de
outubro de 1759 com CATARINA DA COSTA MEDEIROS, filha de
Tomás da Silva Porto1e Nicácia Alves Pereira. (Desdobrado no Tomo II –
Os Ferreira da Ponte- Genealogia Sobralense.).

1
Tomás da Silva Porto, filho de Mateus da Silva e de Francisca de Sousa, portugueses.
Casou-se a 18.05.1733, no Sítio das Frecheiras, com Nicásia Álvares Pereira, filha de Matias
Pereira de Carvalho e de Micaela da Silva. Seu sogro Matias Pereira, foi Ouvidor provisório
do Ceará quando José Mendes Machado foi substituído em novembro de 1728. Tomás da

1444
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Bn.1. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE § 2.1


Bn.2. GONÇALO FERREIRA DA PONTE § 2.2
Bn.3. JOSÉ FERREIRA DA PONTE § 2.3
Bn.4. JOAQUIM FERREIRA DA PONTE § 2.4
Bn.5. MARIA MADALENA DE SA § 2.5
Bn.6. TEODORA MARIA DE JESUS § 2.6
Bn.7. MANUEL FERREIRA DA PONTE § 2.7
Bn.8. ANTONIO ALVES F. DA PONTE § 2.8

§ 2.1

Bn.1.FRANCISCO FERREIRA DA PONTE (NETO), casou-


se em Sobral a
24.06.1793, na Fazenda Jaibaras de Cima, com
FRANCISCA RIBEIRA DA SILVA, filha do Cel. Félix Ribeiro da
Silva2 e Maria Alves Pereira. Pais de:

Tn.1. JOAQUIM FERREIRA DA PONTE § 2.1.1


Tn.2. LIBÓRIO FERREIRA DA PONTE § 2.1.2

§ 2.1.1

Tn.1. JOAQUIM FERREIRA DA PONTE. Casou-se duas vezes.


A 1ª, a 13.10.1832 com sua prima MARIA FERREIRA DA PENHA,

Silva Porto, é um dos grandes patriarcas da Ribeira do Acaraú (Apud Araújo, Sadoc-
Cronologia Sobralense, Vol I, pg 116)

2
Cel. Félix Ribeiro da Silva, filho de Felipe Ribeiro da Silva e de D. Francisca Pereira,
natural de Braga, Portugal. Casou-se a 22.07.1766, na Matriz de Sobral (CE), com Maria
Álvares Pereira, viúva que ficou do seu marido o Capitão Domingos Ferreira Gomes, natural
do Bispado de Lisboa, ela filha legítima de Matias Pereira de Carvalho, da cidade do Porto,
e de sua mulher Micaela da Silva Medeiros, de Igarassú (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia
Sobralense, Vol I, pg 236).

1445
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

filha de Antonio Alves Ferreira da Ponte e de Teresa Maria de Jesus. A 2ª,


a 28.05.1881 com UMBELINA FRANCISCA VIANA, filha de José
Martins Viana3 (filho do Português Antonio Martins Viana4 e de Gestrudes
Teresa Inácio) e de Francisca Manuela da Conceição ( Desenvolvido na
Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo I).

§ 2.1.2

Tn.2. LIBÓRIO FERREIRA DA PONTE, segundo filho de


Francisco Ferreira da Ponte e de Francisca Ribeiro da Silva, desdobrado
neste TOMO II juntamente com os demais filhos de Pedro Ferreira da
Ponte. Casou-se com RITA MADEIRA DE VASCONCELOS, fal. em
1868, viúva de Manoel Joaquim dos Reis, filha de Diogo Alves Linhares5 e
de Ana Ferreira de Vasconcelos (Família Feitosa, de Inhamuns,
Ceará).(Desenvolvido no Tomo II Os Ferreira da Ponte - Genealogia
Sobralense, Vol IV)

CAPITULO III

3
José Martins Viana, filho do português Antônio Martins Viana e de Gertrudes
Tereza Inácio. Casou-se a 03.07.1820 com Francisca Manuela da Conceição, filha de
Antônio Lopes Freire e de Ana Manuel de Ribeiro ( Apud Araújo , F. Sadoc – Cronologia
Sobralesne, vol. II pg 112).
4
Antonio Martins Viana, português natural de São Miguel dos Morrinhos, filho
de Manuel Francisco Costa e de Maria Costa e se casou a 6 de novembro de 1787
com Gestrudes Tereza Inácia, filha de Félix José de Sousa Oliveira e de Teodora
Maria de Jesus (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol II, pg 113).
5
Diogo Alves Linhares, filho do Sargento-mór Antônio Álvares Linhares e de D. Inez
Madeira de Vasconcelos, nasceu em Sobral a 10.09.1760 e fal. a 16.10.1806. Foi Juiz
ordinário e Vereador da Câmara. Casou com D. Ana Ferreira de Vasconcelos (família
Feitosa, de Inhamuns, Ceará), que faleceu em outubro de 1830, filha de João Ferreira
Chaves e de Ana Ferreira de Vasconcelos (Apud Linhares, Mário – Os Linhares- 2ª
Edição, 1954)

1446
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

N.3. VICENTE FERREIRA DA PONTE, nasceu em


Sobral em 1742 e foi batizado a 26.04.1742 e faleceu a 12.06.1823, sendo
sepultado na Capela de Santana do Acaraú. Segundo Dom José tupinambá
da Frota, em seu livro História de Sobral, que segundo a tradição Vicente
Ferreira da Ponte foi o primeiro que penetrou na Serra da Meruoca
(Beruoca) para explorações agrícolas. Presidente da Câmara Municipal de
Sobral. Participou da instalação da Vila Distinta e Real de sobral, quer
como Vereador eleito a 5 de julho de 1773, quer assinando o auto de
Audiências. No ano de 1787, a 3 de fevereiro, como Juiz Ordinário da
Câmara de Sobral, juntamente com outros vereadores, fazem ofício à
Rainha queixando-se dos desmandos e tiranias do Governo João Baptista
de Azevedo Coutinho de Montaury. Terminam o ofício dizendo: “ Esta
representação vai escrita por um dos nossos companheiros, porque a
experiência tem mostrado que os escrivães das Câmaras desta Capitania,
para adquirirem créditos com os Capitões-mores e ministros deles,
costumam revelar estes semelhantes segredos”. No mesmo ano, a 15 de
dezembro, como Juiz Ordinário e Presidente da Câmara, oficiam à Rainha e
ao Papa, o pedido de feriar um dia em cada ano, para honrar com as
maiores festividades, O Sagrado Coração de Jesus, comprometendo-se a
custear as despesas necessárias. A 4 de abril de 1791 é promovido ao posto
de Comandante do Regimento de Cavalaria da Ribeira do Acaraú, com a
patente de Coronel. A 14 de dezembro, por intermédio de seu bastante
procurador José Féo Castelo Branco, presta juramento para assumir o cargo
de Coronel, perante o Governador Luís da Mota Féo Torres, em Fortaleza.
Casou-se duas vezes. A 1ª, na Matriz da Caiçara a 07.07.1760 com ANA
DE SA MEDEIROS (Ana Maria de Souza), faleceu a 01.03.1797,
filha de Tomás da Silva Porto6 e Nicásia Alves Pereira. A 2ª a 31.07.1797
com MARIA GERTRUDES DE MENDONÇA., Pais de:

Do 1º Matrimônio:

6
Tomás da Silva Porto, filho de Mateus da Silva e de Francisca de Sousa, portugueses.
Casou-se a 18.05.1733, no Sítio das Frecheiras, com Nicásia Álvares Pereira, filha de Matias
Pereira de Carvalho e de Micaela da Silva. Seu sogro Matias Pereira, foi Ouvidor provisório
do Ceará quando José Mendes Machado foi substituído em novembro de 1728. Tomás da
Silva Porto, é um dos grandes patriarcas da Ribeira do Acaraú (Apud Araújo, Sadoc-
Cronologia Sobralense, Vol I, pg 116).

1447
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Bn.9. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE........§ 3.9.

Do 2º Matrimônio: Sem sucessão

§ 3. 9

Bn.9. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE (NETO),


(Capitão) nasceu em Sobral, a 26.04.1742 e faleceu a 23.07.1825 e
sepultado na Matriz de Sobral. Casou-se a 31.07.1780, na fazenda
Tucunduba, com MARIA DO CARMO FONTELES (Maria do
Carmo Espírito Santo), filha de Manuel Ferreira Fonteles Filho7 e Ana
Maria da Conceição (Ana Dias Leitão). Pais de:

Tn.15. ANA MARIA BERNARDINA............. § 3. 9.15 (T - 5)


Tn.16.FRANCISCA M ARIA BERNARDINA. § 3 .9.16 (T - 5)
Tn.17.FLORENCIA FERREIRA DA PONTE. § 3. 9.17 (T - 5)
Tn.18.MANUEL FRANCISCO DA PONTE.... § 3. 9.18 (T - 6)
Tn.19.CONSTANCIA MARIA DO CARMO § 3. 9.19 (T -7)
Tn.20.VICENTE FERREIRA DA PONTE...... § 3. 9.20 (T - 8)
Tn.21.JOSÉ FERREIRA DA PONTE............... § 3. 9.21 (T - 8)
Tn.22. MARIA QUITÉRIA PONTE............... § 3. 9.22 (T - 8)

7
Manuel Ferreira Fonteles Filho, filho do primogênito do Cap. Manoel Ferreira
Fonteles e de Maria Pereira, casou-se a 12.11.1755 com Ana Maria da Conceição, filha de
Ângelo Dias Leitão e de Rosa Maria Ferreira. Pais de: (1) Manoel Ferreira Rocha, (2) José
Alexandre da Rocha, (3) Quitéria Maria do Carmo, (4) Gonçalo José do Amarante, (5)
Francisco Antônio Ferreira, (6) Francisco Ferreira da Rocha, (7) Manoel Inácio Fonteles, (8)
Maria do Carmo Fonteles, (9) Ana Maria da Conceição, (10) Tomásia Ferreira da Rocha,
(11) Luzia Ferreira Fonteles, (12) Rita de Tereza de Jesus (Apud Araújo, Sadoc-
Cronologia Sobralense, Vol. 1, pg 184)

1448
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

§ 3. 9. 19 – TOMO VII

Tn.19. CONSTANÇA MARIA DO CARMO


PONTE, Casou-se a 27.05.1813 com DIOGO JOSÉ DE SOUZA, filho de
Manoel Francisco Vasconcelos e de Maria Joaquina da Conceição Uchoa.
(Seu desdobramento corresponde na Genealogia Sobralense VoIV - Os
Ferreira da Ponte – Tomo VII).

§ 3. 9. 19

Tn. 20. VICENTE FERREIRA DA PONTE (NETO).


Casou-se duas vezes. a 1ª, a 15.06.1828 com ANA FLORÊNCIA DA
SILVA, fal. 13.01.1829, filha de Felipe Ribeiro da Silva8 e de Maria
Bernardina do Monte. A 2ª, a 06.10.1830 com ROSA FRANCISCA DA
PONTE, filha de José Ferreira da Ponte9 e de Maria da Ressurreição
Viana.

Do 1º matrimônio:

Qn. 83. José Florêncio Ribeiro da Silva


Qn. 84. Francisco Ferreira da Ponte e Silva
Qn. 85. Vicente Ferreira da Ponte
Qn. 86. Miguel Franklin da Ponte
Qn. 87. Maria Bernardina da Ponte
Qn. 88. Ana América da Ponte

8
Felipe Ribeiro da Silva, filho do Cel. Félix Ribeiro da Silva e de Maria Alvares
Pereira. Casou-se a 24.11.1794 com Maria Bernardina do Monte, filha do Capitão- mor
Manoel José do Monte e de sua segunda mulher Ana América Uchoa ( Araújo, Sadoc –
Cronologia Sobralense, Vol I, pg 336
9
José Ferreira da Ponte, filho de Francisco Ferreira da Ponte (Neto) e de Maria do
Carmo Fonteles. Casou-se com Maria da Ressureição Viana ( alibi Maria José), filha do Cel.
José Joaquim da Rocha e de Maria da Ressureição Viana ( Apud Arruda, F. A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo VIII, pg 1562) .

1449
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Do 2º matrimônio:

Qn. 89. Rosa Francelina de Araújo

Qn. 83. José Florêncio Ribeiro da Silva. Casou-


se a 26.07.1843, com Teresa Bernardina do Monte, filha de Vicente
Gomes Parente10e de Maria Bernarda do Monte. (Cit. Genealogia
Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo XV, pg 2628). Pais de:

Pn.158. FLORÊNCIO RIBEIRO DA SILVA


Pn.159. DIOGO RIBEIRO DA SILVA
Pn.160. JOSÉ FLORÊNCIO R. DA SILVA
Pn.161. RAIMUNDO RIBEIRO DA SILVA
Pn.162. ANA FLORÊNCIA DA SILVA
Pn.163. MARIA JOSÉ DA SILVA

Pn.158. FLORÊNCIO RIBEIRO DA SILVA. Casou-se a


01.02.1868 com sua prima, MARIA BERNARDA FERREIRA GOMES,
n. a 23.11.1848, filha do Cap. Cesário Ferreira Gomes 11e Maria
Bernardina do Monte.

***

Pn.159. DIOGO RIBEIRO DA SILVA. Casou-se a


29.10.1870 com ANA AMÁLIA BRASILINA PARENTE (AMÁLIA

10
Vicente Gomes Parente, filho do Capitão Inácio Gomes Parente e de Francisca de
Araújo Costa. Casou-se a 24.06.1811 com Maria Teresa Bernarda, filha do Cap. Felipe
Ribeiro da Silva e de Maria Joaquina (Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, Vol.
II, Os Gomes Parente, Tomo II, pg 325).
11
Cap. Cesario Ferreira Gomes, fal. a 01.11.1876, filho de Jos┌ Ferreira Gomes e de
Francisca de Lira Pessoa, casou-se a 03.01.1841 com Maria Bernardina do Monte, n. a
03.01.1823, filha do Cap. Vicente Gomes Parente e de Maria Bernarda do Monte ( Apud
Araújo, F. Sadoc- Cronologia Sobralense, Vol II, pg 340).

1450
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

PARENTE RIBEIRO), filha de Diogo Gomes Parente12 e de sua terceira


mulher Vitalina Libânia da Silva. Pais de:

Sn.385. ILDEFONSO RIBEIRO DA SILVA


Sn.386. JOSÉ ARTUR RIBEIRO DA SILVA
Sn.387. ERNESTINA RIBEIRO DA SILVA
Sn.388. JOÃO RIBEIRO DA SILVA
Sn.389. IDELZUITE RIBEIRO DA SILVA
Sn.390. ALICE RIBEIRO DA SILVA
Sn.391. MARIA AMÁLIA RIBEIRO DA SILVA
Sn.392. PEDRO RIBEIRO DA SILVA
Sn.393. DIOGO RIBEIRO DA SILVA
Sn.394. FRANCISCO NAZION R. DA SILVA

Sn.385. ILDEFONSO RIBEIRO DA SILVA. Faleceu solteiro.

***

Sn.386. JOSÉ ARTUR RIBEIRO DA SILVA. Casou-se com


PATRIOLINA AGUIAR RIBEIRO, filha de Miguel Arcanjo de Aguiar (
Miguel Cipriano) e de Teresa Portela de Aguiar. Pais de:

7n.856.Maria Nice Ribeiro Guimarães


7n.857.José Aloísio Ribeiro
7n.858.Moema Ribeiro Parente
7n.859.Maria Áurea Ribeiro Albuquerque
7n.860.Raimundo Nilson Ribeiro
7n.861.Francisco Floro Ribeiro Aguiar
7n.862.Maria Auriola Ribeiro Aguiar

12
Diogo Gomes Parente ( 2o do Nome) (N.33), nasceu em Sobral(CE), filho de Vicente
Gomes Parente e de Maria Bernardina do Monte, casou-se duas vezes. A 1a , com Vitalina
Libânia da Silva, fal. a 11.08.1872, filha do Cel. Joaquim Ribeiro da Silva e de Francisca
Ermelina de Jesus. A 2a , a 12.02.1873 com Filadelfia da Franca Silva, filha de Joaquim
Lourenço da Silva Franca e Maria Carolina Franca ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 325).

1451
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.856. Maria Nice Ribeiro Guimarães. Casou-se a


14.07.1906 com Joaquim Gonçalves Guimarães, filho do Major
Sabino Gonçalves Feijão13 e Florência Maria Ximenes. Pais de:

8n.1784. Eneide Ribeiro Guimarães


8n.1785. Teresinha Guimarães Pinto
8n.1786. Francisca Ribeiro Guimarães
8n.1787. Artur Ribeiro Guimarães
8n.1788. Sabino Ribeiro Guimarães
8n.1789. José Maria Guimarães
8n.1790. Maria Ribeiro Guimarães

8n.1784. Eneide Ribeiro Guimarães, casou-se com seu primo


Raimundo Rosemiro Guimarães, filho de Ananias Gonçalves
Guimarães e de Frederica Luzia Pontes ( Sn.367). (cit. pg 668).

8n.1785. Teresinha Guimarães Pinto. Casou-se com Vicente


Pinto, irmão do Mons. Aluísio Pinto. Sem sucessão.

8n.1786. Francisca Ribeiro Guimarães, n. a 15.01.1932,


casou-se a 15.01.1952 com seu primo José Ananias Guimarães, foi
funcionário do Banco do Nordeste e agropecuarista, filho de Ananias
Gonçalves Guimarães 14e de Frederica Luzia Pontes. (cit. pg 671).

8n.1787. Artur Ribeiro Guimarães. Casou-se com Anita


Guimarães.

8n.1788. Sabino Ribeiro Guimarães. Casou-se com Maria


Pontes Guimarães, filha de Raimundo Alves Pontes (DOCA). (citado).

8n.1789. José Maria Guimarães

13
Major Sabino Gonçalves Feijão
14
Ananias Gonçalves Guimarães, filho do major Sabino Gonçalves Feijão e de
Florência Maria Ximenes, casou-se a 04.09.1909 com Frederica Luzia Pontes, filha de
Frederico Ernesto Alves Pontes e de Maria Elisa Parente (Maroca). ( Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo III, pg 668).

1452
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1790. Maria Ribeiro Guimarães

***

7n.857. Moema Ribeiro Parente, casou-se a 11.05.1927


com Alderico Gomes Parente, filho de Frederico Gomes Parente15 e
Cleonice Gomes Parente ( Cit. pg 373, Os Gomes Parente, Tomo II).

7n.858.José Aloísio Ribeiro (Ver Fabiano Ribeiro). N. 1901


cc. Guiomar Holanda Sá, n. a 1911 . Pais de:

8n.1791.José Gerardo de Sá Ribeiro


8n.1792. Terezinha de Sá Ribeiro
8n.1793. Maria Mirtes de Sá Ribeiro
8n.1794. Gerardo de Sá Ribeiro
8n.1795. Lourival de Sá Ribeiro
8n.1796. Maria da Conceição de Sá Ribeiro
8n.1797. Maria José de Sá Ribeiro
8n.1798. Maria do Socorro de Sá Ribeiro
8n.1799. Francisco (Artur) de Sá Ribeiro
8n.1800. João Sá Ribeiro
8n.1801. Vera Lúcia Sá Ribeiro
8n.1802. Maria do Socorro de Sá Ribeiro

8n.1791.José Gerardo de Sá Ribeiro, casou-se com


Lúcia Maria Alves Muniz. Pais de:

15
Frederico Gomes Parente, n. a 01.02.1860, em Sobral (CE) e fal. a 17.04.1934, na
mesma cidade. Oficial da Guarda Nacional. Como homem publico,chefiou por muitos anos
o Partido Republicano conservador e foi Prefeito Municipal de Sobral em vários
quadriênios. Casou-se três vezes. A 1a , a 25.11.1881 com Francisca Cândida Parente, filha
de Joaquim Gomes Parente e de Maria Bernardina Silva Parente. A 2a , a 15.02.1890 com
Hermelina Angelina Parente, filha de Joaquim Gomes Parente e de Maria Bernardina Silva
Parente. A 3a , a 30.07.1892 com Cleonice Leonissa Parente, irmã das duas primeiras
mulheres.(Apud Arruda, F. A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo
II, pg 356)

1453
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1457. Oziel Muniz Ribeiro


9n.1458. Guiomar Muniz Ribeiro
9n.1459. José Artur Muniz Ribeiro
9n.1460. Esly Muniz Ribeiro
9n.1460. Joanito Muniz Ribeiro

8n.1792. Terezinha de Sá Ribeiro, cc. Raimundo


Odilon Vasconcelos. Pais de:

9n.1461.Maria do Socorro R. Vasconcelos


9n.1462.Raimundo Olavo R. Vasconcelos
9n.1463. Joel Ribeiro Vasconcelos
9n.1464. Célio Ribeiro Vasconcelos

9n.1461.Maria do Socorro Ribeiro Vasconcelos.


Casou-se com ......................................Pais de:

10n. .Ludmila Ribeiro Vasconcelos


10n. .Camila Ribeiro Vasconcelos
10n. . Rafael Ribeiro Vasconcelos

9n.1462.Raimundo Olavo Ribeiro Vasconcelos,


c.c.............................................................Pais de:

10n. .Rejane de Castro Vasconcelos


10n. .Rafaela de Castro Vasconcelos
10n. . Gustavo de Castro Vasconcelos

9n.1463. Joel Ribeiro Vasconcelos,


cc...................................................Pais de:

10n. .Maria Núbya Arantes Vasconcelos


10n. .Flávia Cristina Arantes Vasconcelos

9n.1464. Célio Ribeiro Vasconcelos

1454
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

8n.1793. Maria Mirtes de Sá Ribeiro, casou-se com


Francisco Ernesto Ribeiro. Pais de:

9n.1465.Fátima Aurilene Ribeiro


9n.1466.Francisco Narcélio Ribeiro

9n.1465.Fátima Aurilene Ribeiro, casou-se com


Dourado..................................................Pais de:

10n. . Renato Ribeiro Dourado


10n. . Renan Ribeiro Dourado

9n.1466.Francisco Narcélio Ribeiro, solteiro

8n.1794. Gerardo de Sá Ribeiro, casou-se em 1964 com


Maria Consuelo Rocha de Sá, n. 1941. Pais de:

9n.1467.Rosemberg de Sá Ribeiro
9n.1468.Haroldo de Sá Ribeiro

9n.1467.Rosemberg de Sá Ribeiro, n. 1965, casou-se em


1987 com Maria Suelene da Silva, n. a 1968. Pais de:

10n. . Rodrigo da Silva Ribeiro, n. 1987


10n. . Maira da Silva Ribeiro, n. 1990

9n.1468.Haroldo de Sá Ribeiro, n. 1967, casou-se com


Diana dos Santos Fernandes.

8n.1795. Lourival de Sá Ribeiro, casou-se com Rita Aguiar.


Pais de:

9n.1469.Artur Aguiar Ribeiro


9n.1470.Sandra Aguiar Ribeiro

1455
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1471.Vanda Aguiar Ribeiro

9n.1469.Artur Aguiar Ribeiro

9n.1470.Sandra Aguiar Ribeiro, casou-se com Eduardo


Amaral Madeira Barros. Pais de:

10n. .
10n. .

9n.1471.Vanda Aguiar Ribeiro, casou-se com Jackson.


Pais de:

10n. . Jackson Filho

8n.1796. Maria da Conceição de Sá Ribeiro, casou-se com


Jacó Holanda de Sá. Pais de:

9n.1472.Roberto Ribeiro de Sá
9n.1473.Esly Ribeiro de Sá
9n.1474.Eridan Ribeiro de Sá
9n.1475.Edneusa Ribeiro de Sá

9n.1472.Roberto Ribeiro de Sá

9n.1473.Esly Ribeiro de Sá, casou-se com Mirian

9n.1474.Eridan Ribeiro de Sá

9n.1475.Edneusa Ribeiro de Sá. Casou-se


com.........................................Pais de:

10n. . Cilas Sá Ribeiro


10n. . Hugo Ribeiro Sá

1456
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1797. Maria José de Sá Ribeiro, casou-se com Tarcísio


Pontes Linhares. Pais de:

9n.1476.Francisco José Ribeiro Linhares


9n.1477.José Aluísio Ribeiro Linhares
9n.1478.Francisco Jairo Ribeiro Linhares

9n.1476.Francisco José Ribeiro Linhares, n. 1965,


casou-se com Maria da Conceição. Pais de:

10n. . Maria do Socorro Linhares


10n. . Maria das Graças Linhares

9n.1477.José Aluísio Ribeiro Linhares, casou-se com


.............................................................. Pais de:

10n. . Talita Linhares


10n. . Tálison Linhares
10n. . Tailan Linhares

9n.1478.Francisco Jairo Ribeiro Linhares, n. 1975.

***

8n.1798. Maria do Socorro de Sá Ribeiro, casou-se com


Francisco Milton Oquendo Ribeiro. Pais de:

9n.1479. Sâmia Maria Ribeiro


9n.1480. Francisco Daniel Ribeiro
9n.1481. Francisco Ismael Ribeiro
9n.1482. Francisco Eliel Ribeiro

9n.1479. Sâmia Maria Ribeiro, casou-se com Marcos


Aurélio Macedo. Pais de:

10n. . Joyce Ribeiro Macêdo

1457
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1799. Francisco (Artur) de Sá Ribeiro, n. 1944, casou-se


em 1981, com Gislaine Diniz Belo dos Santos, n. 1958. Pais de:

9n.1483. Bruno Diniz Santos Ribeiro, n. 1983

8n.1800. João Sá Ribeiro, casou-se com Aparecida(Cida).


Pais de:

9n.1484. Camila Ribeiro


9n.1485. Tamile Ribeiro

8n1801. Vera Lúcia Sá Ribeiro, n. 1952, casou-se com


Sebastião Rego Magalhães, n. 1946. Pais de:

9n.1486. Fabiano Ribeiro Magalhães


9n.1487. Daniele Ribeiro Magalhães
9n.1488. Fabrício Ribeiro Magalhães
9n.1489. Frederico Ribeiro Magalhães

FABIANO: 085.458.05.04 – CELULAR 9111.6354

***

7n.858. Raimundo Nilson Ribeiro. Casou-se com Adelaide


Oquendo Ribeiro. Pais de:

8n.1791. Adeilson Ribeiro


8n.1792. Nilton Ribeiro
8n.1793. João Oquendo Ribeiro
8n.1794. Expedito Ribeiro
8n.1795. Raimundo Nilson Ribeiro Júnior
8n.1796. Maria do Socorro Ribeiro
8n.1797. Maria do Carmo Ribeiro
8n.1798. Maria da Conceição Ribeiro

1458
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.859. Francisco Floro Ribeiro Aguiar, n. a 10.03.1913


e fal. a 03.07.1985. Casou-se em julho de 1943 com Terezinha de Jesus
Ribeiro, n. a 30.04.1927, filha de Miguel Ferreira e Maria Farias. Pais de:

8n.1799. Maria da Conceição Ribeiro


8n.1800. Maria Loana Ribeiro
8n.1801. Maria Lucilene Ribeiro
8n.1802. Maria do Socorro Ribeiro
8n.1803. José Artur Ribeiro
8n.1804. Antônio Roberto Ribeiro
8n.1805. João Batista Ribeiro
8n.1806. Maria Silvana Ribeiro Xavier
8n.1807. Marcos Rogério Ribeiro
8n.1808. Sandro Moretti Ribeiro
8n.1809. João Kennedy Ribeiro

8n.1799. Maria da Conceição Ribeiro, n. a 20.05.1944.


Casou-se com Ivan Paiva. Pais de:

9n.1416. Francisco Reginaldo R. Paiva


9n.1417. Ivan Paiva Júnior

8n.1800. Maria Loana Ribeiro, n. a 26.05.1945. Casou-se com


Francisco Melo. Pais de:

9n.1418. Maria Melania R. Melo


9n.1419. Jaqueline Ribeiro Melo

8n.1801. Maria Lucilene Ribeiro, n. a 13.07.1946. Casou-se


com Germano Jezuíno de Albuquerque. Pais de:

9n.1420. Gerlene Ribeiro de Albuquerque

8n.1802. Maria do Socorro Ribeiro, n. a 14.10.1947. Inúpta.

1459
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1803. José Artur Ribeiro, n. a 28.02.1949. Casou-se com


Maria de Fátima. Pais de:

9n.1421. Charles Ribeiro


9n.1422. Charlison Ribeiro

8n.1804. Antônio Roberto Ribeiro, n. a 13.08.1952. Casou-se


com Joana Maria Ribeiro.

8n.1805. João Batista Ribeiro, n. a 03.08.1955. Casou-se e


separou-se de Maria Eurides Parente Ribeiro, filha de Antônio
Rodrigues Parente 16e Maria Guaracy Veras Parente. Em união com
Verônica Falcão. Pais de:

Do 1º matrimônio:

9n.1423. Claudia Weyne Parente Ribeiro


9n.1424. Flávia Weyne Parente Ribeiro
9n.1425. Marcela Weyne Parente Ribeiro

Do 2º matrimônio:

9n.1426. Aline Falcão Parente Ribeiro


9n.1427. ..................... Parente Ribeiro

8n.1806. Maria Silvana Ribeiro Xavier, n. a 03.06.1957.


Casou-se com Pedro Xavier. Pais de:

9n.1426. Helaine Cristina Ribeiro Xavier


9n.1427. Ribeiro Ribeiro Xavier

8n.1807. Marcos Rogério Ribeiro, n. a 05.03.1959. Casou-se


com Marta Solange de Lima Ribeiro . Pais de:

16
Antônio Rodrigues Parente

1460
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1428. Steffani Rochele Lima Ribeiro

8n.1808. Sandro Moretti Ribeiro, n. a 27.04.1962. Solteiro.


8n.1809. João Kennedy Ribeiro, n. a 20.03.1964.

***

7n.860. Maria Auriola Ribeiro Aguiar, casou-se a


10.04.1954 com João Frota Linhares, filho de Francisco Ferreira
Linhares e de FranciscaFrota Linhares. Pais de:

8n.1808.
8n.1809.

7n.861. Maria Áurea Ribeiro Albuquerque, n. a


08.08.1912. Casou-se a 18.03.1936 com José Osmar de Albuquerque,
n. a 18.06.1912 e falecido a 22.01.1979, filho de Antônio Jordão de
Albuquerque17 e Maria da Conceição Albuquerque. Pais de:

8n.1810. Maria Milena Ribeiro de Albuquerque


8n.1811. Francisco Aurélio de Albuquerque
8n.1812. Francisco Auricélio R. Albuquerque
8n.1813. José Osmar de A. Filho
8n.1814. José Artur Ribeiro de Albuquerque
8n.1815. Cilene Ribeiro de Albuquerque
8n.1816. Antônio Cleber R. de Albuquerque
8n.1817. Francisco Luciano R. de Albuquerque

8n.1810. Maria Milena Ribeiro de Albuquerque. Casou-se


em 1957 com José Anchieta da Ponte Albuquerque, n. a 05.04.1935,
18
comerciante, filho de Francisco Rubira de Albuquerque e Maria José
Albuquerque. Pais de:

17
Antônio Jordão de Albuquerque
18
Francisco Rubira de Albuquerque, n. a 23.11.1903 e fal. a 18.08.1993, filho de
Bartolomeu Alves de Sousa e de Maria Em¼lia Alves Aguiar, casou-se na fazenda

1461
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1429. Francisco José da P. Albuquerque


9n.1430. Jefferson da Ponte Albuquerque
9n.1431. José Osmar de Albuquerque Neto

9n.1429. Francisco José da Ponte Albuquerque, casou-se a


07.09.1986 com Francisca Iracy Ponte Albuquerque, n. a 07.11.1963,
filha de Fernando Lopes Ponte e Maria da Conceição Lopes Ponte. Pais de:

10n. . Rodrigo Ponte Albuquerque,


n. a 07.05.1991
10n. . Beatriz Ponte Albuquerque,
n. a 24.11.1993

9n.1430. Jefferson da Ponte Albuquerque casou-se com


Maria Albertina Mont’Alverne de Barros, filha de Francisco
Albertino de Barros 19e Maria Angélica Mont’Alverne de Barros. Pais de:

10n.293. Jefferson da Ponte Albuquerque Filho


10n.294. Lívia de Barros Albuquerque
10n.295. Léa de Barros Albuquerque
10n.296. Lya de Barros Albuquerque

9n.1431. José Osmar de Albuquerque Neto. Solteiro.

***

8n.1811. Francisco Aurélio de Albuquerque. casou-se duas


vezes. A primeira com Rita e a segunda com Maria Euzenir Dias

Sobradinho, com Maria José da Ponte Albuquerque, n. a 15.04.1906 e fal. a 22.04.1946,


filha de José Feliciano Ferreira da Ponte e de Rita Carmen de Aragão ( Apud Arruda, F.A.V.
– Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo I, pg 169).
19
Francisco Albertino Barros

1462
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Albuquerque, filha de José Anastácio Dias20 e de Ana Alice Ponte Dias.


Pais de:

Do 1º matrimônio:

9n.1432. Cláudia Albuquerque


9n.1433. Francisco Aurélio de A. Filho

Do 2º matrimônio:

9n.1434. Arnaldo de Albuquerque


9n.1435. Ana Alice de Albuquerque

8n.1812. Francisco Auricélio Ribeiro Albuquerque. Casou-


se com Vilma Albuquerque. Pais de:

9n.1434.
9n.1435.

8n.1813. José Osmar de Albuquerque Filho, n. a 22.08.1942.


Casou a 28.10.1965 com Francisca Rodrigues de Albuquerque, n. a
19.03.1944, filha de José Rodrigues de Paiva21 e Antônia Rodrigues de
Paiva. Pais de:

9n.1436. Estefânia Rodrigues de Albuquerque,


n. a 10.07.1968.
9n.1437. Osmar Sérgio de Albuquerque,
n. a 04.12.1969.
9n.1438. Daniel Rodrigues de Albuquerque,
20
José Anastácio Dias, comerciante de destaque em Sobral(CE), cidadão honrado de
grande princípio, deixou uma prole de filhos ilibados de destaque na sociedade cearense,.
empresários, comerciantes ,médico e engenheiros, filho de Manuel Boaventura Anastácio e
de Maria Dias Anastácio, casou-se a 10.01.1935 com Ana Alice Ponte Dias, filha de
Francisco Romano da Ponte e de Maria José Araújo ( Apud Araújo, F. Sadoc.- Cronologia
Sobralense, Vol. V, pg 200).

21
José Rodrigues de Paiva

1463
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

n. a 22.09.1974.
9n.1439. Cássio Rodrigues de Albuquerque,
n. a 14.01.1976.
9n.1440. Tiago Rodrigues de Albuquerque,
n. a 27.10.1981.

9n.1436. Estefânia Rodrigues de Albuquerque,


n. a 10.07.1968.

9n.1437. Osmar Sérgio de Albuquerque, n. a 04.12.1969,


casou-se a com Maria Célia Lima Arruda, n. a
16.12.1974, filha de Antônio Carlos Vasconcelos Arruda22 e de Dinorá
Lima Arruda. Pais de:

10n.1437.
10n.1437.

9n.1438. Daniel Rodrigues de Albuquerque, n. a 22.09.1974,


casou-se a 30.01.1998 com Laena Vasconcelos Parente, n. a
17.10.1980, filha de José Artur Cavalcante Parente23 e de Maria Goretti
Vasconcelos Parente. Pais de:

10n.1437.

22
Antônio Carlos Vasconcelos Arruda, n. a 21.04.1940, contador, formado pela
Escola Técnica Dom José Tupinambá da Frota, comerciante e industrial. Sócio Fundador da
Empresa Francisco Linhares Arruda & Cia, Diretor Comercial da Firma A. Carlos &Irmão,
Sócio Fundador da CAPASA, Sócio majoritário da Firma Arruda Lima, Arruda & Arruda,
filho de Francisco Linhares Arruda e de Maria de Jesus Vasconcelos Arruda, irmão mais
velho de Assis Arruda, autor da Genealogia Sobralense. Casou-se a 30.10.1930 com Dinorá
Lima Arruda, n. a 27.07.1949, filha do Dr. Raimundo Lima Neto e de Maria Ivete Aragão (
Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, Vol. IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo II, pg
469, no prelo).
23
José Artur Cavalcante Parente, filho de Manuel Felizardo Alves Parente e de Rita
Cavalcante, casou-se com Maria Goretti Vasconcelos Parente, filha de Francisco Edval
Vasconcelos ( Loiro do Trigo) e de Eulina de Almeida Vasconcelos (Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 39).

1464
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

10n.1437.

9n.1439. Cássio Rodrigues de Albuquerque, n. a


14.01.1976.

10n.1437.
10n.1437.

9n.1440. Tiago Rodrigues de Albuquerque, n. a


27.10.1981.

10n.1437.
10n.1437.

8n.1814. José Artur Ribeiro de Albuquerque. Casou-se com


Ismênia Albuquerque. Pais de:

9n.1441. José Artur Ribeiro de Albuquerque Filho


9n.1442. Raimundo Osmar de Albuquerque

8n.1815. Cilene Ribeiro de Albuquerque. Casou-se com


Cláudio Toledo Pinto. Pais de:

9n.1443. Geórgia de Albuquerque Pinto


9n.1444. Renata de Albuquerque Pinto

8n.1816. Antônio Cleber Ribeiro de Albuquerque. Casou-se


com Vera Albuquerque. Pais de:

9n.1445. Ricardo Albuquerque

8n.1817. Francisco Luciano Ribeiro de Albuquerque.


Casou-se com Emérica.

1465
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

Sn.387. JOÃO RIBEIRO DA SILVA, casou-se com MARIANA


XAVIER ALVES. Pais de:
Sn.862. Vicente Ribeiro da Silva
7n.863. Francisco Ribeiro da Silva
7n.864. Zuíla Ribeiro da Silva

7n.862. Vicente Ribeiro da Silva, casou-se a


20.11.1928 com Maria da Conceição Menezes, filha de Alfredo
Vitoriano de Menezes e de Francisca das Chagas de Menezes. Pais de:

7n.863. Francisco Ribeiro da Silva, casou-se a


19.01.1945 com Rosa Ferreira da Ponte, filha de Jacinto Ferreira da
Ponte24 e de Maria da Glória da Conceição.

7n.864. Zuíla Fernandes Ribeiro, casou-se a


12.05.1935 com José Gurgel do Amaral Filho, filho de José Gurgel
do Amaral e de Maria Inácio Gurgel.

*§*

Sn.388. ERNESTINA RIBEIRO DA SILVA, casou-se a


04.03.1905 com CARLOS ROCHA, natural de Canindé, filho de
Francisco Cordeiro da Rocha e de Isabel Cordeiro da Cruz, poeta e
jornalista, escrevia na imprensa sobralense sob o pseudônimo de Lauro da
Luz. Foi redator de “A Cidade” e fundador de “A Pátria” que começou a
circular no dia 09.01.1910.

*§*

24
Jacinto Ferreira da Ponte

1466
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.389. IDELZUITE RIBEIRO DA SILVA, casou-se a


23.05.1944 com CESÁRIO CÉSAR FERREIRA GOMES, este em
2a núpcias, filho de José Ferreira Gomes25 e de Maria Vitalina Parente
Gomes. ( Sem sucessão).

*§*

Sn.390. ALICE RIBEIRO DA SILVA casou-se a 03.02.1912


com LINDOLFO GOMES PARENTE, filho de Joaquim Gomes Parente
26
e Maria Bernardina Gomes Parente, ela filha de Joaquim Ribeiro da Silva
e Francisca Errmelinda da Silva.(cit. Os Gomes Parente, Tomo I, pg 168).

*§*

Sn.391. MARIA AMÁLIA RIBEIRO DA SILVA. Inúpta.

*§*

Sn.392. PEDRO RIBEIRO DA SILVA, casou-se com


FRANCISCA FERNANDES RIBEIRO, filha de Francisco Domingues
Batista Fernandes e de Vicência Batista Fernandes. Pais de:

7n.861. Francisco Nilton Ribeiro, casou-se a


20.01.1940 com Erimar Ribeiro da Silva, filha de Noberto Ribeiro da
Silva27 e de Durçulina Ernestina da Silva.

25
José Ferreira Gomes, primeiro Prefeito de Sobral e chefe pol¼tico do Partido
Conservador, filho de Cesário Ferreira Gomes e de Maria Bernardina do Monte, casou-se a
30.07.1872 com Maria Vitalina Ferreira Gomes (Maroca), filha de Diogo Gomes Parente (
2o do Nome) (N..33) e de sua primeira mulher Vitalina Libânia da Silva (Apud Arruda, F.
A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo II, pg 393).
26
Joaquim Gomes Parente, filho de Vicente Gomes Parente e de Maria Bernardina da
Ponte, casou-se a 25.05.1862 com Maria Bernardina da Silva Parente (N.49), filha do Cel.
Joaquim Ribeiro da Silva e de Francisca Ermelinda da Silva (N.17) ( Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 125).
27
Noberto Ribeiro da Silva

1467
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.862. Hilda Ribeiro da Silva, casou-se a


01.07.1939 com Raimundo Plutarco Gomes Parente, filho de Rubens
Gomes Parente e de Maria José Parente.

***

Sn.393. DIOGO RIBEIRO DA SILVA FILHO, casou-se duas


vezes. A 1a , a 21.10.1911, com MARIA LAURA MENDES (MIMOSA),
filha de Antônio Mendes Carneiro 28e de Maria Leoncina Andrade Mendes.
A 2a, a 06.11.1915, com RAIMUNDA GOMES RIBEIRO, filha de Luís
Gomes de Lima e de Elisa Gomes de Lima. Pais de:

7n.862. Alice Ribeiro da Silva

7n.862. Alice Ribeiro da Silva, casou-se a 03.02.1912 com


Lindolfo Gomes Parente.

Sn.394. FRANCISCO NAZION RIBEIRO DA SILVA, casou-se


a 12.02.1926 com FRANCISCA GOMES PARENTE RIBEIRO, filha
de Frederico Gomes Parente e de sua terceira mulher Cleonice Gomes
Parente.

***

Pn.160. JOSÉ FLORÊNCIO RIBEIRO DA SILVA, casou-


se duas vezes. A 1a , a 19.05.1883 com AVELINA VITALINA
29
PARENTE, filha de Diogo Gomes Parente e Vitalina Libânia da Silva.

28
Antônio Mendes Carneiro, filho de Antônio Mendes Carneiro e de Maria Joaquina
de Jesus, casou-se com Maria do Livramento Leoncina de Andrade, filha de Francisco
Leôncio de Andrade e de Teodora Leoncina Carneiro ( Apud Araújo, F. Sadoc, -
Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 73).
29
Diogo Gomes Parente ( 2o do Nome), nasceu em Sobral(CE), casou-se duas vezes.
A 1a com Vitalina Libânia da Silva, fal. a 11.08.1872, filha do Cel. Joaquim Ribeiro da Silva
e de Francisca Ermelinda de Jesus. A 2a , com Filadelfia da Franca Silva, filha de Joaquim
Lourenço da Silva Franca e de Maria Carolina Franca ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo II, pg 325).

1468
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

A 2a , com FELINA GOMES PARENTE, filha de Joaquim Gomes


Parente 30e Maria Bernardina Silva Parente. Pais de:

Do 1º matrimônio. Sem sucessão.

Do 2º matrimônio:

Sn.395. OTÁVIO RIBEIRO DA SILVA


Sn.396. JOSÉ FLORÊNCIO R. DA SILVA
Sn.397. TEREZA RIBEIRO DA SILVA
Sn.398. MIGUEL RIBEIRO DA SILVA

Sn.395. OTÁVIO RIBEIRO DA SILVA, casou-se a 24.01.1922


com MARIA GENY PONTE RIBEIRO, filha de Francisco Ernesto
Alves Pontes 31e Cantídia Durçulina Gomes Parente ( Cantídia Durçulina
Ponte). Pais de:

7n.862. Rita Ribeiro da Silva


7n.863. Maria Olinda Ribeiro Parente
7n.864. Tereza Pontes Ribeiro
7n.865. Francisco Ernesto Ribeiro
7n.866. Francisca Alves Ribeiro
7n.867. José Gerardo Ribeiro da Silva
7n.868. Maria Eneida Ribeiro
7n.869. Maria do Socorro Ribeiro da Silva

30
Joaquim Gomes Parente, filho de Vicente Gomes Parente e de Maria Bernardina da
Ponte, casou-se a 25.05.1862 com Maria Bernardina da Silva Parente (N.49), filha do Cel.
Joaquim Ribeiro da Silva e de Francisca Ermelinda da Silva (N.17) ( Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 125).
31
Francisco Ernesto Alves Pontes, filho de Ernesto Alves Pontes e de Patriolina
Amália Ponte, casou-se a 17.10.1891, com Cantídia Durçulina Parente, filha de Durçulino
Gomes Parente e de Francisca Cesarina Parente ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol. II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 78).

1469
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.862. Rita Ribeiro Cavalcante, casou-se a 04.12.1946 com


Alvaro Alfredo Cavalcante, filho de José Alfredo Cavalcante 32e de
Isabel do Carmo Cavalcante.

7n.863. Maria Olinda Ribeiro Parente, casou-se a


28.02.1948 com Sebastião José Parente, filho de Henrique Gomes
Parente e de Maria Genoveva Parente.

7n.864. Tereza Pontes Ribeiro, casou-se a 21.01.1950 com


Gerardo Durçulino Pontes, natural de Cariré (CE), filho de Durçulino
Ernesto Pontes33 e de Francisca Júlia Parente Pontes.

7n.865. Francisco Ernesto Ribeiro

7n.866. Francisca Alba Ribeiro da Silva, n. a 21.09.1931,


casou-se a 13.01.1952, com 7n.873. Raimundo Florêncio Ribeiro da
Silva (7n.873), filho de José Florêncio Ribeiro da Silva34 (Sn.396) e de
Cantídia Eremita Pontes Ribeiro. (Cit. Pg.......)

7n.867. José Gerardo Ribeiro da Silva, casou-se com Maria


da Conceição Linhares Silva, filha de Raimundo Arruda Linhares e de
Maria Úrsula Arruda. Pais de:

32
José Alfredo Cavalcante
33
Durçulino Ernesto Pontes
34
José Florêncio Ribeiro da Silva (Sn.396). n. a 27.03.1900 em Sobral. Casou-
se duas vezes. A 1a , com Cantídia Eremita Pontes Ribeiro, n. a 02.06.1903, filha de
Francisco Ernesto Pontes34 e Cantídia Gomes Parente. A 2a , a 05.11.1934, com Maria de
Lourdes Parente Ribeiro, n. a 09.11.1907, filha de Raimundo Afonso Gomes Parente34 e
Carolina Ernestina Pontes ( Apud Arruda, F.A. V. – Genealogia Sobralense, Vol II, Os
Gomes Parentre, Tomo III, pg ....)

1470
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1818. Sílvia Helena Linhares Ribeiro, n. a


13.10.1973, casou-se a 10.12.1995 com Antônio de Lourdes Carneiro
Júnior, n. a 06.06.1970, filho de Antônio de Lourdes Carneiro 35e de
Maria de Jesus Torquato Carneiro.

7n.868. Maria Eneida Ribeiro

7n.869. Maria do Socorro Ribeiro da Silva

***
Sn.396. JOSÉ FLORÊNCIO RIBEIRO DA SILVA, n. a
27.03.1900 em Sobral. Casou-se duas vezes. A 1a , com CANTÍDIA
EREMITA PONTES RIBEIRO, n. a 02.06.1903, filha de Francisco
Ernesto Pontes36 e Cantídia Gomes Parente. A 2a , a 05.11.1934, com
MARIA DE LOURDES PARENTE RIBEIRO, n. a 09.11.1907, filha de
Raimundo Afonso Gomes Parente37 e Carolina Ernestina Pontes. Pais de:

Do 1º matrimônio:

7n.870. Gerardo Ribeiro da Silva


7n.871. José Florêncio Ribeiro da Silva
7n.872. Francisco das Chagas Ribeiro
7n.873. Raimundo Florêncio Ribeiro da Silva
7n.874. Joaquim Ribeiro da Silva

Do 2º matrimônio:

7n.875. Raimunda Eliene Ribeiro


7n.876. Tarcísio R. da Silva

35
Antônio de Lourdes Carneiro
36
Francisco Ernesto Pontes
37
Raimundo Afonso Gomes Parente

1471
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.877. Terezinha Ribeiro Parente


7n.878. Raimundo Afonso Ribeiro
7n.879. Edmar Ribeiro da Silva
7n.880. Edvar Ribeiro da Silva

7n.870. Gerardo Ribeiro da Silva, n. a 24.04.1924. Casou-


se a 06.09.1947 com Creusa Parente Ribeiro, n. a 23.07.1931, filha de
Raimundo Plutarco Parente 38 e Maria Amélia Parente. Pais de:

8n.1818. Francisco Parente Ribeiro


8n.1819. Eremita Maria Ribeiro Parente
8n.1820. Maria Amélia Parente Ribeiro
8n.1821. Fátima Maria Parente Ribeiro
8n.1822. Gerusa Maria Parente Ribeiro

8n.1818. Francisco Parente Ribeiro (Ico), n. a 02.08.1948.


Casou-se a 07.12.1979 com Maria de Fátima Pontes Ribeiro , n. a
39
28.12.1957, filha de Edilberto Ribeiro da Silva e Gonçala da Ponte
Ribeiro Silva. Pais de:

8n.1446. Talita Pontes Ribeiro


8n.1447. Monique Pontes Ribeiro

8n.1819. Eremita Maria Ribeiro Parente, n. a 17.11.1950.


Casou-se com João Ferreira Parente, filho de José Afonso Parente40 e
Raimunda Edite Ponte Parente. Pais de:

9n.1448. Breno Ribeiro Parente


9n.1449. João Gilson Ribeiro Parente
9n.1450. Gina Ribeiro Parente

38
Raimundo Plutarco Parente, filho de Roberto Gomes Parente e de Maria José da
Ponte Parente, casou-se com Maria Amália Gomes Parente, filha de Raimundo Gomes
Parente e de Amanda Gomes Parente ( Apud Arruda, F. V.- Genealogia Sobralense, Vol II,
Os Gomes Parente, Tomo I, pg 170).
39
Edilberto Ribeiro da Silva
40
Jos┌ Afonso Parente

1472
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1820. Maria Amélia Parente Ribeiro Frota, n. a


13.12.1952. Casou-se com Raimundo Ponte Frota, filho de Raimundo
Lino Frota 41e Maria Ilza Ponte Frota. Pais de:

9n.1451. Isabelle Parente Frota


9n.1452. Nicole Parente Frota

8n.1821. Fátima Maria Parente Ribeiro Tomaz, n. a


13.03.1954, casou-se a 29.09.1989 com Francisco José Dias Tomaz, n.
a 10.11.1959, filho de José Edmundo Tomaz e de Ana Janete Dias Tomaz.
Pais de:

9n.1453.
9n.1454.

8n.1822. Gerusa Maria Parente Ribeiro, n. a 15.05.1962,


casou-se a

9n.1453.
9n.1454.

***

7n.871. José Florêncio Ribeiro da Silva (4º do nome), n. a


14.06.1925. Casou-se duas vezes. A primeira com Francisca Cesarina
Pontes Ribeiro, filha de Durçulino Ernesto Pontes e Francisca Júlia
Parente . A segunda com Maria de Lourdes Parente Ribeiro, filha de
Francisco Belo Parente e Maria do Patrocínio Parente. Pais de:

Do 1º matrimônio:

8n.1823. Gonçalina Ribeiro Fontenele


8n.1824. João Caetano Pontes Ribeiro
8n.1825. Cantídia Eremita Ribeiro

41
Raimundo Lino Frota

1473
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1826. José Maria Pontes Ribeiro


8n.1827. Fátima Maria Pontes Ribeiro
8n.1828. Antônio Pontes Ribeiro
8n.1829. Francisca Cesarina Pontes Ribeiro

Do 2º matrimônio:

8n.1830. Francisca Glayds Parente Ribeiro


8n.1831. José Dilson Parente Ribeiro
8n.1832. Francisco Valdir Parente Ribeiro

8n.1823. Gonçalina Ribeiro Fontenele, n. a 09.08.1948.


Casou-se com Francisco Idelfonso Fontenele, filho de Francisco
Teófilo Fontenele 42e Maria Belchior Fontenele. Pais de:

9n.1453. Luzivânia Ribeiro Fontenele


9n.1454. Luzian Ribeiro Fontenele
9n.1455. Francisco das Chagas R. Fontenele
9n.1456. Luzanir Ribeiro Fontenele
9n.1457. Leidiane Ribeiro Fontenele

8n.1824. João Caetano Pontes Ribeiro, n. a 07.08.1950.


Solteiro.

8n.1825. Cantídia Eremita Ribeiro Eleotério, n. a


30.10.1951, casou-se duas vezes. A 1a , com Francisco Gonçalves
Eleotério. Sem sucessão. A 2a , a 23.07.1992 com José Tomé da Silva, n.
a 09.11.1931, filho de Antônio Tomé da Silva e de Francisca Tomé de
Oliveira. Pais de:

8n.1826. José Maria Pontes Ribeiro, n. a 15.06.1955. Casou-


se com Maria de Lourdes Veras Ribeiro, filha de Francisco Belchior
Veras 43e Maria Pereira Veras. Pais de:

42
Francisco Teófilo Fontenele

1474
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1458. Maria de Nazaré Veras Ribeiro


9n.1459. Francisco Veras Ribeiro

8n.1827. Fátima Maria Pontes Ribeiro, n. a 03.12.1958.


Inúpta.

8n.1828. Antônio Pontes Ribeiro, n. a 04.01.1962. Solteiro.

8n.1829. Francisca Cesarina Pontes Ribeiro, n. a


10.08.1963. Inúpta.

8n.1830. Francisca Glayds Ribeiro Parente, n. a 09.01.1964.


Casou-se com Antônio Meneses Parente Filho, filho de Antônio
Meneses Parente 44e Inácia Enilba Parente. Pais de:

9n.1460. Ana Gláucia Ribeiro Parente

8n.1831. José Dilson Parente Ribeiro, n. a 07.10.1965, n. a


07.10.1965, casou-se a 15.10.1988 com Maria de Fátima Calixto, n. a
07.10.1970, filho de João Calixto Sobrinho 45e de Rosalina Calixto Aragão.

8n.1832. Francisco Valdir Parente Ribeiro, n. a 25.10.1972.


Solteiro.

***

7n.872. Francisco das Chagas Ribeiro da Silva, n. a


25.09.1926. Solteiro.

***

43
Francisco Belchior Veras
44
António Meneses Parente
45
João Calixto Sobrinho

1475
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.873. Raimundo Florêncio Ribeiro da Silva, n. a


31.12.1927, casou-se a 13.01.1952 com Francisca Alba Ribeiro da
Silva, n. a 21.09.1931, filha de Otávio Ribeiro da Silva46 e Maria Geni
Pontes Ribeiro. Pais de:

8n.1833. Francisco das Chagas Pontes Ribeiro


8n.1834. Maria Eremita Pontes Ribeiro
8n.1835. Francisco Edmir Pontes Ribeiro
8n.1836. Francisco Valmir Pontes Ribeiro
8n.1837. Maria Geni Pontes Ribeiro
8n.1838. Maria de Fátima P. Ribeiro
8n.1839. Francisco Eufrásio R. Ribeiro
8n.1840. Francisco José Pontes Ribeiro

8n.1833. Francisco das Chagas Pontes Ribeiro, n. a


07.01.1953, casou-se a 23.01.1988 com Rosa Policarpo Ferreira, n. a
25.04.1967, filho de Jesus Heleno Policarpo e de Maria Batista Policarpo.
Pais de:

8n.1834. Maria Eremita Pontes Ribeiro, n. a 07.01.1953,


casou-se a 20.12.1986 com João Ferreira Lima, n. a 13.03.1948, filho
de Galdino Ferreira Lima e de Luíza Barbosa Araújo.

8n.1835. Francisco Edmir Pontes Ribeiro, n. a 24.05.1956.


Casou-se com Maria Vilma da Ponte Ribeiro, n. a 06.02.1950, filha de
Argentino Ferreira da Ponte 47e Francisca Parente Ponte. Pais de:

9n.1461. Francisco Robério Ponte Ribeiro

46
Otávio Ribeiro da Silva
47
Argentino Ferreira da Ponte, casou-se duas vezes. A 1a , com Francisca Parente
Ponte, filha de Rufino Gomes Parente e de Domitília Ribeiro Gomes Parente. A 2a, com Ana
Albuquerque Ponte.

1476
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1836. Francisco Valmir Pontes Ribeiro, n. a 09.03.1960,


casou-se com Maria Geny Pontes Ribeiro, n. a 28.06.1965, filha de
Gerardo Durçulino Pontes e de Teresa Ribeiro Pontes.

8n.1837. Maria Geni Pontes Ribeiro, n. a 11.04.1962.

8n.1838. Maria de Fátima P. Ribeiro, n. a 05.01.1965.

8n.1839. Francisco Eufrásio R. Ribeiro, n. a 02.06.1966.

8n.1840. Francisco José Pontes Ribeiro, n. a 30.06.1968,


casou-se a 12.01.1995 com Francisca Mirtes Canafistula Lopes, n. a
23.03.1975, filha de Modesto Lopes Neto e de Raimunda Nonata
Canafístula Lopes.

***

7n.874. Joaquim Ribeiro da Silva, n. a 16.05.1929. Casou-


se com Maria Aldenora Aguiar Ribeiro, n. a 05.01.1932, filha de
Raimundo Nery de Aguiar 48e Gregorina Augusta de Aguiar. Pais de:

8n.1841. Fátima Auridea A. Ribeiro Brandão


8n.1842. Carlos Aurélio Aguiar Ribeiro
8n.1843. Raimundo José Aguiar Ribeiro
8n.1844. Francisco Mauro A. Ribeiro
8n.1845. Fernando Antônio A. Ribeiro
8n.1846. Ivone Aguiar Ribeiro
8n.1847. Ivonilde A. Ribeiro
8n.1848. Kleber Aguiar Ribeiro

48
Raimundo Nery de Aguiar

1477
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1841. Fátima Auridea Aguiar Ribeiro Brandão, n. a


18.02.1953. Casou-se com José Erivan Brandão, filho de Joaquim
Brandão Duarte 49e Antônia Rita Morais Brandão. Pais de:

9n.1462. Aurivânia Ribeiro Brandão

8n.1842. Carlos Aurélio Aguiar Ribeiro, n. a 16.05.1955.


Casou-se com Maria de Fátima Martins Ribeiro, filha de Antônio
Ferreira Martins e Maria Ilza Laurindo Martins. Pais de:

9n.1463. Katiane Aguiar Ribeiro


9n.1464. Karla Aguiar Ribeiro

8n.1843. Raimundo José A. Ribeiro, n. a 30.05.1956

8n.1844. Francisco Mauro A. Ribeiro, n. a 21.05.1957

8n.1845. Fernando Antônio A. Ribeiro, n. a 18.01.1964.

8n.1846. Ivone Aguiar Ribeiro, n. a 18.01.1964. Inúpta.

8n.1847. Ivonilde Aaguiar Ribeiro, n. a 07.11.1966. Inúpta.

8n.1848. Kleber Aguiar Ribeiro, n. a 17.10.1970. Solteiro.

Do 2º matrimônio:

7n.875. Raimunda Eliene Ribeiro, n. a 14.10.1934. Inupta.

49
Joaquim Brandão Duarte

1478
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.876. Tarcísio Ribeiro da Silva, n. a 07.08.1936. Solteiro.

7n.877. Terezinha Ribeiro Parente, n. a 20.06.1939.


Casou-se com Francisco Chagas Gomes Parente, n. a 05.10.1930,
filho de Antônio Cesário Gomes Parente50 e Francisca Cesarina Parente.
Pais de:

8n.1849. Fátima Maria Ribeiro Parente


8n.1850. Conceição de Maria R. Parente
8n.1851. José Valfredo Ribeiro Parente

8n.1849. Fátima Maria Ribeiro Parente, n. a 23.04.1960.


Inúpta.

8n.1850. Conceição de Maria R. Parente, n. a 10.04.1962.

8n.1851. José Valfredo Ribeiro Parente, n. a 22.04.1965,


casou-se com Expedita Farrapo de Sousa, n. a 05.11.1975, filho de
Francisco Anastácio de Sousa e de Maria de Fátima Farrapo. Pais de:

***

7n.878. Raimundo Afonso Ribeiro (TIMBAL), n. a


13.03.1944. Casou-se com Maria de Lourdes Dias Ribeiro , n. a
51
13.06.1947, filha de Francisco Júlio Ribeiro e Zeneide Ponte Dias. Pais
de:

8n.1852. Raides Dias Ribeiro


50
Antônio Cesário Gomes Parente
51
Francisco Júlio Ribeiro

1479
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1853.Walfredo Dias Ribeiro


8n.1854.Francisco Júlio R. D. Neto
8n.1855. Maria Zenaide D. Ribeiro
8n.1856. Raimundo Afonso R. Filho

8n.1852. Raides Dias Ribeiro, n. a 23.11.1969.

8n.1853. Walfredo Dias Ribeiro, n.a 28.05.1974.

8n.1854.Francisco Júlio R. D. Neto, n. a 02.11.1977.

8n.1855. Maria Zenaide D. Ribeiro, n. a 30.03.1978.

8n.1856. Raimundo Afonso R. Filho, n. a 27.05.1980.

7n.879. Edmar Ribeiro da Silva, n. a 22.05.1946 (Gêmeo).


Casou-se com Teresa Ernestina Pontes Ribeiro da Silva, n. a
14.08.1946, filha de Gerardo Ernesto Pontes e Maria Ernestina Pontes.
Pais de:

8n.1857. Ivana Maria P. Ribeiro


8n.1858. Liana Maria P. Ribeiro
8n.1859. Adriana Maria P. Ribeiro
8n.1860. Tatiana Maria P. Ribeiro
8n.1861. Socorro de Maria P. Ribeiro

8n.1857. Ivana Maria P. Ribeiro, n. a 20.06.1968.

8n.1858. Liana Maria P. Ribeiro, n. a 24.11.1969.

8n.1859. Adriana Maria P. Ribeiro, n. a 17.09.1973.

8n.1860. Tatiana Maria P. Ribeiro, n. a 18.12.1977.

1480
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1861. Socorro de Maria P. Ribeiro, n. a 15.11.80.

***

7n.880. Edvar Ribeiro da Silva, n. a 22.05.1946 (Gêmeo).


Casou-se duas vezes. A 1a , com Maria Jucileuda Linhares Ribeiro, n.
a 01.10.1949, filha de João Batista Linhares Neto52 e Francisca das Chagas
Linhares. A 2a , a 10.01.1998 com Edileuza Rodrigues, n. a 25.01.1964,
filha de Joaquim Pereira da Silva e de Maria Neuza Rodrigues . Pais de:

Do 1o Matrimônio:

8n.1862.Valfredo Linhares Ribeiro


8n.1863.Francisca das Chagas L. Ribeiro
8n.1864. Ana Cláudia Linhares Ribeiro
8n.1865. Cristiane Linhares Ribeiro
8n.1866. Maria de Lourdes Linhares Ribeiro

Do 2o Matrimônio: ( Sem sucessão)

8n.1862. Valfredo Linhares Ribeiro, n. a 28.05.1969, casou-


se a 21.12.1996 com Lucilene Pereira Linhares, n. a 05.06.1980, filho
de Rafael Isidoro Ferreira e de Maria Lúcia Pereira Ferreira.

8n.1863.Francisca das Chagas Linhares Ribeiro, n. a


14.08.1970, casou-se a 20.07.1997 com Francisco Armando Pontes de
Menezes, n. a 13.04.1970, filho de Francisco Arimatéa Aragão. Pais de:

8n.1864. Ana Cláudia Linhares Ribeiro, n. a 12.03.1972.

8n.1865. Cristiane Linhares Ribeiro, n. a 24.12.1975

52
João Batista Linhares Neto

1481
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1866. Maria de Lourdes Linhares Ribeiro, n. a


16.05.1979

*§*

Sn.397. TERESA RIBEIRO DA SILVA, n. a 24.12.1902.


Casou-se com ERNESTO NICOMEDES PONTES, n. a 12.09.1895,
filho de Francisco Ernesto Pontes e Cantídia Durçulina Parente. Pais de:

7n.881. Francisca Ribeiro Pontes Parente


7n.882. Maria Ernestina Pontes
7n.883. José Florêncio Pontes
7n.884. Raimunda Ademir Pontes Prado

7n.881. Francisca Ribeiro Pontes Parente, n. a


13.07.1924. Casou-se a 08.12.1945 com Expedito Gomes Parente, n. a
11.11.1918, filho de Raimundo Afonso Gomes Parente53 e Carolina
Ernestina Pontes. Pais de:

8n.1867.Raimundo Afonso Parente


8n.1868.Ernesto Nicomedes Parente
8n.1869.José Edvar Ribeiro Parente
8n.1870.Carolina Ernestina Parente
8n.1871.Expedito Gomes Parente
8n.1872.Francisca Fátima Parente
8n.1873.Antônia Ribeiro Parente

8n.1867. Raimundo Afonso Parente, n. a 20.10.1946. Casou-


se com Maria Creusa Rocha Parente, filha de Raimundo Nonato
Rocha e Maria Adauta Rocha. Pais de:

9n.1465. Francisca Rocha Parente

53
Raimundo Afonso Gomes Parente

1482
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1868. Ernesto Nicomedes Parente, n. a 20.12.1948. Casou-


se com Maria de Fátima Barros Parente, filha de Sebastião
Clementino de Barros e Apoliana Gomes de Barros. Pais de:

9n.1466. Fábio Barros Parente


9n.1467. Valério Barros Parente
9n.1468. Jussara Barros Parente

8n.1869. José Edvar Ribeiro Parente, n. a 28.03.1950. Casou-


se com Maria de Fátima Aguiar Parente, filha de Manoel Ferreira
Neto54 e Maria de Jesus Bezerra Linhares. Pais de:

9n.1469. Cícero Aguiar Parente


9n.1470. Francisco Aguiar Parente

8n.1870. Carolina Ernestina Parente, n. a 05.10.1951. Casou-


se com Joaquim Adrissi Rodrigues, filho de Ernesto Rodrigues Melo
55
e Verônica Rodrigues Melo. Pais de:

9n.1471. Erivelton Parente Rodrigues


9n.1472. Wellinton Parente Rodrigues
9n.1473. Daniele Parente Rodrigues

8n.1871. Expedito Gomes Parente, n. a 27.09.1953, casou-se


com Maria do Socorro Carvalho Parente, filha de Raimundo Ribeiro
Carvalho56 e Francisca Albuquerque Carvalho.

8n.1872. Francisca Fátima Parente, n. a 02.02.1957. Casou-se


com João Augusto Barros Braga, filho de João Batista Braga e Maria
Silva Barros Braga. Pais de:

9n.1474. Francisco Demétrio Parente Braga

54
Manoel Ferreira Neto
55
Ernesto Rodrigues Melo
56
Raimundo Ribeiro Carvalho

1483
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1873. Antônia Ribeiro Parente, n. a 13.06.1961. Solteira.

***
7n.882. Maria Ernestina Pontes, n. a 16.10.1925. Casou-se a
18.11.1945, com Gerardo Ernesto Pontes, filho de Raimundo Ernesto
Pontes57 e Patriolina Amélia Pontes. Pais de:

8n.1874. Teresa Ernestina Pontes


8n.1875. Francisco Ernesto Pontes
8n.1876. José Ribamar Pontes
8n.1877. José Demontier Pontes
8n.1878. José Wilson Pontes
8n.1879. Maria Auxiliadora Pontes

8n.1874. Teresa Ernestina Pontes, n. a 14.08.1946. Casou-se


com Edmar Ribeiro da Silva, filho de José Florêncio Ribeiro da Silva58
e Maria de Lourdes Parente ( Cit. Pg 709). Pais de:

8n.1875. Francisco Ernesto Pontes, n. a 13.11.1948. Solteiro.

8n.1876. José Ribamar Pontes, n. a 26.01.1953. Casou-se com


Maria Ribeiro Pontes, filha de Gerardo Durçulino Pontes59 e Teresa
Ribeiro Pontes. Pais de:

9n.1481. Teresa Ribeiro Pontes

8n.1877. José Demontier Pontes, n. a 14.07.1956. Solteiro.

8n.1878. José Wilson Pontes, n. a 27.01.1960, casou-se a


20.12.1985 com Terezinha de Jesus Albuquerque Pontes, n. a

57
Raimundo Ernesto Pontes
58
José Florêncio Ribeiro da Silva
59
Gerardo Durçulino Pontes

1484
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

06.07.1962, filha de José Machado de Albuquerque60 e de Antônia


Carneiro de Albuquerque.

8n.1879. Maria Auxiliadora Pontes, n. a 12.01.1961, casou-


se a 07.10.1989 com Damião Ferreira de Carvalho, n. a 11.07.1961,
filho de João Ferreira de Carvalho e de Alice Maria Gonçalves.

***

7n.883. José Florêncio Pontes, n. a 09.11.1929. Casou-se a


12.12.1957, com Anésia Parente Pontes, filha de Edgar Gomes
Parente61 e Antônia Mendes Parente. Pais de:

8n.1880. Francisco de Assis P. Pontes


8n.1881. Fernando Antônio P. Pontes
8n.1882. José Iran Parente Pontes
8n.1883. Teresa Eliane Parente Pontes
8n.1884. Felisbela Parente Pontes

8n.1880. Francisco de Assis Parente Pontes, n. a 22.10.1963,


casou-se a 05.12.1987 com Francisca Cesarina Pontes Ribeiro, n. a
10.08.1963, filha de José Florêncio Ribeiro62 e de Francisca Cesarina
Ribeiro. Pais de;

8n.1881. Fernando Antônio Parente Pontes, n. a


13.06.1965, casou-se a 28.05.1992 com Maria do Socorro Ferreira
Torto, n. a 03.06.1958, filha de Expedito Torto e de Maria Ferreira Torto.

60
José Machado de Albuquerque
61
Edgar Gomes Parente
62
José Florêncio Ribeiro

1485
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1882. José Iran Parente Pontes, n. a 01.06.1966, casou-se a


11.01.1995 com Maria Eridam Pontes, n. a 1703.1964, filha de
Gerardo Durçulino Pontes63 e de Teresa Ribeiro Pontes. Pais de:

8n.1883. Teresa Eliane Parente Pontes, n. a 29.08.1969

8n.1884. Felisbela Parente Pontes, n. a 30.04.1971

***

7n.884. Raimunda Ademir Pontes Prado, n. a


05.12.1933. Casou-se a 05.12.1953 com Francisco Prado, filho de
Vicente Nascimento Prado64 e Maria de Lourdes Prado. Pais de:

8n.1885.Cosme Pontes Prado, n. a 12.11.1962. Solteiro.

***

Pn.161. RAIMUNDO RIBEIRO DA SILVA. Casou-se com


EMÍLIA GOMES PARENTE. Sem sucessão.

***

Pn.162. ANA FLORÊNCIA DA SILVA. Casou-se a


31.07.1866 com DOMINGOS RIBEIRO DA SILVA, viúvo de Amélia
Augusta Pontes, filho do Cel. Joaquim Ribeiro da Silva 65e Francisca
Vitalina da Silva.

***

63
Gerardo Durçulino Pontes
64
Vicente Nascimento Prado
65
Cel. Joaquim Ribeiro da Silva

1486
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.163. MARIA JOSÉ DA SILVA, casou-se a 23.06.1883


com ANTÔNIO NELSON DA FROTA, filho de José Frota
Vasconcelos66 e Isabel da Frota. Pais de:

Sn.398. MARIA JOSÉ RIBEIRO DA FROTA

***

Qn.84. Francisco Ferreira da Ponte e Silva, n. a


14.09.1826 e fal. A 26.05.1901 casou-se duas vezes a 1ª a 31.10.1848 com
Isabel Genuína da Frota (filha de Ana Joaquina de Vasconcelos Frota).
A 2ª a 25.06.1874 com Ana Maria da Glória Celeste, n. em 1843, filha
de Francisco Gomes de Vasconcelos67 e Maria da Glória Celeste. Pais de:

Do 1º matrimônio:

Pn.285.Francisco Felipe da Frota


Pn.286. Maria Cristalina da Ponte
Pn.287. Manuel Artur da Frota
Pn.288.José Afonso da Ponte
Pn.289.Miguel Cialdini
Pn.290.Antônio Júlio da Frota
Pn.291.Ana Petronilia da Frota
Pn.292.Teresa de Jesus da Frota
Pn.293.Pedro Horácio da Frota
Pn.294.Vicente Ision Ponte

66
José Frota Vasconcelos
67
Francisco Gomes de Vasconcelos

1487
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.295.Maria Isabel Ponte

Do 2º matrimônio:

Pn.296. Isaias Ponte


Pn.297. Francisco Beltrão Ponte
Pn.298.João Felipe da Frota
Pn.299. Raimundo Otávio da Frota

Pn.285.Francisco Felipe da Frota

***

Pn. 286. Maria Cristalina da Ponte (Maroca), n. a


01.03.1851. Casou-se duas vezes. A 1ª, com seu primo José Cândido
Vasconcelos, este em 3a núpcias. filho de sua tia materna Constança
Cândida da Frota e de Vicente Severiano Vasconcelos. Sem sucessão. A 2ª,
com Domingos Ribeiro da Silva, fal. em Sobral a 23.03.1906. filho de
Joaquim Ribeiro da Silva68 e de Francisca Hermelinda Parente. (Domingos
Ribeiro da Silva fôra casado em 1ª núpcias com Amélia Augusta Ponte a
29.01.1862. em 2ª núpcias com Ana F1orencia da Silva. a 31.07.1866.
Maria Cristalina foi, portanto, sua terceira esposa). Sem sucessão.

***

Pn 287. Manuel Artur da Frota, nasceu em Santana do


Acaraú-CE., a 25.07.1852. Sobre sua vida transcrevemos a biografia feita

68
Joaquim Ribeiro da Silva, n. a 09.12.1802, em Sobral, filho do Capitão-mór Felipe
Ribeiro da Silva e Maria Bernardina do Monte. Em sua terra natal serviu várioas cargos
públicos, como Vereador da Câmara Municipal, Comissário Designador, Deputado à
assembléia Provincial, Oficial Imperial Ordem Rosa. Foi ainda, comandante superior da
Guarda Nacional em sobral e figura de larga projeção na política conservadora da antiga
província, chegando a empunhar as armas contra o Presidência e tomou parte, ao lado do
governo, na guerra civil dos Balaios. Pelo governo federal foi condecorado com a medalha
do Cavalheiro do Cruzeiro de Cristo, Oficial da Rosa e major honorário do exército pelos
serviços prestados à Guerra do Paraguai ( Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol II,
Os Gomes Parente, Tomo I, pg 125).

1488
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

pelo seu próprio filho D. José Tupinambá da Frota. que no centenário do


nascimento, 1952, publicou o folheto ”Traços Biográficos de Manuel Artur
da Frota” de 24 pp. “Nasceu meu pai, Manuel Artur da Frota, na cidade de
Sant’Ana do Acaraú, a 25 de julho de 1852, e no mesmo dia foi batizado na
Matriz pelo Vigário Colado Francisco Xavier Nogueira, sendo padrinhos
seu tio paterno José Florêncio Ribeiro da Silva e D. Rosa Francisca da
Ponte.
Seus pais Francisco Ferreira da Ponte e Silva e D. Isabel Genuina da
Frota, católicos fervorosos de reconhecida probidade, residiam na antiga
fazenda Boa-Vista, antes chamada “Rodeador” de sua propriedade, e que
pertencera ao Coronel GONÇALO FERREIRA DA PONTE, seu quarto
avô e tronco da família Ferreira da Ponte, na Ribeira do Acaraú. Descendia
de velhos fazendeiros dessa Ribeira.
Freqüentou, durante algum tempo, a escola primária da cidade natal
e aos 17 anos transportou-se para Sobral com o intuito de empregar-se no
comércio local, conseguindo ser empregado como caixeiro do Capitão José
Carlos Figueira de Sabóia, depois do seu primo Major Joaquim da Frota
Vasconcelos que o reteve em sub-estabelecimento comercial durante algum
tempo e depois o ajudou a abrir no bairro da Lagoa do Junco uma modesta
venda de gêneros alimentícios.
Em 1877 estabeleceu-se com uma loja de fazendas e miudezas na
esquina da casa de sua tia D. Maria Jacinta Linhares, viúva de seu tio
materno Tenente Pedro Gomes da Frota, à rua do Coronel Campelo, hoje
Ernesto Deocleciano. Desde então ficou conhecida a Loja 15, por causa de
ser esse o número da casa, gravada em algarismos mui vistosos.
A 17 de janeiro de 1880 casou-se em Sobral com sua parenta D.
Raimunda Artemísia Rodrigues Lima, n. a 07.05.1855 e fal. em
Sobral a 23.03.1936, abençoando o seu consórcio o seu cunhado Pe. Diogo
José de Sousa Lima, que mais tarde exerceu o cargo de Vigário de Sobral
de 1897-1508.
Quando se casou, meu Pai foi residir à Rua da Aurora, hoje
Domingos Olímpio, numa casa confortável de seis portas de frente.
Em 9 de junho de 1908 foi fundada em Sobral uma filial da casa comercial
Frota & Gentil, de Fortaleza, de cuja firma faziam parte José Artur da
Frota, José Gentil Alves de Carvalho, Francisco da Silva Frota e Raimundo
da Silva Frota.
Meu pai, convidado a fazer parte da sociedade, ficou como chefe e
diretor de todos os negócios, entrando como capital com a casa por ele

1489
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

construída à Praça do Rosário, onde até então tinha a sua loja de fazendas.
O novo armazém vendia apenas tecidos e miudezas.
Obrigado pela insidiosa moléstia, que o acometeu, a retirar-se da
gerência imediata, nunca deixou de orientar, fiscalizar e superintender
todos os negócios, confiados ao seu tio Francisco Potiguara da Frota.
Meu pai prezava acima de tudo a sua palavra, que sempre honrou em todos
os seus negócios e em todos os seus contratos. Nuca desceu a especulações
ilícitas. No seu balcão só havia um preço e era com a maior sinceridade,
que manifestava aos clientes a boa qualidade e também os defeitos da
mercadoria apresentada.
Homem de convicções, não costumava transigir com elas. Ninguém
o demovia daquilo que ele julgava ser um dever de justiça.
Quando Vereador da Câmara Municipal, poucos anos de
proclamação da República, processou-se a eleição dos novos vereadores.
Era candidato do Partido Conservador o Sr. José Mendes Frota. Filiado ao
Partido Liberal, recebera meu pai ordens dos seus chefes locais, para não
comparecer ao Palacete da Câmara no dia da apuração dos votos, a fim de
ser facilmente depurado o candidato adversário.
Varias instâncias se foram feitas até por pessoas do mais alto
prestígio social da terra, como o seu tio, Comendador João Tomé da Silvas
para que não comparecesse à sessão. “Meu tio, respondeu meu pai, eu irei
à Câmara ainda que seja numa rede, e reconhecerei quem realmente houver
sido eleito”.
Como durante a Monarquia, assim também no republicano, foi várias vezes
eleito vereador à Câmara Municipal, cargo que sempre exerceu com
absoluta independência e isenção de ânimo, chegando a ser Presidente
durante o governo do Cel. Franco Rabelo.
Pouco tempo depois, fez-me ele a seguinte confidência: “Vigário
(era este o tratamento que costumava dar-me) estou resolvido a renunciar
ao cargo de Presidente da Câmara, porque há ali certas irregularidades que
não posso aprovar nem evitar: deixarei irrevogávelmente o cargo” E assim
foi, apesar das instancias e pedidos dos seus pares.
Sempre tomou parte nas iniciativas que visavam ao progresso da
cidade. Assim é que foi um dos fundadores do “Teatro Apoio” que
funcionava na rua da Gangora, desde 1878, com grande concorrência das
famílias sobralenses, e em cujas representações dramáticas tomava parte o
nosso ilustre conterrâneo Dr. Domingos Olimpio Braga Cavalcante.
Apoiando a idéia da construção do novo teatro, que se ergue à Praça do
Menino Deus, foi um dos seus acionistas.

1490
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Foi sócio do Gabinete de leitura Sobralense, fundado em 25 de março de


1886, sob a presidência do Dr. Petronilio de Santa Cruz Oliveira, e um dos
fundadores do “Clube Democrata”, sociedade recreativa e dançante, da qual
foi durante algum tempo esforçado presidente. Ai funcionou o primeiro
cinema de Sobral, devido precisamente aos esforços e ao apoio prestado
pelo seu presidente, no prédio hoje ocupado pelo Ginásio Sant’Ana.
Foi um dos sócios fundadores da “Gazeta de Sobral” em 1881, como
seu gerente, sendo o prelo de ferro o primeiro vindo para Sobral, e que se
conserva no Museu Diocesano.
Generosamente concorreu para construção da Santa Casa de
Misericórdia (1912) e sua respectiva instalação (1924), e emprestou sem
juros a quantia necessária para reforma da Capela do Rosário desta cidade
em 1921.
Com os filhos era de aparência severa, nunca deixando de admoestar e
corrigir quando se fazia mister. Através dessa atitude exteriormente
rigorosa, transparecia o mais temo e vigilante amor.
Vigiou sempre a nossa companhia, nunca permitindo que saíssemos
sós para qualquer parte, enfim admitindo, de forma alguma, tivéssemos
familiaridade com os criados, nem que freqüentássemos a cozinha. Nunca
quis matricular-nos em escolas publicas, por não descobrir nelas o devido
cuidado e interesse pelo aproveitamento das crianças. Escolhia
cuidadosamente os nossos professores, que foram sempre os mais acatados
de Sobral, e só por motivo de doença permitia que faltássemos às aulas.
Acompanhava com vivo interesse o nosso progresso intelectual, mas não
gostava de elogiar os nossos pequenos triunfos escolares.
No Seminário da Bahia conquistei quase todos os prêmios e nos
exames sempre fui aprovado com nota de distinção, tendo apenas duas
notas plenamente, Na Universidade Gregoriana obtive em concurso duas
medalhas de ouro, primeiros prêmios de Teologias Dogmática e Moral,
além de vários “proxime accessit” e outras menções honrosas nos
concursos que ali se costumava fazer anualmente. Também fui laureado em
Filosofia e em Teologia com o grau de doutor. E meu pai nunca julgou
conveniente dar-me parabéns por esses pequenos triunfos escolares:
“cumpri o dever”!
Parece-me que tinha a meu pai vistas particulares, pois com
freqüência me dizia; “ Vou mandá-Io para Universidade de Coimbra”, o
que me fazia perder alguns minutos de sono, quando dito à noite,
imaginava eu o que poderia ser essa Universidade de Coimbra! Além disso,
dizia-me, muitas vezes: “Você há de ser um dia Presidente da Republica”.

1491
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

O padre Alfeu(l) falou com meu pai, sobre a minha vocação ao


estudo sacerdotal, animando-o mandar-me estudar em Roma, sob as vistas
do Santo Padre.
No dia 8 de agosto de 1897, indo eu pela manhã ao seu
estabelecimento comercial, meu pai, apenas lhe beijei a mão, perguntou-me
sem preâmbulo“ Você quer ordenar-se?”. imediatamente respondi: “ Quero
sim, senhor”. E ele: “Quer ir para Roma?” Extasiado com esta surpresa,
respondi: Quero sim, senhor”. Pois bem, acrescentou ele, prepare-se para ir
quinta-feira com o João Evangelista. Só lhe peço uma coisa; “Nunca seja
vendedor de sacramentos”.
Este diálogo e estas expressões bem deixam entrever a índole e os
sentimentos daquele varão, que não gostava de meias medidas.
O coronel João Evangelista da Frota, seu primo, devia partir no dia 12 de
agosto para Camocim, rumo a Fortaleza, com destino a Bahia, onde me
devia entregar aos cuidados do nosso parente, o Exmo. Revmo. Sr. D.
Jerônimo Tomé da Silva. Arcebispo da Bahia e Primaz do Brasil.
Meu pai tinha um temperamento algum tanto áspero gostava dos
caráter. Era franco, na exposição das suas opiniões, quando lhe pediam, ou
quando espontaneamente as externava, sem a mínima preocupação de ser
agradável e sem temor de susceptibilizar. Era um caráter rígido, severo e
intrego, sempre e totalmente avesso a bajulações. Pensava muito antes de
agir, e, tomada que fosse uma deliberação, a punha inflexivelmente em
prática.
Em casa era exigente na observância da ordem doméstica. Não
tolerava nos filhos frase incorreta, nem expressões da gíria popular nem
gestos impolidos, nem atitudes censuráveis na mesa, queria que saíssem
sempre acompanhados por pessoa de confiança e não tolerava que se apare
sentassem em público mal arrumados, mas decentemente vestidos. Era um
pobre, que tinha arraigados profundamente no coração sentimentos de
nobreza.
De aparência austera, era contudo um coração sensibilíssimo. Fazia
chegar as suas esmolas de modo tão discreto, que ninguém lhes sabia a
procedência, e facilmente se comovia à vista da miséria alheia.
Em 1918 começou a sentir sintomas de sua moléstia, que tanto havia de o
fazer sofrer, e leva-lo, por fim à sepultura.
Apesar de seu extremado asseio e dos seus cuidados de higiene
preventiva, contraiu o terrível mal de Hansen, que viu encher de amargura
os últimos anos de sua existência, não tanto pela natureza da doença, como
pelo abandono quase total dos seus amigos.

1492
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Resignou-se facilmente a essa dura provação, amenizada com a


assídua convivência de minha mãe e de todos os meus irmãos e cunhados,
pois a família não o abandonou um só dia, até o momento da morte.
Submeteu-se espontaneamente aos mais meticuloso sistema de profilaxia,
isolando-se em sua própria casa e restringindo-se a usar somente dos
utensílios reservados ao seu uso pessoal.
Os que os domésticos mais em contato com a sua pessoa, fossem
generosamente recompensados, determinando até que, se algum deles
viesse a contaminar-se, fosse pela nossa família cuidadosamente assistido,
para o que constituiu fundos pecuniários. Faleceu às 5 horas da manhã do
dia 25 de outubro de 1828.
Deixou todos os seus negócios na mais perfeita ordem, não tendo
querido fazer testamento, conquanto legasse à família uma modesta fortuna.
Aos seus filhos deixou um legado de honestidade, de fé e de civismo,e aos
seus concidadãos, um exemplo de sisudez, lealdade, e firmeza de caráter.
Manuel Artur e Raimunda Artemísia tiveram os seguintes filhos:

Sn.763. Isabel Natércia da Frota


Sn.764. José Tupinambá da Frota
Sn.765. Úrsula Adelaide da Frota
Sn.766. Adalgisa da Frota
Sn.767 .Francisco Potiguara da Frota

Sn.763.Isabel Natércia da Frota, n. em Sobral a 16.02.1881.


casou.se a 27.06.1903 com o Major Júlio Ferreira Gomes. n. em
Sobral a 19.06.1873. filho do Cel. José Ferreira Gomes69 e de Maria

69
Cel. José Ferreira Gomes, filho de Cesário Ferreira Gomes e de Maria Bernardina do
Monte. Casou-se com Maria Vitalina Parente Ferreira Gomes, filha de Diogo Gomes
Parente ( 2º do nome) e de Vitalina Libânia da Silva (filha do Célebre comanda da Guarda
Nacional em Sobral, o Cel Joaquim Ribeiro da Silva). O Cel José Ferreira Gomes, foi chefe
político do Partido Conservador e primeiro Prefeito de Sobral, deixando um grande legado
político a toda sua geração. Dele descende grandes homens públicos, que para não incorrer
em erros citarei apenas os nomes dos mais recentes destaques desta ilustre família, os
irmãos Ciro Gomes e Cid Gomes, o primeiro por ocupar cargos de grande destaques,
projetando-se na política Nacional como Prefeito de Fortaleza, Governador do Estado do
Ceará, Ministro por duas vezes, candidato à presidência da República por duas vezes,
demonstrando sua habilidade política herdada de seus antepassados. O segundo por ser um
grande administrador público quando teve a oportunidade de demonstrar quando Presidente
da Assembléia Legislativa do Estado do Ceará e Prefeito Municipal de Sobral durante oito

1493
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Vitalina Parente ( Cit. Genealogia Sobralense, Vo IV, Os Ferreira da Ponte,


Tomo XIII, pg 2193).

***

Sn.764. JOSÉ TUPINAMBÁ DA FROTA. n. em Sobral a


10 de setembro de 1882 e ali se batizou a 14 de outubro do mesmo ano.
“Feitos os primeiros estudos com o Prof. Vicente Arruda. embarcou-se em
1897 para Bahia, onde se matriculou no Seminário Arquiepiscopal e
sempre primeiro da turma, ali esteve até 1899, quando seguiu para Roma,
onde no Colégio Pio Latino Americano, passou a freqüêntar a Universidade
Gregoriana, em que se doutorou em teologia e filosofia.
Ordenou-se de Presbítero em 29 de outubro de 1905 e vindo para o
Brasil em 1906, foi para São Paulo lecionar Teologia Dogmática e Moral
no Seminário Arquiepiscopal, durante o ano de 1907. Resolvendo vir para
o Ceará, foi D. Joaquim José Vieira nomeado Vigário da freguezia de
Sobral em 10.02.1908, e em 1915 foi eleito Bispo da terra de seu berço,
sendo sagrado na Sé da Bahia por seu D. Manuel Lopes, bispo coadjutor do
Ceará, a 29 de junho de 1916, havendo tomado posse em 13 de julho desse
ano.
No período de 25 anos de administracão, de 1916 a 1941, S. Excia, foi de
uma operosidade verdadeiramente dinâmica, dotando Sobral e sua Diocese
de melhoramentos de ordem material, intelectual, moral e religiosa. Fundou
as seguintes instituições e construiu os seus estabelecimentos próprios: o
Seminário Menor de São José, situado no bairro da Betânia, onde fizeram
os seus estudos de humanidade receberam a primeira formação espiritual,
72 Sacerdotes ordenados por D. José Tupinamba.
A Santa casa de Misericórdia no bairro da Fortaleza, fundada em 1925,
cômodos para 100 leitos pobres e 18 quartos para pensionistas. O colégio
Sant’Ana, fundado em 1934 com o curso normal oficializado, no qual
foram diplomadas em duas turmas, em 1939 a 1940, 32 professoras; O
Ginásio Sobralense, fundado em 1934, com o curso de humanidades
também oficializado, para ingresso nas Escolas Superiores, nas faculdades
e Universidades do pais; Adquiriu o prédio para confederação dos

anos consecutivos de1996 a 2004, onde com seus assessores reconstruíram não só a Sede da
Cidade de Sobral, mas todo o Município, merecendo os aplausos de todos os sobralenses,
fazendo crescer cada vez mais em nossos corações o amor por nosso Terra Natal (A
sobralidade).

1494
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

marianos; bem o Teatro Glória e reformou completamente a Sé


remodelando-a, de maneira que e um dos mais modernos templos do
Estado.
Em 1917 fundou o Correio da Semana, órgão dos interesses religiosos da
Diocese. Na administração da Diocese, percorria anualmente, na segunda
estação do ano, ora as sedes paroquiais, ora as capelas de povoações mais
longiguas,. para levar a todas as ovelhas de seu numeroso rebanho o
conforto de sua palavra e carinho de seu amor paternal.
Tinha aprovido todas as paróquias com assistência de um pároco.
Muitíssimo culto, operoso, organizador, dinâmico, S. Excia era
verdadeiramente amado e venerado por suas enaltecidas virtudes, de todos
os seus diocesanos.
Foi nomeado segundo secretário do Concílio Plenário Brasileiro, que
se reuniu no Rio de Janeiro em 1936. Por ocasião do seu Jubileu episcopal,
foi distinguido pelo S. Padre Pio XII com o título de Prelado Doméstico,
(datado de 5/7/1941). Assistente ao Sólio Pontifício e Conde Romano, (Ver
a sua árvore de costado no Anuário Genealógico Brasileiro.ll.20).
D. José nasceu para um único ideal: ser Padre. Ele mesmo escreve
nos Traços Bibliográficos de seu genitor Deus me chamou para o seu
sacerdócio. Sempre pensei em ser padre, e jamais tive, graças a Divina
Providência, um só instante de dúvida ou vacilação a este respeito, apesar
de repetidas insinuações de pessoas amigas que me aconselhavam a abraçar
outras carreiras, como sejam as de medicina, engenharia ou magistratura.
Em casa, notavam as minhas tendências. mas nunca dec]arei expressamente
a minha intenção. nem a minha escolha. Os olhares insubstituíveis de uma
mãe esquadrinham as mais íntimos recessos do coração de seus filhos.
Minha mãe conhecia os meus segredos,apesar de minhas reservas. E
chegou ao sacerdócio, ao supremo sacerdócio.
E o sacerdote e ministro de Cristo, o dispensador dos mistérios de
Deus. Quanto amor de D. José no pastoreio das almas! Ensinando o
Catecismo, pregando o Evangelho, desempenhando o admirável ministério
do confessionário.
Depois, nas visitas pastorais, no encontro amorável com os seus
diocesanos, em oferecendo as ovelhas o pábulo da doutrina santa e exemplo
de caridade que não conheceu limites. O seu lema diz tudo: OPPORTET
ILLUM REGNARE.
Quando celebrava a santa missa, sentia-se que seu coração se
dilatava no amor de Jesus, no cuidado minucioso em pronunciar as
palavras, na execução de gesto Litúrgico, em não evadir dum ponto sequer

1495
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

de prescrições das rubricas. Celebrando o Pontifical nas grandes


solenidades do calendário eclesiástico, era de ver quanto edificava sua
atitude hierática: a sua entrada na igreja dir-se-ia a aparição de uma figura
sobrenatural, e cada um dos presentes dizia consigo: como é grande um
bispo! Como D. José amou o Papa, o doce Cristo na terra! Nunca ouvi
nenhum sacerdote, como ele, referir-se ao Vigário de Cristo com
expressões de tamanho acento filial. Como D. José amou aos seus padres e
seminarista! Mais de 80 sacerdotes, formados no Seminário de Sobral,
todos com a unção do óleo santo das mãos do venerando Pastor.
Pode ser que alguma das ocorrências daquele horto eclesiástico se
nos apague da memória, mas o que não morrera nunca no coração
sacerdotal e a doutrina que aprendemos, os conselhos que escutamos, as
conferências que ouvimos dos lábios do nosso bispo, o conforto que
encontramos, o carinho que nos prodigalizava o seu coração de Pai, que,
como S. Paulo, escrevendo a Timóteo, podia dizer-nos: Aos sacerdotes,
meus verdadeiros filhos, na fé, graça, misericórdia e paz, de parte de Deus,
nosso Pai, e de Cristo Jesus, Nosso Senhor.
Todo o passado de Sobral vivia na sua alma. Uma vez, estando eu
com ele numa das sacadas do Palácio, disse-me: Pe. Gerardo. v. não pode
avaliar como fico muito tempo a contemplar as torres da igreja do menino
Deus, a igreja que tanto freqüêntei na minha infância com minha mãe e
irmãos.
Olhe, todas estas vetustas, casas antigas de Sobral, me falam dos
seus habitantes: lembro-me de todos e rezo por eles. Oração pronunciada
nas exéquias de D. José tupinambá da Frota. Bispo de Sobral, pelo Pe.
Gerardo Gomes, na igreja Catedral, a 1 de outubro de 1959, no 7 dia de sua
morte. Correio da Semana. Sobral, 3/10/1959.
Dom José Tupinambá era uma pessoa completa. Tão nobre e digno
ao desempenhar suas funções sagradas, com a compenetração do seu
caráter episcopal, como jovial e ameno, no trato particular. São famosas as
suas anedotas e o seu pendor para os chistes, às vezes encontradiço nos
Frotas mais austeros e fechados.
Assim e que um dia, abordou seu bispo auxiliar. Dom José Bezerra
Coutinho:
-Dom José, eu vou fazer-lhe um pedido; o Sr.mo atendera?
-Pois não. Sr. Bispo, quando estiver em mim, procurarei satisfazer v. Excia.
–Entã - com toda a gravidade- quando eu morrer peço-lhe que na minha
lousa sepulcral, mande gravar a inscrição seguinte: Aqui jaz D. José
Tupinambá da Frota, primeiro Bispo de Sobral o tico-tico que passou a vida

1496
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

inteira a fazer o ninho, para os outros porem os ovos... Ele sabia o que tinha
feito pela sua cidade e pela sua diocese, e se não terminou tudo o que
planejara - a construção do Museu Diocesano, por exemplo, em que puzera
tanto empenho- foi porque a morte não lhe deu tempo. ( 1 ).
O prelado côncio da sua dignidade era ao mesmo tempo o homem
atencioso e cheio de atenção para com os outros.
- irmã, dissera certo dia à religiosa que atendia no paço episcopal.
- Diga ao Sr. Bispo, que eu estou muito mal, não posso hoje visitá-lo. Seu
prelado auxiliar chegara de fora, mas vinte minutos depois, Ia estava Dom
José ao lado dele que protestava. - Não. retrucava D. Tupinambá, eu tinha
que vir; era minha obrigação.
Se atentarmos agora, para o sentimento que tinha da sua dignidade
de bispo e de pastor, colheremos, antes de tudo, o seu último depoimento
de agonizante, quando assistia peJo seu Bispo auxiliar, pelo seu medico Dr.
Guarany e pela enfermeira François, antes de exalar o último suspiro, disse:
Se acham que eu morro, quero morrer como bispo!.
Os colegas sempre viram nele um sábio e um santo e deram
testemunho da estima em que o tinham. Se o famoso conferencista Pe. João
Gualberto. dizia dele que era a maior organização metafísica do Brasil, o
cardial Copello via no pastor de Sobral um dos maiores bispos do mundo. E
o venerando arcebispo de Fortaleza. Dom Antônio Lustosa declarou, por
ocasião de seu passamento: A Santa igreja acaba de perder um grande
Bispo: grande pela sua ilustração, pela vida apostólica, durante longo
apostolado,(2). Transcrevemos abaixo (3) o noticiário relativo à sua morte.
A prefeitura decretou luto oficial de três dias em homenagem ao grande
benemérito, feriado municipal o dia 10 de setembro, dia do seu natalício,
aprovou a aposição do seu retrato na galeria de honra da municipalidade, e
nas repartições públicas e escolas do município.
A capital do estado inaugurou, com brilhante, solenidade, a herma
de Dom José no Bairro de Fátima, presentes o governador Virgílio Távora,
o prefeito municipal Murilo Borges, secretários de Estado e outras
autoridades.
(1) Gustavo Barroso. com a sua conhecida competência. não pôde
conter a surpresa e admiração ao visitar o museu diocesano de Sobral.
considerando-o um dos primeiros do Brasil. e talvez o primeiro pelo que
diz respeito a certas coleções de porcelanas e louças antigas
(2) Certa ocasião. Dom José mostrou aos amigos, a carta em que o
Cardial Arcoverde o convidava para trabalhar no Rio de Janeiro. Dom
Leme, seu antigo colega de Roma. o tinha como um dos amigos mais

1497
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

íntimos. Contudo o modesto prelado resistiu sempre a todas as propostas.


inclusive para o bispado de Uberaba, para o qual tora mesmo preconizado.
(3) “ Ainda repercute dolorosamente nesta cidade, no Ceará, quiça
em todo o Brasil. a notícia do falecimento, ocorrido sexta-feira última.
às 21,30 horas no palácio Episcopal. do Exmo. e Revmo. Sr. Dom José
Tupinambá da Frota. Bispo Conde de Sobral. a quem esta cidade deve tudo
nos setores: hospitalares, educacionais e assistenciais.
O infausto acontecimento levado ao par pelas suas emissoras locais e
pelas estações de rádio-amadores, espalhou-se imediatamente por todos os
recantos do Brasil. também no estrangeiro, enchendo de tristeza os
corações daqueles que o conheciam e enlutando a alma da Igreja Católica.
Logo após a morte de Dom José, o povo sobralense, em romaria, acorreu ao
Palácio, para prestar seu último tributo de pesar, ao seu querido pastor e
guia espiritual. Assistiram os últimos momentos de vida do ilustre antístite
o Revmo. Pe. José Palhano de Sabóia, seu secretário e Prefeito Municipal
de Sobral, Dom José Bezerra Coutinho, que lhe administrou a extrema-
unção. Dr. Guarany Mont’Alverne, seu dedicado médico, J. Wilson,
enfermeiro François, Pe. Luiz Rodrigues, Irmã Estefânia, Superiora do
Ginásio Sant’Ana, e a Irmã Marfisa.
Após o seu passamento, o corpo de Dom José foi removido para o
salão nobre do Palácio, e três horas depois, conforme deliberação do
Conselho Diocesano. Para a Capela do Menino Deus, entre choros e
soluços da incalculável multidão, e lá ficou exposto à veneração pública.
Durante toda a noite, centenas de pessoas desfilaram silenciosamente ante o
esquife, tocando piedosamente o corpo do ilustre morto, que se achava
revestido de paramentos e insígnias episcopais. Precisamente às 2 horas da
madrugada do dia seguinte, o Revmo. Pe. José Palhano, seu filho espiritual,
em pranto celebrou a primeira missa de corpo presente, e às 6 horas. Dom
José Bezerra Coutinho celebrou a segunda, a qual foi assistida pelo clero,
seminaristas, associações pias e o povo em geral. As 10 horas, realizou-se o
solene cortejo fúnebre para a trasladação do corpo de Dom José, da capela
do Menino Deus para a Catedral, tomando parte as Irmandades, Seminário,
o clero diocesano, colégios, religiosos e uma incomputável multidão. As 17
horas com a presença de Dom Antônio de Almeida Lustosa, Arcebispo
Metropolitano, Dr. Tancredo de Alcântara, representante do Governador do
Estado, sacerdotes e quase todos os vigários da Diocese, Seminário,
Religiosas, Colégios, Associações Pias, destacadas autoridades, e uma
grande multidão que enchia a Igreja da Sé e se espalhava pela espaçosa
praça, foi celebrada por Dom José Bezerra Coutinho, a missa solene de

1498
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

réquiem, e em seguida teve lugar a encomendação do Corpo, sendo as


cinco absolvições do Ritual Romano, ministradas pelo Sr. Arcebispo
Metropolitano, por Dom José Bezerra Coutinho, e pelo Monsenhores
Fontenele, José Osmar e Domingos de Araújo. Depois o corpo de Dom
José foi conduzido pelo Sacerdotes para a Capela do Santíssimo, onde foi
sepultado ao som do toque de silêncio, e depois a banda de música
municipal entoou uma marcha fúnebre provocando uma consternação geral.
O desenrolar da triste cerimônia foi transmitido pela Rádio Iracema
de Sobral, na palavra do Revmo. Pe. Sadock Araújo, e do radialista José
Maria Soares”

***

Sn.765. Ursula Adelaide da Frota (Ursulita). n. em sobral a


23.7.1885, faleceu a 29.8.1926 em Fortaleza. Casou-se a 20.02.1908, com
Guilherme de Souza Pinto, cirurgião dentista, n. a 13.06.1883 e fal. a
14.04.1939. filho de Dr. Herbster de Souza Pinto e Henriqueta. Pais de:

7n.1990.Ione Frota de Souza Pinto


7n.1991.Marita Frota Cals de Oliveira
7n.1992.Aglais Frota de Souza Teles
7n.1993.Nícia Frota de Souza Pinto
7n.1994.Gerardo Frota de Souza Pinto
7n.1995.Taís Frota de Souza Pinto
7n.1996.Maurício Frota de Souza Pinto
7n.1997.Ursulita Frota de Souza Pinto

7n.1990 . Ione Frota de Souza Pinto, n. em Sobral a


23.12.1908, casou-se em Fortaleza a 06.03.1927 com José Freire de
Medeiros. filho de José Medeiros e de Maria: Pais de:

8n.2954.José GuiIherme Pinto Medeiros


8n.2955.Francisco das Chagas P. Medeiros
8n.2956.Rita Maria Pinto Medeiros

8n.2954.José GuiIherme Pinto Medeiros,


n. em Fortaleza n. a 05.12.1928.

1499
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2955.Francisco das Chagas P. Medeiros,


n. em Fortaleza a 07.05.1930, fal. de 1934.

8n.2956.Rita Maria Medeiros Grodilho, n. em Fortaleza


a 09.12.1933, casou-se a 15.08.1958 com Geraldo Luiz Ferreira
Grodilho, n. a 24.03.1931, filho de João Velos Grodilho e Diva Ferreira.
Pais de:

9n.2836.João Pedro Medeiros Grodilho,


n. no Rio de Janeiro, a 21.05.1959
9n.2837.Paula Medeiros Grodilho,
n. no Rio a 20.04.1960

7n.1991.Maria Frota Cals de Sousa Pinto Cals de


Oliveira (Marita), n. a 21.04.1911, casou-se em Fortaleza a 27.12.1933
com Zadir Cals de Oliveira, n. a 28.11.1908 e fal. a 04.11.1969,
filho de Joaquim Cals de Oliveira70 e de Rosa Façanha de Oliveira. Pais de:

8n.2957. Fernando Sousa Pinto Cals de Oliveira, n. a


30.05.1943 em Arcoverde (PE). Casou-se com Vera Lúcia Azevedo
Évora, n. a 20.06.1945. Pais de:

9n.2957. Andréa Cals de Oliveira Évora,


n. a 07.11.1964, RJ
9n.2958. Bruno Cals de Oliveira Évora,
n. a 24.11.1967, RJ

7n.1992. Aglais Frota de Souza Teles, n. a 24.10.1913 em


Fortaleza, casou-se na mesma cidade com Dário Borges Teles, filho de
Manuelito Borges Teles e Léonie. Pais de:

70
Joaquim Cals de Oliveira, n. a o1.05.1880 e fal. a 29.06.1911, filho de Henrique José
de Oliveira, comerciante em Fortaleza, e de Francisca Cals (filha de Henri Cals, nascido na
cidade de Carcassone, considerada o mais completo conjunto de fortificações da Idade
Média e situada à margem do rio Aude do Canal do Meio Dia. Patriarca da Família Cals no
Ceará, caou-se com Françoise Lopes). Joaquim Cals de Oliveira, foi contabilista em
Fortaleza. Casou-se com Rosa Façanha de Oliveira, n. a 14.11.1884, Professora
diplomada, filha de Raimundo José de Oliveira e de Ana Façanha (Apud Girão, Raimundo-
Famílias de Fortaleza, 1975, Fortaleza-Ceará, pg 169).

1500
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2960.Norma Souza Teles, c.c. Valdizar Pereira.

8n.2961.Haroldo Souza Teles

8n.2962.Marina Souza Teles

8n.2963.Maria Helena Souza Teles, fal. criança

7n.1993.Nícia Frota de Souza Pinto, n. a 04.10.1915 em


Fortaleza, casou-se a 14.11.1944, com Diogo Vaz Pereira, n. em
Cataguazes, Minas, a 12.11.1909, filho de Manual Nunes Pereira e Emília
Vaz. Pais de:

8n.2964. Luiz Antônio Pinto Pereira,


n. Rio de Janeiro a 31.07.1946
8n.2965. Hamilton Pinto Pereira,
n. Rio de Janeiro, a 10.12.1951
8n.2966. Mônica Pinto Pereira,
n. Rio de Janeiro a 06.11.1955

7n.1994. Gerardo Frota de Souza Pinto, médico, n. a


05.10.1916 em Fortaleza, casou-se na mesma cidade a 02.02.1940 com
Léa Pinagé Pires Carvalho, filha do Dr. José Maria Pires Carvalho e
Odete Pinagé. Pais de:

8n.2967.Roberto Flávio Pinto Carvalho,


n. em Fortaleza a 02.12.1941
8n.2968. Luiz Carlos Pinto Carvalho,
n. em Fortaleza, a 09.10.1944
8n.2969. Vitor César Pinto Carvalho,
n. em Fortaleza, a 05.04.1952

1501
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.1995.Taís Frota de Souza Pinto, n. a 10.09.1921 em


Fortaleza, casou-se no Rio de Janeiro em 1943 com Edgar Poschetzky,
filho de Frederico Poschetzky e Idalina. Pais de:

8n.2970. Sandra Pinto Poschetzky


8n.2971. Eliane Pinto Poschetzky
8n.2972. Carlos Pinto Poschetzky
8n.2973. Nádia Pinto Poschetzky
8n.2974. Cláudia Pinto Poschetzky
8n.2975. Sérgio Pinto Poschetzky
8n.2976. Tânia Pinto Poschetzky

8n.2970. Sandra Pinto Poschetzky, n. no Rio de Janeiro a


09.03.1944

8n.2971. Eliane Pinto Poschetzky, n. em Niterói a


17.02.1945

8n.2972. Carlos Pinto Poschetzky, n. em Niterói a


12.06.1946

8n.2973. Nádia Pinto Poschetzky, n. em Novo Hamburgo,


R. G. do Sul, a 17.12.1947

8n.2974. Cláudia Pinto Poschetzky, n. no Rio de Janeiro,


em Junho/1948

8n.2975. Sérgio Pinto Poschetzky, n. no Rio de Janeiro, a


26.11.1951

8n.2976. Tânia Pinto Poschetzky, n. em Nova Iguaçu, Est.


do Rio, a 02.05.1953

7n.1996. Maurício Frota de Souza Pinto, n. em


Fortaleza, a 07.10.1925, casou-se no Rio, a 21.04.1955, com Clotilde da
Costa Daemon, filha de Jansenio Daemon e de Maria Cândida Afonso
Costa. Pais de:

1502
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2977. Cláudio Aquiles, n. Rio a 02.02.1956


8n.2978. Erik, n. Rio de Janeiro a 28.09.1958

7n.1997. Ursulita Frota de Souza Pinto, n. em Fortaleza


a 25.08.1928, casou-se no Rio com Mário Coelho, Pais de:

8n.2979. Sheila, n. Rio (RJ) a 19.09.1944


8n.2980. Ricardo,n. Rio (RJ) a 18.05.1946

***

Sn.766 . Adalgisa da Frota, n. em Sobral a 18.05.1889, casou-se


a 24.06.1908 com José Inácio Alves Parente Filho (JUCA), filho do
Coronel José Inácio Alves Parente71 e de Francisca Alves da Fonseca
Parente (Genealogia Sobralense - Os Gomes Parente, Tomo I, pg. 25). Pais
de:

7n.1998. Maria Frota Parente Cavalcante


7n.1999. Renato Frota Parente
7n.2000. Raimunda Parente Girão
7n.2001. Francisca Zilah Frota Parente
7n.2002. José Gerardo Frota Parente

7n.1998. Maria Frota Parente Cavalcante, n. a


23.05.1909. Casou-se a 08..12.1934 com Francisco de Assis
Cavalcante, filho de Idelfonso Holanda Cavalcante72 e Maria Carolina
Franca Cavalcante. Pais de:

71
José Inácio Alves Parente, nasceu em Sobral a 12.10.1846 e faleceu a 01.09.1912 na
mesma cidade, onde ocupou os cargos de Presidente da Câmara Municipal e Interventor de
Sobral. Casou-se a 22.04.1875 com Francisca Alves da Fonseca Parente, n. a 18.09.1858 e
faleceu a 27.10.1939, filha do Cel Francisco Alves da Fonseca e de Maria Madalena da
Fonseca de Albuquerque (Apud Genealgia Sobralense, Vol II, Tomo I.).
72
Idelfonso Holanda Cavalcante, n. a 07.08.1859 e fal. a 20.07.1918, em Sobral.
Tabelião Público e Escrivão de Registro da cidade de Sobral, filho do Major Trajano José
Cavalcante e de Rosalina Maria Cavalcante ( Apud Arruda, F.A.V. Genealogia Sobralense,
Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 93)

1503
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2981. Maria Carolina Cavalcante Barros


8n.2982. José Inácio Parente Cavalcante
8n.2983. Adalgisa Maria Cavalcante Dias
8n.2984. Ildefonso de Holanda C.Neto
8n.2985. Francisco de Assis Cavalcante Filho
8n.2986. Marcos Aurélio Parente Cavalcante
8n.2987. Marcos Aurélio Parente Cavalcante

8n.2981. Maria Carolina Cavalcante Barros, n. a


09.01.1936. Casou-se com Raimunda Nogueira Barros. Pais de:

9n.2840. Kleber José Cavalcante Barros


9n.2841. Karolina Cavalcante Barros

8n.2982. José Inácio Parente Cavalcante, n. a 09.11.1937.


Casou-se com Helena Maria Vieira da Cunha Cavalcante. Pais de:

9n.2842. Maria Eunice C. Cavalcante


9n.2843. André Gustavo C. Cavalcante

8n.2983. Adalgisa Maria Cavalcante Dias, n. a 29.11.1938.


Casou-se com Maurício Passos Dias, filho de Luís Gonzaga Dias73 e
Raimunda Passos Dias. Pais de:

9n.2844. Francisco Régis C. Dias


9n.2845. Luiz Gonzaga Dias Neto
9n.2846. Mauricia Cavalcante Dias

8n.2984. Ildefonso de Holanda Cavalcante Neto, n. a


25.03.1940. Iniciou seus estudos preliminares no Colégio Sobralense e
Colégio Rosa Gatorno, concluindo o secundário na Escola Técnica de
Comércio Dom José, em 1967. Prestou serviços em algumas firmas da
cidade e nas filiais dos Bancos da Lavoura de Minas Gerais, Nacional de
Minas Gerais e Bahia S/A. Na Cia. Cearense de Cimento Portland, de 1972

73
Luís Gonzaga Dias, filho de João Dias de Carvalho Sobrinho e de Maria do Carmo da
Ponte. Casou-se a 06.05.1924 com Raimunda Passos Dias, filha de José Ferreira Passos e de
Maria Amália Porfírio de Paula (Apud Arruda, F.A.V. – genealogia Sobralense, Vol. IV,
Tomo VI, pg 949)

1504
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

a 1993, foi encarregado da Carteira de Custos, Supervisor, Gerente


Administrativo e Assessor de Diretoria. Aposentou-se em 1993, como Juiz
Classista, depois de exercer o cargo de Vogal da Junta de Conciliação e
Julgamento da Justiça do Trabalho em Sobral. Ingressou na maçonaria em
1970, na Loja Deus e Caridade III. Com profícuo desempenho nas funções
de Mestre de Cerimônia, secretário, Vigilante e Orador, terminou por ser
nomeado representante da Grande Loja de Tóquio/Japão,em l996. Seu
trabalho à comunidade estendeu-se também pelo Rotary Clube de Sobral,
com boa atuação na diretoria e Vice-Presidência. Como sócio-proprietário
do Derby Clube Sobralense, por 16 anos, esteve à frente de sua diretoria.
Em todas as suas militâncias beneméritas, participou ativamente de
inúmeros cursos de extensão, seminários, congressos e simpósios.
Participou de vários cursos, congressos e seminários, onde destacamos
Direito do Trabalho, em 1975, na UVA; Organização e Métodos, em 1982;
Direção Defensiva, em 1979, Prevenção de Acidentes, em 1980 e
Administração de Empresa, em 1978, todos no SENAI; XII Conpat -
Congresso Nacional de Prevenção de Acidentes do Trabalho, em 1974, em
São Paulo; Congresso Internacional de Direito do Trabalho, patrocinado
pelo Tribunal Regional do Trabalho, Academia lbero-Americana de
Derecho Del Traboyo Y De La Seguridad Social - Madrid e pelo Instituto
Latino Americano Del Trabajo Y De La Seguridad Social de Buenos Aires,
entre outros. Casou-se com Maria Benvinda Monte Cavalcante, filha de
Edmundo Monte Coelho74 e de Leilah Cabral Araújo Coelho.

74
Edmundo Monte Coelho, nasceu no dia 26 de fevereiro de 1916, na cidade de Sobral,
sendo o quinto dos treze filhos do casal Francisco Petronilho Gomes Coelho e Maria
Benvinda Monte Coelho. Casado com Maria Leilah Cabral de Araújo Coelho, com quem
teve seus cinco filhos, que são: José Roberto, Maria Benvinda, Leilahzinha, Edmundo Filho
e Francisco Augusto. Iniciou a vida profissional aos dezesseis anos trabalhando na então
Inspetoria Federal de Obras Contra a Seca, exercendo, inicialmente, o cargo de Fiscal da
estrada Sobral/Fortaleza, no trecho Sobral/Forquilha, vindo, posterior, a exercer a função de
datilógrafo, lotado no escritório da residência na localidade de São Miguel. Em virtude do
falecimento, em 1934, de sua avó Benvinda, com quem passou os primeiros anos de vida,
Edmundo voltou a residir em Sobral, passando a trabalhar na firma Studart e Cia. Ltda.,
desempenhando as funções de Auxiliar de Gerente. Em 1936, foi nomeado pelo seu tio, Dr.
Rui de Almeida Monte, então Secretário da Fazenda do Estado do Ceará, para trabalhar na
Mesa de Rendas de Sobral, desempenhando essas funções durante nove anos. Edmundo
sempre gostou de fazenda e, por este motivo, o seu tio Raul, a pedido de sua avó Benvinda,
presenteou-o com a Fazenda Fazendinha, o ponto de partida para sua vida empresarial. Não
obstante a rapidez e eficiência com que as atividades da Fazendinha desenvolviam-se, tanto
na pecuária leiteira como na agricultura, Edmundo não hesitou em aceitar o convite da firma
Studart e Cia. Ltda. para gerenciar a filial instalada na cidade de Sobral, passando a conciliar

1505
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2847. Edmundo Monte Cavalcante


9n.2848. Francisco de Assis C. Neto
9n.2849. Alex Monte Cavalcante
9n.2850. Delano Monte Cavalcante

9n.2847. Edmundo Monte Cavalcante, Advogado, casou-se


com Christiane

as duas atividades. Demonstrando amadurecimento de seu espírito empreendedor, Edmundo


inaugurou a famosa Sorveteria Sobral, situada em pleno Beco do Cotovelo, conhecida por
vender, além de gostosos sorvetes, picolés e saladas de frutas, os produtos da Fazendinha,
inclusive caldo de cana. Na mesma época, instalou uma fábrica de gelo, com energia
própria, oportunidade em que, em face da situação precária de energia elétrica em Sobral,
principalmente no período diurno, passou a fornecer energia elétrica para a agência local do
Banco do Brasil, para o Cine Rangel, para o escritório da Fábrica de Tecidos Ernesto
Deocleciano e, ainda, para o Consultório Dentário de seu primo José Silvestre Cavalcante
Coelho. Em 1948, abriu um depósito de gasolina e querosene e, em virtude do
desenvolvimento proveitoso do negócio, instalou, a seguir, um posto de gasolina,
denominado Posto Triunfo. Somente a Fazenda Fazendinha não era suficiente para
exploração de rebanho bovino que possuía. Assim, Edmundo adquiriu, em 1951 a fazenda
Bom-Sucesso e em 1956 a fazenda São Tomé. As atividades agropecuárias prosperaram de
tal sorte que, em 1976, Edmundo fundou a MOCOSA – Fazendas Monte Coelho S.A., sendo
esse empreendimento formado pelas propriedades acima citadas, cujo corpo de terra soma
2.625 hectares, com incentivos fiscais da SUDENE/FINOR. Com experiência, sobretudo
invejável lucidez, permaneceu à frente dos negócios da empresa, comparecendo diariamente
ao escritório para despachar, até seu falecimento. No dia 10 de fevereiro de 1960, ajudou a
fundar o Rotary Clube de Sobral, tendo presidido mencionado clube nos biênios 1966/67 e
1976/77 e liderado campanhas sociais memoráveis, onde se destacam distribuições de 1.500
presentes para crianças carentes de Sobral e 300 redes para mães pobres. Ressalta-se que no
primeiro mandato Edmundo recebeu o clube com dezoito sócios e, um ano após, entregou
com cinqüenta e um. Em 1965 liderou, na companhia de alguns amigos, o movimento para
criação e instalação da LASSA – Laticínios Sobralense S.A.. Fundada em 22 de junho de
1965, foi eleito o primeiro presidente dessa empresa. Foi ainda presidente da Associação
Comercial de Sobral durante dez anos, período que foi eleito presidente do Conselho
Desenvolvimentista de Sobral. Também foi presidente, por duas gestões, do Grêmio
Recreativo Sobralense. Com a consciência do dever cumprido, Edmundo Monte Coelho
passou a residir, na companhia de sua querida mulher, na Fazenda Fazendinha, considerada
por ele como “o meu pedacinho do céu”, localizada no Km 08 da rodovia CE-362, que
interliga os municípios Sobral/Massapê, onde a toda ora recebia o carinho e amor de seus
cinco filhos, dois genros, três noras, dezesseis netos e dez bisnetos. Edmundo faleceu, num
dos leitos da Santa Casa, no dia 25 se abril de 2003, aos 87 anos de vida ( Apud Cavalcante,
Arnaud de Holanda – Vultos em Destaque – Sociedade Sobralense, 2005, Sobral.Ceará).

1506
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2848. Francisco de Assis C. Neto, Bacharel em


Administração de Empresas, casou-se com Sâmia;

9n.2849. Alex Monte Cavalcante, acadêmico de administração.

9n.2850. Delano Monte Cavalcante, Micro-empresário.

8n.2985. Francisco de Assis Cavalcante Filho, n. a


10.05.1941. Funcionário do Banco do Nordeste do Brasil, exercendo
atualmente o cargo de Gerente na cidade de Granja. Casou-se com
Edelvira Maria Arruda Cavalcante, n. a 10.04.1942, filha de José Huet
de Arruda Coelho 75e de Raimunda Moreira Fontenele . Pais de:

9n.2851. Eveline Arruda Cavalcante


9n.2852. Ricardo Arruda Cavalcante
9n.2853. Enio Arruda Cavalcante
9n.2854. Rafaela Arruda Cavalcante
9n.2855. Roberto Arruda Cavalcante

9n.2851. Eveline Arruda Cavalcante

75
José Huet de Arruda Coelho, descendente de família tradicionalmente voltada à
cultura, José Huet de Arruda Coelho não se familiarizou com os estudos, todavia, nem
sempre o caminho das letras eleva o nome de um patriarca. Huet Arruda, com todo sacrifício
e tenacidade, plantou árvore genealógica que o fez merecedor desta página. Funcionário do
DNOCS, antes IFOCS, vivia em lugares distantes e incertos, fiscalizando construções de
açudes, na luta pela sobrevivência. Conseguiu o que não é fácil; óbvio, contando com a
determinação da esposa: prole numerosa, sadia, sem óbitos, unida, e convivendo na mesma
harmonia da criação, das alegrias e dos efêmeros dissabores. Agropecuarista por convicção.
Militou na política. De início na UDN, passando para o PSD que o elegeu suplente de
vereador, assumindo a cadeira algumas vezes. Sua preocupação, no entanto, não era a
política. Pela prole constituída, era a projeção dos filhos, nos quais semeou a união, o
convívio mútuo e a necessidade do esforço pessoal. Conseguiu. Casou-se a 28.01.1928 com
Raimundinha Fontenele, Sua escolhida deu-lhe amor, compreensão ao seu modo de viver,
dedicação e matriarca de doze descendentes que, como ele plantou, continuam
demonstrando ser bons frutos em perfeita confraternização familiar (Apud Cavalcante,
Arnaud de Holanda – Vultos em Destaques – Sociedade Sobralense, 2005, Sobral- Ceará)

1507
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2852. Ricardo Arruda Cavalcante

9n.2853. Enio Arruda Cavalcante

9n.2854. Rafaela Arruda Cavalcante

9n.2855. Roberto Arruda Cavalcante

8n.2986. Marcos Aurélio Parente Cavalcante, falecido com


pouco dias de vida.

8n.2987. Marcos Aurélio Parente Cavalcante, n. a 29.05.1945.


Casou-se com Vana Frota Chagas Cavalcante. Pais de:

9n.2856. Francisco de Assis C. Neto


9n.2857. José Heribaldo C. Cavalcante
9n.2858. Maria Chagas Cavalcante
9n.2859. Maira Chagas Cavalcante

8n.2988. Fernando Rogério Parente Cavalcante, n. a


04.09.1946. Casou-se duas vezes. A 1a, com Petrônio Aguiar
Cavalcante. A 2a, com Maria de Fatima Vila Nova Rodrigues
Cavalcante. Pais de:

Do 1º Matrimônio:

1508
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2860. Fernanda Aguiar Cavalcante

Do 2º Matrimônio:

9n.2861. Dannyelle Vila Nova Cavalcante


9n.2862. Fernando Rogerio Parente C. filho

7n.1999. Renato Frota Parente, n. a 26.02.1912, casou-s a


31.03.1941 com Maria Nazaré Catunda Gondim, n. em Fortaleza a
27.12.1919, filha do Dr. Galdino Catunda Gondim e Luisa Lins. Pais de:

8n.2989. Lúcia Maria Parente Andrade


8n.2990. José Inácio Alves Parente Neto
8n.2991. Renato Parente Filho
8n.2992. Marcelo Catunda Parente

8n.2989. Lúcia Maria Parente Andrade, n. em Sobral a


21.12.1942 .Casou-se com Walney Marinho de Andrade, , n. em Sobral a
14.08.1936 e fal. na mesma cidade a 03.01.1998. Industrial, filho de
Manoel Marinho de Andrade76 e de Germiniana Pinho Pessoa de
Andrade.Pais de:

76
Manoel Marinho de Andrade, n. a 23.08.1880, em Sobral. Iniciou seus estudos
com o prof. Vicente Ferreira de Arruda que, cedo, observando nele dotes de invulgar
inteligência, aconselhou seu pai a fazê-lo estudar em meio mais adiantado. Naquela época,
Rio de Janeiro ou, no mínimo, Recife ou Salvador. Aos 17 anos de idade, seguiu Manoel
para o Rio de Janeiro, onde se matriculou no Colégio Alfredo Gomes e concluiu aí seus
estudos preparatórios. Ingressou na Faculdade Nacional de Medicina em Janeiro de
1900. Com 26 anos de idade, colou grau de Doutor, defendendo teses de valiosa
contribuição para a ciência médica da época e, vai aqui, a quadra que lhe coube entre os
colegas de colação de grau: “Nome e glória feitos na conquistas; tu és formoso, tu
que és grande e bom; esse que chamam imortal artista; Marinho o genial Santos
Dumont.” Ainda como aluno no Rio de Janeiro, teve boa participação na área de saúde,
contribuindo, com pequenas parcelas, para a solução de grandes problemas comunitários
da época. Especializou-se em Obstetrícia e Ginecologia. Considerando-se apto para a vida
profissional, volto à sua terra. Doutor Manoel Marinho passou em Sobral o resto de sua
existência, dedicado a trabalho profundo, humanitário, digno, capaz de enaltecer sua classe
e, honrou toda a comunidade pela qual dedicou inteira vida de labuta, tal a nobreza de seu
caráter e a firmeza de sua conduta irrepreensível, de profissional competente, consciente de
seu dever. Dr. Manoel Marinho de Andrade, em sua laboriosa e profícua existência, toda
dedicada à comunidade sobralense, durante mais de 50 anos, exerceu vários cargos e,
participou de todos os movimentos de formação de entidades de classes sociais e culturais.

1509
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2863. Renato Parente Neto


9n.2864.José roberto Parente de Andrade
9n.2865.Walney Marinho de Andrade filho

8n.2990. José Inácio Alves Parente Neto, (Juca), n a


17.11.1942 e fal. em Sobral Cirurgião Dentista, Casou-se com Margarida
Maria Aragão, filha de Cloves Aragão Prado77 e Maria Diva Ximenes
Prado.

8n.2991. Renato Parente Filho, n. 23.01.1949, casou-se com


Rosa de Lourdes Marinho de Vasconcelos, filha do Dr. João Batista
Esmeraldo de Vasconcelos78 e de Elza Marinho de Vasconcelos.Pais de:

Da inteira confiança de Dom José Tupinambá da Frota, foi Diretor Clínico da Santa Casa
de Misericórdia de Sobral, durante 26 anos e, por longos anos, nas décadas de 30 a 40,
médico do Seminário São José, de Sobral.. Foi médico da Estrada de Ferro, médico da
Fábrica de Tecido de Sobral, médico do Colégio Sant’Ana. Foi Inspetor secundário, em
Sobral, nomeado pelo Presidente da República Getúlio Vargas. Foi ainda sócio fundador
do “Palace Club de Sobral”, tradicional clube sobralense, hoje desaparecido, e sócio
fundador da Academia Sobralense de Letras. O Dr. Manoel foi , pelo que participou, pelo
exemplo, um dos filhos mais ilustres da terra sobralense: bom esposo, bom pai, bom
cidadão, correto e consciente. O seu temperamento arredio, que o fazia homem de poucos
amigos íntimos, não destituiu de méritos, nem diminuiu nele o conjunto de virtudes
magníficas, que lhe formavam o caráter excepcional. Voltando para as grandezas do
espírito, era desprendido de bens materiais: nunca procurou encalhar fortuna , procurou
apenas existência de dignidade. Sério, firme, justo, honesto, cultivava a honestidade como
virtude máxima. Sem exagero, podemos dizer dele uma personificação de honradez.
Soube ser humilde e, repetia freqüentemente: “Quero ver sem ser visto”. Faleceu
em junho de 1957, como viveu: sereno e simplesmente. Casou-se na fazenda Serrote,
município de Canindé, CE, a 09.05.1912, com Germiniana Pinho Pessoa de Andrade,
filha do Dr. Plácido de Pinho Pessoa e Maria Barbosa de Paula Pessoa ( Apud Arruda,
F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo V, pg 1455).
77
Cloves Aragão Prado
78
Dr. João Batista Esmeraldo de Vasconcelos, n. a 23.06.1912 e fal. a 01.07.1987,
em Sobral, filho do Tabelião José Fabião de Vasconcelos78. Fez os estudos primários em
sua terra natal, no colégio da Assunção, de Dona Mocinha Rodrigues e no Externato do
Dr. Pimentel Gomes. Fez exame de vestibular em 1929, no Liceu de Fortaleza; o primeiro
ano de preparatórios no Colégio Cearense e, os quatros últimos, no Colégio Castelo
Branco. Matriculou-se na Faculdade de Direito do Ceará a 18.02.1935 e, colou grau de
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais a 16.12.1939, na mesma Faculdade, sendo diretor
o Dr. João Otávio Lobo. Foi tesoureiro do Centro Estudantil Cearense, no período de 1934
a 1935. Neste último ano, saiu em excursão pela Zona Norte do Estado, angariando
donativos para a casa do estudante, na qualidade de Presidente da Cruzada do Norte. Em

1510
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2867.
9n.2868.
9n.2869.
9n 2870.

8n.2992. Marcelo Catunda Parente, n. a 23.01.1949. Casou-se


com Lúcia de Fátima Carneiro Parente, filha de Francisco Frota
Carneiro79 e de ...............................................Pais de:

9n.2871. Marcelo Catunda P. Filho


9n.2872. Fabio Carneiro Parente
9n.2873. Denis Carneiro Parente
9n.2874. Marcelo Carneiro Parente
9n.2875. Igor Carneiro Parente

7n.2000. Raimunda Parente Girão, n. a 09.10.1910 e fal. a


18.10.1986, em Sobral. Casou-se a 08.11.1952 com Benício Carneiro
Girão, n. a 23.02.1903 e fal. a 02.03.1964, em Sobral, viúvo de Maria
Hermosa Mendonça, filha de Antônio Manuel Lopes e de Maria Petronília
Mendonça, e filho de Inácio Carneiro Girão e Francisca Carneiro de Sousa.
Pais de:

8n.2993. Maria Hilma Girão Borges


8n.2994. Maria Hilce Girão Capote
8n.2995. José Hilton Parente Girão
8n.2996. Maria Hilcenir Girão de Andrade
8n.2996. Maria Hildenir Girão Araújo
8n.2997. Maria Hilnar Girão Marques
8n.2998. Maria Hilcélia Girão Marques

1935, exerceu por dois meses as funções de Secretário da Prefeitura de Sobral. Casou-se
com Elza Marinho de Vasconcelos, n. a 10.09.1919, filha do Dr. Manoel Marinho de
Andrade e de Germiniana Pinho Pessoa de Andrade (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia
Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo V, pg1443).
79
Francisco Ildefonso Frota Carneiro, filho de Francisco Ildefonso Carneiro e de
Francisca Frota Carneiro. Casou-se a 17.01.1953 com Eliete Sá Rodrigues, nat. de Cariré
(CE), filha de Antônio Rodrigues dos Santos e de Adalgisa Sá Rodrigues ( Apud Arruda,
F.A.V. – Arquivo Genealógico – Os Frotas, prelo).

1511
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2993. Maria Hilma Girão Borges, n. a 02.10.1934 e fal. a


16.02.1982. Casou-se a 20.03.1965 com Jader Fernandes da Silveira
Borges, Bachareu em Ciências Contábeis da Fundação Vale do Acaraú,
nesta cidade Sobral, executivo industrial, correspondente bilingue com
cursos de especializações profissionais dentro e fora do país, tais como
Markenting, Comércio Exterior, Leasing etc. promovidos pelo Ministério
do Comércio Exterior, Itamarati e CACEX. Dado o seu espírito desportista
é Radiomador Classe A e Presidente da Casa de Rádio Amador de Sobral.
Diretor da Fundação Dom José Tupinambá, tem empregado grandes
esforços para conseguir verbas federais a fim de minimizar a fome e as
doenças das crianças pobres incentivando a produção de aves e ovos
através de conhecimentos adquiridos por intermédio dos ensinamentos
industriais dados pelo Salsburg Laboratories, da cidade de Charles City,
Estados Unidos, filho de Renato da Silveira Borges80 e de Rita Fernandes
Borges. Pais de

80
Renato da Silveira Borges, n. a 05.11.1894. Concluiu seus estudos nesta cidade de
Sobral e transferiu-se para a cidade de Recife onde, ainda jovem estudava e trabalhava.
Sócio do Náutico Esporte Clube, participou de várias competições de corridas de barco a
remo por aquele clube de Recife. Com o falecimento de seu genitor teve que regressar à sua
cidade natal para assumir os negócios da família e fundou a firma VIÚVA BORGES E &
FILHO, pioneira no gênero de Secos e Molhados. Na gestão do Prefeito Municipal Sr. Dr.
Jácomo de Melo, assumiu uma das suas secretarias e muito contribuiu para o
desenvolvimento de Sobral, introduzindo na Prefeitura métodos e sistemas renovadores
modernos de urbanização. Foi Funcionário Público Federal do Ministério da Agricultura,
responsável durante 35 anos pelo Posto do Serviço de Metereologia desta cidade,
destacando-se entre outros conhecimentos e observações do tempo, oscilações climáticas,
estudos de higometria , irradiaçào solar, nebulosidade e velocidade e velocidade do vento,
os quais eram transmitidos diariamente ao Ministério da Agricultura e aos gonvernos
americano e alemão. Representante comercial dos mais respeitados e atuantes, com a morte
de sua mãe fundou a firma R. BORGES & CIA, a qual monopolizou por mais de 30 anos
o comércio de venda de passagens dos transportes coletivos e intermunicipais através do
agenciamento da Empresa de Transporte Expresso de Luxo. Igualmente foi representante da
Real Cia. Aérea e da Cruzeiro do Sul, ambas extintas. Dado a sua inteligência fértil, sua
facilidade de comunicaqção, seu elevado espírito filantrópico e desportivo, foi um dos
sócios fundadores do extinto Grêmio Recreativo Sobralense (Palace Club), do Derby Club
Sobralense e da União Pioneira Beneficiente de Sobral (UNIBAL), além de concorrer para
o incentivo das corridas de cavalo do velhoi “prado de corridas”, das brigas de canários e
dos galos combatentes no Centro Esportivo Simão Barbosa.
Casou-se a 20.05.1931 com Rita Fernandes Borges, moça fina, descendente da dinastia
dos Fernandes da Nóbrega, do vizinho Estado da Paraíba, filha da cidade de Sobral (Apud
Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg195).

1512
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2876. Maria Madga Girão Borges

8n.2994. Maria Hilce Girão Capote, n. a 28.11.1936, casou-se


com Helder Frota Gomes Capote, funcionário aposentado do Banco do
Brasil em Sobral, filho de Antônio Capote de Paula e de Raimundinha
Frota Gomes Capote. Sem sucessão.

8n.2995. José Hilton Parente Girão, n. a 11.04.1942, casou-se


com Gloria Giovana Saboya Mont’Alverne Girão, filha de José Maria
Mont’Alverne81 e de Prudenciana Saboya Mont’Alverne. Pais de :

81
José Maria de Araújo Mont`Alverne, nasceu em Sobral, a 12 de outubro de 1908, filho
de Antônio Mont’Alverne Filho e Maria Marphisa de Araújo Mont’Alverne. Fez o curso
primário no Colégio de Nossa Senhora da Assunção de Sobral, fundado por Maria Jesuína de
Albuquerque Rodrigues (Dona Mocinha). Ao perder o pai com 16 anos de idade, assumiu a
direção da numerosa família de sua mãe que teve em José Maria o apoio, a amizade e a
solicitude constante para conduzir a sua vida. O Curso de Humanidades concluiu no Colégio
Cearense, em Fortaleza. Bacharelou-se em Direito na Faculdade de Direito do Ceará a 08 de
Dezembro de 1933. Promotor Público de Sobral em 1934, tendo sido Juiz Substituto da
Comarca de Sobral, nomeado pelo Desembargador Olívio Câmara, em 1934, após ter
renunciado ao cargo de Promotor, por motivo de transferência. Ingressou na Companhia de
Tecidos Ernesto Deocleciano tendo sido gerente e em seguida, diretor e presidente no período de
1940 a 1955. Graças a sua visão empreendedora levou os produtos da Fábrica de Tecidos ao
exterior, exportando para a Argentina o primeiro fardo de algodão de Sobral. Estava aberta a
porta para o mercado estrangeiro que nos anos seguintes, tanto lucro trouxe àquela indústria
sobralense. Em 1947 foi 2º Suplente do Senador da República, Plínio Pompeu de Saboya
Magalhães e em 1948 foi eleito Vereador da Câmara de Sobral. Destacou-se como cidadão
envolvido com os problemas sociais da comunidade. Presidente do Grêmio Recreativo
Sobralense (Pálace Clube) no período 1951/1954, quando promoveu o 1º Baile de Debutantes de
Sobral, a construção do palco para o clube, reforma no prédio e shows artísticos, como o que foi
oferecido ao Cônsul Norte-Americano, por ocasião de sua visita a Sobral. Membro da Academia
de Estudos e Letras de Sobral tendo sido 2º Secretário quando da instalação da 1ª diretoria em
1943. No Lions Clube, foi sócio fundador, tendo sido eleito presidente, mas, por motivo de
saúde não pôde assumir a presidência. Promoveu campanhas como o “Natal das Crianças
Pobres”, dentre outras. Teve importante atuação política em Sobral. Por ocasião da implantação
da Companhia Industrial Luz e Força de Sobral que trouxe a iluminação definitiva à cidade,
liderou as campanhas mais calorosas em prol da modernização da cidade. Dr. José Maria, casou-
se em 1936, com Pudenciana Saboya de Albuquerque (Dona Nasinha) e teve 4 filhos: Elsie,
Martha, Giovana e Paulo. A morte o colheu prematuramente a 23 de novembro de 1955, aos 47
anos de idade. Homem cheio de ideais, homem que pôde realizar muito em sua breve trajetória
de vida, deixando exemplo meritório de filho, irmão, pai, esposo, enfim de cidadão ( Apud
Cavalcante, Arnaud de Holanda – Vultos em Destaque – Sociedade Sobralense, 2005, Sobral-
Ceará).

1513
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2877. Eugenio Mont’Alverne Girão


9n.2878. Marcilio Mont’Alverne Girão
9n.2879. José Hilton Mont’Alverne Girão

8n.2996. Maria Hilcenir Girão de Andrade, n. a 07.09.1944,


Casou-se com Francisco Juvêncio de Andrade Neto, filho de Nilsiton
Rodrigues de Andrade82 e de Maria Carolina Coelho de Andrade. Pais de:

9n.2880. Christiane Girão Andrade


9n.2881. Elaine Girão Andrade

8n.2997. Maria Hildenir Girão Araújo, n. a 31.01.1946.


Casou-se com José Rodrigues Araújo, filho de Sherlock Araújo e de Alda
Araújo. Pais de:

9n.2882. Sidney Girão Araújo


9n.2883. Yuri Girão Araújo
9n.2884. Igor Girão Araújo

8n.2998. Maria Hilnar Girão Marques, n. a 10.01.1948,


Casou-se com Raimundo Ferrer Marques, Filho de Martinho Marques e
Delsa Marques. Pais de:

9n.2885. Bérgson Girão Marques


9n.2886. Hilma Girão Marques

8n.2999. Maria Hilcélia Girão Marques, n. a 04.08.1949,


casou-se com José Bernadete Marques, filho de Martinho Marques e
Delsa Marques. Pais de:

9n.2887. Cibele Girão Marques


9n.2888. Fabiola Girão Marques
9n.2889. Bruno Girão Marques

7n.2001. Francisca Zilah Frota Parente, casou-se a


28.09.1938 com o Dr. Villar Fiúza Câmara, n. no Estado do Amazonas

82
Nilsiton Rodrigues de Andrade

1514
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

a 09.09.1911, Engº Civil, filho de Joaquim Jacinto da Câmara e de Júlia


Fiúza. Pais de:

8n.3000. Ernani Villar da Câmara


8n.3001. Vera Lúcia Villar da Câmara
8n.3002 . Maria Helena Villar daCâmara
8n.3003. José Inácio Parente da Câmara
8n.3004 . Orlando Parente da Câmara
8n.3005. Villar Fiúza da Câmara Junior

8n.3000 . Ernani Villar da Câmara, n. a 30.07.1939, Engº


Eletrônico e Mecânico formado pela Universidade Federal do Amazonas,
casou-se com Dalva Oliveira da Câmara. Pais de:

9n.2890. Tânia Maria Oliveira Câmara

8n.3001. Vera Lúcia Câmara de Sá Peixoto, n. a 28.10.1940,


Juíza do Trabalho em Manaus, casou-se com Balark de Sá Peixoto,
funcionário Federal. Pais de:

9n.2891. Arkbal Villar C. de Sá Peixoto


9n.2892. Balark de Sá Peixoto Júnior
9n.2893. Adalgisa Câmara de Sá Peixoto

8n.3002. Maria Helena Câmara Bandeira, n. a 27.10.1942,


casou-se com Lusio Brasileiro, advogado.

8n.3003. José Inácio Parente da Câmara, n. a 23.12.1943, Engº


Eletrônico e Analista de Sistemas, funcionário da IBM em São Paulo.
Casou-se com Helenisa Câmara. Pais de:

9n.2894. Frederico Souza da Câmara


9n.2895. André Inácio Souza da Câmara

8n.3004. Orlando Parente da Câmara, n. a 21.04.1945, Engº


Civil, Professor da Universidade Federal do Amazonas, casou-se com
Fátima Firmino da Câmara, médica, residente em Manaus. Pais de:

1515
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.2896. Adriana Firmino da Câmara


9n.2897. Orlando P. da Câmara Filho

8n.3005. Villar Fiúza da Câmara Junior, n. a 26.05.1949,


Engº Civil e Prof. da Universidade Federal do Amazonas. Casou-se com
Araguacy Câmara. Pais de:

9n.2898. Villar Fiúza da C. Neto


9n.2899. Mauricio Leite da Câmara
9n.2900. Leonardo Leite da Câmara

7n.2002. José Gerardo Frota Parente, nasceu em Sobral


em 15 de fevereiro de 1921, Advogado. Fez seus primeiros estudos nas
escolas Zezinha Parente, Colégio Luís Felipe e Colégio Raul Monte. O
curso ginasial foi feito no Colégio Sobralense e o científico no Liceu do
Ceará. Fez vestibular na Faculdade Federal do Ceará, graduando-se em
Ciências Jurídicas e Sociais em 1946. Inscrito na Ordem dos Advogados do
Brasil – secção do Ceará, em maio de 1947, sob o n° 523; Advogado
militante no foro da Comarca de Sobral desde 1947, exercendo suas
atividades advocatícias em inúmeras cidades do interior cearense,
mormente em quase todas as cidades da Zona Norte do Estado, inclusive
em Fortaleza, bem como nas comarcas de São Luís do Maranhão e
Piracuruca, no estado do Piauí; Prefeito Municipal de Sobral de dezembro
de 1946 a março de 1947; Procurador Geral da Fazenda Municipal de
Sobral de 1954 a 1964; Assessor Jurídico da Prefeitura Municipal de Sobral
de 1962 a 1964; Advogado de Ofício, Defensor Público nomeado em 1964,
com dedicado exercício até a sua aposentadoria no serviço público ocorrida
em 1991; Membro efetivo da Academia Sobralense de Estudos e Letras –
titular da Cadeira n° 13 – tendo exercido a vice-presidência durante vários
anos; Integrante do Conselho Diretor da Santa Casa de Misericórdia de
Sobral; Procurador da Santa Casa de Misericórdia de Sobral; Professor da
Escola Técnica de Comércio Dom José, em Sobral, onde lecionou Prática
Judiciária e Economia Política; Professor do Colégio Estadual Dom José
Tupinambá da Frota, em Sobral, onde lecionou História Geral e História do
Brasil; Professor de Direito Comercial do Curso de Ciências Contábeis da
Universidade Vale do Acaraú, desde sua fundação até sua aposentadoria do
serviço público em 1991; Diretor do Curso de Ciências Contábeis da
Universidade Vale do Acaraú; Membro da Bicentenária Irmandade do
Santíssimo Sacramento, tendo sido, inclusive, seu presidente. Recebeu

1516
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

diversas homenagens, como: Troféu Clóvis Beviláqua, como expressão do


reconhecimento do relevante trabalho que vem empreendendo em prol da
Ordem dos Advogados do Brasil – Secção do Ceará e do aperfeiçoamento
das Instituições Jurídicas, outorgado pela OAB-Ce, como Advogado
Padrão, no ensejo do 4o. Congresso Brasileiro de Advocacia – Direito 93 –
Fortaleza-Ce, em 11 de agosto de 1993; Troféu Chapéu de Couro –
Símbolo de gratidão da sociedade sobralense em reconhecimento por seu
trabalho de doação e amor a Sobral, em 27 de novembro de 1993; Título de
“Advogado de Destaque Humanitário de Sobral”, outorgado pelo Lions
Clube de Sobral – Caiçara, em 20 de junho de 2000; Homenagem prestada
pela Diretoria do Fórum Dr. José Saboya de Albuquerque, da Comarca de
Sobral, em junho de 1996, concedendo seu nome à Sala da Defensoria
Pública, onde trabalhou ininterruptamente em favor dos pobres, de 1964 a
1991, quando se afastou por ocasião de sua aposentadoria; Homenagem
prestada pelo Tribunal de Justiça do Estado do Ceará, dando seu nome ao
Fórum da Comarca de Alcântaras-Ce. Homenagem prestada pela
Subdelegacia do Trabalho de Sobral, dando seu nome a uma sala;
Homenagem prestada pelo Colégio Stúdium, dando seu nome a uma sala de
aula; Homenagem prestada pelo Fórum da Comarca de Cariré, dando seu
nome a uma sala; Homenagem prestada pela Fundação Universidade Vale
do Acaraú e do Instituto Jurídico de Sobral, dando seu nome a uma sala;
Homenagem prestada pela OAB-Ce e OAB-Ce Seccional de Sobral, dando
seu nome ao auditório da sede da OAB Secção de Sobral.Casou-se a
23.09.1950 com Taís Terezinha Mont’Alverne, n. em Sobral a
21.05.1923. Professora diplomada pelo Colégio Sant´Ana (Sobral) em
05.12.1944,
filha de Antônio Mont´Alverne Filho83 e de Maria Marphisa Mont´Alverne.
Pais de:

8n.3006.Francisco Santa Maria M. Parente


8n.3007.Maria das Graças M. Parente
8n.3008.José Gerardo Mont´Alverne Parente

83
Antônio Mont´Alverne Filho, n. a 30.09.1882 e fal. no Rio de Janeiro, vítima de um
acidente, no dia 06.11.1926, filho de Antônio Mont´Alverne e de Maria Elisa Mont´Alverne.
Casou-se em Sobral a 10.11.1906 com Maria Marphisa de Araújo Soares, filha de José
Lourenço de Araújo e de Maria do Carmo de Araújo (Mimosa) (Apud Arruda, F.A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo VII, pg 1316).

1517
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3009.José Tupinambá M. Parente


8n.3010.Rossana Maria M. Parente

8n.3006.Francisco Santamaria Mont´Alverne Parente,


nasceu em Sobral, no dia 1º de setembro de 1951. Fez o Curso Primário na
Escola Particular Teresinha Lira, em Sobral. Estudou nos Colégios:
Sobralense e Castelo Branco, em Fortaleza. Bacharel em Direito pela
Universidade Federal do Ceará, em dezembro de 1974. Monitor da
Disciplina “Direito do Trabalho”, em 1974. Exerceu a advocacia nas
cidades de Fortaleza, Sobral e Natal. Procurador Autárquico do Instituto
Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA, no período
compreendido entre junho de 1976 a abril de 1979, tendo exercido a chefia
da Procuradoria Jurídica da referida autarquia. Advogado de Oficio em
Fortaleza. Juiz de Direito Titular das Comarcas de Santana do Acaraú,
Massapê e Sobral, tendo respondido interinamente pelas Comarcas de
Acaraú, Coreaú e Canindé. Exerceu a jurisdição eleitoral em Santana do
Acaraú, Massapê, Sobral, Acaraú, Mocambo e Groaíras. Em Fortaleza,
exerceu as titularidades da 3ª Vara da Infância e da Juventude e da 9ª Vara
Cível, sendo atualmente titular da 1ª. Vara Criminal. Desempenhou as
funções de Juiz Substituto do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará e de
Juiz da 5ª Turma Recursal do Tribunal do Povo. Membro da Academia
Sobralense de Estudos e Letras, ocupando a Cadeira nº 38 - Patrono José
Cordeiro de Andrade. Casou-se com Maria das Neves Carneiro Parente,
filha de Antônio Carneiro e de Maria Imaculada Carneiro. Pais de:

9n.2901 . José Gerardo F. Parente Neto

8n.3007. Maria das Graças Mont’Averne Parente, n. a


03.01.1955, Bacharelou-se em Direito pela Faculdade Federal do Ceará, em
1976. Advogada e Inspetora do Ministério do Trabalho. Solteira.

8n.3008. José Gerardo Mon’Alvrne Parente, n. a


30.07.1959. Formou-se em Medicina pela Faculdade Federal do Ceará, em
1985. Especializou-se em Clínica Médica no Hospital Geral de Fortaleza e,
em Cardiologia, no Hospital de Messejana. Casou-se com Rosemary de
Deus Oliveira Mont’Alverne Parente. Pais de:

9n.1902. Natália de Deus Mont’Alverne Parente

1518
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3009. José Tupinambá Mont’Alverne Parente, n. a


06.07.1961. Formado em Engº Civil pela Faculdade Federal do Ceará.
Funcionário da Petrobrás, em Natal-RGN, Casou-se com Milsa
Vasconcelos Parente. Pais de:

9n.1903. Ana Larissa Vasconcelos Parente


9n.1904. Alana Vasconcelos Parente

8n.3010. Rossana Maria Mont’Alverne Parente, n. a


01.11.1964. Formada em Farmácia pela Faculdade Federal do Ceará, com
especialidade em análises clínicas e homoterapia. Inupta.

***

Sn.767 . Francisco Potiguara da Frota, “Fez os estudos


primários em Sobral, com o Prof. Vicente Arruda e os de humanidades no
Colégio do Dr. Aléxis Barbosa Amorim, em Sobral, completando-os em
Fortaleza com o Dr. Pedro Frota. Iniciou a vida comercial na casa Frota &
Gentil, em Fortaleza depois transferiu-se para Sobral, onde desde 1922 foi
chefe da firma Frota & Gentil de Sobral Limitada. Foi sócio de diversas
Sociedades: Associação Comercial, Grupo Cênico, Grêmio Sobralense e
outras” (Mons. Vicente Martins – Homens e Vultos de Sobral, pág. 134).
Nasceu em Sobral a 12.04.1891 e faleceu no Rio de Janeiro a 21.05.1948.
Casou-se em 10.09.1916 com Francisca Aragão Mendes, filha do Major
Antônio Enéas Pereira Mendes 84e de Regina Sabóia Ximenes Aragão. Pais
de:

7n.2002.Manuel Artur Mendes Frota


7n.2003.Teresa Maria Mendes Frota
7n.2004.Raimunda Mª Artemísia M. Frota

84
Antônio Enéas Pereira Mendes, filho de Antônio Mendes Pereira de Vasconcelos e
de Maria Rosalina Mendes. Casou-se a 19.10.1882 com Regina Sabóia Ximenes Aragão,
filha de Manuel Cornélio Ximenes Aragão e de Francisca Sabóia Ximenes Aragão (Apud
Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 25).

1519
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2002. Manuel Artur Mendes Frota, n. a 29.12.1932,


casou-se com sua parente Vera Maria de Araújo, filha de José Walter
Araújo85 e de Maria Cristina Ferreira Gomes. Pais de:

8n.3011.
8n.3012.
8n.3013.
8n.3014.

7n.2003. Teresa Maria Mendes Frota, . a 20.08.1934, casou-


se duas vezes. A 1ª, a 08.12.1952 com o Dr. Manuel Felizardo Mendes

85
José Walter de Araújo,nasceu no dia 9 de novembro de 1905, em Santana do Acaraú.
Comerciante e industrial, filho de João Alfredo de Araújo e Maria Eutália de Araújo. Fez seus
primeiros estudos em sua terra natal. Em 1919 veio para Sobral, completar seus estudos no
colégio São Luis. Com o advento da seca de 1922, foi chamado pelo seu pai para ajudar em
seus negócios. Em 1927 retorna a Sobral para trabalhar com seu tio Francisco Romano da
Ponte, na firma “Araújo e Ponte & Cia”. Em 30 de julho de 1931, casa-se com Maria Cristina
Ferreira Gomes, filha de Eurípedes Ferreira Gomes e Abigail Mont’Alverne Ferreira Gomes.
Deste casal nasceram oito filhos, sendo Terezinha de Jesus G. Araújo, casada com o medico
veterinário, Otávio Augusto Frinsch Andrade, residente em Brasília; Vera Maria G. Araújo,
casada com o comerciante Manoel Artur Mendes Frota, residente em Fortaleza; Maria Vânia
G. Araújo, casada com Manoel Cléver Rocha, funcionário público federal, residente em
Sobral; Dr. Antônio Eurípedes G. Araújo, médico oftalmologista, casado com Emilce Starling
de Araújo, residente em Santos, São Paulo; Maria Abigail G. Araújo, casada com seu primo
Dr. José Ary Gomes Adeodato, engenheiro de minas, residente em Belo Horizonte, Minas
Gerais; Dr. José Walter de Araújo Filho, bioquímico, casado com Maria de Fátima
Mont’Alverne Andrade, residente em Sobral; João Alfredo G. Araújo, agropecuarista, casado
com Carmem Sílvia Andrade Brasil, residente em Fortaleza; Fátima Maria G. Araújo, casada
com José Stênio Pontes Dias, comerciante, residente em Fortaleza. Em 1936 funda sua firma
no ramo de tecido “J.W. Araújo & Cia.” e o “Primeiro Magazine de Tecidos” da cidade de
Sobral, localizado na praça do antigo mercado, hoje praça Dr. José Saboya. Homem modesto,
mas de sociedade. Ocupou o cargo de presidente das seguintes instituições: Associação
Comercial de Sobral, dois mandatos, Irmandade do Santíssimo Sacramento, dois mandatos,
Grêmio Recreativo Sobralense, Pálace Clube, (dois mandatos). Em 1952 juntamente com seus
irmãos, Dr. Cláudio Araújo e Dr. Adauto Araújo, fundou a “Usina irmãos Araújo e & Usina
de Beneficiamento de Algodão”. Sócio fundador do Lions Clube de Sobral sendo
homenageado em 1994, juntamente com seu grande amigo Dr. João Ribeiro Ramos como os
dois sócios fundadores vivos na época. Em 1981 comemorou festivamente no Derby Clube
Sobralense, suas Bodas de Ouro. Em 1995, festejou na AABB com toda sua família e amigos
os seus 90 anos; homem, simples, paciente, social, temente a Deus, deixou para sua família e
demais conhecidos um legado de exemplo e honradez. Faleceu no dia 20 de maio de 1997, no
aconchego dos seus filhos ( Apud Cavalcante, Arnaud de Holanda – Vultos em Destaque –
Sociedade Sobralense, 2005, Sobral-Ceará).

1520
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Ferreira Gomes, Médico, filho do Comendador José Modesto Ferreira


Gomes86 e de Maria Dolores Mendes, bisneta de Mariano Lopes Frota. A
2ª, com André Haguette, em Fortaleza. Pais de:

Do 1º Matrimônio:

8n.3015. Verônica
8n.3016. Francisco Potiguara
8n.3017. José Dumas

86
José Modesto Ferreira Gomes, filho de João Ferreira Gomes e Francisca das Chagas
Ferreira Gomes, nasceu a 29 de dezembro de 1885, na Fazenda Olho d’ Água da Freguesia de
Sobral e faleceu em 06 de fevereiro de 1965 em Sobral. Iniciou-se no comércio em Camocim
no ano de 1903, como empregado da Casa J. Adonias & Cia, em que esteve durante 08 anos,
passando depois a sócio solidário da dita firma da qual fez parte durante 12 anos. Em 1906
transferiu-se para o Pará, como gerente da filial naquela praça e ali permaneceu até o final de
1922, quando se transferiu para Sobral, estabelecendo-se com a firma coletiva Mendes, Irmãos
e Cia. Depois de alguns anos, com a dissolução da firma pela retirada de dois sócios, fundou
seu próprio negócio, seguindo o mesmo ramo, comércio e exportação de chapéus de palha.
Depois de 08 anos na capital paraense, veio rever familiares em Sobral, quando conheceu
Maria Dolores Lopes Mendes, filha do coronel Manoel Felizardo Pereira Mendes e Maria José
Lopes Mendes, com quem veio a contrair núpcias em 14 de fevereiro de 1914. Alfabetizou-se
e fez o estudo básico de sua época, no entanto, sua determinação e dedicação à leitura lhe
renderam o título de membro da Academia Sobralense de Letras. Grande admirador dos
filósofos. Santo Agostinho para ele era um referencial. Tinha na leitura, na religião e no
trabalho a sua fonte de energia. Desenvolvia com maestria a oratória e ao redigir as palavras se
inseriam num contexto rico, indicando conhecimento, de um grande mestre. Presidente da
Associação Comercial de Sobral, eleito por mais de uma vez membro do conselho diretor,
onde teve significativa participação; presidente da Irmandade do Santíssimo Sacramento;
sócio benemérito da Associação Atlética Banco do Brasil em Sobral contribuindo para a sua
construção. Por sua participação eficaz nos feitos da grande Diocese Sobralense, recebeu do
Vaticano, a condecoração de COMENDADOR DA SANTA SÉ, dada pelo papa Pio XII.
Devoto de São José construiu em Sobral, no alto do Sumaré, a Igreja de São José, onde, com
permissão da diocese sobralense encontra-se sepultado juntamente com sua esposa. Com sua
consorte Maria Dolores Mendes Ferreira Gomes teve 06 filhos: José Welington Ferreira
Gomes (falecido aos 15 anos por afogamento), Maria Oneide Ferreira Gomes (religiosa),
Maria Zilma Ferreira Gomes Câmara (professora), casada com Amauri Amora Câmara
(economista e professor), José Nilson Ferreira Gomes (médico) casado com Maria Vilma de
Araújo Ferreira Gomes (professora), José Felizardo Ferreira Gomes (médico) casado com
Teresa Maria Frota Ferreira Gomes (socióloga) e Maria Zélia Ferreira Gomes da Silva
(professora) casada com Nildon Ferreira da Silva (comerciante) ( Apud Cavalcante, Arnaud de
Holanda – Vultos em Destaque – Sociedade Sobralense, 2005, Sobral-Ceará).

1521
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3017. Alexinaldo

Do 2º Matrimônio: ( Sem sucessão)

***
7n.2004. Raimunda Maria Artemísia Mendes Frota, n. a
05.07.1936, casou-se com Luciano Vidal em Fortaleza. Pais de

8n.3018. Marusa
8n.3019. José Tupinambá

***

Pn.288. José Afonso da Ponte, nasceu a 15.08.185 e fal. a


27.12.1901, casou-se com Matilde Celerina Monteiro. Pais de:

Sn.768.Cícero Afonso da Ponte


Sn.769.Alberto Monteiro Ponte
Sn.770.Isabel Monteiro da Ponte

Sn.768 . Cícero Afonso da Ponte, n. a 26.05.1886 no Rio


de Janeiro. Casou-se em Niterói a 08.12.1910 com Angelina Amorim, n.
a 08.05.1889 em Saguarema, Estado do Rio de Janeiro e fal. em março de
1960, filha de Nicolau Amorim e de Bernardina. Pais de:

7n.2005. Edília Amorim Ponte


7n.2006. Licínia Amorim Ponte
7n.2007. Hoche Amorim Ponte
7n.2008. Letícia Amorim Ponte
7n.2009. Lavínia Amorim Ponte
7n.2010. Heitor Amorim Ponte

7n.2005. Edília Amorim Ponte, n. a 11.01.1913 em Niterói, já


falecido. Casou-se com Isalino Costa, em Niterói a 16.01.1932, n. a
27.02.1911 na Ilha do Funchal, Açores. Pais de:

1522
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3020. Yeda Monteiro da Ponte


8n.3021 . Yolette Monteiro da Ponte

8n.3020. Yeda Monteiro da Ponte, n. a 06.12.1932 em


Niterói, casou-se a 14.03.1953 com Rubens da Silveira Quadros, n. a
13.08.1930 no Rio de Janeiro, filho de Rubens da Silveira Quadros e Sylvia
Keller. Pais de:

9n.2905. Ricardo da Ponte Quadros , n. no Rio de


Janeiro a 17.12.1953

9n.2906. Maria Angélica da Ponte Quadros, n. a


22.01.1955

8n.3021. Yolette Monteiro da Ponte, n. a 22.01.1935 em


Niterói, casou-se no Rio a 10.12.1953, com Gerson Vieira Ferreira, n.
no Rio de Janeiro 10.10.1932, filho de Antônio Vieira Ferreira e de
Tarclée. Pais de:

9n.2907. Antônio Jorge, n. em Itu, S. Paulo, a


28.06.1955

7n.2006 . Licínia Amorim Ponte, solteira

7n.2007 . Hoche Amorim Ponte, n. a 24.02.1916 em Niterói.


Jornalista, casou-se com Anita Fabian Ponte, n. a 26.03.1922 e fal. a
10.01.1959, filha de Aladar Fabian e de Margarida.

8n.3022. Vera Regina Amorim Ponte, n. no Rio de Janeiro


a 29.10.1943

8n.3023. Solange Amorim Ponte, n. no Rio de Janeiro a


15.05.1945

7n.2008 . Letícia Ponte de Souza, a 25.11.1942, casada com


Lineu Gualberto de Souza, n. no Rio de Janeiro a 28.10.1913, filho de
João Gualberto de Souza e de Maria de Lourdes Miranda. Pais de:

1523
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3024. Mauricio Ponte de Souza, n. a 28.04.1951

7n.2009 . Lavinia Ponte, casou-se com seu primo segundo,


Zulmiro Ision Ponte, filho de Vicente Ision Ponte, seu tio avo paterno e
de Zulmira Coelho. Sem sucessão.

7n.2010 . Heitor Lucca Ponte. n. no Rio de Janeiro a


30.03.1929, advogado, consultor da Standard Oil, casou-se no Rio a
31.01.1959 com Maria de Lucca Ponte, filha de Antônio de Lucca e
Annina. Pais de:

8n.3025. Heitor Ponte Júnior, n. a 02.05.1960

Sn.769 . Alberto Monteiro da Ponte, n. a 16.02.1888, no Rio,


médico, casou-se em S. Pedro d’Aldeia com Maria de Lourdes Ramos,
n. a 30.05.1903 em S. Pedro d’Aldeia. Pais de:

7n.2011. Maria Lúcia da Ponte


7n.2012. José Affonso da Ponte
7n.2013. Ecléa Affonso Ponte

7n.2011. Maria Lúcia da Ponte Cupello, n. a 03.11.1929


em Pedro d’Aldeia, casou-se em Niterói a 08.12.1946 com José Emílio
Cupello, n. a 07.09.1925, filho de Constantion Cupello e Rafaela Cupello.
Pais de:

8n.3026. Vânia Maria da Ponte Cupello, n. em Niterói a


08.12.1947
8n.3027. Teresa Cristina da Ponte Cupello, n. em
05.05.1952

7n.2012. José Affonso da Ponte, n. a 20.11.1927 em S.


Pedro d’Aldeia, médico.

88
88
Francisco de Alme

1524
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2013. Ecléa Affonso Ponte, n. a 10.01.1929 em S. Pedro


d’Aldeia, casou-se com Arbues da Costa, a 08.12.1954, n. a 16.12.1926
em S. Pedro d’Aldeia, filho de Arbues da Costa e Alzira. Pais de:

8n.3028. César Alverto Costa, n. a 206.11.1955, em Niterói


8n.3029. Augusto César Costa, n. a 01.05.1958, 4m Niterói

***

Sn.770 . Isabel Ponte de Uzeda, n. a 17.11.1893, casou-se a


05.01.1924 em Niterói com Dionísio Antônio de Uzeda, n. a 09.02.1875
em Salvador, Bahia, filho de Inacia de Uzeda. Pais de:

7n.2014. José Affonso Ponde de Uzeda

7n.2014. José Affonso Ponde de Uzeda, n. em Niterói a


20.12.1924. Foi Procurador do Banco de Credito Mercantil do Rio de
Janeiro. Casou-se a 26.11.1955 com Hely da Glória Tavares, n. a
15.08.1926, em Campos. Est. do Rio, filha de João Batista Tavares e de
Olívia Perorazio. Pais de:

8n.3030. José Affonso Tavares Ponde de Uzeda, n. a


09.08.1956, em Niterói

8n.3031. Elaine Tavares Ponde de Uzeda, n. a


14.02.1959, 4m Niterói

***

Pn.289. Miguel Cialdini, nasceu em Sant’Ana a 24.08.1856 e


faleceu em Sobral a 17.10.1920, casou-se em Sobral a 12.01.1884 com
Safira de Almeida Monte, n. a 01.09.167, filha de Francisco de
Almeida Monte89, e de América Rosemunda de Almeida Monte, que teve
seu nome de família alterado pelo famoso Padre Fialho, empregou-se no

i89 Francisco de Almeida Monte

1525
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

comércio de Sobral ao 12 anos e em 1882 se estabeleceu por conta própria.


Pais de:

Sn.771.Isabel Cecy Cialddini


Sn.772.José Colombo de Almeida Cialdini
Sn.773.Amélia de Almeida Cialdini
Sn.774.Julieta de Almeida Cialdini
Sn.775 Maria Bemvinda de Almeida
Sn.776 Mário de Almeida Cialdini

Sn.771. Isabel Cecy Cialddini, n. a 22.11.1884, solteira

Sn.772 . José Colombo de Almeida Cialdini, n. a


19.03.1887, casou-se a 25.09.1926 com Maria Duarte Cialdini
(Marita), n. a 19.11.1899, filha de Henrique Severino Duarte91 e
Hieronides Pimentel, filha de João Frederico Ferreira Pimentel. Pais de:

7n.2015.Miguel Duarte Cialdini


7n.2016.Francisco de Assis D.Cialdini
7n.2017.Maria Duarte Cialdini
7n.2018.José Duarte Cialdini
7n.2019.Maria Cellina Cialdini
7n.2020.Fernando Duarte Cialdini
7n.2021.Maria da Conceição Cialdini

7n.2015. Miguel Duarte Cialdini, n. a 25.07.1927,


bancário aposentado, exerceu várias funções no Banco Mineiro de
Produção, chegando ao cargo de Gerente. Casou-se a 06.11.1952 com
Teresinha Cota Pacheco, filha de Raulino Pacheco e de Nicolina.,
residem em Belo Horizonte. Pais de:

o91 Henrique Severino Duarte, filho de Vicente Severino Duarte, filho de Luíza
Libânia Braga. Casou-se a 30.01.1897 com Hieronides de Almeida Pimentel, filha de João
Frederico Ferreira Pimentel e de Maria Benvinda de Almeida ( Araújo, Sadoc – Cronologia
Sobralense, Vol III, pg 185).
92
José Carneiro de

1526
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3032. Vânia Pacheco Cialdini,


n. a 12.11.1954
8n.3033.Rosângela Pacheco Cialdini,
n. a 23.11.1956
8n.3034.Arnaldo Pacheco Cialdini,
n. a 31.12.1957.

7n.2016. Francisco de Assis Duarte Cialdini, n. a


18.05.1930, Bancário Aposentado do Banco Mercantil do Brasil, onde
exerceu o função de gerente. Casou-se a 23.02.1957 e separou-se de
Maria Celina Romeu Cialdini, natural de Caratinga (MG), filha de
Paulo Romeu Júnior e de Maria Etienne Arrequy. Pais de:

8n.3035. Mário Romeu Cialdini, n. a 27.08.1960. Casou-


se duas vezes. A 1ª com Rosa, da qual separou-se. A 2ª , com Maria José
Costa. Pais de:

9n. 20. Alexandre Costa Romeu Cialdini


9n. 21. Daniele Costa Cialdini

7n.2017. Maria Duarte Cialdini, n. em Outubro de 1932 e


falecida em janeiro de 1933.

7n.2018. José Duarte Cialdini, n. a 30.01.1935, casou-se


a 15.02.1964 com Luzia Aguiar Vasconcelos Cialdini, n. a
13.12.1937, irmã de Maria da Conceição Vasconcelos Sabóia, filha de
José Carneiro de Vasconcelos93 e de Maria Corcira Aguiar de
Vasconcelos..Pais de:

8n.3036. Rita de Cássia Aguiar Cialdini,n. a 15.02.1968,


fisioterapeuta, formada na Universidade de Fortaleza, onde é professora das
disciplinas de neurologia e pediatria.

93
V
94 94
José Carneiro de V vasconcelos , n. a 07.03.1883 e fal. a 30.12.1951., filho de Joaquim
Carneiro Ponte e de Inocência Laura Carneiro Ponte. Casou-se com Maria Corcira Aguiar de
Vasconcelos, n. a 01.04.1899 e fal. a 09.04.1992, em Fortaleza (CE).

1527
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3037. Maria Luiza Cialdini Martins, n. a 10.02.1971,


formada em Letras, professora do Colégio Cristhus. Casou-se a
15.02.1992 com Eduardo Lorda Martins, n. a 04.04.1964, filho de Airton
Deodato Borges Martins95 e de Laura Elena Arruda Martins. Pais de:

9n.22 . Ana Luiza Cialdini Martins,


n. a 21.01.1993

8n.3038.José Colombo Cialdini, n. a 27.11.1964,


formado em Direito pela Universidade Federal do Ceará, em 1988, casou-
se com Eliziane Veríssimo Pinto Cialdini, terapeuta Ocupacional,
formada pela UNIFOR, em 1986, filha do Dr. Iramar Veríssimo Pinto e
de Euridéa Barros Veríssimo Pinto. Pais de:

9n.23. Carolina Veríssimo Pinto Cialdini,


n. a 02.01.1998

7n.2019. Maria Cellina Cialdini, fal. pequena

7n.2020. Fernando Duarte Cialdini, n. a 05.10.1936

7n.2021. Maria da Conceição Cialdini Bastos, n. a


04.09.1940, casou-se com José Guaracy Sales Bastos, residem no Rio
de Janeiro. Pais de:

95
r Airton Deodato Borges Martins, n. a 20.11.1926, filho de Adriano Martins e de
Maria Borges Martins, casou-se a 22.08.1953 com Laura Elena Lorda Martins, n. a
7.06.1936, em Fortaleza(CE), filha de Francisco Lorda Filho, n. a 22.08.1930 em
Montevidéu, Uruguai. Cônsul do Uruguai no Brasil de 1945 a 1958 ( filho de Francisco
Lorda e de Elena Crésio Lorda) e de Ialomita Arruda Lorda, n. a 26.02.1912, em Massapê
(CE), formada em Farmácia e Odontologia, filha do Cel. João Aguiar Arruda (João Arruda),
pioneiro na Industria Cearense. Líder empresarial e um dos eméritos filhos de Massapê.
Fundou em fortaleza a Liga Massapeense que se transformou posteriormente no Centro
Massapeense, sendo o seu primeiro Presidente, e de Laura de Melo Arruda (Apud Arruda,
F. A.V.- Genealogia Sobralense, Vol. III, Os Arrudas, pg 228).

1528
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3039. Luiz Fernando Cialdini Bastos, casou-se com


Marisa.

8n.3040.Denise Cialdini Bastos, casou-se com. Gleison,


residem em Uberlândia, MG. Pais de:

9n.24.Flávia Bastos

8n.3041. Marisa Bastos Pinto, casou-se com Marcelo


Pinto.

***

Sn.773 . Amélia de Almeida Cialdini, n. a 19.12.1885,


solteira.

***

Sn.774 . Julieta de Almeida Cialdini, casou-se a 09.05.1917


com Francisco Radier Frota, a 31.01.1883 em Sant’Ana, filho de José
Crisóstomo da Frota97 e de Maria do Carmo. Pais de:

7n.2022.Maria Safira Frota


7n.2023.Maria do Carmo Frota
7n.2024.José Crisóstomo da Frota

7n.2022.Maria Safira Frota, casou-se com Oséas


Rodrigues Pinto, viúvo de Olga Toledo, filho de Antônio Rodrigues
Pinto Júnior e de Francisca Alice Feijão.

a
98
José Crisóstomo da Frota, filho de Felipe Gomes da Frota e de Francisca Ferreira da
Ponte. Casou-se a 16.07.1873 com Maria do Carmo soares, filha de Manuel Policarpo
Soares e de Francisca do Carmo Araújo ( Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense,
Vol V, pg 79).

1529
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2023.Maria do Carmo Frota, casou-se a 08.12.1957


com Luís Marcelo Palhano de Sabóia, filho de Júlio Prisciliano de
Sabóia e de Maria de Jesus Palhano.

7n.2024.José Crisóstomo da Frota, casou-se com


Teresinha Mendes Carneiro, filha de Pedro Mendes Carneiro100 e de
Diva Cavalcante Mendes Carneiro.

8n.3042.Silvana Maria Mendes Carneiro


8n.3043.Julieta Maria Mendes Carneiro
8n.3044.Francisco Radier Frota Neto
8n.3045.José Crisóstomo Frota Filho
8n.3046.Pedro Ivo Mendes Carneiro

8n.3042.Silvana Maria Mendes Carneiro, casou-se com


Olívio Mont´Alverne Silva. Pais de:

9n.3036. Sâmea Mendes Carneiro Silva

8n.3043.Julieta Maria Mendes Carneiro, casou-se com


Antônio Almeida Neto

8n.3044.Francisco Radier Frota Neto

8n.3045.José Crisóstomo Frota Filho

8n.3046.Pedro Ivo Mendes Carneiro

e100 Pedro Mendes Carneiro, n. a 16.10.1891, em Sobral (CE), filho do Cel. Antônio
Mendes Carneiro e de Maria Leoncina Andrade mendes Carneiro. Casou-se a 04.12.1915
com Diva Cavalcante Mendes Carneiro, filha de Ildefonso de Holanda Cavalcante e de
Maria Carolina Franca Cavalcante ( Maroquinha) ( Arruda, F.A.V.- Genealogia
Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo 1, pg 106). ( Arruda, F.A.V.- Genealogia
Sobralense,Vol IV, OsFerreira da Ponte, Tomo V, pg 891).

1530
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***
Sn.775 Maria Bemvinda Cialdine Parente (Nina), n. a
14.03.1889 casou-se em 1917 com Francisco Rangel Parente, n. e
Sobral a 24.08.1889, filho de Raimundo Gomes Parente102 e Lavínia do
Nascimento Rangel. Sem sucessão.

Sn.776 . Mário de Almeida Cialdini, n. a 23.07.1891, casou-se


a 29.08.1973 com Ana Joaquina Gomes (Morena), filha de Joaquim
Gomes e de Maria da Glória Ponte. Pais de:

7n.2025. Miguel Gomes Cialdini


7n.2026. José Guajará Gomes Cialdini

7n.2025. Miguel Gomes Cialdini, n. a 28.09.1938, reside


em Fortaleza

7n.2026. José Guajará Gomes Cialdini, n. em 1941 fal.


11.03.1994

Pn.290 . Antônio Júllio da Frota, n. a 101.12.185 e fal. em


01.01.1873

102
r Raimundo Gomes Parente, filho de José Gomes Parente e de sua 2ª mulher ana
Joaquina de Arruda (filha de Amaro José de Arruda e de Rita Umbelina Nascimento).
Ocupou o cargo de Secretário da Estrada de Ferro de Sobral. Casou-se a 19.05.1983 com
Lavínia do Nascimento Parente, filha de Antônio Rangel do Nascimento e de Rita Gomes do
Nascimento (Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo
V, pg 1189).
102
M
103
Raimundo Gomes Parente, filho de José gomes Parente e de sua 2ª mulher ana
Joaquina de Arruda (filha de Amaro José de Arruda e de Rita Umbelina Nascimento).
Ocupou o cargo de Secretário da Estrada de Ferro de Sobral. Casou-se a 19.05.1983 com
Lavínia do Nascimento Parente, filha de Antônio Rangel do Nascimento e de Rita Gomes do
Nascimento (Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, vol II, Os Gomes Parente, Tomo
V, pg 118

1531
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.291 . Ana Petrolina da Frota, Nasceu a 11.05.1862, casou-


se a 03.11.1883 com o primo Tenente José Florêncio Nogueira, filho de
Raimundo Xavier Nogueira e Ana América da Ponte (Ana América filha de
Vicente Ferreira da Ponte Neto e de Ana Florência Ribeiro da Silva)
portanto irmã de Francisco Ferreira da Ponte e Silva. ( Cit Genealogia
Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo VIII, pg 91)

****
Pn.292 . Teresa de Jesus Frota, nasceu em Sant’Ana a
16.02.1865 e fal. a 01.05.1905. Casou-se a 07.09.1882 com João
Leocárpio Soares, n. em Sant’Ana a 19.06.1860 e fal. a 15.09.1920, filho
de Manuel Policarpo Soares104 e de Francisca Maria de Carvalho (Filha de
José Joaquim de Carvalho (do R. G. do Norte) e Ana Sabino). Pais de:

Sn.775. Isabel Perolina Soares


Sn.776.Francisca Leocádia Soares
Sn.777.Maria Elisa Soares
Sn.778.Clotilde Leocárpio Soares
Sn.779.João Leocárpio Soares Frota
Sn.779.Pedro Viana de Menezes
Sn.780.Teodomiro Soares Frota
Sn.781.Carlos Leocárpio Soares
Sn.782.Ana Dragomira Soares

9
104
105
Manuel Policarpo Soares, filho de Alexandre José soares e de Rita Lourenço da costa.
Casou-se com Francisca Maria de Carvalho, filha de José Joaquim de Carvalho e de Ana
Sabina (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol II, pg 268)

105
Manuel Teles de M

1532
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.783.Francisco Tabajara Soares


Sn.784.João Augusto Soares
Sn.785.Teresa Soares
Sn.786.Miguel Leocárpio Soares
Sn.787.José Leocárpio Soares,

Sn.775 . Isabel Perolina Soares (Santoca), n. a


21.01.1884, casou-se a 25.02.1911 em Sant’Ana, com seu parente Manuel
Evangelista Teles de Menezes, de quem foi 2ª. mulher, filho de Antônio
Teles de Menezes106 e de Ana Maria. Pais de:

7n.2024.João Augusto Soares Menezes


7n.2025.Teresa de Jesus Menezes
7n.2026.João Augusto Menezes.
7n.2027.Maria Laura Soares Menezes
7n.2028.José Antônio Soares Menezes
7n.2029.José Maria de Menezes
7n.2030.Humberto Soares de Menezes

7n.2024. João Augusto Soares Menezes, fal. rapaz

7n.2025.Teresa de Jesus Soares de Menezes, solteira,


professora

7n.2026. João Augusto Soares de Menezes, fal.


7n.2027. Maria Laura Soares de Menezes, fal. de 5 anos

7n.2028. José Antônio Soares de Menezes, fal. de seis


meses.
7n.2029. José Maria Soares de Menezes

eneses
106
Antônio Teles de Menezes

1533
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2030 . Humberto Soares de Menezes, casado com


Irene Viana, filha de João Evangelista Viana107 e Rita Ripardo, da
Meruoca. Pais de:

8n.3036.Antônio Lisboa de Menezes


8n.3037.Rita Maria de Menezes
8n.3038.João Bosco de Menezes
8n.3039.Pedro Viana de Menezes
8n.3040.Isabel Viana de Menezes

7n.2031. Manuel Edson Soares de Menezes

***

Sn.776 . Francisca Leocárpio Soares, casou-se com João


Evangelista Teles, seu parente, filho de Manuel Teles de Menezes108 e de
sua 1ª mulher Constança Umbelina do Carmo de Souza.

***

Sn.777 . Maria Elisa Soares, casou-se com Francisco


Murilo de Araújo, primo, filho de José Fanico Alberto de Araújo e de
Maria Filomena Carneiro da Frota, filha de Maria do Carmo.

***

Sn.778 . Afonso Augusto Soares, falecido aos 18 anos


(Acre).

107
João Evangelista Viana
108
Manuel Teles de Menezes, n. a 27.12.1833 e fal. a 11.08.1916, casou-se quatro vezes.
A 1ª, a 04.10.1856 com Constança Umbelina do Carmo de Souza, fal. a 30.07.1874, filha de
Francisco Anastácio de Souza e de Umbelina Maria do Carmo. A 2ª, a 03.05.1875 com
Isabel Genuína, fal. a 02.07.1878, filha de José Antônio do Espírito Santo Cysne e de Rita
do Espírito Santo. A 3ª, a 30.07.1879 com Constança Maria do Carmo de Holanda
Cavalcante, n. a 13.06.1860 e fal. a 11.06.1887,filha de José Holanda Cavalcante e de
Teresa Guilhermina. A 4ª, a 26.05.1888 com Isabel Marciolina de Holanda Teles, n. a
22.04.1861, filha de José de Holanda Cavalcante e de Teresa Guilhermina (Apud Frota,
Gentil – Os Frotas, pg 789)

1534
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

Sn.779 . Clodilde Leocárpio Soares, n. a 17.08.1888, casou-


se com José Antônio Teles, filho de Manuel Teles de Meneses e de sua 2ª
mulher Isabel Genuína Cysne.

***

Sn.780. João Leocárpio Soares Frota, fal. criança

***

Sn.781. Teodomiro Soares Frota, fal. criança

***

Sn.782. Carlos Leocárpio Soares, n. a 28.01.1894, casou-se


em 1922 com Raquel Vieira de Araújo, n. em Sergipe, aos 24.10.1905,
filha de Antônio Vieira de Araújo e de Antônia Rosa. Pais de:

7n.2032. Carlos de Araújo Soares


7n.2033.Maria Carmen de Araújo Soares
7n.2034.Antônio Carlos Soares
7n.2035. Maria Cléa de Araújo Soares
7n.2036. João Carlos de Araújo Soares
7n.2037. Carlos Dimas de Araújo Soares
7n.2038. Maria Teresinha de Jesus Soares
7n.2039. Maria Altamira de A. Soares
7n.2040. Ana Maria de Araújo Soares

7n.2032. Carlos de Araújo Soares, falecido

7n.2033.Maria Carmen de Araújo Soares, . a


12.10.1925, casou-se em Belém do Pará com Ramiro Koury a 29.12.1950.
Pais de:

1535
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3041. Luiz Soares Koury, n. em Belém a 07.02.1952

8n.3042. Célia Soares Koury, n. em Belém a 23.07.1955

7n.2034.Antônio Carlos Soares, n. em Altamira a


14.06.1928, casou-se com Coary (Amazonas) a 06.01.1958 com Geny
Augusta da Silva. Pais de:

8n.3043 . Carlos Augusto da Silva Soares, n. em Coary a


12.03.1959

8n.3044. Gilson da Silva Soares, n. em Coary a


03.03.1960

7n.2035. Maria Cléa de Araújo Soares, n. a 16.7.1932,


casou-se a 11.12.1954 com Fernando Augusto Pedrosa Marinho, n. a
06.08.1920. Pais de:

8n.3045. Ana Luisa Soares Marinho, n. a 21.08.1956


em Belém do Pará.

7n.2036. João Carlos de Araújo Soares, n. a 31.07.1935

7n.2037. Carlos Dimas de Araújo Soares,


n. a 14.04.1937
7n.2038. Maria Teresinha de Jesus Soares,
n. a 31.01.1939
7n.2039. Maria Altamira de Araújo Soares,
n. a 10.07.1940
7n.2040. Ana Maria de Araújo Soares,
n. a 14.08.1941

***

1536
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.783. Ana Dragomira Soares, casou-se com seu parente


Antônio da Frota Cavalcanti, filho de Joaquim Lopes Cavalcanti e de
Teresa Cristina da Frota.

***

Sn.784 . Francisco Tabajara Soares, n. em 1898, casou-se


com Francisca Naisa Rocha, filha de José Ferreira e de Maria Jovelina
Teles. Pais de:

7n.2041. José Caubi Soares


7n.2043. Teresinha Soares
7n.2043. Helena Soares
7n.2044. Margarida Soares
7n.2045. Maria Elza Soares
7n.2046. Francisco Tabajara Soares
7n.2047. Maura Soares
7n.2048. Manuel Leocárpio Soares
7n.2049. Raimundo Gutemberg Soares

7n.2041. José Caubi Soares, c.c. Leonita Melo. Pais de:

8n.3046. Francisco Marcelo Soares

8n.3047. Naisa Maria Soares, gêmeos, n. a 16.01.1957


em Manaus.

7n.2042. Teresinha Soares, c.c. Leonel Monteiro. Pais de:

8n.3048. José Francisco Soares Monteiro, n. em Belém a


13.09.1958.

7n.2043. Helena Soares, solteira

109
Antônio Raimundo

1537
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2044. Margarida Soares, solteira

7n.2045. Maria Elza Soares, casou-se com Herculano de


Oliveira Freitas. Pais de:

8n.3049. Nilza Maria de Oliveira Freitas, n. a 15.07.1956


(Manaus)

8n.3050. Ricardo de Oliveira Freitas, n. a 09.09.1957


(Manaus)

7n.2046. Francisco Tabajara Soares, n. a 16.06.1934,


casou-se com Silvia Sônia Oliveira Amorim, em Manaus a 16.01.1960,
filha de Artur da S. Amorim e de Lucila de Oliveira Lima Ferreira. Pais de:

8n.3051. Lucila Naisa, n. a 22.11.1960, no Rio de Janeiro.

7n.2047. Maura Soares, casou-se com Adail Barbosa


Magalhães. Pais de:

8n.3052. Mário Jorge, n. em Manaus a 01.01.1959

7n.2048. Manuel Leocárpio Soares, seminarista redentorista


(Aparecida, S. Paulo)

7n.2049. Raimundo Gutemberg Soares, seminarista


redentorista em Coary.

***
Sn.785 . João Augusto Soares, faleceu solteiro

***

Sn.786 . Teresa Soares (Teta), n. a 14.06.1902, viúva de José


Luiz Ribeiro, em Bragança no Pará.

***

1538
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.787. Miguel Leocárpio Soares, n. a 29.09.1903, casou-se no


Rio com Alda de Azevedo, filha de Artur Machado de Azevedo e de Laura
Gonçalves. Pais de:

7n.2050. Teresa Azevedo Soares


7n.2051. Artur Neto de Azevedo Soares

7n.2050. Teresa Soares, n. no Rio a 25.05.1933, casou-se ai


com José Másculo, em 1951, filho de Francisco Masculo e Lucia Bitetti.
Pais de:

8n.3053.Lúcia Soares Másculo,


n. a 12.02.1953
8n..3054.Francisco Soares Másculo,
n. a 27.04.1954
8n.3055.Miguel Soares Másculo,
n. a 07.07.1955
8n.3056. Enzo Soares Másculo,
n. a 30.01.1958
8n.3057. José Soares Másculo,
n. a 02.06.1959

7n.2051. Artur Neto de Azevedo Soares, n. no Rio a


27.01.1944, solteiro.

***

Sn.788. José Leocárpio Soares, n. a 30.04.1905, casou-se em


1936 com Maria Saraiva Dias Neves, filha de Álvaro Saraiva e de
Adelaide Dias. Pais de:

7n.2052. Isis Saraiva Soares


7n.2053. Teresa Saraiva Soares

7n.1052 . Isis Saraiva Soares, n. a 13.11.1937, c.c. o Dr.


Aldir Jordano, filho de José Jordano e Dioclecia.

1539
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2053. Teresa Saraiva Soares, casou-se com Miguel


Martinez de Leon. Pais de:

8n.3058. Miguel Soares de Leon, n. a 07.07.1959.

***

Pn.293. Pedro Horácio da Frota, nasceu em 21.08.1867,


faleceu em Fortaleza a 13.07.1940, casou-se em novembro de 1892 com
Maria Quitéria Furtado Gomes (Mocinha), falecida em Fortaleza a
27.12.1944, filha de Antônio Raimundo Ferreira Gomes e Inês Furtado de
Mendonça. Antônio Raimundo era primo de Pedro Horácio, como filho de
Francisca Gomes da Frota. Pais de:

Sn.794 . Jaime Frota, solteira (Fortaleza)


Sn.795 . Ana Frota, faleceu aos 9 anos

Pn.294 . Vicente Ision Ponte, nasceu a 18.01.1989, casou-se no


Rio de Janeiro com Zulmira Coelho, filha de Antônio Lino Meireles
Coelho e Elisa Totta Coelho, de Portugal. Pais de:

Sn.796.Alberto Ision Ponte


Sn.797.Albertina Ision Ponte
Sn.798.Francisco Ision Ponte
Sn.799.Zulmiro Ision Ponte

Sn.796. Alberto Ision Ponte, médico, n. no Rio a


15.01.1899, casado com Zaira Gomes Brandão. Sem sucessão.

***

1540
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.797. Albertina Ision Ponte (Tina), n. no rio a 24.05.1901,


casou-se com o seu parente Antônio de Xerez Frota, falecido a
05.12.1960 no Rio, filho de João Batista da Frota 111e de Teodolinha de
Xerez. Pais de:

7n.2054. Newton Ision Frota, n. a 28.10.1930 no Rio de


Janeiro, casou-se com Maria Helena Azevedo de Souza, n. a
10.07.1934. Pais de:

8n.3059. Sandra Maria, n. a 30.12.1954 no Rio de


Janeiro.

***

Sn.798. Francisco Ision Ponte, n. no Rio a 15.01.1903,


casou-se com Adélia Saraiva, filha de Alvaro Saraiva e Adelaide Dias.
Pais de:

7n.2055. Álvaro Alberto Ponte, n. a 20.02.1930, casou-


se no Rio com Elza Perrota Ponte, n. a 21.02.1930. Pais de:

8n.3060. Álvaro César Perrota Ponte, n. a 04.07.1958

***

Sn.799. Zulmiro Ision Ponte, n. a 10.03.1905 (1915),


casou-se com sua prima Lavinia Ponte, filha de Cícero Affonso da Ponte
112
e Angelina Amorim. Cícero era filho de José Affonso, irmão de Vicente
Ision da Ponte. Sem sucessão ( ver pg 1518).

111
m João Batista da Frota, fal., em janeiro de 1955, filho de Francisco
Ribeiro Lima de Maria e de Maria dos Anjos Menezes. Casou-se com
Teodolinda de Xerez, filha de Francisco Antônio de Xerez Linhares e de
sua segunda mulher Teodolinda Francisca Duarte ( Os Frotas, pg 299)
112
Cícero Affonso da Ponte, n. a 26.05.1886 em Niterói, filho de José
Afonso da Ponte e de Matilde Celerina Monteiro. Casou-se em Niterói a
08.12.1910 com Angelina Amorim, n. a 08.05.1889, em Saguarema,

1541
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

Pn.295. Maria Isabel Ponte, nasceu a 11.02.1871 e fal. a


24.11.1948. Casou-se a 20.02.1892 com a Tte, Coronel Antônio
Nogueira Borges. Pais de:

Sn.800. Ana Leticia Nogueira


Sn.801. Isabel Genuina
Sn.802. Cláudio Nogueira

Sn.800. Ana Leticia Nogueira (Anete), n. a 10.11.1892,


casou-se em 1ª núpcias com João Nelson Rodrigues Frota, a
26.01.1910, filho de Antônio Nelson da Frota114 (primo de sua mãe, Maria
Isabel) e de sua 2ª mulher Paulina Rodrigues de Albuquerque. Em 2ª
núpcias casou-se Anete com Napoleão Dourado, filho de Francisco Xavier
Dourado e de Francisca Farias, a 08.04.1921. Pais de:

7n.2056. Gerardo Nogueira Dourado

7n.2056. Gerardo Nogueira Dourado, único; n. a


03.02.1923, casado com Dulce Gomes de Sá, filha de João Albino
Gomes de Sá e de Zoe de Lacerda. Pais de:

8n.3061. Antônio José Dourado, n. 08.02.1953


8n.3062. Otávio Dourado, n. a 25.09.1956

Sn.801. Isabel Genuina, n. 17.08.1895, faleceu solteiro

Estado do Rio de Janeiro e fal. em março de 1960, filha de Nicolau Amorim


e de Bernardina (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, vol II, Os Ferreira da
Ponte, Tomo VIII, pg 1504)
113
Felix Inácio da S
ilva
114
Antônio Nelson da Frota

1542
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.802 . Claudio Nogueira, n. a 13.11.1896, casou-se com


Cecília Ponte, filha de Cândido Ferreira da Ponte115 e de Francisca.
Residem na fazenda Cacimbas (Sobral). Pais de:

7n.2057. Maria Nogueira


7n.2058. José Nogueira
7n.2059. Francisco Nogueira
7n.2060. Waldir Nogueira
7n.2061. Francisco Nogueira
7n.2062. Manuel Nogueira

7n.2057. Maria Nogueira, casou-se com Sebastião leite.


Pais de:

8n.3063. Eliane Nogueira Leite


8n.3064. Irani Nogueira Leite
8n.3065. Celimar Nogueira Leite
8n.3066. Hilarino Nogueira Leite
8n.3067. Paulo Nelson Nogueira Leite

7n.2058. José Nogueira, casou-se com Judith. Pais de:

8n.3068. Raimunda Nogueira

7n.2059. Francisco Nogueira, casada com Raimundo


Bezerra Araújo. Pais de:

8n.3069. José Valmir Nogueira Araújo


8n.3070. Cecília de Lourdes Nogueira Araújo
8n.3071. Ângela Maria Nogueira Araújo

7n.2060. Waldir Nogueira, solteiro

115
Cândido Ferreira da Ponte

1543
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2061 . Francisco Nogueira, casou-se com Maria Nazaré


Bezerra. Pais de:

8n.3072. José Airton Bezerra Nogeuria

7n.2062. Manuel Nogueira, falecido

***

Pn. 296. Isaias Ponte

***

Pn. 297. Francisco Beltrão Ponte

***

Pn.298.João Felipe da Frota, n. A 23.08.1849, negociante


abastado, sub delegado da mesma cidade pelo ano de 1841, em 01.08.1899
fez a promessa legal no posto de tenente coronel da Guarda Nacional.
Casou-se a 25.09.1875 com sua prima Maria Felina Linhares Frota, n. a
01.06.1851 e fal. a 12.07.1937, filha de seu tio materno Pedro Gomes da
Frota116 e de Maria Jacinta do Monte Linhares. Pais de:

***

Pn.299. Raimundo Otávio da Frota, n. a 01.06.1877 e fal.


no Acre em 09.02.1919. Foi “imperador do Divino” em 1882. Casou-se
com Odília Távora Lisboa, fal. em setembro de 1919, filha de Ludgero
Lisboa, do Pará, e de Belarmina Távora. Pais de:

Sn.803. Armando Frota, fal. solteiro a 30.12.1932

Sn.804. Isaura Frota, solteira, comerciaria, auxiliar da Loja


Ogabriel” em Fortaleza.

116
Pedro Gomes da Frota

1544
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.805. Pedro Gomes da Frota, n. a 23.12.1886 e fal. a


06.06.1952. Casou-se a 17.07.1915 com Maria Cesarina Ibiapina, n. a
27.01.1889, filha de Felix Inácio da Silva e de Maria Cesarina Ibiapina.
Pais de:

7n.2063 José Maria Frota


7n.2064. Maria Celeste da Silva Frota
7n.2065. Maria da Silva Frota
7n.2066. Francisca da Silva Frota
7n.2067. Luisa da Silva Frota
7n.2068. Maria Felina da Silva Frota
7n.2069. Isabel da Silva Frota
7n.2070. Rita da Silva Frota

7n.2063. José Maria Frota, n. a 14.01.1916, fal. em


17.02.1939, picado por uma cobra cascavel. Casou-se a 04.05.1938 com
Éster de Araújo Lima, n. a 05.08.1921, filha de Hermeto A. Lima. Sem
sucessão.

7n.2064. Maria Celeste da Silva Frota, n. a


11.03.1917, casou-se com Vicente Osman Pinto, filho de Antônio Pinto e
Francisca Alice. Sem sucessão.

7n.2065. Maria da Silva Frota, n. a 13.02.1918 e fal.


21.02.1918.

7n.2066. Francisca da Silva Frota, n. a 23.01.1919.

7n.2066.Luisa da Silva Frota, n. a 25.08.1920 e fal. a


31.08.1923.

7n.2067.Maria Felina da Silva Frota, n. a 28.11.1922,


casou-se com José Aguiar.

117
Vicente Gomes Par

1545
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2068. Isabel da Silva Frota, n. a 30.09.1924.

7n.2069. Rita da Silva Frota, n. a 07.01.1926.

Sn.806. Luísa Gomes da Frota, fal. aos 2 anos

***

Qn.85 . Vicente Ferreira da Ponte. Casou-se duas vezes.


A 1ª, a 10.06.1850 com Carolina Bernardina do Monte (Tn.134), filha
de Vicente Gomes Parente e de Maria Bernarda do Monte. A 2ª a
31.07.1862 com Francelina Carolina do Monte, filha do Cap. Manoel
José do Monte Coelho e de Maria Bernardina do Monte viúva de Diogo
Rodrigues Lima, filha de Manoel José do Monte Coelho e Maria
Bernardina Monte. Pais de:

Do 1º matrimonio:

Pn.300. José Vicente Ferreira da Ponte


Pn.301. João Conrado Ferreira da Ponte
Pn.302. Joaquim Aristides F. da Ponte
Pn.303. Vicente Ferreira da Ponte Filho
Pn.304. Gil Ferreira da Ponte

Do 2º matrimonio:

Pn.305. Diogo Ferreira da Ponte


Pn.306. Maria do Carmo Ferreira da Ponte
Pn.307. Francisca Ferreira da Ponte

ente
118
Cap. Manoel José
d

1546
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.308. Carolina Ferreira da Ponte

Pn.300. José Vicente Ferreira da Ponte, foi Vereador da


Câmara Municipal de Sobral. Casou-se quatro vezes. A 1ª, a 21.10.1874,
com Amélia Gomes Parente, filha do Major Inácio Gomes Parente e
Silva e Umbelina Francisca do Monte. A 2ª, a 21.07.1880, com Adelina
Vitalina Parente, filha de Diogo Gomes Parente e Vitalina Libânea da
Silva. A 3ª, a 19.07.1910, com Francisca Júlia Parente (Dona), filha de
Durçulino Gomes Parente e de sua 2ª mulher Francisca Cesarina Ferreira
Gomes. A 4ª, com Maria José da Ponte, filha de Miguel Franklin da
Ponte e Ana Florência da Ponte. Pais de:

Do 1º matrimônio:

Sn.1079. FRANCISCA AMÉLIA PARENTE

Do 2º matrimônio:

Sn.1080. MARIA JOSÉ FERREIRA DA PONTE


Sn.1081. CAROLINA DA PONTE AZEVEDO
Sn.1082. RAIMUNDA ADELINA PARENTE
Sn.1083. HONORINA FERREIRA DA PONTE
Sn.1084. MARIA DE LOURDES PARENTE
Sn.1085. VITALINA FERREIRA DA PONTE
Sn.1086. VICENTE GOMES F. DA PONTE
Sn.1087. FRANCISCO DAS C. F. DA PONTE
Sn.1088. JOSÉ ANANIAS G. F. DA PONTE
Sn.1089. DIOGO G. FERREIRA DA PONTE

Do 3º matrimônio:

Sn.1090. JOSÉ VICENTE F. DA PONTE


Sn.1091. FRANCISCA FERREIRA DA PONTE

Do 4º matrimônio:

Sn.1092. MARIA DO CARMO DA PONTE


Sn.1093. JOAQUIM FERREIRA DA PONTE

1547
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.1094. ANTÔNIO FERREIRA DA PONTE


Sn.1095. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE
Sn.1096. MANOEL FERREIRA DA PONTE

Sn.1079. FRANCISCA AMÉLIA PARENTE. Casou-se a


29.05.1897 com RUBENS GOMES PARENTE, filho de Floresmino
Gomes Parente120 e de Maria Ribeiro da Silva. (Citado).

***

Sn.1080. MARIA JOSÉ DA PONTE PARENTE. Casou-se


com seu cunhado RUBENS GOMES PARENTE, filho de Floresmino
Gomes Parente e de Maria Ribeiro da Silva. (Citado).

***

Sn.1081. CAROLINA DA PONTE AZEVEDO. Casou-se com


CUSTÓDIO AZEVEDO.

***

Sn.1082. RAIMUNDA ADELINA PARENTE casou-se a


26.10.1912 com BELARMINO GOMES PARENTE, filho de Joaquim
Belarmino Gomes Parente121 e de Carolina Ferreira Gomes( Cit pg 654)

***

Sn.1083. HONORINA FERREIRA DA PONTE, fal. inupta.

***

e120 Floresmino Gomes Parente


121
Joaquim Belarmino Gomes Parente, casou-se duas vezes. A 1ª, com Carolina
Cesarina Ferreira Gomes, filha do Capitão Cesário Ferreira Gomes e Maria Bernardina do
Monte. A 2ª, a 26.05.1894, com Maria Gilda Araújo, filha de Francisco Alves Machado
Freire e Francisca de Araújo Costa. (Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, Vol
II, Os Gomes Parente, Tomo II, pg 654) .

1548
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.1084. MARIA DE LOURDES PARENTE. Casou-se com


PEDRO GOMES PARENTE, filho de Vicente Inácio Gomes Parente122 e
de Maria do Carmo Parente ( Cit. Pg 635).

***

Sn.1085.VITALINA FERREIRA DA PONTE, fal. inupta.

***

Sn.1086. VICENTE GOMES FERREIRA DA PONTE, n. a


26.05.1887. Casou-se com MARIA BRÍGIDA DA SILVA PONTE, n. a
08.10.1888, filha de Félix Inácio da Silva123 e Maria Cesarina Ibiapina da
Silva. Pais de:

7n.2327. Francisco Euclydes da Ponte


7n.2328. Adelina da Ponte Aragão
7n.2329. Félix Inácio da Ponte
7n.2330. Maria Cesarina da Ponte Carvalho
7n.2331. Rita de Cássia da Ponte
7n.2332. Teresinha de Jesus Ponte Aragão

7n.2327. Francisco Euclydes da Ponte, n. a 06.03.1907,


casou-se a 30.06.1934 com Noeme Parente da Ponte, filha de
Raimundo Gomes Parente124 e de Amanda Gomes Parente. Pais de:

122
Vicente Inácio Gomes Parente, casou-se com Maria do Carmo Parente, filha do
Cap. Juvenal Ildefonso de Carvalho e Maria Ximenes Aragão ( Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo III, pg 603)
123
Felix Inácio da Silva, n. a 30.08.1856 e fal. a 13.08.1930, filho de Joaquim Inácio da
Silva e de Francisca Libânia do Nascimento. Casou-se a 15.11.1881 com Maria Cesarina
Ibiapina da Silva (Maroca), filha de Cesário Pereira Ibiapina e de Francisca Ribeiro Morais
Ibiapina, natural de Pernambuco (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol IV,
Os Ferreira da Ponte, Tomo II, pg 460, prelo).
124
Raimundo Gomes Parente (Pn..314) , filho de Joaquim Belarmino Gomes Parente
(Qn.137) e de sua primeira mulher Carolina Cesarina Ferreira Gomes ( Carolina Bernardina
Parente) ( filha do Capitão Cesário Ferreira Gomes 124e Maria Bernardina do Monte).
Casou-se com Amanda Gomes Parente, filha

1549
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1885.Raimundo Euclides da Ponte


8n.1886.Maria Zeneida Parente da Ponte
8n.1887.Maria Amélia Parente da Ponte
8n.1888.Amanda Parente da Ponte
8n.1889.Francisco José Parente Ponte
8n.1890.Vicente José Parente Ponte
8n.1891.Maria do Socorro Parente Ponte
8n.1892. José Valmir Parente Ponte

8n.1885. Raimundo Euclides da Ponte. Casou-se duas vezes. A


1ª, com Francisca Araújo da Ponte. A 2ª, com Mônica de Souza Ponte,
Tabeliã. Pais de:

9n.1482.Verônica Maria Araújo Ponte


9n.1483.Régia Mônica Araújo Ponte
9n.1484.Henrique Flávio Araújo Ponte
9n.1485.Carlos Iran Araújo Ponte

8n.1886. Maria Zeneida Ponte Dias, casou-se a 15.04.1955


com Renato Dias de Carvalho, filho de Raimundo Dias de Carvalho125 e
de Teresa Liberato Dias. Pais de:

9n.1486. Reneida Ponte Dias


9n.1487. Rosemary Ponte Dias
9n.1488. Ronaldo Ponte Dias
9n.1489. Rosângela Ponte Dias
9n.1490. Roseneida Ponte Dias
9n.1491. Roemia Ponte Dias

9n.1486. Reneida Ponte Dias, inupta

9n.1487. Rosemary Dias Dieb, n. a 06.09.1957, casou-se com


Francisco Glauber Dieb Lima, filho de Francisco de Assis Lima e de
Maria José Dieb Lima. Pais de:

10n.296. Diego Dias Dieb

125
Raimundo Dias de Carvalho

1550
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1488. Ronaldo Ponte Dias, n. a 20.01.1959, Médico


Veterinário, formado pela Universidade Estadual do Ceará. Pesquisador
concursado da Embrapa Caprinos, onde desenvolve excelente trabalho na
área de tecnologia de carne. Foi candidato a Vereador pelo Partido dos
Trabalhadores (PT), em 2002, ficando na suplência. Casou-se a 21.12.1982
com Sônia Maria Araújo Dias, n. a 27.08.1960, n. a 27.08.1960, filha de
Benjamin Mendes Farias e de Diomar Maria Araújo. Pais de:

10n.297. Ekaterine Araújo Dias,


n. a 03.10.1984
10n.298. Renata Araújo Dias,
n. a 16.01.1989

9n.1489. Rosângela Ponte Dias, n. a 20.11.1961, casou-se


com Éden Tavares. Pais de:

10n.299. Tamires Ponte Dias Tavares


10n.300. Edler Ponte Dias Tavares

9n.1490. Roseneida Ponte Dias Cavalcante, casou-se com


João Batista Cavalcante, natural de Viçosa do Ceará. Pais de:

10n.301. Felipe Ponte Dias Cavalcante


10n.302. Fred Ponte Dias Cavalcante

9n.1491. Roemia Ponte Dias Souza, casou-se com João de


Souza Neto, natural de Picos-Piauí. Pais de:

10n.303. Daniel Ponte Dias de Souza


10n.304. Bruno Ponte Dias de Souza

8n.1887. Maria Amélia Parente da Ponte, casou-se a


24.07.1958 com José Araújo Sousa, filho de Edwildo Sousa e de
Teodolina Araújo Sousa. Pais de:

9n.1492. Maria de Fátima Ponte Sousa


9n.1493. Cleide Parente Ponte Sousa
9n.1494. Luíza Parente Ponte Sousa
9n.1495. Carmen Ponte de Sousa

1551
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1492. Maria de Fátima Sousa Marinho, casou-se com


José Edvar Marinho. Pais de:

10n.305. Samara Sousa Marinho


10n.306. Samila Sousa Marinho

9n.1493. Cleide Parente Ponte Sousa, casou-se com Paulo.


Pais de:

10n.307. Camila Ponte Sousa

9n.1494. Luíza Parente Araújo, casou-se com Raimundo


Nonato, natural de Alagoas das Pedras, Maranhão. Pais de:

10n.308. Rodrigo Parente Araújo

9n.1495. Carmen Ponte de Sousa, casou-se com Benito

***
8n.1888. Amanda da Ponte Lopes, n. a 29.07.1941, casou-se a
10.05.1958 com José Raimundo Fontenele Lopes, n. a 08.02.1941, filho
de Pedro Lopes Viana126 e de Ângela Frota Fontenele Lopes. Pais de:

9n.1496. Pedro Lopes Neto


9n.1497. Francisca Ponte Lopes
9n.1498. Francisco Euclides Ponte Lopes
9n.1499. José Raimundo F. Lopes Júnior
9n.1500. José Arnóbio Ponte Lopes
9n.1501. Kátia Cilene Ponte Lopes

9n.1496. Pedro Lopes Neto, n. a 25.03.1959, casou-se com


Teresinha Nogueira Lopes, filha de José Maria Nogueira127. Pais de:

126
Pedro Lopes Viana, n. a 16.02.1905, filho de Joaquim Lopes Ferreira e de Maria José
Viana Lopes. Casou-se com Ângela Frota Fontenele Lopes, n. a 31.10.1903, filho de José
dos Anjos Fontenele..
127
José Maria Nogueira, nasceu na fazenda Timbaúba no Município de Santana do
Acaraú, a 12.11.1917 e fal. a 03.10.1985, em Fortaleza. Proprietária da Serraria fibrala, à rua

1552
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

10n.309. Ismael Nogueira Lopes


10n.310. José Pedro Nogueira Lopes

9n.1497. Francisca Lopes Vasconcelos (Maninha), n. a


11.01.1961, funcionária da Caixa Econômica Federal, em Sobral. Casou-se
a 08.12.1982 com José Silvestre Vasconcelos, n. a 08.12.1958, em
Reriutaba, filho de João Silvestre Vasconcelos 128e de Anete Evaristo
Vasconcelos. Pais de:

10n.311. Amanda Lopes Vasconcelos,


n. a 14.03.1984
10n.312. Flávio Lopes Vasconcelos,
n. a 22.03.1985

9n.1498. Francisco Euclides Ponte Lopes, n. a 21.08.1962,


comerciante, casou-se com Maria do Socorro Tomaz Lopes, n. a
04.02.1963, filha de José Maria Tomaz e de Maria Alice Tomaz. Pais de:

10n.313. Sávio Tomaz Lopes,


n. a 21.03.1990
10n.314. Saulus Tomaz Lopes,
n. a 03.08.1998

9n.1499. José Raimundo Fontenele Lopes Júnior, n. a


01.03.1964 e fal. 27.07.1984, vítima de acidente automobilístico. Solteiro.

9n.1500. José Arnóbio Ponte Lopes, n. a 31.10.1965, casou-


se a 31.12.1988 com Teresa dos Santos Rodrigues, n. a 11.07.1971, filha
de José dos Santos Rodrigues 129e de Francisca Rodrigues. Pais de:

10n.315. Ângela Noeme Rodrigues Lopes


10n.316. Andrine Rodrigues Lopes

Joaquim Ribeiro, em Sobral (CE), filho de Francisco Nogueira Borges e de Maria Bemvinda
Machado Nogueira Borges. Casou-se a 21.02.1938 com Ana Maria Aguiar Nogueira, filha
de José Afonso Aguiar e de Ana Maria Aguiar.
128
João Silvestre Vasconcelos
129
José dos Santos Rodrigues

1553
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

10n.317. Andreza Rodrigues Lopes


10n.318. Aline Stefânia Rodrigues Lopes

9n.1501. Kátia Cilene Lopes de Matos, n. a 14.11.1969


casou-se a 07.01.1989, com Erivaldo Pereira de Matos, n. a 10.03.1966,
filho de José Pereira de Matos Filho 130e de Josefa Pereira de Matos. Pais
de:

10n.319. Ênio Lopes de Matos,


n. a 13.07.1990
10n.320. Emily Lopes de Matos,
n. a 24.10.1992

8n.1889. Francisco José Parente Ponte, casou-se duas vezes. A


1 , com Maria da Conceição Roque. A 2a , com Maria de Fátima. Pais de:
a

Do 1o matrimônio:

9n.1502.Francisco José Roque Ponte


9n.1503.Francirene Roque Ponte
9n.1504.Fabíola Roque Ponte

Do 1o matrimônio:

9n.1505.
9n.1506.

9n.1502.Francisco José Roque Ponte

10n.319.
10n.320.

9n.1503.Francirene Roque Ponte

10n.321.
10n.322

130
José Pereira de Matos Filho

1554
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1504.Fabíola Roque Ponte

10n.323.
10n.324

8n.1890. Vicente José Parente Ponte, casou-se com Rosália


Ponte. Pais de:

9n.1505.Francisco José Roque Ponte


9n.1506.Vinícius José Roque Ponte
9n.1507.Victor José Roque Ponte

9n.1505.Francisco José Roque Ponte

10n.325.
10n.326

9n.1506.Vinícius José Roque Ponte

10n.327.
10n.328

9n.1507.Victor José Roque Ponte

10n.329.
10n.330

8n.1891. Maria do Socorro Parente Ponte, n. a 27.05.1952,


casou-se a 21.09.1972, com Cesário Apoleano Gomes, n. a 04.08.1950,
formado em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Estadual do Vale
do Acaraú. Foi empregado da Embrapa, no Centro Nacional de Pesquisa de
Caprinos, de pediu rescisão de contrato para assumir o cargo de Gerente
Administrativo do Grupo Hélio Arruda Coelho. Professor secundário e
Contador. Atualmente exerce a função de Contador, em Sobral (CE), filho
de Vicente Gomes da Silva e de Filomena Apoleano Gomes. Pais de:

9n.1508.Fabrício Ponte Gomes, n. a 24.04.1977


9n.1509.Lívia Ponte Gomes, n. a 03.02.1979
9n.1510.Daniel Ponte Gomes, n. a 26.05.1982

1555
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1892. José Valmir Parente Ponte

9n.1511.
9n.1512.
9n.1513.

***

7n.2328. Adelina da Ponte Aragão, n. a 16.11.1909, na


Fazenda São Domingos, Distrito de Jaibaras. Casou-se a 12.07.1909 com
Januário Xavier Aragão, n. a 19.09.1903, filho de Francisco Aragão131
e de Maria dos Santos Aragão. Pais de:

8n.1893. Vicente da Ponte Aragão


8n.1894. Maria da Ponte Aragão

8n.1893. Vicente da Ponte Aragão, n. a 10.05.1931, casou-se


com Tarcísia Ferreira da Ponte, filha de Jacob Ferreira da Ponte132 e de
Maria Prado da Ponte (Marieta). Pais de:

9n.1514.Suely da Ponte Aragão


9n.1515.Franciso Expedito da Ponte Aragão
9n.1516.Sílvio da Ponte Aragão
9n.1517.Suelane da Ponte Aragão

9n.1514.Suely da Ponte Salmito, casou-se com Carlos


Salmito, filho de Valdemar Salmito133. Pais de:

10n.329. Rodrigo da Ponte Salmito


10n.330. Roseane da Ponte Salmito

131
Francisco Aragão
132
Jacob Ferreira da Ponte, filho de José Ferreira da Ponte e de Angélica Francelina
Portela ( filha de José Machado Portela e de Filomena Machado Portela). Casou-se com
Maria do nascimento Prado (Marieta),filha de José Jerônimo do Nascimento Prado ( Zeca
Prado) e de Maria José Bezerra (Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol IV, Os
Ferreira da Ponte, Tomo I, pg 332).
133
Valdemar Salmito

1556
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1515.Franciso Expedito da Ponte Aragão

10n.331.
10n.332.

9n.1516.Sílvio da Ponte Aragão, casou-se com Paulo Dias


Aragão. Pais de:

10n.333. Raquel da Ponte Aragão


10n.334.

9n.1517.Suelane da Ponte Aragão

10n.335.
10n.336.

8n.1894. Maria Aragão Paiva, n. a 29.07.1949, funcionária do


Banco do Estado do Ceará (BEC), em Sobral (CE), casou-se com Kleber
Lopes Paiva. Pais de:

9n.1518.Adelina Aragão Paiva,


n. a 16.03.1975
9n.1519.Klébia Aragão Paiva,
n. a 24.12.1979.
9n.1520.Antônio Kléber Aragão Paiva,
n. a 12.07.1986.
9n.1521.Artur Kennedy Aragão Paiva,
n. a 01.01.1988.

***

7n.2329. Félix Inácio da Ponte, n. a 03.12.1913, casou-se a


09.04.1939 com Maria Lili Lopes da Ponte, n. a 09.06.1915, filha de José
Valdevino Cavalcante Lopes134 e de Maria Amélia Albuquerque Lopes .
Pais de:

134
José Valdevino Cavalcante Lopes

1557
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1895.José Lopes Ponte


8n.1896.Vicente de Paula Lopes Ponte
8n.1897.Maria Roseli Lopes Ponte
8n.1898.Carlos Alberto Lopes Ponte
8n.1899.Maria Vânia Lopes Ponte
8n.1900.Raimunda Célia Lopes Ponte
8n.1901.Maria das Graças Lopes Ponte
8n.1902. Maria de Fátima Lopes Ponte
8n.1903. Luís Lopes Ponte
8n.1904. Gerôncio Lopes Ponte

8n.1895.José Lopes Ponte, n. a 30.10.1941 e fal. a


02.04.1994, assassinado no Município de Acaraú, em um simples
discussão. Empresário em Sobral no ramo de panificação e agropecuarísta.
Amante da Genealogia e adepto Política, filiado ao Partido do Movimento
Democrático Brasileiro. Casou-se a 09.04.1964 com Maria do Socorro
Monte Ponte, empresária bem sucedida em Sobral (CE), filha de Lindolfo
Pereira Monte135 e de Sofia Barbosa Monte. Pais de:

9n.1518. Rosevelt Monte Ponte


9n.1519. Rosália Monte Ponte
9n.1520. Rosuel Monte Ponte
9n.1521. Rosalvo Monte Ponte
9n.1522. Rosângela Monte Ponte

9n.1518. Rosevelt Monte Ponte, n. a 17.12.1964, casou-se e


divorciou-se de Maria do Carmo Dias Ponte, filha de Expedito Passos
Dias (Biu)136 e Francisca Benedita Aguiar Dias. Casou-se em 2ª núpcias.
Pais de:

10n.337. Liliane Dias Ponte


10n.338. Sofia Dias Ponte

135
Lindolfo Pereira Monte
136
Expedito Passos Dias (Biu), filho de Luiz Gonzaga Dias e de Raimunda Passos Dias.
Casou-se com Francisca Benedita Aguiar Dias, n. A 15.02.1947, filha de Atualpa Pontes
Aguiar e de Maria de Jesus Arrruda Aguiar (Apud Arruda, F.A.V. Genealogia Sobralense,
Vol. IIII, pg 98).

1558
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1519. Rosália Monte Ponte, n. a 17.12.1965, casou-se


com Francisco das Chagas. Pais de:

10n.339. Érico Ponte


10n.340. Lívia Ponte
10n.341. Igor Ponte

9n.1520. Rosuel Monte Ponte, n. a 12.03.1969

9n.1521. Rosalvo Monte Ponte, n. a 30.10.1972, solteiro

9n.1522. Rosângela Monte Ponte, n. a ....11.79, inupta

***

8n.1896.Vicente de Paula Lopes Ponte, n. a 24.08.1943,


casou-se com Maria Lucy Teixeira Ponte. Pais de:

9n.1519. Marcos Aurélio Teixeira Ponte,


n. a 30.05.1969
9n.1520. Ana Paula Teixeira Ponte,
n. a 09.10.1972

8n.1897.Maria Rozeli Ponte Rodrigues, n. a 31.12.1944,


casou-se com Pedro Rodrigues Filho, filho de Pedro Rodrigues137 e de
Antônia Rodrigues. Pais de:

9n.1521. Kelly Cristine Ponte Rodrigues,


n. a 09.10.1972
9n.1522. Kélvia Cristiane Ponte Rodrigues,
n. a10.08.1974
9n.1523. Katiane Ponte Rodrigues,
137
Pedro Rodrigues

1559
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

n. a 02.04.1979

8n.1898.Carlos Alberto Lopes Ponte, n. a 27.04.1947, casou-


se Três vezes. A 1a , com Zuleica Montezuma. A 2a , com Maria
Lucineide Teixeira Ponte. A 3a , com Maria da Conceição Carneiro
Ponte. Pais de:

Do 1o matrimônio:

9n.1524. Félix Inácio da Ponte Neto,


n. a 29.10.1971
9n.1525. Rafael Montezuma da Ponte,
fal. criança

Do 2o matrimônio:

9n.1526.Carla Dyeila Teixeira Ponte


9n.1527.Sândina Teixeira Ponte

Do 3o matrimônio:

9n.1520. Carlos Alberto L. Ponte Filho,


n. a 17.12.1985
9n.1521. Sarah Carneiro Ponte,
n. a 05.01.1988

8n.1899.Maria Vânia Ponte Castelo Branco, casou-se e


divorciou-se de Francisco Castelo Branco. Pais de:

9n.1522. Ticiana da Ponte Castelo Branco,


n. a 29.09.1986
9n.1523. Renan da Ponte Castelo Branco,
n. a 09.05.1990

8n.1900.Raimunda Célia Lopes Ponte, n. a 16.02.1951,


inupta.

1560
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1901.Maria das Graças Lopes Ponte, n. a 28.05.1952,


comerciante, casou-se a 06.03.1975, com Antônio Airton Frota, n. a
13.04.1948, filho de Pedro Dias Frota138 e de Cândida Dias Frota. Pais de:

9n.1526. Antônio Fábio Ponte Frota,


n. a 17.10.1975
9n.1527. Adriana Ponte Frota,
n. a 15.01.1980
9n.1528. Aline Ponte Frota,
n. a 17.09.1985
9n.1529. Félix Ponte Frota,
n. a 24.09.1982

8n.1526. Antônio Fábio Ponte Frota, n. a 17.10.1975,


casou-se a 21.12.1996, com Sirlane Souza Frota, filha de Custódio e

8n.1902. Maria de Fátima da Ponte Cunha, n. a 20.09.1953,


casou-se a ... 10.1975 com Luís Gerson Cunha, n. a 12.07. Pais de:

9n.1530.Liliana da Ponte Cunha, n. a 27.02.1978


9n.1531.Rafael da Ponte Cunha, n. a 02.02.1979
9n.1532.David da Ponte Cunha, n. a 24.03.1982
9n.1533.Diego da Ponte Cunha, n. a 19.09.1984

8n.1903. Luís Lopes Ponte, n. a 25.08.1956, casou-se a


14.12.1996, com Maria Neily Queiroz Ponte, n. a 25.05.1969, filha de
José Valdo de Queiroz139 e de Maria de Lourdes de Sousa Queiroz. Pais de:

9n.1518. Inan Queiroz Ponte, n. a 05.01.2000

8n.1904. Jerôncio Lopes Ponte, n. a 19.04.1962, casou-se


com Neyara. Pais de:

138
Pedro Dias Frota, n. a 11.06.1915, filho de João Batista Frota e de Raimunda
Miranda Dias Frota, casou-se a 28.01.1938 com Cândida Dias Frota, n. a 10.03.1919, filha
de Raimundo Dias Gomes, filha de Raimundo Nonato Dias Gomes e de Perolina Almerinda
Feijão (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 321)
139
José Valdo de Queiroz

1561
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1518. Alan Victor Ponte


9n.1519. João Mateus Ponte

***

7n.2330. Maria Cesarina da Ponte Carvalho, n. a 19.10.1920,


casou-se a 19.02.1941 com Jurandir Moreira de Carvalho, filho de
Gonçalo Alves de Carvalho140 e de Ana Rodrigues Moreira de Carvalho.
Pais de:

8n.1905.José Ponte Carvalho


8n.1906.Mirta Maria Ponte Carvalho
8n.1907.Francisco Ponte Carvalho
8n.1908.Vicente Ponte Carvalho
8n.1909.Jurandir Ponte Carvalho
8n.1910.Teresa Maria Ponte Carvalho
8n.1911.Sílvia Maria Ponte Carvalho

8n.1905.José Ponte Carvalho, n. a 30.11.1941, casou-se com


Izeuda Brito de Carvalho. Pais de:

9n.1521.Liduína Brito de Carvalho


9n.1522.Lígia Brito de Carvalho
9n.1523.José Ponte Carvalho Filho
9n.1524.Gustavo Brito de Carvalho

8n.1906.Mirta Maria Ponte Carvalho, n. a 08.12.1943,


casou-se a 17.12.1976 com José Joaquim Fontenele Lopes, filho de
Pedro Viana Lopes141 e de Ângela Frota Fontenele Lopes (Angelita). Pais
de:

9n.1525.Jurandir Carvalho Lopes


9n.1526.Ângela Teresa Carvalho Lopes

140
Gonçalo Alves de Carvalho
141
Pedro Viana Lopes, filho de Joaquim Lopes Ferreira e de Maria Viana Lopes. Casou-
se Ângela Frota Fontenele Lopes (Angelita). (Apud Gentil, Frota -Os Frotas).

1562
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1907.Francisco Ponte Carvalho, n. a 18.01.1948,


Engenheiro Civil e Professor da Universidade Federal da Paraíba. Casou-se
com Dídia Pessoa Caldas Ponte Carvalho. Pais de:

9n.1527.Camila Caldas Ponte Carvalho


9n.1528.Felipe Caldas Ponte Carvalho
9n.1529.Amanda Caldas Ponte Carvalho

8n.1908.Vicente Ponte Carvalho, n. a 09.02.1952, Médico,


formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará,
profissional competente. Vem clinicando como muita seriedade na Santa
Casa de Misericórdia de Sobral. Casou-se com Antônia Parente Carvalho
(Tony), filha de Edgar Gomes Parente 142e de Antônia Mendes Parente.
Pais de:

9n.1530.Ana Jandira Parente Carvalho


9n.1531.Mariana Parente Carvalho
9n.1532.Vicente Ponte Carvalho Filho

8n.1909.Jurandir Ponte Carvalho, n. a 25.12.1954, Médico,


formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará
(UFC). Ainda muito jovem formou-se como muito brilhantismo, vindo a
clinicar em terra natal. Na medicina é um sacerdote e na sociedade um
cidadão de bons costumes. Casou-se a 24.07.1984 com sua parenta Marta
Emília Coelho Carvalho, n. a 27.02.1957, filha de Jorge Silvestre Gomes
Coelho143 e de Carolina Mendes Carneiro.

9n.1533. Ana Carolina Coelho Carvalho


9n.1534. Marta Gabriela Coelho Carvalho

8n.1910.Teresa Maria Ponte Carvalho, n. a 17.12.1959,


solteira.

142
Edgar Gomes Parente, n. A 05.06.1913, filho de Cesário Gomes Parente e de Maria
Ana de Lira Parente. Casou-se a 23.01.1940 com Antônia Mendes Parente, n. A 09.08.1916,
filha de José Mendes Matos e de Felisbela Mendes Matos ( Apud Arruda, F.A.V. –
Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo III, pg 649).
143
Jorge Silvestre Gomes Coelho

1563
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1911.Sílvia Maria Ponte Carvalho, n. a 15.09.1961,


casou-se a 14.06.1985, com Roberto Sérgio Andrade Freitas, n. a
10.08.1960, filho de Fernando Viana Freitas144 e de Maria Teresa Andrade
Freitas. Pais de:

9n.1535. Thiago Carvalho Freitas

***

7n.2331. Rita de Cássia da Ponte Lopes, n. a 30.04.1923,


casou-se a 14.02.1942, com Jacob de Albuquerque Lopes, n. a
01.11.1912, agropecuarista, filho de José Valdevino Lopes145 e de Maria
Amélia Albuquerque Lopes.

8n.1912. João de Deus da Ponte Lopes


8n.1913. Maria de Fátima Lopes Medeiros
8n.1914. Francisco de Assis da Ponte Lopes
8n.1915. Francisco da Ponte Lopes
8n.1916. Maria Amélia Lopes Amaral
8n.1917. Januário da Ponte Lopes
8n.1918. Jacó de Albuquerque Lopes Filho

8n.1912. João de Deus da Ponte Lopes, n. a 24.06.1943. Diretor


da Rádio do Vaticano em Roma. Casou-se com Maria Teresa Lopes,
italiana, fal. Pais de:

9n.1536. Sandro Lopes


9n.1537. Sílvia Lopes

8n.1905. Lígia Maria da Ponte Lopes, n. a 30.10.1945 e faleceu


com 10 anos de idade.

8n.1906. Maria de Fátima da Ponte Lopes Medeiros, n. a


30.04.1947 e faleceu a 30.05.1981, formadada em Biblioteconomia,

144
Fernando Viana Freitas
145
José Valdevino Lopes

1564
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

funcionária da Embrapa.. Casada que foi com o Dr. Luís Pinto Medeiros,
pesquisador da EMBRAPA, no Estado do Piauí, filho de Luiz Pinto da
Silva e de Rosa Amélia da Silva Pais de:

9n.1538. Adriana da Ponte Lopes Pinto Medeiros, n.


a 21.05.1981

8n.1907. Francisco de Assis da Ponte Lopes, faleceu aos 16


anos de idade.

8n.1908. Francisco da Ponte Lopes, n. a 28.07.1948. Formado


em Ciências Contábeis pela Universidade do Vale do Acaraú e em Direito
pela Universidade Federal do Pará. Advogado do Banco do Brasil. Casou-
se a 22.08.1978 com Vera Lúcia Arruda Lopes, n. a 15.08.1955, filha de
Francisco Arruda Vasconcelos146 e Hosana Oliveira Vasconcelos. Pais de:

9n.1539. Valéria Arruda da Ponte Lopes,


n. a 21.03.1981
9n.1540. Natália Arruda da Ponte Lopes,
n. a 26.06.1983
9n.1541. Túlio Arruda Lopes (gêmeo),
n. a 03.04.1988
9n.1542. Tiago Arruda Lopes (gêmeo),
n. a 03.04.1988

8n.1909. Maria Amélia Lopes Amaral (Maroca), Eng.


Agrônoma, formada pela Universidade Federal do Ceará. Casou-se a
01.11.1977 com João Batista do Amaral, Eng. Agrônomo, formado pela
Faculdade de Agronomia do Ceará (UFC), filho de Antônio Alves do
Amaral e de Àurea Saraiva doAmaral. Rresidem em Macapá Pais de:

9n.1543.Rafael Lopes Amaral, n. a 17.08.1978

146
Francisco Arruda Vasconcelos, n. em Massapê (CE), comerciante aposentado,
tendo trabalhado por muitos anos com Chapéus de Palha em Sobral. Casou-se duas vezes. A
1ª, a 21.05.1951 com Hosana Oliveira Vasconcelos, filha de Francisco Oliveira Quintino e
de Antônia Assunção Oliveira. A 2ª, a 31.08.1969 com Suzete Viana Vasconcelos, n. a
09.10.1943 em Massapê (CE), filha de Manoel Viana Menezes e de Maria Edite Olímpio
Menezes (Apud Arruda, F.A.V. Genealogia Sobralense, Vol III, Os Arrudas, 2@Ed. Pg
119, 1987).

1565
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1546.Luciano Lopes Amaral, n. a 23.11.1978


9n.1544.Samara Lopes Amaral, n. a17.06.1980
9n.1545.Daniel Lopes Amaral, n. a 02.10.1982
9n.1547.Lucas Lopes Amaral, n. a 16.03.1985
9n.1548.Camila Lopes Amaral, n. a 22.04.1991

9n.1543.Rafael Lopes Amaral, n. a 17.08.1978, formado a


06.07.2001 em Direito pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).
Promotor no Estado do Piauí, aprovado em conccurso público de
30.09.2002. Assumindo inicialmente suas funções no município de
Curimatá (PI), posteriormente nas cidades de Porto (PI) , Regeneração.
Autalmente se encontra na Curadoria do Meio-Ambiente em Teresina.
Aprovado em concurso público para Magistratura Cearense em agosto de
2005, aguarda a convocação. Casou-se a 24.05.2002, emsobral (CE) com
Sálvia Sobreira do Amaral, n. a 13.11.1975, Psicóloga, formada pela
Universidade Federal do Ceará, filha de Francisco Xavier Lima Sobreira147
e de Marieta Parente Sobreira.

9n.1546.Luciano Lopes Amaral, n. a 23.11.1978, filho


adotivo. Casou-se sendo pai de dois filhos.

10n.1234. Luís Henrique


10n.1234. Maria Clara

9n.1544.Samara Lopes Amaral, n. a17.06.1980, casou-se


com Tácito Guimarães Carvalho, filho de Antônio Maurício Ribeiro de
Carvalho e de Amélia Guimarães Carvalho.

8n.1910. Ana Maria da Ponte Lopes Pinto Medeiros, casou-se


com seu cunhado Dr. Luís Pinto Medeiros, n. a 16.02.1945, em Paraíba,
viúvo de Maria de Fátima Lopes Medeiros, filho de Luiz Pinto da Silva e
de Rosa Amélia da Silva. Pais de:

147
Francisco Xavier Lima Sobreira, n. a 02.11.1947, em Sobral (CE), Médico, filhodo
Dr. Moacir Gomes Sobreira e de Alaíde Ferreira Lima Sobreira. Casou-se com Marieta
Parente Sobreira, n. a 28.09.1952, filha de Edmir Ribeiro Parente e de Maria Stela Cruz
Parente ( Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo
II, pg 363)

1566
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1535. Juliana Lopes Medeiros, n. a 05.08.1984


9n.1536. Mariana Lopes Medeiros, n. a 22.03.1989

8n.1911. Januário da Ponte Lopes. formado em Engenharia


Civil, casou-se com Roberta Assunção Lopes, natural de Teresina-PI
Médica Pediatra, em Teresina-PI. Pais de:

9n.1537. Victor Assunção Lopes


9n.1538. Angélica Assunção Lopes

8n.1912. Jacó de Albuquerque Lopes Filho, formado em


Farmácia. Solteiro.

***

7n.2332. Teresinha de Jesus Ponte Aragão, n. a


24.01.1929. Casou-se a 14.07.1951, com Raimundo Conrado Aragão, n.
a 03.03.1923, filho de Conrado José Rodrigues Aragão148 e de Raimunda
Ximenes Aragão, irmã do poeta Paulo Ximenes Aragão. Pais de:

8n.1913. Francisca Ponte Aragão


8n.1914. Vicente Conrado Ponte Aragão
8n.1915. Maria de Fátima Ponte Aragão
8n.1916. Francisco Edilson Ponte Aragão
8n.1917. Francisco Afrânio Ponte Aragão
8n.1918. Geraldo Ponte Aragão

8n.1913. Francisca Ponte Aragão, n. a 05.05.1952. Casou-se a


14.07.1976 com Francisco Artargnan Aragão Matos, filho de João
Francisco de Matos149 e Maria Íria Loyola Matos. Pais de:

9n.1539. Kérsio Aragão Matos


9n.1540. Tarsio Aragão Matos

148
Conrado José Rodrigues Aragão
149
João Francisco de Matos

1567
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1914. Vicente Conrado Aragão, n. a 21.03.1953. Funcionário


do Banco do Brasil. Casou-se com Carolina Lopes Aragão, filha de
Raimundo Lopes Macedo150 e Rita Parente Lopes. Pais de:

9n.1541.Jussara Lopes Aragão


9n.1542.Yara Lopes Aragão
9n.1543.Vicente Conrado Aragão Filho
9n.1544.Lyamara Lopes Aragão

8n.1915. Maria de Fátima Ponte Aragão Pessoa, n. a


14.07.1954. Médica. Casou-se com Marcos Vinicíus Magalhães Pessoa.
Advogado. Pais de:

9n.1545. Germano Aragão Pessoa


9n.1546. Ticiano Aragão Pessoa
9n.1547. Juliano Aragão Pessoa

8n.1916. Francisco Edilson Ponte Aragão, n. a 17.12.1957,


Arquiteto, formado pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal
do Ceará. Vereador, Deputado Estadual e Vice- Prefeito de Sobral por duas
vezes. Secretario de Obras, na Gestão do Prefeito Cid Ferreira Gomes,
Gestão 1996 a 2000. Casou-se com Geovania Maria G. Andrade
Aragão, filha de Jeová Andrade 151e Elsa G. Andrade. Pais de:

9n.1548.Sofia Andrade Aragão


9n.1549.Gabriela Andrade Aragão
9n.1550.Igor Andrade Aragão

8n.1917. Francisco Afrânio Ponte Aragão, n. a 09.04.1959.


Eng.-Civ. Casou-se a 28.04.1984 Vânia Maria Linhares Ponte Aragão,
n. a 12.04.1960, filha de João Arruda Ponte152 e Francisca Linhares Ponte.
Pais de:

9n.1551. Natalina Ponte Aragão


9n.1552. Helano Ponte Aragão
150
Raimundo Lopes Macedo
151
Jeová Andrade
152
João Arruda Ponte

1568
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1918. Geraldo Ponte Aragão, n. a 05.02.1963, casou-se com


Aldair Aragão. Pais de:

9n.1553.
9n.1554.

*§*

Sn.1087. FRANCISCO DAS CHAGAS FERREIRA DA


PONTE, n. a 26.05.1886. Casou-se com FRANCISCA PARENTE
PONTE, n. a 30.01.1899, filha de Manoel Francisco Gomes Parente153 e
Maria Gomes Parente. Pais de:

7n.897. Gonçala da Ponte Silva

7n.897. Gonçala da Ponte Silva, n. a 12.01.1926. Casou-se a


16.09.1950 com Edilberto Ribeiro da Silva, n. a 28.01.1919, filho de
Pedro Ribeiro da Silva154 e Francisca Fernandes da Silva. Pais de:

8n.1919.Francisca da Ponte Ribeiro


8n.1920.Francisco de Assis da Ponte Silva
8n.1921.Maria de Fátima Ponte Ribeiro
8n.1922.Pedro Carlos da Ponte Silva

8n.1919. Francisca da Ponte Ribeiro, n. a 10.07.1951,


solteira.

8n.1920. Francisco de Assis da Ponte Silva, n. a 31.05.1954.


Casou-se com Maria Gorete Coelho Silva, filha de José Luzair Coelho
155
e de Maria Aurenir Freire Coelho. Pais de:

9n.1549.Janaina Coelho Ponte


9n.1550.Luzana Coelho Ponte

153
Manoel Francisco Gomes Parente
154
Pedro Ribeiro da Silva
155
José Luzair Coelho

1569
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1551.Rafaela Coelho Ponte


9n.1552.Ítalo Coelho Ponte

8n.1921. Maria de Fátima Ponte Ribeiro, n. a 28.12.1957.


Casou-se com Francisco Parente Ribeiro (ICO), filho de Gerardo Ribeiro
da Silva e Creusa Parente Ribeiro. Pais de:

9n.1553. Talita da Ponte Ribeiro


9n.1554. Monique da Ponte Ribeiro

8n.1922. Pedro Carlos da Ponte Silva, solteiro.

*§*

Sn.1088. JOSÉ ANANIAS FERREIRA DA PONTE. Casou-se


com GILDA PARENTE DA PONTE, filha de Alfredo Gomes Parente156
e de Francisca Adelina da Silva. Pais de:

8n.898. Maria Aurila Parente


8n.899. Maria Dolores Parente

8n.898. Maria Aurila Parente. Casou-se a 11.09.1940 com


Jocilen Gomes Parente, filho de Belarmino Gomes Parente157 e Raimunda
Ponte.

8n.899. Maria Dolores Parente. Casada com Fontenele.

*§ *

156
Alfredo Gomes Parente
157
Belarmino Gomes Parente

1570
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.1089. DIOGO GOMES FERREIRA DA PONTE, fal.


solteiro.

*§ *

Sn.1090. JOSÉ VICENTE FERREIRA DA PONTE (2º do


nome). Casou-se com VICENTINA AZEVEDO DA PONTE. Pais de:

7n.900. Francisca Parente Ponte


7n.901. Benedito Azevedo da Ponte
7n.902. Francisca das Chagas A. da Ponte
7n.903. Antônio Azevedo da Ponte
7n.904. Vicente Azevedo da Ponte
7n.905. Raimundo Azevedo da Ponte
7n.906. Francisca Azevedo da Ponte

7n.900. Francisca Júlia Ponte Arruda, casou-se a


26.07.1947 com João Alfredo de Arruda, filho de José Alfredo de Arruda
158
e de Maria de Aguiar Arruda. Pais de:

8n.1923. Francisco de Assis Ponte Arruda


8n.1924. Francisco José Ponte Arruda
8n.1925. Francisco Antônio Ponte Arruda
8n.1926. Bartolomeu Ponte Arruda
8n.1927. Anastácio Ponte Arruda
8n.1928. Maria da Paz Ponte Arruda
8n.1929. Maria Dorilene Ponte Arruda
8n.1930. Nazaré Ponte Arruda

***

158
José Alfredo de Arruda, filho de José Alfredo de Arruda, n. a 19.06.1893, casou-se
em 1914 com Maria Agda Ferreira da Ponte Arruda, n. em 1895, filha de Rafael Ferreira da
Ponte e de Francisca Onório Ximenes do Prado ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol III, pg 338).

1571
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.901. Benedito Azevedo da Ponte. Casou-se a 20.09.1950 com


Adelina Parente Ponte, filha de Belarmino Gomes Parente e de Raimunda
da Ponte Parente.

7n.902. Francisca das Chagas Azevedo da Ponte

7n.903. Antônio Azevedo da Ponte. Faleceu solteiro.

7n.904. Vicente Azevedo da Ponte

7n.905. Raimundo Azevedo da Ponte

7n.906. Francisca Azevedo da Ponte

*§ *

Sn.1091. FRANCISCA DAS CHAGAS DA PONTE (DONA),


casou-se a 29.09.1943 com FRANCISCO XIMENES DA AZEVEDO,
filho de Paulo Ximenes do Prado 159e de Benedita Ximenes de Azevedo.

*§ *

Sn.1092. MARIA DO CARMO DA PONTE, fal. inupta.

*§ *

Sn.1093.JOAQUIM FERREIRA DA PONTE, casou-se com


MARIA FERREIRA DA PONTE. Pais de:

7n.906. Francisca Azevedo da Ponte

159
Paulo Ximenes do Prado

1572
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.906. Francisca Azevedo da Ponte, casou-se a 15.03.1950


com Gerardo Bezerra Araújo, filho de Pedro Bezerra de Araújo e de
Tereza Bezerra do Prado.

* § *

Sn.1094. ANTÔNIO FERREIRA DA PONTE, fal. criança.

* § *

Sn.1095. FRANCISCO FERREIRA DA PONTE, fal. criança.

* § *

Sn.1096. MANOEL FERREIRA DA PONTE, fal. criança.

*§§*

Pn.163. João Conrado Ferreira da Ponte, casou-se a


09.06.1877, com sua prima Filomena Gomes da Ponte, filha de
Belarmino Gomes Parente160 e de sua primeira mulher, Maria de Lira
Parente. Pais de:

Sn.1097. JOÃO AUGUSTO G. DA PONTE


Sn.1098. VICENTE GOMES DA PONTE
Sn.1099. SAMUEL GOMES DA PONTE
Sn.1100. FRANCISCO CONRADO DA PONTE
Sn.1101. LAVÍNIA GOMES DA PONTE
Sn.1102. MARIANA GOMES DA PONTE
Sn.1103. CAROLINA GOMES DA PONTE
Sn.1104. MARIA HELIOÁ G. DA PONTE

160
Belarmino Gomes Parente

1573
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.1097. JOÃO AUGUSTO GOMES DA PONTE. Casou-


se a 15.05.1928 com BRASILINA PARENTE PINTO, filha de José
Ferreira Pinto161 e Mariana Parente Pinto. Sem sucessão.

***

Sn.1098. VICENTE GOMES DA PONTE, n. a 18.01.1888 e


faleceu a 19.05.1966, em Sobral. Guarda-livros, trabalhou em diversas
firmas conceituadas como: J. Thomaz & Cia., Banco Mercantil Caixeiral e
R. Frota & Cia., sendo esta última até sua aposentadoria. Casou-se a
02.02.1916, com FRANCISCA CECY RIBEIRO DA PONTE, n. a
06.08.1894 e faleceu a 14.06.1969, em Sobral. Filha de Antônio Fideralino
Ribeiro da Silva162 e de Julieta Xerez Ribeiro. Pais de:

7n.912. João Conrado Ribeiro da Ponte

7n.912. João Conrado Ribeiro da Ponte, n. a 17.11.1916.


Comerciante de destaque na cidade de Sobral com a firma comercial “João
Conrado Ponte”, fundada em 15.03.1943. Casou-se a 14.10.1941, com
Maria Lira da Ponte, n. a 02.02.1918, filha de José Lira Pessoa (filho de
Galdino de Lira Pessoa e Izabel Aguiar de Lira) e de Jacy Mendes Lira.
Pais de:

8n.1923. Francisca Jacy da Ponte Ximenes


8n.1924. Cecy Teresinha Ponte de Almeida

8n.1923. Francisca Jacy da Ponte Ximenes, n. a 03.08.1947.


Casou-se com Antônio Atibone Ximenes, filho de Raimundo Atibone
Ximenes163. Pais de:

9n.1555. Michele da Ponte Ximenes


9n.1556. Melina da Ponte Ximenes
9n.1557. Keila da Ponte Ximenes
9n.1558. Glenda da Ponte Ximenes
9n.1559. Maiara da Ponte Ximenes
161
José Ferreira Pinto
162
Antônio Fideralino Ribeiro da Silva
163
Raimundo Atibone Ximenes

1574
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1555. Michele da Ponte Ximenes, n. a 05.07.1974, casou-


se a 03.07.1998 com Martônio Vasconcelos Rufno, n. a 25.01.1969, filho
de Gerardo Rufino e de Francisca Vasconcelos Rufino.

8n.1924. Cecy Teresinha Ponte de Almeida, n. a 14.05.1950.


Funcionária do Banco do Brasil em Sobral. Casou-se a 20.12.1970 com
Fernando Rodrigues de Almeida, n. a 03.02.1944 funcionário público
estadual. Foi presidente do LIONS CLUBE CAIÇARA, onde teve a
oportunidade de realizar alguns empreendimentos em prol da comunidade e
por várias vezes 1º Secretário do mesmo Clube, filho de Antônio Joaquim
Rodrigues de Almeida164 e Alda Lopes Rodrigues de Almeida. Pais de:

9n.1560.Fernando Rodrigues de Almeida Júnior,


n. a 19.06.1977
9n.1561.João Conrado Ponte de Almeida,
n. a 25.08.1980
9n.1562.Távio Ponte de Almeida,
n. a 02.12.1982
9n.1563.Myrian Ponte de Almeida,
n. a 01.07.1986
9n.1564.Túlio Ponte de Almeida,
n. a 06.09.1989

***

Sn.1099. SAMUEL GOMES DA PONTE, n. a 23.03.1893 e


faleceu a 31.12.1956, em Sobral. Comerciante de grande destaque na
cidade de Sobral. Fundou a firma “SAMUEL GOMES DA PONTE”, da
qual é sucessora “GOMES DA PONTE & CIA”. Foi Presidente da Ordem
3ª Franciscana e, na sua gestão, foi construída a Igreja de São Francisco.
Durante muitos anos foi Mordomo da Santa Casa de Misericórdia de
Sobral. Foi também um dos principais articuladores do 1º Congresso
Eucarístico de Sobral. Colaborou com o Bispo D. José Tupinambá da Frota
na sua administração. Casou-se com ANTÔNIA CAVALCANTE

164
Antônio Joaquim Rodrigues de Almeida

1575
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

PONTE, nascida em 1900, filha de Antônio Lacerda Cavalcante165 e


Maria da Penha Frota. Pais de:

7n.913. José Astélio Ponte


7n.914. Maria de Jesus Ponte Aguiar
7n.915. Francisca Ione Ponte
7n.916. Aurélio Cavalcante da Ponte
7n.917. Zélia Cavalcante Ponte

7n.913. José Astélio Ponte. Casou-se com Maria de Lourdes


Ponte. Pais de:

8n.1925. Samuel Gomes da Ponte Neto


8n.1926. Antônia Zulmira Ponte
8n.1927. Marcos Raimundo Ponte
8n.1928. Maria da Conceição Ponte
8n.1929. Lúcia Maria Ponte Santos
8n.1930. José Astélio Gomes da Ponte Filho
8n.1931. Maria de Lourdes Ponte
8n.1932. Márcia Ponte Passeto
8n.1933. Brasília Ponte

8n.1925 . Samuel Gomes da Ponte Neto casou-se com Mary


Borges Ponte, natural de Goiânia. Pais de:

9n.1564. Samuel Gomes da Ponte Filho


9n.1565. Luciana Borges Ponte
9n.1566. Mariana Borges Ponte

8n.1926. Antônia Zulmira Ponte Bittencourt. Casou-se com


Edmar Bittencourt, de Minas Gerais. Pais de:

9n.1567. Edmar Bittencourt Filho


9n.1568. Patricia Ponte Bittencourt
9n.1569. Cristine Ponte Bittencourt
9n.1570. Eduardo Ponte Bittencourt

165
Antônio Lacerda Cavalcante

1576
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1927. Marcos Raimundo Ponte casou-se com Marlene de


Oliveira Ponte. Pais de:

9n.1571. Marta Daniele Ponte


9n.1572. Maria Izabele Ponte
9n.1573. Maria Gabriele Ponte

8n.1928. Maria da Conceição Ponte Oliveira. Casou-se com


Paulo César de Oliveira, nascido em São Paulo. Pais de:

9n.1574. Paulo Henrique P. Oliveira


9n.1575. Daniele Ponte Oliveira
9n.1576. Luciano Ponte Oliveira

8n.1929. Lúcia Maria Ponte Santos, casou-se com Mário Luiz


Santos, nascido em São Paulo. Pais de:

9n.1577. Mário Luiz P. Filho


9n.1578. Guilherme Ponte Santos

8n.1930. José Astélio Gomes da Ponte Filho, casou-se com


Cláudia Maria Campos Pires Ponte, nascida em Goiânia. Pais de:

9n.1579. Rafaela Pires Ponte


9n.1580. José Astélio G. da Ponte Neto

8n.1931. Maria de Lourdes Ponte Pedrosa, casou-se com Carlos


Pedrosa Júnior, nascido no Rio de Janeiro. Pais de:

9n.1581.Tatiana Ponte Pedrosa


9n.1582.Fabiana Ponte Pedrosa
9n.1583.Carlos Pedrosa Neto

8n.1932. Márcia Ponte Passeto, casou-se com José Humberto


Passeto.

8n.1933. Brasília Ponte. Casou-se com Norma Sueli


Cavalcante Ponte.

1577
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

7n.914. Maria de Jesus Ponte Aguiar, casou-se a 02.05.1942


com Raimundo Mendes de Aguiar, falecido, filho de Napoleão Néri de
Aguiar166 e Islay Mendes de Aguiar. Pais de:

8n.1934. José Lírio da Ponte Aguiar


8n.1935. Antônia Maria da Ponte
8n.1936. Maria de Lourdes da Ponte Aguiar
8n.1937. Napoleão Sérgio da Ponte Aguiar
8n.1938. Ana Islay Aguiar Rangel
8n.1939. Francisco Samuel Ponte Aguiar
8n.1940. Antônio Luís da Ponte Aguiar
8n.1941. Tereza Goretti da Ponte Aguiar
8n.1942. Maria de Jesus Aguiar Frota
8n.1943. Raimundo Mendes Aguiar

8n.1934. José Lírio da Ponte Aguiar. Casou-se com Lúcia


Machado Gonçalves Aguiar. Pais de:

9n.1584. Hélio Rubens Gonçalves Aguiar

8n.1935. Antônia Maria da Ponte. Casou-se com Ivo Nery


Oliveira. Pais de:

9n.1585. Ricardo Aguiar Oliveira

8n.1936. Maria de Lourdes da Ponte Aguiar

8n.1937. Napoleão Sérgio da Ponte Aguiar, casou-se com


Sandra Biriba Aguiar. Pais de:

9n.1586. Renata Ponte Aguiar


9n.1587. Roberta Ponte Aguiar

166
Napoleão Néri de Aguiar, filho de Francisco Cândido de Aguiar e de Ermelinda Néri
Portela, casou-se a 02.08.1916 com Islái Mendes Aguiar, filha de Raimundo Nonato
Vasconcelos e de Maria José Mendes (Apud Araújo, Francisco Sadoc, Cronologia
Sobralense, Vol. V, pg 70).

1578
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1938. Ana Islay Aguiar Rangel, casou-se com Osvaldo


Rangel Neto, n. a 07.04.1940. Engenheiro Civil, filho de José Edson
Rangel167 e de Alpha Mont’Alverne Rangel. Pais de:

9n.1588.Cláudio Régis Aguiar Rangel


9n.1589.Osvaldo Aguiar Rangel
9n.1590.Inês Aguiar Rangel

8n.1939. Francisco Samuel Ponte Aguiar, casou-se com Salete


Mendonça Aguair. Pais de:

9n.1591. Alexandre Mendonça Aguiar


9n.1592. José Lírio Aguiar Sobrinho

8n.1940. Antônio Luís da Ponte Aguiar.

8n.1941. Tereza Goretti da Ponte Aguiar, casou-se com


Ernane Mendes Nobre. Pais de:

9n.1593. Régis Aguiar Nobre


9n.1594. Lívia Aguiar Nobre
9n.1595. Mariana Aguiar Nobre

8n.1942. Maria de Jesus Aguiar Frota, casou-se com Sílvio


Monte Coelho Frota, Médico. Pais de:

9n.1596.Celina Aguiar Frota


9n.1597.Lucas Aguiar Frota

8n.1943. Raimundo Mendes Aguiar

** *

7n.915. Francisca Ione Ponte Mendes Carneiro, Casou-se com


José Bismark Mendes Carneiro, filho de Pedro Mendes Carneiro168 e
167
José Edson Rangel

1579
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Diva Cavalcante Mendes Carneiro. (Cit. Genealogia Sobralense, Vol II, Os


Gomes Parente, Tomo I, pg 107).

***

7n.916. Aurélio Cavalcante da Ponte, n. a 09.12.1927.


Comerciante, Vice-Presidente da Federação do Comércio Lojista do Ceará.
Foi Presidente do Comércio Atacadista de Sobral e Presidente da
Associação Comercial de Sobral. Atualmente exerce o cargo de Presidente
do Clube de Diretores Lojistas de Sobral e Vogal da Junta de Conciliação
de Julgamento de Sobral. Diretor da Firma Gomes da Ponte & Cia. Foi
Governador do Distrito L-15 do Lions no Estado do Ceará. Casou-se a
25.06.1951 com Maria do Socorro Cavalcante da Ponte, n. a 25.06.1932,
filha de Victor de Castro Cavalcante169 e de Francisca Elusa Lopes
Cavalcante. Pais de:

8n.1944. Giovani Cavalcante da Ponte


8n.1945. Antônia Ponte Paula Pessoa
8n.1946. Maria do Carmo Ponte Dias
8n.1947. Victor Samuel Cavalcante da Ponte
8n.1948. João Conrado Cavalcante da Ponte
8n.1949. Eluza Parente Laprovítera Teixeira
8n.1950. José Cavalcante da Ponte
8n.1951. Sávio Cavalcante da Ponte
8n.1952. Aurélio Ponte Filho

8n.1944. Giovani Cavalcante da Ponte, n. a 03.05.1952. Casou-


se com Flávia, de Goiás. Pais de:
168
Pedro Mendes Carneiro, n. a 16.10.1891, em Sobral (CE), filho do Cel. Antônio
Mendes Carneiro e de Maria Leoncina Andrade Mendes Carneiro, Fez os estudos primários
na terra natal. Exerceu as funções de 1o Escrivão do Civil e Crime e Anexos. Oficial do
Registro de Imóveis e de Títulos e Documentos, por titulo assinado pelo Presidente do
Estado Dr. João Tome de Sabóia e Silva. Casou-se a 04.12.1915 com Diva Cavalcante
Mendes Carneiro, filha do Cap. Ildefonso de Holanda Cavalcante e de Maria Carolina
Franca Cavalcante (Maroca).( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia Sobralense, Os Vol II, Os
Gomes Parente, Tomo I, pg 106).
169
Victor de Castro Cavalcante, filho de José Parente de Albuquerque e de Maria
Fausta Urcesina, casou-se a 23.11.1923 com Francisca Elusa Lopes, filha de José Alcino
Lopes Cavalcante e de Maria Am┌lia Albuquerque ( Apud Araújo, F. Sadoc – Cronologia
Sobralense, Vol V, pg 129).

1580
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1598. Marina Ponte


9n.1599. Gustavo Ponte

8n.1945. Antônia Ponte Paula Pessoa, casou-se a 18.10.1975


com João Francisco Albuquerque de Paula Pessoa, filho do Deputado
Dr. Francisco Figueiredo Paula Pessoa170, e de Benedita Maria
Albuquerque Paula Pessoa. Pais de:

9n.1600.Francisco Ponte Paula Pessoa


9n.1601.João Aurélio Ponte Paula Pessoa
9n.1602.Pedro Ponte Paula Pessoa

8n.1946. Maria do Carmo Ponte Dias, casou-se a 03.09.1977


com Francisco José Ponte Dias, filho de José Anastácio Dias171 e Ana
Alice Ponte Dias. Pais de:

9n.1603. Ana Alice


9n.1604. José

8n.1947. Victor Samuel Cavalcante da Ponte. Oficial da


Marinha. Casou-se com Maria de Lourdes Lopes Mendes, filha de Josué
Albuquerque Lopes172 e Maria de Lourdes Frota Lopes.

170
Francisco Figueiredo Paula Pessoa, n. a 13.07.1921, Engenheiro Agrônomo, foi
Deputado Estadual e Secretario de Agricultura do Estado do Ceara, filho de João Figueiredo
de Paulo Pessoa e de Eutália Capote de Paula, casou-se com Dra. Benedita Albuquerque
Paula Pessoa, filha de Francisco das Chagas Albuquerque e de Laurência Albuquerque(Apud
Araújo, F. Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol V, pg 104).
171
José Anastácio Dias, filho de Manuel Boaventura Anastácio e de Maria Dias
Anastácio, casou-se a 10.01.1935 com Ana Alice Ponte Dias, filha de Francisco romano da
Ponte e de Maria José Araújo ( Apud Araújo, F. Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol V, pg
200).
172
Josué Albuquerque Lopes, filho de José Alcino Lopes Cavalcante, chamado em
família Zeca Valdevino, residia no Logradouro, e de Maria Amélia Albuquerque. Casou- se
com Maria de Lourdes Frota Lopes, filha de João Tomé da Frota e de Petronilha Teixeira
Gomes (Apud Gentil, José da Frota – Os Frotas, pg 503).

1581
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1948. João Conrado Cavalcante da Ponte, n. a 12.09.1957.


Casou-se com Claudine Parente Ponte, n. a 01.06.1963, filha de Milton
Ribeiro Parente 173e de Maria das Dores Guimarães Parente (Dolores). Pais
de:

9n.1605. Natália Parente Ponte,


n. a 27.09.1983
9n.1606. Artur Parente Ponte,
n. a 23.01.1987 (Gêmeo)
9n.1607. Victor Parente Ponte,
n. a 23.01.1987 (Gêmeo)

8n.1949. Eluza Parente Laprovítera Teixeira. Casou-se com


Francisco Antônio Laprovítera Teixeira. Pais de:

8n.1608. Fernando Victor L. Teixeira


8n.1609. Joana Laprovítera Teixeira

8n.1950. José Cavalcante da Ponte

8n.1951. Sávio Cavalcante da Ponte

8n.1952. Aurélio Ponte Filho

***

7n.917. Zélia Ponte Vasconcelos, casou-se a 10.05.1952 com


José Coelho de Vasconcelos, filho de Francisco Sabino Vasconcelos174 e
de Isabel Coelho Vasconcelos. Pais de:

173
Milton Ribeiro Parente, n. a 02.10.1928 e fal.a 03.04.1974, filho de Diogo Honório
Gomes Parente, fiscal da Mesa de Rendas de Sobral, e de Rufina Ribeiro Parente. Casou-se
com Maria das Dores Guimarães Parente (Dolores), n. a 21.12.1932, filha de João Elesbão
Guimarães e de Alice Ferreira Guimarães (Apud Arruda, F. AV. –Genealogia Sobralense,
Vol II, Os Gomes Parente, Tomo II, pg 369)>
174
Francisco Sabino Vasconcelos, nasceu em Santana do Acaraú a 25 de setembro de
1874 e faleceu em Sobral a 28 de janeiro de 1966, filho de Manuel Sabino de Vasconcelos e
de Filomena Maria de Andrade. Casou-se a 24.07.1897 com Isabel do Monte Coelho, filha

1582
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1953. Isabel Ponte Vasconcelos


8n.1954. Samuel Ponte Vasconcelos
8n.1955. Emanuel Ponte Vasconcelos
8n.1956. Antônia Ponte Vasconcelos
8n.1957. José Coelho Filho
8n.1958. Zélia Ponte Vasconcelos

8n.1953. Isabel Ponte Vasconcelos

8n.1954. Samuel Ponte Vasconcelos. Casou-se com Ione


Vasconcelos. Pais de:

9n.1610. Samuel Vasconcelos


9n.1611. José Coelho Vasconcelos

8n.1955. Emanuel Ponte Vasconcelos

8n.1956. Antônia Ponte Vasconcelos

8n.1957. José Coelho Filho

8n.1958. Zélia Ponte Vasconcelos

***

de Francisco Domingues Coelho e de Vicência Ferreira do Monte (Apud Araújo, Francisco


Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 180)

1583
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.918. Celina Ponte Soares, casou-se a 24.12.1952 com


Antônio Frota Soares, filho de Miguel Arteiro Soares 175e Isaura Frota
Soares. Pais de:

8n.1959.Isaura Ponte Soares Cruz


8n.1960.Miguel Ponte Soares
8n.1961.Antônia Soares Herbert
8n.1962.Maria do Carmo Soares Luvdice
8n.1963.Mônica Ponte Soares

8n.1959. Isaura Ponte Soares Cruz. Casou-se com Ivan Cruz.


Pais de:

9n.1612. Elisa Ponte Soares Cruz


9n.1613. Rafael Soares Cruz

8n.1960. Miguel Ponte Soares. Casou-se com Carla Sales Lima


Soares. Pais de:

9n.1614. Alexandre Sales Lima Soares

8n.1961. Antônia Soares Herbert. Casou-se com Paulo


Herbert.

8n.1962. Maria do Carmo Soares Luvdice. Casou-se com


Maurício Leite Luvdice. Pais de:

9n.1615. Felipe Soares Luvdice

8n.1963. Mônica Ponte Soares. Casou-se com Hugo Pinho.

***

175
Miguel Arteiro Soares, filho de José Arteiro Soares e de Julia, casou-se com Isaura
Frota Soares, filha de Antônio da Frota Portela e de Maria Firmina da Frota (Apud Gentil,
Pe. José da Frota – Os Frotas, pg 585).

1584
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.919. Altair Cavalcante da Ponte, casou-se a 05.04.1956


com Francisco Edir de Castro Ponte, filho de Francisco Conrado
Ponte176 e Cleonice de Castro Ponte. Pais de:

8n.1963. Lígia Ponte Ribeiro


8n.1964. Sílvia Ponte Carvalho
8n.1965. Sandra Maria Cavalcante da Ponte
8n.1966. Cláudia Cavalcante da Ponte
8n.1967. Vânia Cavalcante da Ponte

8n.1963. Lígia Ponte Ribeiro. Casou-se com Guilherme Duarte


Ribeiro. Pais de:

9n.1616. Daniele Ponte Ribeiro


9n.1617. Gustavo Ponte Ribeiro

8n.1964. Sílvia Ponte Carvalho. Casou-se com Cristiano


Viveiros de Carvalho.

8n.1965. Sandra Maria Cavalcante da Ponte. Casou-se com


José Carlos Fiúza.

8n.1966. Cláudia Cavalcante da Ponte

8n.1967. Vânia Cavalcante da Ponte

***

7n.920 . Maria Cavalcante da Ponte. Religiosa.

***

7n.921. Rosália Ponte Daher. Casou-se com Daher Moisés. Pais


de:

176
Francisco Conrado Ponte (Pn.420) ,filho de João Conrado Ferreira da Ponte e de
Filomena de Lira Parente, casou-se a 12.11.1922 com Cleonice de Castro Ponte, filha de
Augusto de Castro Silva e Maria Carminha Souza de Castro ( Apud Arruda, F. A.V.-
Genealogia Sobralense, Vol III, pg 995).

1585
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.1968. Dibo Ponte Daher


8n.1969. Daher Moisés Daher Filho
8n.1970. Yara Ponte Daher

***

7n.922. Inês Ponte Gonçalves. Casou-se com João Holanda


Barbosa. Pais de:

8n.1971. João Euvídio da Ponte Gonçalves


8n.1972. Rosa Maria da Ponte Gonçalves

***

7n.923. Guido Cavalcante da Ponte, n. a 08.05.1935. Casou-se


a 02.07.1960 com Ana Eunice Carneiro da Ponte, n. a 23.07.1939, filha
de José Ademar Carneiro177 e Rita de Cássia Lourinho. Pais de:

8n.1973. Lisiane Carneiro Ponte,


n. a 23. .1963
8n.1974. Lígia Maria Carneiro Ponte,
n. a 28.05.1974
8n.1975. Guido Ponte Filho,
n. a 18.06.1977

***

7n.924. Teresa Ponte Alencar. Casou-se com Francisco Pereira


Alencar. Pais de:

8n.1973. Antônia Ponte Alencar


8n.1974. Henrique Ponte Alencar
8n.1975. Sônia Pónte Alencar
8n.1976. Fernanda Ponte Alencar
8n.1977. Flávia Ponte Alencar

177
José Ademar Carneiro

1586
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

7n.925. Rita Vânia Pompeu. Casou-se com João Pompeu


Magalhães Neto, filho de Randal Pompeu de Sabóia Magalhães178 e Hilda
Mendonça Lopes. Pais de:

8n.1978.Randal Pompeu Neto


8n.1979.João Hildo Ponte Randal
8n.1980.Vânia Ponte Randal
8n.1981.Antonica Ponte Randal

7n.926. Francisco Rogério Cavalcante da Ponte. Casou-se com


Rosa Maria Cavalcante da Ponte, filha de Victor de Castro Cavalcante e
Elusa Lopes Cavalcante. Pais de:

8n.1982. Rogério Cavalcante da Ponte


8n.1983. Rosalina Cavalcante da Ponte
8n.1984. Lídia Cavalcante da Ponte
8n.1985. Samuel Victor Cavalcante da Ponte

*§*

Sn.1100. FRANCISCO CONRADO DA PONTE. Casou-se a


12.11.1921 com CLEONICE DE CASTRO PONTE, filha de Augusto de
Castro e Silva179 e Maria Carminha de Castro. Pais de:

7n.915. João Conrado Castro da Ponte


7n.916. Enid Ponte Silveira

178
Randal Pompeu de Sabóia Magalhães, filho do Dr. João Pompeu de Sousa
Magalhães e de Jacinta Viriato de Sabóia. Casou-se duas vezes. A 1ª, a 19.03.1918 com
Hilda Mendonça Lopes, filha de Antônio Manuel Lopes Cavalcante Filho e de Maria
Petronilia de Mendonça (Apud Araújo, Francisco Sadoc- Cronologia Sobralense, Vol V,
pg 90)
179
Augusto de Castro Silva, natural de Cascavel (Ce), filho de Antônio de Castro e
Silva e de Maria Perpétua de Castro. Casou-se a 20.06.1891 com Maria Carmin da de
Castro, filha de Manuel Sabóia de Castro e de Mariana Augusta Baandeira, viúva de
Antônio Viriato de Medeiros Júnior (Apud Araújo, Francisco Sadoc – Cronologia
Sobralense, Vol V, pg 109)

1587
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.917. Ilza Castro da Ponte


7n.918. Francisco Edie Castro da Ponte
7n.919. Edna Castro da Ponte
7n.920. Augusto Castro da Ponte
7n.921. José Hilton de Castro da Ponte

7n.915. João Conrado Castro da Ponte. Casou-se com


Lêda Carvalho Ponte. Sem sucessão.

***

7n.916. Enid Ponte Silveira. Casou-se com Francisco Silveira.

***

7n.917. Ilza Castro da Ponte

***

7n.918. Francisco Edir Castro da Ponte, casou-se com Altair


Cavalcante da Ponte. (Citado).

***

7n.919. Edna Castro da Ponte

***

7n.920. Augusto Castro da Ponte

***

7n.921. José Hilton de Castro da Ponte, n. a 01.08.1924,


casou-se a 21.07.1960 com Nemesis Valfredo de Aguiar, n. a 29.08.1934,
filha de João Capistrano de Aguiar e de Débora Valfredo de Aguiar.

*§*

1588
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.1101. LAVINHA GOMES DA PONTE. Inupta.

*§*

Sn.1102. MARIANA GOMES DA PONTE. Inupta.

*§*

Sn.1103. CAROLINA GOMES DA PONTE. Inupta.

*§*

Sn.1104. MARIA HELOÁ GOMES DA PONTE

* **

Pn.302. JOAQUIM ARISTIDES FERREIRA DA PONTE.


Casou-se a 14.07.1879 com PERCILIANA ERNESTINA PONTE, viúva
de Henrique Gomes Parente180 e filha de Ernesto Alves Ponte 181e
Patriolina Amélia Ponte. (Cit. Genealogia Sobralense, Vol. II, Os Gomes
Parente, Tomo, I, pg 75)

* **

Pn.303. VICENTE FERREIRA DA PONTE FILHO. Casou-se


a 02.07.1880 com MARCOLINA DOMINGUES COELHO, filha de
Francisco Domingues Coelho e Vicência do Monte.

* **

180
Henrique Gomes Parente
181
Ernesto Alves Ponte, (N.09), n. a 19.10.1829, filho Francisco Alves Pontes e de
Luzia Tereza de Jesus. Casou-se a 06.12.1852 com Patriolina Amélia Ponte, filha de Félix
Ribeiro da Silva e de Francisca de Araújo Silva ( Apud Arruda, F. A.V. – Genealogia
Sobralense, Vol II, Os Gomes Parente, Tomo I, pg 74).

1589
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.304. GIL FERREIRA DA PONTE. Casou-se a 13.02.1888


com MARIA PIA DA FROTA, filha de Joaquim Gomes da Frota182 e
Marcolina do Monte Coelho. Pais de:

Sn.1105. ANTÔNIO FROTA PONTE


Sn.1106. JOSÉ ROSEMIRO FROTA PONTE
Sn.1107. JOSÉ CUSTÓDIO FROTA PONTE
Sn.1108. ALZIRA FROTA PONTE
Sn.1109. CAROLINA FROTA PONTE

Sn.1105. ANTÔNIO FROTA PONTE, fal. solteiro

Sn.1106. JOSÉ ROSEMIRO FROTA PONTE, fal. solteiro

Sn.1107. JOSÉ CUSTÓDIO FROTA PONTE, fal. solteiro

Sn.1108. ALZIRA FROTA PONTE, casou-se com VICENTE


ARAÚJO DE PAULA, filho de João Batista de Paula e de Ana Adotiva de
Paula. Sem sucessão.

Sn.1109. CAROLINA FROTA PONTE

* **

Pn.305. Diogo Ferreira da Ponte, casou-se com Ana Leite


da Ponte, esta em 2ª núpcias. Pais de:

Sn.1110.José Leite da Ponte

* **

182
Joaquim Gomes da Frota, n. em 1831, filho do Capitão Francisco Gomes da Frota,
nasceu na fazenda da Pedra, perto de Sobral a 23.09.1809 e fal. a 06.02.1907 e de Inês
Maria Bernardina do Monte, fal. a 21.08.1844, neto materno de Felipe Ribeiro da Silva e de
Maria Bernardina do Monte Coelho, filha de Manuel José do Monte Coelho e de Maria
Bernardina do Monte ( Frota, Pe. Gentil- Os Frotas- pg )

1590
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.306. Maria do Carmo Ferreira da Ponte, casou-se com


José Solon Gomes Coelho, filho de José Gomes Coelho e de D. Vicença
Maria de Jesus. Pais de:

Sn.1111.Alvaro Solon Coelho


Sn.1112.Vicente Irajá Coelho
Sn.1113.José Gomes Coelho Neto
Sn.1114.Luiz Gomes Coelho
Sn.1115.Antonieta Coelho
Sn.1116.Maria Esther Coelho
Sn.1117.Maria do Carmo Coelho
Sn.1118.Maria Assumpção Coelho

* **

Pn.307. Francisca Ferreira da Ponte

* **
Pn.308. Carolina Ferreira da Ponte

***

Qn.86. Miguel Franklin da Ponte, casou-se a


02.08.1855 com Ana Florência da Ponte, filha de Manuel
Francisco da Ponte183 e de Teresa Antônia de Jesus.Pais de:

Pn.303.Manuel Ribeiro da Ponte


Pn.304.Maria José Ponte
Pn.305.Pedro Franklin da Ponte
Pn.306 Teresa Carolina de Jesus
Pn.307.Rosa da Circunscisão do Senhor
Pn.308.Francisca Carolina da Ponte

183
Manuel Francisco da Ponte

1591
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.303.Manuel Ribeiro da Ponte, casou-se a 02.08.1855


com Francisca Maria Nazaré, filha de Francisco Gomes de
Vasconcelos e de Maria da Glória Celeste. Pais de:

Sn.807 . José Fabião de Vasconcelos

Sn.807. José Fabião de Vasconcelos, foi :Tebelião público


de Sobral (CE). casou-se a 10.02.1908 com Ana Esmeraldo de
Vasconcelos, filha de José Esmeraldo Maria da Costa e de Ana Lira
Esmeralda. Pais de:

7n.2070.João Batista E. de Vasconcelos


7n.2071.Raimundo Nonato E. de Vasconcelos
7n.2072.José Fabião Filho
7n.2073.Raimunda Dalva E. de Vasconcelos
7n.2074.Maria da Conceição E. de Vasconcelos

7n.2070.João Batista Esmeraldo de Vasconcelos, n. a


23.06.1912, em Sobral (CE) e fal. a 01.07.1987, em Sobral. Fez os estudos
primários em sua terra natal, no Colégio da Assunção, de Dona Mocinha
Rodrigues e no Externato do Dr. Pimentel Gomes. Em 1929 fez exame de
vestibular, no Liceu de Fortaleza; o primeiro ano de preparatórios no
Colégio Cearense e, os quatro últimos, no Colégio Castelo Branco.
Matriculou-se na Faculdade de Direito do Ceará a 18.02.1935 e, colou grau
de Bacharel em Ciências Jurídicass e Sociais a 16.12.1939, na mesma
Faculdade, sendo diretor o Dr. Otávio Lôbo. Foi Tesoureiro do Centro
Estudantal Cearense, no período de 1934 a 1935. Neste último ano, saiu em
excursão pela Zona Norte do Estado, andariando donativos para a Casa do
Estudante, na qualidade de Presidente da Cruzada do Norte. Em 1935,
exerceu por dois meses as funções de Secretário da Prefeitura de Sobral.
Casou-se a 17.01.1942 com Elsa Marinho de Vasconcelos, filha do Dr.
Manuel Marinho de Andrade184 e de Jesuína Pinho Pessoa de Andrade (Cit.
Genealogia Sobralense, Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo V, pg 946).

184
Dr. Manuel Marinho de Andrade, n. a 23.08.1880, em Sobral. Iniciou seus estudos
com o prof. Vicente Ferreira de Arruda que, cedo, observando nele dotes de invulgar
inteligência, aconselhou seu pai a fazê-lo estudar em meio mais adiantado. Naquela época,
Rio de Janeiro ou, no mínimo, Recife ou Salvador. Aos 17 anos de idade, seguiu Manoel

1592
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2071.Raimundo Nonato Esmeraldo de Vasconcelos,


casou-se a 20.03.1952, em Açu (RN) com Atalina de Sousa Freitas e
Vasconcelos, filha de João Sales de Freitas e de Laura de Sousa Freitas.

8n.2086.
8n.2087.

para o Rio de Janeiro, onde se matriculou no Colégio Alfredo Gomes e concluiu aí seus
estudos preparatórios. Ingressou na Faculdade Nacional de Medicina em Janeiro de
1900. Com 26 anos de idade, colou grau de Doutor, defendendo teses de valiosa
contribuição para a ciência médica da época e, vai aqui, a quadra que lhe coube entre os
colegas de colação de grau: “Nome e glória feitos na conquistas; tu és formoso, tu
que és grande e bom; esse que chamam imortal artista; Marinho o genial Santos Dumont.”
Ainda como aluno no Rio de Janeiro, teve boa participação na área de saúde, contribuindo,
com pequenas parcelas, para a solução de grandes problemas comunitários da época.
Especializou-se em Obstetrícia e Ginecologia. Considerando-se apto para a vida
profissional, volto à sua terra. Doutor Manoel Marinho passou em Sobral o resto de sua
existência, dedicado a trabalho profundo, humanitário, digno, capaz de enaltecer sua classe
e, honrou toda a comunidade pela qual dedicou inteira vida de labuta, tal a nobreza de seu
caráter e a firmeza de sua conduta irrepreensível, de profissional competente, consciente de
seu dever. Dr. Manoel Marinho de Andrade, em sua laboriosa e profícua existência, toda
dedicada à comunidade sobralense, durante mais de 50 anos, exerceu vários cargos e,
participou de todos os movimentos de formação de entidades de classes sociais e culturais.
Da inteira confiança de Dom José Tupinambá da Frota, foi Diretor Clínico da Santa Casa de
Misericórdia de Sobral, durante 26 anos e, por longos anos, nas décadas de 30 a 40, médico
do Seminário São José, de Sobral.. Foi médico da Estrada de Ferro, médico da Fábrica de
Tecido de Sobral, médico do Colégio Sant’Ana. Foi Inspetor secundário, em Sobral,
nomeado pelo Presidente da República Getúlio Vargas. Foi ainda sócio fundador do “Pálace
Clube de Sobral”, tradicional clube sobralense, hoje desaparecido, e sócio fundador da
Academia Sobralense de Letras. O Dr. Manoel foi , pelo que participou, pelo exemplo, um
dos filhos mais ilustres da terra sobralense: bom esposo, bom pai, bom cidadão, correto e
consciente. O seu temperamento arredio, que o fazia homem de poucos amigos íntimos, não
destituiu de méritos, nem diminuiu nele o conjunto de virtudes magníficas, que lhe
formavam o caráter excepcional. Voltando para as grandezas do espírito, era desprendido de
bens materiais: nunca procurou encalhar fortuna , procurou apenas existência de dignidade.
Sério, firme, justo, honesto, cultivava a honestidade como virtude máxima. Sem exagero,
podemos dizer dele uma personificação de honradez. Soube ser humilde e, repetia
freqüentemente: “Quero ver sem ser visto”. Faleceu em junho de 1957, como viveu: sereno
e simplesmente. Casou-se na fazenda Serrote, município de Canindé, CE, a 09.05.1912, com
Germiniana Pinho Pessoa de Andrade, filha do Dr. Plácido de Pinho Pessoa184 e Maria
Barbosa de Paula Pessoa. Neta paterna de João Pinho de Paula Pessoa e Germiniana
Fontenele de Pinho Pessoa. Pelo lado materno, era neta do Senador Vicente Alves de Paula
Pessoa e Maria Barbosa de Paula Pessoa ( Apud Arruda, F.A.V.- Genealogia Sobralense,
Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo V, pg 936).

1593
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2088.
8n.2089.

7n.2072.José Fabião Filho, casou-se duaz vezes. A 1ª, com


Zenir Brandão de Carvalho, em parnaíba (PI). A 2ª, em Mucambo
(CE) com Fabíola Araújo, filha de José Cláudio de Araújo.

8n.2090.
8n.2091.
8n.2092.
8n.2093.

7n.2073.Raimunda Dalva Esmeraldo de Vasconcelos,


casou-se com Raimundo Wandenkolck Bastos, natural de Itapagé.

8n.2094.
8n.2095.
8n.2096.
8n.2097.

7n.2074.Maria da Conceição Eesmeraldo de


Vasconcelos, inupta.

***

Pn.304.Maria José Ponte, casou-se com José Vicente


Ferreira da Ponte, filho de Vicente Ferreira da Ponte185 e de Carolina
Bernardina do Monte.

***

Pn.305.Pedro Franklin da Ponte, casou-se com Maria da


Conceição, filha de Bento Porfírio da Ponte .

185
Vicente Ferreira da Ponte

1594
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

Pn.306 Teresa Carolina de Vasconcelos, casou-se a


22.09.1880 com Joaquim Hermano de Vasconcelos, foi assassinado a
22.10.1942, com 55 anos de idade,filho de Francisco Gomes de
Vasconcelos186 e de Maria da Glória Celeste. Pais de:

Sn.808. Francisco León de Vasconcelos


Sn.809. Joaquim Hermano de V. Júnior
Sn.810. José Marcondes de Vasconcelos
Sn.811. Ana Granciosa de Vasconcelos
Sn.812. Maria Hermano de Vasconcelos
Sn.813. Francisca Silvia Vasconcelos
Sn.814. Maria Alfa Vasconcelos
Sn.815. Joana Sílvia de Vasconcelos

Sn.808. Francisco León de Vasconcelos, casou-se a


14.11.1913 com Julieta Olindina Coelho, filha de Francisco Raimundo
do Monte Coelho188 e de Isabel Armênia Coelho. Pais de:

7n.2075.Isabel Coelho de Vasconcelos


7n.2076.Mirian Coelho de Vasconcelos
7n.2077.Maria da Conceição Coelho
7n.2078.Teresa Haidê Coelho
7n.2079.José León de Vasconcelos

7n.2075.Isabel Coelho de Vasconcelos, casou-se a


26.11.1924 Pedro Hermano de Vasconcelos, filho de Joaquim
Hermano de Vasconcelos190 e de Rosa Lídia Vasconcelos.

186
Francisco Gomes de Vasconcelos
187
Francisco Raimund
o
188
Francisco Raimundo do Monte Coelho

1595
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2076.Mirian Coelho de Vasconcelos, casou-se a


15.04.1931 com Cleto Ferreira da Ponte, filho de Domingos Ferreira
da Ponte e de Antônia Viariato da Ponte.

7n.2077. Maria da Conceição Coelho, casou-se a


14.11.1935 com Francisco das Chagas Monte, filho de Antônio do
Monte do Monte Coelho e de Francisca do Monte Coelho.

7n.2078.Teresa Haidê Coelho, casou-se a 05.06.1939


com Pedro Massilon Pereira, filho de Francisco Alves Parente e de
Maria Reis da Silva.

7n.2079.José León de Vasconcelos, casou-se a


01.12.1941 com Maria Helena Rodrigues Parente, filha de Francisco
Alves Parente e de Maria Luísa Figueiredo Parente.

***

Sn.809. Joaquim Hermano de Vasconcelos Júnior, casou-


se a 17.12.1916 com Ana Sílvia de Vasconcelos, filha de Francisco
Gomes de Vasconcelos Júnior e de Joana Ferreira Barros. Foi assassinado a
mando da própria mulher. Pais de:

7n.2080. Francisco Juval de Vasconcelos


7n.2080. Joaquim Joel de Vasconcelos
7n.2081. João Nelson de Vasconcelos
7n.2082. Antônio Olavo de Vasconcelos

e
190
Joaquim Hermano de Vasconcelos

d193

1596
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2083. Teresa Carolina Vasconcelos

7n.2080. Francisco Juval de Vasconcelos, casou-se a


09.11.1940 com Florinda Ferreira Gomes, filha de Laureano Ferreira
Gomes e de Maria da Glória Ferreira Gomes. Pais de:

8n.2094.
8n.2095.
8n.2096.
8n.2097.

7n.2080. Joaquim Joel de Vasconcelos, casou-se a


26.01.1945 com Zuleide Aragão Albuquerque, filha de Joaquim Aristides
de Albuquerque e de Estefânia Sabóia Ximenes Aragão. Pais de:

8n.2098.
8n.2099.
8n.2100.
8n.2101.

7n.2081. João Nelson de Vasconcelos, casou-se a


26.01.1945, casou-se duas vezes. A 1ª, a 31.06.1950 com Celina Alves de
Souza, filha de Miguel Eduardo de Sousa e de Maria Alves de Sousa. A 2ª,
com Deusanir Alves de Sousa, filha de João Eduardo de Sousa e de
Idelzuite Vasconcelos de Sousa. Pais de:

8n.2102.
8n.2103.
8n.2104.
8n.2105.

7n.2082. Antônio Olavo de Vasconcelos, casou-se a


21.07.1956, com Maria do Socorro Rodrigues, filha de Cândido
Rodrigues Carneiro e de Úrsula Rodrigues Carneiro.

8n.2106.
8n.2107.

1597
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2108.
8n.2109.

7n.2083. Teresa Carolina Vasconcelos, casou-se a


12.05.1951, com Antônio Lourenço Vasconcelos, filho de José Isaías
Vasconcelos e de Maria Nazaré Vasconcelos.

8n.2110.
8n.2112.
8n.2113.
8n.2114.

Sn.810. José Marcondes de Vasconcelos, casou-se com


Maria José de Vasconcelos, filha de Manuel Ribeiro da Ponte e de
Francisca Assis Maria de Nazaré.

8n.2110.
8n.2112.
8n.2113.
8n.2114.

Sn.811. Ana Granciosa de Jesus Vasconcelos, casou-se a


06.09.1911 com José Ribeiro de Andrade, filho de Antônio Gomes de
Andrade e de Isabel Maria de Jesus.

8n.2110.
8n.2112.
8n.2113.
8n.2114.

Sn.812. Maria Hermano de Vasconcelos, casou-se com


Olegário Teles da Rocha, filho de José Ferreira da Rocha e de Maria
Jovelina Teles.

194
Antônio Gomes de
A

1598
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.2110.
8n.2112.
8n.2113.
8n.2114.

Sn.813. Francisca Silvia Vasconcelos, casou-se a


29.09.1950, casou-se a 29.09.1950 com Francisco Edval Vasconcelos
(Lourinho do Trigo), filho de Antônio Adarias Vasconcelos e de Maria
Etelvina Vasconcelos. Pais de:

8n.2110.
8n.2112.
8n.2113.
8n.2114.

Sn.814. Maria Alfa Vasconcelos, casou-se a 15.11.1947


com José Furtado de Araújo, filho de Manuel Rufino Filho e de Maria
Furtado Araújo.

8n.2115.
8n.2116.
8n.2117.
8n.2118.

Sn.815. Joana Sílvia de Vasconcelos, casou-se com Dr.


Eliezer Arruda Fonseca. Pais de:

8n.2119.
8n.2120
8n.2121.
8n.2122.

***

Pn.307.Rosa da Circunscisão do Senhor, casou-se a


09.01.1892 com seu cunhado Joaquim Hermano de Vasconcelos,

1599
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

viúvo de sua irmã Teresa Carolina de Jesus, filho de Francisco Gomes de


Vasconcelos e de Maria da Glória Celeste. Pais de:

Sn.813. Pedro Hermano de Vasconcelos


Sn.814. Santolécio H. de Vasconcelos
Sn.815. Teresa Todinha de Vasconcelos
Sn.816. Maria José de Vasconcelos
Sn.817. Rosa Hermano de Vasconcelos

Sn.813. Pedro Hermano de Vasconcelos, casou-se a


26.11.1924 com sua meia sobrinha Isabel Coelho de Vasconcelos, filha
de Francisco León de Vasconcelos e de Julieta Olindina Coelho.

Sn.814. Santolécio Hermano de Vasconcelos, fal.


solteiro

Sn.815. Teresa Todinha de Vasconcelos, casou-se com


Raimundo Teles de Menezes.

Sn.816. Maria José de Vasconcelos, casou-se com seu


primo José Gilberto de Vasconcelos, filho de Francisco Gomes de
Vasconcelos Júnior e de Joana Ferreira Barros.

Sn.817. Rosa Hermano de Vasconcelos, casou-se com


João Evangelista Calazans, filho de Antônio Calazans de Vasconcelos
e de Maria da Glória Vasconcelos.

***

Pn.308.Francisca Carolina da Ponte, casou-se a 08.07.1897


com seu cunhado Joaquim Hermano de Vasconcelos, viúvo de suas

ndrade
196
Francisco León de Vasconcelo
196
Antônio Calazans
197
d Joaquim Hermano d

1600
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

irmãs, filho de Francisco Gomes de Vasconcelos e de Maria da Glória


Celeste. Pais de:

Sn.818. José Júlio de Vasconcelos


Sn.819. Antônio Frutuoso de Vasconcelos
Sn.820. Letícia Maria de Vasconcelos

Sn.818. José Júlio de Vasconcelos, casou-se três vezes. A


1ª, a 26.12.1926 com Francisca Laura de Vasconcelos, filha de
Antônio Calazans de Vasconcelos e de Maria da Glória Vasconcelos. A 2ª,
com Francisca Vasconcelos, filha de Isaías Vasconcelos e de Maria
Nazaré. A 3ª, com Jovina Ferreira Gomes.

Sn.819. Antônio Frutuoso de Vasconcelos, casou-se duas


vezes. A 1ª, a 25.07.1929 com Maria Teles Frota, filha de Joaquim
Teles da Frota e Francisca Jerônima de Vasconcelos. A 2ª, com Francinet
Frota Gomes, filha José Laureano Ferreira Gomes e de Raimunda Eutália
da Frota.

Sn.820. Letícia Maria de Vasconcelos, casou-se a


30.06.1923 com Domingos Calazans de Vasconcelos, filho de Antônio
Calazans de Vasconcelos e de Marai da Glória Vasconcelos.

***

e, era irmão de Francisco Gomes de Vasconcelos Júnior que se casou, em Granja, com
Joana Ferreira Barros, filha de tomás Ferreira Barros e de Florinda Barros Ferreira. Segundo
Sadoc de Araújo, Francisco Gomes de Vasconcelos Júnior foi coletor em Sobral (CE), onde
recebeu o apelido de Muamba, e de seu matrimônio com Joana Ferreira Barros teve os
seguintes filhos: (1) Jaime Augusto de Vasconcelos; (2) Metón Enéas de Vasconcelos; (3)
Francisco Solon de Vasconcelos; (4) Tomás Oton de Vasconcelos; (5) José Gilberto de
Vasconcelos; (6) Cecília Amélia Vasconcelos; (7) Maria da Glória; (8) Galdina Rosali;
(9)Francisca Cleonice; (10) Ana Sílvia (Apud Araújo, Sadoc - Cronologia Sobralense, Vol
IV, pg 120).
198
Vicente Gomes Par

1601
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Qn. 87. Maria Bernardina do Monte, casou-se a


10.06.1857 com Vicente Gomes Parente, filho de Vicente Gomes
Parente199 de Maria Bernardina do Monte ( Cit.Genealogia Sobralense,
Vol IV, Os Ferreira da Ponte, Tomo XII).

***

Qn. 88. Ana América da Ponte (Ana América


Florência Nogueira), casou-se a 19.02.1844 com Raimundo
Xavier Nogueira201, filho de Francisco Xavier Nogueira e de Maria
Sancha Xavier Nogueira ( Maria das Graças Nogueira). Pais de:

Pn.309. Francisco Xavier Nogueira


Pn.310. Vicente Ferreira Nogueira
Pn.311. Joaquim Anselmo Nogueira
Pn.312. Manuel Nogueira Borges
Pn.313. José Florêncio Nogueira

e199 Vicente Gomes Parente, filho do Patriarca da família Gomes Parente na Ribeira do
Acaraú, o português, Inácio Gomes Parente, nascido em Lamego, Portugal, no ano de 1742
e fal. em Sobral (CE), a 12.04.1838, filho de Manuel Gomes e de Catarina Lopes, e de
Francisca de Araújo Costa ( filha do Cap. José Araújo costa, também português, e de D.
Brites de Vasconcelos, de goiana, uma das sete irmãs). Casou-se na Fazenda Ingá com sua
parenta Maria Bernardina do Monte, filha do Cap. Felipe Ribeiro da Silva e de Maria
Bernardina do Monte) ( Apud Arruda, F.A.V. Genealogia Sobralense, Vol II, Os Gomes
Parente, Tomo II, pg 325).
200
“ Raimundo Xavier
201
Raimundo Xavier Nogueira filho de Francisco Xavier Nogueira Borges e de Maria
das Graças Nogueira. Casou-se, em segundas núpcias, com Carlota Amélia Nogueira, desse
matrimõnio nasceram: (1) Diva amélia Nogueira, cc José Frota; (2) Hildebrando Nogueira,
que casou-se no Rio de Janeiro. Raimundo Xavier Nogueira, era irmão do Pe. Francisco
Xavier Nogueira, que foi vigário de Santana do Acaraú e Deputado Provincial, e do
Desembargador Paulino Nogueira Borges da Fonseca. A família descende de Antônio José
Vitoriano Borges da Fonseca, autor da “ Bobiliarquia Pernambucana”, que foi governador
do Ceará de 1765 a 1781”. ( Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobaralense, Vol III, pg
46).
202
Francisco Xavier
Nogueira Borges
203
Felipe Gomes da F

1602
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.314. João Nogueira Borges


Pn.315. Antônio Nogueira Borges
Pn.316. Miguel Nogueira Borges
Pn.317. José Casimiro Nogueira
Pn.318. Maria dos Anjos Nogueira
Pn.317. Isabel Nogueira Borges
Pn.318. Maria do Carmo Nogueira

Pn.309. Francisco Xavier Nogueira, casou-se a


24.09.1866 com Jesuína Maria Frota, filha de Felipe Gomes da Frota e
de Francisca Ferreira da Frota. Pais de:

Sn.309. Francisca Frota Nogueira, casou-se com


Vicente Adeodato Carneiro

Pn.310. Vicente Ferreira Nogueira ( Capitão), n. a


15.09.1848, rico proprietário nos Estados do amazonas e Pará. Casou-se a
05.06.1889 no Pará com Ana do Amaral Menezes, sobrinha do Senador
Amaral.

Pn.311. Joaquim Anselmo Nogueira, n. em Santana a


30.04.1857, Médico. Aos doze anos veio para Fortaleza e no liceu fez toso
os preparatórios. Em 1878 seguiu para o Pará em cujo Seminário fez o
curso de filosofia. Em junho de 1879 partiu para o Rio de Janeiro onde
matriculou-se na Faculdade de Medicina no dia 06 de agosto, graça ao novo
Regulamento do Conselheiro Leôncio de Carvalho, e devido ao mesmo
Regulamento fez exame vago do 3º ano em Março de 1881, obtendo as
melhores notas de aprovação neste e noutros. Deu-se com ele por este
motivo a feliz coincidência de ter sido o 1º estudante que se aproveitou
daquele Regulamento quer para a matrícula tão tardia, quer para fazer o
primeiro exame vago e livre no Brasil. No dia 26 de dezembro de 1883

rota, n. em Santana do Acaraú, a 22.05.1802 e fal. a 15.08.1892, filho de Manuel Vitoriano


da Frota e de Francisca Xavier Bonfim. Casou-se a 15.09.1936 com Francisca ferreira do
Espírito Santo, n. em Santana do Acaraú, a 26.07.1820 e fal. a 16.10.1895, filha de José
Ferreira da Costa e de Maria Quitéria do Espírito Santo Ponte (Apud Gentil, Frota – Os
Frotas, pg 447).
204
Francisco Ferreir

1603
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

recebeu o grau de doutor em medicina na dita Faculdade, tendo a 17


defendido sua tese inaugural sobre Diagnóstico e Tratamento das Lesões
sifíliticas do Aparelho Respiratório, Rio, Typ. Central de Evaristo
Rodrigues da Cunha, 67 Travessa do Ouvidor, merecendo como prêmio de
seus trabalhos as aprovações mais distintas.
No Gabinete do Conselheiro João Alfredo foi nomeado qm 1888 por
Dec. Imperial Delegado da Freguezia da Gloria e por seus serviços
agraciado com o Oficialato da Rosa, título que não tirou.
Assistiu no dia 15 de novembro de 1889 à proclamação da
República e foi o médico do Barão de Ladario, então Ministro da Marinha,
quando ferido naquele dia.
Foi em 1890 apresentado para Deputado geral pelo partido católico
do Ceará, não conseguindo fazer-se eleger.
Em 1893 vindo ao Ceará, casou-se em Sobral a 8 de setembro de
1894 com Maria Carolina Figueiredo, filha de Teotônio José de
Oliveira Figueiredo e de Ana Cândida Mendes da Rocha. A 2ª, em Sobral
em março de 1907 com Ester Nogueira. Seguindo depois para o Rio, dali
voltou novamente ao Ceará em 1898.
Nomeado (março de 1906) diretor s Colônia Correcional de Dois
Rios, Estado do Rio de Janeiro, esteve nela por algum tempo, voltando
depois ao Ceará para fixar residência em Fortaleza onde exerceu a medicina
dedicando-se de preferência à clínica de partos ( Apud Studart Guilherme
– Dicionário Bio-Bibliográfico Cearense, Vol II, pg 3).

Pn.312. Manuel Nogueira Borges, casou-se com


Neutelzina Bastos Nogueira, filha de Neutel Pinheiro Bastos e de
Francisca das Chagas Bastos.

Pn.313. José Florêncio Nogueira, casou-se a 03.11.1883


com sua prima Ana Petronilia da Ponte (Pn.291), n. a 11.05.1862, filha
de Francisco Ferreira da Ponte e de Isabel Genuína da Frota. Pais de:

Sn.821. Francisco Napoleão Nogueira


Sn.822. Ana Carmem Nogueira
Sn.823. Isabel Ester Nogueira

1604
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

·
Pn.314. João Nogueira Borges, n. a 26.11.1853 em Santana
do Acaraú (CE). Farmacêutico. Aos onze anos veio para Fortaleza empregar-se
na farmácia de seu tio Pedro Nogueira, permanecendo aí até 1873 e neste ano
seguiu para o Rio de Janeiro onde colocou-se na antiga farmácia de Porfírio
Dias dos Santos, no Catete, sob a condição de ser-lhe permetido estudar ao
mesmo tempo. Depois de fazer todos os preparatórios exigidos, matriculou-se
no curso de Farmácia da Faculdade de Medicina, e recebeu no fim dos três
anos do curso o diploma de Farmacéutico no dia 26 de novembro de 1875. No
ano seguinte estabeleceu-se com Farmácia na rua das Laranjeiras, conseguindo
com trabalho assíduo e econômia fortuna regular.
A nota mais saliente de sua vida de empregado e de estudante é que só
durante a noite lhe era permitido estudar, e que do seu pequeno ordenado
retirava boa parte para a subsistência de seus pais e para ocorrer às despesas de
estudos de seus irmãos Dr. Manoel Nogueira Borges e Dr. Joaquim Anselmo
Nogueira.
Essas circunstâncias concorreram grandemente para a formação de seu
caracter e tornaram-no objeto da maior consideração e justa estima da família (
Studart, Guilherme – Dicionário Bio-Bibliográfico Cearense, Vol I, pg 503) .
Casou-se com Zulmira Coelho Nogueira, no Rio de Janeiro.

Pn.315. Antônio Nogueira Borges, casou-se a 20.02.1892


com Maria Isabel Ponte, filha de Francisco Ferreira da Ponte206 e de
Isabel Genuína da Frota.

Pn.316.Miguel Nogueira Borges, casou-se a 08.09.1876


com sua parenta Teresa Cristina Nogueira (Pn.187), filha de José
207
Porfírio da Ponte e de Maria da Penha Araújo (Maria da Penha da Ponte):
Pais de:

206
207
José Porfírio da Ponte, filho de Manoel Francisco da Ponte e de sua 1ª mulher Teresa
Antônia da Silva. Casou-se com Maria da Penha Araújo, filha de Bento da Cunha Araújo e
de Umbelina Teles Menezes (Apud Arruda, F.A.V. – Genealogia Sobralense, Vol IV, Os
Ferreira da Ponte, Tomo VI, pg 856).
208
Jerônimo Torres C

1605
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.821. José Nogueira Borges


Sn.822. Domingos Nogueira Borges
Sn.823. Maria Nogueira Borges
Sn.824. Joaquim Nogueira Borges
Sn.825. Raimundo Nogueira Borges
Sn.826. Francisco Nogueira Borges
Sn.827. Ana América Nogueira Borges
Sn.828. Alice Nogueira Borges
Sn.829. Izabel Nogueira Borges
Sn.830. Maria Carolina Nogueira Borges
Sn.831. João Nogueira Borges
Sn.832. Vicente Nogueira Borges

Sn.821. José Nogueira Borges, casou-se três vezes. A 1ª com com


uma prima da família Aguiar de Massapê. A 2ª no Rio Branco, Acre com
Domingas (Serrão) Nogueira Borges, n. a 28.12.1901 e fal. a 15.07.1931
em Massapê. A 3ª com Júlia Urcesino Cavalcante, filha de Urcesino de
Castro e Rita de Castro. Pais de:

Do 1º matrimônio: (Sem sucessão)

Do 2º matrimônio:

7n.2080. Oscar Nogueira Borges


7n.2081. Osmar Nogueira Borges
7n.2082. Oscarina Nogueira Borges
7n.2083. Osmarina Nogueira Borges
7n.2084. Eugênia Nogueira Borges
7n.2085. Olga Nogueira Borges

Do 3º matrimônio:

7n.2086. Maria do Socorro Borges


7n.2087. Noélia Nogueira Borges
7n.2088. Maria Nely Nogueira Borges

1606
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2089. Antônio Randal Nogueira Borges

7n.2081. Oscar Nogueira Borges, n. a 25.05.1917.

7n.2082. Osmar Nogueira Borges, n. a 20.07.1919

7n.2083. Oscarina Nogueira Borges, n. a 18.08.1920

7n.2084. Osmarina Nogueira Soares, n. a 22.05.1923,


casou-se com Pedro Vieira Soares, filho de Francisco Vieira dos Anjos e de
Maria de Jesus Soares. Pais de:

8n.284. Nelson Nogueira Vieira


8n.285. Maria de Jesus Soares
8n.286. Aderson Nogueira Vieira
8n.287. Elzira Nogueira Vieira

8n.284. Nelson Nogueira Vieira, n. a 16.12.1945.


Funcionário do Banco do Nordeste aposentado. Trabalhou na Agência de
Sobral, durante muitos anos, como Caixa Executivo. Casou-se com
Raimunda Nogueira Vieira, n. a 28.08.1960, filha de José Ponte Nogueira
e de Judith Ponte Nogueira. Pais de:

9n.275. Paulo Nelson Nogueira Vieira,


n. a 05.12.1977
9n.276. João Paulo Nogueira Vieira,
n. a 04.02.1981
9n.277. Nélia Nogueira Vieira,
n. a 21.03.1984

1607
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.285. Maria de Jesus Soares Frota, casou-se com


Raimundo Olivar Frota

8n.286. Aderson Nogueira Vieira

8n.287. Elzira Nogueira Vieira

***

7n.2085. Eugênia Nogueira Borges, n. a 22.11.1925

***
7n.2086. Olga Nogueira Borges, n. a 12.08.1927, casou-se
com José Arcanjo Neto.

Do 3º matrimônio:

7n.2087. Maria do Socorro Borges, casou-se com José


Hiran Prado

7n.2088. Noélia Nogueira Borges, casou-se com Odilon

7n.2089. Nely Nogueira Borges , casou-se com João,


assassinado em sua loja a Praça Mons. Linhares.

1608
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2090. Antônio Randal Nogueira Borges, sacerdote.

***

Sn.822.Domingos Nogueira Borges. Casou-se com


Esmeralda Viana Porto. Pais de:

7n.2091.Terezinha Ferreira Porto Borges


7n.2092.Gerardo Ferreira Porto Borges
7n.2093.Elísio Ferreira Porto Borges
7n.2094.Wilson Ferreira Porto Borges
7n.2095.Anchieta Ferreira Porto Borges

7n.2091. Terezinha Borges Prata, casou-se com Dr. Prata,


fal. Pais de:

8n.3073.Gerardo Borges Prata


8n.3074. Elísio Borges Prata
8n.3075.Wilson Borges Prata
8n.3076.Anchieta Borges Prata

7n.2092. Gerardo Porto Borges, ex-seminarista, fal. aos 18


anos de idade.

7n.2093. Elísio Porto Borges, c.c. Gerarda, sogro do


Deputado Federal Inocêncio de Oliveira.

7n.2094. Wilson Porto Borges, casado

7n.2095. Anchieta Porto Borges

***

Sn.823. Maria Nogueira Borges, Inupta

***

1609
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.824. Joaquim Nogueira Borges, casou-se com Luíza


Ferreira Borges, filha de Luiz Francisco Ferreira e de Maria Joaquim
(Amazonense).. Pais de:

7n.2096.Maria Ferreira Borges


7n.2097.Moisanyel Ferreira Borges
7n.2098.Edvirges Ferreira Borges
7n.2099.Moacyr Ferreira Borges
7n.2100.Miguel Ferreira Borges
7n.2101.Milton Ferreira Borges
7n.2102.Moesia Ferreira Borges

7n.2096. Maria Ferreira Borges, casou-se com Raimundo


Nonato Cavalcante, filho de Jerônimo Torres Cavalcante209 e de Francisca
Torres

7n.2097. Moisanyel Ferreira Borges, casou-se com Maria


Neide, filha de Amarílio Belo e de Corina Santos.

7n.2098. Edvirges Ferreira Borges, solteira

7n.2099.Moacyr Ferreira Borges, casou-se com Elina Maria


de Freitas. Pais de:

8n..3077. Zoraima Freitas Borges


8n..3078. Moacyr Ferreira Borges Filho

7n.2100.Miguel Ferreira Borges, solteiro

7n.2101.Milton Ferreira Borges, fal. solteiro

7n.2102. Moésia Ferreira Borges, Pe. Moésia

***

Jerônimo Torres Cavalcante


209
José Solon Gomes

1610
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.825. Raimundo Nogueira Borges, n. a Casou-se a 10.02.1915


com Maria Ester Coelho Nogueira, filha de José Solon Gomes Coelho210 e
de Maria do Carmo Ponte Coelho. Pais de:

7n.2103. Teresa Cristina Nogueira


7n.2104. Maria de Jesus Nogueira
7n.2105. Antônio Nogueira Borges
7n.2106. José Maria Nogueira Borges
7n.2107. Margarida Nogueira Borges

7n.2013.Teresa Cristina Nogueira,casou-se a 21.11.1939, com


Gerardo Salustiano Aguiar, filho de José Salustiano Aguiar e de Maria
dos Reis Lopes Aguiar.Pais de:

8n.3079. Francisco José Nogueira Salustiano


8n.3080. Roberto José Nogueira Aguiar
8n.3081. Raimundo Nogueira Aguiar
8n.3082. Maria de Jesus Nogueira Aguiar
8n.3083. Renato Nogueira Aguiar
8n.3084. Rogério Nogueira Aguiar
8n.3085. José Rui Nogueira Aguiar
8n.3086. Ancila de Jesus Nogueira Aguiar
8n.3087. Rubens Nogueira Aguiar
8n.3088. Régis Bartolomeu Nogueira Aguiar
8n.3089. Teresinha de Jesus Nogueira Aguiar
8n.3090. Rômulo Nogueira Aguiar
8n.3091. Roberval Nogueira Aguiar
8n.3092. Aurora de Jesus Nogueira Aguiar

8n.3093. Judite de Jesus Nogueira Aguiar

José Solon Gomes Coelho, filho de José Gomes Coelho e de Vicência Domingues
Coelho. Casou-se a 28.05.1887 com Maria do Carmo Ferreira da Ponte, filha de Vicente
Ferreira da Ponte e de sua segunda mulher Francelina Carolina do Monte (Apud Araújo, F.
Sadoc – Cronologia Sobralense, Vol IV, pg 64).
210

1611
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3079. Francisco José Nogueira Salustiano casou-se com


Maria do Livramento Ferreira Salustiano. Pais de:

9n.1618. Robson Ferreira Salustiano,


n. a 13.10.1969, em Sobral (CE).
9n.1619. Rosângela Ferreira Salustiano,
n. a 09.07.1983, em Sobral (CE).
9n.1620. Rosane Ferreira Salustiano,
n. a 14.09.1988, em Sobral (CE).

8n.3080. Roberto José Nogueira Aguiar casou-se com


Vânia Rabelo Aguiar. Pais de:

9n.1621. Roberta de Jesus Rabelo Aguiar

8n.3081. Raimundo Nogueira Aguiar casou-se duas vezes.


A 1ª, com Elaila Oliveira Monteiro. A 2ª, com Neuma Rodrigues
Alexandrino. Pais de:

Do 1º Matrimônio:

9n.1622. Daniel Teresa Monteiro Aguiar,


n. a 24.01.1975, em São Paulo (SP).
9n.1623. Rômulo Augusto Monteiro Aguiar,
n. em São Paulo (SP).

Do 2º Matrimônio:

9n.1624. Rubens Nogueira Aguiar Sobrinho,


n. a 26.03.1984, em Sobral (CE).
9n.1625. Pedro Renes Nogueira Aguiar,
n. 10.03.1990, em Fortaleza (CE).

8n.3082. Maria de Jesus Nogueira Aguiar casou-se com


José Grabois, filho de Bernardo Grabois e Anita Grabois. Pais de:

9n.1626. Daniel Aguiar Grabois,

1612
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

n. a 16.04.1981, em Campina Grande (PB).

8n.3083. Renato Nogueira Aguiar casou-se com Célia


Meneses Aguiar, filha de José Meneses e Luiza Marques Meneses. Pais de:

9n.1627. José Meneses Neto,


n. a 24.01.1979, em Fortaleza (CE).
9n.1628. Marcelo Meneses Aguiar,
n. a 16.09.1981, em Fortaleza (CE).
9n.1629. Renata Meneses Aguiar ,
n. a 01.09.1983, em Fortaleza (CE).

8n.3084. Rogério Nogueira Aguiar casou-se duas vezes.


A 1ª, com Yasminie Leite Pereira Aguiar. A 2ª, com Francisca Mariana
Neta. Pais de:

Do 1º matrimônio:

9n.1630. Alexandro Pereira Aguiar,


n. a 18.12.1976, em Fortaleza (CE).
9n.1631. Romyne de Jesus Pereira Aguiar,
n. a 19.08.1978, em Fortaleza (CE).
9n.1632. Natália de Jesus Pereira Aguiar,
n. a 19.08.1978, em Fortaleza (CE).
Do 2º matrimônio:

9n.1633. Natanael Mariano Freitas Aguiar,


n. a 07.04.1988, em Fortaleza (CE).
9n.1634. Priscilla Mariana Freitas Aguiar,
n. a 15.08.1992, em Fortaleza (CE).

9n.1630. Alexandro Pereira Aguiar, n. a 18.12.1976,


em Fortaleza (CE). Casou-se com Mailse Rios Aguiar. Pais de:

10n.200. Ingrid Rios Aguiar

9n.1631. Romyne de Jesus Pereira Aguiar, n. a


19.08.1978, em Fortaleza (CE). Casou-se com Leonardo Maia. Pais de:

1613
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

10n.200. Yasmine Maria Pereira Maia

9n.1632. Natália de Jesus Pereira Aguiar, n. a


19.08.1978, em Fortaleza (CE). Casou-se com Eduardo Maia. Pais de:

10n.201. Kaio César Pereira Maia

8n.3085. José Rui Nogueira Aguiar casou-se duas


vezes. A 1ª, com Lúcia Maria Silveira Aguiar, filha de João Salustiano
Aguiar e de Maria da Penha Aguiar. A 2ª, com Maria Lúcia Fonteles. Pais
de:

Do 1º Matrimônio:
9n.1635. José Rui Nogueira Aguiar Júnior
9n.1636. Premila de JesusAguiar
9n.1637. Camila de Jesus Aguiar
9n.1638. Rosaehermila de Jesus Aguiar

Do 2º Matrimônio:

9n.1639. Filipe Aresi Aguiar

8n.3086. Ancila de Jesus Nogueira Aguiar casou-se


com Dinarte Aeda da Silva. Pais de:

9n.1640. Antônio Aedson Aguiar Silva,


n. a 12.10.1983, em Natal (RN)
9n.1641. Gerardo Eloi Aguiar Silva,
n. a 30.07.1992, em Natal (RN)

8n.3087. Rubens Nogueira Aguiar casou-se com Rosa


Maria Macedo Andrade. Pais de:

9n.1642. Thiago Haendel Andrade Aguiar


9n.1643. Felipe Thomas Andrade Aguiar

8n.3088. Régis Bartolomeu Nogueira Aguiar casou-se


com Ilma Cecília Silva de Aguiar, filha de Ildemílio Ferreira da Silva e de
Gerônima Fagundes da Silva. Pais de:

1614
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

9n.1644. Helder Lucas Silva Nogueira de Aguiar,


n. a 09.06.1981, em Salvador (BA).
9n.1645.Hesdras Vinícius Silva Nogueira Aguiar,
n. a 13.04.1986, em Salvador (BA).
9n.1646. Régis Bartolomeu N. de Aguiar Júnior,
n. a 01.07.1993, em Salvador (BA).
9n.1647. Vinícius Bahia ,
n. a 03.08.1986, em Salvador (BA).

8n.3089. Teresinha de Jesus Nogueira Aguiar casou-se


com João Batista Filho. Pais de:

9n.1649. Ana Patrícia Aguiar Feitosa ,


n. a 10.06.1984, em Campina Grande (PB).
9n.1650. Aline Aguiar Feitosa ,
n. a 10.08.1995, em Campina Grande (PB)

8n.3090. Rômulo Nogueira Aguiar

8n.3091. Roberval Nogueira Aguiar casou-se com


Telma Regina dos Santos. Pais de:

9n.1651. Roberval Nogueira Aguiar Júnior ,


n. a 20.10.1982.
9n.1652. Karina Regina Nogueira Aguiar,
n. a 20.12.1986.

8n.3092. Aurora de Jesus Nogueira Aguiar

8n.3093. Judite de Jesus Nogueira Aguiar casou-se


com Moisés Vicentino. Pais de:

9n.1653. Martina Aguiar Saraiva ,


n. a 23.12.1981, em Fortaleza (CE).

1615
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2104. Maria de Jesus Nogueira, religiosa filha de Santana


(Irma Laurinda).

7n.2105. Antônio Nogueira Borges, funcionário aposentado do


Banco do Brasil. Casou-se a 15.02.1950 com Edmar Aguiar, filha de
Manuel Florêncio de Aguiar e de Maria Emilia Aguiar. Pais de:

8n.3093. Inês Nogueira


8n.3094. Gorete
8n.3095. Lúcia (Gêmea)
8n.3096.

7n.2106. José Maria Nogueira Borges, casou-se com Simone


Barreira, natural de Senador Pompeu.
Pais de:

8n.3097.
8n.3098.
8n.3099.
8n.3100.

7n.2107. Margarida Nogueira Borges, casou-se a 19.12.1976


com Manuel Ferreira Torres, filho de Francisco Primo Ferreira e de
Maria Torres Ferreira. Pais de:

8n.3101.
8n.3102.
8n.3103.
8n.3104.

***

212
212
213

1616
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Sn.826.Francisco Nogueira Borges, casou-se com Maria


José Aguiar Borges (Zeza), filha de José Tibúrcio Aguiar e de Francisca
Etelvina da Ponte. Pais de:

7n.2108. Teresinha Aguiar Borges


7n.2109. Francisco Aguiar Borges
7n.2110. Miguel Aguiar Borges
7n.2111. Vera Aguiar Borges
7n.2112. Manoel Aguiar Borges
7n.2113. Audizio Aguiar Borges
7n.2114. Marluce Aguiar Borges

7n.2108. Teresinha Aguiar Borges, solteira

7n.2109. Francisco Aguiar Borges, fal. solteiro

7n.2110. Miguel Aguiar Borges, c.c. Izabel, gerente


do Banco do Brasil em Crato.

7n.2111. Vera Aguiar Borges, casada

7n.2112. Manoel Aguiar Borges

7n.2113. Audizio Aguiar Borges

7n.2114. Marluce Aguiar Borges, solteira

1617
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

***

Sn.827. Ana América Nogueira Borges, Inupta

***

Sn.828. Alice Nogueira Borges, solteira

***

Sn.829. Izabel Nogueira Borges, solteira

***

Sn.830. Maria Carolina Nogueira Borges, solteira

***

Sn.831. João Nogueira Borges casou-se com Maria Nazaré


Aguiar Borges, filha de José Salustiano Aguiar e de Maria dos Reis Aguiar.
Pais de:

7n.2115. Francisco Nogueira Borges


7n.2116. Gerardo Nogueira Borges

1618
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

7n.2117. Teresinha de Jesus Nogueira Borges


7n.2118. Maria de Jesus Nogueira Borges
7n.2118. Margarida Maria Nogueira Borges
7n.2119. Ana Lurdes Nogueira Borges

7n.2115. Francisco Nogueira Borges casou-se com Maria


de Jesus Meneses , filha de Cirineu Teles Meneses e de Idelzuite Teles
Meneses. Pais de:

8n. 3079. João Nogueira Borges Neto


8n. 3080. Daniel Meneses Nogueira
8n. 3081. Alana Meneses Nogueira
8n. 3082. Fábio Meneses Nogueira
8n. 3083. Rafael Meneses Nogueira

7n.2116. Gerardo Nogueira Borges casou-se com Maria


das Graças Sá Silveira. Pais de:

8n. 3084. Caroline Sá Silveira Nogueira Borges


8n. 3085. Gerardo Nogueira Borges Júnior
8n. 3086. Juliana Sá Silveira Nogueira Borges
8n. 3087. André Sá Silveira Nogueira Borges

7n.2117. Teresinha de Jesus Nogueira Borges ( Irmã


Maria Vitória Nogueira).

7n.2118. Maria de Jesus Nogueira Borges casou-se com


José Vilmar Moreira. Pais de:

1619
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n. 3088. João Carlos Nogueira Moreira


8n. 3089. Ana elisabete Nogueira Moreira
8n. 3090. Alexandro Nogueira Moreira
8n. 3091. Marcelo Nogueira Moreira

7n.2118. Margarida Maria Nogueira Borges casou-se


com Carlos Lopes de Castro. Pais de:

8n. 3092. Francisco Nogueira de Castro


8n. 3093. Ana Virgínia Nogueira de Castro

7n.2119. Ana Lurdes Nogueira Borges casou-se com


Valderi Bessa. Pais de:

8n. 3094. Lívia Maria Nogueira Bessa


8n. 3095. Leonardo Nogueira Bessa
8n. 3096. Lília Nogueira Bessa
8n. 3097. Larissa Nogueira Bessa

***

Sn.832. Vicente Nogueira Borges, casou-se com Benedita


Magalhães, filha de Adonias Magalhães e de Ana Rodrigues de Lima. Pais
de:

7n.2120. Adonias Magalhães Borges


7n.2121. Miguel Magalhães Borges
7n.2122. João Batista Magalhães Borges
7n.2123. José Anchieta Magalhães Borges
7n.2124. Raimundo José Magalhães Borges
7n.2125. Teresinha Magalhães Borges

7n.2120.Adonias Magalhães Borges, casou-se com


Evangelina Rosa Borges. Pais de:

8n.3105

1620
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

8n.3105.
8n.3106.

7n.2121. Miguel Magalhães Borges, casou-se com Geraldina


Ferreira Borges

8n.3107.
8n.3108.
8n.3109.

7n.2122. João Batista Magalhães Borges, casou-se com.


Francisca Souza Borges. Pais de:

8n.3110.
8n.3111.
8n.3112.

7n.2123. José Anchieta Magalhães Borges, casou-se com


Maria da Gloria Lima.

8n.3113.
8n.3114.
8n.3115.

7n.2124. Raimundo José Magalhães Borges, casou-se com


Marta Mota Borges.

8n.3116.
8n.3117.
8n.3117.

7n.2125. Teresinha Magalhães Borges, casou-se com Atualpa


Silveira Borges. Reside em Fortaleza tel: 226.89.78

***

1621
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Pn.317. José Casimiro Nogueira, casou-se a 20.04.1893


com Maria Júlia Araújo, filha de Manuel Joaquim de Araújo e de Maria
Joana de Araújo.

***

Pn.318. Maria dos Anjos Nogueira, casou-se a 16.06.1881


com José Tomás Araújo, filho Manoel Joaquim de Araújo e de Maria Joana
de Araújo.

***

Pn.317. Isabel Nogueira Borges, casou-se a 13.06.1885 com


Bernardino Protásio Ferreira Gomes, filho José Bernardino Ferreira
Gomes e de Francisca Raimunda.

***

Pn.318. Maria do Carmo Nogueira, inupta

***

Qn. 89. Rosa Francelina de Araújo, casou-se a


18.11.1847 com José Carneiro de Araújo Costa, filho de
Manoel Carneiro da Ponte e de Joaquina Teresa de Jesus.

§ 3. 9. 21

r
216
José Salustiano Aguia
216
Manoel Carneiro da Pont
216
Cel. José Joaquim

1622
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Tn. 21. José Frreira da Ponte, casou-se com Maria da


Ressureição Viana (alíbi Maaria José), filha do Cel. José Joaquim da
Rocha217 e de Maria da Ressurreição Viana. Pais de:

Qn. 90. Manoel Zeferino da Ponte


Qn. 91. José Joaquim da Rocha (Neto)
Qn. 92. Inocência Quitéria Ponte

Qn. 90. Manoel Zeferino da Ponte, casou-se a


25.06.1836 com Carlota Maria da Glória, filha de Manuel Carneiro
da Costa e de sua 2ª mulher Tereza Maria de Jesus, filha de Manuel
Ferreira da Rocha e de Maria Joaquina.

Qn. 91. José Joaquim da Rocha (Neto) , casou-se


com Constança Justa Cavalcante, filha do Cap. José Olanda
Cavalcante220 e de Ana francisca do Carmo (filha do Cap. Francisco
Ferreira da Ponte e de Maria do Carmo de Jesus).

217
Cel. José Joaquim da Rocha, faleceu a 08.08.1817. segundo o historiador Sadoc de
Araújo, há anotações manuscritas que informam ser Goiana (PE) a naturalidade do Cel. José
Joaquim da Rocha onde ele nasceu e faleceu. Seria irmão do Pe. Manuel Antônio da rocha
que foi Visitador dos Sertões do Norte e nesta missão esteve na freguezia de Sobral em julho
de 1777. Casou-se com Maria da Ressureição Viana, filha de Bento Pereira Viana e de
Barnarda de Sá Cavalcante ( Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense – Vol II, pg
92).
218
Manuel Carneiro d
a Costa, filho do ajundante Manuel Carneiro da Costa. Casou-se três vezes. A 1ª, com
Francisca Maria de Jesus, filha de Manuel Lourenço da Costa e de Ana Ferreira de Jesus, de
cujo leito nasceram quatro filhos que se casaram com quatro irmãs. A 2ª, com Tereza Maria
de Jesus, filha de Manuel Ferreira da Rocha e de Maria Joaquina, de cujo matrimônio
nasceram três filhos, dos quais Carlota Maria da Conceição. A 3ª, com Isabel Maria do
Carmo, filha de Manuel Ferreira da Rocha e de Maria Joaquina, de cujo consórcio nasceram
José aires Carneiro e Francelina Cristina (Apud Araújo, Sadoc – Cronologia Sobralense,
Vol II, pg 77).

1623220 Cap. José Olanda Cavalcante

1623
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

Qn. 92. Inocência Quitéria Ponte, casou-se a


30.05.1833 com Vicente Carneiro da Costa, n. a 28.01.1815, filho
do Cap. Antônio Carneiro da Costa221 e de Ana Bezerra de Araújo (filha de
Inácio Bezerra de Meneses e de Maria Madaelna, e fal. aos 42 anos de
idade a 28.09.1823).

§ 3. 9. 22

Tn. 22. Maria Quitéria Ponte

220
Manuel Carneiro da Costa, filho do ajundante Manuel Carneiro da Costa. Casou-se
três vezes. A 1ª, com Francisca Maria de Jesus, filha de Manuel Lourenço da Costa e de Ana
Ferreira de Jesus, de cujo leito nasceram quatro filhos que se casaram com quatro irmãs. A
2ª, com Tereza Maria de Jesus, filha de Manuel Ferreira da Rocha e de Maria Joaquina, de
cujo matrimônio nasceram três filhos, dos quais Carlota Maria da Conceição. A 3ª, com
Isabel Maria do Carmo, filha de Manuel Ferreira da Rocha e de Maria Joaquina, de cujo
consórcio nasceram José Aires Carneiro e Francelina Cristina (Apud Araújo, Sadoc –
Cronologia Sobralense, Vol II, pg 77).

221
Cap. Antônio Carneiro da Costa

1624
Genealogia Sobralense Vol IV - Os Ferreira da Ponte,Tomo VIII

1625