Você está na página 1de 11

Estruturas de Aço I

Professora: Gabriela Pereira Lubke


Mestra em Engenharia Civil
Programa da disciplina

 Aços estruturais de perfis:


 Propriedades mecânicas;
 Composição química;
 Classificação;
 Aços estruturais utilizados no Brasil;
 Perfis laminados;
 Perfis soldados;
 Perfis dobrados a frio.
Bibliografia Básica e Complementar

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR-8800: Projeto de Revisão, Projeto e


Execução de Estruturas de Aço e de Estruturas Mistas Aço-Concreto de Edifícios. Rio de
Janeiro, 2008.
FAKURY, R.H.; CASTRO E SILVA, A.L.; CADAS, R.B. Dimensionamento de elementos estruturais de
aço e mistos de aço e concreto. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2016. 496p. ISBN
9788543001128 (broch.).
CENTRO BRASILEIRO DA CONSTRUÇÃO EM AÇO. Galpões para uso geral. 4. ed. Rio de Janeiro,
2018. 74p. ISBN 9878589819251.
CODA, H.B., PACCOLA, R.R. AcadFrame: Software acadêmico para análise de pórticos e treliças
planas. Versão Beta. Universidade de São Paulo, São Carlos, 2006 (online)
MARTHA, L.F. FTOOL: Programa gráfico-interativo para análise de estruturas. Versão 4.00. Rio
de Janeiro: Tecgraf, PUC-Rio, 2018. (online)
PFEIL, Walter; PFEIL, Michele. Estrutura de aço: dimensionamento prático. 8. ed. Rio de
Janeiro: LTC - Livros Técnicos e Científicos, c2009. 357 p. ISBN 9788521616115 (broch.).
Composição química

 Os aços estruturais apresentam em sua composição química:


 Porcentagem de ferro superior a 95%
 Porcentagem de carbono máxima de 0,29%
 Além dos componentes principais outros elementos podem estar presentes na
composição do aço
 Alguns elementos são prejudiciais e vem do processo de fabricação
 Ex: enxofre, fósforo.
 Alguns elementos são adicionados intencionalmente com a finalidade de
melhorar algumas propriedades
 Ex: manganês, silício, cobre, cromo, nióbio, vanádio, níquel, titânio, molibdênio
Composição química

 As pequenas variações nas quantidades de carbono e outros elementos


possibilitam obter diferentes qualidades de aço.
 Carbono, manganês, silício, cromo, níquel e titânio aumentam a resistência
mecânica e reduzem a soldabilidade e ductilidade.
 Cobre, cromo, molibdênio e níquel aumentam a resistência à corrosão
atmosférica
 Nióbio, vanádio e molibdênio aumentam a resistência sem prejudicar a
soldabilidade.
 A quantidade de carbono presente no aço define sua classificação.
Classificação

 Em função da qualidade proporcionada por sua composição química, os aços


estruturais são classificados em:
 Aço-carbono.
 Aço de baixa liga e alta resistência mecânica.
 Os aços ainda podem apresentar resistência à corrosão atmosférica normal ou
superior.
 Os aços também pode ser resistentes ao fogo
Classificação

 É exigência da ABNT NBR 8800:2008 que os aços estruturais apresentes

 Resistência ao escoamento (𝑓𝑦 ) máxima de 450 Mpa;


 Relação mínima entre as resistências à ruptura e ao escoamento (𝑓𝑢 /𝑓𝑦 ) de
1,18.
Aços-carbono

 Apresentam resistência máxima ao escoamento de 300 Mpa;


 Quantidade de carbono entre 0,15% e 0,29%;
 Porcentagem de manganês máxima de 1,5%;
 Podem possuir silício, cobre, fósforo e enxofre.
Aço de baixa liga e alta resistência
mecânica
 Apresentam teor de carbono entre 0,05% e 0,25%
 Porcentagem de manganês inferior a 2%
 São acrescidos de elementos de liga, como cobre, cromo, nióbio, vanádio,
níquel, titânio, molibdênio, entre outros, que melhoram suas propriedades
mecânicas.
 Possuem resistência ao escoamento entre 275 MPa e 450 MPa.
Aços resistentes à corrosão atmosférica

 A adição de elementos como cobre, cromo e níquel em porcentagens


adequadas pode elevar a resistência dos aços estruturais à corrosão
atmosférica.
 Nesse tipo de aço há a formação de uma película de óxidos chamada pátina
que funciona como proteção anticorrosiva.
Aços resistentes à corrosão atmosférica

 A pátina possui coloração castanho-alaranjada, é praticamente insolúvel,


contínua e se adere à superfície das peças expostas.
 Ao aços resistentes à corrosão apresentam uma velocidade de corrosão
bastante inferior à dos demais aços, mas não são imunes à corrosão.
 Os aços patináveis podem ser utilizados sem pinturas ou qualquer tipo de
proteção, exceto em ambientes extremamente agressivos.