Você está na página 1de 11

07.02.

000 - AR CONDICIONADO

07.02.201 – CONDICIONADORES

07.02.201 – Fornecimento e instalação de condicionadores de ar, do tipo "SPLIT – TETO DUTADO",


e “SPLIT – HI WALL com tecnologia INVERTER” com as seguintes características:

a) Cada condicionador será composto por uma unidade evaporadora e uma unidade
condensadora que serão interligadas através de tubos de cobre para circulação do refrigerante;

b) A unidade evaporadora deverá ter funcionamento silencioso, ser leve e compacta, e ser
fornecida pelo fabricante com placa de controle eletrônica, receptor infravermelho e ledes de
operação, sensor de serpentina, sensor da entrada de ar e controle, construída em plástico de alta
resistência para as evaporadoras do tipo HI WALL com tecnologia INVERTER e em chapa de aço
para o modelo TETO DUTADO. As funções deste sistema de controle são:

 Ventilador de 3 velocidades;

 Modo refrigeração; e

 Modo “apenas ventilação”.

Os modelos TETO DUTADO deverão ser equipados com Filtro de Ar do tipo G4 (classificação
NBR 16401-3: 2008  EN 779/2002) e pressão de ar disponível de 8 mmca (referência técnica: Split
Versatile Modelo Heavy-Duty).

c) A unidade condensadora será do tipo vertical ou horizontal, resfriada a ar, em gabinete de


chapa de aço onde estará localizado o compressor para operar com refrigerante R-22 ou R410A e
deverá possuir todos os dispositivos de proteção e controle de capacidade;

d) Cada unidade, evaporadora e condensadora, deverá possuir em seu interior uma serpentina
e um ou mais ventiladores;

e) As serpentinas do evaporador e do condensador deverão ser do tipo expansão direta, sendo


o número de tubos e o número de filas em profundidade especificado pelo fabricante, de maneira que
a capacidade do equipamento seja adequada à especificada;

f) Os motores elétricos dos ventiladores serão a prova de pingos, bifásico, 220 V, 60 Hz e


potência adequada dos ventiladores às necessidades do condicionador;

g) as linhas de gás refrigerante de interligação entre as unidades evaporadora e condensadora


deverão ser em cobre fosforoso sem costura;

1
h) a interligação elétrica entre as unidades deverá ser feita através de eletroduto flexível ou cabo
PP, conforme indicado no desenho, caminhando junto com a tubulação de cobre;

i) as unidades deverão ser totalmente montadas em fábrica, contendo ainda:


 carga de refrigerante e óleo apropriadas;
 a fiação de todos os controles e comandos instalados, devendo ser necessário no campo
somente a execução das conexões elétricas, de refrigerante e de dreno.

j) as unidades evaporadora e condensadora deverão ser posicionadas e apoiadas utilizando


diversos acessórios, tais como: suporte, calço de neoprene, tirantes, abraçadeiras, fita valsiva, solda,
etc.

DADOS DOS CONDICIONADORES:

 Tipo: Split com Tecnologia Inverter;


 Modelo: Hi – Wall;
 Capacidade nominal: 12.000 BTU;
 Referência: 42MBCA12M5 + 38MBCA12M5;
 Alimentação elétrica: 220 V / ø2 / 60 Hz – 1,1 kW / 6,2 A;
 Quantidade: 1 unidade.

 Tipo: Split com Tecnologia Inverter;


 Modelo: Hi – Wall;
 Capacidade nominal: 24.000 BTU;
 Alimentação elétrica: 220 V / ø2 / 60 Hz – 2,1 kW / 8,1 A;
 Quantidade: 1 unidade.

 Tipo: Split;
 Modelo: Teto Dutado;
 Capacidade nominal: 60.000 BTU;
 Alimentação elétrica: 220 V / ø3 / 60 Hz – 5,7 kW / 16,1 A;
 Quantidade: 2 unidades.

07.02.300 – REDE DE DUTOS

07.02.301 - Fornecimento e instalação de dutos fabricados com as seguintes recomendações:

a) Montados segundo as recomendações da SMACMA e confeccionados em chapa de aço


galvanizado, nas bitolas indicadas pela Norma ABNT NBR 16401-2008;
b) A superfície interna deverá ser livre e desimpedida, sem saliências nem obstruções,
utilizando-se, entre diferentes seções, juntas e chavetas do mesmo material dos dutos;

c) Com execução esmerada, principalmente no que diz respeito à sua estanqueidade;

d) Com todas as conexões dos dutos às unidades condicionadoras de ar, deverão ser efetuadas
através de conexões flexíveis dotadas de lona;

e) Deverão ser suportados por tirantes de cantoneira ou barra chata, apoiados na estrutura;

f) Os tirantes deverão ser galvanizados e tratados contra corrosão, sendo o espaçamento entre
eles de 1,5m no máximo.

07.02.303 - Fornecimento e instalação de bocas de ar com as seguintes características:

a) Difusor com todos os elementos de difusão de ar, deverão ser providos de um elemento de
regulagem, de modo a viabilizar o balanceamento do sistema de distribuição de ar;

07.02.400.00 – REDES HIDRÁULICAS

Fornecimento e instalação de Tubulação Frigorígena, com as seguintes características:

Tubulação de cobre fosforoso sem costura, desoxidados, recozidos, brilhantes com liga C-122 com
99% de cobre e diâmetros conforme especificados no desenho, com características conforme norma
ABNTNBR 7541.

Fornecimento e instalação de Isolamento térmico para a Tubulação Frigorígena, com as seguintes


características:

Do tipo borracha esponjosa, com coeficiente de transmissão de 0,038 W/K com espessura mínima de
13 mm (observar recomendações do fabricante do isolamento para maiores detalhes). O isolamento
deverá ser protegido externamente quando exposto ao sol com fita PVC, Alumínio ou pintura especial
resistente à radiação ultravioleta e a tensão mecânica. Tanto a linha de líquido como de sucção
deverá ser isolada separadamente.

2
Fornecimento e instalação de cabo tipo PP 3 x 2,5 mm para interligação entre evaporadora e
condensadora.

Fornecimento e instalação de acessórios diversos, tais como: calço de neoprene, tirantes,


abraçadeiras, fita valsiva, solda, etc.
07.04.000 - VENTILAÇÃO MECÂNICA

07.04.100 – VENTILADORES
07.04.101 - CENTRÍFUGOS

07.04.101.A
07.04.101.B – Fornecimento e instalação de exaustor/insuflador Helicocentrífugo em linha para duto,
para instalação no teto, corpo motor desmontável e motor regulável de duas velocidades fabricados
em plástico ou em chapa de aço galvanizado, protegida com pintura epóxi, com caixa de bornes
externa, corpo motor desmontável e motor regulável 127 V - 60 Hz de duas velocidades. (Referência
Técnica: TD - Fabricante Soler&Palau ou equivalente técnico).

DADOS DOS VENTILADORES:


07.04.101.A
 Vazão: 900 m³/h;
 Fabricante/Modelo: Soler&palau TD-2000/315;
 Pressão estática: 32 mmca;
 Alimentação elétrica: 127 V / ø2 / 60 Hz – 290 W / 2,4 A;
 Quantidade: 2 unidades.

07.04.101.B
 Vazão: 150 m³/h – 100 m³/h;
 Fabricante/Modelo: Soler&palau TD-350/125;
 Pressão estática: 12 mmca – 13 mmca;
 Alimentação elétrica: 127 V / ø2 / 60 Hz – 38 W / 0,32 A;
 Quantidade: 02 unidades.

07.04.101.C
07.04.101.D - Fornecimento e instalação de ventiladores centrífugos com as seguintes
características: (Ref.: OTAM, torin ou equivalente técnico).

a) Para as Coifas, os ventiladores deverão ser de simples aspiração com capacidade para atender
as vazões de ar e as pressões estáticas requeridas. Terão suas características indicadas nas
Folhas de Dados constantes destas especificações. Deverão ser do tipo "LIMIT LOAD", com pás
curvadas para trás para resistir à variação de pressão em virtude dos filtros.

 Acionados por motores elétricos trifásicos, 60Hz e potências adequadas;

 O acoplamento entre cada motor e o ventilador deverá ser através de polias e correia,
devendo ser fornecido com protetor de correia. Cada conjunto ventilador / motor deverá ser
fornecido sobre base de apoio e com todos os acessórios necessários, tais como: esticador
de correias, protetor de correias, etc;
 Os rotores dos ventiladores deverão ser balanceados estática e dinamicamente;

 Os ventiladores deverão ser apoiados sobre amortecedores de vibração em base de


concreto/metálica elevada do piso do resto do compartimento;

 As conexões dos ventiladores aos dutos deverão ser feitas através de conexões flexíveis em
material incombustível, podendo ser utilizadas mantas de amianto branco ou materiais
similares.

DADOS DOS VENTILADORES:


a) SISTEMA I - 07.04.101.C
a.1) Critérios de Seleção do ventilador
 Tipo: Centrífugo – LimitLoad
 Vazão: 7.200 m3/h
 Pressão estática: 67 mmca
 Motor elétrico: 220V – 3ø – 60Hz / Alto rendimento / IP55 / Classe I
 Acessórios: Porta de Inspeção, Protetor de Polias e Pintura Sistema 20/R0 (Epóxi 120micra)

a.2) Ventilador selecionado

VEX - 01
Quantidade 1
Modelo RLS 500
Arranjo/Classe 1/I
Temperatura de Operação 50 °C
Pressão Barométrica 760 mmHg
Densidade do Fluido 1,093 kg/m³
Vazão 7.200 m³/h
Pressão Estática (SE) 67,0 mmca
Pressão Total (SE) 72,6 mmca
Pressão Total (ST) 80,0 mmca
Pressão Estática (ST) 73,9 mmca
Velocidade de Descarga 10,0 m/s
Rendimento 79,12 %
Rotação 1489 rpm
Potência Absorvida (ST) 2,70 cv
Potência Absorvida (SE) 2,45 cv
Velocidade Periférica 39,01 m/s
Pressão Sonora (1m) Campo Livre 75 dBA
Motor cv/polos/Hz - tipo 3,0/4/60-TFVE
Acessórios
Porta de Inspeção X
Protetor de Polias X
Pintura Sistema 20/R0 (Epóxi 120micra) X
b) SISTEMA II - 07.04.101.D
b.1) Critérios de Seleção do ventilador
 Tipo: Centrífugo – LimitLoad;
 Vazão: 5.000 m3/h;
 Pressão estática: 61 mmca;
 Motor elétrico: 220V – 3ø – 60Hz / Alto rendimento / IP55 / Classe I;
 Acessórios: Porta de Inspeção, Protetor de Polias e Pintura Sistema 20/R0 (Epóxi
120micra).

b.2) Ventilador selecionado

VEX - 02
Quantidade 1
Modelo RLS 500
Arranjo/Classe 1/I
Temperatura de Operação 50 °C
Pressão Barométrica 760 mmHg
Densidade do Fluido 1,093 kg/m³
Vazão 5000 m³/h
Pressão Estática (SE) 61,0 mmca
Pressão Total (SE) 65,1 mmca
Pressão Total (ST) 71,8 mmca
Pressão Estática (ST) 67,2 mmca
Velocidade de Descarga 8,57 m/s
Rendimento 79,34 %
Rotação 1525 rpm
Potência Absorvida (ST) 1,67 cv
Potência Absorvida (SE) 1,52 cv
Velocidade Periférica 35,95 m/s
Pressão Sonora (1m) Campo Livre 72 dBA
Motor cv/polos/Hz - tipo 2,0/4/60-TFVE
Acessórios
Porta de Inspeção X
Protetor de Polias X
Pintura Sistema 20/R0 (Epóxi 120micra) X

07.04.200 - REDES DE DUTOS


07.04.201 – DUTOS

07.04.201.00.A – Fornecimento e instalação de dutos flexíveis de alumínio de diâmetros conforme


estabelecido no projeto, construídos com uma armação helicoidal de fio de aço revestido de alumínio
e poliéster. (Referência Técnica: GSA 160 - Fabricante Soler&Palau ou equivalente técnico).

07.04.201.00.B – Fornecimento e instalação de duto circular, em aço galvanizado cravado, pintado,


de diâmetros conforme estabelecido no projeto.

07.04.201.00.C - Fornecimento e instalação de dutos com as seguintes características:

a) Os dutos deverão ser fabricados e montados segundo as recomendações da SMACMA e


confeccionados em chapa de aço INOX na espessura de 1,25mm, dotados de flanges, também
em aço INOX. A junção dos dutos e da curva deve ser feita por flanges com parafusos e porcas,
sendo que entre flanges deverá ser usada manta para vedação. A superfície interna deverá ser
livre e desimpedida, sem saliências nem obstruções. Os dutos não deverão ter elementos
internos, tais como: registros, dampers de regulagem de vazão, veias, etc. Os dutos deverão ter
execução esmerada, principalmente no que diz respeito à sua estanqueidade. Todas as juntas,
tanto entre seções quanto longitudinais, deverão ser soldadas, totalmente estanques a
vazamento de líquidos;

b) As conexões dos dutos às coifas deverão ser flangeadas. Sempre que possível, os dutos da coifa
que libera vapor de gordura deverão ter declividade no sentido da coifa;

c) No ponto inferior de trechos de dutos verticais deverá ser provido de ponto de drenagem de
gordura com fácil acesso para limpeza;

d) Os trechos de dutos com mudanças de direção (acidentes) deverão ser providos de portas de
inspeção com espaçamentos e dimensões capazes de permitir completa limpeza interna do duto.
As portas de inspeção deverão ser fabricadas do mesmo material do duto, ser localizadas
preferencialmente na lateral do mesmo, e providas de juntas de amianto que assegurem vedação
e incombustibilidade.

07.04.201.00.D
07.04.201.00.E
07.04.201.00.F – Fornecimento e instalação de coifas com as seguintes características:

a) Deverá ser construída em chapa de aço inoxidável bitola 20, esp. Min=0,94mm. Suas
dimensões deverão ser tais que cubram completamente o equipamento que libera gordura
e/ou calor, ultrapassando no mínimo 15 cm para cada lado do mesmo, exceto os lados
adjacentes a paredes (conforme definido neste projeto);

b) Calhas coletoras sob os filtros e em todo o perímetro das coifas e serão providas de drenos
com bujões ou registros;

c) Com filtros inerciais para recolhimento de gordura e também propiciar efeito corta-chama
(apenas para a coifa sobre o fogão e a fritadeira);

d) Não deverão possuir luminárias convencionais expostas ao fluxo de ar;

e) Todo o conjunto coifa/filtros deverá ser fixado ao teto, por meio de tirantes;

f) Deverão possuir saídas superiores tipo colarinho com flange para interligação ao damper
corta-fogo e aos dutos.

07.04.202 – DAMPER

07.04.202 - Fornecimento e instalação de damper corta-fogo para fechamento automático com as


seguintes características:

a) Carcaça e acessórios em chapa de aço zincado conforme norma NBR 7008C, aletas em
material termo isolante especial, eixos em aço inoxidável AISI 304, buchas em latão e
material sintético;
b) Instalação em duto;

c) Elemento fusível 72ºC, chave fim de curso e solenoide 24Vcc normalmente desenergizada.

07.04.250 – BOCAS DE AR
07.04.251 – DIFUSORES

07.04.251 – Fornecimento e instalação de bocas de ar (difusores circulares) com todos os elementos


de difusão de ar, deverão ser providos de um elemento de regulagem, de modo a viabilizar o
balanceamento do sistema de distribuição de ar. O acesso a cada elemento de regulagem deverá ser
realizado pelas próprias frestas de lançamento de ar, sem necessidade de acesso ao forro.
(Referência Técnica: GCI – Fabricante Soler&Palau ou equivalente técnico).

07.04.252 – GRELHA

07.04.252 – Fornecimento e instalação de grelha tipo bico de pato para aspiração ou descarga de ar
para evitar a entrada de corpos estranhos nas instalações e no ventilador. (Referência Técnica: APC
– Fabricante Soler&Palau ou equivalente técnico).

07.04.300 - EQUIPAMENTOS AUXILIARES

07.04.302 – FILTROS

07.04.302.A
07.04.302.B – Fornecimento e instalação de caixa de aço galvanizado para montagem de filtro fino
(F5), com entrada e saída de ar em forma circular e junta estanque para interligação ao ventilador e
duto flexível de alumínio e tampa de abertura fácil para substituição do filtro. (Referência Técnica:
MFL – Fabricante - Soler&Palau ou equivalente técnico).

07.04.302.C
07.04.302.D – Fornecimento de Filtros fino de classe F5 (NBR 16401-3:2008) para instalação em
caixa de aço galvanizado. (Referência Técnica: MFR - Fabricante Soler&Palau ou equivalente
técnico).

07.04.302.E – Fornecimento e instalação de Tomada de Ar Exterior nas dimensões definidas no


projeto, com filtro G3, sem registro e acabamento em alumínio anodizado e pintado de preto fosco.
07.04.302.F - Fornecimento e instalação de Filtros Inerciais em chapa inoxidável 304 com espessura
regulável e com as seguintes características: (Ref.: Refrin, Trocalor equivalente técnico).

a) Na coifa que faz captação de vapores gordurosos (coifa sobre o fogão e a


fritadeira). Construídos com calhas formando chicanas. Os filtros serão instalados na coifa em
ângulo de 45 graus com a horizontal, de modo a permitir o escoamento de gordura para a
calha coletora, e deverá ser fácil a remoção dos mesmos para a limpeza.

07.04.302.G
07.04.302.H – Fornecimento e instalação de filtros eletrostáticos (Eletro-ionizador) destinados á
vapores e particulado de gordura provenientes do sistema de cocção, com as seguintes
características: (Ref: ATMOS Ambiental, Arwek ou equivalente técnico)

a) Aplicável na remoção de partículas através de ionização com alta tensão elétrica do fluxo da
exaustão e posterior coleta em placas com polaridade oposta ao da assumida pelas
partículas;

b) Devem dispor de elementos de segurança (fim do curso), que interrompam a energização na


abertura de suas portas;

c) Transformadores e geradores de tensão de correntes continua com auto–limitação;

d) Sistema de limpeza de placas, e gabinete por lavagem com ciclos frequentes, bem como
elementos ativos de extinção de incêndios e coletores de gordura condensada, externos ao
fluxo em recipiente corta-fogo, de forma a impedir combustão do material coletado em caso
de incêndio;

e) O ar que sairá do filtro eletrostático deverá ter um índice de aproximadamente 94 % de


pureza, de forma que o ar IONIZADO a ser lançado no exterior tenha um índice de
despoluição elevado.

07.14.000 – CÂMARAS FRIGORÍFICAS

07.14.000.A – Fornecimento e instalação de câmaras frigoríficas conforme as seguintes


características:

 Câmara Frigorífica formada por painéis modulares pré-fabricados com isolação térmica em
espuma rígida de poliuretano injetado, ecológico - sem CFC, de espessura 50, 100 ou 150
mm, densidade 38 a 43 kg/m³, coeficiente de transmissão de calor k=0,018 kcal/mhºC e
aditivo retardante a chama tendo inflamabilidade de acordo com a NBR 7358, classe R1 / R2;
 Porta pivotante com batente: revestimentos interno e externo de chapas metálicas; isolação
térmica idêntica à aplicada aos painéis das paredes. Abertura tipo giratória totalmente
embutida no batente nivelada aos painéis das paredes;
 Cortina de tiras para portas e portinholas;
 Iluminação interna com luminária à prova de vapor.

SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO
 Unidades compressoras: compressores semi-herméticos ou herméticos, empregados
refrigerantes ecológicos R-404 ou R-134a.
 Unidades condensadoras: refrigeradas a ar, com motoventiladores independentes, do tipo
baixo nível de ruído; dotadas de gabinetes à prova de intempéries, incluindo válvulas de
serviço nas linhas de líquido e sucção, localizadas externamente ao gabinete, permitindo
rápida instalação e quadro elétrico de fácil acesso, com abertura por fora, sem a necessidade
de retirar o gabinete;
 Unidades evaporadoras: de baixo perfil e de alta tecnologia, combinando os fatores ideais ao
projeto, ou seja, área de troca, distanciamento e perfil das aletas, arranjo de tubos, vazão,
velocidade e flecha do ar, sistema de descongelo e drenagem, motoventiladores, válvulas de
expansão, forma construtiva.
 Tubulação do gás refrigerante: Cobre, dimensionada de acordo com a capacidade e perda de
carga. Isolação térmica da linha de sucção, com tubos de espuma flexível de polietileno
própria para baixa temperatura, fixados por berços metálicos.
 Quadro de comando e distribuição elétrica: quadros elétricos individuais equipados com
microprocessadores com funções de termômetro digital, termostato de temperatura ambiente,
controlador de descongelo elétrico (início por tempo e fim por temperatura com efeito fan-
delay) e alarme de temperatura. Estes quadros também alimentam motoventiladores e
resistências de degelo.
 Controle: controlador microprocessado com funções de termômetro digital, termostato de
temperatura ambiente, com diferencial regulável e alarme visual ou sonoro e visual de
temperatura, conforme especificações do projeto.

TABELA DE PARÂMETROS DE PROJETO

UMIDAD
IDENTIFICAÇÃ QUANTIDAD
CAIXA QUANTIDAD TEMPERATUR E
O DA PRODUTO E TOTAL
(cm) E / CAIXA A INTERNA RELATIV
CÂMARA (KG)
A
109,5x62,5x8
01.01 LIXO 382 5 127 +4ºC 70-95%
02.01 CARNE 2582 44x68x19 36 -18ºC 85-95%
02.02 HORTIFRUTI 1452 20x40x60 25 +4ºC 70-95%
02.03 DEGELO 161,4 44x68x19 32 +4ºC 70-95%