Você está na página 1de 8

PORTARIA GSF Nº 1.332/2009, DE 1º DE SETEMBRO DE 2009.

Disciplina a divulgação de dados e informações dos


órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
na Rede Mundial de Computadores – Internet.

O SECRETÁRIO DA FAZENDA DO ESTADO DE GOIÁS, no uso de suas


atribuições, tendo em vista as disposições contidas nos incisos VII, do art. 6º, e I, do art. 11,
da Lei nº 16.272, de 30 de maio de 2008, bem como o disposto no art. 2º do Decreto nº 6.965,
de 20 de agosto de 2009,

R E S O L V E:

Capítulo I
DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 1º A divulgação de dados e informações relativos à execução orçamentária
e financeira dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual direta e indireta,
exclusivamente para fins de controle social, no endereço eletrônico
http://www.transparencia.goias.gov.br, da Rede Mundial de Computadores – Internet, sítio
denominado Transparência Goiás, deve obedecer ao disposto nesta Portaria.
Art. 2º A Superintendência de Controle Interno da Secretaria da Fazenda, na
condição de unidade central do sistema de controle interno do Poder Executivo do Estado de
Goiás, fica incumbida da gestão do sítio Transparência Goiás.
Parágrafo único. Fica criada no âmbito da Gerência de Auditoria
Governamental da Superintendência de Controle Interno, a Coordenação de Transparência e
Ética, com a finalidade de coordenar, propor e desenvolver projetos e ações voltados para a
promoção da transparência e da ética na Administração Pública Estadual.
Art. 3º A Superintendência de Gestão da Tecnologia da Informação desta
Secretaria fica incumbida da projeção, desenvolvimento, manutenção e avaliação do sistema
de processamento de dados do sítio Transparência Goiás.
Art. 4º No prazo de 20 (vinte) dias, a contar da assinatura desta Portaria, a
Superintendência de Gestão da Tecnologia da Informação deve disponibilizar e manter o
repositório denominado “banco de dados da transparência”, com as informações que formarão
o conteúdo mínimo a ser divulgado nas páginas do sítio Transparência Goiás.
Art. 5º As unidades administrativas da Secretaria da Fazenda, bem como os
demais órgãos e entidades do Poder Executivo, no prazo máximo de 15 (quinze), após o
encerramento de cada mês, devem enviar ao “banco de dados da transparência” as
informações definidas nos arts. 15 a 18 desta Portaria.

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
2

Parágrafo único As Superintendências de Controle Interno e de Gestão da


Tecnologia da Informação da Secretaria da Fazenda, no prazo estabelecido no art. 4º, devem
definir os procedimentos e padrões para envio das informações referidas no caput deste
artigo.
Art. 6º A Superintendência de Controle Interno deve divulgar os dados e
informações no sítio Transparência Goiás no prazo de 15 (quinze), contados do encerramento
do prazo previsto no artigo anterior.
Art. 7º Os órgãos e entidades da administração direta e indireta do Poder
Executivo devem inserir na página inicial dos seus sítios eletrônicos, no prazo de 30 (trinta)
dias a partir de sua disponibilização na Internet pela Secretaria da Fazenda, o acesso ao sítio
Transparência Goiás, endereço http://www.transparencia.goias.gov.br.
Art. 8º As informações de que trata esta Portaria não substituem publicação
prevista em lei, nem consulta direta aos sistemas corporativos do Governo Estadual, devendo
essa restrição figurar de forma destacada na página da Transparência Goiás.
Art. 9º Os dados e informações devem permanecer nas páginas da
Transparência Goiás pelo prazo mínimo de 5 (cinco) anos.

Capítulo II
DO CONTEÚDO DAS PÁGINAS DA TRANSPARÊNCIA GOIÁS
Art. 10. As páginas do sítio Transparência Goiás devem conter dados e
informações sobre a arrecadação estadual, a execução orçamentária e financeira, licitações,
contratos, convênios, despesas com passagens e diárias e procedimentos administrativos
disciplinares dos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual direta e indireta, além
de outros conteúdos que vierem a ser estabelecidos.
Parágrafo único. As informações devem ser divulgadas e atualizadas
mensalmente na página da Transparência Goiás.

Seção I
Arrecadação Estadual
Art. 11. As informações a seguir, relativas à arrecadação estadual e respectiva
distribuição aos municípios:
I – demonstrativo, financeiro, em percentual e em gráfico, da receita estadual,
por tipo de tributo, em valores correntes e corrigidos monetariamente, com acumulação
mensal e anual:
a) Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre
Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação –
ICMS;
b) Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores – IPVA;
c) Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou
Direitos – ITCD;
d) outros tributos;

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
3

e) repasses da União;
f) outras receitas;
II – demonstrativo, financeiro, em percentual e em gráfico, por tipo de tributo,
com acumulação mensal e anual, da distribuição dos tributos estaduais aos Municípios:
a) ICMS, com base no Índice de Participação dos Municípios – IPM;
b) IPVA, com base na participação percentual do imposto;
III – repasses da União aos Estados e Municípios, por meio de links com os
sítios da Secretaria do Tesouro Nacional – STN (http://www.stn.fazenda.gov.br) e o Portal da
Transparência do Governo Federal (http://www.portaldatransparencia.gov.br).
Parágrafo Único. As informações de que trata este artigo devem ser fornecidas
pela Superintendência de Administração Tributária da Secretaria da Fazenda.

Seção II
Execução Orçamentária e Financeira
Art. 12. As informações a seguir, relativas à execução orçamentária e
financeira:
I – Quadro de Detalhamento de Programas, por unidade orçamentária do órgão
ou entidade, contendo:
a) código e especificação da função, dos programas e das ações orçamentários;
b) valor orçado, levando em consideração os recursos consignados por
programa na Lei Orçamentária Anual – LOA;
c) valor atualizado, assim considerado o valor orçado e seus créditos
adicionais;
d) valor empenhado, assim considerado a vinculação do recurso orçamentário à
realização determinada despesa;
e) valor pago no ano considerado, para exercício encerrado, e valor pago até o
mês considerado, para o exercício corrente;
f) valor a pagar, assim considerado a diferença entre o valor empenhado e o
valor pago;
g) percentual de recursos pagos comparados aos autorizados;
h) percentual de recursos pagos comparados aos empenhados;
II – Quadro de Execução de Despesas, por unidade orçamentária dos órgãos e
entidades, contendo:
a) descrição por grupo e natureza das despesas;
b) valor empenhado, assim considerado a vinculação do recurso orçamentário
ao pagamento de determinada despesa;
c) valor pago no ano considerado, para exercício encerrado, e valor pago até o
mês considerado, para o exercício corrente;
Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br
Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
4

d) valor a pagar, assim considerado a diferença entre o valor empenhado e o


valor pago;
Parágrafo Único. As informações de que trata este artigo devem ser extraídas
do Sistema de Programação e Execução Orçamentária e Financeira – SIOFINET.

Seção III
Folha de Pagamento
Art. 13. As informações a seguir, relativas aos gastos com a folha de
pagamento dos servidores da administração direta e indireta:
I – demonstrativo, financeiro, em percentual e em gráfico, do número de
servidores ativos, por órgão ou entidade e por situação funcional, e remuneração bruta
reduzida dos valores do imposto de renda e da previdência, com variação mensal e
consolidação anual:
a) efetivo;
b) comissionado;
c) temporário;
d) à disposição do Estado de Goiás;
II – demonstrativo, financeiro, em percentual e em gráfico, do número de
servidores inativos, por categoria, e provento bruto reduzido dos valores do imposto de renda
e da previdência:
a) pensionista;
b) aposentado;
Parágrafo Único. As informações de que trata este artigo devem ser extraídas
do Sistema de Folha de Pagamento.

Seção IV
Licitações
Art. 14. As seguintes informações, referentes às licitações promovidas:
I – órgão licitante;
II – número da licitação;
III – número do processo;
IV – modalidade da licitação;
V – objeto;
VI – número de itens;
VII – data e hora da abertura;
VIII – situação da licitação (aberta ou homologada);
IX – contato no órgão ou entidade responsável.

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
5

Parágrafo Único. As informações de que trata este artigo devem ser extraídas
do Sistema COMPRASNET.

Seção V
Contratações
Art. 15. As seguintes informações, relativas aos contratos firmados e notas de
empenho:
I – órgão contratante;
II – número do contrato;
III – data de publicação no Diário Oficial do Estado;
IV – número do processo;
V – modalidade da licitação;
VI – nome do contratado;
VII – número de inscrição do contratado no Cadastro Nacional de Pessoas
Jurídicas – CNPJ ou no Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
VIII – objeto;
IX – fundamento legal;
X – período de vigência;
XI – valor do contrato;
XII – situação do contrato (ativo, concluído, rescindido ou cancelado);
XIII – relação de aditivos ao contrato com as seguintes informações:
a) número do aditivo;
b) data da publicação no Diário Oficial do Estado;
c) número do processo;
d) objeto do aditivo.

Seção VI
Convênios e Instrumentos Congêneres
Art. 16. As seguintes informações relativas aos convênios ou instrumentos
congêneres que envolvam transferência de recursos públicos estaduais:
I – órgão concedente;
II – órgão convenente;
III – órgão interveniente;
IV – número do convênio;
V – objeto;
VI – valor de repasse;
Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br
Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
6

VII – valor da contrapartida do convenente;


VIII – valor total dos recursos;
IX – período de vigência.

Seção VII
Diárias e Passagens
Art. 17. As diárias e passagens pagas a servidores públicos em deslocamento
em razão do trabalho ou a colaboradores eventuais em viagens no interesse da administração,
constando as seguintes informações relativas a cada deslocamento:
I – órgão ordenador da despesa;
II – nome do servidor;
III – local de origem;
IV – local de destino;
V – período do deslocamento;
VI – trabalho executado;
VII – valor da passagem;
VIII – número de diárias;
IXI – valor total das diárias;
X – valor total do deslocamento.

Seção VIII
Procedimentos Administrativos Disciplinares
Art. 18. As seguintes informações relativas aos procedimentos administrativos
disciplinares instaurados:
I – sindicâncias preliminares:
a) órgão instaurador;
b) quantitativo de sindicâncias instauradas;
c) quantitativo, percentual e gráfico de sindicâncias finalizadas com
oferecimento de denúncia;
d) quantitativo, percentual e gráfico de sindicâncias finalizadas com sugestão
de arquivamento dos autos;
II – processos administrativos disciplinares:
a) órgão instaurador;
b) quantitativo de processos instaurados;
c) quantitativo, percentual e gráfico de processos finalizados:
d) quantitativo, percentual e gráfico de servidores absolvidos;

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
7

e) quantitativo, percentual e gráfico de penalidades aplicadas:


1. repreensão;
2. suspensão;
3. multa;
4. destituição de mandato;
5. demissão;
6. cassação de aposentadoria ou disponibilidade;

Capítulo III
DA APRESENTAÇÃO E DA LINGUAGEM
Art. 19. As informações devem ser apresentadas de forma simples, com a
utilização de recursos de navegação intuitiva a qualquer cidadão, independentemente de
senhas ou conhecimentos específicos de informática.
Art. 20. Todo o conteúdo técnico deverá ser precedido de texto introdutório e,
sempre que possível, acompanhado por notas explicativas, na forma de dicas de tela.
Art. 21. As informações serão divulgadas na forma extensiva e decodificada,
com a utilização de linguagem simples e objetiva.
Art. 22. As páginas de Transparência Goiás devem conter glossário com as
definições, em linguagem acessível ao cidadão, de todos os termos técnicos empregados na
apresentação das informações.

Capítulo IV
DAS ENTIDADES DA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA
Art. 23. As entidades da administração indireta, empresas públicas e
sociedades de economia mista, independentemente da publicação no seu próprio sítio, devem
encaminhar, em meio eletrônico, à Superintendência de Controle Interno da Secretaria da
Fazenda, no prazo máximo de 30 (trinta) dias após o encerramento de cada mês, as
informações previstas nos arts. 13 a 18 desta Portaria.

Capítulo V
DO SIGILO DAS INFORMAÇÕES
Art. 24. As informações classificadas como sigilosas, nos termos da legislação
sobre a matéria, devem ter sua divulgação restrita, tendo em vista o que dispõe o art. 5º do
Decreto nº 6.965, de 20 de agosto de 2009.
Art. 25. Caberá aos órgãos e entidades da Administração Pública Estadual
informar à Superintendência de Controle Interno da Secretaria da Fazenda, no prazo de 60
(sessenta dias) a contar da publicação desta Portaria, as informações referentes ao conteúdo
mínimo estabelecido no Capítulo II que estão protegidas pelo sigilo mencionado no art. 24,
com a respectiva fundamentação legal.

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09
8

Capítulo VI
DISPOSIÇÕES FINAIS
Art. 26. Cabe à Superintendência de Controle Interno da Secretaria da Fazenda,
nos termos do § 1º do art. 1º do Decreto nº 6.965, de 20 de agosto de 2009, a responsabilidade
pela expedição dos atos e a adoção dos procedimentos necessários ao pleno cumprimento do
disposto nesta Portaria.
Art. 27. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

JORCELINO JOSÉ BRAGA


Secretário da Fazenda

Gabinete do Secretário – secretario@sefaz.go.gov.br


Av. Vereador José Monteiro, nº 2.233, Setor Nova Vila
CEP: 74.653-900 – Goiânia – Goiás. Fones: (0xx62) 3269.2501-2502 Fax: (0062) 3269.2503
bfrl/opc/Portaria GSF nº 1332/09