Você está na página 1de 3

Pele oleosa, o que comer?

Tatiana Zanin
Nutricionista
Para ajudar a controlar a pele oleosa, a dieta deve ser rica em nutrientes como as
vitaminas A, C e E, que são antioxidantes poderosos e que também atuam
equilibrando a produção de sebo pelas glândulas sebáceas.
Esses nutrientes estão presentes em alimentos como cenoura, laranja e mamão,
mas também é necessário retirar do cardápio alimentos que são ruins para a pele,
como chocolate e farinha branca.

O que comer
Vitamina A
A vitamina A é um nutriente essencial para manter a saúde da pele, das unhas e
dos cabelos, sendo o principal nutriente na prevenção da acne. Ela está presente
em alimentos laranjas e amarelos, como cenoura, mamão, manga, tomate, fígado
e gema de ovo. Veja a lista completa de alimentos ricos em vitamina A.
Zinco
Uma alimentação pobre em zinco estimula o aparecimento da acne, especialmente
da acne com pus e bastante inflamação, sendo necessário aumentar o consumo
de alimentos como sementes de abóbora, carnes, amendoim e amêndoas.
Vitaminas C e E
São poderosos antioxidantes que retardam o envelhecimento da pele e aceleram a
cicatrização, estando presentes em alimentos como laranja, abacaxi, tangerina,
limão, abacate, nozes, ovo.
Cereais integrais
Por terem um baixo índice glicêmico, os cereais integrais como arroz integral, pão
integral e macarrão integral ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, o
que favorece uma menor produção de hormônios que estimulam a produção de
oleosidade na pele.
Ômega-3
O ômega-3 é uma gordura ser anti-inflamatória que está presente em alimentos
como chia, linhaça, sardinha, atum, salmão, castanhas, azeite e abacate, ajudando
na cicatrização da acne e na prevenção do surgimento de novas inflamações na
pele.
O que não comer
Os alimentos que devem ser evitados são principalmente aqueles ricos em açúcar,
farinha branca e gorduras ruins, como:
 Açúcar: doces em geral, refrigerantes, sucos industrializados,
achocolatados em pó;
 Farinha branca: pão branco, bolos, biscoitos, produtos de padaria;
 Óleos vegetais refinados, como óleo de soja, milho e girassol;
 Leite e derivados, especialmente os desnatados, pois estimulam o
aumento e agravamento da acne;
 Alimentos ricos em iodo, como frutos do mar, peixes do mar e cerveja.
Os alimentos ricos em farinha e açúcar devem ser evitados porque normalmente
são alimentos com alto índice glicêmico, o que estimula a produção de hormônios
como insulina e IGF-1, que aumentam a oleosidade da pele e estimulam o ganho
de peso. Veja uma tabela completa com o índice glicêmico dos alimentos.
Para ter uma pele bonita, muitas também é necessário fazer procedimentos
estéticos e uso de produtos para a pele, por isso conheça quais os tratamentos
adequados para cada tipo de acne.