Você está na página 1de 32
CÉLULAS E ÓRGÃOS LINFÓIDES
CÉLULAS E ÓRGÃOS
LINFÓIDES

CONCEITOS BÁSICOS

IMUNIDADE INATA
IMUNIDADE INATA

Não necessita de exposição prévia para ativação Ocorre de forma semelhante nas re-infecções Mediada por:

Granulócitos / Macrófagos / Células Dendríticas Células NK / Linfócitos NK T Primeira barreira do organismo frente ao meio externo

IMUNIDADE ADAPTATIVA
IMUNIDADE ADAPTATIVA

Exposições prévias aos antígenos aumentam a eficiência da resposta Mediada por:

Linfócitos T / Linfócitos B

Bases Celulares e Anatômicas do Sistema Imune
Bases Celulares e Anatômicas do
Sistema Imune
BASES CELULARES:
BASES CELULARES:

ORIGEM (ONTOGENIA) CARACTERIZAÇÃO (MARCADORES FENOTÍPICOS) INTERAÇÕES (MOLÉCULAS CO-ESTIMULATÓRIAS E CITOCINAS)

BASES ANATÔMICAS:
BASES ANATÔMICAS:

ÓRGÃOS LINFÓIDES CENTRAIS OU PRIMÁRIOS ÓRGÃOS LINFÓIDES PERIFÉRICOS OU SECUNDÁRIOS

Ontogenia do Sistema Imune
Ontogenia do Sistema Imune
Marcadores Fenotípicos
Marcadores Fenotípicos
Proteínas de membrana:
Proteínas de membrana:

Reconhecimento de antígeno Adesão intercelular e à matriz extracelular Transdução de sinais Receptores para proteínas e peptídios Outras funções

Proteínas Distintas Células Funções (marcadores - CDs) Distintas Distintas “Clusters of Differentiation”
Proteínas Distintas
Células
Funções
(marcadores - CDs)
Distintas
Distintas
“Clusters of Differentiation”
Células do Sistema Imunológico
Células do
Sistema Imunológico

Células pluripotentes da MO originam os progenitores

linfóides e mielóides.

Célula pluripotente

Célula pluripotente

Progenitor linfóide Progenitor mielóide
Progenitor linfóide Progenitor mielóide

Progenitor linfóide

Progenitor mielóide

Linfócito B Linfócito T Célula NK ? Basófilo Eosinófilo Monócito Neutrófilo Célula T Plasmócito efetora Mastócito
Linfócito B
Linfócito T
Célula NK
?
Basófilo
Eosinófilo
Monócito
Neutrófilo
Célula T
Plasmócito
efetora
Mastócito
Célula dendrítica
Macrófago

Células do Sistema Imune

Neutrófilos
Neutrófilos
Células do Sistema Imune Neutrófilos • Importante para a IMUNIDADE INATA • Grande quantidade no sangue

Importante para a IMUNIDADE INATA

Grande quantidade no sangue / primeiras células no infiltrado

Receptores para IgG (CD16b) / Complemento - C5a: (CD88) Vida média curta (+ 6h) – “Pus” Capacidade fagocítica e microbicida:

  • 1. Grânulos primários: lisozima, hidrolases láticas, proteases, mieloperoxidase

  • 2. Grânulos secundários: lisozima, lactoferrina (quelante de Fe ++ ), colagenase, cininogenase e ativador do plasminogênio

  • 3. Metabólitos tóxicos do oxigênio e nitrogênio Não possuem superóxido desmutase: acúmulo de O 2

-

Deficiência de neutófilos: aumento de infecções bacterianas

Células do Sistema Imune Eosinófilos • Importante para a IMUNIDADE INATA • Importante contra helmintos •

Células do Sistema Imune

Eosinófilos

Células do Sistema Imune Eosinófilos • Importante para a IMUNIDADE INATA • Importante contra helmintos •

Importante para a IMUNIDADE INATA Importante contra helmintos Respostas alérgicas (tecidos conectivos das mucosas) Receptores para IgG1 e IgE (CD23) Grânulos: Proteína catiônica eosinofílica, peroxidase, hidrolases, lisofosfolipase

Células do Sistema Imune Basófilos • Presença de grânulos básicos no citoplasma • Provavelmente envolvido na

Células do Sistema Imune

Basófilos

Células do Sistema Imune Basófilos • Presença de grânulos básicos no citoplasma • Provavelmente envolvido na

Presença de grânulos básicos no citoplasma Provavelmente envolvido na proteção de mucosas Secretam histamina que aumenta a permeabilidade vascular Raramente encontrados no sangue (0,5%)

Células do Sistema Imune Mastócitos • Presentes nos tecidos • Receptores para IgE (CD23) • Envolvido

Células do Sistema Imune

Mastócitos

Células do Sistema Imune Mastócitos • Presentes nos tecidos • Receptores para IgE (CD23) • Envolvido

Presentes nos tecidos Receptores para IgE (CD23) Envolvido em processos alérgicos Secretam histamina que aumenta a permeabilidade vascular Produzem IL-4 (citocina)

Células do Sistema Imune Monócitos / Macrófagos • Importantes para a IMUNIDADE INATA • Sangue: são

Células do Sistema Imune

Monócitos / Macrófagos

Importantes para a IMUNIDADE INATA Sangue: são chamados de Monócitos Receptores para IgG / Complemento (CD11b/CD18: Mac-1) e LPS (TLR4/CD14) e açúcares Presentes em vários tecidos e cavidades corpóreas Capacidade fagocítica e microbicida (= Neutrófilos) Essenciais para reparação tecidual Células Apresentadoras de Antígeno (APC) Importantes para geração/modulação da IMUNIDADE ADAPTATIVA Produzem diversas citocinas e mediadores farmacológicos

Macrófago Receptor de LPS Receptor “scavenger” Receptor de manose Receptor de glicana
Macrófago
Macrófago
Receptor de LPS Receptor “scavenger” Receptor de manose
Receptor de LPS
Receptor
“scavenger”
Receptor de
manose
Receptor de glicana
Receptor de
glicana
Células do Sistema Imune Células Dendríticas Dendritic Cell • Importante para a IMUNIDADE ADAPTATIVA • Progenitor

Células do Sistema Imune

Células

Dendríticas

Dendritic Cell
Dendritic Cell

Importante para a IMUNIDADE ADAPTATIVA Progenitor linfóide, CD8 + e produtoras de IL-12 Progenitor mielóide, CD14 + e não-produtoras de IL-12 Células de Langerhans (epitélios de revestimento) Mielóide Presentes em vários tecidos Capacidade fagocítica Células Apresentadoras de Antígeno +++++ (APC)

Células do Sistema Imune Células NK • Importante para a IMUNIDADE INATA • Destruição de células

Células do Sistema Imune

Células NK

Células do Sistema Imune Células NK • Importante para a IMUNIDADE INATA • Destruição de células

Importante para a IMUNIDADE INATA Destruição de células infectadas com vírus ou células tumorais Citotoxicidade mediada por anticorpos (ADCC) via CD16 (FcγRIII)

Outros receptores (?):

CD2 / integrinas / receptor para MHC I (?): lise das células sem ligantes

KIRs / CD94+NKG2: mecanismos inibitórios Grânulos citoplasmáticos (perforina e granzima) Podem modular as IMUNIDADES INATA E ADAPTATIVA (IFN-)

Células do Sistema Imune

Células

NKT

NKT Cell
NKT Cell

Importantes para a IMUNIDADE INATA e ADAPTATIVA Reconhecem -Galactoseramida via CD1d de DCs Receptor na membrana: TCR V11V24 (humanos) TCR V8V14 (camundongos) Podem produzir IL-4 ou IFN-Funções sob investigação (doenças autoimunes, imunoregulação)

 

CD40

DC

CD1d

 
CD40L NKT TCR
CD40L
NKT
TCR
+ GM-CSF IL-4 IFN-
+ GM-CSF
IL-4
IFN-
Células do Sistema Imune Células NKT NKT Cell • Importantes para a IMUNIDADE INATA e ADAPTATIVA
Células do Sistema Imune Células NKT NKT Cell • Importantes para a IMUNIDADE INATA e ADAPTATIVA
  • DC IL-12

Células do Sistema Imune Células NKT NKT Cell • Importantes para a IMUNIDADE INATA e ADAPTATIVA

IL-12R

NK

T
T

IFN-

Células do Sistema Imune

Células do Sistema Imune Linfócitos T T Lymphocyte • Importantes para a IMUNIDADE ADAPTATIVA • Receptor

Linfócitos T

T Lymphocyte
T Lymphocyte

Importantes para a IMUNIDADE ADAPTATIVA Receptor antígeno-específico: TCR Infecções viróticas ou tumores (Células TCR CD8 + ) Auxiliam o ativação/diferenciação/expansão das outras células (Células TCR  CD4 + , Th1 ou Th2) Proteção contra infecções em epitélios (Células TCR) Produzem citocinas Interagem com peptídios + MHC (APCs)

Células do Sistema Imune Linfócitos B B Lymphocyte • Importantes para a IMUNIDADE ADAPTATIVA • Receptor

Células do Sistema Imune

Linfócitos B

B Lymphocyte
B Lymphocyte

Importantes para a IMUNIDADE ADAPTATIVA Receptor antígeno-específico: BCR Produzem anticorpos Plasmócitos (estágio terminal de ativação) Divididas em B1 (IL-5, IgM, CD5 + ) e B2 (Ig, CD5 - ) Células Apresentadoras de Antígeno Produzem citocinas Interagem com os antígenos diretamente

Células do Sistema Imune Linfócitos B B Lymphocyte • Importantes para a IMUNIDADE ADAPTATIVA • Receptor

As células mielóides e linfóides exercem atividades

especializadas, mas atuam de forma coordenada.
especializadas, mas atuam de forma coordenada.
Neutrófilo
Neutrófilo
Neutrófilo Localização: sangue (migram para os tecidos) Principais funções: fagocitose, citotoxicidade mediada por anticorpos

Localização: sangue (migram para os

tecidos)

Principais funções: fagocitose,

citotoxicidade mediada por anticorpos

Basófilo Localização: sangue (migram para os tecidos) Principais funções: liberação de grânulos contendo histamina e outros
Basófilo
Basófilo
Basófilo Localização: sangue (migram para os tecidos) Principais funções: liberação de grânulos contendo histamina e outros

Localização: sangue (migram para os

tecidos)

Principais funções: liberação de grânulos

contendo histamina e outros agentes ativos

Eosinófilo Localização: sangue (migram para os tecidos) Principais funções: fagocitose, citotoxicidade mediada por anticorpos (parasitas grandes)
Eosinófilo
Eosinófilo
Eosinófilo Localização: sangue (migram para os tecidos) Principais funções: fagocitose, citotoxicidade mediada por anticorpos (parasitas grandes)

Localização: sangue (migram para os

tecidos)

Principais funções: fagocitose,

citotoxicidade mediada por anticorpos

(parasitas grandes)

As células mielóides e linfóides exercem atividades

especializadas, mas atuam de forma coordenada.

Macrófago
Macrófago
Macrófago Localização: tecidos Principalis funções: fagocitose, apresentação de antígenos

Localização: tecidos

Principalis funções: fagocitose,

apresentação de antígenos

Célula dendrítica
Célula dendrítica
Célula dendrítica Localização: tecidos (órgãos linfóides) Principalis funções: apresentação de antígenos

Localização: tecidos (órgãos linfóides)

Principalis

funções:

apresentação

de

antígenos

Localização: tecidos Principais funções: liberação de grânulos contendo histamina e outros agentes ativos Mastócito Papel importante
Localização: tecidos
Principais funções: liberação de grânulos
contendo histamina e outros agentes ativos
Mastócito
Papel importante nas alergias

As células mielóides e linfóides exercem atividades

especializadas, mas atuam de forma coordenada.
especializadas, mas atuam de forma coordenada.
Células NK Localização: sangue e fígado Principais funções: liberação de grânulos que matam células infectadas por
Células NK
Células NK
Células NK Localização: sangue e fígado Principais funções: liberação de grânulos que matam células infectadas por

Localização: sangue e fígado

Principais funções: liberação de grânulos

que matam células infectadas por vírus,

citotoxicidade mediada por anticorpos,

ativação de macrófagos (IFN-)

Linfócito T Localização: órgãos linfóides e sangue (migram para os tecidos) Principalis funções: Respostas imunes adaptativas,
Linfócito T
Linfócito T
Linfócito T Localização: órgãos linfóides e sangue (migram para os tecidos) Principalis funções: Respostas imunes adaptativas,

Localização: órgãos linfóides e sangue

(migram para os tecidos)

Principalis funções: Respostas imunes

adaptativas, citotoxicidade, ativação de

fagócitos e linfócitos B, regulação das

respostas imunes

Linfócito B Localização: órgãos linfóides e sangue Principalis funções: respostas imunes adaptativas, produção de anticorpos, apresentação
Linfócito B
Linfócito B
Linfócito B Localização: órgãos linfóides e sangue Principalis funções: respostas imunes adaptativas, produção de anticorpos, apresentação

Localização: órgãos linfóides e sangue

Principalis funções: respostas imunes

adaptativas, produção de anticorpos,

apresentação de antígenos

Órgãos Linfóides
Órgãos Linfóides

Órgãos Linfóides Centrais e Periféricos

Órgãos Linfóides Centrais Medula Óssea • Hematopoese (saco vitelínico → fígado → baço → medula óssea)

Órgãos Linfóides Centrais

Medula Óssea

Órgãos Linfóides Centrais Medula Óssea • Hematopoese (saco vitelínico → fígado → baço → medula óssea)

Hematopoese (saco vitelínico fígado baço medula óssea)

Arcabouço reticular ósseo Células adiposas, fibroblastos e precursores celulares Célula precusora: CD34 + cKit + Sca-1 + Produção de Fatores Estimuladores de Colônias (CSF) CSF estimula: células do estroma e macrófagos Presença de Plasmócitos (células B secretoras)

Órgãos Linfóides Centrais Timo • Bilobado • Ectoderme (arcos branquiais) • NUDE: sem pelos e timo

Órgãos Linfóides Centrais

Timo

Órgãos Linfóides Centrais Timo • Bilobado • Ectoderme (arcos branquiais) • NUDE: sem pelos e timo
Órgãos Linfóides Centrais Timo • Bilobado • Ectoderme (arcos branquiais) • NUDE: sem pelos e timo
Órgãos Linfóides Centrais Timo • Bilobado • Ectoderme (arcos branquiais) • NUDE: sem pelos e timo

Bilobado Ectoderme (arcos branquiais) NUDE: sem pelos e timo (homem: Síndrome de DiGeorge) Maturação de Linfócitos T CD4 + ou CD8 +

Órgãos Linfóides Periféricos
Órgãos Linfóides Periféricos
Órgãos Linfóides Periféricos Linfonodos Cordões medulares Linfático eferente Trabécula Cápsula Artéria Córtex Medula Veia Folículo Linfóide

Órgãos Linfóides Periféricos

Linfonodos Cordões medulares Linfático eferente Trabécula Cápsula Artéria Córtex Medula Veia Folículo Linfóide (B) Paracortex (T)
Linfonodos
Cordões medulares
Linfático eferente
Trabécula
Cápsula
Artéria
Córtex
Medula
Veia
Folículo Linfóide (B)
Paracortex (T)

Linfático aferente

Vênulas: Células Endoteliais “Altas” (HEV) (entrada das células circulantes) Folículos Primários Folículos Secundários (Centros germinativos)

Vasos Linfáticos

Células Endoteliais linfáticas Linfa
Células Endoteliais linfáticas Linfa

Células Endoteliais

linfáticas

Linfa
Linfa

Linfa: plasma coletado dos tecidos, rico em nutrientes e antígenos que é

carregada para os linfonodos

Vasos Linfáticos Células Endoteliais linfáticas Linfa Linfa: plasma coletado dos tecidos, rico em nutrientes e antígenos
Órgãos Linfóides Periféricos Baço Região do hilo Veia Esplênica Artéria Esplênica • Sinusóides vasculares (Entrada do

Órgãos Linfóides Periféricos

Baço

Região do hilo
Região do hilo

Veia Esplênica

Órgãos Linfóides Periféricos Baço Região do hilo Veia Esplênica Artéria Esplênica • Sinusóides vasculares (Entrada do

Artéria Esplênica

Sinusóides vasculares (Entrada do Antígeno)

Não possuem HEV

Linfócitos T Linfócitos B
Linfócitos T
Linfócitos B

“Filtro” sangüíneo para remoção de células danificadas antígenos circulantes

Órgãos Linfóides Periféricos Sistema Imune de Mucosas • • • • Primeira barreira aos antígenos externos

Órgãos Linfóides Periféricos

Sistema

Imune de

Mucosas

Primeira barreira aos antígenos externos Maior área exposta do organismo Linfócitos Intraepiteliais: TCR CD8 + (homem) / TCR (camundongo) Lâmina própria: CD4 + ativados / Macrófagos / DCs / Eosinófilos / Mastócitos

Folículos linfóides de mucosa: Células B (R. Central) / Células T CD4 + (R. interfolicular)

Células M: transporte de antígenos

Alta produção de IgA

Imunização oral: Tolerância

Órgãos Linfóides Periféricos Sistema Imune de Mucosas • • • • Primeira barreira aos antígenos externos
Órgãos Linfóides Periféricos Imune Cutâneo • Primeira barreira aos antígenos externos • Queratinócitos: citocinas (IMUNIDADE INATA)

Órgãos Linfóides Periféricos

Sistema

Imune

Cutâneo

Primeira barreira aos antígenos externos

Queratinócitos: citocinas (IMUNIDADE INATA) Células de Langerhans: cobrem 25% da superfície (Migram para os LN nas inflamações)

Linfócitos Intraepidérmicos: 2% do total da pele / Maioria CD8 + / TCR Linfócitos da derme: TCR CD4 + (ativados ou memória)

Órgãos Linfóides Periféricos Imune Cutâneo • Primeira barreira aos antígenos externos • Queratinócitos: citocinas (IMUNIDADE INATA)
Resumo:
Resumo:
O Sistema imune possui diferentes tipos celulares que são responsáveis patógeno pela da produção de anticorpos
O Sistema imune possui diferentes tipos celulares que são responsáveis
patógeno pela da produção de anticorpos e células citotóxicas específicas.

pela proteção do indivíduo, tanto através de uma linha de defesa inicial

inespecífica, como através da ativação de uma resposta adaptativa contra um

Resumo: O Sistema imune possui diferentes tipos celulares que são responsáveis patógeno pela da produção de

Existem órgãos linfóides primários ou centrais que são responsáveis pela

produção e maturação de células (Medula óssea e Timo) e órgãos linfóides

secundários ou periféricos (baço, linfonodos e outros) que são importantes no desenvolvimento da resposta imunológica.