Processo de Seis Sigma e sobre como as ferramentas de gestão BSC e Seis Sigma estão relacionadas à Gestão Estratégica e à Gestão

pela Qualidade O Programa Seis Sigma nasceu na empresa Motorola na década de 80 e, atualmente, é aplicado tanto em processos de negócios quanto em processos de manufatura, revolucionando o ambiente Seis Sigma é um conjunto de ferramentas e técnicas baseadas em fatos e orientadas a ajudar um negócio a proporcionar benefícios financeiros por meio de melhorias Tecnicamente, Seis Sigmas se apresentam como um programa baseado em mensurações, onde a estatística é o principal meio utilizado para auxiliar à tomada de decisão, e tem por objetivo aumentar o nível de qualidade dos processos até atingirem o nível Seis Sigmas, o que significa ter uma margem de apenas três erros em um milhãoQualidade e estratégia são dois assuntos que despertam o interesse dos gestores, porque podem auxiliar as empresas a estabelecerem formas de aumentar a competitividade em mercados tão competitivos. Esses dois temas são amplamente discutidos nas empresas há pelo menos duas décadas. Com a globalização, as fronteiras no mundo dos negócios não existem mais; então, estar bem posicionado no mercado pode representar um diferencial que define a sobrevivência das empresas. Assim, os níveis de qualidade podem indicar onde as empresas precisam concentrar seus esforços para manter a melhoria contínua. O BSC é uma ferramenta de gestão importante para auxiliar a tomada de decisão dos gestores preocupados em conduzir os negócios com vantagens competitivas. O BSC está diretamente ligado à implementação da estratégia organizacional, então deve considerar as declarações de missão, princípios, valores e objetivos organizacionais definidos pelas empresas. Partindo da ideia de que os indicadores contábeis e financeiros são incapazes de orientar os negócios de modo sistêmico, o Instituto Norton desenvolveu, em 1990, um estudo para identificar quais outros indicadores poderiam representar as contribuições dos ativos intangíveis nas estratégias organizacionais. Surgiu, então, o conceito de BSC, definido como uma ferramenta de gestão que traduz a missão e as estratégias organizacionais na forma de um conjunto de medidas de desempenho, formando, assim, uma estrutura de mensuração estratégica e um sistema de gestão eficiente com indicadores financeiros e não financeiros. A outra ferramenta de gestão: Seis Sigma. Ela também é uma iniciativa capaz de auxiliar no processo de melhoria contínua dos níveis de qualidade. Entendida como uma ferramenta estratégica de gerenciamento de processos e produtos, possibilita combinar melhoria de qualidade e otimização de resultados financeiros. A ferramenta de gestão Seis Sigma pode ser definida como uma estratégia gerencial de mudanças com enfoque na avaliação quantitativa de um processo em relação à qualidade, por meio da variação do resultado perceptível pelo consumidor. Assim como o BSC, a ferramenta Seis Sigma também serve ao processo de tomada de decisão organizacional. O propósito maior é chegar a 3,4 defeitos por 1 milhão de oportunidades, que é representado pelo 6σ. Numa escala de 1 a 6, quanto mais próximo de 6, melhor é o desempenho do processo.

assim. para criação de um novo processo. O DMAMC (Definir. Os métodos estatísticos são os mesmos utilizados por programas de qualidade. uma estrutura de mensuração estratégica e um sistema de gestão eficiente com indicadores financeiros e não financeiros. Perspectiva dos processos internos Indicadores que estão direcionados para a elevação dos níveis internos de qualidade na busca pela excelência. Perspectiva dos clientes Indicadores que permitem. Analisar. formando. avaliação e comunicação das propostas de valor em relação aos segmentos de clientes e mercados. Conceitos Fundamentais Balanced Scorecard (BSC) É uma ferramenta de gestão que traduz a missão e as estratégias organizacionais na forma de um conjunto de medidas de desempenho. promover aprendizagem e executar mudanças estratégicas. para melhoria de um processo já existente. também conhecido como DMAIC. acelerar a melhoria. identificação.São dois os métodos utilizados pelo Seis Sigma. Seis Sigma pode proporcionar o sucesso sustentado. que possibilita combinar melhoria de qualidade e otimização de resultados financeiros. É uma iniciativa . são necessários quatro passos: (i) esclarecer e traduzir a visão e a estratégia da empresa. Medir. Desenvolver e Implementar). Seis Sigma É uma ferramenta estratégica de gerenciamento de processos e produtos. Explorar. observe que a ferramenta também pode ser usada para promover a comunicação estratégica visando ao envolvimento amplo das pessoas da empresa. Perspectiva financeira Conjunto de indicadores financeiros que levam em conta os objetivos estratégicos econômicos. (iii) planejar e estabelecer metas. (ii) comunicar e criar vinculações. identificar valor para os clientes. Processo BSC Para as empresas colocarem em prática o BSC. Por fim. e o DMEDI (Design. A estatística é um instrumento básico para a ferramenta Seis Sigma. Então. dentro da empresa. mas em Seis Sigma são aplicados de modo sistemático e ordenado para cada passo. definir metas de desempenho comuns. Medir. e (iv) aprender e receber feedback estratégico. Perspectiva do aprendizado e crescimento Conjunto de indicadores que visa a dar suporte à estrutura do BSCe motivar os funcionários a participar das decisões da empresa. Melhorar e Controlar).

é composta de: champions (gestores e garantidores do Seis Sigma). black belts (líderes de equipe). Uma forma simples e eficiente de monitorar o desempenho da empresa em relação às exigências de seus clientes.também capaz de auxiliar no processo de melhoria contínua dos níveis de qualidade por meio da variação do resultado perceptível pelo consumidor. . Estrutura de Seis Sigma Fazendo uma analogia às graduações das artes marciais. master black belts (assessores e mentores). green belts (membros das equipes) e yellow belts (profissionais que operacionalizam o projeto de Seis Sigma).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful