Você está na página 1de 19

c c


   


 c
  



 c

  
  

   
 
 
O QUE É UNIÃO EUROPÉIA?
M Bloco econômico, político e social de 27 países europeus
que participam de um projeto de integração política, social
e econômica.

M Criada em 1992, com a assinatura do Tratado de


Maastricht, é a sucessora da Comunidade Européia de
Carvão e Aço (1950) e da Comunidade Econômica
Européia (1957)

M Seis fundadores: Bélgica, França, Itália, Luxemburgo,


Países Baixos e República Federal da Alemanha.
O QUE É UNIÃO EUROPÉIA?
M Moeda única: Euro, que vigora em 16 dos 27 países da
União Européia desde janeiro de 2002;
M uma bandeira (doze estrelas sobre um fundo azul);
M um hino (o Hino à Alegria, de Ludwig Van Beethoven);
M um lema (³Unida na diversidade´);
M um dia de celebração (9 de maio).
M 23 idiomas oficiais;

M Dispõe anualmente de mais de 120mi de euros para


financiar suas políticas.
PILARES DA UE
 
Integração econômico-comercial, ou seja, a livre
circulação de bens, serviços, capitais e trabalhadores entre os
Estados Membros.

 
Cobre a Política Externa e de Segurança Comum
(PESC) e a Política Européia de Segurança e de Defesa
(PESD).

  


Refere-se as políticas de imigração e de cooperação
judiciária e comercial.
OBJETIVOS
M Promover a unidade política e econômica da Europa;
M Melhorar as condições de vida e trabalho de 498 milhões
de cidadãos europeus;
M Melhorar condições de livre comércio entre países
membros;
M Reduzir desigualdades sociais e econômicas entre as
regiões;
M Fomentar desenvolvimento econômico dos países em
desenvolvimento;
M Proporcionar um ambiente de paz, harmonia e equilíbrio
na Europa.
MEMBROS
! Estônia
"#
$%& ' &
(  ) *%% "%
Bulgária +(  Polônia
!, Hungria &
Dinamarca  Reino Unido
%-./ &. República Checa
%-0 Letônia Romênia
Espanha Lituânia ( 
INSTITUIÇÕES
REGULAMENTARES
M &, - representa os cidadãos europeus;

M %!c1,( - representa os governos


nacionais e elege o Presidente da EU, que tem mandato de
dois anos e meio, podendo ser renovado uma vez;

M %%1,( - representa o interesse comum da


EU;

M A partir de 2014, as leis da UE serão aprovadas somente se


tiverem 55% de votos favoráveis dos Estados, desde que
representem 65% da população.
ECONOMIA
M 60% do PIB é gerado pelo setor dos serviços;

M A indústria e a agricultura têm registrado um declínio nos


últimos anos;

M O comércio da UE com o resto do mundo corresponde a


cerca de um quinto do volume global de exportações e
importações;

M A UE é o principal exportador do mundo e o segundo


maior importador. Os Estados Unidos são o seu mais
importante parceiro comercial, seguidos pela Chinaþ
ECONOMIA
M As pequenas e médias empresas empregam dois terços dos
trabalhadores europeus e constituem 99% do total das
empresas da UE.

M A UE em conjunto é superior à soma isolada de seus


membros. É uma potência comercial e tem papel decisivo
em grande parte das negociações.

M Supressão das barreiras alfandegárias internas.

M Uniformização de impostos aduaneiros aplicáveis às


mercadorias importadas do exterior.
PIB

M Produto Interno Bruto (PIB): $14.45 trilhões (2007 est.)


MAIORES PIBS DO MUNDO

M v  
 þ
UE E BRASIL
M Os países da América Latina e Caribe responderam em
2007 por 6% do comércio externo da União Européia,
sendo o Brasil o principal parceiro.

M Em 2007, Brasil exportou para o bloco bens no valor de


32,6 bilhões de euros (35% do total da região), tendo
importado da UE um total de 21,2 bilhões de euros (28%
do total).

M Investimento europeu no setor de serviços no Brasil.

M Os interesses brasileiros e do MERCOSUL estão na


agenda da Agricultura ± PAC (política agrícola comum).
UE E BRASIL
M Grande concentração de exportação brasileira de
commodities agrícolas (carnes, peixes, crustáceos, frutas,
café, soja, cereais e fumo), minerais (petróleo e aço) e
industriais (móveis, calçados, vestuário, aeronaves,
embarcações e estruturas flutuantes).

M O Sistema Geral de Preferências beneficia o Brasil por conta


da baixa média tarifária para bens industriais e outros
produtos exportados pelo País.

M Acordo entre MERCOSUL e UE: favorece as exportações


do Brasil e condições para instalações de empresas européias
no Brasil, principalmente automotiva e de serviços.
VANTAGENS DE INVESTIR
M Por ter moeda e base legal comum, o acesso a investimentos
estrangeiros é facilitado.

M Apoio tecnológico na área de pesquisa.

M Estabilidade

M Export Helpdesk - serviço on-line, gratuito, prestado pela


Comissão Européia, a fim de facilitar o acesso dos países em
desenvolvimento ao mercado da União Européia. Destinado
a exportadores, importadores, associações comerciais e
governos. Contém informações gerais sobre serviços de
exportação e importaçãoþ
DESVANTAGENS DE INVESTIR
M Acordos com outros blocos econômicos afetam exportações
para União Européia, ex: Brasil depende da melhor
aproximação do Mercosul para se tornar mais competitivo
que países asiáticos.

M Integração do bloco causa maior dificuldade do que o


relacionamento direto entre países, pois qualquer negociação
depende da aprovação da maioria.
ATUALIDADE
M +(   % ± concessão de empréstimos (23 bilhões de
euros bilaterais dos países da zona do euro e crédito do FMI
(exigência alemã)

M Problemas sérios nas contas públicas de outros países da


UE: Espanha, Itália e Irlanda.
FUTURO
M Candidatos à adesão: Turquia, Croácia, Albania, Bosnia,
Montenegro, Servia.

M Islandia, Noruega, Suiça e Liechtenstein: preenchem


requisitos para adesão, mas a opinião-pública dos países se
opõe.
FONTES
M Publicação ³Doce Lecciones sobre Europa´, de Pascal
Fontaine. Oficina de Publicaciones de la Unión Europea.
M www.europa.eu
M www.ec.europa.eu/publications